Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Wagner Rodrigues Valente

Ciências Humanas

Educação
  • os experts e a sistematização da matemática para a formação de professores dos primeiros anos escolares, 1890-1990
  • O projeto tem como objetivo geral analisar aspectos dos processos e dinâmicas de sistematização de saberes matemáticos destinados à formação de professores que ensinam matemática no período 1890-1990, no Brasil. Para tal vale-se, sobretudo, de aparato teórico-metodológico que mobiliza a categoria expert. Personagens que detêm numa dada época saberes reconhecidos socialmente e guindados a ocuparem cargos no aparelho estatal, os experts elaboram e/ou coordenam propostas para a formação matemática de professores dos primeiros anos escolares, que se tornam elementos de políticas públicas para a educação. A partir do inventário desses experts e suas produções para a formação de professores que ensinam matemática, em vinte estados brasileiros, o projeto, em específico, intenta mapear essa produção, investigar a sua circulação e analisar como ela se articula em nível nacional verificando a existência ou não de consensos sobre a matemática a estar presente na formação de professores.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wagner Souza Lima

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • o fóssil num clique: a inteligência artificial aplicada ao ensino fundamental de geologia e paleontologia
  • Este projeto visa fornecer subsídios para o desenvolvimento de tecnologias inovadoras de inteligência artificial que possam contribuir com o ensino de conceitos fundamentais de geologia e paleontologia para o ensino médio e fundamental. O objetivo principal é produzir e divulgar, durante os sete dias da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) de 2020, documentários produzidos especialmente para esse período, mas que continuarão disponíveis após a SNCT para download nas redes sociais da Fundação Paleontológica Phoenix e das escolas parceiras. Os temas trabalhados serão intrinsecamente relacionados a conceitos básicos de Geologia com ênfase aos fósseis e seu papel na evolução do conhecimento científico. A produção do material será realizada em duas etapas. Na primeira, será construído um storyboard, que é um esboço sequencial de imagens que representará o roteiro do documentário. Em seguida, estas imagens serão aprimoradas e ajustadas para criar movimentos e fazer a sequência animada presente no documentário. O projeto será implantado e monitorado em três escolas do Município de Aracaju e duas do Município de Laranjeiras. Contudo, como sua distribuição e divulgação será online, ele atingirá, de imediato, 80 escolas estaduais subordinadas à “Diretoria de Educação de Aracaju”, vinculada à Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, bem como outras 242 escolas em 74 municípios do Estado de Sergipe, vinculadas às suas diretorias regionais (DREs).
  • Fundação Paleontológica Phoenix - SE - Brasil
  • 20/10/2020-30/04/2021
Foto de perfil

Wagner Viana Bielefeldt

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo experimental e termodinâmico para escórias aplicadas em refino secundário e lingotamento contínuo de aços especiais com respeito à sua capacidade de remover inclusões não-metálicas
  • O refino secundário de aços especiais abrange os equipamentos de forno-panela (FP) e desgaseificador a vácuo (VD). Esses equipamentos representam as etapas intermediárias do processamento do aço líquido em uma aciaria de aços especiais que produza tarugos e/ou blocos. No processo de refino secundário, a escória assume papel importante na obtenção de um aço de alta qualidade. As escórias de refino secundário, ou refino de panela, são projetadas para ser obter uma maximização da sua capacidade de refino, o que inclui a otimização de composição química bem como de suas propriedades físicas. Uma das principais funções das escórias de refino secundário é a sua capacidade na remoção de inclusões não-metálicas. Adicionalmente, existem as escórias de lingotamento contínuo, que são empregadas no distribuidor, cobrindo a superfície de aço líquido. O distribuidor é responsável por distribuir o aço líquido nos moldes a fim de que ocorra a etapa final da fabricação de aços, a solidificação. Assim como no processo de Refino Secundário, as escórias empregadas no Lingotamento Contínuo também possuem a função de remover as inclusões remanescentes no aço líquido, isto é, aquelas provenientes ainda do processo em panela. Sabe-se que a formação de inclusões não-metálicas durante a fabricação do aço é uma consequência físico-química inevitável através das reações metalúrgicas e, geralmente, apresentam aspectos negativos em termos de propriedades de fadiga de alguns aços, por isso do interesse em estudar o processo de remoção de inclusões. Este projeto visa estudar a remoção de inclusões não metálicas pela escória durante a fabricação de aços especiais e será dado em etapas da rota de produção onde o aço encontra-se ainda totalmente líquido.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Waldecy Rodrigues

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • entre a garantia e a efetividade da proteção social à pessoa com transtorno do espectro autista (tea) e microcefalia no estado do tocantins: uma analise a partir dos dados do cadastro único
  • Este projeto tem por objetivo principal avaliar a situação socioeconômica de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Microcefalia e suas famílias registradas no Cadastro Único que são atendidas por programas sociais no estado do Tocantins. Trata-se de uma pesquisa com abordagem quantitativa e qualitativa e possui como principal fonte de dados o Cadastro Único para programas sociais. As metas estabelecidas foram: Sistematizar os dados referente as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Microcefalia e suas famílias; construir um panorama da conformação da política de proteção social as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Microcefalia no Brasil; Conhecer o perfil socioeconômico das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Microcefalia atendidas por programas sociais e suas famílias vinculados ao Cadastro Único; verificar em que medidas os programas sociais dirigidas a pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Microcefalia afeta a qualidade de vida dos seus beneficiários e avaliar o modus operandi dos programas sociais de atendimento a pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e Microcefalia e suas famílias no estado do Tocantins.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 03/01/2020-31/12/2020
Foto de perfil

Waldemar Ferreira Netto

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • análise automática da entoação discursiva
  • Este projeto tem como propósito estabelecer e experimentar critérios e procedimentos para a segmentação automática da entoação discursiva na língua portuguesa por meio do aplicativo ExProsodia. Entende-se a entoação discursiva como o conjunto de variações de frequência realizadas durante a fala cujas características delineiam o estado emocional do falante e se permitem capturar e analisar por instrumentos previamente estabelecidos para esse fim. Na medida em que tais variações de frequência se permitem capturar e analisar por instrumentos, suas diferenças correlacionam-se à variação desses estados emocionais e, portanto, podem ser descritas de forma objetiva. A automatização de um processo dessa natureza possibilita a reprodutibilidade segura dos experimentos bem como a obtenção de resultados isentos de subjetividade no que diz respeito às análises realizadas. Dentre as variações de estados emocionais, para além das manifestações típicas da raiva, do medo, da alegria, da tristeza, dentre outras, as disfunções emocionais também se manifestam na entoação discursiva. Por se tratar de um aplicativo que permitirá auxiliar no diagnóstico para disfunções emocionais manifestas na entoação discursiva, poderá atuar de forma complementar junto a profissionais que tratam, por exemplo, de sujeitos com esquizofrenia ou sujeitos psicóticos. O desenvolvimento da pesquisa exigirá, também, o apoio de pesquisadores da área da ciência da computação, da linguística e da psicologia, especialmente no que diz respeito ao aprimoramento do aplicativo e da coleta de material para análise. Os resultados serão divulgados em encontros científicos nacionais e internacionais, bem como em periódicos especializados. Por se tratar de aprimoramento de aplicativo já registrado pela Universidade de São Paulo (INPI RS 08992-2), os resultados desse deste projeto possibilitarão novos registros de programa de computador.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022