Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Inaian Pignatti Teixeira

Ciências Humanas

Educação
  • ano científico - passos/mg
  • Este projeto tem o intuito de difundir e estimular o pensamento e o método científico entre os jovens dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio de Passos. Participam dessa proposta, representantes da Universidade do Estado de Minas Gerais, Secretaria Municipal de Passos e Superintendência Regional de Ensino de Passos. Para atingir os objetivos supracitados, estão previstas diversas ações, que culminarão com uma Feira de Ciências Municipal, no final de 2022. Visando multiplicar a “cultura científica” na cidade de Passos, pretende-se realizar, primeiro semestre de 2022, capacitações e aprimoramento de professores do 6 o ano ao 3o ano do ensino médio, da rede pública e privada, sobre ciência, contemplando tanto conceitos básicos, até um passo a passo para aplicação do método científico. Após o período de capacitação dos professores, estão previstos três eventos, sendo: 1) divulgação dos resultados parciais dos trabalhos em desenvolvimento 2) realização de feira de ciências em cada escola que aderir ao projeto e 3) Feira de Ciências Municipal. Os objetivos das feiras dentro das próprias escolas é garantir que todos possam apresentar o processo E os resultados do trabalho científico desenvolvido e para serem selecionados os destaques científicos que representarão a escola na Feira de Ciência Municipal. Destaca-se que a proposta do Ano Científico - Passos/MG vai além de uma “simples” mostra científica. O objetivo é desenvolver, juntamente aos alunos, um produto final, para a feira, que represente todo um processo de construção do conhecimento através do método científico, iniciando pela formulação do problema de pesquisa, criação de hipóteses, objetivos, implementação da pesquisa experimental, divulgação e reflexão das limitações e pontos fortes do trabalho.
  • Universidade do Estado de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 10/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Inajara Rotta

Ciências da Saúde

Farmácia
  • efetividade das estratégias de postergação do início da atividade sexual de adolescentes na prevenção da gravidez: uma revisão sistemática.
  • A gravidez na adolescência consiste em um problema de saúde pública prioritário, tendo consequências econômicas, sociais e na saúde da adolescente e do bebê. O Brasil é o quarto país da América Latina com maior número de adolescentes grávidas, e com índices de gestação precoce superiores aos mundiais. Neste contexto, é imprescindível a identificação das intervenções mais efetivas focadas no retardo do início da atividade sexual de adolescentes, as quais devem ser apresentadas aos gestores do Sistema Único de Saúde, a fim de serem inseridas em políticas públicas de prevenção da gravidez na adolescência. Estudos secundários buscaram avaliar a efetividade de distintas estratégias para redução do número de casos de gestação em adolescentes, porém incluíram estudos primários conduzidos em países específicos, restringiram a provisão das intervenções a ambientes específicos, e consideraram intervenções focadas exclusivamente em reforçar a importância dos métodos contraceptivos. Desta forma, será conduzida revisão sistemática, sendo recuperados estudos intervencionais e observacionais analíticos, redigidos em caracteres romanos e publicados a partir de 2010, que tenham avaliado a efetividade de intervenções educativas voltadas a adolescentes, familiares ou profissionais de saúde, com foco na postergação do início da atividade sexual de adolescentes para prevenção da gestação. A busca pelos estudos será realizada nas bases Pubmed, Scopus, PsycINFO, CINAHL Plus, Educational Resources Information Center e LILACS, sendo estas complementadas por buscas manuais. Os resultados serão sintetizados utilizando-se análises estatísticas descritivas, e, a depender da heterogeneidade entre os dados, serão construídas meta-análises. Análises em subgrupos serão realizadas a fim de delinear se diferentes características dos estudos, da população beneficiária e dos componentes das intervenções, podem conduzir a resultados mais ou menos favoráveis.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 06/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Inara Roberta Leal

Ciências Biológicas

Ecologia
  • perturbações antrópicas, mudanças climáticas e processos ecológicos-chave na dinâmica de regeneração da floresta seca da caatinga
  • O objetivo geral desta proposta é investigar como perturbações antrópicas agudas (agricultura de corte-e-queima) e crônicas (criação de caprinos, coleta de lenha e de produtos florestais não-madeireiros) e mudanças climáticas afetam determinados grupos biológicos, processos ecológicos-chave e a dinâmica de regeneração da Caatinga. Para alcançar este objetivo, a proposta tem cinco módulos operacionais: (1) mecanismos de regeneração (i.e. chuva e banco de sementes, banco de plântulas e rebrotas) da assembleia de plantas, (2) padrões e mecanismos causais do processo de arbustização da vegetação, (3) assembleias de grupos animais selecionados (formigas, abelhas, borboletas e besouros) e sua provisão de serviços ecossistêmicos, (4) mecanismos causais da proliferação de formigas cortadeiras e seus efeitos na regeneração da vegetação e nos estoques e ciclagem de nutrientes e (5) sínteses sobre os efeitos de perturbações antrópicas em florestas secas em diferentes escalas espaciais e níveis de organização ecológica. A proposta é suportada por (1) uma rede de pesquisadores nacionais e internacionais os quais tem um longo histórico de colaboração, (2) participação de um conjunto grande de estudantes (atualmente 28 estudantes estão envolvidos) e (3) pela disponibilidade de recursos financeiros oriundos de outros editais. Como produtos, esperamos (1) a publicação de pelo menos 30 artigos científicos em revistas internacionais de boa circulação, (2) a formação de pelo menos 20 mestres e doutores em ecologia e biologia da conservação, (3) a expansão de parcerias científicas nacionais e internacionais e (4) a transferência de informações para a sociedade sobre sustentabilidade/vulnerabilidade das floresta secas às mudanças globais através de vários instrumentos (artigos de divulgação, mídia social, workshops) de forma a contribuir para a construção de políticas públicas apropriadas. Assim, a presente proposta atende todos os requisitos de excelência/impacto exigidos no edital.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Inês Ferreira de Souza Bragança

Ciências Humanas

Educação
  • experiências instituintes de formação docente, uma abordagem narrativa (auto)biográfica: diálogos latino-americanos
  • Pesquisas nacionais e internacionais apontam para a importância da formação centrada na escola, a valorização dos saberes docentes, memórias e narrativas. O Brasil e outros países da América Latina registram experiências instituintes de formação que são, muitas vezes, “desperdiçadas”, invisibilizadas. O projeto em tela tem como objetivo inventariar, caracterizar e publicizar concepções e práticas instituintes de formação docente, fundamentadas em abordagens narrativas e (auto)biográficas, no âmbito da formação inicial e continuada, no Brasil e na América Latina. Tomamos como instituintes experiências de formação docente, envolvendo escolas e universidades, em que teorias, práticas, políticas e estéticas indicam modos outros de produzir conhecimentos. A perspectiva teórico-metodológica da pesquisa ancora-se na “pesquisaformação” pelo compromisso de favorecer espaços-tempos de produção de conhecimentos e de formação, reverberando em ações nas instituições envolvidas. O projeto propõe a realização de uma pesquisa em rede, com pesquisadores nacionais, internacionais e colaboradores de diferentes regiões brasileiras, tematizando as seguintes questões de estudo: quais os delineamentos, princípios e características das experiências instituintes de formação inicial e continuada de professoras/es, fundamentadas em abordagens narrativas e (auto)biográficas, no Brasil e na América Latina? Como se dá o entrelaçamento entre práticas, memórias e políticas da formação docente nas experiências inventariadas? Como as experiências instituintes de formação docente podem potencializar concepções e práticas no Brasil e na América Latina? A pesquisa inclui as seguintes etapas de desenvolvimento: 1) revisão e estudo da literatura; 2) inventário e caracterização das experiências de formação docente; 3) desenvolvimento de práticas de pesquisaformação narrativa (auto)biográfica nas instituições participantes da pesquisa e 4) partilha, socialização e publicização das experiências.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Inês Rugani Ribeiro de Castro

Ciências da Saúde

Nutrição
  • avaliação psicométrica de instrumento de aferição de autonomia culinária: validade dimensional
  • A culinária doméstica é uma prioridade na agenda de promoção da alimentação adequada e saudável no Brasil. Pouco investigada, ela vinha sendo compreendida por meio de abordagens pouco capazes de oferecer elementos de sua complexidade. Para superar esta lacuna de conhecimento, os proponentes do projeto conceberam um modelo teórico pioneiro sobre autonomia culinária e deram início à elaboração de um instrumento para a captação do construto. Essa ferramenta de aferição abarca itens referentes aos níveis do agente (habilidades culinárias e atitude estratégica), do microssistema (compartilhamento das atividades culinárias e cozinha com infraestrutura básica) e do mesossistema (disponibilidade de alimentos). Com a primeira fase do processo de desenvolvimento já em conclusão (fase prototípica), o passo seguinte– e cerne do presente projeto– diz respeito à execução da primeira etapa da fase de avaliação psicométrica. Esta consiste no exame da validade dimensional interna do novo instrumento, na qual se examinam as estruturas configural, métrica e escalar. Para produção da base empírica, a população de estudo consistirá em trabalhadores das universidades envolvidas no projeto: UERJ, UFRJ, UFAM e UFS. Prevê-se uma amostra aleatória de 1200 trabalhadores, estratificada por escolaridade e idade, de forma a garantir a heterogeneidade desejável para uma satisfatória avaliação do desempenho do instrumento. As avaliações da estrutura interna envolverão modelos de análises multivariadas, a saber, de componentes principais, de equação estrutural exploratória, fatorial confirmatória, e de teoria de resposta ao item. Também será realizada uma coleta de dados visando subsidiar a segunda etapa da avaliação psicométrica, de validação de construto externa. Dispor de um instrumento que capte o construto de autonomia culinária e que seja validado por meio de um processo robusto oportunizará a realização de estudos sobre o tema que sejam acurados e comparáveis.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ines Signorini

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • abordagens técnico-científicas e pedagógicas de corpora linguísticos no ensino da escrita acadêmico-científica em português l1
  • Este projeto visa a contribuir para o uso qualificado de corpora linguísticos, tanto de expert quanto de aprendiz, enquanto recursos técnico-científicos e pedagógicos de interesse para o ensino da escrita acadêmico-científica em língua portuguesa como L1, em cursos de graduação e pós-graduação, frente aos desafios trazidos pela heterogeneidade crescente do perfil do alunado da universidade pública brasileira e pelas demandas de aceleração e aprimoramento da aprendizagem no período pós-pandêmico. Para isso, será desenvolvido em dois eixos inter-relacionados: a) o de elaboração de um sistema de gerenciamento e acesso a um corpus de aprendiz, composto de produções escritas, produzidas desde 2011 por ingressantes de um programa institucional de inclusão social da Unicamp; e b) o de exploração desse corpus e de outros corpora de expert e de aprendiz em pesquisas de base empírica que focalizam dados quantitativos e qualitativos relacionados a processos de ensino da escrita acadêmico-científica nos diferentes contextos institucionais envolvidos no projeto. Embora o ensino da escrita acadêmico-científica em língua inglesa como L2, associado ao uso de corpora linguísticos, já seja bastante discutido em Linguística Aplicada, são ainda incipientes nesta área os estudos relacionados ao ensino da escrita acadêmico-científica em língua portuguesa como L1, associado à exploração de corpora, com destaque para corpora de aprendiz, como aqui proposto. Além disso, a construção de repositórios de dados inter-institucionais, como é o caso deste projeto, contribui para inclusão da área no contexto da ciência aberta. O ensino da escrita acadêmica numa perspectiva mais ampla que a da tradição escolar de ensino de "redação" contribui para o desenvolvimento da educação científica nos estudos linguísticos e se contrapõe ao discurso do déficit da tradição grafocêntrica, na medida em que enfatiza a construção de sentidos, identidades, poder e autoridade em contextos específicos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 22/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Iraildes Pereira Assuncao

Ciências Biológicas

Biologia Geral
  • apoio à formação de doutores em áreas estratégica na ufal
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/03/2020-17/03/2025
Foto de perfil

Iram Jácome Rodrigues

Ciências Humanas

Sociologia
  • a condição operária revisitada: os trabalhadores da indústria automotiva paulista no início do século xxi
  • Os metalúrgicos vinculados à indústria automobilística se constituíram, a partir da década de 1950, na representação máxima de uma moderna classe operária: importantes atores políticos que com suas mobilizações impulsionaram as lutas pela redemocratização do país, no final dos anos 1970. Passados quarenta anos de um processo de intensas disputas político-sindicais, ocorreu um arrefecimento da ação trabalhista e os sindicatos enfrentam, hoje, uma crise sem precedentes. Com a desconcentração industrial da década de 1990, fomentada por políticas de incentivo fiscal, pela busca por menor remuneração da força de trabalho e por bases sindicais menos articuladas e sem tradição, resultando em uma dispersão geográfica da indústria, um processo de fragmentação sindical foi acentuado. As novas tecnologias amparadas no trabalho digital e a terceirização foram, também, fatores que impactaram a capacidade de mobilização dos trabalhadores, trazendo desafios e dilemas no que se refere à construção de uma identidade coletiva. Em que pesem as mudanças e desafios apontadas, os metalúrgicos continuam a constituir uma relevante categoria entre trabalhadores fabris. O objetivo desta proposta é recuperar a trajetória desta categoria como forma de entender o que poderíamos chamar de condição operária, apreendendo as mudanças culturais do período, analisando a existência e/ou predomínio de uma racionalidade neoliberal que sobrepõe o indivíduo ao coletivo. O campo da pesquisa terá o Estado de São Paulo como referência por reunir o maior número de montadoras, o maior contingente de trabalhadores do setor e o maior número de sindicatos que representariam este segmento operário. A pesquisa além de discutir a bibliografia nacional e internacional sobre a temática revisitará estudos realizados com este operariado no Estado de São Paulo nos anos 1960, 1980, e início dos anos 2000, bem como utilizará métodos quantitativos e qualitativos para a caracterização dessa nova classe trabalhadora.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 29/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Irina Nasteva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • upgrade do experimento connie para a detecção de neutrinos do reator angra 2
  • A física de neutrinos é um dos campos mais ativos da física de partículas, com várias questões fundamentais ainda não respondidas. A próxima geração de experimentos está em etapas bem avançadas de seu desenho, com um futuro muito promissor, onde é muito provável que novas descobertas aconteçam. Nos últimos anos, a detecção do espalhamento elástico coerente de neutrinos em núcleos (CENNS) tem ganhado um forte interesse por ser um dos processos, nos quais é possível por um lado observar física além do Modelo Padrão (MP) e por outro permite desenvolver uma nova tecnologia para o monitoramento de usinas nucleares. O Brasil está em posição privilegiada, pois dispõe de um laboratório funcional instalado em um contêiner situado a 30 m do núcleo do reator de Angra 2, condição disponível em poucos países. Um dos experimentos instalados no laboratório é CONNIE (Coherent Neutrino-Nucleus Interaction Experiment) que visa detectar pela primeira vez a interação coerente dos antineutrinos de reactor nuclear utilizando detectores CCD (Charge-Coupled Devices) de silício e colocar limites em interações de neutrinos além do MP. O experimento CONNIE tomou dados no período 2016-2020 com um conjunto de 14 CCDs com um limiar de detecção de 50 eV. Com estes dados foi possível colocar os limites mundiais mais restritivos para modelos de nova física a baixas energias. Com o intuito de baixar ainda mais o limiar de detecção, uma nova tecnologia está sendo desenvolvida, os Skipper-CCDs. Estamos planejando a instalação destes sensores no experimento CONNIE nos próximos anos e para isso estamos desenvolvendo uma bancada de teste de CCDs no laboratório LAPE-UFRJ. Com o atual projeto, completaremos a instalação da bancada de teste, em particular por meio da aquisição e instalação de um sistema de criogenia de circuito fechado, necessário para poder operar os CCDs a baixas temperaturas. Com esta bancada seremos capazes de caracterizar e otimizar os parâmetros de funcionamento de cada sensor.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Irineu de Brito Junior

Engenharias

Engenharia de Produção
  • compras em pânico e acumulação em períodos de crises e o impacto nas cadeias de suprimentos.
  • A compra de pânico e a acumulação de produtos expressam comportamentos humanos comuns em tempos de crise. No início da crise pandêmica da COVID-19, o papel higiênico foi um dos casos emblemáticos de compra em pânico, onde pessoas se dirigiram aos supermercados e adquiriram e acumularam mais produtos do que suas necessidades para o período. Neste projeto, o objetivo é avaliar os impactos desse comportamento e propor medidas de mitigação ao longo das cadeias de abastecimento. Esses comportamentos são reações instintivas e uma resposta humana comum, não causada pela falta efetiva, mas simplesmente pelo medo de ficar sem suprimentos. Quando a população é informada de uma possível escassez, passa a comprar em pânico mais do que necessita e a acumular estoques de segurança para enfrentar o risco de futura escassez, o que pode gerar desabastecimento. No início da pandemia de Covid 19, em todo o país, consumidores se dirigiram aos supermercados e adquiriram grandes quantidades de itens relacionados à alimentação, à higiene e à limpeza. Um caso extremo foi observado em fabricantes de urnas funerárias, onde a demanda de pedidos em muito ultrapassou a quantidade e a previsão de óbitos. Até então, um comportamento dessa magnitude não havia sido detectado no país, exceto quando relacionado a combustíveis. Com base nesse comportamento, utilizando-se bancos de dados já disponíveis e dados de associações de classe, a questão de pesquisa é analisar os fatores que podem gerar um comportamento de compra de pânico e acumulação e os impactos deste comportamento nas cadeias de suprimentos. A partir desses bancos de dados contendo dados de vendas de varejistas, análises estatísticas, como testes paramétricos e não paramétricos, análise de regressão, de agrupamento de dados, além de plotagens em sistemas de informações geográficas, ferramentas de dinâmica de sistemas suportam a análise de comportamento e o impacto nas cadeias de suprimentos.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Irineu dos Santos Yassuda

Ciências Humanas

Filosofia
  • com ciência
  • O projeto "Com Ciência" é uma proposta de continuidade do trabalho do projeto “IFSP com Ciência na Escola”, processo n° 439908/2018-3 do CNPq. O cronograma foi repensado em relação ao projeto anterior: o evento de feira de ciência e mostra científica (FCMC) ocorrerá no primeiro semestre de 2021. A FCMC continuará sendo divulgada por via postal às escolas e via internet nas páginas do IFSP, Facebook e Youtube. A vantagem de acontecer no primeiro semestre é que todo ciclo de eventos pode ser concluído no mesmo ano letivo e fiscal, podendo ser repetido no ano seguinte. O projeto apresenta um conjunto de ações em prol da divulgação da ciência e tecnologia, tais como: palestra, mesa redonda, FCMC e iniciação científica júnior (ICJ). A FCMC tem como finalidade despertar o interesse por professores e estudantes, nos temas de trabalhos científicos, permitindo do primeiro contato com a pesquisa bibliográfica, materiais e métodos, a ligação entre a teoria e prática, possibilitando melhor assimilação de conceitos científicos. A ICJ é uma oportunidade para integração entre alunos, professores e pesquisadores, assim como escola e instituições acadêmicas e de pesquisa. Assim, fecha-se o ciclo de eventos, que poderá dar início de sucessivos eventos para divulgação da ciência.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 13/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Iris Callado Sanches

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos do treinamento físico na modulação autonômica cardiovascular e na microbiota intestinal de camundongos obesos: papel do nervo vago
  • Evidências demonstram existir uma relação entre microbiota intestinal e tecido adiposo. De fato, a disbiose parece contribuir para o agravamento do estado pró-inflamatório na obesidade. O eixo cérebro-intestino-microbiota é mediado pelo nervo vago, e a ativação vagal está reduzida sobre o sistema cardiovascular e gastrointestinal durante a obesidade. Por outro lado, o treinamento físico (TF) aeróbio promove alterações benéficas na microbiota intestinal, bem como o aumento da modulação vagal sobre o sistema cardiovascular. Apesar disto, não está claro se o mecanismo pelo qual o TF atua sob a microbiota intestinal tem participação do nervo vago. Desta forma, o objetivo do presente estudo será avaliar a participação do nervo vago nos efeitos do treinamento físico sobre parâmetros metabólicos, modulação autonômica cardiovascular e na microbiota intestinal em camundongos obesos. A hipótese deste projeto é que o nervo vago é mecanismo pelo qual o treinamento físico melhora a microbiota intestinal na obesidade. Para testar essa hipótese, foram criados 3 subprojetos (SP) com objetivos específicos: SP1- Correlacionar os efeitos do treinamento físico entre a modulação autonômica cardiovascular e a microbiota intestinal em camundongos obesos; SP2- Testar se os efeitos do treinamento físico na microbiota intestinal ocorrem na mesma magnitude em animais vagotomizados; SP3- Avaliar se o estímulo vagal, através do fármaco galantamina, potencializa os efeitos do treinamento físico na microbiota intestinal. Espera-se que os resultados deste projeto possam contribuir para o melhor entendimento do potencial terapêutico do treinamento físico em doenças inflamatórias e neurodegenerativas, tendo em vista a relação bidirecional do eixo cérebro-intestino-microbiota.
  • Instituto Ânima SOCIESC de Inovação - MG - Brasil
  • 24/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Irlen Antônio Gonçalves

Ciências Humanas

Educação
  • educação e formação do trabalhador: políticas públicas de intervenção na sociedade (1891-1920)
  • A proposta, de maneira abrangente, centra na compreensão das proposições de políticas públicas para o ensino profissional. Especificamente, o interesse se volta para o discurso político dos legisladores, entendidos como discurso de intervenção na sociedade, uma vez ser produzido por sujeitos representantes legítimos da população, responsáveis pela produção de leis que incidirão na vida das pessoas. Assim, o nosso objetivo é captar, nessas políticas como foram produzidas as representações de trabalhador, de trabalho, de cidadania, de sociedade, etc., nos seus aspectos determinantes da legitimação de um ideário educativo modernizador, sobretudo, sob a perspectiva daqueles que ocuparam os espaços do legislativo. O recorte temporal inicia-se em 1891, quando ocorreu o primeiro trâmite de reforma do ensino no período republicano, que incluía o ensino profissional, em Minas Gerais, e finaliza em 1920, quando o ensino profissional assumiu novos contornos quanto à sua forma de organização, passando a ser ensino complementar ao primário. As fontes contempladas são os anais do Congresso Legislativo, relatório e sinopse dos trabalhos do Senado mineiro, relatório dos trabalhos da Câmara dos Deputados, os jornais e as revistas de circulação no estado. O referencial estará no entrecruzamento da História Política, da História Cultural, notadamente a partir de Serge Berstein e de Roger Chartier, com a História da Educação. Como metodologia propomos uma análise que privilegia os discursos como portadores e constituintes de uma representação de sociedade, de sujeitos, de estratégias, enfim de uma realidade social, inspirada nos referencias da análise do discurso político proposta por Patrick Charaudeau. Para ele, o discurso é considerado como prática de linguagem que medeia a relação entre o homem/mulher e a sua realidade cultural e social constituindo-o e à sua história.
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Irwin Rose Alencar de Menezes

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação pré-clínica e clínica de formulações para uso tópico contendo óleo de pequi para redução da inflamação e incapacidade funcional de animais e mulheres com osteoartrite de joelho
  • As doenças inflamatórias crônicas causam degeneração ou desgaste progressivo e inflamatórios de órgão e tecidos, tanto nas estruturas anatômicas como na sua funcionalidade acometendo severamente o bem-estar físico e social dos indivíduos, bem como a qualidade de vida.Este estudo comtempla uma fase pré-clinica, em que o potencial terapêutico destas formulações será avaliado em modelos animais num estado inflamatório agudo e crônico, seguido de uma fase clínica onde o potencial destas formulações será aferido em seres humanos do sexo feminino com osteoartrite de joelho. Portanto, esse estudo envolve duas fases sendo uma pré-clinica para avaliar o potencial terapêutico em modelos animais em tratamento agudo e crônico, seguido de uma fase clínica em seres humanos do sexo feminino com osteoartrite de joelho. Cabe ressaltar que um primeiro estudo clínico humano ja demonstrou potencial terapêutico satisfatório na melhoria do processo inflamatório em joelhos de ciclistas, por conta deste resultado, foi depositado um pedido de patente (PI09247858/BR1020190240423) que está em negociação com empresa do setor farmacêutico. Serão desenvolvidos sistemas nanoparticulados com reologia adequada, de custo reduzido e baixo potencial de irritação cutânea de forma a facilitar a aplicação e absorção cutânea, otimizando assim o potencial farmacológico. Os ensaios pré-clínicos serão realizados em modelo animais que apresentam mobilidade articular reduzida induzida por diferentes agentes químicos que assemelham aos processos de artrite humano. O ensaio clínico controlado, com distribuição aleatória e duplamente encoberto será realizado no hospital universitário da UFS para avaliar o efeito de uma formulação farmacêutica nanoestruturada na dor, inflamação e funcionalidade em mulheres com osteoartrite de joelho. Como principais resultados, espera-se a disponibilização de formulação terapêutica eficaz capaz de maximizar seu potencial terapêutico contra dor e inflamação em humanos e animais.
  • Universidade Regional do Cariri - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isa de Oliveira Rocha

Ciências Humanas

Geografia
  • atlas geográfico de santa catarina: fascículo 4 – infraestrutura e fascículo 5 – panorama econômico
  • Em 1958 foi publicado o primeiro Atlas de Santa Catarina, sob orientação do Prof. Carlos Augusto Figueiredo Monteiro; inspirando o IBGE segundo sua entrevista à Geosul (1991). Após três décadas foi publicado o Atlas de Santa Catarina de 1986 e em 1991 a versão escolar. Em 2013, por meio de parceira entre UDESC e Secretaria do Planejamento, iniciamos a organização e publicação do Atlas Geográfico de Santa Catarina na forma de Fascículos avulsos: 2013 publicou-se o Fascículo 1 – Estado e Território; 2014 o Fascículo 2 – Diversidade da Natureza (cada um com impressão de 5 mil exemplares); 2016 publicou-se a 2a edição na versão e-book dos Fascículos 1 e 2; 2018 e 2019 foram publicadas as 1a e 2a edições do Fascículo 3 – População, 5 mil exemplares impressos e e-book. A presente proposta objetiva organizar, elaborar e publicar o Fascículo 4 – Infraestrutura e o Fascículo 5 – Panorama Econômico. A organização dos fascículos e seus capítulos está alicerçada nos pressupostos teóricos de Geossistema (MONTEIRO, 1996 e 2000) e Formação Sócio-Espacial (SANTOS, 1977) conforme Mamigonian (1999), para alcançar uma visão holística nas análises regionais da Natureza e Sociedade de Santa Catarina. Para cartografia celebrou-se parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina e a elaboração textual dos capítulos resultará de trabalho voluntário de pesquisadores etc. de diferentes instituições. A continuidade da publicação dos Fascículos do Atlas representam a socialização de conhecimento atualizado para 1,3 milhão de alunos da educação básica e superior de Santa Catarina, pois os Fascículos são disponibilizados (formato impresso e e-book) gratuitamente para escolas e universidades. Igualmente os novos fascículos constituem importante subsídio de dados e análises ao planejamento e gestão, tanto para o setor privado quanto governamental; destaca-se que a elaboração de mapas e análises incorporarão o contexto pós Pandemia COVID-19.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isabel Alves dos Santos

Ciências Biológicas

Zoologia
  • abelhas polinizadoras de espécies frutíferas de myrtaceae
  • Os serviços ecossistêmicos prestados pelos polinizadores beneficiam diretamente a humanidade com alimentos, produtos medicinais, além de manter a variabilidade genética de populações de plantas nativas que sustentam a biodiversidade e demais funções ecossistêmicas. No Brasil, os serviços de polinização ganham valores econômicos próximos de 12 bilhões de dólares por ano quando relacionados à produção de alimentos. As abelhas são os principais polinizadores de Angiospermas em áreas de vegetação natural e de cultivos agrícolas. Muitas espécies de Myrtaceae nativas são de importância econômica, seus principais polinizadores são as abelhas, no entanto, poucos trabalhos abordam a efetividade dos polinizadores. Além disso, a maioria dos estudos não registrou as observações dos visitantes florais durante o crepúsculo, o período da antese floral de muitas espécies de Myrtaceae. Como consequência, boa parte das abelhas noturnas e crepusculares deixaram de ser contabilizadas. Algumas espécies de Myrtaceae dependem exclusivamente de polinizadores específicos como abelhas noturnas, mas outras são polinizadas por abelhas diurnas e/ou generalistas. O presente projeto vai estudar a polinização de cinco espécies de Myrtaceae com importância econômica, em área de cultivo, são elas: sete-capotes (Campomanesia guazumifolia), Campomanesia pubescens (gabiroba), Eugenia brasiliensis (grumixama), E. dysenterica (cagaita) e E. pyriformis (uvaia). Essas espécies são empregadas em cultivos regionais e locais, seus frutos são consumidos in natura, mas também são utilizados em sorvetes, doces e bebidas. Nossa proposta de projeto envolve estudos de polinização e de, comunicação planta-polinizador (canais visuais e olfativos), bem como experimentos para aumentar a produção dos frutos e valoração dos serviços ecossistêmicos prestados pelos polinizadores.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/08/2022-31/08/2025
Foto de perfil

Isabel Aparecida da Silva Bonatelli

Ciências Biológicas

Genética
  • características preditoras da história demográfica de táxons neotropicais - uma abordagem comparativa entre biomas úmidos e secos
  • A distribuição geográfica das espécies consiste em uma dimensão fundamental no entendimento de processos evolutivos. Evidências consistentes apontam que as mudanças climáticas do Pleistoceno levaram a alterações na distribuição da biodiversidade em escala global. No entanto, abordagens comparativas sobre os efeitos dessas alterações em espécies adaptadas a diferentes biomas ainda são raras, sobretudo na região Neotropical. Atualmente, esse tipo de abordagem é favorecida pelo aumento excepcional de dados genéticos e georreferenciados em repositórios públicos, oferecendo uma oportunidade de refinamento das inferências propostas para poucas espécies, tornando-as acessíveis a maiores escalas taxonômicas e geográficas. Além disso, o recente uso de modelos preditivos na filogeografia permite a exploração de características biológicas e ambientais capazes de explicar padrões filogeográficos discordantes entre táxons. O presente projeto tem como objetivo avaliar a importância relativa de variáveis ambientais e biológicas na resposta demográfica de táxons neotropicais distribuídos em biomas úmidos ou secos durante o Último Máximo Glacial. Dados genéticos georreferenciados serão testados para diferentes alterações demográficas a partir de modelagem de distribuição das espécies e computação Bayesiana aproximada (ABC). A associação de características abióticas e bióticas com a resposta demográfica será investigada utilizando aprendizagem de máquina. Este trabalho deverá contribuir com discussões sobre o provável compartilhamento de histórias demográficas entre táxons com distribuição geográfica e tolerâncias fisiológicas similares, bem como para identificação de respostas idiossincráticas, táxon-específicas, relacionadas às restrições ecológicas particulares. Por fornecer uma dimensão histórica da biodiversidade neotropical, o trabalho tem potencial para fornecer subsídios para estratégias de conservação e permitir a elaboração de novas hipóteses a serem testadas.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 20/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Isabel Cristina Machado de Lara

Ciências Humanas

Educação
  • aprendizagem em ciências e matemática de estudantes de inclusão da educação básica: implicações a partir da concepção e desenvolvimento de aplicativos de realidade mista
  • Projeto interdisciplinar que aborda duas temáticas presentes nas discussões atuais no âmbito da Educação: Realidade Mista (RM) e Educação Inclusiva (EI). Considerando que o público-alvo da EI engloba uma diversidade de estudantes, delimita-se neste projeto estudantes com paralisia cerebral, transtornos específicos de aprendizagem e deficiência visual da Educação Básica, focando em sua aprendizagem em Ciências e Matemática. A identificação das defasagens e prejuízos na aprendizagem em Ciências e Matemática desses estudantes direcionarão a concepção e desenvolvimento de aplicativos de RM, com o objetivo de analisar as implicações de sua utilização na aprendizagem. Assim, a questão específica é “De que modo a utilização de aplicativos de RM implicam na aprendizagem em Ciências e Matemática de estudantes de inclusão da Educação Básica?” Trata-se de uma questão plausível, pois estudos recentes realizados por membros da equipe evidenciam que quando bem elaboradas, levando em conta as especificidades de cada estudante, intervenções pedagógicas e uso de recursos tecnológicos são capazes de reabilitar habilidades em prejuízo e potencializar já existentes. A RM sobrepõe objetos virtuais em um ambiente predominante real, assim o seu uso como apoio às intervenções se justifica pelo fato de estudos atuais sinalizarem que essa tecnologia motiva os estudantes, ampliando a experiência sensorial e tornando os conteúdos menos abstratos. Assim, pensar na elaboração de aplicativos de RM para esses estudantes pode ter implicações significativas para sua aprendizagem. Os aplicativos serão desenvolvidos envolvendo conteúdos de Ciências e de Matemática da Educação Básica. Os participantes serão selecionados a partir de um rastreamento em escolas públicas e particulares das cidades de Porto Alegre e Pelotas, RS. Metodologicamente, o projeto percorrerá cinco etapas: seleção dos participantes; concepção e desenvolvimento dos aplicativos; estudo piloto; formação de professores; validação.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isabel Maria Sabino de Farias

Ciências Humanas

Educação
  • aprendizagem da docência em contexto de inclusão na educação superior
  • Esta proposta de pesquisa, denominada “Aprendizagem da docência em contexto de inclusão na Educação Superior”, objetiva compreender o processo de aprender a ensinarno decorrer dos primeiros anos da docência universitária em cenário de inclusão de estudantes com deficiênciafísica, visual e auditiva. O problema central da investigação está assim formulado: como professores iniciantes na Educação Superior constituem os conhecimentos profissionais que fundamentam sua profissionalidade em cenário de inclusão de pessoas com deficiência? Essa inquietação atravessa as tensões entre a ausência de formação para a docência, a inclusão e a constituição da profissionalidade nos primeiros anos de exercício profissional na Educação Superior, foco destacado na literatura como demandando estudos. Odesenho metodológico desta proposta, com apoio teórico nos estudos sobre aprendizagem da docência e desenvolvimento profissional docente, encontra suporte nos princípios epistemológicos da abordagem qualitativa, configurando-se como uma pesquisa empírica, apoiada em diversos procedimentos de produção de dados: questionário, entrevista, roda de conversa, observação do contexto, exame de documentos e revisão da literatura. Ao assumir como campo empírico a Educação Superior no Ceará, a pesquisa envolverá 36 professores iniciantes (com até 7 anos de exercício profissional), em efetivo exercício na docência, no período de 2016 a 2022, em seis universidades públicas: UFC, UNILAB, UFCA, UECE, URCA e UVA. Os resultados do estudo pretendem implicar o aporte e a disseminação científica de conhecimento sobre a aprendizagem da docência nos primeiros anos do exercício profissional na Educação Superior, bem como em subsídios para a realização de intervenções destinadas à popularização dos valores e práticas inclusivas nas universidades públicas cearenses e em seu entorno.
  • Universidade Estadual do Ceará - CE - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isabel Rocha de Siqueira

Ciências Humanas

Ciência Política
  • quantificação e dataficação nos brics: desenvolvimento, cti e novas fronteiras de desigualdade
  • Entre 2010 e 2020, o mercado de dados cresceu quase 5.000% (Press, 2021). Este momento do chamado capitalismo informacional representa certa continuidade e também “reconfigura lógicas e objetos de conhecimento coloniais” (Rupert & Isin, 2019, p. 207), na medida em que essa dataficação é desigual, tanto pela distribuição dos meios de produção desses dados, como pelos ganhos advindos de sua circulação. Por um lado, é comum em países de mais baixa renda haver maiores lacunas de dados administrativos (governamentais); por outro, é também mais comum que nesses países não existam regulações ou infraestrutura para fazer frente às crescentes demandas do mercado global de dados. Dessa forma, Taylor e Broeders (2015) sugerem que grandes corporações têm tomado a frente para “contar, categorizar e visualizar” questões de desenvolvimento em países de renda média ou baixa, oferecendo a doadores e investidores dados próprios ou produzidos por usuários, algo tornado possível com o uso mais difundido de tecnologias de informação e comunicação (TICs). Nesta “delegação” da produção de dados, muitas parcerias público-privadas (PPPs) fazem uso de discursos de desenvolvimento para justificar a busca por novos mercados (Ibid.). O problema central é que “o ‘desenvolvimento-orientado-por-dados’...resulta em maior visibilidade para as populações de países de mais baixa renda - embora não necessariamente em maior governabilidade ou representação” (p. 228). A pesquisa visa abordar essas desigualdades no que toca especialmente os BRICS, perguntando-se a) como a dataficação no campo de desenvolvimento influencia a maneira como os BRICS são tornados legíveis e visíveis para políticas públicas globais? E b) como as desigualdades em investimento, financiamento e cooperação em CTI entre os BRICS e países de renda alta e entre os próprios BRICS afetam sua capacidade de fazer frente a uma crescente “segregação digital” no que diz respeito à produção de conhecimento baseada em dados (Hilbert, 2016)?
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isabela Cardoso de Matos Pinto

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • análise de modelos e estratégias devigilância em saúde da pandemia do covid-19 (2020-2022)
  • O controle da pandemia de COVID-19 demanda a adoção de uma concepção de vigilância em saúde que envolva as ações de atenção primária, assistência especializada e hospitalar, proteção da saúde dos trabalhadores e comunicação social. Nessa perspectiva, investigações sobre modelos, estratégias e ações de vigilância e de proteção à saúde dos trabalhadores em diferentes níveis do SUS, assim como análises comparadas de sistemas de saúde são necessárias para preencher lacunas do conhecimento e para formular recomendações adequadas aos gestores do sistema de saúde e a população em geral. O objetivo desse projeto é analisar modelos, estratégias e ações de vigilância em saúde em distintos níveis de atenção, para a redução da exposição ao risco de contaminação na população e em trabalhadores de saúde, a detecção precoce de casos e o encaminhamento em tempo adequado de pacientes para a assistência especializada e hospitalar. Serão realizados estudos de caso no Estado da Bahia e em municípios selecionados, contemplando três níveis de análise (estadual, municipal e local) das ações de vigilância em saúde. A produção de dados será feita através de entrevistas com informantes-chave das equipes de saúde da família e técnicos da vigilância em saúde, bem como análise de normas, portarias, decretos e documentos produzidos pelos gestores do SUS. Nos âmbitos da gestão estadual e municipal será investigado se existem estratégias de planejamento, orientação e apoio ao desenvolvimento das ações de vigilância pelas equipes de APS, incluindo ações de apoio logístico e operacional (transporte, material e equipamentos de segurança e proteção dos profissionais), de capacitação profissional e de formação de redes de atenção coordenada da APS com outras instituições e com outros serviços de saúde. No âmbito local, serão investigadas quais as medidas de controle da pandemia de COVID-19 estão sendo implementadas pelas equipes de APS em seus territórios de abrangência onde vivem os indivíduos e suas famílias. As medidas de controle a serem investigadas incluem: a detecção de casos e contatos, o isolamento em domicílio dos casos leves e quarentena dos contatos, o encaminhamento dos casos graves aos demais níveis do sistema de saúde, e o incentivo das medidas de distanciamento social para a população em geral, com ações sobre no território que visem orientar a utilização e circulação nos locais públicos, equipamentos sociais e estabelecimentos comerciais. Além disso, será investigada a adoção do uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) pelos profissionais de saúde e de máscaras pelos usuários dos serviços de saúde bem como normas de caráter coletivo relacionadas ao funcionamento seguro das Unidades. No nível hospitalar, a gestão de cuidados a pacientes com suspeita ou diagnóstico será avaliada por meio de um estudo de coorte de pacientes identificados com SRAG, confirmados ou não para o COVID-19, atendidos no Hospital Couto Maia, em Salvador, utilizando como fontes de informações o prontuário dos pacientes e a visitação ao paciente no hospital e ao domicílio para entrevista de familiares e dos pacientes após a alta. Serão analisadas informações sobre quadro clínico, terapêutica realizada, presença de comorbidades, obesidade e vacinação neonatal de BCG, características sociodemográficas dos pacientes, duração da imunidade adquirida pela infecção (testes IgG contra o SARS-CoV2 aplicado nos pacientes no dia da alta, após dois meses, seis meses e um ano) e medidas de utilização de serviços hospitalares (tempo médio de permanência, uso de equipamentos de suporte à vida, proporção de curados, taxa de letalidade). Também será analisada a implementação dos Planos Estaduais de Contingência para Atenção Hospitalar no enfrentamento do COVID-19, com base em informações coletadas nos sites de todas as secretarias estaduais de saúde, MS e secretarias municipais de saúde das 5 capitais com maior número de casos COVID-19. O estudo dos trabalhadores de saúde contemplará uma análise comparativa em 3 capitais em uma amostra de unidades de APS e hospitalares (2 hospitais de referência para COVID19 em cada capital) buscando identificar ações relativas à prevenção de riscos, uso de EPIs, apoio ao trabalhador infectado pela COVID- 19, apoio psicológico e proteção social. Finalmente, a análise comparada dos modelos de vigilância de saúde será feita entre países com desfechos distintos em relação à epidemia. Assim, países que conseguiram controlar a primeira onda da epidemia serão comparados com aqueles onde houve uma aceleração descontrolada. Com esse propósito será efetuada revisão sistemática da literatura a partir de janeiro de 2020 nas bases de dados Web of Science, Medline e Scopus, bem como bases de artigos na fase preprints, a exemplo da medRxiv, utilizando-se as palavras-chave: Covid-19, Covid, health system, healthsurrveillance;controlmeasures; testing; self isolation, social distancing.As informações relativas à evolução da epidemia nos diversos países serão obtidas de painéis elaborados a partir de dados da OMS (https://covid19.who.int/) e as características dos sistemas de saúde bem como das medidas adotadas serão obtidas de documentos e sites das Instituições Nacionais de Saúde (Ministérios de Saúde). Além disso, também serão analisadas as interações do governo com as autoridades sanitárias nacionais na condução da epidemia, utilizando pesquisa documental e sites de instituições. O projeto se estrutura a partir de uma rede de pesquisadores e de instituições parceiras do Brasil e do exterior que integram eixos de pesquisa vinculados ao Observatório sediado no ISC/UFBA, já apoiado pelo CNPq, que deverá ser redefinida em função dos objetivos, presentemente, formulados para a análise dos modelos, estratégias e ações da vigilância em saúde.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Isabelle Katherinne Fernandes Costa

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • análise da atenção a saúde e desenvolvimento de tecnologias para promoção do autocuidado e adaptação de pessoas com estomias
  • O diagnóstico situacional das Redes de Atenção à Saúde da Pessoa com Estomia e determinação do acesso a esses serviços é um dos primeiros passos para se obter informações que possam subsidiar intervenções e melhorias no cenário da assistência a essa população. Diversas tecnologias de educação em saúde têm sido produzidas a partir de levantamentos sobre a situação dos serviços e da assistência da pessoa com estomia, com o intuito de propor melhorias para os problemas encontrados e propiciar a qualidade de vida e adaptação dessas pessoas. Tecnologias audiovisuais da informação tem ganhado força no âmbito da educação e formação profissional, em ascensão no âmbito da saúde. Cursos educativos são parte dessas tecnologias e consistem em ferramentas de ensino-aprendizagem, haja vista que aproxima o ambiente educacional do cotidiano da sociedade, das linguagens e códigos utilizados. A telenfermagem também constitui um recurso importante na colaboração da assistência à saúde, como estratégia complementar, nas instituições de saúde, de modo a favorecer o acompanhamento contínuo dos pacientes. Outros dispositivos móveis, como tablets e smartphones têm ganhado ênfase, com acesso a múltiplos recursos e aplicativos. Observa-se assim, a importância de se explorar como os serviços de atenção à saúde da pessoa com estomia estão atuando, de modo a alimentar informações e subsidiar intervenções em saúde, além de desenvolver tecnologias com o objetivo de atingir profissionais e a população com estomias. Nesse sentido, Analisar a atenção à saúde e o uso de tecnologias assistenciais para a promoção do autocuidado e da adaptação de pessoas com estomias. Espera-se, com esse estudo, ampliar a construção dos saberes teórico-práticos no desenvolvimento tecnológico em saúde, bem como contribuir na assistência à saúde da pessoa com estomia. O estudo terá impacto no avanço científico e produzirá inovações que contribuirão para formação profissional e autonomia de pessoas com estomias.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/01/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Isabelle Katherinne Fernandes Costa

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • desenvolvimento de serious games como recurso educativo em estomaterapia e dermatologia em enfermagem
  • Serious Games são jogos virtuais com dinâmica responsiva que objetivam alcançar a aprendizagem com uso de recursos visuais para motivação. O uso na dermatologia em enfermagem e na estomaterapia, duas grandes áreas com objetos em comum, ainda é incipiente e esta tecnologia poderá auxiliar na aprendizagem significativa sobre diferentes tipos de feridas e estomias. Esta proposta trata-se da construção e testagem de serious games sobre úlcera venosa, lesões mamilo-areolares e estomias. Na área da dermatologia em enfermagem estão as úlceras venosas, tipo mais comum de ferida crônica em membros inferiores, e as lesões mamilo-areolares, que são alterações no mamilo que interferem na amamentação. Na estomaterapia, o cuidado com estomias desponta com grande interesse pelos profissionais, que buscam se capacitar para melhor atender os pacientes. A literatura aponta dificuldades na assistência à população com lesões dermatológicas e estomias, em grande parte relacionadas ao déficit de conhecimento dos profissionais. A gamificação na educação na saúde aproxima profissionais e estudantes de casos reais, com imagens e casos clínicos. Assim, tem-se nesta proposta a hipótese: serious games sobre úlcera venosa, lesões mamilo-areolares e estomias são tecnologias educativas efetivas na aquisição de conhecimento de profissionais e estudantes de enfermagem. Jogos sérios já são utilizados como tecnologia educativa na área da saúde, alcançando bons resultados na aquisição de conhecimentos, com simulações da realidade a menor custo. Assim, esta hipótese mostra-se plausível de ser confirmada. O desenvolvimento dos serious games seguirá as etapas de concepção, elaboração (implementação, avaliação e validação dos softwares), finalização e viabilização, com os cenários dos jogos criados a partir de revisões da literatura e elaboração de casos clínicos. A testagem dos jogos será feita em estudo de intervenção com acadêmicos de enfermagem para avaliação da retenção de conhecimento e satisfação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isadora Cristina de Siqueira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estudo das estratégias de prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento da sífilis em gestantes e crianças indígenas e fatores associados a ocorrência de sífilis em indígenas.
  • O Subsistema de Saúde Indígena instituiu um modelo de atenção diferenciado, baseado em Distritos Sanitários Especiais, que realizam ações de Atenção Primária em todo o território brasileiro utilizando um sistema de informação específico. As informações disponíveis na vigilância dos eventos de saúde na população indígena ainda não são suficientes para compreender a magnitude destes eventos, além de não captar todas as informações necessárias para uma abordagem analítica e por isso, muitos determinantes nesta população, permanecem inexplorados. A sífilis, nesse contexto, permanece pouco investigada nesta população, em parte pela subnotificação e a ausência de uma série de dados robusta, que encobrem a magnitude do evento e, por outro lado, pelas dificuldades na logística para desenvolvimento de pesquisas com dados primários na população indígena que vive em aldeias. A associação da sífilis com as situações de vulnerabilidade e pobreza demandam uma série de estratégias de controle que atuem em seus determinantes sociais para além do seu agente etiológico, as dificuldades na cobertura de pré-natal, no diagnóstico oportuno e no acompanhamento das mulheres com sífilis na gestação dentro de áreas indígenas são problemas para o controle da sífilis congênita, e a incidência da doença reflete essa frágil rede de cuidado. O objetivo deste projeto é estudar as estratégias de prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento da sífilis congênita e em gestantes indígenas e os fatores associados a ocorrência da doença, avaliando para isso, toda a linha de cuidado desde a atenção à gestação e seu itinerário terapêutico, métodos diagnósticos e agente etiológico. Sua metodologia terá aporte em três abordagens, descritiva, por meio da implantação de sítios de vigilância em 3 polos base (DSEI Bahia, DSEI Mato Grosso do Sul e DSEI Rio Tapajós); analítica com um estudo do tipo caso controle com as gestantes e crianças e; um estudo apoiado por técnicas de biologia molecular com amostras biológicas. Todos serão apoiados por instrumentos e técnicas de coleta de dados primários com os indígenas aldeados participantes do estudo, de três regiões do Brasil. Espera-se, ao final, que os resultados permitam conhecer a magnitude da sífilis e dos seus principais determinantes na população indígena, bem como fatores de risco para ocorrência da doença, sobretudo da sífilis congênita. Espera-se também identificar o perfil genético do agente etiológico, a bactéria Treponema pallidum, bem como seus mecanismos de resistência que impactem na eficácia do tratamento de escolha. Este estudo é uma proposta de cooperação entre a Fundação Oswaldo Cruz Bahia, Universidade de Brasília, e Universidade Federal da Bahia que já interagem em projetos no campo da epidemiologia e da biologia molecular e a Universidade Federal da Grande Dourados e Universidade Estadual Santa Cruz que já desenvolvem atividades de pesquisas e assistência à população indígena. Vide projeto anexo
  • Fundação Oswaldo Cruz - BA - Brasil
  • 02/03/2020-31/03/2023
Foto de perfil

Isadora Cristina de Siqueira

Ciências da Saúde

Medicina
  • vigilância hospitalar para sífilis congênita em uma maternidade de referência em salvador-ba: dificuldades de diagnóstico e aplicação de testes sorológicos e moleculares
  • A sífilis congênita, ainda configura como um importante problema de saúde pública no Brasil. Foi observado um aumento dos casos de sífilis e, em 2018, foram notificados 158.051 casos de sífilis adquirida, 62.599 casos de sífilis nas gestantes e 26.219 casos de sífilis congênita, com 241 óbitos por sífilis congênita. A confirmação da sífilis congênita ocorre através de testes sorológicos baseados em testes não treponêmicos maternos e na detecção de anticorpos IgG treponêmicos transferidos da placenta ao feto. Esses métodos apresentam limitações, como baixa sensibilidade e baixa especificidade, sendo necessária a busca de novos marcadores sorológicos. Assim, o diagnóstico da sífilis continua sendo um desafio, pois os resultados laboratoriais precisam ser confrontados com a histórica clínica para uma correta conclusão. Desta forma, o objetivo deste projeto é implementar uma vigilância hospitalar para sífilis em gestantes e sífilis congênita em uma maternidade referência em Salvador e avaliar as técnicas diagnósticas de rotina e implementar testes moleculares, além de identificar os fatores de risco para sífilis congênita associados com o aumento do número de casos em gestantes. Será realizado um estudo de vigilância hospitalar em uma maternidade de referencia.Serão incluídas as gestantes, admitidas na maternidade, com diagnóstico de sífilis e seus recém-nascidos. Informações do pré-natal e resultados dos exames sorológicos e de exames de imagem serão coletados em questionário. Será utilizado a plataforma de gerenciamento de dados REDCap. No diagnóstico laboratorial serão realizados os testes sorológicos com kits comerciais além da avaliação de antígenos recombinantes em formato de ELISA. Para a epidemiologia molecular e análises de resistência será feita a genotipagem por PCR. Realizaremos análises de caso-controle para identificação de fatores de risco para sífilis congênita.
  • Fundação Oswaldo Cruz - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Isis Hara Trevenzoli

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • obesidade materna e reprogramação metabólica da prole com suplementação de ácidos graxos ômega 3: mecanismos adaptativos epigenéticos, estresse de retículo endoplasmático e autofagia
  • A obesidade materna e/ou o consumo de dieta hiperlipídica no período perinatal induzem obesidade na progênie, caracterizando um fenômeno de programação metabólica. As origens perinatais de doenças metabólicas envolvem mecanismos adaptativos como alterações epigenéticas (metilação de DNA e acetilação de histonas) que regulam a expressão gênica, contribuindo para o desenvolvimento do fenótipo obeso. O estresse metabólico secundário a dieta hiperlipídica e/ou obesidade também induz inflamação e regula o estresse de retículo endoplasmático (ERE) e autofagia, mecanismos adaptativos pouco conhecidos em modelos de programação metabólica. Neste projeto, investigaremos o impacto da obesidade materna, induzida pelo consumo de dieta obesogênica (DO), sobre a regulação epigenética do sistema endocanabinoide (SEC), ERE e autofagia na placenta e glândula mamária de ratas progenitoras, e no sistema nervoso central (SNC) e tecidos periféricos da prole como o tecido adiposo, o fígado e o músculo esquelético. Demonstramos que alterações no SEC central e periférico estão envolvidas nas origens da obesidade durante o período perinatal e, neste projeto, testaremos a hipótese 1 de que tais alterações do SEC estão associadas à regulação epigenética em estágios precoces do desenvolvimento. Testaremos ainda a hipótese 2 de que a DO materna induzirá lipotoxicidade tecidual com aumento de inflamação, estresse oxidativo e ERE e, por outro lado, inibição das vias de autofagia, prejudicando a adaptação tecidual ao insulto metabólico induzido pela dieta. Ainda, testaremos a hipótese 3 de que a suplementação da dieta materna com óleo de peixe durante a gestação e a lactação pode melhorar os mecanismos adaptativos da prole e “reprogramar” seu perfil metabólico. A equipe deste projeto envolve diversos alunos de graduação e pós-graduação e seus resultados contribuirão com bases moleculares sobre as origens precoces da obesidade e estratégias nutricionais preventivas no período perinatal.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Isolda Costa

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • anodização e pós-tratamentos ecológicos para proteção de ligas de alumínio
  • A resistência à corrosão das ligas de Al deve-se à formação espontânea de uma camada de óxido com espessura nanométrica, que isola o metal do meio. A anodização consiste no espessamento deste óxido pela aplicação de um potencial ou corrente anódica. Devido ao baixo custo e eficiência, a anodização é um dos métodos de proteção contra a corrosão mais utilizados industrialmente. Para melhorar o desempenho, frequentemente, as ligas anodizadas são submetidas a um processo de selagem. Porém, vários dos processos industriais de anodização e/ou selagem geram resíduos tóxicos ao meio ambiente pelo emprego de íons de cromo hexavalente (poluentes e cancerígenos). As metas para alcançar um desenvolvimento sustentável incluem o desenvolvimento de processos industriais que respeitem o meio ambiente, assim, neste projeto, serão empregadas tecnologias que não geram resíduos tóxicos (tecnologias verdes) tanto para a anodização de ligas de Al como para as etapas de pós-tratamento empregadas para aumento da resistência à corrosão. Será avaliado o efeito da microestrutura das ligas e dos pós-tratamentos sobre a resistência à corrosão das camadas obtidas. Sendo a soldagem um processo industrialmente relevante na busca da redução de peso e, consequentemente, do consumo de combustíveis no setor de transporte, ligas soldadas também serão anodizadas e terão sua microestrutura e comportamento de corrosão investigados. Para o estudo foram escolhidas ligas de Al relevantes para setores industriais e tecnológicos de destaque para o Brasil: aeronáutico (2XXX e 7XXX), automotivo (5XXX) e nuclear (6XXX). O efeito da soldagem será investigado utilizando peças soldadas por fricção e mistura (FSW-friction stir welding), caracterizada por ser uma tecnologia limpa, sem geração de resíduos e vapores. A resistência à corrosão será analisada por técnicas eletroquímicas globais e locais, e exposição em câmaras de névoa salina. Várias técnicas de microscopia serão usadas para caracterizar a camada anodizada
  • Comissão Nacional de Energia Nuclear - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Italo Odone Mazali

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de sensores plasmônicos de alta performance sers para detecção de poluentes emergentes e biomoléculas
  • O projeto visa o desenvolvimento de substratos plasmônicos baseados no efeito SERS (espalhamento Raman intensificado por superfície) que possibilitem elevada seletividade, sensibilidade (detecção de concentrações ultra-baixas) e reprodutibilidade da intensidade do sinal SERS. Esta ultima depende da obtenção de nanopartículas (NP) com uma distribuição muito estreita de tamanho, pureza no controle morfológico e da auto-organização (e sua reprodução) sobre o substrato, de forma a maximizar a geração de hot-spots, responsáveis pelas máximas intensificações em SERS. Dentre as tecnologias de obtenção do substrato, será explorado o efeito SIERS (shape-induced enhanced Raman scattering), em que as NP são depositadas em microcanais de Si com formas controladas e o uso de tintas coloidais para uso em impressoras jato de tinta (substratos de papel), explorando NP com diferentes morfologias. A eficiência destes nanomateriais será investigada através de simulações computacionais baseadas em eletrodinâmica clássica, que permitirão a interpretação física das intensidades SERS e a modelagem de novos sistemas. Os substratos SERS serão aplicados para detecção de concentrações ultrabaixas de contaminantes emergentes (pesticidas) em amostras reais de água, de alimentos e na atmosfera (Hg(g)). Para a detecção de moléculas biológicas o desafio está na funcionalização da nanoestrutura plasmônica tornando a superfície seletiva para a molécula alvo. Substratos SERS com detecção in situ serão desenvolvidos para investigar incrustações presentes em diferentes etapas da cadeia produtiva da indústria petrolífera. A análise de amostras reais exige o uso de ferramentas computacionais de análise multivariada que permitam processar as informações SERS para identificar padrões, construir modelos de calibração ou classificação. A complementariedade entre as estratégias sintéticas, plasmônica, espectroscopia e quimiometria permitira obtermos resultados relevantes no campo dos sensores SERS.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Iure Borges de Moura Aquino

Engenharias

Engenharia de Minas
  • análise da aplicabilidade e viabilidade técnica da utilização de telefones celulares em levantamento fotogramétrico terrestre digital e escaneamento 3d lidar de galerias de minas subterrâneas
  • A fotogrametria e varredura a laser são técnicas bastante utilizadas para a representação espacial tridimensional das características naturais ou artificiais da superfície de um terreno ou de uma escavação subterrânea, e cada vez mais presente nos trabalhos de engenharia. E isto se deve principalmente ao avanço tecnológico dos equipamentos e softwares utilizados para a confecção destes modelos. Por exemplo, com apenas um aparelho celular e um software especifico é possível confeccionar modelos em 3D por meio da fotogrametria. Vale ressaltar que os aparelhos celulares atualmente são praticamente computadores portáteis acrescidos de diversos sensores tais como acelerômetro, giroscópio, câmeras de alta resolução e, recentemente, até escâner LiDAR. Estas tecnologias disponíveis nos aparelhos celulares também são verificadas em equipamentos profissionais destinados a execução de serviços em engenharia. Tais como, levantamento/mapeamento topográfico 3D de minas subterrâneas, mas com custo bem superior em comparação a um aparelho celular. O presente projeto tem como objetivo analisar a aplicabilidade e viabilidade técnica da utilização de telefones celulares para levantamentos fotogramétricos e escaneamento 3D LiDAR de galerias subterrâneas. Os estudos utilizando aparelho celular com escâner LiDAR e câmera fotográfica DLSR serão realizados na galeria subterrânea da Minas Escola da UFCG. Os softwares PIX4D Mapper e Cloud serão utilizados para confeccionar os modelos 3D. Os resultados esperados são um modelo tridimensional de alta precisão e detalhe da galeria subterrânea passível de ser utilizado em softwares de planejamento de lavra, desmonte de rocha, mecânica de rochas entre outros. Bem como a análise da aplicabilidade e viabilidade de sua utilização pelo setor de mineração subterrânea em comparação aos levantamentos realizados com aparelhos profissionais.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ivan Bergier Tavares de Lima

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • desenvolvimento de aplicação mobile/cloud aws para transações comerciais na cadeia produtiva da pecuária de corte com base no protagonismo dos stakeholders
  • Vide projeto anexo
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 21/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Ivan de Oliveira Pereira

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • semana territorial de ciência e tecnologia do litoral sul baiano
  • A proposta apresentada é referente à participação do Território Litoral Sul Baiano na SNCT 2021, que ampliará as discussões propostas pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação - MCTIC da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que em 2021 trabalhará o tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta” em todo Território Nacional. Nessa edição, o evento proposto, envolverá os 26 municípios do Território Litoral Sul da Bahia, por meio de atividades interdisciplinar ou transdisciplinar, congregando instituições e profissionais, em ações que contribuirão para destacar a transversalidade da ciência, tecnologia e inovação para contribuir com o desenvolvimento sustentável do Território Litoral Sul Baiano. Para viabilizar as ações do projeto, as atividades planejadas pela equipe executora e parceiros, a princípio, serão realizadas no município sede das seguintes microrregiões (MRs), que foram escolhidas conforme Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável – PTDRS Litoral Sul, de forma estratégica, para garantir o envolvimento dos 26 municípios do Território em questão: MR1 Arataca: Pau-Brasil, Camacã, Jussari, Santa Luzia e Mascote; MR2 Uruçuca: Maraú, Itacaré, Ilhéus, Canavieiras, Una, Ubaitaba e Aurelino Leal; MR3 Itabuna: Itabuna, Ibicaraí, Itapé, Itajú da Colônia, Floresta Azul, Barro Preto, São José da Vitória e Buerarema; MR4 Itajuípe: Coaraci, Almadina e Itapitanga. Durante a SNCT 2021 serão realizadas ações de comunicação e popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação nos municípios do Território Litoral Sul da Bahia, de forma transdisciplinar, integrando atividades que discutirão temas atuais para melhorar o planeta por meio de atividades de popularização e divulgação em áreas estratégicas de interesse do território (Tecnologias sociais e assistivas; Tecnologias de segurança alimentar e nutricionais; Agroecologia; Armazenamento e reciclagem de água; Geração de energia limpa; Tecnologias para habitação popular com material reciclado; Jogos interativos adaptados; Análise para geração de conflitos urbanos entre outros) envolvendo profissionais das instituições parceiras, que de forma lúdica e aplicada envolverão o público-alvo em discussões sobre o tema “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta” e, também, por meio de ferramentas capazes de atrair a atenção e interesse dos participantes para uma reflexão sobre as diferentes áreas da ciência. Enfim, os debates serão constantes nas ações que acontecerão nas 4 MRs, na tentativa de nivelar, ampliar e popularizar os conhecimentos acerca do Tema Proposto pelo MCTIC para 2021 e, assim, de fato, promover a participação de TODXS, frente as tecnologias e inovações que podem ser aplicadas no Território Litoral Sul da Baiano para melhoria dos indicadores de qualidade de vida e da educação do estado da Bahia.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - BA - Brasil
  • 05/10/2021-31/10/2023
Foto de perfil

Ivan Filipe de Almeida Lopes Fernandes

Ciências Humanas

Ciência Política
  • os determinantes do combate a covid-19 nos municipios brasileiros: ideologia, gênero e accountability
  • O projeto pretende avaliar as respostas do poder público municipal à pandemia da COVID19 no Brasil por meio de métodos quase-experimentais. O objetivo é verificar se a ideologia e o gênero dos prefeitos afetam o grau de severidade e a extensão no tempo das medidas adotadas para o combate à disseminação do novo Coronavírus, as medidas não farmacológicas (MNF). Iremos coletar dados sobre as MNF dos municípios cujos prefeitos foram eleitos por pequena margem de votos de forma a possibilitar a estimação dos efeitos de ideologia e gênero por meio de regressões descontínuas. Estabelecendo-se uma margem de 3%, existem 851 municipalidades nessa condição. A principal justificativa é a necessidade de se entender as razões das dificuldades políticas no enfrentamento da pandemia no país, que possui um dos piores conjuntos de indicadores epidemiológicos no continente. Duas hipóteses principais serão testadas. Verificaremos se a dimensão ideológica afeta a produção de políticas públicas em resposta ao COVID, notadamente, as MNF. Por exemplo, avaliaremos se há impacto da proximidade ideológica do Chefe do Executivo municipal com o presidente da república. Em segundo lugar, analisaremos se as prefeitas adotaram MNFs mais severas e por mais tempo. Iremos reproduzir a metodologia adotada pelo Oxford Covid-19 Government Response Tracker (OxCGRT) para mensurar a variável dependente, o grau de severidade e extensão no tempo das MNF. As variáveis independentes serão obtidas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Outras variáveis de controle para análise de robustez serão coletadas no IBGE, IPEA, entre outros. Analisaremos também os efeitos das variáveis independentes sobre o resultado da COVID em termos de mortes e casos, disponibilizados pelas secretarias estaduais de saúde. Finalmente, faremos quatro estudos de caso aprofundados analisando dois municípios que se adequam ao modelo estatísticos e dois que não se adequam de forma a possibilitar a exploração dos mecanismos causais.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ivan Jairo Junckes

Ciências Humanas

Ciência Política
  • análise das eleições no berço do sistema político: as candidaturas nos municípios brasileiros de 2008 a 2020
  • A Ciência Política brasileira construiu vasto conhecimento sobre a diminuta minoria de candidatos que conquista cargos eletivos e constitui a elite política do país. As pesquisas focam principalmente eleições gerais, sendo raras aquelas que se debruçam sobre eleições municipais. Todavia, é nos municípios que se encontram os agentes políticos, principalmente os vereadores, que conformam o berço do sistema político no qual a população tem um contato mais direto com seus representantes. Visando a suprir essa lacuna perguntamos para as eleições municipais de 2008, 2012, 2016 e 2020: quais são as variáveis que diferem os grupos não representados ou sub-representados daqueles bem sucedidos na democracia brasileira? Que fatores impulsionam os eleitos e que barreiras impedem os demais de se tornarem competitivos e bem-sucedidos? Nossa proposta inova ao incluir nas análises um painel completo, com quatro ciclos eleitorais em todos os municípios brasileiros. Responder a essas questões nos permitirá identificar e analisar os perfis e grupos não representados ou sub-representados no Brasil. Para viabilizar os trabalhos dispomos de um banco de dados único e relacional com mais de 1.663.767 candidaturas aptas em 5.549 municípios nas quatro eleições e suas respectivas prestações de contas que totalizam pouco mais de R$ 7,5 bilhões, além de tabelas oriundas do repositório de Estatísticas do Eleitorado, constituindo um banco com mais de 169,3 milhões de registros. Utilizaremos recursos estatísticos e de análise de redes sociais para explorar os atributos estáticos (gênero, escolaridade, cor/raça, profissão, incumbência, capital político, entre outros) e relacionais dos candidatos (especialmente as receitas declaradas), o desempenho (votação) e sucesso eleitoral (eleito ou não-eleito). Visamos a propor sugestões para as normas do sistema eleitoral, partidário e de financiamento de campanhas que reduzam as assimetrias de condições de disputa entre candidatos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Ivan Lapuente Garrido

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • empreendedorismo internacional em contextos institucionais policêntricos.
  • Este estudo foca em startups que se internacionalizaram desde o início de suas atividades, caracterizando o campo do empreendedorismo internacional. Startups são um tipo especial de empreendimento desenvolvido com base em inovação tecnológica ou em modelo de negócios que têm alto impacto no desenvolvimento econômico, gerando empregos, principalmente nos setores de alta tecnologia e modificando os ambientes econômico, social e político em que estão inseridas. A teoria do empreendedorismo internacional busca compreender os fatores que contribuem para a internacionalização das startups, tais como a internacionalização dos seus ativos; uso de mecanismos de governança menos onerosos e mais dinâmicos; a obtenção de vantagem competitiva em mercados internacionais por meio dos diferenciais de conhecimento; dentre outros. Esta pesquisa, objetiva estender essa compreensão sobre os fatores contributivos para o sucesso da internacionalização das startups. Oferece um olhar inovador e distinto ao buscar entender como essas empresas interagem e respondem ao policentrismo institucional. Apesar de o papel das instituições durante a internacionalização já ser estudado a longa data, a maioria desses estudos desconsidera a existência de múltiplas e plurais instituições que agem de forma concomitantemente sobre as empresas. Pesquisadores apontam que a influência de um arranjo institucional plural, complexo e policêntrico apresenta inter-relações que afetam as empresas de diferentes maneiras. Esta pesquisa também irá desenvolver, com base no método de Design Science Research, um artefato em forma de um software, capaz de avaliar a intensidade policêntrica institucional dos ambientes em que a startup atua e sugerir cuidados na formulação das suas respostas estratégicas.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ivan Ricardo Zimmermann

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • efetividade comparativa e impacto orçamentário de tratamentos no melanoma incorporados no sistema único de saúde
  • O melanoma maligno cutâneo é uma neoplasia que se desenvolve a partir da proliferação descontrolada de melanócitos. Embora não esteja entre os tumores malignos com maior incidência, o melanoma é considerado o tipo mais agressivo de câncer de pele devido ao grande potencial de disseminação à distância e consequente elevada letalidade. No seu tratamento, a ampla excisão cirúrgica é a recomendação primordial, devendo ser realizada logo após o laudo patológico de confirmação do diagnóstico de melanoma. No contexto de tratamentos adjuvantes, a disponibilidade de terapias alvo tem melhorado substancialmente o prognóstico das pessoas com melanoma, como ilustram os dados de que antes de 2011 a sobrevida global mediana de pacientes com melanoma disseminado era de 9 meses, sendo ampliada para 2 anos ou mais e uma redução de até 75% do risco de morte com base nos dados atuais em contextos de mundo real em uso de terapias alvo. No Brasil, tal evolução terapêutica tem sido discutida e já foi pauta de avaliação pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), culminando com a recomendação de incorporação dos tratamentos com nivolumabe (Relatório Técnico nº 541) e pembrolizumabe (Relatório Técnico nº 541). Nesse sentido, é importante destacar o papel de vanguarda dos estudos pragmáticos e da evidência de mundo real na busca de dados de efetividade e segurança que possam aprimorar as diretrizes clínicas na oncologia ao alcançar estimativas de efeito mais próximas da prática clínica cotidiana. O presente projeto visa contribuir com as ações de monitoramento de incorporação de tecnologias do SUS ao analisar as opções terapêuticas incorporadas ao SUS para o tratamento de primeira linha do melanoma avançado não cirúrgico e metastático por meio da síntese de evidências de efetividade e segurança de mundo real e o impacto orçamentário da incorporação dessas tecnologias no SUS.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 13/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Ivan Ricardo Zimmermann

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • métodos e ferramentas para extrapolação de dados com curvas de sobrevida aplicada à avaliação de tecnologias em saúde
  • A Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) tem o objetivo de assessorar as discussões sobre custos e benefícios da implementação de tecnologias em sistemas de saúde. No Brasil, as avaliações submetidas à Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (CONITEC) devem considerar, necessariamente, as evidências científicas sobre a eficácia, a acurácia, a efetividade e custo-efetividade. Considerada um dos grandes pilares da ATS, a avaliação econômica é definida como uma análise técnica que identifica, mensura, valora e compara estratégias em relação aos seus custos e consequências. Ao lidar com modelos matemáticos, uma avaliação econômica precisa definir uma série de critérios, dentre eles, o horizonte temporal pelo qual o modelo irá considerar os custos e as consequências. Na maioria das intervenções, a adoção de um horizonte de tempo que contemple a expectativa de vida implicará a necessidade de extrapolação de dados provenientes da pesquisa. Os modelos paramétricos de curvas de sobrevida são um exemplo de aplicação neste sentido. Com a difusão dos modelos de Análise de Sobrevida Particionada (PartSA), o uso de extrapolação de dados com curvas de sobrevida tem sido muito comum, sobretudo, na área de ATS em oncologia. Contudo, observa-se que a aplicação da extrapolação de dados com curvas de sobrevida exige o domínio de conhecimentos específicos e ferramentas complexas, como a linguagem de programação R, que nem sempre são acessíveis à equipe de elaboração ou análise crítica de modelos econômicos na ATS. Adicionalmente, os métodos disponíveis possuem um foco no acesso a dados em nível individualizado, o que nem sempre é possível na perspectiva da ATS no contexto brasileiro. Assim, fica clara a necessidade de suprir tais lacunas com a revisão de métodos e desenvolvimento de uma ferramenta de interface amigável que permita a extrapolação de dados da pesquisa clínica com curvas de sobrevida com dados em nível individualizado e agregado.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 28/07/2022-31/07/2024
Foto de perfil

Ivania Soares de Lima

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • logística dos resíduos sólidos compactados em coletores adaptáveis em bicicletas compartilhadas
  • O projeto, Logística dos resíduos sólidos compactados em coletores adaptáveis em bicicletas compartilhadas, será desenvolvido no Município de Vitória de Santo Antão/PE, com o objetivo de melhorar a logística dos resíduos sólidos e as condições urbanas, no que se refere à acessibilidade e à mobilidade. A lei de mobilidade urbana, sendo aplicada, ajudará as pessoas, nas próximas décadas, a viverem com menos automóveis circulando nas cidades e com menos poluentes no ar. Tanto o código de defesa do consumidor como a lei da política nacional de resíduos sólidos define que o consumidor é toda pessoa física ou jurídica, que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final. A importância deste projeto é formar consumidores e produtores responsáveis, que se propõem a transformar o ato de consumir em um ato de reduzir impactos ambientais, fazendo a logística reversa dos seus resíduos. As bicicletas compartilhadas serão utilizadas para transportar diferentes tipos de resíduos compactados em coletores, que serão destinados à coleta seletiva, presente em cada estação das bicicletas. O projeto será executado na modalidade virtual, devido à Pandemia Mundial de Covid-19. Este terá o formato de uma Gincana Científica, com caráter multidisciplinar nas áreas de Ciência da Natureza, Logística e Responsabilidade Socioambiental. Professores e alunos, das escolas públicas e privadas, formarão equipes e apresentarão o projeto na Plataforma do Google do Classroom. A Comissão da Gincana Científica escolherá a melhor proposta, para ser executada com os recursos financeiros do Ministério das Ciências, Tecnologias e Inovações (MCTI), com a construção de um protótipo. Por fim, um Programa de logística dos resíduos sólidos com o destino as estações das bicicletas compartilhadas, envolvendo os catadores de resíduos e a população, será elaborado com o propósito de implantar o projeto no Município de Vitória de Santo Antão/PE.
  • Faculdade Escritor Osman da Costa Lins - PE - Brasil
  • 17/03/2021-31/03/2023
Foto de perfil

Ivanise Hilbig de Andrade

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • as batalhas da circulação em uma ambiência mediatizada: transformações enunciativas no jornalismo e na comunicação organizacional
  • As mudanças nas dinâmicas sociais, pela cultura digital, apontam para revolução do acesso e aceleração do tempo histórico, atingindo a relação com o conhecimento, as instituições e os indivíduos. A complexidade dessa ambiência liga-se à circulação discursiva em constante disputa. Na busca por compreender como os media se propagam, entrelaçam e influenciam outros campos, surge o conceito de mediatização, denotando transformação de longo prazo nas relações entre meios, cultura e sociedade. A partir dos vários quadros interpretativos da mediatização e da análise de processos de circulação discursiva, a pesquisa busca entender transformações sociais e contribuir para reflexão das teorias da comunicação e fortalecimento do campo. Diante da carência de métodos claros para investigar a ambiência mediatizada e dos estudos do discurso pouco focarem a circulação, propomos modelos de análise, a partir da sistematização da bibliografia sobre o tema, que ficará disponível em banco de dados. A questão de como analisar processos de circulação dos discursos na ambiência mediatizada e sua relação com transformações no jornalismo e na comunicação organizacional é plausível, por ser embasada teoricamente e metodologicamente em abordagens já aplicadas, mas que precisam ser refinadas pela equipe, composta por jornalistas e relações públicas. A pesquisa, qualitativa e exploratória, inicia com levantamento e exame bibliográfico; segue pela construção de banco de dados para subsidiar a elaboração de um aplicativo para mais pesquisas sobre o tema; por fim, propõe modelos de análise e aplica-os em diferentes objetos do contexto brasileiro de 2021 a 2024. Para tanto, selecionamos discursos que circulam na web, como a repercussão em torno do desinvestimento da Petrobras, os processos de interação em meios noticiosos e a reverberação das queimadas na Amazônia, a partir de notícias e comunicados institucionais
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ivano Alessandro Devilla

Outra

Ciências Ambientais
  • inovágua – rede de colaboração em pesquisa e formação de recursos humanos para inovação no controle e monitoramento da qualidade da água
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Goiás - GO - Brasil
  • 07/02/2020-06/02/2025
Foto de perfil

Ivano Raffaele Victorio de Filippis Capasso

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento de rt-qpcr-hrm para detecção simultânea e de baixo custo de agentes virais e bacterianos associados a infecções respiratórias agudas
  • As infecções respiratórias agudas (IRA), podem ser causadas por vírus e bactérias com maior incidência de vírus Influenza, Coronavírus, S. pneumoniae, H. influenzae e M. pneumoniae. A pandemia de Covid-19 causada por um novo coronavírus denominado SARS-CoV-2, apresenta grande potencial de disseminação e taxas de letalidade variadas. No Brasil, até esta data, foram confirmados 4.528.000 casos com 136.532 óbitos decorrentes da COVID-19. Numa pandemia dessas proporções com o expressivo aumento diário do número de casos, a necessidade de um diagnóstico diferencial entre pneumonias bacterianas que devem ser tratadas com antibióticos e outras pneumonias causadas por gripe comum ou por COVID-19, é importante para não sobrecarregar o sistema de saúde e poder realizar o manejo específico adequado para cada paciente. Apesar de existirem alguns estudos sobre a ocorrência de infecções bacterianas em pacientes com suspeita de Covid-19, ainda há grande escassez de informações sobre possíveis co-infecções bacterianas e virais causando IRAs. Os testes laboratoriais para detecção do agente etiológico hoje empregados, utilizam a reação de PCR em tempo real com sistema Taqman que utiliza sondas com diferentes fluoróforos para a discriminação dos alvos. Esse teste apresenta custo elevado por causa das sondas. A presente proposta tem o objetivo de desenvolver um método de diagnóstico molecular com alta sensibilidade e especificidade, de baixo custo e capaz de detectar os principais agentes das infecções respiratórias agudas bacterianas ou virais. O método proposto é uma PCR em tempo real com posterior análise de meltagem por High Resolution Melting (qPCR-HRM). Os genes-alvo de cada patógeno bacteriano ou viral, possuem sequências nucleotídicas diferentes e, portanto, temperatura de melting (TM) diferentes e específicas para cada alvo. Com isso após a amplificação convencional, a etapa de melting ou HRM, irá produzir curvas de melting específicas para cada patógeno que será identificado com sensibilidade e especificidade similares ao sistema Taqman que utiliza sondas para detectar seus alvos durante a amplificação. O qPCR-HRM será otimizado para amplificação do RNA viral e do DNA bacteriano em uma única reação. Acreditamos que o desenvolvimento desse teste terá grande utilidade para a triagem de pacientes com IRAs e consequente encaminhamento para conduta terapêutica adequada. Após o desenvolvimento do sistema, iremos solicitar um estudo de patenteabilidade à GESTEC-FIOCRUZ e caso seja aprovado, iremos procurar o Instituto de Biologia Molecular do Paraná – IBMP para desenvolvimento do kit em escala piloto para futura utilização no SUS. Nosso grupo de pesquisa já está trabalhando no desenvolvimento de um kit para diagnóstico de meningites com o IBMP, com pedido de patente já aprovado.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 04/12/2020-30/06/2023
Foto de perfil

Ivo Freitas Teixeira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • single-atoms em nitretos de carbono grafíticos e suas aplicações em conversão de energia
  • A catálise de single-atom é um tópico muito promissor em seu estágio inicial de desenvolvimento. O profundo conhecimento e o fino design de catalisadores visando a ativação de diferentes alvos que era uma exclusividade da catálise homogênea no passado, agora estão se tornando possível para a catálise heterogênea, devido a possibilidade de se produzir sítios ativos de single-atoms com precisão em escala atômica. No entanto, a estabilização desses single-atoms metálicos em um suporte, a fim de evitar a agregação dos mesmos, é muito desafiador e por isso as propriedades do suporte são essenciais para ancorar os single-atoms. Recentemente, tem se mostrado que nitretos de carbono apresentam um enorme potencial para promover a estabilização de single-atoms, devido a presença de macroheterocilos em suas estruturas, que podem se coordenar fortemente aos single-atoms estabilizando os mesmos. O nosso grupo demonstrou em uma recente publicação no jornal Faraday Discussion que single-atoms de metais de transição podem ser estabilizados em nitretos de carbono grafíticos do tipo Na-PHI (sodium poly(heptazine imides)) através de um simples método de troca catiônica. Uma vez que nós já dominamos a preparação desses fotocatalisadores baseados em single-atoms de metais de transição e nitretos de carbono grafíticos (Na-PHI e PTI), agora nós podemos começar a investigar como os metais influenciarão as propriedades eletrônicas dos nitretos de carbono e como as propriedades semicondutoras do suporte influenciarão a atividade catalítica desses sítios metálicos. Essas propriedades serão avaliadas especialmente em reações catalíticas dentro do tema de conversão de energia (i.e. fotólise da água, fotoredução de CO2 e fotooxidação de CH4).
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ivo Leite Filho

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • xi fetecms - feira de tecnologias, engenharias e ciências de mato grosso do sul;x feteccms júnior - feira;viii expociência centro-oeste – exposição de projetos da educação básica de de tecnologias, ciências e criatividade de mato grosso do sul- junior;
  • O desenvolvimento científico e tecnológico é um forte aliado na inclusão do conhecimento na educação na vida das pessoas. Existem muitas discussões de como a ciência, tecnologia e inovação podem melhorar a qualidade de vida da sociedade e que devem fazer parte de ações efetivas dentro da Educação Básica, de tal forma que a alfabetização Científica constitua parte do universo infanto-juvenil e da população de modo geral, incubando a cultura da criatividade e capacidade de inovação. Ações que estabeleçam métodos e programas de popularização e educação em ciências (Feiras, Mostras, Clube de Ciências, Olimpíadas Científicas, Iniciação Científica Jr entre outros), aliado ao crescimento do indivíduo e profissional, estimulando o aprendizado e o desenvolvimento de uma cultura científico-tecnológica, sempre é um passo importante e necessário nas práticas educacionais. O ambiente de aprendizagem é um espaço mais extenso do que uma situação imediata. Ele deve ser visto como todas as conexões entre as pessoas presentes no ambiente, e sobre como se estabelecem os vínculos entre eles, “se estendendo muito além da situação imediata afetando diretamente a pessoa em desenvolvimento”. A preocupação de como motivar os estudantes e professores da Educação Básica para se aproximarem das atividades científicas tem sido a tônica de grande parte das discussões entre os educadores. Existe a necessidade de promover estudos de metodologias e estratégias que permitam tornar frequente essa dinâmica dentro do currículo escolar, de tal forma que o professor possa perceber que o ambiente propício para desenvolver atividades científicas é o seu próprio campo de atuação na escola. É possível desenvolver projetos de pesquisa no ensino fundamental e médio? Quais as características motivadoras da pesquisa? Qual a relação entre a produção científica e o cotidiano escolar? Qual o papel reservado para a escola? No caso da região centro-oeste existe poucos registros públicos sobre esta temática. Prevê-se a consolidação de 12 pólos em cidades estratégicas de Mato Grosso do Sul e as Feiras Municipais Afiliadas, para suporte e realização das de preparação, cursos e oficinas (Campo Grande, Dourados, Aquidauana, Coxim, Jardim, Naviraí, Corumbá (Pantanal), Nova Andradina, Ponta Porã, Três Lagoas, com intenção de agregar a região de Chapadão do Sul, onde tem a presença da UFMS, UFGD, UEMS e IFMS, prevê-se atingir 60% a 90% dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Serão intensificadas mais os cursos de formação/capacitação de professores da Educação Básica visando a elaboração de projetos de pesquisas. Outras estratégias serão adotadas do Projeto Oficiência que conduz até as escolas as atividades científicas desenvolvidas pela UFMS, na forma de oficinas experimentais em diversas áreas de conhecimento. E com ampliação da participação de jovens no Grupo Minerva (incentivo talentos meninas), prevê- se a criação da Rede de Clubes de Ciências em várias cidades de Mato Grosso do Sul. Deve ser formalizada uma rede de apoio às orientações e discussões por meio de recursos de multimídias e ferramentas virtuais (internet) para aproximar os professores participantes do Projeto das IES de Mato Grosso do Sul, com os professores participantes das fases regionais. O projeto prevê a realização da edição FETECMS 2021 em duas fases (virtual e presencial), agregado a FETECCMS Júnior e de forma experimental para fundamentar a realização da EXPOCIENCIA CENTRO-OESTE. Ao final das visitas “in- loco” com cursos, oficinas sobre metodologia de projetos de pesquisas para educação básica, será organizada na cidade universitária da UFMS, Campo Grande, a FETECMS, de realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, mês de outubro de 2021. Com a presença do corpo de professores e pesquisadores das Instituições envolvidas, a distribuição geográfica das cidades polos para as fases preparatórias e a formação de um corpo permanente sobre a temática de feiras de ciências e tecnologia como uns dos instrumentos mais amplos da Educação Científica, o presente projeto FETECMS (Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul) pretende-se consolidar de forma mais permanente nos currículos escolares e também dos cursos estaduais de licenciaturas, clubes de ciências, Olimpíadas Científicas, formação de professores, Bolsa ICJr entre outros denominadas de modo geral, como Atividades Científicas para Educação Básica.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 28/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Ivo Leite Filho

Ciências Humanas

Educação
  • xii fetecms - feira de tecnologias, engenharias e ciências de mato grosso do sul xi feteccms júnior - ix expociência centro-oeste, iii maratona de inovação
  • (INTRODUÇÃO) O desenvolvimento científico e tecnológico é um forte aliado na inclusão do conhecimento na educação na vida das pessoas. Existem muitas discussões de como a ciência, tecnologia e inovação podem melhorar a qualidade de vida da sociedade e que devem fazer parte de ações efetivas dentro da Educação Básica. Ações que estabeleçam métodos e programas de popularização e educação em ciências são um passo importante e necessário nas práticas educacionais. Que permitam tornar frequente essa dinâmica dentro do currículo escolar, de tal forma que o professor possa perceber que o ambiente propício para desenvolver atividades científicas é o seu próprio campo de atuação na escola. No caso da região centro-oeste existem poucos registros públicos sobre esta temática. (OBJETIVOS) Organização, sistematização da FETEC- Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Edição 2022), XII FETECMS- FEIRA DE TECNOLOGIAS, ENGENHARIAS E CIÊNCIAS DE MATO GROSSO DO SUL/ XI FETECCMS JÚNIOR - FEIRA DE TECNOLOGIAS, CIÊNCIAS E CRIATIVIDADE DE MATO GROSSO DO SUL- JUNIOR/ IX EXPOCIÊNCIA CENTRO-OESTE – EXPOSIÇÃO DE PROJETOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DE TECNOLOGIAS, ENGENHARIAS E CIÊNCIAS DA REGIÃO CENTRO-OESTE/ III MARATONA DE INOVAÇÃO, sob responsabilidade do Grupo Arandú de Tecnologias e Ensino de Ciências da UFMS, com apoio direto da FUNDECT-MS, UEMS, IFMS, SED/MS, UCDB e demais órgãos de C&T, visando fundamentar um espaço de divulgação científica das experiências das escolas da Educação Básica, dos estados do Centro- Oeste (Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal). (METODOLOGIA) O projeto prevê a realização da edição FETECMS 2022 de forma presencial e/ou virtual, agregada à FETEC Júnior. Também serão realizados cursos e oficinas sobre metodologia de projetos de pesquisas para educação básica, para alunos e professores, que serão organizados virtualmente, no mês de novembro de 2022, em cidades estratégicas de Mato Grosso do Sul.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 10/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Ivo Leite Filho

Outra

Divulgação Científica
  • yvy arandú: planeta terra inteligente
  • Nosso planeta vem sendo objeto de estudos, tanto científicos quanto tecnológicos, que enriquecem o conhecimento das pessoas através da educação. Nosso país necessita desenvolver ciência e tecnologia a partir da educação básica, estreitando relações entre jovens e a pesquisa, estimulando a construção e/ou reconstrução de mentalidades inovadoras e criativas. A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia atua como agente principal de popularização e educação nessas áreas, entrelaçando desenvolvimento pessoal e profissional, proporcionando um aprendizado contínuo, bem como da manutenção e aprimoramento de uma cultura científica e tecnológica. Desse modo, é possível contribuir significativamente na educação brasileira, visto que com o avanço das Ciências e Tecnologias, a pura e simples aquisição de conhecimentos não é mais o único objetivo de quem vai à Escola. Mato Grosso do Sul é um dos estados da região Centro-Oeste e faz divisa nacional com os estados de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, como também internacional, com Paraguai e Bolívia. Sua área é de 357.147,994 km², ou seja, o sexto maior estado brasileiro, possuindo 79 municípios. Tem uma população estimada (2020) de 2.809.394 pessoas. Com densidade demográfica 6,86 hab./km² e Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) 0,729, ocupando a 10ª posição, entre os demais estados brasileiros. No aspecto educacional, segundo os Dados do IBGE (2020), Mato Grosso do Sul apresenta o IDEB nos anos finais do ensino fundamental da Rede Pública igual 4,6, ocupando a 10ª posição no Ranking e com total de matrículas no ensino médio de 104.878 matrículas. Veio desta fronteira cultural, que representa o Mato Grosso do Sul, a utilização do nome do projeto na língua Guarani YVY ARANDÚ (Tradução do Léxico Guarani. YVY: Planeta Terra; ARANDÚ: sabedoria, inteligência. LÉXICO GUARANÍ, DIALETO MBYÁ: versão para fins acadêmicos. https://www.geocities.ws/indiosbr_nicolai/dooley/ptgn.html). Enquanto uma das Instituições de Ensino Superior em Mato Grosso do Sul, a UFMS tem abrangência geográfica, presente em onze municípios. Porém atende estudantes oriundos da parte do oeste do Estado de São Paulo, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e do Paraná, além de países com que nosso Estado faz fronteira, Paraguai e Bolívia. O Projeto YVY ARANDÚ é um projeto colaborativo entre vários municípios e instituições de educação básica e superior, associados de forma a criar uma Exposição e atividades de Portas Abertas com abrangência Estadual ou Distrital, tendo como Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) previsto na Agenda2030 os itens 4 – Educação de qualidade, 5 – Igualdade de gênero, 9 – Indústria, inovação e infraestrutura. Também atendendo à demanda de ações transversais de CT&I, como 4 – Biomas e Bioeconomia e 12 – Tecnologias Convergentes e Habilitadoras. Propõem-se criar duas linhas de trabalho, num primeiro momento executando a Exposição Virtual e, caso seja possível, uma Exposição Presencial posteriormente. Isto por meio de coleção de experimentos práticos revisados por um corpo docente com o objetivo de aumentar e popularizar a ciência e tecnologia, principalmente, na área temática da Transversalidade e Interdisciplinaridade. Como forma de agregar maior possibilidade deste arranjo científico, prevê-se também a realização de dois encontros estaduais (virtual e/ou presencial) com estudantes e professores das escolas participantes envolvidas, visando aproximar a comunidade a pesquisadores de ponta das ciências e tecnologias. Enquanto proposta de Exposição e atividades de Portas Abertas, está sendo planejada em duas vertentes (virtual e/ou presencial) distribuídas em SETORES (1 a 5), permitindo que estudantes, professores e visitantes possam escolher seu próprio caminho para percorrer. Mas que ao conhecer esta proposta de Exposição, possa entender com maior profundidade a temática da SNCT 2021. (SETOR 1) TRANSVERSAL MENTE: CONHECIMENTOS EM TRANSFORMAÇÃO (SETOR 2) A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA O PLANETA (SETOR 3) MENINAS NAS CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS (SETOR 4) ENCONTRO ESTADUAL PARA EDUCAÇÃO BÁSICA SOBRE TRANSVERSALIDADE DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARA O PLANETA (SETOR 5) PLANETA TERRA NANOTECNOLÓGICO
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 03/11/2021-30/11/2023
Foto de perfil

Ivonaldo Neres Leite

Ciências Humanas

Educação
  • violência escolar: uma pesquisa-ação sobre a ocorrência de bullying em escolas públicas do estado da paraíba
  • Dentre as formas de violência escolar, o bullying tem chamado a atenção tanto pelo elevado número de casos como pelas tragédias que dele tem decorrido. Este é o foco de estudo do presente Projeto. Ele parte do seguinte problema de pesquisa: Qual é o panorama nas escolas públicas estaduais da região metropolitana de João Pessoa no que se refere à ocorrência de bullying? O seu campo empírico será constituído por dez escolas de oito municípios da região metropolitana paraibana, envolvendo, além da capital João Pessoa, os municípios de Cabedelo, Santa Rita, Bayeux, Conde, Lucena, Mamanguape e Rio Tinto. O estudo investigará a ocorrência das várias formas de bullying: verbal, psicológica, física, sexual e cyberbullying. O Projeto, contudo, vai além de uma proposta de pesquisa em sentido estrito, tendo também uma perspectiva de intervenção. Ou seja, trata-se de uma pesquisa-ação, na medida em que pretende pesquisar a realidade sobre o bullying em escolas da região metropolitana de João Pessoa-PB e, a partir do que for constatado, desenvolver ações formativas sobre ela, junto a discentes, docentes e gestores, no sentido da prevenção e da superação dos problemas decorrentes. Do ponto de vista da execução do Projeto, metodologicamente, serão realizadas entrevistas narrativas com professores, gestores e estudantes, sendo o material empírico resultante tratado conforme a técnica de análise de conteúdo temático-categorial. A proposta de intervenção consistirá na realização de oficinas nas escolas que tenham sido campo do estudo, enfocando dimensões como: 1) orientações aos docentes sobre como abordar o bullying junto aos alunos; 2) formas de prevenção ao bullying e redução de danos dos seus efeitos; 3) diretrizes para a gestão escolar lidar com esse fenômeno.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Ivvy Pedrosa Cavalcante Pessôa Quintella

Engenharias

Engenharia Civil
  • meninas makers: descobrindo a engenharia por meio da impressão 3d
  • O projeto visa despertar o interesse de meninas estudantes da rede pública de Alagoas pela engenharia, valendo-se da impressão 3D e de outras tecnologias digitais, além de propiciar condições, com o apoio do programa PAESPE, de ampliar suas chances de ingressar no ensino superior nas áreas de Ciências Exatas, Engenharias e Computação. Pretende-se implantar um pequeno laboratório do tipo fab lab no Centro de Tecnologia da UFAL, que disporá de maquinário básico para fabricação digital (impressoras 3D e cortadora a laser), computadores e dispositivos de robótica e eletrônica (tais como kits arduíno), visando servir ao desenvolvimento das atividades práticas do projeto. A proposta possibilitará o contato das estudantes de escola pública com a impressão 3D e demais tecnologias digitais, estimulando sua percepção crítica e criativa a partir da discussão acerca da potencialidade da manufatura aditiva aplicada ao campo das engenharias. Serão desenvolvidos quatro “workshops de resolução criativa de problemas” por meio de desafios que exploram a aplicação das tecnologias de fabricação aditiva (impressão 3D por fusão de filamento – FDM) e subtrativa (corte e gravação a laser), integradas à eletrônica e à robótica. Tais exercícios serão baseados na metodologia creative problem solving, a partir do desenvolvimento de projetos que exploram problemas práticos de engenharia (civil, ambiental, química e petróleo) visando proporcionar às alunas experiências de manipulação das tecnologias estudadas. Além das palestras, cursos e workshops, objetiva-se gravar uma série de depoimentos em vídeo para a criação de um canal na plataforma Youtube, abordando questões de gênero a partir do tema "mulheres na engenharia". Tais ações visam proporcionar exemplos à comunidade escolar de profissionais com significativas contribuições ao campo da engenharia em Alagoas. Além das atividades específicas do projeto, as estudantes de escola pública irão receber a complementação da formação acadêmica por meio de sua integração e participação nas atividades do PAESPE Jr., do PAESPE e na Informática Básica, visando ampliar suas chances de ingressar no ensino superior nas áreas de Ciências Exatas, Engenharias e Computação. Ao mesmo tempo, o projeto irá capacitar professoras da rede pública para a aplicação de tecnologias digitais na escola, com ênfase em impressão 3D, visando torná-las agentes multiplicadoras dos conhecimentos disseminados pelo projeto. A realização do projeto poderá contribuir para democratizar o acesso à impressão 3D e outras tecnologias digitais no Estado de Alagoas, incentivando o desenvolvimento futuro de projetos com foco na inovação tecnológica digital voltada para as engenharias, aplicados à solução de questões sociais e ambientais locais e incentivando a inovação, a qualificação e o empreendedorismo.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 08/03/2021-30/09/2022
Foto de perfil

Izabel Christine Seara

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • avaliação do sistema sonoro da fala em línguas materna e não maternas
  • O tema deste projeto é a avaliação de sistemas sonoros de línguas materna e não maternas, buscando descrever e caracterizar, do ponto de vista perceptivo e acústico/articulatório, a produção de fala em língua materna de crianças com desenvolvimento de linguagem típico, atípico, bem como a gradiência da fala em línguas não maternas. Os estudos sobre a fala infantil verificarão em que medida os gestos articulatórios se diferenciam nos grupos de crianças avaliadas. Já os estudos sobre a fala adulta de aprendizes de línguas não maternas examinarão a emergência de detalhes fonéticos dos sistemas sonoros dessas línguas, interpretados como indícios da aprendizagem desses sistemas. O uso de uma metodologia instrumental (análise acústica, perceptual, aerodinâmica e/ou articulatória) na avaliação de produções de fala pode auxiliar na identificação, classificação e terapia de dificuldades na percepção e produção de fala. Tanto nos estudos sobre distúrbios da fala quanto sobre a aprendizagem da pronúncia de línguas não maternas, o procedimento mais comum é a análise de oitiva. Dados tratados instrumentalmente permitem evidenciar uma evolução para produções sem desvios que, por análises apenas de oitiva, seriam julgados como produções com desvios. Assim, uma análise instrumental adequada pode identificar a produção realizada e averiguar se essa produção já apresenta pistas que denotem um contraste fônico relevante para a aprendizagem do sistema sonoro. As avaliações instrumentais serão realizadas por ultrassonografia e por análises acústico-aerodinâmicas e perceptuais. Essas técnicas permitem ao pesquisador identificar o processo de produção de fala e obter dados confiáveis a respeito dos parâmetros acústicos, aerodinâmicos e articulatórios envolvidos nessa produção. A difusão de conhecimentos científicos obtidos com esse instrumental é fundamental para a avaliação e o ensino da pronúncia em línguas não maternas, bem como para a terapia da fala em língua materna.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Izabela Cristina Maurício Moris

Ciências da Saúde

Odontologia
  • avaliação do comportamento biomecânico de pilares cone morse em titânio e zircônia submetidos a diferentes cargas, carregamentos e valores de torque do parafuso de retenção: análise in vitro e pelo mef 3d
  • A utilização da interface cone morse tem como objetivo melhorar a adaptação entre implante e pilar protético bem como aumentar a estabilidade mecânica e diminuir o afrouxamento do parafuso, que é considerado um problema clinicamente relevante para as reabilitações orais implantossuportadas. A retenção dos implantes cone morse é desempenhada pela parte cônica do sistema, que favorece a retenção friccional entre pilar e implante e, em menor magnitude, pelo parafuso dos pilares protéticos. Muito embora a literatura evidencie que o afrouxamento do parafuso é existente para as conexões cone morse, muitas vezes, este é imperceptível devido a característica anti-rotacional e embricamento mecânico estabelecido entre as estruturas. Assim, é de se questionar se o afrouxamento do parafuso poderá levar a deformação e/ou fatura dos pilares protéticos. Com a perda de estabilidade do conjunto pilar/implante, haverá sobrecarga na interface cônica do pilar, podendo ocasionar desadaptações internas e comprometimento do funcionamento biomecânico, influenciando na longevidade e prognóstico da reabilitação oral. Os pilares em zircônia associados aos implantes cone morse têm se apresentado como uma boa alternativa para solucionar o fator estético não contemplado pelos pilares metálicos. Os pilares cerâmicos permitem a transmissão de luz através dos tecidos periimplantares sendo indicados para áreas com tecido gengival fino, possibilitando a obtenção de estética semelhante ao dente natural. O objetivo deste estudo será avaliar o comportamento de pilares cone morse em titânio e zircônia submetidos a diferentes cargas (estática/dinâmica), carregamentos (axial/oblíquo) e valores de torque do parafuso. Este estudo será dividido em dois grupos: GTi: pilares em titânio e GZr: pilares em zircônia, os quais serão submetidos a análise in vitro (ensaio de resistência à fratura após ciclagem termomecânica) e análise da distribuição de tensões por meio do método de elementos finitos.
  • Universidade de Ribeirão Preto - SP - Brasil
  • 05/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Izabela Maria Montezano de Carvalho

Ciências da Saúde

Nutrição
  • modelagem estatística e mapeamento da oferta de nutrientes e polifenóis em cardápios escolares
  • A adequada oferta nutricional nos cardápios da alimentação institucional é essencial à promoção da saúde, assim como a oferta de compostos não nutrientes que apresentam benefícios adicionais à saúde, como os compostos fenólicos (CF). Nesse contexto, as atuais recomendações para os cardápios do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) podem favorecer a oferta de CF, uma vez que é priorizada a aquisição de alimentos in natura e minimamente processados, os quais são as principais fontes de CF naturalmente presentes em alimentos. Compreender o impacto do grau de processamento dos alimentos, e de outras variáveis, no teor de CF dos alimentos é importante para melhor direcionar a escolha dos que irão compor as preparações dos cardápios institucionais, incluindo no PNAE. Apesar de não haver recomendação dietética, a ingestão regular de CF tem sido associada à redução do risco para doenças e agravos não transmissíveis (DANT). Diante do exposto, propõe-se analisar a oferta de nutrientes e CF em cardápios da alimentação escolar da rede pública estadual de ensino em Sergipe, realizando a modelagem estatística e ajuste dos modelos entre o conteúdo de nutrientes e compostos fenólicos em cardápios escolares e o grau de processamento de alimentos, a ocorrência de alimentos regionais e a qualidade dos cardápios; bem como mapear o padrão da distribuição espacial da oferta de nutrientes e CF em cardápios escolares na rede pública estadual de Sergipe. Espera-se, assim, promover o planejamento estratégico dos cardápios escolares na rede estadual de ensino em Sergipe, como foco na promoção da saúde dos estudantes. Do ponto de vista tecnológico, serão disponibilizados mapas Web interativos com informações sobre as características nutricionais e oferta de CF nos cardápios, fornecendo ferramentas à gestão da alimentação escolar estadual especialmente voltadas à logística de distribuição dos alimentos nas unidades escolares do estado. 
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 23/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Izete Zanesco

Engenharias

Engenharia de Energia
  • desenvolvimento de células solares bifaciais com redução de etapas térmicas e método de passivação inovador
  • As células solares bifaciais convertem em energia elétrica a energia solar que incide na face frontal e posterior. Em 2030, estima-se que 55 % dos módulos fotovoltaicos sejam bifaciais. Considerando o aumento do mercado no Brasil da tecnologia fotovoltaica e visando o crescimento tecnológico do setor, o objetivo deste projeto de P&D é desenvolver células solares bifaciais PERC com redução de etapas e passivação com óxidos condutores transparentes (TCOs) e com dióxido de silício. A passivação em células de silício reduz a recombinação dos portadores de carga minoritários na superfície da lâmina de silício e aumenta a eficiência. A difusão dos dopantes em um único passo térmico visa a redução do custo de produção e da degradação do substrato de silício grau solar. A difusão dos dois dopantes, necessária para formar a estrutura da célula solar bifacial, será implementada em uma única etapa térmica, com base na solicitação de patente BR1020180085760 intitulada “Processo de difusão de dopante tipo p e tipo n em lâminas de silício na mesma etapa térmica” e o método de passivação das duas superfícies será desenvolvido com base na solicitação de patente BR1020170200736 intitulada “Célula solar de silício cristalino com junção pn com passivação e uso de pelo menos um óxido condutor transparente”. A partir de resultados anteriores serão produzidas células solares bifaciais base p e n com passivação com SiO2 nos laboratórios do Núcleo de Tecnologia em Energia Solar da PUCRS e os filmes finos de TCOs serão desenvolvidos nos laboratórios da Seção de Engenharia de Materiais do Instituto Militar de Engenharia. Serão caracterizados os filmes finos depositados e as células solares bifaciais. As inovações são: células solares bifaciais PERC para aumentar a potência produzida, processo com difusão de boro e fósforo na mesma etapa térmica para reduzir o custo de produção e método de passivação com TCOs para aumentar a eficiência.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Izis Mônica Carvalho Sucupira

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação do uso dos mosquiteiros impregnados com inseticida de longa duração (milds) como estratégia de controle da transmissão de malária e suas implicações em cinco estados da amazônia brasileira
  • O presente estudo pretende avaliar o uso de mosquiteiros distribuídos nos municípios prioritários de cinco estados Amazônicos (Acre, Amapá, Amazonas, Pará e Roraima). Nos cinco estados foi indicado pelos parceiros um município prioritário que recebeu mosquiteiros impregnados com inseticida de longa duração (MILD) e onde, logística e estruturalmente, é possível realizar as atividades do estudo. Em cada município foi eleito 3 pontos de coletas, nos quais serão realizadas coletas 2 vezes ao ano (cerca de 15 dias cada) para desenvolvimento de metodologia referente ao estudo da biologia de transmissão de malária, envolvendo espécimes adultos e imaturos e seus habitats. Quanto ao uso dos mosquiteiros, será realizada entrevista estruturada com um responsável da casa que recebeu MILDs para saber qual informação foi repassada e quanto conhecimento foi absorvido (como e quando usar; lavagem e secagem; uso e conservação, etc.). Em uma amostra dos mosquiteiros será realizada a verificação da integridade e sua eficácia (prova biológica usando a técnica dos cones preconizada pela OMS; método colorimétrico para detecção semi-quantitativa do inseticida no tecido do mosquiteiro e espectrofometria para detecção quantitativa do inseticida e seus produtos). Em todas as áreas serão georreferenciadas as casas que receberam mosquiteiros, criadouros dos mosquitos, pontos de coletas, etc. Nos criadouros próximos aos pontos de coleta serão realizadas análises físico-químicas da água e solo, e na água dos criadouros e de consumo serão feitas análises da presença de resíduos orgânicos. Pretende-se também conduzir junto à população atividades informativas/educativas quanto a diversos aspectos da malária (importância do diagnóstico e tratamento; prevenção; ferramentas de controle e uso adequado delas).
  • Instituto Evandro Chagas - PA - Brasil
  • 03/03/2020-31/03/2023
Foto de perfil

Jaciel Gustavo Kunz

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • turismo na planície costeira do rio grande do sul, porção meridional: diagnóstico territorial e leituras paisagísticas por drones
  • A Planície Costeira do Rio Grande do Sul - PCRS, porção sul (municípios de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar), na fronteira com o Uruguai, é um dos maiores complexos lagunares do mundo, bem como possui uma das maiores praias oceânicas do planeta, constituindo-se em ecossistema único e biodiverso, com densa historicidade devido à ocupação, ora por colonizadores portugueses, ora espanhóis, com período de neutralidade. A FURG, com sede em Rio Grande, e campus em Santa Vitória do Palmar, é vocacionada aos ecossistemas oceânicos e costeiros. Os ecossistemas turísticos também são parte interveniente. A pergunta central é: Em que extensão os drones, como recursos tecnológicos recentes, podem ser utilizados em diagnósticos territoriais e em leituras paisagísticas alternativas, a fim de ordenar os territórios para fins de turismo? Os drones são tecnologias amplamente empregadas na promoção turística e nas redes sociais atualmente, propondo narrativas visuais e leituras (alternativas?) de paisagem, e subsidiando a compreensão mais acurada da organização do território, do qual o turismo e/ou lazer podem ser uma parte. A metodologia proposta no projeto é de caráter qualitativa com ampla pesquisa bibliográfica acerca das temáticas centrais da pesquisa paisagem turística costeira e documental através da coleta de fotografias a partir do uso de drone para captação de imagens costeiras no extremo sul. Ainda, criar um questionário on-line a ser preenchido por agentes das localidades para identificar características da paisagem estudada. O projeto pode promover a inclusão de atores territoriais e ambientais da região, bem como oferecer elementos para a formatação de novas APAs no território, como na Lagoa Mangueira. Se não pode haver visitação turística no Taim, por ser, dentro do SNUC, uma Esec, talvez a utilização de drones, devidamente estudada e autorizada, para captação e divulgação de imagens, supre o interesse do olhar sem presença corpórea.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 11/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jack Roberto Silva Fhon

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • atitudes e percepções sobre envelhecimento e ageismo em estudantes de enfermagem: estudo multicentrico
  • Introdução: O aumento de número de idosos decorre tanto do aumento da expectativa de vida sendo projetada para 2030 uma expectativa de vida média de 79 anos. O preconceito de idade surge quando esta é utilizadas para categorizar e dividir as pessoas de maneiras que levam a danos, desvantagens e injustiças e corroem a solidariedade entre as diferentes gerações e que pode assumir diferentes formas ao longo do curso de vida. Objetivo: Associar e compreender as atitudes e percepções sobre o processo de envelhecimento e ageismo em estudantes de enfermagem de universidades no Brasil e no Peru. Método: Estudo misto que será realizado em instituições de ensino de enfermagem brasileiras e peruanas e constará de duas fases: Fase 1, será realizado um estudo transversal por meio do web-based survey com estudantes de enfermagem que serão utilizados os instrumentos de perfil demográfico, a Escala de Fraboni de Ageismo e Escala de Ageismo no Contexto Organizacional. Na Fase 2, será dividido em duas etapas, a primeira será realizada entrevistas aos estudantes sobre o processo de envelhecimento e a segunda serão analisados os desenhos dos participantes, ademais do Teste de Associação Livre de Palavras. Para as análises quantitativas será utilizada a estatística descritiva e analítica. Já para a fase qualitativa para analisar as falas dos participantes será utilizado a Análise de Conteúdo e para o Teste de Associação Livre de Palavras a técnica de análise de conteúdo lexométrica. Para o início do estudo, primeiro terá que ser aprovado pela Comissão da Graduação de cada Instituição e a seguir será encaminhado ao Comitê de Ética da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo com a finalidade de aprovar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jackson Cioni Bittencourt

Ciências Biológicas

Morfologia
  • neurogênese adulta durante a lactação e comportamento materno: hormônio concentrador de melanina (mch) um modulador de neuroplasticidade?
  • O período de transição para a maternidade é marcado por drásticas adaptações fisiológicas e comportamentais que visam suprir o aumento da demanda energética e atender as necessidades da prole através da amamentação e do cuidado materno. Essas mudanças são mediadas por uma extensa remodelação dos circuitos neurais. A geração contínua de novos neurônios (neurogênese) emerge como um importante mecanismo de neuroplasticidade que contribui para a adaptação do cérebro materno durante esta etapa da vida. Até o presente momento, existem poucos estudos sobre a ocorrência da neurogênese ao longo da lactação, e se ela também tem implicações para o comportamento materno. Hormônios e neuropeptídeos ligados ao balanço energético desempenham um importante papel nas adaptações metabólicas induzidas pela lactogênese e expressão do comportamento maternal. O hormônio concentrador de melanina (MCH) é um peptídeo que atua na regulação do balanço energético. Notadamente, somente durante a lactação, o MCH é sintetizado na área pré-óptica medial (MPOA), região crítica à expressão do comportamento materno. É possível que esse padrão de expressão do MCH possa estar relacionado a processos neurogênicos. Alterações na homeostase energética influenciam drasticamente a neurogênese hipocampal e hipotalâmica. Tendo em vista que o hormônio concentrador de melanina (MCH) exerce um importante papel sobre o comportamento maternal e o metabolismo energético é possível que esse module o processo de neurogênese durante a lactação. Nessa proposta, visamos 1) Identificar a origem das células MCH-ir que surgem na área pré-óptica medial (MPOA) durante a lactação, examinando de maneira global a presença de neurogênese no encéfalo maternal; 2) Avaliar como as taxas de neurogênese hipocampal e hipotalâmica flutuam ao longo da lactação e sua correlação com o MCH; e 3) avaliar a expressão de genes associados a neurogênese na MPOA, através da técnica de Single-cell RNAseq no cérebro materno.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 25/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Jackson Roberto Guedes da Silva Almeida

Ciências da Saúde

Farmácia
  • estudo químico, avaliação da toxicidade e da atividade antinociceptiva, anti-inflamatória e sobre o sistema nervoso central de passiflora foetida (passifloraceae)
  • Espécies de Passiflora, conhecidas popularmente como maracujá, têm sido amplamente cultivadas no Brasil, especialmente no bioma Caatinga, devido à produção de frutos comestíveis bem como pelo seu uso medicinal. O objetivo deste projeto é investigar o perfil químico usando técnicas de ressonância magnética nuclear e espectrometria de massas, bem como avaliar a toxicidade e o potencial antinociceptivo, anti-inflamatório, ansiolítico e sedativo da espécie Passiflora foetida, conhecida popularmente na região Nordeste do Brasil como maracujá de estalo e maracujá fedido. A planta será coletada no município de Petrolina-PE e a exsicata será depositada no Herbário Vale do São Francisco (HVASF) da UNIVASF. Para isso, serão obtidos extratos etanólicos e frações obtidas por partição com solventes de diferentes polaridades, os quais serão submetidos a métodos cromatográficos como cromatografia em coluna e cromatografia em camada delgada para isolamento dos constituintes químicos e avaliação da toxicidade e da atividade farmacológica. Os constituintes químicos isolados terão suas estruturas identificadas através de técnicas de IV, UV, EM e RMN (uni e bidimensionais). Os extratos também serão analisados através de métodos cromatográficos modernos como CLAE-DAD, CLAE-DAD-EM e CLAE-DAD-EM/EM. Para a avaliação da atividade farmacológica, serão utilizados ensaios de viabilidade celular, modelos experimentais de toxicidade (Artemia salina e com camundongos – aguda, subcrônica e crônica), além de avaliação da atividade antinociceptiva (contorções abdominais induzidas por ácido acético, teste da formalina, teste da placa quente, tail flick, von Frey), anti-inflamatória (edema de pata induzido por carragenina e histamina, peritonite induzida por carragenina) e sobre o sistema nervoso central (triagem farmacológica comportamental, teste do campo a
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco - PE - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jacob Palis Junior

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • inct de matemática
  • A matemática brasileira tem evoluído de forma excepcional em décadas recentes atingindo o nível de reconhecimento internacional muito elevado que se traduz pela obtenção de prêmios inéditos a nível do hemisfério sul, como a Medalha Fields, o mais destacado premio da área e concedido a jovens até 40 anos, atribuído em 2014 a Artur Avila e o Premio Balzan, atribuído a Jacob Palis em 2010, por seus trabalhos em sistemas dinâmicos, estendendo-se a outras áreas de matemática. Também pelo número inédito de pesquisadores brasileiros que apresentam palestras nos Congressos Internacionais de Matemáticos, como no recente ICM 2014 com 5 palestrantes, sendo 2 deles plenaristas. Como resultado deste notável prestígio internacional teremos nos próximos anos a realização da Olimpíada Internacional de Matemática em 2017 e do próprio Congresso Internacional de Matemáticos em 2018. Com a conquista da Medalha Fields por Avila, certamente a matemática irá atrair um contingente maior de jovens de talento para nossos centros de mestrado e especialmente de doutorado. Ao mesmo tempo, como listado no presente projeto do INCTMat haverá uma notável colaboração internacional de grandes matemáticos, dentre eles, 6 detentores da Medalha Fields: D. Mumford (1974), PL. Lions (1994), E. Witten (1990), J-C. Yoccoz (1994), W. Werner (2006), S. Smirnov (2010) e possivelmente M. Hairer (2014). Podemos prever que nos próximos 4 anos, a matemática brasileira será elevada ao nível mais alto, grupo V, na União Internacional de Matemática. Pode-se prever também um intercâmbio científico internacional ainda mais vigoroso na área de matemática e suas diversas ramificações. Aproveitando esse excepcional momento, podemos prever um crescimento expressivo e sustentável quanto a atrair jovens de talento, a formação de doutores de qualidade ainda mais elevada e uma produção científica mais ampla e ainda de mais alta qualidade inclusive em áreas mais aplicadas, como parte do projeto do INCTMat. Cabe destacar a presença em nosso projeto de um programa denominado matemática industrial. Em um cenário de globalização da economia, é fundamental a busca dos avanços da ciência e da tecnologia como bases para a inovação, visando ao desenvolvimento econômico e social bem como para o estabelecimento de estratégias para lidar com as complexas regras da competitividade mundial. Nesse aspecto a Matemática, juntamente com outras áreas da Ciência, tem um papel importante na disponibilização de ferramentas necessárias para enfrentar esse desafio. Pretendemos, em particular, que o INCTMat colabore para o estabelecimento de vínculos entre o instituições de pesquisa e empresas e a formação de pessoal a nível de pós-graduação em matemática industrial. Outro ponto de grande relevância no Projeto do INCTMat é sua abrangência nacional envolvendo as principais instituições de todas as regiões do país. Ele contempla uma rede de centros, muitos deles com programas de doutorado e mestrado credenciados pela CAPES, cabendo ao INCTMat papel de destaque nessa integração e expansão do sistema, bem como na constante elevação da qualidade na formação de recursos humanos e ampliação das áreas de atuação, abrangendo cada vez mais áreas aplicadas. Tendo em vista a visibilidade crescente de que desfruta a matemática brasileira, o INCTMat será ainda mais instrumental para que o Brasil alcance globalmente um novo patamar da qualidade e abrangência de sua matemática. Nesse sentido, é fundamental apoiar a área do Ensino da Matemática desde os primeiros anos escolares através de Olimpíadas, como a Olimpíada Brasileira de Matemática para Escolas Públicas (OBMEP) e a Brasileira de Matemática (OBM) e a produção de materiais didáticos digitais. Em um nível mais avançado, o INCTMat promoverá um número expressivo de simpósios regionais e nacionais como o Colóquio Brasileiro de Matemática e os Colóquios Regionais de Matemática, envolvendo as diversas áreas da matemática. Também em número expressivo reuniões nacionais e internacionais em áreas específicas da matemática ou multidisciplinares como a física-matemática em especial o estudo de cordas e supercordas e a supersimetria de espaço e tempo, finanças, modelagem de fenômenos biofísicos, modelagem ambiental, computação visual, matemática do petróleo, comportamento crítico de modelos de mecânica estatística dentre outras. O número desses simpósios e conferências será crescente ao longo dos próximos anos, de modo a mobilizar toda a comunidade matemática brasileira para o Congresso Internacional de Matemáticos em 2018, para o qual proporemos reuniões satélites nas diversas áreas da matemática, reuniões estas que são bastante prestigiadas e colocam em evidência o avanço em matemática do país hospedeiro. Por todas essas razões, o INCTMat será de grande importância para a conquista de um patamar científico a nível da vanguarda mundial na área de matemática, que certamente servirá de base para as suas inúmeras aplicações em muitas outras áreas da ciência e tecnologia, como a computação, inclusive a computação visual, a engenharia, a física e a astronomia, a biologia, a economia, dentre outras.
  • Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Jacqueline Biancon Copetti

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • criopreservação de material biológico: desenvolvimento de protocolos e análise de viabilidade
  • A criopreservação de material biológico (MB) evoluiu como tecnologia para aplicações na medicina, como terapia com células-tronco, engenharia de tecidos, reprodução assistida e terapia gênica. A criopreservação conserva o MB a baixas temperaturas, suprimindo o envelhecimento biológico e mantendo a viabilidade. O congelamento e armazenamento são feitos por meio do contato do MB com nitrogênio e uso de agentes crioprotetores (ACP), minimizando o dano osmótico e evitando a formação de cristais de gelo intra e extracelular, reduzindo crioinjúrias. O protocolo de congelamento é crucial para o sucesso do procedimento, viabilidade das funções celulares pós-descongelamento e segurança associada à toxicidade do ACP. Depende do MB; velocidade de congelamento; tipo, concentração e tempo de exposição ao ACP. Os protocolos convencionais consistem na imersão da amostra em nitrogênio líquido (LN2) ou no congelamento lento, com redução gradual da temperatura; taxas de resfriamento são de 10-100 °C/min e usam menores concentrações de ACP. No protocolo de vitrificação não há cristalização; a amostra sofre transição direta do estado líquido para o estado vitrificado e amorfo. Alcança altas taxas de resfriamento (~20.000 °C/min), mas exige maior concentração de ACP. Assim, novas tecnologias de vitrificação que associem o aumento da taxa de resfriamento (>100.000 °C/min) com pequenos volumes de material e ACP com baixas concentrações devem ser investigadas e analisadas, a fim de alcançar as condições adequadas e reduzir a toxicidade, importante para MB osmoticamente frágil, como sêmen, onde protocolos usuais podem causar um declínio nos parâmetros de motilidade e viabilidade dos espermatozoides resultando em danos ao DNA e funcionalidade do gameta masculino. O projeto propõe estudos para estabelecer a vitrificação ultrarrápida para preservação de sêmen e o desenvolvimento de microdispositivos para acondicionamento da amostra que garantam sua viabilidade pós-congelamento e praticidade.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jacqueline Veneroso Alves da Cunha

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • estresse e autoeficácia em docentes do ensino superior em ciências contábeis no brasil
  • O ambiente do ensino superior é gerador de estresse docente, por fatores inerentes ao trabalho como baixo salário, falta de apoio material e social, além da extenuação física. Contudo, características pessoais como personalidade, sistema de crenças e estratégias de enfrentamento mediam seus efeitos, influenciando na percepção de autoeficácia pelo indivíduo. Desta maneira, aumentar a autoeficácia docente pode mudar a qualidade do ensino, tendo em vista que o estresse tem consequências prejudiciais tanto para o professor quanto para alunos e seus resultados. Considerando que altos níveis de estresse docente ocasionam impacto direto nos resultados escolares, no absenteísmo, no esgotamento, no clima escolar, entre outros, o objetivo deste projeto é identificar a relação entre a autoeficácia e o nível de estresse percebido pelos docentes do ensino superior em Ciências Contábeis no Brasil. A importância do projeto está no fato do curso estar entre os dez maiores do país ocupando o quarto lugar em matrículas de graduação, evidenciando seu papel social na inserção de profissionais no mercado de trabalho. Adicionalmente, os docentes do curso possuem duplas ou triplas jornadas de trabalho, exercendo outras atividades empresariais, de pesquisa, extensão, administrativas, dentre outras. Diante desse cenário, a pesquisa sustenta-se pela necessidade de identificação de como as crenças de autoeficácia modelam o estresse docente. Nesse contexto, o desgaste gerado pelo baixo nível de crenças de autoeficácia docente e elevada percepção de estresse afetam as instituições de ensino superior, os alunos e a sociedade em geral. A estratégia metodológica será uma survey, com questionário contendo levantamento do perfil sociodemográfico, escala Teacher Stress Inventory e escala Sobre as Fontes de Autoeficácia Docente aplicado na população de professores de Ciências Contábeis e entrevistas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jacques Antonio Cavalcante Maciel

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • mensuração da prática centrada na pessoa na atenção primária à saúde no brasil: adaptação transcultural e validação do person-centred practice inventory (pcpi)
  • A prática centrada na pessoa promove relação terapêutica entre profissional-pessoa e requer ação colaborativa interprofissional. O Person-centred Practice Inventory (PCPI) é um instrumento de avaliação europeu que mensura o fenômeno na perspectiva de profissionais de saúde (PCPI-S) e usuários do serviço (PCPI-SU) com propriedades psicométricas que favorecem possibilidade de uso na realidade do Sistema Único de Saúde. A avaliação regular das percepções da equipe e comunidade sobre a prática centrada na pessoa permite identificar processos de trabalho que beneficiam o desempenho interprofissional, melhora a satisfação do usuário e permite identificar as principais práticas que sustentam serviços eficazes e perspectivas ampliadas de cuidado. O estudo objetiva traduzir, adaptar transculturalmente e validar o PCPI versões profissional e usuário para o português do Brasil. A metodologia compreenderá inicialmente um estudo metodológico de tradução, adaptação transcultural e validação do PCPI-S e PCPI-SU do inglês para o português do Brasil em seis estágios para cada versão: tradução inicial; síntese das traduções; retrotradução; análise de comitê de especialistas; pré-teste com público-alvo; validação do conteúdo e aparência com método Delphi modificado. Posteriormente, será realizado um estudo transversal de base populacional com profissionais e usuários adultos adscritos aos serviços de Atenção Primária à Saúde dos 55 municípios que integram a Região de Saúde de Sobral, no Ceará, Brasil. Será utilizada amostragem complexa por conglomerados. As unidades amostrais serão, respectivamente, setor censitário e domicílio para municípios-pólo, e município, setor censitário e domicílio para municípios do interior. A validade do construto será testada por meio da confiabilidade (estabilidade, consistência interna e equivalência) e validade (conteúdo, critério e construto) do PCPI para profissionais e usuários da Atenção Primária à Saúde.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jacques Demajorovic

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • licença social para operar e vulnerabilidade: uma proposta de integração da dimensão social nos processos de fechamento de minas para a transição pós-mineração
  • A abordagem da Licença Social para Operar (LSO) emerge como elemento importante nos debates acadêmicos e nas práticas empresariais relacionadas às indústrias extrativistas. Estudos destacam a necessidade que atividades de mineração tenham uma LSO, “emitida” pela sociedade, incluindo governo, ONGs, mídia e comunidades. Esta relação valorizada na fase de operação começa a ganhar ênfase também na fase de fechamento das operações. Os aspectos sociais emergem como um conhecimento em evolução chamando a atenção crescente de pesquisadores na mineração. Reconhece-se que os efeitos do fechamento de uma mina em uma comunidade podem persistir por vários anos depois do seu encerramento, resultando em impactos socioeconômicos negativos para os moradores. A necessidade de desenvolver modelos de fechamento de minas que garantam a sustentabilidade do território se torna mais central em contextos de vulnerabilidade, onde as comunidades não contam com a capacidade institucional para garantir uma transição pós-mineração que atenda a este objetivo. O objetivo deste trabalho é desenvolver um modelo para a integração da dimensão social nos processos fechamento de minas. A comunidade escolhida para o trabalho de campo é Itabira, onde a há uma previsão de encerramento das operações da mineração em um prazo máximo de 10 anos. Como procedimento metodológico será adotada uma abordagem quali-quanti aplicada no território envolvendo os múltiplos stakeholders nas áreas de pesquisa selecionada. Esta pesquisa é capitaneada por Centro Universitário da FEI, por meio de seu grupo de pesquisa em LSO no setor de Mineração, registado no CNPQ, em parceria com outras três instituições de ensino superior: Universidade de Alicante, Universidade de British Columbia e Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. A parceria interinstitucional busca promover a ampliação do conhecimento nesta temática, beneficiando-se do intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores de diferentes formações e contextos.
  • FUNDACAO EDUCACIONAL INACIANA PADRE SABOIA DE MEDEIROS - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jacques Mick

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • transformações no perfil profissional de jornalistas no brasil (2012-2021)
  • A configuração sociodemográfica, as características do trabalho e da ação política de jornalistas como categoria profissional são relevantes em regimes democráticos, dada a importância de informação de qualidade para as decisões dos cidadãos. Perfis sociodemográficos excludentes em relação a parcelas da população podem, por exemplo, resultar em noticiário enviesado ou na ausência de cobertura de determinados temas; do mesmo modo, a precarização do mercado laboral pode levar ao abandono precoce da profissão por parcela relevante dos trabalhadores, além de incidir diretamente sobre a qualidade da informação. Esta pesquisa pretende compreender como se reconfigurou o perfil profissional dos jornalistas no Brasil num contexto de transformações estruturais do ofício combinadas às crises econômica e sociopolítica que marcam a história do país desde 2013. Trabalhamos com a hipótese de que políticas de ação afirmativa no ensino superior continuaram a produzir transformações relevantes na composição da categoria, com a inclusão de maior número de pessoas negras (pretas/pardas), enquanto a precarização do ofício intensificou desligamentos precoces das atividades jornalísticas, especialmente de mulheres, com o redirecionamento dos profissionais para outras áreas de atuação fora do jornalismo, maior vulnerabilização dos trabalhadores a situações de violência e diferentes riscos laborais, que acarretam adoecimento físico e mental. As hipóteses, baseadas em revisão bibliográfica e em estudo exploratório, serão testadas por meio da análise e tratamento quali-quantitativo de duas bases de dados produzidas pela equipe de investigação em pesquisas de perfil profissional realizadas por online survey em 2012 e 2021 - a primeira com 4,3 mil respostas e a segunda com 7 mil. Os resultados serão utilizados por seis organizações de jornalistas (Abraji, APJor, FENAJ, ABI, ABEJ e SBPJor), por pesquisadores do trabalho jornalístico e para a formação universitária de jornalistas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jacques Raymond Daniel Lépine

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • receptores supercondutores em terahertz para radioastronomia no solo e no espaço
  • Pretendemos estabelecer uma colaboração entre Brasil, Rússia, Africa do Sul e China para desenvolver a tecnologia para construção de receptores de muito alta frequência (sub-Terahertz). Trata-se de tecnologia pouco desenvolvida no Brasil, apesar de inúmeras aplicações futuras (medicina, comunicações, segurança, sensoriamento remoto, etc). Num caso com objetivo bem definido e metas claras, estaremos contribuindo para esse desenvolvimento. Será desenvolvido um receptor de frequência 270 GHz, baseado num misturador constituído de disposistivo SIS (semi-condutor-isolante-semicondutor) construído na Russia. Esse é o dispositivo chave, sem o qual é impossível construir um receptor. O restante do receptor, com oscilador local e todos os estágios de criogenia, será desenvolvido na Holanda, num laboratório com o qual os proponentes do BRICS tem forte interação. A principal contribuição do Brasil será oferecer o radiotelescópio LLAMA (4800 m de altitude) para as observações radioastronômicas, objetivo final deste receptor. Observações nestas frequências só podem ser realizadas em locais muito altos ou no espaço. A parte brasileira participará de etapas importantes do desenvolvimento do receptor. A Africa do Sul e China contribuirão principalmente para o desenvolvimento das etapas de Frequencia Intermediarias.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 08/08/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Jade de Oliveira

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • investigação dos mecanismos que relacionam distúrbios no metabolismo do colesterol com doenças neurodegenerativas: uma abordagem in vitro, in vivo e in sílico
  • A hipercolesterolemia, principalmente a Hipercolesterolemia Familiar (HF), está associada a prejuízos de memória e motores característicos das doenças de Alzheimer e Parkinson. A HF é causada por mutações no gene do receptor de lipoproteína de baixa densidade (LDL). Além dos níveis aumentados de LDL no sangue, a falta do receptor nas células cerebrais também parece ter impacto no sistema nervoso central. A neuroinflamação desencadeada pela hipercolesterolemia parece estar associada às neuropatologias. No entanto, os mecanismos relacionados à conexão entre alterações no metabolismo do colesterol e a indução do processo inflamatório cerebral precisam ser melhor elucidados. Cerca de 40% dos adultos têm níveis plasmáticos altos de colesterol, sendo a HF um problema de saúde pública. As questões principais deste projeto são: O aumento da reatividade microglial participa da gênese dos danos encefálicos induzidas por alterações no metabolismo do colesterol de origem adquirida ou genética? A neuroinflamação causada pela hipercolesterolemia ocorre devido alterações no eixo intestino-cérebro? Nossos trabalhos prévios apontaram que estratégias anti-inflamatórias atenuam os danos cerebrais associados à hipercolesterolemia. Camundongos expostos à dieta hipercolesterolêmica e camundongos nocautes para o receptor de LDL serão tratados com inibidores de reatividade microglial e probióticos. Serão avaliados parâmetros comportamentais, proteínas envolvidas na biossinalização e mediadores inflamatórios, marcadores de integridade da barreira hematoencefálica, marcadores neurais e de neurodegeneração em regiões distintas do encéfalo. O eixo intestino-cérebro também será avaliado. Além disso, células neuronais e micróglias serão expostas à LDL ou terão o gene do receptor de LDL silenciado, e tratadas com minociclina e PLX5622 (inibidores da ativação microglial). Análises in sílico de modulações de genes em pacientes com níveis normais ou altos de colesterol no sangue serão realizadas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jader de Oliveira Santos

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • insegurança hídrica domiciliar e degradação ambiental em áreas susceptíveis à desertificação: vulnerabilidades e perspectivas no semiárido cearense
  • A discussão sobre as mudanças climáticas exibe de forma pertinente como se desenvolvem as relações entre sociedade e natureza nas mais diversas escalas. Sérios problemas socioambientais com efeitos adversos na economia e nos ambientes com menor capacidade de suporte têm se intensificado em todo o planeta, e, de forma preocupante na população mais vulnerável. É nesse contexto que se insere o semiárido brasileiro onde o histórico de exploração dos recursos naturais ratifica as origens dos problemas socioambientais, comprometendo tanto o atendimento das necessidades básicas à sobrevivência, como desenvolvimento econômico ampliado. A presente proposta integra um conjunto de ações integradas de tecnologias sociais cujo objetivo é contribuir com a redução da pobreza e da degradação socioambiental, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida de comunidades inseridas em áreas susceptíveis à desertificação. A proposta tem como foco prioritário a articulação entre pesquisadores e grupos de pesquisa em práticas investigativas visando a compreensão da degradação ambiental e da vulnerabilidade hídrica. Complementarmente fomenta a integração de ações cujo objetivo é ampliar a segurança hídrica e energética de comunidades vulnerabilizadas, tendo como princípios os objetivos para o Desenvolvimento Sustentável-ODS, especialmente os objetivos I, II, III, IV, V, VI e VII. Para sua consecução propõe-se a realização de análises e diagnósticos a nível comunitário com metodologias participativas; condução de estudos técnico-científicos que considerem as potencialidades e fragilidades dos sistemas ambientais e dos grupos sociais; avaliação da vulnerabilidade hídrica; implementação de intervenções tecnológicas de baixo custo para reduzir insegurança hídrica e energética das populações; criação de sistema comunitário de monitoramento ambiental; e proposição de ações de formação e difusão do conhecimento científico com foco nas áreas susceptíveis à desertificação.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Jader Riso Barbosa Junior

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • desenvolvimento de circuitos magnéticos à base de ímãs permanentes de terras-raras para aplicações em sistemas de conversão termomagnéticos
  • Circuitos magnéticos (CMs) são arranjos de ímãs permanentes capazes de gerar campos magnéticos intensos em regiões ou volumes confinados (entreferros). Seu uso está presente em diversos sistemas de engenharia de alto valor agregado, como aerogeradores e trens de alta velocidade. Apesar de sua grande importância e potencial comercial, não há no Brasil parque fabril com know-how para projetar, otimizar, fabricar e montar CMs à base de ímãs permanentes de alta eficiência, o que limita o desenvolvimento de tecnologias limpas e portadoras de futuro. Dentre as inúmeras aplicações de CMs, encontram-se os refrigeradores magnéticos (RMs) e os motores termomagnéticos (MTs), os quais envolvem a conversão entre calor e trabalho magnético para bombeamento de calor e geração de potência, respectivamente. Em ambas as aplicações, fluidos ora nocivos ao meio ambiente são substituídos por refrigerantes sólidos, mais seguros e estáveis. Além disso, ciclos termomagnéticos são internamente reversíveis, gerando maiores eficiências. Tecnologias termomagnéticas são mais propícias à reciclagem de seus materiais. Com uma equipe multidisciplinar e experiente no tema, a presente proposta objetiva desenvolver, em âmbito laboratorial, CMs à base de ímãs de terras raras para sistemas de conversão termomagnética (RMs e MTs) desde o projeto conceitual, modelagem matemática, simulação e otimização e, finalmente, fabricação e montagem. Faz parte da proposta ainda o desenvolvimento de novos materiais, e também investigar a resistência à corrosão e seu efeito no desempenho dos CMs, propondo melhorias na seleção de materiais e mecanismos protetivos que aumentem a estabilidade ao longo da vida útil. Um foco habilitador do projeto é o estudo das aplicações com desenvolvimento de protótipos de RMs e de MTs nas instituições participantes (UFSC e UFMG), já que os resultados obtidos com a pesquisa em CMs irão propiciar novas oportunidades para aumentar a eficiência e a competitividade desses dispositivos.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jaderson Costa da Costa

Ciências da Saúde

Medicina
  • prospecção e avaliação de mirnas de vesículas extracelulares como biomarcadores para indivíduos portadores de epilepsia com mutações nos genes cdkl5, cacna1a, scn1a e wdrd45
  • A epilepsia é caracterizada por disparos rítmicos e sincronizados na população de neurônios no SNC, gerando manifestações clínicas, como as crises convulsivas. Essa patologia possui associação com diversas alterações genotípicas, conhecidas como mutações. Essas mutações podem ocorrer em diversos genes, tais como: CDKL5, CACNA1A, SCN1A e WDR45. Portanto buscar alternativas que envolvam a investigação dessas alterações se torna de extrema importância. Para tal, o uso de ferramentas de biologia molecular avançadas se mostra eficiente, tendo como cerne, a exploração de possíveis biomarcadores. Assim, o objetivo deste projeto é investigar o perfil de microRNAs (miRNAs) de vesículas extracelulares (VEs) de indivíduos portadores de epilepsia com as mutações citadas anteriormente. Para esta investigação, será realizado análise do exoma completo dos indivíduos com suspeita ou histórico das mutações nos genes citados acima. Em seguida, será realizada a coleta de sangue e saliva para isolamento das VEs, além de uma biópsia de pele para obtenção de um cultivo primário de fibroblastos para obtenção de células-tronco pluripotente induzidas (iPSC) e posterior neurodiferenciação. Em seguida, será realizada a caracterização das VEs através da quantificação da concentração de proteínas, caracterização morfológica e a concentração e distribuição do tamanho das partículas isoladas. Posteriormente, será realizada a extração de RNA e o enriquecimento dos miRNAs, e posterior preparação da biblioteca dos miRNAs para o sequenciamento. Para a verificação do perfil de miRNAs será realizado o sequenciamento de nova geração. Será ainda realizada verificação eletrofisiológica nos neurônios derivados das iPSCs utilizando a metodologia de patch clamp. Por fim, este projeto terá repercussão em inúmeros ensaios clínicos, visando melhor prognóstico com possíveis biomarcadores, possibilitando um direcionamento específico no tratamento das mutações citadas acima.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jadson Diogo Pereira Bezerra

Ciências Biológicas

Botânica
  • fungos de plantas e cavernas do cerrado: ecologia, bioprospecção e impacto das mudanças climáticas
  • Estimativas indicam cerca de 3,8 milhões de espécies de fungos, entretanto, cerca de 10% delas são conhecidas. O Cerrado é um hotspot de biodiversidade e suas áreas protegidas têm sido afetadas por ações antrópicas. Pesquisas sobre a diversidade do Cerrado são urgentes e promissoras para desvendar a biodiversidade, sobretudo a flora e funga que desempenham papel primordial na manutenção e conservação dos ambientes. É escasso o conhecimento das relações ecológicas, do potencial biotecnológico e do impacto das mudanças climáticas em fungos de plantas e cavernas do Cerrado. Os objetivos da proposta são: 1) determinar a diversidade de fungos endofíticos de Anacardium occidentale e Brosimum gaudichaudii, 2) estimar a diversidade de fungos cavernícolas do ar e do sedimento e verificar a presença de fungos potencialmente patogênicos, 3) gerar dados morfológicos e moleculares com intuito de elucidar a posição filogenética dos fungos, 4) avaliar o potencial biotecnológico de fungos no controle de patógenos de interesse médico e agrícola, produção de enzimas e degradação de microplásticos e 5) verificar o impacto das mudanças climáticas nos fungos. Fungos serão isolados e identificados por ferramentas morfológicas e moleculares. Índices ecológicos serão utilizados para estimar a diversidade. Bioprospecção: fungos serão inoculados frente à patógenos de interesse médico e agrícola e o potencial antagônico avaliado; isolados serão testados quanto à produção de enzimas extracelulares de importância industrial e ambiental (ex. proteases, amilases, lipases); e culturas de fungos serão utilizadas para degradação de diferentes concentrações de microplásticos. Impacto das mudanças climáticas: fungos serão inoculados em condições de escassez de água (meio de cultura DG18), radiação UV (lâmpada germicida x tempo de exposição) e temperaturas (de 28°C até 45°C). Os dados da bioprospecção e dos impactos das mudanças climáticas serão analisados estatisticamente.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Jailane de Souza Aquino

Ciências da Saúde

Nutrição
  • mucilagens obtidas de cactáceas: prospecção, bioatividade e efeitos sobre o eixo intestino-cérebro de ratos com obesidade
  • A obesidade é caracterizada pelo excesso de adiposidade e vem sendo relacionada a alterações neurocomportamentais e na microbiota intestinal, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Sua terapêutica envolve diversas intervenções, especialmente a dietética, o que impulsiona o estudo de componentes prebióticos, os quais são fermentados por microrganismos que colonizam o intestino e promovem efeitos metabólicos benéficos em vários órgãos, via comunicação entre eixos como o intestino-cérebro. Nesse contexto, a promissora extração de mucilagens de cactáceas com potencial prebiótico, pode ser útil como tratamento adjuvante da obesidade. As mucilagens têm aplicabilidade nos setores alimentício e farmacêutico, e apresentam propriedades tecnológicas e bioatividade que variam conforme a fonte de obtenção. Estudo prévio de nosso grupo, investigou a extração de mucilagens a partir de cladódios de sete espécies de cactáceas e selecionou mandacaru (Cereus jamacaru), xique-xique (Pilosocereus gounellei) e facheiro (Pilosocereus pachycladus) como as mais promissoras. A partir do conjunto de evidências científicas, hipotetizou-se que a extração e caracterização de mucilagens das cactáceas supracitadas poderiam ter propriedade prebiótica e outras bioatividades, frente ao eixo intestino-cérebro de ratos com obesidade. Para tal, a primeira etapa do projeto consistirá em caracterizar as mucilagens (minerais, fibras, fenólicos e atividade antioxidante) e a segunda, no experimento com ratos induzidos à obesidade e administração de 100 mg/kg das mucilagens, avaliando-se a ingestão alimentar, comportamentos (ansiedade e depressão), parâmetros somáticos e bioquímicos, análises da microbiota intestinal e fecal, marcadores cerebrais (BDNF e Delta-FosB), além de ácidos orgânicos, macrófagos, INF-gama;, NFkB e IL 1B; ao longo do eixo intestino-cérebro. Espera-se incentivar a exploração sustentável das cactáceas com geração de renda e bioatividade comprovada na obesidade
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jailson Bittencourt de Andrade

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • inct de energia e ambiente
  • A agenda século XXI tem por base três pilares que representam objetivos a serem alcançados por todos os segmentos sociais, em especial o acadêmico e o empresarial: Sustentabilidade, Interdisciplinaridade e Inovação. Sem a pretensão de minimizar, mas de direcionar, podemos destacar que além da Educação, estes objetivos estão diretamente relacionados com o polinômio Energia-Água-Alimentos-Ambiente, os maiores desafios atuais da Humanidade. O inter-relacionamento no âmbito do polinômio é abrangente e envolve qualquer das dimensões em foco: econômica, tecnológica e social. Nesse contexto, consideramos que Energia e Ambiente podem representar os maiores desafios atuais da Humanidade, pois além da sua importância intrínseca, estão diretamente relacionados com a produção e a conservação dos alimentos, como uso sustentável dos corpos d’água e, consequentemente, com a riqueza/pobreza das nações. O presente projeto propõe a continuidade e ampliação do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Energia e Ambiente (INCT EA), criado no âmbito do EDITAL INCT 15/2008, que iniciou as atividades em março de 2009, em forma de rede nacional de grupos de pesquisa, para estudar, de forma concertada, a preparação de biocombustíveis, associada à valorização dos co-produtos; a formulação e certificação de combustíveis e de misturas de combustíveis fosseis e biocombustíveis; a combustão em motores estacionários e em dinamômetro de rolos e o impacto dos gases e material particulado (em escala micrométrica e nanométrica) emitidos na atmosfera de centros urbanos brasileiros. Uma visão geral das atividades já realizadas, revela uma forte interação com órgão públicos, empresas e escolas, envolvendo um forte intercambio de informações relacionadas a politicas públicas, tecnologia & inovação, e educação, apoiados por mais de 500 artigos publicados em periódicos indexados; mais de 20 patentes (depositadas e negociadas); mais de 200 profissionais formados, em nível de mestrado e doutorado; e por estágios nos níveis técnico e de pós-doutorado. O INCT EA continuará sediado no Centro Interdisciplinar de Energia e Ambiente (CIEnAm) da UFBA, criado em 2003, que conta atualmente com 2 prédios com 12 laboratórios cada, um parque de equipamentos com valor estimado em US$ 10 milhões, e envolve competências em Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação, voltadas para a formação de recursos humanos qualificados e a geração de conhecimento e produtos tecnológicos e com forte interação com órgãos públicos e privados nas seguintes áreas de atuação: i) Otimização e uso eco-eficiente de energia; ii) Combustíveis fosseis e provenientes de biomassa; iii) Impactos ambientais na atmosfera, litosfera, hidrosfera e na biosfera; iv)Tecnologias limpas; v) Nanotecnologia e novos materiais; e vi) Regulação e gestão. O foco do presente projeto de pesquisa do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Energia e Ambiente envolve a valorização do uso do etanol na frota veicular, incluindo os veículos pesados, que utilizam atualmente uma mistura biodiesel-diesel 6/94%, através da preparação de aditivos que melhorem a miscibilidade e a estabilidade de misturas etanol/biodiesel/diesel, com concentrações de etanol superiores a 15%, preservando ou ampliando o número de cetanas dos novos combustíveis, quando comparados ao diesel puro. Na sequencia, será realizada a caracterização e certificação dos combustíveis comercializados nas diferentes regiões do país, bem como das misturas de combustíveis fósseis e biocombustíveis elaboradas. Será estudada a combustão in situ dos combustíveis em equipamento “motor monocilindro” de modo a otimizar o funcionamento dos diferentes motores (ciclo Otto e ciclo Diesel); a combustão em motores estacionários e em dinamômetro de chassis, e a composição e toxicidade da exaustão (fase gasosa e particulada), bem como o impacto dos gases e material particulado, em escala micrométrica e nanométrica, emitidos na atmosfera de centros urbanos brasileiros (pelo menos em, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Londrina). Os grupos de pesquisa envolvidos estão sediados em IES em três diferentes regiões do pais - NE, SE e S - (UFS, UFBA, UFMG, UFRJ, UERJ, USP, UNICAMP, UEL, UFSC e UFRGS), em sua maioria, realizam pesquisa de vanguarda e de elevada qualidade e padrão competitivo internacionalmente nas respectivas competências. Estão incluídos também grupos de pesquisa jovens de instituições emergentes (UNIT, UFRB e UESC, priorizadas neste projeto) e de duas outras Instituições relevantes para o projeto: O SENAI/CIMATEC (EMBRAPII), centro de referencia em Manufatura Avançada, onde serão realizados os estudos de combustão/otimização, que poderão resultar em modificações dos motores, e o Laboratório de Biocombustíveis da Agencia Nacional de Petróleo (DF) responsável pela certificação e regulação de biocombustíveis. Também, merece destaque, dentre as parcerias com empresas, a GranBio, primeira empresa a conjugar a produção de etanol de primeira geração com a de segunda geração e as empresas Maisa Agroindustrial (Pará) e Preu Engenharia (São Paulo), parceiras nos estudos relativos ao uso de Biochar na agricultura. . Acompanhando o eixo condutor de pesquisa no projeto, estão ações de pirólise e gaseificação de biomassa, visando potencializar o uso de resíduos da produção de etanol sob forma de bio-óleo (combustível) e bio-carvão (agricultura), como também uma infra-estrutura analítica e estatística excepcional, bem como intensa cooperação cientifica e tecnológica no país e no exterior. No Brasil, merece destaque a cooperação inter-INCT, envolvendo o INCT EA e outros seis INCT. A sinergia das ações de pesquisa, a mobilidade de pessoal, a integração na formação de recursos humanos e a capacidade de transferência de conhecimentos para a sociedade, governo e empresas, continuarão sendo os principais amalgamadores das ações INCT EA.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 29/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Jailson Bittencourt de Andrade

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • impactos subletais do derramamento de óleo de 2019 sobre as funções ecológicas chaves de ecossistemas marinhos na costa da bahia
  • No final de 2019, cerca de 3000 km da costa brasileira incluindo principalmente a região nordeste foi diretamente impactada pelo maior derrame de petróleo já visto na região. Registros das manchas foram encontrados em mais de 980 pontos, alcançando diversos ecossistemas marinhos. Impactos socio-econômicos foram imediatos, afetando intensamente o turismo, a pesca e extrativismo costeiro e a saúde das populações. Impactos sub-letais não facilmente visíveis e que trazem danos de longo prazo também ocorreram e ainda podem estar afetando funções ecológicas chaves que são fundamentais para a manutenção e persistência destes ecossistemas. A região entre a Baía de Todos os Santos e a Baía de Camamu (entre 12°35’ S a 14°05’ S) foi bastante atingida pelo grande derreamento de óleo de 2019. Esta merece uma atenção especial por constituir uma porção significativa da costa leste brasileira, bioregião de maior biodiversidade do Oceano Atlântico Sul. Dentre os ecossistemas marinhos, destacam-se os bancos de grama marinha e os recifes de corais por, além de serem sensíveis, criarem condições propicias à sedimentação, podendo assim reter o próprio óleo decantado ou sedimento e microplástico que adsorvem razões deste óleo. Dentre as principais funções ecológicas chaves que podem ser afetadas nesses ecossistemas, destacam-se as funções de teia trófica que pode estar sendo contaminada desde a base por distintas vias como a produção primária, detritívoros ou filtradores e a função de biocontrução dos recifes de corais que mantêm a complexidade estrutural responsável pela grande diversidade biológica desses ecossistemas. Entender como essas funções ecológicas chaves estão sendo afetadas é um grande desafio. Abordagens das ciências químicas assim como seus avanços tecnológicos em novos métodos de análise e dispositivos são necessários para abordar de forma inovadora essas questões. A presença de hidrocarbonetos assim como metais traços derivados do petróleo são considerados um dos principais tipos de poluição que ameaça ambientes marinhos e eventos de derrames de petróleo são de significativa preocupação. Mais recentemente, os microplásticos também têm sido considerados em estudos de poluição petrogênicia pois adsorvem concentrações de metais e compostos orgânicos na superfície, servindo como um vetor de transporte no ecossistema. Os hidrocarbonetos saturados e os policíclicos aromáticos (HPAs) com foco nos prioritários (16 HPAs regulamentados pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA - EPA) são os compostos frequentemente avaliados em estudos de avaliação de riscos de contaminantes sobre os ecossistemas e os seres humanos em derramamento de óleo. Esses compostos trazem informações importantes visto que podem se bioacumular nos corais, sedimentos e demais tipos de biota associadas. Entretanto, esses estudos excluem muitos outros compostos importantes, tais como os HPAs alquilados e outros compostos policíclicos aromáticos (PACs), tais como os HPAs nitrados (nitro-HPAs), os HPAs oxigenados (oxi-HPAs, como, por exemplo, as quinonas), compostos heterocíclos aromáticos policíclicos de enxofre (PASH), heterocíclos aromáticos policíclicos de nitrogênio (PANH) e os heterocíclos aromáticos policíclicos de oxigênio (PAOH) bem como seus congêneres alquilados. Segundo a literatura, esses PACs são mais abundantes, persistentes e muitos exibem mobilidade e biodisponibilidade, além de reatividade e toxicidade comparáveis ou mais altas que os HPAs. Logo, podem contaminar a biota e então se biomagnificar ao longo da cadeia trófica. Desta forma, o objetivo principal deste projeto é avaliar a presença de marcadores petrogênicos orgânicos e inorgânicos na base da cadeia trófica dos organismos bentônicos de pradarias de gramas marinhas em organismos responsáveis pela função de bioconstrução dos recifes de coral em áreas atingidas pelo derramamento de óleo na costa da Bahia em 2019, a fim de verificar a ocorrência de efeitos sub-letais. Serão amostrados doze pontos afetados pelo óleo desde a Baía de Todos os Pontos até a Península de Maraú em que observamos a presença dos dois ecossistemas. Alguns pontos na Baía de Todos os Santos serão utilizados como controle pois não houve a chegada direta do óleo. As análises serão feitas em água, sedimento, microplástico, Halodule wrightii, Anomalocardia flexuosa, poliquetas detritívoros e corais. Serão analisados marcadores petrogênicos orgânicos e inorganicos cujos métodos já foram desenvolvidos e validados, porém, é também um objetivo importante deste trabalho desenvolver e validar novos métodos analíticos da química. Este projeto também possui uma estratégia de divulgação do conteúdo científico que envolve a inclusão em novas tecnologias Audiovisuais e de Realidade Aumentada que estão sendo desenvolvidas para facilitar, democratizar e tornas mais atrativo o acesso de informação de qualidade sobre o impactos subletais do óleo para a sociedade. Espera-se com esse projeto conseguir avançar em conhecimentos sobre o impacto do óleo na costa brasileira e alcançar, dentre outros, os objetivos do Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para os Oceanos.
  • SENAI - Departamento Regional da Bahia - BA - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Jailson Bittencourt de Andrade

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • identificação de sars-cov-2 em corpos d’água e esgoto como ferramenta para estimativa de contágio por covid-19 da população
  • O presente projeto propõe avaliar a possível presença do vírus SARS-CoV-2 em esgoto e diferentes corpos d’água como ferramenta complementar à testagem da população para avaliar o nível de contaminação por COVID-19, bem como alguns tipos de medicamentos e drogras recreacionais ou ilícitas, cuja utilização possa estar aumentando nesse período. É sabido que água contaminada pode transmitir uma série de doenças derivadas de vírus e outros microrganismos. Uma grande variedade de vírus patogênicos excretados por humanos e animais podem chegar a diferentes corpos d’água, desde o esgoto não-tratado até águas superficiais, e mesmo o processo de tratamento de esgoto não elimina totalmente a carga viral, podendo a água tratada ser distribuída com vírus patogênicos para a população. A recente pandemia do COVID-19, causada pela infecção do vírus SARS-CoV-2, vem causando sérias preocupações e desafiando os sistemas de saúde mundiais. Muito pouco se sabe sobre as suas possíveis formas de transmissão, além das rotas usuais (gotículas de saliva, espirro, tosse, dentre outros). Entretanto, acredita-se que pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2, sintomáticas ou assintomáticas, possam excretar fezes e/ou urina contaminada por esse vírus. Uma vez o vírus tendo sido eliminado, este pode se espalhar através de corpos d’água superficiais (rios, estações de tratamento de esgoto e água, dentre outros), havendo a possibilidade de contágio de um número maior de pessoas. Desse modo, testar as plantas de tratamento de água e esgoto, esgoto não-tratado e águas de rios, pode ser uma alternativa viável para que a vigilância epidemiológica possa estimar o real número de infectados espacial e temporalmente numa determinada região em estudo. Com isso, espera-se que governos e autoridades competentes tenham mais instrumentos para a tomada de decisão quanto à adoção e administração de medidas de afastamento social e, no sentido contrário, em seu gradual relaxamento. Além disso, poderão também detectar mais rapidamente o possível início de novos surtos. Mesmo no caso de eliminação aparente, a vigilância ao SARS-CoV-2 deve ser mantida, pois um ressurgimento do contágio pode ser possível até 2024. Por outro lado, vem sendo observado que muitas pessoas vêm apresentando diferentes distúrbios psicológicos associados ao confinamento por longos períodos de tempo. Portanto, é importante saber também, do ponto de vista de saúde pública e de políticas sociais, como isso poderia estar afetando o uso de determinados tipos de medicamentos (antivirais, ansiolíticos, antidepressivos e analgésicos), assim como drogas recreacionais ou de abuso (nicotina, cocaína, anfetamínicos e maconha, bem como seus metabólitos), pela população.
  • SENAI - Departamento Regional da Bahia - BA - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Jaime Aparecido Cury

Ciências da Saúde

Odontologia
  • modelos para avaliação do potencial anticárie de vernizes fluoretados
  • Os vernizes fluoretados (VF) tem se destacado por serem recomendados mundialmente para o controle não invasivo de cárie de esmalte na dentição decídua e permanente. Entretanto, há vários tipos de VF disponíveis no mercado e apenas um (Duraphat, NaF 5%) tem sido testado e validado clinicamente. Nossos dados preliminares analisando os VF do mercado, mostram que esses produtos não estão sob vigilância sanitária porque os problemas que temos encontrado comprometem totalmente a eficácia anticárie dos mesmos (Braz Oral Res 2019;33:217). Esse projeto pode servir de embrião para a normatização de outros produtos de uso profissional, como os à base de diamino fluoreto de prata para aplicação profissional (Braz Dent J. 2020;31:257-263; Aust Dent J. 2021 Jun;66:214), nos quais problemas sérios de formulação têm sido encontrados e os produtos estão comercialmente em uso. Assim, é altamente desejável desenvolver modelos para avaliar o potencial anticárie de VF quer seja para serem usados no desenvolvimento de novos produtos, como para avaliar os já presentes no mercado. Sendo assim, este projeto objetiva desenvolver modelos validados para estimar o potencial anticárie de VF, tendo como objetivos específicos: 1) Determinar as concentrações de fluoreto total e da fração solúvel dos VF comerciais; 2) Determinar as concentrações de fluoreto fortemente (tipo FAp) e fracamente ligados (tipo “CaF2”) formados no esmalte pela reação química com os VF; 3) Desenvolver modelos in vitro de ciclagens de pH para avaliar o efeito dos VF na redução da desmineralização do esmalte hígido, na ativação da remineralização do esmalte cariado, e na paralisação e/ou reversão da lesão de cárie pré-existente; 4) Avaliar in vitro o efeito do VF na redução da desmineralização do esmalte humano fluorótico; e 5) Avaliar in vitro o efeito do VF na progressão da lesão de cárie em dentes decíduos submetidos a desafios cariogênicos baixo, médio e alto de exposição à açúcar por 2, 4 e 8 h/dia, respectivamente
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jaime Eduardo Cecilio Hallak

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • inct translacional em medicina
  • O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Translacional em Medicina (INCT-TM) foi criado em 2008 com o propósito de estabelecer uma rede nacional de centros de pesquisa de destaque na investigação de biomarcadores e de novos alvos terapêuticos e moléculas capazes de atuar em transtornos neuropsiquiátricos, inserindo-se na área estratégica de Saúde e Fármacos definida pelo Governo Federal. Na base de todas as atividades do INCT-TM, a pesquisa translacional visa agilizar a aplicação de dados de pesquisa básica no contexto clínico e oferece possibilidades importantes para que o Brasil desenvolva seu potencial de geração de inovação a partir de sua produção acadêmica. Superando suas metas originais, o INCT-TM gerou mais de 600 publicações em periódicos internacionais e o depósito de nove pedidos de patente. Em termos qualitativos, o INCT-TM produziu achados importantes sobre o papel das neurotrofinas (particularmente o BDNF, Brain-Derived Neurotrophic Factor) e de novas drogas como o canabidiol (CBD) e o nitroprussiato de sódio (NP) no contexto dos transtornos neuropsiquiátricos. O instituto também teve importante atuação na formação e capacitação de recursos humanos, com o intercâmbio de pesquisadores entre centros nacionais e internacionais e a defesa de um grande número de teses e dissertações, além de promover a transferência de conhecimento científico para a comunidade e o setor produtivo e de favorecer a inserção de grupos nacionais no contexto internacional de pesquisa de ponta. Em sua proposta atual, com um grupo formado por cerca de 90 doutores distribuídos em 8 centros do sul, sudeste e nordeste do Brasil, o INCT-TM irá atuar em todas as áreas anteriores, com destaque para a pesquisa sobre moléculas promissoras para o tratamento de transtornos e sintomas neuropsiquiátricos (CBD, NP, ayahuasca, N-acetilcisteína, entre outros) visando o aumento da produtividade e representatividade da pesquisa brasileira através da produção de conhecimento e inovação com potencial de geração de dividendos para o país e as instituições envolvidas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2024
Foto de perfil

Jaime Henrique Amorim Santos

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento de vacinas para controle global de flavivirus
  • O gênero Flavivirus engloba as espécies de arbovírus de maior importância epidemiológica no Brasil (DENV, ZIKV e YFV). O processo de globalização e o crescimento urbano tem tornado as distâncias cada vez menores entre os continentes. Indivíduos infectados em trânsito podem transportar vírus de uma região geográfica para outra em poucas horas, e isto pode viabilizar a importação de novos vírus. Identificando este problema, o Prof. Jaime Amorim propõe desenvolver formulações vacinais capazes de conferir proteção contra diferentes espécies de flavivirus, tanto as já presentes no Brasil em situação endêmica, quanto as que podem ser importadas ou se tornarem epidêmicas. Para isto, os antígenos vacinais serão desenhados in silico, levando em conta: i) a localização de epítopos importantes para a resposta imunológica protetora ao longo da poliproteína viral; ii) sua conservação entre os vírus alvo; iii) a cobertura populacional do conjunto de epítopos. Em seguida, os antígenos desenhados serão obtidos e utilizados em formulações vacinais a serem testadas em regimes de imunização em modelo animal. As formulações vacinais protetoras serão utilizadas para estudos de caracterização de resposta imunológica. O Prof. Jaime Amorim tem experiência com pesquisas de desenvolvimento de vacinas e foi um dos idealizadores do recém aprovado Programa de Pós-graduação em Patologia Investigativa, da Universidade Federal do Oeste da Bahia. Pretende contribuir de forma relevante para com a saúde pública brasileira, desenvolvendo produtos tecnológicos com aplicação de resolução de importantes problemas: as arboviroses, os desdobramentos de suas múltiplas epidemias e a perspectiva de continuidade destes problemas por meio da importação ou emergência de novos flavivirus.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia - BA - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Jairo Getulio Ferreira

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • rede internacional de pesquisa em midiatização e processos sociais
  • O objetivo desta proposta é a construção de uma Rede Internacional de Pesquisas em Midiatização e Processos Sociais. Essa linhagem de pesquisa teve, no Brasil e Argentina, um de seus lugares de fundação. Na última década, se fortaleceu na Europa, com novos enfoques teóricos, epistemológicos e metodológicos diversos. A proposta de Rede visa consolidar as investigações conduzidas no Brasil como referência de interlocução, evitando-se, assim, um processo recorrente em que as pesquisas do sul (como o ocorrido com a pesquisa em recepção, por exemplo) não participe do concerto internacional de pesquisa nesta linhagem. A pergunta central do projeto de Rede é: quais são as abordagens epistemológicas, teóricas e metodológicas da pesquisa em midiatização, considerando essa linhagem nas perspectivas diferenciadas em construção no Brasil, Argentina e Europa? Conforme acervo disponível em https://www.midiaticom.org/e-books/, “o qualificativo de midiatização é... profundamente ambíguo e, por consequência, sua conceituação é necessariamente complexa...” (Livro III, pag 234/) e a hipótese é de que tais perspectivas podem se articular, se confrontar em agonísticas, e “sob certas condições, se complementar”. Isso corresponde ao nosso diagnóstico. O conceito de midiatização se amplia hoje nas pesquisas em diversos centros de investigação em comunicação na Europa, Estados Unidos, América Latina e Rússia (https://www.midiaticom.org/e-books/. Há indícios de que atinge um momento em que pode se transformar em uma linhagem de pesquisa no campo da comunicação (assim como outras linhagens conhecidas: estudos de recepção, cibercultura, economia política, semiótica, etc.). A bibliografia internacional que referência este projeto indica essas diversidade e atualidade. A proposta de atividades abrange jornadas de pesquisa e workshops, realizadas em interações remotas (online) e presenciais, de planejamento, debates e cursos formativos, compartilhamento de conceitos e metodologias.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 23/03/2022-31/03/2025