Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Fabiano Quadros Rückert

Ciências Humanas

História
  • história e memória do saneamento básico no centro-oeste: abastecimento de água, coleta de esgoto e gestão de resíduos sólidos no mato grosso e mato grosso do sul (1964-2020)
  • A proposta visa investigar a expansão do saneamento básico nos Estados de Mato Grosso (MT) e Mato Grosso do Sul (MS), no período entre 1964 e 2020. O recorte cronológico destaca, no seu ponto inicial, a implantação do Regime Civil-Militar, e, no seu marco final, remete à Promulgação da Lei Federal n. 14.0620/2020. O projeto pretende explorar quatro fatores que impactaram na expansão das redes de água potável e esgoto e nas práticas de gestão de resíduos sólidos nas unidades federais contempladas. Esses fatores são: (1) os investimentos procedentes do Plano Nacional de Saneamento (PLANASA), executado entre 1971 e 1986; (2) o crescimento demográfico no MT e MS; (3) a redução nos investimentos públicos para o saneamento no período pós-PLANASA; e (4) o agravamento dos problemas socioambientais decorrentes da poluição hídrica e do descarte incorreto dos resíduos sólidos. Metodologicamente, propomos articular a coleta e análise de dados quantitativos e qualitativos, desenvolvendo uma pesquisa qualiquantitativa. Os dados quantitativos serão extraídos de instituições ligadas ao poder público, dentre as quais destacamos a extinta Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). No âmbito dos Estados, nos interessam dados produzidos pelas Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (SANEMAT). Os dados qualitativos, por sua vez, serão coletados em duas fontes distintas: a imprensa e os relatos orais. A opção pelo uso da imprensa se justifica pela possibilidade de identificar múltiplas percepções sociais a respeito das obras e serviços de saneamento ofertados pelo poder público. Quanto à opção pelo estudo de fontes orais, que será feita por meio da História Oral, ela se justifica pela possibilidade de coletar e analisar memórias de cidadãos que testemunharam a expansão do saneamento no MT e MS.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 24/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Almeida de Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • literatura indígena: teoria, crítica e autoria em tempos de diversidade
  • A presente proposta se estrutura em dois eixos interdependentes: 1- no primeiro, se compromete a dar continuidade a realização de atividades de coleta, tradução, organização e publicação de textos originais da arte verbal indígena e, de forma conexa, aprofundar o processo de formação de mão-de-obra especializada (com a inclusão de sujeitos indígenas) para atuar como professores e pesquisadores da arte verbal indígena no contexto multifacetado e multicultural em que ora vivemos; 2 - No segundo, a proposta também se volta para o aprofundamento dos estudos sobre a maneira que as diferentes formas de manifestação da arte verbal indígena afetam e são afetadas pelas(s) concepção(ões) de autoria em que se estruturam, discutindo a questão autoral, esteio dos estudos literários, à luz da emergência da literatura indígena e do processo de reconfiguração da figura autoral em tempos de diversidade; 3 - em feixe, estes dois eixos, voltados para coleta, a tradução e a publicação de textos indígenas, bem como para a análise e o desenvolvimento de concepções teóricas capazes de lançar alguma luz sobre o caráter difuso da questão autoral em nossos dias, apontam para o enfrentamento de uma questão candente para o desenvolvimento da inteligência de nosso tempo, a qual encontra na equipe reunida em torno da presente proposta o melhor esteio para o seu enfrentamento.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio André Brayner dos Santos

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação da atividade antiparasitária in vitro e in vivo de novos compostos heterocíclicos das classes tiossemicarbazona e tiazól sobre leishmania braziliensis, leishmania infantum e trypanosoma cruzi
  • A Doença de Chagas, causada pelo Trypanosoma cruzi, afeta cerca de 6 - 7 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo uma das maiores causas de mortalidade e morbidade na América Latina. Assim como a Doença de Chagas, as Leishmanioses são consideradas como prioritárias nos programas e ações da Organização Mundial de Saúde. Atualmente, estima-se que 700.000 a 1 milhão de novos casos de Leishmanioses ocorram anualmente, cujas manifestações clínicas podem variar desde a forma cutânea localizada até a forma visceral, que pode ser fatal. No Brasil, o principal agente etiológico da forma cutânea é a Leishmania braziliensis e da forma visceral a Leishmania (Leishmania) infantum. O desenvolvimento de novos agentes terapêuticos contra essas doenças é uma prioridade, tendo em vista que os fármacos disponíveis para a Doença de Chagas e as Leishmanioses causam severos efeitos colaterais, possuem alto custo, além de serem reportados, na literatura, casos de cepas resistentes. Nesse sentido, os compostos heterocíclicos derivados das classes tiossemicarbazonas e tiazóis são considerados promissores por possuírem um amplo espectro de atividades biológicas e permitirem a manipulação de seus radicais para atuar em alvos específicos de microrganismos. Dessa forma, o presente projeto visa avaliar a atividade tripanocida e leishmanicida in vitro e in vivo de novos compostos heterocíclicos pertencentes às classes das tiossemicarbazonas e tiazóis. Para tal, será analisado o efeito dos compostos sobre as diferentes formas evolutivas dos parasitos, bem como o potencial citotóxico sobre células de mamíferos para posterior cálculo do índice de seletividade. A análise ultraestrutural será realizada para sugerir possíveis mecanismos de ação das drogas e aquelas que apresentarem o maior índice de seletividade, serão utilizadas nos ensaios in vivo. Camundongos infectados com T. cruzi ou L. infantum serão tratados por via oral durante 15 ou 20 dias, respectivamente, e a carga parasitária será avaliada através de qPCR em tempo real. Amostras de sangue serão utilizadas para análise de marcadores bioquímicos e a genotoxicidade dos compostos será avaliada pela técnica do micronúcleo. Após o final do tratamento, os animais serão eutanasiados e os órgãos coletados para análise histopatológica. Os resultados serão analisados estatisticamente e será considerado o p valor menor que 5%.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2023
Foto de perfil

Fabio Carlos da Rocha

Engenharias

Engenharia Civil
  • teoria microestrutural de mindlin aplicada à análise de compósitos com defeitos estruturais via os métodos de elementos finitos e de contorno combinados com homogeneização matemática
  • O avanço nas aplicações dos materiais compósitos nos campos da defesa nacional, segurança pública, energia, mecânica, aeroespacial e construção civil, e conforme as diretrizes apresentadas no documento “Materiais Avançados no Brasil 2010-2022 (CGEE/MCTI)” evidencia a relevância da pesquisa na modelagem dos compósitos para a independência tecnológica do Brasil. Assim, este projeto propõe analisar a influência de defeitos em compósitos modelados pela Teoria Microestrutural de Mindlin (TMM) combinando Homogeneização Matemática (HM) e os Métodos dos Elementos Finitos (MEF) e de Contorno (MEC) considerando contato imperfeito não-uniforme. Salvo melhor conhecimento, esta abordagem integradora de técnicas analíticas e computacionais aplicada a este tipo de problema é inovadora. Nesta análise, serão considerados coeficientes rapidamente oscilantes em aplicações de compósitos laminados, fibrosos ou perfurados. Conforme evidenciado por trabalhos publicados, a análise pela HM é uma ferramenta relevante quando há separação de escalas estruturais, o que justifica sua utilização nas análises de problemas envolvendo micro e macro escala presente na TMM. Contudo, devido às dificuldades de resolução direta proporcionada pela complexidade da geometria, torna os métodos numéricos uma ferramenta complementar para acoplamento à resolução via HM. Em particular, pretende-se realizar a formulação variacional do acoplamento MEC/MEF para modelar as diferentes fases do domínio dos problemas locais que resultam da HM, começando pela lei de Hooke generalizada. Os casos particulares dos resultados obtidos serão inicialmente comparados com as soluções existentes, inclusive com algumas publicações desta equipe. Uma vez validada a abordagem proposta HM/MEC/MEF, inclusive para análise da influência dos defeitos estruturais, pretende-se estender sua aplicação na modelagem de compósitos que respondem à TMM e gerar resultados pilotos de referência para trabalhos futuros.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 07/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Corrêa de Castro

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • a matemática a serviço da evolução humana
  • Nossa proposta é manter viva a nossa Mostra de Matemática e continuar levando diversão e conhecimento até às fronteiras do nosso Estado.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Fábio Costa Morosini

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • direito internacional economico heterodoxo: evidencias empiricas a partir do estudo dos investimentos chineses em economias de renda media
  • O papel que a China exerce no direito internacional econômico tem sido uma fonte de grande interesse no campo do direito internacional. A literatura emergente sobre a ordem economica chinesa argumenta que a novidade da interação da China com a ordem jurídica existente está na maneira como o país, ao tempo em que não abandona as ferramentas tradicionais do direito internacional econômico - como acordos de comércio e tratados bilaterais de investimento - desenvolve espacos regulatorios alternativos, e ferramentas jurídicas inovadoras para acomodar os seus interesses. Esta literatura, entretanto está majoritariamente concentrada em análises de impacto da ordem econômica chinesa em países desenvolvidos ou de menor desenvolvimento relativo. Este projeto de pesquisa, por sua vez, foca um uma categoria de países ainda muito pouco explorada na literatura, que sao as economias de renda media, como o Brasil. Este projeto objetiva 1) descrever as ferramentas de direito internacional econômico que emergem do encontro da economia chinesa (via investimentos diretos) com um grupo especifico de paises denominados de economias de renda media; e 2) teorizar essas ferramentas no contexto da ortodoxia do direito internacional economico. A principal hipótese desta pesquisa é que o encontro da ordem econômica chinesa com economias de renda média, a partir da análise dos investimentos chineses, produz um direito internacional econômico ainda não capturado pela literatura especializada. Para tanto, examinamos, em parceria com pesquisadores nacionais e estrangeiros, os instrumentos juridicos nos niveis macro, meso e micro mobilizados pela China no encontro com as seguintes jurisdicoes: Australia, Brasil, India, Nigeria e Uzbequistao. A pesquisa se ancora em pesquisa bibliografica e empirica, com o auxílio de um Computer-assisted qualitative data analysis software (CAQDAS), especificamente com o uso do software Atlas.ti©.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio de Souza Mendonça

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • plantas tóxicas para ruminantes em pernambuco, paraíba and alagoas
  • As intoxicações por plantas têm particular importância no território brasileiro pois surtos de intoxicação em herbívoros domésticos costumam ocorrer com frequência. Resultados prévios do indicam que Tephrosia noctiflora pode estar relacionada à ocorrência de uma nova doença de bovinos que ocorre na Zona da Mata de Alagoas, Pernambuco e Paraíba denominada por nosso grupo de pesquisa de “dermatopatia com aspecto de pele de elefante”. Com base em resultados prévios, identificamos que no Agreste Meridional de Pernambuco e na Zona da Mata de Alagoas, três espécies de Psychotria (P. hoffmannseggiana, P. colorata e P. capitata) podem ser importantes para bovinos por causarem surtos de intoxicação com evolução aguda e morte, similar ao quadro de intoxicações por plantas que contém monofluoracetato de sódio. Desta forma, estudos adicionais sobre a epidemiologia, sinais clínicos, patologia e a reprodução experimental dessas intoxicações precisam ser realizados para que se comprove a importância dessas espécies, como plantas tóxicas de interesse pecuário. Com esse projeto objetiva-se estudar a epidemiologia, os sinais clínicos e descrever as lesões macro e microscópicas da intoxicação espontânea por T. noctiflora em bovinos; Reproduzir experimentalmente a intoxicação por T. noctiflora em cobaias e ovinos; Determinar a concentração de rotenoides nas folhas e sementes de T. noctiflora; Estudar a epidemiologia, os sinais clínicos e as lesões macro e microscópicas da intoxicação espontânea por Psychotria spp. em bovinos; Reproduzir experimentalmente a intoxicação por Psychotria spp em coelhos e Identificar monofluoracetato de sódio em P. hoffmannseggiana, P. colorata e P. capitata. A epidemiologia, sinais clínicos e a patologia das intoxicações espontâneas por essas plantas serão realizadas nos municípios onde se obtiveram os históricos das doenças.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Fedrizzi Vidor

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • simulação e implementação de uma rede em corrente contínua (cc) de baixa tensão com a inserção de recursos energéticos distribuídos
  • Impulsionadas pelo aumento da conscientização ecológica com vistas a sustentabilidade, fontes de energia renováveis de pequeno porte vem se proliferando nas matrizes energéticas nacional e internacionais. Desta forma, o planejamento de sistemas de energia futuros deve considerar uma massiva inserção de recursos energéticos distribuídos (DER) tanto na geração quanto no armazenamento da energia. Tendo em mente a inadequação frente a inserção destes DER no sistema atual de baixa tensão que opera em corrente alternada (CA), a presente proposta visa explorar redes de baixa tensão em corrente contínua (CC) de modo a facilitar a inserção e operação destes recursos distribuídos. Além de redes CC não possuírem potência reativa e seus condutores apresentarem uma menor resistência equivalente, elas contam com um controle de tensão e sincronismo facilitados para a inserção de DER intermitentes (ex.: geração eólica e solar). Adicionalmente, se considerar que a grande maioria das DER são intrinsecamente fontes de energia CC ou que possuem uma etapa de retificação e inversão para sincronismo com redes CA, múltiplas etapas de conversão de energia (CC->CA ou CA->CC->CA) são evitadas ao se utilizar diretamente uma rede CC, aumentando assim a eficiência global do sistema. A metodologia empregada será baseada em simulações e na implementação prática de uma rede CC de baixa tensão em escala. Adicionalmente, diferentes modos de operação da rede (normal e com falta) serão avaliados, além dos procedimentos para modificação de redes CA para redes CC com o mínimo de alterações possíveis. Em suma, juntamente com o avanço dos estudos relacionados a redes CC para inserção de DER, a presente proposta tem como objetivo a implementação prática de uma rede em escala para validação e complementação das simulações executadas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Fonseca de Castro

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • comunicação, diversidade sociocultural e desenvolvimento na amazônia. uma etnografia das práticas comunicacionais em mocajuba, pará.
  • A evidente relação entre a Comunicação, diversidade sociocultural e desenvolvimento social sustentável resta pouco investigada, tanto no campo comunicacional como em suas áreas conexas. Não obstante, muitas são as práticas e estratégias de comunicação – midiática, interpessoal e social – utilizadas na vida cotidiana de populações tradicionais, em sua relação com os agentes econômicos, com o poder público e com as demais instituições da sociedade civil. Esses processos são particularmente intrigantes em espaços com grande complexidade sociocultural, pouca cobertura jornalística e midiática e acesso prejudicado às tecnológicas de produção e difusão de conteúdos, como é o caso da Amazônia. O objetivo deste projeto de pesquisa é compreender como práticas e estratégias de comunicação são utilizadas, por certas populações amazônicas do município de Mocajuba, Pará, tradicionais ou subalternizadas, no seu relacionamento com a sociedade que as envolve. O projeto constrói a hipótese central de pesquisa de que as interconexões comunicacionais entre as redes urbanas e rurais amazônicas e entre as experiências e saberes locais e as experiências e saberes globais se auto-produzem como uma bricolagem produtora de materialidades e estratégias que permitem utilizar os instrumentos e práticas comunicacionais na reivindicação de direitos. Especificamente, procuraremos compreender como o uso dos meios de comunicação e das tecnologias de informação e comunicação (TICs), seja enquanto fonte de informação, seja como dispositivos de produção da opinião pública, seja, ainda, como dispositivos de conexão social, permitem a interação, a ponderação e a consolidação de percepções de mundo e tomadas de posição diante das questões relativas ao desenvolvimento. O projeto busca compreender as experiências sociais comunicacionais desdobradas em territórios amazônicos e como essas mesmas experiências tanto derivam como constituem as várias paisagens e realidades amazônicas.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 21/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Frezatti

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • usos diagnóstico e interativo do sistema de controle gerencial como potencializadores das respostas estratégicas em tempo de pandemia
  • 1.A pandemia COVID-19 gerou mudanças enormes e as organizações adotaram diferentes opções em termos de respostas estratégicas para seus negócios, trazendo consequências para a própria sustentabilidade delas. 2.Algumas dessas respostas afetam estritamente o curto prazo e outras também o médio e longo prazos e, num primeiro momento, o mais importante era dar sequência às atividades; num segundo momento, espera-se sequência que produzam resultados de longo prazo. 3. Algumas respostas decorreram da existência ou não de estrutura de controle gerencial e/ou perfil de resultados financeiros. As lacunas identificadas e que motivaram a pesquisa foram: i.os trabalhos anteriores sobre as respostas estratégicas das empresas foram desenvolvidos durante o momento de ocorrência da pandemia, sem que fosse possivel obter um olhar de resultados obtidos, ii.análise das combinações dos “pacotes” das respostas estratégias associadas ao sistema de controle com uso diagnóstico e uso interativo e iii associação de resultados financeiros com os diferentes “pacotes” de respostas estratégicas. 4. O objetivo desta pesquisa consiste em identificar as várias respostas estratégicas implementadas e verificar associação com os mecanismos de uso diagnóstico e de uso interativo das organizações investigando o perfil do pacote de respostas estratégicas. A macro questão da pesquisa é: quais os principais fatores que influenciaram as respostas estratégicas das organizações? 5. A pesquisa é viável pois: i.existem construtos disponíveis, tais como o das respostas estratégicas (Wenzel, Stanske, & Lieberman, 2021) e dos sistemas de controle diagnostico e interativo (Simons, 1995), ii. o desenvolvimento do levantamento é viável e a equipe já desenvolveu pesquisas similares, dominando os elementos conceituais e técnicos. 6. Consiste em pesquisa quantitativa, a partir de aplicação de questionário sobre população de empresas brasileiras e tratamento por estatística multivariada.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Gonçalves Daura Jorge

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos sistêmicos de uma rara cooperação boto-pescador
  • Cooperação é um paradoxo evolutivo e uma escolha geralmente incompreendida. Em um mundo de ações egoístas, como emerge a cooperação? Interações cooperativas entre indivíduos ou entre espécies intrigam pesquisadores por mais de século—um debate acadêmico que originou uma sólida base teórica em múltiplas disciplinas acadêmicas. Porém, tal avanço também gerou uma lacuna entre teoria e mundo real. Pouca atenção foi dada a estudos empíricos que validem as expectativas teóricas, e muito menos às consequências da cooperação além de custos e benefícios individuais. Pode um evento cooperativo influenciar a dinâmica da população, comunidade e de um sistema ecológico como um todo? Esta proposta representa uma rara oportunidade de combinar dados empíricos com modelos teóricos para responder tais perguntas mediante um estudo em longo prazo de uma cooperação interespecífica entre botos e pescadores artesanais forrageando por um recurso comum, a tainha. Esta interação compõe o repertório cultural local—tanto de pescadores quanto de botos—por mais de 120 anos, porém pouco se sabe sobre os mecanismos que a mantém e suas consequências para as populações e ecossistemas em que está inserida. Entender tais mecanismos é fundamental para predizer as condições mínimas de disponibilidade de recursos e perturbações antrópicas para que os serviços ecossistêmicos desta interação sejam mantidos. A partir de coleta sistemática de dados empíricos, desvendaremos os mecanismos comportamentais da interação boto-pescador, e estimaremos parâmetros populacionais de botos, pescadores e recursos pesqueiros. Para investigar se a interação influencia a dinâmica e viabilidade das populações de botos e pescadores, desenvolveremos múltiplos modelos matemáticos—jogos estratégicos, numéricos e estocásticos—para predizer a estabilidade da interação boto-pescador e trajetórias populacionais em diferentes cenários de disponibilidade de recurso e perturbações antrópicas. Como esta interação é parte de um ecossistema maior, o Sistema Estuarino de Laguna (SEL), é preciso entender como ela pode influenciar níveis mais altos de organização—tanto o ecossistema quanto o contextos social e econômico a ele associados. Para compreender a interdependência entre esta interação cooperativa e os demais contextos, combinaremos dados biológicos da comunidade ecológica com dados sociais humanos em modelos ecossistêmicos e bioeconômicos. Estimaremos diversos componentes biológicos do SEL para construir um modelo ecossistêmico que descreva o funcionamento do ecossistema em diversos cenários de variações na dinâmica pesqueira e da interação boto-pescador. Estimaremos também o papel das atividades pesqueiras nesse ecossistema mediante a construção de modelos bioeconômicos para buscar soluções economicamente ótimas, socialmente justas e ecologicamente sustentáveis para o manejo de um conjunto de pescarias. Esta etapa final considerará o conhecimento integrado do ecossistema para criar cenários preditivos que integrem aspectos ecológicos, sociais e econômicos do SEL para então serem discutidos de forma participativa com os principais atores do SEL em busca de soluções. Ao desvendar fundamentos de interações ecológicas e gerar novas hipóteses sobre suas influências através de escalas biológicas, esta proposta contribuirá com o conhecimento teórico de ecologia comportamental, de populações, comunidades e ecossistemas. Ao compreender o funcionamento deste sistema, poderão ser fomentados esforços de conservação integrados, que considerem a interação do contexto ecológico com os culturais, sociais e econômicos das pessoas que dele dependem. Assim, esta abordagem interdisciplinar integrará todos os saberes e pesquisas em um novo sítio de Pesquisa Ecológica de Longa Duração que combine ecologia teórica e aplicada para gerar conhecimento científico que ofereça soluções para as demandas da sociedade.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Fabio Henrique Barros de Lima

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • investigação de reações envolvidas em conversão eletroquímica de energia
  • O cenário atual, com o acentuado efeito negativo sobre o meio ambiente da liberação de dióxido de carbono na atmosfera, leva à necessidade de pesquisas em energias renováveis. Assim, é desejável desenvolver e aumentar a eficiência e a versatilidade de sistemas de conversão de energia tais como eletrolizadores e células a combustível. Em consonância com estes aspectos, os principais objetivos deste projeto incluem investigações de processos eletrocatalíticos relacionados com a (i) redução eletroquímica de dióxido de carbono para "armazenar" energia elétrica e, ao mesmo tempo, produzir moléculas combustíveis ou precursoras para a produção de combustíveis, tais como metano, etileno ou outras moléculas maiores, e monóxido de carbono; (ii) eletrólise da água e de nitrogênio molecular, com o objetivo de gerar vetores transportadores de energia como hidrogênio e amônia, para posterior uso em células a combustível (ou em turbinas a gás, para o caso de hidrogênio) para a geração de energia elétrica e; (iii) a eletrocatálise da oxidação de álcoois produzidos pela biomassa, como o etanol, para a sua conversão em energia elétrica ou reforma eletroquímica para a produção de hidrogênio. Em todos os casos das pesquisas mencionadas acima, esta proposta terá foco no desenvolvimento eletrocatalisadores com alta atividade e eficientes, com investigações guiadas por técnicas acopladas com células eletroquímicas, principalmente com cromatografia gasosa associada com espectrometria de massas. A meta final é o desenvolvimento de eletrolisadores e células a combustível que operam em condições reais de aplicação prática. A interpretação dos resultados eletroquímicos associados com as técnicas analíticas será baseada nos mecanismos reacionais globais e o tratamento dos dados será realizado tendo-se como ponto de partida as bases conceituais e o formalismo desenvolvidos em experiências prévias da equipe de pesquisadores desta proposta.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Henrique Gomes Ribeiro

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • educação musical e democracia: relações entre posicionamento político-ideológico e contextos de prática e formação musical especializada
  • Esta proposta tem como tema as relações entre música e democracia. Considerando a complexa realidade democrática atual e estudos desenvolvidos sobre práticas musicais e processos de formação em música, pretende-se avançar na compreensão das relações entre tais dimensões e posicionamentos político-ideológicos no contexto brasileiro, a partir da realidade específica da cidade de João Pessoa/PB. Assim, propõe-se identificar e compreender as principais relações entre os posicionamentos político-ideológicos de estudantes de música em escolas especializadas e seus contextos de prática e formação musical. Esse direcionamento investigativo possibilitará a compreensão da realidade democrática a partir de um campo ainda pouco explorado, vinculado fundamentalmente às práticas musicais e formativas, possibilitando uma perspectiva teórica centralizada no campo da música, mas com aberturas epistemológicas significativas. Embora existam estudos musicais que contemplem dimensões político-ideológicas, estes se apresentam de forma transversal, cedendo lugar a outras perspectivas centralizadoras. Esta realidade tem nos apontado a necessidade de um direcionamento investigativo centralizado nas relações entre os aspectos performáticos, educativos e político-ideológicos da música. Assim, tem-se uma perspectiva teórica e analítica transdisciplinar mediada pelas subáreas da etnomusicologia, da educação musical e da ciência política em torno de estudos da performance, da formação musical em contextos especializados e dos estudos sobre posicionamentos politico-ideológicos na juventude. O trabalho está metodologicamente delineado como um estudo de casos múltiplos a partir de uma abordagem mista de pesquisa, compondo-se de instrumentos quantitativos e qualitativos de coleta, produção e organização de dados. A base analítica e interpretativa será organizada a partir de uma abordagem fundamentalmente qualitativa, articulando as dimensões teóricas e empíricas do estudo.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fábio Hissa Vieira Hazin

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • ecologia, pesca e genotoxicidade de peixes no arquipélago de são pedro e são paulo
  • O Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) é o menor e mais distante grupo de ilhas oceânicas brasileiras, e é considerado um “hotspot” de biodiversidade, apresentando o mais elevado grau de endemismo insular. Além disso, é um importante sítio de reprodução e alimentação para diversas espécies pelágicas e migratórias e um dos mais remotos pontos de pesca comercial. No intuito de manter o equilíbrio, a produtividade e a biodiversidade local, o presente projeto objetiva, em parte, dar continuidade a metas estabelecidas em projetos anteriores, e ao mesmo tempo, propõe objetivos inovadores, como analisar a contaminação por presença de microplásticos em estômagos de peixes e avaliar a genotoxicidade ambiental no ASPSP. A despeito do conhecimento prévio referente à composição das capturas provenientes da pesca comercial no ASPSP, tencionamos investigar informações mais recentes acerca da abundância relativa, das tendências anuais, e das variações sazonais das principais espécies capturadas nas pescarias, atualizando uma série histórica de vinte anos de atividade pesqueira, e em adição, traçar um mapeamento detalhado das operações de pesca, especialmente em razão das fortes variações sazonais observadas nesse remoto ecossistema insular. Metodologias não letais, como gravação de vídeos por meio de Baited Remote Underwater Video (BRUVs) e marcação com transmissores acústicos, com o intuito de verificar a movimentação diária dos tubarões nos arredores do ASPSP, serão continuados no desenvolvimento dos estudos de biodiversidade e comportamento dos animais. A continuidade dos estudos de ecologia reprodutiva e trófica dos peixes pelágicos e o estabelecimento de estudos de idade e crescimento de espécies locais de água profundas, são fundamentais para compreender o impacto que a pesca comercial pode ter sobre os estoques e a história de vida das espécies demersais, em particular quando se considera a lacuna de informação para espécies de mar profundo em ambientes tropicais. Embora a biologia e a estrutura populacional de diversas espécies de teleósteos e elasmobrânquios presentes no ASPSP já tenham sido elucidadas pela equipe proponente, tencionamos investigar ainda a biologia de Canthidermes sufflamen, Promethichthys prometheus e Physiculus cirm em função das capturas pouco expressivas realizadas em projetos anteriores. Os estudos de genotoxicidade do ambiente pretende averiguar a redução de diversidade no ASPSP, verificando a ocorrência de dano genômico nas células dos organismos através de análise de amostras sanguíneas de espécies-alvo da pesca comercial e também da fauna acompanhante. Diante do exposto, a presente proposta delineia seus objetivos visando o planejamento adequado das ações de ordenamento e conservação necessárias para assegurar a sustentabilidade da atividade pesqueira e a conservação das espécies que frequentam e que habitam esse importante ecossistema.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Fábio Inácio Pereira

Ciências Humanas

História
  • 4a. feira de ciências júnior pucpr - câmpus maringá
  • 4ª. Feira de Ciência Junior da PUCPR – Campus Maringá tem como objetivo estimular o desenvolvimento técnico e científico entre os estudantes do Ensino Básico das escolas públicas e privadas, nos níveis Fundamental II, Médio e Técnico da cidade de Maringá, de modo a contribuir para a melhoria destas etapas de ensino, além de despertar de vocações científicas e tecnológicas e identificar potenciais talentos para pesquisa e inovação. A Feira será um evento anual que visa, ainda, incentivar a pesquisas voltadas para problemas socioculturais contemporâneos, além de auxiliar na divulgação da Ciência. Assim, acredita-se estar fortalecendo os vínculos entre a Universidade, a Escola e a comunidade em geral, por meio da produção científica de estudantes.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Fábio Junior Margotti

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • construção de um sistema para aquisição de dados e reconstrução de imagens na tomografia por impedância elétrica para monitoramento de escoamentos multifásicos
  • 1. A Tomografia por Impedância Elétrica (EIT) é um procedimento no qual eletrodos são afixados à superfície de um objeto condutivo e correntes elétricas são aplicadas. Os potenciais elétricos resultantes são então medidos nesses mesmos eletrodos e com essas informações, deseja-se reconstruir uma imagem da distribuição de condutividade (ou permissividade, ou ambas) elétrica no interior do objeto. 2. Do ponto de vista matemático, a EIT é um problema inverso severamente mal-posto. Isso significa que mesmo um nível de ruído pequeno na leitura dos potenciais, pode acarretar erros enormes na imagem reconstruída. Já do ponto de vista da engenharia, a medição precisa dos potenciais elétricos é bastante difícil. Esse conjunto de fatores, torna a EIT um problema muito desafiador. 3. A EIT é uma alternativa de baixo custo para outros tipos de tomografias, e.g. a tomografia por raios-X. Ela possui diversas aplicações físicas, médicas, industriais, geológicas, etc. Recentemente, a aplicação da EIT vem sendo proposta para a reconstrução de imagens ou outros parâmetros de interesse em escoamentos multifásicos (na indústria de petróleo ou de alimentos por exemplo). Esse tipo de problema é particularmente complicado quando uma das fases consiste num material não condutivo (como óleo, ou alguns tipos de gases). 4. Nesse projeto propomos a construção de um sistema de EIT para a aquisição de dados e reconstrução de imagens no monitoramento de escoamentos multifásicos de líquidos e gases, possivelmente com fases não condutivas. 5. UMA VERSÃO PRELIMINAR DESSE SISTEMA JÁ ESTÁ OPERACIONAL. PARA DETALHES, VEJA O LINK: https://fabiomargotti.paginas.ufsc.br/prototipo2/ 6. O sistema proposto nesse projeto é semelhante, porém esse novo modelo será capaz de reconstruir imagens simultâneas da condutividade e da permissividade elétrica. Serão então executados experimentos estáticos para decidir se é possível aplicar esse sistema para o monitoramento de escoamentos com fases não condutivas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fabio Kon

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • inct da internet do futuro
  • As transformações radicais nas formas de comunicação humana possibilitadas pela Internet na última década do século passado têm sido tanto refinadas quanto expandidas neste início de Século 21, impactando a vida de grande parte da população mundial. Recentemente, com a popularização das tecnologias da Computação em Nuvem e da Computação Móvel e com o crescente uso de Redes de Sensores e de tecnologias de Big Data, uma infinidade de novas possibilidades estão surgindo. Essa convergência de tecnologias aliada às necessidades e preocupações relativas às aplicações digitais do futuro levaram pesquisadores a propor novas abordagens de investigação científica e tecnológica que possibilitem o desenvolvimento da "Internet do Futuro". A Internet do Futuro será resultante da convergência da computação móvel com a computação em nuvem, integrará sistemas de grande porte construídos a partir da composição de milhares de serviços distribuídos, executados em uma grande quantidade de máquinas físicas e virtuais, manipulando grandes quantidades de dados multimídia gerados a partir de várias fontes e interagindo diretamente com o mundo físico através de sensores e atuadores da Internet das Coisas. Essa Internet do Futuro será o elemento chave que possibilitará a realização das Cidades Inteligentes, nas quais a infraestrutura urbana será utilizada em sua plenitude de modo a oferecer uma melhor qualidade de vida aos seus habitantes. A cidade inteligente do futuro fará uso de telefones celulares e outros aparelhos de uso pessoal em conjunto com sensores e sistemas embutidos na infraestrutura física da cidade, todos interconectados via Internet. De forma descentralizada mas coordenada, toda essa ciberinfraestrutura oferecerá o suporte para a gestão otimizada da cidade. As plataformas de software da cidade inteligente contribuirão não só para o dia-a-dia das cidades mas também para o planejamento de longo prazo e para a concepção de políticas públicas. A fim de atacar os desafios científicos e tecnológicos e oferecer soluções inovadoras para os problemas em torno da Internet do Futuro e das Cidades Inteligentes, o instituto aqui proposto irá desenvolver pesquisa científica e tecnológica e atividades de ensino, difusão, colaboração internacional e extensão abrangendo as diferentes camadas que compõem a Internet, colaborando com o desenvolvimento da Internet do Futuro e contribuindo com a concretização das cidades inteligentes, com especial foco em problemas de mobilidade urbana das cidades brasileiras. A pesquisa irá abordar a infraestrutura básica, middleware e serviços e aplicações da Internet do Futuro e será dividida em três linhas de pesquisa fundamentais: (1) Redes e Computação Distribuída de Alto Desempenho (2) Engenharia de Software para Internet do Futuro e (3) Análise e Modelagem Matemática para Internet do Futuro e Cidades Inteligentes. Os resultados científicos e tecnológicos do INCT serão validados por meio de aplicações em Cidades Inteligentes: haverá uma aplicação de referência principal no contexto de mobilidade urbana e transportes enquanto que três outras aplicações mais simples (nas áreas de acessibilidade, saúde e artes) auxiliarão na generalização dos resultados. A pesquisa será conduzida por um time de cientistas de alto nível de 12 instituições brasileiras da academia, indústria e governo que já tem histórico de colaborações de sucesso e possuem as habilidades necessárias para a produção de conhecimento com grande potencial de impacto na ciência e na sociedade. O INCT irá gerar software livre inovador, que poderá ser utilizado por governos, empresas e pesquisadores, publicações em veículos de primeira linha, recursos humanos de alto nível, colaborações científicas internacionais, educação universitária e treinamento de pessoal de empresas e governo, divulgação científica para a sociedade em geral e transferência de tecnologia, tanto para grandes empresas quanto para startups.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Fábio Lameiro Rodrigues

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • avaliação de impactos da pesca artesanal do camarão-rosa penaeus paulensis (pérez farfante, 1967) com o petrecho berimbau, no complexo estuarino-lagunar tramandaí-armazém (rs)
  • Os estuários são tradicionalmente utilizados por atividades pesqueiras extrativistas, que quando praticadas de forma sustentável, garantem a subsistência e segurança alimentar de muitas famílias. A pesca do camarão-rosa é a atividade mais representativa nas lagunas Tramandaí-Armazém/RS, envolvendo cerca de 50 pescadores artesanais, que utilizam aviãozinho, tarrafa e berimbau para a captura do crustáceo. A legislação atual para a pesca dos camarões nos estuários do RS não permite o uso de petrechos arrastados de forma manual ou por embarcações, como é o caso do berimbau. No entanto, tal arte é amplamente utilizada nos estuários do RS e sendo permitida no norte de SC, PR e SP, onde existem leis específicas para o seu uso. A proibição desta arte de pesca artesanal, está no fato de ser arrastada, o que causaria impactos no ecossistema semelhantes aos causados pelo arrasto de fundo. Porém, sabemos que tal comparação não procede e que pescadores que utilizam o petrecho, relatam uma baixa captura de peixes juvenis como fauna acompanhante, e que por isso, causaria menos impacto ao ecossistema, se comparado com as outras modalidades de pesca, que capturam muitos peixes juvenis. O que talvez os pescadores não percebam, é que o berimbau pode causar um impacto ainda desconhecido nos pequenos organismos bentônicos e estrutura física do sedimento, qualidade da água e fluxo de matéria orgânica. Desta forma, qual seria o grau de impacto causado pela pesca artesanal com berimbau neste ecossistema estuarino? Para avaliarmos o impacto dos arrastos, faremos experimentos simulando operações de pesca, onde iremos monitorar o comportamento da biota e a qualidade da água, do sedimento e da matéria orgânica. Espera-se que além de afetar a biodiversidade, os arrastos aumentem os fluxos de carbono para a coluna d’água, afetando a qualidade e a biodisponibilidade do carbono orgânico para os consumidores, alterando diretamente o estado energético e trófico das áreas rasas estuarinas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Fabio Lanza

Ciências Humanas

Sociologia
  • os documentos inéditos dos arquivos do sni (paraná-br), do projeto opening the archives e da cia (eua)
  • A produção acadêmica das Ciências Humanas e Sociais a respeito da ditadura militar (1964-1985) no Brasil, a partir dos arquivos do SNI (Brasil-PR), do projeto "Opening the Archives" e dos documentos desclassificados da CIA (EUA), é restrita devido ao recorte temporal em que as respectivas fontes se tornaram públicas no século XXI. Sendo uma urgente demanda epistemológica, o objetivo desta proposta consiste em analisar e compreender como os agentes de informação brasileiros e representantes estadunidenses vigiaram, investigaram e colaboraram com o silenciamento (repressão) das pessoas (civis e religiosas) que fizeram oposição à ditadura militar no estado do Paraná. Apesar da grande quantidade de documentos estadunidenses disponíveis em formato digital, o registro em inglês contribui para a baixa taxa de realização de pesquisas, demandando assim uma sistematização temática dos documentos que possa fomentar e subsidiar novas análises e investigações. A principal metodologia de pesquisa é a investigação documental, que contará com apoio de pesquisadores especialistas de instituições nacionais e internacionais. Parte-se da hipótese de que os agentes nacionais e internacionais atuavam sob a matriz ideológica vinculada aos interesses norte-americanos na América Latina, disseminavam e colaboravam com a Doutrina de Segurança Nacional em favor da manutenção das estruturas sócio-históricas brasileiras. Os resultados da pesquisa permitirão a produção/curadoria de Exposições Itinerantes (audiovisuais) em locais públicos e coletivos, alcançando a comunidade externa e o meio acadêmico; organização e sistematização de Repositórios Temáticos digitais abertos, disponibilizados pelo Núcleo de Documentação e Pesquisa Histórica/UEL para estimular futuras pesquisas, disseminação de trabalhos científicos em eventos e em periódicos (nacionais e internacionais) e organização de Ebook com todos os trabalhos desenvolvidos e as novas metodologias de pesquisa digitais aberta entre Brasil e EUA.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Fábio Lera Orsatti

Ciências da Saúde

Educação Física
  • hsp27 plasmática induzida pelo exercício e seus efeitos imunomoduladores e sinalização intracelular em monócitos de mulheres na pré e pós-menopausa
  • A aterosclerose é uma doença cardiovascular inflamatória crônica. A proteína de choque térmico 27kDa (HSP27 ou HSPB1) plasmática, ateroprotetora e anti-inflamatória, é um biomarcador e uma nova terapia para a aterosclerose e outros distúrbios inflamatórios. Sendo a liberação de HSP27 facilitada pelo estrogênio (via ER-b), esta é implicada no paradoxo de que as mulheres estão protegidas contra aterosclerose até a menopausa. Embora o exercício físico exerça efeito anti-inflamatório, o mecanismo pelo qual isto acontece é incerto. O exercício aumenta transitoriamente as concentrações de HSP27 muscular, plasmática e na superfície de monócitos (MO). Como já identificados receptores e mecanismos de liberação de HSP27 da célula, abre-se a possibilidade do aumento da HSP27 na superfície de MO ser de origem extracelular. Enquanto a secreção de pequenas moléculas ("exercinas") e seus efeitos subsequentes em diferentes tecidos são evidentes, os efeitos na resposta imune é atualmente desconhecido, com poucos mecanismos moleculares identificados. Nossa hipótese é que o aumento da HSP27 plasmática induzido pelo exercício resistido e pelo exercício intervalado de alta intensidade (EIAI) exercerão efeitos imunomoduladores em subpopulações de MO, tanto em mulheres pré como pós-menopausadas. Estudos in vitro revelaram efeito imunomodulador de HSP27 em subpopulações de MO, aumentado citocinas anti- e reduzindo pró-inflamatória. Para tanto, coletas de sangue serão realizadas em pré (n=24) e pós-menopausadas (n=24) antes e após (0h, 1h, 2h, 12h e 24h) dois protocolos de exercícios (resistido e EIAI) intercalados por 15 dias. No plasma, serão analisados HSP27, citocinas e hormônios (relacionados ao trânsito de MO). Os MO serão isolados e avaliados quanto à fenotipagem e expressão de receptores toll-like (TLR3 e TLR4), ER-b, HSP27, citocinas, vias de sinalização do TLR4 (MyD88/NfkB–pró-inflamatório) e TLR3(TRAM/TRAF3–anti-inflamatório).
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 20/03/2022-31/03/2025