Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alex Domingues Batista

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de polímeros molecularmente impressos para extração e pré-concentração de espécies de interesse forense
  • Apesar do impressivo avanço das técnicas analíticas nas últimas décadas, a etapa de preparo de amostra continua sendo uma das etapas mais importantes do processo analítico, uma vez que ela é responsável pela remoção de interferentes e muitas vezes pela pré-concentração dos analitos de interesse, afetando diretamente a seletividade e detectabilidade do método analítico. O desenvolvimento de Polímeros Molecularmente Impressos (MIP) tem contribuído para o avanço das técnicas de preparo de amostra. Devido a seletividade e poder de pré-concentração destes matérias, o seu emprego em amostras biológicas é bastante atraente, uma vez que são amostras complexas com analitos alvos geralmente em baixas concentrações. Drogas de abuso são substâncias que podem causar dependência devido a um padrão mal-adaptativo de uso, levando os usuários a prejuízos na vida como intolerância, abstinência e abandono de atividades sociais importantes. Drogas de abuso é um termo aplicável a substâncias para fins não terapêuticos ou uso impróprio de substancias prescritas. As drogas de abuso devido a seus efeitos alucinógenos são usadas tanto para consumo próprio quanto para a dopagem de vítimas de assalto ou abuso sexual. A determinação de drogas de abuso em amostras biológicas fornece informações sobre o consumo destas drogras e podem ser utilizados para fins forenses. O presente projeto visa o estudo teórico e experimental síntese de polímeros molecularmente impressos para extração e pré-concentração drogas de abuso, para posterior separação por eletroforese capilar e detecção com o detector condutométrico sem contato. A síntese dos polímeros molecularmente impressos será orientada a partir de resultados obtidos por cálculos teóricos e posteriormente caracterizados a partir de diversas técnicas analíticas. A seletividade e a eficiência de pré-concentração dos MIP serão avalidas frente a materiais não impressos molecurlarmente de mesmo constituição química.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Kenya Abiko

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • avaliação da habitação de interesse social: uma proposta de avaliação pós-ocupação institucional utilizando modelagem fuzzy
  • O Brasil experimentou na última década uma série de investimentos e ações sistematizados, voltados a habitação social após um largo período da ausência do governo federal nesta área. Notadamente tivemos os programas Minha Casa, Minha Vida e o PAC – Urbanização de Assentamentos Precários. O primeiro com uma vasta produção, apenas comparável em números a produção do período do Banco Nacional da Habitação (BNH). Dentro deste panorama, há experiências consideradas positivas e outras que falham em seu objetivo. Com uma considerável produção de Habitação de Interesse Social e intervenções em favelas, faz-se necessário uma ferramenta de avaliação de qualidade que não se concentre apenas no âmbito acadêmico e que seja concebida para contribuir com o trabalho das instituições promotoras de moradia, compreendendo sua estrutura de funcionamento, público-alvo e produção. É neste contexto que a presente proposta tem como o objeto a elaboração de uma ferramenta de Avaliação Pós-Ocupação Institucional que contribua com a construção de indicadores voltados para as próprias organizações e que possam ser operados por ela. Assim, a metodologia aplicada será a elaboração de ferramenta de avaliação consolidando a Lógica Fuzzy como modelo de análise. Tal instrumento será construído com dados qualitativos e quantitativos oriundos tanto de padrões e análises técnicas, bem como, a incorporação da avaliação do usuário tanto no domínio no que se refere a unidade habitacional, áreas coletivas e meio urbano . Para tratamento dos dados o método utilizando-se da Lógica Fuzzy será utilizado. Método este que foi desenvolvido na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e dado continuidade de sua aplicação na instituição e também na Universidade Federal de Alagoas e será a base lógica da ferramenta. Para validação do método serão utilizados estudos de caso de produtos habitacionais que se enquadram no foco do instrumento que pretende-se avaliar. Como produto do projeto pretende-se obter um software em interface amigável ao usuário, além de treinamento para uso da ferramenta por técnicos e pesquisadores.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022