Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Samuel da Silva Feitosa

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • aprendizagem de máquina para problemas relacionados ao covid-19
  • A propagação da síndrome respiratória aguda Coronavírus (SARS-CoV-2) já tomou proporções pandêmicas, afetando mais de 100 países em questão de semanas. Situações caóticas vem sido percebidas em diversos países, incluindo países de primeiro mundo como a Itália e os EUA, que apesar de possuírem grande disponibilidade de recursos para investimentos na área da saúde, tem apresentado dificuldade para atuar na atual situação. No Brasil, os primeiros casos ocorreram no final de janeiro de 2020, e desde então o país vem tomando medidas para se preparar para o avanço da doença, investindo recursos para melhorar o sistema de saúde, e também disponibilizando recursos para pesquisas que respondam aos mais diversos problemas que esta pandemia nos traz. Neste contexto, este projeto pretende atuar em 3 (três) vertentes no combate à COVID-19, sendo a primeira a aplicação de diferentes modelos de aprendizagem de máquina para a detecção e classificação de notícias com o potencial de serem falsas, caracterizada pela prevenção, uma vez que a disseminação das fake news podem custar vidas, favorecendo o espalhamento da doença, aumentando o número de infectados e, infelizmente, o número de mortos. A segunda vertente, caracterizada pela predição da direção e espalhamento da doença, de modo a antecipar a situação à sociedade e preparar o sistema de saúde. A última vertente se dá na área do diagnóstico: serão trabalhados mecanismos e arquiteturas de deep learning no sentido de auxiliar no diagnóstico de exames laboratoriais e de imagem. Espera-se a partir deste projeto contribuir com a ciência e com a sociedade, de forma a aplicar os conhecimentos estudados na resolução de problemas reais e de extrema importância.
  • Instituto Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Samuel de Assis Silva

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • desempenho de conjuntos mecanizados e uso de sensoriamento remoto aéreo e proximal em lavoura cafeeira micro-terraceada
  • O estado do Espírito Santo é o terceiro maior produtor de café arábica do Brasil, sendo as lavouras dessa espécie cultivadas em regiões montanhosas onde as características de relevo limitam o uso de sistemas mecanizados. Nesse sentido, nos últimos anos tem crescido a utilização de micro-terraceamento, visando oferecer condições para o tráfego de máquinas e, consequentemente a mecanização de inúmeras etapas de manejo. Com esse trabalho se objetiva: estudar o efeito do micro-terraceamento sobre o sistema de produção de café arábica, sobre as características químicas e físicas do solo e sobre a produtividade dos cafeeiros; avaliar o desempenho operacional e os custos das operações agrícolas mecanizadas e o impacto do tráfego de máquinas sobre a sustentabilidade dos solos dos micro-terraços; monitorar o desenvolvimento vegetativo dos cafeeiros ao longo dos ciclos de cultivo utilizando sensores óticos ativos e imagens multiespectrais obtidas com sensor embarcado em veículo aéreo não tripulado (VANT). O estudo será realizado, durante três anos, em uma lavoura comercial de café arábica localizada na Microrregião do Caparaó, no Estado do Espírito Santo. O experimento será conduzido em uma área inclinada onde foi realizado o nivelamento das entrelinhas de plantio de café. Para atendimento aos objetivos propostos será montado na lavoura uma grade amostral irregular contendo 100 pontos amostrais, onde serão avaliados, o estado nutricional das plantas, a fertilidade do solo e a produtividade dos cafeeiros. Ao longo do tempo de execução da pesquisa, serão determinadas variáveis indicadoras de qualidade do solo, visando identificar o efeito dos terraços e do tráfego de máquinas sobre essas características. Serão realizadas avaliações nas linhas de cultivo e nas entrelinhas (micro-terraços). Para determinar a eficiência de conjuntos mecanizados em diferentes etapas de manejo durante o ano agrícola, serão realizados estudos de tempos e movimentos e análises de custos fixos e operacionais. O efeito dos micro-terraços sobre a capacidade operacional e o rendimento da derriça semimecanizada será estabelecido através da utilização e teste de diferentes modelos de derriçadoras portáteis, comparando-as com a colheita manual. O comportamento espectral das plantas de café será avaliado utilizando sensores óticos ativos e imagens digitais obtidas com sensor multiespectral embarcado em veículo aéreo não tripulado (VANT). As avaliações utilizando sensor ótico ativo serão realizadas ao longo da linha de cultivo, avaliando o terço superior, médio e inferior da copa dos cafeeiros. As imagens aéreas serão obtidas utilizando uma câmera multiespectral embarcando em um VANT. A partir dos dados de sensoriamento remoto serão calculados diferentes índices de vegetação, os quais serão relacionados com todas as variáveis medidas em campo. Serão realizadas análises geoestatísticas para avaliar o comportamento espacial dos atributos químicos e físicos do solo, da produtividade da cultura e dos resultados da avaliação de desempenho das operações mecanizadas. Análises de correlação serão realizadas buscando-se estabelecer relações entre: as variáveis mensuradas no campo e os índices de vegetação obtidos com os sensores óticos ativos; as variáveis mensuradas no campo e os índices de vegetação obtidos utilizando o mapeamento aéreo com VANT; os índices de vegetação obtidos com os sensores óticos ativos e aqueles obtidos utilizando o mapeamento aéreo com VANT. Serão geradas equações para estimativa de produtividade e do estado nutricional das plantas a partir dos índices de vegetação calculados com os diferentes sensores. A obtenção de informações acerca de um sistema que tem crescido em utilização, mas que ainda carece de estudos para identificação das interações com o ambiente natural e produtivo representam grande impacto para a sociedade em geral, mas principalmente para os agentes envolvidos no agronegócio. Nesse sentido, esse trabalho tem grande potencial para geração de informações e tecnologias que auxiliarão tanto a comunidade científica quanto a produtiva no entendimento do complexo sistema de micro-terraceamento de lavouras de café.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Samuel de Souza Neto

Ciências Humanas

Educação
  • por uma pedagogia do estágio supervisionado: da proposta de formação de professores de educação física ao acolhimento e acompanhamento da prática de ensino na escola
  • Este estudo tem como foco a perspectiva de uma Pedagogia do Estágio Supervisionado na Formação de Professores de Educação Física. Assim, ele toma como ponto de partida as transformações que estão na base do movimento da profissionalização docente ao considerar a prática profissional como um lócus de produção, e também de formação nos saberes. Esta compreensão acabou envolvendo a aproximação de pesquisadores, de âmbito nacional, envolvendo UNESP/Rio Claro, Universidade Federal de São Carlos, Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Rondonia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Rondonia, Centro Universitário Catolico de Quixadá - Ceara, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Universidade Estadual de Londrina, Universidade do Estado de Santa Catarina, e, de âmbito internacional, Universidade de Montreal (CRIFPE), Universidade de Caldas (CO), Universidade de Louisville (EUA), Universidade do Porto (Portugal). No presente dá-se continuidade a este diálogo na forma de uma pesquisa coletiva, propondo como objetivo geral compreender nas propostas de formação e práticas de acolhimento e acompanhamento de estágio a perspectiva de uma pedagogia do estágio supervisionado. Especificamente busca (a) identificar e analisar, nas propostas de formação de professores, o projeto de estágio, a especificidade da docencia no profissional a ser formado e as formas de desenvolvimento do estágio supervisionado; (b) apontar e analisar, no desenvolvimento do estágio, como que o acolhimento e o acompanhamento do estagiário são realizados na escola; (c) identificar e analisar, na realidade das universidades estudadas a parceria universidade-escola e; (d) averiguar e analisar, nos dispositivos de formação, os agentes, os saberes e as modalidades de orientação, supervisão e colaboração pedagógica que estariam contribuindo para a formação de uma pedagogia do estágio supervisionado. Neste contexto, opta-se por uma metodologia de pesquisa qualitativa, construtivismo social, tendo como técnicas: fonte documental, observação, entrevista semi-estruturada, análise de conteúdo. Nesta pesquisa, os participantes serão em torno de 48 sujeitos: sendo por instituição (12 IES) um professor-supervisor universitário, um professor-colaborador de escola e dois estagiários. Porém, este número de participantes poderá ser ampliado se houver necessidade. Portanto, o que se busca na experiencia brasileira é: (1) fazer uma reflexão sobre os elementos que compõem o estágio supervisionado; (2) apresentar um mapeamento das idades do estágio supervisionado em diferentes regiões do Brasil e; (3) traçar diretrizes para uma pedagogia do estágio supervisionado no que se refere a organização do estágio e o acolhimento e acompanhamento do estagiário na escola. Da experiencia internacional o que se busca são contribuições relativas: (1) organização do estágio; (2) modelo de formação profissional (idades do estágio supervisionado) e (3) diretrizes vinculadas a relação universidade-escola e o acolhimento e o acompanhamento do estagiário na escola. A Formação Prática no século XXI se tornou uma realidade, como demonstram as proposições do PIBID e da Residencia Pedagógica, mas eles precisam ser fundamentadas cientificamente para que a prática sem a teoria não se torne vazia.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Samuel Goldenberg

Ciências Biológicas

Genética
  • uso de crispr/cas para a determinação da função e papel de proteínas de ligação a rna (rbps) na regulação da expressão gênica em trypanosoma cruzi
  • A regulação da expressão gênica em Trypanosoma cruzi ocorre essencialmente ao nível pós-transcricional. Os transcritos policistrônicos são processados no núcleo e transportados para o citoplasma para a tradução em proteínas. Todavia, considerando que os mRNAs no transcrito policistronico não são relacionados nem em função, nem em expressão diferencial durante o ciclo de vida do parasita, deve haver mecanismos de seleção dos mRNAs que serão traduzidos, estocados ou degradados. Esta sinalização do destino dos mRNAs é feita pelas proteínas de ligação a RNA (RNA binding proteins ou RBPs). Nosso trabalho ao longo dos últimos anos permitiu evidenciar diferentes RBPs em T.cruzi e os resultados indicam o papel inequívoco das mesmas na seleção dos alvos (mRNAs) associados a uma dada RBP, de acordo com mudanças fisiológicas (estresse) a que o parasita é submetido. Recentemente estabelecemos a metodologia de CRISPR/CAS para o T.cruzi, facilitando o uso de ferramentas genéticas para o estudo do papel de diferentes genes na diferenciação do T.cruzi. Nesta proposta almejamos investigar o papel de diferentes RBPs na regulação da expressão gênica no parasita, tendo como foco inicial o estudo de RBPs com domínio de dedo de zinco, na constituição de mRNPs de T.cruzi, bem como na modulação da expressão gênica e diferenciação do parasita. Usando a metodologia de CRISPR/CAS, determinaremos o papel das RBPs na biologia do T.cruzi e a alteração nos respectivos complexos mRNP.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021