Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Veridiana Teixeira de Souza Martins

Ciências Exatas e da Terra

Geociências
  • aplicação de estudos isotópicos para a identificação e resolução de problemas ambientais relacionados à urbanização
  • O aumento da urbanização trará mais e novos problemas ambientais para as cidades. Compreender como a urbanização afeta os arcabouços hídricos superficiais e subterrâneos das cidades é de fundamental importância para a tomada de decisões em relação ao uso e ocupação do solo, bem como para a determinação de áreas de proteção e possíveis remediações. Estudos isotópicos são importantes ferramentas na identificação de origens de contaminantes e são pouco utilizadas no Brasil. Este trabalho pretende avaliar a alteração da hidrogeoquímica frente à urbanização em duas localidades diferentes, com diferentes fontes de água principais para consumo (superficial e subterrânea): i) Região Metropolitana de São Paulo, coletando água da nascente do Rio Tietê e na sua foz, na Barragem do Rasgão, após o rio atravessar a área urbana, e avaliando a qualidade das águas no Reservatório de Taiaçupeba (abastecimento preferencial); ii) Região de São José do Rio Preto, coletando água do Rio Preto na nascente e depois de atravessar a cidade e estudando as águas subterrâneas em poços no aquífero Bauru (principal fonte de abastecimento). Serão desenvolvidas quatro tarefas principais: levantamento de dados, coleta de amostras, análises químicas e isotópicas e interpretação de dados. Com os resultados pretende-se responder como e se as áreas urbanas interferem na qualidade das águas e quais os riscos associados a essa interação.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Veridiana Vera de Rosso

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • líquidos iônicos como extratores verdes para obtenção de carotenoides a partir de frutas da biodiversidade brasileira
  • A aplicação de líquidos iônicos (LI) em processos de extração é uma alternativa viável que segue os princípios da química verde, otimizando a obtenção de moléculas de interesse industrial em processos sustentáveis com menor geração de resíduos tóxicos. Desta forma o objetivo do projeto é desenvolver e otimizar um método de extração empregando líquidos iônicos, para obtenção de carotenoides provenientes da polpa do fruto de pupunha (Bactrys gasipaes) e da polpa de pequi (Caryocar brasiliense), que possam ser utilizados como pigmentos naturais e aditivos na indústria de alimentos. Serão testados quatro LI para otimização da extração, o tetrafluoroborato de 1-n-butil-3-metilimidazólio e o cloreto de 1-n-hexil-3-metilimidazólio de origem comercial; e o cloreto de 1-n-butil-3-metilimidazólio e o hexafluorofosfato de 1-n-butil-3-metilimidazólio sintetizados em laboratório. A síntese dos LI será assistido por ultrassom, sem a utilização de solventes orgânicos voláteis, e a caracterização desses LI será realizada por espectrometria de massas (MS). O parâmetro de eficiência será o rendimento na extração de carotenoides (quantificação por curva de calibração externa em HPLC-PDA). Os dois melhores LI serão selecionados para a otimização da extração empregando a técnica de planejamento experimental e superfície de resposta. A avaliação quali e quantitativa dos extratos de carotenoides obtidos será realizada por HPLC-PAD-MS/MS. A estabilidade dos extratos de carotenoides frente a luz e calor será determinada em sistemas modelo aquoso e oleoso, sua biodisponibilidade em sistema modelo celular (Caco2) e a atividade antioxidante será determinada em sistema homogêneo. Os resultados serão comparados com extratos de carotenoides obtidos por métodos convencionais empregando a acetona como solvente extrator.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Verona Campos Segantini

Ciências Sociais Aplicadas

Museologia
  • ilustração e escrita científica: dissertações, instruções, memórias e manuais de história natural em circulação nos séculos xviii e xix.
  • O presente projeto é decorrente de uma pesquisa que pretendeu compreender a proto-história das instituições encarregadas da salvaguarda de documentos e coleções que se originaram nos séculos XVIII e XIX. Nesse movimento encontramos uma significativa produção de textos que comportavam características de escritos científicos, tais como dissertações, instruções, métodos e memórias elaborados a partir dos paradigmas que orientavam o fazer da história natural a partir de meados do século XVIII. Define-se como escopo para o projeto a identificação, sistematização e divulgação de fontes decorrentes das ações de cariz científico e administrativo vinculadas ao projeto das Reformas Pombalinas e da ilustração lusa. Nossa proposta é reconhecer e reunir documentos, produzidos por naturalistas e membros da administração portuguesa, partindo de textos que delineavam o fazer da história natural e que sistematizavam instruções e métodos de como se observar, registrar, recolher, preparar, bem como aqueles que embasados em tais produções, sistematizavam informações sobre os domínios ultramarinos e também sobre os produtos encontrados na natureza.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Veronica Angelica Freitas de Paula

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • inovação na cadeia de suprimentos e novos mercados: impactos na gestão de marcas
  • Novos mercados trazem desafios e oportunidades para organizações de diferentes setores e regiões. A competição tem se acirrado, as empresas precisam buscar formas de inovar para se diferenciar e alcançar vantagem competitiva. A inovação na cadeia de suprimentos surge como oportunidade para empresas ampliarem sua atuação e fortalecerem suas marcas em contextos competitivos. Este estudo objetiva analisar como empresas que atuam em diferentes mercados e segmentos inovam na cadeia de suprimentos, visando atender novos mercados, e o impacto desta inovação na gestão das marcas. O estudo de cadeias inovadoras, agregando valor, com membros atuando de forma colaborativa e cooperativa para a inovação, pode auxiliar as organizações brasileiras na busca por maior competitividade. É importante verificar a percepção dos consumidores sobre empresas e marcas inovadoras, pois, para ter sucesso, a inovação deverá, em algum momento, ser aceita pelos consumidores. Assim, estudar casos de empresas inovadoras em seus modelos de negócios, processos ou produtos, inclusive na gestão da cadeia de suprimentos, e entender como a inovação influencia a percepção de marca e as decisões de compra dos consumidores pode contribuir para o desenvolvimento das empresas brasileiras nesse cenário. Trata-se de um estudo descritivo, com a utilização de abordagens qualitativas e quantitativas, desenvolvido em quatro etapas: levantamento bibliográfico e de dados secundários; estudos de casos múltiplos; survey; e elaboração de um modelo de inovação na cadeia de suprimentos. Para a análise dos dados primários serão utilizadas análise de conteúdo e técnicas de estatística multivariada. A análise dos dados secundários será feita pela análise documental. Ao final desta pesquisa, será proposto um modelo para auxiliar as organizações brasileiras a inovar, ingressar em novos mercados e atender as demandas de consumidores, a partir da análise da influência da inovação na percepção de marca dos consumidores.
  • Universidade Federal de Uberlândia - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Verônica Brito da Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • potencial genético de genótipos de feijão-fava com tolerância a altas temperaturas e resposta ao fotoperíodo
  • O feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) tem se mostrado bastante promissor entre as leguminosas cultivadas no Brasil, com destaque para a região Nordeste. Embora, seja bastante apreciado nesta região, ainda possui baixa participação na sua produção, devido a falta de investimentos em pesquisa básica e aplicada como o melhoramento desta leguminosa. Portanto, torna-se necessário desenvolver genótipos mais adaptados para serem recomendados aos produtores, principalmente da região Nordeste. A temperatura e o fotoperíodo são os fatores ambientais principais que influenciam a duração do ciclo de desenvolvimento das plantas. A resposta fotoperiódica e altas temperaturas ainda não foram quantificadas em genótipos de feijão-fava. . Por ter origem em regiões de média à alta altitude, a cultura do feijãoé sensível a temperaturas elevadas. Diante das previsões de mudanças climáticas com o aumento da temperatura global em consequência da emissão de gases de efeito estufa na maioria das áreas de cultivo, coloca-se em risco a segurança alimentar e faz-se necessário o melhor entendimento dos mecanismos fisiológicos de tolerância às altas temperaturas, assim como a identificação de fatores genéticos que controlam as respostas fisiológicas, a fim de selecionar novas combinações que levam à maximização do rendimento frente ao estresse por calor. Além da temperatura, o fotoperíodo também afeta o ciclo de desenvolvimento de espécies. O conhecimento da resposta fotoperiódica das culturas é importante para identificar sua adaptação para cultivo em diferentes locais e assim auxiliar na determinação da época de semeadura recomendada para cada região. Nesse contexto, os objetivos do projeto serão investigar os efeitos do estresse por alta temperatura e identificar a resposta ao fotoperíodo em 25 genótipos de feijão-fava cultivados na região Nordeste em duas localidades com zonas climáticas distintas (clima quente e ameno). Será avaliada também a existência de efeitos de interação genótipo x ambiente e a seleção dos genótipos mais contrastantes quanto à tolerância ao calor e ao fotoperiodo. O experimento será realizado em casa de vegetação localizado no campus da UFPI. Serão avaliadas características fenológicas, produtivas e relacionadas ao desenvolvimento da planta. O delineamento experimental empregado será o de inteiramente casualizados, com quatro repetições. Serão processadas análises de variância individuais, e análise conjunta de variância para todos os caracteres, com o objetivo de determinar possíveis interações entre os genótipos com os ambientes. Será realizado o teste de Scott e Knott, a 5% de probabilidade, para comparações das médias dos genótipos. Uma relação linear entre as características para a resposta fotoperiódica.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022