Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Arthur Carniato Sanches

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • determinação do coeficiente de escoamento superficial (c) de plantas forrageiras tropicais com diferentes graus de declividade
  • Compreender as relações físico-hídricas de um solo é fator preponderante no estabelecimento de obras de uso e manejo dos solos. Entre dados importantes, conhecer o coeficiente de escoamento superficial (C) pode ajudar na execução de obras hidráulicas nos mais diversos usos agrícola da Terra no país. O Brasil, apresenta pujante área de pastagens nas mais diversas condições de conservação, e pouco sabe como se encontra as condições físicas do solo para cada uma delas. O método racional ainda é o padrão para calcular a vazão de escoamento de superficial, como obséquio, tem sua eficiência no hemisfério norte e não em terras tropicais do hemisfério Sul. Assim, com o uso de dois ensaios experimentais, um com área de pastagem de capim Marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu) e outro com pastagem de capim Mombaça (Panicum maximum cv. Mombaça) pretende-se determinar o coeficiente de escoamento superficial (C) em diferentes estágios de conservação e declividade do terreno. O delineamento estatístico desenvolvido foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 3 x 3 com três repetições, sendo os tratamentos três estados de conservação da pastagem (conservada, em degradação e degradada), e a três níveis de declividade do terreno (0-5%; 10-20%; e 20-30%), totalizando 9 tratamentos com 27 parcelas experimentais para cada um dos capins. Dessa forma, sob a hipótese de que possa existir inconsistências no valor de C, e existindo enorme área de forragens no país, os valores de C encontrados podem contribuir para o dimensionamento de estruturas hidráulicas de drenagem, de conservação do solo e de armazenamento de água. Assim, o objetivo desta pesquisa é estimar o coeficiente C, de escoamento superficial, para os capins Marandu e Mombaça, em três níveis de declividade do terreno e três estados de conservação.
  • Universidade Federal da Grande Dourados - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur de Almeida Berberian

Ciências Humanas

Psicologia
  • remediação cognitiva para prevenção de transtornos mentais e promoção cognitiva em adolescentes.
  • Os transtornos mentais (TM) são condições da trajetória da vida e que evoluem a partir de alterações do neurodesenvolvimento. Déficits cognitivos estão entre os primeiros sinais identificáveis e passíveis de serem remediados, antes mesmo da completa instalação de um TM. Objetivo: Avaliar a eficácia de um treino de estimulação neurocognitiva para promoção cognitiva, melhora do desempenho escolar e prevenção de TM. Método: Ensaio clínico randomizado e controlado que comparará o treino cognitivo com terapia usual de clínicas e ambulatórios. Participarão 60 indivíduos que apresentem sinais de TM e desempenho escolar alterado. As intervenções ocorrerão semanalmente, durante três meses e os participantes serão acompanhados por seis meses após os ensaios. Serão utilizados análises de comparação de grupos por intenção-de-tratar e exploração das relações entre cognição e medidas de desfechos, pré e pós intervenção. Resultados esperados: Espera-se que o ensaio promova o fortalecimento das funções cognitivas dos participantes, melhora funcional dos participantes e que os sinais de TM possam ser reduzidos. Espera-se também que estes ganhos, se ocorrerem, permaneçam ao término dos seis meses de acompanhamento.
  • Centro Universitário FIEO - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Arthur Eugen Kümmerle

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de compostos fluorescentes inibidores de eventos fibrilares visando aplicações teranósticas e de tratamento na doença de alzheimer
  • A maior porcentagem relativa de idosos e o aumento da expectativa de vida no Brasil, segundo dados recentes do PNAD 2017, além do crescente aumento de doenças neurodegenerativas, são razões importantes para o desenvolvimento de novos fármacos mais seguros e eficazes para estes pacientes. Nosso grupo de Química Medicinal da UFRRJ vêm se dedicando a pesquisas nessa área, com o intuito de obter compostos sintéticos que possuam atividades farmacológicas frente a eventos celulares oriundos de quadros neurodegenerativos presentes na Doença de Alzheimer (DA). Portanto, a obtenção e otimização de novos arcabouços moleculares e a celeridade nas análises bioquímicas são de crucial importância para a obtenção de compostos bioativos que apresentem as ações farmacológicas desejadas. Dentre os possíveis tratamentos da DA está a inibição da agregação do peptídeo Aß que, embora seja um evento fisiologicamente relevante, é patogênica quando da sua agregação em oligômeros e fibrilas. Desta forma, a estratégia de inibição da agregação do peptídeo Aß e/ou de formas tóxicas geradas pela mesma, seja pela intercalação dos peptídeos, inibição da AChE, ou complexação a metais, emergiu como uma terapia modificadora de doença válida para DA, assim como seu entendimento por modelos como os da doença priônica. Ademais, nossos compostos têm sido planejados para apresentarem fluorescência, além da capacidade de inibição de eventos fibrilares. Desta forma, podem ser utilizados numa área de fronteira que são os teranósticos, que são compostos que auxiliam no tratamento e diagnóstico ao mesmo tempo. Frente a isso, este projeto pode levar a uma maior consolidação de nosso grupo de pesquisa, que vem apresentando resultados prévios frente aos alvos relacionadas, fortalecendo ainda a pesquisa científica em regiões de baixo índice socioeconômico do Estado do Rio de Janeiro e aprimorando pesquisas voltadas ao tratamento desta doença de grande impacto socioeconômico no Brasil. Além disso, este projeto está vinculado à participação de alunos de graduação e Pós da UFRRJ, que estarão inseridos num projeto de pesquisa multidisciplinar focado na Química Medicinal, tendo a oportunidade de desenvolver o senso crítico e de pesquisa.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur Germano Fett Neto

Ciências Biológicas

Botânica
  • controle da qualidade de irradiância e temperatura em jardins miniclonais de eucalipto: impactos na propagação e bases fisiológicas associadas
  • No Brasil, a eucaliptocultura é baseada principalmente em florestas clonais formadas a partir de materiais elite. Características encontradas nas florestas clonais como troncos retos, excelente qualidade das fibras e adaptabilidade a diversos tipos de solo, fazem do eucalipto uma arbórea ideal para cultivos comerciais. A propagação clonal depende de boa produtividade de estacas e alta capacidade de enraizamento. Em minijardins clonais com uso de estufins que elevam a temperatura e em cultivos in vitro autotróficos com luz vermelho-extrema (VE), foram mostrados efeitos positivos principalmente no rendimento de miniestacas e na capacidade de enraizamento, respectivamente. No entanto, a base fisiológica dos impactos de estufins em minijardins clonais não é conhecida, bem como o efeito de suplementação com luz vermelho-extrema em viveiros clonais. Em microestacas in vitro, a suplementação com luz VE em microcepas aumentou o aporte de carboidratos para a base das estacas, melhorando a rizogênese. No caso do efeito promotor de altas temperaturas na floração, sabe-se que há uma interação deste fator ambiental com o fator de transcrição PIF4, afetando a biossíntese de auxinas. Com base na hipótese que, dentre outras, sejam possíveis estas interações em sistema de viveiro, o presente projeto busca identificar diferentes aspectos fisiológicos e moleculares capazes de explicar os efeitos destes tratamentos na propagação clonal, visando maior controle de manejo e manipulação de clones de grande interesse fenotípico, mas com recalcitrância à propagação. Para tanto, serão avaliados clones de eucalipto de diferentes capacidades de propagação cultivados em sistemas convencional, com estufim ou com suplementação de luz vermelho-extrema. Os parâmetros monitorados incluirão rendimento de estacas e enraizamento, conteúdo de clorofila e nutrientes minerais, taxa fotossintética, teor de carboidratos solúveis, amido, flavonoides (moduladores do transporte de auxinas), auxinas e a expressão de alguns genes-chave em cascatas de sinalização e respostas desencadeadas por alta temperatura e pela radiação vermelho-extrema. Os resultados poderão possibilitar a busca de estratégias que aprimorem o enraizamento adventício, a fim de beneficiar a propagação clonal do eucalipto e possivelmente outras espécies arbóreas de interesse comercial.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Arthur Maia Paiva

Ciências da Saúde

Medicina
  • prevalência da infecção pelo htlv em doadores voluntários de sangue em alagoas
  • (Vide projeto anexo) Apesar do rastreio pelo uso de imunoensaio enzimático HTLV-1/2 ser obrigatório desde 1993, o Ministério da Saúde brasileiro não exige testes de confirmação por hemocentros. Entretanto, essa medida se constituiu a mais importante para evitar a disseminação dessas retroviroses pela transmissão sanguínea e seus derivados em nosso meio. A identificação de pontos de estrangulamento na captação e encaminhamento de doadores voluntários de sangue soropositivos para HTLV para confirmação diagnóstica e seu adequado acompanhamento é fundamental para organização e otimização do sistema de referência e contrarreferência na rede de saúde e para estruturação da linha de cuidado em HTLV. O presente estudo tem como população alvo doadores voluntários de sangue reagentes para HTLV no HEMOAL e HEMOAR durante o período de agosto de 2014 a agosto de 2020, e como objetivos determinar a prevalência da infecção pelo HTLV em bancos de sangue de Alagoas, estimar a partir destes resultados a prevalência na população geral do Estado, identificar alguns fatores de risco associados à transmissão do HTLV e dificuldades na convocação e aceite do doador para repetição de teste em banco de sangue. Quando contato inicial por telefone não for possível, será realizada visita domiciliar aos doadores com teste de triagem reagente para HTLV. Testes confirmatórios e acompanhamento clínico adequado serão realizados na Universidade Federal de Alagoas e Hospital Universitário Professor Alberto Antunes.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arthur Marques Moraes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • caracterização das interações partônicas múltiplas no lhc
  • O foco da física de partículas nos próximos anos indubitavelmente permancerá sobre os resultados a serem anunciados pelas colaborações analisando os dados do “Large Hadron Collider” (LHC) no Laboratório Europeu para Pesquisas Nucleares (CERN). Devido às altas energias de centro-de-massa atingidas no LHC, efeitos causados por múltiplas interações partônicas contribuem não apenas para a elevada atividade hadrônica gerada nas colisões de prótons, mas também produzem ruídos de fundo em vários canais utilizados na busca de sinais indicativos de nova física. O estudo experimental da dinâmica das interações partônicas múltiplas com o detector CMS, bem como investigações do impacto destas em buscas por sinais raros previstos pelo Modelo Padrão, especialmente no setor de medidas do bóson de Higgs e buscas por fenômenos indicativos de física além do Modelo Padrão, constitui o principal objetivo deste projeto de pesquisa. Este projeto é organizado de tal maneira que produz uma sequência de importante contribuições ao programa de estudos da física produzida em colisões do LHC observadas com o detector CMS durante o ciclo de tomada de dados “Run 2” além de contribuir para predições para a etapa de alta luminosidade “HL-LHC”.
  • Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Artur da Silva Gouveia Neto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo de propriedades ópticas de novos materiais luminescentes dopados com ions lantanídeos para aplicação em fotônica e biofotônica
  • Objetivamos o estudo de propriedades ópticas de emissão de luz em novos materiais vítreos dopados com diversas combinações de íons terras-raras, para possível aplicação na tecnologia de iluminação por LEDs(diodos emissores de luz), as assim chamadas fontes inteligentes de iluminação. Particularmente estudaremos as propriedades de emissão de luz visível a partir de radiação na região de comprimentos de onda abaixo de 430 nm(UV-azul) e na região do infravermelho próximo, em vidros precursores e vitrocerâmicas transparentes dopados com elementos lantanídeos(Eu, Sm, Er, Tm, Tb, Yb e combinações destes). Nosso principal interesse é o de estudar processos de conversão descendente e ascendente de frequências em materiais hospedeiros nanoestruturados chamados de vitrocerâmicas transparentes dopadas com íons terras-raras, e gerar luz nas três cores primárias com possibilidade de utilização na tecnologia de iluminação por fontes no estado sólido. Na região do infravermelho estudaremos novas abordagens de excitação para geração de luz sintonizável na região de transmissão de tecido humano as assim chamadas janelas biológicas de transmissão. Isto será possível através de mecanismos de espalhamento Raman estimulado em fibras ópticas e posterior excitação de amostras vítreas(bulk e guias de onda) dopadas com íons terras-raras
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Artur Francisco Schumacher Schuh

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação de marcadores genéticos e bioquímicos associados à discinesia induzida por levodopa na doença de parkinson
  • A doença de Parkinson (DP) é a segunda enfermidade neurodegenerativa mais frequente e acomete cerca de 1 a 3% das pessoas acima de 65 anos. Com a expectativa de envelhecimento da população, espera-se um aumento proporcional da prevalência desta doença, o que justifica uma preocupação crescente com o manejo desses pacientes. O tratamento da DP consiste no uso de medicamentos que proporcionam estímulo dopaminérgico, principalmente a levodopa, o que possibilita um controle quase ótimo dos sintomas motores nos primeiros anos de uso. Entretanto, em aproximadamente cinco anos, cerca de metade dos pacientes apresentarão complicações induzidas pelo uso crônico destas medicações. A discinesia é uma dessas complicações e caracteriza-se por ser um estado hipercinético, usualmente do tipo coreia e/ou distonia, que costuma ocorrer com maior frequência no pico de ação da levodopa. Essa complicação altera a qualidade de vida do paciente com DP, aumenta os custos do tratamento e é um desafio ao médico assistente, uma vez que deverá lançar mão do uso de outras medicações e de esquemas posológicos complexos. A fisiopatologia da discinesia induzida pela levodopa não é completamente conhecida, mas se sabe que a estimulação dopaminérgica pulsátil associada ao uso da levodopa, diferente do estímulo contínuo observado em condições fisiológicas, pode induzir alterações neuroplásticas no estriado, o que contribuiria para o aparecimento desse efeito adverso. Mais recentemente, foi sugerido que a neuroinflamação induzida por levodopa poderia estar associada com esse efeito adverso em modelo animal. Não identificamos estudos que tenham avaliado essa questão em pacientes com DP. Alguns fatores clínicos parecem predispor à presença de discinesia, como idade de início precoce, tempo de doença, tempo de uso de levodopa, dose de levodopa e sexo feminino. Com o objetivo de prever os pacientes mais suscetíveis a discinesia, diversos trabalhos de farmacogenética foram conduzidos, a sua maioria estudos de associação com polimorfismos em genes candidatos, alguns com resultados promissores, porém ainda sem nível de evidência para uso clínico. O presente projeto tem dois eixos principais. O primeiro, será identificar variantes na seqüência do DNA que estejam associadas com discinesia induzida por levodopa em pacientes com DP. A escolha dessas variantes será através de uma abordagem inovadora de sequenciamento completo de exoma em pacientes com fenótipos extremos discordantes. Para isso, nosso grupo está finalizando a análise de um estudo exploratório caso-controle em que dois grupos, considerados extremos para a presença ou a ausência de discinesia, foram submetidos a sequenciamento completo de exoma (projeto contemplado com verba Universal processo 454942/2014-1). O grupo de casos apresentava discinesia significativa em menos de 3 anos de uso de levodopa e o grupo controle não apresentava discinesia a despeito de mais de 8 anos de uso da medicação. A análise desse resultado fornecerá uma lista de variantes candidatas baseadas em critérios estatísticos, não mais em plausibilidade biológica, que será testada em uma amostra maior. Nosso grupo já conta com cerca de 250 pacientes com DP já recrutados, caracterizados clinicamente e com DNA armazenado. Pretendemos ampliar essa amostra para 550 pacientes, através de novo recrutamento e coletas em nosso centro e nos centros colaboradores. Os novos pacientes incluídos serão submetidos ao mesmo protocolo que já utilizamos nos estudos anteriores do nosso grupo, com um questionário de dados clínicos e sociodemográficos, escalas padronizadas para determinar a presença de discinesia e coleta de sangue periférico para extração de DNA e análise bioquímica. Do estudo do exoma já realizado, 30 variantes (single nucleotide polymorphisms, SNP) serão selecionadas, com base na diferença de frequência entre os dois grupos, força de associação e na localização em regiões próximas a genes potencialmente candidatos. Através de PCR em tempo real essas variantes serão determinadas e será testada a associação com discinesia. O segundo eixo, será um estudo de associação entre a concentração de 17 marcadores inflamatórios em sangue periférico determinados pela técnica MILLIPLEX® Multiplex e a presença de discinesia. Para isso, será conduzido um estudo caso-controle, em que serão utilizados os novos pacientes incluídos para primeiro eixo deste projeto oriundos apenas do centro de Porto Alegre, em que os casos serão pacientes com DP e discinesia precoce e o grupo controle contará com pacientes com DP e longo tempo de uso de levodopa sem discinesia. A avaliação clínica será a mesma já descrita. Este projeto utiliza uma tecnologia moderna ("whole exome sequencing") em uma abordagem inovadora para estudos de farmacogenética. A seleção de variantes para estudos de associação estará baseada em dados empíricos e não em suposições teóricas. Espera-se identificar variantes genéticas comuns em regiões genômicas não exploradas previamente ou variantes genéticas raras. Esperamos ainda, aprofundar o conhecimento da fisiopatologia da discinesia induzida por levodopa, explorando esse novo conceito da associação entre esse discinesia e marcadores inflamatórios. Os resultados encontrados serão importantes para o desenvolvimento da farmacogenética da DP. Poderão levar ao desenvolvimento de testes genéticos para auxílio na escolha terapêutica e servir de paradigma para uma metodologia inovadora para estudos de farmacogenética em geral. Ainda, poderão contribuir para a geração de novas hipóteses sobre a fisiopatologia e sobre novos tratamentos para a discinesia induzida por levodopa na DP. Palavras-chave Doença de Parkinson, discinesia, levodopa, neuroinflamação, farmacogenética
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Artur Gomes de Morais

Ciências Humanas

Educação
  • ensino da língua escrita e de sua notação na educação infantil: um estudo de currículos de diferentes países (brasil, portugal, frança, espanha, austrália e inglaterra)
  • O presente projeto tem por objetivo analisar, de forma comparativa, currículos destinados à Educação Infantil de diferentes países com línguas distintas: Brasil, Portugal, França, Espanha, Austrália e Inglaterra. Nosso propósito é cotejar as diferentes concepções de ensino-aprendizagem da língua escrita e de sua notação, naquela etapa da escolarização, que fundamentam os referidos documentos, analisando o quanto e como assumem como tarefa da instituição escolar a imersão das crianças pequenas no mundo da escrita.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 01/06/2017-28/02/2021
Foto de perfil

Artur Harres de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • correntes de spin em sistemas magnéticos nanoestruturados
  • Dispositivos baseados em spintrônica prometem revolucionar a tecnologia da informação em um futuro próximo. Para que isto se torne realidade, é preciso criar, manipular e detectar correntes puras de spin, caracterizadas por fluxos de spin que não são acompanhados por correntes elétricas. O efeito Hall de spin (SHE) e o efeito Hall de spin inverso (ISHE) são fenômenos que podem ajudar nesta tarefa. Relacionados com o acoplamento spin-órbita, através deles é possível gerar uma corrente de spin a partir de uma corrente elétrica e vice-versa. No presente projeto propomos a criação de uma linha de pesquisa que visa estudar estes fenômenos de um ponto de vista fundamental. Mais especificamente, pretendemos trabalhar com sistemas magnéticos nanoestruturados, preferencialmente, mas não exclusivamente, na forma de filmes finos mono- ou multicamadas. Com a ajuda de um Vectorial Network Analyzer e de um porta-amostras adequado, observaremos o sinal elétrico DC que surge neste tipo de amostra quando elas encontram-se em ressonância ferromagnética (FMR). O surgimento deste sinal está relacionado com uma série de fenômenos, como o ISHE, o efeito de retificação de spin (SRE) e o magnonic charge pumping (MCP), todos interessantes tanto do ponto de vista da ciência básica quanto do de aplicações tecnológicas. Inicialmente, filmes de Permalloy (Py), Ni. Fe e Co e bicamadas que combinam estes materials com metais não-magnéticos como Pd e Ta, e antiferromagnéticos, como FeMn e IrMn serão nossos objetos de pesquisa. Conforme o andamento do projeto, outros tipos de sistemas poderão ser explorados. A equipe de pesquisa responsável pela realização do trabalho possui ampla experiência com sistemas magnéticos na forma de filmes finos. Técnicas de deposição, caracterização estrutural e caracterização magnética estão disponíveis no Laboratório de Magnetismo e Materiais Magnéticos (LMMM) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Artur José Santos Mascarenhas

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese de zeólitos sem agentes orgânicos direcionadores de estrutura via transformação interzeolítica em condições hidrotérmicas
  • Zeólitos são materiais estratégicos para a indústria, pois são amplamente utilizados como catalisadores, adsorventes e trocadores iônicos. No entanto, o número de zeólitos sintéticos úteis do ponto de vista prático é limitado pelo alto custo dos agentes orgânicos direcionadores de estrutura (OSDAs) necessários para a produção de topologias específicas. Muitos estudos têm sido desenvolvidos no sentido de estabelecer metodologias de síntese de zeólitos na ausência destas moléculas orgânicas, sendo a síntese hidrotérmica assistida por sementes e a transformação interzeolítica as mais promissoras, já tendo sido aplicadas para obter protocolos de síntese para vários zeólitos com baixa razão SiO2/Al2O3 (FAU, CHA, LTA, CAN, SOD, etc.) e alguns zeólitos com altas razões SiO2/Al2O3 (MFI, MOR, BEA, FER, etc.) O objetivo deste projeto é estabelecer novas metodologias baseadas na transformação interzeolítica, assistida ou não pelo uso de sementes, expandindo o número de topologias zeolíticas que podem ser obtidas por essa abordagem, em especial aquelas de interesse à indústria de catalisadores nacional.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Artur Oscar Lopes

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • formalismo termodinamico, teoria do transporte ergodico e dinamica quantica
  • O objetivo é analisar questões que abrangem os topicos: 1) Existencia de medidas de Gibbs em spin lattices e suas propriedades ergodicas. Analise de questoes relacionadas com o limite de estados de equilibrio quando a temperatura vai a zero. Selecao de probabilidade limite e de subacao limite. Grandes desvios quando a temperatura vai a zero. Teoria do Transporte Ergódico. Gibbs plans. Fluxos geodesicos e Teoria de Mather. Cadeias de Markov a tempo continuo com estados no espaco de Bernoulli. Estudo das propriedades ergodicas do Modelo XY. Funções zeta dinamicas e sua relacao com Formalismo Termodinamico. Espaços de Banach anistotropicos. Cociclos e sistemas parcialmente hiperbolicos. Ações de semigrupos. Transição de fase. Renormalização de potenciais. Iterated Function sytems. Ergodic Game Theory. Analise espectral via semiclassica. 2) Analise de questoes relacionadas a propriedades ergodicas oriundas de problemas de transporte e transhipment. Evolucao temporal no espaco Wasserstein-2 de probabilidades invariantes. Teoria de transporte na Teoria de Mather. Teoria do transporte a tempo continuo no espaço das medidas de Gibbs para spin lattices com estrutura diferenciavel. Estudo de campos gradientes no espaço das medidas de Gibbs para potenciais Holder. 3) Estados de Gibbs em Mecanica Estatistica Quantica. Entropias dinamicas para operadores. Analise de questoes oriundas de limites de estados KMS quando a temperatura vai a zero. Grupoides e sistemas de Haar. Ground State e suas propriedades. Dinamica de Sistemas Quanticos no lattice unidimensional. Modelo XY quantico. Informacao Quantica. Propriedades do Grandes Desvios no tempo para sistemas quanticos. Limite semiclassico de medidas de Wigner. Quantum repeated iterations e pontos fixos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Artur Paiva Coutinho

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • transferência de água e de misturas de poluentes reativos em solos antropizados
  • Os processos de urbanização que ocorrem sobre as bacias hidrográficas geram uma forte pressão espacial sobre sua área de abrangência, tornando-a cada vez mais vulnerável às modificações de uso e ocupação do solo. Essa crescente urbanização gerou um quadro caótico em muitas cidades, por não possuírem uma infraestrutura adequada para suportar essa elevada taxa populacional. Isso ocorre pela falta de um planejamento integrado entre as infraestruturas que compõem a cidade, profissionais especializados e legislações vigentes, principalmente nos âmbitos urbano e ambiental. A gestão dos recursos hídricos constitui atualmente uma das maiores preocupações socioeconômicas em escala mundial. O crescimento da pressão exercida sobre as águas de superfície e subterrâneas, relacionadas notadamente aos aportes de substâncias poluentes, tem conduzido a comunidade científica a se interrogar sobre a elaboração de ferramentas que permitam melhor compreender a gestão integrada do ciclo da água, tanto em termos de eficiência ambiental como em termos de custos, e isto a diferentes escalas de tempo e de espaço. Neste contexto, o conhecimento do transporte de água e solutos em solos, considerado em seu contexto natural - a interação com os aquíferos de uma parte, e com a atmosfera de outra parte - desempenha um papel essencial. Uma pesquisa multidisciplinar será conduzida seguindo um procedimento sistemático a fim de aprofundar o conhecimento dos mecanismos de transporte e das interações de substâncias químicas (contaminantes emergentes, hidrocarbonetos e metais pesados) com o solo, no intuito de melhorar a modelagem das transferências e das transformações de substâncias químicas no meio ambiente.O destino de substâncias químicas no meio ambiente, suas interações e transformações nos solos, ainda é um desafio para a comunidade cientifica. Esforços crescentes em pesquisa vêm sendo dispensados na compreensão do comportamento de poluentes em misturas, sejam metais, hidrocarbonetos e contaminantes emergentes. É imperioso que o estudo dinâmico de misturas de diferentes grupos de contaminantes seja realizado, pois favorece a compreensão da dinâmica desses poluentes no ambiente e os efeitos sinergéticos que são capazes de exercer uns sobre os outros.É igualmente importante compreender a mobilização de poluentes sob forma solúvel e coloidal durante a infiltração de água/drenagem, sob a variação das condições redox, etc. O impacto desses fenômenos sobre a percolação profunda de substâncias químicas poluentes é atualmente reconhecido. A compreensão e a quantificação desses fenômenos são de fundamental importância para a preservação da qualidade dos recursos hídricos. Motivado por uma preocupação ambiental, o projeto tem igualmente um caráter de pesquisa fundamental. Ele se insere no aprofundamento do conhecimento sobre a dinâmica e os mecanismos das interações de poluentes modelos (metais pesados, hidrocarbonetos e contaminantes emergentes), isolados ou em mistura, em solos urbanos em relação com suas propriedades texturais e estruturais, e suas consequências sobre o transporte e as transformações de poluentes. A integração destes conhecimentos na modelagem de substâncias químicas (metais pesados, hidrocarbonetos e contaminantes emergentes) no sistema solo-aquífero em clima tropical. O principal objetivo deste projeto é, portanto, a colocação em comum das energias e dos conhecimentos em domínios bastante diversificados, mas complementares, conforme dois eixos principais de pesquisa: Eixo 1 : Estudo das Interações e dos processos de transporte de poluentes modelos (metais pesados, hidrocarbonetos e contaminantes emergentes), isolados ou em mistura, em solos urbanos. Eixo 2 : Efeito da estrutura do solo nos processos de transporte de solutos na escala de campo e na microescala. Utilização da técnica do GPR (Ground Penetration Radar) como instrumento de prospecção não destrutivo e da Microtomografia Computadorizada de Raios X e Gamma. O desenvolvimento desse projeto propiciará a melhoria na formação de recursos humanos de alto impacto. A partir das investigações que serão realizadas, espera-se: i) Ampliar os conhecimentos sobre a dinâmica e os mecanismos das interações de poluentes modelos (metais pesados, hidrocarbonetos e contaminantes emergentes), isolados ou em mistura, com solos urbanos em relação com suas propriedades texturais e estruturais, e suas consequências sobre o transporte e as transformações desses poluentes;ii) Caracterizar a mobilidade desses poluentes, isolados ou em mistura, procurando caracterizar, sobretudo os processos de competição entre poluentes e seus efeitos sobre suas mobilidades especificas; iii) Avaliar o efeito da estrutura do solo nos processos de transporte de solutos na escala de campo e na microescala. Utilização da técnica do GPR (Ground Penetration Radar) como instrumento de prospecção não destrutivo e da Microtomografia Computadorizada de Raios X; iv) integrar esses conhecimentos na modelagem de substâncias químicas (metais pesados, hidrocarbonetos e contaminantes emergentes) no sistema solo-aquífero em clima tropical.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Artur Simoes Rozestraten

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • representações e imaginário da arquitetura: uma investigação sobre expressões populares no norte e nordeste do brasil
  • Essa pesquisa pretende investigar expressões populares no Norte e Nordeste do Brasil nas quais comparecem representações tridimensionais de arquiteturas - modelos ou maquetes - que tanto interagem com o Imaginário arquitetônico em um sentido local e universal, quanto reorganizam os materiais e saberes técnicos envolvidos na representação e na produção arquitetônica em um sentido poético e tecnológico. Na aproximação a essas expressões interessa investigar: as interações entre corpo e objeto, no gestual que permeia tanto a produção quanto os ritos e a vida póstuma de tais objetos; as formas arquitetônicas representadas e suas interfaces com a arquitetura ‘real’; as técnicas e materiais envolvidos tanto na produção dos modelos quanto da própria arquitetura local; as articulações de tais representações no âmbito simbólico e seus diversos desdobramentos no campo do imaginário arquitetônico. As expressões no Norte e Nordeste do Brasil que se pretende estudar são: o Círio de Óbidos no Pará; a produção artesanal de objetos em miriti tradicional de Abaetetuba, no nordeste do Pará; o Reisado pernambucano, especialmente aquele dos grupos recifenses, que se apresentam no período natalino até dia de reis; o Reisado paraibano; o culto e as oferendas a Nossa Senhora da Penha em João Pessoa na Paraíba. Esse estudo original pretende contribuir com o mapeamento, a documentações iconográficas inéditas, indispensáveis à compreensão científica desses fenômenos característicos da cultura brasileira.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Arturo Forner Cordero

Outra

Robótica, Mecatrônica e Automação
  • sistema de medida de pressões plantares e realimentação para controle de estabilidade da marcha bípede
  • A informação sensorial humana é crucial para o controle dos seus movimentos. Entretanto, ao incorporar um corpo externo, como um exoesqueleto, a resposta sensorial é alterada. O laboratório de Biomecatrônica da escola Politécnica da universidade de São Paulo, com o auxílio do CNPq, projetou e construiu protótipos de exoesqueletos de membro inferior. Desta forma, este projeto visa determinar a melhora da performance de um exoesqueleto com realimentação sensorial ao usuário, tanto das pressões plantares quanto dos ângulos das articulações. As atividades do projeto envolvem a adaptação mecânica do exoesqueleto, projeto eletrônico e construção dos sensores, drivers e atuadores assim como a implementação do laço de controle. O dispositivo então será testado com usuários saudáveis e avaliado através de diferentes técnicas, desde estatística convencional até procedimentos de análise de series temporais não lineares. Um modelo da interação sensorial será desenvolvido e implementado para auxiliar na interpretação dos dados, originando um controlador de exoesqueleto útil no processo de reabilitação de pacientes com transtornos neuro-motores.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Arturo Ulises Fernández Pérez

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • aspectos globais e locais de singularidades: folheações holomorfas, webs e variedades levi-flat
  • Neste Projeto propormos o estudo de folheações por curvas em Espaços projetivos Complexos com singularidades de Dimensão positiva. Isto é singularidades não isoladas de folheações, com fundamental Interesse de relacionar os números característicos da folheação com os números característicos das subvariedades algébricas que são componentes irredutíveis do conjunto singular de tal folheação, para este fim definiremos sobre número de Milnor para singularidades de dimensão positiva de folheações por curvas em espaços projetivos. Por outro lado , focaremos também no estudo de webs holomorfas admitindo Variedades invariantes Levi-flat em espaços projetivos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ary da Silva Maia

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • preparação de filmes finos de oxinitretos lamelares com fórmula k1+xm2nb3o9-xnx (m = ca, sr, ba) para aplicação em fotocatálise.
  • Este projeto visa sintetizar filmes finos de oxinitretos com fórmula K1+xM2Nb3O9-xNx (M = Ca, Sr, Ba) e fase Ruddlesden-Popper, a partir de sua protonação e esfoliação. Estes oxinitretos serão preparados a partir da transformação topoquímica dos óxidos com fase Dion-Jacobson correspondentes. Os materiais serão caracterizados por DRX (e refinamento Rietveld), TGA, FTIR, RAMAN, MEV, EDX , UV-VIS, MET/DE, AFM e análise elementar LECO™. Após esfoliação as nanofolhas de oxinitreto esfoliadas serão usadas para preparar filmes finos que serão avaliados frente a fotodegradação do corante remazol amarelo ouro, sob radiação ultravioleta e visível. Será feita uma comparação entre os filmes preparados a partir das nanofolhas esfoliadas dos oxinitretos e dos óxidos correspondentes.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ary Gadelha de Alencar Araripe Neto

Ciências da Saúde

Medicina
  • investigação da associação entre a atividade enzimática da oligopeptidase ndel1 no plasma e alterações na conectividade funcional do cérebro de portadores de esquizofrenia
  • Introdução: A esquizofrenia (SCZ) é uma doença do neurodesenvolvimento em que fatores genéticos e ambientais interagem produzindo um cérebro alterado estrutural e funcionalmente. Uma das principais teorias que explicam o resultado da alteração neurodesenvolvimental é a desconexão no funcionamento coordenado do cérebro em portadores de esquizofrenia. As evidências disponíveis sugerem que essa desconexão é melhor explicada em termos funcionais, de efetividade conectiva, do que em termos anatômicos e mais evidente em termos globais, em medidas que investigam o cérebro como um todo, do que na avaliação isolada de regiões ou redes corticais específicas. A Ndel1 (Nuclear-distribution element-like 1) é uma oligopeptidase envolvida no processo de desenvolvimento cerebral durante a embriogênese e foi associada à patofisiologia dos transtornos mentais devido à sua interação com o produto de um gene de risco para a esquizofrenia, denominado de Disrupted in Schizophrenia 1 (DISC1). As ações da Ndel1 parecem depender tanto da sua capacidade de ligar-se à DISC1 com da sua atividade enzimática, um aspecto não avaliado em estudos realizados anteriormente em pacientes com SCZ. Realizamos um primeiro estudo comparando a atividade enzimática em pacientes e controles e encontramos uma redução significativa da medida no plasma de portadores de esquizofrenia. Posteriormente, um estudo de varredura genômica nos permitiu identificar que genes relacionados ao desenvolvimento cerebral, à plasticidade sináptica e à resposta imune estão relacionados com a medida da atividade enzimática da Ndel1 no plasma de pacientes SCZ e controles. Mais recentemente, resultados preliminares, ainda não publicados, mostraram um correlação direta significativa entre a atividade da Ndel1 e volume de substância cinzenta subcortical em pacientes, mas não em controles e não restrita a nenhuma estrutura subcortical isolada. Com base nesses achados e considerando que a atividade da Ndel1 se mostrou especialmente importante para a neuritogênese e possivelmente também para a migração neuronal, processos estes que podem gerar alterações estruturais sutis, mas com importantes repercussões funcionais, hipotetizamos que a atividade enzimática da Ndel1 em portadores de esquizofrenia possa estar mais diretamente associada a alterações descritas de conectividade funcional. A teoria de grafos é uma abordagem estatística comumente utilizada para avaliar conectividade funcional em redes compostas por regiões cerebrais. A eficiência global é uma medida derivada da teoria de grafos que avalia a capacidade geral de transferência de informações em paralelo e o processamento integrado de uma determinada rede. A eficiência global aumenta durante o desenvolvimento cerebral, sobretudo em regiões associativas, consistentemente associadas à SCZ, e estudos anteriores demonstraram que a eficiência global está reduzida em pacientes com SCZ. Objetivo Principal: Investigar a associação entre a atividade enzimática da Ndel1 no plasma e uma medida de conectividade funcional no cérebro, a eficiência global, em pacientes com SCZ e em controles saudáveis. Objetivo secundário: Comparar a associação da atividade enzimática da Ndel1 com medidas volumétricas, integridade dos feixes de substância branca e de conectividade funcional. Métodos: Estudo de corte transversal, comparando 50 pacientes com SCZ e 50 controles saudáveis, com idade entre 18 e 35 anos de idade. O diagnóstico psiquiátrico será avaliado pela SCID-I e a avaliação dimensional dos sintomas nos pacientes com SCZ será realizada pela PANSS. A medida da atividade enzimática da Ndel1 será determinada através de ensaio fluorimétrico em plasma de sangue venoso periférico, usando o substrato Abz-GFSPFRQ-EDDnp. As sequências volumétricas, as imagens dos Tensores de Difusão (DTI) e a conectividade funcional em estado de repouso (resting state) serão adquiridas em um aparelho de RM de 3T (Phillips Achieva) na UNIFESP/EPM. Uma rede do cérebro inteiro (whole brain network) será gerada usando o sinal Bold captado durante a aquisição em estado de repouso. A partir dessa rede serão geradas medidas de conexão por análise de grafo. As imagens volumétricas serão processadas no software Freesurfer a partir do qual medidas de volume corticais e subcorticais serão extraídas. As imagens de DTI serão processadas utilizando o software Tract-based Spatial Statistics (TBSS) para extração das médias de anisotropia fracionada (FA), difusividade média (MD), difusividade radial e axial dos principais tratos de substância branca . Resultados Esperados/Inovação: Esse projeto é uma continuidade de uma linha de pesquisa inovadora iniciada com a Profa. Mirian Hayashi (UNIFESP/EPM), e que já resultou no depósito de uma patente (PCT/BR2011/000417) e na minha tese de doutorado que recebeu o prêmio CAPES 2015 de melhor tese na área Medicina II. Avançar na compreensão da associação entre a atividade enzimática da Ndel1 e esquizofrenia possivelmente permitirá entender melhor a relação entre processos ligados ao neurodesenvolvimento e as alterações no cérebro adulto encontradas na esquizofrenia. Nenhum estudou publicado investigou até o momento essa associação (Ndel1 e conectividade funcional). Os resultados obtidos, confirmando ou negando a hipótese, serão importantes para definir os próximos passos nessa linha de investigação como realizar estudos de seguimento ou avaliar pacientes em estágios precoces da doença. Secundariamente, outros benefícios serão gerados por esta proposta: 1) Montagem do banco de imagens de pacientes com SCZ adquiridos em aparelho de RM de 3T, possibilitando a integração mais efetiva com consórcios internacionais de imagem em SCZ; 2) Aprimoramento do uso de ferramentas de análise de grafos aplicadas à imagem.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ary José Rocco Júnior

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • modelos de gestão e design organizacional das entidades esportivas: análise e proposta para clubes brasileiros de futebol
  • Os clubes brasileiros de futebol, em sua maioria entidades associativas de direito privado sem fins lucrativos, estão enfrentando graves problemas de competitividade esportiva e mercadológica em um contexto do esporte cada vez mais globalizado. As entidades esportivas brasileiras, ainda pouco profissionais, são obrigadas a conviver e disputar mercado com verdadeiros conglomerados multinacionais do esporte. Diante deste cenário, discutir o Modelo de Gestão e o Design Organizacional destas entidades tornou-se imperativo. A estrutura organizacional define como as tarefas são formalmente distribuídas, agrupadas e coordenadas; cada empresa adota o melhor modelo para sua organização segundo suas estratégias. O objetivo deste Projeto de Pesquisa e levantar e analisar o Design Organizacional e o Modelo de Gestão de todos os clubes de futebol que disputam campeonatos oficiais organizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). É nossa intenção identificar um modelo próprio brasileiro e propor alterações em busca de uma maior competitividade mercadológica e esportiva no contexto mundial do esporte.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ary Serpa Neto

Ciências da Saúde

Medicina
  • ventilação protetora com nível elevado versus baixo de peep durante anestesia geral para cirurgia em pacientes obesos – o trial randomizado controlado probese.
  • A insuficiência respiratória aguda no período pós-operatório, especialmente após a cirurgia sob anestesia geral, contribui para a morbidade e mortalidade de pacientes cirúrgicos. Anestesiologistas utilizam a pressão positiva ao final da expiração (PEEP), com ou sem manobras de recrutamento, com objetivo de melhorar a oxigenação e proteger o paciente das complicações pulmonares pós-operatórias (CPP). Além disso, em pacientes obesos, os anestesiologistas tendem a usar PEEP mais elevado do que em pacientes não-obesos. Embora seja incerto se uma estratégia que utiliza níveis mais elevados de PEEP com manobras de recrutamento verdadeiramente impede as CPPs, o uso de níveis mais elevados de PEEP com manobras de recrutamento poderia comprometer a hemodinâmica no intra-operatório.
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020