Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Valnês da Silva Rodrigues Junior

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento de novos fármacos antimicrobianos: implantação de uma plataforma para a realização de testes pré-clínicos
  • A presente proposta está focada na implementação de uma plataforma aplicada ao desenvolvimento de novas estratégias para o tratamento da infecção causada pela bactéria Mycobacterim tuberculosis, o agente causador da tuberculose humana. Acredita-se também, que o desenvolvimento do presente projeto pode ajudar a elucidar alguns dos mecanismos implicados na tuberculose e na susceptibilidade a fármacos. Cabe ressaltar que o pesquisador coordenador do projeto e seus colaboradores fazem parte do único laboratório do Brasil e da América Latina que realiza algumas etapas contempladas neste estudo, a saber, os ensaios de atividade in vivo em roedores infectados com a bactéria virulenta Mycobacterim tuberculosis, dentre uma série de outras etapas relevantes. Neste contexto, nosso objetivo é manter os ensaios que estão sendo realizados aqui no Brasil, com vistas a expandir e melhorar o que já vem sendo feito. Com o desenvolvimento deste projeto, espera-se ainda incrementar a formação de recursos humanos especializados nesta área, multiplicando as atividades que já são realizadas atualmente. O projeto apresentado também almeja contribuir para o desenvolvimento científico-tecnológico e inovação do País na área de desenvolvimento de fármacos e medicamentos.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Valquiria de Campos

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • produção de ácido y-poliglutâmico para formulação de coagulante utilizado no tratamento de água para abastecimento público
  • O ácido y-poliglutâmico é um biopolímero aniônico, solúvel em água, biodegradável, biocompatível, comestível e atóxico para humano e ambiente. Em função dessas características especiais, sua a aplicação tem sido direcionada para o setor ambiental. O ácido y-poliglutâmico está presente naturalmente na mucilagem de produtos fermentados de soja consumidos nos países asiáticos, sendo a soja e seus derivados, portanto, substratos potenciais para a produção do biopolímero. O uso do ácido y-poliglutâmico no tratamento de águas proporciona incremento da atividade floculante, entre outras propriedades. O objetivo geral deste trabalho volta-se para a produção de ácido y-poliglutâmico, por Bacillus subtilis utilizando-se de soja fermentada, natto. Direcionar o y-PGA para nova formulação de coagulante, para tratamento de água para o abastecimento público. Ao final, efetuar testes de coagulação-floculação-sedimentação com produtos comerciais como sulfato de alumínio, PAC e Poly-glu e y-PGA com água da ETA de Rio Grande, São Paulo.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Valquíria Elita Renk

Ciências Humanas

Educação
  • bioética e educação
  • Analisar como os conteúdos referentes á formação ética e cidadã está presentes nos documentos oficiais sobre a educação, na legislação escolar, como se tornam parte da cultura escolar a partir da sua transformação em conteúdos escolares e como são ensinados pelos professores e aprendidos pelos alunos.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Valtair Verissimo

Ciências Agrárias

Agronomia
  • implantação do núcleo de estudos em agroecologia zumbi dos palmares (nea-zp).
  • O objetivo dessa proposta é estabelecer na Zona da Mata Alagoana um núcleo de estudos em agroecologia denominado aqui de Núcleo de Estudos em Agroecologia Zumbi dos Palmares (NEA-ZP), cuja atuação contemplará a realização de pesquisa científica, extensão tecnológica e capacitação de estudantes, técnicos agrícolas e a produtores rurais, voltadas ao desenvolvimento rural sustentável por meio do emprego de tecnologias de base agroecológica. Nos últimos dois anos, através da interação do grupo de professores do IFAL Campus Murici com os camponeses desta região foi identificado alguns fatores críticos à produção agroecológica e orgânica, o que limitam a produção e a diversidade desta produção por parte dos camponeses, sendo que muitas delas constituem o corpo da presente proposta. Pretende-se, portanto, desenvolver um conjunto de ações através da adoção de tecnologias sustentáveis e de baixo custo como, estabelecimento de sistemas de produção de mudas junto aos agricultores experimentadores em áreas de assentamentos rurais, com a instalação de viveiros de produção de mudas com o uso de bambu, utilização de insumos locais para produção de substratos, compostos e biofertilizantes, controle alternativo de pragas e doenças das principais culturas, suporte a produção de mudas florestais com o objetivo de iniciar um trabalho de recomposição de mata ciliar e proteção das nascentes, bem como realizar algumas capacitações com o objetivo de gerar opções de renda através do beneficiamento e boas práticas de produção de produtos de origem vegetal na zona da mata de Alagoas. Enfim, acredita-se que com a criação do NEA-ZP, poderá contribuir para a melhoria e ampliação da produção dos agricultores de base familiar na região da mata alagoana, para que possam melhorar sua qualidade de vida, a partir da ampliação e melhoria na produção e consumo de produtos de melhor qualidade, bem como no incremento da renda familiar através da maior oferta e diversidade de produtos comercializados nas feiras orgânicas e agroecológicas. Ao final desse projeto espera-se que a adoção, bem como o desenvolvimento, de tecnologia apropriadas com participação ativa de produtores, técnicos agrícolas e estudantes, possa contribuir para o fortalecimento dos parceiros e contribuir para o desenvolvimento local e regional. Espera-se, também, proporcionar dos alunos do Instituto Federal de Educação de Alagoas a vivência prática tão necessária para o desempenho profissional, e para que a Instituição possa cumprir o seu papel social na região de atuação.
  • Instituto Federal de Alagoas - Matriz - AL - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Valtencir Zucolotto

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • rede nanodetecta: desenvolvimento de biossensores descartáveis, de baixo custo e fácil operação para o diagnóstico diferencial da zika e dengue
  • Em apenas um ano, o zika vírus se instalou e espalhou por todo o Brasil, causando milhares de infecções e gerando altíssimos gastos para o Sistema Único de Saúde (SUS). Além dos sintomas causados ao próprio paciente, a infecção congênita se tornou uma das principais preocupações devido à sua associação com microcefalia. Sendo assim, a possibilidade de reconhecer casos de zika em gestantes, no início dos sintomas, é de grande relevância para o SUS. Um dos principais desafios impostos por este cenário é a falta de especificidade no diagnóstico, já que outras doenças comuns no país – tais como dengue e chikungunha – possuem sintomas semelhantes. Além disso, os métodos laboratoriais utilizados para diagnóstico como o ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay) ou o qPCR (Real Time Polymerase Chain Reaction) – demandam tempo e necessitam de equipamentos e profissionais especializados. Sendo assim, se faz necessário o desenvolvimento de dispositivos de baixo custo para o diagnóstico preciso do zika vírus de maneira simples e rápida. Biossensores possuem estas características, tendo grande potencial para solucionar estes problemas oferecendo diagnósticos point-of-care. A aplicação de nanomateriais em biossensores é uma ótima estratégia pois melhora as propriedades dos dispositivos, como sensibilidade e especificidade. Nesse projeto desenvolveremos dispositivos biossensores nanoestruturados para diagnóstico diferencial dos vírus da Zika e da Dengue, em duas frentes principais: i) biossensores baseados em DNA (Genossensores) e ii) biossensores baseados em pares antígeno-anticorpos (imunossensores). O Projeto prevê a formação de uma REDE de Pesquisa multicentros, composta pelo Grupo de Nanomedicina e Nanotoxicologia (IFSC/USP) (coordenador), em conjunto com parceiros nacionais: EMBRAPA CNPDIA (São Carlos), FIOCRUZ e Universidade Federal de Goiás. Parcerias já estabelecidas com grupos de renome no Exterior também darão apoio ao projeto, incluindo a Universidade de Tecnologia de Braunschweig (Alemanha) e Universidade de Buenos Aires (Argentina). O projeto prevê como entregáveis principais um protótipo de um sistema biossensor capaz de diferenciar entre os vírus da Zika e Dengue em pacientes, que possa ser rapidamente absorvido pelo SUS, e levar a testes mais precisos e acessíveis à população brasileira, permitindo um maior número de diagnósticos, e a formação de recursos humanos altamente qualificados numa área altamente relevante e multidisciplinar
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/12/2016-30/11/2020
Foto de perfil

Valtencir Zucolotto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanomateriais teranósticos para diagnóstico e (foto)terapia contra o câncer
  • Recentes avanços em nanociência e nanotecnologia têm expandido nossa habilidade para desenvolver nanoestruturas multifuncionais que combinem especificidade e funções terapêuticas e de diagnóstico em um único complexo nanoestruturado. Estes materiais, chamados de “teranósticos”, têm se mostrado interessantes para diversas aplicações, principalmente no diagnóstico precoce e tratamento de doenças, incluindo o câncer. A versatilidade destas estruturas baseadas em nanomateriais advém da possibilidade de incorporação de vários tipos de moléculas na superfície de uma única nanopartícula, fazendo com que desempenhem múltiplas funções. Este projeto de pesquisa prevê o desenvolvimento de novos materiais nanoestruturados compostos por nanocásulas poliméricas carreadoras de fármacos e nanoparticulas ou nanobastões (nanorods), conjugados com biomoléculas de reconhecimento como anticorpos e proteínas a serem utilizadas como plataformas de diagnóstico e/ou terapia. Pretende-se, ainda, incorporar a estas estruturas, antitumorais, permitindo que estas drogas sejam direcionadas especificamente para células tumorais, promovendo a liberação controlada, que pode ainda ser combinada com aquecimento provocado por fotohipertermia. Ênfase será dada ao entendimento da interação entre estes compostos por técnicas espectroscópicas, microscópicas e de calorimetria, visando a obtenção de sistemas com elevada estabilidade e propriedades bem definidas que são requeridas para aplicações em medicina. Estes nanoconjugados serão ainda avaliados quanto a sua toxicidade in vitro bem como sua especificidade e interação com diferentes tipos de células tumorais e saudáveis.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Valter Afonso Vieira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • quando julgamentos intuitivos e deliberativos melhoram a capacidade ambidestra de aquisição e retenção de clientes em prol do aumento da performance
  • Construindo a partir da auto-teoria cognitiva experiencial, esta pesquisa desenvolve um modelo teórico que propõe a orientação ambidestra intuitiva e deliberativa como preditor da ambidestria de retenção e aquisição de vendedores, o que, como consequência, aumenta o desempenho de vendas. Design / metodologia / abordagem. Os vendedores envolvidos no estudo representam indivíduos diferentes que vendem uma ampla variedade de produtos para um consumidor final. Sugerimos duas pesquisas para alcançar e testar o modelo conceitual.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Valter Carvalho de Andrade Júnior

Ciências Agrárias

Agronomia
  • seleção de cultivares de couve de folhas para a região do alto vale do jequitinhonha a partir de teste de progênies
  • No Brasil, a couve de folhas caracteriza-se como uma importante hortaliça, porém vários fatores ainda contribuem para as baixas produtividades obtidas em algumas regiões do país, dentre eles os socioeconômicos, fitossanitários e agronômicos. Diante dos problemas associados ao desempenho produtivo da cultura e da sua importância olerícola para as regiões onde está estabelecida, há um grande interesse no melhoramento genético da cultura, visando assim maximizar a produção. Apesar de haver diversas cultivares de couve de folhas, classificadas principalmente quanto a sua cor e textura, a busca por novas cultivares mais produtivas, de melhor qualidade e melhor adaptadas às diferentes regiões deve ser um processo contínuo. Nesse sentido, objetiva-se com o desenvolvimento desse projeto selecionar cultivares de couve de folhas para a região do Alto Vale do Jequitinhonha, em MG, a partir de testes de progênies oriundas do banco de germoplasma da UFVJM. O trabalho será conduzido no Setor de Olericultura, localizado no Campus JK da UFVJM, em Diamantina, MG. As progênies de meios-irmãos serão obtidas a partir de sementes adquiridas por Azevedo (2015), sendo utilizado o delineamento experimental em blocos ao acaso com 33 tratamentos, quatro repetições e seis plantas por parcela, onde as avaliações serão conduzidas em cada indivíduo da parcela. Os tratamentos serão as 33 progênies de meio-irmãos e três cultivares comerciais. Após um mês do transplantio serão realizadas 15 avaliações de 14 em 14 dias. Serão avaliados em 5 plantas por parcela o número de brotações, número de folhas comerciais e peso de folhas comerciais. Após cinco meses do transplantio será avaliada a altura das plantas e o diâmetro do caule. Na 5ª folha expandida mais nova de cada planta será avaliado o comprimento e a largura do limbo foliar, a razão do comprimento com a largura do limbo foliar, o diâmetro do centro do pecíolo, a espessura da base do pecíolo e o comprimento do pecíolo. Além destas avaliações serão realizadas avaliações das características de formato e coloração das folhas, do florescimento e da produção de sementes, de acordo com o estabelecido pelo IBPGR (1990). O desenvolvimento deste projeto contribuirá com a consolidação de um programa de melhoramento para a cultura da couve de folhas na região do alto Jequitinhonha e, consequentemente, com a identificação de genótipos mais produtivos e melhor adaptados às condições edafoclimáticas locais, contribuindo não somente com benefícios econômicos, mas também para a segurança alimentar da população.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Valter Henrique Carvalho Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • comportamento não-arrhenius da constante cinética em sistemas químicos: tunelamento ou efeitos coletivos?
  • O modelo de Arrhenius tem sido utilizado para a descrição da constante cinética para um número considerável de processos envolvendo transporte de massa e de carga. Entretanto, uma série de processos com comportamento não-Arrhenius (super-Arrhenius ou sub-Arrhenius) tem sido frequentemente observada. Este comportamento se deve ao fato do modelo de Arrhenius, e análogos, assumirem uma distribuição de equilíbrio para contabilizar os níveis energéticos acessíveis em um sistema; premissa não alcançada em sistemas reais. Com o objetivo de fornecer uma formulação alternativa para processos não-Arrhenius, pretende-se: (a) para sistemas com comportamento super-Arrhenius, estabelecer uma conexão entre efeitos coletivos clássicos e as equações cinéticas em dinâmicas de não-equilíbrio; (b) e para sistemas com comportamento sub-Arrhenius, avaliar o mecanismo desses processos em função das contribuições de tunelamento e de efeitos coletivos.
  • Universidade Estadual de Goiás - GO - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Valter Joviniano de Santana Filho

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • efeito da estimulação elétrica transcutânea nervosa no sistema nervoso autônomo cardiovascular de mulheres com fibromialgia: ensaio clínico randomizado
  • Introdução: A fibromialgia (FM) é uma síndrome multifatorial e incapacitante, caracterizada por presença de dor muscular crônica do tipo não-inflamatória, redução do limiar de dor – hiperalgesia, e resposta anormal a estímulos não-dolorosos – alodinia. A Disautonia é uma desregulação das aferências autonômicas, que dentre outros fatores, provoca alteração dos batimentos cardíacos, verificada por meio da variabilidade da frequência cardíaca (VFC). Objetivo: Avaliar os efeitos da Eletroestimulação Transcutânea Nervosa (TENS) no sistema nervoso autônomo cardiovascular de mulheres com fibromialgia. Métodos: Trata-se de um estudo aleatorizado, duplamente encoberto, controlado por grupo placebo. Mulheres com fibromialgia, com idade entre 18 e 60 anos, sendentárias e que não façam uso de drogas vasoativas serão avaliadas por meio do teste de estresse ortostático ativo (TEOA), da termografia infravermelha, da pressão arterial (PA) e da eletrocardiografia, antes e após a intervenção. As voluntárias serão alocadas nos grupos experimental e placebo, por meio de envelopes opacos e lacrados. A TENS será aplicada durante 30 minutos, com frequência de 70 Hz, duração de pulso de 150ms e intensidade de acordo com conforto sensorial. Resultados: Todos os dados encontrados serão colocados em planilhas do Microsoft® Office Excel, 2010. As análises estatísticas serão realizadas no software SPSS 15, com valores de p considerados significantes quando menores do que 0,05. Os dados serão apresentados graficamente como média ± erro padrão da média. Será permitido o uso do teste de z-score para identificação de outliers. Desfechos: Espera-se que a TENS provoque aumento da VFC, expressada pela alteração do tempo dos intervalos RR, avaliada durante a aplicação da corrente; aumento da PA nos primeiros 15 segundos de ortostase no TEOA no grupo experimental, assim como aumento da vasodilatação periférica, registrada pelas imagens termográficas
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Van Sérgio da Silva Alves

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • a pseudo-eletrodinâmica quântica e aplicações a sistemas bidimensionais da física da matéria condensada
  • Recentes resultados, tais como o entendimento da condutividade mínima no grafeno, a previsão do efeito Hall quântico de vale \cite{PRX} e a obtenção com grande precisão do fator giromagnético do elétron no grafeno \cite{FATORg}, este último sem ajustes de nenhum parâmetro, são indicações robustas que revelam a Pseudo-Eletrodinâmica Quântica (PQED) \cite{MarinoPQED} como sendo a verdadeira interação eletromagnética nesses sistemas. Recentemente, também foi proposto uma nova maneira de controlar a renormalização da velocidade de Fermi ($v_F$) do elétron em uma folha de grafeno usando a PQED. Isso ocorre quando uma folha de grafeno é colocado paralelo à uma placa perfeitamente condutora ou quando imerso numa cavidade \cite{NPHYB,NPHYB2}. Neste modelo (PQED) os elétrons se movem em um plano enquanto que os fótons vivem no espaço tridimensional. Essas características tornam a PQED o modelo ideal para investigar o papel da interação eletromagnética em sistemas bi-dimensionais. Neste projeto serão desenvolvidos estudos de Teoria Quântica de Campos (TQC) aplicada a sistemas bi-dimensionais da Física da Matéria Condensada. Investigaremos a influência da interação eletromagnética nas propriedades topológicas e de transporte em alguns materiais como o siliceno, fosforeno e os TMD's (Transition-Metal Dichalcogenides) utilizando PQED como modelo. Utilizaremos métodos perturbativos e não perturbativos em TQC para realizar esses estudos. Investigaremos também outras formas de controlar a renormalização de $v_F$. Pretendemos também levar em consideração as impurezas existentes nesses sistemas, os quais podem ser simuladas em TQC por uma interação de contato tipo Gross-Neveu \cite{Jin}, e os fónos da rede que podem ser introduzidos através de uma ineração de Thirring. Esperamos que os resultados obtidos forneçam predições teóricas úteis a futuras investigações experimentais.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vanda Carneiro de Claudino Sales

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • geomorfologia dos maciços cristalinos do nordeste setentrional brasileiro: origem, evolução e geoambiente
  • O relevo do Nordeste setentrional brasileiro (Ceará e áreas adjacentes do Rio Grande do Norte e Paraíba) configura morfoestruturas antigas que foram reestruturadas durante a divisão do Gondwana no Cretáceo, dentre as quais se situam os maciços cristalinos. Esses relevos são sustentados por granitos delimitados por zonas de cisalhamento, as quais foram reativadas durante o rifting cretáceo. Representam segmentos residuais dos ombros do rift, e seriam formas residuais. No entanto, pesquisas diversas vêm indicando a ocorrência de soerguimentos terciários de vários maciços, colocando-os como estruturais. Do ponto de vista morfoclimático, faltam dados sobre erosão e sedimentação, em particular para o Plio-Pleistoceno, considerado como o período mais importante para a esculturação da paisagem nos estudos clássicos. O presente projeto tem por objetivo contribuir para a produção de novos dados sobre esses elementos. Para tanto, realizará análise morfoestrutural e realizará a datação de superfícies e depósitos através do uso pioneiro de isótopos cosmogênicos e Luminescência Opticamente Estimulada – LOE/SAR. Em adição, visa fazer levantamento dos elementos do meio ambiente numa perspectiva geossistêmica, procurando agregar dados da realidade atual ao quadro evolutivo da paisagem regional. A pesquisa define como elemento de análise quatro áreas-piloto representativas do Nordeste setentrional, os maciços da Meruoca (Ceará), Pereiro (Ceará), Teixeiras (Paraíba) e Martins (Rio Grande do Norte).
  • Universidade Estadual Vale do Acaraú - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vanda Jorgetti

Ciências da Saúde

Medicina
  • o uso de desferroxamina no tratamento da sobrecarga de ferro em doentes em diálise: impacto na remodelação óssea, função miocárdica e armazenamento no fígado.
  • Introdução: A doença renal crônica (DRC) cursa com várias comorbidades, entre elas a anemia. A perda de função renal leva a uma queda na produção de eritropoietina (EPO) além de deficiência de ferro (Fe). A suplementação de Fe nos pacientes em diálise, é indicada para manter níveis de ferritina superiores a 100 mg/dl e uma saturação de transferrina maior que 20%. Entretanto, a reposição excessiva desse elemento, pode gerar Fe livre não ligado a transferrina que se deposita em diferentes orgãos como coração, fígado e tecido ósseo. O diagnóstico da sobrecarga de Fe, sua significância clínica e implicações terapêuticas, são pouco estudados nos pacientes com DRC especialmente naqueles tratados por hemodiálise. Este estudo tem como objetivos, estudar pacientes em hemodiálise com suspeita clinica e laboratorial de sobrecarga de ferro, além de avaliar o impacto do tratamento com Desferroxamina (DFO) no fígado, coração e ossos desses pacientes dialíticos. Métodos: Estudo clínico, prospectivo, longitudinal, não controlado, composto por 30 pacientes. Serão incluídos no estudo pacientes com pelo menos 3 meses de hemodiálise, maiores de 18 anos, com níveis de ferritina sérica igual ou maior que 1000 mg/l, e, excluídos pacientes com doenças hepáticas, neoplasias, HIV, uso prévio de DFO e transplante renal anterior. Os pacientes serão avaliados no início do estudo, a seguir receberão tratamento com DFO 5mg/kg/semana por 12 meses e reavaliados: biópsia óssea transilíaca, Ressonância Nuclear Magnética (RNM) de coração e fígado, Densitometria óssea (DXA), Ecocardiograma e Radiografia simples de ossos longos, bacia e abdome lateral. Os exames laboratoriais: Cálcio (Ca), fósforo (P), fosfatase alcalina (FA), paratormônio (PTH), hepcidina (HPN), Fe, ferritina e índice de saturação de transferrina (IST) serão avaliados a cada três meses.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vanda Lúcia Ferreira

Ciências Biológicas

Ecologia
  • anfíbios e répteis: predadores e presas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vandeir Francisco Guimaraes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • interação de bactérias promotoras de crescimento com a cultura do milho, associadas à deficiência hídrica: respostas agronômicas, fisiológicas e bioquímicas
  • Períodos de oscilação hídrica durante o ciclo produtivo do milho são responsáveis por significativas perdas na produtividade do cereal. Contudo, tecnologias disponíveis no mercado possuem capacidade de amenizar efeitos ocasionados por períodos de déficit hídrico. Deste modo, o presente trabalho objetiva investigar e estudar respostas fotossintéticas, morfométricas e bioquímicas da cultura do milho quando submetido à inoculação de Azospirillum brasilense, via semente e pulverização foliar, frente a períodos de déficit hídrico. O estudo será composto de ensaio em nível de campo, em blocos casualizados, com quatro tratamentos: Controle; Inoculação via semente de A. brasilense; Pulverização foliar de A. brasilense e Inoculação via semente associado à pulverização foliar de A. brasilense. Em dias de alta demanda evapotranspiratória e baixa disponibilidade hídrica, durante a fase vegetativa e reprodutiva, amostras foliares serão coletadas de duas em duas horas, entre as 6:00 e 20:00 horas, para avaliação da atividade de enzimas antioxidativas. Ao mesmo tempo será determinado o teor relativo de água e índice de estabilidade de membranas, e leituras relacionadas às trocas gasosas e atividade respiratória serão avaliadas. Quantificação de pigmentos fotossintéticos e morfometria serão efetuadas juntamente as análises anteriores. O ensaio será repetido em dois anos agrícolas para avaliação de componentes da produção e produtividade. Os dados serão submetidos a testes de correlação e análise de variância, sendo comparados por teste de médias ou análise de regressão.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Vander Mendonca

Ciências Agrárias

Agronomia
  • fortalecimento da fruticultura na região oeste potiguar-rn
  • As riquezas naturais do Rio Grande do Norte, associada à capacidade empreendedora dos seus habitantes e à ação do governo através de políticas e projetos que incentivem essa atividade, possibilitam a descoberta constante de novas fontes de renda. A significativa diversidade climática e morfológica, por sua vez, exerce também sua contribuição para atividades como a fruticultura irrigada. A realização de pesquisas com diferentes frutíferas são imprescindíveis para a definição de quais mais se adaptam as condições climáticas de uma região potencialmente promissoras, como é o caso da região do Oeste Potiguar, RN. Assim o objetivo desta proposta será realizar a implantação e avaliação de algumas espécies frutíferas (citros, videira, figueira, goiabeira, romãzeira, abacaxizeiro, pitangueira), já estabelecidas em algumas regiões do país, na Região Oeste Potiguar-RN como alternativas destinadas aos fruticultores da Região Oeste Potiguar-RN. Serão instalados diversos experimentos no pomar da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e na fazenda experimental Rafael Fernandes, pertencente a UFERSA, localizada no município de Alagoinha – RN. Ações a serem realizadas: Ação I - Testar à viabilidade e adaptação de diversos frutíferas cítricas (laranjas ‘Westin, Rubi’, ‘Salustiana’, ‘Baianinha 03’, ‘Cara Cara’, Lima ‘Sukkari’, ‘Pera D-6’, ‘Natal 112’, ‘Natal FM’, ‘Valência Tuxpan’, tangerinas ‘Dancy’ e ‘Ponkan’, Tangelo ‘Page’, Tangerina-Tangor ‘Piemonte’ e Tangor ‘Murcott BRS Salibe’ Laranjeira ‘Mino do Céu’, Laranja ‘Bahia’, e Mexeriqueira ‘Rio’) nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar. Ação II – Testar a adaptação, produção e qualidade de frutos de figueira ‘Roxa de Valinhos’ em diferentes tipos de cultivos nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar. Ação III - Testar à viabilidade e adaptação da romãzeira 'Wonderful' nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar, adubadas com nitrogênio e esterco bovino. Ação IV - Testar a adaptação, produção e qualidade de frutos de genótipos de pitangueira nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar. Ação V - Adubação nitrogenada e orgânica em videira na região semiárida potiguar: produção, estado nutricional e qualidade dos frutos. Ação VI - Produção e qualidade de frutos da goiabeira 'Paluma' sob sistema de poda escalonada. Ação VII - Avaliar sistemas de produção de abacaxizeiro na região Oeste Potiguar-RN. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância, conforme o esquema experimental adotado, sendo as médias significativas qualitativas comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade e para as medias quantitativas será aplicado teste de regressão. Com os resultados obtidos, espera-se a publicação de resumos expandidos em anais de congressos, artigos científicos em revista especializada com corpo editorial. Além de monografias, dissertações de mestrado e teses de doutorado. Bem como repassados aos fruticultores da região Oeste Potiguar-RN em forma de dias de campo, visitas técnicas. Essas iniciativas contribuirão para o fortalecimento da cadeia produtiva da fruticultura na região Oeste Potiguar, permitindo a diversificação da produção com culturas adaptada as condições edafoclimáticas do semiárido, melhorando a renda do produtor e contribuindo para a permanência do homem no campo com melhores condições de vida.
  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido - RN - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Vander Valduga

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • as contribuições das indicações geográficas para o desenvolvimento do enoturismo no brasil
  • O desenvolvimento das indicações geográficas no Brasil está associado ao desenvolvimento da vitivinicultura e a consolidação do enoturismo em algumas regiões do país. As indicações geográficas tornam-se marcas regionais assumindo um protagonismo produtivo regional. Diante desse pressuposto, o presente projeto tem como objetivo investigar as contribuições das indicações geográficas ao desenvolvimento do enoturismo do Brasil. O universo da pesquisa considerará as regiões brasileiras com indicação geográfica para vinhos e estará ancorada em dados primários a partir da pesquisa de campo e dados secundários oriundos de centros de pesquisa, associações de turismo e estruturas de governança, sejam públicas, privadas ou mistas. Espera-se poder oferecer uma matriz analítica das relações entre indicações geográficas e turismo a fim de contribuir socialmente com o desenvolvimento de ambas para outras esferas produtivas. Propõe-se igualmente uma análise crítica da valorização territorial oferecida pelos processos de transformação territorial oportunizado pelas indicações geográficas e o enoturismo.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vanderlan da Silva Bolzani

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • instituto nacional de ciência e tecnologia em biodiversidade e produtos naturais – inctbionat
  • O projeto delineado está centrado nos pilares de sustentação da Ciência, Tecnologia e Inovação, que norteiam as sociedades do conhecimento: (a) Pesquisa básica e aplicada de excelência; (b) Formação de recursos humanos em biodiversidade e produtos naturais; (c) Colaboração com o setor empresarial para desenvolvimento tecnológico a partir das inovações em produtos naturais; (d) Difusão do conhecimento sobre a biodiversidade e produtos naturais bioativos para o ensino médio e outros segmentos da sociedade; (e) Contribuição nas ações de políticas públicas de conservação e uso sustentável da biodiversidade. Dentro destes fundamentos, o Instituto Nacional de Ciência & Tecnologia (INCTBioNat) foi criado para mapear e catalogar de forma organizada todas as informações sobre os metabólitos secundários detectados e/ou isolados de organismos de nossa rica biodiversidade, fundamental para o avanço de pesquisa em química de produtos naturais do Brasil. O conhecimento e uso sustentável da biodiversidade brasileira foi preconizado no documento “Política Nacional da Biodiversidade”, editado pela Secretaria de Biodiversidade e Florestas (SBF), Ministério do Meio Ambiente (MMA), em 2002 e tem prioridade para o desenvolvimento nacional. A criação de uma rede nacional de pesquisa para mapeamento químico e biológico das espécies terrestres, marinhas e de microrganismos da nossa biodiversidade constitui-se numa estratégia racional para a seleção de substâncias ativas mais promissoras para posterior estudos farmacológicos e toxicológicos visando moléculas protótipos. Para atingir tais metas, o ICNTBioNat reúne pesquisadores de excelência e pesquisadores jovens e talentosos que iniciam suas carreiras em universidades federais e estaduais de vários estados da federação, englobando todas as regiões do Brasil. Toda equipe atuará de forma colaborativa e multidisciplinar objetivando o fortalecimento de uma área de pesquisa e inovação estratégica para o Brasil, através de uma rede de laboratórios de excelência em produtos naturais para exploração e uso sustentável da rica biodiversidade brasileira.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Vanderlei Both

Ciências Agrárias

Agronomia
  • estratégias para manter a qualidade da noz-pecã por longo tempo após a colheita
  • Nos últimos anos se observa uma ampliação da área de cultivo da nogueira (Carya illinoinensis) na região sul do país. Isso se deve às condições climáticas favoráveis e à procura pelo consumo de noz-pecã, uma vez que sua amêndoa apresenta alto teor de lipídios (especialmente ácidos graxos insaturados), vitaminas e antioxidantes, que são benéficos à saúde das pessoas que as consomem. A colheita da noz-pecã se concentra nos meses de abril e maio, mas o consumidor deseja ter disponível o produto durante o ano todo. Assim, muitas vezes existe a oferta de nozes de baixa qualidade, com sabor rançoso, em datas mais distantes da colheita. Isso se deve à oxidação do elevado teor de ácidos graxos insaturados presente nas nozes, quando armazenado em condições inadequadas ou por longo tempo. Esse processo é acelerado quando as nozes são descascadas, o que muitas vezes acontece em função da logística para o descasque das empresas, que podem permanecer com algum estoque durante um determinado período do ano. O presente projeto propõe a execução de três experimentos para avaliar a melhor condição de temperatura e níveis de gases (O2 e/ou CO2) no ambiente de armazenagem, a interação entre ambos, além de estratégias de revestimento das nozes, a fim de buscar uma forma eficiente de manter a qualidade das nozes após a colheita por um longo período, com o mínimo de rancificação. Nos experimentos serão avaliadas nozes com casca e descascadas e diferentes tempos de armazenamento, a fim de avaliar por quanto tempo é possível manter as nozes em uma determinada condição, servindo de suporte para agricultores ou empresas poderem adotar diferentes estratégias, de acordo com os recursos financeiros disponíveis. Em diferentes momentos durante o armazenamento serão tomadas amostras para avaliar a atividade respiratória, a alteração da coloração da amêndoa, o índice de acidez e peróxidos, compostos voláteis, com o objetivo de detectar indicativos do início da rancificação. Será realizada uma análise sensorial para detectar sabor rançoso ou desagradável, ao final do armazenamento. Com o desenvolvimento do projeto, pretende-se trazer alternativas que beneficiem os produtores de nozes e empresas que armazenam e processam o produto e o consumidor final que terá disponível nozes de qualidade, com menos rancificação, mesmo por vários meses após a colheita.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vanderlei Gageiro Machado

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • planejamento de dispositivos de detecção e conversores de luz baseados em polímeros funcionalizados
  • O projeto aqui apresentado tem como objetivo geral o desenvolvimento de polímeros funcionalizados apresentando unidades ópticas ancoradas, na forma de quimiossensores cromogênicos e fluorogênicos e complexos com lantanídeos. Os sistemas obtidos serão a seguir aplicados na detecção de analitos aniônicos e neutros e em processos de conversão de luz. As estratégias a serem empregadas envolverão a preparação das unidades de detecção e/ou de conversão de luz, como blocos moleculares funcionalizados para serem a seguir ancorados covalentemente em matrizes poliméricas. Pretende-se explorar três tipos de matrizes poliméricas: resina de Merrifield, etil (hidroxietil)celulose e poli(N-isopropilacrilamida). Os dispositivos ópticos de detecção serão estudados na presença de diversos ânions a fim de verificar se ocorrem alterações de cor e/ou de emissão de fluorescência nos sistemas na presença dos analitos. Com isso, pretende-se investigar se é possível utilizar um sistema em particular para a determinação de um ânion de maneira bastante seletiva ou se uma combinação de sistemas pode ser utilizada para a detecção simultânea de diversos analitos. Espera-se que os sistemas de detecção funcionem por meio de estratégias ácido-base ou quimiodosimétricas, de acordo com as características dos ânions presentes no meio. As características físico-químicas de cada matriz polimérica serão aproveitadas para o planejamento das estratégias de análise e para a forma de reutilização do sistema. Estudos similares serão feitos com aminas e álcoois para verificar se os sistemas estudados são capazes de detectar essas espécies. Alguns dos sistemas serão estudados para a detecção visual e quantitativa de HS- enquanto outros sistemas serão estudados para a detecção de agentes alquilantes. A segunda parte do projeto envolverá o ancoramento de pré-ligantes e também de um espiropirano nas matrizes poliméricas supracitadas. Os pré-ligantes corresponderão a grupos ácidos hidroxâmicos e 2,6-biscarboxipiridinil, os quais são classicamente utilizados para a complexação de lantanídeos. Ao se realizar a complexação com sais de Eu3+, Tb3+ e Yb3+ pretende-se obter complexos, que exploram o efeito antena para se chegar a espécies altamente luminescentes. Os sistemas com o espiropirano serão avaliados em diversas condições experimentais e o seu comportamento óptico será registrado a fim de se aproveitar o seu potencial na montagem de dispositivos ópticos supramoleculares conversores de luz. As propriedades fotofísicas dos sólidos e polímeros em solução serão exploradas, a fim de se avaliar as suas aplicações, as quais podem envolver não apenas sistemas de conversão de luz como também novos sistemas de detecção de espécies aniônicas ou neutras Os estudos realizados servirão como fundamento para potenciais aplicações tecnológicas, na detecção de analitos em situações práticas e em dispositivos ópticos conversores de luz.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020