Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Meire Cachioni

Ciências Humanas

Psicologia
  • efeitos da interação com robôs sociais no engajamento cognitivo de idosos com demência residentes em instituições de longa permanência para idosos
  • Embora seja um dos maiores triunfos da humanidade, o envelhecimento da população traz grandes desafios para a sociedade, com aumento das demandas de saúde, sociais e econômicas. Um dos grandes desafios está relacionado com o cuidado de longa duração. O cuidado adequado de longa duração de idosos institucionalizados com demência é um grande desafio ainda maior para países em desenvolvimento como o Brasil, visto a precarização dos recursos normalmente disponíveis. Pessoas com demência têm pouco envolvimento em atividades sociais e lazer. Este projeto aborda o problema do isolamento e da apatia de pessoas com demência residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Objetiva-se avaliar se é possível aumentar o engajamento cognitivo de idosos com demência em ILPI por meio da interação com robôs sociais. A robótica socialmente assistiva pode atuar sobre a carga de alterações em saúde e o isolamento social reconhecidos na população idosa. A crescente visibilidade e o desenvolvimento de robôs sociais oferecem uma oportunidade única para profissionais de saúde e de gerontologia explorarem a tecnologia em apoio ao envelhecimento da população de nossa sociedade. Este projeto visa alcançar dois objetivos específicos complementares: (a) avaliar qualitativamente a aceitação do robô social por pessoas com demência no contexto de ILPI; e (b) comparar o impacto da interação com robôs sociais nas medidas de engajamento engajamento construtivo, engajamento passivo, engajamento ativo, engajamento com o 'self', e não engajamento. Trinta idosos com demência (confirmado pelo Mini-Exame do Estado Mental) institucionalizadas serão aleatorizadas em dois grupos: atividades habituais e interação com robô. A escala de engajamento cognitivo será aplicada antes, durante e após a interação. Resultados podem aprimorar diretrizes do uso de robôs no cuidado de idosos com demência.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Meire Coelho Ferreira

Ciências da Saúde

Odontologia
  • eficácia de adesivo experimental contendo biovidro 45s5 em restaurações de dentes hipomineralizados
  • A hipomineralização molar-incisivo (HMI) é um defeito qualitativo do esmalte dental caracterizado por alteração em sua translucência. A lesão de HMI apresenta um desarranjo dos cristais de hidroxiapatita, uma estrutura porosa e um baixo teor de minerais, o que compromete suas propriedades mecânicas de dureza e módulo de elasticidade. Com o irrompimento do dente afetado na cavidade bucal e sua participação no processo mastigatório, pode ocorrer perda estrutural significativa e, consequentemente, sensibilidade e um maior risco de desenvolvimento de cáries. Além disso, em função da estrutura alterada, as falhas restauradoras são recorrentes. Desta forma, o objetivo do estudo será investigar a longevidade clínica de restaurações em resina composta com a utilização de sistemas adesivos contendo ou não partículas de biovidro 45S5 em primeiros molares permanentes afetados por HMI. Ensaio clínico randomizado duplo cego será realizado com crianças de 6 a 12 anos de idade com diagnóstico de HMI em primeiros molares permanentes. Os critérios de inclusão serão primeiros molares permanentes com perda estrutural comprometendo o terço médio da dentina e com mancha branca/amarelada nas margens da cavidade e não excedendo 50% do esmalte, e sem comprometimento perirradicular. Os grupos serão: experimental (sistema adesivo experimental com 10% de adição de partículas de biovidro 45S5) e controle (sistema adesivo self-etching Clearfil SE Bond; Kuraray Noritake, Toquio, Japão). Os adesivos serão aplicados de acordo com as instruções do fabricante do Clearfil SE Bond e serão feitas restaurações com resina composta Z350. As restaurações serão avaliadas clinicamente (critérios da World Dental Federation), por meio de radiografias interproximais e teste de sensibilidade pós-operatória (baseline, após 1 mês, 3, 6 e 12 meses). Análise estatística descritiva e inferencial serão realizadas ao nível de significância de 5%.
  • Universidade Ceuma - MA - Brasil
  • 22/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Meiry Fernanda Pinto Okuno

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • impacto na adesão terapêutica do usuário com diabetes mellitus tipo 2 na atenção primária à saúde com acompanhamento telefônico: ensaio clínico randomizado
  • Introdução: Em relação ao Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2), a não adesão ao regime terapêutico constitui um problema de saúde pública. Não apenas porque as complicações implicam em maiores taxas de hospitalização e, consequentemente, maiores custos econômicos e sociais, mas também porque pode levar a incapacitação, ocasionar mortes prematuras e diminuir qualidade de vida. Portanto, pesquisas que investiguem estratégias que auxiliem os indivíduos com DM2 a terem uma melhor adesão terapêutica fazem-se necessárias. Tem-se como hipótese que incorporando o seguimento do usuário na APS por meio de contato telefônico entre as consultas que já fazem parte do protocolo para doenças crônicas, visando dar continuidade ao processo educativo, a aderência ao tratamento terapêutico no DM2 será maior. A estratégia de intervenção comportamental por meio de contato telefônico na APS tem mostrado resultados positivos à adoção de tecnologias para telessaúde, principalmente com relação à redução do nível da hemoglobina glicada. Objetivo: Avaliar a efetividade da intervenção comportamental de orientação por meio da consulta de enfermagem via contato telefônico na adesão terapêutica em usuários com DM2 na APS. Método: A abordagem quantitativa trata-se de um ensaio clínico randomizado, com usuários com DM2 assistidos na APS. A variável dependente será adesão terapêutica e a variável independente será considerada a intervenção comportamental de orientação por meio da consulta de enfermagem, via contato telefônico. Para comparar a adesão terapêutica três meses após a intervenção comportamental de orientação e seis meses após a consulta, entre os grupos, será utilizado o teste Qui-Quadrado, quando necessário, o Exato de Fisher e o Modelo de Equações de Estimação Generalizadas. A abordagem qualitativa trata-se de um estudo qualitativo de avaliação baseada no modelo metateórico do Consolidated Framework Implemention Research.
  • Universidade Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 11/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Melise de Lima Pereira

Ciências Sociais Aplicadas

Turismo
  • imagem de destinos turísticos costeiros: análise e validação cruzada de um instrumento de mensuração.
  • A proposta deste projeto de pesquisa pretende mensurar a imagem de destinos turísticos costeiros brasileiros entre grupos, especificamente, entre turistas e residentes das diferentes subculturas regionais brasileiras. A pesquisa buscará avançar sobre os estudos de Pereira (2019), a respeito da validação cruzada de uma escala de medida genérica, aplicável à totalidade dos destinos turísticos costeiros. Como metas o projeto de pesquisa pretende: (1) realizar o Estado da Arte das pesquisas sobre o construto da Imagem de Destino Turístico (TDI), destino de turismo costeiro, invariância de mensuração e o uso da Análise Confirmatória de Múltiplos Grupos (MGCFA), nas pesquisas em Turismo; (2) Testar empiricamente as dimensões da imagem cognitiva, afetiva e conativa em destinos turísticos costeiros brasileiros; (3) Avaliar a confiabilidade e a validade das dimensões da imagem cognitiva, afetiva e conativa de destinos turísticos costeiros brasileiros; (4) Testar a invariância de mensuração parcial (configuração, métrica e escalar) da Escala Multidimensional da Imagem de Destinos Turísticos Costeiros entre grupos de turistas e residentes de diferentes subculturas regionais brasileiras. (5) Explicar o efeito distinto do construto da Imagem de Destino Turístico (TDI) entre grupos de turistas e residentes de diferentes subculturas regionais brasileiras. (6) Publicar ao menos um artigo científico em congressos e um em revista de referência da área de Turismo, em periódico internacional (produto final - teórico); e (7) Fornecer implicações gerenciais para que os gestores de marketing dos destinos turísticos costeiros brasileiros possam utilizar a Escala Multidimensional da Imagem dos Destinos Turísticos Costeiros para prever o comportamento futuro dos consumidores no cenário pós-pandemia do COVID -19 (produto final – prático). A pesquisa será desenvolvida por meio de um estudo predominantemente quantitativo, de natureza explicativa, operacionalizada através de pesquisa survey.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Melissa Gurgel Adeodato Vieira

Engenharias

Engenharia Química
  • desenvolvimento de formulações orais para liberação modificada de fármacos à base de matriz polimérica de sericina e k-carragenina
  • Nos medicamentos convencionais de administração oral, a liberação do insumo farmacêutico ativo (IFA) ocorre, em geral, de forma imediata causando flutuações na concentração plasmática que podem desencadear efeitos tóxicos e adversos. O desenvolvimento de formas farmacêuticas de liberação modificada a partir de medicamentos já existentes utilizando diferentes tecnologias para carrear o IFA se mostra como uma estratégia interessante. Neste contexto, este projeto visa ao desenvolvimento de formas farmacêuticas orais sólidas para liberação modificada baseadas em matriz polimérica de sericina e k-carragenina como um sistema multiparticulado. Com a modificação da liberação será possível diminuir os picos de concentração plasmática e amenizar problemas gastrointestinais associados à liberação imediata decorrente da ingestão de alguns IFAs disponíveis comercialmente. Serão utilizados polímeros naturais de baixo custo e biocompatíveis como a sericina, extraída dos casulos da espécie Bombyx mori, e a k-carragenina, obtida por via comercial, para os quais ainda não há registro na literatura como blenda compondo um sistema multiparticulado. O projeto propõe o encapsulamento de IFAs hidrofóbicos tais como indometacina, ácido mefenâmico e outros IFAs modelo, pela técnica de gelificação ionotrópica. Serão estudadas as variáveis do processo de produção da blenda com o objetivo de otimização (concentração de polímeros e quantidade de IFA, tipo e concentração de agente reticulante). As partículas desenvolvidas serão caracterizadas por diversas técnicas, como (MEV, BET, DRX, TGA/DTG, DSC, Hotstage, microscopia óptica e densidade real). Perfis de dissolução dos IFAs em meios corpóreos simulados e modelagem farmacocinética serão realizados para elucidação dos mecanismos de liberação dos fármacos através da blenda. As formulações serão avaliadas quanto à estabilidade e citotoxicidade in vitro, para melhor compreensão da qualidade e segurança do material obtido.
  • Universidade Estadual de Campinas - SP - Brasil
  • 03/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Melissa Limoeiro Estrada Gutarra

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • produção de naringinase e biotransformação da casca de tangerina para redução do amargor e sua aplicação em biscoito
  • O aproveitamento de resíduos traz benefícios ambientais, sociais e econômicos. A casca de tangerina é uma fonte rica de nutrientes, fibra alimentar e compostos bioativos que poderia ser utilizada para enriquecer e estruturar alimentos. Porém, o amargor encontrado em tal matriz limita sua aplicação. Este estudo objetiva eliminar o gosto amargo da casca de tangerina através de três estratégias: 1) fermentação em estado sólido (FES) da casca de tangerina e biotransformação da naringina; 2) Hidrólise enzimática da naringina presente na casca de tangerina com as naringinases produzidas por FES; e 3) aplicação direta destas enzimas na formulação do biscoito. Na primeira parte, será realizado o estudo do desenvolvimento de fungos GRAS na casca de tangerina, produção de naringinases e redução do teor de naringina no fermentado. A seleção da melhor espécie fúngica, segunda parte do estudo, será realizada através do emprego das cascas tratadas em biscoitos depositados. Além da avaliação das alterações obtidas nas características tecnológicas do batido e do biscoito, será verificada uma possível redução do teor de gordura pelo emprego da farinha de casca de tangerina (FCT) no produto. A redução do gosto amargo será avaliada por análise sensorial com consumidores. Na terceira parte, serão realizadas uma otimização do processo de produção de naringinase e redução do teor de naringina por FES, assim como a caracterização da enzima no extrato concentrado e do FCT fermentado (teor de proteínas, compostos fenólicos e atividade antioxidante), e um estudo da aplicação da enzima na hidrólise da naringina do FCT. Será realizado, na quarta parte, o estudo da aplicação dos diferentes produtos com potencial para reduzir o amargor de biscoitos elaborados com a FCT, seguido da análise sensorial destes biscoitos a fim de avaliar o efeito dos tratamentos aplicados à FCT sobre a aceitação sensorial, percepção dos consumidores e gosto amargo analisado por avaliadores sensoriais treinados.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Mellina Yamamura

Ciências da Saúde

Enfermagem
  • análise espacial e soluções baseadas em inteligência artificial para a identificação de áreas com simultaneidade de sífilis, hiv/aids e tuberculose na rede de assistência da drs iii de são paulo
  • Introdução: A OPAS desenvolveu uma estrutura conceitual para a eliminação integrada de doenças transmissíveis e negligenciadas para intensificar as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esta proposta visa o fortalecimento dos sistemas estratégicos de vigilância e informação de saúde e enfrentamento dos determinantes ambientais e sociais da saúde que corroboram, especificamente com o ODS 3 e os sucessos regionais é ponto inicial. Objetivo: Analisar a distribuição espacial, espaço temporal e otimizar soluções baseadas em Inteligência Artificial para a identificação de áreas com simultaneidade de sífilis, HIV/aids e tuberculose na Rede de Assistência da DRS III de São Paulo. Métodos: Estudo de síntese de conhecimento e epidemiológico ecológico baseado em dados secundários com componentes espaciais e temporais. Será realizado nos 24 municípios do Departamento Regional de Saúde de Araraquara (DRS III). A população será os registros de sífilis adquirida, em gestante e congênita, aids, aids em menores de 13 anos e tuberculose registrados no período de 2012 à 2022. A pesquisa possui 4 etapas: I: Síntese do conhecimento; II: Análise descritiva, geolocalização e variáveis; III: Modelagem bayesiana e IV: soluções baseadas em Inteligência Artificial. As coletas de dados serão iniciadas somente após aprovação no CEP e será garantido o anonimato e confidencialidade dos dados obtidos. Importância para a área de conhecimento: conhecer as áreas com simultaneidade de sífilis, HIV/aids e tuberculose auxiliará os enfermeiros gestores e assistenciais na tomada de decisão para a utilização de recursos e focos prioritários de ações em saúde. A enfermagem é a categoria de maior parte dos profissionais de saúde e exerce papel fundamental na promoção do Bem-Estar para todos e no fortalecimento da cobertura universal de saúde que englobam os ODS. Quando há o trabalha multidisciplinar, o desenvolvimento de ferramentas é mais efetivo para o auxílio no processo como um todo.
  • Universidade Federal de São Carlos - SP - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Menira Borges de Lima Dias e Souza

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • caracterização molecular e analise de mecanismos de evolução dos norovírus em pacientes transplantados e de população idosa rural tradicional
  • A gastroenterite é responsável por mais de 1,5 milhões de mortes por ano, em todo o mundo. As populações que mais sofrem com esta doença são crianças com menos de cinco anos de idade, idosos e pacientes imunocomprometidos. Dentre os agentes etiológicos desta síndrome, destacam-e os calicivírus (norovírus e sapovírus). Os norovírus humanos são transmitidos pelo contato pessoa a pessoa, ingestão de alimentos / água contaminados e contato com fômites e são considerados a principal causa de gastroenterite aguda não bacteriana. Em razão da grande variabilidade genômica e antigênica do norovírus, com co-circulação de genótipos distintos, ocorrência de variantes recombinantes, e também devido aos fatores de restrição genética do hospedeiro o desenvolvimento de vacinas que confiram imunidade protetora entre genótipos distintos permanece um desafio. A origem de cepas do genótipo GII.4 pandêmicas a cada dois a oito anos permanece desconhecido, tendo com possível fonte as crianças, idosos e indivíduos imunocomprometidos. Pretende-se realizar o sequênciamento genômico do genoma completo de norovírus de amostras de pacientes idosos e imunocomprometidos, bem como a identificação de epítopos importantes para resposta imune e interação com ligantes do hospedeiro. Neste contexto, técnica de sequenciamento de alta resolução (NGS – next-generation sequencing) vem sendo utilizada com o intuito de garantir um caracterização molecular mais fidedigna e em estudos sobre a identificação de variações comuns e raras ao longo do genoma completo, sobre a evolução desses agentes e na identificação de variantes de norovírus com potencial emergente. A bioinformática constitui importante ferramenta para o estudo de epítopos imunogênicos que podem estar presentes em proteínas virais, e também de possíveis moléculas que podem funcionar como ligantes ou mesmo receptores de vírus a fim de que se possa melhor caracterizar o agente, bem como sua relação com o hospedeiro
  • Universidade Federal de Goiás - GO - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Meri Bordignon Nogueira

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • infecção pelo sars-cov-2 e suas variantes em gestantes e o impacto na transmissão vertical
  • O impacto da elevada transmissibilidade do SARS-CoV-2 e suas variantes, o risco de transmissão vertical, a ampla variabilidade na apresentação clínica da COVID-19 necessitam ser melhor estudadas em gestantes. A COVID-19 no período gestacional resulta em aumento da mortalidade materna, além de apresentar impacto no feto, como: prematuridade, ou óbito fetal. Dessa forma propomos um estudo, prospectivo transversal da Infecção pelo SARS-CoV-2 e suas variantes em gestantes e seu impacto na transmissão vertical. Com o objetivo de padronizar a técnica de processamento e extração de amostras de placenta, líquido amniótico e sangue de cordão umbilical para RT-PCR, genotipar e verificar as variantes do SARS-CoV-2 e sua associação com prognóstico. O estudo será realizado, entre março/2020 e o término pandemia, com amostras de todas as gestantes atendidas no serviço de Obstetrícia do CHC-UFPR, que tenham teste de RT-PCR positivo para SARS-CoV-2 em swab de nasofaringe. No CHC-UFPR, no período de 01/04/2020 a 31/03/2021, foram realizados 4136 procedimentos na maternidade. Destas, 215/767, (28%), foram positivas para SARS-CoV-2 por RT-PCR. Este estudo contribuirá para melhor compreensão da frequência e dos mecanismos fisiopatológicos da transmissão vertical do SARS-CoV-2 e suas variantes.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 17/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Meritaine da Rocha

Ciências Agrárias

Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • revestimentos ativos para alimentos: uma estratégia para sustentabilidade da agroindústria
  • Entre as novas demandas para garantir a eficiência da agroindústria está a recuperação do investimento para a produção de materiais e a geração mínima de resíduos com elevado conteúdo de biomoléculas passível de reutilização. O grupo proponente, considerando a experiência da equipe apresenta esta proposta que pode contribuir com o estabelecimento de estratégias para atender esta necessidade. O projeto propõe explorar a abundância de compostos poliméricos e fenólicos dos resíduos da agroindústria de cereais e de frutas para elaborar material de revestimento para alimentos, visando promover a sustentabilidade integrada entre as diferentes cadeias envolvidas. Na primeira etapa serão caracterizados os resíduos do processamento dessas matérias-primas e aplicados em uma fermentação em estado sólido para otimizar a recuperação de proteínas e compostos fenólicos derivados do bioprocesso. Na segunda etapa serão elaborados revestimentos coacervados de proteínas recuperadas e de carboidratos do resíduo da mandioca incorporados de compostos fenólicos. Estes serão caracterizados quanto às propriedades físicas, mecânicas e de barreira, biodegradabilidade e desintegração oral, além de ensaios de bioatividade. Na terceira etapa os revestimentos serão aplicados em queijo e tomate in natura para a redução nas alterações físico-químicas e microbiológicas, prolongando a vida útil. Dessa forma, espera-se contribuir com uma estratégia comprovadamente viável para as agroindústrias com foco na sustentabilidade garantida pela interação entre as diferentes atividades do setor. Além disso, o desenvolvimento destes materiais de revestimento ativos para aplicação em alimentos, a partir de fontes renováveis, que possam interagir com o produto embalado atende a demanda da saudabilidade, segurança dos alimentos e preservação ambiental.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 16/03/2022-31/03/2025
Foto de perfil

Mérli Leal Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • criação do núcleo de estudo em agroecologia e produção orgânica da universidade federal do pampa (nea-pampa)
  • RESUMO Este projeto objetiva implantar o Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica da Universidade Federal do Pampa (NEA-Pampa). O NEA será um espaço de ensino, pesquisa e extensão alinhado às diretrizes da política nacional de agroecologia e produção orgânica (decreto número 7.794, de 20 de agosto de 2012). O núcleo será constituído por agricultores, povos e comunidades tradicionais, estudantes, professores, pesquisadores e agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) da mesorregião da campanha gaúcha.
  • Universidade Federal do Pampa - RS - Brasil
  • 01/08/2017-31/10/2022
Foto de perfil

Michael Pereira da Silva

Ciências da Saúde

Educação Física
  • motiva-af: determinantes motivacionais da prática de atividade física em crianças, adolescentes, adultos e idosos.
  • Introdução: Embora saiba-se da importância da prática de atividades físicas para a melhoria da saúde e da qualidade de vida da população e o governo se esforce para construir ações voltadas à toda população, poucas pessoas aderem à prática de atividades físicas e a mantém como hábito na sua vida diária. Aproximadamente 50% dos indivíduos não conseguem manter-se ativos após os primeiros meses de início de prática de atividade física e aspectos motivacionais e barreiras percebidas são importantes fatores que podem influenciar o engajamento e a manutenção desse comportamento devendo ser levados em consideração em programas de promoção da atividade física. Objetivo: Revisar sistematicamente a literatura científica contendo evidências sobre determinantes motivacionais, barreiras percebidas e facilitadores para construção de algoritmo voltado a predição da adesão e manutenção da prática de atividade física em crianças, jovens, adultos e idosos em diferentes contextos. Métodos: Para atender o objetivo proposto, o presente projeto divide-se em duas fases. Na Fase 1, serão realizadas duas revisões sistemáticas (Revisão 1: Crianças e Adolescentes; Revisão 2: Adultos e Idosos) de estudos observacionais contendo evidências sobre determinantes motivacionais, barreiras percebidas e facilitadores para o início e a manutenção da prática de atividade física e publicados em periódicos nacionais e internacionais indexados nas bases de dados Pubmed, EMBASE, Scopus, Science Direct; Web of Science, Sport Discus, Lilacs e Scielo. Na fase 2: pretende-se, através de modelos de aprendizagem de máquina, a construção de um algoritmo com capacidade de estimar a probabilidade de engajamento e manutenção da prática de atividade física baseados nas principais informações sobre motivação, barreiras percebidas e facilitadores para a prática de atividade física obtidos nas revisões sistemáticas da literatura. Produtos esperados: Como resultado da Fase 1, serão produzidos dois artigos científicos de revisão sistemática intitulados identificando os determinantes motivacionais, as barreiras percebidas e os facilitadores para a prática de atividade física em diferentes faixas etárias e contextos. Adicionalmente, a Fase 2 proporcionará a entrega de um algoritmo para a predição de probabilidade da prática de atividade física baseada em fatores motivacionais, barreiras percebidas e facilitadores para a prática de atividade física. Aplicabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) e para a Atenção Primaria à Saúde (APS): O levantamento evidências científicas sobre fatores motivacionais, barreiras percebidas e facilitadores do início e a manutenção da prática de atividade física em diferentes ciclos de vida (crianças, jovens, adultos e idosos) e contextos (gênero, idade, raça/etnia, renda, estado de saúde, residentes em áreas urbanas ou rurais) . Tais informações favorecerão o melhor entendimento sobre fatores importantes para a promoção da atividade física que podem ser incorporadas nos programas de promoção da atividade física ofertados pelo SUS e APS. Adicionalmente, o algoritmo gerado poderá ser integrado nos sistemas de cadastros de informações dos usuários do sistema de saúde e de seus programas e, ao interagir com dados imputados nestes sistemas, gerar informações para a tomada de decisão dos profissionais de saúde sendo assim, um produto aplicável aos programas e políticas de promoção de atividade física no SUS e no âmbito da APS, bem como, em demais programas ofertados pelo governo brasileiro. Tal ferramenta também poderá ser utilizada como estratégia avaliativa para identificação de pontos chave de incentivo e estruturação de programas motivacionais para estimular a prática de atividade física.
  • Universidade Federal do Rio Grande - RS - Brasil
  • 11/01/2021-31/01/2023
Foto de perfil

Michel Brienzo

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • propriedades termomecânicas e de biodegradação de bioplástico reguladas pela composição em biopolímero
  • Biopolímeros, como polissacarídeos da biomassa, apresentam potencial em aplicações tecnológicas. Outros produtos de interesse industrial são celulose, pectina, e quitosana os quais podem ser extraídos de resíduos. Associados à xilana, estas macromoléculas serão avaliadas na formação de novas matrizes para confecção de materiais biodegradáveis. A xilana pode influenciar na característica do bioplástico (resistência mecânica e térmica) em função da sua composição química, e também com modificação da sua estrutura como acetilação. A presente proposta tem como objetivo combinar polissacarídeos de resíduos na formulação de bioplásticos. Os polissacarídeos serão combinados com biopolímeros em método de casting, e com ácido polilático em método de termoprensa. Os materiais serão avaliados através das propriedades mecânicas e térmicas, buscando estabilidade e resistência para aplicação. A biodegradação será avaliada por enterramento em solo e compostagem. Após a determinação das propriedades físicas (opacidade, gramatura, umidade, espessura, solubilidade e testes mecânicos), a biodegradação e contaminação serão analisados por meio da microscopia eletrônica de varredura. O material degradado disperso no solo será utilizado para avaliação da ecotoxicidade por germinação e inibição de sementes. O perfil de contaminação microbiana será determinado pela exposição do material ao ambiente (Escherichia coli, Aspergillus niger e Trichoderma reesei). Deste modo, este projeto desenvolverá bioplástico/biomaterial biodegradável com base em polissacarídeos de resíduos e biopolímeros. Através da combinação de biopolímeros, e em função de suas características, espera-se manipular as propriedades termomecânicas e de biodegradação do bioplástico. A confecção de material biodegradável utilizando resíduos é um produto de interesse industrial, com uma necessidade imediata no mercado, contribuindo também para o desenvolvimento de processos sustentáveis.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 03/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Michele Calil dos Santos Alves

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • psicolinguística na amazônia
  • O projeto de pesquisa “Psicolinguística na Amazônia” tem como objeto de estudo as línguas indígenas faladas no sudoeste da Amazônia. Sabe-se que todas as línguas indígenas brasileiras estão ameaçadas de extinção e que é necessário haver mais estudos nessa área. A hipótese desta pesquisa é de que é possível revitalizar línguas indígenas brasileiras ensinando-as nas escolas indígenas como uma segunda língua ou uma língua adicional. Projetos utilizando este método têm obtido grande êxito na retomada de línguas indígenas nos Estados Unidos e nas Ilhas Cook. Para isto, é necessário compreender como as línguas indígenas estão sendo processadas atualmente pelos falantes nas aldeias e quais as interferências do português e de outras línguas indígenas no processamento dessas línguas. Sendo a Psicolinguística Experimental capaz de responder essas questões, serão realizados estudos psicolinguísticos em diferentes níveis linguísticos, desde a fonologia até a pragmática, passando pela morfologia, léxico e sintaxe. Os experimentos investigarão tanto a compreensão como a produção de enunciados nas línguas indígenas, seja no nível da palavra, da frase, ou do texto, utilizando desde métodos simples como questionários e testes cloze, até métodos e técnicas mais avançadas, como priming, leitura automonitorada e eye-tracking. Assim, de forma inédita, poderemos descrever sistematicamente como as línguas indígenas são usadas pelos falantes, estando imersas em um universo plurilíngue em contato com outras línguas indígenas e em contato com o próprio português. Além disso, iremos contribuir com a preservação e a revitalização dessas línguas através do ensino de línguas nas aldeias.
  • Universidade Federal do Acre - AC - Brasil
  • 19/05/2022-31/05/2025
Foto de perfil

Michele Costa

Outra

Multidisciplinar
  • moccif22 - mostra científica e cultural do ifsp câmpus suzano
  • A Mostra Científica e Cultural do IFSP – Câmpus Suzano (MOCCIF) é um projeto que busca estimular nos estudantes, em especial de nível fundamental e médio, o olhar investigativo e o apreço pela ciência, além de desenvolver a criatividade, promover a expansão de seu repertório cultural e contribuir para sua formação integral, fomentando o pensamento crítico e despertando talentos. As atividades propostas mobilizam competências, habilidades e atitudes desejáveis para o adequado desenvolvimento dos alunos e criam condições para um aprendizado significativo e efetivo, permitindo que se estabeleçam as necessárias relações entre os diferentes conteúdos estudados em diversas disciplinas. Ademais, a realização do evento possibilita a ampliação de saberes de diferentes áreas e promove a divulgação e a popularização do conhecimento científico e tecnológico, favorecendo a interação entre a comunidade e o meio acadêmico. No ano de 2022, prevê-se que a sexta edição do evento, VI Mostra Científica e Cultural do IFSP Câmpus Suzano (MOCCIF22), seja realizada em modelo híbrido, conjugando atividades presenciais e remotas, viabilizando a participação de um maior número de estudantes e aumentando o alcance das ações propostas. Dessa forma, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP) se propõe a realizar a MOCCIF22, em âmbito municipal, compreendendo que esta iniciativa está em consonância com a missão do IFSP de “ofertar uma práxis educativa que efetive a formação integral e contribua para a inclusão social, o desenvolvimento regional, a produção e a socialização do conhecimento”.
  • Instituto Federal de São Paulo - SP - Brasil
  • 23/02/2022-29/02/2024
Foto de perfil

Michele Cristina Rufino Barbosa

Engenharias

Engenharia Civil
  • conhecendo nossa terra: estudo geotécnico do solo no entorno de escolas rurais
  • O fechamento de escolas em áreas rurais, a falta de estrutura nos estabelecimentos de ensino e em seu entorno e a carência de projetos político-pedagógicos elaborados a partir da realidade do campo são problemas apontados pelos movimentos sociais, trabalhadores da educação e reconhecidos pelos governos. As escolas rurais são abandonadas no sentido de inovação de ensino e não oferecem perspectivas para suas estudantes ingressarem em um curso superior, muito menos um curso de Engenharia. Falta conhecimento de como funciona o ingresso do curso superior, assim como do mercado de trabalho e o que faz cada profissional.Torna necessário o desenvolvimento de um projetos interdisciplinares que despertam o interesse das alunas na vida acadêmica. O projeto tem como objetivo ligar o dia a dia das alunas com à Engenharia, tendo como foco principal o estudo de solos. A pesquisa consistirá em ensinar sobe os diversos tipos de solos por meio de visitas em campo, coleta de solos e ensaios de laboratório e conectar o conhecimento com a Engenharia Ambiental em relação à identificação de áreas de risco e conservação do solo bem como com a Engenharia Civil na parte de estabilidade. Acredita-se que o projeto dará outra perspectiva de futuro para as alunas e despertará o interesse em pesquisa, sendo que o solo por se tratar de uma escola rural faz parte diretamente da vida das alunas. Além disso contribuirá para as alunas de graduação com iniciação a pesquisa e tornar o curso mais interesse por meio da prática, diminuindo a evasão.
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro - MG - Brasil
  • 17/03/2021-30/09/2022
Foto de perfil

Michele Lindner

Ciências Humanas

Geografia
  • a produção de alimentos orgânicos em assentamentos rurais no rio grande do sul: repercussões territoriais e ambientais
  • O projeto de pesquisa tem como finalidade entender como a produção de alimentos orgânicos em assentamentos rurais no estado do Rio Grande do Sul têm gerado transformações socioterritoriais e ambientais para as famílias produtoras e locais de produção, analisando elementos referentes à produção e comercialização. Os assentamentos do estado do Rio Grande do Sul têm se destacado nos últimos anos pelo crescente aumento da produção de alimentos orgânicos. Entende-se que os assentamentos possuem um grande potencial para a análise das transformações geradas pela produção de alimentos orgânicos. Para isso serão realizadas pesquisas bibliográficas, documentais e de campo. A pesquisa de campo será dividida em dois momentos: primeiramente se buscará selecionar os sujeitos e identificar as temáticas de interesse; posteriormente serão realizados trabalhos de campo para coleta de dados e entrevistas buscando relatos produtores envolvidos com produções orgânicas. A partir de coleta de informações, pesquisa bibliográfica, observações e entrevistas serão realizadas a análises que visam demonstrar a importância desse tipo de produção e as possibilidades de abordagens da temática no curso de Geografia.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 04/04/2022-30/04/2025
Foto de perfil

Michele Salles El Kadri

Lingüística, Letras e Artes

Lingüística
  • ensino bilíngue na rede pública : currículo, materiais, práticas , desafios, formação de professores e aprendizagens
  • A proposta tem como objetivo a investigação da implementação de uma escola bilíngue na rede pública de ensino, mais especificamente com foco no desenho curricular, nos materiais didáticos, desafios e aprendizagens possibilitadas por esta iniciativa. Mais especificamente, pretendemos investigar os saberes docentes e as necessidades oriundas deste contexto. O problema geral da pesquisa surge da aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Plurilingue, por meio do parecer 02/2020, que trouxe inúmeros desafios para escolas que se denominam bilíngues e também para a formação de professores. Assim, a questão central abordada é a investigação da implementação de uma escola bilingue, por meio da pergunta de pesquisa: como se deu o processo de implementação de uma escola bilíngue pública? O foco recai sobre a elaboração da matriz curricular, material didático e formação de professores, visando identificar os desafios, affordances, expectativas, crenças, ideologias e des(aprendizagens) possibilitadas. A hipótese a ser investigada é que esse contexto exige saberes dos professores que não estão presentes em cursos de licenciatura, seja ele, cursos de Letras ou pedagogia. A literatura da área tem apontado que os saberes necessários para atuação neste contexto envolvem diversas facetas. Ao acompanharmos e coletarmos dados da implementação de uma escola bilingue pública, desde o inicio do desenho curricular, da produção do material didático até a formação de professores e suas crenças, ideologias e dificuldades, poderemos fornecer dados empíricos que podem contribuir para a ressignificação de cursos de licenciatura e até mesmo retroalimentar o trabalho desenvolvido na escola, podendo gerar conhecimento que informe políticas linguisticas.
  • Universidade Estadual de Londrina - PR - Brasil
  • 07/02/2022-28/02/2025
Foto de perfil

Michelle Christiane da Silva Rabello

Ciências Biológicas

Microbiologia
  • caracterização clínica, imunológica e genômica dos casos de tuberculose com falha terapêutica
  • A tuberculose (TB) ainda permanece como um dos grandes problemas de saúde pública. Embora exista um tratamento específico, o Mycobacterium tuberculosis (Mtb) é a principal causa de morte por doenças infecciosas no mundo. Um dos aspectos mais intrigantes da TB é a alta variabilidade nas manifestações clínicas, na gravidade da doença e no desfecho clínico; o que dificulta o diagnóstico, o tratamento e o controle da doença. No Brasil, uma das grandes preocupações na área médica são os casos de TB com falha terapêutica. Dentre os casos, destacam-se os pacientes que apresentam efeitos colaterais e toxicidade as drogas e os pacientes resistentes às drogas: TB droga resistente (TB DR), TB multirresistente (TB – MDR) e TB extensivamente resistente (TB XDR). No entanto, observa-se que os pacientes que possuem infecção com cepas de Mtb sensíveis e resistentes as drogas anti-TB respondem ao tratamento de forma distinta, podendo apresentar desfecho clínico de cura ou falha terapêutica. Porém, pouco se sabe que fatores além do genótipo resistente do M. tuberculosis podem estão ligados a essa diferença na resposta terapêutica. A diversidade genética dos isolados clínicos de Mtb pode ter importantes consequências clínicas e afetar a resposta imune do hospedeiro. Acredita-se que as interações entre os genótipos hospedeiro-patógeno existem e influenciam conjuntamente nos fenótipos clínicos, na resposta imune e na transmissão da TB. Para compreendermos melhor a patogênese dos casos de TB com falha terapêutica, este projeto se propõe estudar de forma integrada a interação genótipo hospedeiro-patógeno e resposta imune. Para isso, iremos caracterizar o perfil clínico, imunológico e genômico dos casos de TB com falha terapêutica atendidos nos hospitais de referência de Pernambuco, Brasil. A carga bacilar, o quadro clínico, os níveis bioquímicos das enzimas hepáticos e os níveis de citocinas/quimiocinas serão analisados no grupo de pacientes com falha terapêutica e comparados com os dados dos pacientes que respodem ao tratamento e aos dos indivíduos saudáveis. O polimorfismo genético de alguns genes do hospedeiro também será investigado quanto à associação a falha terapêutica. Além disso, o genoma dos isolados clínicos de Mtb obtidos dos pacientes de TB selecionados para o estudo será sequenciado para identificar à diversidade genética e os padrões da resistência às drogas. Neste contexto, pretendemos entender a rede de eventos que modulam a falha terapêutica na TB e a interação entre hospedeiro, patógeno e microambientes.
  • Fundação Oswaldo Cruz - PE - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2023
Foto de perfil

Michelle Cristine Medeiros Jacob

Ciências Humanas

Sociologia
  • fatores socioecológicos relacionados ao consumo de carne no brasil: caminhos para promoção de sistemas alimentares sustentáveis
  • Por sua associação positiva com o aquecimento global, redução de biodiversidade, disputas por terra, desigualdade social, baixa qualidade das dietas, sabemos que o consumo de carne em âmbito global precisa ser reduzido. Com este projeto iremos identificar os principais fatores socioecológicos que explicam o consumo de carne no Brasil para que possamos contribuir para formulação de políticas sistêmicas focadas na transformação de sistemas alimentares. Além disso, por considerar que nem todo consumo de carne se constrói sobre as mesmas bases, a redução do consumo nem sempre é a resposta. Por exemplo, proibir a caça ou dificultar o acesso à carne em alguns cenários de vulnerabilidade socioeconômica pode retroalimentar o ciclo de pobreza. Assim, com essa pesquisa também esperamos projetar cenários mais sofisticados que nos permitam avaliar as implicações que essas transformações dietéticas de redução da carne teriam sobre aspectos sociais e econômicos. Utilizaremos distintas abordagens de método, apoiados por uma equipe de pesquisadores das ciências humanas e sociais, ciências da saúde e ciências naturais, além contar com a participação direta de partes interessadas de fora da academia, tais como líderes comunitários e formuladores de políticas. Utilizaremos abordagens quantitativas baseadas em testes de hipóteses com grandes conjuntos de dados e, além disso, abordagens qualitativas que nos permitam conhecer práticas específicas, tais como a do consumo de carne de caça em comunidades tradicionais. Esperamos com este projeto (i) testar teorias sociais que relacionam padrões de consumo alimentar com fatores socioeconômicos, tais como gênero, religião, orientação política etc.; e (ii) produzir novas teorias que possam nos orientar nos estudos de questões emergentes e controvérsias ligadas ao consumo alimentar, tais como ética animal, conservação da biodiversidade, emergência de surtos zoonóticos e consumo de carne de caça.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 04/02/2022-28/02/2025