Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Martonio Mont'Alverne Barreto Lima

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • constitucionalismo de 1967/1969 e o pensamento político brasileiro: cultura jurídica, intervenção do estado e jurisdição constitucional
  • Interpretações sobre o que é Constitucionalismo modificam-se conforme referencial teórico, uma vez que estas são resultantes das análises dos processos históricos e culturais. Usualmente, o termo se refere a movimentos jurídicos, sociais, ideológicos e políticos que, em conjunto, materializam suas aspirações em um documento constitucional. O olhar da literatura nacional sobre o constitucionalismo tende a incorporar reflexões teóricas internacionais e, por conseguinte, não reconhecimento das experiências e singularidades locais. Essa assertiva é evidenciada no pouco aprofundamento empírico e teórico de um período recente da história constitucional brasileira (1967-1969). Neste interstício há a vigência da Constituição de 1967 a qual coexistiu com atos institucionais que dimensionavam novos caminhos ao regime jurídico-administrativo. Os reflexos desse cenário alcançaram a jurisdição constitucional, a intervenção estatal em searas sociais e econômicas. As produções científicas que abordam este período apresentam fosso nesta área de conhecimento por não analisarem questões relativas ao Constitucionalismo de 1967 e suas faces. Analisar episódios do passado permite estabelecer bases sólidas para melhor compreensão do futuro. Delineia-se como hipótese que o não reconhecimento da presença de um Constitucionalismo em 1967 ofusca a compreensão sobre o tema, impossibilita reflexões e seus desdobramentos sobre a constituição correlata. Decorre a necessidade de elucidar este vazio por meio da construção de arcabouço teórico-prático a partir da análise de documentos relativos à Assembleia Nacional Constituinte, ao controle de constitucionalidade, a atas e anais do Congresso Nacional e fontes secundárias. As opções metodológicas para consecução deste estudo convergem com a abordagem qualitativa e estudo crítico-analítico de base documental, tendo como unidades de análises: o pensamento constitucional, a cultura política, a intervenção estatal e a jurisdição constitucional.
  • Universidade de Fortaleza - CE - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mary Sandra Guerra Ashton

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • projetos culturais, turismo e desenvolvimento socioeconômico em cidades criativas do brasil e portugal
  • As cidades criativas surgem da necessidade de se ter um novo modelo de cidade mais sustentável, e seu conceito funda-se no uso da cultura e das práticas culturais com maior dinamismo e adaptações às necessidades econômicas e de qualidade de vida urbana. Portanto, de maior valorização da cultura e do saber fazer, das habilidades e competências da população como principal insumo para a geração de desenvolvimento social e econômico. Nesse contexto, as cidades criativas são arquitetadas a partir da implementação de projetos culturais, aqui compreendidos como os que tem a sua centralidade na cultura e nas artes em quaisquer linguagens artísticas, como os museus, as casas de cultura, teatros ou bibliotecas, entre outros. Desse modo, as cidades criativas são terreno fértil para o turismo, pois observa-se o crescente interesse dos turistas por consumo de experiências em âmbito cultural. Assim, o principal problema motivador desta pesquisa foi: de que maneira projetos culturais se relacionam com turismo e qual a sua contribuição para o desenvolvimento socioeconômico em cidades criativas do Brasil e de Portugal? O objetivo geral é analisar a relação entre projetos culturais e turismo e sua contribuição para o desenvolvimento em cidades criativas do Brasil e de Portugal, em âmbitos social e econômico. Os objetivos específicos são: conhecer projetos culturais no Brasil e Portugal e compreender as relações com o turismo; estudar projetos culturais como matrizes da dinamização turística em cidades criativas; avaliar o desenvolvimento socioeconômico gerado nas cidades criativas, com a implementação de projetos culturais; investigar o turismo como propulsor do desenvolvimento em cidades criativas. Em relação a metodologia será uma pesquisa exploratória descritiva de natureza básica, com estudo de caso múltiplo sobre cases de projetos culturais no Brasil e em Portugal e análise com abordagem qualitativa e quantitativa.
  • Universidade Feevale - RS - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Massimo Di Felice

Ciências Sociais Aplicadas

Comunicação
  • a qualidade ecológica das interações em plataformas digitais: conceitos para análise e instrumentos para mensuração
  • As últimas gerações de redes difundiram formas estendidas de conectividade que criaram processos comunicativos entre pessoas, dados, coisas (internet of thing) e biodiversidades (GIS e sensores). A evolução deste processo ocorreu mais recentemente com a criação de plataformas digitais de interação que, agregando pessoas, dados, territórios e aplicativos, têm provocado alterações significativas quanto à forma de habitar e de interagir em diferentes setores da sociedade. Entretanto, para compreender a evolução dessas plataformas e as transformações que têm operado no campo da comunicação e, consequentemente, nas interações entre humanos e não-humanos, faz-se necessário analisar, para além da evolução tecnológica digital, as qualidades comunicativas ecológicas deste novo tipo de social. A análise e a compreensão teórica deste novo habitat poderão ser compreendidas por meio da observação das formas comunicativas do habitar (Di Felice, 2009) que se produzem nestes particulares contextos conectados. Desse contexto emerge os seguintes problemas de pesquisa: De que maneira as interações comunicativas, compreendidas a partir do conceito de net-ativismo, se desenvolvem em plataformas digitais? Qual a natureza da ação construídas colaborativamente entre humanos e não humanos nestes ecossistemas digitais? Quais as especificidades deste comum que se desenvolve nestes ambientes digitais? A hipótese desta pesquisa é verificar se as plataformas digitais se apresentam como um novo tipo de social, baseado na comunicação entre humanos e não humanos e numa ideia de comunicação que contemple, além da relação entre humanos, mídia e conteúdos, as formas de interações comunicativas ecossistêmicas que desenvolvem-se em ambientes digitais, através da conexão entre dispositivos, softwares, algoritmos, dados, localidades e pessoas.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 22/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Mateus Ferreira Santana

Ciências Agrárias

Agronomia
  • o conhecido desconhecido: entendendo acidobacterias e sua interação com a planta através de ferramentas de ecologia reversa
  • A soja e as gramíneas são importantes fontes de alimentação animal e, no Brasil, ocupam grandes extensões territoriais. Assim, também costumam ser plantadas em locais com grande estresse hídrico, o que tem onerado a agricultura e a pecuária. Este é um problema difícil de resolver dada a imprevisibilidade das chuvas. Por outro lado, o uso de microrganismos promotores de crescimento, capazes de tolerar o estresse hídrico, pode ser uma alternativa sustentável. Nesse sentido, Acidobacteria é um dos táxons bacterianos mais dominantes encontrados em solos em todo o mundo, e tem sido detectada na rizosfera principalmente com base em abordagens independentes de cultivo. Devido a este fato, muitos estudos têm sugerido que as Acidobactérias podem desempenhar um papel importante nos ciclos biogeoquímicos, podendo interagir ativamente com as plantas e atuar como bactérias promotoras do crescimento vegetal. No entanto, a função potencial deste filo permanece desconhecida devido à falta de representantes cultivados. Alguns estudos têm recuperado Acidobactérias anteriormente não cultiváveis de amostras de solo usando estratégias simples de cultivo. No entanto, pouco se sabe sobre o potencial biológico e funcional desse filo. A modelagem de ecologia reversa, uma fronteira emergente na biologia de sistemas evolutivos, oferece uma excelente oportunidade para entender essa falta crítica de informação, obtendo novos insights sobre a ecologia do organismo. Com base nos dados disponíveis do cultivo de Acidobacteria e na solução promissora da ecologia reversa, esta proposta de pesquisa visa isolar e descobrir a função potencial do filo Acidobacteria como uma nova e promissora bactéria promotora de crescimento de plantas.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mateus Henrique de Faria Pereira

Ciências Humanas

História
  • modos de atualizar e arqueologia do atualismo: história dos conceitos de atual, atualidade e atualização no brasil, méxico, argentina e portugal entre 1850-1950
  • Este projeto é parte de uma investigação que desenvolvo desde 2016, em colaboração com Valdei Araujo, acerca das formas de experiência do tempo histórico desde o século XIX, cujo resultado foi publicado em livros e artigos. Na primeira etapa da pesquisa, identificamos a crescente relevância que o conceito de atualização ganha, desde a década de 1960, em associação à emergência do universo computacional. Ao levarmos a investigação do conceito para o período 1850-1950 constatamos, em investigação preliminar, a ausência na utilização das formas "atualizar" e "atualização". Partindo desta constatação, a pesquisa pretende interrogar as formas pelas quais a experiência de "atualizar" algum aspecto da realidade estava ou não disponível, na Argentina, Brasil, México e Portugal, entre 1850-1950. Nossa hipótese é que apesar da ausência ou irrelevância de palavras como "atualizar" e "atualização", o campo semântico hoje ocupado por elas era veiculado através de outros vocábulos, que abriam, naturalmente, outros contornos para essa experiência do tempo histórico, ou seja, outros modos de atualizar. Assim, tendo os três conceitos centrais como uma espécie de guia privilegiado de acesso às diversas camadas do tempo pretende-se pensar sobre duas questões: como os indivíduos mobilizaram a cultura histórica e de história disponível para não apenas interpretar, mas também produzir ações capazes de intensificar um determinado clima histórico, em especial, acelerando ou desacelerando a experiência do tempo e os modos de atualizar, aproximando ou distanciado certas camadas temporais? Como as imagens e as narrativas acerca da modernidade e das épocas históricas produziram um senso de orientação e transformação da experiência? O caráter inventado da nação, que serviu para desnaturalizá-la, passa a ser investigado em suas formas de produção a partir da reflexão sobre como conjunção entre historiografia, nação e Estado prefigurou aspectos da realidade ainda presentes.
  • Universidade Federal de Ouro Preto - MG - Brasil
  • 14/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mateus Mondin

Ciências Agrárias

Agronomia
  • explorando marcadores cromossômicos de milho associados à caracteres de importância agronômica em variedades e linhagens endogâmicas derivadas
  • Resultados recentes sobre assinaturas cromossômicas associadas a características agronômicas revelaram uma forte correlação entre o knob heterocromático do cromossomo 9 e mudanças no tempo de florescimento em milho. Para essas análises, um painel de linhagens derivadas da variedade Jac Duro foi usado. Outra observação importante foi a ausência de correlação entre o tamanho do genoma e a composição de knobs. Ao mesmo tempo, as linhagens com a mesma composição de knobs revelaram uma ampla gama de tamanhos de genoma, sugerindo um possível padrão de segregação e controle desta característica. Uma vez que a presença do knob no braço curto do cromossomo 9 mostra efeitos aditivos na redução do tempo de florescimento, pretendemos analisar raças e linhagens derivadas de milho para investigar a frequência e configuração deste knob e sua correlação com o tempo de florescimento. A hipótese principal é que este knob foi selecionado não intencionalmente para a precocidade do milho. Para esta análise, uma amostra de 54 raças e 24 linhagens será citogeneticamente caracterizada usando sondas de sequências repetitivas, de cópia única e de pintura cromossômica, bem como o tamanho do genoma, será medido por citometria de fluxo e o genoma sequenciado por uma estratégia de baixa cobertura para investigar o DNA de satélite e a variabilidade dos elementos transponíveis. Serão realizados experimentos de campo para análise fenotípica com atenção aos caracteres agronômicos, e na sequência os dados serão integrados às análises citogenética e genômica. Uma associação entre características fenotípicas e assinaturas cromossômicas é esperada. Os resultados podem fornecer novos insights sobre a importância dessas estruturas heterocromáticas para a ligação de características importantes durante a seleção do milho. Outras assinaturas como tamanho do genoma e sequências repetitivas específicas podem estar associadas ao vigor e estabilidade das variedades e serão investigadas neste projeto.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 23/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mateus Nóbrega Aoki

Ciências Biológicas

Genética
  • desenvolvimento de um painel para identificação de alterações genéticas com aplicação clínica em pacientes com leucemias
  • Neoplasias hematológicas, destacando leucemias, representam um grande problema de saúde pública na área oncológica adulta e pediátrica nacional. Análise e diagnóstico moleculares de translocações e mutações genéticas em pacientes com leucemias são ferramentas disponíveis para melhoria significativa na conduta terapêutica, taxa de cura e qualidade de vida dos pacientes, podendo representar redução de custos globais no tratamento dessa população. Neste projeto visamos desenvolver um painel de identificação das principais translocações e mutações com impacto clínico para estratificação, indicação, acompanhamento e resistência terapêutica. Como delineamento propomos uma pesquisa transversal prospectiva, a qual para o recrutamento de pacientes dispomos de colaboração já consolidada e protocolo de pesquisa aprovado pelo CEP do Hospital Erasto Gaertner, o qual em 2020 temos 152 pacientes recrutados. Como outra instituição de colaboração e recrutamento de pacientes, o protocolo será submetido para avaliação e aprovação pelo CEP do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo. Todos pacientes recrutados terão amostras coletadas e processadas mesmo durante a etapa de prova de conceito do projeto, ficando estas armazenadas para a etapa de validação diagnóstica. Dados clínicos e epidemiológicos serão coletados no momento da coleta do material e de forma sequencial, para correlacionar a presença de alterações genéticas detectadas e evolução clínica. Como objetivo propomos o desenvolvimento e validação de testes moleculares one-step RT-qPCR multiplex qualitativo para 7 translocações e testes quantitativos para 2 destas, além de qualitativos para detecção de 4 mutações que conferem resistência a tratamento por inibidores de tirosina quinase (TKI). A etapa de prova de conceito será realizada com linhagens celulares ou amostras caracterizadas portadoras das translocações e mutações de interesse, buscando padronização e otimização de oligonucleotídeos, insumos e determinando sensibilidade e especificidade analítica, além de limite de detecção e quantificação. Então a etapa de validação diagnóstica será realizada com as amostras provenientes das instituições colaboradoras com os protocolos otimizados na etapa prova de conceito. Com isso propomos a criação de testes moleculares sensíveis, eficientes, rápidos e com ótimo custo-efetividade para detecções de alterações genéticas com relevância clínica no tratamento de pacientes com leucemia, possibilitando e facilitando a utilização destes testes moleculares em ampla escala no SUS.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PR - Brasil
  • 03/12/2020-30/06/2023
Foto de perfil

Matheus Henrique de Sousa Oliveira

Engenharias

Engenharia de Transportes
  • o uso do solo e transporte no planejamento urbano sustentável: modelando os impactos no espaço intraurbano
  • Há uma relação de mutualismo entre a forma urbana construída e o padrão de viagens de um território: de um lado, a demanda por transporte é função do uso do solo; de outro, as redes de transporte controlam quais localizações serão mais – ou menos – acessíveis, assim induzindo diferentes tipos de desenvolvimento urbano – p. ex., espraiado v. compacto. Capturar e representar adequadamente esses mecanismos de causação circular permitem melhor alocar investimentos e priorizar intervenções urbanas, além de possibilitar a orientação das escolhas do planejador no sentido de um desenvolvimento urbano mais ambientalmente sustentável. No entanto, a modelagem desse mecanismo muitas vezes tem pouco sucesso por causa, dentre outros motivos, de problemas de especificação e pela dificuldade em determinar o nível mais adequado de resolução – i.e., tanto o nível de desagregação dos dados quanto o tamanho das unidades espaciais de análise. Sobretudo, a produção da literatura a respeito concentra-se em países desenvolvidos, havendo pouca exploração das especificidades dos países subdesenvolvidos. Essas lacunas são visíveis na prática do planejamento, que comumente tratam esses dois campos em separado, o que contribui para gerar regiões urbanas desarticuladas e disfuncionais. Com efeito, entende-se que um modelo integrado de uso do solo e transportes, o qual possa simular os impactos de intervenções urbanas no padrão de ocupação do solo, permite preencher as lacunas mencionadas. Dessa forma, é possível complementar a produção nacional recente e caminhar em direção ao exemplo de países que aplicam, com sucesso, abordagens integradas dessa natureza, tais como os Países Baixos. É com inspiração nesse país que propomos, para a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o acoplamento de dois submodelos: de um lado, o modelo de quatro etapas; de outro, um modelo de autômatos celulares, que computará as transformações de uso do solo.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Matheus Henrique Kuchenbecker do Amaral

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • evolução crustal arqueana e paleoproterozoica dos blocos guanhães e porteirinha, orógeno araçuaí
  • O Paleocontinente São Francisco-Congo (PSFC) foi um dos continentes envolvidos na amalgamação de Gondwana, ao final do Neoproterozoico. O PSFC formou-se pela colisão de blocos arqueanos durante a Orogênese Minas-Bahia (2.2-1.9 Ga). Registros deste evento orogênico são abundantes nos domínios norte e sul do Cráton do São Francisco, mas a conexão entre as histórias tectônicas registradas nestes dois domínios ainda não é bem clara, uma vez que a ampla região que os separa foi intensamente retrabalhada no Neoproterozoico, no contexto da edificação do Orógeno Araçuaí. No interior deste orógeno, no entanto, alguns basement inliers apresentam boas exposições de rochas arqueanas e paleoproterozoicas, que podem registrar informações-chave para a obtenção de uma visão integrada dos processos de formação do PSFC. Neste projeto, pretende-se investigar a evolução crustal pré-Estateriana de dois basement inliers do domínio oeste do Orógeno Araçuaí: os blocos Guanhães e Porteirinha. No interior destes blocos ocorrem associações TTG e greenstone belts de idade arqueana, bem como rochas supracrustais e plutonitos paleoproterozoicos. Apesar de conhecidas há várias décadas, estas unidades ainda carecem de cartografia e investigações tectônicas detalhadas. No Bloco Guanhães, por exemplo, apenas em 2019 foram reconhecidos os primeiros plútons relacionados à orogênese Minas-Bahia, e avanços na cartografia têm indicado outros possíveis candidatos. Tendo em vista este cenário, pretende-se, neste projeto, realizar o mapeamento geológico e análise estrutural de detalhe de áreas-chave, caracterizando com base em petrografia, geoquímica e geocronologia as unidades (meta)ígneas identificadas. Os dados obtidos serão interpretados à luz da evolução tectônica regional, visando a integração entre os basement inliers do Orógeno Araçuaí e os domínios de embasamento do Cráton do São Francisco. Espera-se, assim, contribuir para o entendimento da gênese e evolução do PSFC.
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Matheus Hoffmann Pfrimer

Ciências Humanas

Ciência Política
  • mapeamento georreferenciado das organizações criminosas transnacionais sul-americanas: concepção e criação do octdata
  • Historicamente, a América do Sul é uma região com baixa conflitividade interestatal e elevada violência intraestatal e transnacional. Inobstante esse paradoxo tenha sido explorado pela produção científica, nacional e internacional, ainda inexiste uma base de dados sobre organizações criminosas transnacionais (OCTs) sul-americanas. As bases de dados atualmente existentes, como o Uppsala Conflict Data Program (UCDP), o Conflict Barometer e o Armed Conflict Location & Event Data Project (ACLED), detêm imprecisões que comprometem as análises sobre a atuação dessas organizações na América do Sul. Uma dessas imprecisões é o desconhecimento das OCTs locais, por exemplo, na base de dados do UCDP, constam atores pouco expressivos no Brasil, como as gangues do Barriga e do Sujeirinha. Outra imprecisão é a concentração em interações conflitivas e binárias entre atores, estatais ou não, quando, na região, essas interações nem sempre são conflitivas e em geral são dispersas. Assim, o propósito do projeto é construir uma base de dados, com informações anuais e georreferenciadas, sobre a atuação, interação e controle territorial das OCTs na América do Sul, intitulado OCTData, que compreende o período entre 2010 e 2021. Tal base possibilitará o aprofundamento e o desenvolvimento de novas pesquisas. Em princípio, define-se o horizonte temporal de 11 anos para coletar informações de acervos digitalizados de jornais da região por meio de web scraping para consolidar uma metodologia própria. A metodologia empregada para a construção do banco de dados será a Conflict Event Analysis, possibilitando seguir análises de linguagem natural e espacial com software R Studio. Os resultados das análises subsidiarão a construção de gráficos, sociogramas e mapas a serem divulgados numa plataforma digital e em boletins para avaliação de políticas públicas. Dessa forma, trata-se de um projeto-tripé que visa subsidiar a academia, políticas públicas e sociedade civil na consecução do ODS 16 da ONU.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Matheus Oliveira de Almeida

Ciências da Saúde

Medicina
  • efetividade e segurança de medicamentos biológicos e sintético alvo específico no tratamento da artrite psoríaca: uma revisão sistemática e análise do impacto orçamentário.
  • A artrite psoríaca é uma artrite sistêmica inflamatória crônica das articulações periféricas e do esqueleto axial, a qual possui uma prevalência estimada no Brasil de 13,7%. Apesar de evidências recentes sugerirem que o uso de medicamentos biológicos (MMCDbio) e medicamento síntetico alvo-específico (MMCDsae) sejam capazes de modificar o curso e atividade da artrite psoríaca, os efeitos desses medicamentos ainda não foram investigados em revisões sistemáticas com alto rigor metodológico. Por se tratarem de medicamentos de alto impacto financeiro, faz-se necessário a avaliação do impacto orçamentário dessas tecnologias no SUS. Dessa forma, realizaremos uma revisão sistemática e análise do impacto orçamentário, com o objetivo de avaliar a efetividade, segurança e impacto orçamentário dos medicamentos biológicos e sintético alvo específico no tratamento de pacientes com artrite psoríaca. Serão incluídos ensaios clínicos controlados aleatorizados e estudos do tipo coorte prospectivo com braço comparador que avaliaram o uso de MMCDDbio (golimumabe, adalimumabe, etarnecepte, infliximabe, secuquinumabe, certolizumabe pegol) e MMCDsae (tofacitinibe) no tratamento de pacientes adultos (maior que 18 anos). As buscas serão realizadas nas principais bases de dados, sem restrição em relação ao ano de publicação. A avaliação do risco de viés será realizada através da ferramenta RoB 2.0, para ensaios clínicos randomizados, e ROBINS-I para estudos de coorte prospectivo. Os dados serão combinados (se possível) a partir de meta-análise usando o modelo de efeitos aleatórios. A certeza no conjunto final da evidência será avaliada usando a abordagem GRADE. A análise do impacto orçamentário do uso dos medicamentos avaliados será realizada na perspectiva do SUS, com horizonte temporal de 5 anos, levando em conta o Market Share de cada um dos medicamentos. Os resultados desse projeto ajudarão no processo de tomada de decisão e formação de políticas públicas adequadas.
  • Hospital Alemão Oswaldo Cruz - SP - Brasil
  • 18/01/2022-31/01/2023
Foto de perfil

Matheus Parmegiani Jahn

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • apoio à formação de doutores em áreas estratégicas na universidade de caxias do sul.
  • Vide projeto anexo
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 29/01/2020-28/01/2025
Foto de perfil

Matheus Silva Simões

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • grandes províncias ígneas silícicas do cráton amazonas: evolução crustal e fertilidade magmática
  • Grandes Províncias Ígneas Silícicas (GPISs) são as maiores acumulações de rochas vulcanoclásticas primárias (SiO2 > 65%) na superfície da Terra, formando cinturões vulcano-plutônicos em margens distendidas ou riftes continentais. O Cráton Amazonas possui uma das maiores e mais bem documentadas áreas de GPISs paleoproterozoicas no mundo (550.000 km²). Elas ocorreram em intervalos de tempo próximos a 100 Ma e duraram entre 20 e 70 Ma: 2,0-1,96 Ga (Orocaima), 1,89-1,87 Ga (Uatumã) e 1,81-1,74 Ga (Teles Pires) e são terrenos férteis para a mineralização de metais. O objetivo deste projeto é entender a origem destas GPISs e a qual tipo de eventos crustais cada uma está associada, juntamente com a sua fertilidade para mineralizações. Para isso vamos estabelecer quais as idades e os tipos de fontes envolvidas em diferentes unidades vulcânicas das GPISs, a diferença de tempo de extração da fonte e cristalização das rochas, a idade e quantidade relativa de zircões herdados, quais magmas são férteis para a ocorrência de quais mineralizações em cada setor crustal específico. Nossa hipótese é que cada fase (no tempo) e/ou porção (no espaço) das GPISs registra um tipo de estruturação e composição da crosta continental, o que influencia diretamente na fertilidade dos magmas gerados e no tipo de mineralização (Au-Ag, Au-Cu, Sn-Nb-Ta ou P). O problema será investigado com a obtenção de idades U-Pb em zircões de rochas vulcânicas correlatas de cada GPIS. Estas serão obtidas pela técnica Ablação a Laser – Plasma Indutivamente Acoplado junto com dados isotópicos de Lu-Hf. Análises químicas em cristais por microssonda eletrônica e em rocha total serão obtidas para caracterizar as condições de emplacement (geotermobarometria) e características como fugacidade de oxigênio e teor de H2O. Estas técnicas dependem da seleção criteriosa de amostras, etapas de campo, análises petrográficas e de imageamento de texturas de rocha e de zircões por microscopia eletrônica de varredura.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Maura Corcini Lopes

Ciências Humanas

Educação
  • observa educação: mapas e cartografias das desigualdades que reverberam nas escolas
  • A região do Vale do Rio dos Sinos/RS vive uma crise econômica e social que foi potencializada pela pandemia da Covid-19. Tal crise tem reverberado nas escolas municipais da região que alertam para a evasão, exclusão social e digital, não aprendizagem, violência entre outros problemas que precisam ser enfrentados por distintos atores das cidades. Diante disso, propõe-se fazer uma geografia das desigualdades regionais e educacionais e conhecer como essas reverberam nas escolas municipais localizadas os territórios mais afetados pela crise para promover soluções inteligentes, intersetoriais e colaborativas para solução de problemas. Tem como hipótese que pelo envolvimento da escola é possível mobilizar diferentes setores da cidade e do poder público, a fim de criar condições inteligentes para a busca de respostas sustentáveis aos desafios do presente. A partir da ação coordenada pela Rede de Investigação em Inclusão, Aprendizagem e Tecnologias em Educação, em parceria com o Observatório da Realidade e das Políticas Públicas do Vale do Rio dos Sinos e com a Promotoria Regional de Educação de Novo Hamburgo, propõe-se dois movimentos metodológicos interconectados. O primeiro corresponde a mineração de dados em plataformas públicas sobre as condições de vida e educacionais dos 14 municípios da região. O segundo corresponde à realização de técnicas de cartografia social para conhecer as realidades que reverberam negativamente na escola e intervir para modificá-las. Entre as contribuições da pesquisa estão: o desenvolvimento de mecanismos de atualização e sistematização de dados disponibilizados pelo Observa Educação IHU/UNISINOS; a criação de indicadores de desigualdades que reverberam na escola; a promoção do diálogo intersetorial nos municípios; a integração entre poder público, sociedade, universidades, escolas e mercado para a resolução inteligente de problemas das cidades, a produção de conhecimento etc.
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos - RS - Brasil
  • 09/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mauricio Almeida Noernberg

Ciências Exatas e da Terra

Oceanografia
  • sistema multiescala de detecção e modelagem de derramamento de óleo
  • O crescimento da exploração de óleo, do tráfego de navios e das atividades portuárias eleva o risco de acidentes envolvendo derramamentos de óleo no Brasil, além do provável aumento de descargas ilegais por embarcações, causadas por negligência ou deliberadamente para obter vantagens econômicas, principalmente quando a probabilidade de ser penalizado é pequena. Derramamentos de óleo, como o ocorrido em 2019, podem afetar negativamente o meio ambiente e outras importantes atividades socioeconômicas na costa do Brasil, como turismo, pesca e aquicultura. Para aumentar a probabilidade de identificação dos poluidores e reduzir as descargas ilegais é necessário o uso de sistemas de vigilância capazes de monitorar grandes áreas em intervalos regulares. Além disso, o impacto socioambiental causado por derramamentos de óleo pode ser minimizado quando há rápida detecção e previsão da trajetória do óleo para subsidiar ações de contingenciamento. Este projeto prevê o desenvolvimento de um sistema multiescala de detecção de derramamento de óleo integrado a um sistema de previsão da trajetória de óleo. Desta maneira, previsões da trajetória de óleo e de possíveis áreas costeiras atingidas serão obtidas rapidamente após a detecção do derramamento, sem a necessidade de interação homem-homem ou homem-máquina. O sistema de detecção de derramamentos de óleo utilizará imagens de Radar de Abertura Sintética (SAR) e de sensores ópticos. No caso de detecção, simulações da trajetória de óleo serão realizadas de forma automática utilizando modelagem numérica a partir de previsões meteo-oceanográficas, considerando a conectividade entre o oceano aberto, plataforma continental e sistemas costeiros. O sistema será desenvolvido para simular o transporte de óleos com diferentes características (e.g., densidade) na superfície e em profundidade, considerando processos de intemperismo, possibilitando a simulação de incidentes como o ocorrido na costa do Brasil em 2019. A definição da probabilidade de retenção de óleo em costas com diferentes características, mapeadas nas Cartas de Sensibilidade Ambiental ao Óleo (SAO), permitirá a avaliação da extensão do impacto sobre diferentes ecossistemas em escala regional e local (e.g., manguezais, estuários, praias, costões). Em uma abordagem retroativa, o sistema será utilizado para determinar a origem do derramamento de óleo e a identificação do potencial poluidor. As informações geradas serão disponibilizadas automaticamente por meio de uma plataforma WebGIS, inicialmente desenvolvida em um projeto piloto (https://observatoriodomar.org/) coordenado pela instituição executora (UFPR) com financiamento do serviço europeu de monitoramento do ambiente marinho, Copernicus Marine Environment Monitoring Service (CMEMS). A plataforma WebGIS está desenvolvida para integrar outras informações, como o posicionamento de navios. O sistema de monitoramento também incluirá uma ferramenta de busca de imagens fotográficas nas redes sociais de áreas impactadas por derramamentos de óleo. Estas imagens serão combinadas às demais informações na plataforma WebGIS para apoiar ações emergenciais, considerando assim a participação ativa da população no enfrentamento de acidentes com de óleo na costa brasileira. O sistema de previsão da trajetória de óleo segue uma abordagem lagrangeana, permitindo o uso de diferentes soluções hidrodinâmicas e meteorológicas. A ferramenta numérica adotada para a previsão da trajetória de óleo será o sistema de modelagem MOHID 3D, que inclui um modelo hidrodinâmico, um modelo lagrangeano, e um modelo de óleo para considerar diversos processos físico-químicos, como espalhamento, evaporação, dispersão, sedimentação, dissolução e emulsificação do óleo. O MOHID possui código aberto e foi desenvolvido no Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade de Lisboa, em colaboração com outras universidades e empresas, em inúmeras teses de mestrado/doutorado e projetos de pesquisa e consultoria realizados em diferentes países (www.mohid.com). Um exemplo é o projeto MARPOCS, que incluiu o desenvolvimento de um sistema automático de previsão de possíveis áreas impactadas por derramamento de óleo, conectado ao serviço de vigilância marítima da Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA), chamado CleanSeaNet (http://www.emsa.europa.eu/csn-menu.html). Para a simulação da trajetória de óleo, serão utilizadas previsões hidrodinâmicas para toda a costa do Brasil da Rede de Modelagem e Observação Oceanográfica (REMO), operados pelo Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), e do Copernicus Marine Environment Monitoring Service (CMEMS). As previsões operacionais serão validadas com foco na região do Banco de Abrolhos à Bacia de Santos empregando dados de TSM, perfilhadores Argo, XBTs, dados altimétricos, derivadores de superfície, análises de correntes do Globcurrent (globcurrent.org) e reanálises do MERCATOR e HYCOM+NCODA. Para melhorar as previsões hidrodinâmicas na zona costeira, serão utilizados de modelos operacionais 3D de alta resolução, considerando importantes sistemas estuarinos com portos, grandes áreas de proteção ambiental e de aquicultura e pesca. O desenvolvimento de derivadores de baixo custo permitirá a validação mais robusta das previsões dos modelos costeiros. Campanhas para coleta de dados serão realizadas no estuário do rio Pará – PA, Complexo Estuarino de Paranaguá – PR, baía da Babitonga – SC. Para considerar o efeito do vento no transporte de óleo, serão utilizadas previsões meteorológicas da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA) e de modelos de alta resolução disponibilizados pelos institutos de meteorologia do Paraná (SIMEPAR) e de Santa Catarina (EPAGRI/CIRAM).
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 10/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Mauricio Aredes

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • eletrônica de potência tolerante a altas pressões
  • Este projeto busca contribuir para o desenvolvimento de equipamentos e sistemas a serem aplicados nos campos de petróleo situados em águas profundas, de até 3000 metros de lâmina d’água. A viabilidade desses campos passa por um aumento na capacidade dos sistemas de processamento e bombeamento, que por sua vez resulta em maiores sistemas de geração e de distribuição de energia elétrica. Existem diversas restrições para alojar todo esse incremento de geração elétrica e equipamentos sobre as plataformas e unidades de exploração e produção, devido às restrições de peso e volume nas instalações de superfície (plataformas). Para contornar essas restrições, sistemas elétricos de potência submarinos (SEPS) com demandas na ordem de MW deverão ser implantados nas áreas de exploração e produção. Caso haja geração elétrica offshore excedente ou, ainda, incapacidade de atender a demanda elétrica offshore, haverá a necessidade de desenvolvimento de interligações submarinas a longas distâncias (>50km) até o continente. Para isso, esse projeto busca reestruturar a Plataforma Experimental denominada Pressure-Tolerant Power Electronics, instalada no Laboratório de Eletrônica de Potência e Média Tensão (LEMT/COPPE/UFRJ). Serão desenvolvidas placas eletrônicas e instrumentação adequadas ao uso em conversores de potência submarinos, acondicionados em câmaras de pressão compensada. Após serem projetadas, fabricadas e montadas, essas placas de circuito impresso com funcionalidades de sensoriamento, condicionamento de sinais analógicos, conversão A/D e controlador digital para conversores submarinos, ensaios experimentais em ambientes pressurizados em até 330 bar serão realizados. Através de avaliação prévia nas instalações, pesquisa bibliográfica, modelagem dos cabos submarinos e testes passivos e ativos para realização dos ensaios experimentais do sistema sensorial e de controle espera-se alcançar a operacionalização das placas no protótipo de conversor de potência submarino.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 08/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Mauricio Ayala Rincon

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • terminação e estruturas algébricas em computação
  • Com o incremento da aplicação de técnicas da inteligência artificial na tomada de decisões para a gestão pública e privada, o estudo de mecanismos dedutivos para a automação do raciocínio lógico e dos métodos formais aumentou a sua relevância na área de ciência da computação. Nosso objetivo é desenvolver métodos e estruturas formais para programação e dedução computacional replicável, explicável e segura de forma a certificar matematicamente a qualidade das técnicas de raciocínio computacional. Explorar-se-á a aplicação das teorias de reescrita, tipos e de prova, das estruturas algébricas, dos sistemas nominais e, em geral, da lógica e semântica da computação, para incrementar a automação da detecção da terminação em linguagens computacionais, e para consolidar mecanismos de raciocínio equacional nominal. A automação da terminação é de crucial importância para enriquecer a capacidade de análise estático (prévio à execução) de linguagens de programação e sistemas dedutivos (linguagens de especificação e verificação). Prover mecanismos que permitam decidir se código computacional pode entrar em loops infinitos permitirá a implementação de compiladores e interpretadores que apresentem advertências sobre esse tipo de erros. O raciocínio equacional é essencial para a modelagem de técnicas dedutivas nas quais diversas funcionalidades são caracterizadas algebricamente (funções e relações comutativas, associativas, idempotentes, etc), com destaque para aplicações que possam garantir propriedades como privacidade, autenticidade, e segurança. Critérios de terminação para sistemas de reescrita, formalizados no assistente de prova PVS, serão portados para verificar a terminação de código funcional e imperativo através de formalizações já consolidadas de teoria de reescrita e automação da terminação. Será também enriquecida uma formalização em PVS com mecanismos para o tratamento nominal de problemas de unificação e anti-unificação módulo teorias equacionais diversas.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Maurício Beltrão de Rossiter Corrêa

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • conversores estáticos para carregamento de veículos elétricos
  • Historicamente as soluções de eletrônica de potência tem servido a diversas áreas, sendo, quase que impossível nominar as que mais se beneficiam das inovações por ela trazidas. Em princípio as inovações advêm de soluções que, via de regra, dão origem a novas topologias de conversores estáticos, ou promovem melhorias em topologias já existentes, e, de forma sinergética, ao promover essas inovações é gerada uma demanda por inovações em materiais e tecnologias inerentes à construção e ao funcionamento dos conversores estáticos. Sem perder de vista o espectro geral das inovações que impulsionam o aperfeiçoamento das soluções de eletrônica de potência, o presente projeto tem como foco principal a BUSCA POR SOLUÇÕES INOVADORAS DESTINADAS AO CARREGAMENTO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS (VE). Nesse contexto, uma breve análise de como os carregadores de baterias onboard em VE são classificados revela o quão vasta e necessárias são as pesquisas para que ele possa ser continuamente melhorado. De forma resumida eles são classificados quanto ao nível, ou velocidade, de carregamento (1, 2 ou 3); o tipo de conexão (física ou wireless); o tipo de alimentação (monofásica, trifásica ou CC); e sua direcionalidade (unidirecional ou bidirecional). A EXEMPLO DE COMO OUTRAS SOLUÇÕES DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA EVOLUÍRAM, AS DESTINADAS AO CARREGAMENTO DE VE TAMBÉM NECESSITAM DE UMA TRAJETÓRIA EVOLUTIVA em termos de densidade de potência, eficiência, volume e peso. Além dos aspectos físicos e topológicos, a evolução das soluções de eletrônica de potência dependem de pesquisas que considerem o volume dos filtros de entrada/saída, isolamento, modificações nos padrões de chaveamento, bem como considerações objetivando um melhor controle da magnetização de transformadores. Com base nesses elementos e com a visão trazida para o problema, mediante a recomposição de uma equipe que já demonstrou sua capacidade de produzir RESULTADOS EXITOSOS NO PASSADO, RATIFICA-SE A CONFIANÇA DE EFETIVA CONTRIBUIÇÃO AO PAÍS.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 13/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Maurício Custódio Serafim

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • a ética da vida humana associada: compreendendo os atos morais voltados para o bem comum no contexto brasileiro
  • Constata-se que o debate científico sobre a ética e seus estudos teórico-empíricos, quando relacionada à área de conhecimento da Administração Pública, ainda são incipientes no contexto brasileiro, embora inseridos em uma realidade que demanda inúmeras considerações éticas sobre práticas, instituições e atos morais. Por uma abordagem interdisciplinar, norteada especialmente pelo trabalho do sociólogo brasileiro Alberto Guerreiro Ramos, percebe-se que, de maneira similar ao reducionismo ocorrido com a apreensão do conceito de racionalidade e da natureza humana, as perspectivas éticas predominantes na área da Administração Pública também se limitam a abordar poucos aspectos dos atos morais: umas restringem-se às consequências, outras às regras e leis. Diante dessa constatação, este projeto de pesquisa busca compreender os atos morais vivenciados nos diversos enclaves da vida humana associada (econômico, social e político), propondo o estudo e a articulação de um arcabouço ético para o contexto brasileiro da esfera pública que contemple também a ética das virtudes, baseadas nas virtudes morais, no caráter, e na noção integral do ser humano. Como o projeto se refere a um tema ainda em fase de exploração e contextualização, a pesquisa será compreendida por estudos teóricos-analíticos, a partir de levantamento bibliográfico em fontes internacionais e de pesquisas em andamento, tendo por referência a experiência e a expertise do grupo de pesquisa referência na área “Virtue ethics in management” da Universidade de Navarra, Espanha. Como resultados esperados, pretende-se (1) elaborar um quadro de análise teórica com categorias analíticas e identificação das aproximações e divergências validadas no contexto brasileiro; (2) propor uma perspectiva analítica da ética das virtudes aplicada ao contexto brasileiro e fundamentada a partir do papel de diversas atividades da vida humana associada, com vistas ao bem comum.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Maurício José Laguardia Campomori

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • interface de realidade mista em hololens-2 para aprimoramento do ensino de projeto de arquitetura e urbanismo
  • O objetivo geral deste projeto é desenvolver Interfaces de Realidade Mista para permitir que os Óculos de Realidade Aumentada Hololens-2 possam ser utilizados em conjugação com croquis arquitetônicos, visando ao aprimoramento do ensino de projeto de arquitetura e urbanismo. O desenvolvimento dessas interfaces envolve tecnologias em Realidade Virtual (RV) e Realidade Aumentada (RA), bam como abordagens e metodologias de ensino de Arquitetura e Urbanismo, explorando a associação da Realidade Mista (MR) em Head-Mounted Display (HMD) ao croqui (desenho rápido à mão livre), feito pelo profissional ou estudante de arquitetura. Sabemos que o processo de ensino e aprendizagem de projeto arquitetônico é marcado pelo desafio da compreensão das relações entre o espaço e seus diferentes modos de representação. Apesar de existirem atualmente diversas ferramentas tecnológicas e softwares que auxiliam o processo de criação e representação do espaço, a prática dos desenhos rápidos à mão livre (croquis) jamais encontrou substituto e persiste indicando sua importância no processo criativo. O croqui envolve uma relação circular iterativa de proposição (desenhar) e avaliação do que foi desenhado, que permite ao arquiteto lidar com situações complexas (Glanville, 2007). O uso de desenhos no processo de projeto e os processos cognitivos associados, são investigados por diversos autores e se constituíram como objeto de pesquisa desde os anos 1980. Assim, é um objetivo específico deste projeto entender como a conversação entre arquiteto e meio pode ser potencializada com o uso de tecnologias de MR, em especial o Microsoft Hololens 2 (MH-2). Para isso, propomos o desenvolvimento e avaliações de uso de um aplicativo que permita a sobreposição de elementos digitais interativos sobre o papel, através de experimentos com alunos de graduação, verificando se houve ganhos com a utilização de tecnologias de MR em processos de concepção e desenvolvimento de projetos arquitetônicos pelos estudantes.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025