Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Eduardo Simões Lopes Gastal

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • remapeamento espectral para amostragem e reconstrução de dados multidimensionais
  • A representação discreta digital de fenômenos naturais contínuos é imprescindível para solucionarmos problemas reais através da Computação. A teoria da aproximação determina as propriedades necessárias dos espaços de representação para que dados digitais possam efetivamente ser utilizados para reconstrução (aproximada) da origem contínua de cada fenômeno. Através do processamento dos dados digitais, estamos de fato alterando a reconstrução que será obtida. Uma classe de processamento imprescindível atualmente são aqueles que reduzem o número de coeficientes digitais necessários para representação, por consequência reduzindo o impacto em memória de grandes volumes de dados. Em dados multidimensionais densos, tal processo é comumente representado como uma operação de sub-amostragem (downsampling), a qual é computada por métodos clássicos através dos preceitos delineados por Claude Shannon em 1949. Para tanto, os dados são expandidos em uma base Fourier de ondas complexas, e os coeficientes das ondas de alta frequência são descartados. Esse processo visa evitar artefatos de aliasing, mas acaba resultando na perda de informações importantes. A preservação de detalhes de alta frequência, mesmo após a sub-amostragem, é um dos grandes problemas da área de processamento de sinais e teoria da amostragem. Este projeto visa avançar o estado-da-arte em métodos de remapeamento espectral, recentemente desenvolvidos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, os quais atacam este problema através do remapeamento dos coeficientes de alta frequência para dentro da região representável do espectro de Fourier. Pretende-se portanto explorar pesquisa básica na área da Teoria da Amostragem, com o potencial de viabilizar aplicações inovadoras, impactando atividades diversas que vão desde publicidade até o processamento de imagens médicas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eduardo Soares de Souza

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • utilização dos procedimentos best e irga para avaliar a qualidade física e biológica de solos em agroecossistemas da região semiárida de pernambuco
  • Os sistemas agrícolas e pecuários do semiárido brasileiro, têm sido afetado por um intenso processo de devastação provocado pelo uso insustentável dos recursos naturais. A retirada sistemática da vegetação para a produção de carvão e o desenvolvimento de atividades agrícolas e pecuárias são ameaças constantes e vêm contribuindo para a existência de mosaicos de fragmentos que se encontram em diferentes estágios de sucessão secundária. Os impactos sobre a agricultura do semiárido serão cada vez mais variáveis e imprevisíveis uma vez que serão criadas as condições para a generalização dos extremos climáticos, sobretudo dos longos períodos de estiagem (as secas). A magnitude de desastres como esse, sem precedentes, é consequência de décadas de desmatamento da caatinga, prática agrícolas e pecuária não sustentáveis e ações que resultaram na degradação ambiental e que potencializam a escassez hídrica por longos períodos. No entanto, observações in situ têm revelado que as propriedades dos solos onde práticas sustentáveis são aplicadas, sofrem menos com os desastres ambientais do que as que empregam sistemas convencionais. As mudanças na qualidade dos solos dos diferentes agroecossistemas do semiárido brasileiro podem ser avaliadas a partir de indicadores apropriados que permitam comparar com os valores críticos limitantes (threshold level), em diferentes intervalos de tempo. Essa proposta de pesquisa sugere um sistema de monitoramento capaz de fornecer informações sobre a eficácia das práticas de uso da terra atual no semiárido brasileiro, como a pastagem e os Sistemas Agroflorestais, em relação a principal referência de preservação da cobertura vegetal que é a caatinga. A pesquisa propõe utilizar o BEST (Beerkan Estimation of Soil Transfer Parameters through Infiltration Experiments) e o sistema IRGA (infrared gas analysis for soil CO2 respiration) como procedimentos principais para avaliar as funções de qualidade do solo, combinando e integrando elementos específicos aos índices de qualidade física e biológica do solo. Um conjunto de dados sobre indicadores de solo deve ser identificado para desenvolver uma avaliação significativa da qualidade do solo. Além disso, o monitoramento desses indicadores do solo estabelecerá estratégias que permitam avaliar as mudanças na qualidade do solo normalmente ocultado pela heterogeneidade do solo, pelas flutuações sazonais ou incertezas analíticas. Por fim, a presente proposta pretende definir diretrizes que identifiquem os limites críticos para os principais indicadores e o procedimento para monitorar mudanças na tendência da qualidade do solo do semiárido brasileiro.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eduardo Vinícius Vieira Varejão

Ciências Agrárias

Agronomia
  • síntese e avaliação das atividades fitotóxica e nematicida de novos compostos derivados do tirosol
  • Nos últimos 50 anos, a população humana cresceu de cerca de 3,0 para 6,0 bilhões de habitantes, o que aproximadamente triplicou a demanda global por alimentos. Segundo estimativas divulgadas pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a população mundial ainda deverá aumentar em aproximadamente um terço entre os anos de 2009 e 2050, o que significa um aumento de 2,3 bilhões de pessoas no mundo nesse período. Esse crescimento populacional implica em igualmente considerável aumento na demanda por alimentos. Suprir a demanda por alimentos para a população mundial em crescimento, ao mesmo tempo em que áreas cultiváveis são crescentemente destinadas ao plantio de culturas para produção de biocombustíveis, e sem expandir fronteiras agrícolas por desmatamento de áreas nativas, requer que alcancemos um rendimento por hectare cada vez maior. Nesse cenário, o controle efetivo de pragas agrícolas, responsáveis por grandes perdas na produtividade, é imperativo. Entre os diferentes tipos de pragas agrícolas, as plantas daninhas são responsáveis pelas maiores perdas na produção agrícola em todo o mundo, de modo que o controle efetivo dessas plantas invasoras é essencial para o aumento da produtividade agrícola. O principal e mais efetivo método de controle dessas plantas invasoras é o controle químico, realizado pelo uso de herbicidas sintéticos. Entretanto, o uso repetitivo e indiscriminado de herbicidas com mesmo mecanismo de ação tem levado à substituição de biótipos de plantas daninhas sensíveis por biótipos resistentes aos herbicidas disponíveis comercialmente, dificultando o manejo dessas pragas. Uma estratégia promissora para a descoberta de novos herbicidas é o uso de compostos naturais fitotóxicos, produzidos por plantas e microrganismos, como modelos para a síntese de novas moléculas. Outro tipo de praga causadora de grandes prejuízos à produção agrícola são os fitonematóides, responspaveis por perdas na produção agrícola brasileira que atingem cerca de R$ 35 bilhões anualmente, enquanto as perdas agrícolas mundiais ultrapassam os US$ 80 bilhões. O principal método para o combate aos fitonematóides na agricultura é o controle químico. Entretanto, em função de suas elevadas toxicidades para animais e seres humanos, muitos dos nematicidas disponíveis comercialmente tem sido retirados do mercado. Portanto, o desenvolvimento de novas classes de nematicidas com comportamento ambiental e toxicológico seguros é de grande importância. A busca por novas moléculas com atividades de interesse agrícola a partir de fontes naturais tem sido considerada uma estratégia promissora também para a descoberta e desenvolvimento de novos produtos para o controle químico de nematoides. Em trabalho realizado por nosso grupo de pesquisas entre 2008 e 2012, o fracionamento de filtrados de cultura do fungo fitopatogênico Alternaria euphorbiicola patógeno da daninha Euphorbia heterophylla levou ao isolamento de diferentes compostos fitotóxicos, entre eles um composto identificado como tirosol. Em nossos trabalhos, a aplicação de soluções desse metabólito em concentrações entre 10 e 100 milimol L-1 sobre plantas sadias de E. heterophylla produziram lesões cloróticas e necróticas em menos de 24 horas e murcha, despigmentação e morte das plantas após 7 dias de aplicação. Como Euphorbia heterophylla, popularmente conhecida como leiteiro ou amendoim-bravo, é uma planta daninha altamente competitiva e considerada como uma das plantas daninhas de maior impacto na agricultura brasileira e mundial, nossos resultados mostraram que o tirosol apresenta grande potencial como modelo para o desenvolvimento de novos herbicidas. Além desse potencial, é importante destacar que essa composto é um dos principais biofenóis do vinho e do azeite de oliva e apresenta diversas atividades terapêuticas. Em conjunto com uma promissora atividade fitotóxica, todas essas comprovadas atividades benéficas ao ser humano tornam o tirosol um modelo de partida ideal em busca de novos pesticidas. No presente projeto, propomos a síntese de compostos derivados do tirosol contendo anel 1,2,3-triazol ligando com diferentes padrões de substituição. A proposta de sintetizar tais moléculas se deve a dois fatores principais: i) as atividades fitotóxica e nematicida de compostos contendo em suas estruturas o anel triazol tem sido reportada na literatura; ii) a metodologia para a produção de compostos derivados do tirosol contendo o anel 1,2,3-triazol é simples, rápida, pode empregar pouco ou nenhum volume de solvente e apresenta baixo custo. Embora não tenhamos encontrado estudos sobre atividade nematicida do tirosol, há relato de que o ácido 4-hidroxifenilacético, metabólito secundário estruturalmente análogo e que pode ser biossintetizado por oxidação do tirosol, apresenta atividade nematicida. Portanto, em adição à síntese de derivados triazólicos do tirosol, diversos ésteres e amidas serão produzidos a partir do ácido 4-hidroxifenilacético e suas atividades nematicida e fitotóxica serão avaliadas. A execução desse projeto poderá levar ao desenvolvimento de uma ou mais moléculas promissoras quanto às suas atividades nematicidas e fitotóxicas, que poderão objeto de pedido de registro de patente sobre seus usos na agricultura. Ainda, os resultados obtidos poderão ser objeto de estudos sobre a relação estrutura-atividade (QSAR), cujos resultados poderão ser utilizados para guiar a síntese de moléculas que possam ser usadas como herbicidas ou nematicidas comerciais. Além disso, esse projeto prevê um trabalho interdisciplinar, envolvendo estudantes de mestrado e doutorado e professores/pesquisadores do Programa de Pós-graduação e Agroquímica e do Programa de Pós-graduação em Fitopatologia da Universidade Federal de Viçosa. Portanto, esse trabalho contribuirá para o desenvolvimento das habilidades técnico-científica desses alunos e para a formação profissional de novos pesquisadores capazes de atuar na fronteira entre as duas áreas.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Eduardo Zapaterra Campos

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos agudos e crônicos do treinamento intervalado de alta intensidade associado à suplementação de nitrato de sódio sobre parâmetros aeróbios e desempenho de sujeitos fisicamente ativos
  • Alguns estudos já demonstraram os efeitos agudos da suplementação de nitrato de sódio em diferentes condições. Mais recentemente estudos verificaram efeito benéfico do treinamento intervalado de sprint associado ao nitrato (suco de beterraba) sobre as adaptações aeróbias, porém nenhum estudo avaliou a suplementação de nitrato de sódio (NaNO3) associada ao treinamento intermitente de alta intensidade (TIAI). O nitrato parece acelerar a cinética do consumo de oxigênio (VO2) no exercício de intensidade severo, aumentando a contribuição aeróbia de um TIAI. Em contrapartida, em sujeitos treinados a suplementação aguda de nitrato (NO3-) não tem efeito positivo. Assim, o objetivo do presente projeto será verificar os efeitos agudos e crônicos da suplementação de nitrato de sódio associado ao TIAI sobre: (i) consumo máximo de oxigênio (VO2MAX); (ii) Limiares ventilatórios; (iii) economia de corrida; e (iv) desempenho em exercício aeróbio. Nossa hipótese é que o nitrato de sódio otimiza as adaptações aeróbias do TIAI e que, ao final do treinamento os efeitos agudos do NaNO3 sejam reduzidos. Para isso 30 sujeitos participarão de três etapas distintas. 1ª Etapa: após a familiarização com o teste incremental, os sujeitos realizarão um teste progressivo máximo em esteira ergométrica até a exaustão voluntária. Posteriormente, randomicamente (duplo-cego), os participantes receberão placebo (glicose 500 mg) ou nitrato de sódio (0,1 mmol·kg -1 ) durante três dias. Após (2h) a ingestão da última dose no terceiro dia, os sujeitos serão submetidos à um esforço constante de 10 minutos à 80% do ponto de compensação respiratória. Posteriormente (aprox. 1h) os participantes realizarão desempenho de 5km de corrida em pista oficial de atletismo. Após uma semana de whash-out os procedimentos serão repetidos (cross-over) após os três dias de suplementação (placebo ou nitrato de sódio). 2ª Etapa: uma semana após a 1ª etapa, os participantes serão divididos aleatoriamente (contrabalanceado pelo VO2MAX) e treinarão oito semanas de treinamento intermitente de alta intensidade (10 x 60 seg a 100% da velocidade associada ao VO2MAX com 60 seg de descanso passivo) três dias por semana. A intensidade do treinamento será adaptada na quarta semana de treinamento após um novo teste progressivo. 3º Etapa: ao final das oito semanas de treinamento os sujeitos realizarão um teste progressivo máximo na esteira e, a primeira etapa será repetida; ou seja, nitrato de sódio ou placebo por três dias, teste de desempenho, wash-out, cross-over, nitrato de sódio ou placebo por três dias e teste de desempenho. O VO2MAX e os limiares ventilatórios (limiar ventilatório 1 e 2) serão avaliados durate o teste progressivo máximo. A economia de corrida será determinada pela razão entre o VO2 e a velocidade (80% do ponto de compensação respiratória). O VO2 será considerado a média dos 30 segundos finais do esforço de dez minutos. Aproximadamente após uma hora de intervalo os sujeitos realizarão um esforço máximo de 5-km em pista oficial de atletismo. O desempenho dos participantes será controlado por meio de cronômetro manual por avaliador experiente. A análise do VO2 será feita por um analisador de gases MetaLyzer® 3B (Cortex Biophysic, Leipzig, Alemanha). Previamente e imediatamente após o desempenho de 5-km, 5 mL de sangue venoso serão coletados por profissional qualificado. Posteriormente, as concentrações plasmáticas de nitrato e nitrito serão calculadas por meio da cromatografia líquida de alta frequência. A normalidade dos dados será testada pelo teste de Shapiro-Wilk. A análise do efeito agudo da suplementação de nitrato de sódio pré e pós oito semanas de TIAI será feita por uma análise de variância de dois caminhos, tendo como fatores: suplementação (nitrato de sódio e placebo) e momento (pré e pós treinamento). O efeito agudo será avaliado para as seguintes variáveis: economia de corrida, desempenho de 5-km e amostras sanguíneas. A análise do efeito crônico da suplementação de nitrato de sódio associado ao TIAI será feita por uma análise de variância de dois caminhos, tendo como fatores: grupo (experimental [nitrato de sódio] e placebo) e momento (pré e pós oito semanas de treinamento). O efeito crônico será avaliado para as seguintes variáveis: VO2MAX, limiares ventilatórios, economia de corrida, desempenho de 5-km e amostras sanguíneas. Em caso de efeito principal ou interação, o post-hoc de Bonferroni será utilizado. Em todas as análises serão calculados os tamanhos de efeito pelo ETA squared. Para todos os casos será utilizado p < 0.05.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Edvalda Araujo Leal

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • estratégias de ensino e a motivação discente na educação contábil
  • O objetivo geral da pesquisa é investigar quais as técnicas e/ou estratégias de ensino utilizadas e que proporcionam maior eficácia na educação contábil, bem como analisar se existe relação estatisticamente significativa entre as estratégias de ensino e o tipo de motivação identificada nos alunos do curso de Ciências Contábeis. O estudo caracteriza-se como empírico analítico, a classificação da pesquisa será de caráter exploratório e descritivo, na medida em que visa identificar e estruturar informações e conhecimentos acerca das estratégias de ensino aplicadas na educação contábil e a motivação discente no processo ensino aprendizagem, com intuito de contribuir para a elaboração de estudos mais aprofundados em relação ao tema. A pesquisa contemplará métodos mistos de coleta de dados, com abordagens quantitativas e qualitativas. Espera-se que os resultados desta pesquisa contribuam para docentes e gestores educacionais na análise de estratégias que estão sendo aplicadas no ensino da contabilidade, bem como a influência da motivação no processo ensino-aprendizagem. O estudo poderá subsidiar a gestão acadêmica nas reflexões e ações que envolvam a qualificação dos docentes quanto a procedimentos didáticos pedagógicos para uma melhor aplicação na educação contábil.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Edvaldo da Silva Souza

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • zika vírus e agrotóxicos: possível coparticipação no surto de microcefalia no estado de pernambuco
  • Tendo como desfecho os casos da síndrome congênita de microcefalia como um surto epidêmico no Estado de Pernambuco, o projeto de pesquisa objetiva descrever as características da população exposta ao problema na Região Metropolitana do Recife, onde foi detectado um aumento atípico de sua ocorrência a partir de agosto de 2015. Ao lado de sua focalização descritiva, propõe-se documentar as variáveis associadas à sua ocorrência destacando, como hipótese, a participação do Zika-vírus como infecção emergente, e de agentes agrotóxicos como um risco crescente de alterações morfofuncionais do sistema nervoso central. A casuística de 1040 observações durante 4 anos de identificação de todos os casos de risco a partir do período periconcepcional (± 2 meses antes e depois da concepção) considera o acompanhamento até o parto, de metade das mães, admitindo um grau máximo e possível de fidelidade das gestantes integralmente acompanhadas segundo o protocolo da pesquisa. A identificação de casos suspeitos de risco à ocorrência de microcefalia nos dois complexos de assistência materno-infantil, que já documentam mais de 80% de todos os casos de microcefalia confirmados no Brasil, será realizado mediante um questionário específico, compreendendo variáveis socioeconômicas e ambientais das gestantes e sãs famílias e formulários de acompanhamento, a partir de uma descrição inicial de dados anamnéticos, exames clínicos e laboratoriais referentes à sífilis congênita, rubéola, herpes, citomegalovírus, toxoplasmose e HIV, já definidos como agentes de risco, além do Zika-vírus, aqui considerada como condições hipotética, e dos pesticidas (inseticidas, fungicidas, herbicidas) como cofatores do problema. A contaminação do organismo materno aos cinco grupos de substâncias químicas com efeitos noviços à saúde já comprovadas e classificadas por ordem crescente de efeitos adversos, serão identificados no início da gestação pela determinação das atividades colinesterases em amostras de sangue. Os elementos descritivos serão apresentados em gráficos e tabelas de freqüências absolutas e relativas, distribuídas segundo os diversos grupos de variáveis explanatórias. Nas análises estatísticas uni e multivariadas serão aplicadas provas de associação ou de correlação (Qui2, Tste Exato de Fisher,correlação de Spearman) com diferenças de resultados decididos no nível crítico de 0,05. Em função dos resultados, contempla-se a alternativa de aplicação de análise multivariadas (regressão logística de Poisson), de modo a compor um modelo final ajustado como explicação estatística dos fatores significativos na descrição da síndrome congênita da microcefalia.
  • Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira - PE - Brasil
  • 01/11/2016-31/10/2020
Foto de perfil

Edvaldo Sagrilo

Ciências Agrárias

Agronomia
  • absorção de nutrientes e desenvolvimento de culturas graníferas em sistemas de produção integrados no leste maranhense
  • O Cerrado nordestino desponta como fronteira agrícola. Nesta região, a adoção de sistemas integrados como a integração lavoura-pecuária-floresta ou integração lavoura-pecuária estão sendo adotadas como alternativas promissoras por propiciar maior diversificação de atividades e intensificar a produção rural. No entanto, há carência de informações sobre a dinâmica de nutrientes em sistemas como no consórcio de milho com forrageiras e os efeitos do componente arbóreo nas culturas agrícolas, principalmente no que concerne ao suprimento de macro e micronutrientes. No presente projeto, objetiva-se avaliar o crescimento, a marcha de absorção, o acúmulo de nutrientes e a produtividade de culturas graníferas em sistemas integrados nas condições edafoclimáticas do leste maranhense. Os trabalhos serão executados em Brejo-MA, a partir de dois ensaios experimentais. O primeiro experimento será conduzido com a cultura do milho, sendo este cultivado tanto em consórcio com braquiária ruziziensis, como em cultivo solteiro, procedendo coletas de plantas de milho e da braquiária a cada quatorze dias a partir do estádio V2-V3, até o final do estádio reprodutivo. Serão colhidas em cada período, cinco plantas representativas de cada tratamento, mensurando-se dados biométricos, fracionando-se as plantas nos diferentes órgãos (colmo, folha, estruturas reprodutivas e grãos), com posterior análise do teor de macro e micronutrientes e acúmulo de nutrientes. O segundo experimento será realizado com a cultura da soja em duas condições: cultivada próxima e distante de renques de eucalipto em sistema silviagrícola, com coletas de plantas e análises das mesmas ao longo do desenvolvimento da cultura, conforme mencionado para o ensaio com o milho. De posse dos dados serão geradas curvas com o desenvolvimento e a marcha de absorção dos nutrientes das culturas do milho e da soja em manejos inerentes a sistemas integrados no leste maranhense. Espera-se, com a presente pesquisa, contribuir para o melhor entendimento da dinâmica de nutrientes das principais culturas agrícolas conduzidas em sistemas integrados no Cerrado nordestino e subsidiar o manejo da adubação.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Edvane Birelo Lopes De Domenico

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • qualidade de vida de sobreviventes de câncer de mama vulneráveis socioecologicamente: adaptação transcultural e validação do instrumento “women survivors study”
  • Introdução: O câncer é a segunda causa de morte no mundo, sendo o câncer de mama o de maior incidência na população feminina, inclusive nos países em desenvolvimento. A melhoria nos processos diagnósticos, terapêuticos e no acesso ao tratamento das mulheres favoreceu o aumento nas taxas de sobreviventes por câncer de mama mundialmente. Entretanto, as diferentes condições socioeconômicas, culturais, educacionais e ambientais geram impactos diferentes nas sobreviventes de câncer de mama, e estudos demonstraram menores indicadores de qualidade de vida e funcionalidades (físicas e mentais), maiores taxas de adoecimento por comorbidades e novos cânceres em sobreviventes vulneráveis. O Instrumento “WOMEN SURVIVORS STUDY” foi idealizado pela Dra Kimlin Tam Ashing, City oh Hope Hospital, para obter dados sobre variáveis abrangentes. Para a população brasileira, não há dados disponíveis e estes necessitam ser devidamente mapeados na perspectiva destes indicadores. Objetivo geral: adaptar a nossa cultura e validar o instrumento para a Língua Portuguesa “WOMEN SURVIVORS STUDY”; objetivos específicos: adaptar culturalmente o instrumento, testar a validade e confiabilidade do instrumento na versão adaptada para a língua portuguesa do Brasil e caracterizar sobreviventes de câncer de mama na perspectiva socioecológica. Método: trata-se de um estudo metodológico, transversal, com abordagem quantitativa, multicêntrico, dividido em duas etapas. A etapa um reúne a adaptação transcultural e a validade do instrumento. A etapa dois compreende a aplicação do instrumento em estudo de campo com os usuários. Para a realização da adaptação cultural, serão seguidas as recomendações de Guillemin: tradução, back-translation e avaliação pelo comitê de juízes. A tradução do instrumento, será realizada por dois profissionais bilíngues da área da saúde, com ênfase em oncologia, tendo o português como língua nativa. Após as traduções, será formado um comitê de especialistas, por meio da técnica Delphi. A técnica visa a participação de experts no assunto para avaliar a relevância das questões com o tema proposto. A validade do instrumento será realizada pela validade de conteúdo e constructo. A validação do conteúdo será realizada por meio do comitê de especialistas através do nível de concordância entre os juízes. Para a validade de constructo se utilizará a análise fatorial confirmatória com testes de correlação de Pearson entre as medidas dos constructos relacionados; e a validade concorrente convergente, aplicando-se o EORTC-QLQ30-BR-23, composto ao todo por 53 perguntas em escala likert, com repostas de um ponto a cinco pontos, as questões 29 e 30 pontuam de um a sete pontos. Para a análise fatorial confirmatória serão avaliados os componentes principais com a rotação ortogonal, pelo método Varimax, aplicado com o objetivo de maximizar a soma das variâncias das cargas da matriz fatorial. Considera-se valores acima de 0,4 como carga fatorial aceitável para manutenção do item no instrumento final. A confiabilidade será avaliada por meio do coeficiente de alfa de Cronbach. Após a finalização do processo de adaptação cultural, será elaborada uma versão preliminar para o teste-piloto, aplicado de acordo com os mesmos critérios de inclusão e elegibilidade determinados para a validação do estudo, em uma amostra de conveniência. Local: o estudo será realizado nos ambulatórios de acompanhamento do Hospital São Paulo e Hospital A.C. Camargo Cancer Center, localizados no município de São Paulo. Participantes: pacientes considerados livres de doença que realizaram o tratamento de câncer de mama. Serão necessários 1.725 participantes, devido ao instrumento ser composto por 345 questões. Análise dos dados: os dados sóciodemográficos serão avaliados de forma descritiva, por meio de números absolutos e percentuais. O processo de validade de conteúdo será calculado o índice de validade de conteúdo (IVC), que indicará a porcentagem de concordância entre os especialistas. Para a validade do construto será realizado a abordagem de testagem de hipótese. A confiabilidade avaliará a estabilidade, com aplicação do teste-reteste, utilizando o coeficiente de r de Pearson, já para a homogeneidade será realizado através do coeficiente alpha de Cronbach. Impacto esperado: espera-se que o instrumento adaptado transculturalmente e validado colabore consubstancialmente para a identificação da QV da população de sobreviventes vulneráveis socioecologicamente de câncer de mama e que os resultados possam contribuir com a implantação de políticas institucionais e públicas.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Edvani Curti Muniz

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • hidrogéis a base de complexos polieletrolíticos obtidos em líquido iônico para aplicações como scaffolds e adsorventes
  • Neste projeto é proposto o desenvolvimento de hidrogéis baseados em complexos polieletrolíticos para aplicação em biomateriais e na área ambiental. A obtenção, caracterização e aplicação de cada um dos materiais, como descrito neste projeto, se basearão em duas diferentes linhas de atuação. Na primeira linha de atuação será feito o Desenvolvimento de hidrogéis a base de complexos polieletrolíticos constituídos de quitosana/pectina, em meio do liquido iônico [Hmim][HSO4]. Nesta parte, serão investigadas diferentes formulações para a obtenção de hidrogéis de quitosana/pectina em meio de liquido iônico que possam ser aplicados em biomateriais (como scaffolds e como carreadores de fármacos) e na área ambiental (como adsorventes de íons metálicos e de corantes). Na segunda linha de atuação pretende-se desenvolver hidrogéis a base de complexos polieletrolíticos constituídos de quitosana/sulfato de condoitina e quitosana/heparina, em meio do liquido iônico [Hmim][HSO4] que possam ser aplicados em biomateriais (como scaffolds e como carreadores de fármacos). Há convergência de propriedades dos materiais a serem obtidos, pois para as aplicações que se pretende na área de biomateriais, os materiais devem ser biocompatíveis e, portanto, não citotóxicos. Para as duas linhas de atuação descritas nesta proposta, haverá o envolvimento de alunos de Pós-graduação em Química da UEM e do Programa de Pós-graduação Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, campus Londrina (UTFPR/LD). Terá ainda a colaboração de estagiários de pós-doutorado. Portanto, este projeto será importante para a formação de recursos humanos na área de materiais poliméricos nessas duas instituições, assim como para o entendimento de processos de obtenção de redes tridimensionais de materiais poliméricos hidrofílicos e suas respectivas propriedades, visando aplicações como biomateriais e materiais adsorventes. Para este projeto são solicitados ao CNPq recursos de R$ 120.000,00 para aquisição de um texturometro (cotação em anexo) que permitira a caracterização das propriedades mecânicas dos materiais preparados) no valor de R$ 98 mil, e R$ 22 mil para despesas de custeio associadas a este projeto: reagentes, solventes, vidrarias, pagamento de serviços de terceiros (pessoa física e pessoa jurídica).
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Edvania Aparecida Corrêa Alves

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • avaliação dos impactos da erosão hídrica do solo no sequestro de carbono em campos agrícolas sulinos
  • Os processos erosivos, bem como as modificações nos estoques de carbono orgânico no solo são intensificados e alterados pelas modificações nos usos da terra. Nos últimos 30 anos tem-se verificado no cenário nacional um elevado crescimento na utilização das terras pelas atividades agropecuárias, as quais totalizavam, em 2006, 85% do território nacional. Destaca-se na região sul do país o uso com pastagens nativas e plantadas e culturas temporárias. Apesar dos campos sulinos se mostrarem áreas potencial para o uso pecuário, há muitas evidências de pastagens degradadas ou em degradação. Também há muitas evidências de degradação do solo causados pela erosão hídrica em lavouras temporárias, especialmente aquelas relacionadas à fumicultura, cultura esta em expansão no estado do Rio Grande do Sul. Considerando que os processos de movimentação do solo, incluindo a erosão, transporte e deposição, são responsáveis pela redistribuição de grandes quantidades de sedimentos e de carbono orgânico do solo (COS), tem-se que essa dinâmica é superior em áreas agrícolas susceptíveis à erosão. Neste contexto, o conhecimento da relação entre os processos erosivos e o destino do COS na perspectiva do ciclo mundial de carbono mostra-se de particular importância. No Brasil há poucos estudos científicos relacionados à avaliação da erosão hídrica do solo, especialmente utilizando radionuclídeos. Também as pesquisas envolvendo a dinâmica do COS em paisagens agrícolas se concentram na Europa e na América do Norte. Assim, a presente proposta tem como objetivo avaliar a relação entre as taxas de erosão hídrica e os estoques de carbono do solo em pastagens e lavouras temporárias sulinas. Assim, ter-se-á maior compreensão acerca das dinâmicas envolvidas no processo erosivo, em especial a relação com o ciclo do carbono do solo, contribuindo assim para uma melhor avaliação da sustentabilidade dos solos brasileiros frente às questões de mudanças climáticas.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Edward Ferraz de Almeida Junior

Outra

Divulgação Científica
  • iii mostra científica da ufob: pesquisando, ensinando e inovando no oeste da bahia
  • O conhecimento científico é um bem intelectual, cultural e econômico, assim como instrumento de bem-estar que deve ser considerado como patrimônio da humanidade. Devido ao seu valor econômico, e por vezes estratégico, cada vez mais o conhecimento tecnológico está sujeito a direitos de propriedade intelectual e comercialização. E com isso, uma grande quantidade de conhecimentos aproveitáveis não ficam acessíveis à sociedade sem custo adicional, deixando um grande número de indivíduos à margem desse conhecimento. Neste contexto, municípios distantes de grandes centros urbanos, sofrem, por um lado, com a escassez de profissionais qualificados para atender as demandas em áreas essenciais, tais como saúde e educação, e por outro lado, com a difusão incipiente do conhecimento científico nas suas comunidades. Essa é a realidade que se percebe no Oeste da Bahia. Neste sentido a Universidade Federal do Oeste da Bahia, deve assumir a responsabilidade de reverter este quadro, promovendo a popularização da ciência e tecnologia na região. Como parte desta ação, propomos o presente projeto, que estará em sua terceira edição, para aproximar a comunidade da Universidade o que viabilizará o acesso à ciência e a tecnologia de forma simples e formativa às escolas de através da proposição da Mostra Científica de trabalhos feitos por estudantes da educação básica, minicursos de física, química, matemática e astronomia, oficinas de robótica, palestras de convidados externos, seminários e apresentação de trabalhos da educação básica no interior da UFOB e, em contextos não formais e informais buscando a popularização da ciência num contexto social mais amplo.
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia - BA - Brasil
  • 04/12/2018-31/12/2020
Foto de perfil

Elaine Aparecida da Silva

Outra

Ciências Ambientais
  • gestão do ciclo de vida: possibilidades e incertezas nas atividades que demandam brita
  • O modelo econômico vigente contém, inevitavelmente, etapas de extração de recursos naturais, processamento intermediário desses recursos e posterior transformação em materiais de aplicação diversa, segundo as necessidades reais ou potenciais da sociedade. A crescente demanda por produtos industrializados acarreta, proporcionalmente, um aumento na extração de recursos naturais. Fatores de ordem econômica, social e ambiental apontam para a insustentabilidade desse modelo linear de economia. Diversas são as soluções apresentadas, entre elas está o modelo de economia circular. O conceito de economia circular, embora objeto de inúmeras controvérsias, propõe a reutilização dos resíduos, dentro de uma cadeia produtiva, reduzindo o desperdício, gerando ganhos econômicos, sociais e ambientais. O presente projeto propõe a avaliação do ciclo de vida nas indústrias da construção civil que utilizam a brita como insumo (ex.: concreteiras, fábricas de postes, indústrias de asfalto, indústrias de pré-moldados). Para isso, baseado nas normas NBR ISO 14040 e 14044, será avaliado ambientalmente o ciclo de vida deste agregado dentro da cadeia produtiva da construção civil. Dessa forma, será possível identificar as etapas em que há possibilidade de melhorias ambientais nas indústrias envolvidas no processo produtivo, e, assim, estabelecer parâmetros e diretrizes para a mudança da economia linear para uma economia mais próxima da circular, no setor da construção civil que consome brita.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elaine Aparecida de Souza

Ciências Agrárias

Agronomia
  • análise genética da resistência do feijoeiro e da patogenicidade do agente causal da mancha angular
  • A ocorrência de doenças no feijoeiro é um dos principais fatores que afetam a sua sustentabilidade. A mancha angular do feijoeiro é uma doença de destaque sendo causada pelo fungo Pseudocercospora griseola. Entre as estratégias de controle, a resistência genética é a mais econômica e sustentável. Estudos sobre o controle genético da resistência do feijoeiro à mancha angular têm identificado a presença de resistência monogênica e poligênica, esta última considerada o principal tipo de resistência no patossistema P. griseola-feijoeiro. Uma estratégia para a obtenção de linhagens com resistência durável é o uso da seleção recorrente que visa aumentar a frequência de alelos de forma gradual. A Universidade Federal de Lavras em parceria com a Embrapa desde 1998 tem desenvolvido um programa de seleção recorrente para a resistência à P.griseola. Várias linhagens têm sido obtidas ao longo dos ciclos, com destaque para a linhagem MAIII-16.159 que tem se apresentado altamente resistente. Durante o Workshop “Angular Leaf Spot and Root Rot”, realizado em Skukuza na África do Sul em 2015, esta linhagem foi indicada para compor o novo conjunto internacional de cultivares diferenciadoras para a mancha angular. No entanto, ainda não há informações sobre os genes de resistência presentes nesta linhagem. Portanto, é importante não só identificar esses genes, bem como proceder o mapeamento dos mesmos. O mapeamento de genes e de QTLs (Quantitative Trait Loci) de resistência no feijoeiro tem sido utilizado com sucesso no emprego de populações RILs (Recombinant Inbred Lines). As populações RILs são constituídas de linhagens endogâmicas obtidas a partir do cruzamento de dois genitores puros e contrastantes para o caráter em questão, sendo realizadas posteriormente, sucessivas gerações de autofecundação pelo método SSD (Single Seed Descent). As linhagens obtidas no final do processo apresentam a variabilidade presente na F2 e também, aquela que está encoberta no heterozigoto e que será disponibilizada nas sucessivas gerações de autofecundação até que a homozigose completa seja atingida. Dessa forma, o uso dessas linhagens recombinantes possibilita a identificação de marcadores polimórficos e a realização do mapeamento de genes de interesse. Como as RILs são linhas puras a sua multiplicação é fácil, permitindo a realização de experimentos com maior precisão. Para a obtenção das RIL's, a linhagem MAIII-16.159 será cruzada com a linhagem BRS-Horizonte. A população F2 obtida será conduzida pelo método SSD até a geração F6 para a obtenção de aproximadamente 300 RIL's. Essas linhagens serão fenotipadas em experimentos com inoculação artificial de isolados de raças diferentes de P. griseola nas plantas nos estádios V2 e V3, em casa de vegetação. A severidade da mancha angular será avaliada por escalas de notas de 1 a 9. A fenotipagem também será realizada no campo utilizando-se a inoculação artificial do patógeno. As mesmas linhagens serão genotipadas utilizando-se marcadores SNP's. Os dados obtidos serão utilizados para a identificação e mapeamento dos genes de resistência presentes na linhagem MAIII-16.159. Também será investigada a variabilidade patogênica de isolados de P. griseola a partir da coleta em campos de feijoeiro em Lavras e Lambari, MG, nas safras da seca de 2019, 2020 e 2021. Serão obtidas culturas monospóricas das populações do patógeno oriundas de ambos os locais. Testes de patogenicidade serão realizados por meio da inoculação dos diferentes isolados em linhagens de feijoeiro. A agressividade dos isolados será avaliada por meio da severidade da doença nessas linhagens utilizando-se escalas de notas. Os isolados também serão caracterizados quanto à dimensão dos esporos, taxa de esporulação e quanto à presença de micovírus. Este projeto permitirá o treinamento de estudantes de graduação e pós-graduação e incrementará o programa de seleção recorrente visando à resistência à mancha angular, com marcadores que poderão ser utilizados visando otimizar o ganho neste programa. Além disso, tem o caráter inovador de obter informações refinadas sobre os genes de resistência presentes na linhagem MAIII-16.159, que fará parte do conjunto internacional de diferenciadoras. O monitoramento e o conhecimento da agressividade do patógeno são importantes nas inoculações visando à seleção das progênies resistentes neste programa de seleção recorrente. Atualmente, este programa tem associado a inoculação artificial, em casa de vegetação, e com a seleção praticada no campo na safra da seca com ocorrência natural do patógeno para maximizar o ganho em unidade de tempo.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elaine Biondo

Ciências Agrárias

Agronomia
  • constituição do núcleo de estudos em agroecologia e produção orgânica no vale do taquari
  • A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul enfatizando a formação e o fortalecimento da agroecologia e produção orgânica junto à agricultura familiar propõe o projeto de Constituição do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica no Vale do Taquari/RS. O objetivo principal é a formação de uma rede de referência em ensino, pesquisa e extensão alinhada às diretrizes do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica, integrando agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais, estudantes, professores, pesquisadores e agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), voltada à inclusão social e produtiva da agricultura familiar. Para tal contará com o apoio e a parceria das instituições que já vem desenvolvendo ações de promoção a agroecologia e produção orgânica no território rural do Vale do Taquari/RS. O projeto buscará promover o diálogo, a construção coletiva de novas práticas em produção sustentável, apoiado às organizações envolvidas na inserção agroecológica, sistematização e socialização de experiências dos agricultores familiares. Para tal contará com a realização de oficinas, seminários, eventos técnicos, dias de campo, cursos de capacitações entre outras ações demandas para o fortalecimento da agricultura familiar de base agroecológica. A partir da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão a referida proposta visa a formação de redes em agroecologia e produção orgânica que privilegiem o desenvolvimento rural sustentável do Vale do Taquari.
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/02/2018-31/10/2020
Foto de perfil

Elaine Cristina Vieira

Ciências da Saúde

Educação Física
  • exercício físico e relógio biológico: interações para a prevenção da obesidade.
  • O tratamento da obesidade e suas co-morbidades é um dos grandes desafios para a saúde pública e para a ciência atual. Uma das possíveis causas atuais do desenvolvimento da obesidade está relacionada com a desregulação do relógio biológico ou dos ritmos circadianos. A desregulação do relógio biológico ocorre em consequência do trabalho por turnos, do consumo desenfreado ao longo do dia de alimentos ricos em gordura, de perturbações do sono e também em consequência da exposição à luz artificial durante a noite através do uso de computadores e telefones celulares. O controle do relógio biológico central ocorre através da ausência ou da presença da luz que por sua vez regula os chamados genes relógio ou genes clock localizados no núcleo supraquiasmático do hipotálamo. Além do relógio central, existem outros relógios periféricos localizados no fígado, pâncreas, músculo e tecido adiposo que são regulados principalmente por nutrientes. A desregulação dos genes relógio nos tecidos periféricos pode levar a doenças como obesidade, diabetes e câncer já que estes genes controlam as funções metabólicas celulares. Estudos em animais, demostraram que a ingestão de uma dieta rica em gordura provoca alterações do ritmo circadiano da ingestão alimentar, padrão do sono, atividade locomotora e a expressão dos genes relógio nos tecidos periféricos sugerindo que alterações nos ritmos circadianos podem preceder o desenvolvimento da obesidade. Estudos em humanos mostraram que pessoas obesas apresentam uma desregulação dos ritmos circadianos hormonais, alterações no ciclo sono-vigília bem como alterações na expressão dos genes relógio nos tecidos periféricos. Por outro lado, alguns estudos apoiam a eficácia do exercício físico na correção das alterações dos ritmos circadianos tanto em animais como em humanos. Porém, a literatura ainda é incipiente sobre a importância do exercício físico como sincronizador das alterações dos ritmos circadianos causados pela obesidade. Sendo assim, este projeto tem como objetivo avaliar o efeito do treinamento aeróbio sobre as alterações dos padrões circadianos em indivíduos e camundongos obesos. Este projeto tem caráter translacional e possui como hipótese principal demonstrar que o exercício físico aeróbio é um fator de sincronização das alterações dos ritmos circadianos. Este efeito sincronizador do exercício físico poderia corrigir vários parâmetros circadianos que foram desregulados pela obesidade diminuindo assim, o desenvolvimento desta doença metabólica.
  • Universidade Católica de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elaine Gouvêa Pimentel

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • busca por provas em lógicas sub-estruturais e modais
  • Apesar de diversos sistemas de provas para diferentes lógicas tenham sido propostos no último século, ainda existem aspectos de lógicas bem conhecidas e estudadas (como lógica intuicionista ou lógicas modais, por exemplo) não inteiramente compreendidos. Por outro lado, para alguns sistemas lógicos interessantes propostos recentemente, faltam métodos de busca por provas eficientes. Este projeto visa aprimorar o estado da arte de teoria da prova em geral, ajudando a alçar o marco teórico para lógicas que são variantes ou generalizações de lógicas sub-estruturais e/ou modais. Mais especificamente, pretendemos propor cálculos analíticos e métodos de busca por provas eficientes para uma classe representativa de lógicas modais e sub-estruturais. Além disso, pretendemos conciliar a visão sintática/semântica de maneira natural e direta, ao mesmo tempo estabelecendo uma contra-partida computacional para as lógicas consideradas. Por fim, pretendemos propor arcabouços lógicos adequados para a especificação de propriedades de sistemas lógicos de maneira uniforme. Isso deve permitir uma validação experimental dos resultados teóricos, bem como o desenvolvimento de protótipos de implementação para vários cálculos mencionados neste projeto.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elaine Maria de Souza Fagundes

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • estudo pré-clínico de um protótipo triazólico em modelo murino de câncer de mama metastático triplo-negativo: enfoque na toxicidade aguda, subcrônica e atividade antitumoral com vistas ao desenvolvimento de um quimioterápico contra cancer de mama
  • Da prospecção de cerca de 5.900 compostos quanto seu potencial antimoral, uma serie inédita de dezenove derivados 1,2,3-triazol-1,4-dissubstituídos e os seus sais foram identificados. A estrutura destes compostos foi planejada racionalmente a partir da estrutura da miltefosina, um derivado de lipofosfatidilcolina que foi desenvolvida no final de 1980 como um agente para o tratamento de câncer experimental. Estes análogos foram obtidos eficientemente por click reaction e a avaliação de sua citotoxicidade em um painel de células tumorais e não tumorais permitiu o depósito de um pedido de patente em 2017 (BR 10 2017 0075940).Entre os quatro compostos mais ativos para células de câncer de mama, destacou-se o derivado triazolico anfifílico dhmtAc, que mostrou alta eficiência ao reduzir a sobrevivência clonogênica das células de tumor mamário em comparação com o controle. Na descoberta de fármacos anticâncer a avaliação neurotóxica é também um importante parâmetro a ser avaliado e está associada com a utilização de vários agentes antineoplásicos como compostos de platina, alcalóides como a colchicina e vincristina. Estes derivados foram avaliados também quanto seu potencial neurotóxico, utilizando um sistema de teste neuronal de alta densidade, o ensaio NeuriTox baseado em células LUHMES, que além de predizer o potencial neurotoxico, esta linhagem é sensível a compostos citotóxicos e se relaciona com atividade antitumoral dos mesmos. O teste NeuriTox quantifica danos aos neuritos de neurônios humanos em crescimento ou maduros. Verificou-se que quatro dos derivados triazólicos mais potentes eram neurotóxicos, numa faixa de concentrações semelhante ao observado para as células tumorais. Os novos triazóis foram apresentaram toxicidade similar ao taxol e camptotencina. Os estudos de relação estrutura-atividade (REA) para estes novos derivados em relação à neurotoxicidade foi bem definida e correlacionada com sua atividade antineoplásica. Assim, foi estabelecida uma REA para a potência antineoplásica, onde compostos com um grupo decil na posição 1 e um substituinte propil na posição 3' eram mais tóxicos para as células tumorais. Esta toxicidade foi abolida se qualquer um dos substituintes mencionados acima fosse trocado por uma versão mais curta. Estes achados deram direcionamento para continuação dos estudos de REA para otimização do melhor derivado, o dhmtAc . Este composto “lead” foi selecionado para avançar nos estudos in vivo, pois sua toxicidade para células tumorais, bem como células LUHMES foi similar ao etoposídeo, taxol e cisplatina, além de apresentar uma boa solubilidade em solução aquosa (10mg/mL). Assim, foi realizado um experimento piloto utilizando o modelo de câncer de mama triplo-negativo metastático, 4T1 em camundongo. O dhmtAc foi avaliado in vivo em três doses diferentes de 50mg/kg, 25mg/kg e 12,5mg/kg (via intraperitoneal, n=8), bem como o grupo controle (somente salina). Em duas doses (50 e 25mg/k) foram observadas morte de oito e de dois animais, respectivamente. O volume do tumor foi mensurado em intervalos entre as doses, sendo após administração da primeira, segunda e terceira doses, tendo o experimento durado por 21 dias. Observou-se que após a primeira e a segunda dose uma redução significativa do volume do tumor. Desta forma, os resultados sugerem um possível efeito antitumoral do dhmtAc no modelo de câncer de mama triplo-negativo murino 4T1. Com base nestes dados preliminares, neste projeto se propõe avaliar 14 novos análogos a partir da otimização do protótipo dhmtAc por REA (conforme já citado), com variações nas cadeias laterais, variando o grupo “n”, o grupo “R” e a função OH por grupos metila e propila para a obtenção de uma série de novos derivados de triazóis lipofílicos. Eles serão avaliados em linhagens não tumorais e em três linhagens de células de câncer de mama (MDA-MB-231, MCF-7 e 4T1), sendo duas triplo-negativas de humano (MDA-MB-321) e murino (4T1) para avaliar a potencia entre os novos derivados e comparar com o composto “lead” dhmtAc. Este protótipo e seu melhor análogo serão avaliados in vivo quanto a toxicidade aguda, subcrônica e quanto sua atividade antitumoral no modelo de tumor de mama triplo-negativo metastático murino, 4T1 que reproduz a fisiopatologia do tumor de mama observada em humanos. Assim será possivel investigar o efeito antitumoral no tumor primário, bem como seu potencial anti-metastasico. Uma vez que foi observada toxicidade do dhmtAc in vivo nas doses de 50 e 25mg/kg no estudo piloto, aqui se propõe também a elaboração de lipossomas pH-sensíveis de circulação prolongada. Estes são sistemas biocompatíveis e biodegradáveis podem se concentrar em tecidos tumorais, permitindo que essas sejam liberadas de forma lenta e específica, levando ao aumento da eficácia terapêutica e redução da toxicidade sistêmica. Assim a forma livre e lipossomal do dhmtAc e do melhor derivado serão avaliados in vitro e in vivo. Neurotoxicidade em células Luhmes será também avaliada para seleção do melhor derivado para os estudos in vitro. Portanto o desenvolvimento deste projeto permitirá a caracterização in vivo do composto “lead” dhmtAc e de seu derivado otimizado como um potencial candidato a fármaco, o que representa um importante resultado na cadeia de inovação em fármacos contribuindo para o desenvolvimento de um qumioterápico com aplicabilidade para o tratamento de pacientes com câncer de mama.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elaine Maria Seles Dorneles

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • genômica: determinantes de resistência a drogas em patógenos de interesse em saúde única
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 03/12/2019-30/11/2021
Foto de perfil

Elaine Rabelo Neiva

Ciências Humanas

Psicologia
  • práticas de gestão da mudança, redes sociais, comportamentos de apoio e bem-estar no trabalho.
  • A mudança organizacional pode ser conceituada como um conjunto de alterações nos componentes organizacionais desencadeadas intencionalmente ou não por intervenções que tragam consequências para os resultados da organização e para seus membros. Esse projeto testar as relações entre práticas de gestão da mudança organizacional, as razões e os benefícios para mudar, as redes sociais informais, os comportamentos de apoio às mudanças e o bem-estar no trabalho, além de investigar em que medida a relação entre essas variáveis se alteram ao longo do tempo. Serão propostos três estudos que versam sobre: 1) a influência das práticas de gestão da mudança, das razões e dos benefícios sobre o bem-estar e o comportamento de apoio às mudanças; e 2) a influência das redes sociais sobre o bem-estar e o comportamento de apoio às mudanças durante o processo de mudança na organização 3) Teste do tempo como moderador das relações identificadas pelos estudos 1 e 2. Participarão do estudo profissionais de organizações públicas e privadas do Distrito Federal. O estudo envolverá pelo menos cinco organizações com representatividade de profissionais assegurada na amostra. A representatividade será avaliada por meio da obtenção de, pelo menos, 30% dos empregados da organização, envolvendo todas as unidades organizacionais. Serão utilizadas as seguintes medidas: Escala de Práticas de Gestão da Mudança; Escala de Razões e benefícios para a mudança; Instrumento de Comportamentos de apoio a mudança organizacional; Escala de Bem-estar no trabalho e Medidas de Redes Sociais Informais. Os instrumentos serão aplicados aos profissionais e aos gestores das unidades, em três momentos T1, T2 e T3, para avaliar as medidas individuais e as medidas no nível da unidade. Para análise dos dados serão utilizadas estatísticas descritivas, inferenciais multivariadas, análises envolvendo o nível individual e de grupo (análises multinível) e análises de redes sociais e análises por meio de equações estruturais.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Elainne Christine de Souza Gomes

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento de kit baseado em lamp-pcr para o diagnóstico da esquistossomose mansônica em áreas de baixa endemicidade.
  • No Brasil, estima-se que cerca de 1,8 milhão de pessoas, principalmente na região nordeste do país, estejam infectadas pelo Schistosoma mansoni. E apesar do Programa de Controle da Esquistossomose, implementado há mais de 40 anos no Brasil, ter diminuindo a prevalência, a morbidade e a mortalidade causada por esta parasitose, alguns obstáculos precisam ser ultrapassado para que se alcance o controle efetivo desta doença. Um dos grandes desafios atual é o diagnóstico da doença em áreas de baixa endemicidade onde a baixa carga parasitária dos indivíduos infectados dificultam o diagnóstico através do exame parasitológico de fezes (Kato-Katz). Frente a essa problemática os métodos diagnósticos baseados em PCR têm sido aplicados com sucesso em algumas áreas endêmicas no Brasil, embora ainda não sejam amplamente utilizado devido aos altos requisitos técnicos, tornando-os inviáveis para o diagnóstico de rotina. Dentro desse contexto o método LAMP-PCR vem se destacando como um poderoso método de diagnóstico molecular uma vez que pode ser desenvolvido com poucos recursos tecnológicos. Esse método já se mostrou eficiente para detecção de DNA de S. mansoni (SmMIT-LAMP) em amostras de fezes tanto de laboratório com de campo. Portanto, o objetivo deste projeto é otimizar SmMIT-LAMP, através da liofilização da reação, reduzindo os riscos de contaminação e eliminando etapas para sua realização, visando potencializar o uso desta desta técnica molecular para a detecção de S. mansoni em amostras de fezes humanas em áreas de baixa endemicidade para a esquistossomose. Os resultados deste trabalho preencherão uma lacuna importante do programa de controle da doença que é a detecção dos casos em indivíduos com baixa carga parasitária, possibilitando a quebra do ciclo de transmissão da doença através do tratamento direcionado, uma vez que em áreas de baixa endemicida o tratamento coletivo não é recomendado.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022