Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Paulo Marcos Zech Coelho

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • desenvolvimento de métodos de diagnóstico para formas pré-patente, aguda e crônica de pacientes com baixa carga parasitária e controle de cura da esquistossomose mansoni
  • A esquistossomose é uma doença parasitária que afeta 77 países do mundo. Considerada um dos maiores problemas em relação à saúde pública no mundo, se destaca por apresentar uma alta taxa de mortalidade e morbidade sendo que, anualmente, 280 mil mortes são atribuídas à doença. O Brasil é o país mais afetado nas Américas, onde a prevalência foi estimada em 5,43% com cerca de 30 milhões de pessoas vivendo em regiões onde há transmissão. As estratégias de controle são baseadas em saneamento básico, educação em saúde, diagnóstico individual e tratamento dos indivíduos infectados. O diagnóstico sensível e específico da esquistossomose consiste em instrumento-chave para determinação epidemiológica, indicadores de morbidade, medidas de controle e acompanhamento de intervenções terapêuticas. Existe no entanto uma deficiência de técnicas que atenda a importantes critérios como o fornecimento de resultados precisos, alta sensibilidade e especificidade, identificação da infecção ativa inclusive na fase pré-postural, eficácia no controle de cura, facilidade de execução e baixo custo, entre outras. Atualmente, a identificação de novos antígenos vem contribuindo para o desenvolvimento de metodologias inovadoras que superam a deficiência dos atuais métodos utilizados. Especialmente por que, durante a infecção, o sistema imune do hospedeiro é exposto a uma série de antígenos derivados do parasito e do ovo, que leva à produção acentuada de anticorpos e à presença de antígenos circulantes. A seleção de antígenos candidatos a marcadores diagnósticos deve considerar fatores como rendimento na produção e facilidade de obtenção, estabilidade, imunogenicidade, especificidade antigênica e uso em técnicas de diagnóstico simples e de baixo custo. A identificação e manipulação de frações imunodominantes através da imunoproteômica de antígenos brutos contribuem para a escolha de um novo candidato para um diagnóstico mais sensível e específico. Dados recentes publicados do nosso grupo demonstraram que a resposta imune direcionada a antígenos específicos de estágios evolutivos do parasito tem se relacionado à forma clínica da doença. Portanto, este trabalho propõe pré-selecionar antígenos através do fracionamento destes extratos utilizando um painel de amostras sorológicas de pacientes com formas pré-patente, aguda, crônica e após tratamento. Ainda, serão usadas amostras exclusivamente positivas para outros helmintos através de uma intensa prospecção de casos feita com técnicas parasitológicas para eliminação de resultados falso-positivos oriundos de reações cruzadas com demais helmintos. Com a identificação e a análise dessas frações, elas serão produzidas de forma recombinante, assim como seus respectivos anticorpos monoclonais. Por fim, o objetivo deste trabalho é a padronização de métodos sensíveis que tenham capacidade de identificar antígenos e anticorpos. A proposta é adsorver diferentes antígenos recombinantes e anticorpos monoclonais em microesferas magnéticas, placas de poliestireno e tiras imunocromatográficas para que tenham capacidade diagnóstica multiteste, e padronizar as metodologias com diferentes tipos de amostras de pacientes. O diagnóstico da esquistossomose ainda se apresenta como um desafio, visto que a maioria dos pacientes possui baixa carga parasitária e são, por isto, de difícil detecção pelos métodos disponíveis. Estes pacientes são o foco principal deste trabalho, visto que sem o diagnóstico de alta sensibilidade, os mesmos permanecem infectados, sem tratamento. Consequentemente, podem desenvolver formas crônicas graves da doença, além de manterem o ciclo do parasito nas áreas endêmicas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Paulo Michel Roehe

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • uso de ferramentas genéticas, matemáticas e tecnológicas para avaliar o risco de transmissão e fortalecer a vigilância do vírus da febre amarela nas cinco regiões brasileiras
  • Vide projeto anexo.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/01/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Paulo Michel Roehe

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • avaliação do microbioma do trato respiratório de suínos nos pontos críticos de produção - um estudo longitudinal
  • Será realizado um estudo longitudinal visando determinar as populações microbianas presentes no trato respiratório de suínos nos pontos críticos da produção, através do acompanhamento e amostragem de animais desde o desmame até antes do abate, incluindo animais saudáveis e animais com sinais de infecção respiratória. Serão coletadas amostras de secreções nasais e laringotraqueais dos animais nas diferentes etapas da produção. A primeira coleta será realizada em leitões entre a segunda e quinta semana de idade (Tempo 1 – T1); a segunda coleta entre 60 e 100 dias de idade (Tempo 2 – T2); a terceira coleta nos 30 dias que antecedem o abate (Tempo 3 – T3), período no qual o uso de antimicrobianos é proibido. Suabes nasais e muco laringotraqueal serão coletados. Os animais serão divididos em três grupos de 10, como segue: Grupo 1 (G1): animais clinicamente sadios; Grupo 2 (G2): animais com sinais clínicos: tosse, espirro e ausência de febre; Grupo 3 (G3): animais com sinais clínicos: tosse, espirro e febre alta (< 41,5°C). Os mesmos animais em cada grupo serão coletados nos três momentos mencionados acima (T1, T2, T3), totalizando 30 animais e 90 suabes nasais, bem como coletadas 90 amostras de muco laringotraqueal. Os ácidos nucléicos das amostras serão extraídos e submetidos a sequenciamento de alta eficiência (MiSeq Illumina). As sequencias genômicas de microorganismos serão processadas confontadas com os achados disponíveis na literatura e no Genbank. Os genomas microbianos identificados em cada um dos grupos de animais serão identificados e examinados comparativamente em busca de padrões que possam estar associados à ocorrência de doenças respiratórias. Os achados obtidos serão disponibilizados aos profissionais da área e reportados na literatura científica.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Monteiro Brando

Ciências Biológicas

Ecologia
  • análise de risco e limiares ecológicos na amazônia e no cerrado
  • O ciclo hidrológico está mudando nos trópicos devido às interações entre mudanças climáticas globais e desmatamento. Os impactos sobre sistemas naturais podem ser grandes, persistentes e podem ter consequências graves para o ciclo do carbono e as concentrações atmosféricas de CO2. Muitos dos grandes impactos sobre florestas, savanas e sistemas agrícolas resultam da ocorrência de eventos climáticos extremos. Os recentes eventos climáticos extremos já causaram (a) mudanças fundamentais na estrutura de florestas tropicais, (b) perdas generalizadas na produção agrícola, e (c) incêndios catastróficos em florestas e savanas. Considerando que tanto a média como a variabilidade do clima estão mudando com a acumulação de gases de efeito estufa na atmosfera, é provável que os eventos climáticos extremos se tornem mais comuns e intensos num futuro próximo. No entanto, quantificar como as mudanças climática e meteorológicas irão alterar a probabilidade de eventos catastróficos no futuro próximo continua a ser um desafio. Até o presente momento, a maioria dos estudos têm avaliado a exposição dos ecossistemas tropicais e da produção agrícola às futuras alterações climáticas, mas a quantificação da sensibilidade desses ecossistemas às condições climáticas extremas continua a ser mal compreendida. Neste projeto, usaremos modelos estatísticos para quantificar os múltiplos determinantes climáticos de grande impacto em florestas tropicais, savanas, agricultura e regimes de perturbação. Avaliaremos ainda como as mudanças climáticas podem alterar a probabilidade de ocorrência de eventos meteorológicos e conjugados em um futuro próximo na Amazônia e Cerrado. Para isso, nós propomos os seguintes objetivos específicos: 1) identificação de limiares históricos multivariados em variáveis climáticas que tenham causado redução da produtividade da vegetação, pico de atividade de incêndios tropicais e perdas na produção agrícola; 2) avaliação do risco de ultrapassar tais limiares potenciais no presente e no futuro próximo, de acordo com diferentes cenários climáticos; e 3) avaliação de como a estabilização do aquecimento da temperatura global do ar abaixo de 1,5°C pode evitar grandes perdas de recursos florestais, produção agrícola e impactos ambientais associados a incêndios tropicais. O principal resultado do projeto será, portanto, o fornecimento de uma avaliação de risco robusta de vários serviços ecossistêmicos chave na Amazônia e no Cerrado sob diferentes cenários de mudanças climáticas. Este projeto conectará ainda mais pesquisadores e instituições sediadas na Suíça e no Brasil, e contribuirá para a formação de um grupo diversificado de estudantes da Suiça, do Brasil e de pós-doutores.
  • Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia - PA - Brasil
  • 13/05/2020-31/05/2023
Foto de perfil

Paulo Monteiro Brando

Ciências Biológicas

Ecologia
  • legados do desmatamento e da degradação florestal na fronteira agrícola amazônica: impactos sobre a biodiversidade, o ciclo do carbono e os recursos hídricos (fase 2)
  • As mudanças do uso da terra têm alterado fundamentalmente a dinâmica, o funcionamento e a estrutura das florestas estacionais semideciduais no ecótono Amazônia-Cerrado. Essas alterações, por sua vez, influenciam o clima local/regional através de disrupções do ciclo hidrológico, do carbono e de energia, com importantes implicações à biodiversidade regional e integridade dos córregos da região. Esses efeitos podem persistir por décadas e interagir com mudanças climáticas globais. No entanto, as possíveis trajetórias de florestas e ambientes aquáticos permanecem pouco entendidas na fronteira agrícola amazônica, bem como os seus impactos à biodiversidade e aos serviços/funções ecossistêmicos associados. Desde a implementação do PELD-TANG na fronteira agrícola do sudeste Amazônico, avançamos o entendimento dessas relações entre florestas e ambientes aquáticos de água doce em paisagens sendo transformadas pela agricultura mecanizada de larga escala. Nos últimos quatro anos, foi possível compreender diversos aspectos da trajetória de mortalidade de árvores pós-distúrbio e da recuperação de ambientes terrestres e aquáticos sendo expostos a distúrbios, bem como os mecanismos pelos quais esses processos ocorrem. Os objetivos gerais e específicos desta proposta em relação à anterior permanecem, com mudanças em atividades. Propomos quantificar como a degradação por distúrbios e o desmatamento das florestas localizadas na fronteira agrícola Amazônica impactam as relações entre a biodiversidade, os processos ecossistêmicos e a integridade de córregos da região, assim como as trajetórias de florestas e ecossistemas aquáticos ao longo do tempo. Mais especificamente, o estudo pretende quantificar no longo prazo: (1) os efeitos (conjuntos e separados) da fragmentação e de distúrbios pelo fogo e vento na estrutura, dinâmica e trajetórias de florestas de terra firme; (2) os efeitos de distúrbios nas funções ecossistêmicas e na biodiversidade dessas florestas; (3) como mudanças climáticas locais associadas ao desmatamento e à degradação florestal alteram regionalmente o balanço de água e energia e, assim, a integridade das florestas ripárias e os parâmetros físico-químicos da água em córregos de primeira ordem; e, (4) os efeitos sinérgicos entre perda de habitat florestal, fragmentação, alterações na disponibilidade de nutrientes sobre a biodiversidade de invertebrados e vertebrados, terrestres e aquáticos, em ambientes de florestas ripárias. Para tanto, o nosso grupo de pesquisa interdisciplinar empregará diferentes técnicas para medir a degradação florestal pelo efeito de borda, pelo fogo e por tempestades de vento; a resiliência de florestas de terra firme no longo prazo; a saúde de córregos em diferentes tipos de microbacias; e, a relação entre a agricultura e as mudanças no ciclo hidrológico, e as suas relações com a integridade de florestas. As técnicas a serem empregadas variam amplamente: torres de fluxo (vórtices turbulentos) de CO2 e H2O; LiDAR terrestre e aéreo para caracterização da estrutura da floresta; inventários florestais e de diversos animais; medição de vazão de rios, dentre outras. Essas técnicas têm sido utilizadas na coleta de dados ecológicos e climatológicos na região desde 2004. Este acúmulo de informações provavelmente coloca o nosso sítio de pesquisa (Fazenda Tanguro) entre os principais sítios de longo prazo da Amazônia. A continuação das medições já existentes e a inserção de novas medições--através desta proposta--poderiam alavancar este conhecimento e gerar novas informações de alta relevância para universidades locais e para a sociedade brasileira em geral. Ou seja, pesquisadores e estudantes locais seriam expostos à pesquisa (a) de alta qualidade internacional, (b) baseada em experimentos na escala da paisagem, (c) interdisciplinar e (d) que explora os efeitos das mudanças climáticas e do uso da terra nas relações entre florestas e ambientes aquáticos. Com estas oportunidades, o PELD-TANG contribui desde 2016 para a redução no desbalanço que existe entre as universidades do sudeste e do norte do país no que se refere a oportunidades de fazer pesquisa relevante e de alta qualidade, contribuindo no desenvolvimento de seis dissertações de mestrado e duas tese de doutorado concluídas, e duas teses de doutorado em andamento, além de 27 artigos científicos publicados e cinco resumos apresentados por autores de diferentes regiões do Brasil com pesquisadores estrangeiros (Anexo 1). A implementação do PELD-TANG criou a oportunidade de enriquecer o diálogo entre a pesquisa ecológica, políticas públicas, e o setor privado. A pesquisa aplicada feita na Fazenda Tanguro tem o potencial de exercer ainda mais impacto se garantirmos sua continuidade como sítio PELD, através da continuidade do modelo de investigação ecológica aqui estabelecido, no qual podemos entender as implicações de grandes mudanças na paisagem de vários pontos de vista, respondendo perguntas relevantes não só para a ciência, como para os produtores rurais, os povos indígenas, a nova geração de alunos da região, e da sociedade brasileira como um todo. Assim o PELD contribui para o desenvolvimento de uma agricultura mais sustentável.
  • Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia - PA - Brasil
  • 11/12/2020-31/12/2024
Foto de perfil

Paulo Monteiro Brando

Ciências Biológicas

Ecologia
  • o fogo no xingu: determinantes e efeitos sobre a vegetação e recursos de importância socioambiental
  • Os roçados são uma importante fonte de alimento aos povos indígenas da Amazônia e têm sido conduzidos por diversas comunidades locais por centenas ou milhares de anos. No entanto, o uso tradicional do fogo tem gerado cada vez mais incêndios florestais. Em 2010, por exemplo, 298 mil hectares de florestas queimaram dentro do Parque Indígena do Xingu (PIX). Contudo, ainda não sabemos ao certo quais os fatores responsáveis por possíveis mudanças no regime de fogo dentro do PIX, bem como as consequências dessas mudanças sobre a dinâmica da vegetação, dos serviços ecossistêmicos e da segurança alimentar das populações indígenas da região. Para quantificar as causas e os efeitos das mudanças do regime de queimadas no PIX, desenvolveremos quatro atividades principais neste projeto: 1) mapeamento das áreas queimadas dentro do PIX nas últimas décadas a partir de técnicas de sensoriamento remoto em alta resolução, discriminando queimadas de uso tradicional em roçados das queimadas de floresta primária; 2) quantificação do papel do fogo, de eventos de secas extremas, e do manejo realizado pelos indígenas sobre as recentes mudanças na cobertura florestal observadas no PIX; 3) parametrização de um modelo de comportamento do fogo (BehavePlus) com dados das queimadas prescritas que considere as características do material combustível e as condições climáticas, permitindo assim a simulações da intensidade das queimadas e seus efeitos sobre a mortalidade de árvores; 4) integração do conhecimento científico sobre os efeitos do fogo nas florestas da região do Xingu – com base em um experimento em larga escala e de longa duração de queimadas controladas conduzido pelo IPAM – com aqueles das comunidades indígenas sobre a resistência ao fogo de plantas de interesse econômico-cultural, com o intuito de elaborar um relatório de referência para embasar tomadas de decisão sobre ações de manejo do fogo. De maneira integrada, estas quatro ações contribuirão de maneira efetiva para o entendimento dos fatores determinantes das mudanças no regime de fogo na Bacia do Xingu. Vamos também gerar um conjunto de informações para auxiliar ações de manejo, buscando evitar que queimadas continuem a causar degradação florestal e perda de serviços essenciais para a manutenção do clima em larga escala. Os resultados deste estudo também servirão para melhorar a segurança alimentar e cultural das comunidades que vivem nesta região.
  • Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia - PA - Brasil
  • 30/11/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Paulo Nakatani

Ciências Sociais Aplicadas

Serviço Social
  • alterações político-econômicas contemporâneas na américa latina e impactos nas políticas de assistência social, saúde, previdência social, seguro-desemprego e educação: o caso do brasil, de cuba e do chile
  • A presente proposta de investigação pretende estudar, tomando por base a realidade de países como Brasil, Cuba e Chile, os impactos da mais recente crise econômica do capital, em políticas estruturantes tais como a saúde, a educação, a assistência social e a previdência social em cada um dos países estudados, identificando aproximações e particularidades nessas refrações ocorridas no período de 2017 e 2021. Essa proposição surge como resultado de experiência anterior exitosa vivenciada por esse grupo de pesquisadores, composto pelo proponente – Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES, e pelos parceiros brasileiros: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da PUC-RS, Programa de Pós-Graduação em Economia Política da PUC-SP, e Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Políticas Sociais da UFRGS, com vistas a dar continuidade ao fortalecimento e interface entre estes Programas de Pós-Graduação stricto sensu que já vem se efetivando entre esses programas parceiros. Além dos quatro PPGS brasileiros a parceria inclui duas Universidades internacionais, a saber: Universidade de Havana/ Cuba e Escuela Latinoamericana de Estudios de Postgrado Universidad de Arte y Ciencias Sociales – Arcis do Chile. Inclui também a recente parceria com o Bacharelado Interdisciplinar de Humanidades da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. No estudo anterior realizou-se pesquisa integrada sobre políticas de assistência social, saúde, previdência social, seguro-desemprego e educação na América Latina, processo este que está se concluindo no início de 2017. Tem como objetivo principal consolidar a constituição de uma rede de cooperação científico-acadêmica entre Programas de Pós-Graduação nacionais e internacionais articulando as áreas de Serviço Social e Economia em torno dos eixo temático das políticas de assistência social, saúde, previdência social, seguro-desemprego e educação no Brasil, em Cuba e no Chile, tendo em vista elevar o padrão de qualidade da formação de profissionais em nível de pós-graduação, elevar a produção científica desses Programas e contribuir com subsídios para a qualificação dos Cursos de Graduação dessas áreas nas Instituições de Ensino Superior parceiras. O presente estudo se fundamenta no materialismo dialético e histórico que consiste antes de tudo num modo de ver a vida, em primeiro lugar como movimento permanente, como processo, o que precisa ser contemplado na análise das formas e fenômenos sociais, superando uma visão estagnada de estados, na medida em que se reconhece o movimento como provisório e que, portanto, será sistematicamente negado para que o próprio movimento siga seu curso. As técnicas utilizadas serão a triangulação, a análise documental e a entrevista direta semi-estruturada para a coleta de depoimentos de lideranças e intelectuais que estudam a temática nos diferentes países. Para a realização do tratamento dos dados obtidos e interpretação utilizar-se-á o tratamento estatístico para dados quantitativos e a análise de conteúdo, para dados qualitativos. A proposta visa ao alcance dos seguintes resultados, ao longo de seu desenvolvimento: 8 missões nacional de estudo e 3 missões internacionais; bolsas de pós-doutorado, bolsas-sanduíche; realização de um Curso sobre o contexto atual de crise do capital e seu impacto nas políticas públicas, contemplando as mudanças políticas ocorridas nos diversos países em estudo nos últimos anos e as manifestações populares de resistência para a garantia de direitos; realização de um workhop inicial e de um seminário final com a finalidade de mobilizar os pesquisadores e discentes envolvidos para o debate acerca da temática, aproximar as unidades e áreas envolvidas, viabilizar processos coletivos de capacitação e planejamento das atividades investigativas; efetivação de 6 oficinas, 2 em cada uma das IES brasileiras parceiras, que terão por finalidade organizar o processo de pesquisa, sendo que os conteúdos a serem trabalhados dependerão das etapas do estudo; participação em outros eventos científicos e produção bibliográfica.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Negreiros Figueiredo

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • trajetórias de acumulação de capacidades tecnológicas para produção e inovação e suas implicações para competitividade industrial: análise empírica em nível de empresas na indústria farmoquímica no brasil
  • A pesquisa aqui proposta objetiva examinar o relacionamento entre a evolução de trajetórias de acumulação de capacidades tecnológicas em nível de empresas, para atividades de produção e de inovação, seus fatores influentes (processos de aprendizagem tecnológica) e suas consequências, em termos de fortalecimento de competitividade industrial. Ademais, a pesquisa examinará a influência de demais fatores internos às empresas, bem como fatores externos (por exemplo, a natureza das políticas públicas) sobre esse conjunto de relacionamentos. Essas questões serão examinadas em nível de empresas da indústria farmoquímica no Brasil, durante o período de 1990 a 2017. Trata-se de uma indústria pertencente ao complexo industrial da saúde no Brasil e estratégica ao desenvolvimento nacional: é na indústria farmoquímica que ocorre a produção dos fármacos, que são a base dos medicamentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A despeito da enorme importância da indústria farmoquímica para a economia do Brasil e para o bem-estar de sua população, ainda existem pouquíssimos estudos centrados no processo de desenvolvimento tecnológico em nível de empresas nessa indústria no Brasil. Assim, de um lado, esta pesquisa objetiva gerar novas evidencias, explicações e desenvolvimento teórico, em nível internacional, sobre a natureza da evolução de trajetórias tecnológicas em nível de empresas, suas causas e consequências, especialmente no contexto de economias em desenvolvimento. Por outro lado, a pesquisa também objetiva contribuir para geração de insumos para iluminar o planejamento, (re)-planejamento, implementação e/ou avaliação de políticas governamentais e estratégias empresariais correntes e futuras relativas ao desenvolvimento tecnológico e fortalecimento da competitividade da indústria farmoquimica no Brasil. O projeto concentrar-se-á em uma análise comparativa e dinâmica em níveis empresarial e inter-empresarial em termos de acumulação de capacidades tecnológicas para inovação ao longo do período de 1990 a 2017. A estratégia comparativa possibilitará a análise de similaridades e diferenças entre as empresas com relação a experiências de sucesso e/ou mesmo estagnação no que diz respeito ao processo de capacitação, seus resultados e estruturas institucionais correspondentes. Estrategistas políticos, gerentes corporativos e tomadores de decisão serão formalmente envolvidos ao longo das diferentes etapas da execução do projeto. A metodologia deste projeto envolverá uma combinação de análises qualitativas e quantitativas derivadas de evidencias empíricas coletadas à base de extensivos trabalhos de campo. A estratégia de trabalhos de campo será importante para garantir o nível adequado de detalhamento e profundidade das evidências e análises empíricas, bem como para a geração de recomendações de políticas públicas.
  • Fundação Getúlio Vargas - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Paulo Nelson Filho

Ciências da Saúde

Odontologia
  • efeito imediato/tardio do ácido zoledrônico na movimentação ortodôntica, em camundongos osteoporóticos jovens e adultos, empregando marcadores biológicos angiogênicos e do turnover ósseo.
  • Osteoporose é caracterizada pela redução da densidade mineral óssea e osteomalacia. Novas técnicas de diagnóstico permitiram que esta doença fosse amplamente reconhecida como um problema de saúde pública tanto em jovens e adultos. A massa óssea é determinada por um complexo conjunto de fatores, influenciado por síndromes genéticas, mutações em genes que controlam a remodelação óssea durante toda a vida além de medicamentos, nutrição e condições debilitantes de ordem geral. O Ortodontista atua diretamente na remodelação óssea, demanda por tratamentos ortodônticos em adultos e pacientes jovens vem crescendo, inclusive envolvendo pacientes com osteoporose e/ou sob tratamento com medicações sistêmicas que promovem perda de massa óssea, a compreensão das alterações que estes tratamentos provocam no metabolismo ósseo frente ao movimento ortodôntico é de fundamental importância para uma atuação clínica segura e efetiva. Assim, este estudo experimental tem como objetivos avaliar, em jovens e adultos, a movimentação ortodôntica, marcadores envolvidos na remodelação óssea, fatores de vascularização que possam interferir na necrose óssea, tanto na fase ativa do tratamento com Ácido Zoledrônico como no período pós suspensão da medicação. Para tal, camundongos osteoporóticos (jovens/adultos), geneticamente modificados, serão submetidos a tratamento com Ácido Zoledrônico e receberão força ortodôntica. Serão avaliados: aspectos clínicos, aspectos histomorfológicos, análise molecular de marcadores da osteoclastogênese, avaliação protéica de marcadores da angiogênese e citocinas, que são influenciados pela doença e pela medicação e atuam também na movimentação ortodôntica.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Nobre

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • poluição por óleo no mar 2019 no nordeste do brasil: sensoriamento remoto, modelagem oceano-atmosfera e inteligência artificial para a detecção, previsão e desenvolvimentos futuros
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - SP - Brasil
  • 11/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Paulo Noronha Lisboa Filho

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • funcionalização e tratamentos de superfície em novas ligas de titânio pós-processamento ecap
  • Devido aos avanços na área da saúde, a expectativa de vida da população nos países do BRICS mudou de 50 a 60 anos para 70 a 80 nas últimas cinco décadas. Essa taxa de crescimento influencia diretamente a demanda por implantes e, o mais importante, o desenvolvimento de implantes de longa duração (mínimo de 25 a 30 anos de duração) é o principal desafio a ser enfrentado. O número de fraturas ósseas devido a doenças e acidentes levou a essa alta demanda. Assim, há uma necessidade urgente de desenvolver materiais para atender o aumento da demanda de implantes ortopédicos e aumentar a longevidade dos implantes para evitar cirurgias de revisão. As substituições de quadril e joelho falham em 15-20 anos devido a infecção, desgaste e corrosão, falta de osseointegração, erros cirúrgicos e defeitos de fabricação que levam à cirurgia de revisão, que é um procedimento muito caro e doloroso. Os países asiáticos foram envolvidos na redução do custo dos implantes e o tour médico foi promovido para ajudar os outros países. Dentre os materiais disponíveis para estas aplicações, destacam-se o titânio (Ti) e suas ligas, devido à sua excelente biocompatibilidade e propriedades mecânicas, como alta resistência, baixa densidade e alta resistência à corrosão. Atualmente, há um interesse crescente em pesquisas voltadas à funcionalização de superfícies de titânio com foco na aceleração da consolidação óssea. Assim, arquiteturas superficiais híbridas combinando componentes orgânicos e inorgânicos ativos em escala nanométrica desempenham um papel crucial no desenvolvimento de materiais funcionais. O objetivo principal deste projeto é fabricar uma nova liga de titânio biomédica, Ti-10Mo-8Nb-XZr (X = 4,5,6% em peso) por meio da técnica ECAP (Equal Channel Angular Pression) e realizar modificações na superfície para melhorar a sua longevidade. Além disso, o parceiro russo, que domina a tecnologia ECAP, ajudará aos pesquisadores do Brasil e Índia a trabalhar no processamento do material proposto com transferência de tecnologia. Além disso, os parceiros brasileiros e indianos têm trabalhado extensivamente na área de modificação de superfícies e seus conhecimentos especializados levarão a modificações de superfície apropriadas que melhorarão o desempenho dos implantes e, assim, todos os três parceiros serão beneficiados por este programa.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Paulo Pereira Junior

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • detecção de porosidade em materiais compósitos utilizando ondas ultrassônicas
  • O uso de materiais compósitos em aplicações estruturais é cada dia mais relevante. Em tais aplicações, deve-se garantir que os componentes estão em perfeitas condições. Neste sentido, a presença de defeitos e imperfeições no componente feito de material compósito pode levar a falhas que dependendo da aplicação podem ser críticas. Dentre os defeitos que podem aparecer em compósitos, a porosidade pode reduzir drasticamente a resistência do material. O presente Projeto de Pesquisa tem como objetivo desenvolver a técnica de detecção de porosidade em materiais compósitos usando ondas ultrassônicas. Técnicas de inspeção não destrutivas, como a ultrassônica, permite a avaliação de componentes sem a necessidade de danificá-los. A técnica ultrassônica, em especial, apresenta como vantagens em relação a outras técnicas seu relativo baixo custo e versatilidade para inspeções em campo. Um enfoque especial será dado na técnica ultrassônica baseada em ondas longitudinais criticamente refratadas (LCR). A velocidade de propagação das ondas LCR apresenta grande sensibilidade a imperfeições e não-uniformidades do material inspecionado. Comparações serão feitas com outras técnicas ultrassônicas, como as baseadas em medidas de atenuação da onda e técnicas destrutivas como a digestão ácida. O trabalho será estruturado em dois pilares básicos: a pesquisa fundamental e o desenvolvimento de aplicações. As principais etapas do Projeto serão: revisão do estado da arte, estudo dos modelos teóricos relativos a interação da onda ultrassônica com vazios, definição dos materiais utilizados nas medições experimentais, montagem e execução dos experimentos e desenvolvimento de sistemas e técnicas de medição para aplicações em campo. Como resultado desse Projeto, espera-se desenvolver uma nova metodologia e um novo sistema de inspeção que possam ser usados para o aumento da segurança do emprego de componentes mecânicos de compósitos em serviço. Como resultados adicionais pretende-se a formação de graduandos e pós-graduandos, a submissão de trabalhos científicos a periódicos da área e a geração de patentes sobre os sistemas e técnicas desenvolvidos.
  • Universidade Federal de Itajubá - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Pimentel de Assumpção

Ciências da Saúde

Medicina
  • metatranscriptômica global do câncer gástrico
  • A bactéria Helicobacter pylori habita a mucosa gástrica de mais da metade da população mundial ocasionando diferentes lesões orgânicas em humanos, sendo considerada o principal fator de risco para o desenvolvimento da gastrite crônica atrófica, metaplasia, displasia, úlcera péptica e adenocarcinoma. Estudos relatam que a presença de úlceras duodenais está possivelmente associada à condições que protegem os pacientes do desenvolvimento de câncer gástrico e observaram que quase a totalidade dos pacientes com úlceras duodenais estão infectados com H. pylori. Assim, considera-se que alguns fatores presentes em pacientes com úlceras duodenais modificam o efeito carcinogênico da infecção pela bactéria H. pylori. Estudos recentes em humanos indicam que a colonização gástrica por bactérias não-H. pylori poderiam afetar o risco para o desenvolvimento de câncer gástrico. A microbiota da mucosa gástrica já foi caracterizada em diversos estudos, entretanto a maior parte desses baseiam-se no sequenciamento do gene rRNA 16S, o que não permite a adequada descrição das vias metabólicas e a possível identificação de microrganismos não-bacterianos. O objetivo deste estudo é sequenciar por Whole Metatranscritomic Shotgun (WGS) agentes infecciosos no bioma gástrico (normal, adjacente ao câncer e câncer) em associação à H. pylori, caracterizando a microbiota gástrica, e realizar a análise da expressão gênica destes biomas no tecido normal, no tecido adjacente ao tumor e no tecido tumoral, comparando-os entre si e relacionando-os com os dados clínico-patológicos dos pacientes estudados. Adicionalmente objetiva-se analisar a expressão gênica dos pacientes, de modo a encontrar correlações entre a expressão gênica bacteriana e humana no câncer gástrico, no tecido adjacente ao tumor e em indivíduos sem câncer com o intuito de elucidar os mecanismos que favoreçam o desenvolvimento da neoplasia gástrica.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Prado Batista

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • medidas ao longo prazo com um radar de laser (lidar) em são josé dos campos, sp
  • Este projeto visa dar continuidade às pesquisas experimentais com o sistema de Radar de Laser do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Este sistema começou a operar em 1968 tomando dados de aerossóis estratosféricos utilizando um laser de rubi, único laser disponível àquela época. Com o desenvolvimento da tecnologia laser um laser de corante foi aqui desenvolvido possibilitando medidas não só de aerossóis estratosféricos, mas também do sódio presente em uma camada entre 78 a 102 km de altura. Dados regulares começaram a ser tomados em 1972 e desde então longas séries de dados que incluem as medidas de Aerossóis Estratosféricos, a densidade e a temperatura da estratosfera e mesosfera, a densidade do Sódio mesosférico e mais recentemente a temperatura da mesopausa entre 80 e 102 km de altura foram obtidas. O sistema sofreu diversas modificações e atualizações ao longo do tempo, mas as últimas modificações significativas introduzidas com auxílio da FAPESP foram a adição de um sistema Laser de banda estreita e sintonizável e de novas fotomultiplicadoras. Todo este sistema corre hoje o risco de ser paralisado por falta de componentes e peças de manutenção que não estão sendo possíveis de adquirir com os recursos próprios do INPE. Com a extensão da vida útil do Lidar espera-se não apenas obter uma extensão do banco de dados, mas também realizar novas pesquisas em paralelo com equipamentos ópticos de imageamento e com um Lidar para medidas simultâneas do Sódio e Potássio a ser instalado em colaboração com a China.
  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - SP - Brasil
  • 01/06/2017-30/06/2021
Foto de perfil

Paulo Renato de Souza

Outra

Ciências Ambientais
  • moccif21 – v mostra científica e cultural do ifsp - câmpus suzano
  • Vide projeto anexo.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 13/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Paulo Renato Schneider

Ciências da Saúde

Odontologia
  • ações de mobilidade para o fortalecimento dos programas de pós-graduação da ufsm em áreas estratégicas
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 09/01/2020-09/01/2025
Foto de perfil

Paulo Renato Silva de Carvalho

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • cálculo perturbativo em “loops” das propriedades críticas de teorias de campos q-deformadas, com vio
  • Neste projeto, estudaremos as propriedades críticas de teorias de campos q-deformadas, com violação da simetria de Lorentz, em espaços-tempos curvos, para pontos de Lifshitz, com comprimento mínimo, não-extensivas e com interações de longo alcance. Esta tarefa será atingida quando calcularmos as correções radiativas ou “loops” (além da aproximação de campo médio ou de Landau) para os expoentes críticos, no mínimo até a ordem de 2 “loops”, e razões entre amplitudes, até o nível de 1 “loop”, para as teorias de campos acima citadas. Para tal, aplicaremos métodos de grupo de renormalização e expansões em épsilon através da abordagem de teoria de campos desenvolvida por Kenneth Wilson [1].
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Renato Soares Terra

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • proteção de investidores e a sensibilidade do investimento empresarial ao fluxo de caixa: um estudo multipaís
  • Este projeto propõe investigar a relação entre mecanismos externos de governança a nível de país que facilitam o monitoramento externo e a adequada execução de contratos financeiros – proteção aos acionistas e direitos dos credores – sobre o comportamento de investimento das empresas. Embora a teoria clássica de finanças corporativas postule a independência entre as decisões financeiras, a literatura empírica recente documenta que as decisões de investimento e de financiamento estão conectadas. As empresas dependem em grande medida do fluxo de caixa gerado internamente para financiar seus investimentos, sugerindo que a captação externa de recursos seja custosa ou apresente outras desvantagens aos olhos dos tomadores de decisão. Uma questão que ainda foi pouco explorada pela literatura é em que medida os mecanismos de governança ao nível de país protegem igualmente credores e acionistas e como estes mecanismos interagem para influenciar a propensão da empresa depender do seu fluxo de caixa para investir. Para realizar essa investigação, este projeto propõe a utilização de uma base de dados com 30 países, onde as dimensões de proteção aos investidores podem ser segregadas entre credores e acionistas. Ao nível de empresas, será utilizada uma base de dados contendo mais de sete mil empresas de 30 países cobrindo um período de treze anos. Os resultados práticos desta pesquisa irão auxiliar a melhor compreender o processo de tomada de decisão financeira por parte das empresas, assim como identificar novos rumos para pesquisas e o desenvolvimento de programas de capacitação específicos para executivos dessa área, além de contribuir para o avanço da ciência e do conhecimento nesta área.
  • Fundação Getúlio Vargas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Roberto Barbosa Evora

Ciências da Saúde

Medicina
  • influência dos inibidores da enzima conversora da angiotensina na resposta inflamatõria e estresse oxidativo em pacientes valvopatas e coronariopatas submetidos a cirurgia cardíaca
  • O contato do sangue com uma superfície não fisiológica durante a cirurgia de circulação extracorpórea (CEC) pode induzir síndrome da reação inflamatória sistêmica (SIRS). Acredita-se que os componentes plásticos da CEC e os procedimentos de CEC per se desencadeiem a resposta inflamatória que resulta na subsequente lesão miocárdica. Hoje, esse paradigma é fortemente debatido, principalmente porque uma resposta inflamatória ainda está presente em pacientes submetidos à cirurgia sem circulação extracorpórea. Além disso, O'Brien et al. (2011) relataram que o implante de válvula aórtica transcateter (TAVI) (que reduz o trauma cirúrgico e evita a necessidade de CEC) não atenua a resposta inflamatória inata dos pacientes. Muitos estudos mostraram que o contato do sangue com a ferida operatória pode estar relacionado com a reação inflamatória. Esta hipótese propõe que o sangue que entra em contato com as membranas serosas (pleura e pericárdio) causa atividade fibrinolítica e aumenta o sangramento, concordando com os recentes avanços em nosso conhecimento e entendimento sobre a associação entre coagulação e inflamação. É possível que o uso inadequado da heparina possa anular a anticoagulação inadequada e imperceptível e, portanto, também desencadear a inflamação. Esses mecanismos estão intimamente relacionados com a fisiopatologia da Síndrome Vasoplégica (SV) em cirurgia cardíaca com CEC, na qual observa-se profunda hipotensão arterial resistente a catecolaminas, associando-se a alta morbimortalidade. Quanto à influência medicamentosa na gênese até o momento só foram descritas 2 drogas: a heparina e os inibidores da enzima conversora de angiotensina (ECA). Esses conceitos, brevemente apresentados embasam o racional da presente investigação.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paulo Roberto da Cunha

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • influência dos princípios e valores do cooperativismo no relação entre mecanismos de governança corporativa e a sustentabilidade
  • Embora haja consenso quanto a relevância da participação dos membros associados na cooperativa, inclusive fundamentado nos princípios cooperativistas como adesão voluntária e participação democrática, ainda há divergências quanto a utilização de instrumentos que venham a incentivar o comprometimento do cooperado. Há uma corrente que defende a existência de instrumentos que demonstre uma segurança ao associado e eleve o grau de comprometimento, por consequência proporcionando benefícios àqueles que operam mais regularmente com a cooperativa, ou aplicando medidas de punição para aqueles que adotam comportamento conflituoso que possa resultar em prejuízos ao grupo de cooperados (SERIGATI, 2008). Nesse sentido, a governança corporativa apresenta-se como um elemento capaz de atender aos acionistas, cooperados e quaisquer membros interessados na condução de determinado patrimônio, seja ele de natureza cooperativa ou não. Em cooperativas, a governança corporativa é entendida como uma estrutura, fundamentada em princípios e valores cooperativistas, cuja finalidade é garantir que os objetivos sociais da organização estejam alinhados aos interesses dos cooperados (OCB, 2015). O aprimoramento da estrutura de governança, consequentemente dos órgãos de direção estratégica, responsáveis pela condução dos interesses da cooperativa, demanda adoção de práticas e ajustamento dos mecanismos de comunicação e transparência das ações executadas pela gestão cooperativa. Assim, a governança corporativa de cooperativas baseada na afirmação da identidade e dos valores cooperativistas, definem e delimita a função dos gestores, o que poderá ser uma abordagem abrangente para o alcance da eficiência e sustentabilidade cooperativa (DAVIS; BIALOSKORKI NETO, 2010). Contudo, grandes sociedades cooperativas com reputação respeitável já fracassaram de forma repentina e inesperada, o que sugere que alguns problemas não eram transparentes ou não eram facilmente perceptíveis e, portanto, não sendo de, maneira geral, responsabilidade da má atuação dos mecanismos de governança corporativa. Nesse sentido, prevalece o sentimento de que as cooperativas podem ter perdido sua identidade cooperativa, a qual pode ser resgatada pelos princípios e valores cooperativistas (MUNKNER, 2000). Desta forma, reforçar os princípios e valores cooperativistas pode permitir o maior envolvimento dos cooperados e dos agentes de governança das cooperativas propiciando melhoria na eficiência econômica, ambiental e social. Assim, em contextos econômicos desfavoráveis, os princípios e valores da cooperação, constituem-se como uma fonte de vantagem competividade quando a sua gestão é combinada às melhores práticas de gestão do capital social, do corpo de membros associados e de colaboradores (DAVIS; BIALOSKORKI NETO, 2010). Além disso, a própria sobrevivência das cooperativas depende do estabelecimento de uma administração comprometida e que compreenda o propósito e valores cooperativistas, pois os diferenciais cooperativistas devem ser utilizados como uma vantagem competitiva (DAVIS; BIALOSKORKI NETO, 2010). Diante do exposto, o presente projeto tem o objetivo de analisar a influência dos princípios e valores cooperativistas na relação entre a percepção dos agentes sobre a governança corporativa e a sustentabilidade econômica, ambiental e social das Cooperativas associadas a Central Aurora. A pesquisa caracteriza-se quanto aos objetivos como descritiva, quanto aos procedimentos de levantamento e documental e quanto a abordagem do problema de cunho quantitativo. O caso em estudo trata-se de uma cooperativa central, formada conjuntamente pela participação de 12 cooperativas afiliadas, com atuação no segmento agropecuário, sendo um ambiente propício ao estudo das práticas de governança corporativa e do alinhamento da identidade dos valores e princípios cooperativista pelo crescimento de mercado e sua abrangência nacional. A Aurora Alimentos, tem forte presença no mercado nacional e internacional, cujos valores e princípios que sustentam a gestão são observados pelas partes interessadas. Nesse sentido, torna-se um campo de pesquisa para observar a influência dos princípios e valores cooperativistas na relação entre governança corporativa e sustentabilidade. Para a análise dos dados obtidos com a aplicação dos questionários será utilizada a modelagem de equações estruturais. Justifica-se que o crescimento e a atuação em diversos ramos do agronegócio pode afetar os princípios e valores cooperativas, fazendo com que a atuação da governança corporativa não tenha sua efetividade no alcance da sustentabilidade dos negócios. Um segmento cooperativo, importante no contexto econômico brasileiro, diz respeito às cooperativas agropecuárias, as quais desempenham importante papel na estrutura dos sistemas agroalimentares, juntamente com o Estado (ZILBERSTAJN, 2004), e assim, o alinhamento da governança corporativa a sua configuração, torna-se fator primordial para as estruturas a serem implementadas nas diversas sociedades cooperativas. Os achados serão úteis para melhorar a atuação da governança corporativa nas cooperativas por meio do estabelecimento de princípios e valores cooperativistas que remetem a melhoria na sustentabilidade econômica, ambiental e social. Além disso, será demonstrando que a governança corporativa não é suficiente para o alcance da sustentabilidade, se faz necessário que a organização esteja com seu princípios e valores alinhados ao cooperativismo. O produto deste projeto será comprovar as relações expostas e, por fim, oferecer oficinas para sensibilizar as cooperativas sobre a importância da governança corporativa provocando reflexos conjuntas aos princípios e valores cooperativas visando a melhoria da sustentabilidade.
  • Fundação Universidade Regional de Blumenau - SC - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021