Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Zaida Ines Antoniolli

Ciências Agrárias

Agronomia
  • micorrização, potencial invasivo e diversidade de fungos ectomicorrízicos em pomares de nogueira-pecã no sul do brasil
  • Os fungos ectomicorrízicos encontram-se associados de forma mutualística às raízes, principalmente de essências florestais, e desempenham um papel fundamental na absorção de água e nutrientes por estas plantas. Dados referentes à diversidade destes organismos associados a plantações de nogueira-pecã (Carya illinoinensis Wangenh. K. Koch), no Rio Grande do Sul praticamente inexistem. Assim, torna-se urgente a necessidade de pesquisas ligadas ao conhecimento da biodiversidade e micorrização e potencial invasivo deste importante recurso genético que podem auxiliar para o desenvolvimento sustentável do país. Os objetivos do trabalho são (1) estudar a diversidade de fungos ectomicorrízicos ocorrentes em povoamentos florestais de C. illinoinensis, com base em características morfológicas e moleculares; (2) obter isolados de fungos ectomicorrizicos; (3) verificar o potencial invasivo do gênero Tuber em espécies florestais nativas e exóticas, e (4) avaliar o efeito da micorrização com Tuber em mudas de nogueira-pecã. As coletas de fungos ectomicorrízicos com hábito epígeo e hipógeo serão realizadas em pomares de nogueira-pecã no Estado do Rio Grande do Sul. Raízes e estruturas reprodutivas serão coletadas e identificadas através de técnicas morfológicas e ferramentas de biologia molecular. Será realizado o isolamento destes fungos e produção de inóculo, o qual posteriormente será reinoculado em mudas onde será avaliada a compatibilidade entre o fungo e a planta. A micorrização, os parâmetros morfológicos e químicas de mudas de nogueira-pecã inoculadas com Tuber também serão avaliadas. O potencial invasivo do gênero Tuber em espécies florestais nativas e exóticas será determinado através da avaliação de micorrização. Neste sentido, serão geradas importantes informações sobrea biodiversidade de fungos ectomicorrízicos associados às raízes de nogueira-pecã, dados estes ainda desconhecidos no Brasil, que poderão gerar resultados significativos para a comunidade científica, como o conhecimento de novas espécies de fungos ectomicorrízicos. Além disso, a produção de inóculo como produto biotecnológico possibilitará a utilização econômica de espécies fúngicas. Os efeitos da micorrização com Tuber e a determinação do seu potencial invasivo, poderá permitir o desenvolvimento da truficultura associada à produção de nozes. Os resultados da pesquisa permitirão a elaboração de artigos científicos que serão publicados em periódicos indexados internacionalmente, e com isto, aumentará a consolidação do grupo de pesquisas e a formação de recursos humanos pelo treinamento de alunos de Iniciação Científica e de pós-graduação.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022