Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Victor Carôzo Gois de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • investigação de defeitos em materiais bidimensionais
  • Os materiais bidimensionais, também conhecidos como materiais atomicamente finos, formam um campo novo na ciência que envolve nanotecnologia, ciências dos materiais e física da matéria condensada e vem sendo desenvolvido rapidamente. Com aplicações que podem revolucionar setores da indústria de semicondutores, óptica e eletrônica. Assim, aplicações tecnológicas requerem o desenvolvimento de novos métodos de crescimento e caracterização. Neste projeto pretendemos desenvolver o crescimento de monocamadas de calcogenetos tais como MoS$_2$, WS$_2$, WSe$_2$, MoTe$_2$ em grandes áreas com espessura controlada, usando a técnica de deposição química na fase vapor (\textit{Chemical Vapor Deposition, CVD}). Em seguida, vamos usar a microscopia de força atômica (\textit{Atomic Force Microscopy, AFM}) para quantificar o número de camadas e a rugosidade da superfície. Para verificar o qualidade cristalina dos materiais bidimensionais vamos identificar e quantificar os tipos de defeitos após a síntese utilizando as técnicas ópticas de espectroscopia Raman e de fotoluminescência (PL).
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Víctor Costa da Silva Campos

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • controle de sistemas de refrigeração de baixo custo
  • Sistemas de refrigeração de estado sólido baseados em módulos Peltier têm a vantagem de causarem menos dano ao ambiente quanto comparados aos sistemas tradicionais de refrigeração que, apesar de terem um desempenho mais elevado, podem liberar gases no ambiente. Apesar de possuírem uma eficiência energética menor quando comparados em potência máxima, sistemas baseados em módulos Peltier podem ser interessantes nos casos em que um controle mais fino da temperatura ou uma ação com efeito mais local seja necessária. Além disso, o mesmo elemento pode ser utilizado para aquecimento e refrigeração, e o fato de que eles não dependem de partes móveis ou gases de refrigeração os tornam atrativos para dispositivos móveis. Por fim, o desempenho destes módulos pode se tornar competitivo quando a temperatura desejada para o controle não é muito longe da temperatura ambiente e não é necessária a potência total dos módulos. Este trabalho visa estudar e implementar diferentes estratégias de acionamento e controle de módulos Peltier em diferentes cenários, buscando atingir uma solução mais eficiente (do ponto de vista de consumo energético). Além disso, em alguns casos, espera-se comparar o desempenho dos sistemas de refrigeração por módulos Peltier com sistemas de refrigeração tradicionais (com um consumo energético similar).
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022