Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sanimar Busse

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • apoio de intercâmbio e cooperação com universidades brasileiras visando a formação de alunos de doutorado da unioeste
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 13/02/2020-12/02/2025
Foto de perfil

Santiago Francisco Yunes

Ciências Humanas

Educação
  • quimidex na escola
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 12/08/2019-31/08/2021
Foto de perfil

Santiago Linorio Ferreyra Ramos

Ciências Agrárias

Agronomia
  • fluxo gênico da palmeira oenocarpus bacaba mart. em duas populações da mesorregião do centro amazonense, am
  • A bacaba (Oenocarpus bacaba Mart.) é uma espécie nativa da Amazônia. Ela é muito utilizada pelas famílias de agricultores extrativistas como fonte de alimento, planta medicinal, construção de moradias e bijuterias. Esta espécie é encontrada na Amazônia Brasileira, nos estados de Amazonas e Pará principalmente. Ela é importante economicamente e socialmente, porque através da coleta extrativista, grande parte desta produção é comercializada nos diferentes mercados dos municípios da Amazônia, pelas famílias de agricultores extrativistas. Entretanto, não existe uma política de conservação para O. bacaba, havendo uma falta de estudos das diferentes etapas da sua domesticação, e sobretudo com relação aos padrões de dispersão de pólen e sementes que influenciam grandemente a estrutura genética e o tamanho efetivo das populações de plantas, especialmente nas áreas de coleta dos agricultores tradicionais extrativistas de bacaba. Sob esta necessidade, o objetivo deste trabalho será avaliar o fluxo gênico na espécie O. bacaba, em duas populações naturais explorada por agricultores extrativistas da Amazônia, na mesorregião do Centro Amazonense do estado do Amazonas, utilizando marcadores SNP. Este estudo permitirá gerar informações sobre a estrutura genética espacial de cada população com base nas estimativas das frequências alélicas e genotípicas, estimando a magnitude e a distribuição da variabilidade dentro das áreas de amostragem, assim como o fluxo gênico existente nas populações. Estes resultados possibilitarão informações para futuros programas de melhoramento genético da espécie, bem como a definição de estratégias de coleta visando sua conservação e manejo, tanto ex situ como in situ.
  • Universidade Federal do Amazonas - AM - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sanye Soroldoni Guimarães Goes

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • papel do intemperismo fotoqímico na poluição por microplásticos no ambiente marisma: uma abordagem integrada
  • Materiais poliméricos, popularmente conhecidos como plásticos, são materiais com propriedades específicas como grande durabilidade, resistência, plasticidade e estabilidade. Devido a essas características os plásticos ganharam espaço e utilidade em diversas áreas da sociedade. No entanto, sua alta durabilidade faz com que os plásticos descartados de forma inapropriada sejam significativamente danosos ao meio ambiente e à biota. Os plásticos são considerados um material quimicamente estável, permanecendo no ambiente por muitos anos. Quando exposto ao ambiente, os plásticos podem sofrer degradação, geralmente por rota abiótica, sendo iniciada termicamente, por hidrólise, ou pela radiação ultravioleta (UV). Tal processo pode favorecer a adesão de um biofilme microbiano modificando as características dos plásticos no ambiente marinho, bem como outros processos, tais como salinidade e condições oxidantes. Portanto, é essencial entender a interação entre os processos químicos e biológicos na degradação das partículas plásticas e avaliar seu potencial deletério aos organismos. Nesse sentido, o presente projeto irá preencher lacunas importantes no conhecimento em relação à poluição por microplásticos, através da avaliação da ação do intemperismo no aumento ou diminuição da biodisponibilidade de contaminantes com reflexo na toxicidade para organismos aquáticos, tendo como área de estudo ambientes de Marisma.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022