Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Fabiano Borges Figueiredo

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • avaliação da resistência à miltefosina e antimoniato de meglumina de leishmania infantum provenientes de cães em tratamento com miltefosina
  • A Leishmaniose visceral é causada principalmente pelo Leishmania infantum, tendo como hospedeiro principal o cão, mas podendo infectar o homem. As opções de tratamento dessa doença são limitadas e insatisfatórias até os dias atuais. Nesse contexto, a recente liberação do tratamento de cães com a doença no Brasil traz à tona um agravante envolvendo o possível surgimento de parasitas resistentes as drogas atuais, uma vez que o tratamento não é 100% eficaz, não sendo acompanhado pelo clearence parasitário no animal. Como forma de avaliar os possíveis riscos do tratamento animal à saúde pública, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a resistência in vitro e in vivo à Miltefosina e antimoniato de meglumina de isolados de Leishmania infantum provenientes de cães em tratamento, bem como possíveis mecanismos moleculares envolvidos com tal resistência. Para tal, parasitas isolados de diferentes etapas no decorrer dos tratamentos dos cães serão utilizados para os testes in vitro (com células THP1) e in vivo, por meio da geração de parasitas expressantes de luciferase os quais serão utilizados na infecção de camundongos, que por sua vez será acompanhada com o uso da plataforma de bioimagens IVIS®. Havendo o aumento da resistência dos parasitas isolados as drogas testadas, a mesma será investigada quanto aos mecanismos moleculares envolvidos, avaliando-se o possível envolvimento da expressão de genes relacionados por meio de RT-qPCR.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PR - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Fabiano Colauto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • vórtices coplanares em filmes supercondutores nano, micro e macro estruturados.
  • Filmes supercondutores anisotrópicos são materiais promissores para o uso em dispositivos fluxônicos. Comumente, a anisotropia desses materiais é intrínseca. Entretanto, é possível transformar filmes supercondutores isotrópicos em anisotrópicos submetendo-os a um campo magnético direcionado ao longo do seu plano. Nesse caso, a anisotropia pode ser controlada variando a magnitude e a direção do campo paralelo ao plano. Usando essa configuração, pretende-se investigar novas possibilidades de manipular vórtices em filmes supercondutores. Os experimentos serão realizados por meio de microscopia magneto-ótica, a qual permite visualizar em tempo real e capturar imediatamente a imagem do campo induzido na superfície do filme. Serão investigadas amostras supercondutoras estruturadas em uma ampla escala de comprimento: (i) filmes sobre substrato contendo nanoporos ou nanofios ferromagnéticos; (ii) filmes contendo uma rede de antidots não supercondutores; (iii) filmes com lacunas internas de tamanhos macroscópicos; e (iv)circuitos supercondutores. Esses sistemas supercondutores em si apresentam uma dinâmica de vórtice é rica, que será investigada sob a aplicação no filme de campos magnéticos cruzados. Como perspectiva, deseja-se o controle efetivo da anisotropia de filmes supercondutores estruturados e formas usá-los em aplicações tecnológicas.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano do Nascimento Pupim

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • investigando a evolução dos depósitos fluviais no rio juruá, sudoeste da amazônia, durante o quaternário tardio
  • A bacia hidrográfica do rio Amazonas é a maior do mundo e abriga uma das maiores biodiversidades da Terra. Apesar do crescente reconhecimento de que a dinâmica fluvial desempenha um papel importante na evolução da paisagem amazônica, informações sobre a evolução desse sistema fluvial ao longo do tempo ainda são escassas. Essa lacuna de conhecimento resulta da falta de idades absolutas para a determinação da cronologia dos depósitos quaternários que ocupam grandes extensões e da ausência de proxies adequados para comparação entre o sistema fluvial antigo e o moderno. Este projeto de pesquisa tem como objetivo utilizar técnicas tradicionais de mapeamento geomorfológico combinadas com uma abordagem geocronológica e sedimentológica de ponta, baseada em métodos de datação por luminescência e proxies de proveniência sedimentar utilizando sensibilidade luminescente e geoquímica inorgânica, para reconstruir a evolução sedimentar do rio Juruá, sudoeste da Amazônia, através do espaço e do tempo. A partir de técnicas de datação por luminescência, geraremos um dos registros mais detalhados de evolução da paisagem já produzidos em um sistema fluvial que drena exclusivamente as terras baixas da Amazônia. Tal registro fornecerá informações sobre a resposta dos rios da Amazônia às mudanças climáticas e tectônicas. Possibilitará insights quanto ao impacto da dinâmica dos rios na perturbação da estrutura da floresta, que, por sua vez, é um fator chave na riqueza e distribuição da biodiversidade. A compreensão das conexões entre a evolução da paisagem e forçantes externas pode informar modelos preditivos sobre os efeitos futuros do clima e dos impactos humanos no bioma amazônico.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Engelmann

Ciências Humanas

Ciência Política
  • elite jurídica e luta anti-corrupção: prescrições internacionais, investimentos corporativos e marcos institucionais no brasil dos anos 2000
  • O Projeto se insere no quadro da problemática que tem na circulação internacional de elites e na legitimação de modelos institucionais um objeto central para a compreensão das reconfigurações do poder político. O foco é estudar a relação entre a elite jurídica, a construção de marcos institucionais e a difusão das prescrições anti-corrupção no Brasil a partir dos anos 2000. O objetivo geral é investigar as modalidades de atuação dos advogados como mediadores das prescrições de organismos internacionais, Ongs e think tanks em torno do catecismo anti-corrupção e se esses movimentos de importação-exportação resultam em reconversões das elites jurídicas em torno das possibilidades abertas com os novos marcos regulatórios das relações do setor público com o setor privado. A pesquisa parte de três eixos 1) Uma primeira etapa exploratória com a análise de conteúdo das publicações produzidas por Ongs, think tanks e agências nacionais e internacionais com o objetivo de analisar as estratégias de promoção de idéias, instrumentos de rankeamento e produção de diagnósticos relacionados a anti-corrupção. O estudo da conexão de advogados brasileiros com o espaço internacional anti-corrupção através do mapeamento dos programas de formação e dos acordos de cooperação técnica promovidos no âmbito das burocracias públicas (em especial AGU, CGU e MPF) e no espaço das grandes sociedades de advogados. 2. A segunda etapa contempla, em larga escala, a análise histórico-política da proposição e aprovação de leis anti-corrupção no Brasil, a partir dos anos 2000, com ênfase nas principais associações, partidos, institutos e grupos políticos nacionais e regionais envolvidos nos movimentos “anti-corrupção”. 3) A terceira etapa visa uma comparação detalhada de dois agrupamentos de advogados visando a construção de dados comparativos sobre a formação acadêmica, carreira profissional, política, publicações e vínculos internacionais. 3.1) O primeiro agrupamento é composto pelos advogados vinculados aos setores de compliance das 100 maiores sociedades de advocacia brasileiras. 3.2) O segundo são os advogados que ocuparam postos ministeriais ou de coordenação/chefia de programas anti-corrupção nas burocracias de controle público (AGU, CGU, MPF) e no Ministério da Justiça e/ou atuaram como consultores na elaboração de leis conexas desde os anos 2000. A partir dos dados obtidos pretende-se analisar como foi construída a relação entre as prescrições internacionais, sua legitimação e reelaboração no espaço político nacional. A principal hipótese de trabalho é a relação estreita entre os investimentos políticos e corporativos das elites jurídicas e as modificações nos marcos legais das relações público-privado no Brasil dos anos 2000.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Fernandes Bargos

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • acoplamento de modelos locais e não locais da mecânica dos sólidos para aplicação em problemas de engenharia
  • A predição de falhas é uma questão crítica na análise da integridade de estruturas. No entanto, a simulação computacional desse tipo de fenômeno é desafiadora, pois (1) a física dos processos locais de falhas de materiais é complexa e chega ao nível atômico (2) os resultados da falha, como a formação e propagação de trincas, alteram a topologia do corpo o que também adiciona desafios para as simulações. Nesta proposta serão desenvolvidos e implementados algoritmos que permitam a aplicação simultânea de teorias não locais e da mecânica do contínuo clássica para simulação em múltiplas escalas de problemas de engenharia. Mais especificamente, será considerada a peridinâmica; uma formulação espacialmente não local que unifica a modelagem de meios contínuos e descontínuos e é aplicada diretamente no corpo discretizado para simular a formação e propagação trincas sem a necessidade de funções extra de enriquecimento. O trabalho analítico-numérico desenvolvido pelos coautores dessa proposta, em problemas bidimensionais, e recentemente publicado pela revista Computer Methods in Applied Mechanics and Engineering, será estendido para problemas tridimensionais visando melhorar a eficiência e estabilidade do acoplamento. Problemas em mecânica da fratura, e propagação de trincas em geral, serão então estudados considerando a peridinâmica discretizada e o método dos elementos finitos. Por fim, o projeto proposto consolidará uma cooperação internacional em campos relevantes, como métodos numéricos e ferramentas computacionais de alto desempenho para problemas de múltiplas escalas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Fragoso Costa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • controle de inversores para suporte e operação estável de microrredes autônomas e conectadas
  • Este projeto irá analisar e propor técnicas de controle para inversores conectados a microrredes que estejam processando a energia gerada por diferentes fontes tais como geradores a diesel, células fotovoltaicas ou baterias. As técnicas além de aprimorar o desempenho dinâmico do inversor devem promover a operação estável da microrrede tanto na situação em que está ilhada ou na situação em que se encontra conectada à rede elétrica principal da concessionária. As propostas devem envolver tópicos de sincronização dos inversores, de seus modos de operação e de suas topologias de controle e devem ser validadas por meio de simulações e resultados experimentais.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • sistemas integrados de produção agropecuária e segurança alimentar
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 07/01/2020-07/01/2025
Foto de perfil

Fabiano Guimarães Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • aproveitamento integral de anacardium othonianum rizz. na obtenção de diferentes produtos biotecnológicos
  • O Cerrado constitui um dos hotspot mundiais de biodiversidade e também é o segundo maior bioma brasileiro. A agregação de valor à agrobiodiversidade vegetal como forma de incentivo à sua utilização e preservação é uma tendência mundial, certamente irreversível e justificável, diante dos crescentes problemas ambientais. Desta forma, a utilização e transformação de produtos ou subprodutos oriundos da agrobiodiversidade nativa, que geralmente são negligenciadas, é uma alternativa interessante. Além disso, tais produtos e resíduos podem conter muitas substâncias valiosas e, através de processos ou tecnologias adequadas, podem ser convertidos em produtos de valor acrescentado ou matérias-primas que podem ser utilizadas em processos secundários. Neste sentido, o conceito de biorrefinaria ganha grande impulso, uma vez que tem por objetivo otimizar o rendimento de uma variedade de componentes, em vez de apenas maximizar o rendimento de um único componente. O uso de tecnologias modernas no Cerrado gera benefícios socioeconômicos inegáveis. No entanto, é comum encontrar áreas degradadas, resultado de manejo de solo deficiente. Estima-se que cerca de 55% da área original do Cerrado já foi desmatada ou transformada pela ação humana. Desta forma, para diminuir os efeitos causados pelo ser humano é necessário aliar o desenvolvimento agrícola à exploração sustentável e, para isso, a identificação de espécies nativas que proporcionem novas fontes de ingredientes para a indústria de alimentos e biotecnológica constitui uma alternativa apropriada. A produção de mudas nativas ainda é nicho pouco explorado e poderia oferecer uma alternativa para o reflorestamento destas áreas degradadas desde que oferecesse baixo custo. Outra alternativa que poderia ajudar na conservação deste bioma é o aproveitamento dos frutos nativos do Cerrado, apesar de apresentarem elevado valor nutricional e serem consumidos nos locais onde são encontrados, ainda são desvalorizadas sob o aspecto econômico, pois poderiam desempenhar importantes funções requeridas pelas agroindústrias. Neste contexto, propostas de pesquisa que possam oferecer alternativa de reflorestamento de áreas degradadas e aproveitamento integral dos frutos produzidos pela espécie nativa são de grande valor para incentivar a sustentabilidade. O objetivo desta proposta é utilizar o conceito de biorrefinaria na obtenção de diferentes produtos biotecnológicos do fruto de Anacardium othonianum Rizz. utilizando a semente para promover a conservação da espécie e na produção de metabólitos secundários in vitro e o pseudofruto como matéria-prima de produtos alimentícios potencialmente funcionais. Ao desenvolver esse projeto, recursos humanos da graduação e dos Programas de Pós-Graduação em Tecnologia de Alimentos, Agroquímica, Ciências Agrárias e Biodiversidade e Conservação estarão sendo formados.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Incerti

Ciências Humanas

Filosofia
  • a parresía no pensamento de foucault: conceitos, aportes e perspectivas
  • Inserido no tríptico crítico de Foucault – modos de veridicção, formas de governamentalidade, técnicas de subjetivação - a parresía é um dos temas centrais de seus últimos escritos. Ela começa a ser estudada sistematicamente no curso de 1982 L’Herméneutique du sujet, no qual é colocada no interior da relação entre mestre e discípulo, onde o primeiro toma a palavra franca e direta, com o compromisso de falar a verdade, enquanto o segundo deve se calar. Nos cursos de 1983, Le Gouvernement de soi e des autres e de 1984, Le courage de la verité, o pensador francês opera como uma passagem do governo de si para o governo dos outros e a parresía apresenta-se agora como essa fala corajosa e ariscada, que de um lugar singular, incialmente se dirige à Assembleia para depois ocupar a praça pública, confrontando o poder estabelecido. Nesse contexto, que este projeto pretende desenvolver e ampliar estes múltiplos aspectos relacionados à parresía em Foucault, dando especial atenção às relações que ela mantém com o cuidado de si, com a tragédia grega e com o cristianismo.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • vibrios como biossensores de mudanças globais
  • A temperatura média da superfície do oceano global aumentou pelo menos 0,85 °C no último século. Ao mesmo tempo, os ecossistemas marinhos estão ameaçados pela exacerbação da acidificação e eutrofização. Abordagens inovadoras são necessárias para o estudo destas mudanças. Vibrios são considerados sensores para mudanças globais (Baker-Austin et al. 2017). Vibrios também são excelentes sensores para mudanças locais (Coutinho et al. 2019a). Verificamos que a água do mar mais quente e com maior concentração de fósforo e nitrogênio acelera a multiplicação desses microrganismos potencialmente patogênicos. Outros estudos no Atlântico Norte, Mediterrâneo, e Pacifico também tem demonstrado incremento de vibrios patogênicos nas últimas décadas (Vezzulli et al. 2012, 2013, 2016). Embora países desenvolvidos da Europa e de outros continentes já tenham reconhecido a necessidade de redes de estudo e monitoramento da saúde dos oceanos (Le Roux et al. 2015; Alter et al. 2011, Huehn et al. 2014, http://www.vibrionet.de/, https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs00103-011-1359-1 ), esforços conjuntos do BRICS ainda são escassos. Neste contexto propomos estabelecimento de projeto Brasil-India-China, coordenado pela UFRJ, para alavancar estudos avançados sobre a saúde do oceano global. Promoveremos a aplicação dos conhecimentos para melhoria dos padrões sócio-econômicos e de inovação.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/08/2019-31/08/2022
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • esponjas como biosensores de mudanças globais e como fonte para inovação em biotecnologia
  • Nosso projeto pioneiro propõe o uso de holobiontes esponjas (hospedeiro animal+microbiota) como biosensores de mudanças globais no continente Antártico e no extremo sul do continente sul americano. Outro aspecto inovador é o uso de esponjas como fonte para descoberta de novos produtos biotecnológicos. Faremos o levantamento da biodiversidade de microbiomas de esponjas e estudo das relações filogeográficas de esponjas da Antártida/América do Sul, visando mapear a diversidade em um contexto oceanográfico amplo que permita entender a biocomplexidade destes sistemas. Para tanto, usaremos análises de DNA, incluindo metagenômica, e marcadores moleculares (por ex. 28S e coi), e metabolômica para determinar a diversidade de esponjas, incluindo a diversidade taxonômica e funcional (por exemplo, com a exploração de possíveis micróbios simbióticos que conferem vantagens adaptativas aos seus hospedeiros holobiontes e clusters gênicos que codificam moléculas de interesse biotecnológico). Os microbiomas das esponjas Mycale magellanica, Mycale acerata, Kirkpatrickia variolosa, Phorbas, Sphaerotylus antarcticus, e Dendrilla antarctica serão avaliados por métodos independentes e dependentes de cultura. As esponjas podem ser importantes fontes de novas biomoléculas para produção de lipídios de armazenamento (TAG e/ou ésteres de cera), antimicrobianos, heparinas, e enzimas adaptadas ao frio. Os objetivos são i. obter os perfis taxonômicos e funcionais dos holobiontes de esponja selecionados de diferentes locais; ii. estabelecer uma coleção de isolados microbianos com relevância biotecnológica; iii. obter isolados microbianos produtores de lipídios; iv. obter isolados microbianos produtores de lipase; v. estabelecer uma coleção de clusters de genes com relevância biotecnológica e vi. expandir nosso banco de dados on-line do Bamba. Este projeto engloba pesquisa científica, tecnológica e inovação com foco no desenvolvimento da biotecnologia marinha e no uso de biosensores (holobiontes esponjas) para detectar possíveis mudanças globais. O estudo do microbioma de holobiontes esponjas deve revelar assinaturas metagenômicas e caracteres biogeoquímicos que evidenciam mudanças globais e a biocomplexidade dos sistemas marinhos. Estabelecemos equipe multi e interdisciplinares, incluindo pesquisadores das áreas de biogeoquímica, poluição marinha, microbiologia, biologia de esponjas, química de produtos naturais, e biotecnologia marinha. A nossa equipe engloba pelo menos 13 instituições brasileiras (UFRJ, UENF, LNCC, USP, FURG, UFSC, UFPE, UNB, UFAL, UFC, UFPA, UFPA e UFRGS) de diversas regiões geográficas, e cooperação internacional relevante, com equipes de pesquisadores de ponta da Argentina, Chile, Australia, Espanha, e Bélgica, todos com experiência em pesquisa na Antártica e ambiente austral. Vale destacar a participação de 6 instituições do norte/nordeste/centro-oeste. Esta rede contribuirá significativamente para a produção científica brasileira de qualidade e para a geração de conhecimentos científicos, tecnológicos e em inovação relacionados à biocomplexidade da Antártica.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Fabiano Lopes Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • biodegradação, biorremediação e monitoramento de derrames de petróleo em sistemas marinhos da amazônia azul
  • Petróleo é lançado nos oceanos (> 600 mil toneladas/ano) naturalmente, ou devido a incidentes de derrame. Derrames de petróleo são comuns. Em agosto de 2019, manchas de petróleo pesado apareceram nas praias da Paraíba e Sergipe. As manchas se espalharam para mais de 500 localidades em Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo e no Rio de Janeiro (https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/10/08/lista-de-praias-atingidas-pelas-manchas-de-oleo-no-nordeste.ghtml). Já foram coletadas pelo menos 370 toneladas de resíduos nas praias nordestinas, principais afetadas pelo derrame, incluindo mais de dez áreas marinhas protegidas. Vale destacar a chegada de petróleo no Banco de Abrolhos, o maior sistema recifal do Atlântico Sul. A biotecnologia marinha oferece abordagens relevantes para o combate aos derrames de óleo, tais como, i. biodegradação, biorremediação, cultivos de microalgas degradadoras, consórcios biosurfactantes, e biopilhas para depuração de água e sedimento; ii, biosensores (metagenomas e metabolomas) para monitorar efeitos de poluentes nos sistemas marinhos, iii. monitoramento de sistemas marinhos por meio de abordagens ecológicas e mergulho, e iv. ensaios ecotoxicológicos acoplados com elucidação metabolômica. Estas abordagens permitem determinar os possíveis impactos causados por derrames de óleo nos sistemas marinhos. São opções tecnológicas relevantes para o desenvolvimento da biotecnologia marinha no Brasil. No presente projeto multidisciplinar, pretendemos analisar estas diferentes opções tecnológicas. O projeto abrange quinze instituições brasileiras, das regiões sul, sudeste, nordeste e centro-oeste. São sete pesquisadores Pq1 do CNPq, e quatro pesquisadores Pq2 do CNPq, de um total de 74 pessoas. A equipe inclui estudantes de IC, mestrado, doutorado, pós-docs, e técnicos. Como resultados esperados pretendemos contribuir para estabelecimento de tecnologias de ponta para o combate a derrames de óleo. Também pretendemos obter panorama abrangente sobre a saúde dos sistemas coralíneos de diferentes localidades (Pernambuco, Alagoas, Bahia) e contribuir para estabelecimento de protocolo para gestão de resíduos de derrame de óleo. O projeto multidisciplinar visa também estabelecer abordagens de ciência cidadã, educação ambiental, disseminação do conhecimento, e formação de recursos humanos na graduação e pós-graduação. Como principais impactos socio-econômicos e ambientais deste projeto podemos destacar i. formulação de tecnologias para aplicação no campo, ii. plano de gestão de resíduos, iii. valoração da biodiversidade com a aplicação em processos biotecnológicos e ampliação do campo da bioeconomia, iv. plano de combate aos derrames, empregando abordagens da biotecnologia marinha, v. disseminação do conhecimento em diferentes segmentos socioeconômicos, vi. tecnologia (plataforma de análise metabolômica) inovadora e transferível aos setores produtivos afins à cadeia de produção de petróleo e derivados, vii. engajamento de estudantes e comunidades nas problemáticas abordadas pelo projeto com abordagem de educação ambiental, e viii. inovação e formação de recursos humanos em biotecnologia, área prioritária para o MCTI de acordo com a Portaria MCTIC nº 1.122, de 19.03.2020 (http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/salaImprensa/noticias/arquivos/2020/03/MCTIC_define_prioridades_para_o_periodo_de_2020_a_2023.html http://www.mctic.gov.br/mctic/opencms/legislacao/portarias/Portaria_MCTIC_n_1122_de_19032020.html). O projeto ainda contribui para a formação de redes de pesquisa no Brasil, trazendo contra-partidas de infra-estrutura, recursos humanos, know how, e parcerias relevantes no Brasil e no exterior. A coerência da proposta está calcada nas suas metas, indicadores, e produtos esperados, visando contribuir igualmente para inovação e para questões socioambientais do nosso país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 03/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Fabiano Manoel de Andrade

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo de sistemas quânticos complexos e aplicações de teoria de grafos em informacão quântica
  • This project aims to study and analyse the dynamics of one-dimensional quantum systems and quantum graphs, to study and analyse the dynamics of relativistic and non-relativistic quantum systems, to study the application of graph theory in quantum information and to study quantum optics. One-dimensional quantum systems are a relatively simple class of systems yet contain almost all the essential aspects of quantum mechanics. Technological development nowadays allows the construction of regular microscopic one-dimensional structures such as quantum wells and super-networks, where quantum phenomena are relevant. Network theory has established itself as a language and paradigm in addressing innumerable problems in the natural and social sciences. The last decade has witnessed a substantial interest in the interaction between quantum mechanics and networks. Quantum graphs can be seen as a natural generalization of the Kronig-Penney model and have a long history in mathematics and physics. We will focus our analysis on the study of graphs as operators of evolution. This approach is justified by the observation that quantum walks are Markov processes in graphs. This model proved to be useful in algorithms for combinatorial problems and in fact represents a universal computational primitive. We aim to develop a comprehensive theory of information transfer and processing in quantum mechanical systems in which physical evolution is governed by an operator associated with a matrix representing a graph. We will also use graphs to model quantum states. In this context, we will use the notion of graph state, which represent a family of pure states used in measurement based quantum computation. We aim to define a clear interface between network theory, graph theory and quantum mechanics, using the mathematical tools of quantum information theory to study networks associated with quantum mechanical states. Finally, we will also be interested in studying the influence of topology, deformed fields and singularities on mesoscopic systems.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Maury Raupp

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • contribuições da mensuração dos custos para a transparência das atividades parlamentares: um estudo com assembleias legislativas da região sul do brasil
  • Sabendo-se que a mensuração dos custos e a transparência da informação são temas emergentes no setor público, o projeto de pesquisa tem como objetivo investigar a mensuração do custo como forma de promoção de transparência das atividades parlamentares a partir de evidências empíricas das Assembleias Legislativas Estaduais da Região Sul do Brasil. A pesquisa será descritiva, realizada por meio de um estudo documental, com abordagem qualitativa e quantitativa. Os dados serão coletadas a partir das pesquisas bibliográfica e documental, e analisados a partir da técnica da análise descritiva. Entende-se que o estudo pode trazer contribuições de ordem teórica e prática para a área de conhecimento. Em termos teóricos, o estudo se debruça em um tema ainda incipiente, visto a escassez de trabalhos já produzidos. Quanto aos impactos dos resultados em termos práticos, primeiramente serão identificadas iniciativas de transparência do custo da atividade parlamentar nas Assembleias Legislativas da Região Sul do Brasil. Ainda em termos práticos, busca-se diagnosticar os custos incorridos pelas Assembleias Legislativas da Região Sul do Brasil. Pretende-se, primeiramente, verificar se o cumprimento da legislação acontece e, em um segundo momento, investigar se há casos em que há uma visão ampliada, ou seja, em que a análise dos custos vai além da perspectiva legal. Não menos relevante é a proposição de indicadores de custo para promoção de transparência da atividade parlamentar.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Quadros Rückert

Ciências Humanas

História
  • urbanização e abastecimento de água no mato grosso do sul: um estudo em perspectiva histórica
  • O tema da pesquisa busca dialogar com duas correntes historiográficas distintas na sua formação e nas suas proposições. A primeira corrente é a chamada História Urbana – campo de estudo pelo qual também transitam geógrafos, sociólogos e arquitetos. A História Urbana possui uma tradição antiga e oferece subsídios para pensarmos as diferentes temporalidades e espacialidades que coexistem na materialidade da urbe. (PECHMAN, 1992; LEPETIT, 2001; FERNANDES; GOMES, 1992). Ela também contempla aspectos como a produção de significados culturais e econômicos distintos para as diferentes partes que formam uma cidade, trata da produção e difusão de modelos urbanísticos, discute o impacto da economia na dinâmica urbana e aborda os embates entre a conservação do patrimônio arquitetônico e as experiências de modernização urbana (HARVEY, 2014; BRAUDEL, 1977; PESAVENTO, 2001; PEIXOTO, 2004). Pelo viés da História Urbana, o projeto pretende explorar ideias, discursos e ações que influenciaram no uso das águas e na urbanização no estado do Mato Grosso do Sul. No que diz respeito à História Ambiental, esta corrente historiográfica configurou-se a partir dos anos 70 apresentando uma abertura para interdisciplinaridade e defendendo o reconhecimento de que os elementos naturais condicionam e são condicionados pela ação humana, e, consequentemente não são elementos passivos no processo histórico. A História Ambiental nos adverte para o fato de que a percepção sobre as interações entre o ser humano e o ambiente muda conforme a época, o local e a cultura (DRUMOND, 1991; MELÉNDEZ DOBLES, 2002; LOPES, 2010). As proposições da História Ambiental são pertinentes para o tema da pesquisa, sobretudo porque o abastecimento de água se desenvolve a partir de intervenções de um saber técnico sobre a natureza e, mais especificamente, de intervenções focadas no uso dos mananciais hídricos. Buscando suporte na História Urbana e na História Ambiental, o Projeto reconhece que o atual estado do Mato Grosso do Sul possui particularidades no seu processo de povoamento e desenvolvimento econômico. Neste sentido, a viabilidade da proposta implica em considerarmos que o recente ingresso do Mato Grosso do Sul como estado membro da federação brasileira não diminuiu a importância das experiências de urbanização e abastecimento de água iniciadas no período anterior ao ano de 1977. Questões como a gradual universalização do acesso à água potável no Mato Grosso do Sul e a existência de um patrimônio hidráulico – representado por chafarizes, bicas, reservatórios e estações de captação e tratamento de água, assim como as práticas de contenção da poluição hídrica e as memórias a respeito do uso das águas serão contempladas pela pesquisa que pretende ultrapassar as formalidades acadêmicas e criar possibilidades de valorização social da água. A relevância da pesquisa também encontra respaldo no fato de que o Mato Grosso do Sul implantou uma política estadual de saneamento relativamente recente – política iniciada com a criação da SANESUL em 1979, e, consequentemente, existe a necessidade de uma reflexão sobre a eficiência (ou ineficiência) dos dispositivos jurídicos, econômicos e institucionais acionados pelo governo estadual para gerenciar o abastecimento de água.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Severo Rodembusch

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • sondas fluorescentes para mitocôndrias baseadas em formil derivados fotoativos com grande deslocamento de stokes
  • Esta proposta visa sintetizar uma nova classe de sensores ópticos passíveis de transferência protônica no estado excitado e consequentemente que apresentam grande deslocamento de Stokes, para aplicação como sensores ópticos para sistemas biológicos in vivo. Esta propriedade fotofísica permitirá uma minimização da auto-supressão de fluorescência e dos erros de medição no processo de imageamento biológico. Além disso, estes corantes podem aumentar a sensibilidade de detecção, ampliando significativamente a sua aplicação em biologia celular
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiano Vargas Pereira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • pontos quânticos de carbono e nanocelulose: nanomateriais com potenciais aplicações em células solares, na agricultura e na área biomédica
  • Esse projeto propõe a obtenção, modificação química e o estudo de aplicações promissoras para nanocelulose e pontos quânticos de carbono (PC), que podem encontrar aplicações em diferentes áreas, como a biomédica, na agricultura e em células fotovoltaicas. Com relação à nanocelulose, que é o termo genérico para designar nanocristais de celulose (NCC) ou nanofibras de celulose (NFC), nosso grupo de pesquisa tem desenvolvido número expressivo de trabalhos envolvendo a preparação, caracterização e diferentes aplicações de nanocompósitos com esses materiais, principalmente envolvendo polímeros biodegradáveis. Numa próxima etapa em trabalhos envolvendo nanocelulose, pretende-se explorar as propriedades desses nanomateriais para a preparação de hidrogéis biodegradáveis, para aplicações na área biomédica e na agricultura. Com relação à área biomédica, existem desafios a serem vencidos principalmente com relação à obtenção de hidrogéis com propriedades mecânicas apropriadas para serem utilizados, por exemplo, na engenharia de tecidos, ou como curativos, que também podem ser utilizados para liberação controlada. Nesse aspecto, a nanocelulose (NFC ou NCC) devidamente dispersa ou covalentemente ligada aos hidrogéis deverá desempenhar um papel importante e ainda pouco explorado na literatura. Com relação às aplicações na agricultura, a preparação de novos hidrogéis superabsorventes à base de polissacarídeos reticulados e com a inserção de nanocelulose também possibilitará a aplicação desses em liberação controlada de água e nutrientes, como uréia ou diferentes fertilizantes. Destaca-se nesse caso, o caráter totalmente biodegradável dos hidrogéis a serem obtidos, diferente da maior parte dos materiais desse tipo descritos que não apresentam biodegradabilidade. Em outra frente do projeto, no qual nosso grupo de pesquisa já tem acumulado certa experiência, tem-se os chamados pontos quânticos de carbono (PC), ou carbon dots que se constituem de materiais carbonosos de forma esférica, com tamanho entre 2-10 nm e que apresentam interessantes propriedades óticas, como uma forte absorção na região UV e fotoluminescência. Os diferentes PC a serem obtidos no contexto desse projeto serão utilizados na construção de dispositivos fotovoltaicos em combinação com diferentes perovskitas (serão trabalhados especificamente materiais dessa classe ainda pouco ou não exploradas nessa área). Os PC terão o papel de participar como materiais transportadores de “buracos”, para reduzir a recombinação de carga ou ainda como protetores UV, em função das perovskitas serem sensíveis à essa região do espectro.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabiany de Cássia Tavares Silva

Ciências Humanas

Educação
  • por uma “outra” históriografia do ensino secundário (1931 a 1961): estudos comparados como ferramenta de construção
  • Esta proposta de pesquisa parte da premissa de que a historiografia do ensino secundário disponível em livros, capítulos de livros, artigos em periódicos, dissertações e teses, incursionam por um retrato que obedece a seguinte cronologia, do século XIX até a década de 1920, dos anos de 1931 a 1971 e de 1971 até o presente momento histórico. Cronologia essa cujo marco divisório encontra-se entre uma fase e outra de reformas que, apesar de educativas, representam um tipo de projeto político-social que tem na educação escolar um de seus elementos de consolidação. Tal projeto político-social e educativo alimenta uma historiografia definida pela afirmação dos processos de criação e incremento do secundário nacional como parâmetro para uma história deste ensino “regionalizado”, sem, contudo, trazer as relações locais (políticas, econômicas, sociais e educativas) entre os Municípios e os Estados como foco de problematização da história comparada da educação no Brasil. A par disso, incursionamos pela busca de conexão possível entre a escrita historiográfica constituída e aquela a ser conduzida pela regionalização e/ou municipalização no esforço de retratar outros quadros de comparação, para repensar o contexto dos registros da história da educação. Registros esses, delineados pela heterogeneidade de métodos e procedimentos, oriundos de constantes debates epistemológicos e revisões conceituais acerca do trabalho comparativo. Para tanto, incursiona por uma metodologia, considerada uma versão particular da educação comparada, da história comparada da educação e ciências sociais comparadas, intitulada “estudos comparados”. Como metodologia, proporciona a investigação dos ensinos secundários em diferentes estados brasileiros em comparação, operacionalizando a descoberta, ou não, de regularidades, percepção de deslocamentos e transformações, construção de modelos e tipologias, identificação de continuidades e descontinuidades, semelhanças e diferenças, explicitando as determinações mais gerais que regem os fenômenos sociais, dando forma a “outra” historiografia.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Almeida de Carvalho

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • permanência e atualização das fontes textuais ameríndias na literaturas latino-americanas: o caso circum-roraima
  • Apesar do reconhecimento de que as fontes textuais ameríndias desempenham importante papel na constituição dos discursos literários que compõem as narrativas histórico-culturais brasileira e latino-americana, e que serviram de base e inspiração para muitos autores das literaturas nacionais americanas – para um brasileiro de cultura mediana, Macunaíma, de M. de Andrade, talvez seja o caso mais exemplar, aquele que primeiro acode a memória – os textos ameríndios foram quase sempre desconsiderados não apenas no que tange a seus fundamentos estéticos, mas também no que diz respeito a sua capacidade de se manter e atualizar, nutrindo discursos inscritos em diferentes esferas da experiência humana. Tradicionalmente relegados à condição de textos reconhecidos pelo quase exclusivo caráter etnográfico, cujo valor deriva unicamente do fundo folclórico que apresentam, as realizações verbais ameríndias têm sido, de forma contumaz, quase negligenciadas pelos discursos teóricos, históricos e críticos desenvolvidos no âmbito das literaturas latino-americanas. Considerando esse estado de coisas e amparado numa concepção de literatura que propicia distender o campo de abrangência da arte verbal e circunscrever e abarcar realizações artísticas originárias não somente da esfera da literatura propriamente dita, senão também do folclore, do mito, da fábula e da lenda, o presente projeto de pesquisa, intitulado Permanência e atualização das fontes ameríndias nas literaturas americanas – o caso da região circum-Roraima, depois de ter investigado, em perspectiva comparativo-relacional: a) os modos de aproveitamento, de apropriação e de transposição das fontes textuais ameríndias pelas literaturas nacionais americanas do extremo norte da América do Sul, localizada na tríplice fronteira Brasil/ Guyana / Venezuela; na presente fase de seu desenvolvimento: tem o objetivo de focar b) no aprofundamento analítico sobre as qualidades estéticas das fontes textuais indígenas, e c) nas formas de permanência e atualização interna desse patrimônio imaterial no âmbito interno da produção discursiva indígena. A pesquisa se ancora numa concepção de corte geográfico, histórico e social, e que considera a unidade cultural dos diferentes povos dessa região e o potencial literário existente nessa tríplice fronteira – a partir do recorte que delimita seu interesse imediato à região etnograficamente designada de “circum-Roraima”. Circunscrita às adjacências do Monte Roraima e habitada por diferentes povos de filiação lingüística karib e arawak, as fontes indígenas oriundas da região circun-Roraima têm sido coletadas e reunidas em conjuntos narrativos da maior importância, tais os casos dos Mitos e lendas dos índios Taurepang e Arekuná, de T. K-Grünberg; Jurupari, de Stradelli; Mitologia Makiritare, de Marc Civrieux, dentre outros. Partimos do pressuposto de que estes textos, são, em si mesmos, dotados de valor estético e literário, aos quais ainda não foi dada a devida atenção. Podemos constatar o fato de que a paisagem, os costumes e o homem da região circum-Roraima têm marcado as obras resultantes de esforços de escritores brasileiros (caso de Mário de Andrade, Macunaíma), venezuelanos (caso Romulo Gallegos, Canaima) e guianeneses (caso de Wilson Harris, The sleepers of Roraima). Na senda de configurar as marcas nacionais das literaturas de que participam e constroem a um só tempo, estes e outros escritores de maior destaque nos quadros das literaturas em que atuam encontraram, em comum, no solo da região circum-Roraima, os elementos de que necessitavam para inscrever a particularidade do elemento local/nacional no concerto das literaturas universais – a que aspiravam participar. Esse movimento de transposição e de circulçao dos textos indígenas da esfera oral para o campo da cultura escrita, seja ela de fatura etnográfica, seja de fatura literária, foi objeto das investigações do grupo de pesquisas Permanência e atualização das fontes ameríndias nas literaturas americanas – o caso da região circum-Roraima nos últimos quatro anos – obtendo resultados muito promissores, conforme se pode depreender da produção de seus membros. De outra perspectiva, a experiência propiciadas pela condição de professor da área de Comunicação e Artes do curso de Licenciatura Intercultural da UFRR tem-me permitido constatar que as forma verbo-artísticas indígenas também permanecem e se atualizam de diferentes maneiras no circuito interno das formas de produções textuais das comunidades indígenas existentes no entorno do Roraima. Ocorre que, além dos "mais velhos", tradicionais detentores de uma experiêcia culturais mais larga e ampla, em nossos dias essa produção agora tem ganhado o reforço de um considerável contingente de professores indígenas já graduados, e que vêm nutrindo pretensões intelectuais. Dentre esses, alguns também aspiram a aprofundar estudos tanto sobre os modos em que se dá a manutenção dessas textualidades no âmbito das comunidades, mas também sobre o regime de trocas e transferências literárias e culturais, derivado das fricção social entre índios e não-índios que continuamente ora mais se intensifica. Alguns indivíduos indígenas (apesar de todas as dificuldades que enfrentam no mundo acadêmico), têm-se aventurado na pós-graduação em lçetras da UFRR (alguns com o apoio do nosso grupo de pesquisas). O projeto de investigação pressupõe uma abordagem em grande angular e de longo alcance, o presente projeto de pesquisa muito se amparará da situação de ser associado aos programas de Pós-Graduação em Letras e sociedade e Fronteiras da Universidade Federal de Roraima. Em razão disso, a pesquisa mantém um importante componente de ordem intelectual e social e que também assume caráter intervencionista: vem sendo desenvolvida forte ação da equipe do projeto na formação/preparação de estudantes indígenas egressos do curso de Licenciatura Intercultural para ingressar e permanecer tanto na pós-graduação em Letras quanto no PPGSOF.
  • Universidade Federal de Roraima - RR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio André Brayner dos Santos

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • avaliação da atividade antiparasitária in vitro e in vivo de novos compostos heterocíclicos das classes tiossemicarbazona e tiazól sobre leishmania braziliensis, leishmania infantum e trypanosoma cruzi
  • A Doença de Chagas, causada pelo Trypanosoma cruzi, afeta cerca de 6 - 7 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo uma das maiores causas de mortalidade e morbidade na América Latina. Assim como a Doença de Chagas, as Leishmanioses são consideradas como prioritárias nos programas e ações da Organização Mundial de Saúde. Atualmente, estima-se que 700.000 a 1 milhão de novos casos de Leishmanioses ocorram anualmente, cujas manifestações clínicas podem variar desde a forma cutânea localizada até a forma visceral, que pode ser fatal. No Brasil, o principal agente etiológico da forma cutânea é a Leishmania braziliensis e da forma visceral a Leishmania (Leishmania) infantum. O desenvolvimento de novos agentes terapêuticos contra essas doenças é uma prioridade, tendo em vista que os fármacos disponíveis para a Doença de Chagas e as Leishmanioses causam severos efeitos colaterais, possuem alto custo, além de serem reportados, na literatura, casos de cepas resistentes. Nesse sentido, os compostos heterocíclicos derivados das classes tiossemicarbazonas e tiazóis são considerados promissores por possuírem um amplo espectro de atividades biológicas e permitirem a manipulação de seus radicais para atuar em alvos específicos de microrganismos. Dessa forma, o presente projeto visa avaliar a atividade tripanocida e leishmanicida in vitro e in vivo de novos compostos heterocíclicos pertencentes às classes das tiossemicarbazonas e tiazóis. Para tal, será analisado o efeito dos compostos sobre as diferentes formas evolutivas dos parasitos, bem como o potencial citotóxico sobre células de mamíferos para posterior cálculo do índice de seletividade. A análise ultraestrutural será realizada para sugerir possíveis mecanismos de ação das drogas e aquelas que apresentarem o maior índice de seletividade, serão utilizadas nos ensaios in vivo. Camundongos infectados com T. cruzi ou L. infantum serão tratados por via oral durante 15 ou 20 dias, respectivamente, e a carga parasitária será avaliada através de qPCR em tempo real. Amostras de sangue serão utilizadas para análise de marcadores bioquímicos e a genotoxicidade dos compostos será avaliada pela técnica do micronúcleo. Após o final do tratamento, os animais serão eutanasiados e os órgãos coletados para análise histopatológica. Os resultados serão analisados estatisticamente e será considerado o p valor menor que 5%.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022