Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Rove Luiza de Oliveira Chishman

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • dicionário paraolímpico e a natureza enciclopédica dos frames semânticos
  • Neste projeto, pretende-se dar continuidade às investigações acerca dos pontos de contato entre Semântica de Frames e Lexicografia Eletrônica. Inspirados na FrameNet, nossos estudos têm se preocupado em compreender em que medida a noção de frame é pertinente como princípio organizador de recursos lexicográficos digitais. Contudo, distinguem-se do projeto de Fillmore à medida em que levam em conta princípios lexicográficos, e não apenas computacionais. Nesta pesquisa em especial, objetiva-se investigar a natureza do significado enciclopédico dos frames semânticos e sua relevância para a prática lexicográfica digital. Considerando os recursos lexicográficos em desenvolvimento, pretende-se propor estratégias de inserção de informações que incorporem tal concepção. A metodologia adotada segue os preceitos da Linguística de Corpus e pauta-se por um direcionamento middle-out, ou seja, as análises resultam da convergência entre as abordagens top-down e bottom-up. Espera-se, com tais desdobramentos de pesquisa, revisar os recursos digitais já lançados, como o Field: Dicionário de Expressões do Futebol e o Dicionário Olímpico, assim como aprimorar as bases para os recursos em desenvolvimento, como o Portal Lexicográfico Jurídico e o Dicionário Paraolímpico.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ruan Delgado Gomes

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de novos mecanismos e protocolos visando o aumento de confiabilidade de redes de sensores sem fio industriais
  • O uso de Redes de Sensores sem Fio Industriais (RSSFI) para implementar aplicações de monitoramento ou controle apresenta vantagens em comparação ao uso de redes cabeadas, como a maior flexibilidade e o menor custo de implantação. No entanto, é necessário lidar com problemas típicos das redes sem fio, como interferência e o alto nível de atenuação em pequena e larga escala. Além disso, as características do canal sem fio variam com o tempo e uma RSSFI deve ser capaz de se adaptar a essas variações para manter boa qualidade de serviço durante sua operação. Estratégias adaptativas, como a alocação dinâmica de canais, permitem lidar com os problemas mencionados. Além disso, um planejamento adequado da rede pode ajudar a reduzir problemas de confiabilidade nos enlaces, reduzindo, por exemplo, a distância média entre os nós sensores e os roteadores/sorvedouros, bem como a probabilidade de colisões devido ao uso do mesmo canal ao mesmo tempo por diferentes nós da rede. Neste projeto, serão investigadas e implementadas estratégias para alocação dinâmica de canais em RSSFI, de modo a lidar com as variações temporais e espaciais na qualidade dos canais. Também serão desenvolvidos algoritmos para automatizar o planejamento de uma RSSFI, de modo a definir os parâmetros ideais de implantação, como posicionamento dos roteadores, potência de transmissão e atribuição de slots de tempo para transmissão aos nós finais, de modo a mitigar problemas de confiabilidade e reduzir a possibilidade de colisões na rede, ao mesmo tempo em que se tenta atender aos requisitos das aplicações, em termos de taxa de entrega de pacote, latência e determinismo.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ruann Janser Soares de Castro

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • modificação do potencial biológico de proteínas do grilo-preto (gryllus assimilis): como a hidrólise enzimática afeta as suas propriedades bioativas?
  • O consumo de insetos como uma fonte alternativa de proteína é considerado uma tendência futura e uma estratégia viável com potencial notório para garantia do fornecimento de alimentos a nível global. Os insetos são uma fonte não convencional de proteínas, seja para consumo humano direto ou indiretamente como ingredientes em alimentos formulados. Além disso, estudos científicos têm demonstrado que a hidrólise enzimática destas proteínas resulta na produção de peptídeos com atividades biológicas de grande interesse, dentre as quais merecem destaque as propriedades anti-hipertensivas, antimicrobianas, antidiabéticas e antioxidantes. Nesse contexto, o objetivo geral do projeto será avaliar a obtenção de peptídeos com propriedades biológicas utilizando um concentrado proteico de grilo-preto (Gryllus assimilis) hidrolisado enzimaticamente por diferentes preparações comerciais de proteases. Para tal, combinações binárias e ternárias das enzimas proteolíticas serão utilizadas para a hidrólise e para a determinação de efeitos sinérgicos ou antagônicos destas combinações sobre as propriedades bioativas dos hidrolisados proteicos. A avaliação das propriedades biológicas incluirá a atividade antioxidante, anti-hipertensiva e antidiabética. Definidas as condições mais adequadas para a obtenção dos peptídeos, serão ainda investigados o efeito da separação de frações com diferentes massas moleculares sobre as propriedades bioativas assim como a manutenção destas bioatividades durante 12 meses de armazenamento.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rubem Carlos Araújo Guedes

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • análise comportamental, eletrofisiológica, bioquímica e imunohistoquímica cerebral da interação taurina/pilocarpina/desnutrição em ratos
  • A epilepsia e a desnutrição constituem problemas mundiais de saúde que podem afetar o desenvolvimento do organismo, o comportamento e a função cerebral. O agonista colinérgico muscarínico denominado pilocarpina produz, no rato, um quadro clínico e fisiopatológico semelhante ao da epilepsia do lobo temporal em humanos. A taurina, um análogo estrutural do neurotransmissor inibitório GABA, tem-se mostrado importante em pacientes epilépticos, atenuando seus sintomas. A depressão alastrante cortical (DAC) é um fenômeno neural que tem sido associado a distúrbios de excitabilidade cerebral e suas doenças, como a enxaqueca e a epilepsia. Em estudo prévio (Guedes e Vasconcelos, Neuroscience Letters 442, 118-22, 2008) doses subconvulsivantes de pilocarpina alteraram características eletrofisiológicas da DAC. Este projeto objetiva investigar se efeitos globais no organismo (ganho de peso, glicemia e comportamento semelhante à ansiedade), bem como efeitos cerebrais (DAC, desequilíbrio redox e imunoreatividade glial) da administração crônica de dose subconvulsivante de pilocarpina seria modulada por uma condição desfavorável de lactação que induz deficiência nutricional. Nesse contexto, testaremos se o tratamento com taurina é capaz de atenuar os efeitos acima mencionados. Ratos Wistar neonatos serão submetidos a 1) lactação normal e 2) lactação desfavorável, caracterizadas respectivamente por amamentação em ninhadas com 9 e 15 filhotes (denominados grupos L9 e L15). Cada condição de lactação originará os cinco seguintes subgrupos, segundo os tratamentos, aplicados do 35º ao 55º dia de vida pós-natal: 1) taurina (300 mg/Kg/dia – via gavagem) + pilocarpina (45 mg/Kg/dia – via intraperitoneal); 2) apenas taurina; 3) apenas pilocarpina; 4) veículo (água, por gavagem, + salina, i.p.); 5) Ingênuo (naïve), sem qualquer tipo de tratamento. Nos dias P56 e P58, os animais serão testados comportamentalmente no labirinto em cruz elevado e campo aberto, respectivamente. Em P59 a glicemia será aferida em jejum. Em P60-P65, será registrada a DAC, avaliados os níveis cerebrais de malondialdeído (MDA) induzido por peroxidação lipídica. Finalmente, será avalida a imunoreatividade glial no córtex e hipocampo. Nossas hipóteses são: 1) a associação entre a administração crônica de dose subconvulsivante de pilocarpina e a condição desfavorável de lactação potencializa os seus efeitos deletérios no cérebro, comparados aos tratamentos isolados; 2) o tratamento com taurina atenua os efeitos acima mencionados.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022