Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vicente de Paulo Martins

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação da resistência aos antimicrobianos e transição da microbiota bucal de pacientes internados no hospital universitário de brasília
  • O objetivo deste estudo é conhecer a microbiota bucal e sua transição em um período máximo de 7 dias após admissão hospitalar e determinar sua resistência à clorexidina e outros antimicrobianos. A clorexidina é um antimicrobiano largamente utilizado em ambiente hospitalar como desinfetante e antisséptico de uso tópico. É o antisséptico de escolha para descontaminação bucal de pacientes hospitalizados em UTIs europeias que não têm autonomia para realização de sua própria higiene. Estudos demonstram a deterioração da saúde bucal como consequência de hospitalização, com aumento do acúmulo do biofilme dentário e inflamação gengival. As condições de saúde bucal e a microbiota residente e adquirida na área após um período de hospitalização podem influenciar a saúde geral, agravando quadros sistêmicos, e podendo até mesmo ser relacionadas à pneumonia nosocomial. Para o estudo, será realizada coleta com swab na mucosa da cavidade bucal de pacientes internados na Enfermaria de Clínica Médica do HUB. As amostras serão levadas ao Laboratório de Análises Moleculares de Patógenos (LAMP) do Instituto de Biologia da Universidade de Brasília, onde serão analisadas para identificação dos microrganismos e determinação de sua resistência à clorexidina e a diferentes antimicrobianos (antibiograma e antifungiograma), além da caracterização molecular das espécies de microrganismos e dos genes de resistência antimicrobiana. É importante conhecer as características da microbiota bucal adquirida no meio hospitalar após um período de internação quanto à sua susceptibilidade em relação à clorexidina, pois há indícios de ligação entre o mecanismo de resistência a esta substância e o desenvolvimento de cepas com múltipla resistência a antibióticos.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vicente Eudes Lemos Alves

Ciências Humanas

Geografia
  • a fronteira agrícola centro-norte do brasil: políticas, modernização e transformações socioterritoriais recentes
  • Propõe-se com o presente projeto de pesquisa investigar a dinâmica territorial na hinterlândia brasileira, especialmente a fronteira agrícola do centro-norte do país. Esta região em formação evidencia, nas últimas décadas, elevado crescimento econômico induzido pela produção agrícola moderna, mas também pela instalação de indústrias, de atividades comerciais e de serviços, além de migração de população de distintos lugares do Brasil. Esse novo cenário de expansão econômica da região revela apenas uma das facetas do processo de modernização, o qual é acompanhado por outras, as de crescimento desordenado das cidades, de expansão dos conflitos fundiários (envolvendo inclusive comunidades tradicionais) e de grave crise ambiental. As mudanças indicam, nesse sentido, que tanto o campo quanto o urbano no centro norte do Brasil assumem novos conteúdos espaciais, econômicos e demográficos. Estes resultam da presença de agricultores modernos e de algumas empresas hegemônicas, assim como de uma legião de trabalhadores empobrecidos em busca de trabalho. Além disso, nos últimos anos se verifica a presença de agentes econômicos estrangeiros interessados na aquisição de terras para produção agrícola e/ou para a especulação imobiliária, em muitos casos, a partir da presença ou intermediação de fundos de investimentos nacionais e internacionais.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022