Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Rafael Rieder

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • motion rehab ave 3d: um exergame de realidade virtual para reabilitação pós-ave
  • O objetivo desse projeto é dar continuidade ao desenvolvimento do jogo Motion Rehab AVE 3D, um jogo sério para reabilitação de pacientes com acidente vascular encefálico, desenvolvido com o game engine Unity e com suporte ao sensor de movimentos Kinect e dispositivos de visualização, como a Smartv 3D e o Oculus Rift. Nossa intenção é oferecer uma ferramenta completa de apoio a terapia convencional, capaz de contribuir para o processo de reabilitação de pacientes, e ter um custo benefício viável para ser utilizado pelo professional de saúde. Atualmente, o jogo contempla seis atividades que consideram exercícios de flexão, abdução, adução do ombro, abdução e adução horizontal do ombro, extensão de cotovelo, extensão de punho, flexão de joelho, flexão e abdução de quadril em um espaço 3D. A ideia é desenvolver e avaliar a usabilidade e a aceitação de uma nova versão do jogo, com suporte à tecnologia vestível para monitoramento fisiológico, disponível para acompanhamento do paciente e para avaliação do processo interativo. Nesse contexto, também pretende-se ofertar novos níveis de jogo e atividades, além de dar suporte a novos dispositivos de visualização imersiva e rastreamento de movimentos.
  • Universidade de Passo Fundo - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Rodrigues de Oliveira

Ciências Humanas

Educação
  • i feira de ciências da eeefm antônio josé peixoto miguel: gênios de multigêneros
  • O presente projeto fundamentado pela Chamada CNPq/MEC/MCTIC/SEPED Nº 27/2018 Feiras de Ciências e Mostras Científicas, tem como escopo a realização de uma Feira de Ciências no âmbito municipal, especificamente no Município da Serra, no Espírito Santo, com foco na promoção e popularização dos conhecimentos científicos, descoberta, incentivo e valorização da participação de jovens talentos nas áreas de matemática, física, astronomia, robótica e engenharias, especialmente no que se refere a projetos desenvolvidos por meninas/mulheres ou que demonstrem sua efetiva participação em todo o processo investigativo e de execução. A ação visa privilegiar projetos oriundos de escolas públicas de ensino fundamental, médio e técnico do município em epígrafe, principalmente aqueles provenientes de bairros de periferia onde há pouco incentivo ao desenvolvimento e promoção dos conhecimentos e da produção científica e tecnológica, oportunizando novos talentos e buscando a redução da desigualdade social, racial e de gênero.
  • Escola Estadual de Ensino Médio Antônio José Peixoto Miguel - ES - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Rafael Rodrigues de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • ii feira de ciências da eeefm antônio josé peixoto miguel: gênios de multigêneros
  • O presente projeto fundamentado pela Chamada CNPq/MCTIC Nº 11/2019 - Feiras de Ciências e Mostras Científicas, tem como escopo a realização da II FEIRA DE CIÊNCIAS DA EEEFM ANTÔNIO JOSÉ PEIXOTO MIGUEL: Gênios de Multigêneros no âmbito municipal, especificamente no Município da Serra, no Espírito Santo, com foco na continuidade da promoção e popularização dos conhecimentos científicos, descoberta, incentivo e valorização da participação de jovens talentos nas áreas de matemática, física, astronomia, robótica e engenharias, especialmente no que se refere a projetos desenvolvidos por meninas/mulheres ou que demonstrem sua efetiva participação em todo o processo investigativo e de execução. A ação visa privilegiar projetos oriundos de escolas públicas de ensino fundamental, médio e técnico do município em epígrafe, principalmente aqueles provenientes de bairros de periferia onde há pouco incentivo ao desenvolvimento e promoção dos conhecimentos e da produção científica e tecnológica, oportunizando novos talentos e buscando a redução da desigualdade social, racial e de gênero.
  • Escola Estadual de Ensino Médio Antônio José Peixoto Miguel - ES - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Rafael Rodrigues Lima

Ciências da Saúde

Odontologia
  • investigação dos efeitos da exposição sistêmica e por longo período ao fluoreto de sódio sobre a bioquímica salivar e sobre aspectos moleculares e morfológicos em glândulas salivares de camundongos: mapeamento de possíveis biomarcadores preditivos da expo
  • O flúor (F) é amplamente utilizado na Odontologia por diferentes veículos, incluindo água de abastecimento e dentifrícios, em virtude de sua efetividade no controle da doença cárie. Também é encontrado naturalmente na natureza em reservatórios hídricos, ou mesmo proveniente da queima do carvão, caracterizando como um possível agente tóxico ambiental. Sabe-se também que a ingestão por longos períodos, mesmo em baixas doses, é capaz de promover alterações em diferentes órgãos e sistemas. Sendo assim, este estudo busca investigar os efeitos da exposição sistêmica por longo período ao fluoreto de sódio (NaF) sobre glândulas salivares e saliva de camundongos, a partir de parâmetros bioquímicos de estresse oxidativo e função salivar, proteoma, possível genotoxicidade e alterações estruturais. Para isso, serão administradas durante o período de 60 dias, duas concentrações de NaF em água deionizada: 10mg/L e 50mg/L, que são concentrações para roedores equivalentes às concentrações de água de abastecimento artificialmente fluoretada e água naturalmente fluoretada em regiões endêmicas de fluorose consumidas por seres humanos, respectivamente; o grupo controle receberá somente água deionizada. Após o período experimental, serão coletadas a saliva para avaliação do fluxo, pH, capacidade de tamponamento, concentração de proteínas totais e concentração e atividade da amilase e avaliação da bioquímica oxidativa, além das glândulas parótida e submandibular para análise do perfil proteômico, avaliação da integridade do DNA e micronúcleo, análise da concentração de F presente nas glândulas e possível estresse oxidativo desencadeado. Com isso, buscar-se-á investigar os efeitos do NaF, quando administrado a nível sistêmico, sobre parâmetros moleculares e funcionais em glândulas salivares e saliva de camundongos, mapeando possíveis biomarcadores preditivos da exposição tóxica ao flúor.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Rodrigues Pereira

Ciências Humanas

Filosofia
  • a ética das virtudes: uma teoria moral alternativa?
  • Podemos considerar que a ética contemporânea ainda gira em torno de duas correntes principais que surgiram no decorrer da era moderna, o kantismo (principal representante entre as éticas deontológicas) e o utilitarismo (principal representante das éticas consequencialistas). Nos últimos 30 anos, no entanto, este quadro começou a mudar. Surgiram propostas alternativas que se colocavam em oposição tanto ao kantismo quanto ao utilitarismo. Estas propostas tendiam a criticar elementos que seriam comuns a estas duas correntes, como a ênfase nos conceitos morais coercitivos de “dever e “obrigação”, na imparcialidade, no universalismo, em princípios formais e em modelos procedimentais. Entre estas propostas, podemos identificar, sobretudo, a Ética das Virtudes (virtue ethics) e a Ética do Cuidado (ethics of care). O momento atual da filosofia moral ainda se caracteriza por um esforço destas ultimas em se afirmar como correntes alternativas – muitos críticos, de fato, consideram que elas apenas trazem elementos novos, que enriquecem o kantismo e o utilitarismo, sem ter força para se erigir como movimentos éticos per se. Este é o contexto contemporâneo em que se insere o presente projeto. Pretendemos contribuir para o fortalecimento da Ética das Virtudes como uma proposta alternativa ao utilitarismo e ao neo-kantismo. Para isso, tentaremos responder às principais objeções à existência de um movimento autônomo da Ética das Virtudes: a falta de unidade e a falta de um conteúdo positivo claro.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Sá de Freitas

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • sistemas de elétrons fortemente correlacionados: frustração geométrica e magnetismo molecular
  • Este projeto de pesquisa científica básica contempla o estudo de diferentes sistemas de elétrons fortemente correlacionados de elevado interesse atual: os materiais magnéticos geometricamente frustrados e os magnetos moleculares exibindo efeitos quânticos. A grande importância desses materiais, refletida na crescente atividade de pesquisa mundial nessa área, é resultado da enorme gama de ricas propriedades físicas exibidas, que são de alto interesse científico fundamental possuindo também potencial para aplicações tecnológicas. O principal foco de interesse deste projeto consiste no estudo das propriedades magnéticas desses materiais em baixas temperaturas e altos campos magnéticos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Sánchez Souza

Ciências Humanas

Filosofia
  • marotona de tecnologias sociais para sustentabilidade da cidade do conde/pb
  • A presente proposta tem por objetivo principal promover uma feira de ciências no município de Conde – PB em formato de maratona de tecnologias sociais envolvendo alunos de escolas públicas da Educação Básica. A apresentação dos resultados se dará em um evento público. A presente proposta consiste na temática principal de tecnologias sociais voltadas para sustentabilidade notadamente; bioconstrução, saneamento e recursos hídricos, energia, resíduos orgânicos, resíduos recicláveis, produção de alimentos e conservação do solo, compostagem, saúde e bem-estar. Todas essas temáticas envolvem mecanismos de difusão através de mídias sociais e estímulo e desenvolvimento a busca de soluções, aumentando a capacidade dos participantes em percepção e desenvolvimento de habilidades de liderança e empreendedorismo. A estratégia adotada, são atualmente aplicados pela Secretaria de Educação de Conde. Aproveitaremos, portanto, o aprendizado desta experiência e daremos continuidade ao projeto com a possibilidade de envolver mais ainda a comunidade.
  • Instituto ECCUS - PB - Brasil
  • 15/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Rafael Selbach Scheffel

Ciências da Saúde

Medicina
  • impacto da transferência de cuidado para atenção primária em pacientes com câncer diferenciado de tireoide: ensaio clínico randomizado.
  • Introdução: O câncer de tireoide (CDT) é a neoplasia maligna mais frequente do sistema endocrinológico. O CDT é considerado uma neoplasia de comportamento indolente com baixas taxas de morbidade e mortalidade. A sobrevida média em 10 anos é de 93 a 98%, caracterizando o CDT como uma das neoplasias malignas com maior chance de cura. A taxa de recorrência nas coortes contemporâneas de CDT tem se mostrada muito baixo, na casa de 1-5%. Em uma coorte do nosso centro com 786 pacientes, a taxa de recorrência avaliada em um grupo 357 pacientes classificados com livres de doença após o tratamento inicial foi de 2,8%, sendo que nenhum desses pacientes apresentou recidiva estrutural (seguimento médio de 4 anos). Dessa forma, é possível afirmar que a maior parte dos pacientes com CDT classificados como livre de doença após o tratamento inicial estejam curados, ou seja, livres de doença de forma definitiva. No entanto, os principais consensos sobre o manejo de CDT seguem recomendando que estes pacientes sejam seguidos em longo prazo, não definindo o tempo máximo de seguimento. Esse seguimento é composto por consulta em centro especializado (preferencialmente com endocrinologista), medidas de níveis séricos de tireoglobulina e anticorpo antitireoglobulina e exames de imagem (a depender de outros critérios). No Brasil, a rede de saúde caracteriza-se pela heterogeneidade de complexos hospitalares no que diz respeito à incorporação de tecnologias e complexidade de serviços, com concentração de recursos financeiros e de pessoal nas grandes cidades e desequilíbrio regional. Dentro deste contexto, ambulatórios especializados de alta complexidade enfrentam superlotação e acesso restrito, com muitos pacientes provenientes de cidades distantes que poderiam ter acompanhamento em seu local de origem. A estruturação do encaminhamento de pacientes aos diversos níveis de atenção no Sistema Único de Saúde (SUS) ocorre através do sistema de referência e contra-referência, ponto fundamental para garantir a acessibilidade, universalidade e integralidade da assistência. Entende-se como contra-referência o encaminhamento para um atendimento em nível mais primário, com menor grau de complexidade, devendo ser a unidade de saúde mais próxima do seu domicílio. Entre as dificuldades encontradas pelo Complexo Regulador a falta de informações é, sem dúvida, o principal problema. Assim, mecanismos facilitadores dos processos de referência e contra-referência são fundamentais para a garantia do princípio da integralidade, atendimento adequado ao paciente e uso racional de recursos. Um dos formatos para desenvolver atividades de suporte assistencial e educação permanente em saúde são as teleconsultorias. Teleconsultorias são consultas registradas e realizadas entre trabalhadores, profissionais de saúde e gestores, por meio de instrumentos de telecomunicação, com o objetivo de esclarecer dúvida sobre procedimentos clínicos, ações em saúde e questões relativas ao processo de trabalho. O uso da telessaúde, surge como uma estratégia de contra-referência dos pacientes atendidos pela atenção terciária para as unidades de atenção primária, garantindo segurança para pacientes e médicos de um manejo adequado e de um retorno assistido para a atenção terciária, quando for necessário. Objetivo geral: Avaliar a eficácia da transferência de cuidado de pacientes com carcinoma diferenciado de tireoide considerados livres de doença após o tratamento inicial para a rede primária (alta ambulatorial) com suporte de ferramentas de telessaúde, comparado com o seguimento por consultas especializadas em Hospital terciário. Desenho/pacientes: Ensaio clínico randomizado de não-inferioridade, aberto, em paralelo. Serão incluídos pacientes com diagnóstico de CDT atendidos consecutivamente no ambulatório de tireoide do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), RS. O critério de inclusão será apresentar resposta excelente ao tratamento inicial. Intervenções/desfechos: Os pacientes serão randomizados para dois grupos: 1- Grupo intervenção: alta ambulatorial com suporte de telessaúde; 2- Grupo controle: permanência do atendimento no ambulatório de tireoide do HCPA. Os desfechos do estudo serão avaliados em 18 meses. O desfecho primário será a taxa de recorrência do CDT. Esta será dividida em bioquímica (quando houver apenas sinais de doença nos exames laboratoriais) e estrutural (quando for demonstrada por exame clínico ou de imagem). Os desfechos secundários serão qualidade de vida dos pacientes, avaliado por questionário SF-36; satisfação com o acompanhamento (Escala de 0-10); quantidade de consultas, exames, custos e procedimentos terapêuticos realizados relacionados ao CDT; controle do hipotireoidismo e acesso à atenção primária (consulta médica em Unidade Básica de Saúde realizada em no máximo seis meses, com avaliação das medicações em uso e fornecimento de receita médica). Considerando-se o desenho de não inferioridade, um poder de 80%, um alfa de 5%, a taxa de pacientes livres de doença em 95% e um limiar de não inferioridade de 5%, estimou-se uma amostra de 236 indivíduos em cada um dos grupos. Todos os pacientes assinarão termo de consentimento informado contendo informações sobre o projeto. Espera-se que ambas as estratégias de acompanhamento sejam equivalentes, possibilitando, com isso, a otimização do uso do sistema de saúde.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Silva de Barros

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • análise das pressões antrópicas sobre os remanescentes de mangue nas baías do estado do rio de janeiro baseados em tecnologias espaciais: uma aplicação do modelo people in pixel
  • O processo histórico de ocupação do Brasil se deu, prioritariamente, focando no litoral. Desta forma, os ecossistemas litorâneos têm passado por significativas mudanças, devido à pressão antrópica exercida sobre eles. O manguezal é um dos principais ecossistemas de transição entre o mar e o continente nas regiões tropicais e subtropicais do globo, pertencendo à classe de ecossistemas mais ameaçados e vulneráveis do mundo e tem diminuído em um ritmo alarmante (GIRI et al., 2007). Infelizmente, este ecossistema foi tardiamente reconhecido no mundo inteiro, como de vital importância para a vida de baías e estuários, além de ressaltar o caráter econômico presente na sua preservação (Pires, 2010). As pressões sobre os remanescentes vegetacionais, em geral, apresentam variação espaço temporais importantes e o seu monitoramento, bem como o de seu entorno, pode auxiliar na determinação de vulnerabilidades e tendências, favorecendo ações que visem a mitigação da degradação e até da supressão destas áreas. Definir prioridades, apesar de importante, é bastante complexo e de difícil consenso. Atualmente discute-se muito a necessidade de se estabelecer modelos de decisão que possibilitem a otimização de ações mediante variadas condicionantes. Estes modelos, apesar de não representarem totalmente a complexidade dos fatores envolvidos numa determinada problemática, devem se aproximar ao máximo da realidade, de forma a contribuir efetivamente para a tomada de decisão. A dificuldade de se determinar, em intervalos temporais curtos, não só a crescente expansão horizontal urbana, mas também a sua densificação, exige esforços para a geração de modelos baseados em imagens orbitais que favoreçam a elaboração de indicadores de pressão, estado e resposta. A compreensão das pressões antrópicas depende muito do mapeamento da distribuição da população sobre uma área de interesse. Normalmente dados demográficos estão associados a unidades político-administrativas levantadas, com mais precisão, através dos Censos Demográficos, que ocorrem somente a cada 10 anos. Existem, ainda, algumas estimativas feitas nos períodos entre Censos, mas ainda limitadas a unidades político-administrativas e não tão precisas quanto o Censo. Desde 2001, pesquisadores do Laboratório ESPAÇO de Sensoriamento Remoto e Estudos Ambientais vem buscando por uma melhor representação da distribuição populacional. Cruz et al. (2007A) desenvolveram o modelo people in pixel, conseguindo espacializar os dados de população de maneira independente das unidades político administrativas. Para isso são utilizados dados do Censo Demográfico, imagens orbitais e ferramentas de Sistema de Informações Geográficas. Neste contexto, o modelo People in Pixel se apresenta como uma alternativa interessante para a estimativa de totais populacionais que possam ser agregados em diferentes recortes espaciais e temporais. Esta pesquisa visa identificar as taxas anuais de crescimento urbano no entorno do ecossistema manguezal localizado nas 3 baías do estado do Rio de Janeiro (Guanabara, Sepetiba e Ilha Grande), auxiliando na elaboração de indicadores de pressão em apoio à tomada de decisão. Esta análise viabiliza ainda a percepção de tendências e o mapeamento de vulnerabilidades frente às pressões diagnosticadas, possibilitando ações de resposta. Com a necessidade de se fortalecer a sustentabilidade dos ambientes naturais, cresce a importância de se fomentar a criação de bases de dados confiáveis e atualizadas. Neste projeto, estará sendo proposta a elaboração de uma série temporal de 30 anos de imagens anuais das áreas objeto de pesquisa, usando como controle os dados dos 3 censos demográficos do período, em apoio à geração de mapas de estimativa de crescimento populacional que estarão dando suporte à elaboração de indicadores de pressão em diferentes escalas de proximidade.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Simone Saia

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação da integridade da barreira epitelial intestinal em pacientes infectados por sars-covid-2
  • Alterações de funcionamento no trato gastrointestinal (náuseas, vômitos, diarreia e desconforto abdominal) foram descritas nas pandemias por coronavírus em 2003 e 2019. Em consonância, dados experimentais em roedores confirmam que infecções virais do trato respiratório promovem distúrbios das funções intestinais incluindo motilidade aumentada, perda/má absorção de fluidos, inflamação da mucosa intestinal e mudanças na composição do microbioma. Além disso, os pacientes que apresentam sintomas gastrointestinais no início da infecção por SARS-CoV-2 possuem agravamento do seu quadro clínico, com maior necessidade de procedimentos intensivistas, febre elevada e ventilação mecânica. Contudo, não existem relatos se nessas condições patológicas existe o comprometimento da função de barreira da mucosa intestinal. Em diversas outras patologias (sepse, doenças inflamatórias intestinais, doença celíaca), a ruptura das junções compactas (ou tight junctions) intestinais pode tornar o intestino uma fonte de microrganismos potencialmente patogênicos, contribuindo para o pior prognóstico clínico, ativação da resposta inflamatória sistêmica e desenvolvimento de infecções bacterianas secundárias. Por estes motivos, o presente estudo propõe avaliar, pela primeira vez, a integridade do epitélio intestinal em pacientes críticos infectados por SARS-CoV-2, por meio da quantificação de biomarcadores: iFABP (proteína ligadora de ácidos graxos livres intestinal; marcador de lesão aos enterócitos maduros), LPS (lipopolissacarídeo; translocação bacteriana proveniente do lúmen intestinal) e claudina-3 (proteína constituinte das tight junctions intestinais).
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 27/08/2020-26/09/2022
Foto de perfil

Rafael Soares Gonçalves

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • da remoção à permanência: história e memória da urbanização das favelas cariocas
  • O auge do período de remoções de favelas, ocorrido entre 1962 e 1975, culminou com a transferência de aproximadamente 140 mil pessoas para conjuntos habitacionais situados em áreas distantes da cidade do Rio de Janeiro. Esse processo provocou profundas alterações na cidade com a eliminação de grande parte das favelas localizadas na Zona Sul, sobretudo no entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas. O fracasso dessa política habitacional junto com o processo de democratização permitiu a construção de um novo discurso voltado para a urbanização das favelas. O Rio de Janeiro tornou-se um grande laboratório de políticas urbanas e todas as esferas de poder investiram em políticas de urbanização. Do final dos anos 1970 aos anos 1990, a cidade se tornou um centro importante de construção de conhecimento sobre tais intervenções, tornando-se um modelo, por órgãos de fomento internacional, replicado para a América Latina e mesmo para outros países do mundo. O presente projeto pretende compilar tal memória, produzindo um acervo de entrevistas com técnicos, políticos e lideranças das favelas e de fora delas, que estiveram diretamente envolvidos na produção de conhecimento e na aplicação de políticas de urbanização de favelas na cidade do Rio de Janeiro.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Soares Zola

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades dielétricas de cristais líquidos confinados: fases moduladas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Suzuki Bayma

Outra

Robótica, Mecatrônica e Automação
  • investigação de técnicas de manutenção preditiva aplicadas a um processo de fabricaçao de placas de circuito impresso
  • “Indústria 4.0”, também chamada “manufatura avançada” ou “quarta revolução in-dustrial”, é uma expressão que se refere a um novo momento do setor fabril, governado pela aplicação de tecnologias de ponta no processo de produção, tais como inteligência computacional, realidade aumentada, redundância de sensores, big data, internet das coi-sas, entre outros. Isto é feito por diversas razões, tais como otimização de recursos, manu-tenção preditiva de equipamentos, melhoria da experiência do consumidor, exploração de novos nichos e prolongamento da vida útil de produtos. A corrida global pela modernização da indústria já se iniciou, tendo países como Alemanha, EUA e China na vanguarda de investimentos. É consenso entre especialistas que a adoção de tais práticas é imprescindível para que nações se mantenham comercialmente competitivas, em especial neste momento de transição. Neste contexto, o papel da acade-mia é fundamental, sobretudo nos aspectos de formação de mão de obra qualificada e lide-rança no uso e desenvolvimento do conhecimento que dá suporte às soluções. No Brasil, que se encontra relativamente atrasado na corrida, é importante que as universidades se modernizem e concentrem esforços para que seus egressos possam fazer parte deste mercado de trabalho em transição, que tende a ficar mais exigente e competi-tivo. Em particular, a região Norte, onde a atividade industrial é retraída e as atividades econômicas tradicionalmente se restringem a extrativismo e agricultura por décadas, ne-cessita enxergar esse momento como oportunidade para transformar seu quadro de de-senvolvimento. A Universidade Federal do Pará (UFPA), devido sua posição de destaque na região, tem papel estratégico nesses objetivos. Este projeto é um primeiro passo que a UFPA pode dar em direção a tais mudanças. O objetivo imediato é iniciar pesquisa e desenvolvimento em tecnologias 4.0, com foco especial sobre fabricação digital assistida por técnicas de monitoramento e diagnóstico. O trabalho propõe a construção de um router CNC para fabricação de placas de circuito im-presso (PCI) de alta qualidade, uma demanda importante em ampla variedade de projetos. A máquina será equipada com um sistema de monitoramento que visa determinar o nível de desgaste da ferramenta de fabricação (um motor equipado com micro fresas) e assim antecipar quaisquer problemas que acarretem problemas no produto final. Almeja-se com isso, ampliar o inventário de laboratório, visando oferecer serviços de fabricação, melho-rar a qualidade de ensino, ofertar mais atividades de extensão e principalmente gerar co-nhecimento alinhado ao cenário de desenvolvimento 4.0.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafael Thiago Luiz Ferreira

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • projeto ótimo e caracterização de materiais produzidos por impressão tridimensional
  • A fabricação por fusão de filamento (FFF) é uma tecnologia utilizada em impressão 3D. Impressoras modernas trabalham com mais de um material e estes podem ser combinados para imprimir um componente multimaterial. Novos materiais compósitos reforçados para impressão 3D tem sido desenvolvidos, com características mecânicas melhoradas, expandindo sua aplicabilidade em engenharia. Dentro deste contexto, o objetivo da presente proposta é desenvolver metodologias para o projeto de compósitos via otimização estrutural, envolvendo o projeto de microestrutura, sendo estes produzidos por impressão tridimensional. Características dos materiais de impressão individuais também são de interesse, e obtidas através de sua caracterização experimental. Como resultado, espera-se adquirir experiência no projeto e produção de compósitos impressos e avaliar o comportamento de materiais obtidos por FFF.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafaela Salgado Ferreira

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • aplicação de cálculos de variação de energia livre baseados em dinâmicas moleculares na descoberta de fármacos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 31/08/2020-31/08/2022
Foto de perfil

Rafaela Schaefer

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • contexto organizacional do trabalho em saúde: tradução, adaptação e validação de uma escala de avaliação de clima ético
  • A atenção integral à saúde do trabalhador constitui um desafio atual nos âmbitos político, social e educacional no Brasil. Os serviços de saúde têm visto crescer as taxas de absenteísmo e afastamentos do trabalho, numa realidade marcada por desafios econômicos e organizacionais, com elevada ocorrência de problemas éticos. A percepção sobre como esses problemas éticos têm sido tratados no ambiente de trabalho refere-se ao clima ético organizacional. O objetivo da pesquisa é traduzir, adaptar e buscar evidências de validade de uma escala de avaliação do clima ético organizacional. A pesquisa será realizada com profissionais de saúde das equipes assistenciais dos serviços de atenção básica e hospitalar dos municípios que pertencem à região de saúde do Vale dos Sinos. Trata-se de uma pesquisa metodológica, cujo processo envolverá a tradução, a adaptação e a validação de uma escala. A tradução deverá ser realizada por dois tradutores independentes e qualificados observando equivalência semântica, idiomática, cultural e conceitual. Um comitê de especialistas deverá analisar as traduções e avaliar a compreensibilidade e a clareza dos itens, optando pela tradução que melhor descreve o item. Depois, deverá ser realizada a tradução reversa e, por fim, a comparação e o ajuste de discrepâncias. As propriedades psicométricas da escala serão testadas de acordo com a teoria clássica dos testes que envolverá análise fatorial confirmatória, para a definição da estrutura inerente entre as variáveis, e análise fatorial confirmatória, para confirmar um padrão de relações com base em resultados analíticos anteriores. As análises estatísticas serão realizadas com o software IBM SPSS Statistics versão 22.0. O projeto será submetido à avaliação do Comitê de Ética em Pesquisa e a autorização para utilização da escala será solicitada à autora.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafaela Vieira

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • práticas educativas para gestão de riscos de desastres
  • As mudanças climáticas estão ganhando destaque nos últimos anos. As secas extremas, chuvas intensas e temperaturas recordes são indícios que o clima global está sofrendo ajustes, resultando, dentre outros problemas, na ampliação e frequência dos desastres naturais, ou seja, aqueles deflagrados por eventos naturais extremos, em várias regiões. A capacidade de adaptação e reconstrução frente às essas mudanças, denominada resiliência, é de fundamental importância, sendo definida pelo IPCC (2007) como a habilidade de um sistema de ajustar-se, moderar danos potenciais, aproveitar oportunidades ou recuperar suas perdas. No Brasil, a gestão de riscos de desastres naturais tem por base as discussões promovidas pela UNISDR/ONU, pautando-se na Lei Federal 12.608/2012, que institui a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC). O referido instrumento legal estabelece, dentre outras diretrizes, a abordagem sistêmica das ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação frente aos riscos de desastres naturais. Estabelece também a incorporação do tema transversal Gestão de Riscos de Desastres (GRD) e práticas educativas de educação ambiental nos currículos do ensino fundamental e médio. Visando desenvolver ações de prevenção, tem-se acompanhado a Diretoria de Defesa Civil de Blumenau que desenvolve o programa “Defesa Civil na Escola”, composto pelos projetos “Defesa Civil na Escola” e “Agente Mirim”. Esses projetos visam sensibilizar estudantes da educação formal de 5º. e 6º. ano do ensino fundamental de escolas públicas e privadas do município para GRD. Constituem-se em medidas não-estruturais, de educação ambiental, que tendem a ser economicamente viáveis e socialmente efetivas, potencializando a prevenção de riscos de desastres naturais e a ampliação da capacidade de resiliência das comunidades – um dos passos do programa Cidades Resilientes da ONU. O objetivo geral dessa pesquisa é investigar fundamentos teóricos e experiências de práticas educativas em GRD e suas relações com a Educação Ambiental a fim de promover e avaliar iniciativas para contextos de educação formal e não-formal. A pesquisa é do tipo descritiva e explicativa, de caráter qualitativo. Pauta-se no método de abordagem sistêmico. Serão utilizadas as técnicas de documentação direta, com pesquisa em campo e indireta com pesquisa documental e bibliográfica às distintas bases de dados. Os procedimentos metodológicos atenderão os objetivos da pesquisa, dividindo-se em três etapas: (1) coleta de dados; (2) sistematização dos dados; (3) análise e discussão dos resultados com redação de artigos científicos. Os resultados a serem alcançados serão: (1) análise comparativa das experiências de de práticas educativas em Educação Ambiental (EA) em contextos educacionais formais voltadas para GRD, realizadas na bacia hidrográfica do Rio Itajaí; (2) identificação das práticas educativas em EA em contextos educacionais não-formais voltadas para a GRD nos municípios da BHRI e análise de sua relação com os Planos de Defesa Civil Municipais; (3) investigação das experiências de educação ambiental para GRD em contextos educacionais formais e não-formais dos municípios da BHRI tendo por referência os Planos Municipais de Educação para o Ensino Fundamental bem como a integratividade com as diretrizes e Bases estruturantes da PNPDEC (Lei nº 12.608/2012) e da Educação Nacional (Lei nº Lei nº 13.415, de 17 fevereiro de 2017); (4) identificação de experiências nacionais e internacionais de práticas educativas em EA para Gestão de Risco de Desastres; (5) elaboração de referentes, a partir de uma articulação de fundamentos teóricos acerca de Gestão de Riscos de Desastres e de objetivos para Educação Ambiental, que possam nortear e fundamentar processos de promoção e avaliação de práticas educativas em GRD. (6) desenvolvimento e avaliação da efetividade de produto educacional baseado em tecnologias digitais que apoie a gestão de riscos de desastres. Considera-se que as práticas educativas em contextos de educação formais e não-formais que envolvam a educação ambiental vinculada à GRD se inserem no Objetivo do Milênio (OMD/ONU) “Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente” e se constitui em uma ação permanente de ensino e aprendizagem voltada à construção de cidades resilientes.
  • Fundação Universidade Regional de Blumenau - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafaele Rodrigues de Araújo

Ciências Humanas

Educação
  • iii feira de ciências: integrando saberes no cordão litorâneo
  • O presente projeto tem por finalidade promover o incentivo da alfabetização científica e da interdisciplinaridade na Educação Básica, através da promoção de Feiras de Ciências nas escolas. Além disso, busca colaborar na melhoria do ensino de Ciências, em conjunto com outras áreas, no nível Fundamental e Médio, através da inserção da pesquisa, experimentação e tecnologias. A Feira de Ciências é um momento onde é possível envolver o aluno em uma investigação científica, propiciando um conjunto de experiências interdisciplinares, além de envolver o corpo docente em atividades diferenciadas e integradas. Nesse sentido, o projeto pretende desenvolver atividades para execução da 3ª edição da Feira de Ciências no município de Rio Grande/RS, o qual possui a Universidade Federal do Rio Grande – FURG como um dos ambientes de pesquisa e formação. Dessa forma, com apoio da universidade, pretende-se elaborar estratégias para investir na alfabetização científica, envolvendo estudantes e professores da Educação Básica, acadêmicos e docentes, articulando Universidade e Escola, e assim contribuindo para a formação inicial, continuada e interdisciplinar.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Rafaella Fortini Grenfell e Queiroz

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • metodologias inovadoras point of care para aplicação em áreas endêmicas: visando o controle da esquistossomose no brasil.
  • A Organização Mundial de Saúde (OMS) identificou a esquistossomose como a segunda parasitíase humana em importância, após a malária. Apesar de a prevalência atual ser difícil de ser medida, 74 países são endêmicos com aproximadamente 207 milhões de pessoas afetadas, 120 milhões de indivíduos sintomaticamente infectados e cerca de 20 milhões com a forma severa. O Brasil é o país mais afetado nas Américas. Estratégias de controle se resumem em saneamento básico, diagnóstico individual e tratamento. O diagnóstico é fundamental para medidas de controle e acompanhamento de intervenções terapêuticas. Não há ainda hoje métodos de alta sensibilidade capazes de identificar a infecção na fase aguda e em pacientes de carga baixa, que são a maioria no Brasil e em muitos países, inclusive da África. A identificação de antígenos (Ag) é essencial para o desenvolvimento de metodologias inovadoras que superem os métodos atuais. Durante a infecção, o sistema imune do hospedeiro é exposto a Ag do parasito e do ovo com produção acentuada de anticorpos e presença de material circulante. Dados publicados pelo nosso grupo demonstraram que a resposta imune contra Ag específicos de diferentes estágios do parasito se relaciona com a forma clínica da doença. A partir de um painel de Ag marcadores ao diagnóstico feito por nosso grupo, foram selecionados dois com forte potencial para aplicação em nova plataforma diagnóstica. Os Ag foram então produzidos de forma recombinante e seus respectivos anticorpos policlonais e monoclonais foram produzidos e purificados. Posteriormente, aplicamos os Ag e os anticorpos em novas plataformas diagnósticas como microesferas, membranas Dot e tiras imunocromatográficas para padronização de metodologias de alta capacidade diagnóstica. Agora, com resultados promissores obtidos, a padronização final e a validação dos métodos serão feitas, de forma a originar kits com potencial de comercialização. O diagnóstico ainda é um desafio, visto que a maioria dos pacientes é de difícil detecção pelos poucos métodos disponíveis.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Rafaella Queiroga Souto

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • instrumentalização da enfermagem forense diante do cuidado ao idoso hospitalizado em situação de violência
  • A Enfermagem Forense é uma especialidade recentemente reconhecida no Brasil, deste modo, precisa ser instrumentalizada. Uma de suas competências é atuar na prevenção, detecção precoce e cuidado ao idoso em situação de violência. Objetiva-se instrumentalizar o enfermeiro que atua na rede hospitalar na perspectiva da enfermagem forense. Tratar-se-á de uma revisão sistemática do tipo escopo, seguida de uma pesquisa com métodos mistos do tipo convergente, pois os dados qualitativos e quantitativos serão coletados concomitantemente, e de um estudo de construção e validação de instrumentos. O estudo ocorrerá nos hospitais universitários dos municípios de Campina Grande e de João Pessoa, e, só terá início após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos. Espera-se que o presente estudo permita a construção e validação de instrumentos para rastreio de idosos em situação de violência, assim como de instrumentos do processo de enfermagem. Pretende-se expandir os objetivos do presente estudo em outros cenários de prática do enfermeiro, assim como em pessoas de outros ciclos de vida em situação de violência. Estar-se-á consolidando esta especialidade, o Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba, o Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem Forense e suas linhas de pesquisa, diante da formação de doutores, mestres e alunos de iniciação científica vinculados.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022