Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ana Carolina Prado Ribeiro e Silva

Ciências da Saúde

Medicina
  • fotobiomodulação na prevenção de mucosite oral em pacientes em uso de metotrexato em altas doses. estudo clínico prospectivo, randomizado e duplo-cego
  • Introdução: O metotrexato em altas doses (AD-MTX) é empregado como agente quimioterápico no tratamento de malignidades hematológicas; no entanto, não apenas células neoplásicas mas tecidos que apresentam altas taxas de proliferação são susceptíveis aos efeitos citotóxicos da droga. A Mucosite Oral (MO) é uma das principais toxicidades e quadros graves podem levar a interrupção do tratamento, afetando o prognóstico e sobrevida. A fotobiomodulação (FBM) é empregada com objetivo de prevenção e tratamento da MO, promovendo a cicatrização e analgesia. Objetivos: Avaliar a eficácia da FBM na prevenção de MO em pacientes em tratamento com AD-MTX; investigar a correlação entre dosagens séricas, urinárias e salivares de MTX e o desenvolvimento e severidade de MO e estabelecer um protocolo de FBM para pacientes em tratamento com AD-MTX. Desenho do estudo: Estudo cínico, prospectivo, duplo-cego e randomizado. Materiais e métodos: 80 pacientes que serão submetidos ao primeiro ciclo de AD-MTX serão distribuídos, de forma randomizada, Grupo 01 – FBM profilática: AD-MTX dose ≥ 1g/m2 (n=40) e Grupo 02 – FBM placebo (sham laser): AD-MTX dose ≥ 1g/m2 (n=40). O grupo FBM profilática será submetido a FBM nos 5 primeiros dias após a infusão de AD-MTX ou até doses plasmáticas inferiores a taxas ≥ 5-10 µmol/L após 24 horas, ≥ 1 µmol/L após 48 horas e ≥ 0.1 µmol/L após 72 horas. Os pacientes serão avaliados nos D10; D15 e D21 e o questionário de qualidade de vida EORTC-QLQ-30 aplicado no D0 e no D15 após infusão de AD-MTX. Análise estatística: Será realizado teste de correlação entre a dosagem de AD-MTX no sangue, urina e saliva. Os resultados obtidos por ELISA serão avaliados no programa GraphPadPrism 5.0 e análise de normalidade por Lilliefors. Resultados Esperados: Desenvolver um protocolo individualizado de FBM que seja aplicado na prevenção de MO e verificar a eficácia do uso da saliva como de método auxiliar para a dosagem de AD-MTX.
  • Fundação Faculdade de Medicina - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ana Carolina Ramos Moreno

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • mecanismos imunológicos envolvidos no efeito antitumoral de imunoterapias desenvolvidas para o tratamento de tumores: estudos pré-clínicos com foco em câncer de bexiga e tumores induzidos por hpv
  • Dentre as doenças não transmissíveis, o câncer se destaca como a segunda principal causa de morte mundial, sendo um importante problema de saúde pública. O tratamento do câncer sempre foi um desafio para os médicos. Sabe-se que o sistema imunológico desempenha um papel importante na defesa do corpo nos estágios iniciais do desenvolvimento do tumor. Essa luta pode ser vencida ou perdida uma vez que o tumor molda o destino do sistema imunológico, e esse resultado é a base para entender as ações de proteção do hospedeiro ou de progressão tumoral. Neste panorama, a imunoterapia se tornou um importante aliado na luta contra diferentes tumores. Um dos principais desafios é o desenvolvimento de abordagens terapêuticas eficazes, com o objetivo de direcionar a resposta imunológica a favor da atividade antitumoral. Nos últimos anos, nosso grupo dedicou esforços para desenvolver imunoterapias com foco no tratamento de câncer, particularmente tumores induzidos pelo Papilomavírus humano (HPV) e o câncer de bexiga, duas neoplasias que se destacam na clínica médica pela prevalência mundial. Para o câncer de bexiga, nossas imunoterapias são baseadas em Bacillus Calmette-Guérin (BCG) recombinantes, que expressam proteínas bacterianas com potencial adjuvante. Para o câncer induzido por HPV, nossa imunoterapia é baseada em uma vacina de DNA, que codifica a oncoproteína E7 do HPV-16 fusionada à glicoproteína D do Vírus Herpes Simplex-1, combinada a uma vacina de mRNA codificante para anti-CTLA-4. Neste projeto, estudaremos as respostas imunológicas locais e sistêmicas, o perfil de citocinas, e vias de sinalização induzidas pelas imunoterapias em dois modelos murinos: câncer ortotópico de bexiga e câncer induzido por HPV. Pretendemos determinar a relevância destes eventos na sobrevida dos animais e na ativação de uma imunidade protetora, e assim propor um desenho racional de vacinas e intervenções clínicas. Evidências científicas do grupo suportam a continuidade da pesquisa proposta.
  • Instituto Butantan - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ana Carolina Scarpel Moncaio

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação da operacionalização da prevenção e controle da doença do coronavírus pelos aspectos comportamentais no uso dos equipamentos de proteção individual - enfoque nos profissionais de saúde
  • O presente projeto de pesquisa congrega ações colaborativas entre os Departamentos de Enfermagem e Medicina de duas regiões do Brasil (Centro-Oeste e Norte): Goiás, sendo representado pelo Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Catalão e Departamento de Enfermagem da Fundação Universidade Federal de Rondônia, cuja liderança da pesquisa está sendo coordenada e desenvolvida pelo Grupo de Estudos Epidemiológico - Operacionais em Tuberculose, o qual atua de forma articulada à Rede Brasileira de Pesquisas em Tuberculose, voltados ao controle da tuberculose. Objetiva avaliar a operacionalização do uso de Equipamentos de Proteção Individual dos profissionais de saúde na prevenção e controle da COVID-19 nas instituições de nível secundário e terciário de dois municípios nas Regiões Centro-Oeste e Norte. Trata-se de um estudo com método misto com estratégia explanatória sequencial. A população do estudo será constituída por profissionais de saúde (nível técnico de enfermagem, enfermeiros e médicos), os quais responderão um questionário fechado e na etapa qualitativa os dados serão provenientes da aplicação de entrevistas semiestruturadas. Serão incluídos sujeitos acima dos 18 anos, no cumprimento ou exercício de suas funções durante a data da coleta de dados e com no mínimo seis meses de experiência profissional. Serão excluídos os profissionais de saúde em período de férias ou afastados por licença-saúde. Os dados serão inseridos no software SPSS 20.0 e analisados por meio da estatística descritiva. Utilizar-se-á a Análise de Correspondência Múltipla para verificar a relação entre as variáveis sociodemográficas, epidemiológicas e do uso dos Equipamentos de Proteção Individual. As entrevistas serão transcritas e organizadas no software Atlas.ti 7.0 e analisadas pelo referencial metodológico da Análise do Discurso. Os resultados deste estudo poderão oferecer subsídios para aprofundar conhecimentos e compreensão sobre a operacionalização do uso de Equipamentos de Proteção Individual dos profissionais de saúde na prevenção e controle da COVID-19 nas instituições de nível secundário e terciário, contribuindo para o planejamento, organização, monitoramento e avaliação da doença e contribuir para o desenvolvimento de pesquisas e formação de recursos humanos.
  • Universidade Federal de Catalão - GO - Brasil
  • 16/07/2020-15/08/2022
Foto de perfil

Ana Carolina Simionato Arakaki

Ciências Sociais Aplicadas

Ciência da Informação
  • a publicação em linked data em bibliotecas: proposta teórica-metodológica para o sibisc
  • A abertura de dados tornou-se um desafio para as unidades de informação e entre outros gestores de dados e de conteúdo. Há uma demanda emergente para que esses dados sejam abertos e conectados para acesso, identificação, uso e reuso, principalmente no que diz respeito às tecnologias da Web Semântica. Nesse contexto, é problematizado o cenário da proposta, como fomentar a disponibilização e o acesso a dados de bibliotecas no contexto dos dados abertos conectados? Dessa forma, a proposta consiste em desenvolver uma matriz teórico e metodológica para as instituições brasileiras, em especial para bibliotecas, a fim que esse estudo propicie a abertura e conexão entre os dados. Como objetivos específicos, busca-se: identificar ferramentas e tecnologias para publicação de dados abertos conectados; analisar e realizar a curadoria e higienização dos dados de uma biblioteca para adequação dos procedimentos necessários para publicação de dados abertos conectados; construir diretrizes teórica-metodológicas para as bibliotecas publicarem dados abertos conectados. A pesquisa é classificada por uma natureza teórico e aplicada, qualitativa e exploratória. Foi selecionada para prova de conceito da proposta, os dados do Sistema Integrado de Bibliotecas do Município de São Carlos (SIBISC). Espera-se com os resultados obtidos, a pesquisa contribua com diretrizes metodológicas para bibliotecas brasileiras a publicarem seus dados abertos conectados. Além de estimular estas instituições a garantir a interoperabilidade, com a integração dos dados em catálogos, repositórios e banco de dados, à iniciativa Linked Data e a contribuição para o desenvolvimento da área de Ciência da Informação. É previsto como produtos dessa pesquisa, apresentação de trabalhos nos principais eventos da área de Ciência da Informação, nacionais e internacionais; a confecção de um evento científico para divulgação, por fim, a confecção de uma cartilha, com o passo-a-passo da publicação de dados pelas bibliotecas.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025