Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Waldiceu Aparecido Verri Junior

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • potencial terapêutico de mediadores lipídicos pró-resolução para o controle da artrite séptica induzida por staphylococcus aureus: abordagem pré-clínica e translacional
  • O entendimento atual de que a resolução do processo inflamatório é um processo ativo envolvendo moléculas e células com função específicas abriu um campo de pesquisa novo e com várias possibilidades de desenvolvimento de novos tratamentos. Os mediadores pró-resolução derivados do ácido docosahexaenóico são as resolvinas (RvD), protectinas (PD) e maresinas (MaR). Essas moléculas são isoladas em exsudatos estéreis ou de infecção nas fases de resolução do processo inflamatório concomitantemente à redução da geração de mediadores pró-inflamatórios. Essas moléculas promovem a resolução da inflamação induzindo pelo menos 3 atividades importantes no contexto deste projeto: 1) Direcionam os leucócitos para eliminar a infecção e resolvem a inflamação sem induzir imunossupressão; 2) Intensificam as atividades microbicidas dos macrófagos e modificam seu fenótipo de acordo com a progressão da doença; 3) Desempenham efeitos biológicos em doses fisiológicas (faixa pM-nM) com efeito prologando e ativação de receptores celulares específicos. Essas características permitiram que essas moléculas fossem capazes de funcionar como adjuvantes para reduzir as doses de antibióticos. A artrite séptica é uma doença altamente debilitante caracterizada pela resposta inflamatória exacerbada, necrose tecidual, destruição da cartilagem resultando em prejuízo severo da mobilidade, incapacitação motora e funcional e dor intensa. Ademais, todos esses eventos ocorrem rapidamente e as terapias atuais ainda não são satisfatórias, gerando a necessidade do desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas para a artrite séptica. Assim, a artrite séptica necessita de intervenções terapêuticas rápidas que reduzam a inflamação e as lesões teciduais decorrentes da alta atividade do sistema imune, porém, mantenham a atividade microbicida do sistema imune. Fundamentados nas características da artrite séptica, estabelecemos em nosso laboratório um modelo experimental de artrite séptica induzida por S. aureus com os sinais clássicos de inflamação verificados de maneira dose-dependentes por 28 dias e que replica a doença humana em modelo em camundongos. Considerando as características fisiopatológicas da artrite séptica e as três funções fisiopatológicas e farmacológicas dos mediadores pró-resolução descritas acima, serão desenvolvidos 6 subprojetos que visam investigar o efeito terapêutico da RvD1, RvD2, RvD5, MaR1, MaR2 e PD1 na artrite séptica. Para determinar a atividade farmacológica desses lipídeos pró-resolução na artrite séptica induzida pela administração intra-articular de S. aureus em camundongos, serão verificados parâmetros de doença, inflamação e dor (i) redução da dor, habilidade motora, inflamação e sinais clínicos da artrite séptica; (ii) recrutamento de leucócitos para propor um índice de resolução (Ri) da doença em resposta aos tratamentos; e (iii) dano articular induzido pela infecção. Quanto aos mecanismos dos lipídeos pró-resolução, o enfoque do projeto será na polarização do fenótipo de macrófagos (M1, M2 e Mres [macrófago resolutivo]) frente ao tratamento com os lipídeos RvD1, RvD2, RvD5, MaR1, MaR2 e PD1 in vivo e in vitro. Determinaremos se o tratamento com esses lipídeos durante a artrite séptica modifica o perfil dos macrófagos de maneira a aumentar a atividade microbicida e reduzir a inflamação e lesões teciduais (Mres) ou não (M1 e M2). In vitro, verificaremos se o tratamento com esses lipídeos em cultura de macrófagos BMDMs (macrófagos derivados de medula óssea) também é capaz de modificar o perfil dos macrófagos infectados com S. aureus e sua atividade. Serão realizados experimentos translacionais para verificar a possível aplicabilidade dos resultados obtidos no modelo murino pré-clínico à doença em humanos. Será investigado se há correlação entre os níveis de lipídeos pró-resolução e a produção de mediadores característicos dos perfis M1, M2 e Mres em amostras de líquido sinovial de pacientes com artrite séptica. Esses dados serão comparados com os obtidos em camundongos. Comercialmente, há disponibilidade de kits apenas para RvD1, RvD2, MaR1 e PD1. Ademais, utilizando macrófagos derivados de PBMCs (células mononucleares de sangue periférico) de humanos voluntários saudáveis, verificaremos se o tratamento in vitro com esses lipídeos pró-resolução induzem perfil de resposta antimicrobiana e de produção de mediadores caracterizando macrófagos M1, M2 ou Mres de maneira semelhante ao observado em BMDMs de camundongos. Por fim, também é objetivo deste projeto a capacitação de alunos. Esperamos formar 2 mestres, 2 doutores, 1 Pós-Doutor, 2 TCCs e publicar 6 artigos. Esperamos que as moléculas RvD1, RvD2, RvD5, MaR1, MaR2 e PD1 apresentem-se como novas possibilidades para o tratamento da artrite séptica de maneira a modificar o perfil das ações do sistema imune por meio de macrófagos Mres resultando no controle da infecção e ao mesmo tempo proporcionando redução da inflamação e lesão tecidual progredindo para a resolução da doença. O desenvolvimento deste projeto com ensaios pré-clínicos e translacionais deve definir quais dessas moléculas são mais promissoras.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Waldir Avansi Junior

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • nanoestruturas de tio2 co-dopadas: obtenção, caracterização e avaliação de suas propriedades como fotocatalisadores e sensores resistivos de gás
  • O objetivo desse projeto é o estudo da obtenção de nanoestruturas de TiO2 co-dopadas com nitrogênio (N) e metais de transição (Nb, W e V) para aplicações em fotocatálise e sensores resistivos de gás. O processo de co-dopagem será utilizado, uma vez que tem sido considerado como uma estratégia promissora no controle das propriedades estruturais/eletrônicas obtidas, que são dependentes principalmente do processo criação de defeitos através da dopagem de um material. As amostras serão obtidas através da decomposição do peroxo-complexos em condições hidrotérmica onde, a partir da obtenção das nanoestruturas, filmes serão preparados em substratos adequados com o objetivo avaliar suas propriedades como fotocatalisadores e sensores de gás, correlacionando assim, sua performance às características estruturais e eletrônicas do material. A morfologia e as propriedades físicas e químicas das nanoestruturas serão avaliadas através de técnicas convencionais de difração de raios X (DRX), espectroscopia RAMAN, espectroscopia por refletância Uv-Vis, espectroscopia de impedância, analise de área superficial (pelo método de BET), microscopia eletrônica, técnicas avançadas de microscopia eletrônica de transmissão (MET), Espectroscopia de fotoelétrons excitados por raios X (XPS) e espectroscopia de Absorção de Raios X (XAS). Em uma etapa final, as propriedades fotocatalíticas serão estudadas mediante a fotodegradação de contaminantes diversos. Para o estudo da performance como sensores resistivos de gás, as amostras serão expostas a diferentes tipos de gases redutores e oxidantes.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Waldomiro José da Silva Filho

Ciências Humanas

Filosofia
  • agência epistêmica e o valor da reflexão
  • 1. Este projeto propõe desenvolver um aspecto de uma pesquisa anterior conduzida sob os auspícios de uma Bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq (proc. n. 312567/2013-8) e de uma Bolsa de Estágio Sênior da CAPES (proc. n. BEX 2706/15-6). O projeto PQ-CNPq, intitulado Reflexão e Entendimento, tem como objetivo fazer uma ampla revisão crítica da literatura recente sobre virtudes intelectuais, valor epistêmico e entendimento no âmbito da Epistemologia. Com ele, aprofundo um tema que venho investigando nos últimos anos, a saber, o problema do autoconhecimento e a natureza da racionalidade, mas estabeleço uma expressiva mudança de ângulo. Para traçar um rápido histórico desse itinerário, as pesquisas que convergem para meu trabalho atual são as seguintes: a) Externismo, Autoconhecimento e Ceticismo, desenvolvida sob os auspícios de uma Bolsa de Produtividade do CNPq no triênio 2008-2011 (proc. n. 306190/2007-9); b) Autoconhecimento e Razão Prática, foi o objeto do meu estágio de pós-doutorado no Departamento de Filosofia da Harvard University (Cambridge, MA, EUA) com o benefício de bolsa da CAPES (proc. n. 1052/09-8, biênio 2009-2010); c) Transparência, Reflexão e Vicissitude que também recebeu o benefício de Bolsa de Produtividade do CNPq no triênio 2011-2014 (proc. n. 309665/2010-8) e d) A Razão e seus Limites que teve apoio financeiro da FAPESB no triênio 2012-2015 (termo n. RED0008/2012) ainda em andamento. 2. Agora, com o presente projeto, pretendo investigar o papel (se há algum) da reflexão na economia cognitiva de uma pessoa e o sentido da noção de agência epistêmica. Por reflexão entendo a (suposta) capacidade de uma pessoa acessar, considerar, examinar, criticar seus próprios estados mentais intencionais de primeira-ordem. Em Epistemologia temos, de um lado, argumentos que sustentam que o traço característico da racionalidade humana envolve necessariamente a capacidade reflexiva e, do outro, aqueles que consideram que a capacidade de acessar, controlar e decidir acerca das próprias crenças é uma ilusão ou, pelo menos, profundamente limitada. A concepção usual de agência estabelece que um agente pratica uma ação x se ele faz x intencionalmente, se ele dispõe de razões para x, se ele, por meio da reflexão, está consciente de x e, consequentemente, se ele é livre para fazer x e se ele é responsável por x. Do mesmo modo, fala-se em agência epistêmica se um agente se encontra num estado epistêmico qualquer y (uma crença) que é resultado de uma performance intelectual intencional (por exemplo, uma investigação baseada numa dúvida) e se ele tem acesso reflexivo às razões para y, ou seja, se ele é ativo, e não passivo, em relação às suas crenças. 3. Esses temas da agência e reflexão estão diretamente associados e nos remetem a uma longa tradição na filosofia, sobretudo em filosofia moral. Entretanto, focarei minha abordagem desses temas no interior de um profícuo debate recente em torno da Virtue Epistemology, em especial, a partir da noção de “conhecimento reflexivo” que encontramos em Ernest Sosa e da rica fortuna crítica que esse debate tem gerado. Partindo desse ponto, discutirei a ideia de uma específica forma de performance epistêmica em que, em cenários que envolvem desafios céticos, um agente examina a confiabilidade dos processos de formação de suas crenças de primeira-ordem, procura formar uma visão coerente e compreensiva da própria experiência cognitiva e exerce um tipo de autonomia intelectual sobre suas crenças.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Waleska de Araújo Aureliano

Ciências Humanas

Antropologia
  • família, saúde e ativismo na era da genômica
  • Esse projeto se propõe a investigar e discutir trajetórias de famílias afetadas por doenças degenerativas raras e hereditárias, a fim de analisar como nesse processo as noções de família e parentesco, reprodução e saúde, risco e responsabilidade são acionadas na compreensão das desordens de saúde de origem genética no Brasil e que obstáculos, dificuldades e dilemas essas famílias enfrentam na busca por diagnostico, tratamento e inserção social. Em outra chave, pretende-se também observar como no Brasil vem se desenvolvendo a mobilização dessas famílias em torno de demandas levadas ao poder público para a promoção de assistência médica para as doenças raras, o que envolve ainda a articulação com cientistas e indústria farmacêutica. Neste sentido, a pesquisa pretende analisar como discursos, práticas e tecnologias relacionadas à genética no contemporâneo são apreendidos e confrontados por essas famílias, investigando como seus membros (doentes e não-doentes) desenvolvem, a partir desse evento e seu reconhecimento, ações em torno do controle e/ou manutenção da saúde, da família e sua reprodução. Tais ações podem envolver desde a busca pela testagem genética em espaços biomédicos e mudanças nos estilos de vida, até a inserção e a participação em associações e movimentos sociais em saúde. Esta proposta dará continuidade à pesquisa de pós-doutorado realizada pela coordenadora do projeto durante 2012-2014, que recebeu apoio do CNPq através de bolsa PDJ. O desenvolvimento deste projeto permitirá ainda a consolidação de uma linha de pesquisa no Instituto de Ciências Sociais dedicada aos estudos de Antropologia da Saúde e Doença em articulação com os estudos de Família e Parentesco já desenvolvidos no âmbito do GREFAC – Grupo de Estudos da Família Contemporânea.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Waleska Teixeira Caiaffa

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • saúde urbana e território: a utilização da observação social sistemática e de ferramentas de mapeamento da vizinhança autopercebida nos modelos de saúde
  • Introdução: O interesse por estudos que abordam o impacto dos atributos da vizinhança na saúde das populações tem sido crescente na pesquisa epidemiológica. Objetivo: Determinar e quantificar as características físicas e sociais da vizinhança através da observação social sistemática (OSS) e medir a extensão territorial da vizinhança autopercebida utilizando mapas. Métodos: Este estudo está aninhado no projeto “MOVE-SE Academias”, que é um estudo epidemiológico transversal de base populacional com componente longitudinal com objetivo de avaliar a efetividade da implementação de uma intervenção comunitária representada pelas Academias da Cidade. Este estudo incluirá a população residente no entorno geográfico de 10 polos amostrados das Academias da Cidade de Belo Horizonte. A percepção da extensão territorial da vizinhança será mensurada utilizando mapas confeccionados, aplicados e digitalizados seguindo metodologia de pesquisa internacional, após adaptação cultural e avaliação das qualidades psicométricas deste instrumento. Os atributos físicos e sociais da vizinhança dos entrevistados do estudo “MOVE-SE Academias” serão obtidas por meio do método da OSS que consiste na observação direta dessas condições. A análise dos dados consistirá em procedimentos descritivos, técnicas estatísticas de análise multivariada e ajustes de modelos de regressão linear e logística multinível. Resultados esperados: Espera-se que os resultados deste estudo possam fornecer contribuição metodológica relevante no que diz respeito à escolha mais assertiva da unidade territorial de análise e da mensuração dos atributos físicos e sociais do ambiente em estudos sobre o impacto da vizinhança sobre a saúde.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walfrido Alonso Pippo

Engenharias

Engenharia Civil
  • desenvolvimento de vivendas de interesse social: aproveitamento de resíduos da indústria turística na cidade de foz do iguaçu.
  • O presente projeto visa gerar uma proposta para o aproveitamento das garrafas PET (GPET) geradas pela indústria turística na cidade de Foz do Iguaçu (FIÇU). A necessidade de reciclagem e reuso de materiais em diversos setores de atividades humanas tornaram-se atualmente, intrínsecas ao desenvolvimento sustentável da sociedade. Baseados em pesquisas de campo e bibliográficas foi estabelecido que os principais parques de FIÇU receberam, em 2016, uma quantidade de visitantes 12,1 vezes maior que a população da cidade (256.088 pessoas). O consumo médio de água pelos visitantes (2litros/dia) representa ≈ 3 milhões de GPET/ano adicionais para a gestão de lixo da cidade, que atualmente são descartadas em aterros sanitários gerando custos logísticos, diminuindo o volume aproveitável dos aterros e fazendo mais demorado o processo de decomposição dos resíduos aterrados. Por outro lado, a necessidade habitacional no município de FIÇU tem mais de 12.000 famílias cadastradas na lista de espera. Um cálculo preliminar indica que uma habitação de interesse social (43 m2) das que são financiadas pela Caixa Econômica Federal poderia usar 30.000-40.000 garrafas o que demonstra que existe a potencialidade de construir 100 habitações de interesse sociais/ano a partir das GPET. As GPET podem ser usadas como elementos estruturais, não estruturais e como alvenaria de vedação em habitações de interesse social. O qual representaria não somente poupar custos logísticos de descarte se não também agregar valor ao lixo derivado da indústria turística na cidade. A partir dos resultados dos testes (resistência mecânica, conforto térmico, eficiência energética e isolamento acústico) de vários tipos de módulos estruturais, e observando as normas pertinentes à área de desempenho de materiais para a construção, é selecionado um protótipo. Os resultados obtidos são avaliados desde o ponto de vista técnico-econômico e socioambiental e comparados com as normas vigentes de materiais para a construção e para a reciclagem do lixo sólido. O projeto tem prevista sua realização num período de dois anos. O orçamento aproximado estimado para sua execução é de R$ 59.650,75
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wallace de Castro Nunes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • produção e caracterização de materiais magnéticos nano-estruturados
  • O objetido desse projeto é obter suporte para o desenvolvimento das atividades de pesquisa do proponente e do novo grupo de pesquisa experimental de nanomateriais do Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense (IF-UFF). O projeto científico visa o estudo sistemático das propriedades térmicas, magnéticas e de transporte em diversos sistemas magnéticos nanoestruturados e também materiais multifuncionais. Os objetivos principais são: (i) observar e descrever fenômenos físicos envolvidos nesses sistemas; (ii) estabelecer estratégias para o desenvolvimento de materiais para aplicações futuras; (iii) estabelecer uma nova linha de pesquisa na UFF envolvendo a produção e caracterização de nanomateriais multifuncionais; (iv) produzir nanosistemas controlados objetivando o estudo de propriedades do tipo vidro de spin, superparamagnetismo, exchange bias, interações magnéticas e etc. Este projeto de pesquisa envolve trabalhos experimentais (caracterização e instrumentação) e teóricos, que serão realizados em colaboração com pesquisadores da UFF e diversos pesquisadores do Brasil e do exterior. Pretende também explorar a deposição de nanopartículas funcionalizadas assim como de sistemas nanoestruturados heterogêneos (multifuncionais) em superfícies visando aplicações em dispositivos e sensores. O proponente já possui uma quantidade de amostra suficiente para iniciar o projeto proposto. Essas amostras estão sendo produzidas no IF-UFF por ablação por laser e outras provenientes de diversas colaborações que o proponente mantém no Brasil e no exterior, por exemplo, nanopartículas ferromagnéticas; antiferromagnéticas; nanoestruturas do tipo core-shell, compostos de materiais com diferentes fases; multicamadas magnéticas, filmes finos; materiais magnéticos moleculares, nanoestruturas multifuncionais e.g. nanopilares ferrimagnéticos (estrutura spinela) verticalmente alinhados dentro de uma matriz ferroelétrica (estrutura perovskita). A estratégia a ser seguida é caracterizar estes materiais a partir de sua estrutura, em alguns casos, morfologia (tamanho e distribuição dos grãos) e posteriormente relacioná-las com as propriedades térmicas, magnéticas, elétricas e de transportes. Além disso, o proponente pretende continuar desenvolvendo a infra-estrutura experimental do Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense para preparar e caracterizar essas amostras na sua própria instituição. Neste projeto serão exploradas diversas técnicas experimentais, tais como calor específico, magnetização, susceptibilidade AC, resistividade elétrica, difração de raios-X e microscopia eletrônica de transmissão. Além do uso da infra-estrutura já disponível no Instituto de Física da UFF, algumas caracterizações poderão ser realizadas em outras instituições, por exemplo, usando a infra-estrutura de laboratórios nacionais e de laboratório de colaboradores. O projeto possui um caráter multidiciplinar envolvendo parcerias entre Físicos (teóricos e experimentais), Químicos e Ciências dos Materiais. A aprovação desse projeto de pesquisa é fundamental para que o candidato possa consolidar a nova linha de pesquisa experimental que está instalando no IF-UFF, continue se desenvolvendo cientificamente com independência e consiga ampliar a sua rede de colaboração de forma a torná-la ainda mais multidisciplinar. Isto beneficiará o proponente, seus alunos e vários outros pesquisadores que atualmente desenvolvem pesquisa em nanociência e nanotecnologia na UFF e no Brasil, e certamente terá impacto na melhora da produção científica desses pesquisadores e na formação de recurso humanos com conhecimentos mais abrangentes.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wallace do Couto Boaventura

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • aplicações de processamento de sinais em sistemas de energia: sistemas de medição e monitoramento distribuído e simulação de transitórios
  • As aplicações de técnicas de processamento de sinais têm propiciado desenvolvimentos importantes na área da engenharia elétrica. A área de Sistemas de Energia tem se beneficiado enormemente dos avanços nos sistemas de medição e aquisição de dados e da aplicação de técnicas de processamento de sinais. Este projeto tem por objetivo básico atuar na pesquisa científica tecnológica desenvolvendo aplicações de processamento de sinais em tópicos da área de sistemas de energia. Especificamente, são abordadas as áreas de sistemas de medição e monitoramento distribuído (voltados para o monitoramento da qualidade da energia e de parâmetros meteorológicos), simulação de transitórios em tempo-real e simulação de transitórios eletromagnéticos de grandes sistemas por meio de computação distribuída. Os recursos do projeto serão aportados no laboratório de pesquisa do Departamento de Engenharia Elétrica da UFMG, o LAPIS – Laboratório de Aplicações de Processamento de Informação e Sinais, consolidando sua infraestrutura, possibilitando o desenvolvimento de pesquisas multidisciplinares. A equipe de alunos do LAPIS atualmente conta com cinco alunos de doutorado (pelo menos três alunos atuarão diretamente neste projeto), quatro alunos de mestrado (um aluno atuará no projeto) e quatro alunos de graduação, além de alunos voluntários. Os resultados esperados para o projeto incluem teses de doutorado, dissertações de mestrado e a publicação de artigos técnicos em periódicos e congressos nacionais e internacionais.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wallace Patrick Santos de Farias Souza

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • prêmio salarial para trabalhadores de empresas exportadoras: o que explica esse diferencial?
  • Este estudo tem como objetivo decompor o diferencial de salário dos trabalhadores de empresas exportadoras e não exportadoras, observando ainda a contribuição de cada característica dos grupos nesse diferencial. Dentre as características, será observado se o matching entre trabalhadores e firmas é melhor nas empresas exportadoras e se nestas a desigualdade salarial por gênero é menor. Pra isso, utilizou-se um painel de dados empregador-empregado do Brasil para os anos de 2003 a 2013, fornecidos pela Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) no qual contém informações sobre trabalhadores e firmas, além do status de exportação da firma (variável de interesse) oriundo da Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Para a decomposição, foi utilizado o método desenvolvido por Firpo et al (2007) enquanto para a desigualdade salarial será utilizado o método desenvolvido por Guimarães e Portugal (2010). Há indícios de que a diferença pode ser maior nos estratos superiores da distribuição de salários e que os atributos pessoais são mais importantes para esse diferencial.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wallans Torres Pio dos Santos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sensores eletroquímicos simples e rápidos para determinação de drogas em saliva humana e amostras apreendidas: aplicação em análise forense e controle de doping
  • O presente projeto apresenta um plano de trabalho para realizar estudos avançados no desenvolvimento e caraterização de sensores eletroquímicos portáteis e sensíveis para aplicação no controle de doping e análises forenses. A aplicação dos sensores no controle doping será baseada na determinação direta das drogas em amostras de saliva humana, buscando uma detecção simples e rápida de drogas lícitas e ilícitas, que são consideradas como estimulantes e, consequentemente, proibidas no exame antidoping de atletas. Os sensores eletroquímicos desenvolvidos também serão aplicados para a identificação preliminar de novas substâncias psicoativas (NPS) em amostras apreendidas pela Policia Civil do Distrito Federal e do Estado de Minas Gerais. Neste contexto, o plano de trabalho inclui o desenvolvimento de sensores eletroquímicos baseados em eletrodos impressos simples ou modificados com nanopartículas de carbono (ou metálicas). As nanopartículas serão estudadas e caraterizadas por experimentos de nano-impacto. Considerando as perspectivas de sucesso desse projeto, a determinação dessas drogas estimulantes em amostras de saliva, na forma inalterada ou de seus respectivos metabolitos, pode viabilizar uma análise portátil e rápida para os exames antidoping, bem como auxiliar na comparação dos resultados obtidos em amostras de urina. Além disso, a determinação de drogas ilícitas em saliva pode ser uma proposta de um sensor simples, não invasivo e de baixo custo para detectar uso de drogas, como por exemplo, cocaína e tetraidrocanabinol, em condutores automotivos ou de supostos criminosos presos em flagrante. O sucesso dos resultados pode também proporcionar uma aplicação na identificação preliminar de NPS, que é de extrema importância na área forense, em especial, para lavratura de auto de prisão em flagrante delito, pois em muitos casos ainda não existem métodos simples e rápidos para identificação dessas drogas.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Wallysonn Alves de Souza

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • análise e síntese de controladores chaveados, baseados em lmis, para sistemas lineares e não lineares
  • Este projeto propõe um estudo e a obtenção de resultados originais e inéditos sobre a análise de estabilidade e projeto de controladores chaveados, baseados em desigualdades matriciais lineares (do inglês ``Linear Matrix Inequalities - LMIs''), que é uma técnica moderna de análise e síntese de sistema de controle, no domínio do tempo, com grande relevância científica na atualidade. Assim, espera-se obter resultados relevantes para a análise e síntese de controladores chaveados para: sistemas não lineares, descritos por modelos fuzzy Takagi-Sugeno, com índice de desempenho H_infty; sistemas lineares e não lineares, descritos por modelos fuzzy Takagi-Sugeno, discretos no tempo; para sistemas não lineares, descritos por modelos fuzzy Takagi-Sugeno, utilizando função de Lyapunov fuzzy. Com o objetivo de destacar as vantagens das metodologias propostas para cada caso, simulações numéricas e/ou implementações práticas serão realizadas.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins - TO - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walmir de Freitas Filho

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de metodologias para integração em sistemas de gestão da distribuição na presença de fontes distribuídas de energia e medidores inteligentes
  • A introdução de tecnologias emergentes em sistemas modernos de distribuição de energia elétrica tem sido impulsionada pelo interesse na utilização mais intensa de fontes renováveis e alternativas, tais como geradores fotovoltaicos e veículos elétricos, e pela redução de custos associados com esses equipamentos. Contudo, para alcançar níveis elevados de integração desses agentes, é necessário que os Sistemas de Gestão da Distribuição – SGDs (em inglês: Distribution Management Systems – DMSs) sejam aperfeiçoados e atualizados com a inclusão de mais dados de medição e desenvolvimento de novas funcionalidades. O uso de medidores inteligentes (em inglês: smart merters) com capacidade de comunicação bidirecional tem o potencial de revolucionar a aplicação dos Sistemas de Gestão da Distribuição em razão da quantidade de dados que pode ser agregada a esses sistemas. Entretanto, para que tais dados se tornem informações úteis, novas metodologias de análise e funções avançadas de rede devem ser desenvolvidas. Nesse contexto, este projeto de pesquisa tem por objetivo desenvolver novas metodologias para integração em modernos Sistemas de Gestão da Distribuição empregando, entre outros, dados fornecidos por medidores inteligentes em redes com elevada presença de fontes distribuídas de energia. Entre as fontes distribuídas de energia, serão considerados geradores fotovoltaicos, veículos elétricos e sistemas de armazenamento de energia composto por baterias eletroquímicas. Quanto às metodologias, será inicialmente priorizado o desenvolvimento de um estimador de estado com função adicional específica para detecção de erros topológicos, cadastrais e de parâmetros nas bases de dados presentes nos Sistemas de Gestão da Distribuição. Com informações mais precisas fornecidas pelo estimador de estado, desenvolver-se-ão novas metodologias para controle Volt/Var, detecção e localização de perdas não técnicas e balanceamento de potência de fases, empregando tanto soluções do lado da rede, tais como reguladores de tensão, capacitores chaveados e baterias, quanto soluções do lado do consumidor utilizando a capacidade dos inversores presentes nos geradores fotovoltaicos, veículos elétricos e baterias. Ao longo desta pesquisa, será realizada uma análise crítica da granularidade dos dados de medição para implementação de cada função de forma a reduzir a complexidade e custos envolvidos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Walnice Maria Oliveira do Nascimento

Ciências Agrárias

Agronomia
  • tecnologias para otimização da propagação de espécies frutíferas nativas da amazônia: bacurizeiro, castanheira-do-brasil e taperebazeiro
  • A Amazônia possui notável diversidade de espécies frutíferas, entretanto, até então, reduzido número dessas espécies assumiu posição de destaque na fruticultura nacional e mesmo na fruticultura regional, destacando-se, atualmente, somente o açaizeiro (Euterpe edulis), o cupuaçuzeiro (Theobroma grandiflorum), o maracujazeiro (Passiflora edulis) e o abacaxizeiro (Ananas comosus). Apesar do bacuri (Platonia insignis Mart.) e do taperebá (Spondias mombin L.) serem frutas com mercados consolidados na região Amazônica e no nordeste brasileiro, são pouco cultivadas. Mesmo a castanha-do-brasil que desde o século 19 tem mercado consolidado no exterior, tem produção, que não ultrapassa a 5%, oriunda de castanhais plantados. O cultivo em escala comercial dessas espécies tem como um dos fatores limitantes, o tempo requerido para que entrem em fase de produção, pois apresentam longa fase jovem, especialmente quando propagadas por sementes. Além disso, todas essas três espécies apresentam sementes com complexos mecanismos de dormência, o que dificulta sobremaneira o processo de produção de mudas. O aperfeiçoamento dos métodos de propagação dessas espécies constitui-se em etapa fundamental para que possam ser cultivadas de forma intensiva. O projeto tem como objetivo estabelecer técnicas eficientes de propagação que possibilitem a multiplicação de genótipos superiores de bacurizeiro, castanheira-do-brasil e taperebazeiro. Para tanto, a proposta está composta por seis atividades, que serão executadas pela Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, PA e pela Embrapa Agroindústria Tropical, em Fortaleza-CE e têm como metas: a) Desenvolver, no prazo de dois anos, pelo menos um método que uniformize a germinação de sementes de castanha, possibilitando a obtenção de, no mínimo, 70% de germinação aos 120 dias após a semeadura; b) Identificar, no prazo de três anos, pelo menos um produto alternativo que proteja sementes de castanha-do-brasil contra a infecção por fungos, durante a germinação; c) Desenvolver, no prazo de dois anos, metodologia para a propagação da castanheira-do-brasil pelo método de garfagem no topo em fenda cheia em porta-enxertos com idade de um ano, garantindo porcentagens de enxertos pegos superior 75% e de mudas aptas para o plantio acima de 70%; d) Gerar, no prazo de dois anos, tecnologias que propiciem a propagação do taperebazeiro por estacas de ramos, garantindo porcentagem de enraizamento de, no mínimo, 70%; e) Estabelecer no prazo de três anos, técnicas de enxertia que viabilizem a formação de mudas interenxertadas de taparabazeiro sobre porta-enxertos interespecíficos: f) Desenvolver, no prazo de dois anos, tecnologias que propiciem a propagação do bacurizeiro pelo método de borbulhia em placa em mudas enviveiradas e em plantas já estabelecidas no campo.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walter Alves Neves

Ciências Humanas

Arqueologia
  • morte e vida na lapa do santo: uma biografia arqueológica do povo de luzia
  • Ao término do Pleistoceno a fase exploratória do povoamento da América chegava a um fim e as inúmeras paisagens do continente já se encontravam habitadas por grupos humanos culturalmente diversos e a elas bem adaptados. De forma geral, esses grupos são caracterizados como caçadores-coletores, mas um conhecimento mais detalhado sobre seu modo de vida ainda está em construção. Contribuir para esse processo, através da escavação e do estudo do registro arqueológico do sítio Lapa do Santo, é o principal objetivo da presente projeto de pesquisa. A Lapa do Santo é um abrigo rochoso localizado na região de Lagoa Santa, em Minas Gerais, que começou a ser ocupado entre 12,7 e 11,7 mil anos atrás. O sítio apresenta um denso pacote arqueológico datado do Holoceno inicial que incluí dezenas de sepultamentos humanos. O estudo do material exumado será realizado com base nas mais modernas técnicas das ciências arqueológicas e estará estruturado em torno de cinco eixos temáticos: práticas mortuárias, ancestralidade, dieta, mobilidade/territorialidade e processos de formação. Dentre as questões que serão investigadas destaca-se: i) caracterizar as práticas mortuárias a partir dos sepultamentos mais antigos do sítio (10,7-9,6 mil anos atrás); ii) determinar, a partir do estudo do ADN antigo, se os grupos do Holoceno inicial eram ancestrais diretos dos atuais grupos indígenas; iii) re-avaliar as afinidades morfológicas dos crânios de Lagoa Santa utilizando-se morfometria geométrica de alta resolução; iv) gerar modelo cronológico com base em estatística bayesiana para a ocupação do sítio; iv) datação radiocarbônica de amostras de osso com parâmetros adequados de qualidade de colágeno; v) determinar os componentes vegetais da dieta através do estudo de microvestígios botânicos em cálculo dentário e do estudo de isótopos estáveis de carbono e nitrogênio em colágeno; vi) estudar os processos de formação do sítio através de micromorfologia, µFTIR e petrologia orgânica; vii) determinar a proveniência dos sedimentos através da caracterização geoquímica, granulométrica, mineralógica e de assembléia de minerais pesados; viii) usar isótopos de estrôncio para determinar padrão de mobilidade e ix) virtualizar o acervo através de tomografias computadorizadas. Para além de seu caráter estritamente científico, a presente proposta incluí um trabalho de divulgação e educação patrimonial junto às comunidades locais na região de Lagoa Santa.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walter Araujo Zin

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • respostas pulmonares e extrapulmonares à poluição ambiental por agentes químicos e biológicos
  • A poluição do ar constitui significativo risco à saúde pública em diferentes partes do mundo. Décadas de estudo estabeleceram forte associação entre poluição do ar e efeitos adversos à saúde humana, com aumento de morbi-mortalidade de doenças cardiopulmonares. Múltiplas fontes de poluição do ar foram e estão sendo identificadas. Fontes estacionárias incluem indústrias e fontes ambientais como incêndios florestais. Fontes móveis de poluição incluem veículos como carros, barcos e aviões. Além dessas fontes, os aerossóis das cercanias de lagos e praias contaminadas por cianotoxinas levam risco à saúde humana. Assim, este projeto estudará: (a) os efeitos pulmonares e extrapulmonares diretos e indiretos de agentes poluentes químicos e biológicos; (b) o perfil temporal e dose-dependência da lesão orgânica induzida pelos poluentes; (c) a composição dos diferentes poluentes utilizados; (d) os efeitos da inalação dos poluentes na resposta inflamatória pulmonar aguda e crônica, por meio da avaliação da mecânica respiratória, reatividade brônquica, análise do lavado bronco alveolar com quantificação de leucócitos, e concentração de mediadores pró e anti-inflamatórios, bem como alterações morfológicas do pulmão com avaliação da deposição de fibras de colágeno e/ou elásticas; e, (e) os efeitos do emprego de medicamentos já em uso corriqueiro, óleos essências da flora brasileira e compostos em desenvolvimento na prevenção ou redução das consequências indesejáveis da poluição no mamífero. Como agentes poluentes serão utilizados materiais particulados oriundos da crosta terrestre (silicatos, óxidos de metais, metais), da queima da biomassa (cana-de-açúcar, madeiras, por exemplo), da combustão de motores a explosão (e.g., diesel). Além dos particulados utilizar-se-ão cianobactérias ou suas toxinas para produzir a agressão ao organismo, além de moléculas produzidas por micro-organismos (e.g., lipopolissacarídeo). Por fim, também poderão ser empregados agentes dispersos no meio ambiente pelo homem, como os agrotóxicos. Haverá tanto exposições agudas quanto crônicas e análises quer imediatas, quer a posteriori. Dessa forma poderão ser caracterizadas as histórias naturais de uma exposição única em função do tempo pós-exposição, bem como avaliar ao longo do tempo os efeitos de doses consecutivas. Curvas dose-resposta poderão também ser estudadas. Abrir-se-á, por conseguinte, um leque de possibilidades de exposições/análises que muito se assemelharão a episódios da vida corrente do ser humano. Objetivamente, tenciona-se chegar ao fim deste projeto com dissertações e trabalhos publicados/aceitos para publicação/fase final de redação nas seguintes áreas: (1) tratamento das lesões provocadas pela microcistina e cilindrospermopsina com LASSBio596 (composto em desenvolvimento), corticosteroides e óleos essenciais, tanto em exposições agudas quanto crônicas; (2) estudo longitudinal dos efeitos da exposição por gavagem a dose diárias (1-7 dias) de cianotoxinas, e realizados experimentos no 8o dia após a agressão, a fim de determinar a história natural da contaminação; tratamento com dexametasona e LASSBio596; (3) a mesma abordagem do item 2, até cinco dias após exposição à fuligem da queima de carvão; (4) caracterização da lesão pulmonar produzida por nanopartículas de pirita (FeS2); (5) comparação da lesão aguda induzida pela queima de madeira de pinheiro e faia; (6) caracterização da lesão pulmonar produzida pelo 2 2'-azobis 2-amidinopropane dihydrochloride (AAPH); (7) resultados das diferentes doses e tempo de exposição a material particulado obtido do ar da Avenida Brasil, Rio de Janeiro; (8) caracterização do papel dos esfingolipídeos e ceramidas na lesão pulmonar aguda induzida por LPS; (9) resultado do tratamento com diferentes doses de anti-inflamatórios após lesão pulmonar induzida por LPS; (10) caracterização da lesão pulmonar induzida pela exposição a nanoparticulas de fulereno. Ademais, objetivamos: (I) divulgar os achados junto às escolas do ensino médio e por meio de entrevistas na imprensa leiga. Além disso, devem ser apresentados ao ambiente científico em eventos no país e no exterior e através de publicações em periódicos de ampla circulação, e (II) atuar na Formação de Recursos Humanos, com treinamento de alunos de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado, além de Pós-doutores e técnicos de laboratório. Ao fim do projeto, três teses de doutorado e uma dissertação de mestrado devem estar concluídas. Quatro alunos de Iniciação Científica terão seus treinamentos também dentro do escopo do projeto. Espera-se que dois alunos de Iniciação Científica ascendam ao Mestrado. Três técnicos de laboratório deverão ter passado por treinamento para aumentar seus conhecimentos e habilidades. Os dados deverão ser ter sido apresentados a três congressos científicos nacionais e três internacionais. Complementarmente, outros estudos estarão em andamento, ou iniciados, cujos resultados surgirão após o término do projeto.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walter Collischonn

Engenharias

Engenharia Civil
  • south america flood awareness system - safas
  • O projeto apresenta uma proposta de desenvolvimento de um protótipo de sistema de previsão de cheias por conjunto. O sistema terá abrangência espacial continental, isto é, toda a América do Sul será representada. As previsões de cheias serão obtidas a partir de previsões quantitativas de precipitação de modelos meteorológicos operacionais já existentes e disponíveis. O protótipo será testado ao longo do período do projeto bem como para períodos anteriores, em eventos importantes de cheias, e poderá ser incorporado, futuramente, à rotina operacional de centros nacionais como o CEMADEN e a Agencia Nacional de Águas. O projeto será realizado pelo grupo de pesquisas em Hidrologia de Grande Escala (www.ufrgs.br/hge) da UFRGS, que já desenvolve pesquisas na área de hidrologia e previsão de cheias há mais de 10 anos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walter dos Santos Soares Filho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento de variedades de citros, copas e porta-enxertos, adaptadas a condições de cultivo tropicais e subtropicais
  • A sustentabilidade da citricultura brasileira depende do desenvolvimento de variedades, copas e porta-enxertos, adaptadas a condições de cultivo que compreendem ambientes tropicais e subtropicais. Este projeto de pesquisa pretende introduzir, gerar e selecionar variedades copa híbridas, triploides, produtoras de frutos tipo tangerina para consumo in natura, caracterizados pela ausência de sementes, casca de fácil remoção, alto teor de sólidos solúveis, acidez equilibrada e coloração da polpa e da casca com tons alaranjados intensos. Pretende, também, criar porta-enxertos que atendam às demandas de uma citricultura moderna, orientada à melhor utilização da terra, à diminuição do emprego de mão de obra, à otimização do uso da água, ao aumento da eficiência produtiva e da qualidade dos frutos produzidos. Nesse sentido, espera-se que tais porta-enxertos determinem às variedades copa neles enxertadas: 1. Redução do porte, facilitando a colheita e os tratos culturais, também possibilitando o emprego de altas densidades de plantio, potencializando o uso da terra; 2. Início precoce de produção de frutos; 3. Elevada eficiência produtiva; 4. Produção de frutos de alta qualidade; 5. Adaptação ao convívio com estresses bióticos, com ênfase no huanglongbing (HLB ex-greening), na gomose-de-Phytophthora e na tristeza-dos-citros; 6. Adaptação ao convívio com estresses abióticos, com destaque para a tolerância à seca e à salinidade. Para tanto, serão empregadas técnicas clássicas de melhoramento genético, baseadas na hibridação, bem como procedimentos biotecnológicos. Além do melhoramento genético clássico, diversas áreas de conhecimento serão envolvidas, como cultura de tecidos, biologia molecular, fisiologia vegetal, entomologia, fitossanidade, fitotecnia, entre outras.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Walter Franklin Marques Correia

Ciências Sociais Aplicadas

Desenho Industrial
  • concepção e avaliação de artefatos com foco na segurança e usabilidade: da origem a norma
  • A crescente mudança de tecnologias, a demanda cada vez maior de produtos diferenciados para atender um consumidor cada dia mais exigente e uma aparente falta de interesse em resolver problemas que não sejam apenas de ordem trabalhistas. É neste cenário onde esta pesquisa finca seus alicerces. Isto se refere a acidentes causados a milhares de usuários de produtos de consumo devido, acima de tudo, a pouca atenção aos fatores de segurança e usabilidade durante o desenvolvimento destes. Desta forma o projeto tem como objetivo geral: a proposição de uma estrutura metodológica adequada voltada para sistemas de avaliação de artefatos de consumo, no âmbito da segurança e usabilidade desde sua concepção à sua utilização final.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Walter Jose Botta Filho

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • análise combinatória e termodinâmica computacional no desenvolvimento de ligas de alta entropia para armazenagem de hidrogênio
  • O aquecimento global e as mudanças climáticas devido à atividade humana têm resultado em recomendações de proteção ambiental e controle da poluição em praticamente todos os países desenvolvidos e em desenvolvimento. O hidrogênio é consensualmente reconhecido como um meio ideal de transporte, conversão e armazenagem de energia dentro do conceito de energia limpa. Um meio seguro de armazenagem de hidrogênio é no estado sólido, através de elementos metálicos formadores de hidretos, que devido a sua alta densidade volumétrica de armazenagem, estabilidade, segurança e facilidade de manuseio se tornam muito atrativos. Dentre os diversos sistemas metálicos que podem armazenar hidrogênio as ligas de alta entropia (LAE), definidas como ligas que possuem pelo menos cinco elementos majoritários e podendo formar soluções sólidas multicomponentes, podem, a princípio absorver uma quantidade de hidrogênio consideravelmente superior aos hidretos de metais convencionais (por ex., até 2,5 átomos de hidrogênio por átomo de metal). Este projeto tem como objetivo desenvolver composições de LAE com propriedades de armazenagem de hidrogênio ou propriedades eletroquímicas otimizadas. Para tanto serão utilizados métodos de análise combinatória e termodinâmica computacional para a escolha e produção de ligas de alta entropia com diferentes características (estrutura da solução sólida, sistemas monofásicos ou polifásicos, presença de fases intermetálicas, etc.) a serem testadas para armazenagem gasosa e eletroquímica de hidrogênio. A metodologia inclui métodos teóricos/computacionais (ThermoCalc, por exemplo) e métodos experimentais de produção de amostras que otimizem o mapeamento de composições em cada sistema de interesse. As técnicas difração de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e de transmissão (MET) serão utilizadas para caracterização estrutural e microestrutural e métodos volumétricos e eletroquímicos, combinados com diversas técnicas de análises térmicas serão realizados para avaliar as propriedades de armazenagem de hidrogênio das ligas estudadas.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Walter José Gomes

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação dos resultados clínicos da substituição valvar aórtica comparando o implante de prótese sem sutura com a cirurgia com prótese convencional. estudo randomizado controlado
  • Objetivo: Avaliar e comparar os efeitos da cirurgia de substituição valvar aórtica entre o implante de prótese sem sutura versus o implante de prótese valvar convencional nos resultados clínicos e nos marcadores pró- e anti-inflamatórios. Desenho do Estudo: Estudo prospectivo, controlado, randomizado e multicêntrico. Método: Serão estudados prospectivamente pacientes portadores de estenose aórtica sintomática com doença coronária associada e randomizados em 2 grupos: Grupo convencional (n=24) – implante de prótese valvar convencional; Grupo sem sutura (n=24) – implante de prótese sem sutura. Os resultados clínicos serão avaliados pela incidência de eventos adversos graves: morte, deterioração estrutural, trombose, embolia, sangramento, endocardite, plaquetopenia, hemólise clinicamente significativa e disfunção não estrutural (incluindo vazamento periprotético e intraprotético), baixo débito cardíaco, sangramento, tempo de intubação orotraqueal, função renal, tempo de permanência na UTI e hospitalar no PO. Serão coletadas amostras sanguíneas periféricas no pré-operatório, ao final cirurgia (após fechamento da pele) e 12 horas de PO, procedendo-se à dosagem sérica de interleucinas (IL) 1, IL6, IL 8, IL10 e TNFα. A função pulmonar será realizada em todos os pacientes, com os valores da capacidade vital forçada e volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1) avaliados beira-leito nos pré e pós-operatórios (1º 3° e 5° dias). A capacidade funcional será avaliada utilizando o teste de caminhada de 6 minutos no pré e pós-operatório. Todos os pacientes serão acompanhados até 6 meses com exame clínico, avaliação da classe funcional NYHA, ecocardiografia transtorácica e exames bioquímicos. Os eventos adversos serão divididos em complicações precoces (até 30 dias de pós-operatório) e tardias (após 30 dias). Todos os avaliadores serão cegos à randomização dos indivíduos.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022