Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Samanta Cristina das Chagas Xavier

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • análise espacial e diversidade das espécies de trypanosoma em triatomíneos e mamíferos silvestres, na mata atlântica do sudeste brasileiro
  • O gênero Trypanosoma inclui espécies de parasitos ainda desconhecidas e as estudadas estão associadas a doenças do homem e animais domésticos. Isso vem mudando, pois tornou-se clara a importância da biodiversidade na preservação da saúde ambiental e animal/humana. Pouco se conhece sobre a riqueza de espécies de parasitos na Mata Atlântica. No estado do Espírito Santo (ES) e no Maciço da Pedra Branca, Rio de Janeiro, observamos uma alta diversidade e espécies não identificadas de Trypanosoma. Esse cenário aponta a necessidade do entendimento das variáveis abióticas e bióticas que modulam sua ocorrência, como ampliar o estudo da diversidade de espécies do gênero, incluindo T. cruzi, agente causador da doença de Chagas. O objetivo desse projeto é identificar as variáveis que determinam a diversidade das espécies de Trypanosoma em mamíferos silvestres e triatomíneos na Mata Atlântica. Utilizaremos a análise espacial para determinar as áreas com maior e menor diversidade de tripanosomatídeos no estado do ES e no Maciço da Pedra Branca. Mapas temáticos das áreas estudadas serão gerados frente as seguintes variáveis: clima, solo, vegetação, relevo, biodiversidade e espécies de tripanosomatídeos. Para a determinação da influência de cada variável, os padrões de distribuição espaço-temporal e os níveis de correlação entre as variáveis resposta e explicativa serão avaliadas por análise exploratória e álgebra de mapas. A influência nos padrões de dispersão e diversidade das espécies serão determinadas pela análise multivariada pelo método de classificação pelo vizinho mais próximo. Os resultados observados serão validados a partir da coleta/recebimento de triatomíneos e captura de pequenos mamíferos silvestres nas áreas determinadas pela modelagem espacial. Serão aplicadas as ferramentas parasitológicas e moleculares para determinação das espécies de Trypanosoma e sua diversidade em mamíferos e vetores. Novas espécies serão caracterizadas morfológica e biologicamente.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Samantha Cristina de Pinho

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • avaliação de potenciais aplicações de lipossomas liofilizados coencapsulando curcumina e vitamina d3 em alimentos
  • Atualmente, a busca pelo consumo de alimentos mais saudáveis é uma prática cada vez mais recorrente por parte do consumidor. Dessa forma, torna-se uma necessidade o desenvolvimento contínuo de tecnologias de microencapsulação de bioativos nas formulações alimentícias. A curcumina é um pigmento hidrofóbico, utilizado pela indústria de alimentos como corante natural, condimento e conservante, e que possui um alto potencial anti-inflamatório e antioxidante. Por sua vez, a vitamina D3 é um composto lipossolúvel com papel fundamental na saúde de ossos e dentes, visto que seu consumo promove o aumento da absorção de cálcio pelo sangue, além de ter atividade anticarcinogênica. Por serem moléculas hidrofóbicas, a aplicação direta tanto da curcumina quanto da vitamina D3 em formulações alimentícias pode se tornar uma dificuldade tecnológica, visto que a maioria delas possui base aquosa. Tal problema pode ser contornado a partir da coencapsulação de ambos os bioativos em carreadores lipídicos, como os lipossomas. Matrizes lipídicas como os lipossomas também possuem como vantagens a alta biocompatibilidade e baixíssima toxicidade. Do ponto de vista tecnológico, a produção de lipossomas multilamelares surge como um processo passível de escalonamento para escala industrial, apresentando diversas vantagens como a não-utilização de solventes orgânicos e o baixo custo operacional. O objetivo principal desse trabalho será explorar duas potencialidades de lipossomas liofilizados coencapsulando curcumina e vitamina D3 (sistema que vem sendo desenvolvido no LEnAlis desde 2015). A primeira delas será o desenvolvimento de um pó alimentício, a partir de aglomeração úmida, contendo amido de milho (uma matéria prima barata e de fácil obtenção) e lipossomas liofilizados coencapsulando curcumina e vitamina D3. Pretende-se estabelecer as melhores condições de produção dos lipossomas liofilizados em escala de laboratório, bem como avaliar a capacidade dos sistemas produzidos em proteger os bioativos. O amido enriquecido será então caracterizado morfologicamente e físico-quimicamente. Como resultado final, espera-se obter um produto completamente novo, multinutricional e de alto valor agregado. A segunda aplicação será feita através da incorporação dos lipossomas liofilizados em iogurte. O produto lácteo será caracterizado físico-quimica, microbiológica e sensorialmente. Dessa forma, o projeto pretende contemplar duas situações na indústria de alimentos relacionadas com sistemas de microencapsulação: a produção de um ingrediente funcional (amido enriquecido) e um produto final (iogurte).
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Samir Adamoglu de Oliveira

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a noção institucional da administração enquanto profissão e sua influência na prática da gestão e na formação do administrador
  • O projeto de pesquisa tem como objetivo analisar de que forma a noção institucional da Administração enquanto profissão opera processos de âmbito individual, organizacional e societal que influenciam a prática da gestão e a formação do administrador. Entendidas sociologicamente, as 'profissões' configuram-se como papéis sociais instituídos na sociedade, responsáveis tanto por produzir campos de atuação prática, quanto por reproduzir lógicas e práticas inerentes a estes, funcionando como agentes institucionais influentes em três instâncias: como agentes culturais-cognitivos, como agentes normativos, e como agentes regulativos. Aceita-se o argumento de que é mediante a atuação desses tipos possíveis de agentes que se pode compreender como as condições de produção e de reprodução das esferas componentes de uma dada dimensão institucional se reforçam, revisam, transformam ou inovam, a partir de ações de praticantes organizados em classes profissionais e/ou de organizações profissionalizadas. Nisso, cinco proposições de estudo se desenham: (i) investigar processos de institucionalização do saber e de práticas concernentes a questões educacionais/educativas na formação de praticantes em escolas e cursos (superiores e tecnológicos); (ii) investigar processos de institucionalização do saber e de práticas concernentes a circulação/disseminação de práticas de gestão; (iii) investigar processos de institucionalização de regras e normas concernentes a questões de trajetória histórica da construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado; (iv) investigar processos de institucionalização de regras e normas concernentes a questões de dispositivos normativos e regulatórios pertinentes a construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado; e, (v) investigar processos de institucionalização de regras e normas concernentes a questões de midiatização relevantes na construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado. Assume-se a linguagem como elemento basilar que opera a fabricação de textos e discursos mediante seu uso na constituição das práticas sociais cotidianas, formando os contextos que norteiam a ação de indivíduos e organizações. A perspectiva teórica é o institucionalismo organizacional em sua vertente sociológica, de enfoque linguístico. Traça-se seis objetivos específicos: (i) caracterizar a trajetória histórica (em suas instâncias política, econômica, social e cultural) do contexto institucional de referência da formação da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da Administração enquanto campo profissionalizado; (ii) caracterizar os mecanismos/dispositivos normativos e regulatórios atuantes na construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado; (iii) caracterizar os mecanismos/dispositivos da mídia influentes na construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado; (iv) caracterizar as práticas educacionais/educativas relevantes na construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado; (v) caracterizar processos de criação, circulação e disseminação de práticas de gestão relevantes na construção da figura do administrador enquanto um profissional (grupo ocupacional) e da construção da Administração enquanto profissão/campo profissionalizado; e, (vi) analisar a(s) maneira(s) pela(s) qual(is) processos de âmbito individual, organizacional e societal que influenciam a prática da gestão e a formação do administrador são operados pela noção institucional da Administração enquanto profissão. Os espaços empíricos de pesquisa concebidos compreendem organizações de formação/capacitação profissional (ou profissionalizantes), educacionais, tecnológicas, e/ou de natureza reguladora, abordadas sob intenção compreensiva singularizada e/ou comparativa destas. A coleta de dados envolverá fontes primárias e secundárias, onde as primárias serão oriundas de entrevistas com roteiros abertos e/ou semiestruturados, atividades de observação em distintos graus, e as secundárias provenientes do 'texto' enquanto mensagem, no intuito de se alcançar a compreensão sobre o 'contexto'. Empregar-se-ão análises de conteúdo, de texto, contexto, imagens e de frames da linguagem em uso, de narrativas, e do discurso. Como resultado, espera-se: (i) realizar uma aproximação dos EORs com teorizações sobre o objeto 'profissões', viabilizando inserção da pesquisa nacional no debate internacional; (ii) discutir implicações práticas da visão institucionalista para o campo profissional/profissionalizado da Administração, e para a formação do administrador; (iii) compreender não apenas como a profissão da Administração – enquanto condutora institucional e vetor da prática de indivíduos e de organizações – pode ser entendida com base nos condicionantes pré-existentes que moldam o comportamento e o perfil dos agentes que atuam na e/ou lidam com a gestão, mas também como indivíduos e atores sociais (vide as organizações) estrategicamente posicionados no campo de atuação da Administração institucionalizam suas práticas em âmbito societal, e/ou operam modificações diretas nos arranjos institucionais que os configuram, profissionalizando esse campo, em suas ramificações.
  • Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sociais - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Samira Itana de Souza

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • biomarcadores preditivos da progressão da injúria renal aguda para doença renal crônica: correlação com inflamação e fibrose renal.
  • A injúria renal aguda (IRA) é uma afecção grave que acomete principalmente pacientes hospitalizados contribuindo para elevadas taxas de morbidade e mortalidade. É definida como súbita redução da função renal com incapacidade dos rins em excretar os resíduos do metabolismo celular e em manter o equilíbrio hidroeletrolítico. São múltiplos os fatores etiológicos relacionados à IRA. Dentre estes está a síndrome da rabdomiólise que é responsável por mais de 15% dos casos de IRA. Para os indivíduos sobreviventes à IRA, a recuperação renal incompleta está associada à progressão para doença renal crônica (DRC). Nos últimos anos, estudos epidemiológicos, clínicos e experimentais têm evidenciado estreita associação entre episódio de IRA e subsequente desenvolvimento de DRC. O reparo renal incompleto após IRA está relacionado à mecanismos fisiopatológicos que incluem rarefação vascular, inflamação persistente, proliferação de fibroblastos e alteração estrutural com perda irreversível da função renal. Neste sentido, a IRA não pode ser tratada apenas como um evento agudo e transitório, mas sim como um fator de risco para o desenvolvimento de alterações renais tardias. Por isso, a avaliação de parâmetros renais estruturais e funcionais em fases iniciais e tardias da recuperação pós-IRA faz-se necessária. Tradicionalmente, para o diagnóstico de IRA, a análise da função renal é realizada por meio da determinação da concentração sérica e urinária de creatinina, cálculo do ritmo de filtração glomerular (RFG) e medida do débito urinário. Entretanto, é bem documentada a limitação destes parâmetros no prognóstico de alterações renais tardias a partir da IRA. Deste modo, novos marcadores bioquímicos têm sido avaliados quanto ao seu potencial em predizer a progressão da IRA para DRC. Entre estes biomarcadores destacam-se a cistatina C, a lipocalina associada à gelatinase neutrofílica (NGAL), a molécula de injúria renal -1 (KIM-1) e a interleucina-18 (IL-18). Estudos experimentais que investiguem o papel destes biomarcadores na predição da progressão da IRA para DRC utilizam principalmente modelo de IRA induzida por isquemia/reperfusão. Todavia, a IRA induzida por rabdomiólise associada a traumas, grandes queimaduras e exercício físico extenuante também apresenta elevada incidência e tem como alteração estrutural característica a necrose tubular aguda (NTA), perfil de injúria renal que se apresenta como um fator de risco importante para o desenvolvimento e progressão da DRC. Deste modo, o objetivo geral do presente estudo é avaliar a capacidade preditiva dos biomarcadores cistatina C, NGAL, KIM-1 e IL-18 em relação à progressão da IRA induzida por rabdomiólise para DRC e sua correlação com eventos inflamatórios e fibrose do tecido renal. Para isso, serão utilizados 44 ratos Wistar com 10 semanas de idade, pesando entre 250-300 gramas. Os animais serão submetidos à administração intramuscular (I.M.) de glicerol a 50% ou salina (0.15 M) numa dose de 8mL/kg. Em seguida, os animais serão divididos em 8 grupos: 4 grupos Controle (submetidos a administração I.M. de solução salina) e 4 grupos Glicerol (submetidos a administração I.M. de glicerol). Os animais serão eutanasiados em diferentes tempos: Grupos Controle – 3, 15, 30 e 45 dias e Grupos Glicerol - 3, 15, 30 e 45 dias após administração de glicerol ou salina. Para todos os grupos, após 48 horas da administração de glicerol ou salina, os animais serão alojados em gaiolas metabólicas e urina de 24 horas será coletada. Amostras de soro também serão coletadas após ensaio metabólico. Na eutanásia, será realizada coleta de soro e dos rins. Serão realizados estudos de função e estrutura renal e análise imunoistoquímica para marcadores estruturais, inflamatórios e de fibrose. Adicionalmente, as concentrações renal, sérica e urinária dos biomarcadores NGAL, KIM-1, Cistatina C e IL-18 também serão avaliadas por ensaio imunoenzimático (ELISA). Para análise estatística, serão utilizados Teste T não pareado para comparação entre os grupos controle e glicerol e ANOVA One Way para comparação entre os grupos glicerol nos diferentes tempos de eutanásia e entre os grupos controles nos diferentes tempos de eutanásia. Com estes resultados, espera-se melhor compreensão sobre a progressão da IRA para DRC considerando os aspectos estruturais e funcionais, o processo inflamatório e a instalação de fibrose renal. Espera-se ainda identificar quais biomarcadores ou combinações entre biomarcadores apresentam maior capacidade preditiva quanto à progressão da IRA para DRC.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022