Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ary Gadelha de Alencar Araripe Neto

Ciências da Saúde

Medicina
  • investigação da associação entre a atividade enzimática da oligopeptidase ndel1 no plasma e alterações na conectividade funcional do cérebro de portadores de esquizofrenia
  • Introdução: A esquizofrenia (SCZ) é uma doença do neurodesenvolvimento em que fatores genéticos e ambientais interagem produzindo um cérebro alterado estrutural e funcionalmente. Uma das principais teorias que explicam o resultado da alteração neurodesenvolvimental é a desconexão no funcionamento coordenado do cérebro em portadores de esquizofrenia. As evidências disponíveis sugerem que essa desconexão é melhor explicada em termos funcionais, de efetividade conectiva, do que em termos anatômicos e mais evidente em termos globais, em medidas que investigam o cérebro como um todo, do que na avaliação isolada de regiões ou redes corticais específicas. A Ndel1 (Nuclear-distribution element-like 1) é uma oligopeptidase envolvida no processo de desenvolvimento cerebral durante a embriogênese e foi associada à patofisiologia dos transtornos mentais devido à sua interação com o produto de um gene de risco para a esquizofrenia, denominado de Disrupted in Schizophrenia 1 (DISC1). As ações da Ndel1 parecem depender tanto da sua capacidade de ligar-se à DISC1 com da sua atividade enzimática, um aspecto não avaliado em estudos realizados anteriormente em pacientes com SCZ. Realizamos um primeiro estudo comparando a atividade enzimática em pacientes e controles e encontramos uma redução significativa da medida no plasma de portadores de esquizofrenia. Posteriormente, um estudo de varredura genômica nos permitiu identificar que genes relacionados ao desenvolvimento cerebral, à plasticidade sináptica e à resposta imune estão relacionados com a medida da atividade enzimática da Ndel1 no plasma de pacientes SCZ e controles. Mais recentemente, resultados preliminares, ainda não publicados, mostraram um correlação direta significativa entre a atividade da Ndel1 e volume de substância cinzenta subcortical em pacientes, mas não em controles e não restrita a nenhuma estrutura subcortical isolada. Com base nesses achados e considerando que a atividade da Ndel1 se mostrou especialmente importante para a neuritogênese e possivelmente também para a migração neuronal, processos estes que podem gerar alterações estruturais sutis, mas com importantes repercussões funcionais, hipotetizamos que a atividade enzimática da Ndel1 em portadores de esquizofrenia possa estar mais diretamente associada a alterações descritas de conectividade funcional. A teoria de grafos é uma abordagem estatística comumente utilizada para avaliar conectividade funcional em redes compostas por regiões cerebrais. A eficiência global é uma medida derivada da teoria de grafos que avalia a capacidade geral de transferência de informações em paralelo e o processamento integrado de uma determinada rede. A eficiência global aumenta durante o desenvolvimento cerebral, sobretudo em regiões associativas, consistentemente associadas à SCZ, e estudos anteriores demonstraram que a eficiência global está reduzida em pacientes com SCZ. Objetivo Principal: Investigar a associação entre a atividade enzimática da Ndel1 no plasma e uma medida de conectividade funcional no cérebro, a eficiência global, em pacientes com SCZ e em controles saudáveis. Objetivo secundário: Comparar a associação da atividade enzimática da Ndel1 com medidas volumétricas, integridade dos feixes de substância branca e de conectividade funcional. Métodos: Estudo de corte transversal, comparando 50 pacientes com SCZ e 50 controles saudáveis, com idade entre 18 e 35 anos de idade. O diagnóstico psiquiátrico será avaliado pela SCID-I e a avaliação dimensional dos sintomas nos pacientes com SCZ será realizada pela PANSS. A medida da atividade enzimática da Ndel1 será determinada através de ensaio fluorimétrico em plasma de sangue venoso periférico, usando o substrato Abz-GFSPFRQ-EDDnp. As sequências volumétricas, as imagens dos Tensores de Difusão (DTI) e a conectividade funcional em estado de repouso (resting state) serão adquiridas em um aparelho de RM de 3T (Phillips Achieva) na UNIFESP/EPM. Uma rede do cérebro inteiro (whole brain network) será gerada usando o sinal Bold captado durante a aquisição em estado de repouso. A partir dessa rede serão geradas medidas de conexão por análise de grafo. As imagens volumétricas serão processadas no software Freesurfer a partir do qual medidas de volume corticais e subcorticais serão extraídas. As imagens de DTI serão processadas utilizando o software Tract-based Spatial Statistics (TBSS) para extração das médias de anisotropia fracionada (FA), difusividade média (MD), difusividade radial e axial dos principais tratos de substância branca . Resultados Esperados/Inovação: Esse projeto é uma continuidade de uma linha de pesquisa inovadora iniciada com a Profa. Mirian Hayashi (UNIFESP/EPM), e que já resultou no depósito de uma patente (PCT/BR2011/000417) e na minha tese de doutorado que recebeu o prêmio CAPES 2015 de melhor tese na área Medicina II. Avançar na compreensão da associação entre a atividade enzimática da Ndel1 e esquizofrenia possivelmente permitirá entender melhor a relação entre processos ligados ao neurodesenvolvimento e as alterações no cérebro adulto encontradas na esquizofrenia. Nenhum estudou publicado investigou até o momento essa associação (Ndel1 e conectividade funcional). Os resultados obtidos, confirmando ou negando a hipótese, serão importantes para definir os próximos passos nessa linha de investigação como realizar estudos de seguimento ou avaliar pacientes em estágios precoces da doença. Secundariamente, outros benefícios serão gerados por esta proposta: 1) Montagem do banco de imagens de pacientes com SCZ adquiridos em aparelho de RM de 3T, possibilitando a integração mais efetiva com consórcios internacionais de imagem em SCZ; 2) Aprimoramento do uso de ferramentas de análise de grafos aplicadas à imagem.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ary José Rocco Júnior

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • modelos de gestão e design organizacional das entidades esportivas: análise e proposta para clubes brasileiros de futebol
  • Os clubes brasileiros de futebol, em sua maioria entidades associativas de direito privado sem fins lucrativos, estão enfrentando graves problemas de competitividade esportiva e mercadológica em um contexto do esporte cada vez mais globalizado. As entidades esportivas brasileiras, ainda pouco profissionais, são obrigadas a conviver e disputar mercado com verdadeiros conglomerados multinacionais do esporte. Diante deste cenário, discutir o Modelo de Gestão e o Design Organizacional destas entidades tornou-se imperativo. A estrutura organizacional define como as tarefas são formalmente distribuídas, agrupadas e coordenadas; cada empresa adota o melhor modelo para sua organização segundo suas estratégias. O objetivo deste Projeto de Pesquisa e levantar e analisar o Design Organizacional e o Modelo de Gestão de todos os clubes de futebol que disputam campeonatos oficiais organizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). É nossa intenção identificar um modelo próprio brasileiro e propor alterações em busca de uma maior competitividade mercadológica e esportiva no contexto mundial do esporte.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ary Serpa Neto

Ciências da Saúde

Medicina
  • ventilação protetora com nível elevado versus baixo de peep durante anestesia geral para cirurgia em pacientes obesos – o trial randomizado controlado probese.
  • A insuficiência respiratória aguda no período pós-operatório, especialmente após a cirurgia sob anestesia geral, contribui para a morbidade e mortalidade de pacientes cirúrgicos. Anestesiologistas utilizam a pressão positiva ao final da expiração (PEEP), com ou sem manobras de recrutamento, com objetivo de melhorar a oxigenação e proteger o paciente das complicações pulmonares pós-operatórias (CPP). Além disso, em pacientes obesos, os anestesiologistas tendem a usar PEEP mais elevado do que em pacientes não-obesos. Embora seja incerto se uma estratégia que utiliza níveis mais elevados de PEEP com manobras de recrutamento verdadeiramente impede as CPPs, o uso de níveis mais elevados de PEEP com manobras de recrutamento poderia comprometer a hemodinâmica no intra-operatório.
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ary Serpa Neto

Ciências da Saúde

Medicina
  • ventilação protetora com peep alto versus baixo durante ventilação monopulmonar para cirurgia torácica – prothor: estudo controlado randomizado
  • As complicações pulmonares no pós-operatório (CPP_, especialmente após a cirurgia sob anestesia geral, contribui para a morbidade e mortalidade de pacientes cirúrgicos. Anestesiologistas utilizam a pressão positiva ao final da expiração (PEEP), com ou sem manobras de recrutamento, com objetivo de melhorar a oxigenação e proteger o paciente das CPP. A ventilação monopulmonar (OLV) mantendo o pulmão contra-lateral em repouso pode ser necessária para permitir ou facilitar a cirurgia torácica. Entretanto, a OLV pode resultar em hipoxemia grave, necessitando de pronta abordagem para manter adequada troca gasosa, enquanto se protege os pulmões contra as CPP. Durante a OLV, o uso de baixo volume corrente é útil para se evitar a hiperdistensão alveolar, entretanto, esta estratégia pode levar a atelectasia e a abertura e fechamento cíclico dos alvéolos, especialmente quando utilizado baixos níveis de PEEP. O impacto clínico do uso de níveis mais altos de PEEP para prevenir a formação de atelectasia no intra-operatório durante a OLV é desconhecido.
  • Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Askery Alexandre Canabarro Barbosa da Silva

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • sistemas complexos com retardo
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Astolfo Gomes de Mello Araujo

Ciências Humanas

Arqueologia
  • arqueologia itararé-taquara no extremo sul de sp: investigação das relações cronoculturais entre abrigos rochosos, estruturas subterrâneas e montículos de terra na região de itapeva.
  • Esta pesquisa visa estudar a relação entre a ocupação de um abrigo rochoso, estruturas subterrâneas e montículos de terra relacionados à Tradição Itararé-Taquara na região sul do Estado de São Paulo.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Astrogildo Fernandes da Silva Júnior

Ciências Humanas

Educação
  • ensinar e aprender história: um estudo em escolas localizadas no meio rural do município de ituiutaba, mg, brasil.
  • Este projeto de pesquisa tem como temática o processo de ensino e aprendizagem em História efetivado em escolas localizadas no meio rural do município de Ituiutaba, MG, Brasil. Busca respostas para os seguintes questionamentos: como os professores de História que atuam em escolas localizadas no meio rural do município de Ituiutaba, MG, Brasil ensinam História? Como as crianças e jovens que estudam nessas escolas aprendem História? Os professores consideram as especificidades do espaço rural? Os estudantes apropriam dos saberes históricos? Inicialmente propõe aprofundar os estudos sobre a história da educação no meio rural brasileiro e sobre a proposta do paradigma da Educação do Campo. O desenvolvimento da pesquisa acontecerá em cinco fases distintas: análise de documentos disponibilizados nas Secretaria de Educação do Município de Ituiutaba, buscando analisar o movimento histórico da educação efetivada no meio rural, especificamente o processo de municipalização e nucleação das escolas; Pesquisa sobre o Estado da Arte mapeando a produção acadêmica que aborda a temática (Educação Rural; Educação do Campo), dando ênfase nas pesquisas realizadas nas IES mineiras; Observação do espaço escolar, de forma mais específica nas aulas de História; Entrevista com professores de História e estudantes; Produção, desenvolvimento e análise dos materiais didáticos trabalhados com os estudantes de escolas localizadas no meio rural do município de Ituiutaba, MG, Brasil. Perpassará todas as fases a revisão bibliográfica acerca da educação no meio rural, ensino de História e formação de professores. O olhar sobre as escolas rurais do município de Ituiutaba, MG, Brasil bem como a análise dos documentos procura relacionar o local com o nacional. Acredita-se que as características das escolas rurais do município pesquisado, por um lado, dialoga com o que acontece no meio brasileiro, por outro, possui suas especificidades. O desenvolvimento da pesquisa permitirá reconhecer as especificidades de ensinar e aprender História em escolas localizadas no meio rural. Dessa forma a história em situação escolar não se limitará em elaborar produtos que não respondam a contextos e necessidades sociais e produtos obsoletos, descontextualizados que não tenham nenhum uso nem valor social. Pode contribuir para um ensino de História que tenha relação com a vida prática dos estudantes.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Ataís Bacchi

Ciências da Saúde

Odontologia
  • resistência de união à dentina e características da interface de sistemas para cimentação adesiva
  • O objetivo neste estudo in vitro será avaliar a resistência de união à dentina por microcisalhamento (RU) de diferentes técnicas de cimentação adesiva e correlacionar com o grau de conversão na camada híbrida (GC), espessura da camada híbrida (CH) e nano infiltração de nitrato de prata (NI). Para isso, serão utilizados dentes bovinos para obtenção de blocos de dentina medindo 5 x 5 x 2 mm. Os blocos serão aleatoriamente separados em seis grupos (n=15), conforme a técnica de cimentação utilizada, sendo: 1) adesivo convencional de três passos e cimento resinoso de dupla ativação; 2) adesivo autocondicionante de frasco único e cimento resinoso de dupla ativação; 3) cimento autoadesivo; 4) adesivo autocondicionante de dois frascos e cimento resinoso de dupla ativação; 5) primer autoadesivo e cimento resinoso de dupla ativação somente fotoativado; 6) Cimentação utilizando primer autoadesivo e cimento resinoso de dupla ativação com aplicação de Oxyguard II (Panavia F2.0), para polimerização apenas química. A aplicação dos materiais de cimentação será realizada com o auxílio de cilindros plásticos de 0,8 mm de diâmetro para a técnica do microcisalhamento. As amostras resultantes de cada técnica adesiva serão separadas em três subgrupos (n=5) para serem submetidas à ciclagem térmica, envelhecimento químico ou armazenagem em água (controle). RU será avaliada na máquina de ensaios universal; padrão de fratura será avaliado em microscópio óptico. Análises complementares da interface adesiva serão realizadas em palitos (1 mm2): GC, em espectrofotômetro micro-raman; CH e NI, em microscopia eletrônica de varredura. Os resultados serão submetidos às análises estatísticas pertinentes, com significância de α = 0,05.
  • Fundação Meridional - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Atslands Rego da Rocha

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • smart&green: um arcabouço de internet das coisas para agricultura inteligente
  • O Brasil é um dos principais produtores e fornecedores mundiais de alimentos. Um dos desafios na agricultura no Brasil é o atendimento à crescente demanda por alimentos devido ao aumento e envelhecimento da população e à migração rural-urbana (menos de 10% da população viverá no campo em duas décadas). Tais tendências demográficas afetarão diretamente os sistemas de produção agrícolas, que precisarão ser mais automatizados para aumentar a produtividade. Entretanto, o desenvolvimento da agricultura deve ocorrer nas dimensões de sustentabilidade (social, técnico-econômica, e ambiental), que conta com interconexões indissociáveis como entre a água e os alimentos. A agricultura irrigada já é o setor que mais consome água no país. Cerca de 70% da disponibilidade hídrica total no Brasil é destinada a atividades de irrigação. Portanto, a valorização da água como um bem finito é latente no manejo de irrigação. A agricultura de precisão (conhecida também como agricultura inteligente) é um exemplo de domínio de aplicação que pode ser beneficiado com a internet das coisas (do inglês, Internet of Things - IoT). Em geral, na perspectiva da agricultura de precisão, a IoT é voltada a favorecer a automação dos processos e as tomadas de decisão. A internet das coisas possibilita que objetos do mundo real sejam conectados na internet e se comuniquem entre si de forma autônoma, com o intuito de prover serviços para pessoas e coisas. A previsão é que, até 2020, cerca de vinte bilhões de objetos de nosso cotidiano estejam conectados à internet. Parte das tecnologias usadas como infraestrutura da internet das coisas é a das redes de sensores e atuadores sem fio, em que nós de sensoriamento (e atuação) são conectados através de redes sem fio para finalidades diversas. Com o advento da internet das coisas é possível o uso de sensores em praticamente quaisquer tipos de objetos, alterando a forma de obtenção e consumo de dados, produtos, serviços e processos. Com o advento da internet das coisas, os campos agrícolas podem ser conectados à internet, permitindo um monitoramento em tempo real dos dados. Dessa forma, a internet das coisas pode prover conexões entre pessoas e culturas, independente das suas posições geográficas. Através da agricultura de precisão, o uso de recursos como pesticidas, fertilizantes e água pode ser otimizado. O uso da IoT possibilita a obtenção de informações sobre variações na umidade do solo ao longo do campo, que possa alterar a necessidade hídrica da área irrigada. Essa informação pode dar suporte para tomada de decisões do manejo de irrigação, como a quantidade de água necessária, evitando danos às culturas e desperdício de água, ou a seleção apropriada do tipo de técnica de irrigação. A concepção de arcabouços, sistemas e aplicações de internet das coisas não são atividades triviais. O advento da IoT promete conectar de forma ubíqua uma enorme quantidade de objetos inteligentes e a configuração dos sensores associados a esses objetos deve ser automática para as aplicações, de modo que eles se adaptem às mudanças do ambiente, em que uma mínima (ou nenhuma) intervenção humana é desejada. Além disso, objetos inteligentes possuem o requisito desafiador de eficiência energética, seja para que a troca ou a recarga de baterias sejam prolongadas ou para a economia do recurso de energia, no caso de objetos com alimentação de energia. Uma vez que os objetos estejam conectados, é necessário a compreensão dos dados coletados e a descoberta do contexto relacionado a eles, além da análise para extração de informação útil em larga escala de dados. Entretanto, em geral, as fontes de dados produzem dados em alta frequência e com baixo conteúdo informacional dificultando o processo. O desafio apresenta-se em conceber uma arquitetura escalável para o tratamento distribuído de transações de produção de dados e da interpretação e ação sobre esses dados. Na busca de investigar soluções para os desafios expostos, nesse projeto iremos pro- por, especificar e conceber um arcabouço de internet das coisas usando como infraestrutura uma rede de sensores sem fio para o domínio de aplicações de agricultura inteligente. O arcabouço proposto tem como função principal realizar o monitoramento e o controle remoto de campos agrícolas e o suporte a tomada de decisão para aplicações de agricultura inteligente com foco no uso eficiente de recursos hídricos. Será implementada uma instância do arcabouço para avaliação. A pesquisa será executada por uma equipe multidisciplinar nas áreas de tecnologia (UFC e IFCE) e de agronegócio (Embrapa Agroindústria Tropical). Os experimentos em campo serão realizados inicialmente em campos experimentais da Embrapa com fruticultura irrigada.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Audrey Borghi Silva

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • efeitos do treinamento muscular ventilatório sobre a hemodinâmica, do perfil inflamatório e dos marcadores de atrofia e hipertrofia muscular em ratos com diabetes mellitus.
  • Introdução: A diabetes mellitus (DM) é umas das principais doenças crônicas que acomete a população, sendo considerada um grave problema de saúde pública. O treinamento muscular ventilatório (TMV) tem demonstrado melhorar desfechos clínicos em pacientes com DM, entretanto pouco é conhecido sobre o seu efeito em alguns mecanismos fisiopatológicos da DM. Ainda, nenhum estudo verificou os mecanismos hemodinâmicos, inflamatórios e nos marcadores de atrofia/hipertrofia muscular promovidos pelo TMV na DM. Objetivos: Verificar os efeitos do TMV sobre a hemodinâmica, o perfil inflamatório, marcadores de atrofia e hipertrofia muscular em ratos com DM induzida por infusão de estreptozotocina. Desenho do Estudo: Estudo experimental animal. Métodos: Trinta e dois ratos Wistar machos serão randomizados em 4 grupos: grupo sham - sedentários (Sham-Sed; n=8); grupo sham com TMV (Sham-TMV; n=8); grupo DM - sedentários (DM-Sed; n=8) e grupo DM com TMV (DM-TMV; n=8). A hemodinâmica será avaliada por cateterização central. O perfil inflamatório será avaliado nos níveis plasmáticos de TNF-α, IL-6 e IL-10 de ratos saudáveis e com DM induzida por estreptozotocina. Além disso, será verificado o efeito do TMV na expressão de genes de atrofia muscular, por meio da atrogina-1 e do MuRF1, nos músculos diafragma e sóleo de ratos saudáveis e com DM. Adicionalmente, será analisada a resposta do TMV na expressão de genes de hipertrofia muscular, como o IGF-1 e o MyoD, nos músculos diafragma e sóleo de ratos saudáveis e com DM. Relevância do estudo: A análise dos efeitos do TMV na hemodinâmica, no perfil inflamatório sistêmico e na expressão de genes de atrofia e de hipertrofia muscular, em ratos com e sem DM, permitirá o maior conhecimento e entendimento fisiológico do impacto dessa ferramenta terapêutica na fisiopatogênese da DM.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Augusta Pelinski Raiher

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • criminalidade e condição de pobreza: uma análise espacial entre os municípios brasileiros
  • A insegurança pública sempre foi um dos principais problemas do Brasil, no entanto, nos últimos anos, os índices de criminalidade alcançaram níveis alarmantes, estando presente em praticamente todo o país. Atrelado a isso, os debates acerca da segurança pública ganharam destaque, com discussões sobre os fatores determinantes da criminalidade, bem como das ações que potencialmente podem minimizar tal questão social. A nível internacional, trabalhos importantes foram desenvolvidos relacionando diferentes fatores à criminalidade, os quais podem ser enquadrados basicamente em quatro grupos. No primeiro, tem-se os modelos de alocação ótima do tempo, cuja hipótese é de que os indivíduos escolhem à atividade criminal em função dos ganhos esperados. O segundo grupo trata da escolha dos indivíduos em se inserir na criminalidade via o dispêndio de parte de sua riqueza no mercado ilegal, chamados de modelos de portfólio. A terceira abordagem fixa sua análise na decisão dos indivíduos em migrar de uma atividade legal versus a ilegal por meio da avaliação das oportunidades disponíveis, cruzando os ganhos esperados em relação aos custos dessa migração de atividade. Por fim, o quarto grupo trabalha os modelos comportamentais, relacionando a atividade criminal às interações sociais. E dentre os aspectos investigados nessa última abordagem, tem-se a pobreza, cujo foco é dado nesse projeto. Alguns autores internacionais identificaram uma relação positiva entre a criminalidade e a condição de pobreza de uma região. O principal argumento é de que as privações econômicas criam tensões e também uma desorganização social, induzindo às práticas criminosas. A hipótese é de que a falta de recursos econômicos eleva a ocorrência de crimes, e a fraca coesão social, ao atenuar os laços locais e os mecanismos de controle social e de demanda por bens coletivos, induz a uma alta proporção de infratores. Existe, entretanto, um ponto pouco discutido nas abordagens dessa área, referindo-se à distinção entre a pobreza monetária e a multidimensional. No caso da primeira, refere-se exclusivamente à privação de renda, na qual os indivíduos não têm o mínimo de recursos econômicos para atender suas necessidades básicas; já a segunda deriva da abordagem das capacitações, representando a ausência de oportunidades, condição que nega a possibilidade dos indivíduos de obterem recursos essenciais para sua sobrevivência (como emprego, infraestrutura social, habitação, educação, direitos políticos, acesso à cultura, etc). Nessa abordagem, a renda não necessariamente garante a obtenção de todas essas dimensões, se apresentando como elemento necessário, mas não suficiente para se obter o bem-estar pleno dos indivíduos. Assim, muitas vezes uma região apresenta um nível de renda baixo, e/ou um percentual elevado de pessoas classificadas como pobres (dada uma linha de corte monetária), entretanto, detém uma infraestrutura urbana, social, suficiente para gerar bem-estar coletivo, consequencia da própria organização social e/ou da eficiência do poder público em ofertar tais bens. Importante destacar que a existência dessas melhores condições independe muitas vezes da renda que se tem, podendo ser o resultado direto da própria ação conjunta da população, num ambiente de coesão social. Portanto, algumas práticas criminosas poderiam ser o resultado da ausência do Estado em não proporcionar condições adequadas de bem-estar para todos. E é neste escopo que se insere esse projeto, buscando identificar o efeito da pobreza – subdividida em monetária e não monetária – na taxa de criminalidade dos municípios brasileiros.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Augusto Batagin Neto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • modelagem molecular de polímeros e compostos de carbono para aplicações em sensores e dosímetros
  • Polímeros orgânicos e compostos de carbono têm se mostrado materiais promissores em diversificadas aplicações tecnológicas, em especial na confecção de sensores químicos e dosímetros de radiação. A fim de melhor compreender as características sensoriais e dosimétricas destes materiais nestes dispositivos e assim propor possíveis derivados e sistemas com propriedades melhoradas, no presente projeto propõe-se o uso combinado de cálculos de estrutura eletrônica e dinâmica molecular no estudo de processos de reação/adsorção de espécies químicas sobre a superfície de derivados de estruturas poliméricas, grafenos e nanotubos de carbono, visando a aplicação em sensores químicos e dosímetros de radiação ionizante. De modo geral pretende-se obter informações a nível molecular que permitam compreender os mecanismos envolvidos na resposta destes sistemas e identificar características estruturais e eletrônicas que permitam obtenção de dispositivos de alta performance.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Augusto Cezar Alves Sampaio

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • inct para engenharia de software
  • Encontramo-nos em um estágio onde muitas decisões são estabelecidas - ou auxiliadas - por inteligência presente em software, como em casas, veículos, aviões, até prédios e cidades inteiras; diariamente é fácil participar de discussões que já preveem moradias inteligentes com relação a consumo de energia, ou carros auto-controlados. A partir de sensores, sistemas são programáveis e programados em função do que captam (ou capturam), como dados do comportamento do ambiente e de agentes, nele imersos, ao seu redor. O conceito de Cidades Inteligentes - uma das mais importantes e úteis aplicações dos sistemas programáveis - visa organizar centros urbanos através da convergência de diferentes tecnologias de informação e comunicação (TIC). O diferencial de tais soluções é gerenciar interrelacionamentos entre os dispositivos que apliquem aos dados análise avançada a partir da integração destes dados com fontes externas relacionadas. Neste contexto, esforços experimentais são comumente soluções sob medida, cujos componentes não foram modelados como peças intercambiáveis, nem foram concebidos para serem integrados com outros sistemas, e tampouco focados na criação de ecossistemas de software. A criação de uma plataforma aberta que possibilite um ecossistema de software traz desafios científicos e tecnológicos associados. Técnicas atuais de engenharia de software não contemplam adequadamente os novos desafios apresentados pelo surgimento de sistemas cada vez maiores (ultra-large-scale systems) e pela necessidade de programação por parte de usuários finais (end user programming). Em um universo de negócios habilitado por soluções computacionais deste nível de complexidade, o Brasil deve assumir como desafio o fato de que commodities não irão sustentar a economia e a sociedade para a qual nosso país tem potencial. Na era da informação e do conhecimento, os nossos principais desafios, tanto educacionais, como científicos, industriais, comerciais ou de serviços, consistem em descobrir e empreender sobre os algoritmos complexos que irão gerar grandes negócios realmente inovadores de crescimento empreendedor. Pretendemos, com esta proposta, dar continuidade ao trabalho do Instituto Nacional de Engenharia de Software (INES), com foco no desenvolvimento de uma plataforma e resultados novos de engenharia de software que podem servir de diferencial competitivo para inovação gerada por empreendedores brasileiros apoiados por recursos humanos qualificados, gerando negócios sustentáveis em um cenário global. Neste caso, enfatizando o conceito de cidades inteligentes, mas não exclusivamente - outras áreas de aplicação e inovação podem ser endereçadas, como biotecnologias, ou Internet das Coisas (Internet of Things - IOT).
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Augusto Cezar Alves Sampaio

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • um framework baseado em modelos para análise e teste composicionais de sistemas reativos
  • Este projeto propõe um framework integrado para análise (via verificação de modelos) e teste de sistemas reativos. A estratégia, baseada em MDE - Model Driven Engineering (Engenharia Dirigida a Modelos), é composicional, no sentido de que a análise e o teste de sistemas complexos reutilizam verificações e testes de componentes destes sistemas. Como entrada para a estratégia de análise e testes, utilizamos tanto uma Linguagem Natural Controlada (CNL, Controlled Natural Language) como a linguagem SysML. A CNL é um subconjunto de Inglês como uma gramática bem definida, o que permite que textos escritos na mesma sejam passíveis de processamento computacional. SysML é uma linguagem semiformal cuja semântica é definida em linguagem natural e através do uso de meta-modelos, também semiformais. O framework proposto integra e estende, significativamente, duas ações de pesquisa em andamento. Uma é a ferramenta NAT2TEST, que gera testes a partir de requisitos temporais, descritos em CNL, de sistemas reativos. A outra é uma estratégia de análise de propriedades de sistemas modelados em SysML. A integração envolve as seguintes contribuições: (i) definição de uma noção de componentes para modelos SysML, que será a base para permitir tanto análise quanto teste composicional; (ii) regras de composição de componentes SysML de forma que propriedades clássicas (como ausência de deadlock, livelock e não determinismo) sejam preservadas por construção; (iii) tradução de componentes SysML para CML (Compass Modelling Language), permitindo o reuso de uma estratégia de análise desenvolvida anteriormente, só que agora explorando aspectos de composicionalidade; (iv) tradução de componentes SysML para o modelo de componentes CoCo, o que permitirá o uso de um framework de verificação que está sendo desenvolvido na Universidade de Oxford, uma parceira acadêmica neste projeto; (v) realização de experimentos para analisar as vantagens comparativas das abordagens descritas em (iii) e (iv); (vi) tradução de modelos SysML (particularmente de diagramas de estados) para Data Flow Reactive Systems (DFRS, uma representação interna usada na NAT2TEST), de forma a permitir a efetiva integração entre a estratégia de análise e a de testes; (vii) extensão da estratégia de geração na NAT2TEST para gerar testes composicionais (reutilizando testes de componentes já testados quando estes são integrados em sistemas mais complexos); (viii) validação prática do framework em aplicações na área de aviação, em parceria com a Embraer, uma parceira industrial neste projeto.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Augusto de Souza Campos

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estimativas de exposições ocupacionais a agentes carcinogênicos no brasil
  • CAREX (CARcinogen EXposure) é um projeto internacional e multi-cêntrico que combina conhecimento acadêmico e recursos governamentais para produzir programas de vigilância de carcinogênicos. Nos últimos anos no Brasil diversas iniciativas vêm buscando estabelecer estimativas de trabalhadores expostos a carcinogênicos tais como o asbesto, o benzeno e a sílica. Recentemente o Ministério da Saúde reuniu um grupo de pesquisadores de diversas instituições no intuito de criar um grupo de trabalho para o estabelecimento de um sistema de vigilância a agentes carcinogênicos ocupacionais no Brasil. Fazem parte deste grupo pesquisadores e técnicos de instituições tais como o Instituto Nacional do Cãncer, A Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a Fundacentro, A Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, Fiocruz, etc. O presente projeto articula-se à essa iniciativa,
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 04/07/2019-31/07/2021
Foto de perfil

Augusto Quadros Teixeira

Ciências Exatas e da Terra

Probabilidade e Estatística
  • renormalização em processos estocásticos
  • Nesse projeto estudaremos diferentes sistemas físicos de interesse, incluindo: percolação planar dependente, percolação orientada e passeios aleatórios em meios aleatórios dinâmicos. Apesar desses modelos possuírem características únicas, o nosso trabalho partirá da mesma técnica ao estudá-los, a dizer: renormalização multi-escala. Essa técnica sempre foi bastante bem sucedida na literatura física, e recentemente tem recebido uma crescente atenção na matemática rigorosa.
  • Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Augusto Savio Peixoto Ramos

Ciências Biológicas

Genética
  • caracterização molecular e funcional de transportadores de nucleotídeos-açúcares em trypanosoma cruzi
  • A sobrevivência e infectividade de tripanossomatídeos depende de uma série de glicoconjugados, alguns dos quais com estruturas únicas, que atuam desde a proteção contra proteases no insetor vetor aos processos de invasão e modulação do sistema imunológico do hospedeiro mamífero. A adição de oligossacarídeos a proteínas, lipídeos e proteoglicanos ocorre no lúmen do Retículo Endoplasmático e do Complexo de Golgi. Os doadores de açúcares, denominados de nucleotídeos-açúcares, devem ser primeiramente transportados para o lúmen destas organelas pelos transportadores de nucleotídeos-açúcares (NSTs, de Nucleotide Sugar Transporters). Esta etapa de transporte é fundamental na biossíntese dos glicoconjugados. Neste projeto, nos propomos a caracterizar, molecular e funcionalmente, transportadores de nucleotídeos-açúcares de Trypanosoma cruzi, o agente etiológico da doença de Chagas. Três transportadores foram identificados por nosso grupo: TcNST1 transporta UDP-N-acetilglicosamina (UDP-GlcNAc), TcNST2, UDP-galactose (UDP-Gal) e TcNST3, GDP-manose (GDP-Man). Estes transportadores foram identificados pela complementação de mutantes de levedura e células de mamíferos e parcialmente caracterizados. Na continuidade deste trabalho, iremos: (i) estudar o papel biológico destes transportadores por nocaute gênico, com foco na composição dos glicoconjugados dos mutantes e na sua capacidade de diferenciação e infectividade; (ii) investigar a base molecular de reconhecimento de NSTs e seus substratos, por meio de mutações pontuais e ensaios de transporte in vitro. Resíduos potencialmente importantes no reconhecimento da base nitrogenada por NSTs foram identificados pela comparação de um modelo tridimensional de TcNST2 com as estruturas resolvidas de transportadores de GDP-Man e CMP-ácido siálico, recentemnete publicadas. Em conjunto, os dados irão revelar a importância dos transportadores no processo de glicosilação do parasita e a função de glicoconjugados especificos para a sua sobrevivência e infectividade, além de auxiliar no estudo sobre a estrutura e função de NSTs.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PR - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Augusto Schneider

Outra

Biomedicina
  • senescência celular e seu papel no envelhecimento ovariano em camundongos
  • Folículos ovarianos são importantes componentes do ovário de um mamífero. A exaustão dos folículos resulta na menopausa e no final da vida reprodutiva feminina, o que ocorre aproximadamente aos 50 anos de idade em mulheres. No entanto, muito antes da menopausa a diminuição desta reserva ovariana está associada a redução da fertilidade. O eixo somatotrópico, constituído pelo hormônio do crescimento (GH) e fator de crescimento semelhante a insulina (IGF-I), é essencial para o crescimento somático e função ovariana. Interessantemente, animais deficientes em GH ou seu receptor tem um aumento da longevidade, de maneira semelhante ao observado em animais submetidos a restrição calórica e tratamento com rapamicina. Estes animais com envelhecimento retardado possuem um menor numero de células senescentes, que são células que não replicam e secretam fatores pró-inflamatórios. Em comum entre estas estratégias anti-envelhecimento está a menor ativação da via da insulina e FOXO3a. O atraso do envelhecimento como um todo tem sido associado a um atraso na ativação da reserva ovariana e, portanto, um maior estoque ovariano em idades avançadas. Baseado em nossos resultados preliminares o objetivo da presente proposta é caracterizar a reserva ovariana e presença de células senescentes ovarianas em camundongos submetidos a tratamentos com extensão do tempo de vida (deficientes em GH e GHR, rapamicina e restrição calórica). Além disso, este projeto irá avaliar o papel do fator de transcrição FOXO3a na ativação de folículos primordiais nestes modelos, além do perfil de expressão gênica da via de sinalização de insulina e de microRNAs associados ao envelhecimento ovariano. Para estudo serão coletados ovários de animais Ames dwarf (df/df), deficientes em GH, GHRKO (deficientes em receptor de GH), submetidos a restrição calórica de 30% e tratados com rapamicina. Os ovários serão avaliados quanto ao número de folículos primordiais, primários, secundários terciários, para observação da transição entre o estágio de dormência e crescimento. Além disso, será realizada a imunofluorescência para a proteína FOXO3a, FOXO3a fosforilada e H2FaX, uma indicadora do dano ao DNA, presença de macrófagos e células senescentes. Também será avaliada a expressão gênica de genes relacionados a sinalização da insulina/IGF-I e de alguns miRNAs. Assim o estudo destes modelos animais e o seguimento destes experimentos de fisiologia básica, irá ajudar a compreender como se dá o envelhecimento e esgotamento das reservas ovarianas e pode levar ao desenvolvimento de fármacos que mimetizem as vias metabólicas estudas e possam auxiliar na preservação da reserva ovariana e aumento da fertilidade. Consideramos este objetivo importante visto o aumento da expectativa de vida da população, com maior proporção de mulheres vivendo na pós-menopausa, e também visto que cada vez mais mulheres optam por conceber em idades mais avançadas, quando já experenciam um declínio da fertilidade natural associado ao declínio da reserva ovariana.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Augusto Schrank

Ciências Biológicas

Genética
  • estudo de quitinases no fungo entomopatogênico e acaricida metarhizium anisopliae
  • Quitinases são glicosil hidrolases da família 18 (GH18) as quais hidrolisam quitina liberando subunidades de N-acetilgicosamina. A quitina é um dos polímeros mais abundantes na natureza e compõe o exoesqueleto de artrópodes e a parede celular de fungos. Entre as possíveis funções das quitinases de fungos estão: o remodelamento da parede celular fúngica durante o crescimento e a diferenciação nos tipos celulares distintos apresentados por estes microrganismos durante o seu ciclo de vida; a dissolução do exoesqueleto dos hospedeiros auxiliando no mecanismo de infecção destes fungos ou simplesmente na nutrição. Uma análise do genoma de M. anisopliae resultou na detecção de 24 genes putativos para quitinases, além dos 3 genes previamente descritos por nosso grupo. A predição destes genes foi validada pela detecção da presença dos transcritos respectivos em ensaios de RT-PCR e algumas quitinases também foram detectadas por espectrometria de massas em sobrenadantes de cultivo deste fungo. Como a função de cada um dos membros desta família de proteínas é ainda desconhecida, a análise do perfil transcricional dessas quitinases em diferentes tipos celulares auxiliará na escolha de candidatos para construção de mutantes funcionais. Os resultados obtidos indicam a expressão diferencial de transcritos destas quitinases putativas nas diferentes condições de cultura. De maneira geral, as quitinases que apresentam maiores níveis de transcritos são: (i) do subgrupo A chiMaA1, chiMaA4 e chiMaA7; (ii) do subgrupo B chiMaB1, chiMaB2, chiMaB4 e chiMaB7; (iii) do subgrupo C chiMaC4 e (iv) do subgrupo D chimaD1 e chiMaD3. As diferenças observadas entre os níveis de transcritos das 24 quitinases indicam a ausência de um padrão de indução/repressão da expressão aplicável para todos os representantes dessa família de proteínas, o que indica que essas enzimas não são totalmente redundantes. Algumas das quitinases que apresentaram perfis de expressão diferenciados já foram selecionadas para construção de mutantes nulos para realizar um estudo funcional dos respectivos genes. Estamos implantando um sistema CRISP-Cas9 para acelerar a construção dos mutantes funcionais. Os mutantes serão analisados para determinar as suas possíveis funções e relação com o processo de infecção do fungo.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Augusto Wagner Menezes Teixeira Júnior

Ciências Humanas

Ciência Política
  • como o balanceamento da rússia contra os estados unidos afeta a balança de poder do entorno estratégico brasileiro?
  • O projeto versa sobre como o balanceamento da Rússia aos Estados Unidos afeta a balança de poder do Entorno Estratégico Brasileiro. O balanceamento será analisado através do comportamento de díades, representadas pelo Eixo Estados Unidos-Colômbia e Rússia-Venezuela. A investigação buscará analisar os efeitos destas interações para o sistema de alinhamentos, distribuição de capacidades militares e impacto nas Barganhas Militarizadas Interestatais. A metodologia utilizada combina estratégias de pesquisa e dados qualitativos e quantitativos. O desenho de pesquisa é o Estudo de Caso como Comparação. Com a coleta e análise de dados quantitativos iremos utilizar estatística descritiva. A hipótese da pesquisa supõe que entre 2000 e 2015 teria ocorrido uma erosão do Complexo Regional de Segurança Sul-Americano, explicado por dinâmicas de penetração. Este processo, reduz as condições de segurança e impacta negativamente no equilíbrio de poder do Entorno Estratégico Brasileiro.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Aura Conci

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • desenvolvimento de aparato auxiliador no treinamento e execução de procedimentos anestésicos e na punção lombar
  • Tanto a punção lombar como a anestesia peridural e raquidiana requerem a utilização de uma agulha que é introduzida entre as vértebras até o local desejado. Esses são procedimentos cegos (uma vez que o médico não é capaz de ver o interior do corpo do paciente). A punção tem como objetivo a coleta do líquido cefalorraquidiano (líquen) na medula espinhal. A anestesia peridural (ou epidural) é um tipo de anestesia aplicada no espaço peridural da coluna vertebral, sem perfurar a dura-máter (membrana que envolve o cérebro e a coluna) e, portanto, sem atingir o líquen (líquido que banha o cérebro e a medula espinhal). A punção lombar é utilizada para exame citológico e também na quimioterapia, com a finalidade de impedir o aparecimento (profilaxia) de células leucêmicas. Dois dos tipos de anestesia mais comuns são a peridural e a raquidiana, especialmente por serem usadas no parto ou em outras ocasiões onde o paciente deve ficar insensível à dor, da cintura para baixo, mas precisa ou pode permanecer consciente durante todo o processo. O anestesista (ou anestesiologista) é o responsável por esse procedimento, também no pós-cirúrgico ou no pós-parto. Em todos esses procedimentos uma agulha é inserida entre as vértebras pelas costas. Os fluidos passam a ser aplicados ou retirados, quando a agulha estiver inserida na posição correta. Para ampliar o espaço entre as vértebras nas costas e permitir a inserção mais fácil da agulha, o paciente deve se curvar para frente (deitado de lado ou sentado, com as costas curvadas). O médico acessa o espaço intervalo intervertebral escolhido pelas costas, tanto podendo ser a nível cervical, torácico, lombar ou sacral. A área é preparada com técnica asséptica. Na anestesia epidural, a agulha deve penetrar até encontrar a resistência do ligamento amarelo, a qual deve ser vencida para atingir-se o espaço peridural, onde o anestésico é injetado, ou seja, na periferia das "envoltórias" que guardam a medula espinal, local por onde passa a informação da dor que é levada ao cérebro, pela membrana dura-máter, que constitui a capa interior das meninges. O anestésico pode ser aplicado em dose única, pode ser repetido ou ser usado de forma contínua durante todo o procedimento, o que exige a colocação de um cateter que permanecerá no local durante todo o tempo da anestesia. Alguns minutos após a injeção do anestésico, a pessoa deixará de sentir determinadas partes do corpo (geralmente da cintura para baixo), em virtude da anestesia das raízes nervosas correspondentes. Na punção lombar o paciente normalmente é colocado de lado com pescoço dobrado numa flexão completa e os joelhos encostados no tórax, em forma fetal. Uma vez que o local apropriado estiver localizado, a agulha espinal é inserida entre as vértebras lombares L3/L4 ou L4/L5. O estilete da agulha espinal é retirado e são recolhidas gotas de fluido cérebro-espinhal. A técnica descrita é quase idêntica à usada na anestesia peridural, exceto pela posição do paciente, localização da agulha e diversos usos das sensações de resistências dos tecidos. A punção também pode ser feita com o paciente em posição ereta (preferida quando realizada em paciente obeso), quando há menos distorção da anatomia espinal, o que permite retirada mais fácil de fluido. A localização e a profundidade da agulha, bem como a forma de injeção ou retirada dos fluidos são fatores muito importantes para o sucesso efetivo destes procedimentos. Mesmo tendo sido praticada durante décadas, a taxa de falhas de tais processos permanece muito alta, com consequências para o paciente que podem chegar à paralisia e mesmo à morte. A fim de reduzir a taxa de insucesso, esse projeto considera o desenvolvimento de uma agulha com sensores especiais e o uso de simuladores virtuais ou hápticos para apoiar a capacitação nestes procedimentos. O treinamento de profissionais para procedimentos médicos, quando realizado diretamente em ambientes reais, é algo bastante custoso, envolvendo riscos tanto para o médico quanto para o paciente. Uma das formas de reduzir esses riscos e custos é através do uso de simuladores. Nas simulações, situações e ambientes mais próximos aos reais proporcionam condições e experiências de maior qualidade resultando em um treinamento eficaz. Uma das formas de tornar os ambientes de simulações mais reais é através do uso de dispositivos hápticos, que podem ser utilizados para proporcionar sensações táteis e forças de retorno, permitindo, por exemplo, a sensibilidade correspondente a texturas e resistências de diversas estruturas do corpo. Por exemplo, a localização do espaço epidural lombar correto é guiada pela técnica LOR do termo “perda de resistência” (em língua inglesa: Loss of Resistance) e, se baseia na observação de que o local correto para a aplicação da anestesia oferece uma resistência muito menor dos tecidos à introdução da agulha. A fim de evitar puncionar a membrana dura-máter, a agulha epidural tem ponta curva (denominado agulha Tuohy). O uso do háptico melhora a sensação das reações dos tecidos sendo primeiro, na inserção da agulha, modelado a reação dos tecidos ao seu deslocamento e depois, à medida em que os diversos tecidos são ultrapassados, é modelada a região onde ocorre a perda de resistência e há a possibilidade de administrar a anestesia. Os diversos tecidos envolvidos (camadas de ligamento, espaço epidural e dura-máter supra-espinhal) devem ser incluídos no modelo mecânico desenvolvido para representação da inserção da agulha; ou seja, nos modelos constitutivos de cada tecido envolvido no procedimento de modo a representar a resistência ao movimento da agulha como uma função da profundidade e posição no corpo do paciente.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Aurelio da Costa Sabino Netto

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • redução de resíduos de pmma utilizado em indústrias de produtos eletroeletrônicos
  • Vide projeto anexo
  • Instituto Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Aurélio José Antunes de Carvalho

Ciências Agrárias

Agronomia
  • cvt fundos de pasto: estratégias de convivência com o semiárido por meio de agroecossistemas sustentáveis em comunidades tradicionais
  • Trata-se de um CVT para difusão de pesquisa, extensão agroecológica com foco na educação do campo junto à Comunidades de Fundo de Pasto no semiárido da Bahia. Abarcando área territórios circunvizinhos como Sisal, Piemonte Norte Itapicuru, Sertão do São Francisco disjunto como território do Velho Chico, que guarda entre si similaridades do modus vivendi destas comunidades, buscando o desenvolvimento de tecnologias sociais de convivência com o semiárido, possibilitando a conservação do bioma caatinga. Dentro de uma concepção inter-geracional, de solidariedade de buscando alternativas ao sobre pastoreio sob bases agroecológicas, conservação de raças crioulas, recaatingamento, implementação de cursos FIC diante do cenário de mudanças climáticas.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - BA - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Aurelio Ribeiro Leite de Oliveira

Engenharias

Engenharia de Produção
  • solução problemas de programação matemática de grande porte via métodos de pontos interiores
  • Desde o surgimento dos métodos de pontos interiores para otimização linear, códigos computacionais baseados nessas ideias se consolidaram como alternativas eficientes para solução de problemas de grande porte. Três linhas de pesquisa se destacam na busca desta eficiência: A redução do tempo computacional por iteração através da solução eficiente dos sistemas lineares necessários para calcular as direções; a redução do número de iterações para obtenção da convergência do método; e o desenvolvimento do métodos para problemas específicos com estruturas particulares. Estas três linhas de pesquisa são abordadas neste projeto. A primeira está baseada principalmente da utilização de métodos iterativos na solução dos sistemas lineares oriundos desses métodos. A segunda depende mais fortemente de um estudo teórico dos métodos. A terceira explora características particulares dos problemas escolhidos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aurélio Rubio Neto

Ciências Agrárias

Agronomia
  • desenvolvimento de um biorreator de imersão temporária de baixo custo para produção in vitro de mudas de cana-de-açúcar
  • O estímulo à produção da cultura da cana-de-açúcar no Brasil pressiona o desenvolvimento de novas tecnologias que atendam a demanda do mercado. Novas técnicas de produção de mudas têm sido estudadas, com destaque para o cultivo in vitro utilizando biorreatores de imersão temporária (BIT). Esse sistema possui inúmeras vantagens práticas e econômicas, além de promover ganhos fisiológicos. Esse projeto prevê a confecção de um novo BIT, bem como, a comprovação de sua eficiência produzindo e aclimatizando as plântulas. Para isso, serão confeccionadas vedações de alumínios que permitirão a criação desse novo sistema com elevada eficiência e baixo custo de instalação. Posteriormente, ápices caulinares de cana serão cultivados no BIT e com o restante da planta, será produzido substrato alternativo. Será avaliado o efeito do enriquecimento com CO2 atmosférico no interior dos frascos de cultivo do BIT, a fim de suprimir a necessidade de sacarose no meio, tornando a produção de mudas mais econômica e as plântulas com comportamento fotomixotrófico. A eficiência do sistema proposto na multiplicação dos brotos será avaliada pela comparação de sistema desenvolvido com o BIT já utilizado pela Universidade da Flórida. Plântulas produzidas serão aclimatizadas em substrato alternativo utilizando misturas de substrato comercial com bagaço de cana tornando a produção de mudas sustentável. Espera-se ao final projeto, que haja além da intensificação de pesquisas e aumento da produtividade científica pelo requerente, o aumentando da visibilidade dos centros de pesquisa e empresas envolvidas, formação de recursos humanos e maiores informações científicas referente a produção de mudas de cana.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aurenivia Bonifácio de Lima

Ciências Agrárias

Agronomia
  • estresses abióticos múltiplos e seus efeitos nas trocas gasosas, nos solutos orgânicos e na atividade e expressão de genes de enzimas antioxidantes em leguminosas c3 e gramíneas c4
  • As plantas estão adaptadas a conviverem com certos níveis de espécies reativas de oxigênio (EROs), entretanto o acúmulo destes nos tecidos vegetais pode levar a toxicidade, morte celular e, consequentemente, redução na produtividade. As EROs são formas reduzidas do oxigênio molecular extremamente reativas presentes na célula vegetal como subprodutos normais do metabolismo e mantidas em condições controladas pela ação coordenada de um complexo sistema de antioxidantes enzimáticos e não-enzimáticos existente na célula vegetal. As condições ambientais estressantes, tais como salinidade, déficit hídrico e calor, causam desbalanço entre a produção e remoção destas EROs e o saldo final pode ser uma elevação dos níveis de EROs, ou seja, o estresse oxidativo. Estudos sobre a diferença nas respostas antioxidativas de plantas C3 e C4 quando submetidas aos estresses ambientais ainda despertam crescente interesse na comunidade científica. Sabe-se que plantas C4 apresentam adaptações anatômicas (anatomia Kranz) e bioquímicas (duas vias de carboxilação que utilizam a fosfoenolpiruvato carboxilase e a Rubisco) que conferem baixa taxa de fotorrespiração, um grande sitio de produção de EROs, em relação às plantas C3 e, portanto, apresentam-se mais adaptadas à alguns tipos de estresses ambientais; entretanto, ainda existem lacunas acerca da integração entre o mecanismo fotossintético C4 e o metabolismo antioxidativo uma vez que a maioria dos estudos acerca do sistema redox vegetal é feita em plantas com metabolismo C3. Neste contexto, o presente projeto objetiva avaliar as respostas fisiológicas e bioquímicas de leguminosas C3 e gramíneas C4 submetidas ao estresse salino e hídrico isolados ou combinados com alta temperatura com base na fotossíntese, na concentração de solutos orgânicos e antioxidantes e na atividade e expressão gênica de enzimas pertencentes ao sistema antioxidativo. Quatro experimentos com três plantas com metabolismo fotossintético do tipo C3 (feijão-fava, feijão-caupi e feijão-mungo e três plantas com metabolismo fotossintético do tipo C4 (milho, sorgo e cana-de-açúcar) serão realizados. Nos dois primeiros experimentos, as plantas serão testadas frente a níveis crescentes de estresse salino e hídrico visando determinar os níveis críticos destes estreses para estas plantas com base na alteração nas trocas gasosas, processos fotoquímicos, pigmentos fotossintéticos e nos níveis de solutos orgânicos e inorgânicos. No experimento III, as alterações nas trocas gasosas e processos fotoquímicos, nos indicadores de estresse oxidativo, no nível de antioxidantes e na atividade de enzimas antioxidativas das plantas em resposta ao estresse salino e hídrico serão avaliadas. Os três primeiros experimentos serão conduzidos em condições de casa de vegetação, enquanto que o último experimento será realizado em ambiente controlado e avaliará o efeito da combinação do estresse salino ou hídrico com altas temperaturas. Para este experimento, uma leguminosa C3 e uma gramínea C4 serão selecionadas para serem expostas à combinação do estresse salino ou hídrico com altas temperaturas. Estas plantas serão avaliadas quanto aos indicadores de estresse oxidativo, nível de antioxidantes e atividade de enzimas antioxidativas. A atividade em gel e expressão gênica das enzimas antioxidativas também será mensurada no experimento IV. As trocas gasosas e a florescência da clorofila a serão mensuradas em todos experimentos visando avaliar as respostas das plantas à exposição aos estresses isolados e combinados. No campo das contribuições cientificas, os resultados da presente proposta são de fundamental importância para o conhecimento das respostas fisiológicas e bioquímicas de culturas de leguminosas C3 e gramíneas C4 em respostas à estresses abióticos comumente encontrados na região Nordeste, principalmente acerca dos mecanismos de ajustamento osmótico e defesa antioxidativa, e poderá disponibilizar informações úteis em programas de melhoramento das culturas escolhidas. Considerando a importância agronômica das espécies escolhidas para o presente estudo, o melhor conhecimento da fisiologia destas plantas poderá auxiliar no manejo e cultivo das mesmas nas condições edafoclimáticas da região Nordeste, ou seja, na melhoria da adaptação destas espécies vegetais aos ambientes adversos. Além disso, os resultados podem auxiliar produtores a investirem adequadamente no manejo das culturas estudadas neste projeto em áreas com solos salinos ou com baixas taxas de precipitação e/ou fornecimento insuficiente de água.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Aureo Eduardo Magalhães Ribeiro

Ciências Agrárias

Agronomia
  • água, energia e segurança alimentar nas feiras livres dos cerrados do vale do jequitinhonha mineiro
  • As feiras livres semanais que acontecem nos centros urbanos do vale do Jequitinhonha são pontos de encontro entre cultura, produção e consumo de alimentos nesta sociedade fundamentalmente rural. A produção agrícola familiar que garante o abastecimento seguro e soberano aos consumidores urbanos resulta de esforços de gestão, aquisição e racionalização do uso da água nesta região situada na entrada do Semiárido brasileiro; e, quanto mais a escassez se acentua no correr das estações e dos anos, mais importante se torna a energia que assegura o acesso e a distribuição de água. Este projeto, lastreado na parceria de um conjunto de instituições de ensino, pesquisa e desenvolvimento rural, tem por objetivos (i) realizar estudos para dimensionar e compreender as dinâmicas de uso de água e energia na produção de agricultores feirantes que asseguram o abastecimento alimentar de pequenas cidades do Território do Alto Jequitinhonha, e (2) desenvolver, a partir dos resultados da pesquisa, ações de extensão com o propósito de identificar e/ou construir, em conjunto com os agricultores, inovações tecnológicas e sociais que racionalizem os usos da água e da energia na produção.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 05/12/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Aureo Eduardo Magalhães Ribeiro

Ciências Agrárias

Agronomia
  • a agricultura familiar e as secas: adaptações e inovações na gestão da água no semiárido de minas gerais em situações de escassez.
  • A partir da década de 1990 agricultores do semiárido de Minas Gerais observaram que o tempo mudava: menos água, incerteza das chuvas, excesso de precipitações, perda de capacidade dos ribeirões, córregos e rios em abastecer as comunidades e cidades, garantir água para produzir alimentos e assegurar aporte contínuo de água aos rios principais. Essas percepções locais, baseadas no conhecimento advindo da proximidade entre as atividades cotidianas e o meio, conduziram a mobilizações sociopolíticas que resultaram na criação de programas de tecnologias sociais e noutras intervenções públicas paliadoras, que têm apresentado peso significativo nas contas públicas. Este projeto tem como objetivo identificar, no cenário de restrições na oferta da água dos anos 2013 a 2015 no semiárido de Minas Gerais, as modificações e adaptações conduzidas por grupos de agricultores familiares tradicionais em sistemas de abastecimento doméstico, em modos de governança dos recursos hídricos, em sistemas de produção de alimentos e técnicas de conservação de água. Busca traçar um panorama produtivo, cultural e territorial das atitudes deste segmento estratégico e específico da população rural para orientar programas de extensão e ações propositivas do setor público e da sociedade civil. A metodologia de pesquisa reúne instrumental das ciências sociais, agrárias, ambientais e sociais aplicadas, procurando integrar a equipe de pesquisadores em plataformas holísticas de investigação que apontem rumos para inovar no tratamento de questões cruciais para um grupo que representa 85% da população rural brasileira e para um tema que – num cenário de mudanças climáticas – se desenha com assustadora atualidade.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Aurigena Antunes de Araujo

Ciências da Saúde

Odontologia
  • nanopartículas de ácido poli lático-co-glicólicofluorescentes para vetorização da metformina: terapia alvo na doença periodontal em ratos diabéticos
  • Existe uma correlação estabelecida entre diabetes e doença periodontal. O uso de hipoglicemiantes orais tem um importante papel no controle dos níveis glicêmicos do diabete tipo II, e conseqüentemente, pode apresentar benefícios na doença periodontal, uma vez que dados da literatura demonstraram que a metformina tem demonstrado um efeito pleiotrópico antiinflamatório. Ao se veicular a metformina a um sistema de nanoparticulado de polímeros biodegradáveis pode-se apresentar a vantagem de aumento da eficácia terapêutica; liberação prolongada e controlada; diminuição da toxicidade bem como diminuição da instabilidade e decomposição da metformina. Dessa forma o objetivo desse estudo consiste na obtenção, caracterização e avaliação da atividade antiinflamatória e redução da perda óssea de uma nanopartícula de ácido poli lático-co-glicólico (PLGA) ligado covalentemente ao isotiocianato de fluoresceína (FITC) com a incorporação da polietilenoimina (PEI) para ligação a metformina (MET). A biocompatibilidade do produto (PLGA-FTIC-PEI-MET) será analisada por microscopia confocal, e será utilizada em ensaios experimentais in vivo como Terapia alvo na doença periodontal em ratos diabéticos. Após indução da doença periodontal e diabetes em ratos wistar será administrada PLGA-FTIC-PEI-MET. Após o tratamento amostras de maxila serão utilizadas para avaliação clínica da perda óssea, avaliação por imagem da perda óssea por MicroCT e Avaliação histopatológicae imunoistoquímica, imunofluorescencia confocal e histomorfométrica em tecido mineralizado ou desmineralizado. Amostras de gengiva serão utilizadas para análise da atividade da mieloperoxidase, glutationa e citocinas pro-inflamatórias e anti inflamatórias e avaliação da expressão gênica das proteínas envolvidas na diferenciação e atividade dos osteoblastos e suas vias de sinalização.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Auta Stella de Medeiros Germano

Outra

Divulgação Científica
  • produção e avaliação de sessões de planetário voltadas para um público geral
  • É amplamente defendida, na literatura em ensino de ciências, a importância da educação não formal como complemento à educação formal e particularmente como instrumento para formação de uma cultura científica e tecnológica nas sociedades. Contudo, particularmente no que diz respeito a ações de popularização da ciência com planetários, há ainda grande demanda de estudos, tanto no que diz respeito à sistematização de metodologias de produção das sessões, como no que se refere à análise da comunicação estabelecida com o público através das mesmas. É necessário estabelecer um processo que leve a conhecer os sentidos produzidos pelo público e que esse conhecimento possa levar a ajustes nas produções desenvolvidas. Nesse sentido, propõe-se aqui a produção e a avaliação de sessões de planetário digital voltadas para um público geral, apresentadas em Mostras de Astronomia com um Planetário Móvel na capital e em cidades do interior do estado do Rio Grande do Norte (RN). A produção das sessões observará metodologia recentemente produzida no contexto de dissertação de mestrado de membro da equipe do projeto, sob a orientação da coordenadora deste. Tal metodologia é fundamentada principalmente na ideia de popularização da ciência enquanto busca de diálogo entre conhecimentos científico e popular, e em resultados da literatura sobre a aprendizagem em museus, fazendo-se uso do Modelo Contextual de Aprendizagem. A avaliação das sessões considerará não apenas a opinião do público sobre as sessões, mas os significados construídos a partir da comunicação estabelecida com ele. Para isso, serão utilizados Mapas de Significado Pessoal e entrevista, antes e após as sessões, junto a grupos aleatórios de pessoas que fazem parte do público das sessões nas Mostras de Astronomia realizadas com o Planetário. Solicita-se bolsa de Iniciação Científica para apoio na investigação em torno dos significados produzidos pelo público a partir das sessões, bem como bolsa de Apoio Técnico de Nível Superior, para apoio na produção das sessões, por profissional de nível superior com experiência prévia nessa prática e que domine a metodologia a ser aplicada. Solicita-se, ainda, recursos principalmente para manutenção e compra de equipamentos voltados para a produção das sessões, bem como diárias e passagens para a equipe.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Avelino Aldo de Lima Neto

Ciências Humanas

Educação
  • corpo, gênero e sexualidade na educação profissional: cenários epistemológicos e subjetivos
  • O presente projeto nasce da constatação de uma lacuna no campo epistemológico da Educação Profissional e Tecnológica, a saber, a inexpressiva quantidade de estudos sobre corpo, gênero e sexualidade nessa modalidade educativa. O caráter problemático desse diagnóstico acentua-se pela crescente demanda estudantil relacionada a situações de sofrimento vinculadas às questões de gênero e sexualidade. Isto posto, objetiva-se, com esta pesquisa, apontar as implicações epistemológicas e subjetivas provenientes das maneiras por meio das quais a formação integral do cidadão trabalhador articula-se com as questões de gênero e sexualidade no contexto da Educação Profissional. Para tanto, pretende-se responder à seguinte pergunta norteadora: quais as relações entre a formação integral aventada pela Educação Profissional e Tecnológica e o tratamento dado às questões concernentes ao corpo, ao gênero e à sexualidade nas instituições que compõem essa modalidade educativa? A fim de responder tal indagação, a pesquisa empregará metodologia de abordagem qualitativa e referencial teórico que dialoga com o materialismo histórico-dialético, bem como com reconhecidos autores dos estudos de gênero e sexualidade. Almeja-se, como resultado, colaborar para a expansão epistemológica da Educação Profissional, bem como oferecer dados para a reformulação dos Planos de Desenvolvimento Institucionais e dos Projetos Político-Pedagógicos das IES brasileiras nele envolvidas. Aspira-se, igualmente, visibilizar a experiência vivida pelos sujeitos em situações de sofrimento, oferecendo ferramentas para a promoção da sua cidadania por meio da formação integral e omnilateral possibilitada pela Educação Profissional e Tecnológica.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Awdry Feisser Miquelin

Ciências Humanas

Educação
  • o ensino de ciência na escola potencializado pela arte e a tecnologia
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 12/08/2019-31/08/2021
Foto de perfil

Ayla Sant Ana da Silva

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • avaliação do processo de liquefação da biomassa lignocelulósica na hidrólise enzimática com alto conteúdo de sólidos
  • Atualmente, o processamento da biomassa via hidrólise enzimática é um método amplamente aceito pela academia e pela indústria para despolimerização da biomassa lignocelulósica em açúcares, fato que vem sendo confirmado pela implantação da rota de hidrólise enzimática em diversas plantas comerciais de produção de etanol celulósico no mundo. No entanto, apesar de a tecnologia já estar sendo experimentada em escala comercial, existem inúmeros desafios que ainda precisam ser avaliados. Um importante desafio está relacionado com o baixo entendimento sobre os fenômenos que ocorrem na hidrólise enzimática com alto conteúdo de sólidos, já que até recentemente grande parte dos estudos avaliou a hidrólise em condições com baixos conteúdos de sólidos, menores que 10%. No entanto, a hidrólise com baixos teores de sólidos é inviável do ponto de vista industrial, porque resulta em produtos diluídos e em maior gasto com capital, se tornando necessário conduzir processos com alto conteúdo de sólidos, preferencialmente superior a 20%. Nas condições com alto conteúdo de sólidos, no entanto, ocorre a diminuição dos rendimentos de conversão da celulose em glicose, devido à alta viscosidade dos materiais fibrosos, que dificulta o desempenho das enzimas. Por isso, preparações enzimáticas que contenham enzimas eficientes para promover a hidrólise parcial nas primeiras horas do processo de hidrólise, chamada de etapa de liquefação, podem melhorar significativamente a transferência de massa em condições com alto conteúdo de sólidos através da rápida fluidificação da mistura. Estabelecer o impacto de cada aspecto na etapa de liquefação é essencial, já que em escalas industriais a rápida fluidificação da biomassa pode se traduzir em uma grande economia de energia. Nesse contexto, a presente proposta tem o objetivo de explorar aspectos inerentes à etapa de liquefação da biomassa lignocelulósica através do estudo do comportamento reológico dos hidrolisados de biomassa submetidos a hidrólise com preparados enzimáticos comerciais e formulados em laboratório, além de avaliar quais enzimas desempenham um papel essencial nessa etapa, correlacionando o efeito observado com a caracterização bioquímica de enzimas selecionadas.
  • Instituto Nacional de Tecnologia - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Aylene Emilia Moraes Bousquat

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desafios da implementação da rede de cuidado à pessoa com deficiência em diferentes contextos regionais: abordagem multidimensional e multiescalar
  • A relevância das necessidades de saúde da pessoa com deficiência tem crescido expressivamente nos domínios político e social. No Brasil, embora sejam observadas tentativas de aproximação das práticas dos serviços de reabilitação às diretrizes nacionais, pouco conhecimento científico é produzido sobre a gestão, organização e estrutura dos serviços na Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência (RCPCD). Esta proposta objetiva apresentar as influências dos determinantes políticos, estruturais e organizacionais no grau de implementação e funcionamento da RCPCD, bem como sobre sua articulação com as demais redes temáticas e na construção das regiões de saúde. Serão abordadas as formas pelas quais esses diferentes cenários se refletem no cuidado oferecido aos usuários, conforme o princípio constitucional da equidade. Para tanto, será utilizado como ponto disparador o projeto “Política, Planejamento e Gestão das Regiões e Redes de Atenção à Saúde no Brasil - Pesquisa Região e Redes”, que contou com apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pela chamada MCTI/CNPq/CT-Saúde/MS/SCTIE/Decit nº 41/201, durante o período de 2014 a 2018. Seu desenvolvimento propiciou o surgimento de diversas questões investigativas sobre a RCPCD e, por outro lado, evidenciou sua distância dos processos de regionalização e da construção das redes de saúde, nas diversas regiões visitadas. Em toda a execução da proposta, serão adotados os novos critérios e diretrizes estabelecidos pelo Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde no final de 2017, para o processo de Regionalização do SUS e para a elaboração do Planejamento Regional Integrado (PRI), tendo como meta organizar a Governança das Redes de Atenção à Saúde (RAS) sob a lógica de macrorregiões de saúde. As RAS foram criadas visando modelos de organização da atenção que privilegiem um sistema com integração, coordenação e continuidade do cuidado, baseados na cooperação entre gestores, prestadores e usuários. Seu grau de implantação tem sido inversamente relacionado a problemas estruturais e de organização do sistema de saúde, como a insuficiência de oferta e a ausência de mecanismos robustos de operacionalização da integração vertical. As regiões carecem de complexos reguladores integrados, de tecnologias de informação e comunicação, governança e protocolos clínicos que favoreçam a continuidade do cuidado e o acesso em tempo oportuno. Da mesma forma, a RCPCD deve se pautar em ações e serviços interdependentes e complementares, através da lógica de transmissão de informação entre eles. Portanto, serão centrais para este estudo: a regulação dos serviços de atenção especializada conforme base territorial que atendam pessoas com deficiência temporária ou permanente, progressiva, regressiva, ou estável, intermitente ou contínua, severa e em regime de tratamento intensivo; as articulações e fluxos entre os serviços de atenção especializada em Reabilitação Auditiva, Física, Intelectual, Visual, Ostomias e em Múltiplas Deficiências e os demais pontos da rede de atenção; e as referências entre unidades de diferentes níveis de complexidade, de abrangência local, intermunicipal e interestadual, segundo fluxos e protocolos pactuados. A presente proposta de estudo tem como objetivo analisar e discutir o grau de implementação da Rede de Cuidado à Pessoa com Deficiência, bem como os fatores políticos, organizacionais e estruturais determinantes para seu funcionamento, em diferentes contextos institucionais e regionais. O estudo da implementação da RCPCD poderá contribuir para a compreensão dos processos de pactuações político-administrativas entre as esferas estaduais, regionais e municipais, do processo de organização da regulação assistencial e gestão clínica, e como a demanda por atendimento em reabilitação tem sido manejada frente às novas necessidades de saúde e à manutenção de acompanhamentos de longa duração, levando-se em conta as diferentes características regionais. Esta pesquisa será construída por meio de abordagem multidimensional e multinível, utilizando-se o referencial teórico da análise de políticas de saúde. Identificará as particularidades na RCPCD nas interações entre a burocracia estatal e atores não estatais, e os recursos que mobilizam para explicar o desenho da política e seus resultados distributivos. Seu esquema analítico compreenderá três dimensões (política, estrutura e organização), que serão caracterizadas segundo os condicionantes da dinâmica regional da saúde através dos níveis de atenção à saúde. Serão empregados métodos mistos qualitativos e quantitativos, para melhor entendimento dos dados e análise. Pretende-se utilizar, em cinco estudos locais nas diferentes macrorregiões geográficas do Brasil, uma combinação dos enfoques "top-down" e "bottom-up" para análise de implementação da política de Regionalização nas estratégias de Regulação do acesso à assistência na RCPCD, além do recurso de itinerários terapêuticos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 30/11/2018-30/11/2020
Foto de perfil

Aylton José Alves

Engenharias

Engenharia de Energia
  • desenvolvimento de tecnologia e estudos técnicos e econômicos, para implantação de sistemas híbridos de geração de energia solar fotovoltaica e aquecimento de água.
  • Sistemas modernos de geração solar fotovoltaica são sistemas que convertem entre 13 a 17% de toda a energia solar neles incidente. A maior parte da energia incidente é convertida em calor, cuja temperatura pode ultrapassar a 70 ºC, sobre telhados, nos dias e horários mais quentes, na maior parte do território brasileiro. A alta temperatura nos painéis solares compromete a eficiência da conversão solar fotovoltaica. A aplicação de água na superfície dos painéis tem sido proposta para diminuir a temperatura de operação, com isso, proporcionando a melhoria da eficiência da conversão solar fotovoltaica. Sistemas de coletores solares tem sido utilizados para aquecimento de água, em substituição a chuveiros elétricos, que impactam seriamente a segurança dos sistemas de geração e fornecimento de energia elétrica, produzindo um acentuado pico de carga nos horários mais comuns de banho da população das grandes cidades. A redução na perda de potência de geração dos módulos, e a produção de água quente para banho, pode ser atingida pela instalação de um sistema conjugado de arrefecimento de painel/aquecimento de água, realidade essa já existente na tecnologia “Photovoltaic/Thermal” (PV/T). Nesta tecnologia utiliza-se de trocadores de calor convencionais compostos de tubulação metálica, que conduz água para o resfriamento do sistema. A água disposta na tubulação recebe calor dos módulos e se aquece, podendo ser utilizada no uso comum para água quente. O trabalho proposto tem como objetivo estudos teóricos e experimentais para o desenvolvimento: do projeto mecânico dos trocadores de calor, dos sistemas eletroeletrônicos de controle da vazão e da temperatura da água, na saída do sistema, que venha a otimizar a produção de energia elétrica no painel fotovoltaico e de água quente no sistema híbrido. A proposta desse trabalho inova, na medida em que pretende, a partir dos estudos propostos, construir um sistema microcontrolado, para programar a vazão e consequentemente a temperatura ou a quantidade de água quente, que proporcione um compromisso, entre a quantidade de água quente e a melhoria da eficiência dos painéis, com isso otimizando a eficiência energética global do sistema conjugado. Um sistema completo de geração solar fotovoltaico com aplicação da referida técnica será construído em adição a um sistema completo de produção e armazenamento de água quente. A água quente produzida deverá ser aproveitada para banho, em quatro banheiros destinados aos funcionários da empresa terceirizada que prestam serviços a instituição de ensino. Os estudos técnicos e econômicos serão conduzidos no sentido de desenvolver uma tecnologia, viável técnica e economicamente, para ser, possivelmente, utilizada em projetos de moradias populares, para tanto, testes comparativos de eficiência energética serão realizados em uma unidade residencial unifamiliar típica.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ayrton Figueiredo Martins

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • biorrefinaria: insumos químicos a partir da casca de arroz.
  • O uso de casca de arroz para a produção sustentável de produtos químicos prioritários e biopolímeros será estudada sob condições multivariadas. Primeiro, investigar-se-á as diferentes condições de hidrólise (ácida, básica, com diferentes catalisadores, com e sem pressão) e o uso de sonicação. O hidrolisado será usado como substrato para a fermentação (fúngica e bacteriana), sob diferentes condições de processo. Os produtos químicos e biopolímeros produzidos serão extraídos (líquido-líquido, adsorção em fase sólida) e purificado (liofilização, rotaevaporação). Serão avaliados os diferentes tipos de meios de fermentação e suplementação. A determinação cromatográfica será feita com equipamentos de HPLC-(DAD/DIR) e LC-MS.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Azadeh Mohammadi

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • defeitos topológicos e suas aplicações
  • Aqui, propomos um projeto de pesquisa a ser desenvolvido nos próximos três anos. O projeto é dividido em quatro vertentes inter-relacionadas, todas as quais abordam o papel dos defeitos topológicos. O primeiro, que constitui a principal linha da minha pesquisa, é sobre o estudo e construção de modelos solitônicos em diferentes dimensões e com diferentes auto-interações. Além disso, planejamos estudar campos bosônicos e fermiônicos, as distorções de seu espectro de energia devido à interação com o sóliton e os efeitos consequentes, incluindo a polarização a vácuo e o efeito Casimir. O segundo está relacionado à interação kink-antikink e o surgimento de modos quasinormais no sistema. Planejamos considerar um modelo de brinquedo que imite as interações kink-antikink, o qual esperamos ser em grande parte analiticamente solúvel. O modelo que vamos considerar tem parâmetros ajustáveis, que podemos variar de modo a entender o fenômeno de ressonância e a estrutura das janelas de escape. O terceiro é sobre a "flutuação do cone-som" análoga à conhecida flutuação do cone-luz que está relacionada com a remoção das divergências na função greens devido à perturbação linear da métrica plana. Vamos considerar os fônons em um buraco negro acústico onde foi demonstrado que a propagação de fônons em torno de um vórtice é equivalente à propagação de um campo bosônico sem massa em um espaço-tempo curvo. A última parte do projeto é em óptica e lida com a estabilização de feixes de vórtices em meios de Kerr com índices de refração não-lineares. Pretendemos investigar as regiões de estabilidade dos parâmetros do sistema usando métodos numéricos e comparar os resultados com os experimentos correspondentes, onde poderemos verificar a validade do estudo teórico.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bagnólia Araújo Costa

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação do efeito da alga marinha spirulina platensis em modelos de músculo liso de animais obesos ou exercitados
  • Diferentemente das plantas, que são utilizadas há muito tempo como fonte de produtos com atividade farmacológica e de onde diversos fármacos atualmente empregados na terapêutica foram descobertos, os produtos marinhos ainda carecem de maior interesse na pesquisa farmacológica. Apesar de um número relativamente grande de fármacos derivados dessa fonte ter sido descoberto nos últimos 60 anos, ainda está aquém do potencial que esses produtos naturais oferecem. Dentre os organismos marinhos com potencial farmacológico estão as algas verde-azuladas, pertencente ao filo das cianobactérias e da família Spirulinaceae. Dentre elas, certas espécies, incluindo Aphanizomenon flos-aquae, Spirulina platensis, Spirulina máxima e Spirulina fusiformis, têm sido consumidos pelos seres humanos há séculos. A espécie S. platensis merece destaque não apenas pelo seu valor nutritivo já comprovado, mas também pela sua eficácia no tratamento de diversas doenças como forma de medicina complementar, especialmente entre os pacientes com doenças cardiovasculares. Destacam se seus efeitos na hiperlipidemia, inflamação e estresse oxidativo, bem como na redução na agregação plaquetária, controle dos níveis lipídicos plasmático e redução de processos inflamatórios, contribuindo significativamente para a prevenção de doenças cardiovasculares, metabólicas e inflamatórias. Estudos que têm se preocupado em investigar a influência das espécies do gênero Spirulina nessas respostas concluem que seu uso crônico melhora a função endotelial, promove maior liberação de agentes vasodilatadores derivados do endotélio, principalmente o óxido nítrico e a prostaciclina, bem como reduz a liberação de agonistas vasoconstritores, principalmente endotelina e prostanoides, em animais com ou sem algum tipo de doença. No entanto, a maior parte dos estudos com as espécies desse gênero foram feitos com a espécie S. maxima, fazendo se necessárias mais pesquisas com a espécie S. platensis. Nesse sentido, em nosso laboratório evidenciamos o efeito protetor da S. platensis sobre o sistema vascular por promover o vasorelaxamento por meio da liberação do NO e da prostaciclina, além da sua capacidade atenuante do estresse oxidativo. Dentre as doenças crônicas associadas com o dano endotelial e promoção da desregulação da contratilidade muscular lisa, destaca se a obesidade. Essa doença está relacionada com o desenvolvimento de diversas outras doenças associadas, como a hipertensão arterial, problemas gastrintestinais, agravamento de episódios de crise em pacientes asmáticos e, recentemente, foi relatada sua influência no desenvolvimento da disfunção erétil. Outro fator que está relacionado com alterações na contratilidade muscular lisa é a prática de exercício físico. Diversos estudos mostram que, além de seus efeitos sobre a musculatura esquelética, o exercício altera também o funcionamento dos sistemas respiratório, neuro-humoral e autonômico, cardiovascular e gastrointestinal. Ainda nesse contexto, durante muito tempo o foco tem sido sobre os efeitos do exercício aeróbico sobre esses sistemas, no entanto, pouco se sabe sobre os efeitos do exercício físico de força, particularmente sobre a reatividade contrátil e relaxante muscular lisa. Demonstramos recentemente em nosso laboratório que o exercício agudo de natação promove diminuição da reatividade relaxante e aumento da reatividade contrátil em aorta de rato, seguido por um aumento na peroxidação lipidica em ambos aorta e coração de rato; além disso, potencializa a reatividade contrátil e diminuiu a reatividade relaxante em traqueia de rato, acompanhado de um aumento da peroxidação lipídica. Observamos também que o exercício aeróbico crônico de natação altera a reatividade contrátil do íleo de rato, diminuindo a amplitude da contração intestinal e promovendo alterações em nível tecidual para estabelecer uma adaptação do órgão ao exercício. Todavia, o número de estudos correlacionando o treinamento de força e a reatividade de modelos de músculo liso ainda são bastante reduzidos, sendo realizados em sua maioria em leitos vasculares. Sendo assim, há uma necessidade da ampliação dessas investigações, principalmente porque as características mecânicas entre o exercício aeróbio e o exercício de força são diferenciadas. Como o exercício aeróbio demanda um período de trabalho muscular prolongado, e no exercício de força o trabalho muscular é de natureza descontínua, há diferenças no padrão do fluxo sanguíneo periférico, de modo que as funções vascular, intestinal e respiratória podem apresentar comportamento bastante distinto, fenômeno este que necessita ser mais explorado. Por fim, sabe se que, tanto a obesidade quanto o exercício físico promovem alterações na resposta antioxidante do organismo, e que estes estão intimamente correlacionados com a regulação de vias de sinalização que controlam os processos de contração e relaxamento da musculatura lisa. Nesse sentido, propomos nesse Projeto uma investigação de quais alterações a obesidade promove na reatividade muscular lisa do corpo cavernoso, da traqueia e do íleo de rato, e os efeitos do exercício físico de força sobre a contratilidade da traqueia do íleo de rato, bem como os mecanismos responsáveis por tais alterações, para melhor entender os efeitos dessas duas variáveis sobre o processo de ereção peniana, em um modelo de disfunção erétil induzida pela obesidade, sobre os sistemas respiratório e gastrintestinal. Adicionalmente, investigaremos a influência da suplementação com S. platensis sobre tais sistemas, focando no estresse oxidativo e suas múltiplas influências sobre a maquinaria contrátil do músculo liso.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Baldoino Fonseca dos Santos Neto

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • investigando heurísticas adotadas por desenvolvedores para detectar code smells
  • Um code smell indica uma má decisão de implementação que, frequentemente, piora a qualidade de um software. Portanto, a detecção de code smells é fundamental para suportar a grande variedade de tarefas realizadas para melhorar a qualidade de um software. Entretanto, detectar code smells na prática não é uma tarefa fácil uma vez que envolve uma alta subjetividade. Mais especificamente, estudos observaram que desenvolvedores possuem percepções divergentes sobre a ocorrência de um determinado tipo de smell em um mesmo trecho de código. Por exemplo, considere o tipo de smell Long Method que é definido como um método muito longo e responsável por muitas responsabilidades. Quando um desenvolvedor precisa detectar um Long Method, ele pode enfrentar diferentes questões subjetivas, tais como: (i) Como determinar se um método é longo?; (ii) Como determinar se um método possui muitas responsabilidades?; (iii) É possível detectar precisamente um método longo tomando como base somente o número de linhas de código?; e (iv) Quantas linhas de código são requeridas para caracterizar um método como sendo longo? Dada a natureza subjetiva das questões supracitadas, desenvolvedores trabalhando em um mesmo trecho de código podem ter percepções divergentes sobre a ocorrência de um Long Method no código em questão. Esta subjetividade também se aplica ao considerarmos a detecção de outros tipos de code smells. Por outro lado, estudos sugerem que considerar as heurísticas adotadas por desenvolvedores para detectar code smells pode ser um caminho promissor para lidar com esta subjetividade. Por heurística entende-se a percepção/ponto de vista particular que cada desenvolvedor adota para detectar a ocorrência de um determinado tipo de smell em um trecho de código. Por exemplo, enquanto um desenvolvedor considera somente o “número de linhas de código de um método” para determinar se o método é longo ou não, outro desenvolvedor considera o “tamanho e estrutura do método”. Embora o uso de heurísticas seja uma forma promissora para lidar com a subjetividade envolvida na detecção de code smells, estudos existentes não analisaram de maneira abrangente e sistemática quais heurísticas têm sido adotadas por desenvolvedores para detectar diferentes tipos de code smells. Além disso, não é evidente quais fatores podem influenciar a adoção destas heurísticas. Vários fatores podem exercer uma influência consistente na adoção destas heurísticas. Por exemplo, o ambiente e linguagem de programação, domínio do software assim como também características básicas inerentes ao desenvolvedor, tais como, sua experiência e conhecimento. A investigação destas questões pode ser benéfica uma vez que seria mais factível criar ferramentas capazes de detectar code smells levando em consideração as diferentes percepções de desenvolvedores. Desta forma, tornando mais fácil lidar com a subjetividade envolvida na detecção de code smells. Por outro lado, estes benefícios tornam-se mais difíceis de atingir se não compreendermos devidamente as heurísticas adotadas por desenvolvedores e os principais fatores que podem influenciar a adoção das mesmas. Neste contexto, este projeto visa realizar um estudo abrangente para compreender a subjetividade envolvida na detecção de code smells. Em particular, nós investigaremos as heurísticas que têm sido adotadas por desenvolvedores para detectar diferentes tipos de smells e quais fatores podem influenciar a adoção de determinadas heurísticas. Inicialmente, nós utilizaremos a metodologia Q para revelar as diferentes percepções (heurísticas) adotadas por desenvolvedores para detectar code smells. Q é uma metodologia de pesquisa que possibilita o estudo sistemático de subjetividade. Esta metodologia utiliza métodos quantitativos e qualitativos para revelar percepções/pontos de vista entre um grupo de participantes sobre um tópico em particular. Neste projeto, as heurísticas adotadas por desenvolvedores são consideradas como o tópico central de estudo. Após revelar as heurísticas adotadas por desenvolvedores, nós pretendemos elaborar uma ground theory visando melhor caracterizar e conceitualizar estas heurísticas e os principais fatores (e suas relações) que podem influenciar a adoção das mesmas. A teoria é definida a partir de dados e é usada para entender as ações em uma área específica do ponto de vista dos atores envolvidos em um fenômeno. No nosso caso, o fenômeno é a adoção de determinadas heurísticas por desenvolvedores para detectar code smells. Nossa hipótese é que os resultados dos procedimentos da metodologia Q e a Grounded Theory fornecerão evidências que propiciarão o avanço do estado da arte de técnicas e ferramentas mais eficientes para identificação de code smells, levando em consideração as diferentes percepções de desenvolvedores sobre smells. No contexto de refatoramento e detecção de smells, o nosso grupo - juntamente, com colaborações nacionais e internacionais- tem publicado artigos em periódicos e conferências altamente qualificadas. Por exemplo, recentemente publicamos artigos nos periódicos TSE (Qualis A1) e IST (Qualis A2). Também temos artigos publicados nas principais conferências em Engenharia de Software, a exemplo, FSE/ESEC (Qualis A1) e ICSE (Qualis A1). Vale ressaltar que o nosso artigo intitulado "Identifying design problems in the source code: a grounded theory" publicado no ICSE 2018 foi premiado como "distinguished paper”, confirmando o impacto de nossos trabalhos na comunidade mundial de Engenharia de Software}. Diante do apresentado, acreditamos que podemos alcançar os principais objetivos deste projeto:(i) investigar as heurísticas que têm sido adotadas por desenvolvedores para detectar code smells; (ii) quais fatores (e suas relações) podem influenciar a adoção destas heurísticas; e (iii) elaborar uma grounded theory visando melhor caracterizar e conceitualizar estas heurísticas e fatores que podem influenciar a adoção das mesmas.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bárbara Costa Beber

Ciências da Saúde

Fonoaudiologia
  • mini-exame do estado linguístico (meel): instrumento de rastreio de afasia para a população brasileira
  • Introdução: A afasia é um déficit na comunicação oral que pode decorrer de doenças neurodegenerativas ou de lesões cerebrais adquiridas, como o acidente vascular cerebral. Pessoas com afasia sofrem importantes limitações na funcionalidade e na qualidade vida, que podem ser agravadas por dificuldades no diagnóstico e no acesso a tratamentos adequados. As limitações são maiores ainda nas afasias decorrentes de causas neurodegenerativas, como na Afasia Progressiva Primária (APP), pois há grande dificuldade em realizar diagnóstico adequado devido à falta de informações sobre a doença e devido à escassez de instrumentos de avaliação adequados. Objetivo: Disponibilizar um instrumento de avaliação da linguagem para a comunidade brasileira clínica e acadêmica, que seja de fácil e rápida aplicação, de acesso gratuito, e com boas propriedades psicométricas, através da adaptação e validação do Mini-Exame do Estado Linguístico (MEEL). Método: Será realizado o processo de tradução e adaptação transcultural da versão original do MEEL para o português Brasileiro, além do estudo de validade de construto e da acurácia diagnóstica. Serão constituídos grupos clínicos com participantes com diagnóstico neurológico de APP, distúrbios do movimento, doença de Alzheimer e afasia decorrente de acidente vascular cerebral. Um grupo controle será constituído de indivíduos saudáveis pareados para sexo, idade e escolaridade com o grupo clínico. Resultados Esperados: O principal produto gerado por este projeto será um instrumento de rastreio da afasia, que será o primeiro instrumento brasileiro especialmente construído para o diagnóstico das afasias neurodegenerativas. O potencial de impacto é a melhora no diagnóstico da afasia, que é uma condição neurológica ainda subdiagnosticada ou diagnóstica de forma errônea no cenário brasileiro. Como consequência, pessoas com afasia terão acesso a informação e tratamento adequados para a sua condição de saúde, com uma melhor manutenção da qualidade de vida.
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Barbara Cristina Euzebio Pereira Dias de Oliveira

Outra

Divulgação Científica
  • museu da patologia: um novo equipamento cultural para a divulgação cientifica
  • Nos últimos anos, assistimos à aceleração na taxa de produção, disseminação e uso do conhecimento que foi corroborada pelo processo de globalização das economias e dos mercados. Esse processo de globalização é acompanhado de uma corrida internacional pela tecnologia. Com isso, a quantidade de informação e a complexidade do conhecimento científico vêm colocando para nossa sociedade o desafio de fazer com que a apropriação de tais conhecimentos não se restrinja a um pequeno grupo de pessoas. Enquanto isso, a grande maioria, por não ter acesso a estes conhecimentos, tem que se limitar a aceitar, muitas vezes sem compreender, os impactos sociais, biológicos, econômicos e ambientais da vida em sociedade, advindos da aplicação dos mesmos. Nesse sentido, é importante ressaltar que, para aumentar a capacidade de inovação do país são necessárias ações que aproximem, de maneira integrada e interdisciplinar, a ciência da tecnologia e também o complexo técnico-científico dos complexos produtivos e do cidadão. Este desafio, não pode ser solucionado sem a participação de variadas instituições. Os museus de ciência, ligados às universidades ou centros de pesquisa, são instituições de produção, reformulação e difusão do saber. Uma das principais funções dos Museus de Ciência é permitir ao cidadão acompanhar o processo científico, se informar para poder tomar decisões esclarecidas, aprender a cuidar melhor de sua saúde, ou simplesmente “matar a curiosidade” e se “deliciar” com suas próprias descobertas contribuindo para a construção de uma cidadania participativa. A observação do mundo através do olhar da ciência tem proporcionado mudanças significativas na humanidade. Além disso, se entendermos a ciência como fruto do pensar e do fazer humano e os pesquisadores como “atores sociais”, entenderemos a ciência como parte integrante da nossa cultura. Os centros e museus de ciência podem ainda contribuir com o ensino formal, através de programas de formação continuada, instigando professores a novas atitudes pedagógicas, propondo temas de debate, criando laboratórios-modelo e materiais didáticos, estimulando alunos a demandarem mais das escolas e de seus professores e estimulando o interesse pela ciência. A relação entre o museu e a escola deve acompanhar tanto as mudanças do contexto sociocultural de cada uma destas instituições como respeitar as características intrínsecas de cada um dos espaços. Desse modo, os museus de ciências podem impulsionar e desencadear o processo de educar pela pesquisa (Demo, 2001 e 2003), possibilitando uma articulação entre a formação escolar e a educação museal, através de atividades que aprofundem os temas presentes nas exposições dos museus ou conduzam a outros temas relacionados ou ainda constituam fator gerador de pesquisa em outros temas de ciências. Desse modo, acredita-se que os museus, através tanto das suas atividades interativas e exposições como também pela formação continuada de professores que frequentam esse espaço, podem motivar o educar pela pesquisa, contribuindo assim com o desenvolvimento das inteligências intrapessoal e interpessoal (Antunes, 2001 e 2006). Desta forma o museu de ciências funciona como espaço de celebração de valores, de construção de identidade, de pesquisa e reformulação de conhecimentos, de difusão e popularização da ciência e da educação não formal, sem qualquer obrigatoriedade de comparecimento ou sistema de avaliação de aprendizado ou estratificação comparativa. O Museu da Patologia foi criado por Oswaldo Cruz em 1903. Durante as décadas de 1960-70 o Museu sofreu perdas importantes no seu acervo e em sua equipe. Em 2007, o Museu foi reestruturado e passou a abrigar três Coleções de material biológico (http://museudapatologia.ioc.fiocruz.br/index.php/br/museu-patologia/sobre-museu.html). Em 2009 foi lançado o site do Museu e desde então vimos recebendo solicitações de visitação pública ao Museu. Em 2013 realizamos a exposição ¨Corpo, Saúde e Ciência: O Museu da Patologia do Instituto Oswaldo Cruz” (http://museudapatologia.ioc.fiocruz.br/index.php/br/exposicao/visita-virtual-expo.html), que nos fez notar uma demanda reprimida por espaços culturais com esta temática. Nesse sentido, em resposta a esta demanda e visando contribuir com a alfabetização científica tanto no ciberespaço (Museu Virtual – desde 2009) quanto em um novo ambiente expositivo interativo (de ensino não-formal) nos propomos neste projeto a estruturar uma exposição de longa duração versando sobre os temas próprios de nosso acervo nas áreas de anatomia, patologia e histologia bem como a constituição de uma área voltada para atividades interativas com o público visitante. Nesta área será realizada também a formação continuada de professores de modo que este profissional possa interagir com o Museu como uma fonte de pesquisa e de experimentação com os seus alunos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bárbara Cristina Gallardo

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • formação de professores críticos de línguas estrangeiras: realidade e perspectivas
  • Este projeto foi elaborado a partir de nossa experiência como professora de estágio de língua inglesa e de linguística aplicada ao ensino de línguas estrangeiras. As crenças que escapam em meio a discussões sobre educação, questões sociais e culturais e teorias sobre o ensino e aprendizagem de LEs sugerem que professores de inglês e espanhol em formação tendem a repetir, na prática, o modelo de ensino estritamente gramatical que tiveram no ensino médio. Este se dá em meio à confusão no que concerne à questão fluência versus proficiência e o discurso da globalização, mundialmente abrangente, que estabelece características e ideologias em comum, desejáveis a certos grupos, mas em oposição a sua realidade regional. Assim, o objetivo deste projeto é mapear as identidades e perspectivas de professores de inglês e espanhol em formação, sua relação com a língua que vão ensinar e a relação desse ensino com o mundo. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e exploratória, de caráter intervencionista, com 4 fases: coleta de um questionário e uma entrevista com professores de LEs em formação; discussão dos resultados da análise dos dados, em grupos focais; produção, prática e distribuição de conteúdo gerado pelos participantes a partir das discussões; realização das práticas no estágio supervisionado de inglês/espanhol. Os resultados pretendem promover a formação de professores conscientes da construção da cidadania na sala de aula, professores que associarão teoria e prática ao seu contexto regional, que focarão o seu trabalho mais na formação do aluno do que no conteúdo ‘abstrato’ que precisam ministrar.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Bárbara da Silva Nalin de Souza

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desertos alimentares na capital do agronegócio: ambiente alimentar de escolar
  • No Brasil, entre os anos de 2002-2003 e 2008-2009 houve aumento de cerca de 30% na prevalência de excesso de peso entre adolescentes de ambos os sexos. Esse quadro se estabeleceu em paralelo ao novo perfil de disponibilidade e acessibilidade aos alimentos, com crescente aumento de consumo de produtos ultraprocessados, de elevada densidade energética e baixo valor nutricional. Entre adolescentes, pesquisas nacionais e alguns estudos que caracterizaram o consumo individual mostram consistentemente essa realidade. Os hábitos alimentares e de estilo de vida adquiridos durante a adolescência podem influenciar a saúde atual e futura, potencializando o risco de desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, que, por sua vez, têm sido apontadas como os principais problemas de saúde pública do país. O consumo alimentar resulta da escolha dos alimentos, sendo fortemente influenciado por um conjunto de fatores que envolvem o indivíduo e o ambiente onde vive. Assim, fatores econômicos, sociais e psicológicos interagem entre si, construindo padrões alimentares próprios, como resultado de uma complexa organização de costumes e tradições que são transmitidos, mas que podem se modificar ao longo da história. Alguns pesquisadores têm, então, chamado a atenção para a necessidade de se promover mudanças no comportamento alimentar com foco na modificação do ambiente alimentar ao invés de centrar esforços em mudanças no comportamento individual, principalmente se este ambiente incentiva o consumo excessivo de energia e a vida sedentária, com um gasto energético cada vez menor. A investigação de ambientes alimentares tem recebido destaque visto que o acesso e a disponibilidade de determinados tipos de alimentos têm se mostrado associado ao estado nutricional de indivíduos. Tanto o ambiente domiciliar como o escolar são considerados complexos, uma vez que a presença do alimento é influenciada por muitas variáveis, tais como disponibilidade, acessibilidade, proximidade de estabelecimentos de venda, frequência com que as compras são realizadas, custo e aspectos sociais que influenciam a compra e a forma de preparo dos alimentos. Nesse contexto, destaca-se também o conceito de desertos alimentares, que são áreas caracterizadas pela baixa disponibilidade ou acesso deficiente a alimentos saudáveis, podendo contribuir para disparidades sociais e espaciais na alimentação e na ocorrência de desfechos desfavoráveis em saúde e relacionados ao consumo alimentar. O interesse dessa proposta é explorar o ambiente alimentar, relacionado principalmente à escola e seu entorno, verificando a existência de desertos alimentares, com a utilização de metodologias apropriadas de investigação, considerando também aspectos do ambiente alimentar domiciliar, e caracterizar o consumo alimentar, com o objetivo de analisar possíveis associações com o estado nutricional de adolescentes do 6º e 9º ano, com idade aproximada de 11 a 15 anos, matriculados em escolas públicas municipais de Cuiabá, Mato Grosso (MT). Trata-se de um estudo transversal, que avaliará o ambiente alimentar com uso de ferramentas de geoprocessamento, para permitir a análise espacial dos dados. Além disso, uma das estratégias de análise estatística será o emprego de modelos de equações estruturais para testar possíveis interações entre ambiente alimentar e consumo alimentar individual sobre o estado nutricional dos adolescentes. O estudo pretende contribuir para a identificação de fatores, principalmente do ambiente alimentar, que possam influenciar o ganho de peso excessivo de adolescentes, fornecendo subsídios para a proposição de intervenções que favoreçam a construção de hábitos alimentares saudáveis, evitando aumento da prevalência de sobrepeso e obesidade nessa população.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bárbara de Castro Pimentel Figueiredo

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • estudo funcional da enzima elastase de schistosoma mansoni e seu efeito na infectividade das cercárias em modelo murino
  • A esquistossomose é uma doença milenar causada pela infecção por parasitos do gênero Schistosoma. No Brasil, a esquistossomose ocorre em uma grande área endêmica e o número de indivíduos infectados por Schistosoma mansoni pode chegar a sete milhões. O parasito S. mansoni apresenta um complexo ciclo de vida e a infecção dos hospedeiros vertebrados ocorre pela penetração ativa de cercárias através da pele. Esse processo envolve ação vibratória da cauda da cercária e também o esvaziamento das glândulas acetabulares promovendo a secreção de proteases líticas que auxiliam na penetração da pele intacta do hospedeiro. Estudos anteriores caracterizaram diversas proteínas presentes na secreção de cercárias, sendo que a serino protease elastase (SmCE) foi apontada como a proteína mais abundante e também como a protease mais importante na penetração ativa da pele do hospedeiro. Levando em consideração os conhecimentos a cerca da elastase de cercárias, elaborou-se a hipótese que norteia o presente estudo: o bloqueio da elastase, principal proteinase presente nas glândulas acetabulares das cercárias, pode levar à diminuição da infectividade das mesmas. Assim sendo, o presente projeto objetiva o estudo funcional da enzima SmCE e a avaliação do seu efeito na infectividade de cercárias em modelo murino. Para tanto, serão realizados experimentos que iniciam com a clonagem e a produção heteróloga da forma mais abundante da elastase cercariana, SmCE 1a. Para isso, o cDNA referente à SmCE 1a será inserido em um plasmídeo para expressão em Escherichia coli e a proteína recombinante será produzida e purificada por cromatografia de afinidade. Após a produção de SmCE 1a, será realizada a sua caracterização enzimática a partir de ensaios in vitro realizados com substrato cromogênico para elastase. Uma vez definidos parâmetros como pH e temperatura ótima de funcionamento da enzima, será investigado o efeito de os inibidores da atividade elastásica já descritos na literatura, como tosil-L-fenilalamina clorometil cetona (TPCK) e elafina, na atividade de SmCE 1a. Neste contexto, será também avaliada a proteína SmKI-1 de S. mansoni, recentemente caracterizada como um inibidor de elastase neutrofílica. Assim que os inibidores de elastase forem confirmados por experimentos in vitro, eles serão utilizados em experimentos de infectividade de cercárias em modelo murino para investigar se o bloqueio de SmCE afeta a penetração das cercárias. Para isso, as cercárias serão colocadas em contato com a pele extraída de camundongos de modo a estimular a infecção e os parasitos capazes de penetrar ativamente na pele serão quantificados. Além disso, como um estudo recente demonstrou que camundongos foram capazes de produzir anticorpos contra SmCE após imunizações com preparações brutas contendo a enzima, também será investigada a penetração das cercárias na presença de soros de pacientes portadores de esquistossomose. Os resultados obtidos com este projeto poderão motivar estudos posteriores visando a utilização de inibidores de SmCE no desenvolvimento de um produto, de uso tópico, que evite a penetração ativa das cercárias, algo que seria uma grande inovação para o controle da esquistossomose. O desenvolvimento de uma metodologia que impacte diretamente a maneira como as pessoas são infectadas pelo parasito pode ser um recurso eficiente para interromper o ciclo evolutivo do parasito, promovendo economia em termos de diagnóstico e tratamento da doença, além do aumento da qualidade e da expectativa de vida da população residente de áreas endêmicas para esquistossomose. O projeto permitirá ainda um avanço científico em termos de conhecimento de novas alternativas de combate à infecção por S. mansoni e da formação de recursos humanos especializados.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bárbara do Nascimento Borges

Ciências da Saúde

Medicina
  • identificação de alterações genéticas e epigenéticas da carcinogênese mamária: um estudo comparado entre humanos e caninos
  • Devido o crescimento e o aumento da expectativa de vida da população mundial, a incidência de câncer aumentou, estimando-se que para o ano de 2030, ocorrerão aproximadamente 26 milhões de novos casos com 17 milhões de óbitos. Tais estimativas tornam o câncer um problema de saúde pública mundial, e por esta razão, estudos que possam auxiliar no seu controle, diagnóstico, tratamento e prevenção se fazem tão importantes. Dentre os tumores que merecem destaque pela sua incidência e letalidade estão os tumores mamários. O câncer de mama é a malignidade de maior prevalência e a segunda causa de morte por câncer no mundo entre as mulheres. É considerando uma doença heterogênea, com diferentes características histopatológicas, moleculares e clínicas, com diferentes prognósticos e resposta ao tratamento. Assim como em mulheres, o câncer de mama canino é um dos principais tumores que acomete esses animais, apresentando várias características comuns, tais como o desenvolvimento espontâneo, comportamento biológico, características histopatológicas e o compartilhamento de fatores de risco. Já é sabido que, assim como em humanos, os tumores de mama canino também são divididos em subtipos moleculares, que apresentam comportamento diferenciado. Apesar de ser considerado um modelo para a carcinogênese mamária humana, pouco ainda se sabe sobre este processo em caninos, principalmente no que concerne às vias dos diferentes subtipos moleculares. Considerando que a identificação e o entendimento dos mecanismos genéticos e epigenéticos das vias afetadas, e seus principais genes alterados, pode ajudar na compreensão da patogênese molecular desses tumores, além de contribuir para identificação de marcadores moleculares de prognóstico e diagnóstico, o presente trabalho visa identificar marcadores genéticos e epigenéticos relacionados ao surgimento e desenvolvimento de carcinomas mamários de cadelas e de amostras humanas) de pacientes do estado do Pará. Para tanto, será realizado um screening molecular utilizando uma plataforma de array CGH para a identificação de alterações genéticas, como polimorfismos de base única (SNPs) e variação no número de cópias (CNs), metilação e de expressão gênica, além da técnica de Reduced Representation Bisulfite Sequencing (metilação). Os achados serão validados utilizando PCR em tempo real (SNPs, CNs e expressão gênica) e Bisulfite Sequencing PCR (metilação). Com isso, os resultados do projeto poderão: i) ser utilizados pelos profissionais de saúde no diagnóstico e prognóstico das neoplasias de mama, contribuindo massivamente para a melhoria da sobrevida dos pacientes; ii) ser utilizados pelos profissionais de medicina veterinária no diagnóstico e prognóstico das neoplasias mamárias em caninos, contribuindo massivamente para a melhoria da sobrevida dos pacientes iii) Além disso, o projeto fornecerá pela primeira vez, uma comparação molecular entre os diferentes subtipos de carcinomas mamários de humanos e cães, o que será importante na caracterização do cão como modelo no estudo deste tumor, especialmente no que concerne a resposta a tratamentos
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Barbara Estevao Clasen

Outra

Ciências Ambientais
  • avaliação ecotoxicológica de uma área contaminada com efluente doméstico
  • Dados do IBGE (2008) apontam que em torno de 50% do efluente doméstico produzido no Brasil é coletado e que somente 38% recebem algum tipo de tratamento, sendo que o restante é lançado diretamente em corpos hídricos e no solo. Essa prática pode causar diversos danos à saúde pública e a poluição do meio ambiente. Dentre os contaminantes que podem estar presentes nos efluentes destacam-se os metais pesados. Esse termo é empregado para identificar um grande número de elementos químicos com densidade atômica maior que 6 Kg.dm-3 e número atômico maior que 20 (ALLEONI et al 2005). Os metais que estão incluídos nessa classificação são o As, Hg, Cd, Pb, Se, Co, Fe, Mn, Mo, Cu, Zn e Ni. Esses elementos podem ser tóxicos mesmo em concentrações baixas e afetam o desenvolvimento de organismos que entram em contato com estes efluentes, além de serem potencialmente perigosos para o meio ambiente e a saúde pública (CAMARGO et al, 2007). Normalmente os efluentes compostos somente de efluente domésticos possuem baixos teores de metais pesados. No entanto, estudos prévios realizados em uma área com lançamento de efluentes domésticos diretamente solo do Campus Camobi da UFSM demonstram que em alguns pontos os teores de bário, cobre e zinco metais se encontram acima do estabelecido pela legislação (ARAÚJO, 2013). A avaliação da contaminação destas áreas normalmente é feita utilizando-se parâmetros físico-químicos, sem levar em consideração parâmetros biológicos ou ecotoxicológicos. A ecotoxicologia é o estudo científico dos efeitos adversos causados sobre organismos vivos pelas substâncias químicas liberadas no ambiente (AZEVEDO & CHASIN, 2004). A análise ecotoxicológica permite detectar a toxicidade da amostra como um todo, avaliando os efeitos combinados dos diferentes constituintes da amostra, enquanto, a análise química permite apenas quantificar as substâncias isoladas presentes numa amostra. Podem sem feitos estudos de toxidade aguda, que visam demonstrar a ocorrência do efeito adverso num curto período, ou de toxidade crônica, quando os estudos são realizados em um período que corresponde a toda a vida do organismo (AZEVEDO & CHASIN, 2004). Estes ensaios vêm sendo empregados no monitoramento da toxicidade de efluentes industriais e domésticos (HAMADA, 2008), na determinação da eficiência de estações de tratamento (ALVES et al, 2000), na avaliação do impacto do lançamento de efluentes no diretamente no solo (RECKZIEGEL, 2012) e na avaliação da qualidade das águas subterrâneas (AREZON, 2004). Em estudos ecotoxicológicos no solo, as minhocas das espécieEisenia Andrei e Eiseniafetida são amplamente utilizadas. Já em estudos de ecotoxicologia aquática, várias espécies de peixes são usadas, destacando as carpas (Cyprinuscarpio), um peixe originário da Europa Oridental e Ásia Ocidental, atualmente seu cultivo ocorre em todos os continentes, sendo amplamente distribuída no Brasil, além disso, as carpas tem uma ótima aceitação para consumo pela população brasileira. Este estudo objetiva determinar as características físico-químicas, bem como as concentrações de metais (Zn, Cu, Fe e Mn) no efluente doméstico e no solo onde o efluente é diretamente lançado. Após, serão realizados experimentos para avaliar a toxicidade de diferentes doses (0, 25, 50, 100%) de efluente doméstico em organismos terrestres (Eiseniafetida) e aquáticos (Cyprinuscarpio). Serão avaliadas biomassa e reprodução das minhocas, através de testes ecotoxicológicos. As avaliações bioquímicas da exposição em nível enzimático antioxidante e de estresse oxidativo serão determinadas em minhocas e peixes. Com estas avaliações pretende-se conhecer o potencial toxicicológico deste efluente doméstico visto que, existe uma lacuna de estudos avaliando a toxicidade deste contaminante em organismos que estão em contato direto com este tipo efluente como as minhocas e os peixes. Ressaltando que efluentes domésticos sem tratamento é um dos principais problemas ambientais no país. Portanto, a pesquisa proposta também poderá trazer subsídios para propor ações de preservação do meio ambiente e ações de recuperação de áreas contaminadas, que ocorrem na maioria dos municípios brasileiros.
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Barbara Lopes Amaral

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • não-localidade e contextualidade na era das tecnologias quânticas
  • Contextualidade e não-localidade são duas das características mais fascinantes da Física Quântica. Além do papel que essas propriedades ocupam na busca por uma compreensão de aspectos fundamentais da teoria, tecnologias que exploram esses fenônomenos prometem levar a uma revolução transformadora para ciência, indústria e sociedade. Essas características foram identificadas como recursos essenciais em diversos protocolos de informação e computação e, por esse motivo, é fundamental estudá-las do ponto de vista de Teorias de Recursos, que fornecem uma estrutura poderosa para o tratamento formal de uma propriedade física como um recurso operacional, adequada para sua caracterização, quantificação e manipulação. O objetivo desse projeto é buscar o desenvolvimento de uma Teoria de Recursos unificada para contextualidade e não-localidade em suas formas mais gerais. Esperamos também utilizar a perspectiva trazida pela informação quântica para produzir materiais didáticos que nos permitam introduzir os principais conceitos da Física Quântica para alunos ainda no Ensino Médio.
  • Universidade Federal de São João Del-Rei - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bárbara Maria Giaccom Ribeiro

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • sistemas urbanos e regionais: análise espacial e configuracional do caso de cachoeira do sul (rs, brasil)
  • O presente projeto tem como objetivo descrever e analisar a estrutura espacial e configuracional do município de Cachoeira do Sul (RS), bem como sua inserção na rede de cidades em âmbito regional. Uma série de investigações tem trazido avanços no conhecimento da relação entre a morfologia urbana e o uso do solo. Os estudos configuracionais urbanos constituem-se numa abordagem teórico-metodológica que permite associar características da forma urbana a seus atributos sociofuncionais, contribuindo para identificar estados, processos e dinâmicas urbanas. Esta pesquisa será desenvolvida no grupo de pesquisa em Sistemas Urbanos e Regionais, sediado na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Cachoeira do Sul, e pretende avançar na aproximação entre abordagens sobre a forma urbana e aquelas voltadas ao arranjo dos usos do solo. O estudo pretende contribuir no avanço do conhecimento sobre padrões de distribuição das atividades urbanas, bem como investigar a natureza e o papel da configuração urbana nesses processos. A estruturação de uma base de dados geoespacial tem potencial de contribuir para análises da estrutura espacial e configuracional de sistemas urbanos e regionais e para o estabelecimento de indicadores de desempenho espacial. A construção do conhecimento por meio da constituição das bases de dados espaciais e das análises decorrentes tende a contribuir tanto para o desenvolvimento regional, para uma integração entre academia e sociedade e entre academia e poder público. Os resultados alcançados poderão ser disponibilizados aos gestores públicos e órgãos municipais, com o objetivo de facilitar ao poder executivo possíveis encaminhamentos para proposta de elaboração e/ou revisão do planejamento municipal, uma vez que informações de ordem técnica são essenciais no subsídio a decisões de ações de planejamento. Ademais, será possibilitado aos acadêmicos do Curso de Arquitetura e Urbanismo ter contato com as teorias e modelos de uso do solo e de morfologia urbana, além de se amparar no sensoriamento remoto, no geoprocessamento, na análise geoestatística e na modelagem configuracional destinadas à análise espacial e sistêmica.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bartira Mendes Gorgulho

Ciências da Saúde

Nutrição
  • obesidade em mato grosso: enfrentamento, controle e interlocuções
  • Na perspectiva de contribuir com o enfrentamento da obesidade e demais Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) associadas, visa esta proposta a realização, de forma participativa e integrada, de um estudo focado na organização, diagnóstico, monitoramento e avaliação da atenção nutricional no âmbito do SUS; propiciando a interlocução da gestão, do serviço, da vigilância, da participação social e da promoção da saúde. Trata-se da junção de dados de monitoramento e avaliação da gestão com dados provenientes dos sistemas de informação já em uso, complementando-se com os dados do inquérito de saúde da Região de Saúde da Baixada Cuiabana – Mato Grosso, o Estudo BRAZUCA-Cuiabá, de responsabilidade dos proponentes desta chamada, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso. Como resultado, espera-se fortalecer a promoção da saúde, formar profissionais e gestores para o SUS, apoiar os diferentes territórios de saúde de Mato grosso, estimular novas ações e estratégias, desenvolver tecnologias leve-duras e fortalecer a Atenção Básica, com destaque aos Núcleos Ampliados de Saúde da Família. Para a proposta, além da Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN), embasam-nos as políticas de organização da atenção à saúde e do Sistema Único de Saúde (SUS) – Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa (ParticipaSUS) e Política Nacional de Educação Permanente em Saúde; além das políticas gerais de promoção, proteção e recuperação da saúde e da Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo, da Floresta e das Águas. De modo que, assume-se aqui, o sentido mais amplo de saúde, além de um referencial teórico de promoção da saúde composto por estratégias e formas de produzir saúde caracterizadas pela articulação e cooperação intra- e intersetorial, pela formação de Redes de Atenção à Saúde (RAS), pela articulação com as demais redes de proteção social, e com a ampla participação social.
  • Universidade Federal de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 30/11/2018-31/03/2021
Foto de perfil

Bartira Rossi Bergmann

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • “implantes subcutâneos nanotecnológicos para o tratamento da leishmaniose cutânea localizada”
  • A leishmaniose cutânea (LC) constitui importante problema de saúde pública no Brasil e no mundo, onde são registrados cerca de 200 mil novos casos anuais. É uma das doenças designadas como negligenciadas pela Organização Mundial da Saúde, devido ao baixo investimento no passado para o desenvolvimento de tratamentos adequados. O tratamento de primeira linha, mesmo para a forma mais comum de LC, a localizada (LCL) que manifesta-se com 1-4 úlceras na pele, é baseado em séries de injeções parenterais IM ou EV diárias por 20 dias. Os sérios efeitos tóxicos sistêmicos e as múltiplas viagens aos postos de saúde para receber as injeções diárias, frequentemente leva ao abandono do tratamento, particularmente por populações mais afastadas, ou vivendo em áreas de conflito como atualmente na Siria. Nesse contexto, este projeto visa o desenvolvimento científico e tecnológico de um medicamento eficaz para o tratamento da LC que reduza sensivelmente o número de doses, a toxidez, os custos com a medicação, e a logística com locomoção diária, aumentando o conforto e aderência ao tratamento. Para tal, serão desenvolvidos implantes subcutâneos consistindo de micropartículas poliméricas biodegradáveis de liberação continuada com anfotericina B, o antileishmanial convencional mais ativo no mercado. Será usada também a chalcona CH8, uma molécula sintética cristalina e lipofílica com alta atividade leishmanicida patenteada pelo grupo da Profa Bartira Bergmann em 2006. Além da microestruturação em partículas poliméricas, a CH8 será nanocristalizada por moagem com o objetivo de favorecer sua administração e captação subcutânea. As formulações microparticuladas foram patenteadas pelo grupo em 2011, e serão modificadas usando novas metodologias para uma maior taxa de incorporação dos fármacos, e padronização do processo para futuro escalonamento industrial dentro de BPF. As preparações serão caracterizadas in vitro quanto à taxa de incorporação e liberação do fármaco, tamanho, morfologia, e biocompatibilidade. In vivo, serão testadas em modelos de infecção com L. amazonensis e L. braziliensis quanto à eficácia, toxicidade cutânea, e farmacocinética cutânea, visando testes clínicos. O projeto como um todo está fundamentado em resultados consolidados do grupo, já publicados e com pedidos de patentes, portanto, de alta exequibilidade.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Bartolomeu Cruz Viana Neto

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo das propriedades físicas de interface em sistemas 2d heteroestruturados
  • O projeto proposto tem como objetivos a síntese e estudo das propriedades físicas de materiais híbridos bidimensionais (2D), com o controle das interfaces entre os materiais 2D, bem como, através dos processos de modificações por dopagem, tratamento térmico e funcionalização desenhar novas propriedades. A ideia é baseada no fato que materiais de espessura atômica (2D) com diferentes tipos de composição química e propriedades eletrônicas podem ser perfeitamente conectados promovendo propriedades eletrônicas diferenciadas derivadas de heterojunções. Isto possibilita a criação de novos dispositivos eletrônicos com diferentes funcionalidades. Entretanto, a estrutura, estabilidade e propriedades eletrônicas das heterojunções ainda são matéria de intenso estudo na literatura atual. Assim, o objetivo principal é estudar a natureza fundamental das interações entre elétrons e fônons através das junções 2D em domínios atômicos, como junções metal-semicondutor-isolante, entendendo a relação entre as propriedades eletrônicas, ópticas e térmicas nas heterojunções. Tudo isso modificando métodos de síntese para produzir estas junções de maneira controlada de acordo com objetivos pré determinados. Grafeno, nitreto de boro hexagonal, Dicalcogênios de metais de transição (TMDs) e carbetos de metais de transição (TMCs) são exemplos de estruturas 2D que serão utilizadas como blocos de construção para desenvolver heterojunções multifuncionais e complexas. Tendo em vista que esses materiais são estratégicos para o desenvolvimento das nanotecnologias em geral, o projeto representa um esforço para sedimentar o conhecimento nesse tema com uma visão interdisciplinar nesta área de fronteira da ciência atual, consolidando o Brasil no cenário do desenvolvimento da nanotecnologia, com ênfase nos processos de síntese, funcionalização e caracterização das nanoestruturas híbridas 2D. As propriedades eletrônicas, ópticas (estrutura de bandas, fotoluminescência, etc...) e vibracionais dos sulfetos metálicos 2D nas mais variadas morfologias têm sido amplamente estudadas usando ferramentas experimentais e teóricas. No entanto, ainda existem vários aspectos das propriedades destes sistemas que necessitam de estudos mais aprofundados. Dentre estes, se destacam as propriedades luminescentes, eletrônicas e vibracionais, mais especificamente de como essas propriedades variam com a morfologia ou forma da borda do sistema, e de como mudanças estruturais afetam as suas propriedades. Esta proposta objetiva sintetizar, de maneira controlada, e caracterizar heteroestruturas baseadas em TMDs e TMCs puros e dopados, usando ou não grafeno de nitreto de boro. Possibilitando uma nova geração de “blocos de construção” na fabricação de nanocompósitos, dispositivos eletrônicos, sensores, etc. No cenário atual, estudar e entender as propriedades fundamentais de heteroestruturas 2D e suas junções atomicamente finas é de grande importância para o desenvolvimento futuro de dispositivos híbridos com funcionalidades únicas e maiores rendimentos. Para tal, o uso de múltiplas técnicas de caracterização em escala atômica são primordiais para o entendimento da estrutura formada nas interfaces e suas propriedades. Questões fundamentais a respeito da optoeletrônica através das interfaces serão estudadas com o objetivo de explorar propriedades únicas das heterojunções de materiais 2D. Assim, os resultados deste projeto contribuirão para que esses sistemas possam ser utilizados como novos materiais em condições controladas ainda não relatados na literatura até o presente momento.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bartolomeu Warlene Silva de Souza

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • filmes e revestimentos comestíveis utilizando subprodutos do pescado e sua aplicação em produtos pesqueiros
  • Na presente proposta, macromoléculas (quitosana, gelatina e colágeno) serão obtidas de resíduos do pescado que são fontes da biomassa local (resíduo do caranguejo, camarão e resíduos da tilápia), objetivando desenvolver e caracterizar esses novos materiais e suas aplicações em produtos pesqueiros. O Núcleo propõe o desenvolvimento de filmes e revestimentos, para aplicação em produtos pesqueiros com o objetivo de melhorar a qualidade do pescado produzido no estado do Ceará, aumentando assim seu tempo de prateleira. As ações ora propostas pelo Núcleo de Desenvolvimento e Aplicação de Biomateriais em Alimentos contribuem para a estruturação de uma base científico-tecnológica no campo da tecnologia de alimentos e Engenharia de Pesca, propiciando a formação científica de pessoal e colaborando para o fortalecimento de grupos de pesquisa voltados à valorização do resíduo do pescado com foco em biopolímeros, fortalecendo desta forma o desenvolvimento do estado do Ceará.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Bartolomeu Zamprogno

Ciências Exatas e da Terra

Probabilidade e Estatística
  • o papel da estatística na bioeconomia: produzindo mais com menos matéria prima e insumos.
  • A biodiversidade brasileira é a maior e mais rica do planeta, uma grande vantagem para o mundo dos negócios. Isso se traduz num grande potencial para o Brasil ser protagonista mundial em Bioeconomia. Além disso, a Estatística sempre desempenhou papel fundamental na otimização de processos produtivos e não seria diferente no que tange aos setores da economia que utilizam recursos biológicos (seres vivos) explorados sustentavelmente. Nesse sentido, este projeto visa difundir para alunos da Educação Básica e comunidade em geral, a importância da Estatística na aplicação tecnológica que se utiliza de sistemas biológicos, organismos vivos ou derivativos destes, para produzir produtos e processos para usos específicos.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 05/10/2019-30/04/2020
Foto de perfil

Bastiaan Philip Reydon

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • governança fundiária participativa: crowdsourcing para gestão territorial sustentável
  • Esta iniciativa de estruturação de um sistema de governança fundiária piloto utilizando a metodologia de mobilização social digital (“crowdsourcing”), para um município no Estado do Acre e uma região urbana no estado de São Paulo servirá para diversas ações de políticas publicas tais como: ordenamento fundiário, manejo e adequação do uso sustentável das terras, quantificação do uso das terras e planejamento territorial por base municipal ou não, no ordenamento de mercado das terras, no cadastramento rural, desenvolvimento do agroturismo, na gestão hídrica, para cooperativas e associações de produtores rurais, ONGs entre outros.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Beate Saegesser Santos

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • nanoplataformas fluorescentes e plasmônicas para intensificação da ação fotodinâmica
  • A Terapia Fotodinâmica (TFD) é uma modalidade de tratamento que emprega a combinação de um composto fotossensível, denominado fotossensibilizador (FS), e luz visível, gerando espécies reativas de oxigênio capazes de induzir a inviabilização de células. Este procedimento, aprovado mundialmente para tratamento de tumores, tanto benignos quanto malignos, vem sendo também utilizado em dermatologia (para psoríase, acne, procedimentos estéticos) e odontologia (tratamento da periodontite e outras infecções relacionadas). Atualmente, devido ao aumento de resistência bacteriana a antibióticos, o uso da TFD para inativação microbiana (photodynamic antimicrobial chemotherapy, PACT) foi intensificada, sugerindo-se sua utilização como tratamento complementar de infecções localizadas, assim como, para desinfecção de água e de sangue. Dentre as várias classes existentes de FS uma das que se destacam são as porfirinas, compostos macrociclos tetrapirrólicos, que estão presentes em sistemas biológicos, mas que podem também ser obtidos sinteticamente. Além de alta absorptividade na região de luz visível, as porfirinas apresentam baixa toxicidade na ausência de luz, fotoestabilidade, localização preferencial no tecido alvo, e alto rendimento quântico do estado triplete. Para que haja eficiência fotodinâmica é necessário um eficiente mecanismo de conversão de fotoluminescência do FS gerando espécies reativas de oxigênio. Na última década, sistemas híbridos mais complexos estão sendo sugeridos para tornar a conversão energética do FS mais eficiente. Um sistema de captação energética, como por exemplo, uma espécie que tenha um poder de absorção eficiente e com conversão energética imediata ressonante com o FS, tanto através de transferência radiativa de luz quanto através de efeito plasmônico, tem o papel de amplificar o efeito fotodinâmico do FS. No presente projeto vamos testar estas hipóteses através da associação de porfirinas com dois sistemas nanoestruturados distintos: (i) pontos quânticos de materiais semicondutores (PQs) e (ii) nanoprismas de Ag ou nanobastões de Au. PQs são nanocristais fluorescentes em regime de confinamento quântico, onde o controle das propriedades ópticas é sintonizado pelo tamanho das partículas. Além de possuírem uma ampla banda de absorção de luz, os PQs apresentam eficiente recombinação excitônica e grande eficiência quântica. Nanopartículas de Ag prismáticas e/ou nanobastões de Au são obtidos através de crescimento anisotrópico em meio aquoso, podendo-se variar sua banda plasmônica em toda a região do visível (400 – 800 nm). Estes sistemas, quando devidamente sintonizados com espécies luminescentes, podem amplificar a conversão energética das espécies por efeitos de amplificação de campo local. A ideia central deste projeto é associar porfirinas catiônicas metaladas à superfície dos sistemas nanoestruturados e induzir a otimização de seus efeitos fotodinâmicos. O grupo de pesquisas Nanotecnologia Biomédica da UFPE, onde o projeto será realizado, possui extenso know-how no preparo e utilização destes sistemas para aplicações biomédicas. Neste projeto, as lectinas (proteínas não imunogênicas) serão utilizadas para direcionar as nanoestruturas híbridas (PQs/Porfirinas) ou (NPs/Porfirinas) para as membranas celulares de bactérias de cepas multirresistentes, tanto de vida livre quanto na forma de biofilmes, visando sua inativação fotodinâmica.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatrice Padovani Ferreira

Ciências Agrárias

Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca
  • peld tamandaré - dinâmica espacial e temporal dos ecossistemas marinhos: conectividade, resiliência e uso sustentável no sul de pernambuco.
  • Apesar da extensa área e indiscutível importância, o bioma costeiro e marinho brasileiro talvez seja aquele menos conhecido pela ciência nacional. Sua natureza submersa impõe desafios específicos para uma abordagem ecológica integrada de larga escala, e tem levado a uma dominância de abordagens em escala espacial restrita ou uni-variada. A presente proposta apresenta o sítio PELD-TAMS, litoral sul de Pernambuco, com uma área de 169.886,9 ha e se estendendo dos estuários até o talude continental superior (120 metros de profundidade). Na área estuarina e costeira, o mosaico de habitats é composto principalmente por manguezais, pradarias de fanerógamas e recifes costeiros. Estes ecossistemas estão interligados a uma plataforma continental carbonática, recortada por canais submersos e com recifes submersos que formam habitats responsáveis por suportar recursos pesqueiros explorados por uma intensa pesca artesanal. A porção externa da plataforma continental, considerada como uma área de significante interesse ecológico (EBSA), abriga fenômenos de agregações de peixes recifais, e elevada produção pesqueira associada a indícios de ressurgências sub-superficiais. Este macro-ecossistema suporta processos ecológicos complexos, submetidos a uso intenso, numa área reconhecida como prioritária para conservação. A presença de UC's reflete esta característica, tanto pela necessidade de proteção a estes ambientes, quanto pela ocupação e dependência humana, com duas UC's de Uso Sustentável (APA's) e uma de Proteção Integral (Parque), organizadas em mosaico. A presente proposta se ampara num histórico de décadas de pesquisas oceanográficas, resultado da parceria entre a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste (CEPENE/ICMBio). Este histórico resultou em uma produção cientifica e acadêmica ampla, com 02 livros, 16 capítulos, 83 artigos, 16 teses de doutorado e 37 dissertações de mestrado concluídas, além de 8 doutorados e 6 mestrados em andamento. Portanto, a presente proposta integra estes esforços e alinha os vários projetos em andamento, com o objetivo de preencher lacunas e subsidiar análises que busquem detectar tendências naturais e impactos antrópicos, fundamentando a formulação de políticas públicas voltadas à conservação e à gestão sustentável do meio ambiente. Desta forma busca-se alcançar o objetivo geral da proposta que é a compreensão dos padrões e processos estruturantes dos ecossistemas marinhos/costeiros do sítio PELD-TAMS, suas variações temporais e espaciais, conectividade, e fatores chave de sua resiliência face às mudanças ambientais, de forma a subsidiar a adoção de estratégias de manejo e conservação necessárias para a manutenção da biodiversidade e uso sustentável. Nesse sentido, as perguntas norteadoras da proposta são: i. Qual é a escala da conectividade espacial entre os estuários e os limites externos da plataforma continental tropical?; ii. Qual é a variabilidade temporal e quais são as tendências observadas em relação aos impactos antrópicos e climáticos observados nas últimas décadas?; iii. Quais as principais fontes de variação nestes sistemas e quais são os elementos-chave na resiliência aos impactos antrópicos e ambientais?; iv. Qual estratégia espacial e temporal que deverá, idealmente, ser adotada para garantir o uso e conservação destes ambientes?. Para abordar estas questões, a proposta está estruturada em temas prioritários que direcionam os objetivos específicos: i. Geobiodiversidade, voltado aos estudos espaciais das variáveis geológicas e oceanográficas, relacionadas aos hábitats e ecossistemas bentônicos, indicadores de comunidades biológicas e diversidade de espécies; ii. Processos Oceanográficos, voltado aos estudos da dinâmica das massas d’agua, padrões de circulação em micro e meso-escala e suas variações sazonais e interanuais, incluindo associações com fenômenos climáticos globais; iii. Conectividade Populacional e Ecossistêmica, voltado aos estudos da estrutura das populações e comunidades, da conectividade espacial mediada por migrações, dispersão larval e transferência de energia na cadeia trófica, e da resiliência face aos distúrbios antrópicos e climáticos; iv. Conservação e uso sustentável da biodiversidade, voltado aos estudos dos usos e impactos humanos nas populações e ecossistemas, elaboração de planos de recuperação para espécies ameaçadas, avaliação da efetividade de áreas protegidas e planejamento espacial marinho e análise dos sistemas de governança local; e v. Contribuição a gestão participativa local e nacional, visando a inserção dos resultados nas políticas públicas e promoção de ações de disseminação do conhecimento e da participação da sociedade na ciência. Informações básicas, obtidas a partir de métodos clássicos, serão complementadas por metodologias científicas avançadas como a aplicação de técnicas de geoprocessamento e de marcadores moleculares e microquímicos na conectividade populacional, telemetria acústica, e câmeras remotas para áreas profundas, além de uma tecnologia inovadora de rastreamento de embarcações e atividade pesqueira. Métodos estatísticos clássicos também serão complementados por modelagem bayesiana na avaliação de populações, enquanto modelos oceanográficos de dispersão e conectividade larval integrarão os elementos espaço-temporais da paisagem marinha. O estudo da ecologia da paisagem marinha representa uma fronteira do conhecimento desafiadora e ao mesmo tempo fundamental na compreensão dos processos estruturantes e sua relação com impactos antrópicos e climáticos. Com a presente proposta esperamos contribuir para o avanço desta ciência e formação de recursos humanos, além de fortalecer através do reconhecimento do selo PELD às iniciativas e esforços integradores de pesquisa e gestão das instituições envolvidas, garantindo assim a continuidade e longa duração dos estudos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 09/01/2017-31/01/2021
Foto de perfil

Beatriz Appezzato da Glória

Ciências Biológicas

Botânica
  • estudos anatômicos e fisiológicos do pseudofruto do cajueiro com ênfase na maturação e pós-colheita
  • O cultivo do cajueiro com a finalidade de consumo do pedúnculo in natura vem se destacando nas regiões tradicionalmente produtoras e comercializadoras do fruto, ou seja da castanha-de-caju, e recentemente no Estado de São Paulo. Esse cultivo vem diversificando a fruticultura paulista e gerando renda aos produtores. Apesar da expansão do mercado e a boa aceitação do consumidor, verificou-se a carência de pesquisas sobre a anatomia, a fisiologia e tecnologias pós-colheita do pseudofruto do cajueiro. Portanto, este projeto tem por objetivo a caracterização fisiológica e anatômica do pedúnculo do cajueiro clone anão precoce CCP 76 durante o crescimento e maturação bem como verificar se a classificação de maturidade climatérica usada para frutos, também pode ser usada para o pedúnculo de cajueiro. Para isso, será analisada a resposta à aplicação de reguladores do amadurecimento, etileno e 1-metilciclopropeno. Nas análises de pós-colheita, serão estudados tratamentos de remoção da adstringência com etanol e CO2, embalagens com baixo O2 e armazenamento refrigerado no intuito de prolongar a vida de prateleira do pedúnculo. Este estudo será realizado de forma interdisciplinar com análises anatômicas (microscopia de luz e eletrônica de transmissão), fisiológicas, ocorrência de estresse oxidativo, físico-químicas e de identificação de compostos fenólicos por cromatografia líquida de ultra eficiência (CLUE). Os resultados gerados neste projeto irão indicar o estádio ideal para colheita, através da determinação do padrão de maturação, e futuros tratamentos pós-colheita e refrigeração que reduzam a alta perecibilidade do pedúnculo do cajueiro.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Beatriz Brandão Polivanov

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • cenas de música eletrônica e (in)visibilidade feminina: negociações e disputas na cultura digital
  • Este projeto de pesquisa foca em cenas de música eletrônica de pista (MEP) e nos modos como as mulheres que delas participam profissionalmente (seja como DJs, produtoras musicais ou de eventos) vão reivindicar seus lugares de fala, maior visibilidade e inserção social e mercadológica. Busca-se especificamente atentar neste primeiro momento para cenas do Brasil e do Canadá e as mediações Norte-Sul dos embates discursivos e materiais a partir de ferramentas da cultura digital. Para tal são propostos três eixos centrais de discussão teórica: a) o conceito de cenas musicais e suas dimensões virtuais; b) os estudos de gênero feminino na música, especialmente música eletrônica e c) as noções de performance. Como procedimentos metodológicos serão utilizados preceitos e técnicas advindos da etnografia, notadamente a observação participante de ambientes como sites de redes sociais e blogs, bem como eventos, e a realização de entrevistas, também tanto on quanto off-line. Espera-se com esta pesquisa contribuir para preencher uma lacuna nos estudos de comunicação e música, em seus diálogos com estudos de gênero e cultura digital.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz D'Agord Schaan

Ciências da Saúde

Medicina
  • rastreamento da retinopatia diabética no diabetes mellitus: implementação de fluxo para acesso universal à retinografia através da validação de métodos inovadores (machine learning) potencialmente mais sensíveis (tomografia de coerência óptica)
  • Esta proposta foi preparada em consonância com os objetivos do edital, visando avançar no conhecimento científico, fornecer subsídios para a tomada de decisões para as políticas de saúde e proporcionar melhorias na qualidade de vida da população através de estudo com foco específico em pacientes com diabetes mellitus, propondo fluxo de atendimento que proporcione acesso universal à avaliação oftalmológica de rastreamento de retinopatia diabética e edema macular, única forma que reconhecidamente pode prevenir a amaurose nessa população. Adicionalmente, utilizando bancos de imagens de retinografias da população brasileira (Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto - ELSA-Brasil e TelessaúdeRS/UFRGS Teleoftalmo) e coleta prospectiva de novas retinografias, algumas delas acrescidas de realização de tomografia de coerência óptica (OCT), propõe-se, neste projeto, algoritmo inovador (machine learning) que identificará as imagens com alterações iniciais, de tal forma que o oftalmologista só seria acionado para percentual limitado de exames. O mesmo banco de imagens, altamente representativo, será utilizado para descrever a prevalência das diferentes classes de retinopatia diabética, o que poderá trazer importantes informações relacionadas a entendimento de recursos públicos a serem empregados na prevenção da amaurose nessa população. Por fim, propõe-se avaliar a capacidade do aumento de acesso e a custo-efetividade da implantação do rastreamento proposto e do diagnóstico de retinopatia diabética/edema macular através de diferentes tipos de rastreamento (retinografias com e sem OCT; retinografias com e sem dados clínicos inseridos no modelo). Toda a metodologia proposta poderá trazer resultados com benefícios diretos e imediatos aos pacientes em nível de acesso, acolhimento e gestão pelo Sistema Único de Saúde (SUS), os quais serão de fácil aplicabilidade em qualquer hospital terciário que já trabalhe com esta linha de cuidado. Este processo poderá auxiliar, como estratégia de rastreamento, nos diversos níveis de atenção à saúde. Pontos fortes da proposta: ● Proposição de fluxo para rastreamento da doença oftálmica (retinopatia diabética e do edema macular) do diabetes mellitus (DM), única forma de garantir acesso e gestão deste recurso a todos os pacientes com a doença, e que reconhecidamente foi capaz de reduzir a amaurose quando implantado em outros cenários (países desenvolvidos). ● Proposta de construção de novas ferramentas por tecnologia inovadora (machine learning) que permitam uso mais eficiente de recursos menos disponíveis (oftalmologista, OCT) no diagnóstico e no manejo da retinopatia diabética e do edema macular. ● Avaliação de capacidade, impacto e custo-efetividade do fluxo e das ferramentas propostas. ● A proponente e os pesquisadores associados a esta proposta têm ampla experiência com estudos na área de DM e suas complicações crônicas, epidemiologia de doenças crônicas não-transmissíveis, inteligência artificial e custo-efetividade.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Gallotti Mamigonian

Ciências Humanas

História
  • a liberdade precária e a escravização ilegal no brasil oitocentista
  • Este projeto pretende investigar a prática da escravização de pessoas livres e a maneira como foi criminalizada e julgada no Brasil ao longo do século XIX. Traçando paralelos com o trabalho análogo a de escravo no Brasil contemporâneo, a pesquisa buscará os casos (e sujeitos) no limite entre a liberdade e a escravidão, buscando recuperar os termos das reivindicações de condiçõe dignas e apurar o que era considerado aceitável e o que era intolerável para os trabalhadores e o judiciário. Além dos processos-crime por “redução à escravidão de pessoas livres” (artigo 179 do Código criminal) a pesquisa buscará ações cíveis envolvendo pessoas em liberdade condicional que foram escravizadas ilegalmente ou sofriam ameaça de sê-lo. Desta maneira, o projeto pretende contribuir para a história do trabalho e do direito, assim como dialogar com os estudos sobre trabalho escravo contemporâneo na busca do entendimento das fronteiras conceituais da escravidão.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Gomes Guimarães

Ciências Biológicas

Biofísica
  • caracterização de fatores da maquinaria de tradução de tripanossomatídeos como potenciais alvos para o desenho de inibidores
  • Protozoários patogênicos do grupo dos tripanossomatídeos permanecem um grande problema de saúde mundial. O Trypanosoma cruzi é o agente causador da doença de Chagas, mais de 20 espécies de Leishmania causam múltiplas formas de leishmaniose e duas subespécies de T. brucei estão envolvidas na tripanossomíase humana africana. O número estimado de pessoas portadoras da doença de Chagas foi relatado recentemente: 5,75 milhões na América Latina (o CDC dos EUA estima 8 milhões), com aproximadamente 61 milhões em risco. A leishmaniose, em suas diferentes formas, foi detectada em 102 países. As estimativas para a tripanossomíase humana africana indicam 69 milhões de pessoas em risco em 36 países da região subsaariana, com aproximadamente 3000 novos casos por ano relatados nos últimos anos, embora o número real de casos possa ser muito maior. Atualmente, não existem vacinas para a prevenção dessas doenças. Seus tratamentos são baseados em quimioterapia que, apesar de serem relativamente eficazes, estão associados a uma ampla lista de problemas, incluindo alto custo, duração e baixa eficiência dos tratamentos, além de efeitos colaterais graves. Além disso, os mecanismos de ação da maioria dos compostos são desconhecidos. Esses fatos reforçam a necessidade do desenvolvimento de compostos mais específicos contra esses parasitas. Recentemente, iniciamos um esforço para validar os componentes da maquinaria de síntese protéica, essencial para a viabilidade celular, como alvos de inibidores específicos contra os tripanossomatídeos. A iniciação da tradução em eucariotos é um processo complexo e altamente regulado, dependente da ação de várias proteínas para montar as subunidades ribossomais com o iniciador metionil-tRNA posicionado no códon inicial do mRNA. A associação do fator de iniciação eIF4E com a estrutura cap da extremidade 5 ' do mRNA é uma etapa fundamental para a tradução. Essa associação é complementada por uma interação com o fator eIF4G, uma proteína que desempenha uma função de ancoragem durante a formação do complexo eIF4F de iniciação da tradução. A maquinaria de síntese protéica dos tripanossomatídeos apresenta várias diferenças importantes quando comparada às células de mamíferos, que podem ser exploradas para o desenho de inibidores específicos. Essas diferenças incluem a estrutura do chamado cap-4 encontrado na extremidade 5 ' dos mRNAs, o número de genes que codificam para homólogos de eIF4E e eIF4G e o modo de interação entre os fatores de iniciação da tradução. O cap-4 é de particular interesse, pois exibe um conjunto único de modificações covalentes em comparação com outros eucariotos, que antecipam fortemente a existência de um modo de interação específico para o complexo EIF4E-cap-4 em tripanossomatídeos. Os principais pontos a serem explorados são as regiões de EIF4E que mediam interações com a estrutura cap-4, EIF4G e as proteínas de ligação a poli-A (PABPs). Poucas informações estruturais estão disponíveis a respeito destas proteínas. Portanto, o objetivo principal desta proposta é determinar as estruturas tridimensionais dos homólogos de eIF4E de T. cruzi e seus complexos com cap-4 e outros parceiros nos complexos de iniciação da tradução. Pretendemos assim contribuir para uma melhor compreensão do papel do cap-4 e das diferentes EIF4Es na síntese proteica e/ou mecanismos de regulação da tradução em tripanossomatídeos, bem como para o desenvolvimento de estratégias para o desenho de inibidores da síntese proteica seletivos para estes parasitas.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Beatriz Gondim Matos

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • consumo colaborativo e economia criativa na região do cariri
  • O consumo colaborativo e suas práticas vem sendo incorporados aos estudos de marketing e consumo a fim de se pensar em novos modelos de negócios. Associado aos modelos emergentes de negócios quais combinam o intermédio da tecnologia, maior envolvimento do consumidor-usuário e distintas lógicas de troca em serviços, a economia criativa parece suscitar um campo promissor a estes estudos. Assim, esta pesquisa tem como objetivo geral: compreender a relação entre consumo colaborativo e economia criativa. E, como objetivos específicos, pretende-se identificar as atividades/setores criativos da região do Cariri; e, compreender as características dos sujeitos criativos que apresentam potenciais adesão às práticas colaborativas. A pesquisa, natureza exploratória e caráter qualitativo será realizada utilizando-se a estratégias pesquisa narrativa.
  • Universidade Federal do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Guitton Renaud Baptista de Oliveira

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • plasma rico em plaquetas no reparo tecidual de lesões tissulares crônicas
  • A liberação dos fatores de crescimento pelas plaquetas contidas no plasma rico em plaquetas (PRP) podem favorecer a reparação de feridas crônicas, além de possibilitar o retorno do paciente à sua plena funcionalidade mais rapidamente. Neste estudo será analisado o custo e a efetividade do plasma rico em plaquetas (PRP) no tratamento de pacientes com feridas crônicas, o processo de reparo tecidual de pacientes com feridas crônicas em uso de PRP, a evolução clínica da cicatrização das feridas crônicas tratadas com plasma rico em plaquetas, detectado a ação dos fatores de crescimento e citocinas presentes no PRP, o custo médio do uso do PRP em pacientes com feridas crônicas, a qualidade de vida dos pacientes tratados com o PRP, a quantificação da carga microbiana e a presença dos principais patógenos, além dos fatores de virulência e tipagem molecular. Trata-se de uma pesquisa clínica experimental randomizada e controlada, não cega, cuja intervenção será a aplicação do PRP autólogo em pacientes com feridas crônicas. Nos participantes alocados no grupo teste serão aplicados o PRP no leito da ferida. Nos participantes do grupo controle serão aplicados somente a gaze petrolatum. Ambos os grupos utilizarão a terapia compressiva elástica graduada com baixo estiramento. O tubo contendo o restante do material colhido será congelado a -80o C até o momento de quantificação dos fatores de crescimento pela técnica ELISA (do inglês “Enzyme Linked ImmunonoSorbent Assay) . Os experimentos serão realizados através de kits comerciais de acordo com as instruções do fabricante. Para o cálculo dos custos dos procedimentos serão considerados os custos do produto, custos com insumos e recursos humanos. Para tal, serão utilizados as técnicas de observação direta e entrevista estruturada. O tempo de seguimento do estudo será de 12 semanas. Serão utilizados métodos baseados em PCRq para detecção e análise da carga microbiana e análise microbiológica tradicional para isolamento e identificação de patógenos. Na análise estatística as variáveis categóricas serão comparadas pelos testes do Qui-quadrado (X2) e exato de Fisher. As variáveis numéricas serão comparadas pelo teste T de Student ou U de Mann-Whitney. Também será realizada teste de regressão logística univariada e multivariada para correção dos achados em relação a aspectos clínicos/demográficos dos participantes. Para análise de custo-minimização será utilizado o modelo de análise chamado árvore de decisão, através do software TreeAge Pro da TreeAge Software Inc., versão 2011. Os dados serão analisados utilizando o software de estatística BioStat 5.0 - Brasil.
  • Universidade Federal Fluminense - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Beatriz Mello Carvalho

Ciências Biológicas

Genética
  • desafios teóricos na datação molecular filogenômica
  • O estabelecimento de escalas de tempo biológicas é um passo fundamental na realização de análises evolutivas. Atualmente, a análise Bayesiana é a principal abordagem utilizada na inferência de tempos de divergência a partir de dados moleculares, devido a sua alta flexibilidade. Entretanto, na era de big data, os métodos Bayesianos não são capazes de lidar com a quantidade massiva de dados moleculares disponíveis. Isso torna a datação molecular Bayesiana um procedimento exaustivo e muitas vezes impraticável, pois envolve um número enorme de parâmetros a serem estimados. Assim, na última década, várias metodologias de datação molecular foram desenvolvidas com intuito de analisar conjuntos de dados filogenômicos. Esses métodos aceleram o conhecimento e permitem a realização de testes de hipóteses empregando big data. Contudo, nenhum estudo que compare amplamente a performance desses métodos foi realizado até o momento. Essa avaliação é fundamental para a continuidade das pesquisas em datação molecular, já que a tendência geral em filogenética e evolução molecular é o acúmulo crescente de dados e a reconstrução de mega-filogenias. Portanto, o projeto atual visa comparar as diferentes metodologias disponíveis para estimativa de tempos de divergência na era de big data. Para tal, serão utilizados datasets simulados que repliquem os conjuntos de dados genômicos utilizados em filogenética. Também serão empregados dados empíricos de diversos grupos biológicos já disponíveis. Dessa forma, será possível avaliar a acurácia, precisão e eficiência computacional de tais métodos. Como consequência, será proposto um manual de boas práticas em datação molecular filogenômica, fornecendo aos pesquisadores guidelines a serem utilizados na inferência de tempos de divergência empregando dados genômicos.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira Toso

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • produção do cuidado e validação de protocolo de fluxo para serviços de atenção domiciliar a crianças com necessidades especiais de saúde
  • Introdução: Os avanços tecnológicos e a qualificação dos profissionais de saúde, nas últimas décadas, refletiram na transição epidemiológica da infância, com diminuição da mortalidade infantil. Contudo, esse cenário proporcionou o crescimento das condições crônicas na infância, fazendo emergir o grupo de Crianças e adolescentes que necessitam de atenção especial à saúde (CRIANES). Estas crianças demandam cuidados diferenciados, que podem variar entre reabilitação psicomotora e social, dispositivos e tecnologias, fármacos e cuidados habituais modificados. Frente ao exposto, surge a necessidade de mudanças na forma de atenção à saúde e, neste contexto, a Atenção Domiciliar (AD) pode ser considerada uma das respostas do sistema de saúde para atender às demandas presentes nas condições crônicas. Objetivos: Este estudo, na fase 1 tem por objetivo: descrever o cuidado prestado às crianças e adolescentes com necessidades especiais de saúde nos serviços de atenção domiciliar que compõem o estudo, na perspectiva dos profissionais de saúde e da família; e na fase 2: validar protocolo de fluxo de cuidado a crianças com necessidades especiais de saúde na atenção domiciliar, modalidade dois. Metodologia: Pesquisa descritiva e exploratória, de abordagem qualiquantitativa, do tipo estudo de casos múltiplos, executada por meio de triangulação de métodos. A fase um divide-se em duas etapas. Na primeira, será desenvolvida a coleta de dados por meio de aplicação de formulário aos profissionais dos Serviços de Atenção Domiciliar (SAD) dos estados participantes, por telefone e correio eletrônico, a fim de conhecer e descrever os serviços às CRIANES atendidas e como é realizado o acompanhamento destas. A análise dos dados de caracterização dos serviços será estatística descritiva. A segunda etapa contemplará entrevista com roteiro estruturado com familiares e ou cuidadores das crianças atendidas pelos SAD, para compreender sua percepção dos cuidados prestados nos serviços, as quais serão submetidas à análise temática indutiva. Na segunda fase do estudo, após a compreensão do funcionamento dos serviços existentes, serão realizados procedimentos para validação de um protocolo de fluxo de cuidados específico às CRIANES na AD, elaborado no estado do Paraná. A validação psicométrica deste protocolo de fluxo irá ocorrer nos serviços participantes, por meio de validação de face, conteúdo e clínica. A taxa adequada de concordância para o consenso será de 90% e o valor de Kappa igual ou maior a 0,7, assim como Alfa de Cronbach acima de 0,9 para a consistência interna. Ainda será aplicado o teste de Kaiser Meyer-Olkin (KMO) para o ajuste na análise fatorial. Resultados esperados: A partir da análise dos serviços na perspectiva dos profissionais e da família assim como da validação de um protocolo de fluxo de cuidado com estratégias específicas para o acompanhamento das CRIANES, espera-se subsidiar a qualificação do cuidado na atenção domiciliar a estas crianças, de forma sistematizada, contribuindo com o desenvolvimento de tecnologias em saúde.
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Beatriz Schwantes Marimon

Ciências Biológicas

Ecologia
  • transição cerrado-amazônia: bases ecológicas e socioambientais para a conservação (etapa iii)
  • O PELD-TRAN iniciou em 2010, com o edital MCT/CNPq Nº 59/2009 e continuou com a Chamada MCTI/CNPq/FAPs nº 34/2012, perfazendo mais de seis anos de coleta de dados e publicações, cujo foco é a transição entre os dois maiores biomas brasileiros, o Cerrado e a Amazônia, que somados abrigam a maior biodiversidade tropical do planeta. Esta nova proposta visa a expansão do Sítio TRAN, que passará a abranger toda a transição Cerrado-Amazônia que cruza o estado de Mato Grosso. Nosso objetivo é dar continuidade e ampliar o monitoramento intensivo da biota e de parâmetros ambientais da transição para compreender os mecanismos envolvidos nas mudanças causadas por ações antrópicas e ambientais e subsidiar iniciativas de restauração, manejo e conservação de ecossistemas regionais. Esta proposta também terá como foco ações socioambientais visando a divulgação científica e a formação de coletores que fazem parte da Rede de Sementes do Xingu. Esses coletores apresentam um papel-chave, principalmente na recuperação de Áreas de Proteção Ambiental localizadas no entorno do Parque Indígena do Xingu, onde o Sítio TRAN concentra quase metade de suas parcelas de monitoramento. Esta área estratégica do entorno vem sofrendo fortes impactos nos últimos 30 anos, com a conversão de quase 90% da vegetação nativa em lavouras ou pastagens, afetando diretamente os povos que vivem no Parque. Os indígenas vêm alertando para as mudanças climáticas (calor e seca) que estão modificando os tradicionais “sinais” da natureza usados por eles, há milênios, para guiar suas ações de sobrevivência. Os agricultores dessa região também têm reportado preocupações com os eventos de seca severos que vem se tornando mais frequentes nos últimos anos. A experiência adquirida pelo grupo do Sítio TRAN, nas duas etapas anteriores, permite agora que ele se amplie e envolva novas áreas e novos pesquisadores, visando não apenas um extraordinário aumento nos estudos da transição, que passará a englobar todo o estado de Mato Grosso, mas também possibilitando a consolidação de um grupo de pesquisadores da mesma universidade na atuação de pesquisas de longo prazo. Reforçando isto está a posição geográfica estratégica do Sítio TRAN, que atraiu parcerias internacionais importantes, as quais resultaram na inclusão das áreas que já estão sendo monitoradas em estudos de escala global. A proposta do Sítio TRAN também contribuirá de maneira direta para atingir algumas das metas nacionais de biodiversidade 2011-2020, estabelecidas na resolução CONABIO nº 6, e também metas estabelecidas pela GSPC (Global Strategy for Plant Conservation) durante a 10ª Conferência das Partes (COP10) e da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), em outubro de 2010 no Japão. Assim, o projeto do Sítio TRAN continuará buscando respostas para questões de longa duração relacionadas ao funcionamento dos ecossistemas e de como estes respondem às mudanças climáticas e ao uso da terra. Para tanto, levantamos seis questões de longa duração a serem investigadas: 1) Como os eventos climáticos podem afetar a dinâmica, estrutura, composição e o balanço do carbono da vegetação da transição? 2) Qual a resposta da vegetação à intensificação ou redução de impactos antrópicos na transição? 3) Quais as consequências dos diferentes usos da terra na hidrologia e limnologia de microbacias hidrográficas? 4) Como as variações nas características da água afetam os insetos aquáticos? 5) Como é o padrão de ocorrência de mamíferos de médio e grande porte na transição em relação ao mosaico vegetacional e a sazonalidade climática? 6) Como a divulgação científica e o treinamento de coletores da Rede de Sementes do Xingu poderão ajudar na conservação da biodiversidade e no uso sustentável dos recursos naturais? Esta proposta também foi pré-submetida para o Institutional Links do Fundo Newton, em parceria com o Prof. Oliver Phiilips da Universidade de Leeds (Reino Unido) e também solicitamos um orçamento específico para a FAPEMAT. A base do sítio localiza-se em uma unidade de conservação (UC) municipal (Parque do Bacaba) e na segunda etapa do projeto incorporamos novas áreas de estudo e uma nova UC, o Parque Estadual do Araguaia. Nesta terceira etapa, além de incorporar uma nova UC Federal (Estação Ecológica Serra das Araras), pretendemos completar a área de abrangência da transição Cerrado-Amazônia, desde o sul do Pará até a divisa com a Bolívia, em Mato Grosso, agregando os núcleos Cáceres e Tangará da Serra. Além disso, somado ao monitoramento da vegetação, que vem acontecendo sistemática e intensivamente desde a criação do sítio, também incorporaremos o monitoramento de parâmetros climáticos em 80% das parcelas permanentes, bem como estudos de um grupo-chave da fauna, os médios e grandes mamíferos. Assim, o Sítio TRAN englobará uma área total de monitoramento contínuo de 50 ha, distribuídos em três núcleos ao longo da transição Cerrado-Amazônia. Por fim, é importante salientar que em um estado cuja economia está baseada na agricultura e pecuária, jamais poderemos deixar de apoiar estudos que se propõem a compreender os efeitos do clima sobre a vegetação. Infelizmente ainda há muitas incertezas sobre as atuais tendências climáticas, tanto em escala global quanto em escalas regional e local. Portanto, é urgente e necessário priorizar pesquisas que contribuam para a redução dessas incertezas e permitam uma melhor compreensão de como o clima afeta a vegetação. Compreendendo melhor esses fatores poderemos recomendar ações de manejo e conservação da biodiversidade de áreas naturais, bem como ações voltadas para o setor agrícola, minimizando as perdas de safras e contribuindo para o sucesso socioeconômico de todas as pessoas que dependem da agricultura.
  • Universidade do Estado de Mato Grosso - MT - Brasil
  • 08/02/2017-28/02/2021
Foto de perfil

Belarmino Barbosa Lira

Engenharias

Engenharia de Minas
  • adequação das técnicas de hidrociclonagem e flotação reversa para processar os minerais industriais, contidos nos rejeitos das unidades de beneficiamento da tantalita e columbita presentes nas rochas pegmatíticas.
  • O projeto viabiliza a utilização da flotação e a hidrociclonagem para separação dos minerais industriais, quartzo, mica e feldspatos, presentes nos rejeitos da concentração gravimétrica da tantalita e columbita nas unidades de processamento mineral na Região do Seridó nos Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte. O projeto vem complementar os trabalhos de pesquisa mineral para lavra e beneficiamento da tantalita e columbita existentes na Região, uma vez que, possibilita a concentração dos minerais metálicos e não metálicos presentes nas rochas pegmatíticas. Isto também viabiliza um desmonte integral dos pegmatitos mineralizados e a lavra de jazidas de feldspato associado ao quartzo (prego). O projeto ainda viabiliza a utilização de “softwares”, consagrados pela indústria mineral nacional e internacional, nas empresas de mineração de pequeno e médio porte regional, e ainda estabelece condições para se determinar parâmetros requeridos nos modelos matemáticos da cominuição e classificação,a exemplo, da correlação entre energia específica de cominuição e o parâmetro “t”, utilizando um duplo pêndulo ou “dropweight” testes instalados no Laboratório de Tratamento de Minérios LTM da Universidade Federal de Pernambuco UFPE e no Laboratório de Ensaios e Estruturas - LABEME da Universidade Federal da Paraíba UFPB. Os dados para estabelecer os parâmetros requeridos no modelamento do hidrociclone serão obtidos com a operacionalidade de um conjunto de hidrociclonagem disponibilizado na IFRN/Natal-RN e a flotação reversa do quartzo associado ao feldspato se estabelecerão partindo dos ensaios de micro-flotação do quartzo no tubo Hallimond e na sequência a flotação em escala de bancada. Em resumo, a separação dos rejeitos das unidades de concentração gravimétrica da tantalita-columbita contendo mica, feldspato e quartzo serão obtidos pela hidrociclonagem para concentrar a mica no “overflow” e o quartzo e feldspato no “underflow”. Na sequência a flotação do quartzo para separar do feldspato.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Belchior Monteiro Lima Neto

Ciências Humanas

História
  • a áfrica na antiguidade greco-romana: identidades múltiplas, alteridades e estigmatização
  • Busca-se, com a pesquisa que ora se apresenta, contrapor a Imagem eivada de alteridade e de estigmatização construída acerca da África e dos africanos por diversos autores greco-romanos, entres eles Salústio, Estrabão, Pompônio Mela e Tácito, com a percepção oferecida pelos próprios africanos acerca de sua identidade e de sua inserção na sociedade romana imperial, presente em fontes escritas, epigráficas, musivas, funerárias e numismáticas, procedimento que acreditamos oferecer uma nova compreensão acerca das relações do Império Romano com as populações autóctones africanas, aproximando-se de uma perspectiva multifacetada em termos de transformação sociocultural.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belita Koiller

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • informação quântica
  • Esta proposta apresenta o projeto para a realização de um novo Instiuto de Ciência e Tecnologia em Informação Quântica, estendendo e aperfeiçoando o Instituto atualmente em atividade. A pesquisa em Informação Quântica no Brasil atingiu um grau considerável de organização, coerência e maturidade durante os últimos anos. Como resultado imediato deste processo, a produtividade quantitativa e qualitativa teve aumento significativo, bem como o número de doutores e mestres formados na área. Nota-se ainda uma melhoria na qualificação do pessoal formado e a intensificação das cooperações internacionais. Vários recém-doutores foram contratados para posições na carreira de universidades e centros de pesquisa e agora participam deste projeto como pesquisadores e orientadores. Isto produziu uma renovação no grupo de pesquisadores participantes em comparação com o Instituto de 2008-presente, o que pode ser quantificado pelos 28 pesquisadores contratados em posições permanentes durante os ultimos 3 anos, entre os 107 cientistas participantes deste projeto. Além destes 107 pesquisadores, o Instituto engloba 15 Laboratórios associados, 28 estagiários de pós-doutorado, 100 estudantes de doutorado, 43 estudantes de mestrado e 35 estudantes de iniciação científica, totalizando uma equipe de 313 pesquisadores distribuídos em 24 grupos de pesquisa em 25 universidades e centros de pesquisa brasileiros, localizados em 12 estados da federação. Observamos nos últimos anos um crescente e forte interesse da comunidade internacional, inclusive no Brasil, em temas como correlações quânticas, termodinâmica quântica e metrologia quântica/controle quântico. Estes três temas foram portanto somados aos temas de comunicação e computação quântica, para estabelecer um foco renovado em torno de cinco linhas de pesquisa. O trabalho nestas linhas inclui o aprofundamento dos estudos dos atributos quânticos de diferentes sistemas físicos, que vão desde os fenômenos ópticos e atômicos até os sistemas de matéria condensada, visando identificar os melhores candidatos para a implementação de dispositivos de processamento, transmissão e armazenamento de dados. Notamos que a comunicação quântica ainda é o tema mais próximo das aplicações práticas e pretendemos explorar este caminho. Verificamos também que a computação quântica se diversificou e a simulação quântica passou a desempenhar um papel importante, abrindo o caminho para a realização de computadores quânticos dedicados. O objetivo geral da presente proposta é consolidar grupos ativos de pesquisa em torno dos cinco temas, buscando otimizar o entendimento e o controle de sistemas quânticos para solucionar ou melhorar soluções conhecidas para processamento, armazenamento e a transmissão de informação. O detalhamento do projeto pode ser encontrado no arquivo anexo.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 23/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Bellisa de Freitas Barbosa

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • papel funcional da molécula de adesão intercelular (icam)-1 na transmissão congênita de toxoplasma gondii em modelos experimentais humano (in vitro) e murino (in vivo)
  • A toxoplasmose congênita é um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. A cada 10.000 nascimentos no Brasil, 5 a 23 crianças apresentam-se infectadas congenitamente por Toxoplasma gondii (DUBEY et al., 2012), podendo ocorrer problemas neurológicos, cegueira, retardamento mental, lesões oculares e abortos (DUBEY et al., 2012; KHAN; KHAN, 2018). O estado de Minas Gerais se destacou pela alta frequência de casos de toxoplasmose congênita entre os anos de 2006 e 2007, alcançando níveis de 13% no estado, quando comparado com os demais estados brasileiros, que chegaram a 6% (DUBEY et al., 2012). No entanto, um estudo mais recente realizado em Minas Gerais demonstrou 190 casos confirmados de toxoplasmose congênita num grupo de 146.307 recém-nascidos examinados pelo Programa Estadual de Triagem Neonatal de Minas Gerais (PETN-MG), o que equivale a 0,13% de positividade para T. gondii em crianças de Minas Gerais (CARELLOS et al., 2014). Portanto, é perceptível que as frequências de casos de toxoplasmose congênita variam consideravelmente ao longo dos anos, possivelmente pela falta de medidas preventivas, terapêuticas e/ou educacionais eficazes por parte da população geral e políticas de saúde. Em adição, o tratamento atual para reduzir os índices de toxoplasmose congênita se limita ao uso de espiramicina, sulfadiazina e pirimetamina (MONTOYA; LIENSENFELD, 2004; MONTOYA; REMINGTON, 2008). Entretanto, o uso de pirimetamina não é recomendado durante o primeiro trimestre de gestação por ter efeitos teratogênicos, incluindo supressão da atividade da medula óssea (KAYE, 2011; MONTOYA; REMINGTON, 2008). Recentemente, um estudo conduzido em Minas Gerais verificou alta porcentagem (44%) de efeitos hematológicos adversos em recém-nascidos com toxoplasmose congênita tratados com sulfadiazina e pirimetamina (CARELLOS et al., 2017). Assim, além dos elevados índices de toxoplasmose congênita no Brasil, os métodos terapêuticos tradicionais não trazem resultados satisfatórios, o que torna necessário novos estudos sobre a biologia de T. gondii na interface materno-fetal para elaborar futuras estratégias profiláticas, terapêuticas e/ou educacionais. Estas estratégias são de extremo interesse para o nosso país e também para o mundo, uma vez que a redução da infecção congênita impacta diretamente na melhoria de condições de vida das crianças, diminuindo mortalidade e morbidade, bem como na diminuição das despesas públicas. Para alcançar todos esses objetivos de melhoria da saúde pública no que tange à toxoplasmose congênita, torna-se necessário entender os mecanismos que favorecem a transmissão transplacentária de T. gondii, ou seja, precisamos compreender o que ocorre na interface materno-fetal quando esta é acometida pela infecção, permitindo a passagem do parasito para os tecidos embrionários ou fetais. T. gondii pode migrar pelos tecidos extracelularmente, o qual atravessa a barreira celular utilizando a via paracelular dependente da ligação de micronema (MIC)-2, uma proteína do parasito, e molécula de adesão intercelular (ICAM)-1, uma proteína de membrana das células dos hospedeiros. Portanto, é possível que T. gondii faça uso de ICAM-1 das células hospedeiras para migrar até locais do organismo ditos como imunologicamente privilegiados, como o microambiente placentário (BARRAGAN; BROSSIER; SIBLEY, 2005). De acordo com este raciocínio, estudos prévios mostraram que placentas com inflamações provocadas por T. gondii tiveram influxo de macrófagos para dentro da placenta, já que a expressão de ICAM-1 pelo trofoblasto proporcionou a adesão dessas células e, simultaneamente, favoreceu a infecção desses tecidos (JULIANO; BLOTTA; ALTERMANI, 2006). Entretanto, não se sabe praticamente nada ainda a respeito do papel de ICAM-1 na transmissão transplacentária de T. gondii. Assim, estudos que demonstrem o papel de ICAM-1 durante a transmissão transplacentária de T. gondii são extremamente necessários para verificar o papel desta molécula no desencadeamento da toxoplasmose congênita. Se verificarmos que ICAM-1 pode influenciar ativamente na transmissão vertical de T. gondii, esta proteína das células hospedeiras pode ser um futuro alvo terapêutico para a prevenção ou tratamento da toxoplasmose congênita, um sério problema de saúde pública no Brasil e no mundo.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Belmira Amélia de Barros Oliveira Bueno

Ciências Humanas

Educação
  • formadores de professores presenciais e a distância: entre processos de profissionalização e desprofissionalização
  • A proposta tem por objetivo analisar as configurações atuais do campo da formação de professores no Brasil, mais especificamente no que se refere a dinâmicas que envolvem os agentes pedagógicos que surgem, ou têm seu papel redefinido, no contexto pós LDB/96: docentes que atuam em cursos de nível superior voltados à formação inicial e continuada nas modalidades presencial e a distância; professores da Educação Básica envolvidos com a formação em contextos diversos (estágios supervisionados, PIBID, cursos diversos de formação continuada etc); especialistas que atuam em programas de formação docente oferecidos por empresas de consultoria e editoras; e, ainda, tutores, assistentes, orientadores e outros agentes que dividem entre si as atividades de ensino em programas de formação oferecidos na modalidade EaD. Pela ausência de uma denominação comum, essas novas figuras pedagógicas são aqui denominadas de formadores de professores. A pesquisa visa a identificar processos de profissionalização e/ou desprofissionalização desencadeados em torno da presença desses diversos formadores no campo educacional. Pressupõe-se que ocupem lugares distintos no campo da formação docente e que contem com chances desiguais de lucro nesse espaço concorrencial. A profissionalização figura entre os lucros almejados pelos agentes envolvidos que, ao colocarem em jogo seus capitais, parecem retroalimentar o próprio campo, favorecendo sua afirmação no espaço social mais amplo. Pretende-se identificar a lógica que preside esse processo e as estratégias utilizadas para efetivá-lo, quer sejam as que emanam do governo ou as adotadas pelos demais atores que participam dessas iniciativas: as IES, as secreatarias de educação, as fundações privadas, os gestores, os próprios formadores, além de outros, bem como contemplar as táticas utilizadas pelos próprios cursistas que delas participam e que, de algum modo, modificam as propostas nas quais se inserem. Em continuidade a estudos precedentes, que permitiram examinar amplamente o modelo de formação de professores que se disseminou no país por meio dos programas especiais durante a Década da Educação, esta proposta privilegia o exame da condição docente desses novos segmentos profissionais, por meio de estudos vinculados a dois subprojetos que focalizam: programas a distância oferecidos pela UAB; e programas presenciais de formato diverso, tendo como perspectiva desenvolver análises comparadas os formadores dos antigos IUFM franceses e dos atuais ESPÉ. Teoricamente, a pesquisa está referenciada a trabalhos de Bourdoncle, Dubar, Popkewitz e Nóvoa, entre outros teóricos que têm se dedicado ao estudo do movimento sócio-histórico de constituição das profissões e/ou da profissão docente. Para a análise dos percursos e destino acadêmico dos agentes pedagógicos, o suporte virá de Bourdieu, em especial. Do ponto de vista empírico, as investigações irão privilegiar duas fontes de dados: a) documentais: legislação, projetos de cursos e programas de formação docente, propostas oficiais estaduais e do MEC/Capes, materiais impressos distribuídos aos professores-alunos, vídeos etc; b) orais: depoimentos obtidos por meio de entrevistas com os agentes pedagógicos em estudo, gestores dos programas, além de outros. Quando possível, serão realizadas observações. No caso da EaD, os tutores serão os formadores privilegiados para estudo com vistas à compreensão dos atuais processos de (des)profissionalização. As análises partem das quatro premissas básicas de Dubar e Tripier para o estudo dos grupos profissionais: não existe uma profissão separada, não existe uma profissão unificada, não existe uma profissão estável, não existe uma profissão objetiva.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Belmira Lara da Silveira Andrade da Costa

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • análise da biocompatibilidade de celulose bacteriana obtida em melaço da cana de açúcar em modelo experimental de traumatismo cranio-encefálico e na proliferação e diferenciação de células tronco neurais adultas
  • Exopolissacarídeos sintetizados por bactérias têm atraído interesse para Engenharia de tecidos como um biomaterial de elevada pureza, atóxico, capaz de ser incorporado ao tecido hospedeiro, permitindo a neovascularização e recuperação tecidual. A Neuroengenharia é uma área de estudo promissora na busca por biomateriais que possam atuar como suporte adequado à regeneração do tecido neural, principalmente pelas sequelas e severidade que lesões a este tecido podem ocasionar. Neste sentido, o traumatismo crânio-encefálico destaca-se como uma das causas prevalentes de morbidade no mundo, atingindo principalmente a população jovem. O implante intracerebral de polímeros naturais no local da lesão traumática abre uma perspectiva para recuperação das células residentes e repovoamento de novas células. O presente estudo visa testar a hipótese de que a celulose bacteriana produzida a partir do melaço da cana-de açúcar (CBCA), pode ser um novo biomaterial viável para futuro uso em Neuroengenharia de tecidos. Sua biocompatibilidade como substrato tridimensional, na forma de hidrogel coloidal, será investigada adotando-se um modelo de traumatismo craniano para avaliar a sua capacidade em permitir a incorporação de células neurais durante o processo de recuperação tecidual. Além disto, utilizando culturas bi e tri-dimensionais, será testada a sua adequação à proliferação e diferenciação de células-tronco neurais do cérebro adulto. A CBCA já vem sendo testada, com sucesso, em ensaios clínicos de fase II em outros tecidos. Além, disto, o fato desta celulose bacteriana ser produzida a partir de recursos renováveis de baixo custo, e capaz de gerar resíduos não poluentes são aspectos importantes que encorajam o presente estudo na busca por soluções alternativas futuras para minimizar custos na área da saúde e o impacto ambiental.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benar Fux Svaiter

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • teoria, algoritmos e aplicações em programação matemática e modelagem
  • Pretendemos desenvolver métodos de descida para otimização multiobjetivo de funções convexas não diferenciáveis, uma classe de problemas para os quais ainda não existem métodos de descida. Isto vai incluir o desenvolvimento de um novo método para otimização escalar convexa não diferenciável. Pretendemos desnvolver novas variantes do método híbrido proximal-extragradiente, uma modificação do método proximal que aceita erros relativos em cada iteração. Esta característica faz o método híbrido especialmente adequado para aplicações práticas e análise de complexidade Os métodos de decomposição permitem tratar problemas envolvendo soma operadores tratando um operador por vez em cada iteração. Há numerosos problemas que não poderiam ser resolvidos de forma factível, sem os métodos de decomposição. Pretendemos desenvolver novos métodos de decomposição, paralelos e sequenciais, para encontrar zeros de operadores monótonos e minimizar somas de funções convexas.Os métodos acelerados têm desempenho teórico nitidamente superior aos clássicos. No entanto, não há uma diferença tão grande no seu desempenho prático. Pretendemos desenvolver novas variantes de métodos acelerados, visando obter um ganho correspondente no desempenho prático dos mesmos Muitos problemas têm natureza estocástica, devido às incertezas. Mesmo em problemas determinísticos, algoritmos clássicos podem ser acelerados pela introdução de estocacidade na sua implementação. Estudaremos métodos estocásticos em otimização escalar para problemas determinísticos e estocásticos. Pretendemos aplicar técnicas de otimização e análise convexa à resolução de problemas inversos, que são problemas mal-postos que aparecem frequentemente na área de reconstrução de imagens e identificação de parâmetros. Pesquisaremos algoritmos para o problema de máquina de suporte vetorial, um problema fundamental na área de aprendizado de máquina em inteligência artificial. Pretendemos aplicaremos técnicas de otimização na área de reconhecimento de padrões e processamento de informação em grafos Tambem pretendemos aplicar métodos de otimização para o tratamento de problemas de economia matematica. Pretendemos modelar e avaliar a etiologia da leucemia aguda da infancia no Brasil usando diagramas causais e cadeias de Markov
  • Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Benedito Borges da Silva

Ciências da Saúde

Medicina
  • polimorfismo do gene igf-1 e sua associação com o risco para do câncer de mama
  • Justificativa: A etiologia do câncer de mama é desconhecida, envolvendo fatores reprodutivos, ambientais e genéticos, portanto, uma doença de causa multifatorial, que tem como principal fator de risco, as alterações genéticas. Estudos têm mostrado uma significativa associação entre o polimorfismo do gene do Fator de Crescimento Insulina Símile 1 (IGF-1) com o crescimento e agressividade do câncer mamário, assim como o seu papel na proliferação e apoptose das células do epitélio mamário, podendo ser um biomarcador interessante nas pesquisas sobre câncer mamário. Objetivo: Avaliar a associação entre o polimorfismo do gene IGF1 e o risco para câncer de mama. Metodologia: estudo transversal controlado, envolvendo 160 mulheres, conforme dimensionamento amostral, divididas em dois grupos com 80 mulheres cada: grupo I (controle, mulheres sem câncer de mama) e grupo II (caso, mulheres com câncer de mama). Participarão do estudo mulheres, cuidadas na Unidade de Mastologia do Hospital Getúlio Vargas da Universidade Federal do Piauí. Será coletado sangue periférico das participantes para estudo do DNA genômico extraído de leucócitos pela técnica de genotipagem por Reação em Cadeia da Polimerase em tempo real (RT-PCR). Orçamentos e fontes de financiamento: o orçamento previsto para realização deste estudo encontra-se detalhado na p.13. Cronograma de execução: o cronograma de execução encontra-se detalhado na p.15. Aspectos éticos: os princípios de confiabilidade dos dados obtidos, manutenção da autonomia dos participantes, sigilo à identificação pessoal e beneficência/ não-maleficência dos propósitos serão respeitados de acordo com a resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. O projeto só será iniciado após aprovação pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Piauí. Resultados esperados: esperamos encontrar uma associação entre as variantes polimórficas do IGF-1 rs6220 e rs7136446 com risco para câncer de mama. Potencial de publicação: o estudo tem potencial de publicação em uma revista qualis A internacional (Medicina III) e formação de um mestre em Ciências e saúde e uma iniciação científica. O estudo pode, portanto, ser considerado de importância social, científica e de formação de pessoal. Palavras chave: câncer de mama, IGF-1, polimorfismo, risco para câncer.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Benedito Gonçalves Eugênio

Ciências Humanas

Educação
  • currículo, diversidade cultural e relações étnico- raciais na educação escolar quilombola
  • O projeto objetiva investigar o trabalho com as relações étnico- raciais e sua intersecção com diversidade cultural e gênero por meio da análise das práticas curriculares desenvolvidas em escolas rurais quilombolas na região Sudoeste do Estado da Bahia. Após o levantamento das comunidades dos municípios que compõem o sudoeste baiano, pretendemos adentrar o cotidiano de duas escolas localizadas em comunidades quilombolas a fim de investigar suas práticas curriculares na interface com as relações étnicas/ culturais/de gênero. A metodologia empregada para a recolha dos dados será a etnografia, na perspectiva proposta por Geertz. Também contará com o recurso a instrumentos e procedimentos como: análise documental, entrevistas, observações. Teoricamente fará uso dos estudos críticos de currículo articulados aos estudos sobre a diversidade numa perspectiva intercultural.
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022