Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Vicentina Maria Ramires Borba

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • diversidade de gêneros, religião e discurso: a voz da igreja no debate sobre identidade de gêneros
  • Vítimas de diferentes e perversas formas de discriminação e violência, as pessoas as pessoas de diferentes identidades de gênero, tais como homossexuais, bissexuais, transexuais, transgêneros, travestis, entre outras denominações, têm contra si a divulgação de discursos discriminatórios proferidos por grupos poderosos que regulam os comportamentos, tais como os discursos religiosos, por exemplo. Com base nos postulados da Análise Crítica de Discursos, este estudo tem como objetivo principal analisar como alguns setores da Igreja, sobretudo aqueles de orientação cristã, têm contribuído para gerar/aumentar o preconceito contra diferenças de gênero. Estabelecemos os seguintes objetivos específicos para o desenvolvimento desta pesquisa: a) identificar nos discursos orais, escritos e imagéticos, produzidos por membros religiosos de igrejas de orientação cristã elementos verbais e não-verbais indicadores de discriminação; b) analisar macro e microestruturas semânticas utilizadas pelo autor/produtor do texto em que se manifestem, explícita ou implicitamente, formas de discriminação de diferentes grupos sociais; c) relacionar o conteúdo de propostas, projetos, cartilhas sobre diversidade de gêneros com os discursos religiosos. Para tanto, será feito um levantamento de entrevistas, depoimentos, material gráfico, propostas de lei, dentre outros, em meios digitais e impressos. As práticas discursivas que serão objeto de nossa análise virão, majoritariamente, de autoridades eclesiásticas das igrejas evangélicas e da igreja católica, uma vez que seus seguidores representam a grande maioria da população do país. A partir da divulgação do Plano Nacional de Direitos Humanos de 2010, a temática da não discriminação a LGBT, esses discursos serão analisados. Espera-se que os resultados deste estudo possam contribuir para que sejam desenvolvidos outros trabalhos que busquem encorajar ações de contestação da ordem imposta, ações de valorização desses grupos sociais em suas diferentes faces, bem como ações de esclarecimento dos contextos sociointerativos dominados por práticas opressoras contra as liberdades de gênero.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Vico Mendes Pereira Lima

Ciências Agrárias

Agronomia
  • agricultura familiar e agroecologia no semiárido norte mineiro
  • O semiárido norte mineiro é caracterizado por predominância de unidades familiares na agricultura, posse da terra pulverizada, baixo dinamismo econômico, alta taxa de migração tanto sazonal quanto definitiva. O projeto visa o desenvolvimento rural dos territórios pertencentes ao semiárido norte mineiro por meio da capacitação, em bases agroecológicas, de agricultores(as), estudantes e técnicos, durante atividades de pesquisa científica, extensão tecnológica e educação profissional que valorizem e aprimorem técnicas agroecológicas de produção dos agricultores familiares, pautadas na convivência com o semiárido, bem como a formação de uma rede para a difusão de conhecimentos dos sistemas orgânicos de base agroecológica. A proposta contempla a transformação do NEA – Campus Almenara, que atua no território da cidadania do baixo Jequitinhonha desde 2011, em CVT. Fazem parte da proposta os Núcleos de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA – Campus Araçuaí, NEA - Campus Arinos, NEA – Campus Januária e o Núcleo PPJ – ICA/UFMG), que atuam em territórios do semiárido norte mineiro em parceria com as organizações da sociedade civil ligadas a agricultura familiar: Sindicato de trabalhadores e trabalhadoras rurais, Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica, Cáritas, Centro de Agricultura Alternativa, Instituto dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Vale do Jequitinhonha e Escolas Famílias Agrícolas. O trabalho junto a comunidades de agricultores(as) permitiu aos integrantes dos Núcleos o aperfeiçoamento de técnicas didáticas/pedagógicas para a construção do processo de ensino aprendizagem em agroecologia e maneiras de se formar uma rede entre os NEAs pertencentes ao IFNMG e o Núcleo PPJ (ICA/UFMG). A inclusão produtiva no projeto contempla a potencialização de unidades experimentais do PAIS (Produção Agroecológica Integrada e Sustentável), com o intuito de difundir uma tecnologia social inspirada na atuação de pequenos agricultores que optaram por fazer uma agricultura sustentável do ponto de vista da água, através de sementes de variedades crioulas, técnicas tradicionais de lavouras, sem uso de produtos tóxicos e com a preocupação de conservar o ambiente. A gestão social inclui a valorização das organizações de agricultores familiares que por meio dos NEAs vem cada vez mais se apropriado do espaço acadêmico dos IFs, em cada território, trazendo demandas reais das comunidades para serem foco das atividades de ensino, pesquisa e extensão realizadas pelo instituto. Este intercâmbio permite ao IFNMG cumprir sua função social e democratiza a educação aos povos do campo. As principais atividades de extensão tecnológicas desenvolvidas neste projeto consistem na difusão de conhecimentos agroecólogicos por meio dos NEAs e da rede de núcleos de estudos em agroecologia do semiárido norte mineiro. A educação profissional tem como principal atividade a formação com enfoque agroecológico de estudantes dos cursos técnicos integrados em Agroecologia, Agropecuária em Alternância e Zootecnia e dos cursos superior em Agronomia, Engenharia Agrícola e Ambiental, Engenharia Florestal, bem como as capacitações a agricultores familiares e técnicos regionais. A pesquisa aplicada tem como principal atividade a análise de dados históricos para detectar alterações de tendências hidrológicas e identificar impactos associados à mudança do clima sobre os recursos hídricos, especialmente eventos prolongados ou intensos como secas e inundações.
  • Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 01/12/2017-31/10/2020
Foto de perfil

Victor Carôzo Gois de Oliveira

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • investigação de defeitos em materiais bidimensionais
  • Os materiais bidimensionais, também conhecidos como materiais atomicamente finos, formam um campo novo na ciência que envolve nanotecnologia, ciências dos materiais e física da matéria condensada e vem sendo desenvolvido rapidamente. Com aplicações que podem revolucionar setores da indústria de semicondutores, óptica e eletrônica. Assim, aplicações tecnológicas requerem o desenvolvimento de novos métodos de crescimento e caracterização. Neste projeto pretendemos desenvolver o crescimento de monocamadas de calcogenetos tais como MoS$_2$, WS$_2$, WSe$_2$, MoTe$_2$ em grandes áreas com espessura controlada, usando a técnica de deposição química na fase vapor (\textit{Chemical Vapor Deposition, CVD}). Em seguida, vamos usar a microscopia de força atômica (\textit{Atomic Force Microscopy, AFM}) para quantificar o número de camadas e a rugosidade da superfície. Para verificar o qualidade cristalina dos materiais bidimensionais vamos identificar e quantificar os tipos de defeitos após a síntese utilizando as técnicas ópticas de espectroscopia Raman e de fotoluminescência (PL).
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Víctor Costa da Silva Campos

Engenharias

Engenharia Elétrica
  • controle de sistemas de refrigeração de baixo custo
  • Sistemas de refrigeração de estado sólido baseados em módulos Peltier têm a vantagem de causarem menos dano ao ambiente quanto comparados aos sistemas tradicionais de refrigeração que, apesar de terem um desempenho mais elevado, podem liberar gases no ambiente. Apesar de possuírem uma eficiência energética menor quando comparados em potência máxima, sistemas baseados em módulos Peltier podem ser interessantes nos casos em que um controle mais fino da temperatura ou uma ação com efeito mais local seja necessária. Além disso, o mesmo elemento pode ser utilizado para aquecimento e refrigeração, e o fato de que eles não dependem de partes móveis ou gases de refrigeração os tornam atrativos para dispositivos móveis. Por fim, o desempenho destes módulos pode se tornar competitivo quando a temperatura desejada para o controle não é muito longe da temperatura ambiente e não é necessária a potência total dos módulos. Este trabalho visa estudar e implementar diferentes estratégias de acionamento e controle de módulos Peltier em diferentes cenários, buscando atingir uma solução mais eficiente (do ponto de vista de consumo energético). Além disso, em alguns casos, espera-se comparar o desempenho dos sistemas de refrigeração por módulos Peltier com sistemas de refrigeração tradicionais (com um consumo energético similar).
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Victor Diogenes Amaral da Silva

Ciências Biológicas

Morfologia
  • estudo da morfologia e biologia de células gliais na patogênese da doença de parkinson
  • A presente proposta é multidisciplinar e envolve pesquisadores de sete instituições de ensino superior, dentre elas quatro brasileiras e três estrangeiras, das quais fazem parte onze pesquisadores cooperantes e o pesquisador proponente. O local de desenvolvimento do projeto será o Laboratório de Neuroquímica e Biologia Celular (LABNq) do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Bahia. Criado em 2001 a partir da associação de pesquisadores qualificados em Neurociências e equipe multidisciplinar de colaboradores, o LABNq tem adotado modelos de estudo de células do sistema nervoso central (SNC) para investigar a plasticidade em resposta aos estímulos inflamatórios e/ou condições patológicas e os mecanismos de neurotoxicidade/ neuroproteção desencadeados por substâncias extraídas de plantas, adotadas na medicina popular no Brasil, ou seus derivados sintéticos, a fim de encontrar novos agentes alternativos para o tratamento de distúrbios neurodegenerativos. Nos últimos anos, o grupo tem caracterizado uma série de efeitos sobre a plasticidade e sobrevida de células neurais como resposta da exposição a neurotransmissores e derivados envolvidos na patogênese de Doenças Neurodegenerativas, assim como tem prospectado moléculas neuroprotetoras contra efeitos deletérios da toxicidade neuroquímica. Com o objetivo geral de compreender alterações na morfologia e biologia de células gliais relacionadas à resposta a agentes neurotóxicos endógenos envolvidos na patogênese da Doença de Parkinson (DP), nossos esforços serão direcionados para alcançar objetivos específicos relacionados ao: i. estudo da interação neurônio-glia na plasticidade e viabilidade de neurônios dopaminérgicos no modelo de estudo induzido por aminocromo; ii. estudo da biologia e morfologia de astrócitos e microglia do tecido mesencefálico frente à estímulos inflamatórios induzidos por aminocromo e alfa-sinucleína; iii estudo da regulação do Fator Nuclear Eritroide 2 (NRF2) e enzima DT-diaforase na biologia glial e neuronal frente a insultos neuroquímicos (aminocromo e glutamato) e relacionada ao envelhecimento; iv caracterização da respostas dos diferentes tipos celulares que compõem o tecido mesencefálico à agentes neuroprotetores derivados de plantas em perspectivas (flavonoides, cumarinas e alcaloides). Para tanto, serão utilizados modelos de estudo in vitro e in vivo, assim como técnicas de alta relevância para análises histológicas, morfológicas e bioquímicas. Os resultados obtidos levarão a uma melhor compreensão do envolvimento de diferentes subpopulações celulares na patogênese da DP e alvos importantes para o desenvolvimento de novas intervenções terapêuticas.
  • Universidade Federal da Bahia - BA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022