Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sidinei Rocha de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a (re)construção de carreiras e mercados de trabalho na economia digital
  • O surgimento e a rápida ascensão de movimentos como a economia compartilhada (sharing economy) e a economia “gig” (gig economy) apontam para alterações de natureza econômica e social com potencial para afetar e modificar profundamente as relações de trabalho (Sundararajan, 2016). Fenômeno mundial, a economia gig pode ser entendida como o conjunto dos mercados que conectam, através de plataformas digitais, as demandas dos consumidores aos fornecedores por meio de trabalhos de curta duração: os “gigs” (Donovan, Bradley & Shimabukuro, 2016). Desse modo, ao se considerar aspectos ligados ao trabalho, percebe-se o destaque para práticas cada vez mais flexíveis de trabalho (Fleming, 2017) e o surgimento de novas práticas laborais. Além disso, muitas destas tarefas se apresentam como atividades informais, em que não há contrato, salário fixo, férias ou garantias de nenhuma natureza. Nota-se, entretanto, que estas novas formas de trabalho e emprego ligadas às plataformas têm sido pouco estudadas dentro da discussão de carreiras e mercado de trabalho (Greenwood & Wattal, 2017). Essa articulação entre carreira e mercado de trabalho na Economia Digital permite traspor uma crítica recorrente aos estudos sobre carreira – a falta de inovação nos trabalhos realizados –, bem como compreender como emergência de novos aspectos políticos e culturais, grupos de trabalhadores e atores que formam os mercados de trabalho marcam as relações de trabalho nos campos campo econômico e social. Dado o panorama descrito sobre o crescimento da Economia Digital, caracterizada pelos movimentos da economia compartilhada e da economia gig, e a partir das bases conceituais do mercado de trabalho e carreira que embasam esta discussão, este trabalho apresenta duas questões centrais para pesquisa: Como se formam os mercados de trabalho na Economia Digital? Como se constroem as carreiras em novas ocupações ligadas à Economia Digital? Para responder a estas questões, este projeto estrutura-se em quatro etapas: 1) Discussão teórica sobre a formação de novos mercados de trabalho e carreira na Economia Digital, cuja base teórica servirá de base para o desenvolvimento de estudos empíricos; 2) Estudos com profissionais que atuam em atividades ligadas ao campo das startups; ; 3) Estudos sobre mercado de trabalho e carreiras relacionados com a atividade de motoristas de aplicativos; e 4) Estudos sobre mercados de trabalho e carreiras relacionados com a atividade de desenvolvedores de softwares.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sidiney Geraldo Alves

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • física estatística de sistemas complexos
  • A natureza exibe um grande número de sistemas compostos de muitas partículas que são caracterizados por processos que ocorrem fora do equilíbrio. Tais sistemas tem chamado a atenção de pesquisadores em diferentes áreas do conhecimento e, em particular, de pesquisadores da Física Estatística. Este interesse crescente se deve não apenas aos desafios associados à investigação desses sistemas, mas também pela possibilidade de se alcançar uma melhor compreensão de principais características que governam a dinâmica dos mesmos. Esses avanços podem levar a respostas de questões fundamentais. Como por exemplo, como a interação simples de muitos componentes pode gerar comportamentos ou padrões complexos? Nessa proposta estamos interessados em três linhas de investigação. Na primeira damos continuidade ao estudo da dinâmica de enrugamento de interfaces. A investigação de sistemas que apresentam transição de fase para estados absorventes é abordada na segunda linha. Finalmente, na terceira estamos interessados no estudo da dinâmica de forrageamento e facilitação social em grupos de cupins.
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sidnei Antonio Lopes

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • enzima alfa-amilase em suplementos de bovinos de corte em pasto tropical
  • A oferta de suplementação concentrada para bovinos de corte em pastejo pode incrementar o consumo de energia e elevar o desempenho produtivo. Entretanto, em algumas situações são observados queda da eficiência do uso da dieta com perda de concentrado nas fezes. A adição de amilase pode acelerar e aumentar a digestibilidade do amido no rúmen. O uso de amilase exógena para bovinos em confinamento tem proporcionado melhorias nutricionais e produtivas. Contudo, há escassez de estudos avaliando o uso de amilase exógena em suplemento concentrado para gado de corte em pastejo. Deste modo, objetiva-se avaliar o efeito da α-amilase adicionada em suplementos concentrados ofertados para bovinos de corte em pastejo sobre características nutricionais e desempenho produtivo. Para isso serão realizados dois experimentos. O Experimento 1 intitulado “Determinação do nível ótimo de enzima α-amilase exógena em suplemento concentrado para novilhas de corte em pastagem tropical” será realizado com o objetivo de determinar a dosagem ótima de α-amilase para novilhas de corte em pastagem recebendo suplementação concentrada em quantidades moderadas. Serão utilizadas 48 novilhas ½ Nelore x ½ Angus com 280 kg e 12 meses. Todos os animais receberão suplemento concentrado em quantidade correspondente a 0,75% do peso corporal e mistura mineral ad libitum. Os tratamentos serão os níveis amilase exógena adicionados nos suplementos: 0; 0,43; 0,86 e 1,72 g/kg de suplemento, equivalente para atingir os níveis de 0, 100, 300 e 500 kilo novo unidade (KNU)/ kg de suplemento. Cada tratamento terá quatro repetições de grupo com três novilhas, totalizando 12 novilhas por tratamentos. O período de avaliação terá duração de 90 dias. Serão avaliados desempenho nutricional e produtivo das novilhas. O Experimento 2 intitulado “Amilase exógena e níveis de suplementação sobre efeitos associativos em novilhas de corte terminadas em pastejo” será realizado com o objetivo de avaliar o efeito da interação da adição de amilase e níveis de suplementação concentrada para novilhas de corte em pastejo. Serão utilizadas 45 novilhas ½ Nelore x ½ Angus com 350 kg e 15 meses de idade. Serão avaliados 5 tratamentos com 3 repetições de grupo com 3 novilhas cada, totalizando 9 novilhas por tratamentos. Todos os animais receberão mistura mineral ad libitum. Os tratamentos serão: sem suplementação concentrada (NSUP); suplementação concentrada na quantidade correspondente a 0,6% PC sem adição de amilase (0,6SUP-); suplementação concentrada na quantidade correspondente a 0,6% PC com adição de amilase (0,6SUP+); suplementação concentrada na quantidade correspondente a 1,2% PC sem adição de amilase (1,2SUP-); e suplementação concentrada na quantidade correspondente a 1,2% PC com adição de amilase (1,2SUP). A amilase será adicionada no suplemento em quantidade correspondente ao nível ótimo encontrado no Experimento 1. O período de avaliação terá duração de 84 dias. Serão avaliadas as características nutricionais, desempenho produtivo e características de carcaça.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sidnei Gonçalves da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de um fotômetro controlado por smartphone para análise de espécies em alimentos
  • O presente projeto é baseado no desenvolvimento de um fotômetro controlado por smartphone para determinação de espécies de interesse em alimentos. Com a construção deste dispositivo será possível obter-se um equipamento portátil, de baixo custo e com possibilidade de ser controlado remotamente à distância, conectando-se à uma rede Wi-Fi, ou via bluetooth. Em ambos os casos será possível controlar o equipamento através de um smarthphone, conferindo maior portabilidade e facilidade de controle do dispositivo. Após o desenvolvimento do equipamento será desenvolvido dois métodos para determinação fotométrica de espécies em alimentos. Em um primeiro trabalho será desenvolvido um procedimento para a determinação de oxalato em amostras de infusões baseado na formação do complexo entre o ácido 1,8-dihidroxi-2-(4-sulfofenilazo)-naftaleno-3,6-dissulfônico e o zircônio em 570 nm. Estudos realizados no laboratório indicaram que a presença de oxalato decompõe este complexo, levando a diminuição do sinal de absorbância no comprimento de onda de medida. É importante salientar que esta reação ainda não foi explorada para a determinação de oxalato em nenhum tipo de amostra. Em um segundo trabalho será explorado um procedimento empregando banho ultrassônico e geração de vapor frio de mercúrio para extração deste metal em amostras de peixes e em seguida, será explorada a determinação espectrofotométrica pela formação do complexo HgI4-2.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sidnei Moura e Silva

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • bioalcaloídes: extração, identificação, síntese e atividade colinérgica de anéis tropânicos e homotropânicos naturais e sintéticos
  • A acetilcolina esta entre os mais importantes mediadores de sinapses. Presente no sistema nervoso central (SNC) bem como no sistema nervoso periférico (SNP), além de fazer parte do sistema nervoso autônomo, desempenha papel importante nos processos de memória, digestão, controle da frequência cardíaca, pressão arterial, circulação e muitas outras funções. Especificamente, os receptores α4β2 nAChRs tem relação direta com canais iônicos responsáveis por memoria, aprendizado e atenção. Modular a atividade de compostos a esse sistema é um desafio, pois a complexidade do mesmo conduz, na maioria dos casos, a baixa seletividade. Assim, esse projeto se propôs a trabalhar com moléculas ativas desde a modelagem molecular in silico, até a identificação da atividade in vitro e in vivo, passando pelo desenvolvimento de metodologias para síntese destes compostos. Para este desafio, foi formada uma equipe multidisciplinar, com diferentes e complementares expertises. Ainda, conta com a participação da Dra. Françoise Dumas, da Universidade Paris-Sud, que auxiliará em uma parte especifica do projeto, o desenvolvimento de metodologias utilizando altas pressões. Assim, este projeto terá como resultado a formação de recursos humanos de pós-graduação, com uma visão multidisciplinar pela interação entre os parâmetros necessários para o desenvolvimento de novos fármacos. A integração dos conhecimentos permitirá a divulgação dos resultados em periódicos de alto fator de impacto. Do ponto de vista tecnológico e de inovação este projeto propõe estudar possíveis moléculas ativas desde o seu conceito in silico até a avaliação da atividade
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022