Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ana Katherine da Silveira Gonçalves de Oliveira

Ciências da Saúde

Medicina
  • impacto da radiofrequência fracionada microablativa e outras opções terapêuticas para tratamento da síndrome geniturinária da menopausa: contribuição da microbiota vaginal e função sexual
  • IMPACTO DA RADIOFREQUÊNCIA FRACIONADA MICROABLATIVA PARA TRATAMENTO DA SÍNDROME GENITURINÁRIA DA MENOPAUSA: CONTRIBUIÇÃO DA MICROBIOTA VAGINAL E FUNÇÃO SEXUAL •Introdução: O envelhecimento é um processo universal e inevitável que está despertando interesse em diversas áreas em todo mundo. Na mulher, além das alterações fisiológicas decorrentes da idade, ocorrem outras em função da falência ovariana que culmina com a menopausa. No período da menopausa ocorre decréscimo dos níveis hormonais e como consequência observa-se um espectro de sintomas e sinais geniturinários denominados Síndrome Geniturinária da Menopausa (SGM). A SGM pode incluir diversos sintomas genitais, como secura vaginal e no vestíbulo vulvar, ardor, desconforto e irritação vulvovaginal, além de sintomas sexuais, como falta de lubrificação e dispareunia, levando a dificuldades durante relações sexuais. Há ainda sintomas urinários, como urgência, aumento de frequência, disúria e infecções urinárias recorrentes. Clinicamente, o epitélio genital se torna mais fino, pálido e seco, e pode causar restrição e encurtamento vaginal. A mucosa pode ficar menos elástica, com perda gradual de rugosidade e alterações na microbiota vaginal, além da diminuição no fluxo sanguíneo. Em casos de atrofia severa, a superfície do vestíbulo e a vagina podem se tornar friáveis, com petéquias e ulcerações e sangrar com facilidade. O desconforto associado a essas alterações pode ter um impacto significativo na saúde em geral e na qualidade de vida destas mulheres. A recomendação para a mulher menopausada com sintomas geniturinários é a reposição local de estrógeno em baixas doses, entretanto em muitas mulheres o uso de hormônios é contraindicado, em virtude de muitas delas também apresentarem outras patologias como câncer de mama e tromboses, que contraindicam a terapia hormonal. Por este motivo se faz necessário a descoberta de opções não farmacológicas de tratamento. Métodos físicos, como laser e radiofrequência nas formas não ablativa, ablativa e microablativa, já têm sido usados para o rejuvenescimento da pele do rosto, pescoço e corpo. Neste contexto, o presente estudo propõe avaliar o efeito terapêutico da Radiofrequência Fracionada Microablativa na função sexual e nos sintomas genitourinários advindos da menopausa. •Objetivos: - Geral: Avaliar o efeito terapêutico da Radiofrequência Fracionada Microablativa e outras opções hormonais e não hormonais disponíveis sobre a função sexual, microbiota vaginal e sintomas geniturinários de mulheres menopausadas. - Específicos: Realizar Revisão Sistemática com Metanálise para avaliar a eficácia absoluta e comparativa, além da tolerabilidade dos tratamentos hormonais e não hormonais sobre a função sexual de mulheres na menopausa. Avaliar a eficácia de método alternativo (Radiofrequência Fracionada Microablativa) para tratamento da Síndrome Geniturinária da Menopausa. •Metodologia Utilizada: 1. Revisão Sistemática com Metanálise 2. Ensaio Clínico Randomizado 1.Revisão Sistemática com Metanálise Inicialmente será realizada revisão sistemática com provável metanalise, registrado no PROSPERO (International prospective register of systematic reviews) sob o número CRD42018100488, seguindo os critérios do PRISMA. •Estratégia de busca: “Menopause AND sexual behavior AND (hormonal AND therapy) AND (estrogens AND combination AND alone) AND (synthetic AND steroids) AND (selective estrogen receptor modulators) AND (nonhormonal AND treatment) AN (education) AND (lubricants) AND (moisturizers) AND (dilators) AND(Vibrators) AND (physical therapy modalities) AND (topical lidocaine) AND (laser AND therapy). •Gerenciamento de dados mediante o uso do software Review Manager (RevMan 5.2 •Avaliação da Heterogeneidade e Risco de Bias Modelos de efeitos fixos ou de efeitos aleatórios serão escolhidos dependendo da ausência ou presença de heterogeneidade entre os estudos. A heterogeneidade estatística entre os estudos será avaliada pela estatística I2 (<25%, sem heterogeneidade; 25% -50%, heterogeneidade moderada; e> 50%, forte heterogeneidade). Quando uma heterogeneidade significativa existir entre os estudos incluídos (I2> 50%), um modelo de efeitos aleatório será utilizado para a análise; caso contrário, o modelo de efeitos fixos será usado. 2. Ensaio Clínico Randomizado Em um segundo momento, será realizado um ensaio clínico de tratamento, randomizado-controlado, paralelo, aberto, com três braços. Para garantir a randomização utilizaremos o Software Research Randomizer®: as pacientes elegíveis serão codificadas e aleatorizadas em blocos na proporção de 1:1. As pacientes serão divididas em três grupos: grupo controle (sem intervenção), grupo com hormônio (Estradiol) e grupo com intervenção (RFFM). Será realizada avaliação da função sexual através do FSFI (Female Sexual Function Index), além da avaliação da microbiota vaginal e do sistema geniturinário, antes e após a cada secção de Radiofrequência Fracionada Microablativa. • Processamento e análise - criação de banco de dados que será exportado para o EPI INFO, onde será feita consistência inicial da digitação dos dados. A estatística inferencial será utilizada para estabelecer as possíveis diferenças entre os grupos, de acordo com o teste de normalidade de Komolgorov-Sminorff. Hormônioterapia com a base de Estradiol 17β, 1g duas vezes por semana, quatro semanas. Radiofrequência Fracionada Microablativa - serão feitas três aplicações na vagina/introito vaginal, com intervalos de 28 a 40 dias. Será realizada uma aplicação sequencial nas paredes vaginais sob visão direta. •Avaliação da microbiota Vaginal e percentual de lactobacilos em coloração pelo Gram •Determinação do pH vaginal •Citopatologia hormonal – para avaliação do índice de maturação celular ou de Frost, com células profundas, intermediárias e superficiais (P/I/S), expressas em porcentagem. •Avaliação do Trato Urinário - pela quantificação de células epiteliais provenientes da esfoliação
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ana Klaudia de Almeida Viana Perdigao

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • avaliação da produção habitacional e ocupação humana em assentamentos precários na amazônia: estudo de caso.
  • Objetiva-se consolidar uma metodologia desenvolvida para a avaliação da produção habitacional e da ocupação humana em assentamentos precários nas cidades de Belém e de Castanhal, no Pará. Assentamentos precários serão avaliados com base na relação entre morador e o espaço habitacional no processo de transição implícito entre remanejamento/reassentamento e a adaptação dos moradores na nova moradia. Técnicas verbais e não verbais serão empregadas para avaliação de padrões de permanência e desejo do morador, utilizando-se questionários, fotos, desenhos, tanto em visitas domiciliares quanto em oficinas nos espaços e equipamentos sociais, para a expressão dos modos de vida estabelecidos no novo local de moradia. Objetiva-se avaliar a produção e a ocupação humana para compreender o processo e a transição entre a casa anterior e a nova casa e com isso entender o lugar das referências espaciais no espaço doméstico. Trata-se de um esforço coletivo envolvendo as áreas de arquitetura, serviço social e psicologia.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Ana Laura Loureiro Ferreira

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • ii semana intermunicipal de ciência e tecnologia do paulista e abreu e lima: inteligência artificial e novas práticas
  • A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia/ SNCT possui como temática “Inteligência artificial: a nova fronteira da ciência brasileira”, possibilitando a realização de uma importante discussão na atual realidade do Brasil, a saber, o uso da inteligência artificial, bem como das tecnologias convergentes como forma de maximizar a utilização do conhecimento técnico-científico e integrando de forma mais eficiente as redes de pessoas para a promoção de uma economia mais sustentável. A temática abordada possui grande campo de desenvolvimento e envolve fatores sociais complexos, uma vez que, diante da possibilidade de alto desenvolvimento tecnológico, as dificuldades em termos de acesso à informação, à equipamentos tecnológicos ainda é uma realidade para a maior parte dos estudantes e trabalhadores no país. Portanto, o incentivo ao conhecimento sobre o assunto de forma teórica e prática é fundamental para que os estudantes, professores e população em geral despertem o interesse sobre o tema. Também é preciso levar em consideração as realidades socioculturais vivenciadas por esse público, de modo a dialogar com suas necessidades e perspectivas. Nesse sentido, são questões que devem ser problematizadas junto à população, especialmente com estudantes do ensino básico, médio e tecnológico, tanto quanto de nível superior, a fim de desenvolvermos um olhar crítico, sensível e criativo para as questões envolvidas nessa temática, perpassando diferentes áreas do conhecimento científico, com as ciências exatas e tecnológicas, as ciências biológicas e ambientais bem como as ciências sociais e econômicas. Uma vez que a instituição proponente é a Secretaria Executiva de Meio Ambiente do Paulista, as temáticas abordadas na II Semana Intermunicipal de Ciência e Tecnologia do Paulista e Abreu e Lima desenvolverá o tema da 17° SNCT de inter-relacionada à temáticas ambientais, porém não de modo restrito, expandindo também para outras áreas de conhecimento científico e problemáticas atuais. O evento ocorrerá de forma totalmente online, a partir da produção de cinco vídeos temáticos: 1.Inteligência Artificial e Desafios Ambientais; 2. Conservação e Monitoramento das Tartarugas Marinhas: contribuições da Inteligência Artificial; 3. Inteligência Artificial e Resíduos Eletrônicos; 4. Áreas Degradadas e a Contribuição do Sensoriamento Remoto para o Monitoramento e Conservação; 5. Agroecologia e Inteligência Artificial. Além dos vídeos propostos, o evento ocorrerá com inscrições de vídeos amadores/caseiros produzidos por cientistas, professores e estudantes contemplando diversos temas da IA, bem como ocorrerão palestras e mesas redondas em formato virtual (lives) com pesquisadores desse tema.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 15/12/2020-30/06/2021
Foto de perfil

Ana Lorym Soares

Ciências Humanas

História
  • literatura e historicidade: crítica à modernidade historicista e emergência de temporalidades pós-utópicas em romances distópicos contemporâneos
  • Este projeto de pesquisa tem como escopo geral estudar o modo como história e literatura se informam mutuamente em termos de modelos organizadores de escrita e de reflexão sobre a dimensão temporal da história, a partir da análise do gênero romanesco em suas manifestações na história literária recente que dá vazão a enredos e modelos de temporalidade de tonalidade distópica. Interessa-nos verificar a emergência de uma crítica à temporalidade modernista, historicista e utópica e a constituição de possíveis noções presentistas ou pós-utópicas de temporalidade nesses romances, perscrutando os sentidos atribuídos a essas operações. Para tanto, elegemos como corpus documental ficções distópicas produzidas nas últimas três décadas por autores como Michel Houellebecq (França, 1956), Antoine Volodine (França, 1950) e Gonçalo M. Tavares (Angola/Portugal, 1970), todos reconhecidos internacionalmente pela produção literária.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ana Louise de Carvalho Fiúza

Ciências Agrárias

Agronomia
  • morar na cidade e produzir no campo: as práticas de gestão e a racionalidade produtiva dos agricultores pluriativos citadinos.
  • A presente proposta de pesquisa objetiva analisar as formas de gestão e as atividades econômicas desenvolvidas por dirigentes de estabelecimentos rurais que vivem na cidade, nos pequenos municípios da Zona da Mata Mineira, nos quais este fenômeno se mostra mais pronunciado que em municípios com maior população. A hipótese a ser testada nesta pesquisa é de que a moradia na cidade e a realização de atividades não-agrícolas fora na cidade, modifica as práticas produtivas dos dirigentes de estabelecimentos rurais, as quais passam a estar mais voltadas para a racionalidade produtiva do mercado e para o lucro. A pesquisa será realizada na mesorregião da Zona da Mata Mineira, que é composta por 7 microrregiões com 142 municípios. A amostra será representativa da população e estratificada. O critério para a estratificação será a porcentagem de pessoa que dirigem estabelecimentos rurais e vive na cidade. O “n” da amostra será de 14 municípios, representando 10% da população de 142 municípios. Em cada município será sorteado uma amostragem representativa da população referente aos dirigentes de propriedade rural que vivem na cidade e no próprio estabelecimento, no campo, a fim de comparar a racionalidade produtiva de ambos os segmentos de produtores.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2022