Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Saulo Alves Santos de Oliveira

Ciências Agrárias

Agronomia
  • bases científicas e tecnológicas para o manejo integrado das podridões radiculares da mandioca
  • A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é uma espécie que possui destacada importância econômica e social na África, Ásia e América Latina. Contudo, várias doenças podem afetar sua produtividade, dentre elas as podridões radiculares, causada por um complexo de patógenos habitantes do solo, destacando-se os fungos Phytophthora spp., Botryosphaeria spp. e Fusarium spp. As perdas podem chegar a 100%, dependendo da intensidade da infestação. Em função da etiologia das podridões radiculares, o controle químico é ineficiente e muitas vezes podem gerar danos ambientais. Em vista disso é necessário estudar técnicas de controle e manejo para diminuir a incidência e severidade dessas doenças, contribuindo para o incremento da produção nas principais regiões produtoras da cultura. Atualmente, a abordagem mais econômica e confiável para manejo das podridões radiculares da mandioca se baseia no plantio de variedades resistentes. Avanços nas áreas de fisiologia vegetal, bioquímica e genômica vêm contribuindo para o entendimento do comportamento das plantas na interação planta-patógeno e as respostas dos mecanismos de defesa. Estudos sobre a interação Manihot esculenta vs fungos causadores da podridão radicular são incipientes no Brasil, sendo assim, este projeto tem como objetivo principal desenvolver estratégias eco-eficientes de controle patógenos radiculares por meio da identificação de fontes de resistência e da caracterização dos determinantes genéticos envolvidos nas relações entre patógenos x M. esculenta. Apesar do grande importância da resistência genética no manejo das podridões radiculares, existe a necessidade de desenvolvimento de técnicas complementares que também visem o manejo destas doenças, com intuito de garantir a estabilidade da resistência genética, evitando a sua suplantação, ou mesmo favorecendo o manejo para aquelas regiões onde variedades resistentes e adaptadas ainda não estão disponíveis. Neste sentido, a indução de supressividade de solos, por meio de diferentes estratégias como a sucessão de cultivos, uso de coberturas vegetais e adubos verdes e diferentes fontes de nutrientes é fundamental na estratégia de proteção de plantas. Deste moto, os resultados deste projeto visam contribuir para o conhecimento básico sobre o complexo de patógenos causadores das podridões radicular da mandioca, bem como identificar fontes de resistência genética e os principais genes envolvidos na reação de resistência e subsidias estratégias de manejo da podridão radicular da mandiocultura baseadas em manejo cultural.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Carneiro de Souza Silva

Ciências Exatas e da Terra

Astronomia
  • modelos cosmológicos com interação no setor escuro: fundamentos teóricos e testes observacionais
  • Daremos continuidade às pesquisas teóricas e observacionais sobre modelos cosmológicos com interação que vêm sendo desenvolvidas por nosso grupo há mais de uma década. Em particular, testaremos os modelos em estudo com recentes e futuras observações de distribuição de galáxias, como as dos projetos DES e J-PAS (do qual participamos), combinando-as com testes anteriores de supernovas, LSS e CMB. Daremos também prosseguimento ao estudo teórico dos fundamentos desses modelos, em particular à sua descrição em termos de campos escalares unificados e gás de Chaplygin generalizado.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo da Luz e Silva

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • efeito do sistema de terminação, taxa de crescimento e critério de abate sobre o metabolismo pós-morte e qualidade de carne de bovinos angus x nelore.
  • Este trabalho será desenvolvido para avaliar o efeito do sistema de terminação, da taxa de crescimento e critério de abate sobre o metabolismo pós-morte, perfil morfométrico muscular e características de qualidade da carne de bovinos Angus x Nelore. O experimento será realizado utilizando delineamento em blocos casualizados (peso vivo inicial) em um arranjo fatorial 2 x 2 x 2, sendo, dois sistemas de terminação (pasto e confinamento), duas taxas de ganho de peso (alta e baixa) e dois critérios de abate (peso de abate e tempo de alimentação). Serão utilizados 50 machos castrados ½ Angus x ½ Nelore, com peso médio inicial de 350±30 kg e 14 meses de idade. No início do experimento, dois animais serão separados aleatoriamente para serem abatidos, como animais referência, como forma de comparar caraterísticas de carcaça, características da fibra muscular e qualidade da carne dos animais após o período de engorda. Dos 48 animais restantes, 24 animais serão alojados em confinamento experimental e 24 animais serão alocados em piquetes de capim Brachiaria brizantha cv. Marandu. Em cada sistema de terminação (confinamento e pasto) será definida duas taxas de ganho de peso distintas, ou seja, confinamento com elevada taxa de ganho de peso (12 animais), confinamento com baixa taxa de ganho de peso (12 animais), pasto com elevada taxa de ganho de peso (12 animais) e pasto com baixa taxa de ganho de peso diária (12 animais). Além disso, dos 12 animais de cada sistema de produção citado anteriormente, 6 animais serão abatidos ao atingir 520 kg de peso vivo e 6 animais serão abatidos após 140 dias de alimentação. Durante o período experimental serão avaliados o desempenho animal, o perfil sanguíneo e as características de carcaça por ultrassonografia. Após o abate, será avaliado o perfil metabolômico e o perfil morfométrico de dois músculos (Longissimus e Semitendinosus) durante o post-mortem. Também, serão avaliadas as características de qualidade da carne como a cor, a perda por cocção e a força de cisalhamento em diferentes tempos de maturação. Além disso, será avaliado o comprimento de sarcômero, a concentração de lipídio intramuscular total, a vida útil de prateleira, a oxidação lipídica e o perfil de ácidos graxos. Adicionalmente serão realizadas análises de aceitação da carne pelo consumidor por meio de análise sensorial.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Euclides Silva Filho

Ciências da Saúde

Farmácia
  • caracterização química e avaliação do efeito do óleo essencial de ylang-ylang (cananga odorata) e de seus principais constituintes sobre a resposta inflamatória aguda e crônica em roedores
  • Os eventos associados à resposta inflamatória são complexos e envolvem uma série de fatores que levam ao surgimento de sinais, como: dor, calor, edema, rubor e perda de função. A inflamação aguda é de curta duração e apresenta como uma das características um infiltrado celular com predomínio de neutrófilos. A inflamação crônica é caracterizada por ser persistente, seja por semanas ou até anos. Os fármacos disponíveis para o tratamento de doenças inflamatórias provocam reações adversas importantes, como por exemplo lesão gástrica, danos renais e efeitos cardiovasculares. Várias plantas aromáticas têm sido utilizadas desde a antiguidade para o tratamento de condições inflamatórias, e os óleos essenciais estão relacionados com a atividade biológica destas plantas. O ylang-ylang (Cananga odorata) é uma planta da família Annonaceae e seu óleo essencial pode ser obtido das flores desta planta. O óleo essencial de ylang-ylang (OEY) é amplamente utilizado na indústria cosmética, além disso, várias atividades biológicas foram descritas para este óleo essencial, tais como: atividades antimicrobiana, analgésica, antioxidante entre outras. Diante da escassez das investigações do efeito do OEY sobre a resposta inflamatória, este trabalho propõe analisar a composição química do OEY, bem como avaliar o efeito deste óleo essencial e de seus principais constituintes na resposta inflamatória aguda e crônica. Para tanto, será avaliada a toxicidade aguda e citotoxicidade do OEY e seus principais constituintes, bem como avaliar o efeito destes produtos sobre a inibição de isoformas das ciclo-oxigenases, migração (quimiotaxia) e atividade fagocitária de leucócitos in vitro, peritonite induzida por zymosan, microcirculação (parâmetros de rolamento e adesão de leucócitos) in situ, formação de edema de pata induzido por carragenina, artrite induzida por zymosan em camundongos, análise histológica das articulações dos animais artríticos sob tratamento com OEY e seus principais constituintes, avaliação da hiperalgesia mecânica (dor) e dosagem de mediadores inflamatórios (óxido nítrico e citocinas pró-inflamatórias).
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - MS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Fernandes de Andrade

Ciências da Saúde

Farmácia
  • síntese assimétrica de inibidores de cruzaína e rodesaína: potenciais agentes para tratamento de tripanossomíases.
  • As doenças de Chagas e do sono africana são doenças tropicais causadas pelos agentes etiológicos T. cruzi e T. brucei que acometem, principalmente, regiões economicamente menos favorecidas, sendo um dos principais problemas de saúde pública nestes locais. Logo, devido ao menor poder aquisitivo da população exposta, as empresas farmacêuticas não estão interessadas no desenvolvimento de novos fármacos para tratamento dessas enfermidades. Além disso, os medicamentos atualmente disponíveis no mercado apresentam problemas quanto a sua eficácia, toxicidade e resistência; sendo assim a descoberta de novos fármacos mais eficientes e seletivos é de extrema importância. Alguns alvos terapêuticos para o desenvolvimento de novos fármacos anti-tripanossomatídeos já foram validados. Entre eles se destaca a classe das cisteíno-proteases que são enzimas importantes para a nutrição dos parasitos, evasão da resposta imune do hospedeiro, infecção de células e diferenciação dos parasitos. As enzimas cruzaína e rodesaína são as principais cisteíno-protease de T. cruzi e T. brucei, respectivamente. Já foi demonstrado que inibidores destas enzimas apresentam citotoxicidade relevante contra os parasitas. Outro fato interessante é que essas enzimas apresentam estruturas primárias semelhantes, principalmente, nos resíduos de aminoácidos que constituem o sítio ativo. Deste modo, pode-se planejar inibidores simultâneos das duas enzimas apresentando potencial para tratamento das doenças de Chagas e do sono africana. Alguns inibidores de cruzaína e rodesaína já foram identificados. Contudo, a maioria desses contém centros eletrofílicos reativos se apresentando como inibidores covalentes. Isso pode ser um grande inconveniente, uma vez que outras biomoléculas contendo grupos nucleofílicos como por exemplo, o DNA, podem reagir inespecificamente com esses inibidores resultando em toxicidade inesperada. Ehmke e colaboradores demonstraram que a classe das arilnitrilas, por exemplo, inibidoras covalentes de rodesaína, foram tóxicas para células normais. Durante um estudo de High Throughput Screening realizado pela colaboradora desta proposta, com uma biblioteca de quase 200 mil substâncias, identificou-se um composto difurânico peptídeo-mimético que se apresenta como um bom protótipo, uma vez que atende todos os requisitos da regra de cinco de Lipinski e possui Ki na ordem de micromolar próximo ao nanomolar (Ki = 6 micromolar) para a cruzaína sendo um inibidor não-covalente competitivo. Esta substância apresenta dois estereocentros, e, portanto, 4 estereoisômeros possíveis. Contudo, está disponível comercialmente apenas como uma mistura de estereoisômeros sem proporção definida. Considerando que a atividade dos diferentes estereiosômeros comumente é bastante variável, é provável que o estereoisômero mais potente entre os quatro possíveis seja bem mais ativo que a mistura que já apresentou uma atividade bastante relevante. Logo, propõe-se neste projeto a síntese dos 4 estereoisômeros do protótipo e identificação do isômero mais potente. Em seguida, o isômero mais potente será utilizado como protótipo para planejamento de análogos que serão classificados por estudos de ancoragem molecular com auxílio do computador. Os compostos priorizados pela ancoragem molecular serão sintetizados e avaliados contra as enzimas cruzaína e rodesaína, e os mais potentes serão avaliados nos parasitas e em células normais a fim de se identificar inibidores com maior afinidade por essas enzimas com potência relevante contra os parasitas e baixa toxicidade sendo potenciais agentes anti-tripanossomatídeos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Saulo Luis Capim

Ciências Humanas

História
  • 15ª feira dos municípios e 5ª mostra de iniciação científica da bahia (femmic)
  • A 15ª Feira dos Municípios e 5ª Mostra de Iniciação Científica (FEMMIC) é um evento cujo objetivo é reunir projetos de Iniciação Científica Jr, tendo como foco principal a apresentação de projetos de autoria de estudantes oriundos do estado da Bahia. Trata-se de uma iniciativa para congregar professores e alunos interessados na pesquisa como princípio educativo no âmbito da educação básica e técnica. A FEMMIC é a união de um evento tradicional – a Feira dos Municípios –, com um evento mais recente surgido em 2010, a Mostra Científica. A Feira dos Municípios ocorre no Instituto Federal Baiano (na época Escola Agrotécnica Federal de Catu) desde a década de 1980 e congrega estudantes, professores, agricultores, empresários de diversas cidades da Bahia com o intuito de expor o que os municípios têm mais representativo em seus aspectos econômico, cultural, artístico, etc. No ano de 2010, com o surgimento dos Institutos Federais, foi criada a Mostra Científica com o intuito de socializar a comunidade com os projetos desenvolvidos pelos estudantes da educação básica no âmbito estadual. Com a adesão de amplos segmentos da educação dos municípios baianos, o evento passou a ser realizado bienalmente, após a realização das feiras municipais/locais. Em 2010, o evento teve a sua primeira edição com a participação de projetos das 10 unidades do IF Baiano, além de instituições convidadas do IFBAIANO e da Rede Estadual do Estado da Bahia. Foram 125 trabalhos aprovados e a visitação da comunidade chegou a 2500 pessoas. A FEMMIC contou ainda com diversos minicursos, palestras, comunicações orais e o Fórum de Educação Científica do Município de Catu. No ano seguinte, em 2012, o evento passou a ser bienal e congregou 540 estudantes pesquisadores que apresentaram aproximadamente 230 Projetos nas mais variadas áreas do conhecimento. O evento contou a partir desse ano com representante de todos os territórios de identidade do estado da Bahia o que foi possível, graças à parceria e ao apoio do Instituto Federal Baiano com o Instituto Federal da Bahia e a rede estadual de educação, por intermédio do Instituto Anísio Teixeira e o fomento do CNPq. Em 2014, também com o auxílio do CNPq, a FEMMIC contou com a inscrição de mais de 290 projetos de pesquisa oriundos de diversas localidades da Bahia. Foram aprovados pelo Comitê Científico cerca de 230 trabalhos das mais variadas áreas do conhecimento e estes foram apresentados entre os dias 26 a 28 de setembro de 2014, na forma de pôster no Ginásio Poliesportivo do campus (ver lista completa por estado em www.ifbaiano.edu.br/femmic). A FEMMIC propiciou ainda algumas outras atividades com as seguintes repercussões: 30 minicursos propostos por profissionais de Universidades Federais e Estaduais de ensino que contou com a participação 800 pessoas da comunidade inscritas; Mostra de Conhecimentos com a participação de cerca de 25 entidades como o Museu Geológico da Bahia, Projetos Ciência, Arte e Magia e Rede Zoo da Universidade Federal da Bahia, Museu de Zoologia da UNIVASF, Demonstrações do Corpo de Bombeiros, 30 stands do Projeto de Extensão Ciência Itinerante (www.ifbaiano.edu.br/itinerante), 10 Empresas Privadas, contando com o público flutuante estimado em mais de 6000 pessoas que visitaram a Mostra nos três dias do evento; Fórum de professores da educação básica, que contou com cerca de 50 professores; 05 Palestras e Conferências; Apresentações Culturais e Lançamentos de livros de autorias de professores da região. Nesse contexto, a presente proposta passa a constituir a política de promoção da pesquisa como princípio educativo pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Catu, no estado da Bahia. Dentre as principais atividades desenvolvidas na FEMMIC estão: Mostra de Iniciação Científica: Na Modalidade Pôster serão selecionados até 150 projetos de autoria de estudantes da educação básica e técnica que deverão ser expostos nos stands instalados no Ginásio Poliesportivo do IF Baiano campus Catu. Na modalidade Comunicações Orais, serão selecionados os 30 melhores trabalhos de diversas áreas do conhecimento. Os estudantes-autores terão 20 minutos para a exposição nas salas do pavilhão central de aulas do IF Baiano com transmissão on-line por área do conhecimento e posterior interação com os participantes-ouvintes. Minicursos para professores que serão oferecidos nas modalidades presenciais ou não, com transmissão on-line. As temáticas serão direcionadas ao desenvolvimento de pesquisa na educação básica, técnica e tecnológica para o ensino de ciências de forma lúdica e minicursos para estudantes que serão oferecidos nas modalidades presenciais ou não, com transmissão on-line nas diversas áreas do conhecimento. Estes terão a finalidade de discutir o desenvolvimento de projetos e as práticas de pesquisa no âmbito da Iniciação Científica Júnior, dentre outras atividades.Desta forma, a FEMMIC é um dos poucos eventos que consegue ter uma abrangência em praticamente todo o território baiano e sua realização tem estimulado a criação de clubes de ciências e mostras científicas locais e escolares. Através do Curso de Especialização em Educação Científica e Popularização das Ciências, do IF Baiano, a equipe FEMMIC tem orientado projetos de intervenção no sentido de criar clubes de ciências como o Departamento de Pesquisa do Centro Territorial de Educação Básica e Profissional da Cidade de Alagoinhas (DEPE). Os projetos que se destacam nessas feiras terão a oportunidade de serem apresentados na FEMMIC 2021 proporcionando o intercâmbio de conhecimentos entres as práticas científicas do estado. Além disso, cabe ainda destacar a visibilidade de estudantes com riquíssimos trabalhos científicos, que encontram nas feiras espaço para disseminar suas atividades científicas. De fato, vários estudantes que apresentam trabalhos na FEMMIC tem sido destaque na mídia por suas premiações estaduais, nacionais internacionais.
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano - BA - Brasil
  • 31/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Saulo Monteiro Martinho de Matos

Ciências Sociais Aplicadas

Direito
  • dignidade humana sem metafísica: direitos humanos, humilhação e formas de vida na filosofia do direito contemporânea
  • A ideia de dignidade humana está diretamente associada a narrativas sobre como a nossa forma de vida pode ser colocada, fundamentalmente, em questão através de ações (intencionais) de outros indivíduos, coletividades e instituições. Em que pese a importância desse conceito para a filosofia moral moderna, é possível observar uma tendência teórica de considerar a dignidade como um conceito, extremamente, indeterminado, que deve ser evitado no âmbito do discurso prático. Este estudo parte do diagnóstico de que o conceito de dignidade humana padece de três patologias sociais: a sua (super) dogmatização jurídica, naturalização e ideologização. No que concerne à (super) dogmatização, desde que foi incorporada através de textos legislativos ao direito positivo, a doutrina jurídica e jurisprudência passaram a desenvolver um leque de justificações para a derivação de todo e qualquer direito jurídico do conceito de dignidade humana. Em que pese os avanços trazidos por essa prática em décadas de jurisprudência no Brasil e em diversos outros países do Ocidente, é inegável o gradativo esvaziamento do conceito durante esse período. A segunda patologia social tem relação com a tentativa de sustentar tal conceito sob um pressuposto incontestável e auto-evidente, uma espécie de ponto arquimediano ou metafísico, do qual a natureza humana qua dignidade pode ser deduzida. Por fim, a ideologização do conceito de dignidade humana se refere à transformação desse conceito em parte de uma racionalidade meramente estratégica para alcançar objetivos políticos específicos. Dessa forma, o primeiro passo para qualquer estudo sobre a dignidade como valor moral ou político é definir qual conceito de dignidade é o mais adequado para solução de desacordos morais ou políticos. Os conceitos de dignidade que serão analisados no âmbito deste estudo são: (a) conceito absoluto de dignidade: “Porque os seres humanos possuem dignidade, vale o seguinte conjunto de direitos.”; e (b) conceito contingente de dignidade: “Para que os seres humanos possam viver com dignidade, vale o seguinte conjunto de direitos.”. Na contramão da tendência de emprego do conceito absoluto ou necessário, este estudo busca defender um conceito contingente de dignidade humana no âmbito dos direitos jurídicos e políticos. Este estudo se insere, portanto, no rol de teorias normativas da dignidade humana, as quais assumem o seu caráter contingente como pressuposto metafísico e epistemológico, sendo inspirado, em especial, em recentes estudos de Margalit (1998), Weber-Guskar e Brandhorst (2017), Bieri (2015) Ronald Dworkin (2011), Nida-Rümelin (2009, 2016), Martha Nussbaum (2007; 2013a; 2013b), Honneth (2010; 2015) e Jeremy Waldron (2015). Ao cabo, a hipótese a ser discutida ao longo da pesquisa é se a dignidade humana pode ser melhor compreendida como um direito subjetivo a não ser humilhado, sendo a humilhação o ato de colocar em xeque a nossa própria forma de vida.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Relison Tintino

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • atividade antibacteriana, modificadora da ação de antibióticos e verificação de inibição de mecanismo de efluxo e possíveis efeitos antagônicos pela serie de 1,8-naftiridinas sulfonamídicas
  • O número de infecções causadas por bactérias multirresistentes à antibióticos, tem aumentado mundialmente, muitas vezes, essas infecções são causadas por bactérias resistentes. As bactérias podem ser resistentes intrinsecamente a certos antibióticos, mas também podem adquirir resistência. Podem desenvolver resistência aos antibióticos através de vários mecanismos, e um deles é bomba de efluxo. As bombas de efluxo exercem importante papel na resistência a quimioterápicos. Neste sentido, a busca por compostos que atuem inibindo os mecanismos de resistência bacteriana é constante. As naftiridinas, também chamadas de piridopiridinas, elas são compostos heterocíclicos diazanaftalênicos que possuem em cada anel um átomo de nitrogênio. Portanto, tem se mostrado grande interesse por esta classe de compostos, isto pode ser visto em várias revisões, onde se mostra um aumento significativo no número publicações com suas propriedades químicas e biológicas. Portanto, o objetivo desse estudo é avaliar a atividade antibacteriana, modificadora de antibióticos e verificação de inibição de mecanismo de efluxo e possíveis efeitos antagônicos pela serie de 1,8-Naftiridinas sulfonamídicas. Para material e métodos seram utilizados as cepas utilizadas portadoras de bomba de efluxo e não portadoras. Será realizado o ensaio de concentração inibitória mínima de todas as substâncias, utilizando o método de microdiluição em caldo. Para verificar o efeito de redução do CIM do brometo de etídeo e do antibiótico e verificação de fluorescência, será utilizado inóculos a parti de placas incubadas em estufa bacteriológica por 24h a 37ºC com o repique do estoque. Serão ainda avaliados efeitos diretos sobre a expressão gênica e causa dos possíveis efeitos observados no antagonismo. Pretende-se com o presente trabalho verificar o potencial antibacteriano pela serie de 1,8-Naftiridinas sulfonamídicas, assim como avaliar sua capacidade de melhorar a ação de antibióticos, visando redução da concentração inibitória mínima. Além disso, avaliar seu potencial inibidor do mecanismo de efluxo utilizado brometo de etídeo e também verificar a causa dos possíveis efeitos antagônicos quando observado. Visando a obtenção de um produto que melhore a eficácia de antibióticos já disponíveis no mercado.
  • Universidade Regional do Cariri - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Roca Bragança

Engenharias

Engenharia de Materiais e Metalúrgica
  • avaliação da utilização de resíduos sólidos em materiais cerâmicos: processamento, parâmetros técnico-científicos e aspectos ambientais
  • Neste trabalho será realizado o estudo da incorporação de resíduos sólidos na produção de diferentes tipos de materiais cerâmicos. Os materiais serão estudados quanto às propriedades físicas, químicas e microestruturais, avaliando-se também os parâmetros de processamento e os aspectos ambientais. Em razão da grande quantidade consumida de matérias-primas e maior flexibilidade dos parâmetros de produção, foram selecionadas quatro áreas da cerâmica tradicional para realização do presente estudo: refratários, porcelanas elétricas, grês (esmaltes e fritas) e argamassas cimentícias. A reutilização de isoladores cerâmicos de porcelana será analisada na produção de refratários silicoaluminosos e na reincorporação na própria massa para produção de isoladores. A reciclagem desses isoladores é fundamental, não somente pelo apelo ambiental, mas também como forma desses produtos se manterem no mercado, pois atualmente estão perdendo espaço para isoladores poliméricos. Estes são de difícil reciclagem e apresentam uma vida útil três vezes menor que os de cerâmica. A grande quantidade continuamente gerada, armazenada (a espera de uma utilização) e depositada em aterros industriais faz dos moldes de areia de fundição um dos resíduos mais desejados à reciclagem. Assim, propõem-se estudar o reúso deles na produção de grês, fritas e esmaltes. Particularmente, na produção do corpo de grês, na preparação de uma frita, de um esmalte com esta frita e, finalizando-se, com o grês esmaltado, substituindo-se a sílica (quartzo) que compõem estes materiais. Isto pode gerar um produto com “selo verde”, sendo, portanto, um forte atrativo à sua produção. O uso de pó de vidro proveniente de embalagens descartadas será aproveitado na composição de argamassas cimentícias, substituindo-se os agregados finos (principalmente areia). Objetiva-se aumentar a resistência das estruturas (paredes estruturais) a eventos de incêndio, os quais podem chegar a uma temperatura de 800-1000°C. O pó de vidro pode atuar como aditivo de sinterização, à medida que a chama passa. O resíduo de vidro será também investigado na composição de cerâmicas triaxiais em substituição aos fundentes (feldspatos e rochas feldspáticas). Almeja-se estudar a influência deste resíduo em todas as fases do processamento, desde a moagem até a esmaltação e queima, uma vez que um estudo completo dessa natureza é ainda inédito. Na etapa, que envolve a sinterização, ressalta-se o uso do software FactSage (simulação termodinâmica), como forma de estudar a termodinâmica das reações e simular a viscosidade (fase vítrea), avaliando-se os resultados teóricos por meio de testes em forno laboratorial e análise das peças produzidas (porosidade, densidade, deformação piroplástica, entre outras). O presente projeto possui um forte viés tecnológico, com a incorporação dos referidos resíduos em diferentes produtos. Destaca-se também seu caráter científico, por meio do aprofundamento da análise das propriedades que são alteradas pela presença dos resíduos. Assim, avalia-se a influência da composição química (granulometria, fases minerais, proporção na formulação, etc) dos materiais incorporados na cristalização de novas fases, nas propriedades da fase vítrea, na porosidade, na ligação entre fases, etc. Portanto, de um modo geral, serão geradas informação que subsidiem o projeto e controle de uma microestrutura, bem como diversos dados sobre a formação e propriedades desta microestrutura. Especificamente, são abordados temas como a influência da ‘nova’ microestrutura nas propriedades de um refratário (resistência mecânica, resistência ao choque térmico, refratariedade, etc), de uma porcelana elétrica (resistividade de cada fase, resistência mecânica, resistência dielétrica, etc), de um grês (propriedades do corpo), de uma frita e esmalte (expansão térmica, influência de metais de transição sobre a cor, relação com a atmosfera de queima, estabilidade química dos íons nas fritas, etc), de uma argamassa cimentícia (relação da perda de resistência do cimento x ganho na sinterização, simulando-se incêndios) e de uma cerâmica triaxial formulada com vidro (propriedades reológicas de suspensões e massas plásticas, estabilização da barbotina, solubilização de íons e relação com a reologia, etc). Assim sendo, o projeto almeja soluções tecnológicas, ao mesmo tempo gerando resultados científicos, a um grande problema atual o qual deve-se agravar no futuro: como produzir de forma mais sustentável e como melhor aproveitar os resíduos sólidos gerados pela indústria. Isto permite a economia dos recursos minerais e a diminuição da poluição decorrente da atividade de mineração. Espera-se gerar informações que subsidiem a correta seleção de resíduos e a escolha de metodologias apropriadas à utilização desses em materiais cerâmicos.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Saulo Rocha Ferreira

Engenharias

Engenharia Civil
  • desenvolvimento de materiais não-convencionais e sustentáveis para a construção civil através da utilização de resíduos agro-industriais da região sul do estado de minas gerais
  • A utilização de resíduos agro-industriais como materia prima na produção de materiais de construção tem despertado interesse devido as suas excelentes propriedades mecânicas e a crescente demanda por desenvolvimento de materiais de baixo impacto ambiental. O presente projeto tem como objetivo o ensino e a pesquisa através de técnicas experimentais e analíticas do comportamento mecânico em níveis micro, meso e macroestruturais de materiais alternativos sustentáveis que podem reduzir as emissões de gases de aquecimento global. Serão estudados resíduos agrícolas e industriais como substitutos parciais do cimento, como material de reforço e como substituintes aos agregados miúdos e graúdos naturai de matrizes a base de cimento Portland. O presente projeto se divide em duas etapas. A etapa 1, resíduos agro-industriais da industria de café e macaúba serão caracterizados fisica, quimica e mecanicamente. Ensaios de densidade, composição química, termogravimetria (TG) e difração de raios-x (DRX) serão realizados. Tratamentos para os resíduos visando sua melhor compatibilidade com a matriz a base de cimento também serão avaliados. Na etapa 2, os materiais já caracterizados serão utilziados para produção de compósitos a base de cimento (pastas, argamassas e concretos). Esses materiais serão desenvolvidos através de uma dosagem científica de forma a otimizar sua aplicação. Os materiais desenvolvidos serão avaliados através de testes de porosidade, densidade, absorção de água e uma completa caracterização mecânica através dos ensaios de compressão, flexão e tração direta. Espera-se que a pesquisa proposta contribua para o desenvolvimento de materiais de baixo impacto ambiental, reaproveitando resíduos locais e propiciando o desenvolvimento de novas tecnologias.
  • Universidade Federal de Lavras - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022