Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adolfo Jatobá Medeiros Bezerra

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • há efeito sinérgico entre probiótico e fitoterápicos para tilápias-do-nilo?
  • A presente proposta tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável da piscicultura, por meio do uso conjunto de probiótico (Lactobacillus plantarum) e fitoterápico (hidrolato de Curcuma longa) no cultivo de tilápia-do-nilo (Oreochromis niloticus), visando formação de recursos humanos e difusão de novas tecnologias na área da nutrição aquícola. Para obter êxito, a proposta foi dividida em quatro etapas: 1ª, Dose de hidrolato de Curcuma longa no meio de cultura do Lactobacillus plantarum, com intuito de avaliar o efeito de diferentes concentrações de hidrolato de C. longa no crescimento do probiótico a ser avaliado, e definir uma concentração a ser utilizada no veiculo de cultivo do probiótico; 2ª, Avaliação da dose de hidrolato de C. longa definida na dose anterior na criação de tilápias-do-nilo, analisando a homeostase animal através de alterações no perfil hematológico e da comunidade microbiana presente no trato digestório; 3ª, Avaliação in vivo do L. plantarum cultivado com hidrolato de C. longa na criação de Tilápias do Nilo; verificar a performance de crescimento e saúde animal da tilápia-do-nilo alimentada com o “fitobiótico” (L. plantarum crescido em meio de cultura com hidrolato de C. longa); e 4ª, Infecção experimental, avaliar a influência do “fitobiótico” na sobrevivência da tilápia-do-nilo frente uma infecção experimental com Streptococcus sp. Após os 36 meses, espera-se a obtenção de um novo aditivo alimentar, assim como o protocolo para seu uso em condições de cultivo, além da formação de recursos humanos aptos a aplicar este tecnologia na tilapicultura, assim como desenvolvê-la para outras espécies. Consequentemente aumento das publicações e difusão das informações relacionadas com o cultivo desta espécie, assim como de suas técnicas de manejo preventivo, estimulando o desenvolvimento da atividade de maneira mais ambientalmente amigável.
  • Instituto Federal Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022