Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Osvaldo Pompilio de Melo Neto

Ciências Biológicas

Genética
  • proteínas de ligação a rna (rbps) e seu papel na ação de múltiplos complexos do tipo eif4f de iniciação da tradução em tripanosomatídeos patogênicos.
  • O processo de tradução, onde a informação genética contida nas moléculas de mRNAs é utilizada para a síntese de proteínas, é um dos mais complexos entre os vários requeridos para a adequada expressão gênica nos organismos vivos. Este é também um dos processos biológicos mais conservados, embora apresente diferenças importantes entre grupos taxonômicos divergentes. Neste processo, o complexo eIF4F de iniciação da tradução tem um papel crítico, atuando na mediação do reconhecimento dos mRNAs e intermediando seu recrutamento pelos ribossomos para se iniciar a tradução propriamente. O complexo eIF4F padrão dos eucariotos é um complexo heterotrimérico, formado pelas subunidades eIF4E, EIF4G e eIF4A. Entre estas, o eIF4E é o que reconhece de forma específica o nucleotídeo modificado cap na extremidade 5’ dos mRNAs eucarióticos. Já o eIF4G é a subunidade que estrutura o eIF4F enquanto o eIF4A atua como RNA helicase facilitando o acesso do ribossomo ao mRNA. A ação do eIF4F é estimulada pela presença da cauda poli-A na extremidade 3’ dos mRNAs, por sua vez reconhecida pela proteína de ligação ao poli-A, ou PABP. A atuação da PABP é mediada por uma interação direta com o eIF4F, levando a uma circularização do mRNA durante sua tradução. A pesquisa coordenada pelo proponente desta proposta tem como foco o estudo da ação do complexo eIF4F na iniciação da tradução em protozoários parasitas pertencentes aos gêneros Leishmania e Trypanosoma, coletivamente chamados de tripanosomatídeos. Seis homólogos de eIF4E (EIF4E1 a EIF4E6), cinco de eIF4G (EIF4G1 a EIF4G5) e um de eIF4A (EIF4AI) foram identificados nos tripanosomatídeos, além de três homólogos de PABP (PABP1 a PABP3). Cinco complexos do tipo eIF4F foram identificados até o momento, com subunidades eIF4E e eIF4G distintas, além de outros complexos contendo apenas homólogos de eIF4E. Este número elevado de complexos é único em comparação com outros eucariotos, não sendo encontrado mesmo em animais ou plantas. Dois dos complexos eIF4F identificados (baseados nos EIF4E4/EIF4G3 e EIF4E3/EIF4G4) foram implicados no processo de tradução e interagem com homólogos de PABP, sugerindo funções semelhantes às observadas em outros eucariotos. Os demais complexos não parecem ter um papel direto em eventos globais de tradução, mais parecem atuar de forma a regular o acesso de mRNAs específicos a maquinaria de síntese proteica, fazendo uso de mecanismos de regulação ainda não descritos em outros modelos eucarióticos. O panorama que emerge é que a presença destes diferentes complexos permite uma regulação fina de quando e em que condições diferentes conjuntos de mRNAs são traduzidos, desta forma contribuindo de forma significativa para o controle da expressão gênica nos tripanosomatídeos. Uma questão crítica que surge então diz respeito a como se dá o reconhecimento de diferentes mRNAs pelos múltiplos complexos eIF4F e relacionados. A hipótese de trabalho a ser investigada aqui é a de que motivos presentes nas regiões 3’ não traduzidas dos mRNAs sejam reconhecidos por diferentes proteínas de ligação a RNAs (as RBPs) e que estas proteínas, de maneira direta ou indireta, recrutem diferentes complexos do tipo eIF4F para seus mRNAs alvos. De acordo com o complexo que for recrutado para o mRNA, seu destino será definido, seja para a tradução, armazenamento ou degradação. Cada complexo, por sua vez, está sujeito a mecanismos de regulação próprios, muitos dos quais dependentes de proteínas quinases e fosforilação. O foco dessa proposta é buscar contribuir no entendimento de como diferentes complexos do tipo eIF4F reconhecem seus mRNAs alvos, quais seriam esses mRNAs e qual o impacto da associação a complexos específicos na sua tradução. Para isso pretende-se avaliar o papel de diferentes RBPs, entre as quais as PABPs, no reconhecimento e direcionamento de mRNAs específicos, ou populações de mRNAs, a um ou mais dos diferentes complexos já identificados nos tripanosomatídeos. Mecanismos de regulação, via fosforilação, de RBPs e complexos associados também serão investigados. Do ponto de vista experimental, ferramentas de uso rotineiro e já estabelecidas pela equipe e novas metodologias serão utilizadas nesta proposta para se conseguir avançar nos diferentes aspectos dos objetivos propostos. De uma forma geral serão utilizados como modelos experimentais o “Trypanosoma brucei” e duas espécies de “Leishmania”, a “L. infantum” e a “L. amazonensis”, todas passíveis de manipulação genética, e a partir da obtenção de culturas de diferentes fases dos seus ciclos de vida. Linhagens serão geradas a partir da deleção de genes e da expressão de proteínas modificadas contendo marcadores que facilitam sua detecção por anticorpos monoclonais comerciais. Linhagens expressando mRNAs quiméricos também serão geradas e estes então avaliados quanto ao seu reconhecimento por RBPs e complexos específicos, visando a identificação de motivos nos mRNAs envolvidos nesse reconhecimento. Boa parte dos experimentos propostos envolve a produção de lisados citoplasmáticos e ensaios de co-precipitação onde fatores em estudos serão precipitados com anticorpos específicos e os produtos co- precipitados analisados por Western-blot, sequenciamento dos mRNAs e espectrometria de massas. Outros experimentos devem investigar a interação direta entre proteínas específicas, através de ensaios do tipo pull-down com proteínas recombinantes. As diferentes abordagens farão uso ainda de construções geradas a partir de mutagênese sítio dirigida, com o foco na identificação de motivos que atuem na interação entre parceiros ou sejam sítios possíveis de fosforilação. No seu conjunto, os experimentos propostos devem levar a avanços impactantes no estudo do processo de tradução nos tripanosomatídeos e na identificação de novos mecanismos para o controle da sua síntese proteica e expressão gênica como um todo, gerando ainda uma contribuição importante ao entendimento da diversidade desse processo nos eucariotos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Osvaldo Ronald Saavedra Mendez

Engenharias

Engenharia de Energia
  • instituto nacional de ciência e tecnologia de energias oceânicas e fluviais - ineof
  • O tema alvo deste INCT é considerado estratégico para o desenvolvimento energético do Brasil. Os investimentos de pesquisa em energias oceânicas e fluviais nos últimos anos tem sido irrelevante no País, desestimulando a formação de recursos humanos e as atividades de pesquisa nas universidades. Esta visão está complemente conflitante com os enormes esforços e investimentos que são realizados na Europa para desenvolver técnicas para extrair energia dos oceanos e de rios com pequenas quedas, dos potenciais remanescentes de bacias hidrográficas já exploradas, de potenciais hidrocinéticos e de sistema não convencionais para geração de hidroeletricidade . O setor energético brasileiro tem concentrado seu interesse no petróleo, gás, hidroeletricidade de grande porte e recentemente, de forma ainda tímida, em energia eólica. Os indicadores de crescimento da carga e as dificuldades ambientais para construir novas usinas hidrelétricas estão levando a um aumento da participação dos combustíveis fósseis na geração de energia, colocando o Brasil na curiosa posição de andar na contramão das tendências mundiais. Pouco se conhece do potencial oceânico no Brasil; a pouca informação disponível está em estudos globais realizados do exterior. No país, poucas três universidades federais vêm desenvolvendo trabalhos de pesquisa quanto ao aproveitamento desta inesgotável fonte de energia, sendo elas a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), com projetos de pesquisa em andamento sobre o aproveitamento de energias oceânicas na geração de energia elétrica. Entre os principais projetos encontra-se a revitalização e instalação de uma usina piloto na barragem do rio Bacanga em São Luís - MA (UFMA UNIFEI, UFRJ) e a instalação de uma usina piloto de aproveitamento undimotriz no Porto de Pecém no Ceará (UFRJ). As energias fluviais foram tratadas em certa medida em algumas universidades no Brasil, tais como a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e a Universidade Federal do Pará (UFPA). As duas primeiras conseguiram desenvolver e patentear equipamentos, sendo o projeto da UNB posteriormente utilizado em um projeto piloto. No entanto, novos equipamentos também patenteados (não só nas instituições, também por inventores independentes) buscam ser desenvolvidos para avançar no aproveitamento desta energia. O presente INCT pretende promover, por meio de colaborações institucionais, a pesquisa cientifica multidisciplinar e o ensino de excelência relacionado aos tópicos de energia oceânica, maremotriz, hidrocinética e fluviais gerando conhecimento estratégico que contribua à diversificação da matriz energética com respeito ao meio ambiente. Através desta proposta pretende-se aglutinar os poucos grupos de pesquisa no Brasil com trabalhos em energia no mar, fluviais de baixas quedas e hidrocinéticas ou atividades aderentes, para deflagrar um processo de colaboração consistente interinstitucional coma valiosa colaboração de especialistas internacionais que decorra na geração de conhecimento, elaboração de protótipos e a formação de recursos humanos em energia oceânicas e fluviais de baixas quedas e hidrocinéticas.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Oswaldo Gonçalves Junior

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • 15 anos depois: a construção social do mercado do leite caprino no semiárido
  • Em 2008 e 2009, este pesquisador identificou e analisou um "processo de construção social do mercado" do leite caprino no Semiárido nordestino. Esse é um conceito da Sociologia Econômica, que entende que os fenômenos econômicos são sociais por sua natureza. História, tradições, culturas, valores, ideias, formas de associação, redes, entre outros, são fatores a se compreender. Isso é especialmente importante em regiões marcadas pela histórica pobreza e limitação climática. Assunto que ganha relevância na atualidade num cenário de crise climática, no qual se prevê que significativas parcelas da população sofrerão impactos. O presente estudo visa realizar uma nova rodada de pesquisa, quando se completará 15 anos desde a pesquisa inicial. A criação de caprinos e ovinos remonta à chegada dos portugueses no século XVI e esses animais são vistos de maneira inferiorizada em comparação aos bovinos, cuja criação se liga a status social. Trata-se de uma contradição, na medida em que a criação desses animais é mais adaptada às condições da seca. Essa cultura de resistência é confrontada por uma “rede de entusiastas” formada por agentes-chave (pesquisadores, gestores, técnicos e criadores) ligados a um conjunto de instituições. Além deles, o governo federal, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), desenvolve Programas do Leite em parceria com estados, visando garantir mercados para os produtos da agricultura familiar e segurança alimentar para parcelas da população. Nesse processo induzido, a construção de mercados vem promovendo reestruturação de laços sociais, ampliando o rol de relações a que os indivíduos se submetiam anteriormente à vivência dessas práticas. A independência processual da política pública e a conquista de mercados privados pelos agricultores também chama a atenção. Como isso se encontra hoje? Nesta nova rodada da pesquisa se pretende analisar os desdobramentos desse fenômeno, possibilitando a construção de um quadro comparativo atualizado.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Otavio Henrique Thiemann

Ciências Biológicas

Biofísica
  • agir antes da pandemia - caracterização de vírus com potencial epidêmico
  • Espécies virais são abundantes na natureza e fundamentais para a biosfera, entretanto novas epidemias tem o potencial de surgir a partir de interações aparentemente inócuas e casuais entre vírus e hospedeiro. Como por exemplo no caso do Zika vírus , o patógeno era conhecido há décadas antes de se tornar um problema de saúde pública mundial e a comunidade científica e de saúde passar a fazer frente a ameaça que representa. Entretanto, havendo conhecimento prévio da biologia da espécie viral e de sua estrutura atômica tal resposta pode ser significativamente acelerada. Aliado a essa iniciativa, estudos da biologia e estrutura viral contribuem com o conhecimento da dinâmica da interação molecular entre proteínas, reconhecimento entre capsídeo-hospedeiro, evasão do sistema imune, produção de vacinas e diagnóstico, entre inúmeros outros. Neste contexto, este projeto irá caracterizar vírus humanos dos gêneros Gemykibivirus, Cyclovirus e Sapovirus envolvidos em gastroenterites e encefalites agudas. Para tanto, proteínas estruturais, formadoras de capsídeo, e não estruturais, polimerases e proteases, serão obtidas por expressão heteróloga para estudos biofísicos e bioquímicos. Partículas semelhantes a vírus (Virus-Like Particles, VLPs) serão montadas para estudos estruturais por cristalografia, difração de raios-X e Crio-Microscopia Eletrônica. Antissoros vírus-específicos serão gerados empregando as proteínas recombinantes e empregados na pesquisa da prevalência destes vírus na população. Inicialmente, investigando amostras de bancos de sangue e posteriormente amostras coletadas de pacientes voluntários, mediante aplicação de Termos de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) e aprovação dos conselhos de ética da USP e UFSCar. A correlação da prevalência e sintomatologia permitirá determinar a patogenia associada. Desta forma, este projeto se baseia tanto na pesquisa biofísica e bioquímica como na determinação da relevância para a saúde pública destes gêneros virais.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Otávio Rizzi Coelho Filho

Ciências da Saúde

Medicina
  • efeito da inibição de bradicinina em adultos hospitalizados com covid-19 no remodelamento miocárdico: sub-estudo de um ensaio clínico randomizado
  • Desde os primeiros relatos da infecção por um novo Coronavírus denominado SARS-CoV-2 (Severe Acute Respiratory Syndrome Coronavirus 2), a doença conhecida como COVID-19 e se disseminou rapidamente pelo mundo, com mais de 230 milhões de casos e mais de 4 milhões de mortes até o final de Setembro/2021, tendo sido declarado pandemia pela organização mundial da saúde. No Brasil a doença vem progredindo rapidamente, com mais de mais de 21 milhões de infectados e mais de 590 mil mortes confirmadas na mesma data. Apesar da infecção pelo SARS-CoV-2 poder ser assintomática e apresentar um taxa de letalidade baixa na população saudável, indivíduos com comorbidades cardiovasculares e cardiopatia prévia apresentam mortalidade significativamente maior. Por outro lado apesar do mecanismo exato da lesão miocárdica no COVID-19 não estar totalmente esclarecida, pacientes que no decorrer do curso da doença devolvem lesão miocárdica aguda, caracterizada pela elevação de troponina e novas alterações eletrocardiográficas, podem exibir mortalidade até ~ 5 vezes maior que indivíduos sem lesão miocárdica. Apesar de alguns relatos demonstrarem que pacientes infectados com COVID-19 podem desenvolver disfunção do músculo cárdico, nenhum estudo investigou até o momento o remodelamento miocárdico em pacientes infectados com SARS-CoV-2, nem tão pouco o efeito do bloqueio da síntese de bradicinina no remodelamento miocárdio nesse contexto. Até o presente momento, este é o primeiro experimento, que propõe o uso de inovadoras metodologias para investigação de diversos componentes do remodelamento miocárdico em pacientes com quadro grave de infecção pelo SARS-CoV-2 que irão participar de ensaio clinico investigando o bloqueio da síntese de bradicinina, utilizando o inibidor de C1 esterase/calicreína (Berinert) ou a inibição do receptor 2 de bradicinina, utilizando icatibanto (Firazyr). Nesse estudo iremos utilizar técnicas avanças de imagem com ECO e RMC para investigar o remodelamento.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Otávio Rodrigues Machado Neto

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • a marmorização da carne bovina: estudo dos mecanismos regulatórios da adipogênese e lipogênese em bovinos nelore (bos indicus) e cruzados (bos taurus - bos indicus)
  • A deposição de gordura intramuscular na carne pode influenciar positivamente nos atributos sensoriais incluindo sabor, suculência e maciez. Neste contexto, considerando o uso crescente no Brasil de técnicas de manejo e nutricionais com o objetivo de produzir carne com maior teor de gordura intramuscular, torna-se importante descrever os mecanismos de sinalização celular e expressão dessa importante característica. Poucos estudos descreveram a adipogênese e lipogênese durante o período neonatal até o desmame ou mesmo a sua persistência até a vida adulta. Até o momento, nenhum estudo foi conduzido com o intuito de elucidar a regulação das vias de sinalização da adipogênese, lipogênese e marmorização da carne de bovinos Nelore e seus mestiços. Considerando que animais zebuínos são preponderantes na pecuária de corte brasileira e produzem carne com baixo índice de marmorização, frente à demanda de carnes de melhor qualidade, tanto no mercado externo quanto no mercado interno, torna-se imprescindível estudos para a melhoria dessa característica. A hipótese do estudo é que a investigação dos processos de adipogênese e lipogênese permitiria o melhor entendimento da fisiologia e metabolismo dos processos envolvidos na deposição de gordura intramuscular. Em virtude disso, seria possível melhorar as estratégias de manipulação dessa característica em animais zebuínos puros e cruzados. Há evidências de que intervenções como a desmama precoce, a injeção intramuscular de vitamina A, a castração e a suplementação de bezerros, as quais serão abordadas no projeto da presente proposta, podem colaborar para a melhoria dessa característica em questão. As estratégias metodológicas a serem utilizadas no presente projeto, a saber: RNA-Seq, RT-qPCR e Proteômica, são ferramentas de análise de vanguarda e mundialmente consagradas para estudos que objetivam desvendar mecanismos e processos fisiológicos que culminam na determinação de características complexas, como a marmorização da carne.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Othon Fernando Jambeiro Barbosa

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • políticas de fomento à produção independente do audiovisual no brasil: continuidades e mudanças
  • A proposta foca nos aspectos de continuidade e mudança no fomento ao setor do audiovisual no Brasil, e nas relações intra e entre atores institucionais e de mercado. Até 2016, este setor viveu um expressivo ciclo de desenvolvimento. Mas em 2019, a desmobilização das políticas até então implementadas, a paralisação da Agência Nacional do Cinema (Ancine), gestora do fomento, e a interrupção das chamadas públicas do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), principal fonte de investimento, juntaram-se aos efeitos da digitalização e do streaming, afetando seriamente a lógica de produção e circulação das obras audiovisuais. O problema do projeto é: como se dá, no novo contexto político, econômico e tecnológico, o relacionamento das produtoras entre si, com as instituições de fomento e com as empresas de exibição e circulação, no que se refere ao financiamento, processos criativos, produção e comercialização dos produtos audiovisuais? A questão a ser investigada tem três vertentes entrelaçadas: (1) como os produtores estão se reorganizando, em termos de processos produtivos, comercialização e internacionalização; (2) que horizonte anteveem nas suas relações com as instituições de fomento; e (3) como estas últimas estão se planejando para o futuro. Apesar de serem exclusivos, os recursos do Fundo Setorial do Audiovisual não têm sido usados plenamente porque houve alteração nas políticas relativas à sua aplicação, ocasionando reorganizações das produtoras. O incremento da digitalização e do streaming, além da perspectiva de novo governo a partir de 2023 inserem novos elementos no horizonte dos produtores e das instituições de fomento. Serão construídos três cenários comparativos entre as situações nos períodos: 2008 a 2016; 2016 a 2018; e 2019 a 2022; e outro, com base nas continuidades e mudanças observadas nas tecnologias e nos processos de fomento, produção e comercialização.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Otília Deusdênia Loiola Pessoa

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • prospecção de fontes naturais (terrestre e marinha) buscando compostos bioativos através de uma abordagem interdisciplinar: química, metabolômica e farmacologia
  • Empiricamente identificados como uma das primeiras formas de tratar doenças humanas, os produtos naturais (PN) botânicos passaram a ser globalmente reconhecidos como sendo fundamentais p/ a descoberta de compostos ativos e como fonte de inspiração para o planejamento de fármacos. Posteriormente, surgiram os estudos com os organismos e micro-organismos marinhos, os quais têm se destacado como uma incontestável fonte de substâncias ativas. Estima-se que cerca de 40% dos medicamentos em uso são derivados de PN, originados principalmente a partir de plantas e microrganismos. Reconhecendo o potencial dos PNs, o enfoque da presente proposta será investigar extratos de fontes naturais (ver metodologia), por meio de fracionamentos bioguiados, buscando compostos de estruturas inéditas e ativas, particularmente, terpenos, alcaloides e vitanolideos. Um aspecto inovador da proposta consiste nos estudos de metabolômica aliado a análise multivariada, de plantas medicinais do gênero Plectranthus (Lamiaceae) visando a descoberta e a validação de biomarcadores, e Acnistus arborescens (Solanaceae) para explicar as diferenças de expressão gênica entre as plantas silvestres e as domesticadas, como previamente evidenciado em estudos de isolamento. Foram priorizados os testes farmacológicos: anti-inflamatório, através da inibição da produção de NO e de citocinas inflamatórias em macrófagos estimulados com LPS; gastroprotetor, em modelo de úlcera gástrica induzida por etanol em camundongos; testes de atividade sobre o SNC usando modelos experimentais em zebrafish e em camundongos, com destaque para as atividades ansiolítica, anticonvulsivante e comportamentais, bem como avaliação da inibição da enzima acetilcolinesterase. Ressaltamos que as pesquisas com organismos marinhos e micro-organismos associados são ainda inovadoras e bastante promissoras para nossa região, dada a importância não apenas do conhecimento químico/farmacológico, mas também para a descoberta de novos fármacos.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Otília Maria Alves da Nóbrega Alberto Dantas

Ciências Humanas

Educação
  • os cursos de pedagogia nas ies brasileiras: análises das dimensões teórico-científicas e prático-organizacionais
  • A Resolução CNE/CP Nº 02/2019 estabelece Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para a Formação inicial de Professores para a Educação Básica, impactando a reestruturação dos cursos de Pedagogia do país. A proposta de novas DCN desconsidera as experiências das Instituições de Ensino Superior, as pesquisas sobre epistemologia da Pedagogia e campos de atuação da/o pedagoga/o, como também as críticas direcionadas às DCN específicas para o curso, homologadas em 2006. Assim, problematiza-se as tensões e as perspectivas para o curso de Pedagogia com base no contexto histórico, político e social, destacando dois aspectos: o teórico-científico, que corresponde à epistemologia da Pedagogia, à concepção de formação e aos fundamentos da teoria educacional e os aspectos prático-organizacionais relativos aos componentes curriculares do curso. Considera-se que as reformulações curriculares dos cursos de Pedagogia descaracterizaram a Pedagogia como ciência que investiga os fenômenos educativos em diferentes espaços, fragilizando o processo formativo. O objetivo do projeto é compreender a direção epistemológica e formativa do Curso de Pedagogia no Brasil. Especificamente, busca-se: a) analisar os Projetos Político Pedagógicos (PPPs) dos cursos de Pedagogia e como tais aspectos são traduzidos na organização curricular; b) descrever o perfil profissional e como estão constituídos os eixos epistemológicos da formação no que tange à dimensão teórico-metodológica; c) compreender as concepções de Pedagogia na perspectiva de docentes e discentes. A metodologia pauta-se na abordagem quantitativa e qualitativa, envolvendo a análise documental da legislação e dos PPPs dos cursos de IES públicas e privadas e a aplicação de questionário direcionado a docentes membros dos NDE e discentes. Esta pesquisa, proposta pela Rede Nacional de Pesquisadores em Pedagogia, sistematizará um conjunto de dados que poderão gerar proposições para as novas DCNs a serem elaboradas pelo CNE.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ozerina Victor de Oliveira

Ciências Humanas

Educação
  • tecnologias educacionais, formação de professores e educação especial: potencialidades de integração e de inovação.
  • Neste projeto de pesquisa, profissionais de duas áreas de conhecimento, a Educação e a Engenharia Elétrica, instados a responder demandas irruptivas da educação remota, problematizam o uso das tecnologias educacionais nas mediações pedagógicas tanto nos currículos da formação inicial de professores quanto nos currículos da Educação Especial, na perspectiva do desenvolvimento da autonomia docente, da inclusão de Pessoas Com Deficiência (PCDs) e da integração entre tecnologias e currículo para além da condição posta à educação pela atual pandemia. O propósito é compreender a inserção das tecnologias nos currículos de formação de professores, o acolhimento e desenvolvimento de pessoas com algum tipo de deficiência em escolas comuns e como se opera mudanças substantivas nos processos pedagógicos por meio de tecnologias educacionais. O desenvolvimento da pesquisa se encontra teoricamente amparado na compreensão do processo cíclico das políticas de currículo, na formação integral, nas tecnologias educacionais como prática social e no papel social de circuitos elétricos, magnéticos e eletrônicos na produção tecnológica sustentável. Em decorrência, a abordagem metodológica adotada é qualitativa e experimental, envolvendo estudo bibliográfico, estudo documental, entrevistas semiestruturadas, observação participante e não participantes, workshop entre pesquisadores, professores e estudantes e experimentos em laboratórios de Engenharia Elétrica. A expectativa é de que esta pesquisa possa potencializar a tecnologia necessária à integração curricular e subsidiar políticas públicas em currículo voltadas à inovação pedagógica e à produção de tecnologia socialmente responsáveis na formação inicial de professores e aos processos de escolarização de todo aquele que necessita ser atendido em sua especificidade, em virtude de deficiências ou transtornos.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pablo Daniel Carrasco Correa

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • continuidade de expoentes para endomorfismos
  • Os expoentes de Lyapunov são uma ferramenta fundamental para analisar o comportamento assintótico das equações diferenciais, e por tanto seu estudo é de grande interesse, tanto desde o ponto de vista prático como teórico. O presente projeto aborda uma pergunta natural: como variam os expoentes para pequenas perturbações do sistema? Técnicas habituais permitem reduzir o estudo a tempo discreto, o que leva a considerar iterações de mapas (difeomorfismos) e seus expoentes correspondentes. Neste caso existe abundante literatura, o que contrasta com a escassa quantidade para quando o mapa não é invertível (endomorfismo). Sistemas não-invertíveis são associados a processos irreversíveis, pelo qual é um tema clássico de estudo dentro dos sistemas dinâmicos, mas a parte correspondente à continuidade dos seus expoentes ainda resulta misteriosa. Utilizando avanços recentes em teoria ergódica diferenciável nosso objetivo é elucidar o problema para endomorfismos de superfícies compactas. Precisamente, consideraremos uma superfície compacta orientável (por exemplo, o Toro) e o espaço E de endomorfismos conservativos (de grau maior a um) nela, munido com a topologia Cr. Estudaremos os pontos de continuidades em E das funções que associam a cada endomorfismo seus expoentes. Avanço neste contexto certamente abriria uma linha de pesquisa relacionada a possíveis generalizações. Avanços recentes na teoria (continuidade de expoentes para parcialmente hiperbólicos e para cociclos sobre endomorfismos fixos) dão novas ferramentas que podem ser aplicadas neste problema, que ate agora tinha ficado fora do alcanço da tecnologia existente. Neste projeto, estudaremos como adaptar e combinar os argumentos anteriores para o caso do cociclo derivada (que não é independente do mapa).
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pablo Sebastián Fernández

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • produção (foto)eletroquímica de produtos de valor agregado a partir da conversão de co2 e glicerol
  • O contínuo crescimento da demanda de energia e os efeitos causados pelo aquecimento global têm estimulado o desenvolvimento de sistemas para de conversão e armazenamento sustentável de energia. No Brasil, há condições ótimas para utilização das energias solar e/ou eólica em grande parte do território. Estas fontes intermitentes de energia fornecem elétrons “verdes” que podem ser utilizados para a realização de diversos tipos de reações eletroquímicas. De fato, o tema se encaixa nas áreas prioritárias de pesquisa definidas pelo MCTI. O CO2 é um gás gerado durante a queima de combustíveis fósseis em muitos processos industriais e majoritariamente descartado na atmosfera, o que contribui com o aquecimento global. O glicerol é um subproduto da obtenção do biodiesel, uma indústria bem estabelecida no Brasil. Infelizmente, existe hoje um acúmulo de glicerol uma vez que sua geração é maior que a demanda. Assim, neste projeto, propomos o desenvolvimento de materiais para utilizar CO2 e glicerol para a geração de produtos de valor agregado através de processos eletroquímicos. O desenvolvimento de catalisadores com estrutura e composição otimizadas é essencial para realizar estas reações de maneira eficiente (rápida e com altos rendimentos) e seletiva (obtendo o produto desejado). A preparação racional destes materiais não é possível sem o conhecimento dos processos microscópicos que acontecem na interface eletrodo-solução. Assim, neste projeto, além da síntese, propomos estudos sistemáticos utilizando técnicas de caracterização in situ com o intuito de entender como estas reações ocorrem nos seguintes materiais: i) mistura de nanoligas de Cu/Au e nanopartículas de Cu visando o efeito Tandem (para a redução de CO2) e ii) óxidos semicondutores e óxidos de Perovskita e nanopartículas com baixo teor de metais nobres (para a Eletrooxidaççao de glycerol).
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Paloma Maria Silva Rocha Rizol

Outra

Divulgação Científica
  • o uso das redes sociais para incentivar mais mulheres nas engenharias.
  • O problema do baixo número de mulheres nas áreas profissionais de engenharia ocorre em todo o mundo. Hoje no Brasil, de acordo com o INEP (2017), as mulheres que ingressam no ensino superior são 55%, porém mulheres ingressantes no ensino superior em Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM, da sigla em inglês) representam apenas 14%. Este problema tem sido estudado em todo o mundo e tem-se criado estratégias para atrair mais mulheres para estas áreas. Várias iniciativas e grupos no Brasil estão realizando atividades de modo a contribuir para equidade de mulheres na área de Engenharias. Nesta perspectiva, pode-se citar os grupos: IEEE WIE (Women in Engineering) da UNESP de Guaratinguetá, o GT (Grupo de Trabalho) da Abenge Mulheres na Engenharia, STEM2D, Engenheiras da Borborema – IEEE WIE UFCG, entre outros. Neste contexto, o objetivo deste projeto é realizar o levantamento qualitativo e quantitativo da participação feminina nos cursos de Engenharia do Brasil entre os anos de 2004 e 2019, por meio dos Microdados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE). Também será realizada a análise nas redes sociais, tais como: Linkedin e Twitter para verificar a inserção e atuação de mulheres no mercado de trabalho. Os dados quantitativos serão tratados por meio de análise estatística e os dados qualitativos serão tratados por meio de analise de conteúdo. Pesquisa exploratória, será realizado o levantamento bibliográfico e documental sobre o tema para composição do estado da arte; análise de conteúdo dos dados do ENADE disponíveis pelo (INEP), com orientação quantitativa e qualitativa; e, a partir destas informações propor estratégias e interações de Comunicação Pública utilizando das redes sociais para estimular e despertar o interesse vocacional das meninas e jovens para as carreiras de Engenharias.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pâmela Billig Mello Carpes

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • modulação da consolidação e persistência da memória induzida pelo exercício físico: mecanismos envolvidos e aplicabilidade
  • A prática de exercício físico (EF) após uma aprendizagem pode atuar modulando a consolidação da memória. Já sabemos que uma sessão de EF após um aprendizado melhora a consolidação e persistência da memória por meio de mecanismos catecolaminérgicos no hipocampo, estrutura cerebral essencial para a consolidação da memória. Este projeto tem como objetivo avançar os conhecimentos acerca dos efeitos do EF agudo sobre a modulação da memória e compreender os mecanismos neurobiológicos envolvidos e sua aplicabilidade. Este projeto será desenvolvido a partir de 4 estudos. Para os três primeiros estudos serão utilizados ratos Wistar adultos, e a memória será testada através da tarefa de reconhecimento de objetos (RO). No estudo 1, nós iremos investigar o envolvimento da área tegmental ventral (ATV) e do locus coerulleus (LC), núcleos catecolaminérgicos, na modulação do aprendizado pelo EF agudo, utilizando estratégias farmacológicas e mensurações neuroquímicas. No estudo 2, nós avaliaremos a requisição de síntese proteica hipocampal mediada pelo EF agudo para a promoção da persistência da memória, através de experimentos farmacológicos-comportamentais, de imunoquímica e epigenética. No estudo 3, o efeito e mecanismos do EF agudo na memória serão investigados considerando a fase de consolidação tardia da memória, 12 horas após o aprendizado, utilizando estratégias farmacológicas. O quarto estudo será realizado no contexto educacional, sendo os sujeitos estudantes do Ensino Médio da Educação Básica. Neste estudo avaliaremos os efeitos de uma sessão de exercício no aprendizado dos estudantes através de testes formais de conhecimento, além de mensurar os níveis de cortisol e a atividade adrenérgica (níveis de alfa-amilase salivar). Ao final deste projeto esperamos ter maior compreensão acerca dos efeitos modulatórios e mecanismos de ação do EF sobre a consolidação e persistência da memória, além de insights sobre sua aplicabilidade no contexto educacional.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Pâmela Freitas Pereira Toassi

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • aprendizagem de vocabulário por bilíngues e multilíngues
  • A aprendizagem de vocabulário é um tópico proeminente no estudo de aquisição de segunda língua. Informações sobre como aprendemos novas palavras e sobre como as acomodamos no nosso sistema linguístico já estabelecido podem ser muito informativas no entendimento dos processos envolvidos no aprendizado da língua em si. Compreender os mecanismos que subjazem o léxico mental é fundamental para o entendimento desses processos de aprendizagem. Neste projeto de pesquisa objetivamos avaliar a influência do contexto semântico e não semântico na aprendizagem de palavras novas. Para tanto iremos apresentar aos participantes sentenças contendo palavras raras. Estas sentenças serão manipuladas em relação ao contexto, à língua e à modalidade (apenas escrita ou oral e escrita). O presente estudo tem por base o estudo de Lauro, Schwartz e Francis (2020), cujos resultados demonstraram que os aprendizes lembraram melhor os significados das palavras raras quando elas haviam sido apresentadas em contextos variados do que em contextos repetidos. Pretendemos expandir essa análise através da incorporação de grupos de participantes com a mesma combinação linguística do estudo reportado, mas com diferente dominância linguística, bem como acrescentar participantes com outras combinações linguísticas, sendo bilíngues e trilíngues. A tarefa experimental consistirá na apresentação de 84 sentenças contendo palavras raras, com ou sem estímulo auditivo. Os participantes terão o movimento dos olhos monitorado enquanto leem as sentenças. Como já mencionado, será manipulado o contexto e a língua das sentenças. Após a tarefa de leitura, os participantes irão realizar uma tarefa de julgamento semântico e uma tarefa de completar sentenças. Estas duas últimas tarefas nos fornecerão dados de acurácia e tempo de resposta, os quais nos permitirão inferir sobre as condições nas quais o aprendizado das palavras foi melhor.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 08/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Paola Berenstein Jacques

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • cronologia do pensamento urbanístico: plataforma on-line e rede colaborativa
  • A proposta pretende dar continuidade à pesquisa em curso a partir de dois eixos: alimentação do banco de dados, manutenção e divulgação da plataforma on-line ; consolidação da rede de colaboração interinstitucional transnacional das oito equipes da pesquisa, com a realização de oficinas, seminários e publicações coletivas. A plataforma on-line, criada em 2003, e apoiada pelo CNPq desde então, tem como objetivo divulgar e articular resultados de pesquisas sobre urbanismo, visando contribuir para uma construção teórica-metodológica mais complexa da história do urbanismo. A proposta repousa na hipótese que, mesmo após mais de cinco décadas de crítica às formas funcionalistas de intervir nas cidades, ainda é necessária uma desconstrução de epistemologias hegemônicas, com objetivo de dotar as práticas urbanísticas de maior reflexividade quanto aos seus próprios gestos. A plataforma se converteu em importante fonte de informações sobre urbanismo no país e no exterior, sendo utilizada por professores, estudantes, técnicos e público em geral. Só neste ano recebemos mais de 170 mil acessos de 144 países e 2495 cidades. Nossa rede de colaboração hoje possui oito equipes distintas, sediadas em diferentes universidades públicas, configurando novos saltos teóricos, escalas de ação e desafios. Os diferentes trabalhos nesta nova configuração já resultaram na coleção de livros Nebulosas do Pensamento Urbanístico (3 tomos). Com o apoio do CNPq, divulgaremos os resultados dos nossos trabalhos em anais, a partir de três seminários de enfrentamento colaborativo dos problemas de pesquisa, objetos teóricos, procedimentos de tratamento com fontes, dados, periodizações e hipóteses, com participação dos pesquisadores nacionais e de observadores internacionais. Os recursos solicitados visam a atualização e manutenção da plataforma on-line, o fomento à colaboração entre os grupos e a divulgação dos resultados das investigações e dos debates teóricos.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Paola Cristina Resende Silva

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento de ferramentas biotecnológicas para identificação, monitoramento e caracterização de variantes do sars-cov-2 na região sul-americana.
  • O surgimento e a rápida disseminação do vírus SARS-CoV-2 levaram a Organização Mundial da Saúde (OMS) a categorizar a doença causada por este agente (COVID-19) como uma pandemia em 11 de março de 2020 (OMS, 2020). O surgimento deste novo coronavírus humano destaca a ameaça à saúde humana representada pelos vírus zoonóticos emergentes, para os quais inicialmente não havia tratamentos antivirais ou vacinas eficazes. Na região da América do Sul, foram detectadas todas as variantes de preocupação (VOC), algumas delas, como alfa, gama e delta, já circulando em vários países. Da mesma forma, tem sido relatado o surgimento de novas variantes, entre elas as variantes de interesse (VOI) mu e lambda e o VOC gama. Isso, somado à desigualdade existente, tanto em termos do tipo de vacinas administradas como do escopo da vacinação nos diferentes países, representa um terreno fértil para o surgimento de novas variantes ou a evolução das já relatadas para variantes com maior capacidade de evasão. a resposta imune gerada por vacinas. Nesse contexto, o desenvolvimento de estratégias de detecção molecular e de sequenciamento que permitam a vigilância genômica ativa terá papel fundamental no controle da pandemia. Nesse sentido, o presente projeto levanta a necessidade de desenvolver por meio da utilização de ferramentas moleculares de biotecnologia para detecção e identificação de variantes, que sejam de simples implementação e transferência, além de baixo custo. Essas ferramentas serão compartilhadas pelos grupos dos três países parceiros, a fim de formar um grupo de trabalho regional que fornecerá informações sobre a dinâmica da pandemia na região. Do mesmo modo, a avaliação de novas variantes do ponto de vista da sua capacidade de transmissão, bem como a possível evasão da resposta imunitária gerada pelas vacinas, através da utilização de clones infecciosos que permitem a introdução por engenharia genética das mutações relevantes encontradas, também está sendo considerado.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 13/12/2021-30/06/2024
Foto de perfil

Patrícia Alvarenga

Ciências Humanas

Psicologia
  • avaliação de intervenções online para promover a parentalidade e o desenvolvimento infantil
  • Programas de orientação a pais visam favorecer práticas parentais sensíveis e assertivas, que promovem o desenvolvimento socioemocional pleno desde os primeiros anos de vida da criança. A disseminação das tecnologias digitais vem mostrando a necessidade de programas online de orientação a pais, que podem transpor obstáculos como a distância física e a falta de tempo, fatores que geralmente comprometem a retenção de participantes em programas presenciais. O objetivo geral deste projeto é avaliar os efeitos de duas intervenções online para promover o bem-estar parental, as práticas parentais e o desenvolvimento infantil em famílias sociovulneráveis com crianças de 0 a 12 meses (Programa de Responsividade Materna – PRM) e de 3 a 6 anos de idade (Programa de Bem-estar Subjetivo e Práticas Parentais – BESPP). As duas intervenções adotam a abordagem bigeracional, visando promover não somente o desenvolvimento das crianças, mas também o bem-estar dos pais, e estão inspiradas na abordagem do Mapeamento de Intervenções. O objetivo geral será atingido pela realização de dois estudos de delineamento quasi-experimental, cada um com três grupos de comparação: intervenção autoadministrada (participantes interagem com conteúdo online somente); intervenção mista (participantes interagem com conteúdo online e com psicólogo em chamadas de áudio ou vídeo); e lista de espera. Cada um dos grupos será composto por 20 mães e/ou pais com escolaridade máxima de ensino médio e que possuam acesso à internet e a um dispositivo digital (computador com câmera, tablet ou smartphone). No pré e no pós-teste, os pais serão avaliados quanto à própria saúde mental e bem-estar subjetivo, práticas parentais, desenvolvimento dos filhos, engajamento nas atividades online e satisfação dos usuários. As duas intervenções serão implementadas pelo site www.parapais.ips.ufba.br. Resultados do pré-teste e do pós-teste dos três grupos serão comparados com a utilização de modelos mistos de análise de variância.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Patrícia Alves Ramiro

Ciências Humanas

Sociologia
  • reconfigurações do espaço social do brejo paraibano no século xxi
  • “Reconfigurações do espaço social do brejo paraibano no século XXI” é um projeto de pesquisas ambicioso, com parcerias institucionais em âmbito nacional e internacional, visando compreender as estratégias adotadas no Brejo paraibano por ex-trabalhadores da Usina Santa Maria e por proprietários de engenhos que viviam da comercialização da cana-de-açúcar para essa agroindústria até sua falência no início da década de 1990. Tal falência desencadeia recomposições sociais de forte amplitude com alterações dos modos de viver e pensar de agentes os mais diversos. De um lado, vemos terras que eram da usina serem desapropriadas para fins de reforma agrária, dando origem a dez assentamentos rurais localizados nos municípios de Areia, Pilões e Serraria, por outro, temos senhores de engenho e seus herdeiros buscando estratégias de reconversão para manutenção ou melhoria de sua posição social. Uma das possibilidades para estes reside na reconversão através da produção e valorização simbólica da cachaça e do turismo, práticas que necessitam capitais muito específicos, em especial culturais, que serão objetos de investigação deste projeto. Quanto aos ex-trabalhadores da usina, foram as transformações no mundo dos de cima, em particular de seu pólo mais forte, que viabilizaram mudanças no mundo social dos de baixo, via trajetórias ascendentes como assentados de reforma agrária. Todavia, a nova posição de assentados exige deles novos investimentos cognitivos e práticos para eficácia desta reconversão. Será utilizado tanto o método etnográfico visando conhecer as trajetórias das famílias e suas formas de apropriação e circulação no espaço social na região, quanto a análise quantitativa de dados e a análise de documentos do setor administrativo da usina que estão sob a guarda da UFPB e resultarão no primeiro acervo documental com aproximadamente 10.661 documentos sobre o passado da agroindústria açucareira na Paraíba junto ao arquivo central da universidade ao final do projeto.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Patricia Coelho de Souza Leão

Ciências Agrárias

Agronomia
  • tecnologias para aumentar a produtividade e a qualidade de frutos de novas cultivares de uvas de mesa no semiárido brasileiro
  • A uva de mesa representa uma das mais importantes cadeias produtivas da fruticultura irrigada, destacando-se o Submédio do Vale do São Francisco como a principal região produtora e exportadora de uvas de mesa do Brasil. Nos últimos anos observou-se ampliação da utilização de cultivares procedentes de programas de melhoramento públicos e privados, destacando-se as cultivares de uvas desenvolvidas pela Embrapa. As uvas sem sementes apresentam uma série de características atraentes mas também alguns problemas, tais como suscetibilidade a doenças, podridões dos frutos e rachadura de bagas. O cultivo protegido com cobertura plástica, associado à utilização de porta enxertos adequados para cada cultivar reduzem os prejuízos causados pela chuva, especialmente na fase de maturação e colheita incrementando a produtividade e promovendo a colheita de uvas de elevada qualidade, sadias e livres de resíduos químicos. Diante do exposto, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo recomendar práticas de cultivo protegido e porta enxertos para novas cultivares de uvas sem sementes que assegurem produtividades elevadas e estáveis e qualidade competitiva dos frutos em dois ciclos de produção por ano. O projeto é composto por duas ações de pesquisa, a primeira propõe o estudo do cultivo protegido com cobertura plástica, enquanto na segunda serão avaliados oito porta enxertos (IAC 313, IAC 572, IAC 766, Paulsen 1103, SO4, Teleki 5C, 101-14 MgT e Ramsey). As cultivares utilizadas em ambas ações de pesquisa serão BRS Melodia, BRS Tainá e seleção 53 (ainda não lançada como cultivar comercial). Todos os experimentos serão realizados em áreas comerciais de parceiros privados o que facilita o processo de transferência e adoção das tecnologias. Este projeto conta ainda com as parcerias das Universidade de Pernambuco e Universidade Federal Rural de Pernambuco contribuindo para a formação de estudantes de graduação e pós graduação.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025