Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alex Sandro Rolland de Souza

Ciências da Saúde

Medicina
  • evolução pré-natal e pós-natal das gestantes atendidas com rash cutâneo e microcefalia fetal
  • Introdução: a microcefalia é definida como sendo um recém-nascido ou feto com o tamanho do crânio abaixo da normalidade para a média da idade gestacional. Assim, é considerada quando o perímetro cefálico (PC) encontra-se abaixo do padrão das curvas apropriadas para idade e sexo. Recentemente, no Brasil surgiu a hipótese de associação da microcefalia a infecção materna pelo vírus da Zika. Objetivo: determina a incidência de microcefalia e descrever os achados dos exames complementares, a evolução pré-natal e os resultados pós-natal imediatos em gestantes atendidas com rash cutâneo e microcefalia fetal. Métodos: será realizado um estudo de coorte com 1.000 gestantes atendidas no Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira, IMIP, com infecção materna sugestiva pelo vírus da Zika e/ou com a síndrome congênita do Zika vírus, no período de agosto de 2016 a agosto de 2017. As variáveis estudadas serão as características sócio-demográficas e obstétricas; da biometria fetal pela ultrassonografia; do perfil sorológico da gestante (toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, sífilis, HIV, parvovírus B19, vírus da Zika, Chikungunya e Dengue); da ecocardiografia fetal; dos exames laboratoriais (hemoglobina, hematócrito, leucócitos, plaquetas, vitamina B12, ácido fólico, homocisteína e metilenotetrahidrofolatoredutase – MTHFR); da ressonância nuclear magnética fetal; da dopplervelocimetria; do histopatológico da placenta; do líquido amniótico; das características pós-natal do recém-nascido. Para a análise descritiva, serão calculadas medidas de tendência central e de dispersão para variáveis numéricas e construídas tabelas de distribuição de frequência para as variáveis categóricas. Para determinação da associação entre variáveis e a presença de microcefalia será utilizado o teste qui-quadrado de associação, ou o teste exato de Fisher, quando pertinente. Para avaliar a força da associação, será calculada a razão de risco e o seu intervalo de confiança a 95% (IC 95%). Em seguida, será realizada uma análise multivariada através de um modelo de regressão logística múltipla stepwise, hierarquizada, considerando-se os diferentes níveis de variáveis. Em todas as etapas da análise será adotado o nível de significância de 5%. Para as variáveis numéricas, o teste de t de Student será aplicado para comparação entre os grupos (rash cutâneo e microcefalia). E por fim, será construída uma curva das médias dos valores biométricos ultrassonográficos pela idade gestacional, para avaliar o crescimento fetal. Aspectos éticos: a pesquisa apresenta-se aprovada pelo comitê de ética do IMIP (CAAE: 52319115.1.0000.5201).
  • Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira - PE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Alex Silva Ribeiro

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos de diferentes circuitos de treinamento com pesos sobre indicadores de síndrome da obesidade osteosarcopenica e saúde celular em mulheres idosas: um ensaio clinico controlado e aleatorizado
  • Introdução: O envelhecimento biológico vem acompanhado de modificações morfológicas, neuromusculares, dentre as quais podemos destacar aumento da gordura corporal, a redução de força e massa muscular que acarretam em prejuízos à saúde e qualidade de vida da população idosa. Neste sentido, o treinamento com pesos é uma estratégia recomendada para atenuar os processos deletérios induzidos pelo envelhecimento e promover melhora na saúde dessa população. Objetivo: Verificar o efeito de diferentes circuitos de treinamento com pesos sobre indicadores da síndrome da obesidade osteosarcopenica e saúde celular em mulheres idosas. Métodos: Mulheres idosas (≥ 60 anos), fisicamente independentes serão aleatoriamente separadas em três grupos, a saber: grupo treinamento em circuito com carga moderada, treinamento em circuito com carga leve e um grupo controle. O programa de treinamento com pesos irá ser realizado por um período de 12 semanas, com frequência de três sessões semanais, consistindo de oito exercícios. A força muscular será determinada utilizando o teste de uma repetição máxima, enquanto densidade mineral óssea, gordura corporal e massa muscular serão estimadas por densitometria radiológica de dupla energia, e o ângulo de fase será determinado por bioimpedância. Espera-se que as informações produzidas contribuam para um melhor entendimento sobre os benefícios proporcionados pela prática do treinamento com pesos, além de fornecer elementos sobre a prescrição adequada de treinamento com pesos para mulheres idosas.
  • Universidade Norte do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexander Birbrair

Ciências Biológicas

Morfologia
  • a função das células gliais no desenvolvimento tumoral
  • A invasão perineural, descrita como um processo em que as células tumorais crescem e migram ao longo de fibras nervosas, está relacionada com o crescimento e propagação do tumor (Ayala et al., 2008; Villers, McNeal, Redwine, Freiha, & Stamey, 1989). Trabalhos mais recentes, entretanto, descobriram um fenômeno diferente, onde o tumor em si é infiltrado por uma rede de projeções nervosas recém-desenvolvidas que regulam a iniciação e progressão do câncer (Magnon et al., 2013). Esses dados elevam, assim, o conceito inovador de que, alvejando o sistema nervoso periférico no tumor, será possível obter uma nova abordagem para tratar o câncer. Por outro lado, pouco se sabe sobre as células estromais associadas aos nervos periféricos no microambiente tumoral. As células de Schwann mantêm a integridade dos nervos periféricos e formam a bainha de mielina, que permite a condução dos potenciais de ação. Após a lesão do nervo periférico, as células de Schwann podem assumir um estado reativo e começar a desdiferenciar, proliferar e mediar a regeneração do axônio (Scholz e Woolf, 2007). Nossos dados preliminares sugerem a presença de células que expressam a proteína ácida fibrilar glial (GFAP), um marcador de células de Schwann, no microambiente do tumor. Além disso, foi demonstrado que a depleção das células GFAP+ em proliferação aumenta o crescimento do tumor. Sendo assim, o presente projeto foi elaborado com o objetivo de elucidar os mecanismos pelos quais as células de Schwann são capazes de regular a progressão tumoral. A investigação de caminhos inovadores pelos quais as células que envolvem as fibras nervosas alteram o comportamento do câncer pode levar a uma abordagem terapêutica inovadora para tratar o câncer.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexander Junges

Engenharias

Engenharia Química
  • extração de compostos bioativos de lúpulo empregando fluidos pressurizados
  • O lúpulo é utilizado na indústria cervejeira como um ingrediente que confere aroma e amargor. É considerado o “tempero da cerveja” e um dos mais significativos componentes na produção de cerveja, sendo a quantidade e o tipo do mesmo um parâmetro dificilmente revelado. No Brasil não existem condições climáticas adequadas à produção de lúpulo, no entanto existem estudos que mostram que a região Sul pode ser uma grande produtora da cultura. Por isso, todo o suprimento nacional é importado da Europa e/ou Estados Unidos. A forma mais comum de utilização do lúpulo é em pellets, pequenas pelotas de flores prensadas. Assim, é possível reduzir o volume de lúpulo a transportar e, ao mesmo tempo, manter suas características originais. Este ingrediente é adicionado em duas etapas da preparação da cerveja: pouco antes do mosto estar pronto (lúpulo de amargor) e quando ele está pronto (lúpulo de aroma). No entanto, nessas etapas ocorre também a fervura, onde grande parte de componentes aromáticos se degradam devido à alta temperatura. Assim, uma das maneiras de se manter os aromas é realizando a extração desses compostos do lúpulo (extrato/óleo), e, acrescentando posteriormente à fervura, sem a necessidade de processo de filtração. O processo de extração possui diversas aplicações na área de engenharia química, de alimentos e farmacêutica, entre elas a recuperação de fitoquímicos de interesse em matrizes orgânicas. A extração de compostos de fontes naturais é geralmente realizada por técnicas tradicionais, porém estas apresentam baixo rendimento, longo tempo de extração, necessitam grande quantidade de solvente orgânico e muitas vezes o uso de temperaturas elevadas acaba degradando o composto de interesse. Buscando superar estas limitações outras técnicas têm sido desenvolvidas, como a, extração com fluido supercrítico e a extração com líquido pressurizado, as quais apresentam inúmeras vantagens sobre os processos tradicionais. Desta forma, o presente projeto tem por objetivo geral a extração de compostos bioativos (extrato/óleo) de lúpulo empregando fluidos pressurizados.
  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022