Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alexander Wilhelm Armin Kellner

Ciências Biológicas

Zoologia
  • paleoantar - paleobiologia e paleogeografia do gondwana sul: inter-relações entre antártica e américa do sul
  • O registro fóssil da Antártica tem se mostrado de grande relevância para o conhecimento da paleobiota Austral, suas estratégias adaptativas e relações filogenéticas, desde o Cretáceo até o Paleógeno. Os organismos e suas relações filogenéticas são essenciais para se entender a respeito de padrões de distribuição biogeográficas. Com isso, constituem um registro fundamental para as reconstituições paleogeográficas e ambientais dos continentes gondwânicos, principalmente pela sua localização e identificação de barreiras geográficas. Somado a este está o registro geológico que abarca importantes informações acerca dos paleoambientes pretéritos da região antártica, sua paleoclimatologia e paleobatimetria oceânica, principalmente quando integrado ao estudo dos microfósseis e dados geoquímicos. Desta forma, a presente proposta visa realizar atividades de prospecção, coleta e análises laboratoriais de macrofósseis, microfósseis e rochas coletadas em perfis geológicos detalhados, com a finalidade de compreender a diversificação da biota e dos ecossistemas durante a evolução do Gondwana Sul, apontando para o entendimento das inter-relações entre Antártica e América do Sul, incluindo questões paleogeográficas. Para tal contará com equipe interinstitucional nacional e internacional coordenada pelo proponente, realizada em colaboração com pesquisadores do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil, da China, Canadá, Chile e Inglaterra. A metodologia a ser utilizada é atual e específica para os tipos de análises a serem realizadas (detalhadas no projeto), contando com adaptações à natureza do trabalho na Antártica, baseado em experiências anteriores, havendo, ainda, a ampliação de novas técnicas que não haviam sido empregadas em versões anteriores do projeto (p.ex., geoquímica). O desenvolvimento dos trabalhos será um grande incentivo e oportunidade para a restauração do Museu Nacional/UFRJ, instituição que teve parte do seu acervo destruído por uma tragédia recentemente.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Alexandra Acco

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • polissacarídeos do pimentão (capsicum annuum): abordagem quimiopreventiva e terapia adjuvante em células de tumor mamário
  • As neoplasias são um dos problemas mais complexos para a medicina, tanto humana quanto veterinária, dada a sua diversidade e magnitude epidemiológica e econômica. Dentre os tumores, os mamários são altamente prevalentes. Mais de 1,3 milhões de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama a cada ano no mundo, sendo este também o tumor mais diagnosticado em cadelas, dos quais 50% são malignos. A quimioterapia é um importante componente da terapia anticâncer em humanos e em animais, mas está relacionada a muitos efeitos adversos. Assim, a quimioprevenção, definida como o uso de agentes naturais ou sintéticos para prevenir processos de carcinogênese, ganha destaque, especialmente quando proveniente de compostos bioativos. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho é avaliar a atividade quimiopreventiva e o efeito adjuvante terapêutico de polissacarídeos extraídos do pimentão (Capsicum annuum, CAP). Em estudo prévio demonstramos que estas pectinas têm expressiva atividade antitumoral in vivo e in vitro contra células de tumores mamários, mas não há estudos de seus efeitos em quimioprevenção e em combinação com quimioterápicos já estabelecidos. Estes aspectos serão abordados nesta proposta, além da investigação das vias de transdução atreladas a estes efeitos nas células tumorais de Ehrlich em camundongos e tumorais humanas MCF-7, MDA-MB-231 e MDA-MB-436, todas de origem mamária. Serão avaliados neste estudo pré-clínico com CAP o desenvolvimento tumoral, vias de carcinogênese (estresse oxidativo, inflamação, morte celular e angiogênese), metabolômica e biomarcadores de toxicidade sistêmica. A análise metabolômica será feita em parceria com a Northumbria University, da Inglaterra. Através deste projeto, espera-se elucidar in vivo e in vitro os efeitos quimiopreventivos e adjuvantes à quimioterapia das pectinas do CAP, e assim propor uma alternativa terapêutica para tumores sólidos, especialmente mamários, em medicina veterinária e medicina humana. Esta abordagem, integrando ambas as medicinas, vai de encontro ao conceito “one health”, na qual uma espécie se beneficia dos conhecimentos gerados em outra espécie. Adicionalmente, a formação de recursos humanos em Farmacologia e Oncologia pré-clínica é uma meta implícita nesta proposta, pois em todas as etapas do projeto haverá a participação de alunos de pós-graduação e iniciação científica.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022