Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Karina Couto Furlanetto

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • impacto de três doenças respiratórias crônicas em diferentes “traços-tratáveis”: estudo de coorte prospectivo.
  • A terminologia “traços-tratáveis”, do inglês, treatable traits, tem sido amplamente utilizada na literatura científica internacional para caracterizar desfechos clínicos com potencial de melhora após tratamento. Doenças respiratórias crônicas comuns como asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e doenças intersticiais pulmonares (DIP) trazem grandes prejuízos à saúde. Apesar disso, o impacto dessas três doenças respiratórias nos traços tratáveis ainda não foi investigado em um estudo de coorte prospectivo. O projeto inclui três estudos com objetivos próprios: (1) avaliar o impacto da asma, DPOC e DIP nas mudanças dos traços tratáveis ao longo de um ano de seguimento e verificar a associação com o número de hospitalizações; (2) comparar o perfil de atividade física na vida diária dos indivíduos com asma, DPOC e DIPs de acordo com a gravidade de cada doença e investigar desfechos clínicos associados; (3) traduzir e validar o instrumento Pro-Active para avaliação de atividade física de pacientes com DPOC brasileiros. O projeto de pesquisa completo será uma coorte prospectiva onde serão incluídos pacientes com asma, DPOC e DIP com idade maior que 40 anos e estáveis clinicamente. Os pacientes de acordo com sua patologia serão avaliados quanto à função pulmonar; força muscular respiratória e periférica; capacidade funcional e máxima de exercício; atividade física na vida diária; sedentarismo; atividades de vida diária; qualidade de vida; sintomas; comorbidades; sono; ansiedade; depressão; composição corporal; hospitalização no último ano e exames de sangue. Todos os participantes do estudo serão acompanhados com ligações mensais e reavaliados ao completar 1 ano da avaliação inicial (estudo 1). Espera-se identificar quais são os traços tratáveis que sofrem maior impacto em cada doença e se existe associação com as hospitalizações ao longo do tempo visando estratégias futuras. Além disso, disponibilizar a curto prazo o Pro-Active para utilização em DPOC no Brasil.
  • Universidade Norte do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Karina Kristiane Vicelli

Outra

Divulgação Científica
  • feira de ciência e tecnologia da grande dourados (fecigran)
  • A presente Feira Científica e Tecnológica da Grande Dourados(FECIGRAN)busca fomentar ações de Extensão articuladas com o Ensino e a Pesquisa por meio do envolvimento das comunidades internas e externa na realização de atividades que proporcionem a interação dialógica e transformadora entre o IFMS e a sociedade. Dessa forma, Difunde as atividades de Ensino articuladas com a Pesquisa e a Extensão, com o objetivo de despertar o interesse das comunidades interna e externa para ações desenvolvidas no IFMS. Disseminando e estimulando a criatividade e a cultura do Empreendedorismo Inovador, fortalecendo o ecossistema de inovação promovido pelo IFMS, Proporcionando a realização de um evento em que as múltiplas ações possam ser desenvolvidas com foco na integração entre as instituições de ensino, possibilitando a união entre Ensino, Pesquisa e Extensão e permitindo, desse modo, a integração da comunidade do IFMS com a sociedade. Além de estimular o interesse de estudantes e servidores pelo desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação, promovendo a troca de experiências inovadoras entre estudantes, técnicos e docentes e de outras instituições envolvidas nas atividades.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 09/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Karina Lilia Pasquariello Mariano

Ciências Humanas

Ciência Política
  • regionalismo e a agenda 2030 (ods): desenvolvimento sustentável, equidade e democracia na construção da governança regional
  • Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que conformam a agenda 2030 da ONU cobrem os principais desafios do século XXI: pobreza, desigualdade, crise socioambiental e fortalecimento das instituições democráticas. Esta iniciativa foi uma resposta aos desdobramentos da globalização, marcada por políticas neoliberais e questionamento do papel do Estado, que intensificaram esses problemas no sistema mundial. A governança regional foi moldada para atender às necessidades e adequação dos Estados à globalização, mas não às demandas das sociedades. Isso não contribuiu para promover sociedades plurais, inclusivas e democráticas fundamentadas no respeito aos direitos políticos e sociais. Pelo contrário, estimulou na última década o crescimento da radicalização política, da intolerância, do nacionalismo e de plataformas políticas anti-democráticas. Pressupomos que as organizações regionais podem contribuir para responder aos desafios dos ODS, por sua capacidade de agregar e responder aos interesses das sociedades das respectivas regiões, tanto internamente, promovendo políticas públicas justas e eficazes, como no âmbito externo, fortalecendo o multilateralismo. Este projeto parte das seguintes perguntas: i) Como esses contextos impactaram os processos de integração na América e na Europa e de governança regional relativos à formulação de políticas públicas regionais? ii) por quê o aumento de participação de atores não-governamentais na integração não contribuiu para atender às demandas que emergiram como consequência da nova ordem global? iii) como os ODS 8, 10, 11, 13 e 16 integram a agenda desses processos regionais? O nosso pressuposto é que o grau de institucionalidade e de legitimidade das organizações regionais influencia no fortalecimento ou no enfraquecimento dos processos de governança regional. Em cada um deles, a pesquisa se voltará para compreender os mecanismos político-institucionais regionais que promovem sociedades mais pacíficas, plurais e integradas.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Karina Paese

Ciências da Saúde

Farmácia
  • utilização da nanotecnologia visando reverter a resistência de bactérias à neomicina quando aplicada em lesões de pele de pacientes diabéticos.
  • As infecções de pele em membros inferiores de pacientes diabéticos são um problema de difícil solução, sendo que quando colonizadas por bactérias resistentes aos antimicrobianos costumam exigir internação hospitalar prolongada, levando a tratamentos de alto custo e ao risco de amputações e até óbitos. Além da dificuldade no combate a bactérias multirresistentes, a pele lesada apresenta alterações vasculares, o que limita o uso de tratamentos convencionais. A administração tópica de medicamentos é bem aceita pelos pacientes e uma alternativa terapêutica eficaz para tratar lesões de pele, podendo ter impacto positivo nos diabéticos e no sistema de saúde. Sistemas nanoestruturados atuam como reservatório de fármacos, liberando os fármacos de forma controlada aumentando a disponibilidade no local de ação. Adicionalmente podem ser uma estratégia valiosa para inibir o crescimento de microrganismos resistentes, sendo que trabalhos já foram descritos na literatura com diversos ativos antimicrobianos nanoencapsulados. Nossa hipótese é que a encapsulação do sulfato de neomicina em nanoestruturas possa reverter a resistência das bactérias resistentes ao fármaco e melhorar sua disponibilidade e eficácia no tratamento de infecções na pele de diabéticos. Por ser uma substância ativa hidrofílica e de difícil quantificação, poucos estudos de encapsulação são descritos com a neomicina. A estratégia consiste em desenvolver formulações de base nanotecnológica já conhecidas - nanocápsulas poliméricas e microemulsões - porém, uma inovação é a utilização de uma molécula lipídica de alto EHL que possui evidências de ser capaz de reter ativos hidrofílicos. Objetivando uma formulação semissólida final, de fácil aplicação e que possa auxiliar na hidratação e cicatrização de lesões, um hidrogel de ácido hialurônico contendo as nanoestruturas será preparado. As formulações desenvolvidas serão caracterizadas físico-quimicamente e avaliadas in vitro quanto à resposta biológica.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 16/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Karla Morganna Pereira Pinto de Mendonça

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • efeitos da atenção domiciliar para adultos com doenças respiratórias crônicas e síndrome pós covid-19 na rotatividade hospitalar: uma revisão sistemática com metanálise
  • INTRODUÇÃO: A atenção Domiciliar (AD) é caracterizada por um conjunto de ações de prevenção e tratamento de doenças, reabilitação, paliação e promoção à saúde, prestadas em domicílio, garantindo continuidade de cuidados. A AD objetiva reduzir a demanda por atendimento hospitalar, permanência hospitalar, humanização e assegurar a autonomia dos usuários. OBJETIVOS: sumarizar a evidência disponível acerca dos efeitos da atenção domiciliar para pacientes com doenças respiratórias crônicas e síndrome pós-covid-19 considerando desfechos relevantes para a implementação e consolidação de políticas públicas de atenção domiciliar no Sistema Único de Saúde. MÉTODOS: Será realizada uma revisão sistemática seguindo as diretrizes do Preferred Reporting Items for Systematic reviews and Meta-Analyses (PRISMA e PRISMA-P) e da Cochrane Collaboration. Serão incluídos ensaios clínicos controlados e randomizados. Os desfechos avaliados serão: permanência hospitalar, mortalidade, qualidade de vida, autoeficácia, aderência, estado funcional, readmissão hospitalar e satisfação do paciente. Serão elegíveis estudos com adultos com diagnóstico de doença respiratória crônica e síndrome pós-covid-19 que comparem qualquer tipo de atenção domiciliar à saúde (presenciais ou por telemedicina) comparada com atenção hospitalar. Serão pesquisadas as bases de dados relevantes em saúde e não haverá restrição de idiomas. Os estudos incluídos terão sua qualidade metodológica avaliada através da ferramenta Cochrane (RoB 2). A certeza da evidência será avaliada usando o Grading of Recommendations Assessment, Development and Evaluation (GRADE). A síntese de dados será conduzida usando o software Review Manager. RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se sumarizar toda a evidência científica disponível, utilizando metodologia rigorosa e desfechos relevantes para os usuários e gestores e assim fortalecer a prática baseada em evidência nas políticas de atenção domiciliar do SUS.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 07/12/2021-31/12/2022
Foto de perfil

Karla Morganna Pereira Pinto de Mendonça

Ciências da Saúde

Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • soluções para aumentar a aceitabilidade, adesão e cumprimento das medidas de prevenção e controle da covid-19 na população
  • INTRODUÇÃO: A instalação da pandemia da COVID-19 gerou esforços da comunidade científica global para combatê-la e minimizar o número de mortes. Existe consenso de que a melhor maneira de prevenir a COVID-19 é adoção de ações para impedir a propagação do vírus. Existem preocupações sobre a adesão às medidas internacionalmente recomendadas para a prevenção e controle do novo coronavírus. A necessidade urgente de aumentar a adesão da população às políticas de prevenção e controle em saúde pública, bem como a limitação de evidências disponíveis neste tema, justificam a necessidade do preenchimento desta lacuna no conhecimento e suportam a relevância científica desta proposta. OBJETIVO: Propor soluções para aumentar a aceitabilidade, adesão e cumprimento das medidas de prevenção e controle da COVID-19 na população. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo observacional exploratório, proposto para identificar soluções efetivas para aumentar a adesão da população às medidas de prevenção e controle da COVID-19. Uma revisão sistemática seguirá as orientações provisórias de revisões rápidas da Cochrane que normatizam a realização de revisões sistemáticas emergenciais para enfrentamento da COVID-19. Será realizada uma síntese das evidências disponíveis sobre as barreiras e facilitadores da adesão da população à prevenção do COVID-19 e outras síndromes respiratórias agudas graves. Será desenvolvido um instrumento de medidas para avaliar barreiras e facilitadores para a adesão da população às medidas de prevenção e controle da COVID-19. O desenvolvimento do questionário será realizado de acordo com o Modelo de Crenças em Saúde (HBM), classificado em seis componentes: suscetibilidade percebida, benefícios percebidos, severidade percebida, barreiras percebidas, sinais de ação e autoeficácia. A metodologia proposta seguirá as recomendações internacionais do COnsensus-based Standards for the Selection of Health Measurement Instruments (COSMIN). Serão elegíveis a participar do estudo adultos, de ambos os sexos, representantes da população brasileira residentes em todo o território nacional que tenham ou não testado positivo para a COVID-19. A amostra será definida com base nos indicadores epidemiológicos do Ministério da Saúde e agências internacionais como a Organização mundial da Saúde de forma a ser representativa no contexto nacional. Os dados serão coletados de forma online a partir da aplicação do questionário, desenvolvido neste estudo, utilizando formato eletrônico. Duas ferramentas (aplicativo móvel cross-platform e Plataforma WEB) serão desenvolvidas para permitir a implementação das ações identificadas, eficazes para aumentar a aceitabilidade, adesão e cumprimento das medidas de prevenção e controle da COVID-19. Será desenvolvida um aplicativo móvel multiplataforma, com versões para Android e iOS, e uma Plataforma Web que incluirá desenvolvimento de site, banco de dados e API Rest para acesso aos dados. Estes serão desenvolvidos em três etapas (planejamento, desenvolvimento e implementação de requisitos, correções e implementação de melhorias). As etapas de desenvolvimento e testes serão refinadas com validação da interface do usuário, definição de fluxo das atividades nos sistemas e testes de usabilidade. Os dados do estudo serão analisados usando métodos estatísticos apropriados. Serão analisados a confiabilidade (alfa de Cronbach), validade de construto (Análise Fatorial Exploratória e Confirmatória), efeito de piso e teto, viabilidade e validade preditiva do questionário.Para garantir a exclusividade da produção, uso e comercialização dos sistemas envolvidos, será comprovada a autoria através do registro no INPI, de acordo com a lei que rege a proteção dos softwares é a 9609/98, tendo como órgão responsável por realizar os registros o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), de acordo com o Decreto n° 2558/98.RESULTADOS ESPERADOS: Esperamos explorar e traduzir as lacunas no conhecimento para compreender os fatores que devem ser considerados no processo de implementação de ações de saúde pública para prevenir e controlar a disseminação da COVID-19. As soluções e produtos que serão entregues, com a implementação desta proposta, contribuirão efetivamente para as medidas previstas no Plano Nacional de Contingência, por meio de ações de educação em saúde relacionadas à promoção da saúde, prevenção e controle da infecção humana pelo novo coronavírus (COVID-19). Em adição, considerando que as evidências científicas e história natural da COVID-19 estão sendo construídas, os seus riscos deverão ser avaliados e revistos periodicamente. Os produtos de inovação científica e tecnológica derivados deste projeto (o instrumento de medida desenvolvido, a plataforma Web e o aplicativo móvel) poderão ser utilizados ao longo do tempo, para identificar, em tempo real, mudanças no comportamento da população que podem ocorrer durante o enfrentamento da pandemia e implementar as mudanças necessárias. Dessa forma, a Plataforma Web mais o aplicativo móvel cross-platform podem ser automaticamente atualizados com informações relevantes e atualizadas em saúde e a população notificada.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 16/07/2020-15/09/2022
Foto de perfil

Karla Morganna Pereira Pinto de Mendonça

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • desenvolvimento e validação de um sistema eletrônico para avaliação, suporte e monitoramento da asma (e-asma)
  • A asma é um importante problema de saúde pública e apesar de ser incurável, a asma pode ser controlada com a adoção de medidas de manejo e tratamento adequados. A avaliação e o monitoramento rotineiro do controle da asma são essenciais para minimizar as repercussões da doença, riscos futuros e mortalidade. Os instrumentos de medida disponíveis para avaliar o controle da asma apresentam limitações relacionadas à abrangência dos itens para o construto investigado e sua aplicabilidade restrita à faixas etárias distintas. Ainda inexiste uma ferramenta eletrônica de automanejo que possibilite avaliação periódica e registro diário dos determinantes do controle da asma, ao longo de todos os ciclos da vida do paciente, capaz de assegurar o automonitoramento, educação em asma e disponibilizar ao profissional de saúde relatórios de sintomas e escores de controle da doença. Com o crescimento da mobile health alguns aplicativos móveis (app) estão disponíveis para pessoas com asma. Entretanto, estes, em sua grande maioria são traduções de apps desenvolvidos em outros países. Além disso, incluem materiais educativos que por vezes não são confiáveis, ou seja, não seguem as mais recentes diretrizes clínicas sobre o manejo da asma. O objetivo desta proposta envolve o desenvolvimento e validação de um sistema eletrônico de avaliação e monitoramento do controle da asma e educação em saúde para crianças, adolescentes e adultos com asma, assim como para pais/cuidadores, chamado e-ASMA. A proposta se divide em três estudos principais: (1) uma revisão sistemática das propriedades de medida dos instrumentos disponíveis para avaliação do controle da asma; (2) desenvolvimento e validação dos instrumentos de medida propostos para avaliar o controle da asma (questionário e diário) e suas respectivas versões para crianças (>5 anos), adolescentes e adultos com asma e sua rede de apoio (cuidadores/pais); (3) desenvolvimento e validação de um app, sistema web e portal público.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Karla Patricia Santos Oliveira Rodríguez Esquerre

Outra

Divulgação Científica
  • educação científica para justiça social: ciência de dados e inteligência artificial e estudos sobre questões raciais, sociais e de gênero no ensino público
  • Os recentes avanços no uso da informação têm trazido várias mudanças na história da sociedade. Com isso, novos desafios para a justiça social surgem em um contexto caracterizado por tecnologias da informação e comunicação, na presença de notícias falsas, grande quantidade de dados e internet das coisas. Adicionalmente, algoritmos e tecnologias trazem preconceitos sociais, raciais e/ou de gênero em sua estruturação. Isso revela a urgência de mecanismos e oportunidades mais equânimes para divulgação e acesso à ciência. A proposição deste projeto se dá na continuidade da parceria entre universidade, escola, professores, alunos e pesquisadores com o intuito de desenvolver e aplicar estratégias de aprendizagem para estimular o desenvolvimento de competências e habilidades voltadas à alfabetização científica de estudantes do ensino fundamental II e médio de escolas públicas. Desse modo, o esforço é para que discentes reconheçam, construam e proponham soluções aos problemas da sociedade através de metodologias, instrumentos e tecnologias que envolvam o pensamento científico, estatístico e computacional. Essa proposta envolve iniciativas de dois projetos de pesquisa: Meninas na Ciência de Dados e Ciência de Dados em Educação Pública, através dos quais, mil alunos do ensino fundamental e médio, de seis escolas públicas de Salvador, são beneficiados. Assim, a desconstrução das barreiras curriculares entre estatística, informática e ciências é promovida por meio de práticas investigativas, que relacionam criticamente a produção de conhecimento e protagonismo social, racial e de gênero nas escolas e em contextos externos. Para tanto, o trabalho é desenvolvido por uma equipe multidisciplinar, composta por professores, graduandos, pós-graduandos e profissionais da UFBA e de instituições parceiras, de várias áreas do conhecimento, que contribuem para a mediação de novos conhecimentos e na orientação dos estudantes das escolas públicas para iniciação científica.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Karlla Antonieta Amorim Caetano

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • análise das doenças transmissíveis e cobertura vacinal em tempos de pandemia da covid-19 em população quilombola de goiás: estudo de método misto
  • A despeito dos grandes avanços científicos e tecnológicos, as doenças infecciosas ainda representam importante causa de morbimortalidade global, especialmente em regiões e populações empobrecidas, onde as precarias condições de vida e de acesso aos serviços de saúde e imunização permeiam o cotidiano dessas populações, mantendo as iniquidades sociais. No Brasil, um país com grande diversidade cultural e socioeconômica, Comunidades Remanescentes de Quilombos representam um grupo empobrecido, que vivem, em geral, isolados geograficamente, e apresentam características e condições de vida que os colocam em situação de vulnerabilidade para os agentes infecciosos. Em 2004, um estudo conduzido por nosso grupo de pesquisa, em quilombolas de Goiás e Mato Grosso do Sul, mostrou uma elevada prevalência para hepatites A e B, e casos de transmissão intrafamiliar de HTLV. Desde então, várias vacinas foram introduzidas pelo Programa Nacional de Imunizações do Brasil, porém observa-se nos últimos anos uma baixa adesão da população em geral. Em 2020, surgiu a pandemia da COVID-19, que tem impactado a vida humana globalmente, e como toda doença infecciosa, vem apresentando grande repercussão em populações mais vulneráveis economicamente e socialmente. Assim, a proposta deste estudo é avaliar a prevalência das infecções pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), vírus T-linfotrópico humano (HTLV), vírus da hepatite B, vírus da hepatite A, vírus da hepatite E, sífilis e SARS-CoV-2, além de analisar a cobertura vacinal, segundo o calendário nacional de vacinação, e o acesso à vacina contra COVID-19 em grupos quilombolas de Goiás. Também, pretende-se compreender a influência sociocultural nas práticas de prevenção e controle das doenças transmissíveis e hesitação vacinação. Para tanto, a proposta do estudo é realizar um estudo misto, a partir de um inquérito domiciliar e um estudo qualitativo do tipo Pesquisa Social.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 25/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Karlucy Farias de Sousa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • v mostra limoeirense de projetos (v moslipro)
  • Recentemente, em uma pesquisa realizada pela Economist Intelligence Unit (EIU) e publicada pela Pearson, o Brasil ficou em penúltimo lugar no ranking mundial de educação, ficando à frente apenas da Indonésia. De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), responsável pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), "o Brasil precisa encontrar meios de trabalhar com a baixa performance dos alunos para motivá-los, criar expectativas para todos e reduzir as taxas de abandono dos estudos". Nesse contexto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) vem assumindo uma função estratégica na difusão de tecnologias e, sobretudo, na formação de profissionais capacitados e aptos à inserção no mercado de trabalho. O Campus de Limoeiro do Norte está localizado em uma das sete mesorregiões do Estado do Ceará, a Mesorregião do Jaguaribe, que se sobressai no cenário econômico do Ceará dada a sua vocação agroindustrial, com destaque para a agricultura irrigada. A prática dessas atividades desencadeou a carência de mão-de-obra especializada e, cada vez mais, o emprego de novas tecnologias em vários ramos do conhecimento tornou-se imprescindível. A região foi beneficiada por programas de desenvolvimento nos últimos anos; contudo, a comunidade detinha apenas o conhecimento básico, que é capaz de gerar baixa renda local, limitando-se à agricultura familiar. Com o advento da tecnologia e do conhecimento, muitos irrigantes e empreendedores passaram a explorar mais intensivamente essa atividade, buscando qualidade nos produtos produzidos ou transformados. No entanto, a região ainda carece de uma cultura de pesquisa: a população ainda acredita que fazer pesquisas é algo distante, alheio a sua realidade, algo que somente as pessoas trancadas em laboratórios fazem. A comunidade não percebe que suas crianças podem ter ideias geniais para resolver problemas na agricultura, na produção de alimentos ou para curar uma doença usando a medicina popular. Falta à cidade e à região momentos nos quais as crianças tenham consciência das dificuldades da população e encontrem a paixão por descobrir e por sonhar com algo novo e diferente. Essa é a proposta da V MOSLIPRO: fazer a ponte entre a imaginação e a realização, trazendo para o dia a dia da cidade a iniciação científica. Se a pesquisa for apresentada aos estudantes, professores, empresas e comunidade como algo real, próximo, divertido e gratificante, acreditamos que o número de jovens envolvidos aumentará e o uso do conhecimento científico como mecanismo de empoderamento e transformação social virará algo cultural. O IFCE, como promotor do início dessa cultura, será protagonista no nascimento de novos pesquisadores; terá ainda a possibilidade de contribuir na sua formação e crescer profissionalmente com eles. A ganhadora do prêmio Nobel da Paz de 2014, Malala Yousafzai, declarou em seu discurso de aceitação ao prêmio que “a educação é uma das bênçãos da vida e uma de suas necessidades”. Paulo Freire afirmou que “não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino”. É por acreditar no papel transformador da educação que defendemos a melhoria do ensino através do fomento à pesquisa.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 29/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Karlucy Farias de Sousa

Outra

Divulgação Científica
  • vi mostra limoeirense de projetos (vi moslipro)
  • De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), responsável pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), "o Brasil precisa encontrar meios de trabalhar com a baixa performance dos alunos para motivá-los, criar expectativas para todos e reduzir as taxas de abandono dos estudos". Nesse contexto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará vem assumindo uma função estratégica na difusão de tecnologias e, sobretudo, na formação de profissionais capacitados e aptos à inserção no mercado de trabalho. O Campus de Limoeiro do Norte está localizado em uma das sete mesorregiões do Estado do Ceará, que se sobressai no cenário econômico do Ceará dada a sua vocação agroindustrial, com destaque para a agricultura irrigada. No entanto, a região ainda carece de uma cultura de pesquisa: a população ainda acredita que fazer pesquisas é algo distante, alheio a sua realidade, algo que somente as pessoas trancadas em laboratórios fazem. A comunidade não percebe que suas crianças podem ter ideias geniais para resolver problemas na agricultura, na produção de alimentos ou para curar uma doença usando a medicina popular. Falta à cidade e à região momentos nos quais as crianças tenham consciência das dificuldades da população e encontrem a paixão por descobrir e por sonhar com algo novo e diferente. Essa é a proposta da VI MOSLIPRO: fazer a ponte entre a imaginação e a realização, trazendo para o dia a dia da cidade a Iniciação Científica. Se a pesquisa for apresentada aos estudantes, professores, empresas e comunidade como algo real, próximo, divertido e gratificante, acreditamos que o número de jovens envolvidos aumentará e o uso do conhecimento científico como mecanismo de empoderamento e transformação social virará algo cultural. Paulo Freire afirmou que “não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino”. É por acreditar no papel transformador da educação que defendemos a melhoria do ensino através do fomento à pesquisa.
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 08/12/2021-31/12/2023
Foto de perfil

Kassio Ferreira Mendes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • aplicação de nanopartículas, filme de acetato e bonechar para a eficiência agronômica e comportamento de herbicidas no agroecossistema
  • 1) Atualmente, existe um grande interesse na utilização de nanomateriais na agricultura, como, por exemplo, os Hidróxidos Duplos Lamelares (HDLs), como uma alternativa para aumentar a eficiência de utilização de moléculas de interesse, proporcionada por meio de uma liberação lenta e/ou, controlada para o solo e plantas. Neste sentido, uma alternativa para disponibilizar o metribuzin de forma sustentada é o armazenamento deste em matrizes inorgânicas hospedeiras bidimensionais, como os HDLs. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo avaliar a associação de HDL intercalados com metribuzin (HDL-metribuzin) como matriz de liberação lenta e controlada do herbicida no solo. 2) A difusão de substâncias por meio de filmes de acetato de celulose, por exemplo, pode ser estendida por um período mais longo de tempo a uma taxa controlada e, assim, serem utilizados como membranas para o desenvolvimento de sistemas de liberação lenta de substâncias, como os herbicidas. Assim, o objetivo com esse projeto é produzir materiais biodegradáveis com incorporação do linuron, para avaliar seu comportamento no solo, mas com enfoque no controle físico e químico de plantas daninhas. Outra meta é avaliar se o filme é capaz de impedir o desenvolvimento das Cyperaceae, que causam inúmeros problemas para as culturas olerícolas. 3) O acetato de celulose (polímero biodegradável) pode ser usado como matriz polimérica ao bonechar (carvão de osso), como alternativa ambientalmente viável para remoção de herbicidas da água. O objetivo é produzir um filme de bonechar e acetato de celulose para remoção de herbicidas da água; analisar as melhores proporções do bonechar para o acetato de celulose visando a produção de um filme com características físicas ideais; avaliar qual a taxa de aplicação do bonechar em filme de acetato proporciona a melhor remoção dos herbicidas analisados. Todas as quantificações do comportamento dos herbicidas serão realizadas por cromatografia líquida de alta eficiência.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Katharine Ninive Pinto Silva

Ciências Humanas

Educação
  • o novo ensino médio na rede federal de educação profissional, científica e tecnológica e nas escolas técnicas estaduais dos estados do ceará, pará e pernambuco - desafios para o trabalho docente e para a formação da juventude
  • A pesquisa aborda o "Novo Ensino Médio" no contexto da reconfiguração do processo de escolarização dos jovens das escolas públicas no Norte e Nordeste do Brasil, tendo como especificidade o processo de implementação da reforma iniciada pela Lei 13.415/2017, seus dispositivos reguladores e suas implicações no processo de desescolarização dos jovens das escolas públicas e na precarização do trabalho docente. Dessa forma, busca problematizar a Educação Profissional na modalidade Integrada ao Ensino Médio no contexto das reformas que estão sendo implementadas na atualidade e as interferências do chamado Novo Ensino Médio na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e nas Escolas Técnicas Estaduais dos estados do Ceará, Pará e Pernambuco, considerando especialmente os desafios para o trabalho docente e para a formação dos jovens. Para tanto, o problema geral da pesquisa é o de saber como a Reforma do Ensino Médio, realizada através da Lei nº 13.415/2017 e seus desdobramentos, vem impactando o Ensino Médio Integrado em Institutos Federais e Escolas Técnicas Estaduais? A nossa hipótese é de que há uma ênfase perigosa na formação flexível e no estreitamento curricular com grandes desafios para o trabalho docente e a formação dos jovens. Como estratégia metodológica, a pesquisa matricial envolverá análise documental, aplicação de questionários com gestores, docentes e discentes do Ensino Médio Integrado e amplo debate dos dados e achados através de Reuniões de Trabalho da equipe e realização de Colóquios a partir da pesquisa e divulgação dos resultados em eventos científicos e publicações de artigos em periódicos e livros.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Katherine Athayde Teixeira de Carvalho

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • terapia de micrornas de células precursoras neuronais no tratamento da doença de parkinson.
  • A Doença de Parkinson é uma doença degenerativa cujas alterações motoras decorrem principalmente da morte de neurônios dopaminérgicos. As manifestações motoras incluem tremor de repouso, bradicinesia, rigidez com roda denteada e anormalidades posturais. A DP tem elevado impacto social e financeiro. Estima-se que o custo anual mundial com medicamentos antiparkinsonianos esteja em torno de 11 bilhões de dólares, sendo o tratamento cerca de três a quatro vezes mais caro para os pacientes na fase avançada da doença. Os medicamentos utilizados no tratamento da DP são sintomáticos, ou seja, repõem parcialmente a dopamina que está faltando, mas não evitam o progresso da doença. As células-tronco têm capacidade regenerativa e potencial de diferenciação. Evidências sugerem que o efeito terapêutico dessas células não é devido a célula em si, mas sim aos efeitos parácrinos causados pelos produtos extracelulares, por exemplo, os exossomos, que são estruturas ricas em material genético com importante papel na comunicação célula-célula e na imunomodulação, dentre eles os microRNAs (miRNAs). Assim, propomos o estabelecimento de terapia para a DP baseada nos miRNA presentes nos exossomos. Os miRNAs serão testados in vitro quanto à toxicidade para células sanguíneas e de neuroblastoma, será avaliada a funcionalidade desses miRNAS através de ensaios de transfecção, proliferação celular e efeitos na neuroinflamação. Os miRNAS que apresentarem resultados satisfatórios nos testes in vitro e não apresentarem efeitos tóxicos serão incorporados em nanoemulsões catiônicas e utilizados no teste pré-clínico. O parkinsonismo será induzido com a neurotoxina 6-hidroxidopamina e os animais serão tratados por 4 semanas com a nanoemulsão de microRNAs. Após a exposição, os animais passaram por avaliação motora e serão sacrificados para análise histopatológica do tecido cerebral. Assim, espera-se o desenvolvendo de um nanomedicamento seguro para uma proposição futura de estudo clínico.
  • Hospital Infantil Pequeno Príncipe - PR - Brasil
  • 08/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Kátia Bones Rocha

Ciências Humanas

Psicologia
  • intervenção psicossocial para adolescentes brasileiros em idade escolar: prevenção da infecção por hiv e outras infecções sexualmente transmissíveis (ists).
  • A epidemia de HIV/AIDS atinge significativamente a população mundial e a população brasileira. Segundo dados do Boletim Epidemiológico de 2018, dezessete estados brasileiros tiveram aumento nas taxas de detecção de AIDS, no período entre 2007 e 2017. Ademais, observa-se, nesse mesmo período, um aumento na porcentagem das infecções por HIV na faixa de 15 a 19 anos. Em 2007, 2,4% do total de infecções por HIV estavam nessa faixa etária. Em 2018, esse percentual é de 5,2%. (Ministério da Saúde, 2018). Com essa realidade, tornam-se necessárias intervenções com a população jovem, para modificar esse cenário e diminuir o número de novas infecções. Por esse motivo, o presente estudo buscará realizar uma intervenção psicossocial em escolas da rede de ensino básico nas cidades de Porto Alegre, Porto Velho e Aracajú, com foco na promoção de atitudes e estratégias comunicação sexual assertiva e de autocuidado com jovens sobre a prevenção do HIV/AIDS, infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), reprodução humana e métodos contraceptivos, utilizando um protocolo estruturado. O protocolo de intervenção será adaptado de Mathews et al., (2012) através de um estudo quantitativo de delineamento quase-experimental de avaliação pré e pós intervenção, visando o aumento da intenção do uso do preservativo, do uso do preservativo e dos conhecimentos relacionados ao HIV/AIDS e outras ISTs e da comunicação sexual assertiva com grupo controle e seguimento. Também será desenvolvido um aplicativo de smartphone, que será utilizado para monitorar o andamento da intervenção. Os participantes do estudo serão estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental à segunda série do Ensino Médio. Além de variáveis sociodemográficas, também avaliaremos, através de instrumento adaptado por Ramiro et al., (2012) comportamento sexual, crenças e conhecimentos sobre métodos conceptivos, gravidez, HIV e outras ISTS. Ao final desse estudo, buscamos testar a adequação da intervenção para alunos no contexto brasileiro, avaliar se a intervenção contribui para modificar conhecimentos e crenças relacionados ao HIV e outras ISTs, bem como a intenção e uso do preservativo. Ainda, buscaremos transformar a intervenção realizada durante este projeto em um protocolo que poderá ser aplicado por outras pessoas, profissionais e instituições, incluindo o aplicativo de celular, que poderá ficar disponível após o término do projeto.
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 02/03/2020-31/03/2023
Foto de perfil

Kátia Leite Mansur

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • análise do passado para pensar o futuro: as variações do nível relativo do mar no território do geoparque costões e lagunas do rj
  • A partir de temas como as variações do nível do mar e a importância de seu registro paleogeográfico, sua reconstituição em modelos ambientais - inclusive preditivos, e da análise e mapeamento da Geodiversidade, dos serviços ecossistêmicos por ela prestados, e da relevância da Geoconservação para a gestão territorial, este projeto tem por objetivo analisar os impactos de eventuais futuras variações nos dezesseis municípios costeiros que que integram o território do Geoparque Costões e Lagunas no Estado do Rio de Janeiro. Os resultados destas análises será usado para propor diretrizes geoconservacionistas na divulgação científica dos resultados para a sociedade a partir da Geocomunicação. Para atingir este objetivo, serão inventariados os geossítios, em especial os que contenham indicadores de variação do nível relativo do mar. A partir destes serão realizadas as reconstituições paleogeográficas, simulações de cenários futuros possíveis - segundo o IPCC, e a partir da interação destes com os serviços ecossistêmicos prestados pela geodiversidade mapeada serão avaliados os potenciais impactos e criadas diretrizes de gestão territorial, com propostas para mitigação/adaptação. Todas as etapas são públicas e fartamente documentadas e divulgadas através dos canais de comunicação e redes sociais já existentes e a serem criados. Em especial destaca-se a aderência aos seguintes Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU: ODS4 – “Assegurar a educação inclusiva e equitativa ... para todos”, onde temos larga experiência e produtos já disponíveis do Geoparque, Caminhos Geológicos e Caminhos de Darwin, caminhadas guiadas, livretos, e GeoDias. Desta feita incorporaremos materiais audiovisuais, com intérpretes de libras. Os sítios destacados por seu valor educacional, turístico e científico terão podcasts descrevendo e explicando o local. ODS13 – “Medidas para combater impactos da mudança climática”, que é o tema central do projeto: entender as mudanças do passado para pensar o futuro. Nossa preocupação está tanto no inventário dos sítios com indicadores de variação do nível relativo do mar no Quaternário, como nas ameaças que as mudanças climáticas podem levar a populações e ecossistemas. ODS14 – “Conservação e uso sustentável ... dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável”, igualmente intrínseco ao projeto, a ser desenvolvido ao longo da área costeira de 16 municípios. A variedade ambiental deste território condiciona a existência das mais variadas formas de aproveitamento de recursos pelas comunidades de pescadores, quilombolas, Unidades de Conservação, áreas urbanas, com turismo e indústria, inclusive do petróleo, com as duas maiores bacias produtoras de óleo e gás do Brasil: Campos e Santos. ODS15 – “Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres...”, através do mapeamento da geodiversidade e dos essenciais serviços ecossistêmicos por ela prestados. Bio e geodiversidade são inseparáveis e, portanto, devem ser olhados em conjunto. Finalmente, no ODS17 – “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”, postulamos que os geoparques são soluções do século 21 para a conservação, educação e desenvolvimento local sustentável. Trata-se de um programa da UNESCO que busca elevar a sociedade ao papel de gestora dos recursos naturais, através da popularização da ciência. O Projeto Geoparque Costões e Lagunas do RJ busca esta certificação internacional. No website do Geoparque (https://geoparquecostoeselagunas.com) é possível verificar as atividades e ações desenvolvidas neste sentido. Informação de qualidade, aliada a ações de apoio a atividades turísticas de base comunitária, proteção de sítios de relevância para o ensino, ciência e turismo fazem parte da nossa meta de desenvolvimento local a partir da geoconservação, geoturismo e geoeducação.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 15/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Katia Ramos Moreira Leite

Ciências da Saúde

Medicina
  • o uso da biópsia líquida para o diagnóstico de metástases linfonodais no carcinoma peniano
  • O Câncer de Pênis (CaPe) é um tumor prevalente no Brasil com taxas exorbitantes de 8.3/100.000, predominante na população de baixo poder aquisitivo, principalmente das regiões norte e nordeste. A identificação de doença metastática linfonodal no CaPe é parte crucial da propedêutica e tratamento. Os pacientes sem linfonodos palpáveis têm uma incidência de micrometástases que pode alcançar 25%. A linfadenectomia inguinal precoce tem uma relação importante com a sobrevida quando comparada com a linfadenectomia de salvamento. Os tumores de risco intermediário ou alto (pT1G2, pT2-4 ou qualquer pTG3) devem ser submetidos a dissecção linfonodal superficial ou inguinal modificada. Esse procedimento está relacionado a grande morbidade como a infecção da ferida operatória, deiscência e isquemia cutânea que atingem 77%, sendo 10% graves. Mais tardiamente existe o desenvolvimento de linfedema dos membros inferiores e região genital, que predispõe a isquemia e infecção da pele e tecido celular subcutâneo. Estudos tentam definir fatores previsores de metástases linfonodais, tentando reduzir a indicação cirúrgica e assim a morbidade a ela relacionada. A biópsia líquida possibilita a identificação de células tumorais circulantes, ácidos nucleicos, plaquetas educadas por tumores, exossomos etc. que são liberados na circulação e tem sido utilizada para a detecção precoce de tumores, estadiamento, prognóstico, previsão de resposta a terapias e presença de doença residual mínima. Nosso objetivo é prever o comprometimento de metástases linfonodais com a determinação de mutações usando a tecnologia de biópsia líquida e NGS em pacientes tratados cirurgicamente por carcinoma epidermóide de pênis com indicação de linfadenectomia. Para isso será coletado 20 ml de sangue periférico para obtenção de plasma. O DNA será extraído e submetido a processamento de NGS para determinação das mutações mais comumente identificadas no CaPe.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Katiane de Oliveira Pinto Coelho Nogueira

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • caracterização do perfil biometálico no plasma, urina e cabelos de pacientes portadores de doenças neurodegenerativas como método para determinação de novos biomarcadores
  • O envelhecimento populacional de caráter progressivo, fenômeno inicialmente relatado em países desenvolvidos e altamente industrializados, passou a ser evidenciado nos últimos 10-15 anos em nações em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Apesar de louvável, o envelhecimento progressivo trará consigo o aumento da incidência de doenças degenerativas do sistema nervoso central (SNC). A cada ano são contabilizados 7,7 milhões de novos casos. Estima-se que esse número seja de 115,4 milhões em 2050. Uma das hipóteses apregoadas pela literatura médica correlaciona a deposição de biometais no SNC, com ocorrência de desequilíbrio redox, ativação de cascatas metabólicas, apoptose e morte neuronal, como fatores associados às doenças degenerativas. Apesar disso, um número considerável de idosos não evolui com alterações degenerativas deste sistema orgânico. Nesse intuito serão avaliados 150 idosos saudáveis, 100 idosos com diagnóstico clínico de Deficiência Cognitiva Leve (DCL) e 100 pacientes com diagnóstico clínico de Deficiência Cognitiva Maior (DCM). Esses voluntários serão submetidos ao screening inicial por meio da aplicação do Mini-Exame do Estado Mental. Estratificados nos três grupos acima descritos, serão submetidos a cada oito meses, à exames de rastreio de condições que possam desencadear deficiência cognitiva, bem como a pesquisa de biometais no sangue periférico, urina e cabelo por um período de 3 anos. Assim, pretendemos avaliar se há um ponto de “viragem” no perfil biometálico de pacientes DCL para DCM que possa nos indicar um possível marcador a ser desenvolvido pela análise de multivariância e padrões observados na quantificação dos biometais. Além disso, a partir da quantificação dos biometais em pacientes com DCM, mais especificamente com indicativo de Doença de Alzheimer, pretendemos propor um padrão de distribuição de biometais que possa ser utilizado como biomarcador para a doença.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Katiany Rizzieri Caleffi Ferracioli

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • derivado oxadiazólico de n-acilhidrazona: potencial agente anti-tuberculose
  • A utilização de fármacos de segunda linha no tratamento da tuberculose (TB) apresenta baixa eficácia, requer um período maior de administração (18-24 meses), maior custo e vários efeitos adversos com baixa taxa de cura (aproximadamente 60%). Neste contexto, a investigação de novos fármacos alternativos para contornar a resistência em M. tuberculosis está se tornando cada vez mais necessária para se estabelecer terapias mais seguras, eficazes e de menor custo especialmente contra TB resistente. Com base nos bons resultados apresentados pelo composto N-acilhidrazona (CIM: 7,8 ug/ml) e nos estudos preliminares e inéditos com seu derivado oxadiazólico (CIM: 0,24 ug/ml), o qual tem mostrado potente atividade anti-TB e seletividade aos bacilos, esperamos com o presente estudo avançar no conhecimento sobre a atividade e modo de ação destes novos compostos promissores na busca principalmente por terapias contra TB-MDR (multidroga resistentes) e TB-XDR (extensivamente resistentes). O estudo envolverá metodologias in vitro e em in vivo usando o modelo invertebrado alternativo Galleria mellonella. Será utilizado ferramentas de transcriptômica e proteômica para desvendar o modo de ação dessas moléculas no bacilo. Além disso o potencial de inibição de bombas de efluxo de fármacos e alterações morfológicas induzidas por estas moléculas no bacilo serão visualizadas por meio de microscopia eletrônica o que inovam esta proposta. Dessa forma, a presente proposta visa contribuir com a área tecnológica farmacêutica identificando para produção potenciais moléculas com ação antitubercular em futuras aplicações terapêuticas contra TB.
  • Universidade Estadual de Maringá - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Katiúscia Machado Nobre Borba

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • hexa hidro clean materiais avançados para tratamento de efluentes
  • Este projeto visa o desenvolvimento de uma família de produtos nano estruturados, chamados Hexa Hidro Clean, voltados ao tratamento de efluentes industriais, principalmente aqueles contaminados com elevados níveis de ácidos e orgânicos voláteis (hidrocarbonetos). Atualmente, as indústrias que realizam o tratamento de efluentes industriais avaliam a condição (contaminantes) e, se cabível, realizam tratamento químico e após encaminham o material para a empresa de tratamento de esgoto, que realiza o tratamento biológico. Caso não seja possível tratar o efluente, este é enviado para incineração. Só em São Paulo são destinados para incineração cerca de 3.000 ton/ano de efluente ácido e 10.000 ton/ano de efluente com solvente. Com o progressivo aumento populacional mundial, a água é uma preocupação constante na agenda global da comunidade científica mundial. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 2,6 bilhões de pessoas no mundo não têm acesso a saneamento básico, e a projeção é que a situação se agrave. No Brasil, em cada mil crianças que nascem, pelo menos 16 não chegam aos 5 anos pela falta de água potável e 35 milhões de pessoas não possuem uma fonte de água potável. Assim, ao elevar os níveis de Saneamento básico do País, o projeto adere às diretrizes da Economia Circular e se configura como uma solução tecnológica de cunho social. Existe um grande gap tecnológico no tratamento de efluentes industriais, pois os materiais existentes não são quimicamente seletivos e efetivos para descontaminação de altos níveis de ácido e hidrocarbonetos. No desenvolvimento da família de produtos Hexa Hidro Clean, resolvemos este GAP através da utilização MATERIAIS AVANÇADOS, tendo como materiais de partida o grafeno e líquidos iônicos, sendo necessário um grande aprofundamento em conhecimentos de química fina. A funcionalização não covalente do grafeno preserva suas excelentes propriedades estruturais e eletrônicas, juntamente com a deposição simultânea de novos grupos químicos na superfície e leva a uma maior dispersibilidade e reatividade catalítica do material híbrido. Por esse motivo o grafeno disperso em líquidos iônicos (LIs) parece ser a maneira mais lucrativa de tirar proveito de suas propriedades. De fato, a funcionalização não covalente de grafeno ou óxido de grafeno tem sido extensivamente estudada para que haja interações entre espécies orgânicas ou inorgânicas em sua superfície. Essa técnica deve levar a materiais híbridos que combinam o melhor das propriedades de cada um dos componentes individuais. Em conjunto com o grafeno, os líquidos iônicos (LIs) promovem uma maior interação entre os hidrocarbonetos, facilitando a sua retirada da água. Os LIs garantem a possibilidade de diferentes combinações cátion-ânion e tamanho da cadeia alquídica, que modificam propriedades tais como a hidrofobicidade e hidrofilicidade da superfície do material estruturado. Estudos em andamentos, em nosso grupo de pesquisa mostram que algumas famílias de líquidos iônicos possuem propriedades antifungicidas, que seriam muito atrativas também para o tratamento de águas. As blendas de grafeno e LI foram sintetizadas e aplicadas a efluentes para validar a capacidade de tratamento dos materiais em escala laboratorial. Os materiais se mostraram eficientes no tratamento dos efluentes promovendo a descontaminação dos mesmos. Ao término dos 6 meses do projeto, em FASE 1, o principal objetivo foi atingido, chegamos a TRL4, ou seja, realizamos a validação laboratorial do MVP para tratamento dos efluentes orgânicos. Na Fase 2 do projeto chegaremos a TRL9 e a comercialização pioneira do Hexa Hidro Clean.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 29/09/2021-31/03/2023