Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Lílian Neto Aguiar Ricz

Ciências da Saúde

Fonoaudiologia
  • análise comparativa da motricidade da língua durante a deglutição e da função da laringe em pacientes adultos após infecção por sars-cov-2
  • Estudos revelam que indivíduos acometidos por SARS-COV-2 tem diversas alterações, entre elas a disfagia e disfonia. Talvez haja comprometimento muscular tanto da língua quanto das funções da laringe, entretanto ainda não foi avaliada a condição muscular da língua durante a deglutição, a resistência vocal, a capacidade vital e o tempo máximo de fonação nos acometidos por SARS-COV-2 e a função de proteção da laringe, assim como a respiração. Objetivos: Comparar a motricidade da língua durante a deglutição e o desempenho funcional da laringe de pacientes adultos após infecção por SARS-COV-2. Materiais e métodos: Participarão 50 adultos, sendo 20 participantes do grupo controle e 30 que foram acometidos por SARS-COV-2. Todos serão recrutados no Pólo Covid-19 e no ambulatório do HCFMRP-USP. Após seleção dos casos por critérios de inclusão e exclusão os sujeitos serão encaminhados para a coleta da máxima contração isométrica durante a função de deglutição, por meio da análise da pressão de língua com o uso do Iowa Oral Performance Instrument (IOPI). Serão também submetidos à tarefa de resistência fonatória, utilizando-se da leitura de um texto padrão por 90 minutos. Antes da tarefa de fala será registrado a emissão prolongada da vogal “a”, para posterior extração das medidas acústicas do sistema aéreo fonatório, empregando os protocolos: capacidade vital pulmonar (CVP), tempo máximo de fonação (TMF) e a eficiência vocal (EV). A intensidade vocal será registrada com decibelímetro e a autoavaliação da percepção auditiva, tátil e cinestésica da voz com o uso de uma escala visual analógica de 100mm. Para avaliação da deglutição e da respiração será realizado o exame de videolaringoscopia. Os parâmetros a serem analisados serão: permeabilidade laríngea para a respiração, escape precoce do alimento; resíduos em faringe, penetração laríngea, aspiração traqueal da prova alimentar. As variáveis serão submetidas à tratamento estatístico adequado.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 06/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Lilian Ribeiro de Rezende

Engenharias

Engenharia Civil
  • estudo avançado da fadiga de ligantes e misturas asfálticas brasileiros
  • As rodovias desempenham um papel importante na economia brasileira. Os efeitos das cargas oriundas do tráfego e as condições climáticas severas levam à degradação gradual das camadas do pavimento. Em geral, esses defeitos começam antes que o pavimento alcance sua vida útil, fato que precisa ser melhor avaliado para que as previsões de projeto realmente ocorram em campo e que esses erros sejam minimizados. Entre as principais deteriorações do pavimento, tem-se o trincamento por fadiga e a deformação permanente da camada de rolamento. No caso da fadiga, a interação entre os constituintes das misturas asfálticas é extremamente relevante para entender como os revestimentos asfálticos se comportam. E para alcançar esse entendimento, é importante que a fadiga seja avaliada em todas as escalas, passando pelo ligante, pelo mastique e pelo concreto asfáltico, por meio de técnicas que representem a realidade e permitam a obtenção de parâmetros tecnicamente confiáveis, em menos tempo e com menor custo. Assim, o presente trabalho tem como objetivo realizar estudos avançados sobre fadiga de ligantes e misturas asfálticas produzidos no Brasil em diferentes escalas. Para tanto, na escala do ligante serão realizados estudos reológicos no reômetro de cisalhamento (DSR) com amostras de dois tipos de geometrias: a amostra padrão composta só de ligante preparada entre os pratos paralelos do equipamento conforme normativas nacionais e internacionais já existentes e uma proposta inovadora com amostras de geometria cilíndrica do tipo Sand Asphalt Mortar (SAM). Na escala do mastique, serão utilizadas amostras cilíndricas do tipo Mistura Asfáltica Fina (MAF) também avaliadas em ensaios oscilatórios no DSR; já na escala da Mistura Asfáltica Completa (MAC) serão realizados ensaios do tipo Semi-Circular Bending (SCB) estático e dinâmico que ainda não são normatizados no Brasil, bem como análises numéricas dos resultados obtidos.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Lilian Tonelli Manica

Ciências Biológicas

Ecologia
  • dançarinos emplumados: a evolução de exibições de acasalamento em lek nas aves
  • Elementos gestuais estão entre os mais notáveis componentes das exibições de cortejo em aves. Movimentos corporais conferem vantagens aos indivíduos com melhor desempenho por sinalizarem suas qualidades como reprodutores. Tais exibições estão sob forte seleção sexual e são marcantes em espécies cujos indivíduos se agregam em arenas para conquistar cópulas (sistema em "lek"). Embora haja um interesse crescente no estudo desses comportamentos, a compreensão sobre a evolução das exibições gestuais é incipiente. Por exemplo, existem lacunas no conhecimento sobre a importância de um aspecto chave, a consistência, ou organização, dos elementos comportamentais que compõem a exibição. Aqui propomos, pela primeira vez, incorporar métricas de consistência na investigação da evolução das exibições gestuais em aves. Testaremos as hipóteses de que a consistência da exibição depende H1) do tamanho do repertório gestual e H2) de afinidades genéticas e sociais no nível intraespecífico. Para H1, esperamos que haja maior consistência em espécies com exibições mais simples, pois estão sob menor efeito do conflito no investimento em ordenação e repertório. Para H2, esperamos maior similaridade na consistência entre indivíduos com maior afinidade (genética ou social), uma vez que tal característica pode ser hereditária ou decisória na formação de grupos de exibição cooperativa. Testaremos as hipóteses sob duas perspectivas taxonômicas. Na primeira, faremos uma investigação macroevolutiva de exibições gestuais de machos e fêmeas em 16 famílias de aves que se reproduzem em "lek". Coletaremos e analisaremos vídeos de plataformas digitais e fornecidos por colaboradores que estudam essas espécies. Na segunda, estudaremos o parentesco e interações sociais do tangará (Chiroxiphia caudata, Pipridae), cujos machos cooperam na exibição de cortejo. Coletaremos tais dados por meio de captura, marcação e filmagem de indivíduos e análises genéticas de parentesco em uma população no sul do Brasil.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Liliana de Oliveira Rocha

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • efeito do plasma de descarga de arco deslizante no controle de fungos associados ao processamento de sucos na indústria de alimentos
  • A deterioração de bebidas por fungos filamentosos é um problema recorrente na indústria de alimentos, resultando em perdas econômicas significativas. A contaminação pode estar associada à matéria-prima e perdurar na linha de processamento, ocasionando a deterioração do produto final, além de riscos à saúde, devido a potencial produção de micotoxinas por algumas espécies. A contaminação fúngica depende de diversos fatores, como adaptação ao substrato, capacidade de formar ascósporos (conferindo maior resistência aos tratamentos térmicos e sanitizantes) e a capacidade de formação/aderência a biofilmes. As micotoxinas podem estar presentes na matéria-prima e são, geralmente, estáveis ao processamento. Ademais, podem ser produzidas após o processamento por fungos termorresistentes. Nesse contexto, o plasma não térmico de descarga de arco deslizante (PDAD) é considerado uma tecnologia emergente e sustentável que, pela formação de espécies reativas de oxigênio e UV, proporcionam danos celulares aos micro-organismos, tratando superfícies sem deixar resíduos. Adicionalmente, PDAD também pode ser útil na degradação de micotoxinas. Diante disso, a presente proposta tem como objetivo avaliar o efeito do PDAD no controle de Alternaria spp., Paecilomyces spp. e Penicillium spp. isolados de linhas de processamento e associados à deterioração de sucos de goiaba, maçã, laranja e tomate. Pretende-se verificar a atividade do PDAD nos fungos, pelo crescimento nas matérias-primas e em aço inoxidável, bem como perfil de SNP’s gerados no DNA fúngico. Além disso, será avaliado o potencial de degradação das micotoxinas patulina, alternariol, alternariol monometil éter e ácido tenuazônico formadas nas matérias-primas tratadas. É importante salientar que essa proposta tem caráter inovador visto que, em condições adequadas, essa tecnologia poderá ser utilizada na indústria de alimentos para a prevenção e controle da contaminação fúngica de matérias-primas potencialmente susceptíveis.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Liliana Vasconcellos Guedes

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • ensino da administração pós-pandemia: novas práticas e resultados da utilização de metodologias ativas de aprendizagem
  • Em um mundo de crescente digitalização e automação, ganha importância o desenvolvimento de competências difíceis de serem automatizadas, como colaboração, criatividade (McKinsey, 2017), inovação, pensamento crítico, comunicação e responsabilidade social (Bialik & Groff, 2015). A formação do trabalhador do futuro requer uma mudança da abordagem de ensino expositivo centrado no professor para uma perspectiva centrada no estudante, utilizando atividades práticas e experienciais, gamificação (Bonesso et al., 2020), caso de ensino (Casanovas et al, 2021), aprendizagem baseada em projetos (Arbelaitz et al, 2015) e service-learning (Chen et al, 2018). Esta pesquisa tem como objetivo analisar a utilização de metodologias ativas de aprendizagem no ensino da administração pós-pandemia, incluindo (a) a identificação de novas práticas e (b) a avaliação dos resultados de aprendizagem dos estudantes. O projeto está organizado em 5 sub-projetos, que abordam diferentes metodologias ativas (gamificação, service-learning, aprendizagem baseada em projetos de empreendedorismo) e níveis de ensino (técnico e superior). A pesquisa empírica envolve abordagens de pesquisa qualitativa e quantitativa, utilizando os seguintes métodos de coleta de dados: experimento, estudo de casos múltiplos, aplicação de questionário pré e pós intervenção, entrevistas semi-estruturadas, análise de documentos e métodos mistos. O projeto resultará na produção de cinco artigos científicos, na organização de um evento para divulgar os resultados do projeto de pesquisa e na criação de um website sobre Metodologias Ativas de Aprendizagem. Este projeto de pesquisa está vinculado ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 5, “Educação de Qualidade”, na medida em que contribui com a identificação de novas práticas na utilização de metodologias ativas de aprendizagem e com a avaliação dos resultados de aprendizagem, permitindo indicar caminhos para o aprimoramento do processo de ensino e aprendizagem.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Liliane Damaris Pollo

Engenharias

Engenharia Química
  • desenvolvimento de biofilmes com atividade antibacteriana e antifúngica para prevenção de infecções relacionadas à assistência à saúde (iras)
  • As Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) constituem um grande problema de saúde pública. Um meio de preveni-las é o uso de filmes ou coberturas (para cateter ou áreas de pele submetidas à pressão) contendo agentes antimicrobianos. Os filmes comerciais disponíveis, apesar de eficientes, são fabricados a partir de materiais sintéticos de elevado custo e geram resíduos tóxicos de difícil tratamento. Neste contexto, pretende-se investigar a produção de biofilmes a partir de polissacarídeos, incluindo quitosana e pectina, em combinação com óleos essenciais, aproveitando as propriedades antimicrobianas e cicatrizantes dos primeiros e antimicrobianas, anestésicas, antiinflamatórias e calmantes dos últimos. Além disso, o potencial de uso nesta aplicação será avaliado para novas formulações de poliuretanos (PUs) de base natural, livres de isocianato e com potencial de biodegradabilidade. Apesar da produção de filmes a partir destes materiais já ser estudada na área médica, ainda carece de estudos sistemáticos sobre correlações entre composição, processamento e propriedades finais dos filmes e a sua aplicação para o uso desejado. No tocante à metodologia a ser empregada, deve-se destacar: (i) sistematização da geração de conhecimento e informação entre os diferentes membros da equipe multidisciplinar formada; (ii) análise dos fatores que afetam a produção e propriedades finais dos biofilmes e filmes de PU produzidos (incluindo análise termodinâmica da estabilidade e miscibilidade dos componentes das formulações, avaliação da correlação entre composição e propriedades finais (reológicas, físico-químicas, mecânicas e microbiológicas); (iii) uso de produtos comerciais como referência na avaliação de potencial real de aplicação. Espera-se, assim, gerar conhecimento e tecnologia nacional para a produção sustentável de filmes para prevenção de IRAS, que possa contribuir para a humanização da saúde e inclusão social via redução de custos de produção e descarte.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Liliane de Jesus Bittencourt

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • enfrentamento das iniquidades em saúde, no contexto da pandemia de covid-19, a partir das vivências e dos saberes produzidos pelas comunidades tradicionais em salvador e região metropolitana
  • Ao longo da história, a população negra adotou formas de resistir às opressões produzidas pelos colonizadores. A formação dos quilombos e dos terreiros de Candomblé são espaços que expressam a manifestação desta resistência. A cosmovisão existente nestes espaços, no que concerne ao modo de vida, às relações de grupo e ao modo de lidar com o meio ambiente e com o sagrado delineiam formas particulares de compreender e promover cuidados com a saúde. A consideração destas diferentes formas de sentir e as necessidades de cuidado são, por vezes, ignoradas nos planejamentos e práticas de saúde por parte dos profissionais e gestores. Embora, no Brasil, o SUS defenda a equidade como um dos seus princípios doutrinários, a diversidade ainda não se configura como uma premissa assegurada nas ações de saúde. A negligência da atenção à saúde expressa pela dificuldade de acesso, manejo de cuidado dissociado das demandas sociais e culturais, ausência de informações nas fichas e prontuários, a falta de toque, da escuta e do olhar aos usuários, configura um cenário de vulnerabilidades ao qual esta população está submetida. Outro aspecto a ser levado em consideração é o fato da população negra ser majoritariamente a usuária do SUS, compondo 80% de seu público. Essa pesquisa visa colaborar para o enfrentamento das iniquidades na rede de atenção à saúde, a partir do olhar e das estratégias identificadas pelas comunidades tradicionais e povos de terreiros usuários do Sistema Único de Saúde, proporcionando a participação popular e a valorização do saber científico. O processo investigativo ocorrerá a partir de encontros com essas comunidades no intuito de aproximação com as suas necessidades de saúde e as estratégias de enfrentamento das iniquidades em saúde, no contexto da COVID-19. Serão realizados grupos focais e oficinas. Nestas, ocorrerá a troca de saberes com o objetivo de produzir material instrutivo a ser divulgado e disponibilizado aos gestores e profissionais de saúde.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 25/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Liliane Faria da Silva

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • simulação clínica no preparo de familiares de crianças com necessidades especiais de saúde em processo de alta hospitalar
  • As crianças dependentes de tecnologia e de cuidados de saúde, denominadas Crianças com Necessidades Especiais de Saúde (CRIANES), quando no domicílio, demandam cuidados contínuos e complexos, constituindo-se em desafios para os seus cuidadores familiares. Para promover a transição de CRIANES do hospital para casa é necessário pensar no preparo da família, de modo processual e gradual, envolvendo os cuidadores, respeitando seus conhecimentos e saberes. Neste sentido, se faz necessário o desenvolvimento de estratégias que favoreçam o protagonismo dos cuidadores. A técnica de simulação clínica, muito usada por profissionais e acadêmicos da área de saúde no contexto do ensino, pode ser promissora no preparo dos familiares de CRIANES para o cuidado domiciliar, pois favorece a representação de situações da vida real em ambiente controlado e sem riscos à saúde das crianças. Quando se fala na simulação clínica como proposta de capacitação e treinamento de familiares cuidadores de pacientes com cuidados clínicos complexos, há poucas produções cientificas a nível nacional e internacional. Neste sentido, questiona-se: os cenários simulação clínica são válidos como estratégias para o preparo dos familiares de CRIANES no processo de alta hospitalar? Assim, o objetivo geral é construir e validar cenários para uso da simulação clínica no preparo dos familiares de CRIANES no processo de alta hospitalar. Metodologia: pesquisa do tipo metodológica que será realizada em seis etapas: estimativa da prevalência e classificação das CRIANES por meio de estudo transversal, construção dos roteiros dos cenários de simulação clínica, validação dos roteiros por juízes especialistas utilizando índice de validade de conteúdo, adequação dos roteiros, aplicação dos cenários com os familiares e validação dos cenários pelos familiares utilizando índice de validade de conteúdo. Coleta de dados em ambiente virtual, com juízes especialistas, e presencial, nos laboratórios de simulação, com familiares.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 24/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Liliane Nebo

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • as plantas medicinais do cerrado: importância, potencialidades e aplicações
  • O Brasil apresenta uma imensa biodiversidade de plantas medicinais, porém, muito dessas informações se perderam ao longo de história, mostrando assim, uma necessidade crescente de resgate desses dados. Atualmente, as plantas medicinais vem se destacando no tratamento de diversas doenças e para fins terapêuticos e, segundo a OMS, 80% da população utilizam plantas para tratamento de doenças e para amenizar sintomas. Aliado ao fato de que grande parte das plantas do cerrado são utilizadas pela cultura popular no uso terapêutico, poucos trabalhos sobre suas composições químicas e princípios ativos são encontrados na literatura, mostrando assim, a real importância da caracterização química de plantas medicinais quanto as suas propriedades, segurança e eficácia, e o potencial econômico das plantas provenientes desde bioma. Neste contexto, o Cerrado brasileiro possui um arsenal farmacêutico devido a sua diversidade botânica. Todavia, o potencial biológico de diversas espécies do Cerrado foi pouco explorado, sendo uma ótima opção na busca de novos fármacos. O estado de Goiás constitui um importante polo da indústria farmacêutica, necessitando constantemente de recursos humanos qualificados em nível de graduação e pós-graduação e desenvolvimento tecnológico. Assim, esse projeto apresenta diferentes vertentes, dentre elas, apresentar às alunas do Ensino Básico as habilidades do Curso de graduação em Química, integrar e incentivar, as alunas de Graduação em Ciências Exatas e alunas do Ensino Básico, atuarem na área da Química, através do estudo de plantas medicinais do Bioma Cerrado e promover a integração entre a comunidade universitária e a comunidade.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 01/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Liliane Viana Pires

Ciências da Saúde

Nutrição
  • avaliação da efetividade de uma intervenção nutricional baseada no grau de processamento dos alimentos para o controle metabólico de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 assistidos pela atenção primária à saúde do estado de sergipe
  • O crescimento do número de casos de diabetes mellitus tipo 2 no mundo é alarmante e está associado com o aumento da prevalência de obesidade e seus determinantes. O deficiente controle metabólico no diabetes mellitus tipo 2 é responsável pelas complicações graves com a consequente redução da qualidade de vida desses indivíduos. Dessa forma, a terapia nutricional dessa doença tem papel central para o controle metabólico e redução do risco das complicações associadas ao deficiente controle da mesma. Nessa perspectiva, as orientações apresentadas no Guia Alimentar para População Brasileira podem ser utilizadas como proposições para melhores escolhas alimentares pelo público com diabetes mellitus tipo 2, norteando de acordo com o grau de processamento dos alimentos. Dessa forma, este estudo tem como objetivo avaliar a efetividade de uma estratégia nutricional baseada no grau de processamento dos alimentos para o controle metabólico de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 assistidos pela Atenção Primária à Saúde do Estado de Sergipe. Para isso, será desenvolvido um estudo longitudinal com intervenção, de abordagem quali-quantitativa, com indivíduos com diabetes mellitus tipo 2, idade acima de 20 anos, de ambos os sexos, assistidos pela Atenção Primária do Sistema Único de Saúde, nas sete macrorregionais de saúde do Estado de Sergipe. Será elaborado e validado um instrumento de avaliação da qualidade da alimentação desse público. Inicialmente serão mapeadas as estratégias utilizadas pelos profissionais nutricionistas para o controle metabólico desse público. Em seguida, uma intervenção nutricional baseada no grau de processamento dos alimentos por meio de ações de educação alimentar e nutricional como estratégia para melhorar o controle metabólico dos indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 por um período de seis meses será realizada. O risco metabólico será avaliado por meio de aferições antropométricas e dosagens de marcadores glicêmicos e lipídicos, antes e após a intervenção. Os resultados serão apresentados em medidas de tendência central e frequências absoluta e relativa. Para avaliar o efeito da intervenção sobre os parâmetros do risco metabólico serão aplicados os testes t-Student para amostras dependentes ou Wilcoxon, conforme a normalidade dos dados. Análises exploratórias dos dados serão realizadas considerando idade, sexo, condições socioeconômicas, local de residência (rural/urbano), tempo de diabetes, qualidade da alimentação, entre outras. Será considerando nível de significância de 5%. Este estudo será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. Espera-se que a partir dos resultados desse estudo, estratégias nutricionais baseada no grau de processamento dos alimentos possam ser utilizadas não somente para prevenção do desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2, mas também para o controle metabólico desse público.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 09/02/2021-28/02/2023
Foto de perfil

Lina Paola Garces Negrete

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • planejamento espacial de redes de distribuição de energia elétrica considerando recursos energéticos distribuídos
  • Os recursos energéticos distribuídos (DER-Distributed Energy Resources) têm demandado atenção das concessionárias, planejadores e operadores de rede, devido ao seu alto potencial tecnológico, benefícios econômicos e impactos operacionais. No entanto, esses recursos podem produzir mudanças nos processos tradicionais de planejamento e operação. Os DER são compostos por geração distribuída (GD), armazenamento de energia em baterias, veículos elétricos, projetos de eficiência energética e/ou gerenciamento pelo lado da demanda. Neste projeto, o escopo da análise é restrito à expansão da instalação de GD conectada à rede, estações de recarga para veículos elétricos e sistemas de armazenamento de energia. Desde sua concepção, os DER têm uma distribuição dispersa na rede, sendo possível o uso de sistemas de informação georreferenciadas (GIS - Geographic Information Systems) para identificar a concentração desses recursos nas zonas urbanas. Por outro lado, a introdução dos DER impacta as redes de distribuição em estado normal e em estado de contingência. Portanto, torna-se relevante considerar sua alocação na contribuição dos níveis de curtos-circuitos esperados, pois eles podem impactar na sensibilidade da lógica de proteção da rede. Considerando o exposto acima, propõe-se uma metodologia para o planejamento espacial a longo prazo de redes de distribuição na presença de DER. Essa metodologia será desenvolvida em ambiente GIS, de modo a caracterizar as restrições relacionadas com a expansão espacial heterogênea dos DER na rede. E, por último, os incrementos nos níveis de corrente de curto-circuito devido aos DER serão considerados na criação de novas topologias para o planejamento a longo prazo. A modelagem do problema será formulada através otimização matemática multiobjetivo e serão desenvolvidos algoritmos de solução baseados em Meta-heurísticas, especificamente, versões híbridas dos Algoritmos Genéticos e baseados em Particle Swarm Optimization (PSO).
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Linda Lee Ho

Engenharias

Engenharia de Produção
  • inovação e melhoria em processos complexos através do uso de técnicas estatísticas avançadas de planejamento experimental e de gráficos de controle
  • Planejamento de experimentos e gráficos de controle têm sido métodos muito utilizados para inovação e melhoria de qualidade, porém quando se lida com processos complexos a utilização dessas ferramentas estatísticas requer cuidados especiais. Nem sempre as abordagens mais difundidas funcionam adequadamente em condições específicas encontradas na prática. Por exemplo, durante a fase de prototipagem em um processo de inovação, é comum a existência de diferentes componentes e inúmeras opções de construção. Assim, o planejamento de experimentos envolvendo muitos fatores com uma grande quantidade de níveis, que, simultaneamente, considere restrições operacionais (como limitações de tempo e de recursos) e permita uma análise eficiente, torna-se um desafio. Por outro lado, os gráficos de controle usuais são baseados na suposição fundamental que as amostras são estatisticamente independentes. Entretanto, em geral, processos industriais por bateladas são naturalmente autocorrelacionados. A utilização dos gráficos de controle tradicionais nestas circunstâncias acarreta a ocorrência frequente de alarmes falsos. Neste projeto, ferramentas de experimentação e monitoramento de processos serão escrutinadas e/ou reformuladas de modo a serem mais efetivas no seu uso para obter resultados mais acurados. Especificamente, serão discutidos cenários de experimentos envolvendo fatores com muitos níveis, desbalanceamento e restrições na aleatorização e de monitoramento de processos autocorrelacionados para características de qualidade em escalas contínua e discreta. Abordam-se técnicas para o planejamento e a análise de experimentos e para a construção de gráficos de controle, com o objetivo de ter a maior aquisição possível de conhecimento do processo na busca por inovação e/ou melhoria. Almeja-se também subsidiar usuários propiciando um elenco de alternativas de métodos de coleta e análise de dados para auxiliar a tomada de decisão. Aplicações nas áreas de energias renováveis, mudanças climáticas, recursos hídricos, saúde pública e tratamento de resíduos serão utilizados como estudos de caso durante o desenvolvimento do projeto.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Lindomar José Pena

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • reposicionamento de fármacos e validação de compostos líderes contra a principal protease e a rna polimerase dependente de rna do sars-cov-2
  • A pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), criou uma ameaça à população mundial. A indisponibilidade de vacinas e terapias específicas exige esforços neste sentido. A principal protease (3CLpro) e a RNA polimerase dependente de RNA (RdRp) de SARS-CoV-2 desempenham um papel crítico durante a propagação do vírus e, portanto, representam um alvo crucial para o reposicionamento e descoberta de fármacos. Nesta proposta, propomos “Reposicionamento de fármacos e validação de compostos líderes contra a principal protease e a RNA polimerase dependente de RNA do SARS-CoV-2” usando biologia computacional, química sintética, e abordagens biológicas in vitro e in vivo para identificar potentes inibidores contra o SARSCoV-2. Uma biblioteca de drogas aprovadas pelo FDA e ativos fitoquímicos serão selecionados e validados usando ferramentas computacionais. Além disso, os compostos identificados e compostos líderes previamente identificados pelos pesquisadores integrantes serão validados e testados empregando dinâmica molecular e simulação, métodos bioquímicos, e estudos in vitro e in vivo dos compostos líderes. Estudos farmacogenômicos/ epigenéticos dos principais compostos serão realizados para entender suas propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas. Esta proposta nos ajudará no desenvolvimento de um candidato a fármaco contra a SARS-CoV-2, visando especificamente a protease principal e a RNA polimerase dependente de RNA. Acreditamos que o resultado desta proposta auxiliará médicos e pesquisadores a desenvolver uma abordagem terapêutica para Covid-19. Esta proposta combinada do BRICS iniciou-se alguns anos atrás com uma colaboração de pesquisa conjunta. Os colaboradores indianos, russos e brasileiros já publicaram vários trabalhos de pesquisa colaborativa, incluindo artigo publicado recentemente sobre SARS-CoV-2 “Discovery of New Hydroxyethylamine Analogs against 3CLpro Protein Target of SARS-CoV-2: Molecular Docking, Molecular Dynamics Simulation, and Structure–Activity Relationship Studies” no Journal of Chemical Information and Modeling, um periódico científico revisado por pares publicado pela American Chemical Society
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 07/04/2021-30/04/2023
Foto de perfil

Lindomar José Pena

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de uma plataforma de diagnóstico do tipo “point-of-care” para o diagnóstico molecular do vírus mayaro
  • O estabelecimento e fortalecimento dos métodos de diagnóstico e vigilância da infecção pelo vírus Mayaro (MAYV) em pacientes e no inseto vetor é de extrema relevância para o controle dessa arbovirose. A febre Mayaro se confunde clinicamente com a febre chikungunya, gerando dificuldades para o diagnóstico e possivelmente resulta na subnotificação dos casos de MAYV. Atualmente, a RT-PCR e qRT-PCR são utilizadas para a detecção direta do agente. Porém, essas técnicas apresentam como limitação o custo, a necessidade de mão de obra altamente especializada e de equipamentos caros e sofisticados para amplificação do DNA, tais como o termociclador, o que limita de sobremaneira a capacidade de diagnóstico laboratorial em países em desenvolvimento e em laboratórios com infraestrutura básica. Essa é a realidade atual do Brasil no enfrentamento ao MAYV. Neste contexto, a técnica de amplificação mediada por circuito isotérmico (RT-LAMP-PCR) tem se mostrado resolutiva. Trata-se de um teste simples e que não requer o uso de termocicladores, o que tem atraído muita atenção para esta técnica de amplificação de nucleotídeos potencialmente rápida, acurada e com um excelente custo-benefício. Assim, o objetivo final deste projeto é contribuir para o controle da crescente epidemia de MAYV no país através do desenvolvimento de um método de diagnóstico de baixo custo, rápido e eficaz, visando à melhoria da capacidade de diagnóstico bem como as ações de vigilância do MAYV em humanos e nos insetos vetores, inclusive em regiões remotas e menos estruturadas. Por ser inovadora e translacional, o método de RT-LAMP-PCR proposto aqui contribuirá significativamente para o estabelecimento de um programa de vigilância do MAYV em humanos e em insetos vetores, contribuindo para o controle da doença no país.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Lindomar José Pena

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • articulação entre o serviço de verificação de óbitos (svo), sistema de vigilância epidemiológica e laboratórios de saúde pública e pesquisa para diagnóstico de arboviroses com desfecho fatal.
  • Arbovírus transmitidos por mosquitos, como os vírus chikungunya (CHIKV), dengue (DENV) e Zika (ZIKV), se espalharam rapidamente pelo globo nos últimos anos, causando surtos em larga escala em países do hemisfério sul, incluindo o Brasil. O CHIKV causa uma doença febril caracterizada por início súbito, dor nas costas, dor de cabeça, fotofobia e erupção cutânea. Diferentemente da febre DENV e ZIKV, a infecção por CHIKV está associada a altas taxas de infecções sintomáticas e a poliartralgias recorrentes, que podem ser incapacitantes. A dengue é a doença arboviral mais prevalente em humanos em todo o mundo. Em 2015 e 2016, o Estado de Pernambuco teve um aumento significativo de mortes de indivíduos que tiveram resultado positivo para CHIKV. O mesmo aconteceu em outros estados do país. Em muitos desses casos, não foi possível verificar a relação com infecção por falta de dados clínico-epidemiológicos e da fisiopatogenia viral. Em um levantamento realizado pelo Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), um sistema de dados do Ministério da Saúde usado pelos LACEN, foi detectado a presença do genoma do CHIKV na maioria das amostras de vísceras submetidas, mas casos de ZIKV, DENV e coinfecções por esses arbovírus também foram detectados. Muitos desses casos ainda estão sendo analisadas pelas Secretarias de Saúde Estaduais(SES), que têm tido muita dificuldade no encerramento desses casos, apesar da positividade encontrada nas vísceras desses pacientes. No Brasil, também há uma escassez de estudos objetivando caracterizar as alterações imunológicas e as características genéticas e as possíveis variações moleculares que possam estar associadas à virulência. Essa informação é de suma importância para o monitoramento de variações no genoma viral que possam estar associadas à adaptação do vírus a novos vetores, virulência e evolução da doença, ainda mais quando estamos diante de tantos casos fatais possivelmente associados à infecção por arbovírus. Diante do disposto, pretendemos contribuir para a compreensão da fisiopatogenia da infecção letais por arbovírus em humanos através da caracterização clínica, epidemiológica, imunológica e viral dos casos de óbitos ocorridos de 2015 até o fim deste projeto em Pernambuco, Goiás e Mato Grosso, com objetivo de identificar fatores virais e/ou do hospedeiro associadas à evolução grave e fatal da doença. Os resultados e produtos gerados neste projeto poderão ser apropriados e incorporados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), contribuindo para a melhoria da qualidade dos serviços prestados e redução da morbidade e mortalidade relacionadas às arboviroses.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 02/01/2020-31/01/2023
Foto de perfil

Lindomar Maria da Silveira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • obtenção de linhagens avançadas de melão, melancia e abóbora resistentes a estresses bióticos e abióticos e com elevada qualidade nutricional.
  • As cucurbitáceas, melão, melancia e as abóboras desempenham um papel importante na economia brasileira, particularmente para a região Nordeste, sendo essa região responsável por quase 100% da produção do melão exportado no país e com expressiva produção de melancia e abóboras. Contudo os genótipos comerciais apresentam uma base genética estreita, o que pode deixar a cadeia produtiva vulnerável quanto à suscetibilidade a estresses bióticos e abióticos, bem como a mudanças no hábito alimentar dos consumidores. Por outro lado, a variabilidade existente nas espécies para todas as características de interesse, permite desenvolver novos cultivares para superar esses gargalos. De outra parte, é necessária a seleção de genótipos uniformes para as características desejadas, bem como o desenvolvimento de produtos para fortalecer a cadeia produtiva de forma sustentável. Assim, o objetivo da proposta é a obtenção de linhagens avançadas de melão, melancia e abóbora resistentes a estresses bióticos e abióticos e com elevada qualidade nutricional. Para tanto, será utilizado germoplasma conservado na UFERSA, sendo que o mesmo foi avaliado anteriormente e apresentou variabilidade para as características requeridas com a proposta. Para o melão serão desenvolvidas e avaliadas linhagens resistentes ao oídio, raça 3.5 e a mosca minadora. A melancia será estudada visando avançar linhagens resistentes aos vírus PRSV-W, WMV e ZYMV e oídio. As abóboras serão selecionadas para resistência a patógenos de solo visando desenvolver porta-enxertos para melão e melancia, bem como para uso direto. Também serão selecionados genótipos com elevado teor de carotenoides, particularmente beta caroteno. As três espécies serão avaliadas para qualidade de frutos. Para as três culturas, os experimentos serão realizados em campo e em laboratório na UFERSA com delineamento e número de repetições adequado para seleção de cada característica, bem como com o número de genótipos variável por espécie.
  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido - RN - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Lindon Fonseca Matias

Ciências Humanas

Geografia
  • uso real versus uso formal da terra na amazônia maranhense: avaliação das condicionantes para o desenvolvimento sustentável
  • A Amazônia Maranhense é composta por 108 municípios, possui uma extensão territorial de 81.208 km2 e constitui um dos espaços geográficos mais dinâmicos do bioma amazônico brasileiro, concentrando importantes características de biodiversidade e endemismo. A região apresenta um processo acentuado de degradação via desmatamento e outras formas de impactos ambientais. A configuração espacial das formas de uso da terra, resultando dos vários estágios em que se encontram as relações sociais de produção nas diferentes localidades, como marca do desenvolvimento histórico desigual e combinado das relações capitalistas de apropriação desse espaço, configuram diversificadas expressões na paisagem da região. No caso, verifica-se uma tendência de ampliação dos conflitos socioterritoriais em escala local e regional revelando um flagrante processo de manifestação das diversas estratégias dos agentes hegemônicos produtores do espaço na condução de políticas públicas ou ações privadas visando à apropriação do espaço geográfico de acordo com suas necessidades para reprodução do capital, o que ocorre em detrimento das características socioambientais da região. Este projeto tem como principal objetivo analisar o processo de produção do espaço geográfico na Amazônia maranhense, utilizando geotecnologias para processamento e análise de big data como suporte técnico e fundamentos teóricos e conceituais da citizen science, para compreensão das formas de uso reais e formais (legais) da terra, visando com isso contribuir com ações de planejamento e gestão para subsidiar políticas públicas destinadas a construção de um desenvolvimento sustentável.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Lineu Neiva Rodrigues

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • oferta hídrica e demanda de águas verde e azul atual e futura em bacias hidrográficas do cerrado
  • Vários estudos apontam diversos riscos para o desenvolvimento da região do Cerrado, onde já se observam conflitos pelo uso de água, principalmente, nas pequenas bacias hidrográficas, onde a dinâmica da disponibilidade hídrica (oferta e demanda), nas escalas temporal e espacial, necessárias para o adequado manejo da irrigação, são desconhecidas. A região, na sua maior parte, é carente em dados e informações técnicas básicas que possam contribuir para estimativas confiáveis da demanda e da oferta hídrica. Nesse sentido, indicadores de estresse hídrico, visando classificar as diversas regiões em relação à sua disponibilidade hídrica, são estratégicos para o planejamento. Assim, este projeto objetiva: (a) estimar, por meio de modelos matemáticos, a oferta hídrica e demanda de águas verde e azul, atual e futura, para as culturas da soja, feijão, milho e trigo em bacias hidrográficas do Cerrado; (b) estimar a potencial contribuição das pequenas barragens na disponibilidade hídrica. Uma inovação será a utilização dos novos cenários do IPCC que consideram desafios socioeconômicos e novos e aprimorados modelos climáticos. O projeto visa gerar informações para subsidiar o planejamento e a gestão de água no Cerrado. Para isto, será adotado a base hidrográfica ottocodificada, de nível 5. Para avaliar a oferta hídrica, o modelo hidrológico GR5J será calibrado e validado utilizando a base de dados fluviométrico da Agência Nacional de Águas referente a 411 bacias distribuídas no Cerrado. Os parâmetros calibrados serão então regionalizados para avaliar um total de 4.531 unidades hidrológicas (ottobacias de nível 5). A demanda hídrica será avaliada por meio do modelo MSEI, utilizando a base de dados climáticos produzidos pelo INPE. Um modelo para avaliar a dinâmica da água em pequenas barragens será desenvolvido.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Lionel Fernel Gamarra Contreras

Ciências da Saúde

Medicina
  • laboratório de nanobiotecnologia para estudos pré-clínicos.
  • A presente proposta tem como objetivo participar da seleção de laboratórios que integrarão a segunda fase do Programa Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias – SisNANO 2.0. Que tem o propósito a disponibilização de infraestrutura laboratorial multiusuária e de acesso aberto a usuários públicos e privados para pesquisa, desenvolvimento e inovação na Área de nanotecnologia. O laboratório de Nanobiotecnologia para estudos pré-clínicos do Hospital Israelita Albert Einstein realiza estudos in vitro e no modelo animal, usando nanomateriais e evidenciando aspectos aplicados à medicina, sendo este um dos ramos mais promissores da medicina contemporânea, direcionando a busca de novas ferramentas para diagnósticos e/ou tratamentos de doenças como: Alzheimer, Parkinson, Câncer, Acidente Vascular Cerebral, entre outras, utilizando ferramentas conjuntas como a terapia celular e novos biomateriais aplicados as diversas patologias em estudos pré-clínicos e clínicos, com o propósito de avaliar o caráter teranóstico dos nanometeriais, direcionamento de drogas a alvos específicos, biodistribuição, toxicidade, implementação de novas tecnológicas terapêuticas como a magneto hipertermia entre outras. Desta forma que o grupo de nanobiotecnologia direciona os objetivos da pesquisa nesta instituição, com linhas de pesquisa definidas em (i) Nanobiotecnologia na terapia celular aplicada em lesões e doenças degenerativas; (ii) Desenvolvimento da terapia de magneto hipertermia aplicado a tumores, estudo in vitro e em modelo animal; (iii) Desenvolvimento de nanomateriais e para fins diagnósticos e terapêuticos; (iv) Desenvolvimento de modelos organ on-a-chip utilizando microfluídica para estudos oncológicos e testes de drogas; (v) Avaliação de estudos pré-clínicos longitudinais utilizando nanopartículas multifuncionais mediante técnicas de imagem molecular; (vi) Desenvolvimento de modelos computacionais preditivos, com softwares de simulações, Inteligência Artificial Acreditamos contar com profissionais com experiência na área de nanobiotecnologia, infraestrutura adequada, parque de equipamentos para os mais variados estudos, experiência na prestação de serviços e inovação tecnológica para fazer parte da rede dos Laboratórios em Nanotecnologias – sisNANO com o objetivo de oferecer atendimento a usuários externos e prestação de serviços na área de nanobiotecnologia principalmente na área de estudos in vitro e estudos pré-clínicos.
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein - SP - Brasil
  • 18/12/2019-31/12/2023
Foto de perfil

Liráucio Girardi Júnior

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • ambientes plataformizados: dispositivos inteligentes e a nova onde de "domesticação"das tecnologias de comunicação
  • Williams (2016), ao analisar a relação entre tecnologia e forma cultural no desenvolvimento da televisão no século XX, observou que o mundo moderno produziu duas tendências que pareciam ambivalentes. De um lado, o investimento em infraestrutura de mobilidade (expansão da ferroviária, da rede elétrica e de telecomunicação) e, de outro, a construção de uma experiência privatizada, centrada no espaço doméstico (um tipo de “privatização móvel” centrada no telefone, nos jornais, revistas, rádio, televisão). O espaço doméstico foi atravessado pela confluência de novas tecnologias e transformou-se em um complexo espaço de experiências mediadas, tornando-se o foco de pesquisas centradas no processo de “domesticação” das tecnologias de comunicação. Neste projeto, será desenvolvida (1) a revisão bibliográfica sobre ambientes plataformizados e dispositivos inteligentes e (2) a revisão bibliográfica de dois tipos de análise sobre a “domesticação” das tecnologias de comunicação: a abordagem anglo-saxã e a abordagem nórdica. A partir dessas revisões iniciais, será feita uma análise de conteúdo dos principais canais de comunicação das big techs, Amazon e Alphabet, e entrevistas semiestruturadas com pesquisadores/pesquisadoras no desenvolvimento de dispositivos inteligentes, com o objetivo de verificar a hipótese de formação de uma nova onda de domesticação das tecnologias de comunicação.
  • Faculdade Cásper Líbero - SP - Brasil
  • 28/03/2022-31/03/2025