Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alexandra Christine Helena Frankland Sawaya

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • extrato de própolis oleoso e sua aplicação em alimentos
  • Atualmente, o método convencional de extração dos componentes funcionais da própolis é a extração alcoólica. Entretanto, a própolis produzida por esse método apresenta alguns inconvenientes, tais como, a utilização de solventes orgânicos (álcool de cereais) e a obtenção de um produto alcoólico, que muitas vezes apresenta restrições de utilização, principalmente por crianças. A fim de contornar este problema, desenvolveu-se um processo de extração empregando-se óleo vegetal, o que resultou na patente “Processo de extração dos compostos funcionais da própolis em óleo vegetal, obtenção de extrato oleoso e de oleogel e suas aplicações em alimentos, fármacos e cosméticos” (BR1020190229870). Esta tecnologia inovadora, licenciada pela empresa ITA BRASIL, trata-se de um processo totalmente green, sem emprego de solventes orgânicos, utilizando apenas óleo vegetal para a extração dos compostos bioativos da própolis. Através desse processo é obtido o extrato de própolis oleoso (EPO) que contém altas concentrações de compostos fenólicos, flavonoides, ácido p-cumárico, ácidos cafeoilquínicos e artepillin-C. Esta tecnologia traz uma nova perspectiva de sustentabilidade aos extratos de própolis, possibilitando assim, a disponibilização de produtos mais saudáveis, além da aplicação desta matéria-prima em diversos alimentos. O produto é inovador e mostra potencial comercial, mas para tanto deve ser regularizado junto ao MAPA, fazendo-se necessária sua avaliação de segurança alimentar de acordo com as normas da ANVISA. Sendo assim, os desafios científicos desta proposta, para tornar o EPO viável para aplicação em alimentos, compreendem: (a)caracterização química completa; (b)avaliação de segurança alimentar, incluindo testes de toxicidade in vivo (roedores); (c)aplicação em balas mastigáveis para demonstração de viabilidade tecnológica. A ITA Brasil vem realizando esforços científicos e comerciais para o desenvolvimento de produtos mais saudáveis,seguros, álcool free e eco-friendly.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 28/07/2022-31/07/2024
Foto de perfil

Alexandra Lima da Silva

Ciências Humanas

Educação
  • sementes de ébano: família negra, educação e mobilidade social
  • A partir da revisão da literatura e do cruzamento com fontes documentais diversas, tais como periódicos e registros civis e eclesiásticos, o projeto procura problematizar os significados da maior visibilidade dada às trajetórias individuais de homens negros nos estudos históricos. Procura interrogar os silenciamentos produzidos em relação às mulheres negras no interior das famílias. Este projeto defende que o investimento na ampliação das redes de sociabilidade e na educação foram estratégia de mobilidade social na experiência famílias negras. Compreende família negra de forma ampliada, como uma comunidade de afeto e solidariedade, com destaque para o protagonismo das mulheres negras, que exerciam o papel de guardiãs da memória familiar.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025