Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alfeu Joãozinho Sguarezi Filho

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • estudo e implementação de um controlador preditivo repetitivo aplicado no controle das potências do gerador de indução duplamente alimentado
  • Este projeto de pesquisa tem como objetivo o estudo de técnicas de controle preditivo repetitivo aplicado no controle das potências do gerador de indução duplamente alimentado aplicado à sistemas de geração eólica. Neste contexto será estudado o modelo matemático dinâmico do gerador, os conversores de potência e as técnicas de controle para o sistema de geração. Para tal objetivo serão realizados estudos através de simulação e implementação prática em uma bancada do Laboratório de Eletrônica de Potência e Smart Grids da UFABC. Adicionalmente, este projeto possibilitará consolidar colaborações existentes entre docentes da UFABC e de outras instituições como Poli-USP, UFBA, UFPB e UFAC.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 18/02/2019-30/04/2023
Foto de perfil

Alfred Sholl Franco

Engenharias

Engenharia Civil
  • ix olimpíada brasileira de neurociências
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 28/05/2021-31/05/2023
Foto de perfil

Alfredo Bonini Neto

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • sistemas inteligentes e técnicas matemáticas de parametrização aplicados ao fluxo de carga continuado visando a melhoria dos sistemas elétricos de potência
  • Atualmente, a tendência contínua de aumento nas demandas de carga, juntamente com as restrições econômicas e ambientais para a construção de novas usinas e linhas de transmissão, levou os sistemas de energia a operar mais próximos de seus limites, aumentando a probabilidade de ocorrência de problemas de estabilidade. Os estudos relacionados com a estabilidade estática de tensão exigem a avaliação qualitativa de diversas condições operativas do sistema em diferentes condições de carregamento e contingências. O método da continuação é uma das principais ferramentas utilizadas nesses estudos em virtude de sua robustez e versatilidade, e tem sido empregado entre outros: na avaliação dos efeitos de variações de parâmetros das linhas de transmissão sobre o sistema de potência, na observação do comportamento das tensões das barras do sistema e na comparação de estratégias de planejamento visando à proposição adequada de ampliações e reforços da rede com o intuito de se evitar o corte de carga. As publicações demonstram um crescente interesse por parte das empresas do setor elétrico mesmo em pequenas melhorias deste método visando a melhora de seu desempenho nos diversos estudos. No método da continuação, a singularidade da matriz Jacobiana é removida com a adição de equações parametrizadas às equações do fluxo de carga. Dos estudos prévios já realizados criou-se uma grande expectativa de que seja possível utilizarem-se diversas variáveis globais, tais como a potência ativa ou reativa da barra slack, perdas totais de potência ativa entre outras, para compor a equação da reta ou a equação quadrática. Outra ideia bastante atrativa, é utilizar diversos planos para o traçado completo da curva P-V, um exemplo é o plano formado pelas magnitudes versus os ângulos das tensões nodais, acarretando em uma trajetória de soluções com um aspecto linear e com isso, possibilitando a remoção da singularidade durante o traçado de toda curva P-V. O uso dessas variáveis também apresenta como vantagem o fato de exigir apenas pequenas alterações nos programas de Fluxo de Carga convencionais existentes e de praticamente, não afetar o grau de esparsidade da matriz Jacobiana. Outro fator importante que pretende-se investigar é o uso das redes neurais artificiais (RNAs) para análise da margem de carregamento e consequentemente a obtenção do ponto de máximo carregamento dos sistemas elétricos. Assim, esse projeto tem por objetivo dar continuidade às analises dessas técnicas de parametrização geométrica e também através da RNAs melhorar a sua eficiência na obtenção da margem de carregamento e na redução do tempo computacional gastos pelas técnicas de parametrização geométricas. Também pretende-se investigar a viabilidade do uso de métodos de Newton desacoplado e das versões XB e BX do fluxo de carga desacoplado rápido continuado, bem como de alguns novos métodos recentemente apresentados na literatura.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alfredo Dias de Oliveira Filho

Ciências da Saúde

Farmácia
  • efeito de um protocolo de revisão da farmacoterapia sobre o controle da pressão e a triagem clínica de pacientes com suspeita de hipertensão resistente
  • Introdução A Hipertensão Arterial Resistente (HAR) é caracterizada por valores valores de pressão arterial (PA) acima de 140x90 mmHg para a pressão arterial sistólica e diastólica, respectivamente, mesmo com o uso de três fármacos anti-hipertensivos com ações sinérgicas, em doses máximas estabelecidas e toleradas, sendo um deles diurético, ou quando o paciente está em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos, mesmo com a PA controlada. Diagnosticos errôneos de HAR podem levar ao uso de medicamentos desnecessários e de alto custo ou até à realizacao de procedimentos invasivos, assim, descartar a pseudorresistência - seja pela obtenção do controle pressórico, seja pela confirmação de HAR - é uma etapa preliminar obrigatório no manejo desses pacientes. Objetivo O objetivo deste estudo é avaliar o efeito de um protocolo de revisão da farmacoterapia sobre a modificação dos valores de PA sistólica e diastólica pacientes com hipertensão arterial resistente e pseudorresistente. Método Será realizado um ensaio clínico controlado randomizado em uma unidade básica de saúde em Maceió-AL e em seis consultórios do ambulatório de cardiologia de um hospital privado em Aracaju-SE, com duração de 24 meses. Serão avaliados como desfechos primários os valores de modificação da PA sistólica e diastólica. Os desfechos secundários serão taxa de pacientes sob controle pressórico, taxa de modificação do status diagnóstico (HAR, hipertensão arterial pseudorresistente e hipertensão com controle pressórico) e a adesão terapêutica. Os valores referentes à PA serão obtidos por meio de Medida Ambulatorial da Pressão Arterial. A adesão terapêutica será determinada por meio da escala de Morisky-Green-Levine. O protocolo de intervenção durará 6 meses e será baseado em um protocolo de otimização da adesão previamente testado em pacientes com doenças cardivasculares pós-ala hospitalar e em pacientes ambulatoriais com hipertensão, e em um protocolo de revisão da farmacoterapia segundo o modelo Medication Appropriateness Index (MAI). Estimou-se que uma amostra de pelo menos 111 pacientes em cada grupo fornecerá 80% de poder para detectar uma diferença de 6 mmHg na PAS com nível de significância de 5%.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-31/12/2022