Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Elizabeth Fernandes de Macedo

Ciências Humanas

Educação
  • ressignificações da bncc nos múltiplos espaço-tempos de implementação
  • Este projeto tem por foco as recentes políticas curriculares no Brasil, mantendo a preocupação de desconstruir mecanismos que criam o controle do currículo como efeito de verdade e dificultam a proliferação da diferença como diferença em si. Nesse sentido, ele se articula a projetos desenvolvidos pela equipe com ênfase no caráter instituinte do currículo como enunciação no terceiro espaço da cultura, reverberando a crítica a concepções técnicas e burocráticas de currículo. Tem o duplo objetivo de mapear as redes políticas construídas durante o processo de implementação, destacando as estratégias da racionalidade neoliberal que propagam tais concepções, e atuar junto às escolas e aos professores para recuperar o fazer curricular como enunciação no contexto escolar. Assumindo inflexão pós-estrutural, o projeto dialogará com teóricos da irrealizibilidade. O primeiro objetivo envolverá o mapeamento das redes de política, utilizando a metodologia proposta por S.Ball para a análise global das políticas educacionais, em articulação com a teoria do discurso de E. Laclau e C. Mouffe e os estudos de W. Brown sobre neoliberalismo. O segundo objetivo será trabalhado em pesquisa participante pós-qualitativa no campo do currículo, trazendo para a discussão a ontologia relacional proposta por J. Butler, animada por J. Derrida. Assim, para além dos efeitos ético-políticos de trabalhar junto aos professores na produção de currículo, a pesquisa apresenta contribuições teóricas: (i) no campo das políticas educacionais, ao teorizar sobre o neoliberalismo como racionalidade; (ii) no campo dos estudos reconceptualizados do currículo, com foco em processos de subjetivação e na ideia de relacionalidade; e (iii) no plano metodológico, ao discutir a pesquisa empírica participante sobre a formação de professores e o currículo sob a óptica da pesquisa pós-qualitativa.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 26/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elizabeth Fialho Wanner

Ciências Exatas e da Terra

Ciência da Computação
  • metaheurísticas populacionais multiobjetivo: teoria a prática
  • Metaheurísticas populacionais representam uma classe de ferramentas estocásticas para a resolução de diversos problemas com características difíceis, tais como não linearidade, multi-modalidade, não difenciabilidade, envolvendo múltiplas escalas, etc., para os quais não existem algoritmos determinísticos eficientes. Estas ferramentas têm se mostrado poderosas na solução de problemas teóricos e práticos nas diversas áreas do conhecimento. A área de pesquisa em metaheurísticas populacionais para tratar problemas com vários objetivos encontra-se em pleno desenvolvimento e vem sendo aplicada, com sucesso, em diversos problemas do mundo real. Entretanto, observa-se uma necessidade de se focar em aspectos teóricos pouco compreendido do funcionamento destes métodos. Um melhor entendimento do funcionamento de tais métodos é importante para não somente desenvolver novos paradigmas inspirados e guiados por necessidades diretamente derivadas dos problemas aplicados, mas também para apontar direções futuras de pesquisa. Por outro lado, aplicações práticas servem para identificar novos paradigmas para aplicações específicas baseadas nos aspectos teóricos. O desenvolvimento deste projeto se reveste de grande importância considerando que deverá preencher lacunas importantes na área, conferindo inovação à presente proposta, tais como: desenvolvimento de um indicador de desempenho para metaheurísticas populacionais multiobjectivo que seja capaz de, em um tempo razoável comparar conjuntos de soluções distintos de forma qualitativa e quantitativa; desenvolvimento de uma metodologia capaz de gerar um conjunto de soluções com um tamanho desejado e com uma boa distribuição em uma única execução; e caracterização local e global dos conjuntos de Pareto obtidos para auxiliar na identificação de regiões do espaço que se beneficiariam com a utilização de um operador de buscal local. O resultado principal que espera-se obter é o desenvolvimento de técnicas e metodologias capazes de gerar boa.
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elizabeth Gomes Souza

Ciências Humanas

Educação
  • a opção decolonial em educação matemática: problematizando a formação inicial de professores
  • Este projeto de pesquisa interinstitucional toma como ponto de partida o debate aberto por Jacques Derrida sobre a “Universidade sem condição”. Uma universidade sem condições se pauta pela inserção e interlocução com saberes e racionalidades que extrapolam o campo exclusivamente disciplinar de organização da Universidade Contemporânea, em particular no que se refere ao modo como a educação superior mobiliza disciplinarmente a Matemática, em seus diversos cursos acadêmicos. Os modelos curriculares universitários silenciam, eliminam, hierarquizam e ignoram a existência de outras matemáticas, no plural. Este projeto visa identificar movimentos de decolonização do projeto intelectual/civilizatório de caráter disciplinar que permeia os cursos de formação de professores de sete universidades públicas brasileiras e uma estrangeira em que predominam a manutenção de imagem única da Matemática e os seus efeitos para pensar a Educação Matemática escolar. Propomos a inserção na educação matemática universitária e na educação matemática escolar, de outras epistemologias e racionalidades não hegemônicas. Mesmo reconhecendo que em algumas instituições de ensino superior já se encontram em andamento movimentos nessa direção, entendemos que seus efeitos se restringem predominantemente a formas de debate acadêmico, ainda com pouca repercussão nas estruturas curriculares de formação inicial de professores. Para esse fim, propomos a promoção de movimentos curriculares formativos decoloniais em âmbito acadêmico em cursos de formação de professores, com repercussões também formativas para se conceber a educação escolar. Metodologicamente, assumimos uma postura terapêutico desconstrucionista nas práticas de pesquisas em Educação Matemática como opção decolonial para analisar com lentes praxiológico/decoloniais os resultados de se ofertar disciplinas que abordem a temática em programas de graduação e pós-graduação, assim como, em cursos de extensão.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 28/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elizabeth Pacheco Batista Fontes

Tecnologias

Desenvolvimento Tecnológico e Industrial
  • edição de genoma por crispr/cas e manipulação de genes de imunidade para resistência contra begomoviruses
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Elizabeth Pacheco Batista Fontes

Ciências Biológicas

Genética
  • integrando genômica funcional e sinalização celular para melhorar resistências de plantas cultivadas a estresses bióticos e abióticos
  • Com um aumento projetado da população mundial para mais de 9 bilhões até 2050, a prioridade imediata para a agricultura é maximizar a produção de alimentos de forma sustentável e rentável. As perdas por infecções virais e seca impõem limitações severas à agricultura e segurança alimentar. Estas restrições têm impulsionado avanços significativos no entendimento molecular das interações planta-meio ambiente, expandindo as estratégias potenciais para resistência geneticamente modificada em plantas cultivadas. Entretanto, além de alterações genéticas que ocorrem naturalmente nos genomas virais para superar resistência, as ameaças de mudanças climáticas e diminuição do reservatório de água, as alterações das condições ambientais, que afetam o crescimento das plantas, representam constantes alertas na agricultura levando a um interesse contínuo por um entendimento mais profundo sobre as interações moleculares entre plantas e vírus e/ou seca. Vencer estes desafios demanda a utilização de métodos genéticos e moleculares além de tecnologias de alto desempenho e pesquisas de ponta para identificar novos mecanismos de resistência a vírus e à seca. O foco principal dessa proposta é desvendar as bases moleculares pelas quais seca, distúrbio fisiológico e begomovírus, que representam sérios desafios para a agricultura brasileira, interagem com as plantas. Além disso, o programa visa aplicar biotecnologicamente o conhecimento gerado para mitigar o impacto negativo causado pela seca e por begomovírus na produtividade agrícola. As metas específicas consistem em (i) modular racionalmente vias de sinalização de morte celular induzidas por seca para aumentar tolerância à seca nas safras; (ii) diagnosticar molecularmente a síndrome do distúrbio fisiológico, (iii) desvendar os componentes de comunicação cruzada entre imunidade antiviral e estresses abióticos, (iv) mapear o interactoma begomovírus-hospedeiro e (v) gerar resistência durável contra begomovírus por edição genômica.
  • Universidade Federal de Viçosa - MG - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elizabeth Silaid Muxfeldt

Ciências da Saúde

Medicina
  • eficácia da intervenção nutricional isolada ou associada a outras intervenções não farmacológicas no controle da hipertensão arterial e na redução do risco cardiovascular – ensaio clínico randomizado
  • O presente projeto trata da avaliação da eficácia terapêutica da intervenção nutricional associada ou não a outras intervenções não farmacológicas no controle da hipertensão arterial. Apesar do enorme avanço tecnológico com inúmeros grupos farmacológicos anti-hipertensivos no mercado, o controle da pressão arterial associado à redução do risco cardiovascular ainda é o grande desafio do tratamento da hipertensão arterial no Brasil e no mundo. Por sua vez, a obesidade se tornou uma enfermidade pandêmica que vem crescendo em todo o mundo e é considerada um dos principais responsáveis pela elevação da pressão arterial e do perfil metabólico adverso que surge cada vez mais precocemente na população, aumentando significativamente o risco cardiovascular. Desta forma o controle da hipertensão arterial não pode se ater à busca do alvo terapêutico de forma quantitativa, mas também à redução do risco cardiovascular global, incluindo o controle dos fatores de risco e a regressão ou prevenção das lesões subclínicas assintomáticas (hipertrofia ventricular esquerda, função renal, albuminúria, rigidez aórtica, índice tornozelo braquial e disfunção endotelial) e, consequentemente reduzindo a incidência de eventos cardiovasculares maiores (doença coronariana aguda, doença cerebrovascular, insuficiência cardíaca congestiva, doença arterial periférica e doença renal crônica avançada). Além do controle dos fatores de risco tradicionais devemos atentar para outros fatores que comprovadamente aumentam o risco cardiovascular como os determinantes socioeconômicos, a qualidade do sono associada ou não à Apneia Obstrutiva do Sono, transtornos emocionais como depressão e ansiedade e a qualidade de vida. O estudo será feito em uma parceria entre o Programa de Hipertensão Arterial do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ProHArt – HUCFF – UFRJ) e o estudo LapARC que é desenvolvido junto ao Centro Saúde-Escola Lapa (CSE-Lapa), unidade da Estratégia Saúde da Família da Universidade Estácio de Sá em convênio com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Trata-se de um ensaio clínico randomizado controlado, não cego, com avaliação cega dos desfechos onde os participantes da pesquisa serão randomizados em 4 grupos: Grupo controle, Grupo intervenção 1: nutricional isolada; Grupo intervenção 2: nutricional + atividade física; Grupo intervenção 3: nutricional + atividade física + práticas integrativas. A população alvo serão adultos entre 20 e 65 anos divididos em pré-hipertensos, hipertensos em geral e hipertensos resistentes. Serão randomizados 240 indivíduos (60 para cada grupo) divididos igualmente (20 pré-hipertensos, 20 hipertensos em geral e 20 hipertensos resistentes) para avaliação das estratégias não farmacológicas em diferentes graus de gravidade de hipertensão arterial. O tempo de acompanhamento será de 6 meses com avaliações mensais da adesão, das medidas antropométricas e da pressão arterial de consultório. No protocolo inicial serão registradas informações sociodemográficas, ocupação e escolaridade, medidas antropométricas e de composição corporal (bioimpedância elétrica), medida da pressão arterial de consultório e Monitorização Residencial da Pressão Arterial, exames laboratoriais para avaliação do perfil metabólico e da função renal, eletrocardiograma para avaliação dos índices de voltagem para diagnóstico de hipertrofia ventricular esquerda, medida da velocidade de onda de pulso para avaliação da rigidez aórtica, e reatividade microvascular. Serão também aplicados os questionários de qualidade de vida, qualidade de sono, rastreio de Apneia Obstrutiva do Sono e rastreio de depressão e ansiedade, além da avaliação da saúde periodontal. Todos esses exames serão repetidos ao final de 6 meses para avaliar a resposta terapêutica das diferentes intervenções. A estratégia nutricional consta de uma avaliação nutricional individual com instituição do Programa alimentar e reavaliação mensal das medidas antropométricas, além de encontros em grupo para o Programa de Educação Alimentar. Na estratégia de atividade física será feita uma avaliação da capacidade aeróbica máxima individual com implementação do programa de atividade física que será desenvolvido individualmente (com acesso remoto por pedômetro) e em grupo sob supervisão de profissional habilitado. Na estratégia das práticas integrativas serão implementadas as seguintes práticas reconhecidas pelo Sistema Único de Saúde: “Mind-fullness”, auriculoterapia e imposição de mãos com encontros semanais individuais e em grupo. Paralelamente serão implementados 3 cursos no formato híbrido para os profissionais de saúde do CSE-Lapa e do HUCFF: “Nutrição clínica e prescrição de dieta para hipertensos”, “Fisiologia do exercício e prescrição de atividades físicas para hipertensos” e “Capacitação em auriculoterapia” que ficarão disponíveis em plataforma online para acesso de profissionais de outras unidades de saúde na atenção básica. Todo o processo será acompanhado por uma empresa de marketing para divulgação do estudo através de vídeo institucional, campanhas de saúde para população leiga, promoção dos eventos em grupo e estratégias de divulgação dos resultados da pesquisa para gestores e para a comunidade alvo do projeto.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 02/12/2020-31/12/2022
Foto de perfil

Elizanilda Ramalho do Rego

Ciências da Saúde

Nutrição
  • melhoramento acelerado de beldroega
  • Vide projeto anexo
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 29/11/2019-30/11/2022
Foto de perfil

Eloane Malvessi

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • desenvolvimento de filmes ativos e nanocompósitos para incorporação de ácidos aldônicos produzidos por células imobilizadas de zymomonas mobilis
  • Os ácidos lactobiônico e maltobiônico, seus sais derivados, e sorbitol podem ser obtidos via processos químicos, eletrolíticos ou bioquímicos. Do ponto de vista biotecnológico e ambiental, a rota bioquímica é mais atraente. Nesse contexto, destaca-se a utilização do complexo enzimático periplasmático glicose-frutose oxidorredutase/glicono-δ-lactonase (GFOR/GL) presente em células da bactéria Zymomonas mobilis. Ácido lactobiônico ou ácido maltobiônico e/ou sais derivados são formados, em base equimolar com sorbitol, quando lactose ou maltose, respectivamente, são usadas como substratos em associação à frutose. Este processo de bioconversão, separação, purificação e caracterização dos produtos vêm sendo estudado com sucesso pelo grupo proponente. Atendendo aos interesses e demandas do mercado por processos de menor impacto ambiental, é desejável a entrada de produtos inovadores em setores industriais distintos. Devido às propriedades antioxidante, acidificante e antimicrobiana dos ácidos lactobiônico e maltobiônico, já relatadas na literatura, o foco de uso é direcionado, em maior grau, para cosméticos. Entretanto, os ácidos aldônicos, de modo geral, tem potencial para incorporação em filmes e nanoestruturas com propriedades ativas e/ou de liberação controlada, lacunas identificadas em segmentos como o de alimentos e farmacêutico. O devido estudo é potencializado ao atender os atributos funcionais, nutricionais e de aparência dos produtos que, ao serem caracterizados físico-quimicamente e com enfoques microbiológico, antioxidante e citotóxico, garantem a qualidade, segurança e maior vida útil aos produtos. Considerando o referido grau de desenvolvimento do processo de obtenção dos ácidos aldônicos e sais derivados, a proposta do projeto é direcionada ao desenvolvimento de filmes, revestimentos e nanoestruturas lipídicas e/ou poliméricas biodegradáveis com propriedades bioativas resultantes da incorporação dos ácidos aldônicos produzidos por Z. mobilis.
  • Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
  • 13/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Eloisa Dutra Caldas

Ciências da Saúde

Farmácia
  • avaliação do potencial antidepressivo da ayahuasca em ratos wistar induzidos a depressão com lipoporissacarideo
  • A depressão pode ser atribuída ao desequilíbrio ou deficiência de neurotransmissores, hipótese apoiada pela ação de várias classes de antidepressivos, que bloqueiam a recaptação de norepinefrina e/ou serotonina e dos inibidores de monoamina oxidases (MAO). O fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) tem um papel crucial na depressão como regulador central da neuroplasticidade no hipocampo. Os fármacos disponíveis para o tratamento possuem limitações, e estudos têm mostrado ser a ayahuasca (Aya) uma possível opção terapêutica. A ayahuasca é uma bebida de uso ancestral produzida pela cocção do cipó Banisteriopis caapi, que contém as β-carbolinas harmina, tetrahidroharmina (THH) e harmaline, inibidoras da MAO, e das folhas de Pysicotria viridis, que contém o N,N dimetiltriptamina (DMT), agonista dos receptores de serotonina. Estudo anterior conduzido pelo nosso grupo (Colaço et al., 2020) mostrou que a ayahuasca aumentou os níveis cerebrais de serotonina, o turnover de dopamina e de BDNF no hipocampo de ratos Wistar. Esse projeto tem como objetivo investigar esse potencial utilizando ratos Wistar induzidos a depressão com lipopolissacarídeo (LPS), um modelo validado para avaliação de novos fármacos, por meio da quantificação de monoaminas e de BDNF em diferentes regiões cerebrais e avaliar parâmetros comportamentais. Adicionalmente será avaliado o número de progenitores neuronais, neurônios e células em proliferação celular. Serão utilizados 78 animais divididos em 6 grupos: controle salina, controle LPS, Aya 0.5 (a dose ritualística) + LPS, Aya 1 + LPS, Aya 2 + LPS e controle positivo (fluoxetine + LPS). Após 14 dias, os animais serão submetidos aos testes de campo aberto e natação forçada, posteriormente decapitados e o cérebro dissecado para obtenção do córtex pré-frontal, núcleo accumbens, estriado e hipocampo, que serão analisados por LC-MS/MS quanto aos níveis de dopamina, serotonina, norepinefrina e seus metabólitos, de BDNF e ensaios imunohistoquímic
  • Universidade de Brasília - DF - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elson de Assis Rabelo

Lingüística, Letras e Artes

Artes
  • fotografia negra e construção da cidadania na bahia contemporânea
  • Este projeto tem como objetivo analisar a produção fotográfica dos integrantes do coletivo Zumvi Arquivo Fotográfico, que se deu no período da redemocratização e da Nova República, no Brasil. Situado em Salvador, Bahia, o coletivo de fotógrafos se constituiu em arquivo, em 1990, a partir da reunião de diferentes olhares, trajetórias e artefatos, voltados especialmente para as culturas da diáspora negra na Bahia, como os blocos afro, as práticas estéticas, as religiões e a organização quilombola. O projeto pretende fazer uma análise iconológica das séries temáticas de imagens, relacioná-las com sua autoria diversificada dentro do arquivo, com suas formas de circulação e com as questões sociais referidas aos modos contemporâneos de ser cidadão negro na Bahia e no Brasil, a partir das desigualdades de raça e classe, da afirmação política das identidades negras pelos movimentos sociais e da agenda de políticas públicas para os grupos negros.
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco - PE - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elton Casado Fireman

Ciências Humanas

Educação
  • saberes docentes mobilizados na construção de sequências de ensino investigativo
  • Este projeto propõe uma pesquisa em formação de professores, gerida por três grupos de pesquisa de Universidades nordestinas diferentes, e apresenta como sujeitos da pesquisa professores de escolas da cidade, do campo, quilombolas e de educação indígena. Parte da formação de professores de anos iniciais do Ensino Fundamental sobre Ensino de Ciências por Investigação, tendo como alvo a promoção da Alfabetização Científica. Pretende fomentar discussões teóricas e momentos de planejamento, de maneira colaborativa, de Sequências de Ensino Investigativo (SEI), envolvendo professores dos anos iniciais (pedagogos) e licenciandos de química, física e biologia, bem como a aplicação da SEI e avaliação didático-pedagógica dessa aplicação nas respectivas turmas dos pedagogos sujeitos da pesquisa. Diante da diversidade dos sujeitos envolvidos e do caráter colaborativo da pesquisa, apresenta-se como questão: como se mobilizam os saberes dos professores dos anos iniciais, ao planejar uma sequência de ensino investigativo na perspectiva da Alfabetização Científica em um curso de formação continuada? E tem como objetivo geral analisar os saberes mobilizados por professores dos anos iniciais juntamente com os licenciandos de química, física e biologia, ao planejarem e aplicarem uma Sequência de Ensino por Investigação, na perspectiva da Alfabetização Científica em um curso de formação continuada. A hipótese aqui defendida é a de que os professores produzirão conhecimento sobre o ensinar a aprender Ciências a partir de abordagem didática investigativa e esses conhecimentos poderão ser analisados, constituindo o objeto de pesquisa a ser investigado aqui: os saberes docentes. A obtenção dos dados será por vídeogravações durante todo o processo, com posterior transcrição. O tratamento dos dados se dará com a técnica da Análise de Conteúdo e a análise, após a construção das categorias, será a partir de episódios e turnos, estabelecendo uma relação entre os dados e a teoria estudada.
  • Universidade Federal de Alagoas - AL - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elton de Lima Borges

Outra

Multidisciplinar
  • rondociência: feira de ciências como ferramenta de formação e transformação social na região central de rondônia.
  • O projeto visa atuar junto às escolas públicas estaduais, dos municípios de Presidente Médici, Ji-Paraná, Alvorada do Oeste, Urupá, Teixeirópolis, Ouro Preto do Oeste, Mirante da Serra, Nova União e Vale do Paraíso, por entender-se, que a educação é primordial no desenvolvimento de um país mais digno a todos os seus cidadãos e principal instrumento de empoderamento, transformação socioeconômica, de preservação da natureza, resgate da cultura e dos saberes endógenos. Entende-se que o projeto contribuirá com o imperativo de implicar a comunidade educacional em planejar, construir, analisar, repensar e estabelecer métodos e instrumentos de formação coletiva, contemplando as concepções de ciência, valores, vida e as diversificadas visões de mundo. A feira de ciências será realizada levando em consideração trabalhos originais no formato de resumo, e apresentação dos experimentos. Também serão realizados outras oficinas, palestras e minicursos além de uma mostra de Mangá, onde serão escolhidos os melhores temas com linhas temáticas de ciências. Com a realização da feira de ciências, pretende-se que ocorra um aumento do interesse e maior entendimento por parte dos alunos em relação à disciplina de Ciências Exatas e da Terra.
  • Universidade Federal de Rondônia - RO - Brasil
  • 23/02/2022-29/02/2024
Foto de perfil

Elton Luiz Nardi

Ciências Humanas

Educação
  • afirmação da accountability na gestão da educação pública: rebatimentos no plano da democratização
  • As políticas de regulação educacional por resultados exercem direcionamento e controle em consonância com padrões de qualidade referenciados no capital, em cuja ação regulatória figuram medidas de accountability identificadas com pressupostos da chamada New Public Management (NPM). Tendo em vista essa realidade, o projeto enfoca a ação de governos de municípios brasileiros para afirmação da accountability na gestão da educação pública e repercussões dessa afirmação para o governo democrático da educação. Nesse sentido, indaga sobre encaminhamentos político-práticos sintonizados com políticas de regulação educacional por resultados que denotam o forjamento da afirmação da accountability como mecanismo de gestão da educação pública e como esses encaminhamentos rebatem no plano da democratização da gestão escolar. Busca avançar na análise de como tem sido operada a afirmação desse modelo de accountability, sob a hipótese de que, além de ser vivido pelas escolas, ele deva ser incorporado e credibilizado como mecanismo de gestão educacional, segundo a racionalidade que o caracteriza e os fins para os quais se destina. Os rebatimentos desse processo de afirmação na democratização da gestão escolar constituem, portanto, o ponto de chegada da análise. O campo empírico compreende cinco capitais – Florianópolis, São Paulo, Goiânia, Palmas e Fortaleza –, uma de cada região geográfica do país. A concentração na esfera municipal visa considerar uma diversidade de contextos em que se situa o fenômeno e a circunstância do envolvimento massivo dos municípios com uma malha de políticas de regulação por resultados, cuja marca principal são os sistemas de avaliação externa e os mecanismos de accountability a eles consociados. A estratégia metodológica compreende o levantamento e análise de documentos, discursos, matérias, notícias, programações, orientações oficiais e outros, e realização de entrevistas com gestores públicos e gestores escolares das redes de ensino pesquisadas.
  • Universidade do Oeste de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elucir Gir

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • efeitos e consequências da pandemia da covid-19 entre profissionais de saúde.
  • O surgimento da pandemia da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19) reforçou a importância da adesão das medidas de controle e prevenção de infecção nos serviços de saúde, sendo a adesão às precauções padrão e das precauções de específicas de fundamental importância para reduzir o risco de transmissão do SARS-COV- 2 entre os profissionais e pacientes nos serviços de saúde. Os efeitos físicos, psicológicos e sociais decorrentes da COVID-19 são significativos e reconhece-los e propor soluções adequadas é prioritário no contexto atual. Esta proposta objetiva analisar os efeitos físicos, psicológicos e sociais decorrentes do enfrentamento da pandemia da COVID-19, vivenciados pelos profissionais no contexto da assistência direta à saúde, bem como construir e validar materiais educativos audiovisuais para prevenção e controle. Trata-se de um estudo misto que será realizado em duas etapas. A primeira visa realizar um diagnóstico situacional por meio de um estudo transversal analítico sobre os efeitos da pandemia da COVID-19 sobre as repercussões, consequências, exposição ao risco e adoecimento, adesão às normas de prevenção e problemas de saúde mental enfrentadas pelos profissionais de saúde em diferentes regiões do Brasil. Serão convidados e recrutados de forma online, profissionais de saúde de diferentes regiões do Brasil, de ambos os sexos, que atuam no contexto da assistência nos diferentes níveis de atenção à saúde e que estejam dentro dos seguintes critérios de inclusão: ter cuidado de pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado da COVID-19, ter acesso à internet. Para a coleta de dados será utilizado um questionário eletrônico que será validado por um comitê de nove juízes quanto à forma e conteúdo e será construído na plataforma virtual Survey Monkey ®. O questionário será validado quanto ao conteúdo por especialistas na temática e será dividido em seis partes: 1. Formulário de Informações Gerais; 2. Formulário de Informações Profissionais; 3. Escala de Cumprimento com as Precauções-Padrão: composta por 20 itens que avaliam o cumprimento às medidas de PP. 4. Dados sobre a adesão às medidas de precauções recomendadas para prevenção e controle do COVID-19; 5. Medidas de prevenção e controle no convívio familiar (EPI) 6. Escala de Determinantes sociocognitivos na adesão às precauções-padrão: com 24 itens avalia os obstáculos e dificuldades na adesão aos EPI. Após versão final do questionário será gerado um link para acessá-lo, por meio das plataformas digitais (e-mail, facebook, Instagram, sites e whatsapp), que serão direcionados para a Plataforma Survey Monkey® e terão acesso ao Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e após aceite em participar do estudo terão acesso ao questionário online que será disponibilizado para acesso por computador ou dispositivos móveis (celular). Os dados serão analisados utilizando estatística descritiva para caracterização dos participantes. Serão calculadas medidas de tendência central, e prevalências. Serão utilizados os testes paramétricos e não paramétricos, quando apropriados. Modelos de regressão logística serão realizados para identificar potenciais fatores independentes associados à adesão, às precauções-padrão, os obstáculos para ao uso adequado dos EPI, à prevalência de lesões por pressão decorrentes dos EPI e aos problemas de saúde mental. Valores de p < 005 serão considerados significativos. Na segunda etapa do estudo será conduzido estudo metodológico que será constituído pela construção de materiais educativos (vídeo e e-book) e validação por juízes e por representantes do público-alvo. Para tal serão adotadas as recomendações para construção de materiais audiovisuais, a partir da pré-produção (validação dos roteiros e storyboard), produção e pós-produção. Na fase de pré-produção serão validados roteiros que consistirão na descrição nas técnicas e cenas que serão elaboradas no vídeo. Na fase seguinte, a produção do vídeo será constituída pela filmagem das cenas descritas na pré-produção seguindo o roteiro das técnicas validadas por especialistas. A elaboração da filmagem contará com apoio de profissionais de multimídia para captação das imagens de boa qualidade e será realizado no laboratório de prática clínica do Centro de Simulação da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Na última fase de pós-produção será constituída pela edição das cenas gravadas, narração, textos e também dos áudios. Esta fase será realizada pelas pesquisadoras e por profissionais de multimídia com experiência na produção de vídeos educativos. Após a conclusão da pós-produção o vídeo será validado por especialistas em audiovisual e na temática e pelo público-alvo utilizando roteiro utilizando questionário para validação baseados na Suitability Assessment of Materials (DOAK; DOAK; ROOT, 1996) e já adotado em outro estudo (JESUS, 2017). Os dados serão analisados por meio do Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e será validado o material com índice igual ou superior a 0,80. O projeto será submetido à Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) para apreciação.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 24/07/2020-23/08/2022
Foto de perfil

Elvis Terci Valera

Ciências da Saúde

Medicina
  • avaliação pré-clínica (in vivo) do efeito citotóxico e radiossensibilizante do trióxido de arsênio (ato) em meduloblastoma do subgrupo shh.
  • O câncer cerebral é o tumor sólido mais frequente em crianças e adolescentes, sendo responsável pela maior taxa de óbito por neoplasia em pediatria. Dentre os tumores que acometem o sistema nervoso central, o meduloblastoma (MB) é o tumor maligno mais frequente. Pacientes com MB do subgrupo Sonic-Hedgehog (SHH) TP53-mutado apresentam prognóstico extremamente desfavorável com o tratamento padrão (cirurgia, quimioterapia convencional e radioterapia), além de importantes toxicidades com estas modalidades terapêuticas. Recentemente, nosso grupo de trabalho identificou efeitos citotóxicos e radiossensibilizantes in-vitro do trióxido de arsênio (ATO), uma droga inibidora da via SHH (inibidor de GLI, dentre outros efeitos). Com objetivo de contribuir para a melhora do prognóstico desses pacientes e reduzir toxicidades relacionadas ao tratamento, pretendemos avaliar a eficácia in vivo do ATO, isoladamente e em combinação com a radioterapia utilizando modelos de tumor (MB) ortotópico em camundongos. Camundongos nude serão submetidos a implante ortotópico de duas linhagens celulares tumorigênicas de MB (DAOY e ONS-76). Nos animais tratados, o ATO será injetado, por via intraperitoneal, na dose de 05 mg/kg isolado por 10 dias ou em combinação com a radioterapia (dose total de 12,5 Gy dividida em 05 frações de 2,5Gy) nos 05 dias iniciais do uso da droga. Além da sobrevida, após a eutanásia, serão avaliados, por imunohistoquimíca (IHQ) e PCR, o grau de apoptose, vibilidade celular e envolvimento de genes da via GLI neste processo. A sobrevida dos animais será avaliada pelo método de Kaplan-Meier, com comparação de desfechos pelo teste de log-rank, com valor de significância <0,05. Análise comparativa dos dados de IHQ e PCR por ANOVA, com pós-teste de Bonferroni. Esperamos avaliar se os achados in-vitro dos efeitos desta terapia inovadora estejam também presentes no modelo in-vivo animal, podendo servir de subsídio para testes clínicos futuros.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Elysângela Dittz Duarte

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • determinantes sociais de saúde, a qualidade de vida e o funcionamento de famílias de crianças nascidas prematuras
  • O funcionamento familiar (FF) e a qualidade de vida (QV) da criança e seu cuidador podem ser desfechos importantes em investigações que considerem as iniquidades socioeconômicas. Isto pelo potencial destas iniquidades produzirem impactos imediatos e futuros em suas vidas. A família desempenha papel crítico na vida de crianças que precisam de cuidado continuado, como as nascidas pretermo (PT). Pressupõem-se que a intensidade do cuidado e a vigilância que as crianças PT requerem podem afetar a QV dos cuidadores e família e FF, que por sua vez podem ser influenciados por suas condições de vida. Considerando a magnitude da repercussão do nascimento PT, número substancial de investigações têm sido realizadas, com foco no adoecimento ou intervenções. Os achados oferecem compreensão limitada sobre variáveis que podem ser modificadas e reduz a condição dos profissionais desenvolverem ações que atendam às necessidades específicas das famílias e suas crianças nascidas PT. Portanto, propõe-se estudo de métodos mistos do tipo paralelo convergente orientado pelo referencial de DSS. Serão participantes os cuidadores de crianças nascidas < 37 semanas. Serão incluídas todas as crianças nascidas PT nos cenários do estudo nos primeiros 6 meses de coleta e que preencherem os critérios estabelecidos. Os cenários incluem 3 instituições hospitalares do Brasil localizadas em Belo Horizonte (MG), Divinópolis (MG) e Feira de Santana (BA). Os dados serão coletados por meio de questionário, escalas validadas e entrevista semi-estruturada, sendo a elaboração e seleção dos instrumentos orientados pelo referencial teórico e uso pelos pesquisadores em outras investigações. Os dados quanti e qualitativos serão analisados separadamente e também por cenários buscando-se seus aspectos específicos. Posteriormente será feita a comparação entre os cenários e a mixagem dos dados quanti e quali, os quais serão discutidos à luz do referencial e da literatura existente.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 07/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Elyson Ferreira de Souza

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • governança fundiária em terras urbanas da amazônia legal
  • Este projeto contempla a linha de pesquisa das área temática 3, que aborda respectivamente estudos sobre: Abordagem por bioma aplicada a municípios ou regiões – funcionamento e resiliência de ecossistemas, condições locais, biodiversidade e sustentabilidade. O objetivo é investigar a importância da governança fundiária para a formulação de políticas públicas de sustentabilidade urbana, planejamento, gestão territorial e ambiental. Para tal finalidade iremos A execução deste projeto será realizada por meio da cooperação multi e interdisciplinar de três Instituições: Universidade Federal do Acre (UFAC), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC) . Em função de a equipe ser formada por pesquisadores e professores já vinculados aos Programas de Pós-Graduação das Universidades partícipes, destacamos que as atividades de ensino, pesquisa e extensão terão continuidade durante a vigência e após o encerramento do referido projeto. Este é um primeiro esforço que no curto, médio e longo prazos trarão algumas experiências importantes dentre elas:  O compartilhamento mútuo de experiências entre professores, pesquisadores e alunos de Pós-Graduação de regiões diferentes, além da possibilidade de difundir esses conhecimentos em atividades de ensino, pesquisa e extensão, resultará na possibilidade de fortalecimento das ações para a formulação de políticas de Estado e serviços governamentais com resultados satisfatórios para as Instituições envolvidas.  A possibilidade de produzir e publicar pesquisas cujo caráter interdisciplinar de diferentes regiões, áreas de conhecimento e de concentração de pesquisa como: sustentabilidade urbana, planejamento, gestão territorial e ambiental, garantindo uma riqueza de conhecimento e troca de experiências sobre a temática apresentada.
  • Universidade Federal do Acre - AC - Brasil
  • 21/12/2020-31/12/2023
Foto de perfil

Emanuel Araújo Silva

Ciências Agrárias

Recursos Florestais e Engenharia Florestal
  • cianovant: desenvolvimento de plataforma integrada de monitoramento e alerta de florações de cianobactérias
  • As consequências do lançamento de efluentes sem o devido tratamento nos ecossistemas aquático aumentam a concentração de nutrientes nesses ambientes, sendo uma das consequências a dominância de cianobactérias. Um aspecto importante é que muitas cianobactérias formadoras de florações produzem potentes toxinas, as quais já foram relacionados à morte em todo o planeta. Casos como na cidade de Caruaru-PE, no ano de 1996, quando mais de 65 pacientes de uma clínica de hemodiálise faleceram em razão de uma contaminação na água, utilizada nas sessões com uma toxina produzida por cianobactéria. Recentemente, estudos tem relacionado a toxina com a potencialização do vírus da Zika, o que pode ter tornado os casos de microcefalia mais severos. Pensando em agilizar as tomadas de decisões e otimizar os trabalhos de campo daqueles que tem a responsabilidade de monitorar a qualidade da água, o presente projeto propõe desenvolver uma plataforma em que Veículos Aéreos Não Tripulados (drones) fariam o monitoramento da densidade de cianobactérias nos reservatórios de abastecimento. Diante do exposto, esse projeto terá como objetivo contribuir com o aprimoramento de ferramentas para a modernização do monitoramento de florações de cianobactérias em reservatórios de abastecimento utilizando VANTs. Mais especificamente, propomos: Monitorar a densidade de cianobactérias em reservatórios de abastecimento localizados nas regiões da zona da mata e agreste do Estado de Pernambuco por meio de VANTs; Identificar espectros do imageamento, através de sensores multiespectrais em VANTs, que potencializam a identificação das florações; Investigar algoritmos que permitam a identificação automática destas florações nas imagens capturadas; Desenvolver uma plataforma de software em nuvem que forneça a infraestrutura para armazenamento, processamento, e visualização das informações geradas; e Desenvolver um aplicativo para a visualização da densidade de cianobactérias por meio de imagens obtidas.
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco - PE - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Emanuel Carrilho

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • organ on a chip – uma abordagem integrada para pesquisas estratégicas nas áreas de nanofármacos, substituição de modelos animais e bioanalítica de sistemas biológicos
  • Todo desenvolvimento de um novo fármaco ou remédio envolve testes químicos e biológicos, começando com células e microrganismos, passando em animais, até finalmente chegar em humanos nos testes clínicos. O grande desafio no desenvolvimento de fármacos é o grande número de candidatos que se mostram promissores em testes iniciais, porém falham nos testes clínicos em humanos, levando a desperdício de tempo e de recursos. As falhas muitas vezes são devidas à discrepância entre o sistema biológico real e a cultura celular in vitro convencional, de modo que um fármaco pode ser altamente eficiente nos testes convencionais, porém falha no sistema real. Para minimizar os riscos para humanos, após os testes convencionais aplicam-se testes em animais, todavia, o uso de animais é cada dia mais eticamente questionado, uma vez que envolve sofrimento e sacrifício destes. Diante deste cenário, a tecnologia de organs-on-chips foi desenvolvida justamente para substituição de modelos animais, pois usa células humanas, arranja as células em uma arquitetura tridimensional, permite a comunicação entre órgãos e tecidos diferentes e, trata-se de um sistema dinâmico, em fluxo e gradiente de nutrientes. Assim, nossa hipótese é que construindo um sistema microfluídico, com vários tipos de tecidos celulares humanos, em um sistema único, conseguiremos obter melhor respostas antes dos testes clínicos, indo além do “organ-on-chip”, e criando modelos de “human-on-a-chip”. A avaliação da distribuição, metabolismo, e eficácia dos fármacos nos tecidos serão feitas por bioanálises, incluindo proteômica e metabolômica. Adicionalmente, avaliaremos a veiculação de fármacos via nanoemulsões nos sistemas microfluídicos criados, a fim de proporcionar o aumento de biodisponibilidade, biodistribuição e eficiência dos compostos ativos. A plataforma proporcionará estudos pré-clínicos mais completos e rápidos, agilizando a própria pesquisa em novos fármacos e formulações para terapia fotodinâmica.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 11/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Emanuel Maltempi de Souza

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • nanotecnologia aplicada ao desenvolvimento de uma vacina contra a covid-19
  • No final de dezembro de 2019, várias autoridades chinesas de saúde relataram o surgimento de pacientes com pneumonia de causa desconhecida, mas que epidemiologicamente estavam ligados a um mercado de frutos do mar em Wuhan (Província de Hubei – China). Poucos dias depois, comprovou-se que a pneumonia tinha origem viral causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2. A doença causada foi denominada de COVID-19. A disseminação do SARS-CoV-2 teve uma escalada rápida, levando a OMS a declarar a COVID-19 uma pandemia em 11 de março de 2020. A pandemia de COVID-19 revelou a necessidade eminente de um método de vacinação para combater a doença e eventuais futuros surtos de infecção causados por outros coronavírus. Atualmente, a maioria das vacinas comerciais emprega patógenos atenuados para a imunização de humanos. Embora o emprego de organismos atenuados seja eficaz para a imunização, em certas condições, especialmente nas de imunocomprometimento, há o risco de que o organismo inoculado recupere sua patogenicidade. Por outro lado, a produção de vacinas com componentes do patógeno (proteínas ou peptídeos), aliada a uma técnica adequada de administração, tem se mostrado uma alternativa segura e eficaz para imunização contra doenças infecciosas. Nos últimos anos, o uso de nanopartículas como veículos para vacinas recebeu grande atenção para a entrega de antígenos e imunização. Entretanto, nanopartículas para vacinas devem atender os seguintes critérios: (i) proteger os antígenos de degradação proteolítica, (ii) facilitar a captação e o processamento de antígenos pelas células apresentadoras de antígenos e (iii) devem ser seguras para o uso humano. Nesse contexto, o polímero bacteriano denominado de polihidroxibutirato (PHB) surge como um substrato atrativo para a fabricação de nanopartículas funcionalizadas, visando a imunização humana. PHB é um poliéster hidrofóbico, insolúvel em água e com alta estabilidade na circulação sanguínea e nos tecidos. Além disso, PHB possui propriedades biodegradáveis e biocompatíveis já sendo adotado para a fabricação de implantes médicos e como carreador de medicamentos. Do ponto de vista econômico, o PHB é mais vantajoso do que outros materiais poliméricos utilizados para a fabricação de nanopartículas, pois pode ser produzido industrialmente por fermentação microbiana utilizando insumos agroindustriais de baixo custo e abundantes no Brasil. Micropartículas de PHB expondo antígenos superficialmente já foram utilizadas com sucesso para imunizar camundongos contra hepatite C e tuberculose, demonstrando respostas imunológicas do tipo Th1 que é particularmente relevante para a defesa persistente frente a patógenos.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 24/07/2020-23/08/2022