Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriano Braga Barreto

Outra

Divulgação Científica
  • viii mostra iftec - campus caxias do sul
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Adriano Braga Barreto

Ciências Humanas

Filosofia
  • ix mostra iftec - mostra de ciência e tecnologia do ifrs - campus caxias do sul
  • Esta proposta tem como finalidade a obtenção de recursos financeiros para realização da nona edição da Mostra IFTec do IFRS - Campus Caxias do Sul, em outubro de 2020. O referido evento já se tornou parte do calendário de eventos acadêmicos da instituição e das escolas da região. Em quase todas as edições da Mostra IFTEc, fomos contemplados com recursos deste edital do CNPq, o que nos possibilitou a realização de um evento científico de qualidade.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Adriano Bretanha Lopes Tort

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • oscilações neuronais acopladas à respiração: mecanismos de geração e funções cognitivas
  • As oscilações de redes neuronais se tornaram um dos principais tópicos de estudo da neurociência moderna. Este amplo interesse é devido a evidências oriundas tanto de pesquisas básicas quanto clínicas, que demonstram sua importância para diversos tipos de comportamento, cognição e memória. Além disso, muitas desordens cerebrais estão associadas à atividade oscilatória patológica. O estudo dos ritmos cerebrais é uma abordagem promissora para unir o gap entre o nível celular e o cognitivo, e constitui um grande campo de pesquisa do Laboratório de Neurofisiologia Computacional do Instituto do Cérebro da UFRN. Ao longo dos últimos anos, este laboratório tem buscado desvendar os tipos, os mecanismos, e as funções das oscilações neuronais. Para tanto, o proponente e sua equipe empregam uma abordagem interdisciplinar envolvendo registros neuro-eletrofisiológicos e ferramentas teórico-computacionais para a análise e modelagem dos dados colhidos. Na presente proposta, almeja-se a realização de projetos de pesquisa para melhor caracterizar um novo tipo de oscilação neuronal recentemente descrito. A principal característica deste ritmo é a sua sincronia com a respiração, isto é, sua frequência instantânea é dinâmica, podendo variar de 0,5 a 14 Hz a depender da taxa de respiração, e seus ciclos têm coerência de fase com os ciclos respiratórios. Embora oscilações acopladas à respiração eram conhecidas em áreas olfativas (bulbo olfatório e córtex piriforme), a grande novidade foi a descoberta de que a respiração pode também influenciar a atividade neuronal em uma miríade de outras áreas não primariamente relacionadas à olfação. Isto sugere que oscilações acopladas à respiração constituem um ritmo global capaz de integrar informações entre regiões cerebrais distantes. Através de subprojetos a serem executados por membros do laboratório, pretendemos estudar as funções cognitivas desempenhadas por este ritmo, bem como investigar seus mecanismos de geração em nível celular e de rede neuronal.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Brilhante Kury

Ciências Biológicas

Zoologia
  • reconstrução da coleção científica de aracnologiado museu nacional
  • A coleção científica do Setor de Aracnologia do Museu Nacional/UFRJ (= AracnoLab) era uma das coleções mais dinâmicas da instituição, fornecendo grande movimento em empréstimos de material e baseando numerosas pesquisas. Possuía importância histórica, mas principalmente um imenso crescimento nas últimas décadas devido à atuação do presente curador, A.B. Kury, que consegui recrutar uma equipe profissional e dedicada, incluindo egressos fortemente dedicados ao grupo de trabalho. O incêndio que se abateu sobre o palácio do Museu Nacional em 2 de setembro de 2018 privou a humanidade desse modelar repositório de biodiversidade justamente no século das extinções. O presente projeto visa mostrar os passos concretos que podem ser dados para que o AracnoLab possa reconstruir esse patrimônio.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Buzutti de Siqueira

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • produção de pontos quânticos de carbono a partir do lodo
  • Os lodos de esgotos são produzidos habitualmente e são inerentes ao desenvolvimento de aglomerados urbanos. Todavia a destinação dada a estes resíduos não aproveita as potencialidades desse material, sendo restrito o seu uso na agricultura e geralmente adotado a destinação final em aterros sanitários. A síntese de Pontos Quânticos de Carbono (PQCs) a partir do lodo de esgoto é uma nova alternativa para o aproveitamento do estoque de carbono do material orgânico presente no lodo. Aplicações em biossensores, análises químicas, imagens celulares, entrega de medicamentos, fotocatálise, dispositivos optoeletrônicos (LED e OLED) e celulares solares tem sido relatada como promissoras para os PQCs. O presente trabalho busca estabelecer uma rota de síntese de PQCs utilizando o lodo de esgoto doméstico como material percursor de carbono, e assim avaliar o rendimento quântico da fotoluminescência, caracterizar a morfologia do material e compostos orgânicos de sua superfície.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano de Araújo Gomes

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • desenvolvimento de novas estratégias quimiométricas para modelagem de dados não bilineares visando assegurar vantagem de segunda ordem
  • Os avanços no campo da instrumentação analítica têm permitido a obtenção de uma grande quantidade de informação, em um curto intervalo de tempo, por amostra. Técnicas analíticas como: cromatografia liquida com detecção por arranjos de diodos (HPLC-DAD), espectroscopia de fluorescência 3D, imagens hiperespectrais no infravermelho próximo, são alguns exemplos de técnicas capazes de produzir dados denominados de multiway. Uma das principais características intrínsecas a dados multiway é a vantagem de segunda ordem, capacidade de se efetuar predições confiáveis mesmo em amostras que apresentam interferentes. Contudo para que esta vantagem seja alcançada é fundamental que os dados cumpram com certos critérios matemáticos e estatísticos sob os quais os métodos de modelagem foram desenvolvidos. No contexto de modelagem multiway, a bilinearidade das matrizes de reposta instrumental por amostra e a trilinearidade (ou de modo mais generalista a multilinearidade) do arranjo de multivias são determinantes para definir a disposição (estrutura de matriz desdobrada, aumenta ou multivias) dos dados e a escolha da estratégia de modelagem (tipo algoritmo). Dados instrumentais podem não cumprir com bilinearidade/trilinearidade por dois motivos: por desvios da bilinearidade/trileinearidade em virtudes de características não ideias da amostra e/ou sistema instrumental ou por terem sido originados em instrumentos que geram repostas intrinsecamente não bilinear e consequentemente não trilinear. Para o primeiro caso, existem uma variedade, razoável, de estratégias para tratar dados com perda de trilinearidade (em apenas um dos modos instrumentais), bem como a possibilidade de correção dos dados (como alinhamento de pico por exemplo). No segundo caso, as próprias características dos dados impedem sua modelagem adequada, principalmente no que concerne com a manutenção da vantagem de segunda ordem, pela inexistência de algoritmos adequados, ficando a instrumentação analítica com o seu potencial subutilizado. Este cenário motiva o desenvolvimento de ferramentas quimiométricas dedicada a modelagem de dados não bilineares, sobretudo levando em conta a manutenção da vantagem de segunda ordem. Portanto, neste projeto é proposto o desenvolvimento de métodos quimiométricos para modelagem de dados não bilineares, provenientes de espectroscopia de fluorescência sincrônica 3D (por serem dados tipicamente não bilineares e fácil aquisição). As estratégias desenvolvidas serão baseadas em modelos N e U-PLS com etapa de pós calibração, para alcançar a vantagem de segunda ordem, via método generalizado de anulação de posto não-bilinear (NBRA) e também será testado a possibilidade do uso de análise de componentes independes (ICA) além o suo de layout EEM (RBL adaptativo). As novas estratégias (N/U-PLS-NBRA, N/U-PLS-ICA e N/U-PLS-ARBL) serão avaliadas em estudos de caso de crescente complexidade, primeiramente em dados simulados, misturas de padrões e análise de amostras de águas superficiais, de abastecimento e alimentos para determinação de compostos orgânicos considerados contaminantes emergentes. A partir do desenvolvimento deste projeto é pretendido atingir os seguintes resultados: desenvolvimento de um pacote de ferramentas quimiométricas (nonbilinear toolbox- NBtoolbox), formação de recursos humanos por meio da orientação de alunos de graduação (iniciação cientifica) e pós-graduação (mestrado), implantação de uma nova linha de pesquisa no IQ-UFRGS, divulgação dos resultados alcançados em congressos e publicação de artigos científicos em periódicos de alto impacto na área de quimiometria e química analítica.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano de Paula Sabino

Ciências da Saúde

Farmácia
  • painel de novos biomarcadores em trombose: mecanismo de ação e valor em diagnóstico e prognóstico
  • Em estudos prévios, conduzidos por nosso grupo de pesquisa, em pacientes com diagnóstico confirmado de trombose venosa e arterial, foram observadas importantes associações e dados de frequência genotípica entre a presença de mutações e polimorfismos e a ocorrência de evento trombótico, principalmente a presença da mutação no gene do fator V (FV Leiden) em pacientes com trombose arterial (OR 7.11, 95% IC 1.55–32.73) e trombose venosa (OR 5.9, 95% IC 2.08 - 16.79; p< 0.001) (De Paula Sabino et al., 2006, De Paula Sabino et al., 2007), MTHFR e níveis de homocisteína em pacientes com trombose arterial (Sabino et al, 2009), PAI-1 4G5G e grupo sanguineo ABO em pacientes com trombose arterial (Sabino et al, 2011, Sabino et al, 2014), Fator Tissular (FT), Fator VII da coagulação (FVII) e Enzima Conversora de Angiotensina (ECA) (Evangelista et. al 2015; Carvalho et al. 2016). Além disso, dados importantes foram relatados em relação ao perfil lipídico e apolipoprotéico e marcadores inflamatórios em pacientes com trombose arterial, sendo observado que um elevado índice ApoB/ApoA-1 e elevados níveis de proteína C reativa estavam independentemente associados à ocorrência de acidente vascular cerebral e doença arterial periférica, sendo importantes biomarcadores do processo vasoclusivo (Sabino et al., 2008). Potenciais novos biomarcadores associados a eventos trombóticos têm surgido para complementar o rol de biomarcadores em medicina laboratorial, auxiliando no diagnóstico, na avaliação prognóstica, bem como na conduta terapêutica. Dentre estes, os microRNAs, descritos recentemente e as micropartículas têm despertado bastante interesse e são escassos estudos de pesquisa sobre estes parâmetros e sua relação com a trombose em diversas condições clínicas, principalmente o câncer. Em 2010, 2 anos após a descoberta de que os miRNAs estavam também presentes no sangue e que poderiam servir como biomarcadores na patologia do cancer, vários artigos descreveram o seu papel como biomarcadores potenciais em doenças cardiovasculares, mas o seu papel regulador nas diversas condições clínicas ainda permanece a ser esclarescido, inclusive a trombose. As micropartículas (MPs) são microvesículas (MVs) derivadas de membrana celular após mudanças estruturais envolvendo rearranjos do citoesqueleto e “brotamento” da membrana. No sangue, as MPs têm um tamanho que varia entre cerca de 50 nm a 1 µm e são caracterizados por uma membrana de bicamada fosfolipídica. As MPs do sangue se originam a partir de plaquetas, megacariócitos, hemácias, leucócitos, e células endoteliais e têm potencial trombogênico principalmente por apresentarem propriedades procoagulantes, dependendo da célula, como por exemplo expressar Fator Tissular. Este trabalho objetiva avaliar micropartículas de diferentes origens celulares, bem como microRNAs reguladores de expressão de genes de fatores da coagulação sanguínea que podem predispor à alterações hemostáticas levando à trombose em pacientes com leucemias agudas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano do Nascimento Simoes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento de um biofilme natural, biodegradável e comestível com palma forrageira
  • Estudos preliminares estão evidenciando que subprodutos da palma forrageira, pode servir de componentes de biofilme, natural, biodegradável, e com potencial aplicação em raízes minimamente processadas. Em geral, o revestimento comestível pode ter como base polímeros como polissacarídeos, proteínas e lipídeos, no qual são obtidos de diferentes fontes, incluindo industrializados. Esses revestimentos, geralmente, têm sido aplicados em frutas e hortaliças inteiras para minimzar a desidratação, garantir brilho e extender a qualidade. A palma forrageira que também tem diferentes usos no Nordeste do Brasil, como na produção de doces, geléias, sucos, dentre outros. Mas, com a alimentação animal como principal uso, diferente do México, no qual o principal uso é para alimentação humana. Além disso, é evidente atualmente que mucilagem de palma forrageira possui biopolímeros que vêm sendo aplicados nas indústrias de alimentos, farmacéuticas e de cosméticos. Recentes estudos mostraram-se promissores com aplicação de mucilagem de palma forrageira em morango e kiwi inteiros, como também, aplicada em raízes de inhame minimamente processadas. Porém, para uso em produtos que escurecem, o desafio é ainda maior, pois, além do revestimento ter propriedades de barreira a vapor de água, deve ter também para O2, um dos substratos para ativar rotas bioquímicas envolvidas no escurecimento, ao mesmo tempo não resultar em anaerobiose. Sabe-se que as propriedades fisico-químicas da mucilagem de palma, podem mudar em função de tratos agronômicos, métodos de extração, dentre outros fatores. Assim, é necessário estudos para adequar técnicas agronômicas, métodos de extração e adição de coadjuvantes à mucilagem, que possa permitir uma melhor propriedade do biofilme. Portanto, o objetivo com esta proposta é desenvolver um biofilme natural, comestível e biodegradável utilizando palma forrageira como matéria-prima abundante no Sertão do Brasil. Ao mesmo tempo, agregar valor à palma forrageira, como mais um uso comercial, como também, servir de ferramenta para aplicação em raízes regionais cortadas que escurecem. Para isso, serão abordados três frentes (temas): 1- Obtenção, caracterização e estabilidade físico-química de mucilagem de palma submetidas a manejos agronômicos/ambientais; 2- Ensaios para formulação e adequação do biofilme; 3- Aplicação do biofilme em raízes minimamente processadas. No estudo referente à obentção, caracterização e estabilidade da mucilagem, serão estudados: horário de colheita e tamanho do cladódio, clone de palma, sistema de cultivo, irrigado e sequeiro. Neste estudo será medido a composição físico-química da mucilagem e composição bromatológica. No estudo referente à elaboração do biofilme, serão adicionados à mucilagem plastificantes como glicerol e polietileno glicol, em diferentes concentrações, assim como, ácidos orgânicos. Serão estudados as propriedades físicas, estruturais e mecânicas do biofilme desenvolvido. No último estudo, será aplicado o biofilme nas raízes de inhame, mandioca de mesa e batata-doce, minimamente processado. Serão realizadas medidas bioquímicas e fisiológicas referente ao escurecimento enzimático e esbranquecimento e outras medidas de qualidade. Para cada estudo será adequado um delineamento experimental. Serão feitos teste de média quando adequado. Os gráficos serão elaborados com auxílio do SigmaPlot. Ao final da pesquisa proposta, espera-se desenvolver um biorrevestimento natural e sustentável a partir de palma forrageira, de fácil obtenção e baixo custo que possa ser amplamente usado em raízes, frutas e hortaliças minimamente processadas; publicar no mínimo 20 resumos em eventos científicos; 6 artigos, livros e capítulo de livros e material de extensão tecnológica; auxiliar na formação de estudantes de graduação e Pós-graduação. No mínimo 05 estudantes de graduação e 06 em Nível de Mestrado Acadêmico e fortalecer o Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal por meio de parcerias de outros Programas Interestitucionais, além de fortalecer Grupo de Pesquisa em Pós-colheita no Nordeste Brasileiro. O conhecimento e a inovação gerados poderão ser compartilhados com produtores e demais agentes da cadeia produtiva de palma forrageira agregando valor, e em raízes regionais no Semiárido Brasileiro, no sentido de ampliar o período de conservação do produto para o mercado consumidor.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Doff Sotta Gomes

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • novos cenários em modelos de technicolor: correções perturbativas a modelos de tc
  • Após a descoberta da partícula de Higgs em 2012, os esforços dos pesquisadores de Física de Altas Energias, se voltam para a determinação dos parâmetros associados a esta descoberta tais como, propriedades dos acoplamentos, larguras de decaimento, etc.... Em pleno funcionamento, LHC deverá atingir energias de centro de massa da ordem de 14TeV, portanto, será capaz de testar as previsões de algumas propostas de física além do Modelo Padrão. Em particular, será possível testar a natureza do bóson de Higgs, ou seja se esta é uma partícula fundamental ou composta. Neste projeto apresentamos a nossa principal linha de pesquisa, onde exploramos uma alternativa para a descrição de física além do Modelo Padrão, que é então baseada na fenomenologia gerada por modelos onde a partícula de Higgs é vista como um estado composto (Modelos de Technicolor(TC)).
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Elísio de Figueirêdo Lopes Lucena

Engenharias

Engenharia Civil
  • utilização de corante extraido de polietileno de alta densidade (pead) para fabricação de misturas asfálticas coloridas
  • A Ilha de Calor Urbano é um fenômeno associado ao armazenamento, por parte das estruturas urbanas, de grandes quantidades de calor devido à absorção da radiação solar durante o dia. Durante os dias quentes e, sobretudo, na época de verão, as grandes metrópoles se veem afetadas pelo fenômeno da Ilha de Calor Urbano (ICU). Esse fenômeno causa um incremento da temperatura das cidades, em relação às áreas rurais, em até 5,2°C. As superfícies urbanas escuras ou pretas e, sobretudo, as misturas asfálticas absorvem a energia solar durante o dia e, durante as horas frias ou à noite, a irradiam para o meio ambiente sob a forma de calor. A prática mais utilizada para mitigar a ilha de calor urbano é a mudança da cor das superfícies para cores mais claras, que consigam refletir mais efetivamente a luz solar, tanto a visível como a invisível. Portanto, uma das alternativas que podem ser utilizadas nesse caso é o uso de misturas asfálticas coloridas, que consigam refletir mais eficientemente a radiação solar. Com a intenção de colaborar com essa área da pavimentação asfáltica esta pesquisa tem como finalidade propor a utilização do corante extraído de um resíduo bastante produzido pela sociedade atual, o PEAD (polietileno de alta densidade), para a produção de misturas asfálticas coloridas. Para atingir o objetivo proposto serão realizados ensaios físicos, químicos, mineralógicos e mecânicos. Estes ensaios serão realizados na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Associação Técnico Cientifica Ernesto Luis de Oliveira Júnior (ATECEL) bem como em outras universidades parceiras. Os resultados obtidos provavelmente terão destaque no âmbito nacional e internacional, à vista da relativa escassez de grupos de pesquisa que atuam nas áreas de abrangência do projeto proposto. Os resultados permitirão publicações em periódicos indexados e congressos. Além disso, o projeto contribuirá para formação de recursos humanos nesta área específica, uma vez que envolve alunos de graduação e pós-graduação dos cursos de Engenharia Civil da UFCG.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Fonseca de Lima

Ciências da Saúde

Odontologia
  • caracterização biológica de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes sistemas de iniciação
  • O presente estudo tem por objetivo avaliar a toxicidade de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes iniciadores de polimerização. Para isso, serão avaliados sistemas resinosos contendo distintos sistemas inciadores (canforoquinona-CQ, CQ com acréscimo de difenil-iodonio DFI, oxido de bisacilfosfino-BAPO e oxido de monoacifosfino-MAPO). Os sistemas serão preparados variando-se a concentração de iniciadores (0,5 e 1 mol%) e a presença de solvente (0 ou 10% etanol). A avaliação da influência das diferentes condições experimentais sobre o metabolismo de células pulpares humanas se dará através dos testes de viabilidade celular (MTT), e análise da produção de citocinas pelo dispositivo MAGPIX. Os dados obtidos serão analisados quanto à sua normalidade e homogeneidade, e então o teste estatística apropriado será aplicado, sendo este paramétrico ou não paramétrico. O nível de significância utilizado será de 5%.
  • Universidade Paulista - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Francisco Alves

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • estudo histológico, imuno-histoquímico e parasitológico sistêmico com ênfase na fibropoiese de cães acometidos por leishmaniose visceral canina no estado da paraíba
  • As leishmanioses compreendem um grupo de doenças causadas por várias espécies de protozoários intracelulares obrigatórios, pertencentes ao gênero Leishmania os quais possuem dois tipos de hospedeiros: vertebrados e invertebrados. Esses parasitos são transmitidos ao hospedeiro vertebrado através da picada do flebotomíneo fêmea infectado. Nas américas, as leishmanioses são conhecidas como a Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) e a Leishmaniose Visceral Americana (LVA). Todavia, ambas as doenças apresentam um grande espectro de manifestações clínicas. A LVA, infecção crônica generalizada e fatal quando não tratada acomete órgãos ricos em células do sistema fagocítico mononuclear como o fígado, baço, medula óssea, rim, pele e Trato Gastrointestinal (TGI). Leishmania (Leishmania) infantum (syn L. chagasi) é a espécie responsável pelos casos de LVA, possuindo Lutzomyia longipalpis como vetor e os cães como reservatórios domésticos, além disso, esses formam uma ligação essencial na corrente epidemiológica das leishmanioses. O Brasil tem a maior incidência de LVA zoonótica no mundo, com cerca de 3.000 novos casos por ano. A taxa de mortalidade de LVA aumentou de 3,6% em 1994 para 6,7% em 2003, o que representa um incremento de 85%. As medidas de controle adotadas incluem o diagnóstico de casos caninos e humanos, que é seguido pelo tratamento de humanos infectados e eutanásia de cães infectados. As lesões histológicas são principalmente associadas à hipertrofia e hiperplasia do infiltrado linfoplasmo-histiocitário. As alterações histopatológicas mais frequentes são observadas no baço, pulmão, fígado, rim, linfonodo, medula óssea, Trato Gastrointestinal e pele como a reação inflamatória crônica difusa além de fibrose, a qual normalmente está presente e causa alterações locais e sistêmicas nos animais que os leva ao obtido, como por exemplo, a presença de glomeruloesclerose, lesão renal responsável pela falência do órgão com consequente falência somática do animal. A fibrose ainda pode ser definida como excesso de deposição de componentes da matriz extracelular (MEC), sobretudo do colágeno, de forma localizada ou difusa, em órgãos e tecidos, podendo acarretar aumento ou diminuição do volume do órgão, com subversão da arquitetura do mesmo levando ao endurecimento e formação de cicatriz. Diante disso, algumas perguntas como: Qual a cinética da fibrose em cada órgão? Quais os mecanismos da fibrose em cada órgão? devem tentar serem respondidas. Associado a isso, sabe-se que diferentes cepas de uma mesma espécie pode apresentar virulência e patogenia particulares o que torna ainda mais complexo esse processo. Por isso, faz-se necessário elucidas quais as vias envolvidas no mecanismo de fibrose na LVC associando o achado anatomo-patológico com a cepa causadora da lesão. Com base nessas perguntas, pretendo iniciar uma linha de pesquisa no estado da Paraíba relacionando alterações anatomo-patológicas em cães com LVC com o padrão de fibrose desenvolvido por esses animais em diversos órgãos como os citados acima. Para isso, serão utilizados animais oriundos de inquérito parasitológico do centro de controle de zoonoses da cidade de João Pessoa/PB os quais quando tiverem sorologia positiva para Leishmania serão submetidos a uma ficha de avaliação clínica e coleta de fluidos como sangue e medula óssea para posterior necropsia com avaliação macroscopia e microscopia de lesões seguido da cultura da medula óssea para isolamento e caracterização da cepa causadora da doença. Nos diversos tecidos serão avaliados alguns mecanismos de fibrose por reações de imuno-histoquímica para antígenos relacionados a esse evento. O sangue desses animais serão ainda utilizados para análises hematológicas e bioquímicas. Em conclusão esse projeto pretende correlacionar mecanismos ainda não conhecidos de fibrose com a virulência da cepa e, por fim, associar esses achados a um prognostico do cão fortalecendo assim os conhecimentos sobre essa doença e iniciando um trabalho que irá se consolidar no nordeste do país.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Gonçalves dos Reis

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • avaliação do comportamento mecânico e microestrutural do aço maraging 300 nitretado por laser
  • Nesta proposta de trabalho pretende-se avaliar o comportamento mecânico e microestrutural do aço maraging 300 após nitretação superficial por laser. Aços maraging são ligas Ni-Co-Mo-Ti de ultra-alta resistência e vasta aplicação que vai desde a indústria bélica e nuclear até componentes aeronáuticos, vasos de pressão e a indústria esportiva. Os aços maraging são de fundamental interesse nos setores nuclear e aeroespacial em razão de elevada resistência mecânica, aliada a uma excelente tenacidade, características altamente desejáveis principalmente para a redução de peso e aumento de segurança. Estes aços têm sido propostos para substituir os aços 300M e 4340 em partes do veículo lançador de satélites brasileiro (VLS). O aço maraging é formado por uma estrutura martensítica metaestável. Alguns estudos mostram que a martensita dos aços maraging sofrem reversão para austenita quando aquecidos em temperaturas intermediárias, próximas à temperatura de envelhecimento, sendo esse efeito aumentado com a elevação da temperatura e tempo de tratamento. Nesta proposta de trabalho de pesquisa pretende-se dar continuidade às pesquisas já iniciadas nos estudos com o aço de ultra alta resistência maraging 300, que será nitretado superficialmente por laser contínuo de Nd:YAG com o intuito de reduzir a permeabilidade do oxigênio em sua estrutura, aumentando assim sua resistência a alta temperatura. Será feita uma avaliação microestrutural das zonas formadas pela refusão por laser (zona fundida pelo laser, zona afetada pelo calor e substrato não afetado da liga). Serão realizados testes de oxidação e ensaios de fluência na modalidade de carga e temperatura constantes e serão determinados os parâmetros e os mecanismos de fluência associados. A caracterização do material antes e após a fluência será realizada através de microscopia óptica (MO), de microscopia eletrônica de varredura (MEV), de microscopia eletrônica de transmissão (MET), de microscopia de força atômica (MFA), de difração de raio X (DRX) e de teste de dureza. Os resultados encontrados serão comparados com os encontrados na literatura para o aço maraging 300. O presente projeto é inovador, permitindo o conhecimento mais detalhado da influência e no estudo de tratamento superficial por laser na resistência mecânica do aço maraging, dando subsídios para desenvolvimento da aplicação deste material no setor aeroespacial.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Lago

Ciências Agrárias

Agronomia
  • análise da sucessão geracional em cooperativas agropecuárias de distintos segmentos no rio grande do sul
  • Este projeto de pesquisa tem como pano de fundo a discussão do papel do cooperativismo, em especial das cooperativas agropecuárias no tocante ao desenvolvimento das regiões rurais, através do fomento a permanência das novas gerações de agricultores no campo. O esvaziamento juvenil do campo propõe repensar o futuro das cooperativas agropecuárias no referente à sua manutenção e renovação do quadro de associado. Considerando que o público alvo das cooperativas são os agricultores, torna-se necessário promover ações que favoreçam a permanência dos jovens no meio rural. O projeto tem como foco analisar as perspectivas sucessórias dos filhos de associados de cooperativas agropecuárias pertencentes ao segmento grãos, leite, carnes e vinho, localizadas em distintas regiões do Rio Grande do Sul. De maneira mais especifica propõe-se realizar um diagnóstico sobre as perspectivas sucessórias dos filhos de associados de cada cooperativa agropecuária envolvida na pesquisa apontando o percentual de propriedades com sucessão, bem como avaliar os apontamentos dos filhos entrevistados no referente à importância e a formas como as cooperativas podem auxiliar no processo sucessório e, como ou com quais ações, a partir das demandas dos filhos, as cooperativas podem auxiliar no processo de sucessão. Espera-se com os resultados contribuir para a ampliação do estado da arte referente aos estudos e trabalhos acadêmicos voltados a discussão do cooperativismo e a sucessão geracional, tendo em vista a escassez de estudos nesta área, bem como auxiliar as cooperativas a elaborar estratégias que favoreçam a manutenção de novos associados e as instituições gaúchas representativas do cooperativismo, tais como, a Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS (FECOAGRO) e na realização de projetos, pesquisas e ações no âmbito das demais cooperativas agropecuárias gaúchas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Adriano Lopes de Souza

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • investigação das propriedades eletrocatalíticas de materiais híbridos contendo polioxometalatos
  • Polioxometalatos (POMs) são clusters de tamanho nanométrico formados por metais de transição e oxigênio cujas propriedades eletrocatalíticas são eficazes em virtude dos mesmos sofrerem reações reversíveis de transferência de elétrons sem perda de estrutura. Neste projeto, filmes de materiais híbridos serão preparados por duas formas: 1) imobilização do componente inorgânico (POM) em uma rede de silicato organicamente modificada conhecida como “ormosil” (expressão inglesa para organically silicate modified) através do processo sol-gel e 2) adsorção física alternada de espécies químicas com cargas opostas, técnica também conhecida como automontagem eletrostática camada-por-camada. Os pós dos ormosils serão caracterizados por espectroscopia de absorção na região do infra-vermelho e por espectroscopia de ressonância magnética nuclear no estado sólido. Dois diferentes POMs do tipo Keggin serão testados: ácido fosfomolíbdico e ácido silicotúngstico. As propriedades eletrocatalíticas dos filmes serão exploradas frente a moléculas que podem causar algum tipo de dano ambiental ou de saúde pública quando utilizadas em excesso e/ou quando são mal empregadas como, por exemplo, melamina e pesticidas. Os materiais aqui produzidos poderão contribuir para a detecção das espécies químicas mencionadas.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Maia dos Santos

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • implementação da política nacional de saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (pnsi-lgbt) no estado da bahia
  • Trata-se de pesquisa que visa a “análise da implementação da Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (PNSI-LGBT) no estado da Bahia”. Para tanto, a investigação será realizada em três municípios do interior, eleitos por conveniência, por serem espaços de trabalho dos proponentes da pesquisa e, coincidentemente, importantes municípios do estado da Bahia: Vitória da Conquista, Jequié e Paulo Afonso. A pesquisa de cunho qualitativo dará foco na compreensão dos desafios da implementação da PNSI-LGBT na perspectiva estadual e seus desdobramentos em outras três cidades do estado. Porém, não serão estudos avaliativos dos municípios selecionados, pois busca-se a compreensão da política na perspectiva dos stakeholder (ativistas, militantes e usuários de serviços) e, também, de formuladores de políticas. Para tanto, busca-se a análise documental para debater a construção da agenda: disputas em jogo, contexto político e participação social na formulação da política de saúde. Além disso, serão realizadas entrevistas semiestruturadas com informantes-chave participantes diretos na formulação das políticas de saúde na Bahia e no âmbito nacional. Também, serão sujeitos do estudo, participantes do movimento LGBT com destaque na militância pelos direitos à saúde, no âmbito estadual e nos três municípios eleitos. Por fim, em cada um dos municípios serão realizadas entrevistas, também, com transexuais que relatem seus itinerários terapêuticos e, neste sentido, revelem as trajetórias que vivenciam no cotidiano para que se possa articular os elementos da política às narrativas de vivência concreta para acesso aos serviços de saúde. Para identificação de pessoas transexuais, será utilizada a técnica da “bola de neve” – snowball – por meio do “chain referral sampling techniques”. Nesta perspectiva, busca-se identificar as barreiras de acesso aos serviços de saúde e os percursos dentro e fora do sistema “formal” para obtenção do cuidado em saúde. Ressalta-se que os achados, além de indicarem os avanços e desafios para universalidade do Sistema Único de Saúde, servirão como marcadores da qualidade da atenção na perspectiva dos usuários. Por conseguinte, compreende-se o usuário do serviço enquanto indivíduo ativo no processo saúde-doença, que imprime suas escolhas e desejos na busca por cuidado e dessa forma, se constitui como agente imprescindível no planejamento de políticas de saúde e na organização dos serviços.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 29/10/2018-31/10/2020
Foto de perfil

Adriano Marcos Rodrigues Figueiredo

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • complexidade econômica em cadeias globais de valor: dinâmicas e tendências do desenvolvimento regional
  • A análise das cadeias globais de valor (CGV) tem sido importante para avaliar o posicionamento estratégico dos países e dos setores econômicos (TIAN et al, 2016) e como os setores econômicos têm se modernizado ou desenvolvido. Marcato e Baltar (2017) analisaram o progresso econômico e social associado às CGV. As diferenças entre os países ricos e pobres, e a discussão ainda presente de “centro-periferia” nas cadeias globais de valor têm apontado para a presença de maior complexidade econômica (CE) naqueles países centrais, ou mais ricos (CARDOSO e REIS, 2016). Questiona-se: de que modo a complexidade econômica está associada à participação nas cadeias globais de valor em regiões subnacionais? A hipótese de Cheng et al (2015) é que um posicionamento mais acima na CGV (setores mais a frente na cadeia, rumo ao consumidor final) e com maior complexidade econômica estão associados a maior parcela do país no valor adicionado da CGV. A análise da CE tem se desenvolvida em termos da diversidade e ubiquidade dos produtos nos fluxos internacionais de comércio, assim como em termos da estrutura setorial do emprego. Desta forma, busca-se compreender a interação entre as cadeias globais de valor relevantes para regiões subnacionais e as medidas de complexidade econômica baseadas em fluxos comerciais assim como em emprego gerado nos setores econômicos.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Martimbianco de Assis

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • um olhar neuroenergético sobre a doença de alzheimer: o papel da lançadeira de lactato
  • A diminuição da expectativa de vida está relacionada com o aumento da incidência de doenças neurodegenerativas, tais como a doença de Alzheimer (DA). A DA é uma importante doença neurodegenerativa, pois é a principal causa de demência no mundo e ainda não existe um tratamento que pode impedir a sua progressão ou curar a doença. Desta forma, estudos adicionais são necessários para entender melhor esta doença, e permitir o progresso na busca de um tratamento. A DA é caracterizada inicialmente pelo acúmulo da proteína β-amilóide (Aβ) e do hipometabolismo hipocampal que evolui para morte neuronal, que se traduz clinicamente em perda de memória, declínio cognitivo e demência. A causa do aumento e deposição da proteína Aβ ainda é desconhecida, indicando a necessidade de uma melhor compreensão da ontologia da doença. Contudo, uma nova hipótese sugere que a diminuição do aporte energético cerebral causado pelo envelhecimento levaria a um aumento na competição neuronal por substrato, ocasionando na morte de muitos neurônios e consequentemente no aumento da formação de proteínas mal dobradas como a Aβ. Segundo esta hipótese, este seria o estágio inicial e pré-sintomático da DA. Recentes pesquisas demonstram que o lactato astrocitário pode ser transferido para os neurônios para sua metabolização. Este processo de interação astrócito-neurônio é conhecido como o sistema de lançadeira de lactato, e tem um papel muito importante no aporte energético cerebral principalmente em situações patológicas. O sistema de lançadeira de lactato é constituído de transportadores de monocarboxilatos (MCTs) localizados predominantemente nos astrócitos (MCT1 e 4) e neurônios (MCT2). Neste contexto, o objetivo deste projeto é analisar a influência do silenciamento gênico da expressão do transportador de monocarboxilato neuronal (MCT2) in vitro e in vivo sobre parâmetros clássicos da doença de Alzheimer. Alguns dos ensaios in vitro serão realizados por mim na Universidade de Lausanne na Suiça em parceria com o Prof. Luc Pellerin, através de um projeto financiado pela CAPES (Professor Visitante no Exterior Júnior - PVE Edital n° 45/2017 – Processo 88881.169978/2018-01). Em suma, a presente proposta tem um caráter inovador que visa investigar alterações neuroenergéticas precoces da DA com extrema relevância clínica. Durante o percorrer deste projeto, pretendo orientar uma dissertação de mestrado, uma tese de doutorado e duas orientações de iniciação cientifica, publicando 6 artigos em revistas científicas Qualis A. Todas as atividades científicas e educativas serão realizadas para promover o desenvolvimento do campo da neuroenergética no país contribuindo para área das Ciências Biológicas II (CBII) com a participação de estudantes de pós-graduação, bem como de iniciação científica, profissionais e pesquisadores.
  • Universidade Católica de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Max Moreira Reis

Ciências da Saúde

Farmácia
  • construção e validação de uma escala de avaliação do medication literacy em idosos
  • Introdução: um baixo nível de medication literacy pode levar a uma compreensão inadequada da prescrição, tornando os pacientes mais propensos a eventos adversos a medicamentos . Diversas mudanças relacionadas ao envelhecimento podem contribuir para o decréscimo do medication literacy em idosos, fazendo com que essa população seja mais susceptível a problemas na farmacoterapia. Esse cenário evidencia a necessidade de mensuração do medication literacy, a fim de se avaliar os seus reflexos no autocuidado e na segurança e efetividade da utilização de medicamentos entre idosos. Objetivos: Explorar o construto medication literacy por meio de uma scoping review; construir, validar e normatizar uma escala para a avaliação do medication literacy em idosos; e avaliar os fatores associados ao baixo medication literacy. Metodologia: Para a scoping review, será conduzida uma busca nas bases de dados MEDLINE, LILACS, Cochrane, CINAHL, EMBASE, PsycINFO e Scopus. Serão incluídos estudos metodológicos, observacionais, experimentais ou quase-experimentais que avaliem os determinantes ou os fatores relacionados ao medication literacy. A seleção dos estudos relevantes será feita pelas etapas: (i)dentificação; ii) seleção; iii) coleta de dados e iv) síntese dos resultados, realizada por um par independente de revisores. Para o desenvolvimento da escala, será conduzido um estudo metodológico. A coleta de dados será realizada em um ambulatório multidisciplinar de atenção aos idosos. Serão incluídos indivíduos com idade maior ou igual a 60 anos e de ambos os sexos. As entrevistas serão realizadas utilizando-se questionários estruturados, contendo perguntas sobre características sociodemográficas, clínicas, funcionais, relacionadas à utilização de medicamentos e ao letramento em saúde – por meio da escala Short Assessment of Health Literacy for Portuguese-speaking Adults – SAHLPS. Será desenvolvido um pool de itens que comporão a primeira versão da escala, a qual será submetida a um painel de experts e a uma amostra piloto para a avaliação da validade de face e conteúdo. Posteriormente, a consistência interna será avaliada pelo alfa de Cronbach. A validade de construto será avaliada pela análise fatorial e pela validação convergente-discriminante. A validade de critério será testada pela correlação entre os escores da escala desenvolvida e os escores obtidos na escala SAHLPS. Para a confiabilidade teste-reteste, serão selecionados aleatoriamente 20% da amostra prevista. A escala será reaplicada e os escores serão comparados pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse e pelo Coeficiente de Correlação de Spearman. A normatização preliminar da escala será realizada pela norma referente a critério, sendo o ponto de corte obtido teoricamente. Os fatores associados ao baixo medication literacy serão avaliados por meio de uma regressão logística múltipla.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Mesquita Alencar

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • análise das flutuações de batimentos de cardiomiócitos isolados
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Mondini

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • avalição da ação antiviral de extratos de inhame (colocasia esculenta) contra os vírus dengue, chikungunya e zika, além da ação biocida contra larvas de aedes sp.
  • Os vírus transmitidos por artrópodes, conhecidos como arbovírus, são um problema de saúde pública em muitos países, principalmente aqueles em que há infestação por mosquitos do gênero Aedes. Dengue, Chikungunya e Zika estão entre os principais arbovírus da atualidade. No Brasil, há co-circulação dos vírus dengue, do Zika e Chikungunya. As alternativas para o combate dessas enfermidades restringem-se ao combate dos vetores das doenças, que tem como principal a espécie Aedes aegypti. Portanto é necessário estimular outros caminhos para combater esses arbovírus. Estudos recentes realizados com o extrato de inhame (Colocasia esculenta) vêm demonstrando que essa planta possui substância em sua composição que são promissoras na atuação como agentes inseticida, antiviral e anti-tumoral. Portanto, estudos com essa planta poderão mostrar alternativas para o controle dos arbovírus em questão. O objetivo do trabalho é estudar, com cultura de células, ação de extratos de inhame, verificando sua ação antiviral contra dengue, zika e chikungunya, além da ação biocida contra larvas de Aedes sp.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Nunes Nesi

Ciências Biológicas

Botânica
  • recrutamento de mecanismos preexistentes subjacentes à fotossíntese c4 nas famílias irmãs brassicaceae e cleomaceae
  • A fotossíntese C4 evoluiu independentemente da fotossíntese C3 em várias famílias de plantas angiospermas nos últimos 25 milhões de anos. Acredita-se que esta evolução paralela e múltipla represente uma adaptação às baixas concentrações atmosféricas de CO2, à seca e aos habitats de alta temperatura. A evolução da característica de fotossíntese C4 em plantas C3 requer a evolução paralela de características morfológicas e fisiológicas, tais como a diferenciação de células de bainha do feixe vascular fotossinteticamente ativas, alterações em atividades enzimáticas, e aumento no transporte de metabólitos inter- e intra-celular. O aumento da eficiência fotossintética em plantas C3 pode ser alcançado pelo entendimento dos eventos iniciais que ocorreram durante a evolução de plantas C3 para os intermediários C3-C4 e destas para as C4. Cleomaceae é uma família estreitamente relacionada à família Brassicaceae, em que ocorrem as espécies dos gêneros Moricandia e Arabidopsis (modelos de plantas com fotossíntese C3) e outros gêneros de importância econômica como Brassica. A comparação dos genomas e análises fisiológicas e moleculares entre as espécies dessas famílias irmãs (Cleomaceae e Brassicaceae) pode levar a identificação de genes ou conjunto de genes necessários para o desenvolvimento da fotossíntese C4 em espécies C3 de importância econômica. O gênero Cleome é constituído por mais de 200 espécies, entre as quais espécies com fotossíntese do tipo C3 e outras com fotossíntese C4. No Brasil são encontrados nove gêneros de Cleomaceae e aproximadamente 30 espécies. Assim, este projeto visa à caracterização genética e fisiológica de 14 espécies do gênero Cleome encontradas no Brasil que ainda não foram estudadas quanto à existência de mecanismos de concentração de CO2. Além de conhecer mais sobre as espécies brasileiras do gênero Cleome, espera-se que o presente projeto auxilie na identificação de genes necessários para desenvolver a fotossíntese C4 em plantas cultivadas C3.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Peres de Morais

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • morfologia matemática aplicada a proteção de sistemas elétricos de potência: validação em hardware-in-the-loop
  • Este documento apresenta a proposta de trabalho para Chamada Universal MCTIC/CNPq 2018 Categoria Faixa A. A pesquisa será desenvolvida na Universidade Federal de Santa Maria dentro do Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica. A pesquisa tem como meta principal a investigação e a implementação em hardware dos filtros morfológicos para a utilização em proteção de Sistemas Elétricos de Potência. Os testes serão realizados no simulador digital em tempo real Opal-RT. Em primeiro momento os filtros morfológicos serão implementados em Matlab/Simulink e testados através da técnica Software-In-The-Loop. Os modelos morfológicos com desempenho satisfatório serão implementados em hardware e validados através da técnica de simulação Hardware-In-The-Loop
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Reis Lucheta

Ciências Agrárias

Agronomia
  • microbioma e metaproteoma da terra preta da amazônia: potencial para a descoberta de novos bioprodutos
  • A Terra Preta da Amazônia (TPA) é um dos solos mais férteis do mundo e um modelo de sustentabilidade em regiões tropicais. A TPA abriga comunidades microbianas (bactérias, fungos e arqueis) exclusivas quando comparadas aos solos pouco férteis típicos da região Amazônica. Apesar do reconhecimento da elevada biodiversidade e riqueza microbiana associadas à TPA, pouco se sabe sobre as funções destes micro-organismos e proteínas envolvidas na manutenção da fertilidade e sustentabilidade deste ambiente. A exploração do metagenoma e metaproteoma da TPA pode revelar a presença de novos micro-organismos e enzimas com potencial biotecnológico para aplicação industrial, remediação ambiental e agricultura. A presente proposta tem como objetivo realizar o sequenciamento do metagenoma e metaproteoma da TPA, com ênfase para os processos metabólicos e transformações biogeoquímicas relacionados à manutenção da fertilidade, além da prospecção in silico de proteínas/enzimas com potencial biotecnológico. Somados aos métodos independentes de cultivo, será realizado o isolamento de micro-organismos habitando a TPA com potencial para a promoção do crescimento de plantas e biocontrole de pragas agrícolas.
  • SENAI - Departamento Regional do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Rodrigues Azzoni

Engenharias

Engenharia Química
  • nanopartículas formadas por proteínas recombinantes modulares: novas plataformas de entrega de genes para células tumorais.
  • A baixa eficiência de transferência de ácidos nucleicos para células tumorais é um problema recorrente em estudos de terapia gênica para o tratamento do câncer. Isso surge, principalmente, pela dificuldade de direcionamento e transporte das moléculas terapêuticas do exterior para o interior das células alvo, devido à presença de inúmeras barreiras físicas, enzimáticas e difusionais. Nosso grupo de pesquisa tem, ao longo dos últimos anos, desenvolvido proteínas recombinantes multifuncionais especialmente desenhadas para entrega gênica, buscando mimetizar a habilidade dos vírus de explorar as sinalizações e respostas extra- e intra-celulares para infectar as células. O principal objetivo deste projeto é o desenvolvimento e caracterização de novas proteínas recombinantes multifuncionais, capazes de se auto-organizar em nanopartículas e realizar eficientemente o transporte de material genético (DNA plasmidial ou RNA de interferência) para o interior de células tumorais. Para esse fim, nanopartículas serão formadas combinando-se pDNA ou siRNA e proteínas especificamente desenhadas para facilitar o direcionamento, entrada na célula e tráfego intracelular de ácidos nucleicos. Espera-se, dessa forma, a obtenção de nanopartículas pDNA-Proteína e siRNA-Proteína capazes de eficientemente proteger, direcionar, facilitar a entrada na célula e o tráfego intracelular de transgenes. A cinética de formação das nanopartículas, estabilidade e parâmetros físico-químicos como diâmetro hidrodinâmico e potencial zeta serão então avaliados e correlacionados com a eficiência de entrega gênica para diferentes tipos de células tumorais. Para isso, moléculas de pDNA e siRNA modelo, capazes de expressar (pDNA) ou silenciar (siRNA) o gene repórter GFP (green fluorescent protein), serão utilizados nos estudos de formação das nanopartículas e de transfecção. Espera-se, dessa forma, o desenvolvimento de novos vetores capazes de eficientemente transportar e direcionar transgenes para diferentes linhagens tumorais, além de levantar informações importantes sobre os mecanismos envolvidos nos processos de complexação, direcionamento, internalização e tráfego intracelular.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Rolim da Paz

Engenharias

Engenharia Civil
  • hidropixel- abordagem distribuída para modelagem chuva-vazão com métodos de chuva excedente e hidrograma unitário: desenvolvimento, validação e simulação de cenários
  • A simulação da transformação da precipitação em escoamento superficial é um dos focos principais do uso de modelos matemáticos na hidrologia. Dentre os diversos métodos utilizados, destacam-se os métodos baseados na estimativa de precipitação excedente e do uso da teoria do hidrograma unitário (HU), pela relativa simplicidade e ampla utilização em diferentes situações, considerando a bacia hidrográfica de forma concentrada. Dezenas de modificações foram propostas desde a concepção original desses métodos e continuam a ser apresentadas na literatura científica. Uma das linhas principais de tais proposições é o desenvolvimento e a aprimoração da abordagem distribuída de aplicação desses métodos, visando incorporar a variabilidade espacial das características físicas da bacia, como tipo de solo, cobertura vegetal e ocupação da terra. Tal abordagem se vale da crescente disponibilização de dados obtidos por sensoriamento remoto e da maior facilidade para o emprego de técnicas de geoprocessamento. Destaca-se, nesse sentido, o avanço na representação topográfica obtida via Modelos Digitais de Elevação (MDE) e o desenvolvimento de procedimentos para processamento automatizado do MDE visando a extração de diferentes tipos de produtos, como caminhos de fluxo, traçado da rede de drenagem, comprimentos e declividades de trechos de rio etc. Mesmo que o método de cálculo seja simplificado em termos da representação dos diversos processos hidrológicos que ocorrem entre a entrada de precipitação na bacia e a saída de água na forma de vazão, a representação espacial da variabilidade das características físicas é um importante passo a favor de obter uma ferramenta matemática mais adequada à simulação de cenários de uso da terra e outros estudos hidrológicos. Outra grande vantagem é permitir a incorporação da variabilidade espacial da precipitação, o que pode melhorar a qualidade da representação obtida por modelos hidrológicos. Esta pesquisa visa avançar no estado-da-arte da modelagem hidrológica chuva-vazão usando os métodos de precipitação excedente e hidrograma unitário de forma distribuída ao nível do pixel. Propõe-se ao desenvolvimento de uma metodologia diferenciada em relação às já apresentadas na literatura científica, pela combinação entre o cálculo de precipitação excedente de forma distribuída, com o cálculo do tempo de deslocamento do escoamento em cada pixel a partir do processamento do MDE e pela adaptação dos conceitos do HU para operar de forma distribuída. Propõe-se ainda a validar a abordagem proposta e a analisar as incertezas e sensibilidade intrínsecas aos métodos e parâmetros adotados, o que é um aspecto crucial do ponto de vista da proposição de novos modelos hidrológicos. Para validar a abordagem proposta, são tomadas três áreas de estudo de características contrastantes: (a) sub-bacias urbanas de uma grande metrópole, Porto Alegre (RS); (b) uma bacia hidrográfica experimental de características rurais na Paraíba; (c) uma bacia com pouca ocupação urbana ao sul de Londres (Reino Unido). O primeiro caso abrange uma região altamente ocupada, com problemas intensos de drenagem de águas pluviais e com necessidade de intervenções significativas. A segunda área não tem ocupação urbana e dispõe de condições bem controladas de uso da terra e de monitoramento hidrológico (chuva, vazão e umidade do solo). O terceiro estudo de caso é uma região com monitoramento de precipitação tanto por pluviógrafos quanto por radar. As três áreas de estudo foram selecionadas por propiciarem avaliar diferentes aspectos da abordagem proposta e também em função da disponibilidade de dados para caracterização física e, principalmente, de dados observados de chuva e vazão com discretização sub-horária. Outro fator relevante é a experiência da equipe deste projeto no desenvolvimento de estudos anteriores nessas bacias. A metodologia proposta para este projeto de pesquisa é apresentada de forma geral dividida em oito etapas. Inicialmente serão definidos exatamente os estudos de caso, a partir dos dados disponíveis e características das regiões. Na etapa 2, as áreas de estudo serão caracterizadas e os dados preparados para o processamento e simulação hidrológica. A etapa 3 consiste em operações de análise e processamento do Modelo Digital de Elevação, necessárias para aplicação da metodologia de simulação hidrológica chuva-vazão proposta. Na etapa 4, os dados observados de chuva e vazão servirão para análise do processo de transformação chuva-vazão nas áreas de estudo. A etapa 5 consiste no núcleo principal da pesquisa, que é a concepção e desenvolvimento da metodologia de simulação chuva-vazão de forma distribuída por pixel. Na etapa 6 tal abordagem metodológica é avaliada, ajustada e validada, com análise de incertezas e sensibilidade a diferentes parâmetros e processos de cálculo (como nível de detalhe da caracterização da rede de drenagem; qualidade do processamento do MDE; distribuição espacial da precipitação; resolução espacial etc). A etapa 7 é a simulação dos impactos de cenários de uso da terra e de eventos extremos. A etapa 8 tem cunho mais tecnológico, de adaptação da metodologia proposta na forma de um sistema computacional com interface gráfica e documentação para ser livremente disponibilizado na internet.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriano Sanches Melo

Ciências Biológicas

Ecologia
  • efeitos da dispersão sobre a estruturação de metacomunidades
  • Estudos ecológicos tradicionalmente avaliam a presença ou ausência de uma espécie num local em relação às condições bióticas e abióticas. Entretanto, uma espécie pode não estar num local adequado pois nunca se dispersou para lá. Embora reconhecida como importante, o estudo dos efeitos de dispersão sobre a estrutura de comunidades é incipiente. Isto pois um evento raro de dispersão pode ser suficiente para o estabelecimento da espécie e detectar tal evento é muito difícil. Uma alternativa é usar métodos indiretos, por exemplo, distância espacial. Uma espécie que tenha sido extinta localmente pode recolonizá-lo rapidamente se houver local próximo onde a mesma esteja presente. Outra forma é estudar dispersão diretamente em experimentos, onde se pode simular eventos de dispersão. Neste estudo utilizaremos caixas d’água (500-750 l) contendo comunidades planctônicas para estudar o efeito de dispersão sobre o número de espécies e o quanto estas se diferenciam em composição de espécies com o passar do tempo. Esperamos que caixas que recebam dispersores possam ter comunidades mais ricas, visto que eventuais extinções locais poderão ser repostas por colonizadores vindos de outra caixa. Isto também faria com que caixas que recebam dispersores sejam mais parecidas entre si. Os resultados serão importantes para entender a importância da dispersão em comunidades naturais que variam quanto ao grau de isolamento.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Severo Figueiró

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • geoparque quarta colônia: território de descobertas
  • A presente proposta envolve a realização de um conjunto de atividades de divulgação das Ciências da Terra, alusivas à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, dentro do território do projeto Geoparque Quarta Colônia, que compreende nove municípios da região central do Rio Grande do Sul, envolvendo uma população de aproximadamente 62.000 pessoas, distribuídas em uma área total de 2.923 km². Em que pese a enorme riqueza geopatrimonial, cultural e de biodiversidade deste território, a sua fraca inserção no modelo produtivo gaúcho tem gerado nos últimos vinte anos profundas transformações sócio-econômicas, que envolvem redução populacional em termos absolutos (com fuga de jovens), empobrecimento da agroindústria familiar, perda de saberes, baixo IDH e redução do capital social representado pela identidade colonial imigrante. Esses são os principais motivos que levaram a Universidade Federal de Santa Maria a protagonizar um amplo projeto institucional multidisciplinar de extensão com vistas à certificação deste território como um futuro Geoparque mundial da UNESCO, capaz de estimular um ciclo virtuoso de desenvolvimento endógeno baseado na conservação, divulgação e uso sustentável do patrimônio natural da Quarta Colônia, com especial ênfase no geopatrimônio paleontológico. Neste particular, a rica ocorrência de fósseis do triássico, envolvendo plantas fossilizadas, Cinodontes não mamalianos, Dicinodontes, além de dinossauriformes e grandes carnívoros, representa uma oportunidade única para a integração da pesquisa com a divulgação científica, ensino de geociências e promoção do desenvolvimento territorial baseado na riqueza patrimonial. A partir disso, a UFSM instalou neste território e em parceria com o Consórcio para o Desenvolvimento Sustentável da Quarta Colônia (CONDESUS) o Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica (CAPPA), promovendo, desde 2017, uma atividade de divulgação das Ciências da Terra para a comunidade dos nove municípios envolvidos, denominada de PaleoDia. Esta atividade, voltada para o público infanto-juvenil e adulto, visa aproximar os moradores do território com o seu patrimônio, envolvendo exposição de fósseis, realização de trilhas, projeção de vídeos educativos, oficinas de produção de réplicas, além de atividades lúdicas envolvendo a temática geopatrimonial do território. Para o ano de 2019, estamos propondo que a realização do IIIº PaleoDia, já agendado para acontecer em 19 de outubro, seja o evento de abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no Geoparque Quarta Colônia, que ocorrerá entre os dias 21 e 25, contando com o lançamento de uma cartilha didática voltada às escolas do território (elaborada dentro do projeto “Geoparque vai à Escola”), visitas de alunos das escolas do território ao CAPPA, palestra voltada à comunidade sobre o papel das mulheres na história das Ciências da Terra, exposição artística (de fotografias e aquarelas do patrimônio natural e cultural do Geoparque) e palestra aos gestores do território com um convidado estrangeiro sobre o potencial dos Geoparques para a promoção de um desenvolvimento territorial sustentável.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 05/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Adriano Stephan Nascente

Ciências Agrárias

Agronomia
  • microrganismos benéficos, rotação de culturas e plantas de cobertura para a intensificação sustentável de sistemas agrícolas na região dos cerrados
  • Título: Microrganismos benéficos, rotação de culturas e plantas de cobertura para a intensificação sustentável de sistemas agrícolas na região dos Cerrados. Resumo: As Nações Unidas preveem uma população mundial de 9,1 bilhões até 2050, o que exigirá aumento na produção de alimentos em cerca de 70% em relação à nossa produção atual. Nesse contexto, o Brasil desempenha papel fundamental, uma vez que é um dos maiores produtores de alimentos do mundo, especialmente na região dos Cerrados. Nesse sentido, o termo "intensificação sustentável" ganha cada vez mais importância. Esse termo significa aumentar a produção de alimentos na mesma área, com preocupações ambientais, sociais e econômicas. A maioria dos agricultores da região do Cerrado, em áreas irrigadas, pratica o cultivo de soja na mesma área, ano após ano, em regime de sucessão com o milho na safrinha e feijão-comum no inverno. Essa prática pode causar problemas ambientais, como o aumento dos custos de produção, pela maior necessidade de aplicações de pesticidas para controlar doenças, insetos e plantas daninhas, além de causar aumento da população de fungos fitopatogênicos que afetam principalmente a soja e o feijão-comum, e não permitir a intensificação sustentável. O desenvolvimento de tecnologias alternativas que permitam identificar e melhorar a população de rizobactérias e/ou fungos promotores de crescimento, também chamados de bioagentes ou microrganismos benéficos, a serem utilizadas em sistemas de cultivo, pode ser a chave para a intensificação sustentável. Esses microrganismos ajudam a dar resiliência aos sistemas de cultivo, promovem o crescimento das plantas por meio de diferentes mecanismos, além de promoverem a proteção das plantas contra patógenos e insetos. No entanto, ainda há falta de informação sobre o uso de microrganismos na agricultura, principalmente devido ao grande número de espécies que habitam a rizosfera das plantas e ao grande número de interações que ocorrem entre microrganismos e planta. Além disso, o uso de plantas de cobertura é um componente relevante dos sistemas agrícolas para alterar as populações de microrganismos do solo, a fim de proporcionar resultados desejáveis. Adicionalmente, o aumento da diversidade de espécies vegetais em um ambiente, como o uso de rotações de culturas e plantas coberturas, traz outros benefícios, como melhor aproveitamento de recursos, redução de danos causados por insetos-pragas e menor incidência de patógenos, maior controle de plantas daninhas, aumento da produtividade agrícola e maior estabilidade da produção. Dessa forma, o objetivo desse projeto é desenvolver sistema de produção agrícola envolvendo soja, milho, feijão-comum e mix de plantas de cobertura com o uso de microrganismos benéficos visando à intensificação sustentável da agricultura na região do Cerrado. Para isso, irá se determinar o efeito dessas rotações na eficiência de utilização de nitrogênio, emissão de gases de efeito estufa, indicadores físicos, químicos e biológicos do solo, densidade de fungos do solo e produtividade de grãos, bem como realizar a análise econômica dessas rotações. Espera-se que a execução deste projeto possibilite determinar a(s) rotação(ões) que proporcione(m) sustentabilidade aos sistemas de produção que envolvam o cultivo da soja no verão e o feijão-comum no inverno na região dos Cerrados. Dessa forma, proporcionar aumento da produtividade de grãos dessas culturas e melhoria nos atributos químicos, físicos e biológicos do solo, bem como nas variáveis ambientais e econômicas.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Todorovic Fabro

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • estruturas quase-periódicas e acoplamento de metamateriais para atenuação de vibrações
  • A demanda de estruturas de engenharia que apresentam máxima rigidez com mínima massa e que também atendam critérios de desempenho de sua resposta dinâmica constitui um grande desafio para o projeto estrutural. Estruturas modernas são cada vez mais feitas a partir de materiais compósitos devido aos seus benefícios amplamente conhecidos. Entretanto, existe também uma crescente demanda para o desempenho vibroacústico de compósitos complexos serem devidamente modelados e otimizados. Uma grande quantidade de esforços tem sido empreendida nas últimas décadas no estudo do comportamento de propagação de ondas em estruturas periódicas. Entretanto, existe uma grande categoria de estruturas com caraterísticas e parâmetros de projeto que variam espacialmente em uma determinada direção (e.g., estruturas de asa e cascas cônicas) e que podem ser caracterizadas como estruturas gradiente ou quase-periódicas. É importante enfatizar que atualmente não existem nenhuma técnica ou método reconhecidamente eficiente para a modelagem acurada da propagação de ondas neste tipo de geometrias, apesar do fato delas estarem presentes em uma grande variedade de aplicações industriais. A falta de técnicas computacionais é ainda maior na medida em que o projetista tem de lidar com estruturas gradiente multicamadas, de tal maneira que se fica restrito ao método clássico de Elementos Finitos, o que pode ser proibitivo para otimização da resposta dinâmica em termos de custo computacional. Além do mais, trabalhos recentes têm demonstrado que estruturas quase-periódicas podem ter desempenho superior na atenuação de vibração do que a utilização de estruturas periódicas. Este projeto tem por objetivo investigar os efeitos da quase-periodicidade e de acoplamento de metamateriais no desempenho de bandas de isolamento, ou band gaps. Serão desenvolvidas abordagens numéricas eficientes para a simulação de propagação de ondas em estruturas quase-periódicas. Espera-se contribuir na modelagem de guias de ondas e estruturas periódicas, que levem em conta incertezas e variabilidade espacialmente distribuídas, com enfoque no desempenho das bandas de isolamento de vibrações.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriano Viana Ensinas

Engenharias

Engenharia de Energia
  • valorização energética de resíduos da produção de etanol através de processo supercrítico e recuperação fotossintética de carbono
  • Dentre as opções existentes para a produção de biocombustíveis em larga escala no mundo, o etanol a partir da cana-da-açúcar é apontado como uma das mais rentáveis e que possibilitaria a substituição da gasolina usada para fins automotivos com impactos importantes na emissão de gases de efeito estufa. No entanto, seu processo de produção envolve uma série de etapas onde uma parte do carbono fixado durante o crescimento da cana-de-açúcar é perdido em correntes residuais. Dentro desse contexto a possibilidade de recuperação fotossintética do carbono aliada à tecnologia supercrítica pode trazer ganhos expressivos de eficiência, diminuindo a emissão de poluentes e aumentando a produção de energia renovável proveniente dessa indústria. Esse projeto visa o estudo da valorização de resíduos líquidos e gasosos encontrado em plantas de produção de etanol. O trabalho pretende verificar a viabilidade da recuperação do dióxido de carbono emitido no sistema de fermentação e cogeração de plantas de etanol através do uso desses gases como fonte de carbono para o crescimento de microalgas em processo de fotossíntese controlada para a fixação do carbono. Além disso, a vinhaça gerada na destilação do etanol será estudada como meio de cultivo das microalgas, possibilitando o tratamento desse efluente que possui alto potencial poluidor e contribuindo para a minimização do uso de água na planta industrial. A gaseificação hidrotérmica supercrítica (GHS) será considerada para conversão da biomassa na forma de microalgas em gás para posterior síntese em combustíveis comerciais como gás natural sintético, metanol e dimel-eter. Técnicas de modelagem e otimização de processos serão utilizadas para avaliar diversas configurações e desenvolver um projeto da produção de etanol com planta anexa de conversão de resíduos com GHS. A plataforma computacional OSMOSE-LUA, desenvolvida na École Polytechnique Fédérale da Lausanne, utilizada com sucesso em estudos anteriores, será adaptada às condições de operação de plantas de etanol, possibilitando a análise de integração energética e otimização multi-objetivo com algoritmo genético para avaliação de diversos objetivos como redução de custos de produção, aumento de eficiência energética, além de redução de emissões atmosféricas.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adrianus Cornelius Van Haandel

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • transformação de lagoas de estabilização: reengenharia de um sistema obsoleto de tratamento de águas residuárias.
  • Lagoas de Estabilização (LE) têm sido usadas para o tratamento de esgoto em cidades de pequeno porte no Brasil e em muitos países em desenvolvimento. Estes sistemas em geral tem uma boa qualidade de efluente, mas sua aplicação também tem grandes problemas que podem ser enumerados como se segue: (1) A área muito grande (3 m2/habitante), (2) Perda de água por evaporação e alta salinidade do efluente, (3) assoreamento da lagoa anaeróbia, (4) geração de odores horríveis no entorno do sistema, (5) liberação de metano à atmosfera e (6) Alto custo da rede devido ao afastamento do sistema da região urbana. Existem hoje alternativas muito superiores à LE que permitem uma qualidade de efluente igual ou superior, mas que não têm seus problemas. Quando se usa o reator UASB para tratamento de esgoto bruto sua eficiência na remoção de material orgânico normalmente é maior que na combinação da lagoa anaeróbia e lagoa facultativa de LE, tendo uma baixa concentração de material orgânico residual e sólidos em suspensão. Quando se combina o reator UASB com lagoas para o pós tratamento, o polimento se realiza sem que surjam os problemas de LE. Como a remoção de material orgânico e sólidos em suspensão é pacífico em lagoas de polimento (LP) de efluente do UASB, o critério principal de seu dimensionamento se torna a remoção de coliformes termo tolerantes (CTT). Pela teoria do decaimento de CTT a LP deve ser do tipo batelada sequencial e não de fluxo continuo como em LE. Sendo o reator UASB uma unidade de fluxo continuo, a operação de lagoas de polimento em regime de batelada implica na necessidade de um tanque de equalização, que também funciona para a transferência de bateladas para serem tratadas nas LP e por isso é denominada de lagoa de transbordo (LT). A LT além de transferir as bateladas para as LP também serve para separar sólidos sedimentáveis no efluente do reator UASB. Outra função é a dessorção de CO2 na LT, que reduz a acidez e facilita posteriormente o aumento do pH nas LP. Ainda se pode esperar o inicio do processo de fotossíntese na LT, reduzindo a concentração de sulfeto no efluente do reator UASB e assim evitando os maus odores característicos das LE. Espera-se demonstrar através de investigações experimentais que o sistema UASB + LT + LP pode produzir um efluente final igual ou superior ao sistema LE convencional, mas sem as grandes desvantagens desta. Prevê-se que a remoção de nutrientes pode ser opcional, sendo efetivada em lagoas rasas, enquanto em lagoas mais profundas são preservadas para serem aproveitados no reuso agrícola. Antecipa-se ainda que estes resultados podem ser alcançados com um custo de investimento fortemente reduzido. O sistema UASB + LT + LP tem aplicabilidade em todo o território nacional, mas espera-se obter os melhores resultados nas regiões com alta temperatura e irradiação solar, onde a fotossíntese se desenvolve mais rapidamente.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adryane Gorayeb Nogueira Caetano

Outra

Ciências Ambientais
  • tecnologias sociais e ações integradas de sustentabilidade para a garantia da segurança hídrica, energética e alimentar em nível comunitário no semiárido cearense
  • A sociedade sempre buscou na natureza os recursos necessários ao atendimento de seus anseios e necessidades. Essa busca, no entanto, nem sempre ocorreu de forma a considerar as limitações impostas aos ambientes mais frágeis. Ao contrário, foram procedidas transformações no meio físico natural que extrapolaram a capacidade de suporte dos ambientes levando a quadros de degradação sem precedentes na história da humanidade. Aspecto potencializado frente as mudanças climáticas e intensa ocupação dos ambientes de maior fragilidade por populações vulneráveis, como ocorre em extensas áreas dos países em desenvolvimento. Dentre os biomas brasileiros, o das Caatingas detém destaque devido às suas características ambientais e por abrigar significativo contingente populacional em condições de elevada vulnerabilidade social. O Bioma Caatinga tem registrado situações precárias em comunidades isoladas no meio rural, onde as pessoas por falta de instrução e despreparo estabelecem condições insalubres de sobrevivência, sendo que grande parte da população vive sob condições de precariedade social e ambiental, sem qualquer estrutura hídrica e sanitária. Neste contexto, o Ceará se destaca posto que o Estado contempla a totalidade de seu território inserido no Bioma Caatinga com 136.000 dos seus 148.016 km² submetidos às condições de semiaridez, ou seja, 92,1% do total. Muito embora a maior parte da degradação ambiental ocorra mais por fatores humanos do que pelas limitações naturais, fato é que neste Estado foram registradas, historicamente, fortes pressões sobre seus recursos naturais, a partir de uma relação sociedade x natureza conflituosa, fundamentadas em políticas públicas que potencializam a vulnerabilidade social. São visíveis as marcas deste problema no conjunto dos fatores bióticos e abióticos que compõem unidades ambientais, e no comprometimento da segurança hídrica, energética e alimentar de suas comunidades, especialmente as rurais; qual o caso do Município de Forquilha (517km², 21 786 hab.), que se insere por completo no Bioma Caatinga. O mesmo apresenta desenvolvimento econômico pífio, com primazia do setor primário. No geral tem tecnologia rudimentar na produção de alimentos e na manutenção, acesso e consumo de água, à luz de baixos rendimentos e reflexos socioambientais drásticos e alarmantes em meio à pobreza reinante. Tal panorama socioeconômico contribui a debilitar a sustentabilidade ambiental e magnificar a vulnerabilidade socioambiental em face da desertificação e da não renovação da água. No que toca a segurança hídrica e a governabilidade envolvendo este setor no Bioma tratado, de um modo geral, e no Ceará e no município de Forquilha, em específico, considera-se que a gestão da água é fundamental. Sua escassez espaço-temporal compromete a reprodução social e as condições ambientais em razão da falta de políticas pró-ativas na convivência com o fenômeno das secas. Efeito climático que aflige de modo crescente as comunidades rurais em razão do nível do impacto das variabilidades hidroclimáticas que concorrem para mudanças climáticas. De modo cumulativo, os problemas se agravam, e os Governos não conseguem emancipar as comunidades envoltas na dimensão deste problema. Igualmente, o atendimento à alimentação de modo sustentável, é por deveras comprometido. Neste cenário, podemos falar de sérios problemas com a segurança alimentar de comunidades, afetando seu direito à nutrição adequada, diária e mínima. Como se não bastasse, ocorrem conflitos na produção de água, e, sobretudo, alimentícia com a produção de energia. Quando não raro, o uso da terra e da água no Bioma Caatinga se faz privilegiando a produção de energia, em detrimento a produção de alimentos e conservação dos hidrossistemas na renovação das águas; ou menos na articulação desses três setores, como um tripé fundamental. A par disto, se faz necessário, o alcance dos objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU), notadamente em relação aos ODS 1, 2, 6, 7, 8,15 e 17, que respectivamente focam na; pobreza; fome; água e saneamento; energia sustentável; emprego; proteção ecossistêmica/biodiversidade; e, nas parcerias em prol de todas as metas. Sendo assim, se faz necessário o desenvolvimento de tecnologias sociais e ações integradas de sustentabilidade para a garantia da segurança hídrica, energética e alimentar em nível comunitário no semiárido cearense. As metodologias que visam auxiliar na análise dos ambientes físico e social da região que engloba o Bioma Caatinga, abordando a temática de segurança hídrica, energética e alimentar, assim como identificando os modos de vida e as paisagens e territórios comunitários, possibilitarão a criação de índices de vulnerabilidade e fragilidade, calculados com base em dados primários que a equipe do projeto coletará em campo, formando parâmetros para melhor entender como os sistemas de gestão de recursos podem, ou não, facilitar na disseminação de políticas de adaptação ou mitigação em relação às mudanças climáticas. A cartografia social criará bases qualitativas e quantitativas, estabelecidas na experiência real de pessoas que seriam afetadas pelas mudanças climáticas, para que os índices de vulnerabilidade sejam vinculados aos fatos geográficos concretos. Deste modo, é que o esta pesquisa tem como objetivos: avaliar a vulnerabilidade de comunidades rurais inseridas no Bioma Caatinga face os cenários de mudanças climáticas, visando a elaboração de estratégias para garantir a segurança hídrica, alimentar e energética, o aproveitamento sustentável dos recursos naturais e a redução da vulnerabilidade em pequenas comunidades no Bioma Caatinga.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 05/12/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Adunias dos Santos Teixeira

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • sensoriamento remoto hiperespectral e multiespectral na caracterização da salinidade do solo em áreas irrigadas
  • Os sais prejudicam o desenvolvimento das culturas agrícolas, diminuindo sua produtividade. O monitoramento da distribuição espacial da salinidade é então vital para a gestão e manejo dos solos e da agricultura como um todo. O sensoriamento remoto é uma alternativa para o estudo dos solos afetados por sais porque fornece informações espaciais em áreas extensas do terreno. Uma das formas de se quantificar a salinidade dos solos é medir sua condutividade elétrica (CE) no campo e em laboratório. Visto que a maioria dos sais reflete fortemente a energia solar incidente sobre a superfície dos solos na direção dos sensores a bordo de satélites, existe uma relação indireta entre a reflectância registrada nas imagens e a CE dos solos expostos salinizados. Portanto, dados de reflectância em determinados comprimentos de onda são normalmente correlacionadas com dados de CE, embora não haja uma relação física de causa e efeito. Desta forma, modelos computacionais calibrados em laboratório podem ser gerados e aplicados sobre os dados de reflectância das imagens para a obtenção da CE na cena, pixel-a-pixel. Um aplicativo que esta em evidência na Literatura recentemente que se é possível obter calibrações entre dados espectrais e informações empíricas é a ferramenta Automated Radiative Transfer Models Operator (ARTMO), no entanto sua aplicação ainda não foi testada para estudos de salinização e esta ferramenta possui um alto potencial para isto. Inseridos neste contexto, os objetivos deste estudo são avaliar o desempenho de modelos calibrados pela ferramenta ARTMO para identificação de áreas salino por meio de dados hiperespectrais e gerar mapas de estado salino utilizando imagens hiperespectrais em perímetro irrigado. O trabalho será realizado no Distrito de Irrigação Morada Novo localizado nos municípios de Morada Nova e Limoeiro do Norte, estado do Ceará. Serão realizadas coletas de solo da região de estudo que coincidam com a cobertura realizada em 13 de maio de 2015 pelo sensor hiperespectral aerotransportado SpecTIR. As amostras de solo serão da camada superficial (0 a 10 cm de profundidade), levadas ao laboratório, homogeneizadas, trituradas, e passadas na peneira de 2 mm. Será utilizado um sistema de sensores FieldSpec Pro FR 3 para a obtenção das leituras espectrais em laboratório. Serão utilizados para as análises de regressão modelos lineares e não-lineares. Estes modelos irão ser calibrados utilizando-se o aplicativo ARTMO, sendo este uma ferramenta anexa ao programa MATLAB. Os resultados serão comparados aos obtidos pelo imageador hiperespectral aerotransportado SPECTIR. Ao final da execução do projeto espera-se que estejam disponíveis bancos de dados espectrais de referência para classificação de solos; procedimentos metodológicos baseados em sensoriamento remoto para determinação da condutividade elétrica de solos expostos; mapas de área com problemas de salinização da região do Perímetro Irrigado de Morada Nova em Limoeiro do Norte - CE.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Affonso Celso Gonçalves Junior

Outra

Ciências Ambientais
  • remediação de águas contaminadas com metais e agrotóxicos utilizando adsorventes modificados obtidos de resíduos agroindustriais
  • Os recursos hídricos são elementos fundamentais, já que seus múltiplos usos são indispensáveis ao desenvolvimento dos seres vivos. A preocupação com a contaminação deste recurso natural se deve aos problemas ambientais causados pelas diversas atividades antrópicas. As atividades industriais e agropecuárias contribuem para o aumento desta problemática, tornando indispensável um estudo ambiental mais direcionado visando a recuperação deste importante recurso natural. Além de um acompanhamento da qualidade das águas, faz-se necessário a busca de meios sustentáveis para a remediação deste compartimento ambiental. Existem muitas alternativas que possibilitam a recuperação dos recursos naturais e uma opção para remoção de contaminantes é o processo de adsorção, especialmente quando se usam adsorventes modificados a partir de co-produtos agroindustriais. Esta proposta visa a criação de materiais adsorventes modificados a partir de resíduos provenientes de: a) Palha de trigo (Triticum aestivum); b) bagaço de uva (Vitis vinifera); c) Caroços de tucumã (Astrocaryum aculeatum) e d) cascas de raízes de mandioca (Manihot esculenta Crantz). Desta forma, o objetivo principal deste trabalho é utilizar estes resíduos modificados na redução e/ou remoção de metais (Cd, Pb e Cr) e agrotóxicos (glifosato e clorpirifós) de águas contaminadas. Espera-se que, ao alcançar estes objetivos, esta proposta possa incentivar uma maior produção destas espécies vegetais e que seus resíduos sejam transformados em materiais adsorventes modificados, sustentáveis e de baixo custo, possibilitando assim, a remediação de compartimentos hídricos, consolidando estas culturas como cadeias produtivas sustentáveis, com regeneração contínua dos recursos naturais.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Afonso Celso Dias Bainy

Ciências Biológicas

Ecologia
  • transcriptoma hepático e avaliação dos efeitos do esgoto sanitário e 4-n-nonilfenol na modulação gênica de peixes poecilia vivipara
  • O lançamento de esgoto não tratado nos ecossistemas aquáticos é uma das principais causas da baixa qualidade da água, gerando danos ao ecossistema aquático e à população humana no Brasil e no mundo. O esgoto é uma mistura constituída principalmente de matéria orgânica, micro-organismos, produtos de higiene pessoal, limpeza e fármacos. Dentre os contaminantes presentes nessa mistura, os alquilfenóis etoxilados (APEs) são altamente tóxicos aos organismos aquáticos. O 4-Nonilfenol (NP), um produto de degradação dos APEs, é bastante comum em ambientes aquáticos próximos aos locais de lançamento de esgoto sanitário. Muitos estudos mostram o NP como o metabólito mais crítico dos APEs devido sua resistência à biodegradação, toxicidade e efeitos estrogênicos. Apesar dos efeitos estrogênicos do NP serem bem conhecidos, a interferência deste contaminante em outros processos biológicos como sistema imune, biotransformação, reparo do DNA, ciclo celular, apoptose entre outros têm sido negligenciados em organismos aquáticos. O conhecimento das alterações desses processos biológicos provocados pelo NP e esgoto sanitário permitirá a descoberta de novos biomarcadores para aplicação em programas de biomonitoramento. Atualmente, a análise das alterações na expressão gênica global de qualquer espécie pode ser acessada por meio das técnicas de sequenciamento de nova geração (NGS), possibilitando avanços na pesquisa sobre a ecotoxicogenômica de peixes. O peixe Poecilia vivipara, barrigudinho, tem sido alvo de diversos estudos ecotoxicológicos, sendo um bom organismo modelo para estudos ecotoxicogenômicos, pois é fácil de manipular e abundante em locais contaminados e pristinos. Dessa forma, o transcriptoma desta espécie é altamente relevante para estudos que envolvam biomonitoramento em regiões estuarinas e investigação dos efeitos tóxicos de contaminantes em experimentos de laboratório. Tendo em vista o exposto, o objetivo deste estudo será obter o transcriptoma hepático de P. vivipara e compreender as alterações que o esgoto sanitário e NP causam na transcrição de genes envolvidos em diversas funções biológicas desse peixe. Os resultados possibilitarão a descoberta de novos biomarcadores de contaminação aquática, contribuindo também em estudos de biologia comparada, biologia evolutiva e estudos ecotoxicogenômicos com outros contaminantes.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Afonso Figueiredo Filho

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • desenvolvimento de tecnologias para o manejo e a conservação de remanescentes de floresta ombrófila mista
  • Hovenia dulcis Thunb. (uva-do-japão), espécie originária da Ásia, tem encontrado nos remanescentes de Floresta Ombrófila Mista (FOM), uma condição ótima para seu desenvolvimento. A espécie tem regeneração intensa devido à facilidade de dispersão das sementes, germinação, fácil estabelecimento e crescimento rápido, o que possibilita uma dominância rápida no ambiente, tornando-a certamente, a principal espécie invasora dessa importante tipologia florestal do sul do Brasil. Na presente proposta de pesquisa, busca-se dar continuidade aos estudos de longa duração na FOM, mas tem como foco principal, gerar tecnologias de manejo para a uva-do-japão (H. dulcis), objetivando seu controle – e consequente conservação da FOM -, mas com geração de rendas aos pequenos proprietários rurais detentores de remanescentes dessa floresta, na região Centro-Sul do Paraná. Assim, nesta proposta há a preocupação de gerar uma tecnologia de manejo sustentado para a uva-do-japão, com geração de rendas aos seus pequenos proprietários rurais; avaliar as consequências desse manejo na dinâmica da regeneração natural da FOM; e finalmente, gerar tecnologias de sensoriamento remoto que possam auxiliar no monitoramento do manejo da espécie-foco e na melhoria da predição do seu incremento, bem como na modelagem do crescimento de espécies da FOM, com o uso de índices de área foliar. A pesquisa utilizará parcelas permanentes instaladas em 26 pequenas propriedades rurais com incidência de uva-do-japão instaladas em 2011 no projeto denominado “Imbituvão” (remedidas em 2014 e 2017), além de inventário a 100% realizado no mesmo projeto em 2014 que será atualizado em 2019. O manejo da uva-do-japão será executado em propriedades com maior incidência da espécie no sentido de buscar desenvolver uma tecnologia capaz de ser operacionalizada pelos próprios proprietários rurais e que possa ser replicado em fragmentos de FOM no sul do Brasil que tenham a presença de H.dulcis. Estudos sobre o padrão espacial da regeneração natural serão também realizados a fim de avaliar os efeitos dos cortes promovidos pelo manejo da espécie sob foco. Além disto, tecnologias de sensores remoto serão avaliados para determinar índices de área foliar individual de algumas espécies da FOM e por parcela a fim de utilizar essa variável, complementada por variáveis dendrométricas, como entrada em modelos matemáticos para predizer o crescimento individual do diâmetro e volume, além da área basal e volume por hectare. Para atender a essas demandas, a proposta foi estruturada em 3 subprojetos: 1) Manejo da Uva-do-Japão como forma de controle para a conservação de Floresta Ombrófila Mista e com geração de rendas; 2) Padrão espacial de H. dulcis e efeitos do manejo da espécie na dinâmica da regeneração natural em Floresta Ombrófila Mista; 3) Avaliação de métodos de obtenção do Índice de Área Foliar e seu potencial para modelar o crescimento em Floresta Ombrófila Mista. Espera-se, dentre as várias respostas dessas pesquisas envolvidas nos três subprojetos, sobretudo, gerar um modelo de manejo para a uva-do-japão capaz de conservar os remanescentes de FOM, controlando a dispersão da espécie, mas com geração de rendas ao pequeno proprietário rural, considerando a ótima qualidade da madeira dessa espécie. Esse modelo poderá ser replicado para os vários remanescentes de FOM existentes em diversas regiões do sul do Brasil, em condições idênticas de invasão da espécie.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Afonso Gomes Abreu Junior

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • avaliação do potencial terapêutico de inibidores de serinoprotease na sepse induzida por escherichia coli produtora de pic
  • Apesar de todos os esforços aplicados, a resistência bacteriana aos antimicrobianos continua a avançar em um ritmo alarmante, desafiando os sistemas de saúde em todo o mundo. Como resultados têm-se elevados índices de mortalidade e morbidade, principalmente em populações hospitalizadas e imunocomprometidas, impactando de forma negativa as áreas sociais e econômicas. Este cenário impõe a necessidade de elucidar os mecanismos de ação desses microrganismos, bem como a urgência em desenvolver estratégias eficientes para o combate dos mesmos, a exemplo de cepas patogênicas de Escherichia coli e Shigella spp. que são responsáveis por uma variedade de doenças como: infecções do trato urinário, meningite, bacteremia, sepse e diarreia, que é a segunda causa de morte entre crianças menores do que cinco anos em países em desenvolvimento. Uma característica em comum desses microrganismos é a secreção de proteases que estão envolvidas em diversos processos celulares e extracelulares importantes para a sobrevivência da célula e são amplamente distribuídas entre vírus, bactérias e eucariotos, sendo, portanto, vital para os organismos. Em bactérias Gram-negativas, essas proteases são conhecidas como SPATEs (serino protease autotransporter of Enterobacteriaceae) e formam uma família com mais de 25 proteases, sendo Pic (proteína envolvida na colonização) um importante membro deste grupo. Vários papéis biológicos para Pic já foram descritos, incluindo hemaglutinação, atividade mucinolítica, degradação do fator V da cascata de coagulação e clivagem de glicoproteínas de superfície de leucócitos, que estão envolvidas no tráfico, migração e inflamação. Devido à sua atividade mucinolítica, Pic também promove a colonização intestinal de camundongos e coelhos pela clivagem do muco presente na luz intestinal, favorecendo assim a adesão da bactéria aos enterócitos. Após estabelecimento da bactéria no sítio de infecção, Pic exerce um papel antagônico estimulando as células caliciformes a hiperproduzirem muco. Desta forma, patógenos produtores de Pic são capazes de destruir a barreira epitelial causando a persistência bacteriana, invasão, migração para o trato urinário e alguns deles têm a capacidade de atingir a corrente sanguínea causando bacteremia e sepse, o que pode refletir a baixa eficácia do sistema complemento contra eles, uma vez que nosso grupo mostrou que Pic promove a clivagem de moléculas-chave pertencentes às três vias desta cascata. Desta forma, tendo em vista as diversas ações de Pic sobre moléculas do hospedeiro, nosso grupo realizou um estudo para avaliar a participação desta proteína no processo de sepse induzida por inoculação intraperitoneal de bactérias. Para isso, camundongos fêmeas da linhagem Swiss entre 6-8 semanas receberam um inoculo intraperitoneal de suspenções bacterianas contendo E. coli produtora de Pic, o mutante ∆pic ou uma injeção de água apirogênica. A inoculação intraperitoneal de bactérias produtoras de Pic induziu a morte de 100% dos animais em até 24 h. Além disso, apenas a bactéria produtora de Pic permaneceu viável na corrente sanguínea. O hemograma mostrou uma redução no número total de leucócitos, especialmente de linfócitos, nos animais do grupo Pic. Óxido nítrico, citocinas (IFN-γ, TNF-α, IL-6, IL-12, IL-10) e a quimiocina MCP-1 foram detectadas no soro, bem como no lavado peritoneal do grupo F5 de modo bem mais elevado que nos demais grupos. Sendo assim, esses resultados, dentre outros (não publicados) demonstram que Pic representa um importante fator de virulência, permitindo a sobrevivência da bactéria na corrente sanguínea e em vários órgãos, induzindo a alta produção de mediadores pró-inflamatórios pelo hospedeiro, levando os animais à sepse e morte (Artigo submetido à Frontiers in Immunology). Desta forma, neste projeto propomos a formação de uma Rede Multidisciplinar para explorar a ação de inibidores sobre essas proteases bacterinas, a fim de usá-los no tratamento de doenças causadas por estas bactérias produtoras de Pic. Nos ensaios serão utilizados dois inibidores de origem natural, bioquimicamente caracterizados: EcTI (isolado das sementes de Enterolobium contortisiliquum) e PgTI (isolado do caule de Pilosocereus gounellei). Esse conhecimento da especificidade das proteases possibilita o desenho e a produção de substratos peptídicos específicos e eficientes que podem ser utilizados em ensaios in vitro e in vivo. Além disso, possibilita o desenvolvimento de análogos de substratos, os quais podem ser direcionados a atacar uma classe específica de proteases, gerando potentes inibidores proteicos. Tais inibidores são de grande utilidade, tanto para estudos biológicos, como para o desenvolvimento de novos fármacos. Assim, este projeto permitirá um maior conhecimento sobre os mecanismos desenvolvidos por bactérias para promover doenças e morte do hospedeiro e permitirá a fixação de tecnologias inovadoras que resultarão em ganhos científicos, sociais e econômicos. Estes últimos evidenciados pela busca de inibidores proteicos, vacinas e/ou possíveis aplicações biotecnológicas para a proteína.
  • Universidade Ceuma - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Afonso Luís Barth

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • instituto nacional de pesquisa em resistência a antimicrobianos
  • A resistência aos agentes antimicrobianos (RA) foi considerada por muito tempo apenas um problema clínico em infecções hospitalares, e, geralmente, confinado apenas àqueles pacientes mais graves. Entretanto, o fenômeno da RA vem tornando-se um desafio complexo de saúde pública global, e a aplicação de uma estratégia única ou simples não será suficiente para conter totalmente o surgimento e propagação de microrganismos infecciosos com capacidade de adquirir resistência aos agentes antimicrobianos disponíveis. A atual falta de novos agentes antimicrobianos para substituir aqueles que se tornam clinicamente ineficazes traz urgência no desenvolvimento tecnológico de novas ferramentas face à busca de novos agentes, adicionada à necessidade de proteger a eficácia dos antimicrobianos já existentes. O Brasil, um país com dimensões continentais, e o maior da América Latina, é caracterizado por muitas variações geográficas e econômicas, além de possuir importantes centros médicos de excelência. A formação de uma rede efetivamente integrada de pesquisadores envolvidos na questão de “resistência bacteriana” no país deverá atender esta demanda e permitirá estabelecer um padrão de atuação entre os diferentes laboratórios do Brasil. Com a utilização de tecnologias inovadoras, o INPRA pretende prestar serviços para a identificação e caracterização molecular de mecanismos de resistência em amostras bacterianas de origem clínica (hospitalar e comunitária) e ambiental, estabelecer critérios nacionais de padronização do teste de suscetibilidade atuando em conjunto com o BrCAST, avaliar a atividade antimicrobiana de moléculas bioativas de diversas fontes da biodiversidade brasileira, além de criar um banco de dados representativo do território nacional, permitir a transferência dos conhecimentos e tecnologias adquiridos para laboratórios de pequeno e médio portes, formar recursos humanos especializados e firmar parcerias com órgãos governamentais, como a ANVISA. O Instituto será constituído de 14 laboratórios associados, os quais atuarão em seis núcleos principais para cumprir os objetivos de pesquisa. Além da integração entre os pesquisadores dos diferentes grupos de pesquisa, o grupo pretende firmar acordos de cooperação com diversos pesquisadores internacionais e com instituições públicas de saúde e educação.
  • Hospital de Clínicas de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 28/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Afonso Luís Barth

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • desenvolvimento de um dispositivo para leitura do teste de suscetibilidade (antibiograma) por disco-difusão de bactérias de importância clínica
  • O uso inadequado de antibióticos é fato preocupante no cenário mundial e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) mais de 50% das prescrições de antimicrobianos são inapropriadas quanto à via de administração, à dose e até mesmo quanto à indicação do antimicrobiano. As infecções causam 25% das mortes em todo o mundo e 45% nos países menos desenvolvidos e segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) 25 a 40% dos pacientes hospitalizados utilizam pelo menos um antimicrobiano, em algum momento de sua internação. O uso inadequado dos antimicrobianos é um fator muito importante relacionado ao desenvolvimento de resistência aos antibióticos (RA) pelos microrganismos; sendo que bactérias resistentes aos antimicrobianos são uma ameaça crescente para o tratamento das doenças infecciosas. O laboratório de microbiologia tem papel fundamental no controle da disseminação da RA. É função do laboratório realizar testes acurados tanto para identificação bacteriana quanto para determinação do perfil de suscetibilidade e identificação de eventuais mecanismos de resistência que as bactérias podem apresentar. Após a identificação bacteriana é muito importante determinar o perfil de suscetibilidade in vitro (antibiograma) das bactérias. O principal teste fenotípico que permite a identificação de resistência aos antimicrobianos é o teste de disco-difusão o qual é um teste qualitativo amplamente utilizado na rotina da prática de microbiologia para determinar a suscetibilidade antimicrobiana dos microrganismos. Neste método, discos de papel de filtro impregnados com concentrações fixas de diferentes agentes antimicrobianos são colocados na superfície de placas com meio de cultura sólido previamente inoculado com uma suspensão padronizada de microrganismos. O diâmetro da zona de inibição de crescimento é relacionado à suscetibilidade do isolado e à taxa de difusão do antimicrobiano através do meio de cultura. Desta forma, pode-se categorizar o isolado bacteriano como sensível, intermediário ou resistente de acordo com os pontos de corte clínicos estabelecidos por comitês internacionais, como o Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) ou o European Committee on Antimicrobial Susceptibility Testing (EUCAST). Atualmente, a leitura e interpretação do teste de disco-difusão é realizada de forma manual pela grande maioria dos laboratórios de microbiologia. O profissional precisa medir o tamanho dos halos gerados (ou não) pelos discos com antibióticos com uma régua ou paquímetro e efetuar a anotação do resultado. O resultado é então analisado e interpretado de forma comparativa com as tabelas de pontos de corte fornecidas pelo EUCAST ou CLSI. Este processo por ser dependente da ação do profissional de laboratório pode gerar resultados sujeitos a erros de medida ou interpretação inerentes a ação humana. Erros no resultado do antibiograma podem gerar problemas que, inclusive, podem colocar em risco a vida do paciente com infecção. Neste contexto, a presente proposta tem como objetivo o desenvolvimento de um dispositivo para leitura rápida do teste de suscetibilidade por disco-difusão de bactérias com importância clínica. Este projeto está associado a iniciativas nacionais que visam padronizar e melhorar a qualidade dos dados do antibiograma conforme os objetivos do Comitê Brasileiro de Testes de Suscetibilidade aos Antimicrobianos (Brazilian Committee on Antimicrobial Susceptibility – BrCAST – brcast.org.br). Através de um dispositivo com qual a leitura do teste pode ser realizado de forma simples e rápida, apenas digitalizando a imagem da placa contendo os halos para cada antibiótico. Este dispositivo, que poderá ser instalado em qualquer computador, smartphone ou tablet, fará a leitura visual do tamanho de cada halo e estará ancorado ao website do BrCAST. Dessa forma, o dispositivo irá apresentar o resultado automaticamente, com menor ou quase nula, chance de erro de interpretação. Além disso, devido aos recursos de processamento de imagens oferecido pelo software, o qual é capaz de realçar halos de inibição sutis, será possível fazer leitura do antibiograma em períodos de incubação mais curtos (6 a 8 horas) fornecendo o resultado da suscetibilidade in vitro em um tempo muito menos que o usual (16-18h). Adicionalmente, será avaliada a possível correlação entre o tamanho dos halos de inibição e a concentração inibitória mínima (CIM - medida quantitativa que corresponde à menor concentração do antimicrobiano capaz de inibir o crescimento bacteriano) dos diversos antimicrobianos com o objetivo de utilizar o teste de disco-difusão como preditor de CIM. Esta informação será incorporada no software e fornecida ao operador após cada análise de antibiograma. O desenvolvimento do dispositivo de leitura nacional com as características acima será uma ferramenta diagnóstica importante na padronização e emissão de resultados dos testes de suscetibilidade para pacientes tanto da rede privada quanto do SUS. O equipamento desenvolvido permitirá registro de patente no Instituto Nacional de Propriedade Industrial e poderá passar por processo de transferência de tecnologia ao setor industrial mediante pagamento de royalties. Os métodos que forem padronizados poderão ser difundidos aos laboratórios de hospitais e clínicas que tiverem interesse em utilizar essas técnicas em suas rotinas. O desenvolvimento da aplicação mobile para smartphone (App IOS/Android) poderá tornar-se uma ferramenta extremamente útil para o auxílio à leitura de antibiogramas em locais com menos recursos como, por exemplo, pequenos laboratórios em centros de saúde do interior do Brasil sem muitos recursos tecnológicos.
  • Hospital de Clínicas de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 10/11/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Afranio Lineu Kritski

Ciências da Saúde

Medicina
  • infecção mista com diferentes linhagens de mycobacterium .tuberculosis ou micobactérias não tuberculosas: papel no diagnóstico e tratamento da tb e tb resistente
  • A epidemia mundial de TB é parcialmente impulsionado pela co-infecção com HIV e ao surgimento de cepas de M. tuberculosis multirresistente (MDR) e extensivamente resistente (XDR). Os recentes avanços na preparação da amostra e sequenciamento de DNA oferecem uma oportunidade de explorar infecções mistas no contexto da TB. Infecções mistas em TB foram altamente negligenciadas, e existem poucos dados empíricos que diz respeito ao seu impacto sobre o resultado do tratamento. Outro campo negligenciado na pesquisa TB é a hetero-resistência que se refere a ocorrência simultânea de cepas de Mtb sensíveis e resistentes aos fármacos num mesmo indivíduo. Hetero-resistência pode surgir durante o tratamento do paciente ou na fase inicial do tratamento por meio de co-infecção inicial ou superinfecção sequencial de diferentes estirpes de M. tuberculosis, com diferentes perfis de susceptibilidade aos fármacos. Alguns estudos têm relatado que os pacientes de TB e co-infectados com HIV estavam mais propensos a transportar vários genótipos de M. tuberculosis, mas não se sabe se e como isso se relaciona com má evolução ao tratamento anti-TB. Além disso, pouco se sabe sobre o impacto da co-infecção HIV sobre a evolução da TB MDR/XDR. Para cobrir estas lacunas de conhecimento, pretendemos estudar pacientes com TB no Rio de Janeiro e aplicar melhores técnicas de genotipagem e sequenciamento do genoma inteiro (WGS) de Mtb isolados diretamente a partir de amostras de escarro.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 31/01/2017-31/01/2021
Foto de perfil

Afranio Lineu Kritski

Ciências da Saúde

Medicina
  • desenvolvimento e validação de modelos computacionais operativos para a cascata diagnostica e terapêutica da tb resistente, por meio da análise clínica e econômica do sequenciamento gênico direcionado de nova geração, em unidades de saúde de referência
  • A tuberculose (TB) é a principal causa de morte entre as doenças infecciosas em todo o mundo, onde cerca de 10,4 milhões de pessoas adoeceram em 2016. A TB resistente a medicamentos (TB-DR) é uma ameaça contínua com 600.000 novos casos com resistência à rifampicina / RIF, dos quais 490.000 tinham tuberculose multirresistente (MDR-TB - resistente ao mesmo tempo a RIF e isoniazida / INH). Entre os casos estimados de TB-DR, cerca de 60% ocorrem nos países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Tradicionalmente, os resultados do teste de suscetibilidade aos antimicrobianos (TSA) da TB leva de 4 a 8 semanas, quando o tratamento usualmente já começou, sem evidência suficiente para a sua eficácia, o que resulta em falência do tratamento ou o desenvolvimento de resistência adquirida aos medicamentos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda TSA universal aos fármacos usados contra o complexo Mycobacterium tuberculosis (MTB) para orientar as decisões de tratamento. Nos últimos anos, os testes moleculares Xpert MTB / RIF e Fita Hain foram recomendados pela OMS e aumentaram o número de pacientes com TB-DR bacteriologicamente confirmada e detectada, reduziram o tempo entre a triagem e o início do tratamento. No entanto, apesar dos testes serem realizados em 2 a 24 horas em nível laboratorial, eles não aumentaram a proporção de sucesso de tratamento e nem reduziram a proporção de mortalidade. Para a TB-MDR, as lacunas na obtenção do diagnóstico correto e acesso ao tratamento efetivo são ainda mais críticas. Recentemente, foi publicada uma extensa análise da cascata diagnóstica e terapêutica na TB-MDR, destacando a necessidade de acesso a diagnósticos oportunos e de qualidade assegurada e a inclusão de novos sistemas de informação que agilizem a tomada de decisão rápida e adequada para a adoção de tratamento simplificado e mais efetivo. Novas tecnologias, como o sequenciamento genômico completo (WGS), estão disponíveis e têm sido indicadas para a obtenção simultânea de informações sobre o perfil de suscetibilidade, linhagens, patogenicidade e transmissão de bacilos e apoiar o estudo epidemiológico da transmissão do MTB, em nível local e global. Tem-se observado uma alta sensibilidade e especificidade usando WGS para os medicamentos de primeira linha INH e RIF; no entanto, uma há variação substancial na precisão do WGS com os medicamentos de segunda linha. O custo do WGS foi reduzido e pode ser útil em futuro próximo. Recentemente, o sequenciamento gênico direcionado de nova geração (T-NGS) tem sido proposto para a vigilância da saúde no campo da TB, mas também tem o potencial de orientar o manejo clínico dos pacientes, gerar dados para a formulação de políticas e melhorar o desenvolvimento de testes diagnósticos. Mas até o momento, não foram descritos resultados do T-NGS que proporcionem: a) dados de sequências clinicamente relevantes do genoma do MTB utilizando amostras clínicas (por exemplo, escarro espontâneo) e; b) impacto clínico e econômico na cascata de diagnóstico e tratamento da TB-DR, utilizando um sistema de informações de suporte que proporcione interoperabilidade, em países de alta carga, onde são mais necessários. Diante do exposto, pretendemos realizar um ensaio clínico pragmático (antes e depois) para analisar o impacto clínico e econômico da incorporação do T-NGS na rotina de atendimento na cascata de diagnóstica e terapêutica de pacientes com provável TB-DR, utilizando o novo sistema de informação (Sistema de Apoio à Decisão para Tuberculose/SAD-TB), em 5 sites no Brasil. Durante o projeto de 3 anos proposto, em regiões com alta taxa de TB-DR, co-infecção por HIV e baixo nível socioeconômico, pretende-se comparar, com a rotina atual de atendimento de pacientes suspeitos de TB-DR, o uso de T-NGS nos serviços de saúde participantes, no intuito de responder as seguintes questões: 1. analisar o desempenho do T-NGS a partir de amostras de escarro direto na previsão de perfis de suscetibilidade aos antimicrobianos; 2. desenvolver um SAD-TB que promova a interoperabilidade dos sistemas de informação locais disponíveis, permitindo o registro, acompanhamento e avaliação de pacientes com TB. 3. estimar a relação de custo-efetividade incremental e impacto orçamental da implementação do T-NGS em comparação com a rotina de cuidados; 4. realizar um modelo operacional utilizando os dados empíricos coletados nos sites participantes e definir o melhor algoritmo de diagnóstico e tratamento a ser incorporado nos sites participantes. Como produto final, esperamos aumentar a proporção de casos de TB-DR corretamente diagnosticados e tratados com um regime de TB individualizado, resultando em uma proporção de sucesso de tratamento maior (15%) e menor proporção de mortalidade de TB-DR (8%) . Além disso, em conjunto com o PNCT-SVS-MS, com a análise do impacto clínico e orçamentário no sistema de saúde e o desenvolvimento do modelo operacional, espera-se que essa abordagem promova / intensifique: a) a mudança na política Nacional e Global de diagnóstico e tratamento da TB-DR e b) a alocação de recursos para a avaliação de expansão do T-NGS e SAD-TB em outras regiões do pais
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 10/11/2018-30/11/2021
Foto de perfil

Afranio Rodrigues Pereira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • ressonância e acoplamento entre gelos de spin artificiais termodinâmicos e supercondutores
  • Nesta proposta investigaremos a termodinâmica de GSA fabricados através de desbaste físico de filmes finos com 25nm de Gadolínio ou Nitreto de Gadolínio, os filmes são crescidos por Sputtering pelo grupo do professor Moodera no Massachusetts Institute of Technology MIT – USA e nanofabricados no INL, mas passarão a ser crescidos e nanofabricados no LabSpiN, com a aquisição de sistema de nanolitografia. Também serão realizadas investigações teórico-experimentais basicas do acoplamento mediado por portadores de carga por medidas de magnetização e ressonância em função da temperatura e da transição supercondutoras da camada metálica interligando as ilhas.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agda Lovato Teixeira

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • biotecnologia: diversidade e sustentabilidade
  • O presente Plano de trabalho tem, tem como objetivo ações a serem desenvolvidas dentro das Linhas Temáticas B. De modo geral, são atividades atinentes às preocupações globais envolvendo o tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para Desenvolvimento Sustentável, com destaque para a busca de soluções sustentáveis no desenvolvimento ou aperfeiçoamento de sistemas produtivos baseados no novo paradigma econômico representado pela bioeconomia. Todas as atividades desenvolvidas são de cunho interdisciplinar e transdisciplinar, envolvendo conhecimentos de biologia, matemática, química, física, agronomia, engenharia, veterinária, tecnologia e informação, nutrição, saberes populares de cultura indígena e quilombola. O Plano de Ação proposto neste documento será desenvolvido em quatro municipios (Ipameri, Pires do Rio, Orizona e Urutaí) onde grande parte da população residente na Zona Rural. Potanto uma orientação para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação de acordo bioeconomia do cerrado, bioma presente nos municipios colaboradores desta proposta como palestras, miniursos, oficinas fortalecerá o vinculo que esta população possui com a terra a medidas que possibilita superação dos desafios e o aproveitamento das oportunidades apresentadas pelo espaço geografico onde vivemos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 05/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Agemir Bavaresco

Ciências Humanas

Filosofia
  • lógica, tradução e hermenêutica
  • A Lógica hegeliana é constituída por uma rede categorial semântica que explicita as relações dialéticas imanentes ao movimento de toda a realidade. O problema que inquieta os estudos hegelianos brasileiros é a falta de acesso à Lógica de Hegel, para a comunidade filosófico-hegeliana brasileira. O projeto: Lógica, Tradução e Hermenêutica tem por objetivo a tradução da Ciência da Lógica (Wissenschaft der Logik) de G. W. F. Hegel, pois esta obra não está ainda traduzida para o idioma português. A tradução proporcionará o acesso aos estudantes e pesquisadores de língua portuguesa do texto seminal hegeliano, abrindo novas linhas hermenêuticas, garantindo a recepção e o avanço da comunidade filosófica brasileira. Para isso será criado um grupo de tradutores afim de empreender a tradução dos dois volumes que se desdobram em três livros da Ciência da Lógica de Hegel: Ser, Essência e Conceito.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Agenor De Noni Junior

Outra

Ciências Ambientais
  • desenvolvimento de produto e processo para valorização de lama vermelha, rejeito do refino de alumina, como material de construção civil
  • O alumínio é o terceiro elemento abundante na crosta terrestre, e o primeiro entre os elementos metálicos. É utilizado para as mais variadas finalidades. A cadeia produtiva do alumínio representa aproximadamente 1% do PIB nacional. No cenário mundial o Brasil está entre os 4 países mais importantes neste segmento, em especial para ocorrência de bauxita na região amazônica. Os principais problemas da indústria do alumínio são: em primeiro lugar a geração de GEE (gases do efeito estufa), 4,2 KgCO2 por tonelada de alu-mínio metálico; em segundo lugar a gestão dos resíduos sólidos, 2,5 ton de resíduo por to-nelada de alumínio. A proposta tem como base/conceito a transformação do resíduo do refino da bauxita, processo Bayer, conhecido como lama vermelha, em material de cons-trução para uso em concreto. Em especial no desenvolvimento de agregados finos e graú-dos que permitam reduzir o consumo de clinquer em aproximadamente 30%. Com isso se proporcionada alternativa para redução das emissões de CO2 oriundas da fabricação do clinquer. Creditando-se na cadeia do alumínio, estima-se que exista um potencial para re-dução em 40% das emissões de CO2. O proponente e seu grupo de pesquisa desenvolvem produto e processo de fabricação de agregados graúdos (brita) e finos (“pozolanas”/”filler”) a base de lama vermelha. Os resultados apontaram ser promissores. Esta proposta visa dar continuidade aos estudos para ampliar o nível de conhecimento referente ao desempe-nho técnico de agregados graúdos e finos obtidos a partir de lama vermelha, com aplica-ções em concreto estrutural e redução do consumo de clinquer. Ampliar o nível de conhe-cimento referente ao desempenho ambiental/toxicológico dos agregados puros ou em con-dições de mistura. Esboçar projeto conceitual de uma unidade de fabricação de agregados a partir de lama vermelha, com vistas em estimar o balanço de eco-eficiência do processo; Aprimorar o nível de conhecimento dos constituintes da lama vermelha com relação ao grau de liberação, tendo em vista eventuais rotas de separação e refino; Além disso, o pro-jeto tem por objetivo aplicar o conhecimento em ciência e engenharia de materiais e enge-nharia de química no desenvolvimento tecnológico de produtos e processos para obtenção de materiais destinados a construção civil, empregando como matéria-prima a lama ver-melha. Esta perspectiva é promissora, haja vista o grande impacto em termos de emissão de CO2 e produção de resíduos sólidos deste setor. Substituir parte do cimento Portland pela lama vermelha aumenta significativamente a sustentabilidade de ambos os setores. A instituição onde o projeto será executado possui infra-estrutura laboratorial capaz de suprir praticamente toda a demanda da pesquisa. Possui programas internos de custeio e de bol-sas de iniciação científica. Ao final espera-se ser capaz de montar projeto que possibilida-de futura implementação de uma unidade piloto para a produção em escala ampliada do material em questão.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Agma Juci Machado Traina

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • recuperação perceptual de imagens por conteúdo e mineração de imagens com suporte de radiômica para sistemas de apoio a diagnóstico
  • Fornecer subsídios para tomada de decisões que levem o especialista médico a elaborar diagnósticos mais precisos, com maior rapidez e segurança, certamente traz benefícios para o tratamento e recuperação dos pacientes. Esse projeto de pesquisa visa atuar nessa direção, com o desenvolvimento de novos algoritmos e técnicas de recuperação de imagens por conteúdo para o processamento de consultas por similaridade, que atendam à percepção de similaridade do usuário. Por meio da integração da abordagem radiômica, que integra um volume importante de dados quantitativos, que aliados a dados qualitativos do paciente, que se processados apropriadamente, podem trazer novos impulsos positivos à área de computação em sistemas médicos. Os resultados desta pesquisa trarão impactos relevantes tanto à área de ciências de computação: por meio de algoritmos de extração de características de imagens e dados complexos de exames médicos, como algoritmos de armazenagem e recuperação eficiente desses dados em bases de dados complexos; quanto à área de medicina, permitindo a construção de sistemas de apoio ao diagnóstico (CAD – Computer Aided Diagnosis) mais precisos e eficientes. O maior beneficiário será o paciente, que receberá tratamentos mais confiáveis, seguros, e mais celeremente.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agna Rita dos Santos Rodrigues

Ciências Agrárias

Agronomia
  • suscetibilidade de euschistus heros (hemiptera: pentatomidae) a inseticidas utilizados na cultura da soja
  • A produção sustentável de alimentos enfrenta um grande desafio. Hoje, faz-se necessária a produção de alimentos com maior qualidade e segurança para a sociedade e o meio ambiente. Com o uso de novas variedades de soja Bt permitindo controle eficaz de lagartas desfolhadoras, o manejo de pragas não alvo da soja Bt como percevejo-marrom [Euschistus heros (Fabricius)] continua sendo o empecilho na manutenção de altas produtividades. Produtores de soja têm demonstrado apreensão quanto ao status de pragas de E. heros. Surtos populacionais de E. heros têm sido registrados em diversos estados brasileiros (principalmente, no Sudeste e Centro-Oeste do País), relacionados a falhas de controle após a aplicação de inseticidas, sugerindo o desenvolvimento de resistência. De fato, escassos são os dados sobre a suscetibilidade do E. heros aos produtos utilizados para controle desta espécie no Brasil (acefato, clorpirifós, fenitrotiona, imidaclorprido, lambda-cialotrina+tiametoxam, beta-ciflutrina+imidacloprido, cipermetrina e esfenvalerato+fenitrotiona). Através de bioensaios, a suscetibilidade de populações coletadas em campo aos inseticidas comumente usados no Brasil será investigada. Além disso, será avaliado preliminarmente o envolvimento do metabolismo como fator gerador de resistência a estes produtos a partir de ensaios de sinergismo e atividade enzimática. Os resultados dessa proposta são importantes visto que estudos de suscetibilidade permitem que concentrações diagnósticas para detecção de resistência sejam estimadas e validadas. Em adição, a investigação do mecanismo conferindo resistência permite que as moléculas inseticidas sejam escolhidas dentre aquelas que não produzam resistência cruzada ou múltipla. Desta forma, o produtor pode escolher o produto dentre as opções oferecidas no mercado que possibilitem controle da praga e reduza as chances de perdas de produção através da sobrevivência diferencial de percevejos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Agnaldo de Sousa Barbosa

Ciências Humanas

Sociologia
  • mobilização do direito como resposta à precarização do trabalho: análise da experiência brasileira na década de 2010
  • O projeto tem como objetivo geral investigar a ocorrência de mobilização do direito como recurso utilizado por parte de entidades da classe trabalhadora diante das estratégias empresariais de reestruturação da produção. A pesquisa pretende vislumbrar como em um contexto histórico no qual há, simultaneamente, o recrudescimento do poder econômico e político das corporações, arrefecimento da organização sindical e consolidação de garantias constitucionais a demandas sociais, o direito figura como instrumento de luta contra a precarização das condições de trabalho. O recorte temporal é a década de 2010 e a delimitação do objeto de estudo as demandas apresentadas às cortes superiores do país responsáveis pelo controle constitucional, uniformização da interpretação constitucional e da jurisprudência trabalhista – respectivamente, STF, STJ e TST. Do ponto de vista teórico-metodológico, a proposta se vale, por um lado, de abordagens que compreendem que, no contexto de instituições democráticas e de condições satisfatórias de acesso à justiça, a mobilização do direito pode vir a representar em alguma medida um recurso eficaz para propósitos de emancipação social – desde que associada a lutas políticas capazes de construir percepções ideológicas (e cognitivas) contra-hegemônicas. Por outro lado, busca fundamentar-se em interpretações que concebem o direito como parte da vida social e política e que se constitui com um recurso a mais disponível para a ação coletiva, concebendo os tribunais como atores cujas decisões modelam ao mesmo tempo em que se inter-relacionam com a ação de outros atores. As fontes para a pesquisa constituem-se da produção jurisprudencial dos tribunais mencionados e também de material informativo divulgado por veículos de comunicação de entidades sindicais. Espera-se com a proposta obter subsídios para o avanço da reflexão sobre as interações entre movimentos de classe e sistema jurídico no Brasil contemporâneo, assim como em relação ao papel representado pelo direito no resguardo de direitos sociais na última década.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo José Ferrari

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • reticulados: uma abordagem via álgebra e teoria dos números
  • A Teoria Algébrica dos Números tem desempenhado um importante papel para a construção de códigos e reticulados algébricos. Encontrar reticulados algébricos via corpos de números com máximas densidade de empacotamento, diversidade e distância produto mínima tem sido o objeto de estudo nos últimos anos, pois esses reticulados se apresentam como uma abordagem alternativa para a transmissão de sinais. Uma outra aplicação dos reticulados está relacionada à Ciência da Computação, é a construção dos chamados ``Ideais Reticulados'', obtidos via anéis quocientes, e estão associados a criptossistemas que sejam robustos no sentido da segurança da informação que é transmitida. Este projeto de pesquisa tem como objetivos, a construção de reticulados algébricos tanto para o canal Gaussiano quanto para o canal com desvanecimento do tipo Rayleigh, que apresentem melhor desempenho do que as construções conhecidas na literatura assim como explorar novas construções. Pretendemos também explorar em campo teórico e aplicado os reticulados obtidos via anéis quocientes (Ideais Reticulados)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo José Lopes

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • recondicionamento físico em doenças negligenciadas: efeito sobre a qualidade de vida relacionada à saúde em adultos com anemia falciforme
  • Vide projeto anexo
  • Centro Universitário Augusto Motta - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agnaldo Rodrigues da Silva

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • ensino de literaturas e culturas africanas e afro-brasileira na educação básica e superior em mato grosso
  • O ensino das literaturas e culturas africanas e afro-brasileira na educação básica e superior em Mato Grosso encontra-se em fase de implementação, apresentando diversas fragilidades que precisam, com urgência, de estudos sistematizados que possam apontar caminhos de fortalecimento de propostas que articulem aspectos sociais e culturais de âmbito regional, nacional e internacional. Desde a promulgação da Lei Federal nº 10.639/03, que modificou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), tornando obrigatória a inclusão, no currículo dos níveis fundamental e médio, do ensino de culturas africanas e afro-brasileira, até a alteração feita pela Lei nº 11.645/08, que tornou obrigatório o estudo da história da África e dos africanos, bem como a luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, suas culturas, história e contribuições ao país, muito já se avançou nesse campo, mas ainda há muito o que avançar em termos de políticas objetivas para a divulgação e a valorização do legado dos povos africanos e indígenas à cultura brasileira. Em tempos de capitalismos imperialistas, desencadeando o auge da globalização e o desenvolvimento da ciência e tecnologia, tornam-se fundamentais os estudos e pesquisas que evidenciem a necessidade de articulação entre diferentes culturas e sociedades para a democratização das conquistas sociais e econômicas. A área de letras, por meio das disciplinas dos estudos literários, apresenta propostas significativas que colaboram na disseminação de conteúdos culturais e históricos sobre África e a presença dos africanos no Brasil, principalmente no seguinte conjunto de disciplinas: Literaturas africanas, Literatura comparada (Portugal, Brasil e África), Literatura, História e Cultura Afro-Brasileiras, Tendências Contemporâneas no Teatro Africano, Literaturas de língua portuguesa (Portugal, Brasil e África), além dos grupos e projetos de pesquisa, extensão curricular, ensino e cultura voltados ao tema, com discussões que envolvam tanto a identidade, cultura e memória quanto a vida social desses povos. Nessa direção, este projeto de pesquisa em redes desenvolverá ações fundamentadas no estudo das culturas e literaturas africanas, com intuito de colaborar, positivamente, na seleção de conteúdos pertinentes à educação básica, disseminados em autores e obras significativos, bem como no fortalecimento das disciplinas e projetos propostos pela educação superior no Estado de Mato Grosso. Sem dúvida, os estudos literários esforçam-se para contribuir na implementação de políticas que disseminem os conteúdos propostos pelas leis em questão, pois as obras literárias e artísticas são ricas em substratos humanos, materiais sobre os quais se encontram inegáveis fontes culturais, históricas, filosóficas e sociológicas de lugares distintos e tempos diversos. Nessa direção, a base norteadora da proposta é o investimento sistemático nos processos de incentivo à pesquisa científica, à leitura e formação continuada de professores, a partir de atividades com o texto literário, bem como reflexões que colaborem para que o professor compreenda o seu papel no processo de redimensionamento do ensino, em uma dinâmica que envolva instituições nacionais e internacionais.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agripino Souza Coelho Neto

Ciências Humanas

Geografia
  • ruralidades no urbano: perspectiva conceitual para compreender as pequenas cidades baianas
  • Este projeto de pesquisa se propõe a investigar a importância e a validade dos conteúdos da ruralidade na compreensão da dinâmica socioespacial das pequenas cidades no estado da Bahia. Nesse sentido, pretende-se investigar as contribuições da literatura acadêmica no campo das humanidades, com ênfase para a geografia agrária e a sociologia rural, acerca da relação campo-cidade; identificar as atividades rurais desenvolvidas no espaço urbano das pequenas cidades baianas; analisar a representatividade das atividades agrícolas na economia dos pequenos municípios baianos e; identificar e analisar as relações estabelecidas entre a população citadina e o espaço rural. A pesquisa aposta na proposição teórica que considera a possibilidade de leitura da dinâmica socioespacial das pequenas cidades através da noção de ruralidade no urbano, cuja definição consiste na presença de elementos rurais que insistem e permanecem presentes no espaço urbano, participando ativamente da vida urbana. Para o desenvolvimento da pesquisa utilizar-se-á o levantamento bibliográfico e revisão de literatura, o levantamento de dados secundários e a pesquisa de campo, através da realização de visitas de observação e da aplicação de questionário à população das cidades escolhidas.
  • Universidade do Estado da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Agueda Palmira Castagna de Vargas

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • aspectos funcionais da proteína m de streptococcus equi subespécie equi: uma abordagem para o desenvolvimento de uma vacina contra adenite equina.
  • A adenite equina é uma doença altamente contagiosa, de caráter inflamatório e desenvolvimento agudo, que acomete o trato respiratório superior dos equinos. O agente etiológico é o S. equi subesp. equi (See), que possui um variado repertório de fatores de virulência que combinados propiciam ao microrganismo a capacidade de infectar e causar doença nos equinos. Entre eles destaca-se a proteína M (SeM), que desempenha importante papel na patogenia da adenite equina, com funções de aderência às células do trato respiratório e atividade antifagocítica. Além disso, a SeM é considerada a mais imunogênica das proteínas de superfície, porém apresenta divergências genéticas que podem afetar a sua imunogenicidade e função biológica. Vacinas comerciais convencionais (bacterinas) tem sido amplamente utilizadas no controle da adenite, mas apresentam limitações quanto à eficácia, uma vez que mesmo em rebanhos vacinados são descritos surtos da doença. Assim, o objetivo deste projeto será elucidar as funções biológicas de variantes da SeM do See e disponibilizar um antígeno recombinante para o desenvolvimento de vacinas eficazes e de amplo espectro protetivo contra a adenite equina. Para isso, serão realizados dois experimentos: no primeiro experimento, serão avaliadas as características funcionais e perfil imunogênico de cepas que apresentam 15 distintos alelos da SeM, através da análise da deposição de C3 do sistema do complemento, avaliação da ligação do fibrinogênio equino sobre a superfície do See, investigação da reatividade sorológica cruzada entre os isolados e ensaio de fagocitose. No experimento 2, será desenvolvida uma vacina recombinante contra adenite equina baseada na SeM do See. Para isso, inicialmente será realizada a clonagem, expressão e purificação da SeM seguido do teste de funcionalidade das proteínas e avaliação da capacidade protetora dos antígenos recombinantes em camundongos e equinos. Com a realização de ambos experimentos espera-se caracterizar as diferenças nas funções biológicas de evasão do sistema imune da SeM em isolados de See que possuem diferentes alelos, determinar as diferenças na imunogenicidade entre as cepas detentoras destes diferentes alelos, e produzir antígenos recombinantes, baseados na estrutura aperfeiçoada da SeM do See, que induzam uma resposta imune protetora de amplo espectro contra adenite equina. Assim, considerando as limitações das vacinas comerciais disponíveis para o controle da adenite equina, o desenvolvimento de uma vacina recombinante, baseada na principal proteína imunogênica do S. equi (proteína M), poderia ser uma alternativa para a imunização e proteção de animais, contribuindo para a melhoria na sanidade do rebanho equino brasileiro. Este projeto também contempla uma oportunidade de consolidar e expandir uma colaboração científica já existente com foco no desenvolvimento de vacinas contra patógenos bacterianos que acometem animais de produção. Os alunos participantes serão expostos à um amplo espectro de conhecimentos e abordagens de pesquisa. Eles ganharão experiência em modelos de bioquímica, bioinformática, biologia molecular, engenharia de antígenos vacinais, imunologia e infecção experimental animal para avaliação de vacinas. Em termos de relevância científica, esta proposta contempla o que existe de mais moderno na área de desenvolvimento racional e funcional de vacinas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aguinaldo Silva

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • sistemas fluviais avulsivos e sua relação com as inundações e dinâmica hídrica do pantanal sulmatogrossense
  • A presente proposta visa o estudo da dinâmica hídrica do Pantanal Sulmatogrossense considerando as características geomorfológicas e evolutivas do sistema. Rios multicanais de planície tem comportamento pouco considerado nas políticas de gestão de recursos hídricos. Rios de planície, como os do Pantanal, têm estrutura e funcionamento totalmente diverso dos rios de planalto. Avulsões, reativações de canal, relações diretas entre precipitação e água subterrânea, diversidade de corpos de água com diferentes graus de conectividade, aliados a uma dinâmica bastante ativa, produzem ambientes caracterizados por rápida e marcante transformação de paisagem, cuja compreensão é imprescindível ao gerenciamento e gestão dos recursos hídricos. Para suprir tal deficiência, propõe-se neste trabalho estudos de natureza: a) morfológica (mapeamento das unidades geomórficas), dinâmica (balanços de fluxo de água superficial, transporte de sedimento e dinâmica das inundações), evolutiva (transformações no sistema em escala milenar, secular e decenal) e de funcionamento (interações entre os vários componentes do sistema), com a finalidade de produzir um modelo de funcionamento hídrico. A metodologia a ser aplicada é específica para cada tipo de estudo e consiste basicamente em: a) análise e interpretação de dados de sensoriamento remoto, b) medições de vazão, velocidade de fluxo e carga sedimentar (ADCP, amostradores van Dohr e van Veen), d) mapeamento do escoamento das inundações, com sensoriamento remoto e dados hidrológicos, e) mapeamento, composição e datação das estruturas de escoamento e armazenamento da água superficial (sensoriamento remoto, medidas em campo, datações de canais, paleocanais, lagoas etc.). A proposta visa também a integração de pesquisadores da UFMS com outras instituições do Estado e também com UNESP, UEM e com a Universidade de Kentucky/EUA, como também a qualificação de estudantes de pós-graduação para lidar com tema tão complexo como o estudo da dinâmica hídrica em planícies aluviais alagáveis (wetlands), com inundações frequentes e de grande magnitude.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ahda Pionkoski Grilo Pavani

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de metodologias para provimento de serviços ancilares por geração eólica
  • O crescente aumento da conexão de geração eólica à rede elétrica requer que estes geradores contribuam para os serviços necessários para garantir a segurança da operação do sistema elétrico, denominados serviços ancilares. Os serviços ancilares são os recursos disponibilizados para realização de tarefas fundamentais para a operação do sistema, tais como controlar a frequência , o perfil de tensão e a estabilidade do sistema. Para incorporar os recursos de geração eólica como opções de serviços ancilares deve ser considerado que, além de não ser despachável, este tipo de geração emprega sistemas de conversão de energia diferentes dos tradicionais geradores síncronos. Desta forma, o provimento de serviços ancilares por geração eólica requer estudos e metodologias específicas, diferentes dos atuais empregados para a geração tradicional. Neste contexto, este projeto pretende contribuir para a incorporação de geração eólica em serviços ancilares, para isso serão propostas metodologias para: (a) incluir a capacidade de controlar a potência reativa de usinas eólicas como um controle preventivo para melhoria da margem de estabilidade de tensão do sistema de transmissão; (b) coordenar a contribuição dos geradores eólicos de uma usina considerando a velocidade e a direção do vento para fornecer suporte de frequência, de acordo com os requisitos de inércia sintética, ao sistema de transmissão; (c) compensar parcial ou totalmente tensões trifásicas desequilibradas de redes ilhadas; e (d) dar suporte de frequência em redes ilhadas para manter a estabilidade durante alterações das condições de operação.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ahmad Saeed Khan

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • impactos do programa uma terra e duas águas (p1+2) e do projeto reuso de águas cinzas na agricultura sobre a renda e o meio ambiente de pequenos agricultores no ceará
  • RESUMO Com características marcantes, a região semiárida brasileira é caracterizada, pelo clima quente e seco, a escassez ou ausência de água, devido ás secas periódicas que assolam a região e, o expressivo contingente de pobres. Até fins dos anos noventa, a lógica prevalecente do governo para enfrentar a seca, assumia um caráter assistencial sem buscar fixar na região uma política pública de apoio à permanência da população nas propriedades rurais. A partir dos anos 2000, uma rede de organizações da sociedade civil de distintas naturezas, passa a atuar em toda a região, defendendo e adotando uma nova racionalidade, ou seja, o da convivência com o Semiárido. O projeto político de convivência com o Semiárido abrange dentre outras, as tecnologias sociais voltadas à captação e armazenamento de água para uso doméstico e de produção de alimentos e criação de animais, e a de reutilização de águas servidas no uso domiciliar. Abrigadas em diferentes esferas governamentais, o Programa Uma Terra e Duas Águas e o Projeto de Reuso de Água Cinza, estão sendo disseminados em todo o Semiárido, entretanto, as avaliações dessas tecnologias, além de escassas, são pouco abrangentes, limitando uma análise mais expressiva dessas ações. O objetivo, desse estudo é avaliar os impactos do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) e do Projeto Reuso de Água Cinza, sobre a renda e a sustentabilidade ambiental, de agricultores familiares no estado do Ceará, mediante o uso do Propensity Score Matching. Os dados a serem utilizados serão de origem primária, resultantes da aplicação de questionários semiestruturados, para beneficiários e não beneficiários dos Programas P1MC, P1+2 e do Projeto Reuso de Água Cinza, nas 7 mesorregiões do Ceará, abrangendo 31 municípios. Palavras-chave: Programa (P1+2); Reuso de Água Cinza; Agricultura; Impacto; Ceará.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ahmed Ali Abdalla Esmin

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • estudos de algoritmos e técnicas para análise de sentimentos em fluxos de dados aplicados as mídias sociais
  • Nos últimos anos, a mídia social tem continuado a crescer em popularidade e tornou-se uma poderosa plataforma para que as pessoas se unam em interesses comuns. A explosão do uso da mídia social tem atraído a atenção de pesquisadores de diferentes áreas. Também, da mesma forma, a tarefa de mineração de opinião e análise de sentimentos tem atraído grande interesse por parte da comunidade científica dos campos de estudo em Mineração de Dados, Processamento de Linguagem Natural e Aprendizado de Máquina. Com o advento dos canais de mídias sociais essa análise tem ganhado força. Isso porque nesses novos ambientes, os usuários são convidados, continuamente, a compartilhar suas opiniões e sentimentos sobre diferentes tópicos de discussão. Consequentemente, uma grande massa de conteúdo opinativo é gerada em tempo real.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ahyas Siss

Ciências Humanas

Educação
  • as comissões de heteroidentificação étnico-racial de autodeclaração no sistema de cotas no acesso às instituições de ensino superior públicas federais: implementação e atuação
  • Essa pesquisa interinstitucional busca dar prosseguimento à linha de investigação que a equipe integrante deste projeto vem desenvolvendo na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) por meio do Opaas (Observatório das Políticas de Ação Afirmativa do Sudeste), na interface dos campos das relações étnico-raciais e da educação, entendendo-se a categoria campo na perspectiva que a ela é dado por Bourdieu, ou seja, como um espaço de disputa onde digladiam diferentes forças e agentes na tentativa de dominá-lo. Objetivamente, estaremos aqui interessados em: a) analisar as políticas de cotas para alunos PPI’s (pretos pardos e indígenas), instituídas pelo Estado brasileiro presentes nas universidades federais parceiras deste projeto e b) os processos de criação, implementação e ação das comissões de heteroidentificação étnico-racial de autodeclaração em tais políticas de cotas étnico-raciais enquanto mecanismo de sua efetivação. Embora a Lei Federal 13.409./2016 ao atualizar a Lei 12.711/2012 inclua nela pessoas com deficiência como beneficiários de tal política, as lentes analíticas deste projeto de pesquisa estarão voltadas especificamente para os alunos PPI’s na sua relação com a ação das comissões de heteroidentificação étnico-racial.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aiala Vieira Amorim

Ciências Agrárias

Agronomia
  • análise integrada da qualidade do solo, fisiologia e pós-colheita de cultivares de abóbora em diferentes manejos agroecológicos
  • A exploração dos ecossistemas naturais, juntamente com o crescimento exponencial da população mundial, que favorece a demanda por novas áreas para agricultura e pecuária, tem desencadeado uma maior quantidade de áreas degradadas no mundo. Um dessas áreas é o bioma Caatinga, o qual vem sofrendo intenso desmatamento em virtude de manejos inadequados. Uma forma de buscar a sustentabilidade agrícola é a realização de cultivos associados à mata nativa, podendo as espécies de cucurbitáceas ser promissoras nesta prática. Neste contexto, o objetivo geral desse projeto será avaliar, de forma integrada, as respostas edáficas, fisiológicas e a qualidade pós-colheita de três variedades de abóbora (Cucurbita moschata) submetidas a diferentes manejos agroecológicos, com vistas à obtenção de subsídios para estabelecimento de um manejo promissor dessa hortaliça em condições de campo. No estudo serão utilizados dois sistemas de cultivo e três cultivares de abóbora, distribuídas em um delineamento de parcelas subdivididas. O experimento será realizado durante três anos sucessivos onde serão avaliados: as condições edáficas (físicas, químicas e biológicas), determinações fisiológicas nas plantas (crescimento e trocas gasosas) e qualidade pós-colheita (características físicas e físico-químicas dos frutos). O estudo será realizado em uma área localizada no município de Acarape, Ceará. Espera-se identificar o melhor manejo agroecológico para o desenvolvimento das cultivares de abóbora, contribuir para a formação de recursos humanos, realizar atividades de integração e publicar os resultados da pesquisa, mediante a elaboração de artigos, monografias, dissertações, palestras e seminários.
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - CE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ailton Reis

Ciências Agrárias

Agronomia
  • diversidade de isolados de pythium obtidos de hortaliças no brasil, gama de hospedeiros e sensibilidade ao fungicida mefenoxam
  • A olericultura representa importante setor da agricultura brasileira, em especial pela relevante participação das hortaliças na alimentação de boa qualidade, geração de empregos e retorno financeiro em pequenas áreas. Apesar de ser um mercado altamente diversificado em termos de produtos, cerca de 12 espécies de olerícolas - entre elas a batata, o tomate, a cebola, a cenoura, a alface, as folhosas da família Brassicaceae e as cucurbitáceas representam mais de 80% do valor total gerado pelos hortigranjeiros. A cadeia produtiva de hortaliças possui vários entraves ao aumento da produção e/ou qualidade do produto em razão principalmente das mudanças climáticas já presenciada nos últimos anos, custo dos insumos e incidência de pragas e doenças. Diversos problemas fitossanitários ainda desafiam e limitam a produtividade e qualidade de diversas culturas, merecendo destaque patógenos habitantes do solo em razão da dificuldade de controle. Dentre esses, os oomicetos compõe um grupo de organismos heterotróficos compreendendo várias espécies fitopatogênicas, principalmente dentro dos gêneros Phytophthora e Pythium. Oomicetos do gênero Pythium estão entre os patógenos mais comumente distribuídos no solo, sendo geralmente polífagos e de rápido desenvolvimento. Estes patógenos causam diversas doenças em hortaliças, sendo as principais o tombamento de mudas e podridões de raiz. A dificuldade de controle destes oomicetos em hortaliças deve-se principalmente à ampla gama de hospedeiras (isto dificulta o emprego de rotação de culturas), à reduzida oferta de fungicidas registrados e o surgimento de populações resistentes aos poucos ingredientes ativos utilizados em seu controle. O principal fungicida utilizado no controle de oomicetos, o mefenoxan, apresenta sítio de ação específico, podendo selecionar indivíduos resistentes. Assim, é importante conhecer a diversidade de espécies de Pythium que atacam hortaliças no Brasil, pois isso implica diretamente na determinação da gama de hospedeiros e a sensibilidade a fungicidas das principais espécies identificadas, visando ter suporte para decidir quais as medidas de manejo a serem implementadas. É importante mencionar que existem poucos grupos de pesquisa trabalhando com oomicetos fitopatogênicos no Brasil. No caso do gênero Pythium, praticamente não existem grupos de pesquisa trabalhando com as espécies fitopatogênicas. Um diferencial deste projeto é que a coleção representativa de isolados já está praticamente montada e o pesquisador coordenador da pesquisa localiza-se no Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, que tem parceiros nas diversas regiões produtoras e ainda recebe amostras de hortaliças, para diagnose de doenças, de todo o Brasil. Estes fatores, aliados a algumas viagens pontuais, são estratégicos para a montagem de uma coleção representativa de isolados de Pythium. O objetivo deste projeto é realizar a caracterização morfológica e molecular de isolados de Pythium provenientes de diversas regiões produtoras de hortaliças do Brasil. A partir dessa caracterização, ter-se-á informação essencial para a proposição de medidas sustentáveis de controle ao se poder determinar a patogenicidade em diferentes espécies olerícolas (manejo cultural) e avaliar a sensibilidade ao fungicida mefenoxam (controle químico).
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aires Jose Rover

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • ferramentas, funcionalidades e procedimentos para um processo eletrônico mais célere
  • Percebe-se atualmente a falta de pesquisa de campo que busque identificar, mensurar e avaliar as peculiaridades da implementação do processo eletrônico e é nesse sentido que este projeto inova, ao contribuir com a verificação empírica, aguçando o debate teórico sobre a lacuna, tanto quantitativa quanto qualitativa, que os relatórios elaborados pelo Conselho Nacional de Justiça (em especial os trazidos pelo Justiça em Números) deixam. É necessário produzir dados por meio de ferramentas objetivas quando se trata de um instrumento com potencial tão grande frente à crise de eficiência que permeia o Poder Judiciário. Em razão disso, este trabalho busca analisar quais as ferramentas, funcionalidades e procedimentos diferenciais nos modelos de processo eletrônico existentes em tribunais eficientes. Para tanto, como problema, considerando a realidade de transição de processos físicos para digitais, questiona-se a possibilidade identificar ferramentas, funcionalidades e procedimentos que contribuem para uma tramitação, utilização e gestão do processo eletrônico mais eficiente. Diante da hipótese principal de que isso é possível, pretende-se, nesse contexto, demonstrar que elas podem ser amplamente utilizadas por todos os tribunais. Desse modo, como objetivo geral, busca-se identificá-las entre os sistemas e tribunais e que tornam mais eficiente a tramitação, utilização, gestão processual, frente à legislação pertinente. Para isso, estabeleceu-se como objetivos específicos: 1) estudar o estado da arte do processo eletrônico, focando na sua eficiência (estabelecendo-se como meta estudar a literatura e legislação brasileira sobre o processo eletrônico, contextualizando-o na busca pela eficiência processual, elaborando pesquisa bibliográfica na linha da eficiência, do uso das tecnologias relativas à celeridade no sistema processual e de qual contexto em que o processo eletrônico está inserido, expondo a dicotomia entre a sua teoria e prática), mostrando, nesse contexto, quais os sistemas de processo eletrônico utilizados nos dezoito tribunais elencados na amostra; 2) identificar os procedimentos mais eficientes de automação de atos processuais (buscando a produção de dados estatísticos acerca do tempo de trâmite processual na amostra, qual seja, em um grupo de processos findos coletados dos tribunais analisados, com os respectivos andamentos e datas dos atos, assim como analisando o tempo economizado com a automação de atos utilizada em cada processo e elaborando um relatório estruturado e comparativo com os dados coletados sobre o tempo de trâmite de autos findo); 3) validar o relatório realizado, verificando a implementação dos resultados através do contato com especialistas (tendo como meta elencar limites e possibilidades práticas dos procedimentos, funcionalidades e ferramentas para a celeridade no processo eletrônico, realizando, para tanto, questionário, a partir do relatório de resultados encontrados no objetivo 2, para ser apresentado a esses expertos, que serão entrevistados, a fim de verificar a possibilidade de implementação de ferramentas mais céleres que o sistema deles não abarque e, após isso, elaborar um relatório, a partir dos resultados das entrevistas e questionários); 4) divulgar e discutir os dados acerca dos procedimentos mais eficientes de automação de atos processuais (fortalecendo as redes de pesquisa empírica sobre o processo eletrônico, enviando e apresentando trabalhos em eventos das áreas de interesse, com trabalhos científicos que discutam os resultados e elaborando, um documento final, consolidando os relatórios parciais realizados e organizando livro com a publicação dos principais resultados encontrados). A metodologia a ser empregada no presente trabalho será empírica, tendo-se a formulação de instrumentos adequados de estudo de campo a partir da leitura do material bibliográfico já desenvolvido acerca de eficiência processual e processo eletrônico. Busca-se a produção de dados acerca da celeridade no processo eletrônico, para que se possa corroborar ou questionar algumas impressões lançadas por pesquisas anteriores na temática, bem como avaliar em que medida se cumprem as expectativas geradas pela legislação processual e pelo desenvolvimento tecnológico. Com relação à amostra a ser analisada, utilizando-se como base o relatório do Justiça em Números (CNJ, 2015), que separa os dados conforme a estrutura do respectivo tribunal para comparar dados entre semelhantes, a seleção dos tribunais se deu pela escolha do primeiro e do último de cada ranking (grande, médio e pequeno portes) dos Tribunais Estaduais, da Justiça do Trabalho e os cinco Tribunais Regionais Federais existentes (estes pelo fato de o Justiça em números não estabelecer dados analíticos relevantes acerca do processo eletrônico na justiça federal). A Justiça Estadual foi escolhida devido à grande demanda por melhorias estruturais ao mesmo tempo em que é a maior estrutura do Judiciário brasileiro. A Justiça do Trabalho, por ser a que mais dispõe de recursos e já há maior tempo se utiliza do processo eletrônico, consta da amostra por se esperar encontrar nela dados de uma realidade já consolidada no que toca ao uso das novas tecnologias no sistema processual. Já a Justiça Federal foi abarcada por ser a que mais investe em Tecnologia da informação, de forma que se pretende averiguar de que maneira tais investimentos se refletem no processo eletrônico. Os tribunais da amostra podem vir a ser substituídos por outros próximos dentro de cada classificação correspondente, caso não se obtenha resposta durante os contatos com especialistas.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Aires Pergentino da Silva

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • 6ª mostra viver ciência
  • A 6ª Mostra Acreana de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação – Viver Ciência é um evento de continuidade das Mostras Viver Ciência, que já pertence ao calendário escolar do Estado do Acre. É organizado pela Secretaria de Estado de Educação e Esportes do Acre, em parceria com outras instituições, que promove a Divulgação Científica, através de um arcabouço de diversas atividades direcionadas a diversidade de público, sendo uma oportunidade para troca de conhecimentos, estímulo à criatividade, valorização da experimentação, da ação investigativa, da atividade inovadora, de trabalhos interdisciplinares e da promoção da iniciação científica. O evento geralmente é realizado no segundo semestre do respectivo ano, na Universidade Federal do Acre - UFAC. A Mostra é uma ação que visa integrar as ações e políticas públicas de promoção da Ciência no Estado do Acre. Prever-se a 6ª Mostra como um reflexo das edições anteriores. A prioridade de atendimento são os alunos das escolas da Educação Básica, em todos os segmentos. A Mostra tem um caráter inclusivo e formativo, sendo composta de atividades, para os mais diversos públicos, como atividades para as crianças, os adultos, pessoas de comunidades rurais, povos indígenas, público Geek, etc. Esta edição trará o diálogo de saberes entre o científico e o cotidiano, sendo composta de uma programação diversificada, com atividades apresentadas de forma lúdica e criativa. Farão parte do evento ações como: oficinas, minicursos, palestras, contação de histórias, exposição de trabalhos científicos, apresentações culturais e sessões no planetário, além da exposição de diversas atividades das instituições parceiras que, certamente, irão despertar o interesse do público infanto-juvenil e adultos pela ciência e tecnologia. A julgar pelos números das últimas edições, esperamos, para 2020, a visita de mais de 36 mil visitantes, atendendo a mais de 140 escolas. E, em termos de produção científica, atendermos a 300 projetos para serem apresentados na Exposição Científica, além de oferecermos um rico menu de atividades que ocorrem, simultaneamente, nos 3 dias de evento a contar com o auxílio dos parceiros.
  • Secretaria de Estado de Educação e Esporte do Estado do Acre - AC - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Airton Cardoso Cançado

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • gestão social e políticas públicas: tics e possibilidades da participação direta
  • O objetivo da proposta é identificar e discutir as possibilidades da Gestão Social mediada pelas Tecnologias da Informação e Comunicação – TICs na participação direta da sociedade no ciclo das políticas públicas. A pesquisa parte da premissa que a sociedade tem o dever e o direito de participar nas escolhas relativas ao seu futuro, no que tange às políticas públicas. A base teórica do trabalho está centrada nos conceitos de Gestão Social e Ciclo das Políticas Públicas, mediados pelas TICs. Gestão Social entendida como a tomada de decisão coletiva e participação direta. Ciclo da Política Pública entendido como o processo de construção da agenda, elaboração da proposta, discussão, escolha dos meios e processos e avaliação. A metodologia da pesquisa tem natureza qualitativa, o método caminha em duas vertentes: a teórica é baseada na análise de conteúdo, a empírica que é a construção e teste de um instrumento de identificação da Gestão Social em organizações baseadas na decisão coletiva. Essas análises têm como pano de fundo a utilização das TICs como mediadoras da participação. Os resultados serão o mapeamento do sentido do conceito de Gestão Social e da utilização de TICs para a participação em contexto nacional e internacional. Como produtos acadêmicos serão elaborados um relatório de estágio pós-doutoral, uma dissertação e artigos. Outro produto será um instrumento testado para a identificação da Gestão Social em Organizações.
  • Universidade Federal do Tocantins - TO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Airton Deppman

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • olimpíadas brasileiras de física 2020
  • Esta proposta tem como finalidade proporcionar o desenvolvimento das atividades programadas para as Olimpíadas Brasileiras de Física (OsBsF),organizadas pela Sociedade Brasileira de Física (SBF) no decorrer do ano de 2020; este programa compreende a Olimpíada Brasileira de Física (OBF)*, destinada a escolas particulares e públicas,e a Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP)** destinada exclusivamente às escolas públicas municipais, estaduais e federais. Ao longo dos anos em que as Olimpíadas de Física (OBF – 21 anos, OBFEP – 09 anos) vêm sendo realizadas em todo o território nacional, estabeleceu-se um formato tanto para as atividades acadêmicas quanto para as atividades de gestão/administração. No que tange a gestão/administração cabe destacar que as Olimpíadas têm cada uma sua coordenação nacional que está sediada na Sociedade Brasileira de Física (campus USP/São Paulo), responsável pelo gerenciamento das atividades administrativas e acadêmicas. Em cada estado da federação um coordenador estadual (professor de Instituição de nível superior) é o responsável pelo desenvolvimento das atividades das Olimpíadas, em nível regional, e a coordenação é sediada numa instituição de ensino superior federal ou estadual. Esta proximidade com a Instituição de Ensino Superior proporciona a efetiva interação entre alunos de graduação, com destaque para os alunos de Licenciaturas, com as diversas atividades das Olimpíadas dentre as quais citamos: i) organização geral do evento, ii) aplicação das provas e iii) correção das provas. Esta participação efetiva dos estudantes é uma parte importante da prática pedagógica. Na OBFEP desde seu início em 2010 e, a partir do ano de 2015, na OBF,resolveu-se adotar a doação do material experimental (kits e roteiros), da fase experimental para as escolas públicas que participaremdas olimpíadas. Isto tem como objetivo auxiliar na formação e interesse pelo estudo da física no ensino médio e fundamental das escolas da rede pública.Criamos também Comitês da OBF, Nacional e Internacional que, juntamente com a Comissão da OBFEP, visam aumentar as interações entre as universidades e escolas de ensino médio, conhecer mais de perto as características do ensino médio em cada uma das 5 regiões do território brasileiro representadas pelo comitê nacional e oferecer treinamentos mais específicos aos alunos selecionados e preparados pelo comitê internacional. Neste ano de 2015 foi o segundo ano do projeto Olimpíadas Brasileiras de Física: OsBsF 2019 onde tivemos um projeto conjunto das duas olimpíadas, OBF e OBFEP. O valor aprovado na chamada CNPq/MCTIC/MEC Nº 20/2018 para OsBsF 2019 foi de 49,1% do valor solicitado. Embora o orçamento solicitado tenha sido delineado para o cumprimento de todas as ações propostas para ano de 2019 dos projetos OBF e OBFEP, estamos tentando cobrir a maior quantidade de ações dentro do projeto aprovado, com cortes onde possíveis. Nesta chamada CNPq/MCTIC/MEC No. .../2019, o projeto OsBsF 2020, considerando que não foi possível em 2019 elaborar kits novos para a parte prática da OBF e a parte prática da OBFEP foi realizada considerando somente análise de dados, ou seja , sem que o estudante pudesse manusear kits o que evidentemente traz prejuízos didáticos - pedagógicos estamos aumentando o valor dos recursos solicitados para que isto não ocorra em 2020.
  • Sociedade Brasileira de Física - SP - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2020
Foto de perfil

Aírton Mendes Conde Júnior

Ciências Biológicas

Morfologia
  • papel de proteinas de proliferação, morte e estrutura celular nas glândulas salivares de camundongos balb/c com leishmaniose visceral
  • O protozoário Leishmania infantum, causador da leishmaniose visceral, se dissemina sistemicamente para propagar-se no macrófago de órgãos internos, principalmente fígado, baço, medula óssea e linfonodos. A leishmaniose está entre as doenças endêmicas negligenciadas prevalentes no Brasil. Diante da importância epidemiológica dos estudos com Leishmania e da necessidade de aprofundar o conhececimento da leishmaniose e sua relação com as glândulas salivares, propõe-se estudar a histologia do parênquima e túbulos das glândulas salivares de camundongos BALB/c experimentalmente infectados com L. infantum chagasi, com enfoque na avaliação da expressão de proteínas de proliferação e morte celular, e matriz extracelular. O projeto encontra-se na fase de apreciação pelo Comissão de Ética do Uso de Animais (CEUA) sob o número de protocolo 506/18. Serão utilizados 64 camundongos isogênicos machos da linhagem BALB/c, provenientes do biotério do Centro Central da Universidade Federal do Piauí/UFPI. Os animais serão divididos aleatoriamente, de forma que haverá a avaliação dos tecidos durante a fase aguda e crônica da doença, concomitantemente aos grupos controles. Após eutanásia dos animais, as glândulas salivares, baço, fígado, linfonodo e medula óssea serão submetidos ao processamento histológico, imunohistoquímica, morfometria e western blotting para a investigação de necrose, expressão de proteínas apoptóticas (Caspase- 3 e Bcl-2), proteínas de proliferação e ativação do ciclo celular (PCNA e Ki-67), e proteínas da matriz extracelular (Colágeno I e clágeno III). Acredita-se na contribuição e ampliação do conhecimento na caracterização da morfofisiologia de glândulas salivares em camundongos BALB/c experimentalmente infectados com leishmaniose visceral, nas diferentes fases de infecção.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Airton Torres Carvalho

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • pragas em abelhas: procurando por doenças e entendendo a química da interação entre meliponini e phoridae
  • Compreender a dinâmica da ocorrência de pragas e doenças em colônias de abelhas sem ferrão é fundamental para o futuro da meliponicultura e para a conservação das espécies. O presente projeto objetiva estudar dois importantes aspectos que limitam a produtividade dessa atividade, que apresenta grande importância ecológica e econômica. Estudaremos a ecologia química da interação entre o principal parasita em Meliponini, a mosca Pseudohypocera kerteszi (Diptera, Phoriade), buscando descobrir quais as pistas químicas utilizadas pelas moscas para encontrar seus hospedeiros. Além de parasitarem os ninhos das abelhas sem ferrão, as moscas são potenciais transmissoras de microrganismos patogênicos. Ainda, é possível que a microbiota das abelhas seja protagonista na produção dos compostos químicos utilizados pelas moscas para encontrar os ninhos. Desta forma, utilizaremos também uma abordagem metagenômica para caracterizar a microbiota em três importantes espécies do gênero Melipona (Apidae, Meliponini) ao logo de um amplo gradiente geográfico, comparando regiões de ocorrência natural das espécies e áreas para onde os ninhos foram translocados, bem como colônias em condições naturais e manejadas. Esperamos descobrir quais substâncias voláteis são utilizadas pelas moscas para encontrar os ninhos no intuito de desenvolver uma armadilha externa ao ninho e que possa controlar as infestações de forideos. Paralelamente, a caracterização da microbiota permitirá identificar microrganismos patogênicos a fim de subsidiar ações de controle e combate a doenças.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/07/2018-31/07/2021
Foto de perfil

Alaim Souza Neto

Ciências Humanas

Educação
  • educação escolar, currículo e tecnologias: análise de infraestrutura, formação docente e aspectos didático-pedagógico-curriculares sobre o uso de tecnologias digitais na escola.
  • Este projeto está inserido como uma das ações de nosso grupo de pesquisa registrado junt6o ao CNPQ: Observatório de Práticas Curriculares. Assim, este projeto tem por objetivo investigar os usos pedagógicos de tecnologias digitais contemporâneas (computadores, tablets, celulares, etc.) em escolas públicas da rede estadual de ensino localizadas no município de Blumenau, estado de Santa Catarina, atentando, sobretudo, para elementos didáticos e pedagógicos que revelem elementos de possíveis mudanças curriculares durante os processos de ensino e de aprendizagem no ensino de Matemática e Química, relacionando os campos da Educação, Currículo e Tecnologias. Como ênfase teórica, tem-se diferentes interfaces entre os campos do Currículo, Formação de Professores e Políticas Educacionais, além de outras linhas de atuação teórica, como cultura escolar, práticas pedagógicas, etc. No campo macro, pretende-se realizar um mapeamento social das políticas que contemplam os usos de Tecnologias Digitais - TD na escola, juntamente com um mapeamento da situação de escolas públicas blumenauenses no que diz respeito à infraestrutura tecnológica, formação docente e práticas curriculares com o uso dessas TD. Com base nesse diagnóstico, almeja-se realizar um estudo qualitativo em escolas, objetivando investigar em que medida, possíveis mudanças curriculares, especialmente, vinculadas aos processos de seleção, organização, difusão e socialização do conhecimento escolar (conteúdos escolares), podem ser identificadas no cotidiano das escolas selecionadas a partir dos usos das TD e quais dessas relações são possíveis configurá-las como inovadoras à aprendizagem dos alunos. Como base de dados, pretende-se trabalhar com as informações disponibilizadas nos resultados do Censo Escolar e INEP, bem como dados dos questionários, entrevistas e, se possível, observações de práticas pedagógicas, todos estes em relações estreita com disciplinas que ministramos nos cursos de Licenciatura em Química e Matemática, a saber: Didática; Organização Escolar; e, Educação, Ciência e Tecnologias. Almeja-se, ainda, criar redes de pesquisa com outras instituições, inclusive Universidades e grupos de pesquisa já constituídos, a fim de estabelecer interlocução com a rede pública de educação básica na cidade de Blumenau, contribuindo com a formação inicial e continuada de professores. Por fim, pretende-se contribuir com a consolidação da implantação da UFSC Blumenau, sobretudo dos cursos de formação de professores para as áreas de Química e Matemática, bem como estimular e promover parcerias nacionais e internacionais em torno dessa temática, como meio de criação de novos espaços de pesquisa.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alair Ferreira de Freitas

Ciências Humanas

Sociologia
  • caderneta agroecológica: construindo a autonomia econômica das agricultoras agroecológicas em viçosa/mg
  • O objetivo desse projeto é implementar a Caderneta Agroecológica a mulheres agricultoras rurais e urbanas, promovendo seu empoderamento e autonomia econômica por meio do monitoramento, qualificação e diversificação da produção agroecológica e pela organização econômica no município de Viçosa/MG. A Caderneta Agroecológica é uma tecnologia social criada para auxiliar na administração da produção das agricultoras e organização de suas práticas econômicas, desvelando a densidade de sua vida econômica. Para alcançar esse objetivo, a equipe multidisciplinar do projeto é integrada por professores doutores da UFV e colaboradores de instituições parceiras, ligadas ao tema e ao território priorizado e com larga experiência em criação, replicação e avaliação de tecnologias sociais, especialmente relacionadas a agricultura familiar. O projeto integra o objetivo de “alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas” dentro da Agenda 2030 da ONU e espera resultar na melhoria da renda proveniente das mulheres, na segurança e soberania alimentar e nutricional para a família e protagonismo das mulheres em seus agroecossistemas.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 01/12/2018-31/05/2020
Foto de perfil

Alair Ferreira de Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • impactos e desafios das cooperativas no abastecimento do mercado institucional de alimentos nos grandes centros urbanos em minas gerais
  • O objetivo geral deste projeto é identificar e analisar os impactos e desafios das cooperativas no abastecimento do mercado institucional de alimentos (PAA e PNAE) nos principais centros urbanos de Minas Gerais. Este objetivo emerge da necessidade de se ampliar os conhecimentos sobre o papel que as cooperativas exercem nesse mercado e como elas impactam no abastecimento alimentar das cidades de maior demanda por alimentos nas diferentes regiões do estado, bem como as limitações encontradas para ampliar sua participação. Verificou-se que, apesar da grande relevância desse tema hoje, com segurança alimentar e nutricional e combate a pobreza e a fome sendo alçados à Objetivos do Desenvolvimento Sustentável pela ONU e o Brasil referência mundial na criação de mercados institucionais para fortalecer agricultura familiar, pouco se conhece a este respeito e ainda há muito que avançar na integração do cooperativismo com os mercados institucionais de alimentos nos centros urbanos. Para realizar essa pesquisa utiliza-se abordagem quali-quantitativa e caráter descritivo e propõe-se realizar um estudo multicasos em 5 cidades mineira de grande porte, a saber: Belo Horizonte, Uberlândia, Juiz de Fora, Montes Claros e Governador Valadares. Para tanto, será elaborado um roteiro de entrevistas semiestruturada, focando influências das cooperativas no mercado institucional de alimentos, sua importância nessa rede e os principais desafios e entraves enfrentados por elas nesse processo, e um Survey que vai possibilitar a captação da rede em que as cooperativas estão inseridas, revelando o papel, a centralidade e o poder dessas cooperativas nas redes de mercado de alimentos em Minas Gerais. Espera-se que os resultados possibilitem uma atualização do estado da arte no que se refere às politicas públicas de aquisição de alimentos e a participação das cooperativas no abastecimento alimentar em grandes centros brasileiros bem como a utilização da análise de redes sociais (ARS) para estudos dessa natureza. Também se espera que os resultados possam impactar em mudanças no modus operandi da gestão das políticas de compra institucional nos centros urbanos para adequar às demandas e limitações das cooperativas, bem como garantir a ampliação de produtos fornecidos pela agricultura familiar a estes centros. Além disso, que as organizações cooperativas possam se apropriar dos resultados para alterarem rotinas administrativas, modelos de governança e estratégias corporativas para fortalecerem suas posições na rede dessas políticas e romperem com certas limitações que restringem seu protagonismo. Em termos gerais, espera-se que esse projeto consiga dar visibilidade ao papel central que o cooperativismo assume, e precisa assumir mais, na promoção da segurança alimentar e nutricional em Minas Gerais e no Brasil.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Alam Gustavo Trovó

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • avaliação da degradação e toxicidade de contaminantes de interesse emergente e de seus produtos de transformação em matrizes ambientais durante processo foto-fenton modificado em condições próximas à neutralidade
  • A partir da década de 90, após avanços nas técnicas analíticas hifenadas (cromatografia líquida de alta eficiência acoplada à espectrometria de massas), tem sido possível detectar e quantificar a presença de uma nova classe de compostos conhecidos como contaminantes de interesse emergente. Fazem parte dessa classe hormônios, produtos cosméticos e de higiene pessoal, surfactantes, pesticidas, fármacos, dentre outros. Esses compostos estão presentes em matrizes ambientais como águas superficiais e efluentes de estações de tratamento de esgoto, em níveis de concentrações de ng a µg L-1 e, tem sido um dos maiores desafios na área de tratamento de água e efluentes, visto que muito deles não são legislados e a sua presença em ambientes aquáticos contribui para o desencadeamento de efeitos deletérios em humanos e animais. Uma estratégia para contornar esse problema é utilizar o processo de oxidação avançada, foto-Fenton, o qual é eficiente para a degradação de compostos tóxicos e recalcitrantes aos processos biológicos e convencionais. Vários estudos foram feitos aplicando o processo foto-Fenton para a degradação desses contaminantes em água destilada, utilizando concentrações dos compostos-alvo da ordem de mg L–1 e pH próximo de 3, sob radiação artificial, condições completamente diferentes das matrizes ambientais. Neste contexto, nesse estudo será avaliado o uso de diferentes ligantes orgânicos para tornar possível a degradação dos contaminantes de interesse emergente, em concentrações da ordem de µg L–1, pelo processo foto-Fenton em meio próximo da neutralidade, proporcionada pela formação de complexos solúveis de ferro e facilmente fotolisados, atribuído principalmente ao tipo de ligante, condições operacionais e fonte de radiação. A possibilidade de utilizar luz solar como fonte de radiação, contribuirá no desenvolvimento e viabilidade de tecnologias sustentáveis para uso em remediação ambiental. Diferentes parâmetros operacionais serão avaliados, tais como: tipo do ligante orgânico, reposição do ligante, concentração dos complexos de ferro e H2O2, composição das matrizes aquosas, pH e fontes de radiação. A eficiência do processo será baseada na degradação dos compostos-alvo, monitorada pelo decaimento da concentração desses contaminantes por cromatografia líquida de alta eficiência com detecção por arranjo de diodos. Além disso, será baseada no consumo de H2O2, concentração de ferro, pH, toxicidade aguda para a bactéria Vibrio fischeri e biodegradabilidade. Os produtos de transformação serão identificados com a finalidade de propor um mecanismo de degradação, bem como associar com o aumento e/ou redução da toxicidade. O conhecimento dos efeitos tóxicos e persistência dos contaminantes de interesse emergente, assim como de seus subprodutos, permitirá fazer uma correta avaliação dos riscos e impactos ambientais provocados por eles. Assim, a execução desse projeto visa responder aos seguintes questionamentos: Complexos orgânicos de ferro viabilizam a aplicação do processo foto-Fenton em meio próximo da neutralidade para a degradação de contaminantes de interesse emergente presentes em matrizes ambientais? Qual é o melhor ligante orgânico, condição operacional, fonte de radiação e o perfil da toxicidade e biodegradabilidade dos compostos-alvo e de produtos de transformação gerados durante o tratamento?
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alan Alves Brito

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • bandas moleculares de cn e ch como traçadoras da evolução química de estrelas gigantes em aglomerados abertos da galáxia.
  • Aglomerados abertos galácticos (GOCs) são, talvez, os únicos sistemas estelares que ainda podemos chamar população estelar simples. Enquanto múltiplas populações estelares (MPs) foram encontrados na maioria dos aglomerados globulares (GCs), a extensão das MPs em GOCs (se alguma) é ainda amplamente discutido na literatura. É a massa total de um aglomerado o principal parâmetro para determinar o fenômeno MPs? Existem variações de CN e CH em estrelas individuais de GOCs, tal como têm sido amplamente detectadas em GCs? O presente projeto objetiva abordar as questões acima referidas usando espectros Goodman de baixa resolução no SOAR. Nós vamos caracterizar um número estatisticamente significativo de estrelas gigantes (ou candidatas) em uma amostra selecionada de GOCs. Pretendemos (i) aumentar o número de GOCs que foram espectroscopicamente pesquisados ​​até o momento; (ii) calcular velocidades radiais e, consequentemente, probabilidade de pertinência das estrelas; (iii) compreender a distribuição química (bandas de CN e CH) das estrelas gigantes, e (iv) impor vínculos observacionais importantes sobre a massa mais baixa (se houver) necessária para começar a contribuir para a formação de aglomerados com MPs.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Alan Barros de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • dessalinização de água por meio de nanotubos deformados na presença de campo elétrico: simulações de dinâmica molecular
  • Resumo O crescimento alarmante da relação demanda/oferta de água potável é preocupante atualmente. Processos de purificação da água são incansavelmente investigados a fim de se obter um meio eficiente para isso. Uma alternativa promissora é a dessalinização da água do mar. Contudo, os processos para tanto ainda são muito caros e pouco eficientes. Com o advento das nanoestruturas, tais como o grafeno, nanotubos, fulerenos, dentre outros, filtragem da água usando estas estruturas têm dado resultados promissores. Claramente, ainda há muito a ser feito, principalmente pelo fato de o estudo da água em meios confinados não ser uma tarefa simples. Montagens experimentais refinadas ou modelos computacionais complicados são necessários para isso. Cálculos analíticos são definitivamente inviáveis. Neste projeto, nos propomos a desenvolver um modelo computacional simples e barato para o estudo do transporte e separação água-soluto através de nanoestruturas. Este trabalho é importante pois problemas maiores (em tempo e tamanho) podem ser atacados. Além disso, a física por trás dos fenômenos fica mais evidente quando modelos simples são utilizados.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alan Ferreira de Freitas

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • o cooperativismo mineral em minas gerais: dos modelos organizacionais aos desafios gerenciais
  • Datada como uma das atividades econômicas mais antigas desde o período colonial no Brasil, a mineração sempre esteve presente no curso da história do Brasil. A partir de 1988, o Estado Brasileiro, através da Constituição Federal, priorizou a autorização ou concessão para pesquisa e lavra dos recursos e jazidas de minerais garimpáveis, para grupos que estivessem organizados em cooperativas, evidenciado especificamente nos Art. 21 e 174, notadamente os parágrafos § 3º e 4º. Estudos como os de Bitencourt (2008, 2009), Lima (2004), Forte (1994), Barreto (2008), Freitas et. al. (2011) e Freitas, Freitas e Macedo (2016) apontaram que esta especificação induziu a constituição de inúmeras cooperativas no Brasil. No entanto estudos apontam que a constituição, em muitos casos, pode estar acontecendo apenas para acessar as concessões de lavra, e leva o cooperativismo na mineração a enfrentar sérias dificuldades em se consolidar. Apesar de estes estudos tratarem de organizações coletivas na mineração o ramo mineral do cooperativismo é abordado de forma muito tangencial no meio acadêmico e também por agências de fomento. Estes estudos apontam a necessidade de evidenciar as realidades sociais, econômicas e organizacionais desse tipo de cooperativa. É este hiato que a presente proposta de pesquisa visa preencher. O objeto é analisar os modelos organizacionais prevalecentes no cooperativismo mineral do estado de Minas Gerais, identificando os elementos que determinam as formas de governança das cooperativas, estruturadas a partir da gestão social, da gestão econômica, e da gestão ambiental. O único ramo do cooperativismo onde a gestão ambiental é integrada ao modelo gerencial. Metodologicamente, a proposta fará a análise das 15 cooperativas do ramo mineral que constam como ativas no estado de Minas Gerais, sejam elas ligadas a Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (OCEMG), ou não. Como resultante desta análise, espera-se conhecer melhor as estruturas e modelos gerenciais bem como os desafios enfrentados por essas organizações. Com isso, espera-se contribuir com o ensino do cooperativismo mineral nas universidades, bem como a contribuição na a apresentação da leitura da realidade e de pontos de reflexão para melhoria da governança desta tipologia cooperativa. Para órgãos de apoio como SESCOOP e outros, o estudo das cooperativas na mineração pode apontar elementos importantes para desencadear ações, projetos e programas específicos para o setor
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Alan Grupioni Lourenco

Ciências da Saúde

Odontologia
  • determinação do perfil de expressão e de intervalos de referência de biomarcadores salivares em indivíduos periodontalmente saudáveis e em indivíduos com periodontite crônica
  • Diversos estudos têm buscado biomarcadores salivares a fim de prever, diagnosticar e monitorar a periodontite crônica (PC). Infelizmente, o uso de biomarcadores ainda não é uma realidade clínica, devido as grandes variações que as citocinas salivares sofrem, principalmente, em decorrência do constante desafio proporcionado por agentes patógenos diários e complexidade da resposta do hospedeiro. Este projeto de pesquisa objetiva avaliar a curva de expressão e o estabelecimento de intervalos de referência da IL-1β, IL-6, IL-8 e TNF-α em indivíduos periodontalmente saudáveis e em indivíduos com PC. Vale ressaltar que numerosos trabalhos apresentam essas citocinas como candidatas à biomarcadoras da PC. Para o desenvolvimento desse trabalho, avaliaremos os níveis salivares dessas citocinas em seis ocasiões durante um período de 15 dias. Farão parte do estudo, 15 homens e 15 mulheres periodontalmente saudáveis (Grupo 1) e 15 homens e 15 mulheres com PC (Grupo 2). Os participantes serão convidados a fazerem o seguinte protocolo de coleta: Tempo 1: primeira coleta será realizada, por volta das 8 horas, em jejum e na ausência de escovação dentária matutina. Após a primeira coleta os participantes farão a escovação dentária. A segunda coleta será realizada, ainda em jejum, após 1 hora da escovação, por volta das 9 horas. Após a segunda coleta os participantes farão o desjejum. Terceira coleta será realizada 2 horas após o desjejum, por volta das 11 horas. Tempo 2: Quinze dias após o tempo 1, os participantes serão convidados a realizarem novamente as mesmas coletas de saliva, utilizando a mesma metodologia. Os níveis salivares das diferentes citocinas serão determinados por ELISA. Pretendemos com essas diferentes coletas compreender o máximo de variáveis dentro do período mais utilizado por diversos trabalhos que coletam saliva para suas análises, ou seja, entre 8 e 12 horas. Através do coeficiente de correlação intraclasse, das análises das variâncias e concordâncias das diferentes mensurações das citocinas salivares avaliadas pelo método de Bland-Altman entre os dois grupos, pretendemos estabelecer intervalos de referência para as citocinas estudas, assim como verificar suas potencias confiabilidades e aplicabilidades como biomarcadoras da PC.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022