Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Andressa Suelly Saturnino de Oliveira

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação da efetividade de intervenções de suporte ao isolamento domiciliar de casos suspeitos de covid-19 identificados na atenção básica
  • Esta proposta de pesquisa pretende contribuir para o enfrentamento da COVID-19 e aprimoramento da Atenção Básica no contexto da Pandemia, por meio de testagem da efetividade de três intervenções de suporte aos casos suspeitos que iniciam o isolamento domiciliar, a saber: ligação telefônica; envio de mensagens de texto para o telefone móvel do paciente; e leitura/explicação e entrega de material impresso com listagem dos cuidados domiciliares, extraídos de Protocolo elaborado pelo Ministério da Saúde. A hipótese a ser testada é de que pelo menos uma dessas intervenções é eficaz para melhorar a adesão às práticas de cuidados domésticos de pessoas com diagnóstico de Síndrome Gripal (suspeitas de COVID-19 - casos leves) com indicação de isolamento domiciliar, em comparação àquelas que não recebem tal suporte. Objetiva-se avaliar a efetividade de três intervenções de suporte ao isolamento domiciliar de casos suspeitos de COVID-19, identificados na Atenção Básica, em relação às condutas de rotina implementadas pelas equipes de Saúde da Família. Trata-se de proposta de estudo quantitativo, prospectivo e experimental (de intervenção), a ser realizado em 24 meses, em Unidades Básicas de Saúde de Fortaleza - Ceará. A amostra será de 195 pessoas: 49 participantes para cada um dos três grupos de intervenção e 48 a serem recrutados para o grupo controle, conforme critérios de elegibilidade. Os grupos de alocação serão: participantes que receberão ligação telefônica (grupo 1), que receberão mensagens de texto (grupo 2) e que participarão de leitura/explicação/entrega de material impresso (grupo 3), além daqueles que participarão exclusivamente de condutas de rotina da atenção básica para casos suspeitos de COVID-19 (grupo controle). A coleta de dados se dará entre novembro de 2020 e janeiro de 2021. Cada participante responderá a um formulário para coleta de dados sociodemográficos, clínicos e de condutas domiciliares após aparecimento de sintomas indicativos de Síndrome Gripal (baseline). Estes serão considerados para avaliação do desfecho. O participante será alocado (de modo aleatório) em um dos quatro grupos propostos e, no 7º e 14º dia após comparecimento à Unidade Básica de Saúde, receberá ligação telefônica para novo preenchimento do formulário (apenas os itens de avaliação do desfecho). Não haverá possibilidade de cegamento simples dos participantes quanto ao fato de receber a intervenção ou não. O desfecho considerado para este estudo será a adesão às medidas de isolamento domiciliar e cuidados domésticos implementados por pacientes com Síndrome Gripal (suspeitos de COVID-19 - casos leves), o qual será medido por meio de instrumento a ser elaborado e validado. Os dados serão analisados utilizando-se o IBM SPSS Statistics versão 24. A análise descritiva e inferência serão executadas. Esta pesquisa será submetida à apreciação de Comitê de Ética em Pesquisa. Seguirá as instruções contidas no guia internacional Consolidated Standards of Reporting Trials para intervenções não farmacológicas e será inscrita no Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos. Serão seguidas as salvaguardas preconizadas na Resolução Nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde.
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - CE - Brasil
  • 16/07/2020-15/08/2022
Foto de perfil

Andrey Chaves

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • abordagem multi-escala para propriedades óticas, eletrônicas e de transporte em semicondutores bidimensionais e suas heteroestruturas
  • Materiais bidimensionais (2D) são um tópico de pesquisa recente e com enorme interesse internacional e nacional, estando na categoria de materiais avançados estratégicos, possuindo a potencialidade de gerar novos produtos e processos inovadores de elevado valor tecnológico e econômico (Portaria MCTI Nº 4.964 e Decreto nº 10. 746). Além disso, o Brasil é detentor de grandes reservas de minerais lamelares como grafite, matéria-prima para a síntese de materiais 2D. Esse projeto de pesquisa trata do estudo de propriedades de estrutura eletrônica, transporte e óptica de novos materiais 2D e suas heteroestruturas. Em específico, iremos usar uma abordagem multiescala, indo da escala atômica até a macroscópica, para tratar desses sistemas, utilizando para isso diferentes abordagens computacionais já bem estabelecidas e eficientes, as quais foram desenvolvidas ao longo dos anos para lidar com os fenômenos relevantes em cada escala diferente. Desta forma, partindo de cálculos ab-initio (DFT), obteremos uma Hamiltoniana tight-binding pelo método de Wannierização, e por fim serão obtidas propriedades de transporte, utilizando métodos por evolução temporal de função de onda (split-operator method), e utilizando o método k.p, serão construídos modelos contínuos para a obtenção de propriedades ópticas incluindo interação de poucos corpos (éxcitons e tríons) e estudo de óptica não-linear. Esse trabalho se insere em um projeto de colaboração institucional iniciado em 2020 entre ITA e UFC, e uma orientação pontual iniciada por uma colaboração UFC-ITA-UFMT em 2021. Esse projeto também visa a formação de recursos humanos, estando associados seis alunos de doutorado em coorientações entre as instituições, além de quatro alunos de mestrado.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Andreza Barbosa

Ciências Humanas

Educação
  • inovar, empreender, modernizar: (neo)tecnicismo nas universidades estaduais paulistas
  • O tecnicismo pedagógico, tendência de destaque na educação brasileira na década de 1970, teve seus pressupostos questionados pelo campo educacional na década seguinte e foi retomado de forma paulatina por ocasião da implantação das reformas educacionais de caráter gerencialista nos anos de 1990. Com forte apoio das tecnologias digitais, o neotecnicismo pedagógico tem sido associado às denominadas metodologias ativas de ensino e à inovação da educação. Esses pressupostos, já difundidos na educação básica e na educação superior privada, chegam recentemente às universidades públicas que, mesmo com reconhecida crítica, observada principalmente na produção dos últimos 20 anos sobre ensino na educação superior, passam a incorporar o neotecnicismo ao discurso da modernização dos cursos de graduação, fenômeno que constituirá o foco central deste projeto de pesquisa. As universidades públicas estaduais paulistas (Usp, Unesp e Unicamp) têm publicado editais internos de chamada de propostas voltadas à modernização do ensino de graduação por meio de mudanças nos currículos e incorporação de novas metodologias. Frente a isso, o objetivo do projeto é compreender a presença do neotecnicismo pedagógico nas três instituições paulistas por meio da análise de editais destinados à chamada modernização e/ou inovação dos cursos de graduação. A questão norteadora é: quais são os pressupostos pedagógicos que se expressam em tais editais e quais suas relações com o contexto político atual posto para a educação superior? Para tal, essa investigação será desenvolvida em três etapas complementares: i) elaboração de estado do conhecimento dos últimos 20 anos sobre a dimensão do ensino na educação superior brasileira; ii) identificação e análise de editais voltados à modernização e/ou inovação dos cursos de graduação; iii) realização e análise de entrevistas com os profissionais responsáveis pela elaboração e acompanhamento desses editais.
  • Pontifícia Universidade Católica de Campinas - SP - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Andreza Pain Marcelino

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • produção e avaliação de protótipo de ensaio imunoenzimático-elisa para o diagnóstico da leishmaniose tegumentar americana: comparação entre antígeno solúvel de l.(v.) braziliensis e proteína quimérica multiepitopo de linfócitos b
  • Trata-se de um estudo de validação de método para diagnóstico da leishmaniose tegumentar americana-LTA por Ensaio Imunoenzimático-ELISA. O ELISA constitui método diagnóstico sorológico de fácil execução, baixo custo e muito utilizado na rotina diagnóstica de diversos agravos. A coleta de soro é um procedimento universalmente utilizado e o transporte e armazenamento de amostras sorológicas é bem estabelecido e regulado no Brasil. No entanto, não existe na Rede Pública de Saúde, até o momento, um método sorológico eficaz, em relação aos aspectos de acessibilidade, custo e desempenho, para o diagnóstico da LTA. O Laboratório de Pesquisa Clínica e Vigilância em Leishmanioses (LaPClinVigiLeish) do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) possui experiência no atendimento de pacientes suspeitos de LTA, na assistência clínica como também laboratorial e utiliza esta técnica “in house”, com antígenos brutos de Leishmania (Viannia) braziliensis para diagnóstico da LTA. Entretanto, este método necessita de padronização e validação para que possa ser descentralizado para outras unidades de atendimento laboratorial do país, principalmente porque a LTA não é uma doença que induza a produção de altos níveis de anticorpos. A padronização de método sorológico altamente sensível e especifico agregaria valor ao diagnóstico da LTA considerando as dificuldades existentes para a realização de biópsias para o diagnóstico parasitológico de certeza e a logística para a coleta, transporte e análise do material obtido por biopsias e escarificação das lesões, principalmente a necessidade de profissional adequadamente treinado para a leitura das laminas de exame direto e estrutura laboratorial para a realização do cultivo “in vitro”. Por outro lado, sabemos que a produção de kits diagnósticos em escala industrial com antígenos brutos é difícil, principalmente para manutenção dos meios de cultura. Muitos pesquisadores investigam modelos antigênicos com proteínas sintéticas ou recombinantes, que possam apresentar vantagens não só em relação ao desempenho como também na facilidade de produção em larga escala. A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Departamento de Patologia Clínica, desenvolveu uma proteína quimérica de epítopos de linfócitos B, com resultados promissores, para uso em ELISA para diagnóstico da LTA. Sendo assim, este projeto propõe a padronização e avaliação de dois protótipos de kits ELISA utilizando os dois princípios antigênicos distintos supracitados, comparando o desempenho de cada um deles e elegendo o melhor modelo como proposta para produção de kits diagnósticos para LTA. Esta produção será realizada na plataforma de produção de kits diagnósticos de Bio-Manguinhos, Fiocruz e avaliados pelo LaPClinVigiLeish.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 14/12/2020-30/06/2023