Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Aluísio Jardim Dornellas de Barros

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • pesquisa epidemiológica baseada na internet: avaliação do perfil de saúde e de estratégias de pesquisa em um estudo longitudinal através da plataforma coortesnaweb
  • Introdução: As pesquisas epidemiológicas sempre contribuíram para importantes achados na área de saúde. Para traduzir tais achados em políticas públicas, é importante conduzir pesquisas epidemiológicas com alto rigor metodológico em vista de maximizar sua validade. Um fator que pode comprometer a validade desses estudos é o constante declínio nas taxas de resposta, o qual é influenciado por diversos fatores, entre eles o método de coleta de dados. Com o aumento do acesso à internet no Brasil, conduzir pesquisas epidemiológicas através da internet se mostra uma boa alternativa. A plataforma coortesnaweb foi desenvolvida com o objetivo de acompanhar longitudinalmente pela internet o perfil de saúde dos participantes da coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas. Depois de seis meses, a taxa de resposta média foi superior a 50,0%. Apesar disso, a taxa de resposta para os questionários iniciais foi muito superior àquelas dos questionários aplicados no final do estudo. Dessa forma, novos desafios surgiram com relação à retenção e motivação desses participantes ao longo de todo o período do estudo. Objetivo: Expandir a plataforma coortesnaweb para atrair novos participantes através de métodos de recrutamento online e off-line, e integrar novos questionários interativos, componentes de gamificação, novas alternativas de lembretes e incentivos para manter os participantes motivados para responder os questionários em um estudo longitudinal conduzido através da internet. Métodos: Um aplicativo móvel será desenvolvido para estreitar a comunicação entre a plataforma coortesnaweb e seus usuários. Este aplicativo deverá ter acesso aos recursos visuais, sonoros e de sensores dos dispositivos móveis com o propósito de coletar dados de forma interativa, visando aumentar a motivação dos participantes. Além disso, elementos de gamificação serão adicionados à plataforma. Novos membros da coorte de nascimentos de 1993 de Pelotas serão convidados a se cadastrar na plataforma através de contatos feitos por meios online (e-mail e mídias sociais) e off-line (telefone, correio). Ao longo de seis meses, questionários eletrônicos serão liberados e os participantes convidados a responder. A taxa de resposta de cada questionário será calculada para avaliar a participação dos indivíduos.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aluiza Alves de Araújo

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • descrição do português oral culto de fortaleza - porcufort (fase ii): uma pesquisa em tempo real
  • Esta pesquisa se embasa na Sociolinguística Variacionista e propõe a construção de uma nova amostra de linguagem falada e culta que comporá a fase II do Projeto Descrição do português oral culto de Fortaleza – PORCUFORT (FASE II): uma pesquisa em tempo real, partindo da mesma estratificação social do projeto PORCUFORT – fase I, que é a seguinte: sexo (masculino e feminino), faixa etária (22 a 35 anos; 36 a 55 anos e 56 anos em diante) e tipo de registro (Diálogo entre Informante e Documentador – DID; Diálogo entre Dois Documentadores – D2 e Elocução Formal - EF). Ao todo, entrevistaremos 90 informantes que serão distribuídos da seguinte forma: 45 pessoas do sexo masculino e 45 do sexo feminino, 30 falantes em cada faixa etária e 30 em cada tipo de registro. A construção da nova amostra do PORCUFORT possibilitará, aos pesquisadores, a descrição e análise, em tempo real e em tempo aparente, de diversos fenômenos linguísticos nos diferentes níveis da variedade culta e falada em Fortaleza-CE. Ademais, a realização desta pesquisa fornecerá condições para a formação de novos pesquisadores.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alvaro Eduardo Eiras

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação da supressão de adultos de aedes aegypti por armadilhas e monitoramento em tempo real no controle integrado do vetor.
  • Como a maioria das ferramentas de controle dos vetores da dengue, Chikungunya e Zika vírus disponíveis atualmente apresentam eficácia limitada, há necessidade do desenvolvimento e avaliação de novas estratégias de controle que devem ser ambientalmente corretas, seguras, eficazes, com boa relação custo-benefício e aceitas pela população (TDR/WHO 2007). Entre os métodos preconizados pelo Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD), o controle físico busca a remoção de criadouros do vetor nos imóveis e é focado no combate de formas imaturas, não apresenta resultados satisfatórios uma vez que a população de mosquitos em campo é capaz de restabelecer em apenas 30 dias. Assim, a remoção de criadouros elimina somente as formas imaturas, mantendo os adultos do vetor. Os adultos por sua vez, após o repasto sanguíneo procuram criadouros para a deposição de ovos ou dispersam para áreas vizinha que possuem criadouros disponíveis. Portanto, o controle de adultos, após a remoção de criadouros é fundamental para evitar o restabelecimento da população e evitar a dispersão para outras áreas. O grupo de pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) possui experiência no desenvolvimento de produtos e tecnologias para o monitoramento e controle do vetor da dengue desde 2001. Por meio da Coordenação de Transferência e Inovação Tecnológica (CT&IT) da UFMG, seis depósitos de pedidos de patentes e três cartas de patentes de novas tecnologias de combate ao vetor Aedees aegypti foram realizadas. Todas as tecnologias foram desenvolvidas e avaliadas por meio de recursos da FINEP, CNPq, DECIT, FAPEMIG, FAPESP, SEBRAE, UNESCO e SVS-MS. Em 2009, o grupo da UFMG avaliou a metodologia de supressão de adultos para o controle do Ae. aegypti em Manaus (AM) com armadilhas BG-Sentinel (BGS). Os resultados do monitoramento do vetor demonstraram que a supressão de adultos reduziu a abundância de fêmeas Ae. aegypti nos primeiros cinco meses estação chuvosa (Degener et al. 2014). Infelizmente, a armadilha BGS é produzida na Alemanha pela empresa BioGents, e o seu custo é muito elevado (aprox. US$ 180,00), inviabilizando o seu uso no país. Posteriormente, em 2014, o grupo avaliou uma nova estratégia para redução da população do vetor Ae. aegypti, por meio de supressão de adultos com armadilhas BG-Mosquitito em Sete Lagoas (MG) em uma área com alta infestação, identificada por um sistema de monitoramento em tempo real. Os resultados demonstraram que após a colocação das armadilhas nos imóveis, houve uma redução significativa de fêmeas Ae. aegypti em relação à área controle (sem armadilhas). A armadilha Mosquitito, também produzida pela BioGents (Alemanha) e o seu custo é de aproximadamente US$ 80,00, inviabilizando também o seu uso no país devido as taxas de importação, transporte e impostos. Em 2012, o grupo desenvolveu uma nova armadilha para captura de fêmeas adultas de Ae. aegypti na parceria UFMG-JCU (Austrália) (Eiras et al. 2014, Ritchie et al. 2014, Hering et al. 2016). O princípio de funcionamento e de captura da nova armadilha GAT (Gravid Aedes Trap) baseia-se na atração de grávidas de Ae. aegypti por meio de estímulos visuais. Em 2016, o grupo da UFMG avaliou o uso da armadilha BIO-GAT como ferramenta de controle (supressão populacional) de adultos de Ae. aegypti no município de Piumhi (MG), por meio de recursos do CNPq-DECIT (Edital MCTI/CNPq/MS-SCTIE Nº 040/2012 - Pesquisa em Doenças Negligenciadas, Nº Processo: 404211/2012-7). Foram instaladas duas armadilhas por residências em nove quarteirões (250 imóveis e aprox. 500 armadilhas). Os resultados demonstraram que após a instalação das armadilhas, a população de adultos de Aedes reduziu significativamente, quando comparada com a área que não utilizou a armadilha Bio-GAT. Portanto, temos evidências que a armadilha Bio-GAT apresenta um grande potencial no controle do vetor da Zika, uma vez que o custo desta armadilha é inferior, pois não utiliza eletricidade (aproximadamente US$20,00). Baseado nos resultados do experimento em Piumhi (MG), elaboramos a presente proposta onde o OBJETIVO é avaliar a metodologia de supressão populacional por armadilhas (Bio-GAT) e a tecnologia de monitoramento de adultos em tempo real como ferramentas no controle integrado do vetor. Temos como OBJETIVOS ESPECÍFICOS: (1) Monitorar população de adulto de Ae. aegypti em tempo real; (2) Monitorar a circulação dos vírus dengue, Chikungunya e Zika em mosquitos capturados nas armadilhas; (3) Realizar a supressão de adultos de Ae aegypti com a armadilha Bio-GAT em municípios pilotos; (4) Avaliar e integrar o uso de repelente de oviposição em criadouros permanentes; (5) Avaliar o custo-benefício do metodologia do controle integrado do vetor nos municípios pilotos e (6) Desenvolver modelos matemáticos a partir dos resultados. A proposta tem como colaboradores pesquisadores brasileiros com grande experiência em controle do vetor da dengue (MS-FUNASA, UFPA), desenvolvimento de modelagem matemática (USP, IOC-FIOCRUZ, CEFET) e avaliação do custo-benefício da metodologia em comparação com a utilizada pelo PNCD. Temos também como colaboradores estrangeiros com experiência no controle da dengue (Austrália e USA) e no desenvolvimento de modelos matemáticos para geração de dados que corroborem nossos objetivos (USA). A proposta atual é inédita, abrange a inovação, a criatividade, a escalabilidade rápida e atende à necessidade de desenvolvimento de novas metodologias para o controle do vetor Ae. aegypti. A incorporação dessas tecnologias nos programas de combate aos vetores em áreas urbanas do país poderá contribuir para o aprimoramento da vigilância entomológica e epidemiológica e no controle racional do vetor de dengue no Brasil e em diversos países onde ocorrem epidemias recorrentes de Zika vírus.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 10/10/2016-30/09/2021
Foto de perfil

Álvaro Luiz Fazenda

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • computação em nuvem para a big-data em cidades inteligentes
  • O conceito de Cidades Inteligentes (Smart Cities) consiste no emprego de modernas técnicas de diversas áreas, em especial da Tecnologia da Informação e Comunicação, Engenharia Ambiental e Sanitária, Arquitetura, Urbanismo, Saúde, entre outros, para solucionar os principais desafios relacionados à melhoria da qualidade de vida e nas condições sócio-econômicas da vida cotidiana nas cidades. Para lidar com estes desafios, é necessário tratar de diferentes maneiras uma quantidade significativa de dados que podem ser obtidos das mais diversas formas, através de sensores que os coletam a partir de dispositivos baseados em Internet das coisas (IoT - Internet of Things). A velocidade, volume e variedade de dados passível de ser comumente coletado em ambientes urbanos é considerado grande demais para ser analisado por sistemas tradicionais, necessitando de técnicas de processamento e armazenamento de Big Data e, consequentemente, ser tratado por métodos especificamente desenvolvidos para este finalidade. Métodos para se lidar com big-data demandam, normalmente, arquiteturas computacionais com grande poder computacional, com diversas máquinas acopladas, grande quantidade de memória e de armazenamento, tal como a computação em nuvem (Cloud Computing). Neste projeto, planeja-se portar a plataforma InterSCity (Software livre desenvolvido e mantido pelo IME/USP como um framework para suporte a projetos em cidades inteligentes) para utilização da plataforma AWS (Amazon Web Services), desenvolvendo novas funcionalidades que permitam melhorar a usabilidade do sistema, disponibilidade e desempenho computacional em tarefas que envolvam a descoberta, interpretação e comunicação de padrões significativos nos dados (data analytics), incluindo métodos de aprendizagem de máquina. Além da plataforma InterSCity, também planeja-se executar o InterSCSimulator (simulador de cidades inteligentes também de código aberto e desenvolvido e mantido pelo IME/USP) no AWS para a geração de dados de testes dos novos serviços que serão desenvolvidos na plataforma InterSCity. O InterSCSimulator é capaz de simular um dia inteiro de uma grande cidade como São Paulo, porém isso demanda um alto poder computacional, o que torna o AWS um ambiente ideal para a execução de simulações de larga escala.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 14/09/2020-30/09/2022
Foto de perfil

Álvaro Luiz Moreira Hypolito

Ciências Humanas

Educação
  • trabalho docente, currículo e gestão
  • O objeto deste estudo é abranger três dimensões articuladas, a saber – Trabalho Docente, Currículo e Gestão, no sentido de compreender como as políticas curriculares afetam e são afetadas pelos modelos gerencialistas e quais seus efeitos sobre o trabalho docente. A ideia é capturar essas relações a partir de estudos sobre a BNCC e sua introdução na rede municipal de ensino; da análise dos modelos de gestão articulados na política educativa nacional e local, assim como efeitos dessas políticas sobre o trabalho docente – por meio da análise de projetos de plano de carreira e políticas de formação, e também a partir de dados produzidos e não analisados em outra investigação.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alvaro Luiz Neuenfeldt Júnior

Engenharias

Engenharia de Produção
  • uma estrutura de mineração de dados de seleção de heurísticas para o problema de empacotamento bidimensional retangular em faixas
  • Para problemas de otimização combinatória, o teorema “No-Free-Lunch” pressupõe que nenhum algoritmo é capaz de resolver de maneira eficiente todas as combinações de características (instância do problema) observadas. Assim, a definição de qual algoritmo melhor se ajusta as características para um problema é uma das tarefas mais complexas no contexto dos problemas de otimização combinatória. Por se tratar de um problema que envolve a combinação de uma série de variantes para a tomada de decisão, uma das formas mais práticas e úteis para tratar/resolver o problema de seleção de algoritmos é com o uso de técnicas de mineração de dados supervisionadas para a busca de padrões entre as variáveis explicativas do problema e as diferentes opções de algoritmos disponibilizados. Inserido neste contexto, o presente projeto tem por objetivo ajustar um modelo de classificação de algoritmos capaz de selecionar, com acurácia, a melhor opção de heurística de acordo com as características de cada instância do problema. O problema de empacotamento bidimensional retangular em faixas foi escolhido para testar a capacidade da metodologia proposta por ser um problema que possui uma ampla difusão no ramo industrial, em especial para o corte de chapas metálicas e tecidos.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Álvaro Nunes Larangeira

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • a gênese do jornalismo operário feminino no brasil
  • O projeto, tendo por base a exposição da exiguidade de estudos acerca das publicações operárias pela historiografia jornalística no período nascente do gênero, correspondente aos anos 1880-1920, reivindica um lugar próprio dentro da literatura da imprensa operária para o protagonismo feminino. A atividade jornalística desempenhada por mulheres é subalterna inclusive nos raros compêndios do periodismo operário-sindical e eventualmente representada em trabalhos biográficos em áreas afins ao jornalismo, corroborando com o propósito da presente pesquisa de cristalizar, no âmbito do campo da comunicação, uma memória da gênese da participação feminina na imprensa operária brasileira.
  • Universidade Tuiuti do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Álvaro Silva Lima

Engenharias

Engenharia Química
  • utilização de líquidos iônicos na remoção e identificação de pesticidas contidos em matrizes vegetais alimentares
  • O presente projeto visa a utilização de líquidos iônicos de toxicidade desprezível (baseados em colinas) no processo de remoção de pesticidas de matrizes alimentares vegetais (MAV) como alface, tomate e uva, bem como o emprego de líquidos iônicos baseados em glicina-betaína na remoção de pesticidas de soluções extratoras convencionais de eliminação destes compostos de MAV e por fim seu emprego na melhoria da detecção de pesticidas em alimentos. Para tanto serão sintetizados líquidos iônicos a base de colina e avaliados quanto a citotoxicidade, além de sintetizar líquidos iônicos a base de glicina-betaína. Os líquidos iônicos assim obtidos serão empregados nos processos de extração. Serão também estudados a adsorção dos pesticidas utilizando suportes formados por resíduos agroindustriais como casca de camarão (quintina) e sabugo de milho (material lignocelulósico). Todos os processos baseiam-se em alternativas amigáveis com o meio ambiente. O projeto é uma parceria de um conjunto de pesquisadores do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (incluso alunos de doutorado e iniciação científica) com universidades nacionais (Universidade de Sorocaba) e internacionais (Universitet Reims, Franca e Universidade de Aveiro, Portugal).
  • Instituto de Tecnologia e Pesquisa - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alyne Toscano Martins

Engenharias

Engenharia de Produção
  • estudo do problema de dimensionamento e sequenciamento de lotes com limpezas temporais
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alysson Luiz Stege

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • os efeitos do capital humano no crescimento da agropecuária nas microrregiões brasileiras entre os anos de 1980 a 2017
  • O crescimento econômico é perseguido tanto por países desenvolvidos quanto por países em desenvolvimento. Pode-se dividir em três os fatores que levam ao crescimento econômico: estoque de capital, estoque de capital humano e as mudanças tecnológicas. Existe uma lacuna na literatura nacional de trabalhos que analisam o papel do capital humano no crescimento econômico para setores específicos, em especial para setor agropecuário brasileiro. Neste contexto, a presente pesquisa analisa a contribuição do capital humano no crescimento da agropecuária brasileira para as microrregiões brasileiras entre os anos de 1980 a 2017, considerando o espaço na análise, isto é, utilizando modelos econométricos de dados em painel espacial.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022