Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Tábatta Renata Pereira de Brito

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • associação entre baixo nível de apoio social e o comprimento dos telômeros em idosos
  • Estudos recentes apontam que as trocas de apoio social são um importante preditor de saúde durante toda a vida. A qualidade das relações e a quantidade de pessoas que compõem a rede social do indivíduo tem sido associadas à maior morbidade e mortalidade, especialmente na velhice, o que suscita a ideia de que a troca de apoio social esteja associada ao processo de envelhecimento. Considerando que o tamanho dos telômeros tem sido utilizado como um indicador do envelhecimento celular e que pesquisas nessa área são escassas na literatura, principalmente à nível populacional, o objetivo geral desse projeto é analisar a associação entre apoio social e o comprimento telomérico entre idosos. Será realizado um estudo quantitativo com delineamento transversal do tipo analítico com uma amostra probabilística de 357 idosos não institucionalizados, residentes na área urbana de Alfenas, MG. A coleta de dados será realizada em duas etapas, sendo que na primeira será realizada entrevista pessoal e na segunda, coleta de sangue. A amostra sanguínea será utilizada para a quantificação relativa do tamanho dos telômeros por meio da qPCR em tempo real. Durante as entrevistas será utilizado um questionário contendo questões sobre aspectos sociodemográficos, condição geral de saúde e a Escala de Apoio Social do Medical Outcomes Study. Espera-se que o baixo nível de apoio social esteja associado ao encurtamento telomérico em idosos. Uma vez confirmada essa hipótese, os resultados desse estudo contribuirão para o avanço científico na área da enfermagem gerontológica ao mostrar a relação entre aspectos genéticos e comportamentais na longevidade.
  • Universidade Federal de Alfenas - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022