Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Rudolf Theoderich Bühler

Outra

Microeletrônica
  • desenvolvimento de sensores em materiais inteligentes: simulação, processo de fabricação e caracterização de dispositivos
  • Os sensores possuem papel de destaque na sociedade moderna, sendo peças chave em aplicações industriais, acadêmicas e sociais, contribuindo para melhora da qualidade de vida. Inovações surgem diariamente através do uso de novos materiais inteligentes em um mercado que cresce rápido e cujo impacto econômico estimado alcançará em 2025 entre $3,9 e $11,1 trilhões de dólares, comparável ao PIB entre Alemanha e China. Para que o mercado consiga atender a essa crescente demanda, a pesquisa e o desenvolvimento de novos materiais e novas tecnologias que auxiliem na sua miniaturização se faz por necessária em um momento único na economia para a pesquisa nacional e é onde este projeto se encaixa. Sua finalidade é contornar os problemas presentes no cenário nacional ao abordar de forma direta o desenvolvimento de sensores magnéticos, de deformação mecânica, luz e umidade, utilizando materiais inteligentes através de etapas de desenvolvimento que compreenderão a simulação numérica, processo de fabricação e caracterização elétrica dos sensores. Os sensores serão fabricados utilizando materiais inteligentes cujas propriedades podem ser significativamente alteradas de maneira controlada por estímulos externos. Isso permitirá o desenvolvimento e fabricação de sensores de deformação mecânica, campo magnético, luz e umidade em estruturas nanofio. A fabricação utilizará a infraestrutura dos laboratórios do CCS Nano, LPD, Laboratório de filmes finos e IF-LMBT da Universidade Estadual de Campinas e os laboratórios avançados de caracterização e simulação elétrica do Centro Universitário FEI. O projeto contará com a experiência dos pesquisadores associados para expansão dos conhecimentos físicos teóricos e práticos, permitindo manter a sintonia com a pesquisa de microeletrônica internacional em seu estado da arte, fomentando a indústria nacional com tecnologia de alto nível através da capacitação e execução de projetos que desenvolvam estas tecnologias no país.
  • FUNDACAO EDUCACIONAL INACIANA PADRE SABOIA DE MEDEIROS - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rui Carlos Zambiazi

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • encapsulação de compostos bioativos para aplicação em balas mastigáveis diet de frutos nativos
  • Bala mastigável é um produto obtido da cocção de açúcares, que se caracteriza por ser mastigável, de dissolução relativamente lenta na boca, e cuja cor, sabor, aroma e/ou textura devem-se aos aditivos químicos. A inserção de polpas de frutas na formulação de balas mastigáveis pode eliminar ou reduzir o uso destes aditivos, além de incorporar compostos da fruta associados a benefícios à saúde. A maioria das espécies frutíferas nativas são ricas em compostos bioativos, como compostos fenólicos e carotenóides, incluindo a amora, butiá e pitanga. O consumidor atual está modificando seus hábitos alimentares pela preferência por alimentos menos calóricos, mais saudáveis e nutritivos. Os produtos diet atendem a esta demanda e estão constantemente passando por inovações e ampliando a oferta no mercado. Poucos estudos foram realizados sobre a inserção de polpas de frutas nativas na formulação de balas diet, como alternativa de utilização de frutas originárias da região, além de enriquecer os produtos com compostos potencialmente bioativos, como compostos fenólicos e carotenoides, os quais estão relacionados com a capacidade antioxidante e a cor do fruto. No entanto, tanto os carotenoides quanto os composto fenólicos são instáveis a altas temperaturas, na presença de luz e de oxigênio. Uma alternativa para aumentar a estabilidade destes compostos bioativos em condições ambientais adversas, como no processamento e armazenamento de balas, e preservar sua atividade antioxidante, consiste na técnica de microencapsulação. Assim, este estudo objetiva elaborar balas mastigáveis diet formuladas com polpas de frutos nativos acrescidas de microcápsulas de extratos de frutos nativos, e avaliar a qualidade dos produtos. As polpas, microcápsulas e as balas serão submetidas à avaliações físico quimicas, e as balas tambem serão avaliadas sensorialmente.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rui Daniel Schröder Prediger

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • investigação do potencial terapêutico da agmatina para o tratamento dos sintomas depressivos da doença de parkinson: envolvimento de mecanismos neurotróficos e epigenéticos
  • Estudos recentes indicam que mecanismos epigenéticos estão envolvidos na hereditariedade de diversas doenças, além de estarem associados a uma grande variabilidade de sintomas, progressão e sucesso terapêutico para cada doença. A doença de Parkinson (DP), normalmente associada à desordem motora, é acompanhada por diversos sintomas não motores, destacando-se a depressão que afeta aproximadamente 35% dos pacientes parkinsonianos. A depressão apresenta um grande impacto na qualidade de vida do indivíduo com DP, aumentando a morbidade, mortalidade e os custos do tratamento, e representando um preditor de prognóstico desfavorável para a evolução da DP. Tem sido demonstrado que a depressão associada à DP difere em diversos aspectos da depressão maior observada na população em geral, apresentando diferenças neurobiológicas e maior refratariedade (em torno de 60%) ao tratamento com antidepressivos clássicos (como a fluoxetina). Neste sentido, surge o interesse pela agmatina, uma amina endógena sintetizada no sistema nervoso central que possui propriedades antidepressivas e neuroprotetoras. Trabalhos prévios realizados em humanos e em animais de laboratório comprovam a eficácia da agmatina em aliviar os sintomas depressivos e a sua segurança, mesmo após o tratamento crônico. Entretanto, o potencial terapêutico da agmatina em aliviar a depressão associada a DP e os mecanismos moleculares envolvidos nesta resposta permanecem desconhecidos. Diante deste cenário, na presente proposta, utilizando técnicas de farmacologia, bioquímica e eletrofisiologia, pretendemos investigar o potencial terapêutico da agmatina em atenuar os sintomas depressivos observados em roedores submetidos a diferentes modelos experimentais da DP. Além disso, pretendemos caracterizar o envolvimento de alterações epigenéticas e neurotróficas em diferentes áreas cerebrais como possíveis mecanismos moleculares associados aos efeitos antidepressivos da agmatina na DP. Sendo assim, os resultados originados pelo presente estudo possibilitarão um avanço significativo no conhecimento da neurobiologia da depressão na DP e na caracterização do potencial terapêutico da agmatina e seus mecanismos de ação no tratamento destes sintomas depressivos na DP. Estas informações poderão futuramente contribuir para o desenvolvimento de abordagens mais racionais e eficazes para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes parkinsonianos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Rui Seara

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de algoritmos para aplicações em sistemas de comunicações
  • Considerando os tópicos abordados neste projeto, pretende-se: i) melhorar o desempenho dos sistemas de comunicações móveis, objetivando desenvolver novos algoritmos de conformação de feixe com controle de potência aplicado a sistemas de comunicação móvel celular; ii) no que concerne ao tópico de aprendizagem de máquina em redes sem fio, incluir uma série de melhoramentos no método proposto em [P. V. Klaine, J. P. Nadas, R. D. Souza, and M. A. Imran, “Distributed drone base station positioning for emergency cellular networks using reinforcement learning,” Cognitive Computation, vol. Early Access, pp. 1-15, 2018] para otimização de redes de comunicação em situações de emergência; iii) no que tange ao tema de conversão texto-fala, desenvolver um sistema TTS usando deep neural network que apresente alta qualidade e capacidade de adaptação ao locutor, assumindo que somente alguns segundos de sua fala gravada sejam fornecidos ao sistema. Além disso, espera-se que sinais de fala de diferentes estilos sejam produzidos através do ajuste de alguns parâmetros, tais como: nível de intensidade, prosódia e estilo (expressividade); para o desenvolvimento do tema de pesquisa em reconhecimento de fala, conceber um sistema ASR padrão baseado em deep neural network para o idioma português falado no Brasil.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022