Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

João Batista Garcia Canalle

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • 24 olimpíada brasileira de astronomia e astronautica
  • Vide projeto anexo
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 22/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

João Batista Lopes Martins

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • modelagem e simulação de inibidores, materiais e astroquímica
  • O presente projeto insere questões atuais envolvendo a contribuição teórica, com parceiros experimentais, nas áreas de materiais em escala nanométrica, complexos e biomoléculas, além de proporcionar aplicações em diversas áreas, como em biocombustíveis, biomateriais, nanotecnologia, astroquímica, novos catalisadores, dentre outros. A linha de pesquisa desenvolvida neste projeto está direcionada para a aplicação de métodos computacionais, para auxiliar no entendimento de processos, em nível fundamental, relacionados à catálise de reações em zeólitas e óxidos, fotocatálise, inibidores da família Bowman-Birk e da proteína Tirosina Quinase Abl-Bcr, interações em fase gás relacionadas à astroquímica e química ambiental. Contribuindo para o desenvolvimento destas importantes áreas de pesquisa e inovação. Um dos casos propostos é em catálise heterogênea, através de zeólitas e óxidos metálicos, entre outros, que assumem um papel central para a produção de uma grande maioria de produtos derivados de petróleo. Contudo a química fundamental destes processos não tem sido, até recentemente, satisfatoriamente compreendida. Outro caso é o desenvolvimento de novos potenciais fármacos, que dependem do conhecimento e aplicação multidisciplinar de diversas estratégias híbridas, envolvendo várias áreas do conhecimento. Dessa forma, o planejamento de novas entidades bioativas será mais bem integrado com colaboração da simulação molecular para suporte desta linha de pesquisa, permitindo aos químicos projetar novas drogas de forma mais racional do que era possível ser feito anteriormente. O cenário atual em pesquisa, desenvolvimento e inovação permite afirmar que os grandes temas têm sido abordados de uma forma global, quando incluíram técnicas de química teórica e computacional. Para este suporte computacional serão utilizados os clusters institucionais. Tal projeto tem um grupo de pesquisadores da UnB para diferentes abordagens teóricas, com atuação multidisciplinar, interessados em utilizar ferramentas computacionais para investigar temas relevantes da fronteira do conhecimento de interesse acadêmico e tecnológico, na tentativa de previsão e suporte dos resultados destas pesquisas, permitindo assim colaborar no desenvolvimento teórico destas áreas, com forte formação de recursos humanos, tanto na graduação quanto na pós-graduação.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Batista Marques de Sousa Junior

Engenharias

Engenharia Civil
  • modelagem numérica avançada de estruturas mistas de aço e concreto
  • As estruturas mistas de aço e concreto combinam de forma eficiente os dois materiais e constituem uma solução vantajosa em diversas situações práticas, mas seu uso ainda não é muito difundido no Brasil. O desenvolvimento de soluções numéricas pode auxiliar na compreensão do comportamento específico destes elementos. Este projeto de pesquisa tem como objetivo dar continuidade à implementação, teste e validação, via Método dos Elementos Finitos, de um conjunto de ferramentas computacionais aplicáveis à modelagem numérica de vigas e pilares mistos de aço e concreto. A partir de diversos trabalhos de pesquisa já concluídos, os principais aspectos a serem abordados nesta fase são divididos em subprojetos. Pretende-se trabalhar na aplicação da protensão a estruturas metálicas e mistas, a análise não-linear estática e dinâmica, o desenvolvimento de novos elementos finitos usando soluções exatas e teorias de alta ordem e a otimização de elementos de viga mista biapoiadas e semicontínuas.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Batista Pereira Cabral

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • avaliação quali-quantitativa das águas, solos e sedimentos na área de influência direta de empreendimentos hidrelétricos na bacia do rio corrente – goiás.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Batista Rodrigues Neto

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de estruturas cerâmicas via impressão 3d funcionalizadas com óxidos de nióbio e titânio
  • Nas últimas décadas, a existência de contaminantes emergentes em recursos hídricos tornou-se uma preocupação mundial. Esses contaminantes incluem principalmente produtos farmacêuticos e de higiene pessoal, produtos químicos de limpeza, compostos perfluorados, entre outros. A ocorrência desses contaminantes na água pode apresentar efeitos adversos em organismos aquáticos e terrestres ocasionando riscos severos a saúde humana e um comprometimento à biota aquática, mesmo que em reduzidos níveis detectáveis. Uma vez que os processos convencionais de tratamento de água não são efetivos na remoção de desses contaminantes à níveis exigidos, novas tecnologias de tratamento que controlem a presença dessas substâncias são de grande interesse para fornecer água de qualidade para as necessidades humanas e ambientais. A fotocatálise heterogênea apresenta-se como um processo promissor no controle e tratamento de contaminantes emergentes em água. No entanto, esse processo apresenta como principal desvantagem a necessidade de etapas de filtração ou separação de fases para a recuperação dos nanomateriais ao final do processo de tratamento, o que inviabiliza a utilização dessa tecnologia em maior escala. Como alternativa, esta proposta de projeto tem, como objetivo principal, a obtenção e caracterização de estruturas cerâmicas produzidas via impressão 3D funcionalizadas com óxidos de nióbio e titânio para aplicações fotocatalíticas. A motivação para este trabalho está relacionada em encontrar soluções inovadoras e tecnológicas para os processos fotocatalíticos, por meio do desenvolvimento de estruturas cerâmicas otimizadas, produzidas via impressão 3D, e a funcionalização destas estruturas pela imobilização de filmes finos de óxidos de nióbio e titânio sintetizados por um método limpo, rápido e promissor para a obtenção de nanopartículas via micro-ondas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Batista Rosolem

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • laboratório integrador cpqd (sisfóton-mcti)
  • Desde sua criação, em 1976, o CPQD destaca-se como um elo entre as universidades, cujo foco é a pesquisa científica (centradas na geração de conhecimento), e as empresas, cujo foco são produtos inovadores (centradas na exploração do conhecimento), colaborando no desenvolvimento e disseminação do conhecimento (tecnologia) para o setor empresarial. O CPQD possui um amplo ecossistema de parceiros e grande experiência na composição de arranjos produtivos visando consolidar a rede de inovação ideal, integrando atores com competências e tecnologias complementares (academia, startups, empresas, indústrias e governo). Na proposta do CPQD a integração dos laboratórios do Sisfóton-MCTI será feita pelos Laboratório de Sensoriamento e Monitoração Óptica (LSMO) e Laboratório de Integração Fotônica (LIF). O LSMO possui 4 doutores, 2 mestres, e 2 engenheiros e 1 técnico em seu quadro de pesquisadores. Os pesquisadores do LSMO através de projetos de pesquisa e desenvolvimento da ANEEL, da ANP e da FINEP desenvolveram projetos e introduziram redes de sensoriamento óptico em diversas empresas do setor elétrico e de óleo e gás, atendo como objetivo a demonstração de suas vantagens. Entre estas empresas citamos a Petrobrás, Cemig, Eletrobrás, Repspol, CPLF, Copel, Baesa, Prysmian, Foz do Chapecó, Engie-Tractebel, Epasa, DME. O número de patentes solicitadas pelo LSMO é de 27, sendo que 6 patentes já foram concedidas. O número de artigos publicados em periódicos Qualis/CAPES A1 é de 27 e o número de artigos publicados em anais de eventos nacionais e internacionais é 80. Uma característica que diferencia o LSMO de outros laboratórios é sua vocação para aplicações reais de sensores ópticos, sendo que em todos os projetos são realizados testes de campo dos sistemas desenvolvidos. Já o LIF possui 2 doutores, 1 mestre, 1 engenheiro e 1 bolsista em seu quadro de pesquisadores. Os pesquisadores do LIF, através de projetos de pesquisa e desenvolvimento da FINEP atualmente desenvolvem componentes fotônicos (moduladores, fotodetectores, etc) dentro do contexto do projeto “Sistemas Ópticos em 1TB/s para Internet do Futuro”. Através de projetos no âmbito Embrapii desenvolve projetos de lasers sintonizáveis de cavidade integrada para aplicações em sistemas ópticos de telecomunicações, cuja transferência de tecnologia para o mercado se dará através da empresa parceira IDEA sistemas eletrônicos. Com relação ao LIF, todos os pesquisadores são membros da Sociedade Brasileira de Fotônica, atuando em conjunto nas determinações e direcionamentos desta Sociedade perante o cenário global das tecnologias fotônicas. Mantém parcerias com empresas tais como Padtec e Idea sistemas eletrônicos e diversas universidades, com destaque à Unicamp, USP, UFPB e centros de pesquisa tais como CNPEM e CTI. A estratégica para se obter a integração dos laboratórios dos Sisfóton se baseia na execução das seguintes atividades: Atividade 1 – Conhecer Laboratórios 1.1 - Conhecer os laboratórios de Fotônica aprovados na chamada Sisfóton e mapear o ecossistema de cada laboratório. 1.2 - Conhecer o desenvolvimento do estado da arte em Fotônica através de participação em eventos internacionais, substancialmente nos temas desenvolvidos pelos laboratórios do Sisfóton. 1.3 - Difundir uma visão única entre os laboratórios baseada nos princípios do Sistema Nacional de Laboratórios de Fotônica (Sisfóton-MCTI). Atividade 2 – Acompanhar Laboratórios 2.1 - Acompanhar qualitativamente o desenvolvimento dos projetos aprovados pelos laboratórios de Fotônica. 2.2 - Interagir com instituições parceiras regionais de forma a facilitar a integração dos laboratórios nacionalmente. 3.3 - Evidenciar para os laboratórios do Sisfóton o desenvolvimento da fotônica no país em relação a visão de estado da arte/futuro a ser difundida periodicamente pelo Laboratório Integrador. Ao mesmo tempo analisar nas áreas que sendo priorizadas/trabalhadas se existem deficiências. Atividade 3 - Integrar Laboratórios 3.1 - Promover encontros com periodicidade semestral com apresentações conjuntas dos laboratórios de Fotônica junto com empresas/startups de forma a difundir modelos de negócio, formas de operação e de boas práticas, além de compartilhamento de experiências. 3.2 - Identificar demandas específicas de cada laboratório do Sisfóton, auxiliar no suprimento das necessidades a partir da cooperação entre os demais integrantes da rede e avaliar a prontidão (readiness level) das tecnologias ópticas dos laboratórios para aplicações das empresas/startup. 3.3 - Planejar e realizar interações entre os laboratórios de Fotônica e empresas/startups a partir de eventuais de interesses manifestados pelos laboratórios e ou empresas, que levem a realização de negócios e investimentos. 3.4 - Promover encontros presenciais ou online com periodicidade anual entre os laboratórios nacionais de fotônica e laboratórios internacionais. Atividade 4 – Captar Recursos 4.1 - Acompanhar a disponibilidade de editais e ou chamadas de P&D de agências de fomento federais ou estaduais, Lei da Informática, Embrapii e de empresas atuantes no setor elétrico, petróleo, saúde, automotivo, entre outros, que tenham temas para submissão de projetos de Fotônica, como fontes de recursos adicionais aos laboratórios do Sisfóton. Atividade 5 – Divulgar Resultados 5.1 - Divulgar os resultados dos laboratórios de Fotônica e de possíveis interações com empresas através da realização de eventos de divulgação a serem realizados no CPQD ou nas instituições dos laboratórios de Fotônica. O CPQD irá construir também uma página na internet em seu domínio para a divulgação dos resultados. Outras atividades a serem propostas são promover a realização de webinars e visita virtuais em cada lab. 5.2 - Estimular a divulgação dos resultados científicos dos laboratórios de Fotônica através de publicações em capítulos de livros em periódicos de boa avaliação da CAPES. Atividade 6 – Finalizar Projeto 6.1 Finalização do projeto com a avaliação.
  • Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações - SP - Brasil
  • 19/07/2021-31/07/2024
Foto de perfil

João Borges Laurindo

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • desenvolvimento de um secador de micro-ondas a vácuo com tecnologia nacional
  • Diferentes métodos de secagem são utilizados para a produção de frutas e hortaliças desidratadas, e.g. secagem convectiva, secagem a vácuo, liofilização, secagem por micro-ondas, entre outros. A escolha do processo mais adequado depende principalmente do alimento a ser desidratado e das características desejadas para o produto. A busca por tecnologias de secagem que apresentam curto tempo de processo, e resultem em produtos alimentícios de alta qualidade nutricional e sensorial, é de grande importância para o desenvolvimento industrial deste setor. A secagem por micro-ondas a vácuo vem sendo utilizada para a produção de produtos crocantes, com tempos de secagem curtos e baixo custo, quando comparados com a com a secagem com ar quente e com a liofilização. O objetivo do presente projeto é desenvolver um secador de micro-ondas a vácuo com tecnologia nacional, utilizando sistemas mais simples, baratos e de fácil operação, para serem aplicados na indústria brasileira, em diversas escalas. Será investigada a aplicação do aquecimento por micro-ondas a vácuo na desidratação de alimentos, utilizando banana, batata, cenoura, manga, pinhão, queijo minas frescal e queijo muçarela, como materiais de teste. As propriedades dos alimentos desidratados obtidos serão comparadas com as propriedades dos produtos obtidos por secagem convectiva, por secagem a vácuo e por liofilização. O projeto tem as seguintes metas: i) desenvolver um secador de micro-ondas, que opere sob vácuo, usando serviços, materiais e dispositivos mecânicos, elétricos e eletrônicos disponíveis no mercado nacional, ii) gerar conhecimento científico sobre a qualidade de frutas, hortaliças e queijos desidratados pelo processo de secagem por micro-ondas a vácuo e por múltiplos pulsos de vácuo utilizando o novo secador de micro-ondas, iii) gerar tecnologia que possa ser aplicada em escala industrial. Os limites de aplicação do equipamento e suas consequências sobre a qualidade dos produtos desidratados pelas diferentes técnicas farão igualmente parte dos resultados do projeto.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joao Carlos Cury Saad

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • monitoramento da irrigação por pivô central utilizando imagens multiespectrais e redes neurais artificiais
  • Os sistemas de irrigação pivô central são muito utilizados no Brasil e caracterizam-se por irrigar grandes áreas. No entanto, dada a heterogeneidade espacial das propriedades físico-hídricas dos solos, além das variações topográficas, há dificuldades de aquisição de dados para avaliação do desempenho dos equipamentos, bem como para a adoção da irrigação de precisão, uma vez que seriam necessários muitos pontos de amostragem, o que é dispendioso e trabalhoso. O objetivo desse trabalho é estimar a lâmina de água aplicada por um sistema de irrigação por pivô central via umidade do solo, a partir de imagens multiespectrais de alta resolução e redes neurais artificiais, fornecendo embasamento científico para futuros aplicativos de avaliação do equipamento e de manejo da irrigação fundamentados no levantamento total da área irrigada. A área de estudo será um pivô central instalado na Fazenda Berro D’Água localizada no distrito de Campos de Holambra, município de Paranapanema -SP, pertencente à unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Alto Paranapanema (UGRHI-14), que é uma das principais áreas irrigadas do país, com mais de 40.000 ha. O projeto irá desenvolver um algoritmo computacional de Rede Neural Artificial para estimar a umidade do solo e a lâmina de irrigação, além de gerar um mapa de produtividade da cultura para analisar a influência da uniformidade de aplicação de água.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Carlos de Oliveira Souza

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • extensões de métodos em otimização contínua com aplicação em ciência de comportamento
  • O plano de trabalho e projeto de pesquisa propostos referem-se ao desenvolvimento de diversos tópicos de pesquisa no tema de otimização contínua. Os problemas a serem estudados envolvem problemas de minimização de funções DC, otimização multi-objetivo e problemas com quase equilíbrio com implementação computacional dos métodos estudados assim como aplicações para resolver problemas pesquisa operacional envolvendo ciência de comportamento. O projeto pretende contribuir com a internacionalização, interinstitucionalidade, interdisciplinidade e formação de recursos humanos nas instituições envolvidas, tendo como metas a participação em eventos nacionais e internacionais para divulgação e apresentação dos resultados obtidos, e publicação de artigos em revistas internacionais conceituadas.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Carlos Xavier Júnior

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • seleção automática de comitês de classificadores e seus hiper-parâmetros baseada em algoritmo evolutivo
  • Classificação é uma das tarefas mais importantes de Aprendizado de Máquina (Machine Learning), e com isso, vem impulsionando nas últimas décadas a produção de um número grande de algoritmos. Portanto, a seleção do melhor algoritmo de classificação para um conjunto de dados de entrada (\textit{dataset}) é um problema desafiador, já que o desempenho preditivo de um algoritmo é fortemente dependente das características do \textit{dataset}, bem como das configurações de hiper-parâmetros do algoritmo. Além disso, é de conhecimento geral que não existe um único classificador que pode ser considerado ideal para todos os domínios de problemas. Dessa forma, é importante combinar diferentes métodos de classificação visando superar as limitações dos classificadores base. Essa fusão de especialistas (classificadores base) é chamada de comitês de classificadores (\textit{Classifier Ensembles}). A necessidade de selecionar automaticamente o melhor algoritmo de classificação e sua melhor configuração de hiper-parâmetros para um \textit{dataset} de entrada contribuiu para o surgimento de uma nova área de pesquisa chamada de \textit{Automated Machine Learning (Auto-ML)}. A abordagem principal dessa área é realizar automaticamente (de forma sistemática) uma pesquisa em um espaço muito grande de algoritmos candidatos e configurações de hiper-parâmetros, aliviando o usuário da tarefa de realizar experimentos ad-hoc, tediosos e muito demorados. com diferentes algoritmos e configurações de hiper-parâmetros. O presente projeto tem como objetivo principal investigar a utilização de Algoritmos Evolutivos aplicados ao problema de Auto-ML, visando selecionar automaticamente o melhor comitê de classificadores (\textit{Classifier Ensemble}) e sua melhor configuração de hiper-parâmetros para um conjunto de dados de entrada. Para tal, analisaremos diferentes tipos de Algoritmos Evolutivos, assim como os mais variados tipos de Ensembles, além dos diferentes classificadores bases.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joao Claudio Arendt

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • uma história da literatura da região metropolitana da serra gaúcha (1897-1967)
  • O projeto de pesquisa “Uma história da literatura da Região Metropolitana da Serra Gaúcha (1897-1967)” investiga a formação e a consolidação do sistema literário da Região Metropolitana da Serra Gaúcha (RMSG), com vistas à escrita de uma história da literatura da referida região. Além de obras publicadas por editoras e de textos literários inéditos divulgados nos jornais do período, como poemas, crônicas, contos e folhetins, são considerados outros elementos e eventos de natureza literária e cultural que contribuíram para a formação do sistema literário, tais como notícias sobre cinema, música, livros, bibliotecas, editoras, livrarias, concursos literários, encontros de autores, universidades, traduções, grupos de leitura, performances literárias, teatro, centros culturais etc. A pesquisa conjuga, portanto, três dimensões: a primeira engloba obras e autores publicados em livro; a segunda abrange textos literários esparsos e inéditos; a terceira abarca eventos de natureza literária e cultural. Convém ressaltar que a pesquisa teve início em 2011 e voltou-se, naquele momento, para a definição, entre outros, dos conceitos de região, regionalismo, regionalidade e literatura regional. Em seguida, com o auxílio de bolsistas de Iniciação Científica, procedeu-se à coleta de materiais em bibliotecas e jornais, para compor um acervo tanto de notícias literárias e culturais, quanto de obras éditas e de textos literários inéditos. Assim, a presente etapa, embasada no campo conceitual já constituído, objetiva sistematizar e analisar o material juntado, o qual ultrapassa 20.000 documentos.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Cláudio Bassan de Moraes

Engenharias

Engenharia Civil
  • produção da cinza de resíduo de madeira (crm) para utilização em aglomerantes inorgânicos
  • A madeira está presente em diversos setores do dia-a-dia, como na arborização urbana, paletes e madeireiras. Entretanto, estes setores geram resíduos, desperdícios e descartes de madeira, que muitas vezes não tem um descarte apropriado. Estes resíduos têm potencial de serem utilizados como biomassa para gerar energia através de um processo de queima em caldeiras. Após este processo de combustão, é gerado um outro resíduo: a cinza de resíduo de madeira (CRM). Este projeto tem como proposta utilizar a CRM como aglomerante inorgânico. A sua função será como fonte de álcali para produzir aglomerantes ativados alcalinamente baseado no metacaulim. A cinza será obtida a partir de caldeiras industriais, onde depois passará por um tratamento térmico em laboratório a fim de se determinar o melhor preparo para que se torne apropriada para ser utilizada como aglomerante inorgânico. A CRM será caracterizada fisicamente e quimicamente e será utilizada em argamassas e pastas de aglomerantes ativados alcalinamente. A utilização de argamassas tem como fim determinar as propriedades mecânicas destes aglomerantes, enquanto as pastas serão utilizadas em análises microscópicas a fim de entender a microestrutura do material formado. Espera-se que, com os resultados deste trabalho, seja possível valorizar a CRM como aglomerante inorgânico, dando um destino adequado a este material sustentável.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joao Cleps Junior

Ciências Humanas

Geografia
  • terra, modernidade e conflitos agrários: efeitos da territorialização do agronegócio sucroenergético no triângulo mineiro/alto paranaíba no pós-2000
  • A presente pesquisa busca analisar a dinâmica agrícola recente (pós anos 2000) no contexto da modernização tecnológica e transformações provocadas pela expansão do agronegócio, sobretudo ligado ao setor sucroenergético e seus efeitos socioterritoriais, em especial na agricultura familiar e camponesa na região do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, Estado de Minas Gerais. Na região a ser estudada, nas últimas décadas, a agricultura capitalista tem se apropriado das políticas públicas de incentivo à produção de agrocombustíveis e territorializando o agronegócio sucroenergético mediante a incorporação de terras e incentivos financeiros. Em grande parte, como ocorre em outras regiões do País, está ocorrendo uma aliança entre o agronegócio e os proprietários (latifundiário) de terras. Nesse processo, a captura da renda fundiária pelos proprietários de recursos naturais, recoloca a tese da completa “mercadorização” das terras à revelia da sua função social e ambiental que, de direito, continua a ser fundamento constitucional do direito de propriedade rural no Brasil, conforme preconizado na Constituição Brasileira. A fragilização institucional e a precarização das políticas públicas recentes, o retrocesso na Reforma Agrária, aliado a intensa procura de terras e sua valorização pelo agronegócio (terra mercantil), vêm dificultando a incorporação da maior parte dos agricultores camponeses ao desenvolvimento econômico e sociocultural, limitando a sua permanência na terra (terra trabalho). Frente ao grande poder do capitalismo agrário em curso, estão as lutas dos grupos sociais que denunciam o retrocesso e indicam possibilidades e alternativas que valorizam a diversidade sociocultural e uma outra relação com o ambiente, questionam e denunciam o aumento do uso de agrotóxicos, a perda de qualidade do solo e redução da biodiversidade. Analisar e demonstrar a diversidade presente nas agriculturas de base familiar e camponesa em meio à expansão dos monocultivos do agronegócio – especialmente da soja, milho e principalmente cana-de-açúcar - é uma forma de ampliar os estudos e os novos significados da Questão Agrária e buscar entender os impasses e dificuldades atuais da Reforma Agrária.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joao Crisóstomo Weyl Albuquerque Costa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • sistemas inteligentes baseados em sensores ópticos e tecnologias híbridas fibra/cabo para redes de 5ª geração
  • Apresenta-se a proposta das atividades de pesquisas que serão desenvolvidas no triênio 2019-2021, no escopo do Edital Universal e que estão alinhadas com atividades propostas no pedido de renovação da bolsa de produtividade de pesquisa do coordenador do projeto. Trata-se, portanto, de pedido de apoio para complementar e garantir continuidade às pesquisas que vem sendo realizadas no Laboratório de Eletromagnetismo Aplicado - LEA, da Faculdade de Engenharia de Computação e de Telecomunicações da UFPA, onde o proponente atua desde 1994, ano do seu ingresso na UFPA. O recurso para financiamento das pesquisas vem sendo assegurado por meio de projetos aprovados em editais de agências de fomento (CNPq, CAPES, FINEP) e parcerias com empresas privadas, principalmente associadas aos Fundos Setoriais, e demandas do setor público. Temos coordenado e/ou participado de vários projetos dessa natureza, que permitiram implantar/manter infraestrutura, estabelecer parcerias com grupos de referência no Brasil e exterior e forte formação de RH. Nos últimos 10 anos (2009-2018) foram formados sobre orientação do coordenador desta proposta 21 mestres e 18 doutores e mais de 2 dezenas de graduandos em trabalhos de conclusão de curso e atividades de iniciação científica-tecnológica-inovação e extensão. A consolidação e ampliação das parcerias com grupos de pesquisa do Brasil e exterior, permitiram elaboração e aprovação de novas propostas de pesquisas e criação de redes de formação, sendo as principais: a inserção do grupo no INCT de Comunicação Sem Fio; a aprovação de projetos de cooperação internacional (CNPq e CAPES) para parcerias com o INESC, com universidades Norte Dakota e Michigan; e aprovação de projetos em parcerias com empresas (Ericsson, Brasilsat, Eletronorte, Celpa, Prodepa). Essa densidade permitiu a articulação e aprovação da proposta do INCT em Redes e Sensores Ópticos, que envolve 9 instituições nacionais e 7 do exterior e a proposta de um Programa de Formação de Mestres e Doutores em rede, integrando 15 IES da Amazônia. Neste projeto "Sistemas inteligentes baseados em sensores ópticos e tecnologias híbridas fibra/cabo/rádio para redes de 5ª geração" serão investigadas soluções de redes ópticas e hibridas para aplicações nos sistemas de próxima geração, algoritmos baseados inteligência computacional e configurações de sensores ópticos, aplicados na supervisão de estruturas, ao setor elétrico e ao monitoramento ambiental. São apresentados os objetivos gerais e específicos, a justificativa e relevância da pesquisa, as metas a serem alcançadas, a metodologia e a disponibilidade de recursos para a execução do projeto, bem como, a contribuição científica e os resultados esperados.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João de Jesus Viana Pinheiro

Ciências da Saúde

Odontologia
  • expressão in vitro das proteínas tks4, tks5, mt1-mmp e cortactina relacionadas à formação de invadopódio e o processo de invasão no tumor odontogênico ameloblastoma.
  • O ameloblastoma é uma neoplasia benigna que se caracteriza pela invasividade local e pelas altas taxas de recorrência. O microambiente tumoral é um importante regulador do comportamento invasivo e seu estudo pode auxiliar na elucidação dos mecanismos moleculares que permeiam a progressão das neoplasias e na determinação de marcadores que permitam um melhor delineamento no tratamento de tumores. Estudos recentes procuram elucidar os mecanismos associados com a invasividade celular para caracterizar as microrregiões tumorais desta neoplasia, revelando que proteólises localizadas são mediadas por invadopódios, que são protrusões celulares em nível de membrana que possuem atividade proteolítica pericelular. Tendo em vista a melhor compreensão do comportamento biológico do Ameloblastoma, o objetivo deste trabalho é verificar a expressão das proteínas TKs4, TKs5, MT1-MMP e cortactina, relacionadas à organização estrutural dos invadopódios e sua participação no processo de invasão, em linhagens celulares de ameloblastoma. Adicionalmente, depletando a expressão de TKs4 e TKs5, por RNA de interferência (shRNA), serão realizados ensaios de invasão celular e de formação de invadopódios. Acreditamos que estes estudos podem trazer informações que poderão auxiliar no controle da propagação invasiva desta neoplasia.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Flávio da Silveira Petruci

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de plataforma portátil, automatizada e de baixo custo para detecção óptica indireta de h2s gasoso utilizando dispositivos microfluídicos de papel
  • Dentre os poluentes em fase gasosa, o sulfeto de hidrogênio (H2S) possui grande destaque devido a sua alta toxicidade, propriedade corrosiva e participação em problemas ambientais diversos. Diferentes órgãos de controle de emissão ao redor do mundo estabelecem limites para a presença de H2S em diferentes ambientes, variando de ppm até baixo ppb. Para que estes limites sejam de fato cumpridos, é necessário que existam métodos analíticos com resultados confiáveis para quantificação e – consequentemente – para base de monitoramento de H2S in situ. Sensores ópticos apresentam vantagens em termos de custo acessível, facilidade de operação, potencialidade para miniaturização, baixo consumo de energia e facilidade de aplicação em campo. Diversos compostos químicos com propriedades ópticas têm sido utilizados como reagente para detecção de H2S, entretanto, a maioria é baseado em metais tóxicos, além de síntese complexa envolvendo várias etapas. Nesse contexto, a drástica diminuição no volume do reagente utilizado é de extrema necessidade no desenvolvimento de métodos analíticos modernos. Nesse projeto, buscaremos a utilização de reagentes químicos com propriedades ópticas (i.e. absorbância ou luminescência) impregnados em dispositivos microfluidicos em papel como sensores para identificação de H2S em matrizes gasosas, reduzindo o volume de reagente para faixa de 1-5 µL. Além da redução do volume, o emprego de papel como leito sorvente possui grande potencial e alta eficiência na coleta de substâncias em fase gasosa. O sinal analítico gerado será medido pela construção de um instrumento de detecção utilizando dispositivos opto-eletrônicos de baixo custo, tais como LED’s, fotodiodos e outros circuitos integrados. O instrumento contará também com micrombombas com vazão calibrada para amostragem do gás e aquisição do sinal analítico em tempo real por meio do uso de microcontroladores.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Fortunato Soares de Quadros Júnior

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • o uso da música na regulação do estado de ânimo e na promoção de comportamentos pró-sociais em estudantes de periferias em são luís-ma
  • A presente pesquisa tem como objetivo compreender de que forma a música atua na regulação do estado de ânimo e na geração de comportamentos pró-sociais em adolescentes em situação de risco social. Participarão desse estudo 240 estudantes de 3 escolas estaduais de ensino médio localizadas em bairros da periferia de São Luís, selecionadas a partir de maneira randômica. Para a coleta de dados, serão utilizados os seguintes instrumentos: Questionário sobre Frequência de Escuta de Estilos Musicais (LORENZO; CREMADES; HERRERA, 2010); Escala de Valoração do Estado de Ânimo (SANZ, 2001); Escala de Autoestima de Rosenberg (ROSENBERG, 1965); Inventário dos Cinco Grandes Fatores de Personalidade (JOHN; SRIVASTAVA, 1999); Escala de Afetos Positivos e Negativos (WATSON; CLARK; TELLEGEN, 1988); e Escala de Pró-Sociabilidade (CAPRARA et al., 2005). Para a análise de dados, será empregado o software SPSS para se levar a cabo análises estatísticas de tipo descritiva e inferencial. Como resultado, espera-se: 1) reduzir os índices de violência estudantil nos centros participantes, resultando em uma melhoria significativa dos rendimentos escolares dos alunos participantes; 2) desenvolver nos estudantes um perfil de consumo musical mais diversificada; 3) confirmar a hipótese de que a música pode atuar como uma ferramenta reguladora do estado de ânimo e, consequentemente, contribuir para o desenvolvimento de comportamentos e sentimentos pró-sociais em adolescentes. Assim, almeja-se que esse estudo motive a realização de novos trabalhos sobre essa temática, incentivando a criação de políticas públicas para uso da música no combate à violência estudantil.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joao Francisco Galera Monico

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • tecnologia gnss no suporte à navegação aérea
  • O uso de sistemas de posicionamento por satélites (GNSS) para a navegação aérea constitui uma tendência mundial na atualidade e será a principal tecnologia adotada no futuro para a determinação de posição das aeronaves em todas as fases do voo. O uso de tecnologia desta natureza apresenta inúmeras vantagens com uma considerável redução na necessidade de instalação de equipamentos em solo, otimização do espaço aéreo com rotas, redução do tempo de voo e consequente economia de combustível, dentre outros. Inserido neste contexto, destaca-se o sistema GBAS (Ground-Based Augmentation System), tecnologia que faz uso de sistemas GNSS, sobretudo o sistema de posicionamento global americano (GPS) com a transmissão de correções para a melhora da acurácia na determinação de posição visando a conduzir aeronaves para um pouso de precisão. Entretanto, os sinais do sistema GPS, assim como o de qualquer outro sistema de posicionamento por satélite, sofre forte influência da camada ionosférica, com a introdução de erros que podem afetar os requisitos de acurácia, integridade, disponibilidade e continuidade exigidos pela Organização de Aviação Civil Internacional (OACI). A camada ionosférica apresenta comportamentos distintos em função da localização (sobretudo com a variação de latitude), da hora do dia, do período do ano e do ciclo de atividade solar, cujo período é de onze anos. A ionosfera sobre o território brasileiro, em especial nas regiões de ocorrência da anomalia da ionização equatorial, apresenta características singulares com relação ao restante do planeta pela concentração de fenômenos e anomalias que ali ocorrem fazendo com que o desempenho de sistemas de posicionamento por satélite na região seja pior quando comparado a regiões como os Estados Unidos e a Europa, por exemplo. Por esta razão, a aplicação de tecnologias baseada em GNSS na aviação sobre o território brasileiro exige uma avaliação profunda dos efeitos da ionosfera. Estudos nesse sentido revestem-se de grande importância em razão dos criteriosos requisitos de segurança envolvidos na aviação, por envolver risco de vidas humanas. Diante deste cenário, a proposta de criação deste INCT visa realizar uma análise detalhada dos modelos de decorrelação de erros devido à ionosfera (modelo de risco), desenvolvidos para uso nos Estados Unidos, que garantem a segurança da operação para sistemas de pouso de precisão, como o GBAS. Tais modelos exigem uma análise de viabilidade para uso no Brasil, uma vez que as condições ionosféricas são bastante distintas daquelas para onde foram desenvolvidos os modelos. Adicionalmente, serão propostas adaptações e melhorias neste modelo de risco a fim de adequá-lo à realidade brasileira de modo a atender os critérios de acurácia, integridade, continuidade e disponibilidade exigidos pela OACI. Também os estudos deste projeto INCT contribuirão para o aperfeiçoamento do uso da fusão GNSS com sistemas inerciais. Para o desenvolvimento do projeto em tela, faz-se necessário um conjunto consistente e abrangente de dados de receptores de GNSS em território nacional a fim de subsidiar as análises das especificidades da ionosférica brasileira e a consequente viabilização do uso de tecnologias GNSS para a navegação aérea. Por isso, propõe-se uma ampliação das redes de monitoramento contínuo existentes compostas por receptores GNSS com capacidade de medição dos parâmetros mais importantes da atividade ionosférica: o Conteúdo Eletrônico Total (CET) e os índices de cintilação ionosférica (S4 e P2). A demanda exposta foi apresentada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) para atender a comunidade brasileira com um serviço seguro para procedimentos de pouso de precisão. Os dados de receptores GNSS desta nova rede poderão ser utilizados para a otimização do desempenho dos receptores GNSS durante a incidência de cintilações ionosféricas e ainda para disponibilizar aos usuários mapa em tempo real dos erros causados pelo atraso ionosférico e da ocorrência de cintilação. Tais mapas são úteis em diversas aplicações geodésicas, dentre as quais agricultura de precisão e posicionamento de plataformas de prospecção de petróleo. Podem ainda ser assimilados por modelos ionosféricos e utilizados em diversos estudos científicos. Contudo, o enfoque do projeto se dará com fins à navegação aérea. Vislumbra-se ainda a possibilidade de, no futuro, os mapas de TEC e cintilação incorporarem um serviço prestado pelo Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB). No contexto do problema exposto, a UNESP Presidente Prudente, que vem pesquisando o desenvolvimento de metodologias e algoritmos considerando aplicações do GNSS para Geodésia, Atmosfera e Agricultura de Precisão, em conjunto com o INPE, que é um instituto especializado em estudos da ionosfera e o ITA e o IAE, especializados em questões aeronáuticas, propõe o presente INCT visando atender a essa demanda da sociedade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 08/01/2017-31/01/2023
Foto de perfil

Joao Franklin Abelardo Pontes Nogueira

Ciências Humanas

Ciência Política
  • o lugar das cidades na transformação da ordem mundial: governança, redes e desigualdade na ‘nova era urbana’ - uma visão do sul.
  • Cidades tem sido objeto de crescente atenção por estudiosos das Relações Internacionais na última década. Influenciados por contribuições em outras áreas das ciências humanas e sociais, pesquisadores da área passaram a estudar fenômenos como a emergência de redes de cidades globais como elementos de mudança na arquitetura da política mundial. O projeto quer contribuir com o esforço recente de pesquisadores do campo das Relações Internacionais em identificar e analisar o papel das cidades na reconfiguração do sistema internacional. Para tanto concentra seus objetivos em duas linhas fundamentais de investigação: a primeira explora as inovações conceituais e modelos analíticos desenvolvidos nas Relações Internacionais a partir de trabalhos interdisciplinares sobre o papel das cidades no espaço internacional e analisa sua contribuição para os debates sobre a transformação da ordem mundial no contexto do declínio do paradigma da globalização neoliberal; a segunda vertente da pesquisa volta-se para a análise empírica de transformações urbanas em cidades como parte de estratégias de inserção em redes globais de cidades, vistas como estruturas alternativas de governança e ordenamento do mundo contemporâneo. Com base em novas abordagens metodológicas para comparação de processos de reestruturação urbana, a pesquisa analisará o impacto dos processos em cidades como o Rio de Janeiro, Bogotá, Cidade do Cabo e Barcelona, principalmente no que diz respeito a polarização e exclusão social e à produção de desigualdades. Mais especificamente, busca-se testar a hipótese de Sassen de que cidades globais produzem ‘espaços de desigualdade’ e, indo mais além, expandir tal argumento para analisar as próprias redes globais que articulam saberes, tecnologias e poder político e econômico de certas cidades. Em outras palavras, busca-se analisar como novas formas de hierarquização e estratificação podem ser introduzidas em configurações horizontais de governança como redes. A pesquisa buscará mobilizar sociologias urbanas produzidas no Sul para enriquecer o debate sobre formação de redes de cidades globais. Objetiva também criar novas linhas de investigação sobre o papel das cidades na governança global e introduzir elementos de formação (workshops e cursos) de pesquisadores de Relações Internacionais no Brasil sobre o tema.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

João Garibaldi Almeida Viana

Ciências Agrárias

Agronomia
  • mudança institucional e sustentabilidade de mercados agroalimentares no bioma pampa do brasil
  • A região da metade sul do Rio Grande do Sul é formada por um bioma característico de comunidades vegetais compostas por gramíneas e plantas herbáceas, o chamado Bioma Pampa. O Bioma exibe um imenso patrimônio associado à biodiversidade. Recentemente, evidencia-se o avanço da produção de soja e da silvicultura no bioma, que impactam diretamente no serviço de provisão de alimentos para as comunidades rurais e urbanas. Esse conjunto de transformações produtivas, sociais e econômicas tem determinado um cenário de mudança institucional no território do Pampa, influenciando as escolhas produtivas e mercadológicas da região, em especial na estrutura das relações entre indivíduos e na sustentabilidade dos mercados. Devido a dispersão geográfica do Bioma Pampa, delimita-se como campo empírico dessa proposta a bacia do Rio Ibirapuitã, por apresentar características biológicas, produtivas e culturais típicas da problematização desse Bioma. Assim, o projeto de pesquisa tem como objetivo geral analisar a mudança institucional e seu impacto na sustentabilidade de mercados agroalimentares provenientes dos sistemas produtivos da bacia do rio Ibirapuitã do Bioma Pampa. Para atingir os objetivos, a pesquisa será conduzida por um método misto, em quatro distintos sistemas de produção da bacia do rio Ibirapuitã, tendo como estratégia a pesquisa explanatório sequencial dividida em três etapas: análise das instituições, construção e medição de indicadores de sustentabilidade e proposição de estratégias de desenvolvimento dos mercados alimentares do Bioma Pampa. Como potenciais resultados entende-se que a proposta representa uma inovação no campo de conhecimento de economia e extensão rural, contribuindo de forma empírica ao estudar a problemática do bioma e de forma metodológica ao modelar indicadores de sustentabilidade e definir o papel das instituições na nova dinâmica do Pampa Gaúcho.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 18/02/2019-31/12/2022