Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sayonara Cotrim Sabioni

Outra

Divulgação Científica
  • secitec-ia intermunicipal - semana de ciência e tecnologia intermunicipal: desmistificação da inteligência artificial
  • A popularização da Ciência é fundamental para melhorar o sistema educacional no âmbito da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão, principalmente em municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Dentro deste contexto, o IF Baiano Campus Guanambi é uma instituição que vem desenvolvendo projetos de pesquisa e extensão em parceria com as escolas estaduais e portanto, possui grande capacidade de executar esta proposta para estimular a capacidade que os jovens possuem de desenvolver projetos sobre Inteligência Artificial (IA), uma vez que há professores das áreas de Computação, Engenharia e Ciências Exatas e da Terra. A Inteligência Artificial está em todos os espaços e contribui para aumentar e incentivar o espírito inovador dos discentes e professores e assim propor estudos que poderão fornecer resultados para os problemas existentes, principalmente em época de Pandemia por COVID-19. Este projeto, além de possibilitar aos estudantes da Educação Profissional e Tecnológica do Campus Guanambi e do Colégio Estadual Antônio Batista, instituição parceira, estimulará outras escolas dos municípios do Território Sertão Produtivo a participarem da SECITEC-IA Intermunicipal participando de trabalhos de Iniciação Científica com a temática Inteligência Artificial. Por outro lado, poderá ser uma oportunidade de várias escolas de Ensino Médio e Fundamental I e II experienciar a Iniciação Científica (IC), na construção de conhecimento inovador, incentivo à produção de projetos, em busca de uma melhoria no ensino das Ciências, com e no cotidiano de todos estudantes. O público estimado é de 500 a 1000 participantes nas atividades propostas com a publicação de 100 trabalhos no evento pela Plataforma Even3. A SECITEC-IA Intermunicipal se constituirá de um Seminário online, com atividades da III Vila das Ciências através de lives, com palestras, mesas-redondas e debates com especialistas convidados e do próprio Campus Guanambi entre outros parceiros de instituições de ensino e do terceiro setor de Guanambi, Candiba e região. Os temas versarão sobre: conceituação, aplicação e a influência da Inteligência Artificial (IA) na vida do cidadão e cidadã, contribuindo para a compreensão deste novo ramo de pesquisa da Ciência da Computação que busca, através de símbolos computacionais, construir mecanismos e/ou dispositivos que simulem a capacidade do ser humano de pensar, resolver problemas, destacando o ser inteligente. De forma integrada serão construídas Salas Temáticas, nas diversas áreas dos cursos do Campus Guanambi e Colégio parceiro, através de ações de educação, popularização e/ou divulgação científica sobre este mesmo tema, de forma interdisciplinar e contextualizada com apresentação de ideias dos estudantes sobre a Inteligência Artificial (IA), orientados pelos docentes e técnicos, especificamente, estudantes da educação profissional e tecnológica do Campus Guanambi e do Colégio Estadual Antônio Batista, de Ensino Médio, do Município de Candiba, com a participação interativa dos estudantes de outras Escolas de Ensino Médio e Fundamental I e II. Será realizado também um espaço de ludicidade e conhecimento com a produção de minicurso sobre Drones e apresentação das experiências sobre a Inteligência Artificial, envolvendo pesquisas e relatos do Campus Guanambi, e/ou convidados sobre Drones e impressora 3D dentre outros temas, seguido de um bate-papo com os estudantes para sanar as dúvidas. O momento lúdico será finalizado com um espaço de interatividade com participação dos estudantes na Gincana online, tendo como tema a IA.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - BA - Brasil
  • 20/10/2020-30/04/2021
Foto de perfil

Sayonara de Fatima Faria Barbosa

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • desenvolvimento, validação e avaliação de aplicativo móvel para avaliação e tratamento de feridas
  • O presente projeto intitulado “Desenvolvimento, validação e avaliação de aplicativo móvel para avaliação e tratamento de feridass” amplia a pesquisa “mAPP®: Plataforma móvel aberta para desenvolvimento de sistemas m-saúde na inovação do cuidado humano”, que é uma produção tecnológica móvel aberta para a criação de sistemas /m-Aprendizagem a partir das orientações do Comitê Técnico – TC 215 Health Informatics dos padrões de usabilidade ISO 9241-11, em desenvolvimento pelo GIATE, grupo de pesquisa ao qual esta proposta de pesquisa está vinculada. Dentre as diversas alterações no processo de saúde-doença, destacam-se as feridas, que podem ocorrer em qualquer momento do ciclo vital humano, além de poderem ser causadas muito variadas, e serem agudas ou crônicas, algumas de difícil tratamento. A sua ocorrência é comum na prática de enfermagem, que necessita avaliar a ferida adequadamente para implementar o cuidado mais adequado de modo a propiciar a sua recuperação. Para realização desta prática, é necessário um conhecimento específico na área, além de disponibilidade de tempo para coletar os dados, processar a informação, propor intervenção e avaliar os resultados. O avanço tecnológico, particularmente com a tecnologia da informação e comunicação trouxe para a área da saúde novas possibilidades, destacando-se o m-saúde, que diz respeito à utilização de aplicativos móveis para a área da saúde. Esta proposta de estudo está voltada para o desenvolvimento e avaliação de um aplicativo que pode ser utilizado a partir de smartphones e tablets, que contribui para a avaliação de diferentes tipos de feridas, com a incorporação de recurso de fotografia e análise de imagem, indicando coberturas adequadas conforme os dados inseridos e considerados na avaliação da ferida. Além disso, o aplicativo também visa o armazenamento de informação permitindo a evolução da ferida de acordo com a intervenção implementada.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-28/02/2021
Foto de perfil

Sebastián Alberto Urrutia

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • alcançabilidade em grafos muito grandes
  • Dados um grafo direcionado acíclico $G=(V,E)$ e dois vértices quaisquer $u, v \in V$, o problema de alcançabilidade consiste em responder se a partir de $u$ é possível alcançar $v$ percorrendo as arestas do grafo. Para grafos muito grandes, com milhoes de vértices, não é prático realizar uma busca no grafo a cada consulta ou armazenar o fecho transitivo completo já que o espaço necessário é da ordem de $O(|V|^2)$. Abordagens intermediárias geram índices para efetuar cortes negativos e positivos durante a execução das consultas. Neste projeto de pesquisa, formalizamos e atacamos problemas relacionados à geração e uso destes índices. Uma abordagem promisora para a obtenção de índices se baseia no computo de ordenações topológicas do grafo. Esse tipo de abordagens usam o fato de que se o vétice $u$ aparece depois do vértice $v$ em alguma ordenação topológica então pode-se deduzir que $u$ não alcança $v$. No tratamento dessa e outras abordagens aparecem problemas interessantes tanto teóricos (complexidade, aproximabilidade, etc) quanto práticos (tempo e espaço necessários para construção dos índices, tempo de consulta, etc.). O principal objetivo deste projeto de pesquisa é a geração de uma nova abordagem de criação de índices que supere em desempenho o estado da arte do problema.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022