Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Fabio Mielezrski

Ciências Agrárias

Agronomia
  • agricultura sustentável no semiárido da paraíba: relações do uso de plantas de cobertura em rotação de culturas nas trocas gasosas, índice de refletância e no manejo da produção de milho. um estudo multidisciplinar
  • Atualmente estratégias de manejo do solo sustentável, como a utilização de plantas de cobertura capazes de proteger e recuperar a fertilidade dos solos podem contribuir para o aumento na qualidade e produtividade de grãos. Na Paraíba, as fontes de pesquisa que indicam a influência das plantas de cobertura na produção de milho ainda são escassas. Além disso, a segurança na produção agropecuária e no desenvolvimento sustentável demanda o monitoramento de longo prazo dos sistemas de produção do ponto de vista do impacto ambiental e socioeconômico. Baseado nisso, faz-se necessário o desenvolvimento de pesquisas na região semiárida da Paraíba capazes de promover mais informações a cerca dos reflexos que as plantas de cobertura podem apresentar, além da produtividade e qualidade de grãos de milho, uma das culturas com grande importância na economia brasileira, no cenário atual. A Paraíba apresenta produtividades inferiores a 500 kg/ha de milho e um dos principais fatores responsáveis pela baixa produtividade é atribuído ao manejo cultural deficiente da espécie em campo e a baixa precipitação. Com isso, oferecer suporte à melhoria nas tecnologias de produção de milho torna-se fundamental para aumento de produtividade de forma ambientalmente correta, economicamente viável e socialmente justa.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Nascimento da Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • caracterização biológica e molecular de duas espécies virais associadas a physalis peruviana em santa catarina e no rio grande do sul
  • A produção de pequenas frutas como a amora-preta, a framboesa, o mirtilo, o morango e a fisális tem ganhado destaque de vários setores da sociedade como os consumidores, as indústrias de processamento de frutas, comerciantes e produtores. Além do consumo in natura, essas frutas podem ser utilizadas no preparo de geléias, sucos, doces, bolos, polpas, frutos congelados, iogurte e sorvetes. Adicionalmente, a descoberta de propriedades nutracêuticas das pequenas frutas aumentou o seu consumo e, consequentemente, os interessados em produzir essas frutas. Dentre as pequenas frutas, a espécie Physalis peruviana L. apresenta elevado valor nutricional e econômico e, gradativamente, vem ganhando espaço nos plantios de pequenas frutas. Entretanto, poucos são os estudos relacionados a essa cultura, especialmente no que diz respeito a doenças. Dentre as doenças, as infecções causadas por vírus representam um sério problema em áreas de cultivo, pois o seu controle é essencialmente preventivo e, uma vez presente, baseia-se na eliminação das plantas ou no controle de possíveis vetores. A detecção de vírus em P. peruviana em áreas de produção e jardins em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, realizada em trabalhos anteriores, fomenta o desenvolvimento de estudos para caracterização e que auxiliem no estabelecimento de medidas preventivas no controle e na disseminação das viroses. Os objetivos desse trabalho consistem: (i) caracterização biológica e molecular de duas espécies virais associadas a plantas de fisális sintomáticas encontradas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul; (ii) análises comparativas de aspectos qualitativos e quantitativos entre plantas sadias, plantas com infecção simples (inoculação de cada vírus isoladamente) e infecção mista (coinoculação das duas espécies virais); e (iii) produção de antissoro policlonal para detecção em larga escala e com menor custo. Nas análises moleculares, serão utilizadas as técnicas de RT-PCR e sequenciamento de nova geração, onde pretende-se obter a caracterização molecular em nível de espécie do sobemovírus e orthotospovírus previamente identificados. Na caracterização biológica, serão realizados o teste de gama de hospedeiros para os dois vírus e ensaio de transmissão por sementes para o sobemovírus. Adicionalmente, serão realizados testes de germinação e vigor em sementes de fisális obtidas de plantas sadias e infectadas pelo sobemovírus. Também serão avaliados aspectos quali e quantitativos de plantas em infecções virais simples e mista. O presente projeto propõe a caracterização biológica, sorológica e molecular dos dois vírus associados a cultura da fisális no Sul do Brasil. O estabelecimento de métodos de diagnóstico reproduzíveis é fundamental no suporte a programas de produção de material propagativo sadio. Adicionalmente, medidas de controle específicas poderão ser recomendadas.
  • Universidade do Estado de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Passetti

Ciências Biológicas

Genética
  • estudo do impacto da diversidade de transcritos e o seu reflexo no proteoma de diferentes regiões do cérebro
  • O envelhecimento da população mundial está associado ao aumento da frequência de pessoas diagnosticadas com doenças neurodegenerativas, sendo a Doença de Alzheimer (DA) a mais prevalente. Uma estratégia que pode ser usada para o melhor entendimento desta doença é comparar o perfil de proteoformas ortólogas encontradas nas mesmas estruturas do cérebro sadio humano e murino. Sabendo-se as proteínas com mesmo perfil de expressão nestas espécies e nas mesmas regiões do cérebro, pode-se estudar se há alteração no padrão de expressão de proteínas em DA, possibilitando identificar potenciais candidatos a marcadores moleculares. Os avanços obtidos em transcriptômica e na proteômica resultaram em um grande volume de dados que estão disponíveis publicamente e que passaram a ser integrados em diversos estudos de Bioinformática em uma área denominada proteogenômica. Assim, está sendo estudada em profundidade a fração dos RNAs mensageiros (mRNAs) que é efetivamente traduzida em proteínas. O splicing alternativo é um evento molecular que pode ocorrer durante a maturação do pré-mRNA com potencial de modificar a sequência da proteína canônica produzida por um gene, gerando diferentes proteoformas. Nosso grupo de pesquisa desenvolveu uma abordagem de proteogenômica para identificação de proteoformas em humano e camundongo, e estamos no processo para a identificação em rato. Pretendemos incorporar à nossa metodologia algoritmos que possibilitem a identificação de proteoformas ortólogas entre humano, camundongo e rato. Assim, estudaremos dados públicos de proteômica shotgun de cérebros sadios ou acometidos por DA de humano e murino no intuito de identificar proteoformas ortólogas expressas em tais condições. Desta forma, pretendemos selecionar proteoformas identificadas exclusivamente em DA ou em cérebros saudáveis de tal forma a propor novos candidatos a marcadores moleculares. Neste contexto, produziremos dados inéditos de proteômica shotgun para o modelo de estudo animal para DA em rato Wistar usando estreptozotocina. Tais resultados serão discutidos com a equipe deste projeto para a seleção de proteoformas que serão submetidas a validação experimental do mRNA das proteoformas preditas em camundongos C57BL/6 ou ratos Wistar.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 05/12/2019-31/12/2021
Foto de perfil

Fabio Passetti

Ciências Biológicas

Genética
  • estudo da diversidade do proteoma de indivíduos saudáveis e em doença de alzheimer
  • Vide projeto anexo
  • Fundação Oswaldo Cruz - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Pinto Gomes

Ciências Agrárias

Agronomia
  • alterações nos padrões de resposta de jatropha curcas l. à deficiência hídrica, associadas ao processo de domesticação - relações hídricas e características fotossintéticas
  • O pinhão-manso (Jatropha curcas L.) é uma espécie perene que tem sido apontada como uma das oleaginosas promissoras para uso nos programas de produção de biodiesel. Ainda considerada uma espécie selvagem, inúmeros trabalhos a tem reportado como tolerante ao déficit hídrico, posto que executa um eficiente controle estomático da transpiração, conservando água nos tecidos foliares. Entretanto, efeitos negativos da falta de água, em termos de assimilação de carbono, crescimento e produção de biomassa, têm sido revelados. A presente proposta objetiva identificar alterações nas respostas fisiológicas, bioquímicas e anatômicas ao déficit hídrico no solo, relacionadas ao processo de domesticação. Para tanto, serão conduzidos experimentos em casa de vegetação, utilizando populações de J. curcas consideradas selvagens (primeiros acessos, que formaram os bancos de germoplasma) e populações oriundas de estágios mais avançados no programa de melhoramento da espécie conduzido pela EMBRAPA. As plantas serão submetidas a dois regimes hídricos: irrigado e deficiência hídrica seguida de recuperação. Serão avaliadas trocas gasosas foliares em curso diário, potencial hídrico e potencial osmótico foliar, transpiração em planta inteira (noturna e diurna), condutividade hidráulica de raiz, caule e folha, crescimento e partição de biomassa, características anatômicas e morfológicas de raiz, caule e folhas e composição isotópica de carbono em amostras de folha, expressão e atividade de aquaporinas em raízes. Espera-se, ao final, determinar se houve alterações decorrentes do processo de domesticação da espécie em termos de eficiência de uso, transporte e consumo da água, bem como sobre o padrão de assimilação de carbono em J. curcas.
  • Universidade Estadual de Santa Cruz - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Pio Dornas

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • estudos da circulação dos vírus gigantes no vale do jequitinhonha
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Queiroz Pereira

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • os impactos das novas tecnologias no direito contratual
  • O presente projeto tem por escopo a análise das relações contratuais impactadas pela disseminação de novas tecnologias, notadamente, pelo uso de mecanismos concretizados pela internet. A forma como se consolidam as liberdades negociais apresenta-se como objeto de uma constante renovação, sendo variadas as configurações e reconfigurações do exercício da autonomia. Nesse contexto, revela-se imperiosa a análise do conceito e das características intrínsecas à relação contratual para que seja realizado um cotejo com a realidade de massificação das transações negociais propiciadas pelo desenvolvimento tecnológico. Verifica-se, contemporaneamente, que os institutos correlatos ao direito contratual ainda estão desenhados tendo por base construções teóricas anteriores ao fenômeno da internet. Questões correlatas à formação do contrato, à sua execução, aos problemas de inadimplemento ou mesmo às hipóteses de responsabilidade civil não encontram clara resposta no âmbito dos atuais instrumentos legislativos que regem o fenômeno contratual. A própria ideia de consentimento (ou de acordo de vontades), que funda a noção de contrato, é posta em xeque pelo fato de a adesão a termos digitais ser operacionalizada sem que se verifique uma adequada base informacional para tanto. Assim, a liberdade de definição de conteúdo e de escolha de percursos contratuais revela-se bastante limitada na moderna sociedade da informação. Observa-se o emergir um novo modelo sistêmico de contrato, em que o aludido instituto passa a conviver com diferentes realidades jurídicas, redundando na compreensão do contrato como mecanismo em permanente construção pelas partes. Contratar não é um ato que se volta apenas para o momento de entabulamento do negócio; contrariamente, o contexto em que se desenvolve o contrato acompanha a avença realizada entre as partes e permite uma constante atualização de seus termos. Em paralelo à releitura do fenômeno contratual, verifica-se a necessidade de garantia de proteção da confiança. Como assinalado por Manuel Carneiro da Frada, “cabe a qualquer ordem jurídica a missão indeclinável de garantir a confiança dos sujeitos, porque ela constitui um pressuposto fundamental de qualquer coexistência ou cooperação pacíficas, isto é, da paz jurídica” (FRADA, 2007, p. 19). A proteção da confiança concretiza-se, de maneira mais incisiva, na disposição e regulação do comportamento dos indivíduos nos seus mais variados âmbitos de atuação. Observa-se, nesse contexto, uma conjectura que objetiva promover a estabilização das expectativas dos sujeitos de direito, resguardando posições jurídicas que tenham a sua origem na confiança incutida por meio de uma determinada relação interpessoal. No âmbito negocial eletrônico, a importância de um adequado nível de confiança ganha ainda mais força, tendo em consideração a distância que marca o relacionamento entre os indivíduos que negociam no ambiente digital. Justifica-se, portanto, uma releitura da principiologia de direito contratual, notadamente, do princípio da boa-fé objetiva para que seja propiciado um saudável ambiente de concretização de avenças. Além disso, a confiança deve ser também propiciada por um ambiente de negociações seguro. O desenvolvimento de instrumentos dogmáticos aptos a salvaguardar as partes dos problemas originados da contratação eletrônica demonstra-se imprescindível. Resta claro que a forma como os contratos são regulados pelo Código Civil ou mesmo pelo Código de Defesa do Consumidor não se demonstra apropriada para o enfrentamento das complexas questões que envolvem o direito privado em contraste com as novas tecnologias. É necessário, portanto, o desenvolvimento ou a adaptação de instrumentos jurídicos aptos a lidar com os atuais problemas gerados pela massificação de negócios travados no ambiente digital. Desse modo, o contrato, seus fundamentos dogmáticos, suas características e peculiaridades devem ser estudados de modo a fornecer contornos mais precisos para a produção de efeitos das mais variadas contratações. A inércia legislativa não pode justificar a manutenção de instrumentos inábeis para a solução de contendas. Necessário, portanto, que se busquem limites, contornos e adequada delimitação de consequências para o exercício da autonomia no âmbito digital.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Raphael Pascoti Bruhn

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • relação espacial e temporal da presença de ovos de aedes aegypti e ocorrência de dengue em belo horizonte, minas gerais, 2011-2018
  • Esse projeto será desenvolvido a partir de uma parceria entre a Universidade Federal de Pelotas e a Gerência de Controle de Zoonoses vinculada a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte /MG (SMSA/BH). Tem por objetivo caracterizar a relação espacial e temporal da incidência de ovos de A.aegypti e da dengue e destas com seus determinantes sociais e ambientais em Belo Horizonte, Minas Gerais entre 2011 e 2018, considerando a importância de se conhecer de forma integral as enfermidades no ambiente em que ocorrem, dentro do conceito de saúde única. Será realizado um estudo por meio da análise de dados secundários a partir de informações referentes às taxas de incidência e mortalidade da dengue e dos resultados das armadilhas para ovos de A. aegypi (variáveis dependentes), considerando-se as ações de controle realizadas, clima, relevo, vegetação, aspectos socioeconômicos, de saneamento, indicadores de oferta a saúde e de investimentos públicos no controle da dengue nas áreas de abrangência dos centros de saúde (variáveis independentes), por meio de técnicas de análises estatísticas de séries temporais e espaciais. Espera-se, como resultados, uma dissertação de mestrado e uma de doutorado, publicação de artigos em revistas científicas, alem de relatórios técnicos, boletins de extensão e folders de divulgação para a SMSA/BH. Espera-se como benefícios facilitar intervenções públicas voltadas para o controle de vetores e cuidados com o paciente, com objetivo de melhorar a efetividade do controle dessa doença em Belo Horizonte; geração de novos conhecimentos para a programação das ações de prevenção e controle da enfermidade no município e no país; formação de profissionais nas áreas de epidemiologia e saúde pública, controle de doenças e manuseio de bancos de dados. Considera-se ainda, que as atividades de vigilância realizadas pela SMSA/BH são exemplo para as outras secretarias municipais país e que as metodologias de análise utilizadas poderão ser exemplos de processos de vigilância epidemiológica aplicadas a outras enfermidades no futuro.
  • Universidade Federal de Pelotas - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Reis dos Santos

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • análise geométrica, variedades conformes e teoria global das subvariedades
  • Durante o período deste financiamento estudaremos técnicas provenientes da análise geométrica com o intuito de aplicá-las ao estudo da geometria intrínseca das variedades conformes e à teoria global das subvariedades. Além disso, nos propomos a estudar características geométricas de hipersuperfícies não-degenerados imersas no espaço de Lorentz-Minkowski, bem como caracterizar superfícies definidas como a soma de duas curvas regulares.
  • Universidade Federal de Campina Grande - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Renan Durand

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • desenvolvimento de algoritmos e dispositivos ópticos inteligentes para redes ópticas
  • A presente proposta de pesquisa enfoca aspectos relevantes de técnicas de Inteligência Artificial e otimização aplicadas em redes ópticas de transporte no intuito de prover maior eficiência, escalabilidade e flexibilidade nestas redes. As redes que serão investigadas são as redes ópticas de transporte baseadas em redes com múltiplas taxas de transmissão (MLR – Mixed Line Rate) e redes elásticas (EON – Elastic Optical Network). Neste contexto, neste projeto será abordado o problema de pesquisa que envolve o desenvolvimento de algoritmos de alocação adaptativa e otimização de recursos em redes de transporte. A abordagem para resolução deste problema considera o controle da rede baseado no paradigma de rede definida por software (SDN – Software Defined Network) que prevê a separação entre o plano de dados e o plano de controle, bem como permite a introdução de camadas adicionais de controle para prover um nível de inteligência à rede. As técnicas de Inteligência Artificial são promissoras para operar, controlar e gerenciar um ambiente complexo e dinâmico como as redes ópticas de transporte. A proposta é a utilização de técnicas de Inteligência Artificial para desenvolver mecanismos para alocação adaptativa e gerenciamento dos recursos, automação de operações de dispositivos, tomada de decisão pelo plano de controle e protocolos de comunicação para melhorar a eficiência espectral e eficiência energética, resultando em menores custos de implantação (CAPEX-Capital Expenditure) e custos operacionais (OPEX-Operational Expenditure). Neste projeto de pesquisa serão consideradas inicialmente as técnicas de Inteligência Artificial baseadas nos Métodos de Busca e Otimização e Métodos de Aprendizagem. Nos Métodos de Busca e Otimização será explorada a área de Inteligência de Enxames, também denominada de Metaheurística Bio-Inspirada, em que o comportamento social e cognitivo de enxames de insetos ou partículas busca a otimização de funções custo com baixa complexidade computacional quando comparado a métodos analíticos ou numéricos tradicionais. Por outro lado, serão também explorados os Métodos de Aprendizado baseados em Aprendizado de Máquina em que os dados existentes e experiências prévias são empregados para solução de novas situações. Neste caso serão considerados inicialmente as Técnicas de Aprendizagem Supervisionadas como Redes Neurais Artificiais (RNA) que são muito atrativas na solução de problemas que envolvam classificação ou regressão de dados. Estes métodos podem ser empregados de forma isolada ou híbrida para obtenção de melhor desempenho em termos de convergência e complexidade computacional. As soluções propostas para os problemas abordados serão comparadas e validadas em termos de desempenho e complexidade computacional com as abordagens clássicas da literatura. Os algoritmos desenvolvidos serão implementados em DSP (Digital Signal Processing) para o desenvolvimento inicial de protótipos.
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Ribeiro Braga

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • aplicabilidade de nanopartículas de prata (agnp’s) produzidas pelo fungo nematófago duddingtonia flagrans no controle dos geohelmintos ancylostoma caninum e toxocara canis
  • No Brasil, somente entre os anos de 2003 a 2012, levantamentos do Ministério da Saúde em áreas de maior ocorrência de doenças helmínticas, demonstraram que aproximadamente 1 milhão pessoas estavam infectadas, número esse alarmante e atualmente muito maior. Por outro lado, tal número quando somado aos “infectados por vermes” no mundo, se torna ainda mais assombroso, onde se estima que mais de 1,5 bilhão de pessoas ou 24% da população mundial estejam infectadas por geohelmintos. Como principais geohelmintos; o Ascaris lumbricoides, o Trichuris trichiura, o Strongyloides stercoralis, o Toxocara canis e os ancilostomídeos, assumem importante papel nos problemas causados à saude humana e animal. Dessa maneira, se reconhece que qualquer pessoa e ou animal doméstico são considerados sob-risco da infecção helmintica, uma vez que a morbidade causada por esta doença é maior do que a mortalidade em si. Nessa linha de raciocinio, as pesquisas realizadas com o fungo nematofago Duddingtonia flagrans, isolado AC001, tem demonstrado resultados promissores no combate as formas pré-parasitárias de geohelmintos tanto no Brasil, quanto em outros países. Desde a década de 1990 para cá, especificamente em 2017, foram divulgados resultados expressivos, do referido grupo de pesquisa em questão, a respeito da “versatilidade” na produção de substâncias bioativas (Nanopartíulas), sem contar é claro na produçao de enzimas extracelulares que o fungo D.flagrans é capaz. Contudo, pesquisas a respeito da utilização dessas Nanoparticulas produzidas pelo D. flagrans para atuarem no controle de helmintos em geral ainda não foram delineadas, sendo essa uma proposta pioneira com forte apelo para o combate às verminoses, que infelizmente é reconhecido pela OMS como “flagelo” da humanidade. A chave para a utilização destas substâncias bioativas está pautada justamente na sua aplicabilidade frente às formas pré-parasitárias de geohelmintos (larvas e ou ovos), uma vez que o ambiente em si, se torna tanto o melhor “incubador” quanto o “alvo” para a possível destruição e diminuição das recidivas infecções por geohelmintos, promovendo com isso “resultados diretos para a sociedade brasileira”. Continuando nessa linha de raciocínio, em especial aqui, ressalta-se que ancilostomiase, uma doença tropical negligenciada, causada por nematoides do gênero Ancylostoma e bastante patogênica para os cães, gera um ônus de 4 milhões de dolares em custos com o tratamento. Globalmente, estima-se que 440 milhões de pessoas estejam infectadas com ancilostomídeos. Nos humanos, o Ancylostoma spp. é o responsável pela inflamação cutânea ou Larva Migrans Cutânea (LMC) e em praticamente todo o território nacional os índices são alarmantes e requerem medidas públicas de controle e que sejam eficazes. Já o Toxocara canis parasito intestinal de cães é o principal agente etiológico da Larva Migrans Visceral (LMV) nos humanos. Em 2015, resultados alarmantes chamaram a atenção para a relação direta de T. canis com a presença abscesso hepático em crianças que por ventura vieram a óbito em rede hospitalar pública, demonstrando com isso a incapacidade da atuação correta das desparasitações que são realizadas sem o mínimo conhecimento sobre a epidemiologia parasitária. Além disso, alguns hospedeiros “sentinelas” como frangos caipiras podem servir fontes de infecção para a população e não somente as fezes de cães contaminadas. No passado D. flagrans foi testado in vitro e in vivo, e demonstrou eficácia na destruição de ovos e larvas destes nematoides, mas, os resultados não puderam ser totalmente extrapolados diretamente para o controle ambiental diário. De lá para cá, o grupo de pesquisadores em questão, evoluiu seus conhecimentos principalmente nos aspectos da biologia, da predação, da nutrição, na extração de enzimas e pioneiros na produção de nanopartículas oriundas deste fungo. Por ser inédita e potencialmente gerador de maior compreensão na atuação de biomoléculas com possível atividade antihelmíntica, o presente projeto é um passo firme para o controle ambiental e transmissão de geohelmintos no Brasil, promovendo a inserção de recursos humanos capacitados para o cuidado da saúde básica. O objetivo do presente projeto é avaliar a aplicação de Nanopartículas de prata (AgNP’s) produzidas pelo fungo D. flagrans no controle dos geohelmintos A. caninum e T. canis. A metodologia para a produção das nanopartículas será procedida da seguinte forma, sucintamente: (1) Biossíntese das AgNP’s a partir do filtrado fúngico; será adicionada 1mM AgNO3 em 100mL do filtrado fúngico. A solução será agitada em 150 rpm no escuro. (2) Caracterização das AgNP’s - Espectroscopia de Absorbância Ultravioleta-Visível (UV-Vis), será realizada a detecção e o monitoramento da formação das nanopartículas via análise no espectrofotômetro UVVis e por microscopia eletrônica de transmissão (MET); (3) Microscopia eletrônica de transmissão (MET); a morfologia das nanopartículas será confirmada por Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET); (4) Espectroscopia de infravermelhos transformada de Fourier (FTIR), nesta etapa será utilizada para obter informações sobre os grupos funcionais com os quais as nanopartículas serão estabilizadas, uma vez que detecta a vibração das ligações químicas orgânicas presentes na superfície das nanopartículas; (5) Otimização da secagem e solubilização das AgNPs biossintetizadas (Análise do tempo e rotação); será adicionado 1mL da solução de AgNP em 15 microtubos e (6) Ensaios experimentais CAPÍTULO 1 - Análise da atividade nematicida das AgNP’s biosintetizadas sobre L3 de Ancylostoma caninum; Larvas infectantes de A. caninum serão obtidas de fezes contaminadas de cães. Os testes serão realizados em triplicata, com a formação de três grupos testes e 2 controles, à saber (Teste 1): Meio com nanopartícula de prata biossintetizada + L3 vivas; (Teste 2): Meio com nanopartícula de prata sintetizada quimicamente + L3 vivas; (Teste 3): Meio com D. flagrans + L3 vivas;
  • Universidade Vila Velha - ES - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Ribeiro Garcia

Ciências Agrárias

Agronomia
  • propagação clonal in vitro de cana-de-açúcar, visando à eliminação de leifsonia xyli subsp. xyli
  • O Brasil é maior produtor mundial de cana-de-açúcar, a relevância econômica da cultura tem sido associada principalmente a produção de açúcar e etanol, porém, um dos grandes entraves para o crescimento da produção é a contaminação por fitopatógenos, dentre eles, destaca-se a Leifsonia xyli subsp. xyli (Lxx), agente causal do raquitismo-da-soqueira. A propagação vegetativa in vitro, também denominada de micropropagação, é a aplicação mais prática de maior impacto da cultura de tecidos, que tem como principal objetivo a limpeza clonal ou a aceleração dos métodos convencionais de propagação vegetativa. Para a cana-de-açúcar, a propagação in vitro é uma das metodologias mais eficientes para produção de mudas em larga escala. O cultivo in vitro de meristemas de cana-de-açúcar é considerada uma alternativa biotecnológica mais eficiente para a produção de mudas de diversas variedades, graças à economia de tempo na etapa de propagação, além da obtenção de mudas de excelente qualidade fitossanitária e geneticamente idênticas ao material de origem. A utilização da cultura de meristemas, para a produção de mudas de cana-de-açúcar, é potencialmente eficiente para eliminar bactérias e outros contaminantes endofíticos. Desta forma, o cultivo de meristemas de cana-de-açúcar, associado à utilização de antimicrobianos pode auxiliar no processo de obtenção de plantas isentas de L. xyli subsp. xyli. Assim, espera-se que ao final da execução desse projeto seja estabelecido um protocolo eficiente de multiplicação em larga escala, que possibilite a obtenção de plantas com alta fidelidade genética e qualidade fitossanitaria da cana-de-açúcar.
  • Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Ricardo Marin

Ciências Agrárias

Agronomia
  • atlas de eficiencia agricola do brasil: quantificando o potencial de intensificacao da agricultura tropical brasileira
  • A população mundial crescerá 30% até 2050 e, no mesmo período, estima-se que o consumo de carnes e produtos lácteos deva crescer como resultado do aumento da renda per capita, levando a um aumento entre 50 e 70% no consumo alimentar da humanidade. O Brasil tem uma vantagem comparativa para a segurança alimentar do planeta devido a disponibilidade de recursos hídricos e terra arável. Contudo, a taxa de incremento da produtividade agrícola brasileira é relativamente baixa, o que tem mantido os níveis de produtividade média bem abaixo dos níveis observados em campos experimentais. A análise da eficiência agrícola (definida como a razão entre a produtividade real e a produtividade observada em experimentos nos quais não houve qualquer limitação hídrica, nutricional ou causada por doenças ou pragas) fornece uma robusta abordagem para quantificar a eficiência, identificar suas causas e sugerir intervenções para eleva-la. O objetivo geral do projeto é quantificar o potencial de incremento da produção brasileira e identificar os meios para realizar este potencial mediante a intensificação agrícola sustentável. O projeto terá cobertura nacional e tratará dos principais setores do agronegócio brasileiro (soja, milho, arroz, gado e cana-de-açúcar). O projeto contará com apoio de pesquisadores de diferentes instituições para assegurar a cobertura nacional com elevada qualidade técnica. Assim, apesar do projeto ser liderado pela ESALQ/USP, outras 3 instituições (EMBRAPA, Universidade Federal de Santa Maria e Universidade de Nebraska-Lincoln) trabalharão juntas para realizar as atividades experimentais e propor as ações necessárias para elevar a eficiência agrícola brasileira.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Roberto Passador

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • nanocompósito híbrido de alto desempenho
  • O desenvolvimento de materiais comerciais a base de grafeno é essencial para estimular o desenvolvimento da produção e consumo desse material no Brasil gerando uma demanda interna pelo material. As indústrias de eletrônicos, defesa, automobilística e aeroespacial serão um dos potenciais consumidores desses materiais levando-se em conta a relação custo-benefício inicial desses materiais. Materiais poliméricos de engenharia, como a blenda policarbonato (PC)/acrilonitrila-butadieno-estireno (ABS), já são largamente aplicados nesses setores industriais por combinarem baixa massa específica, excelentes propriedades de resistência mecânica e térmica com processamento barato e eficiente. No entanto, sua aplicação continua limitada por serem transparentes a radiação eletromagnética, apresentarem baixa condutividade térmica e elétrica. O grafeno em uma de suas formas comerciais mais promissoras (nanoplacas de grafeno - GNP) se destaca nesse cenário, pois possibilita contornar essas limitações, gerando materiais de alto desempenho, capazes de bloquearem radiação eletromagnética, melhor dissipação do calor e de cargas elétricas mantendo as excelentes propriedades dos polímeros de engenharia. A aplicação de grafeno, para produção de nanocompósitos por meio de processos já utilizados em escala industrial, como proposto nesse projeto, é de relevância estratégica, tecnologia e comercial. Além disso, de acordo com a literatura é possível otimizarmos as propriedades desse nanocompósito por meio da adição conjunta de nanotubos de carbono, que devido a sua geometria complementar proporciona redução na quantidade necessária de grafeno para atingir as propriedades e melhora a interação deste com a matriz polimérica. Dessa forma, esse projeto prevê a produção de carcaças de componentes eletrônicos utilizando nanocompósitos híbridos de alto impacto. Essas carcaças serão compostas por blendas PC/ABS e mistura de grafeno e nanotubos de carbono como carga. Além disso, busca-se empresas parceiras para utilização dessa tecnologia utilizando grafeno e assessoria para toda a produção.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 23/10/2020-30/04/2021
Foto de perfil

Fabio Roberto Passador

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • desenvolvimento de embalagens antiestáticas compostas por matrizes de poliésteres com adição de nanotubos de carbono
  • As embalagens antiestáticas são utilizadas para proteção e armazenamento de placas, componentes eletrônicos sensíveis e circuitos integrados. Materiais poliméricos utilizados para a produção de embalagens antiestática devem possuir boas propriedades mecânicas e baixa resistividade elétrica. Atualmente são utilizados o polipropileno (PP) e o poli(tereftalato de etileno) (PET) como principais matrizes poliméricas para confecção de embalagens antiestáticas, porém, devido ao caráter isolante desses polímeros utilizados faz-se necessária a adição de agentes antiestáticos, como negro de fumo condutor, o mais utilizado no setor. Nesse Projeto de Pesquisa está sendo proposta a utilização de diferentes matrizes poliméricas de poliésteres para a produção de embalagens antiestáticas: o poli(ácido lático) – PLA e o poli(trimetileno tereftalato) – PTT. Ambos os poliésteres possuem origem de fontes renováveis e o PLA possui ainda a vantagem de ser biodegradável. O agente antiestático utilizado serão nanotubos de carbono (CNT), que são condutores elétricos e permitem a diminuição da resistividade elétrica e aumento de propriedades mecânicas dos nanocompósitos com a vantagem de utilização de menores quantidades desse agente na composição comparado ao tradicional negro de fumo. A metodologia do Projeto prevê o processamento desses nanocompósitos por extrusão, seguido de prensagem para a obtenção de filmes finos, além de estudo da modificação superficial dos nanotubos de carbono e preparação de agente compatibilizante por processamento reativo. A validação da aplicação ocorrerá por meio de ensaios mecânicos, térmicos, elétricos, morfológicos e por ensaios de permeabilidade ao vapor de água, buscando as melhores composições para aplicação como embalagens antiestáticas para transporte e armazenamento de componentes eletrônicos.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Santos do Nascimento

Ciências Biológicas

Zoologia
  • evolução da comunicação feromonal e plasticidade neuroetológica nos hymenópteros sociais
  • Os insetos sociais são reconhecidos pela eficiência na divisão de trabalho entre seus membros e, para que isso ocorra, são necessários mecanismos de sinalização e receptores sofisticados que decodificam e transmitem ao cérebro todas as informações sobre a colônia e o ambiente externo. Os insetos sociais podem ser considerados como “fábricas” de compostos químicos que são produzidos por glândulas exócrinas e/ou distribuídos sobre sua cutícula e são fundamentais para as várias funções que regulam as atividades coloniais. Além disso, o cérebro dos insetos é uma estrutura que possui plasticidade morfo-funcional que deve acompanhar a ontogenia comportamental de grupos de operárias que possuem especificidade para determinadas tarefas, apresentando diferentes volumes e/ou especializações em certas subregiões da neurópila. O objetivo principal deste projeto é identificar padrões de plasticidade fenotípica responsáveis pelos comportamentos diferenciados entre castas de abelhas, formigas e vespas, utilizando para este fim técnicas de experimentação e observação para definir os repertórios comportamentais dos indivíduos com ontogenia etária conhecida e estabelecer um paralelo entre a identidade química e arquitetura cerebral, utilizando a cromatrografia a gás acoplada à espectometria de massas e a análise de microscopia por fluorescência confocal.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fabio Scorsolini-Comin

Ciências Humanas

Psicologia
  • religiosidade/espiritualidade (r/e) no cuidado em enfermagem: conhecimentos, experiências e práticas profissionais em hospital geral
  • O conceito multidimensional de saúde proposto pela World Health Organization leva em consideração as condições “bio-psico-socio-espirituais” dos indivíduos, de maneira que a religiosidade/espiritualidade (R/E) vem sendo cada vez mais evocada, reverberando em implicações para o cuidado e para os profissionais de saúde. Algumas situações parecem exigir mais atenção a essa condição e, particularmente, os profissionais de enfermagem estão em contato direto com pacientes e eventos em que parece ser pequeno ou inexistente o espaço para esse cuidado diante de suas demandas ou, até mesmo, por uma formação que não oferece as informações necessárias para este preparo, ocasionando insegurança e hesitação por parte dos profissionais ao lidarem com o tema. Frente à realidade, é oportuno aprimorar o embasamento científico, teórico, prático e ético para a oferta de um cuidado integrado, humanizado e que, de fato, incorpore a compreensão multidimensional da noção de saúde. O objetivo geral desse projeto é investigar os conhecimentos e as experiências profissionais e pessoais de enfermeiros de um Hospital Geral acerca da R/E, bem como suas práticas em relação a esse domínio. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, composto por três etapas, sendo uma documental, uma quantitativa e outra qualitativa. A primeira será composta por uma revisão integrativa de literatura que tentará responder à seguinte pergunta norteadora: De que modo a religiosidade/espiritualidade está presente na atuação profissional em Enfermagem? Serão recuperados artigos empíricos que respondam a essa pergunta a partir de buscas nas bases/bibliotecas eletrônicas LILACS, SciELO, CINAHL, PsycINFO, Scopus, Web of Science e MEDLINE, no período de janeiro de 2008 a dezembro de 2018. O protocolo PRISMA será empregado na organização e análise dos dados. A segunda etapa do estudo será quantitativa, desenvolvida com enfermeiros que atuam no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCRP-FMRP-USP). A aplicação será online, contendo escalas que avaliam satisfação de vida, afetos positivos e negativos, condições de saúde, autoavaliação da espiritualidade, bem-estar espiritual e aspectos sociodemográficos. Após as análises de correlação, serão realizadas regressões para avaliar a relação entre variáveis preditoras (aspectos socioeconômicos, de formação, laborais, afetos positivos, afetos negativos, satisfação de vida, condições de saúde) e de desfecho (variáveis da R/E). A segunda etapa do projeto é qualitativa e consiste em realizar entrevistas semiestruturadas com enfermeiros do HCRP-FMRP-USP acerca de suas práticas em relação à R/E, sendo orientada pelo protocolo COREQ (Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research). Os dados qualitativos serão transcritos na íntegra, organizados e analisados em profundidade, utilizando-se os procedimentos de análise de conteúdo. Eles serão discutidos pela literatura da área sobre R/E e Enfermagem. A meta do projeto, a partir da realização dessas três etapas, é produzir evidências acerca da incorporação da R/E na prática em Enfermagem, possibilitando reflexões sobre boas práticas nesse campo, o que pode repercutir em uma assistência à saúde que empregue os elementos da R/E não apenas na compreensão do adoecimento ou das condições emocionais dos pacientes, mas também como recurso de escuta e de cuidado em contexto hospitalar.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Simões de Vicente

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • materiais híbridos de sílica preparados por sol-gel: do estudo à aplicações em óptica e fotônica e áreas da saúde
  • RESUMO A linha de pesquisa em materiais vítreos e porosos preparados via processo sol-gel é bem estabelecida no grupo de pesquisa, e resultados recentes mostram potencial de aplicação destes materiais híbridos de sílica nas áreas de óptica e fotônica [1], eletrônica orgânica e eletroluminescentes [2], e recentemente aplicação de sílicas mesoporosas para desenvolvimento de materiais bactericidas avançados [3] e sílicas mesoporosas para encapsulamento do fármaco Curcumina para aplicação como agente de controle de larvas do mosquito aedes aegypt [4], e sílicas porosas funcionalizadas com grafeno para aplicação em filtros especiais. Este projeto permitirá o incremento da infraestrutura de pesquisa e manutenção dos projetos de mestrado e iniciação cientifica em andamento, bem como alavancará o programa de Doutorado nota 4 , recém aprovado pela Capes em setembro de 2018. Referencias: [1] L.M.G. Abegão, D.S. Manoel, A.J.G. Otuka, P.H.D. Ferreira, D.R. Vollet , D.A. Donatti, L. De Boni, C.R. Mendonça, F.S. De Vicente, J.J. Rodrigues, M.A.R.C. Alencar, Random laser emission from a Rhodamine B-doped GPTS/TEOS-derived organic/silica monolithic xerogel, Laser Physics Letters, 14 (2017) 065801. // // // P.H.D. Ferreira, A.J.G. Otuka , E.C. Barbano, D.S. Manoel, F.S. De Vicente, D.R. Vollet , D. A. Donatti, L. Misoguti , C. R. Mendonça . Femtosecond laser fabrication of waveguides in Rhodamine B-doped GPTS/TEOS-derived organic/silica monolithic xerogel, Optical Materials, 47 (2015) 310-314. // // // F.S. De Vicente, P. Freddi, A.J.G. Otuka, C.R. Mendonça, H.F. Brito, L.A.O. Nunes, D.R. Vollet , D.A. Donatti, Photoluminescence tuning and energy transfer process from Tb3+ to Eu3+ in GPTMS/TEOS-derived organic/silica hybrid films, Journal of Luminescence, 197 (2018) 370-375. [2] GOZZI, G. ; QUADROS, M. H. ; De Vicente, F S. , Processo De Fabricação De Filmes Finos Com Propriedades Elétricas E Ópticas E Produto Obtido. PATENTE: registro BR1020150248482, INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. 28/09/2015. // // // GOZZI, G. ; COLUCCI, R. ; De Vicente, F.S.. Compósito Eletroluminescente, Método De Obtenção Do Compósito Eletroluminescente E Dispositivo Eletroluminescente Utilizando O Dito Compósito. PATENTE: registro BR1020160256062, INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. 01/11/2016. // // // R. Colucci, M.H. Quadros, F.H. Feres, F.B. Maia, F.S. De Vicente, G.C. Faria, L.F. Santos, G. Gozzi, Cross-linked PEDOT: PSS as an alternative for low-cost solution-processed electronic devices, Synthetic Metals, 241 (2018) 47-53. [3] Parceria Unesp e Empresa TNS Solutions, http://tnsolution.com.br. [4] bolsa PIBIC e parceria Grupo de Optica/IFSC.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Fábio Soares de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • as pérolas de darwin: biogeoquímica, mineralogia, ciclagem e importância ambiental dos fosfatos do arquipélago de são pedro e são paulo, atlântico norte.
  • As ilhas oceânicas são ambientes extremamente favoráveis à interação entre a atividade da avifauna e os substratos geológicos. Essa interação pode gerar feições e produtos conhecidos como ornitogênicos, muito ricos em fósforo, como crostas, eflorescências, solos, guano etc. O estudo destes materiais é fundamental para estimar as reservas de fósforo nas ilhas e para compreender como ocorre o ciclo local deste elemento, que é fundamental para a vida no planeta e um dos responsáveis pela produtividade marinha das áreas do entorno. O Arquipélago de São Pedro e São Paulo se destaca como uma área em que a ornitogênese é muito antiga e intensa, tendo diversas feições associadas a ela. Esses materiais despertaram a atenção de Darwin, o primeiro a citá-los, e que destacou sua importância e beleza, fazendo referência ao brilho perolado que possuem. Este projeto visa aprofundar o estudo destes materiais, compreender de maneira ampla como ocorre a ornitogênese no ASPSP. Para isso, utilizará procedimentos metodológicos variados, interdisciplinares, incluindo coletas de rochas, solos, sedimentos e água, e realizando análises físicas, químicas, mineralógicas, biológicas, isotópicas e datações. Esses procedimentos convergem para atender aos seguintes objetivos: i - aprofundar o estudo morfológico (macro e micro), geoquímico e mineralógico dos produtos da ornitogênese no ASPSP; ii - modelar o ciclo biogeoquímico do fosforo no local; iii - compreender as interações entre o guano e o singular substrato geológico do ASPSP e iv - realizar um estudo geomicrobiológico nas feições e produtos da ornitogênese do ASPSP. Espera-se que os resultados contribuam com o entendimento de como o fosforo se comporta em sistemas naturais, do seu papel na conservação dos ecossistemas insulares, na melhoria do seu manejo na agricultura e para o avanço do conhecimento da mineralogia de fosfatos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/01/2020-31/10/2022
Foto de perfil

Fábio Soares de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • geomorfologia ambiental das ilhas oceânicas fernando de noronha e trindade: compartimentação do relevo, evolução quaternária e interações solo-água
  • O estado da arte das pesquisas nas ilhas oceânicas brasileiras revela a lacuna existente para estudos geomorfológicos, principalmente os que integram o relevo e as coberturas superficiais (como o solo), visando elucidar aspectos ligados à evolução da paisagem e à produção, armazenamento e dinâmica da água (recursos hídricos) na superfície. A partir disso, este projeto visa realizar um completo diagnóstico geomorfológico das principais ilhas oceânicas brasileiras, Fernando de Noronha, situada em arquipélago homônimo, e Ilha da Trindade, ambas no Atlântico Sul. A proposta envolve: i) a realização da compartimentação geomorfológica das ilhas em escala de detalhe; ii) o estudo da evolução quaternária do relevo através dos processos denudacionais, paleointemperismo e das formações sedimentares carbonáticas; iii) a caracterização dos recursos hídricos existentes nas ilhas, com destaque para a produção de água, suas características naturais e qualidade e iv) a gênese e evolução das feições erosivas e sua relação com as mudanças na cobertura vegetal, solos e usos antrópicos. Os resultados dessa proposta convergem com o interesse de ampliar o conhecimento sobre as paisagens insulares brasileiras, sobretudo no seu domínio oceânico, contribuindo com avanços conceituais, com a gestão e conservação destes ambientes e com a formação de recursos humanos em diversos níveis acadêmicos.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022