Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Sergio Antonio Fernandes

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • segunda geração de calix[n]arenos como organocatalisadores para a síntese de heterociclos
  • Organocatalisadores consistem em moléculas orgânicas que em quantidades subestequiométricas aceleram reações químicas, sem a necessidade da presença de qualquer traço de metal. O interesse pela organocatálise deve-se principalmente a algumas vantagens, tais como: baixa toxicidade dos produtos químicos empregados, baixa sensibilidade dos catalisadores à presença de oxigênio atmosférico e simplicidade operacional. Além disso, os produtos oriundos de reações catalisadas por substâncias orgânicas, por não apresentarem contaminação por metal, despertam o interesse da indústria farmacêutica, de perfumaria e fragrâncias, biorrefinaria e da indústria química em geral. Uma classe de compostos que vem despertando grande interesse nas últimas décadas são os calix[n]arenos que tem sido aplicado com sucesso em diferentes transformações químicas como organocatalisadores. Neste projeto, estamos interessados no desenvolvimento da segunda geração de calix[n]arenos como organocatalisadores e avaliação dos mesmo em reações multicomponentes e em transformações de biomassa tendo em mente os conceitos da Química Verde e Economia de Átomos.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sergio Azevedo Fonseca

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • corredor verde agroflorestal: tecnologia social para o plantio e a produção de alimentos saudáveis, com geração de renda, recuperação de manancial urbano e educação socioambiental em área de alta vulnerabilidade social no município de araraquara (sp)
  • O projeto irá integrar duas frentes de intervenção, passíveis de serem qualificadas como dois pólos de aplicação de tecnologias sociais, a serem integradas e articuladas de forma sistêmica ao longo das atividades do projeto: a primeira dessas frentes será a recuperação de um manancial urbano, em elevado estado de degradação, localizado na área de abrangência do projeto que se trata do Residencial Valle Verde. A segunda frente será representada pela criação de uma horta comunitária urbana, a ser instalada em terreno público de 6.230,87 m2, localizado na Rua José Pio,no bairro Valle Verde. A integração e a articulação entre essas duas frentes se dará por meio de um canal verde de irrigação, que irá conectar o manancial objeto da recuperação e a horta. Ademais dessas frentes de ação, o projeto terá um braço de educação ambiental, pela previsão de atuar na sensibilização e conscientização da população residente no entorno territorial do projeto, com vistas ao manejo adequado dos resíduos domiciliares, sobretudo os orgânicos passíveis de serem convertidos em compostos.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 01/12/2018-30/05/2021
Foto de perfil

Sérgio Britto Garcia

Ciências da Saúde

Medicina
  • efeitos da detoxificação tecidual e sistema imune sobre a carcinogenese de cólon: modulações da iniciação/promoção como determinantes da manifestação tumoral
  • Os mecanismos de detoxificação tecidual e o sistema imune modulam o processo neoplásico colônico, porém as interações entre estes elementos não estão claras. As etapas iniciais do processo oncogênico são determinantes para a aquisição de um fenótipo maligno no tecido, o que determinaria a sua progressão até a fase tumoral. Assim, entender de que maneira esses componentes atuam durante as modificações pré-neoplásicas torna-se essencial para a busca de novos alvos terapêuticos. Diante disso, objetiva-se investigar essas interações através de modelos experimentais de carcinogênese química em camundongos, normais e imunossuprimidos. O material coletado será analisado para quantificações de lesões pré-neoplásicas, mastócitos, detoxificação tecidual, dano de DNA, e dosagens de citocinas pró- e anti-inflamatórias.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Sérgio Carvalho Benício de Mello

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • economia colaborativa: entendendo a uberização da vida cotidiana e os desafios ao estado brasileiro
  • O caso Uber versus Taxis nos inspira a refletir sobre a nossa atual realidade, na qual serviços baseados em aplicativos passam a reconfigurar a vida em sociedade, modificando práticas sociais e políticas, possivelmente, gerando conflitos de interesses. O que já estava sedimentado na tradição agora passa a ser agitado pelos fluxos digitais, movimentando uma nova economia que ainda tenta ser significada. Os avanços tecnológicos que culminaram nos aplicativos receberam impulso de forças globalizantes e sinalizam um progresso da vida cotidiana, sob a forma de um determinismo tecnológico do qual não se pode escapar tampouco retornar ao estágio anterior. A nova economia acessada e alimentada a partir das telas digitais, principalmente de smartphones, tablets e TVs inteligentes, tem se mostrado bastante promissora tanto em termos de potencial de geração de negócios, emprego e renda – alternativa para momentos de crise – quanto em termos de geração de conflitos. Por ser um fato social novo, a exemplo dos serviços de transporte urbano demandados por aplicativos, a falta de entendimento normativo passa a causar certa dificuldade em, a partir da mentalidade de Estado Regulador, encontrar formas de garantir a harmonia entre profissionais já regulamentados e aqueles ainda na contramão da legalidade. Regulamentações, então, são demandadas como forma de solucionar conflitos, proteger mercados e direitos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022