Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Joilda Silva Nery

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • tratamento da hanseníase no brasil: determinantes do acesso, completude e cura utilizando linkage de bases de dados secundários
  • A hanseníase ainda representa um importante problema de saúde pública no Brasil, especialmente nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Dentre os indicadores para o monitoramento e avaliação da hanseníase definidos no país, a proporção de casos novos em abandono de tratamento tem como finalidade avaliar a qualidade da atenção e seguimento dos casos desde o diagnóstico até a finalização do tratamento. De modo geral, existem poucos estudos que discutem a não adesão ao tratamento da hanseníase no Brasil. Fatores socioeconômicos, culturais, relacionados ao regime de tratamento e com as características dos serviços de saúde estão associados ao abandono do tratamento da doença. Diante do exposto é imprescindível, elucidar as barreiras de acesso e os determinantes relacionados aos desfechos do tratamento da hanseníase. Esta pesquisa tem como objetivo avaliar os fatores associados ao acesso geográfico aos serviços de saúde, adesão e desfechos de tratamento da hanseníase no Brasil entre 2001 e 2016. Para tanto, serão realizados três estudos: 1) estudo transversal para identificar os fatores associados ao acesso geográfico aos serviços de saúde por pacientes diagnosticados com hanseníase no Brasil entre 2001 e 2016 2) estudo transversal para investigar a distribuição e os fatores sociodemográficos associados à adesão ao tratamento e desfecho cura entre os casos novos de hanseníase no Brasil entre 2001 e 2016 a partir dos dados nacionais notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) 3) estudo de coorte para investigar a distribuição espacial e os fatores socioeconômicos, demográficos e geográficos associados à adesão ao tratamento e desfecho cura entre os casos novos de hanseníase no Brasil entre 2001 e 2016 em um subconjunto da “Coorte de 100 milhões de Brasileiros”, utilizando o linkage do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) com o SINAN. Nos dois primeiros objetivos serão conduzidos estudos transversais envolvendo todos os casos novos de hanseníase residentes no Brasil notificados nos anos de 2001 a 2016. Os dados individuais referentes aos casos novos notificados da doença oriundos do SINAN serão vinculados com as informações sobre as características das unidades de saúde de notificação obtidas através da base de dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). Após o georreferenciamento dos casos será construído um indicador de acesso dificultado para classificar a distância entre a unidade de saúde notificante e o endereço de residência do caso. Para cumprimento do terceiro objetivo será utilizado um subconjunto da “Coorte de 100 Milhões de Brasileiros”, uma coorte estabelecida pelo Cidacs/Fiocruz através do cruzamento do Cadastro Único para Programas Sociais e SINAN – hanseníase entre 2001 e 2016. Em todos os estudos, as associações entre as covariáveis e a adesão e desfechos do tratamento da hanseníase serão expressas através da Odds Ratio (OR) e respectivos intervalos de confiança de 95%. As análises serão realizadas para casos de hanseníase paucibacilares e multibacilares separadamente e no software STATA 15.0. O projeto de pesquisa será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia. Espera-se com os resultados obtidos, trazer contribuições sobre o papel dos determinantes e fatores associados à adesão e aos desfechos do tratamento da hanseníase no Brasil.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joilson de Assis Cabral

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • perdas comerciais no setor elétrico brasileiro: impactos econômicos diretos e indiretos no pib e propostas de medidas de mitigação das perdas comerciais equitativas para consumidores e distribuidoras.
  • O Setor Elétrico Brasileiro (SEB) é um sistema hidrotérmico complexo de dimensões continentais e pode ser considerado único no mundo (FRANCISCO, 2012). O SEB está subdividido nos segmentos de geração, transmissão e distribuição. O SEB passou por duas grandes reformas que culminaram no atual modelo institucional do Setor. A primeira reforma do SEB iniciada em 1994, teve como principais resultados a desverticalização dos segmentos de geração, transmissão, distribuição, comercialização, privatização do setor (especialmente no segmento de distribuição) e a criação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) (PIRES, 1999). Já a segunda reforma, implementada em 2004, teve como base três diretrizes: a universalização da oferta, a segurança do sistema e a modicidade tarifária (SOUZA e LEGEY, 2010). No entanto, as duas reformas implementadas não foram capazes de reduzir a taxa de perdas totais de energia elétrica – diferença entre o montante fornecido à rede elétrica e a energia que é efetivamente entregue aos consumidores finais - do SEB. As perdas técnicas - ocorrem de forma natural nos sistemas elétricos devido aos processos de transporte de energia - se mostram estáveis apresentando uma taxa média em torno de 8% no período compreendido entre os anos de 2000 a 2012. Já as perdas comerciais (perdas não técnicas) – oriundas de furto de energia (“gatos”), adulteração dos medidores de energia, desvio no ramal de entrada e inadimplência - se mostraram crescentes, passando de 3,99% em 2000 para 5,91% em 2012, representando um aumento de 48%. Com a entrada em vigor do decreto n° 4.562 de 2002, as parcelas relacionadas aos custos de transporte e às perdas de eletricidade, assim como os encargos de conexão do segmento de consumo passaram a ser consideradas no cálculo da tarifa paga pelo consumidor final. Assim, perdas comerciais reguladas passaram a ser modelada pelas distribuidoras como parte de seu mercado consumidor. Estas buscam mitigar estes custos, cada vez maiores, de forma custo-efetiva de modo a equilibrar seu ambiente econômico-financeiro. Já a ANEEL busca minimizar estes custos visando garantir a modicidade tarifária, uma das diretrizes do atual modelo institucional do SEB. Contudo, é plausível acreditar que a política tarifária atual ao repassar uma parcela dos custos oriundos das perdas, via elevação da tarifa, para os consumidores finais regulares levam a tarifas menos módicas. Sendo assim, o repasse das perdas comerciais à tarifa de energia possui impactos diretos e indiretos para as distribuidoras, governo e consumidores. Para as distribuidoras, suas receitas podem ser reduzidas visto que o repasse das perdas pode ocorrer, no máximo, até o limite das perdas reguladas pela ANEEL. Perdas superiores a este limite são custeadas pelas distribuidoras. Com isso, um factível cenário de receitas menores limita a capacidade das distribuidoras realizarem novos investimentos, afeta negativamente a qualidade da oferta, aumenta a probabilidade de apagões e oscilações nos horários de pico de carga, há desperdício de recursos ambientais e energéticos, pressão sobre os custos de expansão do sistema elétrico além de desgaste do relacionamento entre a distribuidora e os clientes (ARAUJO, 2007; DEPURU et al.,2011; LIGHT, 2013; OBAFEMI e IFERE, 2013; MESSINIS e HATZIARGYRIOU, 2018; HUBACK, 2018). Quanto aos impactos sobre o governo e os consumidores, estes são pouco discutidos na literatura. Pode-se argumentar que as perdas reduzem a arrecadação pública, visto que 35,6% da tarifa de energia são encargos e tributos. Sobre os consumidores, as perdas comerciais levam a cobrança de tarifas menos módicas o que, por sua vez, reduzem a renda disponível dos consumidores regulares para consumo da própria energia elétrica e de outros bens e serviços. Tal redução de renda disponível pode induzir o aumento da taxa de inadimplência, dos furtos e fraudes por parte das famílias. Este comportamento das famílias impacta diretamente a taxa de perdas comerciais no SEB retroalimentando o processo e, logo, culminando em um ciclo vicioso de aumento das perdas comerciais. Diante do exposto, propor medidas que visem a ruptura deste ciclo vicioso é fundamental para a redução das perdas comerciais e, consequentemente, da redução das tarifas no SEB. Assim, um dos objetivos deste projeto é mensurar os impactos diretos e indiretos das perdas comerciais de energia elétrica no consumo das famílias e no PIB brasileiro. A partir desta análise, é possível propor medidas de mitigação das perdas não técnicas equitativas e socialmente justas garantindo tarifas módicas para os consumidores além de assegurar práticas econômico-financeiras e ambientalmente sustentáveis para o ambiente de negócio das distribuidoras. Para mensurar os impactos das perdas comerciais no consumo das famílias e no PIB, será utilizado o método de insumo-produto com os gastos das famílias desagregados por decis de renda. Quanto à proposta de medidas mais justas do repasse das perdas comercias no âmbito das distribuidoras, principalmente aquelas que operam em áreas com severas restrições à operação, o objetivo será evidenciar que o modelo de dados em painel com efeitos aleatórios utilizado na Nota Técnica nº 342/2008-SRE/ANEEL para mensurar o nível de perdas comerciais reguladas de cada distribuidora pode estar equivocado. Este projeto propõe a estimação do modelo da ANEEL utilizando o teste de Hausman (1978) para a escolha do método de estimação, o que não foi feito na Nota. A partir desta decisão, será estimada a taxonomia de modelos de painel espacial de modo a comparar, via AIC e BIC, se os modelos espaços-temporais são mais adequados para o cálculo das perdas comercias reguladas. Ao final do projeto, espera-se que os resultados encontrados possam contribuir para o aperfeiçoamento das políticas de revisão tarifária periódica e para a metodologia de tratamento regulatório das perdas comercias da ANEEL contribuindo para a modicidade das tarifas de energia do SEB.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonas Alex Morales Saute

Ciências da Saúde

Medicina
  • estabelecimento de modelos celulares utilizando como ferramenta a tecnologia das células-tronco pluripotentes induzidas (ips) a partir de fibroblastos de pacientes com paraparesia espásticas hereditária do tipo 4
  • Introdução: As paraparesias espásticas hereditárias (PEH) são um grupo heterogêneo de doenças genéticas neurodegenerativas caracterizado pela presença de hipertonia espástica e fraqueza muscular de predomínio nos membros inferiores. Mais de 80 loci já foram descritos como associados às PEH, sendo o principal achado fisiopatológico a degeneração das porções mais distais dos axônios do trato corticoespinhal. Entre as PEH autossômicas dominantes (AD), a forma mais frequente é a paraparesia espástica hereditária do tipo 4 (SPG4), causada por mutações no gene SPAST. Nos ambulatórios de neurogenética do Hospital de Clínicas de Porto Alegre a SPG4 é responsável por 60% das famílias com PEH-AD. A proteína espastina, produto do gene SPAST, faz parte de uma família de ATPases com diversas funções celulares, entre elas o tráfego de membrana, motilidade intracelular, biogênese de organelas, enovelamento proteico e proteólise. Mutações na espastina parecem interferir no transporte axonal levando a degeneração (dying back) do axônio, porém grande parte do mecanismo fisiopatológico desta condição permanece desconhecido. O estabelecimento de modelos celulares a partir de células-tronco pluripotentes induzidas (iPS) pode ser uma ferramenta para auxiliar na compreensão de processos fisiopatológicos além de permitir o screening de fármacos e identificação de novos alvos terapêuticos. Vários tipos celulares podem ser reprogramados a partir das iPS, entre eles neurônios específicos. Objetivos: O objetivo do presente projeto é estabelecer um modelo celular de neurônios a partir da reprogramação celular de fibroblastos de pacientes com SPG4 que possa ser utilizado para futuros estudos sobre mecanismos fisiopatológicos da doença e para screening de fármacos. Metodologia: Para a realização deste projeto serão utilizados fibroblastos de 4 pacientes com identificação de mutações no gene SPAST (dois casos com mutação missense, um com início precoce (<10 anos; p.Ala425Pro) e outro com início adulto (p.Arg460Cys) dos sintomas, um paciente com mutação do tipo nonsense (p.Arg581*) e um paciente com deleção (p.Arg498Alafs*13). Além dos pacientes, serão coletados fibroblastos de dois indivíduos saudáveis para serem utilizados como controle. As biópsias serão cultivadas até a obtenção de cultura primária de fibroblastos e, após o estabelecimento destas culturas, as mesmas serão submetidas a eletroporação de plasmídeos epissomais com fatores indutores de pluripotência (Oct4, Sox2, Klf4, Myc). As iPS serão caracterizadas conforme a expressão dos fatores de pluripotência e capacidade de formar os três folhetos embrionários. Utilizando meios específicos, as células serão direcionadas a diferenciação neuronal e as suas caracterizações se darão por análise morfológica, imunocitoquímica e por western blot. Resultados esperados: Esperamos caracterizar o fenótipo celular de neurônios obtidos a partir de fibroblastos da pele de pacientes com SPG4 de início infantil, adulto e com 3 formas distintas de mutações (missense, nonsense e frameshift) e verificar diferenças entre os mesmos. Após o estabelecimento do modelo celular, faremos um ensaio de prova de conceito tratando os neurônios derivados do paciente com a mutação p.Arg581* do tipo nonsense (em diferentes gravidades do fenótipo celular) com o fármaco Ataluren, que atua realizando o readthrough de códons prematuros de parada, buscando a reversibilidade do fenótipo celular. Os resultados poderão auxiliar no entendimento fisiopatológico da SPG4, bem como auxiliar na descoberta de potenciais fármacos para o tratamento desta condição, ainda sem tratamentos específicos. Além disso, o estudo oportunizará o estabelecimento de plataformas semelhantes para o desenvolvimento de estudos em outras doenças avaliadas pelo grupo de Doenças Genética das Doenças Neuromusculares do HCPA, como neuropatias hereditárias e distrofias musculares; bem como para outros grupos na instituição de pesquisa.
  • Hospital de Clínicas de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonas Augusto Cardoso da Silveira

Ciências da Saúde

Nutrição
  • enfrentamento e controle da obesidade no âmbito do sus: processos formativos como estratégia para aprimorar a organização da atenção nutricional em alagoas
  • A obesidade é reconhecida como um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis, impactando nas taxas de mortalidade, qualidade de vida da população e na economia do país. O objetivo deste projeto é qualificar a força de trabalho, mediante cursos de formação para profissionais de saúde e gestores no âmbito do SUS, para o enfrentamento da obesidade no contexto da APS, visando o aprimoramento da organização da atenção nutricional no Estado de Alagoas. Serão desenvolvidas atividades de formação para: (i) construção e aplicação de estratégias de enfrentamento da obesidade; (II) orientação de profissionais para implementação de guias, protocolos de prevenção e controle da obesidade, propostos pelo Ministério da Saúde; (III) desenvolvimento de lideranças com habilidades de advocacy, planejamento e organização para enfrentamento da obesidade/fortalecimento da atenção nutricional. Será realizado um diagnóstico da atenção nutricional nos municípios. Serão desenvolvidas ações para difusão científica (seminários, mostra de experiências exitosas, etc.) para disseminar os resultados obtidos. Serão disponibilizadas vagas para 120 profissionais dos NASF e 80 para gestores municipais e estaduais. A formação ocorrerá em modalidade semipresencial, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem/Plataforma Moodle. Para os profissionais da saúde, serão realizados três cursos com carga horária de 180 horas (30 horas/mês). Para os gestores, serão abertas 80 vagas, distribuídas de acordo com as microrregiões de saúde do estado; o curso terá carga horária de 60 horas e duração de 4 meses, divididos em três blocos. Serão formadas três turmas para os profissionais do NASF e duas turmas para os gestores, prevendo-se a média de 40 participantes por turma. Os cursistas serão acompanhados e orientados por um grupo de tutores (1 tutor:20 participantes), os quais terão um orientador de aprendizagem (OA) para suporte educacional. O diagnóstico dos municípios será feito primariamente por instrumento elaborado pelo Ministério da Saúde; também elaboraremos instrumento próprio para auxiliar na elaboração do material formativo e análises complementares. A avaliação será processual e envolverá a participação nas atividades, assiduidade, engajamento, cumprimento dos prazos, atividade de intervenção, qualidade dos trabalhos e desempenho na avaliação final. A produção do material didático será coordenada pelos docentes da FANUT/UFAL, com apoio do AO e dos tutores. O OA será responsável por acompanhar os tutores e participará da gestão do projeto. Espera-se que as atividades propostas contribuam para a qualificação da atenção nutricional no enfrentamento da obesidade em Alagoas, mediante aprimoramento da conduta dos profissionais com vistas ao estímulo de práticas humanizadas, interdisciplinares, baseadas em evidências científicas e realidade da população. Tem-se a expectativa da ampliação da compreensão dos gestores sobre a máquina pública, aprimorando a capacidade de planejamento e a efetividade na execução de recursos financeiros e advocacy. O diagnóstico da organização nutricional contribuirá para a tomada de decisão no fortalecimento da atenção nutricional na APS e para a organização da Rede de Atenção à Saúde nos municípios do estado. Espera-se, a implementação dos dispositivos legais que orientam a organização do processo de trabalho na APS e a articulação institucional entre os níveis de gestão, bem como uma maior aproximação ensino-serviço, estabelecimento espaços de diálogos entre gestores, profissionais e academia. Neste sentido, o principal resultado deste projeto é o fortalecendo das políticas de enfrentamento da obesidade e consequentemente do SUS em Alagoas.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 03/12/2019-30/06/2022
Foto de perfil

Jonas Augusto Cardoso da Silveira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • saúde urbana: análise geoespacial sobre ambiente alimentar e nutricional nos espaços ocupados por crianças residentes no município de maceió/al
  • O processo de transição econômica permitiu o expressivo aumento do produto interno bruto dos países e, como consequência da maior disponibilidade de recursos, as sociedades passaram a se caracterizar principalmente pelo modelo de consumo, afetando de maneira substancial os sistemas alimentares. Portanto, a percepção de que apenas as escolhas e comportamentos individuais são responsáveis pela pandemia da obesidade é, no mínimo, uma visão simplista e distorcida da realidade. Os padrões e os hábitos alimentares de grupos de indivíduos são determinados por aspectos sociais, econômicos e culturais; tal afirmação pode ser parcialmente explicada pelo ambiente alimentar e nutricional (AAN) construído nas regiões em que as pessoas habitam e/ou convivem, sendo aquelas caracterizadas por piores condições socioeconômicas tendem a oferecer as piores opções alimentares. O AAN é um conceito que abrange o espaço físico (tipo, local, inserção institucional e acessibilidade ao ponto de venda de alimentos), o acesso (preço, disponibilidade e posição nas gôndolas) e as características dos alimentos comercializados (qualidade nutricional, palatabilidade e rotulagem), que por sua vez influenciarão a formação e/ou a manutenção dos hábitos alimentares e, consequentemente, das condições de saúde da população. Neste projeto de pesquisa, buscaremos caracterizar o AAN dos espaços ocupados por crianças durante a primeira infância (centros de educação infantil e unidades de saúde) no município de Maceió/AL, a fim de investigar a existência de inequidades na distribuição espacial dos pontos de venda de alimentos em função da disponibilidade de alimentos saudáveis, ou seja, desertos alimentares. Ainda, realizaremos o monitoramento das infrações à NBCAL, o que se alinha à iniciativa global de acabar com a promoção inadequada de alimentos para lactentes e crianças. Por fim, propomos uma primeira etapa na criação de um sistema de monitoramento municipal do AAN, intitulado “Sistema de Informação Geográficas em Alimentação e Nutrição de Maceió” (SIGAN-Maceió). Destaca-se que Maceió e Alagoas apresentam, respectivamente os piores índices de desenvolvimento humano entre as capitais e estados brasileiros, além das significativas desigualdades na distribuição de renda. A avaliação do AAN será realizada por meio da versão adaptada e validada do instrumento Nutrition Environment Measurement Survey for Stores (NEMS-S) e do monitoramento do marketing de substitutos do leite materno, por meio da avaliação de conformidada com a legislação no modo de promoção comercial. Espera-se que este projeto contribua para: 1) formação de recursos humanos estratégicos para o enfrentamento da obesidade; 2) produção de evidência para o advocacy em saúde juntamente aos gestores de políticas públicas de saúde; 3) fortalecer o monitoramento sobre a NBCAL; e, 4) ampliar o conhecimento sobre as características do AAN no Brasil, especialmente na região nordeste.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonas Gruber

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese de polímeros molecularmente impressos e sua aplicação em sensores para detecção e quantificação de substâncias biologicamente ativas
  • Síntese de polímeros molecularmente impressos (MIPs), empregando moléculas-molde como cafeína e penicilinas semi-sintéticas, com o objetivo de produzir sensores específicos e de baixo custo. Aplicação desses sensores na determinação de cafeína em bebidas e alimentos e determinação de penicilinas em leite de vaca e seus derivados.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonatas Araujo de Almeida

Engenharias

Engenharia de Produção
  • modelo de decisão multicritério para seleção de projetos relacionados ao apl de confecções do agreste pernambucano
  • A presente proposta de projeto tem como objetivo analisar o problema de decisão, sob a ótica de múltiplos critérios, de seleção de projetos relacionados ao Arranjo Produtivo Local de confecções do Agreste de Pernambuco. Projetos são empreendimentos cuja finalidade é alcançar um resultado inédito e frequentemente são utilizados como meios de obter vantagens competitivas. No caso dos APLs, as vantagens obtidas de uma boa seleção de projetos relacionados ao Cluster, trazem benefícios para a empresa, sociedade e para o Governo, motivo pelo qual frequentemente projetos de apoio a APLs são implementados na forma de políticas e investimentos públicos. Serão explorados diversos métodos multicritério para a geração de modelos de decisão, incluindo o SMARTS e SMARTER, fazendo uma análise sobre a eficácia do método para a problemática, considerando suas características e propriedades, como a forma de obtenção dos pesos, e as particularidades da seleção de projetos, como o problema de escala. São esperados benefícios em diversos aspectos, uma vez que além da contribuição científica/metodológica esperada sobre o tema através de artigos em periódicos de impacto, o alvo da proposta envolve um APL responsável por afetar fortemente a região onde está instalado, inclusive de forma que a proposta pode envolver tanto projetos privados, como projetos públicos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonatas Maia da Costa

Ciências da Saúde

Educação Física
  • diagnóstico da educação física escolar do distrito federal: um estudo sobre o panorama sociopedagógico e estrutural das escolas públicas
  • A presente proposta de projeto de pesquisa tem como objetivo produzir um amplo panorama do componente curricular Educação Física no interior do trabalho pedagógico desenvolvido na rede pública de ensino e organizado pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF). Para isso, o projeto está organizado em três eixos temáticos que compõem o objeto principal do estudo, qual seja a Educação Física Escolar da SEEDF. O EIXO 1 da pesquisa tem como objetivo identificar o perfil profissional-acadêmico do corpo docente efetivo da educação física na SEEDF, espalhados em diversas regionais de ensino. O EIXO 2 pretende se apropriar e discutir à luz das abordagens pedagógicas da Educação Física (GHIRALDELLI JR, 1989; CASTELLANI FILHO, 1998; DARIDO, 2003) o currículo vigente da SEEDF, denominado “Currículo em Movimento da Educação Básica” e implementado em 2013. Por fim, o EIXO 3 tem como objetivo mapear e descrever a infraestrutura das escolas no que diz respeito aos espaços destinados às aulas de educação física, sobretudo os que são identificados especificamente para a realização de práticas corporais. Atualmente, a SEEDF não possui dados específicos dos professores de acordo com o componente curricular. O último censo da educação básica no DF produzido em 2015 , que abrangeu as 14 Coordenações Regionais de Ensino (CRE), apresenta um total de 21.626 docentes efetivos. Embora não haja dados oficiais sobre isso, estima-se cerca de 1.100 professores de educação física efetivos trabalhando em regime de regência de classe. A ausência de dados específicos sobre os profissionais da educação que estão à frente do componente curricular da Educação Física torna premente uma investigação como o exposto neste projeto. Do ponto de vista da infraestrutura física das escolas, os dados também são escassos. Entretanto, o censo escolar de 2014 apresenta o quantitativo de escolas que possuem quadra esportiva coberta. Das 661 escolas espalhadas nas 14 CRE, 148 possuem quadra coberta. De todo modo, este dado é bastante genérico no que diz respeito à diversidade de práticas corporais exploradas nos conteúdos das aulas de educação física. Seria necessário observar outros espaços bem como as particularidades sobre as condições de uso desses espaços, aspecto que o eixo 3 deste estudo pretende identificar. Por fim, à guisa de justificativa do presente projeto, torna-se importante a defesa de uma apropriação qualitativa do currículo da SEEDF implementado em 2013. Este documento, sistematizado em seis volumes, determina as diretrizes formativas em consonância a política educacional do Distrito Federal. Explorar cientificamente as bases teóricas deste documento é condição sine qua non para a compreensão dos rumos que a educação básica pretende, em especial, a contribuição educativa da Educação Física na formação escolar. Pretende-se investigar as 14 CRE da SEEDF, totalizando as 661 escolas públicas e os cerca de 1100 professores efetivos de educação física e que estão em regência de classe. Ao final da realização desta pesquisa, almeja-se obter resultados, cientificamente balizados, que contribuam efetivamente para a elaboração de proposições de políticas públicas em Educação do Distrito Federal específicas às demandas da Educação Física, do Esporte e do Lazer na escola pública, bem como orientar a gestão de recursos na acomodação dos espaços públicos destinados às práticas corporais e, finalmente, destacar a necessidade de formação continuada contextualizada à realidade do perfil dos profissionais de educação da SEEDF.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jônatas Manzolli

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • poéticas do som e movimento: estudo de performances multimodais com suporte tecnológico
  • Ancorado em colaborações anteriores dos pesquisadores do projeto e na interação com o Centre for Interdisciplinary Research in Music Media and Technology (CIRMMT) da Schulich School of Music, McGill University, este projeto foca o desenvolvimento de pesquisa interdisciplinar sobre som, movimento e tecnologia. Ressalta-se que, nas últimas décadas, surgiram numerosos estudos sobre dispositivos interativos que oferecem suporte à improvisação musical em tempo real e que utilizam o movimento do intérprete e tecnologia de captura de movimento. Inclusive já há pesquisa desenvolvida pelo grupo que foca esse tema. Assim, propõe-se aprofundar o diálogo entre o som e o movimento, o que faz com que a relação sinérgica entre esses dois campos tenha grande potencial de desenvolvimento de soluções tanto tecnológicas quanto expressivas. Em linhas gerais, a proposta dá continuidade à utilização de suporte computacional na criação musical e no estudo teórico e prático de processos imersivos e interativos, nos quais é possível gerar, analisar e armazenar informações multimodais (áudio, vídeo, imagens e movimento). A pesquisa dá prosseguimento aos projetos "Criação e Análise Musicais a partir de Processos Cognitivos com suporte de Mídia Interativa e Imersão Digital" (CNPq, 470358/2014-9), "Interfaces e Modelos Cognitivistas Aplicados à Análise e Criação Musicais com Suporte Computacional" (CNPq 305065/2014-9), "Desenvolvimento multidisciplinar de Novas Interfaces de Expressão Musical baseadas em eletrônica e computação (CNPq 408555/2016-5) e com a proposta de projeto Pq para o próximo quadriênio "Criação e Análise Musicais com aporte de Processos Cognitivos, Interativos e Multimodais" (CNPq, 304431-2018-4). Destaca-se que já há infraestrutura instalada e apoio técnico para desenvolver o projeto tanto na Unicamp quanto na McGill University, tais como: a) na Unicamp: Estúdio com difusão sonora octafônica, tela de projeção e computador para mixagem, laboratório de eletrônica para prototipação de sistemas embarcados e servidor web para disponibilizar banco de dados, entre outras instalações; e b) na McGill University: Sistema Qualisys para captura do movimento e de suas micro-modulações com alta definição de frames por segundo alocado no estúdio Multimedia Room, com tecnologia de ponta em recursos para captação de movimento. Apoiada nessa infraestrutura e em colaborações anteriores dos membros do grupo, a metodologia aqui proposta ancora-se em visitas técnicas dos pesquisadores do projeto ao CIRMMT da McGill University e em duas outras fases: a) prospecção de material e fontes, que antecede as visitas, e b) desenvolvimento e criação, que finaliza o projeto. Com essas três fases espera-se consolidar metodologias artísticas e técnicas necessárias à criação de performances multimodais com interação entre som e movimento em tempo real. Por fim, espera-se capacitar os pesquisadores envolvidos, melhorar metodologias de planejamento, codificação e criação de performances multimodais e buscar a convergência de conceitos e técnicas para expandir esse novo campo do conhecimento que, por sua vez, representará a integração dos pesquisadores e de todos os aspectos estudados.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonathan Mota da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • modelagem do regime hidrológico no clima futuro baseada nas soluções da natureza em bacias de clima tropical e semiárida
  • O Brasil tem sido afetado na última década por enchentes e secas, que na região Nordeste se tornaram cada vez mais prologadas, e no Sudeste com intensidade nunca antes registrada, como a seca dos anos 2014-15. De maneira geral, as projeções climáticas apontam para um aumento da temperatura e diminuição da precipitação na região Nordeste (NE) e aumento de períodos secos na região Sudeste (SE). Somada à degradação dos ecossistemas, que é uma das principais causas dos crescentes desafios relativos à gestão da água, em especial às bacias hidrográficas chave destas regiões: a bacia do Ribeirão das Posses, de clima tropical de montanha no SE, e a bacia do Rio Piancó-Piranhas-Açu, de clima semiárido no NE. Essas bacias passam por problemas de segurança hídrica que gera disputas pelo uso da água e conflitos entre os poderes públicos estaduais e entre usuários. Desta forma, estudos de impacto da resposta hidrológica das mudanças climáticas futuras são importantes para as autoridades quanto à avaliação de riscos, a gestão e a adaptação às mudanças climáticas. As soluções baseadas na natureza, que simulam processos naturais envolvendo a conservação/reabilitação dos ecossistemas naturais no aperfeiçoamento da gestão da água, fornecem um conjunto de Serviços Ecossistêmicos, que provêm benefícios de provisionamento, serviços regulatórios, como a regulação climática e hidrológica. O uso e o desenvolvimento de modelos hidrológicos têm permitido a realização de estudos de mudanças climáticas e mudança de uso da terra na avaliação da provisão dos Serviços Ecossistêmicos. Desta forma, o objetivo deste projeto é simular o efeito combinado dos impactos das mudanças climáticas e do uso da terra no regime hidrológico das bacias de clima tropical de montanha e semiárida. Na bacia do semiárido serão avaliadas as melhores regras de operação de reservatório e o retorno do investimento econômico desses cenários. As simulações serão baseadas em soluções da natureza com uso dos modelos hidrológicos SWAT e SMAP forçados com os dados dos Modelos de Circulação Geral do Coupled Model Intercomparison Project Phase 5 (CMIP5) regionalizados.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonathan Simões Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • ferramentas de estratégia como tecnologias: análise, crítica e direcionamento
  • Ferramentas de estratégia (FEs) são amplamente ensinadas nas escolas de negócios e usadas na prática gerencial. Contudo, a discussão acadêmica acerca da utilidade e do uso desses instrumentos de estratetização tende a carecer de um consciente lastreamento teórico-conceitual, reduzindo-se, com frequência, a descrições empíricas exploratórias e a recomendações pragmáticas, sujeitas à influência de modismos. Faz-se necessária uma crítica construtiva da visão atualmente predominante na área, indicando limitações das abordagens contemporâneas e apontando sugestões de promissoras vias futuras para novas pesquisas e aplicações práticas. Especificamente, este projeto propõe o estudo das ferramentas de estratégia entendidas como “tecnologias” e da sua adoção no ambiente empresarial. O direcionamento, desenvolvimento e uso dessas ferramentas é analisado a partir de constructos associados à escola holandesa de filosofia da tecnologia. Nesse contexto, adota-se a classificação de “tecnologia” como uma coleção de artefatos; um campo de conhecimento; um conjunto de atividades; e uma característica do humano. Portanto, propõe-se: uma distinção ontológica das FEs como artefatos tecnológicos; uma caracterização epistemológica dos tipos de conhecimento envolvidos no seu desenvolvimento e uso; uma descrição - e crítica - metodológica dos métodos utilizados nesses processos; e uma reflexão ética acerca da normatividade incidente sobre as práticas sociomateriais nas quais essas ferramentas são empregadas. O caminho metodológico projetado consiste em uma série de passos, cada qual definido por um método específico, incluindo: análise da estrutura de eventos (ESA) com rastreamento de processo causal (CPT) do uso efetivo de FEs selecionadas em organizações; análise comparativa qualitativa (QCA) de configurações condicionantes dos níveis de materialidade, uso e efetividade de FEs selecionadas, determinados a partir de bases de dados secundários e primários. Os dados primários serão coletados junto a empresas selecionadas, com destaque para as dezenas de organizações que participaram de programas gerenciais da FIEMG nos últimos anos (e.g. programa “FAZ”), com as quais a equipe já tem um contato de pesquisa. Os principais resultados, além daqueles esperados de um estudo de natureza científica (publicações qualificadas, formação de recursos humanos e desenvolvimento de material didático, dentre outros), pretendem compor um mosaico que permita extrair modelos analíticos e aplicados, voltados a diferentes setores no campo da estratégia.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jonei Cerqueira Barbosa

Ciências Humanas

Educação
  • a matemática para o ensino na formação inicial de professores através do estudo do conceito
  • A noção de “matemática para o ensino” pode ser entendida como a comunicação específica para fins do ensino de conceitos matemáticos. Têm-se argumentado que a formação de professores deve abordar a “matemática para o ensino”. Uma das forma de fazer isso é através de uma estratégia de trabalho com os professores nomeada de “estudo do conceito”. No presente estudo, o objetivo é investigar como licenciandos reorganizam a matemática para o ensino de conceitos matemáticos através da modalidade denominada de estudo do conceito. A fundamentação teórica do estudo está baseada em uma perspectiva discursiva, com insights de teóricos como B. Bernstein, A. Sfard, B. Davis e M. Renert. Trata-se de um estudo empírico, operacionalizado através do método qualitativo. Os dados serão coletados, através da observação e análise de documentos, em duas turmas de uma Licenciatura em Matemática de uma universidade pública, cuja escolha deu-se pelo critério de acesso. Os conceitos matemáticos a serem focalizados nos estudos do conceito serão escolhidos pelos próprios licenciandos. A relevância da pesquisa repousa na sua possibilidade de jogar luzes sobre formas de abordar a matemática para o ensino e inserir o estudo do conceito na formação inicial de professores.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-29/02/2024
Foto de perfil

Jones Yudi Mori Alves da Silva

Outra

Microeletrônica
  • desenvolvimento de uma arquitetura multiprocessada para aplicações de visão computacional em tempo real.
  • Câmeras Inteligentes (Smart Cameras) são dispositivos capazes de capturar imagens e executar aplicações completas de Processamento de Imagens e Visão Computacional (Image Processing and Computer Vision - IP/CV). Uma parte significativa dessas aplicações possui restrições de tempo real, e.g. controle com realimentação visual, veículos autônomos com sensores visuais, robótica, inspeção automática de qualidade na indústria, entre outras. Todas essas aplicações podem falhar, caso o processamento dos dados não seja realizado em um período de tempo bem definido. Algoritmos de IP/CV, em geral, precisam executar diversas operações matemáticas sobre quantidades massivas de dados, o que é um problema grave para os atuais sistemas embarcados. Além disso, existem outras limitações típicas dos sistemas embarcados comuns, e.g. velocidade, custo de fabricação, consumo de energia, gerenciamento de temperatura, área de silício, tolerância a falhas, entre outras. Nos últimos anos, tem havido uma forte tendência de as arquiteturas computacionais (inclusive as embarcadas) tornarem-se multi-processadas. A tecnologia VLSI (Very-Large Scale of Integration) já permite a implementação de Sistemas em Silício (System-on-Chip - SoC) heterogêneos, com múltiplas unidades de processamento distintas, permitindo que cada aplicação possa se beneficiar de um poder de processamento mais especializado, dedicado e eficiente. No domínio das Smart Cameras, um dos principais desafios é a massiva quantidade de dados transferidos do sensor de pixels para o sistema de processamento. Assim sendo, diversos trabalhos têm sido realizados explorando o conceito Near-Sensor Image Processing, o qual almeja aproximar, fisicamente, aquisição e processamento, de modo a aumentar a eficiência na transferência de dados. Um dos principais recursos utilizados explora a aquisição e transferência de pixels de forma paralela para múltiplas unidades de processamento, permitindo a exploração de altos níveis de paralelismo, aumentando a eficiência global do sistema. Neste projeto, são propostos o desenvolvimento e implementação de uma arquitetura hardware/software de múltiplos núcleos para aquisição e processamento paralelo de imagens, para aplicações IP/CV. A arquitetura proposta é composta por múltiplos núcleos de processamento específico, integrados por uma rede de comunicação intra-chip (Network-on-Chip - NoC), além de barramentos de entrada/saída de dados para interfaceamento com câmera e dispositivos de armazenamento de dados. O sistema proposto será prototipado em dispositivos FPGA (Field-Programmable Gate Array) para testes e validação de sua eficiência (programabilidade, velocidade de processamento, consumo de energia e custo).
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Joni Augusto Cirelli

Ciências da Saúde

Odontologia
  • avaliação biológica e das propriedades físico-químicas da superfície de titânio-15mo submetida ao tratamento hidrotermal com estrôncio. estudo in vitro
  • Tratamentos de superfície, desenvolvimento de novas ligas e funcionalização das superfícies dos implantes com elementos bioativos tem sido objetivos de estudos recentes na área da Odontologia visando contribuir para o processo de osseointegração. A proposição deste estudo é avaliar características físico-químicas e biológicas de discos de titânio 15 molibdênio, comparados a discos de Ti comercialmente puro, submetidos ao tratamento químico por ácido fosfórico, seguido por tratamento alcalino (NaOH) e hidrotermal com estrôncio em comparação a discos com superfícies lisas e com tratamento químico sem a funcionalização com estrôncio. As superfícies estudadas serão avaliadas quanto à topografia e composição química, através dos testes de microscopia eletrônica de varredura associada à espectroscopia por energia dispersiva de raios X, Difração de Raios X, medidas de rugosidade e área efetiva com microscópio confocal a laser, ângulo de contato e ensaios eletroquímicos para avaliação da corrosão. Além disso, será avaliada a resposta de células pré-osteoblásticas MC3T3-E1 a essas superfícies observando a morfologia, adesão, proliferação e citotoxicidade celular, expressão gênica e protéica de marcadores da osteogênese e avaliação de formação de áreas de mineralização. Espera-se com esses resultados determinar benefícios e possíveis aplicações desse novo tratamento de superfície em Implantodontia.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jordana Marques Kneipp

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a influência da gestão da inovação para a sustentabilidade no modelo de negócios de empresas industriais
  • Os padrões de produção e de consumo alteraram-se substancialmente nas últimas décadas, acarretando em transformações para a sociedade e para o meio ambiente, criando exigências e condicionantes para as empresas, de modo que, cada vez mais a competitividade está relacionada com a adoção de uma gestão da inovação que inclua as premissas da sustentabilidade em seus modelos de negócios. Desse modo, o presente projeto possui como objetivo geral analisar a influência da gestão da inovação para a sustentabilidade no modelo de negócios de empresas industriais brasileiras e espanholas. Para tanto será realizada uma pesquisa em duas etapas, na qual a primeira caracteriza-se como exploratória e qualitativa e será operacionalizada por meio de entrevistas semiestruturadas. E a segunda etapa do estudo, de natureza descritiva e abordagem quantitativa, será realizada por meio de um survey. O universo da pesquisa será constituído por empresas brasileiras e espanholas do setor industrial que apresentem indícios de investimentos em inovação. O presente estudo, ao tratar das temáticas da gestão da inovação para a sustentabilidade e do modelo de negócios, pode impulsionar a adoção de um comportamento empresarial que integre os objetivos do desenvolvimento sustentável de forma estratégica e sistêmica.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jordi Julià Casas

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • avaliação da fisica dos terremotos de fonte profunda na região amazônica (acre).
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jorge Antonio Silva Centeno

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • análise de séries temporais de imagens para detecção de alterações da cobertura do solo em bacias hidrográficas
  • Neste estudo pretende-se usar uma série temporal de imagens de satélite para quantificar os diferentes usos do solo, considerando as rotações de culturas na bacia de drenagem e as alterações decorrentes da ocupação humana. Esta análise também serviria para a detecção de mudanças drásticas na cobertura, bem como a recuperação da vegetação. Como estudos multitemporais implicam no uso de uma grande quantidade de imagens, um dos objetivos também é procurar meios de reduzir o esforço para o processamento. Por isto, no estudo pretende-se codificar fatores relevantes em cada imagem (data) para serem integrados em uma única imagem que represente toda a série. A associação entre a variação da cobertura e a vazão do escoamento superficial será usada como referência para avaliar os efeitos da variação da cobertura.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2023
Foto de perfil

Jorge Augusto de Moura Delezuk

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • nano/micromotores biocompatíveis aplicados em sistemas biológicos
  • A fabricação de nano/micromotores utilizando os biopolímeros quitosana e alginato em sua composição estrutural será o foco principal do presente projeto. Com a finalidade de diversificar a aplicação dos nano/micromotores dois tipos de nano/micromotores sintéticos serão obtidos: i) partículas Janus aplicadas em sistemas bactericidas e ii) “micro rockets” aplicados na liberação controlada de fármacos. Devido as propriedades bactericidas da quitosana, as partículas Janus terão como camada externa filmes finos deste biopolímero, o qual terá suas características controladas (massa molar, grau de acetilação e distribuição dos grupos amino na cadeia polimérica). Os “micro rockets” serão utilizados como meio de transporte e liberação controlada de ibuprofeno em fluído gástrico. O ibuprofeno será encapsulado em nanopartículas de alginato/quitosana para que exista elevada sinergia entre o fármaco e sistemas biológicos. Nos dois casos o principal objetivo é investigar a diferença entre sistemas estáticos e sistemas que empregam o uso dos nano/micromotores. A otimização das condições de fabricação dos nano/micromotores e a caracterização das nanoestruturas serão realizadas com várias técnicas experimentais, incluindo UV-Vis, FTIR e microscopia óptica e eletrônica de varredura acoplada com espectroscopia de energia dispersiva. Espera-se com o desenvolvimento do presente projeto o aumento na contribuição da compreensão e/ou aperfeiçoamento de sistemas eficazes em ações bactericidas e na liberação controlada de fármacos utilizando sistemas de nano e micromotores.
  • Instituto Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jorge Augusto de Oliveira Guerra

Ciências da Saúde

Medicina
  • ensaio clínico randomizado e controlado, comparando o itraconazol isolado e associado a pentamidina, para o tratamento de leishmaniose tegumentar causada pela leishmania guyanensis no amazonas
  • Considerando a toxicidade das drogas já utilizadas no tratamento da leishmaniose tegumentar somado aos problemas logísticos para ter acesso ao tratamento e a grande distância que separa os pacientes dos centros de atendimento, a falta de meios de transporte e o custo do tratamento, faz se necessário implementar novas formulações com uma melhor eficácia e complicações mínimas. Vários ensaios mostram resultados satisfatórios utilizando o Itraconazol como uma alternativa terapêutica. Dessa forma, a proposta desse projeto é fazer um ensaio clínico, para avaliar a efetividade terapêutica do itraconazol isolado e associado a uma tht4eúnica dose da pentamidina de 7mg no tratamento da leishmaniose tegumentar causada por L.(V.) guyanensis no estado do Amazonas. Trata-se de um Ensaio clínico controlado, randomizado de fase III que será desenvolvido no Ambulatório de Leishmaniose da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMT-AM) com 132 pacientes com LT confirmada por exame laboratorial, sendo 66 no grupo de itraconazol e 66 no de itraconazol associado a pentamidina. Será analisada a distribuição de variáveis como sexo, idade, número, localização, área de lesões ulceradas e tempo de evolução da doença. Para todas as análises será fixado um limite de significância igual a 0,05. O teste de Mann-Whitney será utilizado para comparar as variáveis contínuas e o teste exato de Fischer será usado para comparar as proporções. Espera-se com este trabalho encontrar uma taxa de cura superior ou igual ao já existente para a pentamidina no tratamento para a LT causada por L.(V.) guyanensis, possibilitando uma melhor qualidade de vida da população acometida, por se tratar de uma droga oral e com menos efeitos colaterais, aumentando consequentemente a aderência ao tratamento.
  • Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado - AM - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Jorge Braz Torres

Ciências Agrárias

Agronomia
  • colonização e dispersão do bicudo-do-algodoeiro e sua resposta a medidas de controle frente as mudanças atuais no agroecossistema
  • O esforço voltado ao manejo do bicudo-do-algodoeiro em nosso laboratório e parecerias tem sido realizado com suporte da agência estadual aos projetos: REDALGO (Rede de Diagnóstico e Ações Multidisciplinares para Sustentabilidade do Algodoeiro em Pernambuco) de 2009 a 2015 e “Fundamentação ecológica para o controle do bicudo-do-algodoeiro no Semiárido de Pernambuco” de 2015 a 2017. Com o suporte obtido através desses projetos foram monitoradas e assessoradas 32 propriedades com algodão em Pernambuco em 2010 e 2011. Os resultados demonstraram que além da necessidade por sementes de qualidade e dificuldades para a comercialização em pequena escala, a incidência de pragas: pulgão-do-algodoeiro, mosca-branca, percevejos e, em especial, o bicudo-do-algodoeiro restringem a produtividade e qualidade da produção. A partir deste projeto foi criado o boletim REDALGO, estando atualmente na oitava edição para a divulgação de resultados de pesquisas e recomendações ao produtor de algodão. No segundo projeto direcionamos esforços ao controle de pragas com estudos em laboratório e campo, empregando lavouras localizadas nas comunidades de Furnas (Surubim, PE) e Algodão do Manso (Frei Miguelinho). Através desses suportes, a ocorrência do bicudo-do-algodoeiro, vem sendo monitorado desde 2014 com armadilhas iscadas com feromônio quinzenalmente na comunidade de Algodão do Manso. Quanto aos resultados de pesquisa foram definidos a idade ideal e como proceder com a poda apical adotada a partir da abertura dos primeiros capulhos nas áreas de desenvolvimento excessivo das plantas devido à ausência do uso de reguladores de crescimento. Esta prática visa regularizar a colheita e, principalmente, retirar estruturas não comerciais como botões florais e maçãs nos ponteiros que servem apenas como fonte de alimento e reprodução de pragas no final da lavoura como o bicudo. Também, aplicações de caulim como fator de redução de colonização de pragas e minimização do impacto do estresse climático sobre a planta de algodão no Semiárido durante os períodos de estiagem. Para o monitoramento do bicudo-do-algodoeiro e coleta massal ao final de safra foi testado um tubo de PVC alternativo de baixo custo e sem inseticidas, o qual mostrou mais eficiente em detectar baixas populações do bicudo, bem como na coleta massal comparado a armadilha “Accountrap”. Os resultados foram validados em lavouras do Semiárido (PE) e do Cerrado (MT). Também, estudamos a resposta de pragas sugadoras e mastigadoras a plantas submetidas ao estresse hídrico, comum na região durante o desenvolvimento da lavoura, empregando mosca-branca, cochonilha e lagartas desfolhadoras (curuquerê, lagarta-da-maçã e falsa medideira), além de permitir o treinamento de profissionais no manejo de pragas do algodoeiro. Identificamos as principais cochonilhas-farinhentas e produzimos informações de biologia, ecologia e controle biológico dessas sobre o algodoeiro. Além dos resultados científicos, também foi treinado profissionais que hoje são pesquisadores no Instituto Mato-gossense do algodão (MT), Instituto Federal de Goiás (IFGO), Spray Drop (PR), Syngenta, e outros. Assim, nesta proposta estamos solicitando suporte para avançarmos nos estudos voltados ao entendimento do comportamento e controle do bicudo-do-algodoeiro, empregando estudos de campo e laboratório visando um melhor entendimento de sua interação com a planta, distribuição e dispersão na lavoura em função das mudanças nos agroecossistemas e as interações com a tomada de decisão de controle. Espera-se com esta pesquisa conhecer o comportamento do bicudo na planta de algodão após a emergência e associar os eventos realizados pela praga com o tempo letal de inseticidas recomendados para explicar as possíveis falhas de aplicação inseticida e, consequentemente apontar soluções para melhorar a eficiência da aplicação. Também, determinar a dispersão do bicudo-do-algodoeiro na lavoura de algodão com plantios tardios e após culturas como a soja e lavouras/vegetação de bordadura como possível explicação das grandes infestações mesmo adotando medidas recomendadas de controle como pulverizações de bordadura, bem como possíveis falhas de controle devido a seleção para resistência a piretroides. Estudos preliminares conduzidos em nosso laboratório têm apontado para alta tolerância a inseticidas como a beta-ciflutrina, um dos principais piretroides recomendados contra o bicudo. Por fim, a partir dos resultados produzidos, transferir as informações mediante boletins técnicos ao setor produtivo, bem como a comunidade científica, mediante artigos científicos.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022