Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Cleiton da Silva Silveira

Engenharias

Engenharia Civil
  • previsões mensais de vazões para o sistema interligado nacional (sin) utilizando multi-modelos
  • Este estudo propõe o uso de modelos de previsão de vazões sazonais simultânea para todos os locais SIN através do acoplamento de diferentes modelos estatísticos e modelos dinâmicos baseados em informações de modelos atmosféricos. Serão usados modelos periódicos autorregressivos endógenos (PAR) e com variáveis exógenas (PARX) utilizando índices climáticos com diferentes maneiras das variáveis preditoras e modelos estatísticos não lineares. Além disso, devem ser usadas as previsões sazonais geradas a partir do modelo hidrológico chuva-vazão concentrado Soil Moisture Accounting Procedure (SMAP) forçados por informações dos modelos atmosféricos do NMME (North American Multi-Model Ensemble). Existem regiões que possuem skill diferentes dependo da técnica de previsão utilizada, a proposta visa avaliar incorporação das diferentes técnicas sem perda de correlação espacial. Os modelos propostos de previsão de afluência utilizarão os dados de vazões naturais gerados pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) e técnicas estatísticas como as de regressão linear múltipla e o método stepwise para escolha de variáveis explanatórias no PAR e no PARX. Serão utilizados 27 índices climáticos. A análise de desempenho das vazões será baseada no coeficiente NASH, no erro médio percentual absoluto e na distância multicritério. Após a primeira avaliação serão utilizadas técnicas de previsão por conjunto para unir os diferentes modelos, atribuindo maior peso aquele cujo skill é superior em cada posto do SIN, garantido a correlação espacial entre os aproveitamentos hidroelétricos através de estatística multivariada.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleiton Gredson Sabin Benett

Ciências Agrárias

Agronomia
  • aplicação boratada em diferentes estádios fenológicos na cultura da soja
  • A cultura da soja é atualmente uma das leguminosas mais difundidas do mundo, por apresentar alto potencial de produção e importância econômica, podendo ser utilizada na indústria para fabricação de óleo, farelos e outros derivados para o consumo humano, ração animal e tendo destaque na produção de biodiesel. O objetivo do projeto é avaliar aplicação de doses de boro nos estádios fenológicos da cultura da soja nos componentes de produção, produtividade e qualidade fisiológica de sementes. O experimento será realizado em campo conduzidos nas safras 2018/2019, 2019/2020 e 2020/2021 na Universidade Estadual de Goiás, Campus Ipameri, localizada no município de Ipameri-GO. O delineamento experimental a ser utilizado será o de blocos casualizados, arranjados em esquema fatorial 5 x 6, sendo quatro estádios de aplicação do boro (V0, V3, V6, V9 e R1) e seis doses de boro (0, 1, 2, 3, 4 e 5 kg ha-1), com quatro repetições e aplicadas via solo utilizando como fonte de boro o ácido bórico (17%). Cada parcela será constituída de seis linhas de cinco metros de comprimento, e espaçamento de 0,45 m entre si, e 15 plantas por metro linear, perfazendo uma área total de 13,5 m2. A área considerada útil será constituída pelas três linhas centrais, desprezando-se 1,0 m em ambas as extremidades de cada linha. Serão realizadas as seguintes avaliações: índice relativo de clorofila, teores de boro foliar, componentes de produção, produtividade e qualidade fisiológica de sementes. Os dados serão submetidos a análise de variância separadamente e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade para variedades e estádios e, para as doses de B serão realizadas análise de regressão. As análises estatísticas serão processadas utilizando o software R.
  • Universidade Estadual de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clelio Campolina Diniz

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • dinâmica regional da indústria manufatureira no brasil e seus impactos econômicos e sociais
  • Quantificação da distribuição regional da indústria manufatureira, segundo principais aglomerações industriais e suas características estruturais ou especializações, por microrregiões geográficas. Quantificação da expansão da produção agropecuária, mineral e dos serviços , por microrregiões geográficas. Análise das relações inter-industriais entre manufatura, agropecuária, mineração e serviços, por microrregiões. Possíveis efeitos da reestruturação produtiva da indústria manufatureira sobre a distribuição regional da mesma. Analisar o papel das políticas educacionais, científica e tecnológica para o processo de desconcentração industrial
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clelton Aparecido dos Santos

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de coquetéis enzimáticos destinados à hidrólise de biomassa vegetal: utilização de mutagênese sítio-dirigido e proteínas quiméricas
  • A conversão de açúcar, derivada da degradação de biomassa vegetal via hidrólise enzimática, para a produção de biocombustíveis é um desafio. Assim, a busca por novos microrganismos e enzimas que possam aumentar a eficiência da sacarificação de substratos celulósicos permanece uma importante e prioritária área de estudo. Em um trabalho de vanguarda, utilizando uma abordagem racional, confrontando dados de sequenciamento de RNA (RNA-Seq) e genômica estrutural, nosso grupo foi apto a identificar a principal β-glicosidase expressa por Trichodermaharzianum(ThBgl) em condições de degradação de biomassa. Contudo, após a caracterização estrutural e funcional, os resultados revelaram que embora tal enzima fosse produzida com alto rendimento e pureza, ela não apresentava duas das principais propriedades desejadas para sua efetiva utilização para a suplementação de coquetéis enzimáticos destinados a degradação de biomassa – termoestabilidade e alta tolerância a glicose. Neste contexto, este projeto visa fornecer novos subsídios a engenharia de proteínas, especialmente aquelas envolvidas com a degradação de biomassa vegetal, com a implementação de uma plataforma empregando mutagênese sítio-dirigida (MSD) e construção de proteínas quiméricas para o desenvolvimento de enzimas mais eficientes à serem utilizadas na suplementação de coquetéis enzimáticos destinados à sacarificação de substratos celulósicos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clemens Peter Schlindwein

Ciências Biológicas

Botânica
  • interações entre plantas e abelhas oligoléticas – polinização, comportamento e sinais florais
  • Entre as inúmeras associações que flores apresentam com abelhas, o entendimento das interações com abelhas oligoléticas ainda carece de explicações convincentes. Abelhas oligoléticas coletam pólen somente em flores da mesma família de planta podendo a especialização se restringir, em alguns casos, a apenas uma espécie de planta. No Brasil, a oligoletia ocorre em pelo menos 12 tribos de abelhas solitárias, e interações com essas abelhas são documentadas em pelo menos 16 famílias de plantas. Vários estudos revelaram abelhas oligoléticas como polinizadoras efetivas das suas plantas hospedeiras, e, em alguns casos, como as únicas polinizadoras revelando interdependência reprodutiva. Frequentemente, foram encontradas adaptações morfológicas e comportamentais nessas abelhas para coletar pólen e até sinalização específica das flores as quais guiam abelhas até elas. O estudo tem como objetivo caracterizar relações entre abelhas oligoléticas e plantas, com ênfase em representantes de Cactaceae (Parodia, Frailea, Opuntia), Loasaceae (Blumenbachia, Aosa, Loasa) e Solanaceae (Calibrachoa, Petunia). A questão central da proposta é o entendimento de adaptações dos parceiros que lhes permitem se selecionar, o que envolve (1) análises de morfologia e biologia floral, mecanismos de polinização e estratégias que favorecem polinização cruzada; (2) padrões de apresentação de pólen e estratégias de forrageio por pólen nas abelhas oligoléticas; (3) biologia reprodutiva e de nidificação das abelhas; e (4) mediação olfativa e visual flor-polinizador. Com essa abordagem abrangente que integra pesquisadores de diversas áreas biológicas esperamos caracterizar associações entre plantas e abelhas oligoléticas.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleocir José Dalmaschio

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • síntese de nanocristais inorgânicos funcionalizados para processos de automontagem, preparação de compósitos e polímeros híbridos
  • Novos materiais baseados na nanotecnologia possibilitaram o desenvolvimentos e aprimoramento de muitos produtos e processos em diversas aplicações. Buscando um novo patamar a nanociência passa agora a buscar efetivamente usar nanopartículas como blocos de construção de estruturas mais amplas de dimensão micro e macrométrica. Neste sentido, essa proposta se baseia na síntese de nanocristais inorgânicos funcionalizados com moléculas orgânicas na superfície buscando conferir estabilidade coloidal e controle de interações interpartículas. Utilizando processos de automontagem se buscará estudar o ordenamento de cristais a partir de soluções coloidais de forma a se obter estruturas do tipo supperredes formandos com os nanocristais inorgânicos. Também se pretende, a partir dos nanocristais funcionalizados incorpora-los em polímeros para formação de compósitos, bem como emprega-los em reações subsequentes para formação de polímeros híbridos. Os materiais obtidos serão explorados em relação ao potencial uso em membranas de separação de soluções salinas por processos de osmose inversa. Além do caráter tecnológico a proposta irá auxiliar na formação de recursos humanos através do desenvolvimento de subprojetos de iniciação cientifica e dissertações de mestrado.
  • Universidade Federal do Espírito Santo - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleomar de Sousa Rocha

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • conectividade: perspectivas de um tempo
  • O projeto de pesquisa Conectividade: perspectiva de um tempo centra-se na vertente tecnológica da arte e da cultura e nos modelos estéticos surgidos pelas ações colaborativas em rede, como fundamentos da poética e da estética da conectividade, bem como da era pós-mídia. Tal caracterização, mais que vincular metodologicamente artistas, sistemas e interatores, situa um modelo diferenciado do consumo da arte, plasmando os objetos e ações estéticas, e também uma condição vinculada ao estar em rede, ao estar conectado. A pesquisa se organiza sobre este objeto, a partir da metodologia analítica e prospectiva, situando o conceito tendo por base trabalhos da Rede Media Lab / Brasil – Laboratórios de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Mídias Interativas, mantidos pela UFG, UnB e Unifesspa.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleoni dos Santos Carvalho

Outra

Ciências Ambientais
  • biomarcadores bioquímicos em danio rerio após exposição a água do rio sorocaba.
  • O rio Sorocaba (S.P.) e seus afluentes são importantes na economia da região, pois suas águas são utilizadas para numerosos fins, como irrigação, abastecimento público, matéria prima para diferentes processos e também, como diluidor de despejos domésticos e industriais. Entretanto, estudos mostram que esse rio apresenta contaminantes químicos que podem afetar a vida dos organismos aquáticos e do ser humano. Portanto, a avaliação dos efeitos dos contaminantes nos organismos aquáticos em diferentes níveis, ou seja, celular, tecidual, bioquímico e molecular contribuirá na previsibilidade dos efeitos causados pelos diferentes poluentes neste ambiente, gerando informações sobre mecanismos de adaptabilidade frente aos estressores ambientais. Neste sentido, o objetivo deste estudo é avaliar o potencial do uso dos biomarcadores como: níveis de LPO (peroxidação de lipídeos ou lipoperoxidação), PCO (proteínas carbonilas) e da MT (metalotioneína); atividade da NOS (óxido nítrico sintase) e da AChE (acetilcolinesterase); atividade das enzimas do citocromo P-450 (etoxiresorufina O-desetilase - EROD) e GST (glutationa S-transferase); concentração de proteínas MXR (sistema de resistência a multixenobióticos) e níveis de glicose, glicogênio, lipídeo e proteína nos órgãos (fígado, rim, músculo, cérebro e pele) de Danio rerio no monitoramento da qualidade da água do rio Sorocaba. Para tanto, o desenho experimental consistirá em submeter grupos de animais a água do rio Sorocaba nos períodos seco (entre os meses de abril e setembro) e chuvoso (entre os meses de outubro e março), durante 5 dias de exposição. Será determinada também a presença de metais, agroquímicos e fármacos em amostras de águas de dois pontos do rio Sorocaba e nos dois períodos de exposição.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleonice Alves de Melo Bento

Ciências Biológicas

Imunologia
  • relação entre subtipos de células th17/tc17 expressando receptores do tipo toll e resposta terapêutica em pacientes com esclerose múltipla remitente recorrente.
  • A esclerose múltipla (EM) é uma doença desmielinizante de caráter autoimune do sistema nervoso central (SNC), e é a principal causa de déficit neurológico em adultos jovens, sendo, portanto, um grave problema de saúde pública, pois afeta diretamente a população economicamente ativa do país. Assim como em outras doenças autoimunes, o desenvolvimento e severidade da EM depende da influência de fatores ambientais, tal como infecções, no sistema imune de indivíduos com predisposição genética. Na EM, a presença de padrões moleculares associados a patógenos (PAMP), por ativar a imunidade inata via receptores de padrão, pode comprometer os mecanismos de tolerância imune e favorecer a expansão de clones de células T efetoras dirigidos contra proteínas da bainha de mielina do SNC. Nesse sentido, estudo publicado pelo nosso grupo demonstrou elevada responsividade de monócitos de pacientes com EM ao LPS, identificada pela elevada produção de IL-6 e IL-23, quando comparado às citocinas IL-12 e IL-10. Ademais, os sobrenadantes dessas culturas potencializaram não apenas a produção in vitro de citocinas relacionadas aos fenótipos Th17 e Tc17, como também a resistência ao cortisol, ambos os fenômenos dramaticamente reduzidos após inibição da sinalização via receptor para IL-6. De forma interessante, elevada frequência de células T CD4+ e T CD8+ circulantes expressando TLR-2, TLR-4 e TLR-9 foi identificada nos pacientes com EM. A produção de IL-17, em associação com o IFN- ou IL-6, por esses linfócitos foram associados a maior atividade clínica e radiológica da doença. Finalmente, dentre os diferentes PAMPs testados, o ligante de TLR2 foi o mais potente em elevar a produção de citocinas relacionadas aos fenótipos Th17 e Tc17. Esses resultados sugerem que patógenos podem impactar na progressão da EM por favorecer a expansão de células Th17 e Tc17 encefalitogênicas responsivas à diferentes PAMPs, e levanta a hipótese que sucesso terapêutico com drogas modificadoras de doença depende do controle dessa população, o que será o objetivo do presente estudo.
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleverson Diniz Teixeira de Freitas

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • expressão heteróloga, caracterização e aplicações biotecnológicas de proteases
  • O interesse em produtos naturais com aplicações biotecnológicas tem crescido rapidamente. Entre estas moléculas se destacam as enzimas, pelo fato de serem específicas, possuírem alta processividade, não serem consumidas durante o processo e por apresentarem diversas aplicações de interesse industrial. As proteases estão entre as enzimas mais usadas comercialmente, devido às suas múltiplas aplicações nas indústrias de alimentos, farmacêutica e de detergente, bem como na preparação de couro. Proteases de diferentes origens têm sido alvos de estudos pela equipe do proponente e algumas aplicações biotecnológicas foram descritas. Vale ressaltar que nestes estudos prévios foram usados extratos proteolíticos. Alguns destes resultados já foram publicados como artigos e patentes, que serão mostrados ao longo do projeto. Assim, no contexto de continuidade e aprimoramento dos trabalhos desenvolvidos, o presente projeto tem como objetivos gerais: 1- Expressar diferentes proteases previamente identificadas e caracterizadas pelo grupo em sistema microbiano procariótico (Escherichia coli); 2- Caracterizar a estrutura das proteases por modelagem molecular; 3- Caracterizar a atividade proteolítica (pH, Temperatura e Efeito de Inibidores) das proteases heterólogas; 4- Avaliar suas potencialidades para a produção de queijo, depilação de pele para a produção de couro e produção de leite hipoalergênico. A inovação deste projeto está centrada nas fontes enzimáticas, que ainda são muito pouco estudadas. Serão estudadas proteases de látex, intestino de inseto e secreção digestiva de plantas carnívoras.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cleybe Hiole Vieira

Ciências Humanas

Filosofia
  • 5ª. feira de ciências júnior da pucpr - “smart cities”
  • A 5ª Feira de Ciências Júnior da PUCPR pretende incrementar o ensino da ciência na Educação Básica e estimular a cultura indagativa e crítica, própria da ciência e outras questões próprias da sociedade, entre os estudantes dos ensinos fundamental II, médio e técnico da Cidade de Curitiba e Região Metropolitana, estimulando o despertar de vocações científicas e tecnológicas; a capacidade inventiva e investigativa. Como nos anos anteriores, a Feira será realizada de forma concomitante com o XXVIII SEMIC (Seminário de Iniciação Científica), sendo uma oportunidade de os estudantes do ensino médio terem contato com os programas de iniciação científica da PUCPR e, desse modo, visualizarem um futuro próximo. A PUCPR definiu algumas áreas estratégicas que estão alinhadas com os desafios globais, com suas competências internas, com o planejamento e a missão institucional, a saber: Saúde, Tecnologia da Comunicação e Informação, Energia, Cidades, Direitos Humanos, e Biotecnologia. Para difundir essa posição da Universidade entre a própria comunidade universitária e contribuir para o aprofundamento das questões emergentes de cada área estratégica, foi decidido que a cada ano a Feira de Ciências Júnior e o SEMIC (seminário de iniciação científica) assumirão uma delas como temática central. Em 2020, a temática será Cidades. Os estudantes serão organizados em grupos de até 3 membros e 1 professores nas seguintes categorias: - Categoria ensino médio e técnico 1º ano: nesta categoria poderão concorrer apenas estudantes matriculados no 1º ano do ensino médio, em função da premiação ser bolsa de Iniciação Científica Júnior do CNPq (5 CNPq e 5 PUCPR), para ser implementada quando o estudante estiver no 2º ano do ensino médio. - Categoria ensino médio e técnico livre: para todos os estudantes do ensino médio independente do ano de estudo. Categoria ensino fundamental II: Essa categoria visa estimular estudantes do ensino fundamental II à pesquisa. A 5ª. Feira de Ciências Júnior da PUCPR terá abrangência municipal e será realizada no campus de Curitiba, Paraná. Está prevista também uma mostra paralela que terá a participação de projetos aprovados por escolas/colégios de ensino fundamental II, médio ou técnico de outras cidades do Paraná, vislumbrando, em um futuro próximo, o atingimento da meta de propor feiras de ciências com abrangência estadual.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 07/01/2020-31/01/2021
Foto de perfil

Cleydson Breno Rodrigues dos Santos

Ciências Biológicas

Biofísica
  • planejamento de compostos bioativos baseada em ligante-estrutura com atividade antibacteriana em cepas de mrsa e vrsa
  • Os antibióticos são substâncias químicas, naturais ou sintéticas que atuam principalmente contra bactérias patogênicas. Pode-se afirmar, que os antibióticos representam uma classe de medicamentos em que o uso incorreto afeta a comunidade como um todo, pois estimula modificações de caráter genético nas bactérias, permitindo a aquisição de mecanismos de resistência. Atualmente algumas espécies de Staphylococcus aureus apresentam mecanismos de resistência a muitos tipos de antibióticos e causam infecções em diferentes tecidos e órgãos. Neste sentido, torna-se de fundamental importância investimentos em estudos que possibilitem a utilização de métodos para a descoberta ou planejamento racional de antibióticos. Este projeto de pesquisa tem como objetivo combinar ferramentas da química medicinal e modelagem molecular para planejar compostos bioativos baseada em ligante-estrutura com atividade antibacteriana. As estruturas serão selecionadas baseadas no estudo de Oramas-Royo et al. (2017) que sintetizaram e analisaram a atividade antibacteriana de novos dibenzofuranos polioxigenados simétricos. Os compostos promissores serão obtidos a partir de uma perspectiva antibacteriana, por meio de triagem virtual baseada em ligante (farmacóforo) em cinco bases de dados (ChemBrigde_DIVERSet, ChemBrigde_DIVERSet_Exp, Zinc_Drug Database, Zinc_Natural_Stock e Zinc_FDA_BindingD), seguido de predições in silico farmacocinéticas, toxicológicas e simulações de docking molecular, realizadas nos laboratórios da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (FCFRP/USP) e no Laboratório de Modelagem e Química Computacional da Universidade Federal do Amapá (LMQC/UNIFAP). Após a aplicação desses vários "filtros", diversos compostos "sobreviventes" serão selecionados para compra pelo LMQC/UNIFAP e posteriormente serão realizados ensaios biológicos antibacterianos nos Laboratório Central de Saúde Pública do Amapá (LACEN/AP) e no Laboratório Morfofuncional da Faculdade de Macapá (LABMORFO/FAMA). Com esse projeto, espera-se unir competências das áreas de ciências biológicas e química medicinal para planejar e desenvolver compostos bioativos com grande potencial para serem empregados como agentes antibacterianos, bem como contribuir com os estudos de etiologia, tratamento e controle de cepas de MRSA e VRSA
  • Universidade Federal do Amapá - AP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clodoaldo Irineu Levartoski de Araujo

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • efeito de proximidade nanomagnética em materiais quânticos
  • Desenvolvimentos recentes em materiais quânticos, como filmes finos de alta qualidade de supercondutores de alta temperatura crítica (Tc) e isolantes cristalinos, que apresentam um estado metálico nas bordas, abrem várias possibilidades de aplicações desses materiais em heteroestruturas, a fim de controlar e aplicar propriedades interessantes de materiais quânticos, como resistência zero em supercondutores ou polarização total de spin em isolantes topológicos, para desenvolvimento de sensores quânticos ou dispositivos de memória. Nesta proposta, pretendemos investigar os fenômenos emergentes que surgem na interface entre os materiais ferromagnéticos e quânticos. Já se sabe que o chamado efeito de proximidade é capaz de quebrar o estado de supercondutividade em supercondutores ou gerar magnetizações particulares nos isolantes topológicos a temperatura ambiente, quando os materiais ferromagnéticos são crescidos na parte superior ou inferior desses materiais quânticos. Nosso objetivo nesta proposta é investigar o efeito de geometrias nanoestruturadas na camada ferromagnética, que podem ser manipuladas para apresentar interessantes geometrias magnéticas como vórtices, skyrmions ou domínios uniformes. Essas geometrias magnéticas exóticas podem ser manipuladas para melhorar a comutação entre estados normais e supercondutores nos supercondutores de alto Tc ou imprimir texturas magnéticas topologicamente protegidas nos estados topológicos nas bordas do isolante. Embora as texturas magnéticas muito estáveis possam ser investigadas para atuar como um portador de informações rápido e robusto, o sensor magnético supercondutor muito sensível pode ser utilizado para a leitura de informações na próxima geração de computadores quânticos.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clodoaldo Valverde

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • determinação estrutural e teórica de propriedades elétricas e ópticas lineares e não lineares de cristais orgânicos
  • O projeto justifica-se pela importância do tema em si e pela possibilidade de desenvolvimento que sua implementação trará. O estudo de cristais orgânicos através do crescimento e a preparação das amostras cristalinas bem como a determinação da estrutura espacial nos permite estudar várias propriedades elétricas. Sabemos que cristais orgânicos terão não linearidades altas quando suas moléculas são assimétricas e quando, ao se empacotarem na rede cristalina, o fazem de modo também assimétrico. Com efeito, muitas vezes o empacotamento das moléculas assimétricas pode se dar de modo a tornar o sólido um cristal simétrico. Esses efeitos devem ser (ou são), perceptíveis mesmo antes do cálculo teórico, através de uma preliminar análise estrutural. Iremos estudar as propriedades opticas não lineares desses materiais.
  • Universidade Estadual de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clodoveu Augusto Davis Junior

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • geoinformática para computação urbana
  • A expressão Urban Computing (Computação Urbana) tem sido empregada para designar o processo de aquisição, integração e análise de grandes volumes de dados heterogêneos, produzidos por fontes variadas no espaço urbano. Essas fontes vão desde sensores ambientais até dados governamentais oficiais, passando pela contribuição direta do cidadão em processos de crowdsourcing ou contribuição voluntária. Os dados e informação produzidos são direcionados à compreensão e solução de problemas urbanos típicos das grandes cidades no Brasil e no mundo, tais como mobilidade urbana, segurança, saúde pública, poluição do ar e sonora, consumo de água e energia, e muitos outros. A preocupação é tripla: com a melhoria do ambiente urbano para convivência das pessoas, com a melhoria da qualidade de vida urbana, e com a melhoria nas condições de operação, pelas autoridades governamentais e concessionárias de serviços públicos, dos diversos sistemas que compõem a cidade. O projeto pretende estabelecer um ciclo qualificado para a coleta, integração e uso de informação geográfica em benefício da sociedade, promovendo a evolução do estado-da-arte em tópicos ao longo desse ciclo, tais como infraestruturas de dados espaciais, geocodificação, recuperação de informação geográfica, e visualização de dados geográficos. Seu objetivo geral é expandir o arcabouço metodológico da Computação Urbana, por meio da proposta, concepção, implementação e experimentação de métodos e técnicas voltadas para a captura, integração e análise de grandes volumes de dados geoespaciais heterogêneos sobre o espaço urbano. Os produtos da pesquisa nessa direção são aplicados em problemas urbanos típicos, com ênfase no uso da localização geográfica como fator de integração de dados e comunicação de resultados. A aplicação prática e real dos conhecimentos desenvolvidos no presente projeto, que envolve a colaboração com pesquisadores das áreas com atuação no espaço urbano, é priorizada, através da implementação de protótipos e estudos de caso.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Clóves Cabreira Jobim

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • apoio à formação de doutores em áreas estratégicas na universidade estadual de maringá
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 10/01/2020-10/01/2025
Foto de perfil

Clóvis Eduardo Malinverni da Silveira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • patrimônio genético e conhecimentos tradicionais associados: análise da percepção dos pesquisadores de universidades gaúchas públicas e comunitárias sobre as novas exigências legais de acesso e repartição de benefícios
  • Com a ratificação da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) o Brasil assumiu o compromisso de, por meio de marcos regulatórios e políticas públicas, para concretizar três objetivos: conservação da biodiversidade, uso sustentável e repartição justa e equitativa dos benefícios provenientes do uso dos recursos genéticos (RG) e conhecimentos tradicionais associados (CTA). Trata-se de tema fundamental para o Brasil, Estado Nacional que conta com maior biodiversidade mundial e imenso potencial de desenvolvimento via cooperação. Universidades e institutos de pesquisa, enquanto usuários dos recursos genéticos, possuem um papel central de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em áreas política e economicamente estratégicas, tais como biotecnologia, engenharia genética, indústria farmacêutica, cosmética, química verde e novos materiais. A primeira legislação brasileira sobre o tema foi a MP 2.052/2000, seguida da MP 2.186/2001, amplamente criticada e reeditada dezesseis vezes. Após 15 anos, foi sancionada a Lei nº 13.123/2015, regulamentada pelo Decreto Nº 8.772/2016, que visava desburocratizar a P&D sobre PG e CTA, porém trazia críticas de setores importantes da sociedade civil, comunidades tradicionais e academia. O Sistema Nacional de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado (SisGen) possui uma plataforma digital pública de cadastramento de atividades desde 06/11/2017, vista por uns como um importante avanço para a pesquisa e por outros como obrigação infundada e desnecessária imposta pelo Estado. Os deveres SisGen estão envoltos em um ambiente de informações escassas e imprecisas, por vezes equivocadas e contraditórias, o que gera insegurança quanto às responsabilidades, descrédito quanto a resultados positivos e mesmo abandono de pesquisas. Isso dificulta o cumprimento dos termos legais, tanto para evitar infrações como para garantir a segurança jurídica dos negócios pautados na inovação tecnológica resultante do acesso aos RGs e CTAs. Além da difusão de informações corretas sobre a Lei é importante traçar um panorama de como os pesquisadores percebem e se posicionam frente às obrigações legais. Este projeto se propõe a analisar a percepção dos pesquisadores que exercem atividades abrangidas pela Lei 13.123/2015, a fim de subsidiar ações voltadas ao adequado cumprimento das obrigações estabelecidas, evitando infrações e promovendo um ambiente favorável à pesquisa e à proteção da biodiversidade. A metodologia pauta-se na pesquisa aplicada quanto à finalidade, exploratória em relação aos objetivos e na abordagem mista (quanti-qualitativa) quanto aos procedimentos. Primeiramente, será descrito o cenário legal nacional e internacional que envolve o acesso aos recursos genéticos e CTAs por meio de pesquisa bibliográfica e documental, acadêmica e institucional. A revisão documental visa o levantamento e sistematização das principais críticas dos pesquisadores e das exigências estabelecidas pelas normas em vigor. Tais procedimentos servirão de subsídio para a elaboração dos questionários a serem aplicados com pesquisadores e gestores. No segundo momento, serão realizadas entrevistas e aplicados questionários com gestores e pesquisadores das Universidades Federais e Comunitárias do estado do RS, no intuito de aferir sua percepção quanto às obrigações estabelecidas nas normas de gestão dos RGs e acesso ao CTAs, bem como avaliar em que medida as críticas e resistências encontram respaldo legal. Isso contribuirá com a sensibilização e facilitará prestação de apoio jurídico na compreensão e cumprimento da legislação. Serão aplicados questionários online para mapeamento de percepções e posicionamentos quanto às obrigações estabelecidas, no intuito de encontrar ruídos de comunicação e impasses quanto aos objetivos e conteúdo do marco regulatório. O questionário online, construído a partir do levantamento bibliográfico e documental, será enviado via e-mail aos participantes, com instruções para resposta. As entrevistas em profundida serão baseadas em roteiro semiestruturado e realizadas com gestores e profissionais diretamente envolvidos com as obrigações legais. Os dados quantitativos serão analisados a partir do método da estatística descritiva, utilizando-se do programa SPSS, no qual se buscará a percentagem de ocorrência e as relações entre as variáveis. Os dados qualitativos oriundo da pesquisa bibliográfica e documental, das entrevistas e das questões abertas do questionário online serão analisados a partir do método de análise de conteúdo. Em relação aos principais impactos, espera-se que, ao publicar artigos e apresentar os resultados da pesquisa documental sobre o cenário legal nacional e internacional, sejam difundidas informações abalizadas por textos oficiais e de referência acadêmica, servindo de consulta para o conhecimento de profissionais e estudiosos de distintas áreas, com vistas a esclarecer polêmicas e distorções. Partindo-se do pressuposto de que as normas analisadas poderão ser interpretadas e aplicadas a partir de perspectivas diferentes (pesquisadores, gestores das instituições de pesquisa, empresas e poder público), espera-se que as entrevistas e questionários possibilitem a elaboração de um panorama a partir da análise quantitativa e qualitativa de dados. Como impacto da pesquisa documental, aliada à aplicação dos questionários e entrevistas, espera-se aprimorar o entendimento das normas, qualificar o debate e promover um ambiente mais favorável à pesquisa na área. É de suma importância que gestores públicos, universidades, empresas e outras instituições envolvidas tenham um panorama de percepção pautado em método científico para dirimir dúvidas, diminuir “ruídos” de comunicação e resistências infundadas ao SisGeN, porém conservando a salutar crítica e autonomia dos pesquisados. Além dos dados levantados, a metodologia pode servir de substrato para preparar formas de governança mais eficazes em órgãos públicos e universidades de outros Estados.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Conrado Ramos Moreira Afonso

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • estudo ligas beta de titânio de alta entropia multicomponentes com baixo módulo de elasticidade
  • O uso como biomaterial da liga Ti-6Al-4V é mais conveniente dentre as ligas de Ti, pois é a liga produzida em maior escala devido as aplicações aeronáuticas mundo afora. Mas sabe-se que a liga Ti-6Al-4V pode ser prejudicial a saúde do paciente (pela toxicidade do Al e do V) e não possui as propriedades mais adequadas. O aumento na expectativa de vida torna necessário o desenvolvimento científico e tecnológico dos biomateriais, principalmente aqueles com aplicação em ortopedia. As ligas metálicas utilizadas atualmente no Brasil possuem módulo de elasticidade (E) muito maior que o do osso humano (E = 10 a 30 GPa): Aço (200 GPa), Ligas Co-Cr (220 GPa), Ti-6Al-4V (110 GPa) e a busca por ligas com melhor biocompatibilidade mecânica e química é necessária. As ligas Beta-Ti (ccc) apresentam a melhor biocompatibilidade mecânica (módulo de elasticidade, E na faixa de 55 a 80 GPa) e química (melhor resistência à corrosão, adesão celular e osseointegração). Apesar de mais caras pela adição de elementos nobres ao Ti, o implante em si não é mais caro em uma cirugia, e quando se trata da saúde do paciente, o preço de um material não deveria ser um ponto de discussão, mas sim se utilizar sempre o melhor material possível. No presente projeto são propostas ligas multicomponentes Beta de Ti de alta entropia (equimássicas) dos sistemas Ti-25Nb-25Zr-25Ta, Ti-20Nb-20Zr-20Ta-20Mo (%peso), além de ligas do sistema Ti-Zr-Nb com altas frações de Zr e baseadas em parâmetros eletrônicos Bo e Md buscando o menor valor de módulo de elasticidade (entre 40 e 50 GPa). Serão compararadas ligas β-Ti com diferentes teores de elementos Beta-estabilizadores, e possivelmente, formando diferentes combinações de fases (Beta, alfa”, omega, alfa’ e alfa) microestrutura resultante. Buscar-se-á uma combinação mais favorável de microestrutura e propriedades, objetivando o módulo de elasticidade E (GPa) reduzido. O objetivo deste trabalho é avaliar novas ligas Beta-Ti multicomponentes de alta entropia (HEA) equimássicas (mesma %peso) e ligas Ti-Nb-Zr e a influênca de teores de elementos Beta-estabilizadores na microestrutura e propriedades, como o módulo de elasticidade, E (GPa), em relação às ligas fundidas em forno à arco voltaico. Os efeitos das mudanças estruturais propostas para implantes biomédicos sobre as propriedades e rigidez da peça de acordo com a grande variedade de composições de ligas Beta-Ti em diferentes frações de elementos Beta-estabilizadores típicos (Nb, Mo e Ta) e do Zr (supostamente neutro) e seu efeito combinado.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Constança Clara Gayoso Simões Barbosa

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • validação de modelos de risco para transmissão e endemização da esquistossomose: 20 anos de estudo em porto de galinhas - pe.
  • A esquistossomose há décadas é considerada uma endemia em Pernambuco, especificamente na zona rural do estado. No entanto, desde a década de 90 vem se observado a expansão desta doença para áreas urbanas e litorâneas, onde a transmissão se dá pelo contato acidental de indivíduos com criadouros do molusco vetor nas ruas das cidades, principalmente nos períodos de chuva. Dentro deste cenário, Porto de Galinhas/ Ipojuca – PE ganhou destaque no ano 2000 ao registrar o maior surto de casos agudos da doença no Brasil. Em 2010 o processo de transmissão e manutenção da doença na população já estava completamente instalado nesta localidade que passa a ser considerada uma nova área endêmica. Ao longo de quase duas décadas vários estudos foram ali realizados, registrando alguns fatores determinantes e condicionantes relacionados à ocorrência da esquistossomose em Porto de Galinhas, incluindo a construção de modelos de risco, no entanto, tais modelos precisam ser validados, o que só será possível através da execução deste projeto. O objetivo finalístico deste projeto é validar modelos matemáticos e espaciais preditivos para ocorrência e manutenção da esquistossomose que vêm sendo construídos ao longo de 20 anos de estudos parasitológicos, malacológicos e ambientais na localidade de Porto de Galinhas – PE. Para tanto, será realizado (1) inquérito parasitológico censitário para o diagnóstico dos casos e classificação da forma clínica da esquistossomose na população; (2) inquérito malacológico com coletas mensais de caramujos, dados abióticos e ambientais dos criadouros durante 1 ano; (3) levantamento sócio ambiental para determinar fatores de risco envolvidos na transmissão; (4) mapeamento das alterações ambientais através de técnicas de sensoriamento remoto para identificar a influência da ocupação desordenada do espaço sobre a ocorrência da doença. Com base nesses dados e naqueles de dois inquéritos precedentes (2000/ 2010), será construído um BD georeferrenciado que possibilitará a análise espaço-temporal dos dados e a construção de informações para a validação de modelos preditivos para ocorrência da doença em áreas litorâneas e turísticas, onde vem ocorrendo este novo modelo de transmissão. Tais modelos poderão auxiliar os serviços de saúde no diagnóstico ambiental de risco, no planejamento de estratégias para intervenção, na implementação e avaliação das medidas para o controle da esquistossomose no litoral de Pernambuco.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Consuelo Alves da Frota

Engenharias

Engenharia Civil
  • comportamento mecânico de misturas asfálticas com resíduos bio-carbonizados e nanomateriais, sob flexão a quatro pontos.
  • A aplicação dos materiais bio-carbonizados e da nanotecnologia na Engenharia de Pavimentos descreve ainda um inovador caminho, e que, portanto, exige mais estudos para consolidar a sua aplicação. Aliado a soluções que minimizem a utilização do asfalto e o aproveitamento de resíduos, seja decorrente das limitações cada vez maiores das reservas do petróleo bruto ou da preservação ambiental, constitui a motivação da presente investigação. Nessa perspectiva, analisar-se-ão composições usuais, do tipo concreto asfáltico (CA referência), e baseadas nessas formulações, misturas asfálticas com a participação de resíduos de biomassa bio-carbonizados e nanomateriais (CA alternativo), segundo o ensaio de flexão dinâmica a quatro pontos. Serão determinados o módulo dinâmico e a ângulo de fase de corpos de prova no formato de vigas, a temperatura de referência (25ºC) e a 55ºC representativa da condição mais desfavorável dos pavimentos regionais.
  • Universidade Federal do Amazonas - AM - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cosme Damiao Cruz

Ciências Agrárias

Agronomia
  • aplicações da inteligência computacional, com ênfase em dados de análise de infravermelho próximo (nir), no melhoramento florestal
  • O Brasil ocupa a segunda posição mundial na produção de celulose e a oitava em relação a produção de papel. O Brasil é um país com grande extensão territorial e também variações climáticas. Este fato desafia os melhoristas que precisam selecionar o melhor genótipo para diferentes localidades ou regiões e utilizando bons critérios de seleção. Assim, em programas de melhoramento, estudos de predição são importantes para identificar indivíduos ou progênies de bom desempenho e que possibilitam a obtenção de ganhos de seleção em populações segregantes tendo-se a expectativa de aparecimento de transgressivos nestas gerações. O trabalho do melhorista é ainda dificultado quando se objetiva melhoramento para qualidade da madeira tendo em vista que a sua caracterização é laboriosa e requer vários dias para ser determinada em laboratório. É um processo caro e aplicado em um número restrito de indivíduos e, muitas das vezes, demanda a perda total do indivíduo amostrado, que o caracteriza como método destrutivo. Métodos que contornem esses problemas, sem redução da acurácia na seleção, são fundamentais para o sucesso do programa de melhoramento florestal. Neste contexto, a espectroscopia de infravermelho próximo (Near Infrared Spectroscopy – NIR’s) é uma técnica que tem sido utilizada em outras áreas e com grande potencial no melhoramento florestal. NIRS é uma técnica não destrutiva, rápida que demora até no máximo 1 minuto para realizar a mensuração de uma amostra. Essa técnica pode ser aplicada a qualquer tipo de material biológico, demandando pouca ou nenhuma preparação das amostras. Ferramentas de análise multivariada foram amplamente utilizadas na análise de dados espectroscópicos (análise componente principal (PCA) e mínimos quadrados parciais (PLS)). Entretanto, estas técnicas apresentam baixa acurácia, principalmente por serem utilizados modelos estatísticos lineares. Há a necessidade de avaliar a aplicação de novas técnicas não lineares, como as Redes Neurais Artificiais, a fim de buscar técnicas para esses tipos de análises proporcionando critério alternativo e eficaz para fins de melhoramento genético. Neste projeto daremos contribuições para o melhoramento genético por meio da investigação fundamenta em três subprojetos: (a) Predição de ganhos de seleção direta e indireta por abordagens biométricas convencionais utilizando-se informações de ganhos diretos, indiretos e simultâneos em características silviculturas com ênfase na qualidade de madeira; (b) incorporação da informação de espectros de infravermelho em análises biométricas para auxiliar o melhoramento florestal. Aspectos da obtenção de dados, pré-processamento e calibração serão considerados; e (c) proposição de uma arquitetura de rede neural, com entradas associadas ao padrão NIR, para predição de valores genéticos de características importantes no melhoramento florestal. Todos os procedimentos biométricos desenvolvidos, aprimorados ou adaptados serão disponibilizados, para uso no melhoramento de outras espécies vegetais, no aplicativo computacional gratuito “Programa Genes”.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Crisnicaw Veríssimo

Ciências da Saúde

Odontologia
  • biomecânica de protetores bucais personalizados convencionais, laminados e pré-fabricados de etileno-vinil-acetato (eva)
  • A prática de esportes de contato apresenta-se como um dos principais fatores causadores de injúrias dentoalveolares e podem ser prevenidos com utilização de protetores bucais. Os objetivos da presente proposta são: (1) desenvolver um dispositivo de aplicação de impacto horizontal para testes de protetores bucais de etileno-vinil-acetato (EVA); (2) Avaliar a deformação (S); capacidade de absorção de choques (%) de protetores bucais personalizados convencionais, laminados com diferentes posições de inserção rígida e pré-fabricados, antes e após ciclagem térmica, por meio de teste de impacto e ensaio de extensometria; (3) Caracterizar o módulo de elasticidade dos materiais utilizados para confecção de protetores bucais personalizados convencionais, laminados e pré-fabricados por meio de teste de tração antes e após ciclagem térmica; (4) Avaliar a tensão (MPa) e deformação (S); capacidade de absorção de choques (%) de protetores bucais personalizados convencionais, laminados com diferentes posições de inserção rígida e pré-fabricados, antes e após ciclagem térmica, através de análise não-linear de impacto por elementos finitos tridimensional. Um dispositivo de aplicação de impacto horizontal será desenvolvido para realização do teste de impacto e extensometria. Modelos de resina acrílica de uma maxila serão confeccionados (n=60). Extensômetros elétricos serão fixados na superfície palatina dos dentes anteriores do modelo de resina e então conectados ao sistema de aquisição de dados. Serão realizados impactos nos modelos de resina sem e com presença dos protetores bucais (1- Personalizado convencional de EVA (3mm); (2) Personalizado laminado de EVA (3mm) – Inserção rígida na porção média; (3) Personalizado laminado de EVA (3mm) – Inserção rígida na porção externa; (4) Pré-fabricado (Everlast e Pretorian). A deformação no pico de impacto será coletada e a capacidade de absorção (%) de choques calculada. Os protetores bucais serão então submetidos à ciclagem térmica e os testes de impacto realizados novamente. Amostras dos materiais utilizados para confecção dos protetores bucais serão submetidas ao teste de tração uniaxial em máquina de ensaio universal antes e após a ciclagem térmica para cálculo do módulo de elasticidade. Modelos computacionais tridimensionais serão criados de acordo com os ensaios experimentais de impacto para simulação do impacto pelo método de elementos finitos. Serão avaliadas as tensões, deformações, e capacidade de absorção de choques dos protetores para validação experimental.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristhiane Favero de Aguiar

Ciências Biológicas

Imunologia
  • estudo do metabolismo das células inkt na obesidade e síndrome metabólica
  • A obesidade tem sido considerada uma epidemia global, afetando milhões de indivíduos no mundo todo. As consequências do aumento patológico de peso podem afetar os diversos sistemas, como o cardiovascular, endócrino e também o sistema imune. O estudo do metabolismo das células do sistema imune na obesidade tem sido alvo de diversas pesquisas. Atualmente, as vias metabólicas são consideradas importantes mediadoras destas interações nas diversas doenças inflamatórias. Dentro desse contexto, os linfócitos têm sido estudados quanto ao seu perfil de resposta e seu metabolismo. No entanto, pouco se sabe sobre o metabolismo de uma população distinta de linfócitos T, as células NKT. As células NKT constituem um subtipo de linfócitos T, encontradas em baixa frequência no organismo e caracterizadas por sua reatividade a glicolipídios apresentados pela molécula CD1d. Essas células podem ser encontradas no tecido adiposo de camundongos e humanos e possuem um perfil regulatório nesse tecido, sendo capazes de produzir IL-10 e IL-2 e de influenciar na polarização de macrófagos M2. Sabe-se também que as células NKT são importantes no contexto da obesidade, síndrome metabólica e no diabetes. Porém, os estudos ainda são controversos em relação às formas de ativação dessas células e sua consequência na melhora ou piora da inflamação no tecido adiposo. Nossa hipótese é de que as células NKT possuem um perfil metabólico diferente dos demais linfócitos e também que o microambiente do tecido adiposo seja capaz de influenciar o metabolismo dessas células e causar impacto no desenvolvimento da obesidade e da síndrome metabólica. O nosso objetivo é estudar o metabolismo das células NKT no tecido adiposo e sua importância na obesidade e síndrome metabólica. Esperamos contribuir com a descrição de novos mecanismos imunometabólicos que poderão servir como base para o desenvolvimento de novos alvos farmacológicos.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiana Brasil de Almeida Rebouças

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • avaliação de tecnologias educativas para o cuidado de enfermagem à criança com doença crônica
  • O cuidado da criança com doença crônica com ou sem malformaçãogera dificuldade e insegurança na família. A doença crônica, nos dias atuais, é considerada um fator epidêmico, sendo um sério problema de saúde pública mundial, principalmente entre os países em desenvolvimento pela dificuldade de garantir políticas públicas favoráveis, que promovam a saúde desses usuários de forma efetiva. Salienta-se que a educação em saúde é uma das formas de promover a saúde, com ênfase no uso das tecnologias, em que o enfermeiro pode criar diversas estratégias no seu ambiente de trabalho como forma de dinamizar a assistência de enfermagem. Neste sentido, entende-se que as Tecnologias Educacionais em Saúde devem ser utilizadas com a finalidade de subsidiar com eficiência o desenvolvimento das atividades de Educação em Saúde, tornando o processo de aprendizagem mais efetivo. Estudos que comprovam a efetividade e eficácia das práticas na assistência à saúde conseguem atingir um efeito esperado quando realizado com programas e intervenções adequadas às necessidades individuais do público-alvo. Portanto, este projeto visa avaliar os efeitos de três cartilhas educativas impressas já construídas. A primeira cartilha versa sobre os cuidados no transplante cardíaco pediátrico; a outra aborda os cuidados com a criança asmática e a última trata sobre o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é uma doença neuropsiquiátrica crônica, que se inicia na infância, mas que pode acompanhar o indivíduo ao longo de seu desenvolvimento. Objetiva-se, portanto, avaliar a efetividade de tecnologias educativas impressas para promoção do cuidado em saúde de crianças com doenças crônicas. Estudo quase experimental, do tipo antes e depois, porque visa conhecer os efeitos de uma intervenção em saúde capaz de causar algum tipo de mudança. Para tanto, as cartilhas educativas serão aplicadas, como estratégia educativa em saúde, para verificação do conhecimento, atitude e prática das mães acerca dos cuidados pós-transplante cardíaco pediátrico; cuidados com a criança asmática e cuidados com a criança com TDAH. O estudo será realizado no período de Janeiro/2019 a Dezembro/2020. Terá como local de aplicação da cartilha educativa os hospitais da rede pública terciária do Estado do Ceará, pertencente à Secretaria Executiva Regional VI (SERVI) e Centros de Atenção Psicossocial infantil (CAPSi).A população do estudo será composta por especialistas para avaliação dos instrumentos pré-teste e pós-teste e pelas mães de crianças com as referidas doenças crônicas para aplicação da intervenção educativa. Para a validação do instrumento com os especialistas será entregue: convite formal; termo de concordância e questionário de julgamento para validação do conteúdo do Inquérito CAP. A população do estudo também será composta por mães de crianças que estão vivenciando os cuidados com a criança com as doenças crônicas delimitadas neste projeto.Para a coleta de dados, será utilizado um instrumento dividido em duas partes. Parte I: caracterização sociodemográfica das mães (nome, sexo, idade, religião, escolaridade, estado civil, cidade, profissão, renda familiar e história de doenças cardiovasculares). Parte II: Inquérito CAP- Cuidados no transplante cardíaco pediátrico; ou cuidados à criança com asma; ou cuidados à criança com TDAH, a depender de cada público e formulário reduzido para o roteiro de perguntas ao telefone. O inquérito CAP pode ser utilizado para avaliar a efetividade e eficácia das informações fornecidas, facilidade de compreensão, além de ser utilizado como diagnóstico situacional do público-alvo, verificação de mudança de comportamento quanto ao conhecimento, atitude e prática. Coleta de dados ocorrerá em três etapas. Primeira etapa: Após o recrutamento das mães a partir dos critérios de elegibilidade, estas serão convidadas a participar do estudo e assinarão Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Após concordância das mães em participar do estudo será aplicado o instrumento CAP antes da intervenção. As entrevistas utilizando os formulários e o pré-teste com o inquérito CAP serão realizadas nos dias destinados à consulta de enfermagem de rotina conforme protocolo ambulatorial, individualmente, em salas reservadas com duração média de 20 minutos. Segunda etapa:Após aplicação dos formulários e pré-teste com inquérito CAP, as mães deverão participar da intervenção educativa. Primeiramente, as mães receberão um exemplar da cartilha educativa, para acompanhamento durante a apresentação para expor o conteúdo da cartilha educativa através do data show (projeção da cartilha educativa). Terceira etapa: O pós-teste será realizado por meio de telefonemas e pela pesquisadora principal, no 60o dia, após aplicação da intervenção, através do inquérito CAP. A análise dos dados será realizada por meio de testes estatísticos. Para as comparações do conhecimento, atitude e prática pré e pós-teste, serão utilizados os testes de McNemar e Wilcoxon (variáveis categóricas) e o teste t de Student para dados emparelhados, Mann-Whitney e Friedman. Para se analisar a associação entre o nível de conhecimento, atitude e prática das mães será aplicado os testes de Qui-Quadrado (χ2) e de razão de verossimilhança. Será aplicado o teste de Kolmogorov-Sminorv para verificação da normalidade entre os escores do inquérito CAP, tanto para traçar os percentis, como para a realização dos testes paramétricos ou não paramétricos. Para as análises inferenciais serão consideradas como estatisticamente significantes aquelas com p<0,05.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiana Fernandes De Muylder

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • inovação e consumo online: pesquisa e desenvolvimento de modelo envolvendo tecnologia social crm em três países
  • A partir da experiência de outros projetos de pesquisa financiados com o tema inovação (Projeto APQ-01938-1: Inteligência e Inovação na área da saúde e Projeto CNPq N º 12/2017 Bolsa de Produtividade em Pesquisa aprovada em 2018: Internet effects purchases of compulsive buyers comparing also some cultural and income characteristics, desenvolvido no Texas como parte de programa de Visiting Researcher), esta proposta avança no estudo sobre inovação e consumidor online e inclui tecnologia inovadora com base na Alemanha. O objetivo da pesquisa é desenvolver instrumento de pesquisa que avalie os diferentes comportamentos, características sociais e econômicas do consumidor online incluindo a tecnologia de Social Customer Relationship Management (Social CRM), com comparação em três países. Trata-se de estudo exploratório, descritivo de natureza quantitativa, a ser realizado entre diferentes países com análise de informações em ambiente universitário. Propõem-se como resultados, do ponto de vista de inovação: geração de modelo de mensuração do consumo online com análise de variáveis culturais, comportamentais e financeiras em diferentes países, elaboração de modelo de Social CRM e criação de base aberta para divulgação dos resultados.
  • Universidade FUMEC - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiana Ferreira Alves de Brito

Ciências Biológicas

Parasitologia
  • caracterização biológica e genética de parasitos da malária zoonótica em primatas não-humanos brasileiros
  • No Brasil, a maioria dos casos humanos de malária ocorre na Amazônia legal. Entretanto, casos autóctones ocorrem ocasionalmente nas regiões de Mata Atlântica no Sul e Sudeste do Brasil. Nós e outros pesquisadores, demonstramos recentemente que esses casos são o resultado da transmissão zoonótica de Plasmodium simium infectando primatas não-humanos (PNHs). Duas espécies de parasitos da malária são capazes de infectar PNHs na Mata Atlântica, P. brasilianum e P. simium, estreitamente relacionados aos parasitos causadores da malária humana, P. malariae e P. vivax, respectivamente. Plasmodium brasilianum tem uma ampla distribuição geográfica, sendo identificado desde a América Central até o norte da Argentina. Além disso, este parasito possui uma grande gama de hospedeiros, sendo capaz de infectar espécies de todas as famílias de primatas Platyrrhini. Em contraste, P. simium é restrito à Mata Atlântica do Sul e Sudeste do Brasil. Este parasito é capaz de infectar um número restrito de espécies de PNHs, somente das famílias Atelidae, Cebidae e Pithecidae. Apesar da importância destes parasitos devido ao seu potencial zoonótico se conhece relativamente pouco sobre a prevalência de infecção, história evolutiva, como se adaptaram aos hospedeiros e seu potencial em causar doença no homem. A proximidade genética entre P. brasilianum / P. malariae e P. simium / P. vivax sugere que esses pares de espécies tenham divergido recentemente, apesar da direção da troca de hospedeiros ao longo da evolução, ou seja do homem para os PNHs ou dos PNHs para o Homem, ainda não esteja completamente esclarecida. Além disso, a prevalência destes parasitos entre as diversas espécies de PNHs e em diferentes regiões da Mata Atlântica permanece desconhecida, tornando pouco claro a real ameaça destes parasitos para a saúde humana. Assim, nós conhecemos relativamente pouco sobre os hospedeiros destes parasitos, as adaptações que estes sofreram para permitir que sejam capazes de parasitar hospedeiros e vetores específicos ou o próprio efeito da infecção para a saúde dos hospedeiros. O Objetivo deste projeto é responder a todas essas questões através da análise genômica de parasitos isolados de PNHs naturalmente infectados. Inicialmente para alcançarmos este objetivo será necessário o diagnóstico diferencial da infecção por P. simium, para isso usaremos duas metodologias, uma Nested/PCR RFLP e uma PCR em tempo Real. A primeira metodologia já foi padronizada e a segunda, que permitirá a execução em larga escala e a correlação com a parasitemia dos animais está sendo padronizada. Além isso, outro aspecto importante para a vigilância da malária zoonótica é a definição das espécies de PNHs potenciais reservatórios da infecção. Assim, após identificarmos a infecção através do diagnóstico diferencial será importante verificarmos a presença da forma infectante do parasito, os gametócitos. Desta forma será possível esclarecermos a evolução e adaptação destes parasitos nas Américas e contribuirmos para a definição de políticas públicas de prevenção e controle da malária extra-Amazônica.
  • Fundação Oswaldo Cruz - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiana Libardi Miranda Furtado

Ciências Biológicas

Genética
  • reprogramação epigenética de células tronco hematopoiéticas em indivíduos com exposição ocupacional a defensivos agrícolas e susceptibilidade doenças hematológicas.
  • As células-tronco hematopoiéticas (CTHs) são um grupo de células-tronco, com capacidade de auto-renovação, proliferação e diferenciação em todos os tipos células sanguíneas. Durante o processo de diferenciação celular, a medula óssea está exposta à uma série de fatores ocasionar alterações genéticas e epigenéticas, alterando o seu fenótipo. Os efeitos nocivos à saúde ocupacional resultantes do contato com agrotóxicos, tem sido constantemente associado a diversos agravos a saúde humana, em especial o desenvolvimento de neoplasias. A reprogramação aberrante do genoma devido a estímulos externos, estão diretamente associadas a falhas no processo de diferenciação celular, que podem levar a uma reprogramação aberrante das CTHs, principalmente durante o processo de diferenciação mielóide e linfoide e consequentemente a doenças hematológicas, como a síndrome mielodisplásica e leucemias. Neste contexto o presente projeto propõe investigar o efeito da exposição ocupacional a defensivos agrícolas na reprogramação epigenética de CTHs, bem como a caracaterização citogenética e molecular dos indivíduos expostos, e relacionar com fatores prognósticos e susceptibilidade a doenças hematológicas. Os resultados gerados podem auxiliar prevenção de doenças como o câncer, bem como sugerir novas formas de tratamento e intervenções apropriadas que proporcionem melhor prognóstico das doenças e qualidade de vida para os participantes.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Alves Villela Nogueira

Ciências da Saúde

Medicina
  • fatores associados a infecção pelos vírus da hepatite b (hbv), c (hcv), imunodeficiência adquirida (hiv) e sífilis em uma coorte de adolescentes/jovens de 16 a 22 anos no rio de janeiro – brasil.
  • O Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes – ERICA, estudo seccional de base escolar, permitiu, de forma pioneira, traçar um perfil do risco cardiovascular em crianças e adolescentes do Brasil. O Erica longitudinal está iniciando a segunda etapa em quatro estados nos quais foram armazenadas amostras de sangue, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Brasília e Ceará. Além do foco nas doenças cardiovasculares, o estudo pretende avaliar causas secundárias de morbidade em subamostra desta população e propor estratégias de prevenção dessas doenças. Para isso, além da repetição da avaliação realizada na primeira etapa do estudo, serão avaliados outros desfechos como investigação de arboviroses (estudo em curso, com financiamento específico do Ministério da Saúde). A presente proposta se refere a etapa do estudo que será realizada especificamente no Rio de Janeiro, onde será também investigada a soroprevalência da infecção pelos vírus B e C das hepatites virais, infecção pelo vírus HIV, presença de marcadores de sífilis e avaliação da prevalência de doença hepática gordurosa não alcoólica para, em um segundo momento, se avaliar a possibilidade de inclusão das outras regiões. Serão convidados a participar do estudo os participantes do ERICA-RJ que tinham 12 a 17 anos em 2013-2014 (primeira etapa do estudo) e que tiveram amostras de sangue armazenadas para futuros estudos (n=2020). Nas amostras de sangue armazenadas no período de 2013-2014, será realizada pesquisa de marcadores virais de hepatites B (anti-HBs e anti-HBc e nas amostras negativas para anti-HBs e positivas para o anti-HBc, pesquisa do HBsAg) e C (anti-HCV). Adicionalmente, serão realizadas elastografia hepática transitória (EHT) por Fibroscan® para avaliação da rigidez/fibrose e esteatose hepática , assim como dosagens de enzimas hepáticas como parte da investigação do diagnóstico de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) e hepatites virais. Testes rápidos para hepatite B e C, sífilis e HIV serão realizados quando os adolescentes/jovens se apresentarem para a realização do exame de EHT. O estudo será realizado em parceria entre pesquisadores da Faculdade de Medicina e do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ com a coordenação do ERICA – Instituto de Estudos de Saúde Coletiva da UFRJ e de pesquisadores do Instituto de Medicina Social, Faculdade de Ciências Médicas e Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 29/10/2018-31/10/2020
Foto de perfil

Cristiane Alves Villela Nogueira

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação da prevalência de doença hepática gordurosa não alcoólica (dhgna) em pacientes portadores de psoríase e o impacto dos polimorfismos genéticos dos genes pnpla3 e tm6sf2 no risco cardiovascular e na presença de formas mais graves da dhgna nesta
  • A doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA), além de relacionada a fatores metabólicos como obesidade e resistência à insulina, vem ganhando destaque em várias doenças sistêmicas. A combinação entre diabetes mellitus, fator de risco associado a formas mais graves da DHGNA tem sido amplamente estudado no que se refere à fibrose hepática, risco cardiovascular e desenvolvimento de carcinoma hepatocelular, no entanto, outras doenças tem sido também associadas com maior prevalência de DHGNA. Entre essas, destaca-se a Psoríase. Pacientes diabéticos, sabidamente, apresentam-se com elevada prevalência de DHGNA e maior risco de formas de pior prognóstico por motivos ainda desconhecidos(1, 2). Em pacientes com Psoríase, o tratamento com metotrexato (MTX) foi durante muitas décadas, implicado como o principal fator associado à presença de fibrose hepática, mas atualmente seu papel como causa isolada de doença hepática nestes pacientes tem sido questionada. Tem sido descrita uma elevada prevalência de DHGNA na Psoríase bem como um maior risco cardiovascular. Não é claramente estabelecido até o momento se esta maior prevalência de DHGNA estaria relacionada ao uso do MTX ou às características inflamatórias crônicas da doença. Sabe-se que a fisiopatogenia da DHGNA é multifatorial. A avaliação não invasiva por elastografia hepática transitória (EHT) tem sido utilizada e validada na população de pacientes com DHGNA por tratar-se de um método simples e de fácil realização com a possibilidade de se estabelecer tanto o grau de esteatose como o estágio de fibrose da população avaliada a partir da obtenção da rigidez hepática pela elastografia. Recentemente, foram identificados dois polimorfismos genéticos implicados no metabolismo lipídico com potencial associação com esteatose hepática e graus mais avançados de fibrose em pacientes com DHGNA e com resultados ainda polêmicos no que se refere a seu valor prognóstico de risco cardiovascular (3-5). O polimorfismo de um único nucleotídeo do gene da adiponutrina, PNPLA3, está relacionado à esteatose e fibrose hepática em indivíduos obesos e em portadores de DHGNA(6, 7). No entanto, até o presente momento, nenhum estudo avaliou o seu papel como prognóstico em pacientes com Psoríase. O polimorfismo do gene TM6SF2, inicialmente relacionado a maior risco cardiovascular também não foi ainda estudado em uma população exclusiva de pacientes com Psoríase. Desta forma, é relevante avaliar a prevalência de DHGNA por elastografia hepática transitória (EHT) em pacientes com Psoríase, e os respectivos fatores associados a presença de esteatose e fibrose avançadas bem como o risco cardiovascular nesta população, incluindo como variáveis os polimorfismos genéticos PNPLA3, TM6SF2 para que se conheça o seu impacto neste cenário.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Aparecida Martins

Engenharias

Engenharia Aeroespacial
  • túnel hipersônico: termometria por rayleigh filtrado
  • Técnicas experimentais são classificadas como intrusivas, parcialmente intrusivas e não intrusivas. Desenvolver e aplicar qualquer técnica experimental em dispositivos reais exige trabalho árduo, pois é necessário considerar condições de contorno nem sempre favoráveis. Escoamentos no interior de túneis de vento hipersônicos demandam alta resolução espacial e temporal. Para tal, faz-se necessário o uso de técnicas não intrusivas e de alta resolução. Este projeto tem como objetivo principal o desenvolvimento e a aplicação da técnica de Rayleigh filtrado para a obtenção da temperatura em escoamentos em túnel de vento hipersônico. A qualidade de um túnel aerodinâmico está atrelada ao rigor com que se obtêm as características do escoamento experimental. Este projeto ocorrerá em uma parceria ITA-IEAv. Será utilizado o túnel de vento hipersônico instalado no Instituto de Estudos Avançados (IEAv). A experiência adquirida pelo IEAv permitiu estudos que incluem a propulsão a laser; redução de arrasto a partir da adição de energia por laser; e desenvolvimento do demonstrador tecnológico 14-X, que baseia-se nos conceitos de "waverider" e "SCRAMJET". Este último destaca-se por colocar o Brasil numa posição privilegiada no que diz respeito à tecnologia espacial. Como resultado final teremos a implementação de uma técnica experimental versátil, confiável e com alta resolução espacial e temporal para o monitoramento do escoamento no interior do túnel hipersônico. A análise dos dados permitirá o uso de dados precisos em projetos espaciais.
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Aparecida Menezes de Pádua

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estratégias para aumentar a testagem para hiv entre homens que fazem sexo com homens e travestis e mulheres trans: uma revisão integrativa
  • A realização periódica do teste para diagnóstico do HIV tem papel de destaque como estratégia de prevenção em resposta à epidemia de HIV/aids, especialmente entre homens que fazem sexo com homens (HSH) e tranvestis e mulheres trans, desproporcionalmente afetadas pela infecção. Estratégias para ampliar a testagem são direcionadas principalmente às populações-chave, que devem ser captadas a partir de locais de sociabilidade e redes de interação sexual, domicílios e organizações não-governamentais. Dessa forma, o teste rápido consiste em tecnologia promissora para ser utilizada por pessoas com maior vulnerabilidade ao risco de contrair HIV. Apesar do crescente número de publicações sobre o emprego de diferentes estratégias de testagem, faz-se necessária a realização de estudos que avaliem de forma crítica e abrangente as evidências disponíveis na literatura, visando selecionar aquelas mais eficazes/efetivas que melhor se adequem à realidade brasileira. Neste contexto, o presente estudo propõe uma revisão integrativa para responder a pergunta “Quais são as estratégias de intervenção mais eficazes/efetivas para aumentar a realização de teste rápido e convencional para HIV entre travestis e mulheres transexuais e entre HSH?”. O evento primário será definido como o aumento do percentual de testagem rápida e/ou convencional para HIV após estratégia(s) de intervenção(s). Serão considerados eventos secundários a regularidade da testagem convencional / rápida; a busca ou retorno aos serviços de saúde para confirmação do diagnóstico (resultado reagente); positividade para o HIV.Serão utilizadas bases de dados relevantes na área e a estratégia de busca será elaborada de forma a permitir uma busca com elevada sensibilidade (combinação de termos livres e indexados, sem restrição de idioma ou período de publicação). Estudos clínicos randomizados, ensaios clínicos controlados não randomizados, estudos quasi-experimentais (do tipo "antes" e "depois") e estudos longitudinais observacionais serão considerados. Instrumentos para coleta de dados serão construídos e previamente testados em estudo piloto. As etapas de seleção dos estudos e extração dos dados dos estudos elegíveis serão realizadas de forma independente por dois pesquisadores treinados e as discordâncias serão avaliadas por um terceiro pesquisador. O grau de concordância entre os dois pesquisadores, será mensurado por meio do Coeficiente Kappa, com intervalo de confiança de 95% e as discordâncias serão resolvidas por consenso. Softwares especializados serão utilizados para o manejo e análise de resultados. Os resultados serão descritos de forma narrativa e compilados em tabelas. Se aplicável, as mensurações dos eventos primário e secundários serão estratificadas de acordo com o desenho dos estudos, a população estudada e o tipo de teste realizado. Espera-se que este estudo deverá trazer importantes contribuições para o planejamento de novas políticas públicas buscando ampliar a testagem rotineira e periódica para o HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis nessas populações. Os produtos do trabalho serão divulgados por meio de publicações em periódicos científicos, apresentações de trabalhos em congressos, combinados a estratégias diversas de difusão de conhecimento, desenvolvidas por meio da parceria entre os membros da equipe.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 02/12/2019-31/12/2022
Foto de perfil

Cristiane Assumpção Henriques

Engenharias

Engenharia Química
  • estudo da oligomerização de olefinas leves catalisada por zeólitas com diferentes topologias
  • A oligomerização de olefinas leves catalisada por zeólitas é uma alternativa promissora para a produção de gasolina (C6-C10) e, principalmente, de destilados médios (C10-C20), particularmente em refinarias que possuam correntes excedentes oriundas de processos de conversão de frações pesadas (FCC e coqueamento retardado). O presente projeto contempla um estudo fundamental sobre a oligomerização de olefinas leves (C3=, C4=) catalisada por zeólitas com diferentes características ácidas, texturais e topológicas visando à produção de gasolina e destilados (querosene de aviação e diesel). A hierarquização da estrutura via geração pós-síntese de mesoporosidade será também investigada visando identificar seus efeitos sobre a atividade, a estabilidade, a seletividade e as características das frações formadas na oligomerização. Os testes de avaliação catalítica serão conduzidos em reator de aço inox em escala de bancada, buscando-se melhor compreender a influência da carga olefínica processada, das condições operacionais e das propriedades das zeólitas sobre o seu desempenho catalítico, o qual será interpretado e discutido à luz das características físico-químicas (composição química, morfologia, propriedades ácidas e texturais) das zeólitas estudadas. Os resultados esperados possuem potencial de contribuição para o setor de petróleo e gás natural, ao ampliar conhecimentos sobre a tecnologia de oligomerização de olefinas leves, visando atender à demanda crescente de gasolina e destilados médios, e proporcionar a melhoria da qualidade dos combustíveis comercializados. A formação de recursos humanos especializados e a produção de combustíveis mais limpos e de melhor qualidade são características do projeto que podem trazer benefícios diretos para a sociedade.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Bahi dos Santos Fischer

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • a assinatura sedimentar e paleoecologica das variacoes do nivel do mar preservadas na lagoa mirim desde o pleistoceno tardio ao holoceno: estudos multidisciplinares e integradores
  • O entendimento sobre as mudanças do volume oceânico durante os ciclos glaciais e interglaciais são imprescindíveis para diversas áreas da ciência, podendo auxiliar em estudos paleogeográficos, paleoecológicos, paleoclimáticos, paleontológicos e paleoevolutivos de áreas costeiras e marinhas mundiais. Drásticas mudanças ambientais tem sido relacionadas à extensas inundações de áreas costeiras ao redor do mundo, responsáveis pela modificação dos ecossistemas costeiros ao longo do tempo. Estudos recentes apontam que o afogamento da costa sul-brasileira foi iniciada pela inundação marinha no estágio isotópico marinho (MIS 2), que prolongou-se até o Máximo Transgressivo (MIS 1) durante o Holoceno. O preenchimento de sistemas vales e canais incisos servem de base para correlações regionais e globais das unidades estratigráficas relacionadas as mudanças na sedimentação em resposta as oscilações do nível do mar, representando a chave para as analises de estratigrafia de sequencias. Estima-se que a rápida taxa de deposição de sedimentos no interior de sistemas de vales incisos coincidam com os períodos de aceleração do nível do mar, estando relacionados com os maiores períodos de esfriamento global (documentados em idades aproximadas a 8.2 ka, a partir das análises de testemunhos de gelo na Groelândia e outras áreas da América do Norte). Apesar do fato de que o evento 8.2 ka é relativamente bem definido, os impactos de um período de drásticas mudanças ambientais e climáticas são escassas na costa sul-brasileira. Adicionalmente, tendo em vista a excelente oportunidade e disponibilidade de material, bem como a qualidade de informações levantadas na área de estudo, o objetivo desta proposta é o estudo multidisciplinar integrado aplicado na caracterização das associações de diatomáceas marinhas, estuarinas e dulciaquícolas fósseis depositados em sedimentos costeiros do maior complexo reservatório de água da América do Sul, bem como identificar a magnitude e os impactos da aceleração do nível o mar local e global preservados ao longo do sistema lagunar Patos-Mirim. O estudo será baseado em registros sísmicos de alta resolução de acervo e novos, furos de sondagem, análises geoquímicas, geocronológicos e micropaleontológicas para o conhecimento do ecossistema costeiro, bem como refinar os modelos paleoevolutivos existentes, além de fornecer modelos que possibilitem a utilização de microfósseis, especialmente diatomáceas, como ferramentas paleoecológicas.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Betanho

Ciências Biológicas

Ecologia
  • apoio a continuidade do núcleo de estudos em agroecologia e produção orgânica da universidade federal de uberlândia
  • O presente projeto tem como objetivo apoiar a continuidade dos trabalhos do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica da Universidade Federal de Uberlândia, sediado no Centro de Incubação de Empreendimentos Populares Solidários. O NEA/Cieps/UFU busca, com este fomento, dar continuidade às ações formativas, de pesquisa e de extensão, por meio de processos participativos, voltadas para a transição agroecológica das comunidades rurais do entorno do município de Uberlândia (MG), além de buscar aprofundar as práticas agroecológicas já implantadas pelo núcleo entre os anos de 2013 e 2016. Como forma de completar o circuito produtivo, pretende-se, a partir de ações do projeto, incentivar a formação de cadeias produtivas solidárias, avançando no processamento dos alimentos. Ambos os processos - transição agroecológica e agroindustrialização - serão incentivados a partir dos princípios da Economia Popular Solidária, articulando grupos cooperativos congregando agricultores, comunidade universitária e sociedade para a construção de redes de comercialização e consumo crítico e solidário. O público alvo do projeto constitui primordialmente agricultores familiares do entorno de Uberlândia (MG), principalmente os assentados da reforma agrária da área de abrangência da UFU (Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba), que podem incrementar trabalho e renda. Tendo em vista o caráter extensionista do projeto, indissociado do ensino e da pesquisa, ainda são parte do público alvo do projeto os discentes, técnicos e docentes da Universidade, que poderão desenvolver conhecimentos e práticas socialmente referenciadas, agentes de ATER e também a sociedade como um todo, dado que a mesma terá à disposição alimentos agroecológicos e informações na lógica da Segurança Alimentar e Nutricional. Pretende-se, como resultado final do projeto, que os conhecimentos em produção, custeio, boas práticas de fabricação, economia solidária e comercialização contribuam para aumentar a retenção “dentro da porteira” de valores que seriam apropriados por terceiros, formar coletivos de saberes diferenciados que atuem como indutores de desenvolvimento nos assentamentos e gerar postos de trabalho para jovens e mulheres, além de qualificar o trabalho dos agentes ATER. As atividades de diagnóstico, formação e intervenção prática serão sistematizadas ao final do projeto, de forma a produzir material que servirá de base para replicar a metodologia, disseminando o conhecimento produzido com verbas públicas para fora dos limites do mesmo.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Cristiane Biazzin

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • big data em compras: estado-da-arte, barreiras e oportunidades para organizações brasileiras
  • Compras pode ser considerada como uma das funções mais complexas dentro de uma organização. Análises complexas e de big data atraem um interesse crescente em estratégias de aquisição devido à possibilidade de diminuir a complexidade, reduzir custos, apoiar processos assertivos de tomada de decisão e evitar fraudes. No entanto, os profissionais de compras parecem ter dificuldade em definir a melhor maneira de implementar análises complexas de dados. O objetivo principal deste estudo é analisar o estado-da-arte da adoção de big data em Compras corporativas (B2B) e analisar as barreiras e oportunidades para organizações brasileiras através de um estudo misto (survey e estudo de caso).
  • Fundação Getúlio Vargas - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Carneiro Thompson

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • taxonomia e ecogenômica de simbiontes marinhos
  • A ecogenômica visa inferir e entender o papel ecológico dos organismos nos ecossistemas através da análise de genomas e metagenomas. A ecogenômica tem impactado nosso entendimento sobre a ecologia microbiana. Estudo recente recuperou aprox. 800 genomas de bactérias a partir de metagenomas ambientais, representando mais de 35 filos novos que correspondem pelo menos 15% do Domínio Bacteria. Coletivamente este grande grupo descoberto foi denominado de Candidate Phyla Radiation (CPR) (Brown et al., 2015; Hug et al. 2016). O estudo da biodiversidade microbiana tem papel fundamental no desenvolvimento científico e tecnológico de um país. A taxonomia compreende a identificação, a classificação e a nomenclatura dos organismos. A taxonomia é uma ciência pragmática, com o objetivo de estabelecer sistemas de classificação estáveis, previsíveis, objetivos e altamente informativos. A identificação de um organismo é uma etapa fundamental para conhecer sua biologia. A taxonomia também serve como linha de base nos estudos de metagenômica, já que os sistemas de bioinformática empregam em seus bancos de dados para identificação o conhecimento taxonômico desenvolvido há mais de um século permitindo a identificação de microrganismos diretamente de amostras ambientais sem a necessidade de cultivo. Novos genomas podem ser recuperados de metagenomas e caracterizados usando a taxonomia genômica e a ecogenômica. Estudos taxonômicos e ecogenômicos levaram por ex. a descoberta de biodiversidade microbiana, novas espécies com relevante papel ecológico no funcionamento de sistemas recifais (ex. Silva-Lima et al. 2015; Walter et al. 2017). Estudos taxonômicos e ecogenômicos levaram a descoberta de novos grupos microbianos produtores de antibióticos (ex. Rua et al. 2014; Nicacio et al. 2017). O presente projeto desenvolverá estudos em ecogenômica e em taxonomia de grupos microbianos marinhos por meio das ômicas (ex. genômica e metagenômica). Os objetivos do projeto são (i) Estabelecer coleção microbiana marinha; (ii) Estabelecer a taxonomia genômica e a análise ecogenômica de bactérias marinhas (ex. cianobactérias, vibrios, shewanella, allomonas, alteromonas); (iii) Estabelecer a taxonomia genômica e a ecogenômica de novos genomas microbianos recuperados de metagenomas marinhos; (iv) Ampliar uso do diagnóstico fenotípico in silico empregando genomas microbianos marinhos; (v) Avaliar a atividade antimicrobiana dos isolados microbianos marinhos e (vi) Analisar genomas e metagenomas marinhos e ampliar banco de sequências de genes (ex. BaMba) com potencial biotecnológico.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane da Costa

Engenharias

Engenharia Química
  • encapsulação de filtros solares e antioxidantes em nanopartículas poliméricas para aplicação em cosméticos
  • O uso da nanotecnologia para produção de nanopartículas poliméricas que atuem como nanocarreadores tem mostrado ampla aplicação devido as melhores propriedades obtidas, como por exemplo, aumento da atividade e disponibilidade de compostos ativos, estabilização de compostos instáveis e liberação prolongada. Na indústria de cosméticos, a nanoencapsulação pode ser utilizada com o objetivo de aumentar a estabilidade de substâncias bioativas, aumentar a atividade antioxidante de compostos, prolongar a liberação dos compostos encapsulados, mascarar odores indesejáveis, evitar a perda de compostos voláteis por volatilização e compor produtos com sensorial cosmético diferenciado, além de diminuir a irritação e a alergenicidade das substâncias ativas após a aplicação na pele. Compostos orgânicos usualmente veiculados em cosméticos com a finalidade de proteção solar muitas vezes possuem potencial alergênico. Já os inorgânicos, como partículas de óxido de zinco, possuem natureza fotorreativa, causando a geração de radicais livres quando expostas à radiação UV. Assim, a nanoencapsulação destes filtros solares é interessante, pois diminui a geração de radicais livres por estes compostos, diminui seu potencial alergênico, melhora sua segurança, sua estabilidade e sua retenção na superfície da pele. Uma alternativa aos filtros solares orgânicos é a utilização de compostos naturais derivados de plantas que podem apresentar bom fator de proteção solar. Estes compostos muitas vezes apresentam também atividade antioxidante, sendo atraentes para aplicação em cosméticos como forma de prevenir o estresse oxidativo na pele e contribuir para a fotoproteção. Este projeto propõe a nanoencapsulação de compostos com fator de proteção solar e atividade antioxidante em nanopartículas poliméricas e a produção e avaliação de formulações cosméticas contendo as nanocápsulas obtidas. A nanoencapsulação pode ser realizada por diferentes técnicas, sendo a polimerização em miniemulsão uma técnica vantajosa visto que consiste na produção do polímero e encapsulação numa única etapa, levando a eficiências de encapsulação bem elevadas. Além do mais, esta técnica permite encapsular tanto compostos orgânicos quanto inorgânicos, permitindo inclusive sua nanoencapsulação simultânea.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane da Silva Cabral

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • sociabilidade juvenil, práticas sexuais e proteção à saúde: desafios para a prevenção do hiv/aids em jovens da era digital
  • A proposta deste estudo é compreender, após quase quatro décadas da eclosão da epidemia de HIV/Aids, como se dão as formas de sociabilidade juvenil no atual cenário das relações mediadas pelas redes sociais e como elas se associam a momentos de vulnerabilidade dos jovens de 16 a 24 anos em relação à possível infecção por HIV e outras ISTs. Este é o cenário mais amplo que enquadra concepções, atitudes, práticas e representações no que tange à percepção de risco de infecção por HIV e outras ISTs e, portanto, às possíveis estratégias e comportamentos de prevenção para os eventos decorrentes do exercício da sexualidade. Trata-se de um estudo socioantropológico, multicêntrico e de cariz qualitativo, com realização de 200 entrevistas em profundidade, junto a mulheres e homens, com idade entre 16 e 24 anos, e observações etnográficas em espaços de sociabilidade juvenil. Serão abordados moças e rapazes de distintas inserções sociais e moradores de diferentes regiões do país, compondo um conjunto de jovens social e cuturalmente diversidicado, em termos étnico-raciais, de classe social, com práticas sexuais diversas, em territórios urbanos e do interior do país que possuem marcas distintas e acesso diferencial às tecnologias digitais, serviços de saúde e educação. Esse universo empírico permitirá a compreensão das lógicas subjacentes à adoção (ou não) de práticas de prevenção à saúde em determinados contextos, bem como a construção de evidências científicas capazes de subsidiar o delineamento de políticas públicas e ações/estratégias de prevenção que sejam, de fato, sensíveis e eficazes para segmentos populacionais específicos.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 03/02/2020-28/02/2023
Foto de perfil

Cristiane da Silva Cabral

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • juventude, sexualidade e reprodução: um estudo sobre mudanças e permanências nas trajetórias sexuais e reprodutivas de jovens brasileiros no cenário de relações sociais mediadas pelas redes sociais
  • O projeto tem por objetivo compreender os primeiros eventos sexuais e reprodutivos (iniciação sexual, primeira gravidez, primeiro relacionamento estável), bem como seus contextos e respectivos desdobramentos, para as trajetórias biográficas de moças e rapazes. Trata-se de um estudo multicêntrico, interdisciplinar, proposto na interface entre os campos da saúde coletiva, da antropologia e da demografia, e que comporta uma importante dimensão temporal comparativa. Este estudo propõe realizar uma segunda edição do estudo seminal, intitulado Pesquisa Gravad (“Gravidez na adolescência: estudo multicêntrico sobre jovens, sexualidade e reprodução no Brasil”), aportando a possibilidade, desta vez, de trazer uma dimensão comparativa acerca dos comportamentos sexuais e reprodutivos de jovens brasileiros, após decorridas duas décadas da primeira investigação, considerando o contexto atual marcado pela novidade das relações sociais mediadas pelas redes sociais. Apresentamos neste projeto o componente qualitativo da pesquisa, tendo em vista a necessidade urgente de atualizar o debate sobre juventude, sexualidade e reprodução, analisando as mudanças que ocorreram neste cenário das relações sociais e suas consequências para trajetórias afetivo-sexuais e reprodutivas de jovens ambos os sexos, produzindo assim subsídios para a produção do componente quantitativo através da proposição de uma segunda rodada do survey populacional.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Drebes Pedron

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • customer relationship management e o setor da saúde: o paciente hospitalar em foco por meio das tecnologias da indústria 4.0
  • O Customer Relationship Management (CRM) tem sido explorado em diferentes setores como telecomunicações, entretenimento, bancário, educação, automotivo, etc. O setor da saúde também tem encontrado benefícios ao utilizar a gestão do relacionamento com o cliente como abordagem de negócio e podemos encontrar na literatura pesquisas sobre CRM neste setor (Bhalla, Evgeniou, & Lerer, 2004; Anshari & Almunawar, 2012; Almunawar, Anshari, & Younis, 2015; Vaish, Vaish, Vaishya, & Bhawal, 2016). Estas pesquisas apontam que o setor da saúde tem aumentado o seu foco no paciente; no entanto, Baashar, Mahomood, Almomani e Alkawsi (2016) conduziram uma revisão sistemática da literatura sobre CRM e saúde e enfatizaram a falta de estudos empíricos e as poucas iniciativas que realmente focam no cliente. Por outro lado, iniciativas de CRM têm novas possibilidades por meio do uso de tecnologias como big data, IoT (Internet of Things), cloud computing, analytics, etc. Este conjunto de tecnologias tem sido explorado com a denominação de Indústria 4.0. Este tipo de tecnologia também tem recebido atenção de organizações de saúde (Aceto, Persico, & Pescapé, 2018). Considerando este cenário, este projeto de pesquisa visa responder “Como as tecnologias da indústria 4.0 podem melhorar a gestão do relacionamento com o cliente no setor da saúde?” Nós entendemos que o paciente deveria ser o centro de todos os processos das organizações de saúde e que precisam receber maior atenção. Da mesma forma como as organizações mudaram o seu foco do produto para o cliente (Payne, 2006), organizações da saúde também mudaram: elas estão aumentando o seu foco no paciente (Baashar et al., 2016). Esta pesquisa usa a abordagem metodológica da Design Science Research. O principal objetivo é propor um artefato (sistema de CRM) centrado no paciente hospitalar que considere diferentes tecnologias da Indústria 4.0. Para atender este objetivo, nós temos um conjunto de objetivos específicos: (1) Elaborar uma perspectiva abrangente sobre como o setor da saúde tem usado as tecnologias 4.0 para melhorar o relacionamento com os pacientes em ambiente hospitalar; (2) Entender quais são as principais necessidades dos pacientes com relação à informações sobre sua própria saúde e sobre a sua experiência no ambiente hospitalar. (3) Entender que tipos de dados são necessários para o sistema a ser desenvolvido e como o hospital pode prover dados internos para contribuir com uma melhor experiência no ambiente hospitalar; (4) Instanciar o artefato proposto em pelo menos dois ambientes hospitalares, avaliando a sua eficácia. Para atender aos objetivos, diferentes procedimentos serão utilizados, como a Revisão Sistemática da Literatura (Petticrew & Roberts, 2008), a condução de entrevistas, a análise de documentos e a condução de grupos focais (Creswell, 2010). A principal contribuição potencial deste projeto é a proposição de um artefato (sistema de CRM) centrado no paciente permitindo que esse seja protagonista na sua experiência no ambiente hospitalar. Considerando o viés aplicado desta pesquisa, vislumbra-se contribuições tanto para a academia quanto para os praticantes.
  • Universidade Nove de Julho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Gomes Barreto

Outra

Ciências Ambientais
  • agroecologia no cerrado, governança, gestão integrada, inovações em segurança hídrica, alimentar e energética
  • A Região Integrada de Desenvolvimento Econômico do DF (RIDE) enfrenta atualmente a pior crise hídrica que se tem registro. Este projeto de pesquisa tem como objetivo principal analisar os desafios de segurança hídrica, alimentar e energética em comunidades rurais do DF. Visa promover estratégias de inovação tecnológica, através de metodologias de design social, para o desenvolvimento de sistemas de gestão integrada da água, energia e produção de alimentos, que contribuam para a ampliação da sustentabilidade e eficiência no uso de recursos, com vistas a garantir a segurança alimentar, hídrica e energética de famílias rurais em 2 (duas) bacias hidrográficas da RIDE: Rio São Bartolomeu e Rio Preto. As comunidades parceiras neste projeto são: Associação Aprospera (localizada na sub-bacia do Rio Pipiripau, que integra a bacia do São Bartolomeu), Ecovila Aldeia do Altiplano (bacia São Bartolomeu), e a Cooperativa Cooperfan (Paracatu-MG, bacia Rio Preto). A execução do projeto será realizada pela Universidade de Brasília (UnB), em parceria com a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuripe (UFVJM), com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), congregados através do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica da UnB (NEA-UnB), cadastrado como grupo de pesquisa do CNPq. Propomos uma abordagem interdisciplinar, a ser realizada em três etapas. A primeira trata do levantamento de informações sobre as experiências através de atualização e expansão de diagnósticos socioeconômicos e ambientais já existentes nas três comunidades. Inclui a análise de percepção dos atores locais quanto às formas de apropriação de água, estado da segurança alimentar, das instâncias de governança, e dos conflitos relacionados, assim como estratégias de acesso a mercado, geração de renda e de segurança energética já em curso. A segunda etapa inclui o cálculo da pegada hídrica e balanço hídrico de diferentes sistemas de produção, com base em experimentos de campo, e a realização de oficinas Creative Capacity Bilding (CCB ) voltadas para a co-criação de soluções integrando os 3 (três) eixos (segurança hídrica, alimentar e energética) via estratégias de design social. A terceira etapa visa integrar as matrizes a partir do desenvolvimento de protótipos funcionais de tecnologias que contribuam para a solução dos problemas e desafios identificados nas etapas de diagnóstico do projeto, para, finalmente, promover ações de aperfeiçoamento/adaptação e transferência/disseminação das tecnologias consideradas mais promissoras desenvolvidas no âmbito do projeto, para um número maior de famílias que vivam nas comunidades envolvidas no projeto.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 05/12/2017-31/12/2020
Foto de perfil

Cristiane Lenz Dalla Corte

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • estudo da toxicidade do metil e etil mercúrio sobre o desenvolvimento de drosophila melanogaster
  • O mercúrio (Hg) é um poluente ambiental de importância global e os seus efeitos sobre a saúde humana e os ecossistemas são de grande preocupação sendo considerado pela Organização Mundial de Saúde uma das dez substâncias químicas de maior preocupação para a saúde pública. As formas orgânicas do Hg, metilmercúrio (MeHg) e etilmercúrio (EtHg), são as mais perigosas devido à sua toxicidade sobre o sistema nervoso central (SNC), especialmente durante o desenvolvimento. Sendo assim, a exposição pré- e pós-natal às formas orgânicas de Hg causa extrema preocupação devido aos danos irreversíveis causados ao desenvolvimento neuronal com prejuízo às funções motoras, e cognitivas. Muitos mecanismos têm sido propostos para explicar a toxicidade do Hg, dentre eles o estresse oxidativo e a disfunção mitocondrial parecem ter papel fundamental na neurotoxicidade induzida pelas formas orgânicas do metal. No entanto, os mecanismos envolvidos na toxicidade sobre o desenvolvimento neuronal ainda não são completamente conhecidos. Sabe-se que o MeHg interage com a via de sinalização Notch, um mecanismo de sinalização intercelular altamente conservado necessário para o desenvolvimento normal. Além da via Notch, outras vias de sinalização envolvidas com o desenvolvimento foram implicadas na toxicidade do MeHg como a via JAK/STAT e a WNT. O EtHg, por sua vez, foi bem menos estudado que o MeHg, e pouco se sabe a respeito dos seus alvos moleculares. O fato da exposição ao EtHg ocorrer principalmente durante a fase de desenvolvimento neuronal, uma vez que a principal forma de exposição é através de vacinas, e estudos que apontam correlação positiva entre as doses de vacinas e o autismo tem gerado grande preocupação por parte da comunidade internacional. Evidências apontam a D. melanogaster como um modelo para o estudo de mecanismos moleculares envolvidos em doenças humanas que afetam o SNC, apresentando alterações bioquímicas e comportamentais similares a efeitos observados em mamíferos. Dessa forma, o objetivo deste trabalho é investigar alvos moleculares que possam estar envolvidos com a toxicidade dos compostos MeHg e EtHg sobre o desenvolvimento do sistema nervoso de D. melanogaster. Sendo assim, D. melanogaster serão expostas durante a sua fase embrionária à MeHg ou EtHg e serão analisados o desenvolvimento e a sobrevivência das moscas. Também será observado o comportamento (locomoção, exploração, memória, interação social, agressividade e acasalamento) e anomalias fenotípicas ligadas ao desenvolvimento das asas e dos olhos em moscas adultas expostas à MeHg ou EtHg durante a fase embrionária. Os efeitos da exposição embrionária ao MeHg ou EtHg sobre as vias sinalizadoras Notch, Wnt e JAK/STAT, bem como os genes Dnl2 e rugose, será analisado por western blotting e/ou através da expressão gênica usando a técnica de qPCR. O padrão de desenvolvimento neural em embriões expostos à MeHg ou EtHg será avaliado por imunohistoquímica. Dessa forma, além de possibilitar a melhor compreensão dos alvos moleculares e celulares do MeHg e EtHg, este estudo também contribuirá para uma melhor caracterização do modelo de D. melanogaster para o estudo de agentes tóxicos.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Mansur de Moraes Souza

Ciências Sociais Aplicadas

Planejamento Urbano e Regional
  • arenas, disputas e desafios nos múltiplos arranjos de gestão das águas
  • Parte-se da compreensão de que a crise da água é principalmente uma questão de governança. No entanto, não existe um entendimento compartilhado sobre o que significa "governança”. A governança é a sustentação dos mecanismos de autoridade e poder (HANF; JANSEN, 1998, p.3). Nesta perspectiva, a governança não pode ser reduzida a um instrumento para a implementação de decisões políticas tomadas, presumivelmente, por especialistas nos campos relevantes (DRYZEK, 1997). A governança em ultima instância deve envolver a comunidade afetada pela questão. A crise da água no Brasil, em larga medida, está vinculada a natureza dos problemas sociopolíticos e institucionais e as Estratégias de Gestão dos Recursos Hídricos no Brasil. As adequações ao novo paradigma global com feições liberais de uso, conservação e gestão da água consolidou-se através da Lei no 9.433 de 1997. Toma-se de pronto a bacia hidrográfica, como unidade de planejamento, e um modelo de gestão compartilhada entre Estado e Sociedade, que pressupõe obrigatoriamente a “governança” das Bacias através de Comitês. Essa politica em vigor é totalmente assimétrica, ao consideramos o desenho politico e institucional e a cultura politica gerencial local dos recursos hídricos. A natureza dos problemas, suas complexidades, requer respostas interdisciplinares e multisetoriais. Exige aprofundamento teórico e domínio empírico sobre a governança da água no sistema de Bacia. Os múltiplos agentes envolvidos no processo politico da gestão a natureza das instituições e a necessidades de construção de metodologias para a gestão politica, em busca do consenso para o bem estar coletivo. Esta são questões que se impõem no processo de Implementação da Política Nacional de Recurso Hídricos. “No Fórum Mundial da Água
em 2000, o “Global Water Part-
nership Framework for Action”,
declarou-se que a crise da água
é essencialmente uma crise de gestão e, consequentemente, a governança da água é uma das grandes prioridades para a ação (Tundise, 2013). Neste sentido, a formação de recursos humanos, a pesquisa, a teorização, diagnósticos, construções de metodologias, visando a Governança democrática da Bacia do São Francisco são variáveis que nortearam este projeto. A questão da participação social considerada a partir de um ponto de vista político pode chamar a atenção para os conflitos envolvendo a apropriação da água. Assim como a perspectiva de consenso pode pressupor uma igualdade de oportunidades de acesso ao recurso e de participação nas decisões de gestão, a perspectiva do conflito pode chamar a atenção para a desigualdade na apropriação da água e para as dificuldades de real participação nos mecanismos de gestão dos recursos hídricos. A definição do que se entende por Governança da água pode auxiliar a reflexão sobre a participação, na ótica do conflito. A busca por gerir os conflitos pelos usos da água considera a participação da sociedade civil nos mecanismos instituídos para gestão da água (Comitês de Bacia Hidrográfica, Conselhos de Recursos Hídricos). No entanto, essa participação se dá nas instituições que realizam a gestão das águas. As políticas públicas de gestão de recursos hídricos implantadas no Brasil pouco se conectam com e proteção de mananciais. Porém, na prática o que existe é uma total desarmonia nas políticas públicas o que corrobora com um pleno desencontro aos princípios de uma boa governança de recursos hídricos, ocorrendo essa realidade em toda a Federação. Nos três estados foco desse estudo este problema se apresenta em diferentes aspectos. No caso na região Nordeste, onde concentra a maior área do semiárido brasileiro, é urgente a preservação das suas águas tanto em termos qualitativos quanto quantitativos. Neste sentindo, não se pode esperar garantia da disponibilidade hídrica no semiárido, pois de acordo com o INSA (2014) 78, 6% dos seus municípios não possuem acesso ao serviço de esgotamento sanitário, que corresponde a um volume anual de um pouco mais de 300 milhões de m3 esgoto doméstico bruto lançado de forma inadequada ao meio ambiente. Nesse sentido o projeto tem como objetivo geral analisar os mecanismos de gestão das águas adotados em três diferentes contextos sociopolíticos, econômicos e ambientais no Brasil de modo a revelar como disputas e desafios são considerados nas arenas decisórias e engendram diferentes arranjos institucionais para a governança de recursos hídricos. Busca aproveitar a expertise da equipe desenvolvida durante o no projeto conjunto “ARENAS E ARRANJOS POLÍTICOS ESCALARES: COMPARAÇÃO ENTRE EXPERIÊNCIAS E PROPOSTAS PARA TRANSFORMAÇÕES REGIONAIS EM TRÊS ESTADOS BRASILEIROS” aprovado pela CAPES - Ministério da Integração Nacional (edital 55/2013, CAPES-MIN) que hora finaliza. O projeto citado teve por objetivo de realizar incursões de campo pela equipe. Estas serviram principalmente para conhecer a realidade local e observar que a equipe multidisciplinar olhava a questão da água em diferentes aspectos. No Sul o excesso de água ocasiona problemas de cheias e carecia de uma boa governança para a resiliência dos sistemas socioecológicos locais. No Nordeste a escassez da água representa questões para além da seca, causando Zika, Chikungunya e Dengue que também precisavam de participação (governança) da população para o contorno da situação. No Sudeste a questão da agua representava necessidade de Governança, no caso do gerenciamento do Comitê da bacia hidrográfica da Ilha Grande (RJ) e seus conflitos em torno da falta de água de nas comunidades Caiçaras. As três universidades que aqui dão continuidade a pesquisa, concentro no momento foco na questão dos conflitos em torno da gestão da água (incluindo relação da falta ou excesso (SC – Vale do Itajaí), mas mais os conflitos que tem na apropriação da água nos três estados: PB, RJ e SC (Oeste). Como resultado, almeja a proposição de formas alternativas de governança das águas para as situações analisadas na pesquis
  • Fundação Universidade Regional de Blumenau - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Pizzutti dos Santos

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • ameaças no ambiente de serviços: efeitos na discriminação e nas reações dos consumidores após falhas
  • Baseado na Teoria da Identidade Social, este projeto propõe investigar os efeitos da ameaça à identidade social (AIS) nas reações do consumidor pós-falha de serviços. Estudos da psicologia e sociologia mostram que o contexto social de um indivíduo implicará em mudanças em aspectos psicológicos e em comportamentos individuais. Este projeto aborda a percepção de discriminação e a reações de indivíduos com identidades sociais vinculadas a estereótipos negativos, como resposta a situações de falha de serviço; o efeito da identificação do indivíduo para com o grupo social como moderador; o papel do tipo de falha neste contexto. Através de estudos experimentais que serão conduzidos com pessoas de baixa renda, espera-se que os resultados deste projeto apontem para um aumento na percepção de discriminação e da intenção de reclamação, de retaliação e de afastamento de indivíduos que fazem parte de grupos negativamente estereotipados, após uma falha de serviços em um ambiente ameaçador (vs não ameaçador); este efeito deverá ser maior, quanto maior for a identificação do indivíduo com o grupo; adicionalmente, o tipo de falha (interpessoal vs de resultado) deve ser um moderador importante da relação principal. Este projeto contribui para a literatura de marketing de serviços, de identidade social e de discriminação.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Regina Guerino Furini

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • estruturas cerebrais e mecanismos celulares envolvidos no efeito do enriquecimento ambiental na persistência da memória
  • Para que uma informação recém adquirida seja armazenada, ela precisa passar por um processo de estabilização denominado de consolidação e, embora muito tenha se demonstrado e elucidado a respeito da consolidação da memória, pouco se sabe sobre os mecanismos celulares, os fatores comportamentais e as estruturas cerebrais envolvidas na persistência da memória. Uma das formas comportamentais que tem se verificado alterar o processamento de memórias se dá através do enriquecimento ambiental (EA), que refere-se a exposição de animais de laboratório a uma combinação de estímulos físicos e sociais complexos, maiores dos que os estímulos que os animais recebem em condições padrão de moradia. Ao longo dos anos, a exposição a estes ambientes enriquecidos tem demonstrado ser benéfica para diferentes funções do sistema nervoso central, em uma variedade de espécies de mamíferos, sendo usado para melhorar o comportamento e os danos celulares em várias doenças neurológicas e psiquiátricas. Também tem se demonstrado que o EA pode causar uma significante mudança na expressão de genes envolvidos na estrutura neuronal, excitabilidade, transmissão sináptica, e plasticidade, modulando a síntese e secreção de fatores neurotróficos, como do fator de crescimento nervoso (NGF) e do fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF), além de aumentar o aprendizado de tarefas comportamentais aversivas, espaciais e de reconhecimento. A neurotrofina BDNF também está envolvida na persistência de memórias, assim como a via de sinalização cAMP/MAPK/CREB. Entretanto, até o momento, pouco tem se estudado o efeito do EA em animais normais, sendo ainda menos conhecido os efeitos envolvendo o EA e a persistência da memória, como p. ex. o tempo de exposição ao EA necessário para induzir a persistência das informações aprendidas, assim como as estruturas cerebrais e os mecanismos celulares envolvidos. Assim este projeto tem como objetivo verificar o efeito da exposição ao EA por diferentes períodos na persistência das memórias de medo condicionado ao contexto, reconhecimento social e espacial, bem como o envolvimento da região CA1 do hipocampo, do córtex pré-frontal ventromedial e da amígdala basolateral, além da participação dos membros da família das MAPK: ERK1/2 e p38MAPK e nos fatores neurotróficos: NGF e BDNF. O entendimento destes processos tem importantes implicações científicas a nível translacional, devido ao impacto que pode ter sobre o processo educacional, pois entender os mecanismos cerebrais relacionados à persistência da memória e, como um ambiente rico em experiências é capaz de modificar a persistência das informações aprendidas, pode transformar estratégias educacionais e permitir que se projete programas que otimizam o aprendizado.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiane Sanchez Farinas

Engenharias

Engenharia Química
  • mitigação da adsorção improdutiva de enzimas na lignina pela proteína de soja: aspectos fundamentais, desenvolvimento e análise tecnoeconômica do processo
  • A implantação processo de conversão da biomassa lignocelulósica em biocombustíveis e outros bioprodutos ainda apresenta desafios tecnológicos relacionados ao aumento de escala. No contexto da rota bioquímica de conversão, destacam-se o baixo rendimento da etapa de hidrólise enzimática e o alto custo das enzimas. Dentre as estratégias para aumentar a eficiência das reações de hidrólise enzimática da biomassa, o uso de aditivos tem mostrado efeitos bastante positivos, uma vez que estes diminuem a adsorção improdutiva das celulases na lignina, reduzindo a perda de enzimas no processo. No entanto, o uso de aditivos de baixo custo se faz necessário para que o processo se viabilize economicamente. O presente projeto de pesquisa propõe como solução para inovação o uso de proteína de soja como aditivo para a redução da adsorção improdutiva de enzimas durante a hidrólise enzimática do bagaço de cana-de-açúcar. A fim de atingir tal objetivo, as seguintes etapas serão realizadas: 1) Avaliação do efeito das variáveis operacionais (carga de sólidos, carga enzimática e concentração de proteína de soja) e do efeito do tempo de adição da proteína de soja utilizando a metodologia de planejamento experimental como ferramenta; 2) Caracterização físico-química do conjunto aditivo-biomassa para elucidar os aspectos fundamentais envolvidos; 3) Validação dos experimentos de hidrólise em diferentes escalas (tubos de 5 mL e biorreatores de 500 e 3000 mL). Transversalmente a essas atividades, será utilizada metodologia desenvolvida pelo Laboratório de Desenvolvimento e Automação de Bioprocessos (LaDAbio) da UFSCar para análise reversa da viabilidade tecnoeconômica do processo, permitindo definir metas de desempenho dentro do contexto de uma biorrefinaria integrada biodiesel-bioetanol. Como resultado deste projeto, espera-se obter informações que permitam aplicar a solução para a inovação proposta relacionada ao uso da proteína de soja para mitigação da adsorção improdutiva de enzimas na lignina e, com isso, contribuir efetivamente para a implantação da rota enzimática em futuras biorrefinarias.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiani Campos Plá Cid

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • intercalação de íons em materiais: super-estequiometrias e redes cristalinas de longo-período
  • Estudar a influência nas propriedades cristalinas e elétricas da intercalação de íons em filmes de Bi2Se3, Cu1,6Bi4Se8 e Fe7C18N18 (PB – Prussian Blue). O impacto é a produção de novos materiais e a possibilidade do estabelecimento de um comportamento físico diferenciado com potenciais aplicações em energia: baterias, super-capacitores, dispositivos termoelétricos, entre outras. O destaque do uso de intercalantes em isolantes topológicos está relacionado com o desenvolvimento da física em 2-dimensões, tais como as ondas de densidade de carga e supercondutividade. Diferentes técnicas associadas a microscopia eletrônica de transmissão (TEM) serão usadas para caracterizar as redes cristalinas de longo-período associadas a estes materiais. Serão obtidos valores de parâmetro de rede basal, deslocamentos de Peierls e a identificação de super-redes, evidências de processo de intercalação de íons numa estrutura cristalina. Estes resultados serão associados a mudanças no comportamento elétrico dos materiais, tal como variações no coeficiente Seebeck do Bi2Se3, Cu1,6Bi4Se8, e densidades de energia em baterias de PB.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiani Folharini Bortolatto

Ciências Biológicas

Bioquímica
  • efeitos do p-cloro-difenil disseleneto sobre o comportamento alimentar compulsivo em camundongos
  • O transtorno de compulsão alimentar periódica (TCAP) é o mais prevalente dos transtornos alimentares e está fortemente associado ao risco elevado de comorbidades psiquiátricas e outras condições médicas como a obesidade. Os índices de novos casos deste transtorno crescem mundialmente; apesar disso, as pesquisas sobre o seu tratamento ainda são recentes, o que impulsiona a pesquisa pré-clínica em busca de novos tratamentos. O composto p-cloro-difenil disseleneto (p-ChPhSe)2 é descrito por apresentar diversas atividades interessante do ponto de vista biológico incluindo ação antioxidante, neuroprotetora, anorexígena, redutora do peso corporal, bem como homeostática em um modelo de neuroendócrino de obesidade. Particularmente, este composto é capaz de inibir a recaptação de serotonina bem como reduzir os níveis do neuropeptídeo orexina em hipotálamo de ratos, o que lhe confere potencialidade para ser testado como um candidato à fármaco para o tratamento do TCAP. Deste modo, o objetivo do presente projeto é avaliar a eficácia do tratamento repetido com o (p-ChPhSe)2 sobre o comportamento alimentar compulsivo induzido por dieta palatável em camundongos fêmeas. Além disso, almeja-se também averiguar a possibilidade de o comportamento compulsivo estar acompanhado por comportamentos do tipo ansiogênico e depressivo bem como a eficácia do tratamento com (p-ChPhSe)2 em reverter este quadro. A indução do comportamento alimentar compulsivo será realizada através de um protocolo cíclico rápido (intermitente) de acesso à comida palatável, consistindo de 8 ciclos de 3 dias (com acesso à dieta palatável por 1 dia de cada ciclo). Animais controle receberão apenas dieta padrão. Após a fase de indução, será realizada a fase de manutenção onde o composto (p-ChPhSe)2 na dose de 10 mg/kg ou seu veículo serão administrados por 7 dias consecutivos pela via oral (gavagem). O fármaco lisdexanfetamina (LDX) será utilizado como um controle positivo. Após, os animais serão submetidos a um teste motivacional utilizando um aparato de conflito claro/escuro para avaliação do comportamento compulsivo. No dia seguinte, os animais receberão novamente dieta padrão e, visto que a falta da dieta palatável nos grupos compulsivos pode precipitar estados emocionais negativos de retirada, serão realizados o teste do campo aberto (avaliação da atividade locomotora e exploratória), o teste do labirinto em cruz elevado (avaliação do comportamento do tipo-ansiogênico) e teste de suspensão da causa (avaliação do comportamento do tipo-depressivo). Um dia após, os animais terão o sangue coletado para realização da dosagem dos níveis de corticosterona e perfil metabólico (níveis de glicose, colesterol total, HDL e triglicerídeos). O hipotálamo será utilizado para a dosagem dos níveis de receptor glicocorticoide via western blotting. O hipocampo e o córtex cerebral serão utilizados para os ensaios ex vivo de atividade das enzimas monoamino oxidase (MAO) A e B e Na+ K+ ATPase e para o ensaio de recaptação de serotonina. O intuito da execução deste projeto é encontrar uma nova terapia que apresente eficácia para o tratamento do TCAP com mínimos efeitos adversos, visto que atualmente a sua farmacoterapia é limitada bem como elucidar alguns de seus mecanismos de ação. Esta ainda é uma lacuna na prática clínica, e levando-se em conta o potencial farmacológico dos compostos organosselênio, este estudo torna-se especialmente relevante. A execução deste projeto permitirá a formação de alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado e a possibilidade de fortalecimento do Programa de Pós-Graduação em Bioquímica e Bioprospecção, além de engajar diferentes instituições.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Alexandre Virgínio Cavalcante

Engenharias

Engenharia de Produção
  • proposição de modelos para suportar o planejamento de manutenção de sistemas na perspectiva da manufatura avançada
  • Os modelos de manutenção devem atender aos novos desafios da Indústria 4.0. A Industria 4.0 é caracterizada pelo uso de uma infraestrutura fortemente alicerçada em conectividade, segurança da informação, computação em nuvem e Internet das Coisas Industrial (Industrial Internet of Things – IIoT). Por sua vez, a digitalização de produtos e do ambiente de produção é alcançada pelo uso de sistemas ciberfísicos. Alguns conceitos não tão recentes passam a ter uma forte participação, tais como o uso intenso de aplicações de Big Data e ferramentas de Business Analytics, bem como de inteligência artificial. A manufatura aditiva (impressora 3D), robótica, drones e bioengenharia também estão na lista de ferramentas conhecidas, mas que são consideradas estruturantes para essa nova indústria. No que tange especificamente à função manutenção, maiores serão as expectativas relativas aos resultados advindos desta função. Não só por existir uma perspectiva de um volume e uma complexidade muito maior de equipamentos, mas também, por apresentar níveis crescentes de exigências no que diz respeito a continuidade da prontidão dos sistemas de manufatura. Importante se faz lembrar que a Industria 4.0 apresenta uma nova configuração de produção de riqueza, que está muito mais direcionada pela inovação e criação de ativos intangíveis (serviço) do que a produção de produtos físicos em massa (produção de bens). Isso aumenta as exigências sobre a manutenção, e a coloca em patamares de importância muito mais elevados. Em tal configuração, falhas ou interrupções no fornecimento de serviço são muito menos toleráveis. Nesse sentido, planejamentos muito mais precisos e o monitoramento do estado deverão ser alguns dos ingredientes que combinados com uma maior capacidade de exploração de grandes massas de dados, deverão repercutir em planejamentos dinâmicos, em que conjuntos de ações mais apropriadas são designados em tempo real, com base nas dependências dos mecanismos de degradação dos componentes que constituem diferentes dispositivos do sistema de produção. Para o novo paradigma da Indústria 4.0, a manutenção deve ser planejada dinamicamente. Ela deve responder em tempo real, baseada nos dados sobre o estado do sistema, e deve ser capaz de lidar com as interações existentes entre componentes e/ou subsistemas. É esperado que muitos equipamentos sejam dotados de ferramenta para diagnóstico e correção de erros, que alimentam os sistemas de apoio a manufatura (operação, engenharia, manutenção, etc). Os modelos propostos e algoritmos desenvolvidos habilitarão o sistema com a capacidade de planejar intervenções de manutenção para si, de forma dinâmica, no momento certo e com mínima intervenção humana. A repercussão do avanço nesta pesquisa refletirá em diferentes áreas, como: Confiabilidade, Manutenção e Riscos em Sistemas de Produção; Sistemas de Informação e Decisão e, finalmente, na linha de Otimização de Sistemas e Processos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano André Pott

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • perdas de solo e nutrientes por escoamento superficial de água em diferentes sistemas de conservação do solo
  • Um dos maiores avanços da agricultura brasileira foi a introdução do sistema plantio direto (SPD) na década de 1970. O SPD consiste em um complexo de processos tecnológicos destinados à exploração de sistemas agrícolas produtivos, compreendendo mobilização de solo apenas na linha de semeadura, manutenção permanente da cobertura do solo, diversificação de espécies e minimização ou supressão do intervalo de tempo entre colheita e semeadura. Este sistema está associado à agricultura conservacionista de forma a contribuir para conservação do solo e da água, aumento da eficiência da adubação, incremento do conteúdo de matéria orgânica do solo, aumento na relação benefício/custo, redução do consumo de energia fóssil e do uso de agrotóxicos, mitigação da emissão dos gases de efeito estufa e contribuição para o aumento da resiliência do solo. A partir da década de 1990, o sistema plantio direto passou a ser adotado em larga escala no Brasil, encontrando-se em franca expansão. Assim, os problemas de perdas de solo por erosão reduziram-se significativamente. Porém, os riscos de poluição das águas dos rios devido ao escoamento superficial em sistemas de plantio direto são bastante elevados, uma vez que esses sistemas são altamente dependentes do uso de agroquímicos, principalmente nutrientes utilizados para fertilização dos solos, os quais são transportados por deflúvio superficial até os cursos d’água. Além disso, os sistemas agrícolas onde predominam o uso intensivo e o manejo inadequado dos recursos naturais, muitas vezes seguidos da prática de monocultivos ou sucessão contínua de culturas, têm contribuído para a alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo, com degradação da matéria orgânica e conseqüentemente empobrecimento do solo resultando na diminuição do potencial produtivo das culturas. Acrescentando a isso, a agricultura evoluiu com o aumento do tamanho e peso das máquinas agrícolas, visando principalmente maior rendimento operacional dos cultivos agrícolas, porém afetando diretamente e negativamente o solo com o efeito da compactação. O objetivo desse projeto monitorar e quantificar o escoamento superficial, a carga de sedimento e de nutrientes em diferentes sistemas de manejo e conservação do solo em megaparcelas. Como base nos dados do monitoramento, objetiva-se ainda determinar o coeficiente de escoamento superficial visando aperfeiçoar as recomendações técnicas de manejo e conservação do solo e da água em áreas sob sistema plantio direto. O estudo será conduzido em três megaparcelas com área de 1,2 ha cada na região Centro-Sul do Estado do Paraná. Serão monitorados três sistemas diferentes de manejo e conservação do solo sob sistema plantio direto. Na Megaparcela 1 será adotado o manejo do solo e o processo de cultivo realizado pela maioria dos produtores da região, sem prática mecânica de controle de escoamento (sem terraços), com rotação de culturas constituída de 3/4 Soja e 1/4 Milho, além do cultivo de cereais de inverno (cevada, trigo e aveia). Na Megaparcela 2 será adotado o mesmo manejo do solo de culturas da Megaparcela 1, porém associado à praticas mecânicas de controle do escoamento (com terraços em nível). A Megaparcela 3 é denominada de "Boas Práticas de Manejo" (BPM), em que serão empregadas um conjunto de práticas conservacionistas visando melhoria principalmente das condições físicas do solo. Nessa Megaparcela, será empregado uma rotação de culturas mais efetiva, ou seja 1/3 Milho e 2/3 Soja, além do uso de adubação verde outonal visando cobertura permanente do solo, principalmente nos períodos pós cultura de verão e início da semeadura dos cereais de inverno. Além disso, todas as práticas agrícolas como semeadura, pulverização para tratos culturais, colheita, etc, serão realizadas em nível, favorecendo a conservação do solo. Nessa área de estudo não será utilizado o terracemento, pois visa-se comparar esse sistema com a Megaparcela 1, e assim verificar se com o uso de BPM pode-se no futuro, empregar distâncias maiores entre terraços. Cada megaparcela será considerada um tratamento. A repetição se dará pelo monitoramento de eventos significativos ao longo do tempo. A avaliação se dará pela análise comparativa entre as megaparcelas, já que contemplam a presença e ausência do controle de escoamento superficial como medida complementar. Dessa forma, para cada evento haverá uma resposta diferente no fluxo da água e nas perdas de solo em função dos eventos de chuva natural.
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Arbex Valle

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • problemas de otimização aplicados a finanças quantitativas
  • Neste documento, propomos projetos em pesquisa operacional e, em particular, otimização, onde tratamos problemas aplicados à área de finanças quantitativas. Os principais temas tratados neste trabalho são os problemas de seleção de portfolios e gerenciamento de risco. As finanças quantitativas, ou finanças computacionais, são uma área vasta e multidisciplinar e que apresenta grandes desafios. Nossa equipe é qualificada para tratar estes problemas e é formada por pesquisadores e alunos de graduação e pós-graduação. Contamos também com a colaboração de pesquisadores internacionais. Os trabalhos propostos são de alto interesse científico e tecnológico.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Binder

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • síntese de filmes carbonáceos nanoestruturados via pecvd em superfícies de fe sinterizadas e enriquecidas com mo.
  • O controle de propriedades como coeficiente de atrito e desgaste é considerado uma alternativa estratégica para a eficiência energética mundial. Por esse motivo, os materiais carbonáceos nanoestruturados têm atraído especial atenção no campo da tribologia na última década. Estes materiais podem ser utilizados como lubrificantes sólidos na forma de filmes, aditivos em material bulk e em lubrificantes. Dentro deste contexto esta proposta se direciona a investigar o potencial de uma nova rota de produção de materiais carbonáceos nanoestruturados para aplicações tribológicas, no Laboratório de Materiais da UFSC (LabMat). A ideia consiste em desenvolver filmes de nanotubos de carbono via PECVD em superfícies catalíticas de ferro puro enriquecidas com molibdênio obtidas pelo processo de pulverização catódica em plasma. Em um primeiro momento, pretende-se desenvolver e otimizar superfícies catalíticas Fe-Mo através do processo de pulverização catódica em plasma. Na sequência, o trabalho destina-se a identificar os parâmetros que mais influenciam na formação do filme de nanotubos via PECVD sobre estas superfícies. Por fim, o estudo avaliará o papel destes principais parâmetros na morfologia e estrutura dos nanotubos de carbono, além de analisar a resposta tribológica destes filmes nanoestruturados. As principais técnicas de caracterização a serem utilizadas são: microscopia eletrônica de Varredura (MEV - FEG), microscopia eletrônica de transmissão (MET), difração de elétrons (DE), difração de raios-x (DRX), espectroscopia Raman (ER), análise termogravimétrica (ATG), interferometria óptica de luz branca (IO) e ensaios de durabilidade para a avaliação tribológica.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano de Souza Noto

Ciências da Saúde

Medicina
  • marcadores biológicos antes e depois do tratamento no primeiro episódio psicótico
  • INTRODUÇÃO: A esquizofrenia é uma doença crônica, com grande impacto na vida do indivíduo e de seus familiares. Sua origem está relacionada a uma complexa interação entre fatores genéticos e ambientais ao longo do desenvolvimento cerebral. Apesar dos avanços nas pesquisas, ainda não existem marcadores biológicos que confirmem o diagnóstico, indiquem o prognóstico, ou auxiliem na escolha terapêutica. Alterações no sistema imunológico tem sido consistentemente associadas à esquizofrenia e indicadores desses processos surgem como promissores biomarcadores. No entanto, a literatura atual ainda é bastante heterogênea, e o papel de fatores como o uso de medicação ou a variabilidade fenotípica da esquizofrenia, permanecem como desafios científicos a serem transpostos. OBJETIVO PRINCIPAL: Investigar os níveis de marcadores inflamatórios e neurotrofinas (BDNF, Leptina, sTNF-R1 e sTNF-R2) em pacientes em primeiro episódio psicótico, virgens de tratamento e em controles saudáveis. OBJETIVO SECUNDÁRIO: Comparar a associação entre os níveis séricos desses biomarcadores antes e após tratamento com risperdiona por 10 semanas. Verificar possíveis associações entre os níveis séricos desses marcadores biológicos com características clínicas da doença. MÉTODOS: Serão recrutados pacientes no primeiro episódio psicótico (PEP), virgens de tratamento, sendo acompanhados por período médio de 10 semanas com uso de risperidona. Os pacientes serão diagnóstico através da SCID, com avaliação psicopatológica através da PANSS, CDSS, GAF e CGI. RESULTADOS ESPERADOS/INOVAÇÃO: Esse projeto é uma continuidade de uma linha de pesquisa inovadora iniciada com minha dissertação de mestrado e tese de doutorado. Em síntese, no presente projeto formulamos as seguintes hipóteses: 1) Alterações no sistema imunológico e no BDNF já estão presentes desde o início da doença, antes de qualquer contato com antipsicóticos; 2) Tratamento com risperidona desempenha um papel anti-inflamatório no PEP; 3) Ganho de peso induzido pela medicação pode precocemente interferir na atividade dos biomarcadores. Este projeto representa um esforço na compreensão da associação entre o sistema imune e esquizofrenia, que possivelmente permitirá entender melhor o papel da desregulação da neuroplasticidade nas psicoses Secundariamente, o projeto fortalecerá uma linha de pesquisa inovadora, com potencial de translação de conhecimento, liderada por pesquisadores brasileiros e com pareceria com centros nacionais e pesquisadores internacionalmente renomados.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Fantini Leite

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades ópticas e eletrônicas de heteroestruturas bidimensionais constituídas por grafeno e diclcogenentos de metais de transição
  • Desde a primeira observação das monocamadas de grafeno, obtidas por meio da esfoliação do grafite vivenciamos um grande interesse científico nos materiais bi-dimensionais e uma grande busca por novos materiais que podem ser obtidos de forma similar. Neste sentido, uma grande família de materiais nanoestruturados que tem despertado muito interesse nos últimos anos são os dicalcogenetos de metais de transição (TMDs), semicondutores bi-dimensionais formados por estruturas laminares da forma MX2, onde M são metais de transição e X são elementos da família dos calcogênios. Heteroestruturas semicondutoras bidimensionais, também conhecidas como heteroestrutras de van der Waals, podem então ser obtidas a partir do empilhamento de camadas de diferentes materiais bidimensionais. Por exemplo é possível combinar materiais bidimensionais condutores (grafeno), isolantes (hBN) e semicondutores (TMDs) para a produção de dispositivos eletrônicos cujas características podem ser controladas pela combinação de monocamadas utilizadas. Devido a efeitos de interação entre camadas, os comportamento eletrônico das heteroestruturas são diferentes das monocamadas individuais. O mesmo acontece com propriedades ópticas como a absorção e emissão de luz que não correspondem simplesmente ao effeito combinado das monocamadas. Neste projeto as técnicas de espalhamento Raman ressonante e fotoluminescência serão utilizadas para estuar propriedades ópticas e eletrônicas de heteroeestruturas construídas com diferentes combinações de materiais 2D (grafeno, hBN e TMDs). Serão feitas medidas in-situ em bixa temperatura e também com aplicação de tensão de gate nas heteroestruturas combinando assim medidas ópticas e elétricas. Espera-se com esse trabalho compreender melhor as modificações nas propriedades ópticas e eletrônicas causadas pelas interação entre as camadas contribuindo assim para o desenvolvimento de dispositivos opto-eletrônicos nanoestruturados à base desses materiais.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Francisco Woellner

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • propriedades eletrônicas de células solares orgânicas e materiais nanoestruturados baseado em carbono
  • Neste presente projeto pretendemos realizar um estudo teórico de duas classes distintas de sistemas, mas ambos ligados ao estudo de fontes de energia renováveis. O primeiro deles refere-se às células solares orgânicas e o segundo à uma nova classe de materiais porosos baseado em carbono conhecido como Schwarzitas. O entendimento completo de todos os processos envolvidos no funcionamento das células orgânicas fotovoltaicas é uma tarefa bastante complexa. Embora haja modelos macroscópicos que tentam descrever o seu princípio de funcionamento (alguns com sucesso), modelos microscópicos ainda estão em fase de desenvolvimento. Tivemos sucesso com um modelo que mostra o efeito da morfologia no transporte eletrônico. O passo seguinte, proposto neste projeto de pesquisa, é incluir de maneira relativamente simples, mas microscopicamente, o efeito da geração/recombinação de cargas e o efeito dos eletrodos. A relevância deste projeto repousa em alguns aspectos como: sua originalidade, a possibilidade de usar o conhecimento sobre parâmetros microscópicos, como a mobilidade eletrônica, em um modelo contínuo para a célula fotovoltaica, há também a possibilidade (em princípio) de medir diretamente essa mobilidade das células BHJ, por exemplo, em um experimento de tempo de voo no escuro. Mas destacaríamos, principalmente, a possibilidade de fornecer insights que possam ajudar os experimentalistas no processo de desenvolvimento das OPVs de tal forma a maximizar a sua eficiência. Esta combinação teórico/experimental tem sido muito usada no design de novos materiais. A segunda parte deste projeto está ligado às Schwarzitas, estruturas cristalinas baseadas em carbono que possuem curvatura negativa, em contraste às estruturas de curvatura positiva como, por exemplo, os Fulerenos. Uma característica interessante destas estruturas, e pouco explorada, está ligada à sua porosidade. Essas estruturas exibem topologias de curvatura negativa com tamanho e forma porosas ajustáveis e propriedades de adsorção podem ser interessantes e utilizadas em muitas aplicações, como captura de CO2, armazenamento de H2 e filtragem. As propriedades térmicas de nanoestruturas baseadas em carbono têm chamado bastante a atenção em aplicações ligadas ao armazenamento de energia solar, como por exemplo, as baterias térmicas. O princípio de funcionamento destas baterias está baseado no processo de adsorção/dessorção reversível do fluido de trabalho ao invés do sistema convencional baseado na compressão de um vapor. Para a sua aplicação é importante que novos materiais porosos sejam capazes de absorver uma alta densidade de energia do fluido de trabalho sob condições de pressão de vapor relativa baixa combinada com uma capacidade de fácil regeneração (dessorção) a baixa temperatura, que são os principais requisitos para este tipo de bateria térmica acionada por adsorção. Apesar do avanço no estudo teórico desta classe de nanoestruturas, principalmente na caracterização das propriedades estruturais e mecânicas, pouco se avançou no estudo das propriedades eletrônicas e térmicas. Neste projeto pretendemos avançar no estudo das propriedades eletrônicas e térmicas, bem como investigar a possibilidade de armazenamento de gases, explorando a porosidade presente nestas estruturas.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Machado Costa

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • conexões sociais entre conselheiros de administração, fiscais e diretores executivos: consequências administrativas e contábeis
  • Este projeto busca investigar as consequências das conexões (relações) sociais entre membros dos principais órgãos de gestão (conselheiros de administração, conselheiros fiscais, diretores executivos, membros de comitês, auditores, etc.) das empresas S.A. de capital aberto listadas na B3 sobre diferentes métricas de escolha administrativa e contábil. Assim, a proposta é a de desenvolvimento de um grande projeto guarda-chuva que possui dentre seus objetivos desenvolver pesquisas em quatro direções específicas destas consequências das conexões sociais, quais sejam, os efeitos das conexões sociais sobre: i) qualidade dos lucro; ii) remuneração de executivos; iii) turnover de executivos; iv) honorários de auditoria. Cada um dos ramos de pesquisa compartilhará a métrica de conexão social que será desenvolvida no projeto como variável explicativa, trazendo unidade ao projeto mas ao mesmo tempo permitindo que sejam iniciadas pesquisas em diferentes direções. O projeto pretende também avançar nas discussões teóricas dessas diferentes temáticas. Os produtos desse projeto serão de grande utilidade para a comunidade científica, acadêmica e profissional. Espera-se o desenvolvimento de quatro artigos, a construção de uma base de dados que será disponibilizada publicamente e de uma cartilha eletrônica com os resultados e recomendações a órgãos reguladores e entidades profissionais interessadas.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Magalhães Pariz

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • silagem mista de milho, capim-marandu e feijão guandu na alimentação de cordeiros confinados e semi-confinados
  • Os sistemas integrados de produção agropecuária (SIPAs) podem ser uma opção viável para superar questões globais de segurança alimentar, mudanças climáticas e produção sustentável de alimentos, por serem planejados para explorar sinergismos e propriedades emergentes, provenientes de interações entre os componentes solo-planta-animal-atmosfera de áreas que integram atividades de produção agrícola e pecuária. A presente pesquisa será composta por três experimentos sequenciais conduzidos durante três anos agrícolas no município de Botucatu-SP. O objetivo será validar um SIPA para produção de silagem de milho, com alternativas para posterior formação de pastagem, visando a terminação de cordeiros em semi-confinamento e confinamento. O delineamento experimental do primeiro experimento será o de blocos casualizados, com 24 repetições, sendo duas modalidades de cultivo da cultura do milho para ensilagem: em consórcio com capim-marandu e em consórcio com capim-marandu e feijão guandu cv. Fava Larga, colhidos a 0,45 m em relação à superfície do solo. O delineamento experimental do segundo experimento será em esquema de parcelas subdivididas. Os tratamentos do primeiro experimento constituirão as parcelas e a sobressemeadura de aveia-preta cv. EMBRAPA 29 (Garoa) a lanço ou em linha após a colheita para ensilagem constituirão as subparcelas, onde serão alocados cordeiros machos para pastejo no método de pastejo rotacionado com taxa de lotação variável e suplementação com ração (concentrado + silagem do mesmo tratamento). O delineamento experimental do terceiro experimento será inteiramente casualizado, com oito repetições, sendo utilizado as duas silagens produzidas no primeiro experimento para a formulação das dietas para o confinamento de cordeiros. Será avaliado o estado nutricional e as frações das plantas de milho, a produtividade de forragem para ensilagem, o valor nutritivo, o perfil de ácidos orgânicos, a estabilidade aeróbia, as características microbiológicas, a fermentabilidade e digestibilidade da silagem, a massa seca e o teor de macro e micronutrientes nos colmos de milho remanescentes na área e as características morfológicas do capim-marandu e do feijão guandu; o efeito da sobressemeadura de aveia-preta sobre: a produtividade de massa seca, a composição bromatológica, a fermentabilidade e digestibilidade da forragem, as características morfológicas do capim-marandu e da aveia-preta; o desempenho, o comportamento ingestivo, as características das carcaças e a qualidade da carne dos cordeiros; o teor e a liberação de macro e micronutrientes e a decomposição da palhada das forrageiras após a dessecação na primavera, as alterações da fertilidade, da resistência mecânica à penetração do solo e da densidade do solo, o estoque de carbono orgânico total e nitrogênio total no solo, a produção e a composição química dos dejetos produzidos pelos cordeiros no local onde serão suplementados com ração, bem como, a eficiência de uso da terra, a competição por fatores no consórcio, a viabilidade econômica do sistema e a estimativa da capacidade de mitigação do metano entérico na dieta dos animais pela técnica de avaliação in vitro.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Marcelo Espinola Carvalho

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • estudo da diversidade biológica de parasitas multi-hospedeiros transmitidos por artrópodes na fauna silvestre da região centro-oeste do brasil como ferramenta para prevenir e controlar a emergência de doenças
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Católica Dom Bosco - MS - Brasil
  • 21/02/2020-20/02/2025
Foto de perfil

Cristiano Nunes Alves

Ciências Humanas

Geografia
  • federação dos lugares e economia local na região de são luís - ma: circuitos culturais, mídias alternativas e novas formas de planejamento territorial plural
  • Refletindo sobre o compromisso da ação contra as desigualdades socioterritoriais, inquieta-nos o fato de muitos discursos, reivindicações e técnicas arraigadas nos lugares não serem consideradas pelo planejamento e gestão dos territórios instituídos, cada vez mais assentados sobre uma racionalidade economicista. Ainda que as expressões culturais e comunicacionais sejam formas apropriadas para a análise da vida dos lugares, pois se utilizando do território para manifestações artístico políticas, as mesmas, com frequência, são desconsideradas pelas políticas de planejamento. Ou seja, os territórios instituídos para o poder federativo – União, Estados, Municípios e Distrito Federal – têm limites muito estreitos que, em grande medida, não consideram as vocalizações múltiplas que partem dos lugares. Confrontados por essa problemática, procuramos, a partir da análise dos circuitos culturais populares (cultura hip hop, punk, reggae e bumba-meu-boi) e de formas de mídia alternativas aos grandes meios de informação (rádios livres e jornais/informativos/zines), elementos teórico-empíricos para produzir e por em prática ferramentas que contribuam para o planejamento territorial mais plural na Região de São Luís. Isto, pois, elementos fundantes de nossa pesquisa, temos as seguintes indagações: Quais os usos do território associados à dinâmica dos circuitos culturais e de mídia alternativa na Região de São Luís? Em qual medida tais usos podem nos indicar caminhos rumo à prática de um Planejamento Plural, entendido como um processo político para além do consenso instalado em nossas metrópoles? Por meio de levantamento bibliográfico e documental e uma intensa pesquisa de campo, buscamos operacionalizar a ideia de “cartografia da ação”. Ora, a firmeza da ação dos geógrafos não significa impor uma visão de mundo aos interlocutores e à população em geral, mas ouvir estes sujeitos, tentar deles extrair a sua visão de mundo, considerando o senso comum e o conhecimento indisciplinado que anima a vida dos lugares. Eis aqui um caminho de método para internalizar e dar potência ao saber cotidiano.
  • Universidade Estadual do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Poleto

Engenharias

Engenharia Sanitária
  • estudos sedimentológicos de distribuição da granulometria, composição físico-química e alterações da morfologia fluvial quanto a sua influência em inundações urbanas e qualidade da água
  • Com o desenvolvimento das civilizações e o consequente crescimento populacional, cresceu também a utilização dos recursos hídricos disponíveis. Já há algum tempo, associa-se a urbanização à poluição dos corpos de água, devido aos esgotos domésticos não tratados e aos despejos industriais. Mais recentemente, no entanto, percebeu-se que nas áreas urbanas que parte desta poluição tem origem no escoamento superficial que traz consigo uma grande carga de sedimentos gerados pelo processo de urbanização, influenciada, também, pelo uso e o tipo do solo, além das atividades antrópicas realizadas na bacia hidrográfica. Na maioria das cidades da América do Sul há tendência de crescimento acelerado, porém, desorganizado, gerando impactos negativos especialmente na qualidade dos corpos de água (Deletic et al., 1997; Poleto & Charlesworth, 2010), principalmente devido ao aumento de superfícies impermeáveis como vias, telhados, estacionamentos, entre outras; as quais reduzem a taxa de infiltração e aumentam o escoamento superficial, aumentando assim o transporte de cargas de sedimentos urbanos e poluentes aos cursos d´água (Deletic et al., 1997; Charlesworth et al., 2003; Taylor, 2007; Poleto et al., 2009). As redes de drenagem urbana são responsáveis pela veiculação dessas cargas e sabe-se, hoje, que estas se constituem em importantes fontes de degradação de rios, lagos e estuários (Deletic et al., 1997; Horowitz, 2009). Os fenômenos de acúmulo e de redisposição de espécies nos sedimentos qualificam-nos como de extrema importância em estudos de impacto ambiental, pois registram em caráter mais permanente os efeitos de contaminação. A determinação de metais-traço em sedimentos permite quantificar o estoque mobilizável de um determinado contaminante em um local específico e, assim, detectar o grau de contaminação a que a água e os organismos bentônicos estão sujeitos ao longo do tempo. Por esta razão, é necessário contar com ferramentas de avaliação e controle que permitam estimar o risco existente tanto para a saúde dos ecossistemas aquáticos, como para a saúde humana (Belo et al., 2010). Portanto, se torna necessário aprofundar os estudos dos sedimentos e suas interações com o ambiente, considerando-lhe como um tópico de interesse econômico, social e ecológico que precisa de um gerenciamento sustentável, onde se articulem o entendimento das propriedades físicas e químicas dos sedimentos com informações ecológicas e hidrológicas dos corpos d’água receptores em uma escala regional e, assim, avaliar os possíveis cenários de poluição dos recursos hídricos. Essas informações servirão de suporte em processos de tomada de decisões para o controle da poluição (Taylor, 2007). Atingir este objetivo se tornará viável na medida em que o talento humano se forme a níveis de pesquisadores e articule redes de estudo no Brasil, líder indiscutível no estudo dos recursos hídricos na América do Sul. Cabe salientar que esta área é recente, possui um grande interesse nacional e internacional e, portanto, pesquisas que abordam esse tema têm recebido grande destaque e possui um futuro bastante promissor. Porém, as cidades brasileiras, também, estão enfrentando outro tipo de problema relacionado a esses mesmos sedimentos, as inundações urbanas. Problema esse que agrava os problemas de saúde da população e aumentam a desigualdade social dos que perdem todos os seus bens durante os eventos de chuva. Para entender o problema das inundações urbanas, é necessário ter uma visão mais profunda do contexto na qual essas cidades se inserem. Por exemplo, um dos grandes problemas verificados nas bacias hidrográficas urbanas brasileiras se refere à quantidade de resíduos sólidos, esgoto doméstico e sedimentos que são lançados aos rios e corpos d’águas que drenam essas bacias. Segundo Nascimento & Heller (2005), a urbanização produz impactos distintos de natureza física, química e biológica sobre os meios receptores, no contexto da própria área urbana e a jusante dela. Dessa forma, os rios ao passarem por áreas urbanas recebem uma carga poluente de grandes proporções que causam alterações na qualidade da água, na biota aquática, na morfologia fluvial e no regime hidrológico (Poleto et al., 2010; Martínez & Poleto, 2010). Segundo Nelson & Booth (2002) e Poleto & Martínez (2010), essas fontes de poluentes podem formar complexos com os sedimentos finos e contribuir para a eutrofização dos corpos d’água. Somando-se a isso, o aumento dos sedimentos grosseiros causa o assoreamento do canal, reduzindo sua capacidade de vazão, o que leva a enchentes e a instabilidade do canal. Buscando soluções viáveis e ao mesmo tempo ambientais, países como Inglaterra, Austrália e EUA têm buscado desenvolver tecnologias para sistemas de drenagem que possam “recuperar” as características naturais das bacias hidrográficas urbanizadas. Esse conceito conhecido como Sistemas de Drenagem Urbana Sustentáveis tem ganhado cada vez mais espaço dentro da gestão dos recursos hídricos e pode ser uma alternativa para o gerenciamento dos problemas causados pelos sedimentos. Segundo Poleto & Tassi (2012), os sistemas sustentáveis podem ser utilizados não só para reduzir o pico de vazão em corpos d’água de bacias hidrográficas urbanizadas, mas também reter os sedimentos transportados pelo fluxo d’água e melhorar a qualidade da água oriunda do escoamento superficial urbano gerado durante os eventos de chuva, além de gerar uma previsibilidade futura de liberação de poluentes passivos em lagos de áreas urbanas. O trabalho tem como objetivo contribuir, por meio de pesquisas “in loco”, estudos de modelagem matemática dos dados obtidos e dando ênfase na hidrossedimentologia, com o estudo e entendimento teórico-prático dos processos de assoreamento, transporte de sedimentos e poluentes, e erosão da bacia hidrográfica na qual se insere o município de Porto Alegre-RS em estudo e dos corpos d’água inseridos nesta, relacionando com as alterações na morfologia da calha fluvial principal.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Prestrelo de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • regionalização dinâmica das projeções de mudanças climáticas sobre o norte e nordeste da américa do sul usando o modelo climático regional (regcm4)
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Ragagnin de Menezes

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • desenvolvimento de micropartículas simbióticas obtidas por gelificação iônica interna
  • Os probióticos vêm recebendo crescente enfoque na área de alimentos uma vez que, podem afetar beneficamente uma ou mais funções alvo no corpo quando administrados em quantidades adequadas. Entretanto, a viabilidade destas culturas pode ser prejudicada quando expostas a condições adversas como, por exemplo, o armazenamento em diferentes temperaturas e a passagem pelo trato gastrointestinal humano. Em função disso, tornam-se necessários o estudo e a implementação de novas técnicas que garantam a produção dos mesmos em larga escala, e com efeitos benéficos comprovados, podendo assim atender às necessidades do consumidor. Para que o produto possa garantir o efeito benéfico desejado, utiliza-se comumente a técnica de microencapsulação. Dentre as diversas técnicas de microencapsulação, está a gelificação iônica interna, na qual se pode obter microcápsulas que podem ser facilmente aplicadas em larga escala. Ainda, para que a viabilidade probiótica possa ser mais prolongada, têm se estudado o efeito dos prebióticos na microencapsulação, sendo estes ingredientes alimentares não digeríveis que podem favorecer o crescimento de bactérias benéficas, e que, quando associados a estes microrganismos, resultam em um produto simbiótico. Desta forma, o objetivo desse estudo será desenvolver micropartículas simbióticas a partir de diferentes fontes prebióticas sendo elas hi-maize, inulina e farelo de arroz, contendo Lactobacillus acidophilus utilizando a técnica de gelificação iônica interna. As micropartículas serão produzidas na forma úmida e liofilizada. Será analisada a sobrevivência dos probióticos sob condições gastrointestinais simuladas, tolerância “in vitro” em diferentes soluções de pH (4.5, 6.0 e 7.5) e viabilidade durante armazenamento sob diferentes temperaturas (-18, 7 e 25 °C) por 120 dias. Além da caracterização físico-química, morfologia e diâmetro médio e das micropartículas.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Rodrigues de Mattos

Ciências Humanas

Educação
  • os modos acoplados de aprender a ser professor e supervisor nas atividades do estágio supervisionado, do pibid e da residência pedagógica
  • Pretendemos investigar, no seio das relações entre a escola de educação básica e a universidade (IES) no processo de formação simultânea do supervisor e do licenciando na escola. Nos interessa, especificamente, a relação entre supervisor, professor e estudantes, na atividade de estágio supervisionado, Pibid e Residência Pedagógica. Entendemos aqui, que a atividade de estágio não é somente uma atividade de formação inicial de professores direcionada aos licenciandos, mas também uma atividade de formação continuada de professores, na qual o supervisor desenvolve e reflete sobre suas próprias compreensões e práticas no diálogo colaborativo com os outros. Assim, o principal objetivo deste projeto é o de identificar o desenvolvimento da consciência do professor supervisor como formador de professor e do licenciando estagiário como professor em três cenários: estágio supervisionado, Pibid e Residência Pedagógica. Pretendemos examinar esse processo de tomada de consciência por meio da investigação das interações e produtos desenvolvidos nas e com as ações coordenadas durante as atividades dos licenciandos na escola de educação básica.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Teles de Meneses

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estudo das propriedades estruturais e magnéticas em compostos tr(cr1-xfex)o3 (tr = nd, dy e pr): massivos e nanoestrturados
  • Neste projeto pretende-se estudar as propriedades estruturais e magnéticas de uma família de perovskita do tipo TR(Cr1-xFex)O3 (TR = Nd, Dy e Pr), assim como a dependência do tamanho das partículas, visando o entendimento de suas propriedades físicas. Inicialmente, será realizado um estudo de diferentes condições físicas e químicas com objetivo de obter amostras em fase única. Em seguida a otimização do processo para obter os mesmos sistemas na forma nanocristalina. Nesta última parte do trabalho o foco será em obter amostras com tamanhos controlados. Após essas etapas serão aplicadas diversas técnicas experimentais de caracterização com o objetivo de entender a estrutura cristalina e as propriedades magnéticas contidas nesses compostos, finalizando o estudo com a interpretação dessas propriedades em função da razão dos metais de transição e terra rara e sua dependência com o tamanho.
  • Universidade Federal de Sergipe - SE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristiano Valim Bizarro

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • identificação de alvos moleculares de agentes antimicobacterianos pelo método peptid
  • A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa que tem como principal agente etiológico o bacilo Mycobaterium tuberculosis (Mtb). É considerada atualmente a principal causa de morte por um único agente infeccioso no mundo. Além disso, o surgimento de cepas resistentes aos fármacos de primeira linha vem aumentando. Por isso, existe a necessidade de novos agentes anti-TB. É fundamental que os alvos moleculares de compostos bioativos de interesse sejam identificados para que seus mecanismos de ação possam ser elucidados. Entretanto, essa segue sendo uma etapa desafiadora para o desenvolvimento de novos fármacos, não existindo um método simples que funcione para qualquer composto. Recentemente, desenvolvemos um novo método para a identificação de alvos moleculares: Pulse Proteolysis and Precipitation for Target Identification (PePTID). Esse método foi validado para a identificação de proteínas de Mtb que se ligam a ATP. O presente projeto tem como objetivos validar o método PePTID para ligantes que possuam um único alvo molecular e estendê-lo para a caracterização de complexos proteína-ligante obtidos diretamente de culturas celulares. Triclosan e Rifampicina, compostos com mecanismos de ação já elucidados, que envolvem a inibição das enzimas enoilredutase (InhA) e RNA-polimerase, respectivamente, serão usados para validar o método para compostos com um único alvo. Esses mesmos compostos e ATPyS, um análogo estável de ATP, serão também administrados a culturas de bacilos de Mtb, e o método será adaptado para a identificação de complexos proteína-ligante formados no interior das células. Por fim, esse método adaptado será testado quanto a sua capacidade de identificar alvos de pró-fármacos. Para tanto, o composto isoniazida, que requer ativação pela catalase-peroxidase micobacteriana KatG para poder inibir a enzima InhA, será administrado aos cultivos de Mtb. A otimização do método PePTID para compostos que apresentam um único alvo e para pró-fármacos irá fornecer uma ferramenta valiosa e versátil que será usada para avançarmos na busca de novos compostos anti-TB e que poderá ser aplicada em problemas de pesquisa dos mais variados, que envolvam a identificação de alvos moleculares.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Aparecida Jark Stern

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • estudo da interação entre o sistema endocanabinoide e glutamatérgico na labilização da memória de medo
  • Memórias traumáticas estão relacionadas com o desenvolvimento de transtornos psiquiátricos como o transtorno do estresse pós-traumático (TEPT), que acomete indivíduos que passaram por eventos intensamente traumáticos como estupro, violência urbana, acidentes graves, entre outros. Atualmente, nenhum tratamento farmacológico aprovado para o TEPT interfere com a memória do trauma. A reconsolidação da memória é um fenômeno que pode acontecer após a evocação da mesma e oferece uma oportunidade para que a memória do TEPT seja “apagada” com os uso de fármacos capazes de prejudicar a reconsolidação. A reconsolidação depende da reativação e labilização dos circuitos neurais que foram marcados durante a consolidação da memória. Entretanto, sugere-se que quanto mais traumática e/ou mais remota a memória for, mais resistente à labilização ela será, tornando-a insensível ao efeito de fármacos com a propriedade de prejudicarem a reconsolidação. Pacientes com TEPT aumentam o uso de Cannabis e relatam uma melhora do sintomas da doença. Estudos pré-clínicos mostram que a ativação dos receptores canabinoides do tipo 1 (CB1) facilita a labilização da memória de medo e que baixas doses de Δ9-tetrahydrocanabinol (THC), o principal fitocanabinoide presente na Cannabis e agonista parcial CB1 prejudica a reconsolidação da memória de medo. Sugere-se que baixas doses de THC ativa seletivamente os receptores CB1 dos terminais glutamatérgicos e que a ativação das subunidades do receptor NMDA GluNR2B, assim como o sistema ubiquitina-proteassoma, é necessária para a labilização e GluNR2A é necessária para a reconsolidação. No entanto, não se sabe como e se ativação aguda e/ou repetida dos receptores CB1 com THC facilita a labilização de uma memória traumática e remota. A hipótese é que o tratamento com THC irá aumentar a relação GluN2B/GluN2A e modificar da densidade de espinhas dendríticas em áreas importantes para a labilização e reconsolidação da memória, facilitando a labilização e tornando a memória sensível ao prejuízo de reconsolidação. O objetivo desse projeto é estudar como o tratamento agudo ou repetido com baixas doses de THC modula a transmissão glutamatérgica no hipocampo dorsal na etapa de labilização e reconsolidação da memória de medo ao contexto. Serão realizados experimentos comportamentais como o condicionamento de medo ao contexto para avaliarmos os efeitos dos tratamentos sobre a memória. A expressão das subunidades GluN2B, GluN2A e ubiquitinas no hipocampo dorsal, amígdala basolateral e córtex pré-frontal medial será avaliada pela técnica de western-blotting e através da técnica de Golgi será feita a avaliação das espinhas dendríticas dessas áreas, visto que a mudança na morfologia e/ou densidade das mesmas são importantes na plasticidade sináptica e memória. A execução desse projeto permitirá o melhor entendimento da neurobiologia do TEPT, dos mecanismos de labilização de memória e se e como o THC pode modular a labilização de uma memória traumática. Com um impacto translacional importante, esse projeto pode contribuir para que no futuro a Cannabis e/ou seus derivados sejam usadas por indivíduos que passam por situações de trauma intenso, abrindo uma promissora alternativa para o tratamento do TEPT.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Araripe Ferreira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • 10a. olimpíada brasileira de saúde e meio ambiente: educação e divulgação científica
  • A Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente – Obsma (www.olimpiada.fiocruz.br) foi criada, em 2001, no âmbito das ações e dos projetos desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Educação e Divulgação Científica e Tecnológica em Saúde, vinculado à Presidência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com o apoio institucional da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e de um conjunto de instituições de ensino e pesquisa em C&T, a Obsma logo se consolidou como um projeto educacional, de abrangência nacional, com o foco em 3 (três) grandes objetivos gerais: contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, incentivar as escolas a desenvolverem projetos e/ou práticas de promoção da saúde e fortalecer as estratégias voltadas para a sustentabilidade ambiental em todos os níveis local, regional e global. Entre os seus objetivos específicos destacamos ainda o incentivo para que os alunos sigam carreiras científicas, ao mesmo tempo em que se propõe a intensificação do diálogo entre escolas e instituições de pesquisa como a Fiocruz e as universidades parceiras. Desde 2007, as atividades educativas e de divulgação e popularização da ciência propostas e realizadas pela Obsma passaram a compor os Planos Quadrienais da Fiocruz, por meio de sua inserção no Programa Institucional Informação e Divulgação em Ciência e Tecnologia em Saúde, Ação Orçamentária: Comunicação e Informações para a Educação em Saúde e em Ciências. A partir de 2012, a Olimpíada passa a integrar o Plano Plurianual do Governo Federal, desse modo, as ações propostas visam não apenas apoiar as políticas de saúde e educação em saúde ancoradas pela Fiocruz, mas também as políticas sociais, especialmente aquelas voltadas à educação de qualidade para todos os brasileiros, com foco na superação das desigualdades existentes em todas as etapas da educação básica. Em todo o território nacional, participam das diferentes atividades 7 (sete) equipes de trabalho, divididas em 6 (seis) coordenações regionais sediadas, respectivamente, nas unidades técnico-científicas da Fiocruz, em Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Recife, Rio de Janeiro e Salvador, além de 1 (uma) coordenação nacional instalada no campus de Manguinhos, Rio de Janeiro, onde está localizada a Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC), responsável pela execução financeira e administrativa do projeto. Na Fiocruz, ao todo 11 (onze) unidades técnico-científicas, 5 (cinco) diretorias técnico-administrativas, 2 (dois) escritórios regionais e 3 (três) vice-presidências participam do esforço conjunto e permanente de gerenciamento, consolidação e ampliação das iniciativas nacionais da Obsma. Desde 2012, as equipes de trabalho ligadas à Obsma têm atuado junto a programas governamentais, entre eles, o Programa Saúde na Escola (PSE), o Saúde da Família (antigo PSF), o Programa Nacional de Educação Ambiental (Pronea) e ainda a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) que integra uma das principais estratégias de popularização da ciência no país. Tais iniciativas abrangem diferentes projetos (de pesquisa, ensino e extensão) da instituição e têm como uma de suas finalidades principais unir esforços institucionais que estão consolidados, mas ainda muito dispersos, especialmente, nas áreas da educação em saúde, da educação ambiental e da educação em ciências. Nesse contexto, o fortalecimento de estratégias voltadas para formação continuada de professores, em particular aquelas que estejam associadas às áreas afins da Obsma, tem sido importante para ampliarmos algumas ações e projetos educacionais existentes na instituição, tais como, os relacionados ao Programa Institucional Biodiversidade e Saúde (Pibs), ao Programa de Educação Cultura e Saúde (Pecs), ao Programa Institucional Saúde do Trabalhador (Fiocruz Saudável) e à Rede Nacional de Educação e Ciência (Ciência Móvel e Ciência na Estrada). Dividida em 2 (duas) etapas, a 10a. Obsma se organiza em 6 (seis) regiões olímpicas nacionais: Centro-Oeste, Minas-Sul, Nordeste I, Nordeste II, Norte e Sudeste. Desta maneira, realiza uma primeira avaliação regional dos trabalhos inscritos, de acordo com a área geográfica em que se encontram localizadas as escolas participantes. Na segunda etapa, os trabalhos são avaliados e premiados nacionalmente. Ao todo, 36 (trinta e seis) trabalhos são reconhecidos como destaques a cada edição da Obsma, garantindo-se a lógica da representação regional e por estados da federação. Reafirmamos em nosso projeto a importância definitiva que tem o professor como um ator fundamental do processo de transformação social da educação. Como escreveu Paulo Freire, “um bom professor é imprescindível”, ele mais do ninguém sabe “que formar é muito mais do que puramente treinar o educando no desempenho de destrezas” (FREIRE, 1996, p. 6). Nesse sentido, avaliamos como essencial associar a experiência concreta de participação na Obsma ao processo de formação científica do educando e de formação continuada do professor. Não é por outra razão que a Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente/Fiocruz tem insistido em colocar em perspectiva a discussão sobre as relações intrínsecas entre educação em ciências e divulgação científica e tecnológica nas suas diversas formas ou formatos pedagógicos (centros e museus de ciências, jornalismo científico, iniciação científica não-curricular, feiras e mostras científicas e olimpíadas científicas).
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2020
Foto de perfil

Cristina Beatriz Cazabuena Bonorino

Ciências Biológicas

Imunologia
  • expressão de march1 em celulas dendriticas de individuos com tumores como marcador de resposta a imunoterapia
  • Nosso grupo vem estudando, por mais de treze anos, a diminuição de MHC II e CD86 em células dendriticas pela proteína DnaK de Mycobacterium tuberculosis). Neste mês de agosto de 2018, publicamos na Nature Communications (Borges et al., 2018) o artigo descrevendo o mecanismo pelo qual isso ocorre, nesta e outras células inatas. A DnaK liga-se a um receptor de superfície em uma subpopulação de células dendriticas, as CD103+. Ela sinaliza via TLR2, induz IL-10 que ativa a E3-ubiquitina ligase MARCH-1, que por sua vez ubiquitina e induz a degradacão de MHC II e CD86 nessas células, levando a inibição da rejeição de transplante. Temos grande experiência nessa rota imunossupressora, com validação internacional. Desenvolvemos nesse estudo uma parceria com a Universidade de Harvard, com o Laboratório do Dr. Leonardo Riella, onde é o atual endereço do nosso colaborador Thiago Borges, egresso do nosso laboratório. A partir dos resultados de MARCH1 como um potente inibidor da resposta imune, nós hipotetizamos que MARCH1 estaria aumentado em pacientes de câncer, inibindo a rejeição ao tumor. Em nosso laboratório, avaliamos os níveis de MARCH1 em células dendríticas diferenciadas a partir de sangue periférico de pacientes com câncer de mama pelo grupo do Dr. Alexandre Barbuto, da USP. Comparamos ainda como essas células se comportam frente ao um estímulo de maturação (adição da citocina TNF-alfa na cultura), em relação às DCs de indivíduos controle. Observamos que DCs de pacientes com câncer de mama são mais resistentes à diminuição da expressão de MARCH1 após um estímulo inflamatório. A diminuição de MHC e CD86 é desvantajosa para o paciente, uma vez que menos peptídeos serão apresentados pelo MHC-II ativando linfócitos T anti-tumorais, diminuindo assim a probabilidade de a célula tumoral ser vista pelo sistema imunológico e, assim, ser eliminada. Os tratamentos com desbloqueadores de checkpoints imunológicos, como anti-PD-1 e anti-PD-L1, têm uma taxa de sucesso de 20 a 25% nos diferentes tipos tumorais, sem que se conheçam as causas de resistência ou se possam prever quais indivíduos serão os respondedores ao tratamento. Neste projeto, investigaremos se a expressão de MARCH1 está aumentada em células dendriticas de pacientes e animais com três tipos tumorais: melanoma; mama; e pulmão. Determinaremos se essa expressão está relacionada à resistência ao tratamento, e se podemos identificar uma assinatura de genes ligados a MARCH1 que seja preditiva da resposta ao tratamento com anti-PD-1 e anti-PD-L1.
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Castro Lucas de Souza

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • formação de cultura empreendedora e inovadora: jogo de talentos.
  • Estudos recentes demonstram que no Brasil há uma distância, significativa, no que se pode chamar de "função de inovação", entendida pela relação entre competência empreendedora em inovação e investimentos em P&D. No sentido de minimizar essa lacuna por meio de uma formação inovadora, o sistema educacional brasileiro propõe a criação de uma Comunidade de Trabalho-Aprendizagem em Rede (CTAR) em Empreendedorismo e Inovação, visando um trabalho pedagógico mais efetivo. A partir daí, pressupondo que o sistema educativo tem como objetivo desenvolver experiências que desafiem novas perspectivas do aluno/professor, dando oportunidade para o processo criativo, este projeto, com foco na formação de pessoas com competências empreendedoras, que venham a dissiminar a cultura de inovação e responsabilidade social, tem como objetivo desenvolver um jogo multi-plataforma, com o intuito de promover uma lógica construtiva de aprendizagem, incrementando conteúdos e promovendo a integração dos componentes pedagógicos, numa perspectiva transdisciplinar de professores e alunos. Conceitos utilizados que serão aprofundados: inovação, cultura inovadora, processo de ensino e empreendeorismo. O método utilizando abordagens qualitativa e quantitativa, em uma fase, inicial, descritiva, realizará análise documental e levantamento de percepção dos professores sobre formação empreendedora e cultura de inovação. No desenvolvimeto desse jogo será utilizada biblioteca Pygame, baseado em linguagem Python. O controle de versão será feito utilizando Git, para rastrear mudanças em arquivos de computador e coordenar o trabalho entre várias pessoas. Tais arquivos estão anexados à plataforma de controle da versão Github. A relevância teórica, social e organizacional deste estudo está em sua contribuição para o setor educacional, desempenhando papel fundamental à formação de pessoas proativas, criativas e inovadoras, ou seja empreendedoras. Os resultados esperados, dando continuidade ao projeto “Novos Talentos”, que alcançou o objetivo de formar professores/alunos, para atuarem como multiplicadores da cultura empreendedora e da inovação tecnológica, apresentam relevância sócio-organizacional ao criar mecanismos que potencializarão a formação de pessoas com diferencial competitivo, focado em competências empreendedoras e, ao contribuir para desenvolvimento de práticas que sejam manifestações de uma cultura de inovação e de responsabilidade social. O Jogo de Talentos, resultado deste projeto, promoverá, de forma lúdica, a integração de componentes pedagógicos, numa perspectiva transdisciplinar. O estudo, aqui proposto, busca incentivar uma cultura de inovação que compõem o sistema de educação público do país, desenvolvendo e disseminando informações e conhecimentos que auxiliem a construção de outros mecanismos práticos para a efetividade de ações que permitam o aprimoramento da formação empreendedora. Serão realizadas inúmeras atividades para apresentação e discussão de resultados junto às escolas pesquisadas.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Dai Prá Martens

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • efeitos do empreendedorismo no sucesso dos projetos: estudo sobre as dimensões da orientação empreendedora e o intraempreendedorismo no contexto de projetos
  • Este projeto de pesquisa propõe a aproximação de dois temas relevantes na atualidade: empreendedorismo e gerenciamento de projetos. O interesse e a importância do tema empreendedorismo têm crescido gradativamente nos últimos anos, sugerindo às organizações uma atuação diferenciada por meio de inovação, proatividade, autonomia, assunção de risco e competitividade. Paralelamente, o conceito de projetos tem se tornado essência de muitas indústrias, principalmente à medida que a mudança do mercado, o risco e a incerteza aumentam; novas formas de estruturas organizacionais surgem com a abordagem de projetos; a busca pelo sucesso dos projetos é constante. Embora a relevância desses temas no contexto organizacional, raramente eles têm sido abordados de forma conjunta na literatura, sinalizando uma lacuna a ser preenchida. Nesse contexto, este projeto tem como objetivo geral propor um modelo de relação entre o empreendedorismo e o sucesso em projetos, considerando as dimensões da orientação empreendedora organizacional e o perfil intraempreendedor dos profissionais que atuam em projetos. Para isso, este estudo considera o empreendedorismo sob dois aspectos: o empreendedorismo a nível organizacional, com o conceito de orientação empreendedora; o empreendedorismo a nível individual (o funcionário empreendedor), com o conceito de intraempreendedorismo. A presente pesquisa é caracterizada como descritiva e explanatória, e será desenvolvida por meio de survey junto a profissionais que atuam em projetos e gestores de projetos. Os resultados podem contribuir para elucidar os efeitos do empreendedorismo no resultado dos projetos e assim gerar novos conhecimento sobre os aspectos que afetam o sucesso dos projetos. Adicionalmente, será possível evidenciar se o empreendedorismo como estratégia organizacional e como comportamento dos indivíduos contribui para o melhor desempenho dos projetos.
  • Universidade Nove de Julho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Donza Cancela

Ciências Humanas

História
  • o pará e o porto: imigração portuguesa, redes sociais e trajetórias (1850-1930)
  • A proposta da pesquisa é analisar a imigração do Distrito do Porto para o Pará no período de 1850 a 1930, momento em que a borracha ganha expressividade na economia paraense, ampliando a entrada de portugueses no Estado. Embora a presença lusa no Pará, sempre tivesse sido expressiva, e as relações deste Estado com Portugal se mostrassem mais estreitas do que aquelas estabelecidas com a capital federal, a borracha ampliou as dimensões desta presença, tornando o Pará um dos principais destinos dos imigrantes portugueses, juntamente com o Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Bahia. O ano de 1850, marca a ascensão econômica da borracha na pauta de exportação do Estado, e o ano de 1930, corresponde às medidas restritivas à imigração verificadas na era Vargas. A pesquisa será desenvolvida a partir de três eixos: 1) Análise do fluxo migratório e dos marcadores sociais de origem, atividade ocupacional, gênero e geração dos imigrantes que saíram de Portugal a partir do Distrito do Porto e de seus diversos Concelhos. 2) Compreensão das redes de trabalho, negócios, familiar e de conterraneidade dos portugueses que vieram do distrito do Porto para o Pará. Isto significa discutir não apenas as redes sociais atualizadas por pessoas com posse e prestígio no Estado, mas também, por trabalhadores de diversas áreas ligadas aos serviços urbanos como ourives, caixeiros, padeiros e criadas. 3) Investigação da trajetória dos imigrantes, discutindo a permanência e mobilidade social dos indivíduos e famílias, ao longo dos quase cem anos de levantamento documental, cruzando várias gerações de pessoas de uma família ou, por outra, de diferentes momentos e posições do curso de vida de um mesmo indivíduo. Desse modo, a pesquisa encerra a análise em um jogo de escalas, na perspectiva de uma história global da imigração do Porto para o Pará. Para tanto, trabalharemos com um amplo corpo documental formado por Registros de passaporte, habilitações consulares, inventários, testamentos, registros vitais, jornais do Porto e do Pará, obras e álbuns comemorativos.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Furlanetto

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • conexão entre matéria escura e bariônica em diferentes escalas no universo
  • Caracterizar a distribuição de massa das estruturas do Universo, desde galáxias a aglomerados de galáxias, é um dos grandes desafios da Astrofísica e Cosmologia modernas. Vários estudos indicam que o acúmulo de estrelas nas regiões mais internas dos halos de matéria escura afeta o perfil de densidade da matéria escura. Este projeto visa utilizar o fenômeno de lenteamento gravitacional forte para investigar como a matéria escura e matéria luminosa estão distribuídas em galáxias e grupos de galáxias. Galáxias são os blocos de construção do Universo e, como tais, são fundamentais para uma compreensão madura e coerente dos processos que regem a construção do Universo. Grupos de galáxias, por sua vez, oferecem outra importante visão sobre a formação de estruturas, pois cobrem o intervalo de massa intermediário entre galáxias individuais e aglomerados de galáxias massivos. Os principais objetivos deste projeto são estudar a conexão entre matéria escura e bárions em diferentes escalas e entender a formação e evolução de estruturas por meio da medida da evolução da distribuição de massa em galáxias e grupos de galáxias que atuam como lentes gravitacionais. As referências observacionais oferecidas por este projeto permitirão testar o atual paradigma e entender a física subjacente nos processos de interação (ao menos gravitacional) entre a matéria escura e a matéria bariônica.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Gomes Fernandes

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • estruturas discretas e algoritmos
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Keiko Yamaguchi

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • o processo de adaptação estratégica no desenvolvimento da agricultura familiar na serra catarinense e meio oeste de santa catarina
  • A agricultura familiar apresenta significativa representação para a economia brasileira, porém, é um segmento que possui diversas demandas por políticas públicas. Ao mesmo tempo, o acesso à informação é fator determinante para o desdobramento desse processo. Embora a agricultura familiar compreender todas as atividades agrícolas de base familiar e estar ligada a diversas áreas do desenvolvimento rural, possui escasso acesso tecnológico, o que revela contradição. Essas preocupações têm sido vivenciadas pela maioria dos agricultores familiares, dado que o desenvolvimento no âmbito tecnológico é um fator determinante em termos estratégicos e contributivos na renda das famílias que sobrevivem da produção. O objetivo deste projeto visa identificar o processo de adaptação estratégica no desenvolvimento da agricultura familiar na serra catarinense e meio oeste de Santa Catarina. Aliando estratégia e agricultura familiar, este projeto pretende contribuir com estudos que visem compreender e difundir as especificidades da agricultura familiar, de modo a integrar campos distintos do conhecimento com base no arcabouço referente à adaptação estratégica. Os procedimentos metodológicos baseiam-se no levantamento e análise das formas de adaptação estratégica, por meio de dados primários a serem obtidos dos agricultores familiares gestores da propriedade rural. Os dados secundários serão pesquisados por intermédio das séries históricas de área, produção e produtividade do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Estatística (IBGE), dado de políticas públicas, plano safras da Companhia Brasileira de Abastecimento (CONAB), preços de indicadores econômicos do Instituto de Pesquisas Aplicadas (IPEA) e preços pagos ao produtor mensais do Instituto CEPA/EPAGRI. Buscar-se-á promover oportunidades de geração de renda; estimular as atividades de integração produtivas rurais e promover o espírito de cooperativismo e associativismo para melhorar a competitividade junto às propriedades das comunidades da Associação de Municípios da Região Serrana (AMURES) e da Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (AMARP) do estado de Santa Catarina.
  • Universidade do Planalto Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Cristina Lelis Leal Calegario

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • papel do conhecimento da empresa multinacional e capacidades inovativas no setor de biotecnologia agrícola no brasil
  • Esta proposta investiga como firmas locais absorvem e utilizam conhecimento de empresas multinacionais. Será analisada a diversidade das fontes de conhecimento interno e externo disponíveis e a capacidade de associar o conhecimento absorvido e sua posterior utilização. A ideia central consiste em explorar as condições sob as quais firmas locais criam conhecimento através das diferentes parcerias com empresas multinacionais. Para melhor entendimento, essa proposta incorpora principalmente teorias de Negócios Internacionais que exploram o papel da subsidiaria na geração do conhecimento em países hospedeiros e da Visão Baseada em Conhecimento que fornece suporte para compreender a capacidade de absorção do conhecimento externo e seu uso para inovação. O setor de biotecnologia agrícola apresenta-se como bastante apropriado para examinar a assimilação de conhecimento e capacidades das empresas locais, pelo fato de que nesse setor a necessidade de inovações é constante e a maior parte das inovações na indústria de sementes pesquisada e ou comercializada no Brasil foi desenvolvida por grandes empresas estrangeiras que buscam parcerias no país para acessar diversos conhecimentos específicos do mercado brasileiro. Duas fases serão necessárias nesta pesquisa. Usando dados de registro de depósito de cultivares, será possivel identificar as empresas locais envolvidas em pesquisa e desenvolvimento, e selecionar as principais para desenvolver estudos de casos múltiplos e rastrear a escala e qualidade da inovação das empresas para a segunda fase. A ideia é modelar o uso de registros de cultivares para estimar a transferência de conhecimento em empresas brasileiras usando uma metodologia de efeito misto multinível, considerando a heterocedasticidade de variância e a autocorrelação serial. Os resultados poderão contribuir para as empresas do setor de biotecnologia e de outros tecnologicamente dinâmicos reconhecerem e administrarem os benefícios da interação, uma vez que o compartilhamento de competências e conhecimento acelera e facilita o processo de inovação.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022