Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Karina Possa Abrahão

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • um drink leva ao outro: como o álcool altera o circuito cerebral de tomada de decisão?
  • O álcool (ou etanol) é a droga de abuso mais utilizada no mundo. Estima-se que 3-5% das mortes mundiais sejam atribuídas ao consumo dessa substância (Rehm et al., 2009). Apesar destas estatísticas devastadoras não contemplamos na literatura científica uma plena compreensão da cascata de eventos que ocorrem no cérebro após a exposição ao etanol. Muitos cientistas acreditam que o etanol é um agente farmacológico não específico, dado o seu pequeno tamanho molecular e características anfipáticas. No entanto, estudos de farmacologia molecular mostram que essa droga de abuso tem relativamente poucos alvos primários conhecidos. Estes alvos são amplamente expressos no Núcleos (ou gânglios) da Base, circuito cerebral associado com tomada de decisão e progressão do uso esporádico de uma droga para o uso exagerado, habitual e compulsivo (Evereitt and Robbins 2005; Hogarth et al., 2013). A atividade balanceada e organizada das vias dos Núcleos da Base contribuem para a seleção de repertórios comportamentais adequados para que o animal enfrente situações do dia a dia. Indivíduos que consomem álcool em padrão binge (pelo menos 4-5 doses em menos de 2 horas) e pacientes com dependência têm dificuldade em tomar decisões sobre o consumo de drogas (Field et al., 2008; Field et al., 2010), mesmo quando conscientemente conhecem as consequências negativas dessa ação. Assim, o etanol pode induzir alterações do funcionamento dos Núcleos da Base que dificultam a tomada de decisões e o controle inibitório sobre o consumo da droga. No presente projeto, investigarei a microestrutura do consumo de álcool em camundongos inbreed C57BL/6J (animais que naturalmente consome altas quantidades de ethanol) e camundongos outbreed Suíços (para investigar a varaibilidade individual e variáveis predetivas de alto consumo de etanol). Para tal, desenvolverei licômetros com plataforma de hardware e software livre (Arduinos ou digitalizadores). Além disso, proponho investigar a relevância comportamental do efeito do etanol em neurônios de baixa frequência de disparo do Globo Pálido, efeito observado em meu trabalho anterior (Abrahao et al., 2017). O Globo Pálido é uma região que recebe inervação do estriado principalmente da via indireta (neurônios que expressam o receptor dopaminérgico do tipo D2), e também inervações colaterais da via indireta. Essa região era vista somente como uma estação de passagem da informação, mas estudos recentes vem demonstrando que o Globo Pálido exerce papel importante em comportamentos relacionados à tomada de decisão e controle inibitório. Recentemente diversos grupos de pesquisas vêm demonstrando que essa região cerebral é formada por diferentes tipos neuronais (Mastro et al., 2014; Hernandéz, 2015, Abrahao and Lovinger, 2018). Os cientistas estão buscando entender as funções específicas de cada grupo de neurônios do Globo Pálido. Um estudo recente demonstrou que os neurônios do Globo Pálido que enviam projeções para o estriado, conhecidos como neurônios arkipalidais, estão mais ativos quando um rato desempenha corretamente a inibição do comportamento frente a um estímulo ambiental inibitório (Mallet et al., 2016). Isso indica que esses neurônios estão associados ao controle inibitório das ação geridas pelo estriado. Portanto, o efeito do etanol em alterar a frequência de disparo desses neurônios pode prejudicar o controle inibitório sobre esse comportamento, fazendo com que o animal consuma cada vez maiores quantidades de álcool, característica marcante do desenvolvimento da dependência. O presente projeto se valerá de ferramentas tais como farmacologia, quimiogenética, e análise de microestrutura do consumo de ethanol.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Karina Rabello Casali

Engenharias

Engenharia Biomédica
  • avaliação dos efeitos da estimulação vagal auricular transcutânea retroalimentada sobre o controle autonômico cardíaco.
  • A estimulação vagal tem sido utilizada como terapêutica alternativa e promissora no tratamento de diversas patologias como epilepsia, doenças cardiovasculares, doença de Alzheimer, ansiedade resistente ao tratamento, obesidade, enxaqueca, dor crônica, desordens da motilidade gástrica e asma. Apesar do crescimento expressivo do número de prescrições deste tipo de terapia, os sistemas de estimulação vagal mais utilizados ainda possuem limitações, especialmente por serem de natureza invasiva. Buscando contornar este problema, uma nova proposta busca obter os mesmos resultados terapêuticos através de estimulador vagal transcutâneo, que induz a despolarização na ramificação vagal auricular, apresentando resultados semelhantes àqueles obtidos por dispositivos implantados. Os sistemas comerciais existentes no mercado internacional, ainda não comercializados e certificados no Brasil, não possuem malhas retroalimentadas e trabalham apenas com a intervenção no paciente, sem qualquer monitoramento de sinais, além do valor de impedância. Considerando que a estimulação vagal pode alterar valores pressóricos, medidas de frequência cardíaca e curvas respiratórias permitiriam o controle de alguns parâmetros vitais do sujeito em tempo real, durante o uso, além de oferecer a possibilidade de acionamento ou interrupção automática do trem estímulos de acordo com tais características. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar os efeitos da estimulação vagal transcutânea retroalimentada através da implementação e teste de um protótipo que permita, além da estimular, também monitorar os parâmetros vitais do usuário durante sua utilização. O circuito já projetado em plataforma aberta, faz a aquisição de sinais de eletrocardiograma e curvas respiratórias através de eletrodos próprios para este fim e incorpora tais medidas às informações fornecidas ao paciente durante a estimulação. Os parâmetros medidos servirão para controle da segurança da estimulação, interrompendo quando necessário, e serão armazenados pelo dispositivo para acesso e análise posterior. Após a prototipagem do dispositivo, seu desempenho será avaliado em sujeitos saudáveis buscando a análise da eficácia da ativação vagal, aferida através da quantificação da modulação vagal cardíaca, antes e após uma sessão de estímulos, através da variabilidade da frequência cardíaca. A resposta autonômica será comparada estatisticamente aos resultados obtidos por equipamento certificado e disponível comercialmente, que também utiliza da estimulação transcutânea do nervo vagal, não retro-alimentada. A proposta deste projeto, que parte de conceitos fisiológicos e aplica a tecnologia para mimetizar mecanismos neurais, enquadra-se em uma visão multidisciplinar, baseada na integração das ciências da saúde com as exatas, consolidada na engenharia biomédica.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karina Thieme

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • epigenética na doença renal crônica: contribuição da sirtuina 1 nos processos de estresse oxidativo e autofagia celular
  • A doença renal diabética (DRD) é a principal causa de doença renal terminal no mundo. O tratamento da DRD baseia-se principalmente no controle da glicemia e da pressão arterial, sendo classicamente o bloqueio do sistema-renina-angiotensina a principal abordagem terapêutica quando os pacientes apresentam albuminúria. No entanto, dados de estudos clínicos sugerem que as terapias atuais possuem um efeito positivo discreto ou neutro na progressão da DRD uma vez que a disfunção renal já tenha sido estabelecida. Assim, novas terapias, que possam melhorar a função renal e prevenir a progressão da DRD e a adaptação das inovações experimentais à realidade clínica são extremamente relevantes e necessárias. Atualmente, a busca por terapias que tenham como foco o glomérulo, e em especial os podócitos, tem despertado a atenção da comunidade científica. Os podócitos são células que compõem a barreira de filtração glomerular e são fundamentais na prevenção da albuminúria. Nos últimos anos, a epigenética tem surgido como uma novo modo de olharmos os fatores determinantes de diversas doenças, incluindo a DRD. Estudos recentes tem demonstrado a importância de alterações no epigenoma, em particular modificações nas histonas, na expressão de inúmeros genes envolvidos no processo de injúria renal. Dentre as modificações das histonas, a acetilação depende da atividade de histonas acetilases (HAT), que adicionam grupos acetil, e de histonas desacetilases (HDAC) que removem os grupos acetil dos resíduos de lisina nas histonas. No contexto da DRD, destaca-se a sirtuina 1 (SIRT 1), uma HDAC que apresenta efeitos nefroprotetores que incluem a manutenção da arquitetura do citoesqueleto de actina dos podócitos e sua função na barreira de filtração glomerular, efeitos anti-fibróticos e anti-oxidativos, bem como a regulação do metabolismo energético e da autofagia em podócitos. Assim, à luz das informações aqui apresentadas, o objetivo geral deste projeto é explorar o efeito da ativação de SIRT1 sobre a morfologia e a função renal, bem como sobre o estresse oxidativo e o processo de autofagia em podócitos, em modelos de DRD induzida por streptozotocina. Para tal, a proposta será subdividida em 2 abordagens: 1) in vitro, em podócitos expostos à alta glicose e/ou ativador da SIRT1 (SRT1720), determinar os efeitos da ativação específica de SIRT1 sobre: a acetilação de H3K9/14 e a sua associação com outras alterações epigenéticas, o estresse oxidativo e o processo de autofagia; 2) in vivo, em modelo de diabetes induzido por streptozotocina, avaliar os efeitos da ativação farmacológica de SIRT1 com SRT1720 sobre os parâmetros metabólicos, a função e a morfologia renal. Esperamos com os resultados deste projeto elucidar novos mecanismos e buscar novas estratégias terapêuticas que possam prevenir a disfunção de podócitos e assim atenuar a progressão da DRD.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karina Yoshie Martins Kato

Ciências Humanas

Sociologia
  • corredores econômicos, mercados agropecuários e governança fundiária: reflexões a partir dos corredores arco norte e carajás
  • Uma dimensão importante do sistema agroalimentar, desde a sua origem, consiste na estruturação e consolidação de fluxos de commodities e mercadorias que, por meio de cadeias cada vez mais globais sob controle de corporações transnacionais (com apoio dos Estados), conectam a produção ao consumo. Esse fenômeno chama atenção para a dimensão espacial do desenvolvimento e para as estruturas que conectam os territórios ao mercado internacional e que materializam novas geografias da extração. A visão de corredores logísticos como promotores do desenvolvimento regional e nacional ganhou força e novas roupagens em tempos recentes no Brasil. A partir da década de 1990, observamos o crescimento da ideia dos eixos nacionais de integração e desenvolvimento que acabaram inspirando a Iniciativa para Integração da Infraestrutura Regional Sul Americana. A partir dos anos 2000, num contexto de crescimento nos preços das commodities, essas estratégias espaciais foram retomadas com o Programa de Aceleração do Crescimento, o Programa de Investimentos em Logística e o, mais recente, Programa de Parcerias de Investimento. O entendimento das dinâmicas político-institucionais, econômicas e sociais que são acionadas pelos corredores econômicos na transformação dos territórios, no fomento dos mercados agropecuários e na governança de terras, logo, constitui ainda uma questão atual e importante que precisa ser aprofundada. Diante disso, o objetivo da pesquisa é compreender as dinâmicas político-institucionais, econômicas e sociais que informam a instalação dos corredores econômicos no Brasil, procurando avançar sobretudo na investigação das transformações que os Corredores do Arco Norte (conexão do Mato Grosso com Pará) e o Corredor Carajás (incluindo a ferrovia Norte Sul, interligando Tocantins ao Maranhão) produzem nos territórios, em particular, no que concerne aos mercados agropecuários e à governança de terras.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Karine de Souza Silva

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • diáspora negra, refúgios e migrações em santa catarina: o acesso aos direitos contemplados na lei de migração e no marco regulatório da década internacional de afrodescendentes da onu
  • A presente pesquisa situa-se no campo dos estudos migratórios inseridos no âmbito do Direito Internacional Público, e concede um enfoque especial à implementação no Brasil da nova Lei de Migração (Lei 13.445/2017), da Lei 9.474 sobe Refúgios, e das Resoluções 68/237 e 69/16 da Organização das Nações Unidas (ONU) - que proclamam a Década Internacional de Afrodescendentes –, concernente a diásporas, migrações e refúgios. Utilizando-se do método do estudo de caso, a pesquisa objetiva analisar, a partir da avaliação dos movimentos migratórios de africanos e haitianos em Santa Catarina depois do ano 2015, os níveis de acesso aos direitos contemplados nas normativas derivadas da Década Internacional de Afrodescendentes instituída pela ONU e da Leis brasileira de Migração (Lei 13.445/2017) e de Refúgios. Os objetivos específicos são: a) Analisar, a partir das abordagens epistêmicas “Decolonial” e “pós-colonial”, as normativas da ONU que resultaram no estabelecimento da IV Década Internacional de Afrodescendentes; b) Evidenciar as principais afinidades entre a Lei 13.445/2017 de Migração e as normativas decorrentes da Década de Afrodescendentes; c) Mapear os movimentos migratórios de africanos e afro-antilhanos no Estado de Santa Catarina a partir de 2014; c) avaliar, a partir da Lei de Migrações e da Lei 9.474 sobre Refúgios o acesso aos direitos e os níveis de implementação, em Santa Catarina, em específico dos direitos à igualdade, à segurança, à cidade e do princípio de repúdio e prevenção à xenofobia e ao racismo; as hierarquizações e exclusões derivadas das intersecções entre gênero-raça-migrações; d) Identificar as melhores práticas, oportunidades e desafios da implementação das disposições da Declaração e Programa de Ação de Durban, no tocante a migrações, a partir do acompanhamento in loco da agência dos Estados e da sociedade civil nas reuniões do Comitê de Afrodescendentes da ONU em Genebra e Nova York.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Karine Rigon Zimmer

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • implementação de modelo in vivo de c. elegans para avaliação do potencial anti-virulência bacteriana e toxicidade de compostos da classe das dihidropirimidinonas
  • Biofilmes bacterianos são reconhecidamente problemáticos em diferentes áreas, incluindo a indústria e a área clínica, estando presente em aproximadamente 80% de todas as infecções crônicas. Estes microrganismos vivendo na forma séssil são geralmente de difícil controle e tratamento, apresentando uma resistência a terapia antimicrobiana até 1000 vezes maior se comparado as células planctônicas. Sendo assim, a busca por estratégias de controle e tratamento de infecções envolvendo biofilmes é extremamente relevante. Nesse sentido, a terapia anti-virulência surge como uma alternativa atraente e promissora, tendo como alvo os fatores de virulência bacterianos, incluindo o biofilme, ao invés de atuar diretamente no crescimento dos microrganismos. Esta atenuação da virulência, atrelado à manutenção das células microbianas em estado de vida planctônico, torna os microrganismos mais sensíveis ao sistema imunológico do hospedeiro, bem como aos antibióticos. Neste contexto, há grande interesse na obtenção de novas moléculas com potencial atividade antibacteriana e anti-virulência utilizando metodologias sintéticas simples e diretas, que sejam biológica e economicamente viáveis, permitindo uma futura produção em grande escala. Dihidropirimidinonas (DHPMs) são moléculas heterocíclicas que tem se destacado nas últimas décadas por apresentarem amplo espectro de bioatividade, como por exemplo, atividade antiviral, anti-inflamatória, antibacteriana, anti-hipertensiva e até mesmo anticâncer. Adicionalmente, os compostos desta classe podem ser obtidos de forma direta através da Reação Multicomponente de Biginelli. Recentemente, testamos o potencial anti-virulência de quatro compostos da classe das dihidropirimidinonas contra o biofilme de S. epidermidis e P. aeruginosa in vitro. Destes, três mostraram importante atividade de inibição e erradicação de biofilme contra ambos modelos formadores de biofilme testados, já demonstrando o potencial desta classe de compostos para tal atividade biológica. Interessantemente, não há relato na literatura descrevendo atividade antibiofilme de dihidropirimidinonas, sendo esta inédita. Um dos principais obstáculos na identificação de compostos com potencial anti-virulência é a ausência de plataformas in vivo. Enquanto modelos mamíferos têm sido utilizados na busca de novos fármacos, a triagem de vários compostos se torna inviável por motivos éticos e econômicos. Considerando esta limitação, a utilização de um modelo alternativo invertebrado, como do nematódeo Caenorhabditis elegans, é apontada como uma ferramenta bastante interessante na descoberta de novos compostos anti-virulência e antimicrobianos. Este organismo tem provado ser um hospedeiro versátil para elucidação de aspectos celulares e moleculares de várias doenças infecciosas, já que muitos dos determinantes de virulência usados pelos patógenos para estabelecer infecção em humanos estão também envolvidos na morte do nematódeo. O aumento na popularidade de C. elegans como hospedeiro modelo é atribuído ao seu pequeno tamanho, simples anatomia, curto tempo de geração, alta fecundidade, genoma completamente sequenciado e a manutenção do verme no laboratório, a qual é relativamente fácil e não onerosa. Assim, a presente proposta prevê: (i) o desenvolvimento de uma plataforma in vivo para avaliação do potencial anti-virulência de compostos da classe das dihidropirimidinonas, o qual é de extrema necessidade levando em conta a resistência apresentada por bactérias na forma de biofilme à antibioticoterapia e às defesas imunes do hospedeiro, restando muitas vezes, pouquíssimas alternativas ao clínico; (ii) a investigação da interação patógeno-hospedeiro, com ênfase no entendimento de processos infecciosos em C. elegans; (iii) a investigação do potencial anti-virulência da classe das dihidropirimidinonas, a qual ainda não apresenta atividade deste tipo relatada na literatura; (iv) construção de uma quimioteca composta por cerca de 50 dihidropirimidinonas, as quais serão testadas in vitro e no modelo de C. elegans quanto ao potencial anti-virulência/antimicrobiano (v) investigação dos mecanismos de ação dos compostos da classe das dihidropirimidinonas que apresentarem atividade anti-virulência/antimicrobiana.
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 18/02/2019-29/02/2024
Foto de perfil

Karla Danielly da Silva Ribeiro

Ciências da Saúde

Nutrição
  • influência do consumo de alimentos ultraprocessados no estado nutricional e perfil antioxidante de mulheres lactantes e seus lactentes da cidade de natal-rn
  • No Brasil é crescente o consumo de alimentos ultraprocessados que pode acarretar em doenças crônicas não transmissíveis, excessos nutricionais e inadequação na ingestão de micronutrientes. Mas ainda não se sabe suas repercussões na saúde materno-infantil. Desta forma, é importante avaliar a dieta materna durante a lactação, pois a mesma deve garantir uma adequada composição nutricional para o leite materno, provendo, assim, a segurança alimentar e nutricional no início da vida. Este projeto tem por objetivo avaliar a influência do consumo de alimentos ultraprocessados no estado nutricional bioquímico e antropométrico, bem como no perfil antioxidante de mulheres lactantes e seus lactentes de Natal-RN. Trata-se de um estudo de delineamento transversal, de base populacional com mulheres lactantes e seus lactentes atendidos na assistência ao crescimento e desenvolvimento infantil da rede de atenção primária do Sistema Único de Saúde no município de Natal/RN. A coleta se dará em dois momentos: (1º) na consulta entre 30 e 60 dias após o parto e (2º) 30 a 50 dias após a 1ª coleta, ambas na Unidade de Saúde. Serão obtidos dados sobre o consumo alimentar e dietético, socioeconômicos e de saúde, intercorrências clínicas, dados de composição corporal, medidas antropométricas e amostras biológicas de sangue e leite materno. O consumo alimentar será definido conforme classificação NOVA proposta no Guia Alimentar para a População Brasileira. Nas amostras de soro dos pares mãe-filho e leite materno serão analisados as vitaminas A, E e D por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência e o perfil antioxidante, para então ser avaliada a presença de carências nutricionais específicas. Esse estudo terá como desfecho primário a concentração dos micronutrientes no leite materno e soro do binômio mãe-filho e como desfechos secundários o perfil antioxidante e perfil antropométrico. Ressalta-se que essa abordagem, até o momento, não foi avaliada na lactação e que os resultados dessa pesquisa poderão colaborar com as estratégias nacionais de monitoramento da situação alimentar e nutricional de grupos vulneráveis, contribuindo para ampliação dos conhecimentos sobre saúde e nutrição materno-infantil como previstos nas atuais estratégias da Política Nacional de Alimentação e Nutrição.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Karla Morganna Pereira Pinto de Mendonça

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • efeitos da atenção domiciliar para adultos com doenças respiratórias crônicas e síndrome pós covid-19 na rotatividade hospitalar: uma revisão sistemática com metanálise
  • INTRODUÇÃO: A atenção Domiciliar (AD) é caracterizada por um conjunto de ações de prevenção e tratamento de doenças, reabilitação, paliação e promoção à saúde, prestadas em domicílio, garantindo continuidade de cuidados. A AD objetiva reduzir a demanda por atendimento hospitalar, permanência hospitalar, humanização e assegurar a autonomia dos usuários. OBJETIVOS: sumarizar a evidência disponível acerca dos efeitos da atenção domiciliar para pacientes com doenças respiratórias crônicas e síndrome pós-covid-19 considerando desfechos relevantes para a implementação e consolidação de políticas públicas de atenção domiciliar no Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Será realizada uma revisão sistemática seguindo as diretrizes do Preferred Reporting Items for Systematic reviews and Meta-Analyses (PRISMA e PRISMA-P) e da Cochrane Collaboration. Serão incluídos ensaios clínicos controlados e randomizados. Os desfechos avaliados serão: permanência hospitalar, mortalidade, qualidade de vida, autoeficácia, aderência, estado funcional, readmissão hospitalar e satisfação do paciente. Serão elegíveis estudos com adultos com diagnóstico de doença respiratória crônica e síndrome pós-covid-19 que comparem qualquer tipo de atenção domiciliar à saúde (presenciais ou por telemedicina) comparada com atenção hospitalar. Serão pesquisadas as bases de dados relevantes em saúde e não haverá restrição de idiomas. Os estudos incluídos terão sua qualidade metodológica avaliada através da ferramenta Cochrane (RoB 2). A certeza da evidência será avaliada usando o Grading of Recommendations Assessment, Development and Evaluation (GRADE). A síntese de dados será conduzida usando o software Review Manager. RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se sumarizar toda a evidência científica disponível, utilizando metodologia rigorosa e desfechos relevantes para os usuários e gestores e assim fortalecer a prática baseada em evidência nas políticas de atenção domiciliar do SUS.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Karla Morganna Pereira Pinto de Mendonça

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • soluções para aumentar a aceitabilidade, adesão e cumprimento das medidas de prevenção e controle da covid-19 na população
  • INTRODUÇÃO: A instalação da pandemia da COVID-19 gerou esforços da comunidade científica global para combatê-la e minimizar o número de mortes. Existe consenso de que a melhor maneira de prevenir a COVID-19 é adoção de ações para impedir a propagação do vírus. Existem preocupações sobre a adesão às medidas internacionalmente recomendadas para a prevenção e controle do novo coronavírus. A necessidade urgente de aumentar a adesão da população às políticas de prevenção e controle em saúde pública, bem como a limitação de evidências disponíveis neste tema, justificam a necessidade do preenchimento desta lacuna no conhecimento e suportam a relevância científica desta proposta. OBJETIVO: Propor soluções para aumentar a aceitabilidade, adesão e cumprimento das medidas de prevenção e controle da COVID-19 na população. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo observacional exploratório, proposto para identificar soluções efetivas para aumentar a adesão da população às medidas de prevenção e controle da COVID-19. Uma revisão sistemática seguirá as orientações provisórias de revisões rápidas da Cochrane que normatizam a realização de revisões sistemáticas emergenciais para enfrentamento da COVID-19. Será realizada uma síntese das evidências disponíveis sobre as barreiras e facilitadores da adesão da população à prevenção do COVID-19 e outras síndromes respiratórias agudas graves. Será desenvolvido um instrumento de medidas para avaliar barreiras e facilitadores para a adesão da população às medidas de prevenção e controle da COVID-19. O desenvolvimento do questionário será realizado de acordo com o Modelo de Crenças em Saúde (HBM), classificado em seis componentes: suscetibilidade percebida, benefícios percebidos, severidade percebida, barreiras percebidas, sinais de ação e autoeficácia. A metodologia proposta seguirá as recomendações internacionais do COnsensus-based Standards for the Selection of Health Measurement Instruments (COSMIN). Serão elegíveis a participar do estudo adultos, de ambos os sexos, representantes da população brasileira residentes em todo o território nacional que tenham ou não testado positivo para a COVID-19. A amostra será definida com base nos indicadores epidemiológicos do Ministério da Saúde e agências internacionais como a Organização mundial da Saúde de forma a ser representativa no contexto nacional. Os dados serão coletados de forma online a partir da aplicação do questionário, desenvolvido neste estudo, utilizando formato eletrônico. Duas ferramentas (aplicativo móvel cross-platform e Plataforma WEB) serão desenvolvidas para permitir a implementação das ações identificadas, eficazes para aumentar a aceitabilidade, adesão e cumprimento das medidas de prevenção e controle da COVID-19. Será desenvolvida um aplicativo móvel multiplataforma, com versões para Android e iOS, e uma Plataforma Web que incluirá desenvolvimento de site, banco de dados e API Rest para acesso aos dados. Estes serão desenvolvidos em três etapas (planejamento, desenvolvimento e implementação de requisitos, correções e implementação de melhorias). As etapas de desenvolvimento e testes serão refinadas com validação da interface do usuário, definição de fluxo das atividades nos sistemas e testes de usabilidade. Os dados do estudo serão analisados usando métodos estatísticos apropriados. Serão analisados a confiabilidade (alfa de Cronbach), validade de construto (Análise Fatorial Exploratória e Confirmatória), efeito de piso e teto, viabilidade e validade preditiva do questionário.Para garantir a exclusividade da produção, uso e comercialização dos sistemas envolvidos, será comprovada a autoria através do registro no INPI, de acordo com a lei que rege a proteção dos softwares é a 9609/98, tendo como órgão responsável por realizar os registros o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), de acordo com o Decreto n° 2558/98.RESULTADOS ESPERADOS: Esperamos explorar e traduzir as lacunas no conhecimento para compreender os fatores que devem ser considerados no processo de implementação de ações de saúde pública para prevenir e controlar a disseminação da COVID-19. As soluções e produtos que serão entregues, com a implementação desta proposta, contribuirão efetivamente para as medidas previstas no Plano Nacional de Contingência, por meio de ações de educação em saúde relacionadas à promoção da saúde, prevenção e controle da infecção humana pelo novo coronavírus (COVID-19). Em adição, considerando que as evidências científicas e história natural da COVID-19 estão sendo construídas, os seus riscos deverão ser avaliados e revistos periodicamente. Os produtos de inovação científica e tecnológica derivados deste projeto (o instrumento de medida desenvolvido, a plataforma Web e o aplicativo móvel) poderão ser utilizados ao longo do tempo, para identificar, em tempo real, mudanças no comportamento da população que podem ocorrer durante o enfrentamento da pandemia e implementar as mudanças necessárias. Dessa forma, a Plataforma Web mais o aplicativo móvel cross-platform podem ser automaticamente atualizados com informações relevantes e atualizadas em saúde e a população notificada.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Karla Schuck Saraiva

Ciências Humanas

Educação
  • a noção de cidadania nos discursos educacionais brasileiros
  • Este projeto de pesquisa se propõe a empreender um estudo de inspiração genealógica acerca da noção de cidadania e de sua articulação com a educacionalização do social na produção educacional brasileira. O material empírico será a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP), editada pelo INEP e publicada desde 1944, havendo até o momento 243 edições. A escolha deste periódico justifica-se por ser o mais antigo da área educacional do Brasil ainda em circulação, possibilitando a mirada genealógica que se pretende nesta investigação. Eventualmente, outros materiais poderão ser utilizados para a composição do corpus, caso se julgue conveniente durante a pesquisa. A análise genealógica buscará marcar as descontinuidades nas séries discursivas para, a partir daí, buscar compreender as condições que tornam possíveis determinados enunciados, ou seja, a produção de determinadas verdades. O conceito de governamentalidade servirá como lente teórico-metodológica para esta pesquisa. O projeto será desenvolvido em três etapas: a primeira compreenderá as edições entre 1944 e 1964, quando se instala o governo militar. A segunda, entre 1965 e 1983, quando o governo militar está sendo finalizado e a revista passa a receber artigos de interessados e não apenas de autores convidados. A terceira etapa, entre 1984 e os dias de hoje. Com isso, pretende-se ter uma melhor compreensão acerca do que vem sendo tomado por cidadania, um termo amplamente utilizado no campo da educação, seja por pesquisadores, seja por documentos oficiais, seja por educadores de modo geral. Além disso, também se pretende compreender melhor a emergência dos processos de educacionalização do social, que se constitui em um fenômeno mais amplo, imbricado com a noção de cidadania.
  • Universidade Luterana do Brasil - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karlo Queiroz da Costa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de sensores ópticos plasmônicos baseados em grafeno aplicados para qualidade da água
  • Sensores plasmônicos são estruturas relativamente simples, compactas e eficientes utilizadas para análise e caracterização de amostras químicas ou biológicas. O presente projeto pretende desenvolver novos tipos de sensores ópticos plasmônicos baseados em grafeno, aplicados para análise da qualidade de água. A metodologia deste projeto será dividida em estudos teóricos e experimentais. No desenvolvimento teórico, os sensores propostos serão modelados e simulados pelo método de imagens complexas discretas (DCIM – Discrete Complex Image Method). Modelos complementares como o método dos elementos finitos e a teoria de Maxwell-Garnet serão também utilizados para estudo e comparação. Na metodologia experimental, pretende-se construir protótipos de sensores em laboratório para verificação experimental dos sensores. Ao final deste projeto, espera-se obter novos tipos de sensores plasmônicos compactos, eficientes e de baixo custo, baseados em grafeno, para controle da qualidade de água contaminada por metais pesados.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Karlos Guilherme Diemer Kochhann

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • impacto da circulação global de monção na descarga de água e sedimentos do rio são francisco no oceano atlântico sul
  • Anomalias de precipitação sobre a porção tropical da América do Sul durante os últimos ~25 Ka são registradas por arquivos paleoclimáticos continentais. Essas variações de precipitação são atribuídas a migrações latitudinais do Sistema de Monção da América do Sul/Zona de Convergência do Atlântico Sul e variações no gradiente latitudinal de temperaturas superficiais do Oceano Atlântico. Entretanto, poucos são os estudos que abordam os efeitos dessas variações de precipitação na deposição de sedimentos marinhos do Oceano Atlântico Sul, sendo os poucos estudos já realizados restritos principalmente à margem equatorial brasileira. Nós propomos uma pesquisa integrada que aplica conceitos de micropaleontologia e estratigrafia (estratigrafia química- e cicloestratigrafia) e visa investigar como variações nos padrões de precipitação sobre a porção tropical da América do Sul durante os últimos ~25 Ka impactaram o aporte de água e sedimentos do Rio São Francisco ao Oceano Atlântico Sul. Nossos resultados poderão auxiliar na previsão de quais serão os impactos de futuras mudanças climáticas na dinâmica do Rio São Francisco e consequentes impactos sociais e econômicos.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Karlucy Farias de Sousa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • v mostra limoeirense de projetos (v moslipro)
  • Recentemente, em uma pesquisa realizada pela Economist Intelligence Unit (EIU) e publicada pela Pearson, o Brasil ficou em penúltimo lugar no ranking mundial de educação, ficando à frente apenas da Indonésia. De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), responsável pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), "o Brasil precisa encontrar meios de trabalhar com a baixa performance dos alunos para motivá-los, criar expectativas para todos e reduzir as taxas de abandono dos estudos". Nesse contexto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) vem assumindo uma função estratégica na difusão de tecnologias e, sobretudo, na formação de profissionais capacitados e aptos à inserção no mercado de trabalho. O Campus de Limoeiro do Norte está localizado em uma das sete mesorregiões do Estado do Ceará, a Mesorregião do Jaguaribe, que se sobressai no cenário econômico do Ceará dada a sua vocação agroindustrial, com destaque para a agricultura irrigada. A prática dessas atividades desencadeou a carência de mão-de-obra especializada e, cada vez mais, o emprego de novas tecnologias em vários ramos do conhecimento tornou-se imprescindível. A região foi beneficiada por programas de desenvolvimento nos últimos anos; contudo, a comunidade detinha apenas o conhecimento básico, que é capaz de gerar baixa renda local, limitando-se à agricultura familiar. Com o advento da tecnologia e do conhecimento, muitos irrigantes e empreendedores passaram a explorar mais intensivamente essa atividade, buscando qualidade nos produtos produzidos ou transformados. No entanto, a região ainda carece de uma cultura de pesquisa: a população ainda acredita que fazer pesquisas é algo distante, alheio a sua realidade, algo que somente as pessoas trancadas em laboratórios fazem. A comunidade não percebe que suas crianças podem ter ideias geniais para resolver problemas na agricultura, na produção de alimentos ou para curar uma doença usando a medicina popular. Falta à cidade e à região momentos nos quais as crianças tenham consciência das dificuldades da população e encontrem a paixão por descobrir e por sonhar com algo novo e diferente. Essa é a proposta da V MOSLIPRO: fazer a ponte entre a imaginação e a realização, trazendo para o dia a dia da cidade a iniciação científica. Se a pesquisa for apresentada aos estudantes, professores, empresas e comunidade como algo real, próximo, divertido e gratificante, acreditamos que o número de jovens envolvidos aumentará e o uso do conhecimento científico como mecanismo de empoderamento e transformação social virará algo cultural. O IFCE, como promotor do início dessa cultura, será protagonista no nascimento de novos pesquisadores; terá ainda a possibilidade de contribuir na sua formação e crescer profissionalmente com eles. A ganhadora do prêmio Nobel da Paz de 2014, Malala Yousafzai, declarou em seu discurso de aceitação ao prêmio que “a educação é uma das bênçãos da vida e uma de suas necessidades”. Paulo Freire afirmou que “não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino”. É por acreditar no papel transformador da educação que defendemos a melhoria do ensino através do fomento à pesquisa.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Karlucy Farias de Sousa

Outra

Divulgação Científica
  • vi mostra limoeirense de projetos (vi moslipro)
  • De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), responsável pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), "o Brasil precisa encontrar meios de trabalhar com a baixa performance dos alunos para motivá-los, criar expectativas para todos e reduzir as taxas de abandono dos estudos". Nesse contexto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará vem assumindo uma função estratégica na difusão de tecnologias e, sobretudo, na formação de profissionais capacitados e aptos à inserção no mercado de trabalho. O Campus de Limoeiro do Norte está localizado em uma das sete mesorregiões do Estado do Ceará, que se sobressai no cenário econômico do Ceará dada a sua vocação agroindustrial, com destaque para a agricultura irrigada. No entanto, a região ainda carece de uma cultura de pesquisa: a população ainda acredita que fazer pesquisas é algo distante, alheio a sua realidade, algo que somente as pessoas trancadas em laboratórios fazem. A comunidade não percebe que suas crianças podem ter ideias geniais para resolver problemas na agricultura, na produção de alimentos ou para curar uma doença usando a medicina popular. Falta à cidade e à região momentos nos quais as crianças tenham consciência das dificuldades da população e encontrem a paixão por descobrir e por sonhar com algo novo e diferente. Essa é a proposta da VI MOSLIPRO: fazer a ponte entre a imaginação e a realização, trazendo para o dia a dia da cidade a Iniciação Científica. Se a pesquisa for apresentada aos estudantes, professores, empresas e comunidade como algo real, próximo, divertido e gratificante, acreditamos que o número de jovens envolvidos aumentará e o uso do conhecimento científico como mecanismo de empoderamento e transformação social virará algo cultural. Paulo Freire afirmou que “não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino”. É por acreditar no papel transformador da educação que defendemos a melhoria do ensino através do fomento à pesquisa.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 08/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Kassia Graciele dos Santos

Engenharias

Engenharia Química
  • produção de fertilizantes de alta solubilidade empregando microgranulação em leito de jorro com particulado inerte
  • O crescimento populacional e o decorrente aumento na demanda de alimentos têm provocado um impacto na produção industrial de fertilizantes, fomentando as pesquisas com foco na obtenção de fertilizantes de alto desempenho, como os fertilizantes foliares de alta solubilidade. Geralmente, esses fertilizantes são misturados a defensivos agrícolas e preparada uma calda para aplicação por aspersão. No entanto, a incompatibilidade entre os produtos leva à diminuição da solubilidade dos produtos e consequentemente à precipitação de material, o que causa o entupimento dos bicos pulverizadores. Desta forma, o aumento da solubilidade dos fertilizantes em água facilitaria a aplicação e a absorção dos nutrientes pela planta, e modificações na formulação poderiam aumentar sua solubilidade na presença de outros agroquímicos. A formulação de granulados dispersáveis pode ser realizada empregando técnicas de granulação, utilizando atomização em leito fluidizado ou de jorro, spray dryer e liofilização. Apesar destas técnicas serem muito exploradas para formulação de pós dispersáveis nas áreas farmacêutica, alimentícia e de defensivos agrícolas, não se encontra na literatura informações específicas sobre a granulação de fertilizantes foliares. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é desenvolver fertilizantes foliares dispersáveis empregando a atomização da suspensão em leito de jorro com particulado inerte. Serão investigados os efeitos da temperatura e vazão de entrada de ar de secagem e da vazão de alimentação da mistura líquida de fertilizante sobre o rendimento de granulação, produtividade mássica, solubilidade e qualidade fertilizante, a fim de minimizar o custo de produção e maximizar a produtividade. Esta proposta pode ser considerada uma inovação tecnológica, pois agrega valor ao produto e pode ampliar o mercado consumidor dos fertilizantes foliares, pois se propõe a resolver um dos principais problemas práticos relacionados à aplicação de fertilizantes foliares.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Katarina Ribeiro Peixoto

Ciências Humanas

Filosofia
  • elisabeth da bohemia: intencionalidade e responsabilidade no cartesianismo
  • Resumo Projeto de pesquisa da filosofia de Elisabeth da Bohemia, uma das interlocutoras de René Descartes. Elisabeth, ao longo dos 6 anos (1643 a 1649) de correspondência que manteve com o filósofo, levantou duas questões internas e, segundo ela, derivadas do método cartesiano, com o qual, parece, alinhava-se. A primeira das questões é: como, dada a inversão epistemológica e o dualismo substancial, pode-se compreender a natureza da vontade? E a segunda questão parece poder ser reduzida a esta: como posso saber se o que é o soberano bem para mim é para o outro, dado o deslocamento de sua função para domínio representacional do sujeito que pensa? Como pretendo deixar claro, estas são questões que vinculam o problema da intencionalidade ao da responsabilidade. E nesse vínculo as implicações práticas do cartesianismo se impõem. A literatura contemporânea do Início da Filosofia Moderna está começando a se debruçar sobre o pensamento de Elisabeth. E não há uma unidade interpretativa entre os pesquisadores, sobre a natureza cartesiana dessas questões. Este projeto busca esclarecer se e como essas são questões que interpelam a consistência do método cartesiano. Nesse caminho, também leva em conta os elementos contextuais, que emergem do estudo dessa correspondência, no que concerne à fixação do cânone e à possível reescritura deste, com o reconhecimento do legado de filósofas modernas, indevidamente soterradas de sua história. Descartes, em que pese tenha demorado a conceder dignidade filosófica a esses problemas, busca responder com o texto sobre As Paixões da Alma (1649), resultante do diálogo que manteve com a filósofa da Bohemia.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Katashi Okoshi

Ciências da Saúde

Medicina
  • influência da inibição da proteína cotransportadora de sódio-glicose tipo 2 no remodelamento cardíaco de ratos com insuficiência cardíaca induzida por estenose aórtica
  • Introdução: A insuficiência cardíaca (IC) caracteriza-se, clinicamente, por redução da capacidade para exercícios físicos e atividades cotidianas. A IC pode ser decorrente de doenças tais como hipertensão arterial, infarto do miocárdio, valvulopatias e miocardiopatias. Sobrecargas hemodinâmicas crônicas produzidas por essas doenças induzem alterações gênicas, moleculares, celulares e intersticiais que se manifestam clinicamente como modificações no tamanho, forma e função do coração, cujo processo é denominado remodelamento cardíaco. Essas sobrecargas podem gerar mudanças na arquitetura do colágeno, favorecer a fibrose, bem como o desbalanço entre a produção de espécies reativas de oxigênio e a capacidade antioxidante. Alterações dessas vias contribuem para o processo de remodelamento cardíaco, levando a piora do quadro clínico da IC. Devido à elevada morbidade e mortalidade por IC, há grande interesse no desenvolvimento de novos medicamentos para atenuar o remodelamento cardíaco que ocorre durante a progressão da doença. O inibidor da proteína cotransportadora de sódio-glicose tipo 2 (SGLT2), utilizado no tratamento do diabetes mellitus, tem demonstrado efeito cardioprotetor, porém os mecanismos pelos quais promove benefícios ao coração ainda não estão esclarecidos. Dessa forma, os objetivos desse estudo são: avaliar a influência do inibidor da SGLT2 empagliflozina no remodelamento cardíaco de ratos com insuficiência cardíaca; e observar os efeitos da empagliflozina na situação de estresse oxidativo em mioblastos cultivados em culturas. Métodos: Após 18 semanas de indução de estenose aórtica, serão constituídos quatro grupos experimentais de ratos Wistar machos: sham (Sham, n=15); sham + empagliflozina (S+EMPA, n=15); estenose aórtica (EAO, n=25); estenose aórtica + empagliflozina (EAO+EMPA, n=25). Os ratos pertencentes aos grupos S+EMPA e EAO+EMPA receberão, diariamente, a empagliflozina na concentração de 10 mg/kg/dia adicionada à ração, durante 8 semanas. A avaliação estrutural e funcional in vivo do coração será realizada por ecocardiograma. Amostras de tecido do ventrículo esquerdo serão obtidas para análises bioquímicas, histológicas e moleculares. As avaliações da fração colágena intersticial miocárdica e o tamanho dos miócitos serão realizados por histologia. A atividade das enzimas antioxidantes será quantificada por espectrofotometria. A quantificação proteica dos colágenos I e III, lisil oxidase e os inibidores teciduais 1 e 2 das metaloproteinases será realizada por Western blot. A atividade da metaloproteinase 2 será realizada por zimografia. A expressão gênica dos colágenos I e III, lisil oxidase e os microRNA será avaliada por RT-PCR. In vitro, células H9C2 serão induzidas ao estresse oxidativo por H2O2 e tratadas com emplaglifozina. Após os tratamentos, serão submetidas às análises de imunofluorescência (Nfr2) e Western blotting (catalase, superóxido dismutase, glutationa peroxidase, ERK, p38, JNK, p65 e IkB). As comparações entre os grupos serão realizadas por análise de variância (ANOVA) complementada pelo teste de Bonferroni (distribuição normal), ou o teste de Kruskal-Wallis complementado pelo teste de Dunn (distribuição não normal). Os resultados serão discutidos no nível de significância de 5%.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Katherine Athayde Teixeira de Carvalho

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • terapia de micrornas de células precursoras neuronais no tratamento da doença de parkinson.
  • A Doença de Parkinson é uma doença degenerativa cujas alterações motoras decorrem principalmente da morte de neurônios dopaminérgicos. As manifestações motoras incluem tremor de repouso, bradicinesia, rigidez com roda denteada e anormalidades posturais. A DP tem elevado impacto social e financeiro. Estima-se que o custo anual mundial com medicamentos antiparkinsonianos esteja em torno de 11 bilhões de dólares, sendo o tratamento cerca de três a quatro vezes mais caro para os pacientes na fase avançada da doença. Os medicamentos utilizados no tratamento da DP são sintomáticos, ou seja, repõem parcialmente a dopamina que está faltando, mas não evitam o progresso da doença. As células-tronco têm capacidade regenerativa e potencial de diferenciação. Evidências sugerem que o efeito terapêutico dessas células não é devido a célula em si, mas sim aos efeitos parácrinos causados pelos produtos extracelulares, por exemplo, os exossomos, que são estruturas ricas em material genético com importante papel na comunicação célula-célula e na imunomodulação, dentre eles os microRNAs (miRNAs). Assim, propomos o estabelecimento de terapia para a DP baseada nos miRNA presentes nos exossomos. Os miRNAs serão testados in vitro quanto à toxicidade para células sanguíneas e de neuroblastoma, será avaliada a funcionalidade desses miRNAS através de ensaios de transfecção, proliferação celular e efeitos na neuroinflamação. Os miRNAS que apresentarem resultados satisfatórios nos testes in vitro e não apresentarem efeitos tóxicos serão incorporados em nanoemulsões catiônicas e utilizados no teste pré-clínico. O parkinsonismo será induzido com a neurotoxina 6-hidroxidopamina e os animais serão tratados por 4 semanas com a nanoemulsão de microRNAs. Após a exposição, os animais passaram por avaliação motora e serão sacrificados para análise histopatológica do tecido cerebral. Assim, espera-se o desenvolvendo de um nanomedicamento seguro para uma proposição futura de estudo clínico.
  • Hospital Infantil Pequeno Príncipe - PR - Brasil
  • 08/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Kátia Alexsandra dos Santos

Ciências Humanas

Psicologia
  • violência contra a mulher em irati-pr: mapeamento da incidência e da rede de enfrentamento
  • Irati é um município de pequeno porte da região sudeste do Paraná, com 60.357 habitantes e o 11º no Estado em casos de violência contra a mulher. O município não possui Delegacia Especializada no Atendimento às Mulheres (DEAM’s), Centros de Referência Especializado à Mulher (CRAM), Secretaria da Mulher, Instituto Médico Legal-IML, Defensoria Pública, Vara Maria da Penha, entre outros elementos constantes de uma estrutura na rede de atendimento à mulher em situação de violência. Nesse sentido, não existem também dados que possam oferecer índices de casos de violência contra a mulher. Será realizada uma pesquisa qualitativa e quantitativa, descritiva, com o objetivo de realizar um mapeamento desses casos em Irati e região, com o intuito de dar visibilidade e subsidiar a solicitação de políticas públicas no enfrentamento à violência. A pesquisa pretende ainda mapear as redes formais e informais existentes no município, a fim de possibilitar a articulação entre as práticas executadas pelos órgãos e instituições formais (CREAS, CRAS, Polícia Militar, Polícia Cívil, etc), juntamente a grupos de mulheres, coletivos, associações de bairros, ONG’s, etc.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Kátia Bones Rocha

Ciências Humanas

Psicologia
  • intervenção psicossocial para adolescentes brasileiros em idade escolar: prevenção da infecção por hiv e outras infecções sexualmente transmissíveis (ists).
  • A epidemia de HIV/AIDS atinge significativamente a população mundial e a população brasileira. Segundo dados do Boletim Epidemiológico de 2018, dezessete estados brasileiros tiveram aumento nas taxas de detecção de AIDS, no período entre 2007 e 2017. Ademais, observa-se, nesse mesmo período, um aumento na porcentagem das infecções por HIV na faixa de 15 a 19 anos. Em 2007, 2,4% do total de infecções por HIV estavam nessa faixa etária. Em 2018, esse percentual é de 5,2%. (Ministério da Saúde, 2018). Com essa realidade, tornam-se necessárias intervenções com a população jovem, para modificar esse cenário e diminuir o número de novas infecções. Por esse motivo, o presente estudo buscará realizar uma intervenção psicossocial em escolas da rede de ensino básico nas cidades de Porto Alegre, Porto Velho e Aracajú, com foco na promoção de atitudes e estratégias comunicação sexual assertiva e de autocuidado com jovens sobre a prevenção do HIV/AIDS, infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), reprodução humana e métodos contraceptivos, utilizando um protocolo estruturado. O protocolo de intervenção será adaptado de Mathews et al., (2012) através de um estudo quantitativo de delineamento quase-experimental de avaliação pré e pós intervenção, visando o aumento da intenção do uso do preservativo, do uso do preservativo e dos conhecimentos relacionados ao HIV/AIDS e outras ISTs e da comunicação sexual assertiva com grupo controle e seguimento. Também será desenvolvido um aplicativo de smartphone, que será utilizado para monitorar o andamento da intervenção. Os participantes do estudo serão estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental à segunda série do Ensino Médio. Além de variáveis sociodemográficas, também avaliaremos, através de instrumento adaptado por Ramiro et al., (2012) comportamento sexual, crenças e conhecimentos sobre métodos conceptivos, gravidez, HIV e outras ISTS. Ao final desse estudo, buscamos testar a adequação da intervenção para alunos no contexto brasileiro, avaliar se a intervenção contribui para modificar conhecimentos e crenças relacionados ao HIV e outras ISTs, bem como a intenção e uso do preservativo. Ainda, buscaremos transformar a intervenção realizada durante este projeto em um protocolo que poderá ser aplicado por outras pessoas, profissionais e instituições, incluindo o aplicativo de celular, que poderá ficar disponível após o término do projeto.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 02/03/2020-31/03/2023