Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Ana Karine Pereira

Ciências Humanas

Ciência Política
  • capacidades estatais para a implementação de empreendimentos de infraestrutura: um estudo dos setores de transporte e energia
  • A construção de infraestrutura no Brasil recebeu um forte aporte de recursos dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a partir de 2007. A implementação desses projetos é complexa, exigindo instrumentos de monitoramento de políticas públicas, coordenação intersetorial entre os órgãos envolvidos no planejamento e execução, sinergia do Estado com grupos sociais locais, articulação com representantes de entes subnacionais e diálogo com órgãos de controle externo. Dessa forma, a atuação do Estado no setor de infraestrutura requer robustas capacidades administrativas e relacionais. O objetivo deste trabalho, utilizando a metodologia de process-tracing e o método da diferença de Mill, é comparar dois projetos do PAC – a Usina Hidrelétrica de Belo Monte e a ferrovia Transnordestina, rastreando os mecanismos causais de fortalecimento e enfraquecimento dessas capacidades nos setores de energia e transportes. O recorte de análise recai nas fases de planejamento, implementação e operação desses empreendimentos.
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ana Karla Silva Soares

Ciências Humanas

Psicologia
  • atitudes e comportamentos pró-ambientais em crianças: correlatos valorativos da personalidade e perspectiva de futuro
  • As discussões sobre questões ambientais permeiam tanto os contextos acadêmicos, quanto o senso comum, em que a preocupação com as mudanças climáticas, a degradação da natureza e as necessidades do planeta são analisadas por diferentes visões, principalmente quanto ao conhecimento, magnitude dos impactos e a maneira mais adequada de promoção de atitudes e comportamentos ambientalmente mais responsáveis. Por sua vez, a perspectiva do tempo é considerada uma dimensão de suma relevância na construção e compreensão do tempo psicológico, das atividades vivenciadas em termos de presente, passado e futuro, com pesquisadores reconhecendo sua relevância e influência na concepção de mundo dos indivíduos. Seguindo uma tendência de simplificação conceitual, nesta pesquisa dar-se ênfase a perspectiva de futuro, definida como a noção que alguns indivíduos possuem de pensar sobre o futuro com mais frequência, caracterizando-se como a capacidade de planejá-lo, de perceber necessidades individuais futuras e do grau de vínculo estabelecido do presente para com o passado e o futuro. Assim, visto que comportar-se de forma sustentável exige que o indivíduo focalize resultados futuros e comportamentos sustentáveis em detrimento de vantagens imediatas, considera-se importante analisar a relação entre os construtos. Ademais, as atitudes e comportamentos pró-ambientais dos indivíduos podem ser compreendidos e explicados por diferentes variáveis, dentre as quais destacam-se a personalidade e os valores humanos como seus preditores consistentes. Nesta direção, o presente projeto tem por objetivo avaliar em que medida as atitudes e comportamentos pró-ambientais de crianças são explicados pela perspectiva de futuro, valores humanos e personalidade. Especificamente, o projeto em pauta buscará avaliar os correlatos valorativos e da personalidade para com a perspectiva de futuro e atitudes e comportamentos pró-ambientais e elaborar um modelo explicativo com estas variáveis. Participarão da pesquisa um mínimo de 400 crianças, das regiões centro-oeste, nordeste e sul do Brasil, com idades entre 9 e 12 anos (masculino e feminino). Estas responderão o Questionário dos Valores Básicos - Infantil, Questionário de Cinco Fatores para Crianças, Escala de Atitudes Ambientais das Crianças, Escala de Comportamento Ambiental Responsável para Crianças e perguntas de caracterização da amostra. Os dados serão analisados com o programa Mplus, procurando conhecer em que medida e direção as variáveis se correlacionam e elaborar um modelo explicativo das atitudes e comportamentos pró-ambientais partindo da perspectiva de futuro, prioridades valorativas e personalidade. Espera-se que os resultados corroborem as hipóteses elencadas no projeto e contribuam com a construção de conhecimento sobre as temáticas em estudo.
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ana Katherine da Silveira Gonçalves de Oliveira

Ciências da Saúde

Medicina
  • impacto da radiofrequência fracionada microablativa e outras opções terapêuticas para tratamento da síndrome geniturinária da menopausa: contribuição da microbiota vaginal e função sexual
  • IMPACTO DA RADIOFREQUÊNCIA FRACIONADA MICROABLATIVA PARA TRATAMENTO DA SÍNDROME GENITURINÁRIA DA MENOPAUSA: CONTRIBUIÇÃO DA MICROBIOTA VAGINAL E FUNÇÃO SEXUAL •Introdução: O envelhecimento é um processo universal e inevitável que está despertando interesse em diversas áreas em todo mundo. Na mulher, além das alterações fisiológicas decorrentes da idade, ocorrem outras em função da falência ovariana que culmina com a menopausa. No período da menopausa ocorre decréscimo dos níveis hormonais e como consequência observa-se um espectro de sintomas e sinais geniturinários denominados Síndrome Geniturinária da Menopausa (SGM). A SGM pode incluir diversos sintomas genitais, como secura vaginal e no vestíbulo vulvar, ardor, desconforto e irritação vulvovaginal, além de sintomas sexuais, como falta de lubrificação e dispareunia, levando a dificuldades durante relações sexuais. Há ainda sintomas urinários, como urgência, aumento de frequência, disúria e infecções urinárias recorrentes. Clinicamente, o epitélio genital se torna mais fino, pálido e seco, e pode causar restrição e encurtamento vaginal. A mucosa pode ficar menos elástica, com perda gradual de rugosidade e alterações na microbiota vaginal, além da diminuição no fluxo sanguíneo. Em casos de atrofia severa, a superfície do vestíbulo e a vagina podem se tornar friáveis, com petéquias e ulcerações e sangrar com facilidade. O desconforto associado a essas alterações pode ter um impacto significativo na saúde em geral e na qualidade de vida destas mulheres. A recomendação para a mulher menopausada com sintomas geniturinários é a reposição local de estrógeno em baixas doses, entretanto em muitas mulheres o uso de hormônios é contraindicado, em virtude de muitas delas também apresentarem outras patologias como câncer de mama e tromboses, que contraindicam a terapia hormonal. Por este motivo se faz necessário a descoberta de opções não farmacológicas de tratamento. Métodos físicos, como laser e radiofrequência nas formas não ablativa, ablativa e microablativa, já têm sido usados para o rejuvenescimento da pele do rosto, pescoço e corpo. Neste contexto, o presente estudo propõe avaliar o efeito terapêutico da Radiofrequência Fracionada Microablativa na função sexual e nos sintomas genitourinários advindos da menopausa. •Objetivos: - Geral: Avaliar o efeito terapêutico da Radiofrequência Fracionada Microablativa e outras opções hormonais e não hormonais disponíveis sobre a função sexual, microbiota vaginal e sintomas geniturinários de mulheres menopausadas. - Específicos: Realizar Revisão Sistemática com Metanálise para avaliar a eficácia absoluta e comparativa, além da tolerabilidade dos tratamentos hormonais e não hormonais sobre a função sexual de mulheres na menopausa. Avaliar a eficácia de método alternativo (Radiofrequência Fracionada Microablativa) para tratamento da Síndrome Geniturinária da Menopausa. •Metodologia Utilizada: 1. Revisão Sistemática com Metanálise 2. Ensaio Clínico Randomizado 1.Revisão Sistemática com Metanálise Inicialmente será realizada revisão sistemática com provável metanalise, registrado no PROSPERO (International prospective register of systematic reviews) sob o número CRD42018100488, seguindo os critérios do PRISMA. •Estratégia de busca: “Menopause AND sexual behavior AND (hormonal AND therapy) AND (estrogens AND combination AND alone) AND (synthetic AND steroids) AND (selective estrogen receptor modulators) AND (nonhormonal AND treatment) AN (education) AND (lubricants) AND (moisturizers) AND (dilators) AND(Vibrators) AND (physical therapy modalities) AND (topical lidocaine) AND (laser AND therapy). •Gerenciamento de dados mediante o uso do software Review Manager (RevMan 5.2 •Avaliação da Heterogeneidade e Risco de Bias Modelos de efeitos fixos ou de efeitos aleatórios serão escolhidos dependendo da ausência ou presença de heterogeneidade entre os estudos. A heterogeneidade estatística entre os estudos será avaliada pela estatística I2 (<25%, sem heterogeneidade; 25% -50%, heterogeneidade moderada; e> 50%, forte heterogeneidade). Quando uma heterogeneidade significativa existir entre os estudos incluídos (I2> 50%), um modelo de efeitos aleatório será utilizado para a análise; caso contrário, o modelo de efeitos fixos será usado. 2. Ensaio Clínico Randomizado Em um segundo momento, será realizado um ensaio clínico de tratamento, randomizado-controlado, paralelo, aberto, com três braços. Para garantir a randomização utilizaremos o Software Research Randomizer®: as pacientes elegíveis serão codificadas e aleatorizadas em blocos na proporção de 1:1. As pacientes serão divididas em três grupos: grupo controle (sem intervenção), grupo com hormônio (Estradiol) e grupo com intervenção (RFFM). Será realizada avaliação da função sexual através do FSFI (Female Sexual Function Index), além da avaliação da microbiota vaginal e do sistema geniturinário, antes e após a cada secção de Radiofrequência Fracionada Microablativa. • Processamento e análise - criação de banco de dados que será exportado para o EPI INFO, onde será feita consistência inicial da digitação dos dados. A estatística inferencial será utilizada para estabelecer as possíveis diferenças entre os grupos, de acordo com o teste de normalidade de Komolgorov-Sminorff. Hormônioterapia com a base de Estradiol 17β, 1g duas vezes por semana, quatro semanas. Radiofrequência Fracionada Microablativa - serão feitas três aplicações na vagina/introito vaginal, com intervalos de 28 a 40 dias. Será realizada uma aplicação sequencial nas paredes vaginais sob visão direta. •Avaliação da microbiota Vaginal e percentual de lactobacilos em coloração pelo Gram •Determinação do pH vaginal •Citopatologia hormonal – para avaliação do índice de maturação celular ou de Frost, com células profundas, intermediárias e superficiais (P/I/S), expressas em porcentagem. •Avaliação do Trato Urinário - pela quantificação de células epiteliais provenientes da esfoliação
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Ana Ligia Barbour Scott

Ciências Biológicas

Biofísica
  • adjuvant for covid-19: drug repurposing and discovery of plant based novel therapeutics/adjuvants with anti-inflammatory and immunostimulatory properties.
  • Vários tipos de vírus se multiplicam no hospedeiro sem causar danos graves, incluindo aqueles capazes de causar doenças. Mas, em alguns casos, a resposta do hospedeiro pode causar efeitos fisiopatológicos importantes, que podem ser relativamente inespecíficos ou mais direcionados pela resposta imune humoral e/ou celular. É geralmente conhecido que os macrófagos fazem parte de uma população de células do sistema imune inato que responde a agentes microbianos pela produção de moléculas inflamatórias que matam os patógenos e promovem a reparação dos tecidos. No entanto, uma resposta inadequada dessas células pode levar a danos ao próprio indivíduo, como pode ser visto na síndrome de ativação macrofágica induzida por infecções graves, incluindo aquelas relacionadas ao SARS-CoV-2. A ocorrência e evolução do COVID-19 depende da interação entre o vírus e o sistema imunológico de cada indivíduo. Portanto, a identificação de agentes imunomoduladores capazes de manter uma resposta imune controlada e ao mesmo tempo responder adequadamente aos patógenos são de grande interesse neste momento de pandemia. Este projeto de pesquisa propõe unir estudos in silico (docking molecular, triagem virtual, modelagem molecular, simulações de dinâmica molecular, análise de modos normais, etc.) e in vitro (experimentos de interação imunológica e biofísica contra alvos validados e ensaios de inibição viral) para identificar moléculas de origem vegetal, ou compostos sintéticos semelhantes a essas substâncias naturais, com propriedades antiinflamatórias e imunomoduladoras contra COVID-19 ou SARS-CoV-2. Espera-se que o resultado direto deste projeto seja a aquisição de informações que permitirão um melhor entendimento da estrutura / função de proteínas-chave na infecção por SARS-CoV-2 que podem auxiliar na formulação de candidatos a fármacos para auxiliar no tratamento. de COVID-19. A complementaridade e interdisciplinaridade dos grupos pode ser muito produtiva para desenvolver o projeto.
  • Universidade Federal do ABC - SP - Brasil
  • 07/12/2021-30/06/2024
Foto de perfil

Ana Lorym Soares

Ciências Humanas

História
  • literatura e historicidade: crítica à modernidade historicista e emergência de temporalidades pós-utópicas em romances distópicos contemporâneos
  • Este projeto de pesquisa tem como escopo geral estudar o modo como história e literatura se informam mutuamente em termos de modelos organizadores de escrita e de reflexão sobre a dimensão temporal da história, a partir da análise do gênero romanesco em suas manifestações na história literária recente que dá vazão a enredos e modelos de temporalidade de tonalidade distópica. Interessa-nos verificar a emergência de uma crítica à temporalidade modernista, historicista e utópica e a constituição de possíveis noções presentistas ou pós-utópicas de temporalidade nesses romances, perscrutando os sentidos atribuídos a essas operações. Para tanto, elegemos como corpus documental ficções distópicas produzidas nas últimas três décadas por autores como Michel Houellebecq (França, 1956), Antoine Volodine (França, 1950) e Gonçalo M. Tavares (Angola/Portugal, 1970), todos reconhecidos internacionalmente pela produção literária.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022