Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Osvaldo Pompilio de Melo Neto

Ciências Biológicas

Genética
  • proteínas de ligação a rna (rbps) e seu papel na ação de múltiplos complexos do tipo eif4f de iniciação da tradução em tripanosomatídeos patogênicos.
  • O processo de tradução, onde a informação genética contida nas moléculas de mRNAs é utilizada para a síntese de proteínas, é um dos mais complexos entre os vários requeridos para a adequada expressão gênica nos organismos vivos. Este é também um dos processos biológicos mais conservados, embora apresente diferenças importantes entre grupos taxonômicos divergentes. Neste processo, o complexo eIF4F de iniciação da tradução tem um papel crítico, atuando na mediação do reconhecimento dos mRNAs e intermediando seu recrutamento pelos ribossomos para se iniciar a tradução propriamente. O complexo eIF4F padrão dos eucariotos é um complexo heterotrimérico, formado pelas subunidades eIF4E, EIF4G e eIF4A. Entre estas, o eIF4E é o que reconhece de forma específica o nucleotídeo modificado cap na extremidade 5’ dos mRNAs eucarióticos. Já o eIF4G é a subunidade que estrutura o eIF4F enquanto o eIF4A atua como RNA helicase facilitando o acesso do ribossomo ao mRNA. A ação do eIF4F é estimulada pela presença da cauda poli-A na extremidade 3’ dos mRNAs, por sua vez reconhecida pela proteína de ligação ao poli-A, ou PABP. A atuação da PABP é mediada por uma interação direta com o eIF4F, levando a uma circularização do mRNA durante sua tradução. A pesquisa coordenada pelo proponente desta proposta tem como foco o estudo da ação do complexo eIF4F na iniciação da tradução em protozoários parasitas pertencentes aos gêneros Leishmania e Trypanosoma, coletivamente chamados de tripanosomatídeos. Seis homólogos de eIF4E (EIF4E1 a EIF4E6), cinco de eIF4G (EIF4G1 a EIF4G5) e um de eIF4A (EIF4AI) foram identificados nos tripanosomatídeos, além de três homólogos de PABP (PABP1 a PABP3). Cinco complexos do tipo eIF4F foram identificados até o momento, com subunidades eIF4E e eIF4G distintas, além de outros complexos contendo apenas homólogos de eIF4E. Este número elevado de complexos é único em comparação com outros eucariotos, não sendo encontrado mesmo em animais ou plantas. Dois dos complexos eIF4F identificados (baseados nos EIF4E4/EIF4G3 e EIF4E3/EIF4G4) foram implicados no processo de tradução e interagem com homólogos de PABP, sugerindo funções semelhantes às observadas em outros eucariotos. Os demais complexos não parecem ter um papel direto em eventos globais de tradução, mais parecem atuar de forma a regular o acesso de mRNAs específicos a maquinaria de síntese proteica, fazendo uso de mecanismos de regulação ainda não descritos em outros modelos eucarióticos. O panorama que emerge é que a presença destes diferentes complexos permite uma regulação fina de quando e em que condições diferentes conjuntos de mRNAs são traduzidos, desta forma contribuindo de forma significativa para o controle da expressão gênica nos tripanosomatídeos. Uma questão crítica que surge então diz respeito a como se dá o reconhecimento de diferentes mRNAs pelos múltiplos complexos eIF4F e relacionados. A hipótese de trabalho a ser investigada aqui é a de que motivos presentes nas regiões 3’ não traduzidas dos mRNAs sejam reconhecidos por diferentes proteínas de ligação a RNAs (as RBPs) e que estas proteínas, de maneira direta ou indireta, recrutem diferentes complexos do tipo eIF4F para seus mRNAs alvos. De acordo com o complexo que for recrutado para o mRNA, seu destino será definido, seja para a tradução, armazenamento ou degradação. Cada complexo, por sua vez, está sujeito a mecanismos de regulação próprios, muitos dos quais dependentes de proteínas quinases e fosforilação. O foco dessa proposta é buscar contribuir no entendimento de como diferentes complexos do tipo eIF4F reconhecem seus mRNAs alvos, quais seriam esses mRNAs e qual o impacto da associação a complexos específicos na sua tradução. Para isso pretende-se avaliar o papel de diferentes RBPs, entre as quais as PABPs, no reconhecimento e direcionamento de mRNAs específicos, ou populações de mRNAs, a um ou mais dos diferentes complexos já identificados nos tripanosomatídeos. Mecanismos de regulação, via fosforilação, de RBPs e complexos associados também serão investigados. Do ponto de vista experimental, ferramentas de uso rotineiro e já estabelecidas pela equipe e novas metodologias serão utilizadas nesta proposta para se conseguir avançar nos diferentes aspectos dos objetivos propostos. De uma forma geral serão utilizados como modelos experimentais o “Trypanosoma brucei” e duas espécies de “Leishmania”, a “L. infantum” e a “L. amazonensis”, todas passíveis de manipulação genética, e a partir da obtenção de culturas de diferentes fases dos seus ciclos de vida. Linhagens serão geradas a partir da deleção de genes e da expressão de proteínas modificadas contendo marcadores que facilitam sua detecção por anticorpos monoclonais comerciais. Linhagens expressando mRNAs quiméricos também serão geradas e estes então avaliados quanto ao seu reconhecimento por RBPs e complexos específicos, visando a identificação de motivos nos mRNAs envolvidos nesse reconhecimento. Boa parte dos experimentos propostos envolve a produção de lisados citoplasmáticos e ensaios de co-precipitação onde fatores em estudos serão precipitados com anticorpos específicos e os produtos co- precipitados analisados por Western-blot, sequenciamento dos mRNAs e espectrometria de massas. Outros experimentos devem investigar a interação direta entre proteínas específicas, através de ensaios do tipo pull-down com proteínas recombinantes. As diferentes abordagens farão uso ainda de construções geradas a partir de mutagênese sítio dirigida, com o foco na identificação de motivos que atuem na interação entre parceiros ou sejam sítios possíveis de fosforilação. No seu conjunto, os experimentos propostos devem levar a avanços impactantes no estudo do processo de tradução nos tripanosomatídeos e na identificação de novos mecanismos para o controle da sua síntese proteica e expressão gênica como um todo, gerando ainda uma contribuição importante ao entendimento da diversidade desse processo nos eucariotos.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022
Foto de perfil

Osvaldo Resende

Ciências Agrárias

Engenharia Agrícola
  • pré-processamento dos grãos de sorgo (sorghum bicolor l. moench) e armazenamento da farinha
  • O sorgo (Sorghum bicolor L. Moench) é o quinto cereal mais produzido no mundo. Entretanto, no Brasil, tem sido pouco explorado na alimentação humana. O sorgo pode ser consumido em forma de grão ou como farinha em substituição ao trigo em produtos de panificação, apoiado pela escassez de produtos sem glúten no mercado e pela demanda por alimentos mais nutritivos. A maneira de reduzir as perdas pós-colheita do sorgo é pelo processo de secagem, pois assegura a qualidade e a estabilidade, considerando que a diminuição da quantidade de água do material reduz a atividade biológica e as alterações químicas e físicas que ocorrem durante o armazenamento. Assim, neste estudo objetiva-se avaliar os efeitos da secagem nos grãos de sorgo para diversas condições, assim como a qualidade nutricional e funcional da farinha. Paralelamente, determinar as propriedades físicas, mecânicas e higroscópicas, bem como avaliar a qualidade dos grãos durante o armazenamento. Os grãos serão submetidos à secagem a 40, 60, 80, 100 ºC em diferentes teores de água em estufa com circulação forçada de ar. Posteriormente, serão ajustados modelos matemáticos utilizados para representar o fenômeno de secagem e será determinado o coeficiente de difusão e as propriedades termodinâmicas. A obtenção das farinhas em cada temperatura será por meio da moagem e serão analisadas a composição centesimal, avaliações físico-químicas e nutricionais. A farinha na qual a temperatura de secagem melhor preservar as características nutricionais e funcionais será armazenada sob temperatura ambiente por 12 meses e serão analisadas a cor, acidez, pH, sólidos totais, proteína, extrato etéreo, teor de água, cinzas, antioxidantes e compostos fenólicos, a cada 3 meses. Para a determinação das isotermas de sorção da farinha, os grãos de sorgo serão submetidos à secagem em estufa com ventilação de ar forçada a 40 °C até atingir os teores de água de aproximadamente 0,30; 0,25; 0,20; 0,15 e 0,10 decimal (b.s.). Para a determinação das propriedades físicas e mecânicas, os grãos serão colhidos com teor de água de 0,40 (decimal b.s.) e submetidos à secagem em estufa com circulação forçada de ar, nas temperaturas de 40, 60 e 80 °C. Em seguida serão avaliadas as propriedades físicas: forma, tamanho, porosidade intergranular, massas específicas aparente e real, contração volumétrica e velocidade terminal. As propriedades mecânicas serão avaliadas pela força de ruptura e pelo módulo proporcional de deformidade dos grãos com diferentes teores de água. Posteriormente, outro lote de sementes será preparado e submetido a secagem em estufa com circulação forçada de ar nas temperaturas de 40, 50, 60 e 70 °C, para avaliação da qualidade durante o armazenamento. Após a secagem serão avaliados o teor de água, germinação, índice de velocidade de germinação, índice de velocidade de emergência, crescimento de plântulas, envelhecimento acelerado e condutividade elétrica, assim como bimestralmente ao longo de seis meses de armazenamento em temperatura ambiente. Os experimentos serão realizados em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Para o armazenamento da farinha do sorgo as avaliações serão realizadas a cada 3 meses durante um ano, totalizando cinco épocas de avaliações (0, 3, 6, 9 e 12 meses). Para as propriedades físicas será utilizado o esquema fatorial 3x6, sendo 3 temperaturas de secagem e 6 teores de água. As propriedades mecânicas serão avaliadas em esquema fatorial 3 x 6 x 5, sendo 3 temperaturas de secagem, 6 teores de água e 5 deformações. Para análise da qualidade dos grãos de sorgo durante o armazenamento, o experimento será montado em esquema fatorial 4 x 4 (sendo 4 temperaturas de secagem e 4 tempos de armazenamento). Os dados qualitativos serão analisados pelo teste de Tukey a 5% de significância e os dados quantitativos por meio de regressão.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Osvaldo Ronald Saavedra Mendez

Engenharias

Engenharia de Energia
  • instituto nacional de ciência e tecnologia de energias oceânicas e fluviais - ineof
  • O tema alvo deste INCT é considerado estratégico para o desenvolvimento energético do Brasil. Os investimentos de pesquisa em energias oceânicas e fluviais nos últimos anos tem sido irrelevante no País, desestimulando a formação de recursos humanos e as atividades de pesquisa nas universidades. Esta visão está complemente conflitante com os enormes esforços e investimentos que são realizados na Europa para desenvolver técnicas para extrair energia dos oceanos e de rios com pequenas quedas, dos potenciais remanescentes de bacias hidrográficas já exploradas, de potenciais hidrocinéticos e de sistema não convencionais para geração de hidroeletricidade . O setor energético brasileiro tem concentrado seu interesse no petróleo, gás, hidroeletricidade de grande porte e recentemente, de forma ainda tímida, em energia eólica. Os indicadores de crescimento da carga e as dificuldades ambientais para construir novas usinas hidrelétricas estão levando a um aumento da participação dos combustíveis fósseis na geração de energia, colocando o Brasil na curiosa posição de andar na contramão das tendências mundiais. Pouco se conhece do potencial oceânico no Brasil; a pouca informação disponível está em estudos globais realizados do exterior. No país, poucas três universidades federais vêm desenvolvendo trabalhos de pesquisa quanto ao aproveitamento desta inesgotável fonte de energia, sendo elas a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), com projetos de pesquisa em andamento sobre o aproveitamento de energias oceânicas na geração de energia elétrica. Entre os principais projetos encontra-se a revitalização e instalação de uma usina piloto na barragem do rio Bacanga em São Luís - MA (UFMA UNIFEI, UFRJ) e a instalação de uma usina piloto de aproveitamento undimotriz no Porto de Pecém no Ceará (UFRJ). As energias fluviais foram tratadas em certa medida em algumas universidades no Brasil, tais como a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) e a Universidade Federal do Pará (UFPA). As duas primeiras conseguiram desenvolver e patentear equipamentos, sendo o projeto da UNB posteriormente utilizado em um projeto piloto. No entanto, novos equipamentos também patenteados (não só nas instituições, também por inventores independentes) buscam ser desenvolvidos para avançar no aproveitamento desta energia. O presente INCT pretende promover, por meio de colaborações institucionais, a pesquisa cientifica multidisciplinar e o ensino de excelência relacionado aos tópicos de energia oceânica, maremotriz, hidrocinética e fluviais gerando conhecimento estratégico que contribua à diversificação da matriz energética com respeito ao meio ambiente. Através desta proposta pretende-se aglutinar os poucos grupos de pesquisa no Brasil com trabalhos em energia no mar, fluviais de baixas quedas e hidrocinéticas ou atividades aderentes, para deflagrar um processo de colaboração consistente interinstitucional coma valiosa colaboração de especialistas internacionais que decorra na geração de conhecimento, elaboração de protótipos e a formação de recursos humanos em energia oceânicas e fluviais de baixas quedas e hidrocinéticas.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 25/11/2016-30/11/2022
Foto de perfil

Osvaldo Ronald Saavedra Mendez

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • microrredes com fontes renováveis diversificadas
  • Nesta proposta damos continuidade as pesquisas do projeto universal anterior, com focos a aprofundamentos específicos. A inclusão da geração de energia a partir de correntes de maré na diversificação de microrredes preferencialmente isoladas é abordada, quanto aos benefícios da complementariedade com as fontes “clássicas” solar e eólica. Os efeitos de diversificação e complementariedade também serão analisados e avaliados para os sistemas de armazenamento, tanto para microrredes isoladas e microrredes resilientes conectadas à rede. Estes estudos devem balizar a precificação da flexibilidade operacional atribuída a estas redes de uma forma mais racional, contribuindo para a sustentabilidade das microrredes.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Osvaldo Ryohei Kato

Ciências Agrárias

Agronomia
  • potencialidades de equipamentos agrícolas para a trituração da vegetação secundária e seus impactos sobre o solo no preparo de área sem queima para agricultura familiar na amazônia
  • A redução do uso do fogo na agricultura familiar e a mitigação de seus impactos são grandes desafios para as unidades da Embrapa na região amazônica. Desde o inicio dos anos 90, a Embrapa Amazônia Oriental realiza estudos sobre o sistema de derruba e queima e desenvolve alternativas que evitam o uso do fogo, com foco no sistema de corte e trituração (manual e mecanizada) e enriquecimento da capoeira para acelerar o acúmulo da biomassa e nutrientes. Apesar de dispor de resultados promissores para a substituição do fogo na agricultura amazônica, o método de trituração da capoeira representa um fator decisivo para a adoção destas tecnologias, pois por um lado o preparo de área manual é muito penoso para o agricultor familiar ou oneroso com a contratação de mão-de-obra e, de outro, o preparo mecanizado envolve o custo de aquisição de um equipamento de grande potência. Com a crescente redução do período de pousio e formação de uma vegetação menos densa, equipamentos de médio e pequeno porte poderiam, além de promover menor penosidade do trabalho, reduzir os custos de preparo de área e de contratação de mão-de-obra. Para isso, é importante o desenvolvimento de ações de pesquisa capazes de viabilizar o processo de transição tecnológica. Complementando iniciativas já realizadas, e em andamento, e buscando atender a novas demandas oriundas de situações de mudanças no uso da terra, necessidade de mecanização e na oferta de políticas públicas, o presente projeto de pesquisa visa avaliar as potencialidades de equipamentos agrícolas para a trituração da vegetação secundária e seus impactos sobre o solo no preparo de área sem queima, contribuindo com o uso sustentável da terra e dos recursos naturais, com subsídios para a elaboração de programas e políticas públicas para a melhoria de vida de agricultores familiares na região Amazônica. O estudo será desenvolvido em propriedades de agricultores familiares nos municípios de Igarapé-Açu e Marapanim, no estado do Pará. Serão selecionadas três áreas de 0,5 ha cada com diferentes tipos de capoeira (fina, média e grossa) para realizar testes com equipamentos de pequeno, médio e grande porte, de acordo com a viabilidade operacional. Os parâmetros analisados serão: capacidade e qualidade de trituração da capoeira, atributos e cobertura do solo e análise de custos do preparo de área. Ao final do projeto, a sistematização da experiência consolidará as informações e observações relevantes para o compartilhamento do conhecimento.
  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - DF - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2022
Foto de perfil

Oswaldo Hideo Ando Junior

Engenharias

Engenharia de Energia
  • projeto e desenvolvimento de novos métodos e materiais para microgeração de energia através da captação de energias residuais (harvesting energy)
  • A pesquisa proposta consiste na utilização de Materiais termoelétricos (TEG´s) para o desenvolvimento de Microgerador de Estado Sólido para Captação de Energias Térmicas Residuais através da Termoeletricidade. Os TEG´s são materiais capazes de converter gradiente de temperatura diretamente em energia elétrica sem partes girantes através do fenômeno conhecido como efeito Seebeck. De acordo com o princípio da conservação de energia que estabelece que a quantidade total de energia em um sistema isolado permanece constante, o aproveitamento de parte da energia desperdiçada (perdas) pode ser recuperada e utilizada no próprio local gerador do desperdício. Consequentemente, ao reaproveitar parte desta energia residual irá se maximizar o rendimento do sistema como um todo. Logo, com o desenvolvimento do microgerador termoelétrico de estado sólido será possível reaproveitar as energias residuais de processos industriais. Como por exemplo, processos de forjamento e conformação, sistemas de refrigeração industrial, caldeiras, fornos cerâmicos bem como o calor desperdiçado pelo motor de um carro pode ser convertido em eletricidade para carregar as baterias.
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Oswaldo Martins Estanislau do Amaral

Ciências Humanas

Ciência Política
  • lideranças partidárias no brasil contemporâneo
  • Os estudos sobre os partidos políticos no Brasil avançaram muito nos últimos anos. No entanto, ainda há lacunas a serem preenchidas no que toca à organização interna dos partidos e suas relações com as estratégias nas arenas governativa e eleitoral. Sendo assim, este projeto tem dois objetivos centrais: (a) construir um banco de dados inédito sobre quem ocupou cargos nos diretórios nacionais, estaduais e municipais dos partidos políticos brasileiros entre 1996 e 2015; e (b) analisar esses dados a partir de três perspectivas, a saber, organizacional, eleitoral e governamental. Para isso, utilizaremos abordagens qualitativas e quantitativas, relacionando informações provenientes de distintos bancos de dados. Com isso, pretendemos elaborar uma análise integrada sobre os partidos políticos e sobre o sistema representativo no Brasil nos últimos vinte anos e fornecer novos elementos empíricos para futuras pesquisas na área.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2021
Foto de perfil

Otaliba Libânio de Morais Neto

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • avaliação do programa vida no trânsito em capitais brasileiras
  • As lesões e mortes causadas pelos acidentes de trânsito (AT) ainda representam um grave problema de saúde pública, principalmente em países em desenvolvimento. Em janeiro de 2010 foi implantada a iniciativa internacional denominada “Road Safety in Ten Countries” (RS-10), voltada para redução de mortes e lesões causadas por AT. No Brasil, a iniciativa RS-10 foi denominada Programa Vida no Transito (PVT), sendo coordenada pelo Ministério da Saúde em parceria com a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS). O PVT possui como finalidade a redução dois principais fatores de risco para morbimortalidade por AT: direção após consumo de álcool e condução em velocidade excessiva e/ou inadequada. No entanto, existe uma lacuna na literatura sobre a avaliação do programa. A proposta geral deste estudo é analisar o grau de implantação, adequação e impacto do Programa Vida no Trânsito em capitais brasileiras selecionadas, bem como os determinantes de acidentes de trânsito e direção após consumo de álcool em condutores de automóveis e/ou motocicletas. Serão desenvolvidos três estudos em 14 capitais do Brasil: (i) avaliação do grau de implantação e adequação do PVT (Subprojeto 1); (ii) estudo ecológico de séries temporais para avaliar o impacto do programa na prevalência de direção após consumo abusivo de álcool, taxa de mortalidade e internação por AT por meio de pesquisa em banco de dados secundários (Subprojeto 2); (iii) dois estudos transversais, seguindo de um estudo de caso-controle para analisar o efeito do PVT nos indicadores “direção após consumo de álcool” e “direção em velocidade excessiva e/ou inadequada” (Subprojeto 3). A coleta de dados do Subprojeto 1 será realizada com os participantes do PVT nos municípios; a coleta do Subprojeto 2 será realizada nas bases de dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) e Sistema de Internações Hospitalares (SIH). O Subprojeto 3 será coletado em pontos de fiscalização de sobriedade e pontos de aglomeração. O estudo permitirá avaliação do grau de implantação, adequação e impacto do PVT nos municípios. Também, permitirá identificar os principais fatores comportamentais e sociodemográficos associados aos AT e a direção após consumo de álcool. Acreditamos que esse estudo identificará limitações e potencialidades do PVT nos municípios avaliados e sua efetividade nos indicadores intermediários e finais de segurança no trânsito, o que possibilitará o aprimoramento da ação governamental do programa e potencial expansão para outros municípios brasileiros. Além disso, produzirá conhecimento sobre a prevalência e fatores associados ao AT e a direção após consumo de álcool, que poderá contribuir para ações de prevenção de morbimortalidade no trânsito.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Otávio Alcântara de Lima Júnior

Outra

Microeletrônica
  • desenvolvimento de uma rede de sensores sem com captura de energia para agricultura de precisão
  • Os períodos intensos e recorrentes de seca, comuns na Região Nordeste, tem potencial para diminuir a safra de diversas culturas com impacto importante na economia local. A agricultura é uma grande consumidora de água devido a irrigação das culturas. Geralmente, há um grande desperdício de água e nutrientes do solo, pois não se considera em tempo real as reais necessidades de umidade do solo para cada tipo de cultura. Além disso, um dos grandes desafios no sensoriamento remoto em regiões agrícolas é a falta de infraestrutura das localidades rurais. Uma das alternativas é a utilização de sensores autônomos com capacidades de captura de energia do ambiente. Este projeto propõe o desenvolvimento de uma tecnologia de redes de sensores sem fio com captura de energia para agricultura de precisão, através de uma metodologia de co-projeto de hardware/software dos nós sensores. O principal objetivo é conceber uma solução tecnológica que contemple os circuitos dos nós sensores, circuitos de captura de energia, escalonador de tarefas, comunicação em rede sem fio e organização da rede em clusters. Dessa forma, os dados coletados poderão ser posteriormente combinados com informações meteorológicas e da cultura plantada para definir um cronograma eficiente de irrigação
  • Instituto Federal do Ceará - Reitoria - CE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Otávio Do Canto

Outra

Ciências Ambientais
  • indicadores geográficos de riscos de impactos climáticos
  • Este projeto faz parte de um esforço coletivo realizado por professores-pesquisadores da Universidade Federal do Pará, em torno de um interesse comum: produzir conhecimento que possa auxiliar no entendimento relativo às questões ambientais e contribuir para melhorar a qualidade da gestão ambiental pública e coletiva, nos diferentes setores da sociedade. Assim, reúne uma equipe de pesquisadores formada por diferentes áreas do conhecimento, e com múltiplas experiências que vai da escala local-regional à escala internacional. O Núcleo de Meio Ambiente, constituído no início da década de 1990, com linha interdisciplinar, abriga institucionalmente esse esforço coletivo, que desde as suas origens, promove o princípio reticular de ação envolvendo pesquisadores das várias unidades da Universidade Federal do Pará e de outras instituições de ensino, pesquisa e extensão em diferentes escalas, buscando sempre estabelecer e fortalecer ações de pesquisa em rede. Neste projeto, “Indicadores geográficos de riscos de impactos climáticos na zona costeira urbana paraense”, haverá colaboração do Laboratório de Pesquisa Governança, Riscos, Meio Ambiente e Desenvolvimento da Universidade de Montpellier 3 (GRED/URM), França e Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS), Martinique.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 03/02/2021-31/01/2024
Foto de perfil

Otto Corrêa Rotunno Filho

Engenharias

Engenharia Civil
  • estudos integrados em bacias hidrográficas na região serrana do rio de janeiro com suporte de modelagem hidrometeorológica e sensoriamento remoto
  • O presente projeto estabelece como diretriz acadêmico-científica a consolidação do conhecimento da hidrologia brasileira a partir de estudos desenvolvidos em diversas bacias hidrográficas nacionais, incluindo a bacia Amazônica, com vistas a avaliar o balanço hídrico na região serrana do Rio de Janeiro, que abrange regiões urbanas, agrícolas e com florestas. O emprego de sensoriamento remoto conjuntamente com modelos numéricos computacionais serão enfatizados com vistas ao desenvolvimento e avaliação de metodologias e parametrizações hidrometeorológicas e atmosféricas na escala da bacia hidrográfica. Para o presente projeto, estabeleceram-se os seguintes objetivos: • desenvolver e implementar modelos hidrometeorológicos que abordem fenômenos de hidrologia de superfície e de hidrologia subterrânea com vistas à previsão de vazões e de níveis de água durante eventos críticos (cheia e estiagem) em bacias hidrográficas; • avaliar o uso do sensoriamento remoto aplicado ao monitoramento hidrometeorológico de superfície e subterrâneo em conjunto com dados coletados por sensores e medições in situ; • construir um sistema de informações geográficas com uma base cartográfica única, na escala da bacia hidrográfica, que permita realizar a modelagem hidrometeorológica espacial, integrando dados de natureza pontual e distribuída; complementarmente, prevê-se a elaboração de mapa de disponibilidade de água dos solos; • apoiar e desenvolver sistemas aeroespaciais no Brasil; atualmente, o proponente supervisiona um grupo de estudantes de graduação da UFRJ chamado Minerva Rockets, que está atingindo importantes resultados em competições nacionais sobretudo dedicadas ao lançamento de foguetes, mas que encerra uma ampla gama de potenciais aplicações ambientais com aplicações na escala da bacia; com base nessas realizações, está em discussão cooperação com o CENPES/PETROBRAS no sentido de apoiar o aperfeiçoamento do robô Chico Mendes originalmente desenvolvido pelo Dr. Nei Robinson e colaboradores (CENPES) antevendo-se o desenvolvimento de sensores e instrumentos com diferentes aplicações.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pabline Marinho Vieira

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • produção de linhagem de trichoderma harzianum para patenteamento de genes de biocontrole utilizando engenharia genética de precisão
  • Espécies de Trichoderma estão entre os fungos filamentosos mais estudados e comercializados como bioinseticidas e biofertilizantes. Dentre as inúmeras vantagens que promovem na agricultura estão: o controle de fitopatógenos, solubilização de micronutrientes e crescimento das plantas. No entanto, os mecanismos subjacentes ao biocontrole, bem como outros processos fisiológicos, são insuficientemente compreendidos, em parte devido ao sofisticado processo de manipulação genética. Atualmente, a deleção de genes alvo por edição gênica mediada por CRIPR/Cas9 surgiu como uma ferramenta poderosa para pesquisa genética e biotecnologia em eucariotos, incluindo fungos filamentosos. Com esta, é possível obter organismos mutados para estudos de controle biológico e validação genética em processos biotecnológicos. No entanto, o sistema de CRIPR/Cas9 é uma inovadora estratégia que ainda não foi desenvolvida no agente de biocontrole Trichoderma harzianum. Assim, nesse trabalho será realizada a edição genética nessa espécie mediada pelo sistema CRISPR/Cas9 com o intuito de desenvolver uma linhagem para estudos genéticos e validação de genes para processos de patentes. Como prova de conceito, será gerada uma linhagem de T. harzianum contendo o gene pyr4 prototrófico deletado. Além disso, será mutado o gene aquaporina (apq) pela primeira vez em um fungo filamentoso. Nosso grupo já demonstrou que linhagens de T. harzianum superexpressando esse gene aumentaram o potencial de biocontrole de fitopatógenos e bioestimulante de plantas, assim como, AQP melhorou a eficiência hídrica e tolerância a desidratação em plantas transgênicas. Assim, esta proposta é uma inovadora estratégia para seleção de linhagens de T. harzianum mais eficazes no biocontrole e, principalmente, validação em patentes de genes promissores em estratégias biotecnológicas de resistência em plantas e outros organismos.
  • Instituto Federal Goiano - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pablo Gustavo Albuquerque Braz e Silva

Ciências Exatas e da Terra

Matemática
  • alguns aspectos teóricos dos fluidos assimétricos
  • Temos como objetivo estudar alguns aspectos teóricos das equações que modelam o movimento de fluidos assimétricos, a saber: estimativas de erro uniformes no tempo para aproximações semi-Galerkin de fluidos com densidade variável e estabilidade de escoamentos laminares para fluidos incompressíveis.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pablo Javier Blanco

Engenharias

Engenharia Mecânica
  • modelos computacionais do sistema cardiovascular humano individualizados a pacientes específicos
  • Ao longo dos últimos anos, a interação cada vez mais frequente entre pesquisadores da área de modelagem computacional e profissionais da área médica tem resultado no desenvolvimento e aplicação de ferramentas baseadas em modelos matemático-computacionais dentro de diferentes áreas da prática médica, demonstrando o grande potencial desta ferramenta para utilização na prática clínica. Estes esforços, somados ao aumento do poder de cálculo dos computadores e à evolução da qualidade e quantidade de informações fornecidas pelas máquinas da aquisição de imagens médicas, tem dado lugar ao surgimento de novos paradigmas na medicina: a medicina individualizada a populações e pacientes específicos, e a medicina assistida por modelagem computacional e simulação numérica. Visando solidificar esta linha de pesquisa altamente interdisciplinar e inovadora, e objetivando propor novas soluções a diversos problemas encontrados na área da saúde, a missão deste projeto é realizar atividades de pesquisa e desenvolvimento de alto impacto científico e de forte cunho tecnológico através do desenvolvimento de pesquisas na área de computação científica e sua aplicação a problemas oriundos da área médica. Em particular, neste projeto aborda-se a problemática de utilizar técnicas de assimilação de dados a fim de construir modelos computacionais do sistema cardiovascular humano individualizados a pacientes e/ou populações manifestando condições cardiovasculares específicas.
  • Laboratório Nacional de Computação Científica - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pablo José Gonçalves

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • desenvolvimento de agentes fotossensibilizadores e bio-nanotecnológicos para aplicação fotodinâmica
  • A Terapia Fotodinâmica (PDT) é uma nova metodologia, de caráter multidisciplinar, que vem sendo empregada com sucesso no tratamento de diversas doenças. Consiste na combinação de um composto fotossensibilizador (FS), luz visível e oxigênio molecular para formação de espécies reativas e destruição de alvos específicos. Apesar do seu sucesso, o tratamento apresenta algumas limitações como alto preço dos FSs e das técnicas empregadas na caracterização de novos FSs e no tratamento fotodinâmico; dificuldade de aplicações em animais de grande porte; dentre outros. Alinhado com os recentes avanços bio-nanotecnológicos e visando estabelecer alternativas para tratamento de doenças infecciosas e parasitárias de interesse humano e animal, o presente projeto tem como objetivos atuar no planejamento e na síntese de novos compostos FS, na elaboração de um conjugado FS com nanoestruturas, na implantação de infraestrutura para caracterização Fotofísica e Fotoquímica de novos fotossensibilizadores e na avaliação da atividade fotodinâmica em sistemas modelos, microrganismos e em bovinos. Assim, espera-se contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico nacional através de pesquisa científica de relevância, formação de recursos humanos de alto nível e publicações em revistas de reconhecimento internacional.
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pablo Lima Saldanha

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • estado quântico da luz laser e uma reinterpretação de experimentos em ótica quântica
  • O estado quântico da luz laser normalmente é aproximado por um estado coerente em experimentos de ótica quântica. Mas um estado mais realista seria uma mistura estatística de estados coerentes com fases aleatórias, que corresponde a uma mistura estatística de estados de Fock. Pretendemos neste projeto investigar como a consideração desse estado mais realista para a luz laser muda a interpretação de experimentos em ótica quântica. Em especial, investigaremos experimentos com a geração de estados comprimidos para a luz em um ou dois modos, que possuem diversas aplicações em metrologia quântica e informação quântica. Cálculos preliminares demonstram que o efeito de compressão desaparece ao considerarmos esse estado mais realista para o laser usado nos experimentos. Pretendemos então investigar quais fenômenos físicos estão por traz dos resultados experimentais, buscando uma compreensão mais profunda desses experimentos. É possível que nesse processo surjam ideias de melhorias para os protocolos de metrologia quântica e informação quântica que usem estados comprimidos. Também investigaremos o fenômeno de geração de altos harmônicos na interação de um pulso laser ultra-curto com um meio atômico. Esse fenômeno está por traz das investigações de dinâmica em attosegundos, com diversas aplicações práticas. Nos tratamentos teóricos do tema, o laser é tratado como uma onda clássica com fase bem definida. Mas ao considerarmos um estado mais realista para o laser, sua fase absoluta é fundamentalmente indeterminada. A interação com o meio atômico e a subsequente medição do espectro da luz gerada em altos harmônicos teria o efeito de mudar o estado quântico do laser para um estado com fase bem definida, segundo nossa hipótese. Pretendemos analisar como isso acontece em um nível fundamental, o que nos permitiria uma compreensão mais profunda do fenômeno. Também pretendemos investigar a relação entre o momento oculto de um dipolo magnético na presença de um campo elétrico e o debate Abraham-Minkowski sobre o momento da luz em meios materiais.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Pabyton Goncalves Cadena

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • emulsão nanotecnológica de óleos essenciais da caatinga com ação antimicrobiana: uma nova estratégia para tratamento de mastite bovina.
  • Objetiva-se desenvolver um produto antimicrobiano produzido a partir de nanoemulsões de óleos essenciais de plantas da Caatinga para o tratamento de mastite bovina em propriedades de gado leiteiro do agreste pernambucano. Óleos essenciais extraídos de espécie da caatinga serão submetidos a cepas de bactérias isoladas do leite das propriedades rurais do Agreste Pernambucano. As nanoemulsões serão desenvolvidas a partir dos óleos essenciais que apresentarem ação antimicrobiana. As nanoemulsões serão caracterizadas em relação ao tamanho, a carga de superfície, o índice de polidispersão, estabilidade, cinética de liberação, viscosidade e parâmetros macroscópicos. Os efeitos tóxicos in vivo das nanoemulsões desenvolvidas serão realizados através de testes de toxicidade aguda utilizando embriões de Danio rerio segundo OCDE 236 (2013). No rebanho leiteiro será realizado o teste de irritação dérmica aguda segundo OCDE 404 (2012). Posteriormente, as nanoemulsões serão utilizadas na terapêutica para a mastite bovina frente aos métodos tradicionais no rebanho leiteiro em propriedades do agreste pernambucano. Finalmente, serão avaliados parâmetros bioquímicos e hematológicos, minerais, presença de microrganismos no leite e antimicrobianos residuais. Pretende-se com esse estudo o desenvolvimento de produtos nanotecnológicos nacionais para o tratamento da mastite bovina com baixo custo, pois poderá reduzir o impacto econômico ocasionado por esta patologia bovina e formação de recursos humanos nas áreas biológicas e veterinária.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paola Berenstein Jacques

Ciências Sociais Aplicadas

Arquitetura e Urbanismo
  • cronologia do pensamento urbanístico: pensar e fazer por nebulosas e montagens
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paola de Azevedo Mello

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • amostragem direta de sólidos por etv-icp-ms para a determinação de contaminantes em nanotubos de carbono.
  • A presente proposta está inserida no contexto da produção e caracterização de novos materiais de interesse industrial e tecnológico, visando o desenvolvimento e avaliação de um método que permita a determinação de contaminantes inorgânicos em nanotubos de carbono (CNTs). Esses materiais têm recebido interesse crescente em diversas áreas da ciência devido as suas propriedades químicas, mecânicas e elétricas diferenciadas, o que faz com que o conhecimento de sua composição seja importante para fins tecnológicos, industriais e toxicológicos. Dentre as aplicações dos CNTs, pode-se citar o desenvolvimento de materiais para aplicações industriais e equipamentos eletrônicos, a utilização na medicina e na biotecnologia, bem como aplicações em química analítica, como adsorvente e na composição de eletrodos, por exemplo, exigindo que seja conhecida a sua composição, já que esta pode estar influenciando seu comportamento. Dessa forma, é urgente o desenvolvimento de um método analítico exato, sensível, simples e rápido, para o controle de contaminantes inorgânicos e dos resíduos de catalisadores, com precisão e baixos limites de quantificação. Assim, é proposto o desenvolvimento de um método para a determinação de contaminantes inorgânicos em CNTs empregando a amostragem direta de sólidos com espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado (DSS-ETV-ICP-MS). Como consequência do processo de síntese, os CNTs podem conter impurezas, que incluem aquelas presentes na composição dos suportes dos catalisadores, os próprios catalisadores e sub-produtos da reação, tais como carbono amorfo e grafitizado, além de outros eventuais contaminantes que possam ser inseridos pelos materiais e reagentes empregados. A fim de minimizar os problemas relacionados à contaminação por impurezas metálicas no produto final, os CNTs são submetidos a uma etapa de purificação. Para isso, métodos físicos e químicos são empregados para garantir a qualidade e pureza do produto final. Normalmente são empregados reagentes oxidantes como HNO3, H2O2 e KMnO4, ou suas combinações, sob aquecimento e pressão. Contudo, mesmo assim, alguns metais podem permanecer presentes em níveis de concentração relativamente elevados, uma vez que podem estar presos (encapsulados) no interior da estrutura do nanotubo. Essa inerente contaminação, além de causar alterações consideráveis nas características esperadas, principalmente, nas propriedades físico-químicas do material sintetizado, pode comprometer suas aplicações. Todavia, em geral, esse tipo de material é comercializado apenas e simplesmente com a informação do teor de nanomaterial, considerando como impurezas os resíduos de carbono amorfo. Metais, como Ni, Fe, Co, Mo, La, dentre outros, comuns nos processos de síntese, em geral, não são informados, embora possam até estar presentes em quantidades percentuais. Isso demonstra o quão importante é estabelecer métodos para que as impurezas metálicas nos CNTs sejam conhecidas. A determinação de contaminantes inorgânicos em CNTs pode ser considerada um desafio analítico, uma vez que estes materiais apresentam características particulares e elevada inércia química, que tornam difícil a sua decomposição empregando métodos convencionais, tais como a decomposição por via úmida. Isso limita a aplicabilidade de técnicas espectrométricas baseadas em nebulização convencional de soluções, alternativa mais comum em grande parte dos laboratórios de controle de qualidade. Para a determinação de contaminantes inorgânicos em CNTs, a maior parte dos poucos trabalhos publicados propõe o uso de técnicas espectrométricas, dentre elas a espectrometria de absorção atômica com forno de grafite (GF AAS), a espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado (ICP-OES) e a espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado (ICP-MS). Outra dificuldade reside na baixa disponibilidade de materiais de referência certificados (CRM) em relação à composição elementar. Além disso, a ausência de métodos de referência empregados para a avaliação de métodos em desenvolvimento, torna ainda mais difícil o desenvolvimento de novos métodos. Uma técnica de análise direta que vem sendo amplamente empregada para matrizes de difícil decomposição é a amostragem de sólidos por vaporização eletrotérmica acoplada à espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado (ETV-ICP-MS). A técnica de ETV-ICP-MS é baseada na conversão dos analitos em vapor com a aplicação de um programa de aquecimento, similar àquele utilizado na GF AAS, seguido do transporte desses vapores para o equipamento de ICP-MS, utilizando um fluxo de argônio ou outros auxiliares. Além das vantagens como o reduzido tempo de preparo de amostra, a minimização de riscos de contaminação, bem como de perdas de analito por volatilização, serem as mesmas relatadas para as demais técnicas de amostragem de sólidos mencionadas anteriormente, a ETV-ICP-MS se destaca, principalmente, pela possibilidade de obter limites de quantificação na ordem de ng g-1, uma vez que combina a sensibilidade da técnica de ICP-MS e a elevada eficiência de transporte (20 a 80%) da ETV, em comparação à nebulização pneumática (1 a 2%). Dessa forma, tendo em vista a dificuldade de decomposição de CNTs para posterior determinação de metais, aliada à carência de métodos analíticos para o controle de qualidade destes materiais e à importância do conhecimento do teor de contaminantes inorgânicos para fins industriais, tecnológicos e toxicológicos, o presente estudo propõe o desenvolvimento e a aplicação de um método analítico de amostragem direta de sólidos empregando a ETV-ICP-MS (DSS-ETV-ICP-MS) para a determinação de contaminantes inorgânicos em CNTs.
  • Universidade Federal de Santa Maria - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Paola Richter Londero

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • avaliação de desempenho econômico-financeiro para sociedades cooperativas sob a perspectiva da utilidade para tomada de decisão.
  • Tomar decisões em ambientes empresariais complexos requer subsídios informacionais cada vez mais detalhados e coerentes com o ambiente do negócio. Contudo, ao se requerer maior detalhamento do nível informacional, por vezes, é possível se confrontar com quantidade de informações, que nem sempre irão significar qualidade, ou ainda, poderão ocasionar um decréscimo na sua utilidade. Para um gestor é importante conhecer quais são as informações que subsidiam a sua tomada de decisão, ou pelo menos, ter conhecimento de uma possível escala de prioridade, principalmente no ambiente tecnológico e globalizado que vivemos hoje, onde dados e informações são gerados a todo momento. Ademais, também é necessário considerar que os gestores possuem heurísticas e vieses que interferem na tomada de decisão e são intrínsecos a este processo. Usualmente, para subsidiar a tomada de decisões interna, os gestores das organizações fazem uso da análise de indicadores, como forma de avaliação do desempenho econômico-financeiro. Tal processo, geralmente, segue padrões esperados de análise, gerando indicadores pré-estabelecidos e reconhecidos pela literatura e mercado. Entretanto, é possível recair em outro problema, a inadequação de tais avaliações com o ambiente do negócio, ou até mesmo com a filosofia empresarial no qual a organização encontra-se inserida, e esse é o caso de quando utilizados indicadores tradicionais de análise de desempenho econômico-financeiro em sociedades cooperativas. As cooperativas são entidades singulares (Bialoskorski Neto, 2012), consideradas de natureza híbrida, com característica de mercado e hierarquia vertical (Ménard, 2011), apresentam princípios, natureza e estrutura de funcionamento distintos das demais organizações, tendo objetivo econômico e social, alcançado a partir da atuação dupla do cooperado como usuário e proprietário. Por essas características Chaddad (2012) destaca que, as sociedades cooperativas devem ser vistas como arranjos organizacionais singulares, criando um contraste considerável com as organizações de outras naturezas, sendo necessário investigar os impactos dessa singularidade sobre diferentes instrumentos da gestão, da contabilidade gerencial e contabilidade societária. Nesse sentido, Santos, Gouveia e Vieira (2012) expõem que, a contabilidade tem direcionado seus esforços e subsidiado as instituições de finalidade lucrativa com informações contábil-financeiras para a tomada de decisão dos seus gestores, mas ainda carece de direcionamento no que se refere às cooperativas, principalmente porque nessas entidades é essencial explorar as diversas dimensões, ou óticas, que essas organizações estão inseridas. Assim, presente pesquisa considera que as sociedades cooperativas devem considerar três óticas: a ótica de mercado, a ótica dos cooperados e de desenvolvimento regional. A análise de desempenho por meio de indicadores é construída, tipicamente, com base na ótica do mercado, ou seja, com base no parâmetro do lucro para as organizações de finalidade lucrativa. Contudo, no caso das sociedades cooperativas, o lucro, similar as sobras geradas, não é a única forma de retorno oferecida aos proprietários e não pode ser considerada a única dimensão de preocupação do gestor no momento da tomada de decisão. Ainda, de acordo com os valores e princípios da doutrina do cooperativismo, essas entidades apresentam cunho social, diferentes funções de atuação do proprietário e preocupação com a comunidade, o que faz com que as dimensões do capital social, vinculada aos cooperados, e desenvolvimento regional também tornem-se necessárias para que haja a sustentabilidade do negócio e do movimento. Quando um gestor de cooperativa toma decisões baseando-se somente em uma das óticas (mercado, capital social ou desenvolvimento regional) pode potencialmente estar comprometendo uma das esferas da sustentabilidade dessas organizações, enfraquecendo a competitividade da cooperativa, esquecendo os princípios e objetivos ou ainda demandando investimentos sem gerar retornos financeiros aos membros ou externalidades positivas a comunidade. É claro que ao se expandir as dimensões de análise necessárias para a tomada de decisão, há o potencial aumento do número de indicadores gerados, consequentemente, torna-se necessário identificar quais são as informações prioritárias, respeitando as três óticas e sua integração. Ademais, mesmo na esfera de mercado, os indicadores não são tidos como adequados para as sociedades cooperativas, pois muitas vezes não captam a sua forma de funcionamento. Nesse contexto que a presente pesquisa se insere, tendo como objetivo analisar os indicadores econômico-financeiros tidos como relevantes para a tomada de decisão dos gestores das cooperativas, discutir suas limitações e propor possíveis melhorias. Com relação ao aspecto metodológico, a pesquisa será orientada pelo paradigma interpretativista, sob a lógica hipotético-dedutiva. O estudo contará com o emprego da técnica de análise documental para subsidiar a construção de um quase-experimento. O quase-experimento será desenvolvido, testado, aplicado e avaliado na segunda etapa do projeto, no qual terá como objetivo verificar quais os indicadores de desempenho econômico-financeiro são utilizados pelos gestores como forma de subsidiar decisões em situações-problema previamente desenvolvidas no contexto cooperativista e do negócio agropecuário, considerando possíveis circunstâncias que a utilização de índices de desempenho são tidas controversas. Os casos serão desenvolvidos e disponibilizados aos usuários por meio de questionário com questões abertas e fechadas, ademais, irão incorporar possíveis heurísticas e vieses identificados na literatura como relevantes para a tomada de decisão do gestor, e procurará captar a razão pela escolha dos indicadores e como os gestores analisam e conciliam os indicadores vinculados a ótica do mercado, capital social e desenvolvimento regional.
  • Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do RS - RS - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021